Você está na página 1de 2

𝜋 𝜋

• Determine a área entre a função g(x) = 2 ⋅ tg(x) , o eixo x e x = ex=- .


4 4
Resolução:

A = A1 + A2 → como A1 = A2 ;
𝜋

A = 2∫ 2 ⋅ tg(x)dx
4
0
𝜋

A = 4∫ tg(x)dx
4
0
Resolvendo a integral em sua forma indefinida :
∫tg(x)dx = ∫ sencos(x) dx =
Fazendo : u = cos(x)
du = -sen(x)dx
-du = sen(x)dx
Substituindo :
du
= ∫- = - ln(u) + c = - ln(cos(x)) + c =
u
1
como : = sec(x)
cos(x)
1
= ln + c = ln(sec(x)) + c
cos(x)
Voltando para a integral definida :
=2 = 4[ln(sec(2)) - ln(sec(0))] = 4 ln 2
A = 4[ln(sec(x)] xx=0 - ln(1)
2
= 4 ln 2 -0
= 4ln 2 u. a.
4
= ln 2
= ln (2) 2

A = 2∫ 2 ⋅ tg(x)dx = ln(4) u. a.
4 (resposta)
0

Tiago Lima - Instagram: @professor_disciplinas_exatas