Você está na página 1de 12

SEMANA -3 REVISÃO UEPB

1- Faça acorrespondência correta da segunda coluna com o enunciado da


primeira coluna:

Primeira Coluna

I - Tem função no processo digestivo e armazena glicogênio

II - Digestão de proteínas

III - Tripsina

IV - Absorção de sais

V - Ptialina

Segunda Coluna

( ) Intestino grosso

( ) Boca

( ) Pâncreas

( ) Fígado

( ) Estômago

2-Assinale o que for correto.

(01) Homeostase é a capacidade de os organismos se manterem em


equilíbrio dinâmico. A composição química dos líquidos do corpo, por
exemplo, mantém-se mais ou menos constante. Qualquer falha nesse
controle pode determinar uma doença ou, até mesmo, a morte do
organismo.

(02) De modo geral, o hábito do tabagismo é extremamente nocivo para


quem fuma e para quem convive com o fumante. O fumante absorve, em
cada tragada, dentre outros produtos tóxicos, o monóxido de carbono, que
tem um efeito prejudicial imediato.

(04) Bebidas alcoólicas costumam aumentar o volume de urina. Isso


acontece porque o álcool etílico bloqueia a liberação de hormônio
antidiurético (ADH) no sangue. Assim, perdendo mais água do que deve, a
pessoa sente mais sede que o normal, um dos sintomas da "ressaca".

(08) Durante a organogênese, fatores físicos, químicos ou biológicos


externos ao embrião, chamados teratogênicos, podem interferir no
desenvolvimento normal dos órgãos. Para a espécie humana, o vírus
causador da rubéola é um exemplo de agente teratogênico.
(16) Radiações e drogas, como talidomida, etanol e LSD, podem ter efeitos
teratogênicos.

(32) A cólera e a dengue são doenças causadas por organismos do mesmo


grupo taxonômico. Devido a isso, seus controles podem seguir as mesmas
medidas profiláticas.

(64) O projeto Genoma é desenvolvido por pesquisadores de vários países.


Uma das utilidades práticas do projeto será a terapia genética, isto é, a
correção dos genes defeituosos, responsáveis por anomalias como a
hemofilia, a talassemia, a anemia falciforme e outras.

3-Considere as listas a seguir referentes a estruturas e funções do sistema


excretor humano.

I. néfron

II. bexiga

III. uretra

IV. ureter

a. condução de urina para o meio externo

b. produção de urina

c. armazenamento de urina

d. condução de urina até o órgão armazenador

Assinale a alternativa que associa corretamente cada estrutura à sua


função.

a) Ia, IIb, IIIc, IVd

b) Ib, IIc, IIIa, IVd

c) Ib, IId, IIIc, IVa

d) Ic, IIa, IIId, IVb

e) Id, IIc, IIIb, IVa

4-O coração humano tem quatro valvas ou válvula (esquema), que devem
abrir ou fechar de acordo com as contrações e relaxamento do órgão,
permitindo o fluxo do sangue em apenas uma direção.

(LOPES, S. BIO. Vol. 2, São Paulo: Saraiva, 2003. [Adapt.])


Com base nos textos e em seus conhecimentos, é INCORRETO afirma que

a) as valvas tricúspide e mitral (4) impedem que o sangue, impulsionado


com força e pressão pelos ventrículos, retorne para os átrios.

b) pela valva tricúspide (2) passa sangue venoso, enquanto o sangue que
passa pela valva mitral (4) é rico em oxigênio.

c) o sangue que sai do ventrículo esquerdo, passa pela valva aórtica (3) e
daí para a aorta, que distribui o sangue para o restante do corpo.

d) no átrio direito chega o sangue proveniente do corpo, ele passa para o


ventrículo direito através da valva tricúspide, daí o sangue é bombeado
para a artéria pulmonar.

e) as veias pulmonares carregam sangue venoso para o átrio esquerdo do


coração, daí ele passa pela valva tricúspide (4) e vai para o ventrículo
esquerdo.

5-O monóxido de carbono presente na fumaça de cigarro também tem


efeitos nocivos, por apresentar maior afinidade com a hemoglobina do que
com o oxigênio. Assinale V na afirmativas verdadeiras ou F nas falsas.

( ) A hemoglobina é uma proteína presente nas células sangüíneas,


especialmente nas hemácias e plaquetas.

( ) O oxigênio liga-se à hemoglobina à medida que o sangue percorre os


diferentes órgãos.

( ) As moléculas de hemoglobina que estiverem ligadas ao monóxido de


carbono poderão transportar oxigênio dos tecidos para os alvéolos,
reduzindo, assim, a oxigenação nos diferentes órgãos.

A seqüência correta é

a) F - V - F.

b) V - F - V.
c) F - V - V.

d) V - V - F.

e) F - F - F.

6-A labirintite é uma inflamação e um de seus principais sintomas são


distúrbios de equilíbrio como a tontura, que impede a pessoa de se
locomover e até mesmo de se levantar. Assinale a alternativa que
apresenta a estrutura afetada.

a) cóclea

b) canais semicirculares

c) cerebelo

d) janela oval

e) trompa de Eustáquio

7-Associe o nome das estruturas adiante com suas respectivas funções:

a. Tálamo

b. Hipotálamo

c. Cerebelo

d. Corpo caloso

( ) Coordenação de movimentos e equilíbrio

( ) Analisa e envia informações ao cérebro

( ) Centro de controle da fome, sede, raiva, prazer

( ) Ligação entre dois hemisférios cerebrais

8-Assinale a alternativa que associa corretamente uma glândula endócrina


com um dos seus respectivos hormônios e o principal problema causado
pela deficiência do mesmo.

a) Hipófise: secreta o ADH (hormônio antidiurético), cuja deficiência causa


excesso de açúcar no sangue.

b) Pâncreas: secreta insulina, cuja deficiência causa diabete melito.

c) Tireóide: secreta tiroxina, cuja deficiência causa ativação do


metabolismo.
d) Adrenal: secreta paratormônio, cuja deficiência causa tetania muscular.

e) Ovários: secreta progesterona, cuja deficiência causa ausência dos


caracteres sexuais femininos.

SIMULADO GABARITO 1-A 2-A 3-E 4-E 5-D 6-A 7-B 8-E
9-C 10-C

1-Considere as seguintes funções de controle do sistema endócrino:

I. concentração de cálcio e fósforo.

II. crescimento geral do corpo.

III. atividade das gônadas.

IV. metabolismo do açúcar no corpo dos mamíferos.

As glândulas que correspondem a estas funções são, respectivamente,

a) paratireóides - hipófise - hipófise - pâncreas.

b) tireóide - hipófise - hipófise - pâncreas.

c) paratireóides - hipófise - hipófise - timo.

d) supra-renal - hipófise - timo - pâncreas.

e) hipófise - supra-renal - pâncreas - tireóide.

2-Considere os seguintes dados:

- menino de tipo sangüíneo A, Rh;

- mãe de tipo sangüíneo B, Rh;

- pai sem aglutininas do sistema ABO no sangue, mas possuidor do antígeno


Rh.

A probabilidade de os pais desse menino terem mais um filho com o mesmo


fenótipo de seu irmão, levando em conta o sexo, o grupo sangüíneo e o
fator Rh é de

a) 1/16

b) 1/12

c) 1/8

d) 1/4
e) ½

3- A técnica convencional para reconstruir uma bexiga consiste em


extrair pedaços do intestino delgado ou do estômago, porém esse
procedimento traz várias complicações. Recentemente, cientistas
'construíram' bexigas em laboratório para pacientes que apresentam
deficiência funcional nesse órgão. Os cientistas construíram com colágeno
uma estrutura de sustentação e a recobriram internamente com células da
bexiga e externamente com células musculares. Esse conjunto foi colocado
em uma sopa de nutrientes para facilitar o crescimento celular. Depois de
dois meses, as células já haviam recoberto o modelo e estava pronta uma
bexiga feita sob medida.

"Ciência Hoje". V. 38., 2006. [adapt.].

De acordo com o texto e seus conhecimentos, analise as seguintes


afirmativas.

I. A cavidade da bexiga é revestida pelo tecido epitelial, o qual não é


vascularizado e apresenta pouca substância intercelular.

II. Tanto as células do tecido epitelial quanto as do tecido muscular são ricas
em fibras colágenas. Essas fibras têm a capacidade de ceder facilmente às
pressões e voltar ao estado normal quando as pressões terminam.

III. O corpo humano apresenta dois tipos de tecido muscular estriado: o


cardíaco e o esquelético. As estrias são resultados da organização dos
miofilamentos dentro das células.

IV. Todos os órgãos citados no texto pertencem ao sistema digestório, por


isso é comum fazer a reconstituição da bexiga com pedaços de intestino ou
estômago.

V. Uma vantagem da nova técnica desenvolvida é a não ocorrência de


rejeição do novo órgão, uma vez que o tecido implantado é do próprio
paciente.

Estão corretas as seguintes afirmativas:

a) I, II e III.

b) II, IV e V.

c) I, IV e V.

d) II, III e IV.


e) I, III e V.

4-Observe a tabela:

Com relação aos dados da tabela e nos conhecimentos sobre morfologia


vegetal, é correto afirmar:

a) O Brasil consome mais vegetais classificados como fanerógamas,


angiospermas e dicotiledôneas.

b) A Região Sudeste consome mais angiospermas, monocotiledôneas com


frutos deiscentes.

c) A Região Centro-Oeste consome menos fanerógamas, dicotiledôneas com


fruto tipo cariopse.

d) A Região Norte, em relação às demais regiões, consome menos


angiospermas com frutos deiscentes.

e) A Região Sul consome mais dicotiledôneas que produzem caules


subterrâneos.

5-A pele é uma membrana que reveste todo o corpo, formando uma
barreira contra os micróbios existentes no ar e contra outros fatores do
meio ambiente. Para manter uma pele sadia devemos tomar alguns
cuidados como o banho diário, o uso de protetor solar, e também uma
higiene adequada para nos protegermos contra os parasitas da pele.

Sobre os parasitas da pele é INCORRETO afirmar que:

a) as micoses, como as frieiras nos dedos dos pés, são doenças causadas
por fungos.

b) os piolhos são insetos que provocam coceira no couro cabeludo.


c) a sarna é um ácaro que vive sob a pele e que provoca coceira.

d) o herpes simples e a celulite são doenças da pele causadas por bactérias.

e) o bicho geográfico é causado por uma larva de verme que forma traços
vermelhos e em relevo.

6-O esquema a seguir representa uma árvore filogenética de alguns filos


animais. Cada número, I, II e III, corresponde à aquisição de uma
característica ausente nos ramos anteriores a ele e presente nos
posteriores.

No quadro, as características correspondentes a cada número estão


corretamente indicadas em:

7-O que têm em comum Noel Rosa, Castro Alves, Franz Kafka, Álvares de
Azevedo, José de Alencar e Frédéric Chopin?

Todos eles morreram de tuberculose, doença que ao longo dos séculos fez
mais de 100 milhões de vítimas. Aparentemente controlada durante
algumas décadas, a tuberculose voltou a matar. O principal obstáculo para
seu controle é o aumento do número de linhagens de bactérias resistentes
aos antibióticos usados para combatê-la. Esse aumento do número de
linhagens resistentes se deve a

a) modificações no metabolismo das bactérias, para neutralizar o efeito dos


antibióticos e incorporá-los à sua nutrição.

b) mutações selecionadas pelos antibióticos, que eliminam as bactérias


sensíveis a eles, mas permitem que as resistentes se multipliquem.
c) mutações causadas pelos antibióticos, para que as bactérias se adaptem
e transmitam essa adaptação a seus descendentes.

d) modificações fisiológicas nas bactérias, para torná-las cada vez mais


fortes e mais agressivas no desenvolvimento da doença.

e) modificações na sensibilidade das bactérias, ocorridas depois de


passarem um longo tempo sem contato com antibióticos.

8-Relacione as colunas a seguir e assinale a alternativa que relaciona a


seqüência numérica correta:

(1) córion

(2) placenta

(3) bolsa amniótica

(4) cordão umbilical

(5) alantóide

( ) trocas gasosas, excreção e nutrição em mamíferos

( ) proteção contra choques e desidratação

( ) comunicação do embrião com a placenta

( ) trocas gasosas e excreção em aves e répteis

( ) constituição da bolsa d'água juntamente com o âmnio e a decídua

a) 3, 2, 4, 5, 1

b) 2, 3, 4, 1, 5

c) 4, 3, 2, 5, 1

d) 5, 1, 4, 3, 2

e) 2, 3, 4, 5, 1

9-O crescente aumento da temperatura ambiental traz como uma de suas


conseqüências a redução do O2 dissolvido na água. Em temperaturas mais
altas os seres aquáticos, em sua maioria pecilotérmicos (ou de sangue frio),
se aquecem e têm sua taxa metabólica aumentada. Esse conjunto de
efeitos se torna um problema porque o aumento do metabolismo torna
esses seres aquáticos:
a) menos ativos, exigindo menos energia e menor consumo de O2 na
respiração.

b) mais ativos, exigindo mais energia e menor consumo de O2 na


respiração.

c) mais ativos, exigindo mais energia e maior consumo de O2 na respiração.

d) menos ativos, exigindo menos energia e maior consumo de O2 na


respiração.

e) mais ativos, exigindo menos energia e maior consumo de O2 na


respiração.

10-As proteínas desempenham importantes funções nos seres vivos:


suporte, proteção, catálise, transporte, defesa, entre outras. Apresenta
informações CORRETAS sobre as proteínas:

a) São formadas a partir de uma grande diversidade de aminoácidos

b) Resultam de ligações de natureza iônica entre aminoácidos,


denominadas ligações peptídicas

c) Suas estruturas secundárias são formadas a partir de ligações entre


átomos de hidrogênio presentes na própria molécula, chamadas pontes de
hidrogênio

d) O fenômeno da desnaturação não interfere em suas estruturas


secundárias e terciárias

e) As ligações peptídicas são formadas por reação de hidrólise entre


aminoácidos

DICAS

1-. O cariótipo normal humano apresenta 23 pares de cromossomos, cada par com uma
certa forma e um certo tamanho. Um cromossomo a mais num dos pares determina uma
trissomia que pode ser autossômica quando afeta par de cromossomos que não intervém
na determinação do sexo ou heterocromossômica quando afeta cromossomos que
determinam ao sexo. O melhor exemplo de trissomia autossômica é a síndrome de
Down (“mongolismo”) com um cromossomo a mais no par 21 e os melhores exemplos
de trissomias heterocromossômicas ou alossômicas são a Superfêmea e a Sindrome de
Klinefelter; a mulher denominada Superfêmea apresentará 3 cromossomos X enquanto
o homem, muito alto e muito magro, com hipogonadismo, com Síndrome de Klinefelter
apresentará 2 cromossomos X e um Y.

2-. O Darwinismo apresentado por Charles Robert Darwin e Wallace na sua obra
“Origem das Espécies” propõe, baseados em Malthus, que as populações crescem mais
rapidamente que as suas fontes de alimento, o que conduz a uma luta pela existência na
qual cada indivíduo fará uso das diferenças individuais herdadas dos seus ancestrais; os
mais aptos sobrevivem num processo de seleção natural e, como meios diferentes
selecionarão indivíduos diferentes, isto originará novas espécies.

3-. O pâncreas secreta também hormônios, diretamente à corrente sanguínea. A


secreção endócrina do pâncreas é feita através de milhares de grupamentos celulares
denominados Ilhotas de Langerhans, distribuídas por todo o tecido pancreático. Cada
Ilhota de Langerhans é constituída por diversos tipos de células. Destacam-se as células
alfa, que produzem o hormônio glucagon e as células beta, que produzem a insulina. A
insulina no metabolismo dos carboidratos aumenta o transporte de glicose através da
membrana celular; aumenta a disponibilidade de glicose no líquido intracelular;
aumenta na utilização de glicose pelas células; aumenta a glicogênese (polimerização de
glicose, formando glicogênio), principalmente no fígado e nos músculos; aumenta a
transformação de glicose em gordura. O glucagon, secretado pelas células alfa das
ilhotas de Langerhans, é muito importante principalmente para evitar uma hipoglicemia
acentuada no organismo de uma pessoa. Quando a concentração de glicose no sangue
atinge valores baixos, as células alfa das lhotas de Langerhans liberam uma maior
quantidade de glucagon. O glucagon, então, faz com que a glicose sanguínea aumente e
retorne aos valores aceitáveis como normais.

4-. Tuberculose, após ter sido considerada sob controle, ressurgiu na década de 1990
como uma das principais doenças infecciosas letais. Em alguns países, o aumento
dramático do número de casos da doença deveu-se à disseminação da AIDS. Vinculado
a esse fenômeno, o surgimento de linhagens de bactérias resistentes aos medicamentos
contra elas empregados ameaçava transformar a tuberculose num flagelo semelhante ao
que varreu o mundo antes da descoberta dos antibióticos. Tuberculose é uma doença
infecciosa crônica causada por várias espécies de bactérias álcool-ácido-resistentes do
gênero Mycobacterium. A forma clínica mais freqüente da doença é a tuberculose
pulmonar, causada pelo M. tuberculosis (bacilo de Koch), mas podem ocorrer lesões
cerebrais (neurotuberculose), osteoarticulares, cutâneas (lúpus) e ganglionares,
produzidas ora pelo bacilo de origem humana, ora pelo bacilo de procedência bovina. O
bacilo de Koch é uma bactéria extremamente pequena e resistente, em forma de
bastonete. Pode viver em condições de aridez por meses seguidos e consegue resistir a
desinfetantes de ação moderada.

5-. A principal subdivisão dos artrópodos é a Classe Insecta cujos integrantes tem o
corpo dividido em cabeça, tórax e abdome; na cabeça temos um par de antenas, o tórax,
com 3 segmentos apresenta 3 pares de patas e o abdome caracteriza-se pela presença
dos órgãos de reprodução. Respiram por traquéias que conduzem o ar diretamente a
cada célula e excretam pelos tubos de Malpighi que lançarão no intestino ácido úrico,
cristalino e sólido, para ser eliminado junto com as fezes, sem a utilização de água.

6-. As Fanerógamas incluem as plantas que possuem flores e são capazes de


produzirem sementes; herdaram a vascularização das pteridófitas e seus esporófitos são
conhecidos como ervas, arbustos e árvores. As Gimnospermas, como o pinheiro, a
araucária , cycas e ginkgo, apresentam sementes nuas das quais o pinhão é um ótimo
exemplo; não formam frutos. As plantas com frutos, as mais numerosas do planeta nas
condições atuais, são incluídas nas Angiospermas que são divididas em
Monocotiledôneas e Dicotiledôneas.
6-. Nos biociclos e biomas observamos que cada espécie desempenha um determinado
papel (“sua profissão”) que corresponde ao seu nicho ecológico e ocupa uma
determinada posição nas cadeias e teias alimentares que chamamos de seu nível trófico.

7-. As associações heterotípicas harmônicas podem apresentar benefícios mútuos ou


unilaterais. Benefícios mútuos identificam um caso de mutualismo ou de
protocooperação.
O mutualismo é uma associação obrigatória onde a sobrevivência de uma espécie
depende da sobrevivência da outra.

8-Dengue é uma doença febril aguda de curta duração, gravidade variável, causada por
vírus e transmitida por mosquitos infectados. Apresenta-se sob duas formas. O dengue
clássico é uma doença grave, semelhante à gripe, que afeta crianças mais velhas e
adultos, raramente levando à morte. O dengue hemorrágico (DH) é uma outra forma,
mais severa, em que ocorre sangramento e ocasionalmente choque, levando à morte; é
mais grave em crianças.