Você está na página 1de 36

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS
PROFESSOR: LEANDRO ZAFALON PIEPER
ALUNOS: ALIFER KRAUSE E AUGUSTO RECUERO

PROJETO ELÉTRICO RESIDÊNCIA UNIFAMILIAR

Pelotas
2020
Sumário
Introdução..................................................................................................................................3
Rede de distribuição...................................................................................................................3
Quadro de cargas.......................................................................................................................3
Pontos e potências de iluminação..........................................................................................3
Primeiro andar:..................................................................................................................4
Segundo andar:...................................................................................................................5
Área externa:.......................................................................................................................7
Pontos e potência de tomada de uso geral (TUG)................................................................7
Primeiro andar:..................................................................................................................8
Segundo andar:...................................................................................................................9
Área externa:....................................................................................................................11
Potências de tomada de uso específico (TUE)....................................................................11
Primeiro andar:................................................................................................................11
Segundo andar:.................................................................................................................12
Tabela de Previsão de Cargas..............................................................................................13
Cálculo de demanda.................................................................................................................15
Entrada de Energia..................................................................................................................17
Distribuição elétrica.................................................................................................................18
Distribuição de circuitos e Balanceamento de Fases..............................................................18
Primeiro andar.....................................................................................................................19
Segundo Andar.....................................................................................................................22
Divisão de fases.....................................................................................................................25
Eletrodutos................................................................................................................................27
Dimensionamento de Eletrodutos.......................................................................................27
Instalações telefônicas e lógicas...............................................................................................31
Conclusão..................................................................................................................................31
Referências bibliográficas........................................................................................................33
Plantas Baixa............................................................................................................................34

2
Introdução

Neste memorial, serão descritos os passos para a execução de um projeto elétrico


de uma edificação unifamiliar. A edificação possui uma área total de 193,26m², dividida
em dois pavimentos e área externa, localizada em Pelotas/RS.
Todos os serviços e materiais deverão ser executados conforme descrito neste
memorial, onde em anexo consta as pranchas para a visualização dos locais de tomadas
(gerais e específicas), locais de iluminação, passagem de eletrodutos, rede telefônica e
lógica, os quais são mencionados no decorrer dos cálculos.

Rede de distribuição

O projeto encontra-se de acordo com as recomendações do Regulamento de


Instalações Consumidoras de Baixa Tensão da CEEE (RIC-BT). Qualquer Prescrição
que não esteja contida nestas especificações, nas plantas anexas e na relação de
materiais, quanto à execução, deverá seguir a Norma para Instalações Elétricas de Baixa
Tensão – NBR 5410:2004.

Quadro de cargas

O quadro de cargas tem o objetivo de descrever todas as áreas da residência,


com seus respectivos pontos de tomadas (gerais e específicas) e iluminação, bem como
suas potências. Além disso também descreve a potência reserva na edificação.

Pontos e potências de iluminação

Para determinar o número mínimo de pontos de iluminação recomenda-se pelo


menos 1 ponto no teto de cada recinto, considerando 1 ponto de iluminação a cada
16m².
Para definir as potências de iluminação, considerou-se as seguintes informações
da NBR 5410: Prever, pelo menos, um ponto de luz no teto para cada local; Para
recintos com área menor do que 6m², atribuir um mínimo de 100W; Para recintos com

3
área maior do que 6m², atribuir 100W para os primeiros 6m², acrescendo 60W para cada
aumento de 4m² inteiros.

Primeiro andar:
 SALA
Mínimo:
Área: 33,60m²
Pontos de iluminação: 7
Fração da área: 33,60m² - 6m² = 27,60m²
27,60m²/4m² = 6,90m²
Potência Requerida: 100W + 6(60W) = 460W
Adotado: 1 ponto de 100W + 6 pontos de 60W.

 COZINHA
Mínimo:
Área: 14,55m²
Pontos de iluminação: 3
Fração da área: 14,55m² - 6m² = 8,55m²
8,55m²/4m² = 2,14m²
Potência Requerida: 100W + 2(60W) = 220W
Adotado: 1 ponto de 100W + 2 pontos de 60W.

 CORREDOR
Mínimo:
Área: 3,15m²
Pontos de iluminação: 1
Potência Requerida: 100W
Adotado: 1 ponto de 100W.

 BANHO
Mínimo:
Área: 6,195m²
Pontos de iluminação: 1
Fração da área: 6,195m² - 6m² = 0,195m²
4
Potência Requerida: 100W
Adotado: 1 ponto de 100W.

 LAVANDERIA
Mínimo:
Área: 6,145m²
Pontos de iluminação: 1
Fração da área: 6,145m² - 6m² = 0,145m²
Potência Requerida: 100W
Adotado: 1 ponto de 100W.

 GARAGEM
Mínimo:
Área: 29,64m²
Pontos de iluminação: 6
Fração da área: 29,64m² - 6m² = 23,64m²
23,64m²/4m² = 5,91m²
Potência Requerida: 100W + 5(60W) = 400W
Adotado: 1 ponto de 100W + 5 pontos de 60W.

Segundo andar:
 QUARTO
Mínimo:
Área: 18,30m²
Pontos de iluminação: 4
Fração da área: 18,30m² - 6m² = 12,30m²
12,30m²/4m² = 3,075m²
Potência Requerida: 100W + 3(60W) = 280W
Adotado: 1 ponto de 100W + 3 pontos de 60W.

 CORREDOR
Mínimo:
Área: 20,23m²
Pontos de iluminação: 4
5
Fração da área: 20,23m² - 6m² = 14,23m²
14,23m²/4m² = 3,5575m²
Potência Requerida: 100W + 3(60W) = 280W
Adotado: 1 ponto de 100W + 3 pontos de 60W.

 BANHO
Mínimo:
Área: 12,00m²
Pontos de iluminação: 2
Fração da área: 12,00m² - 6m² =6,00m²
6,00m²/4m² = 1,5m²
Potência Requerida: 100W + 1(60W) = 160W
Adotado: 1 ponto de 100W + 1 pontos de 60W.

 QUARTO
Mínimo:
Área: 29,95m²
Pontos de iluminação: 6
Fração da área: 29,95m² - 6m² = 23,95m²
23,95m²/4m² = 5,9875m²
Potência Requerida: 100W + 5(60W) = 400W
Adotado: 1 ponto de 100W + 5 pontos de 60W.

 BANHO
Mínimo:
Área: 9,57m²
Pontos de iluminação: 1
Fração da área: 9,75m² - 6m² = 3,75m²
Potência Requerida: 100W
Adotado: 1 ponto de 100W.

 BANHO
Mínimo:

6
Área: 9,57m²
Pontos de iluminação: 1
Fração da área: 9,75m² - 6m² = 3,75m²
Potência Requerida: 100W
Adotado: 1 ponto de 100W.

Área externa:
 SACADA:
Adotado: 4 pontos de 100W cada.

 FRENTE:
Adotado: 3 pontos de 100W cada.

 LATERAIS:
Adotado: 4 pontos de 100W cada.

 FUNDOS:
Adotado: 5 pontos de 100W cada.

Pontos e potência de tomada de uso geral (TUG)

Para determinar os pontos de tomadas de uso geral, considerou-se as seguintes


informações da NBR 5410: Para locais com área menor do que 6m², atribuir no mínimo
uma tomada; Para recintos com área maior do que 6m², atribuir uma tomada para cada
5m de perímetro ou fração, com exceção de cozinhas e copas, onde serão atribuídos
para cada 3,5m de perímetro ou fração (independente da área); Nos banheiros, será
atribuída no mínimo uma tomada junto ao lavatório, a uma distância mínima de 60cm
do box, independentemente da área; Para subsolos, garagens, varandas e sótãos, será
atribuída no mínimo uma tomada, independente da área.
Já para determinar a potência mínima das tomadas de uso geral (TUG_),
segundo informações da NBR 5410: Para banheiros, cozinhas, copas, áreas de serviço e
lavanderias, atribuir 600W para as 3 primeiras tomadas e 100W para as demais; Para
casa de máquinas, sala de bombas, atribuir no mínimo 1000W para cada tomada; Para

7
garagens e semelhantes, atribuir no mínimo 100W para cada tomada; Para demais
ambientes, atribuir no mínimo 100W para uma tomada.

Primeiro andar:
 SALA
Mínimo:
Perímetro: 23,20m
Fração de perímetro: 23,20m/5m = 4,64m
Pontos de tomadas: 5
Potência dos TUG’s: 5(100W) = 500W
Adotado: 5 ponto de 100W cada.

 COZINHA
Mínimo:
Perímetro: 15,70m
Fração de perímetro: 15,70/5m = 3,14m
Pontos de tomadas: 4
Potência dos TUG’s: 3(600W) + 1(100W) = 1900W
Adotado: 3 ponto de 600W cada e 1 ponto de 100W, totalizando 1900W.

 CORREDOR
Mínimo:
Perímetro: 8,00m
Fração de perímetro: 8,00m/5m = 1,60m
Pontos de tomadas: 1
Potência dos TUG’s: 1(100W) = 100W
Adotado: 1 ponto de 100W cada.

 BANHO
Mínimo:
Perímetro: 10,10m
Fração de perímetro: 10,10m/5m = 2,02m
Pontos de tomadas: 1
Potência dos TUG’s: 1(600W) = 600W
8
Adotado: 1 ponto de 600W cada.

 LAVANDERIA
Mínimo:
Perímetro: 12,10m
Fração de perímetro: 12,10m/5m = 2,42m
Pontos de tomadas: 2
Potência dos TUG’s: 2(600W) = 1200W
Adotado: 2 ponto de 600W cada.

 GARAGEM
Mínimo:
Perímetro: 21,90m
Fração de perímetro: 21,90m/5m = 4,38m
Pontos de tomadas: 1
Potência dos TUG’s: 1(100W) = 100W
Adotado: 1 ponto de 100W cada.

Segundo andar:
 QUARTO
Mínimo:
Perímetro: 18,10m
Fração de perímetro: 18,10m/5m = 3,62m
Pontos de tomadas: 4
Potência dos TUG’s: 4(100W) = 400W
Adotado: 1 ponto de 100W cada.

 CORREDOR
Mínimo:
Perímetro: 22,80m
Fração de perímetro: 22,80m/5m = 4,56m
Pontos de tomadas: 4
Potência dos TUG’s: 4(100W) = 400W
Adotado: 4 ponto de 100W cada.
9
 BANHO
Mínimo:
Perímetro: 14,00m
Fração de perímetro: 14,00m/5m = 2,80m
Pontos de tomadas: 1
Potência dos TUG’s: 1(600W) = 600W
Adotado: 1 ponto de 600W cada.

 QUARTO
Mínimo:
Perímetro: 20,40
Fração de perímetro: 20,40m/5m = 4,08m
Pontos de tomadas: 6
Potência dos TUG’s: 6(100W) = 600W
Adotado: 6 ponto de 100W cada.

 BANHO
Mínimo:
Perímetro: 12,70
Fração de perímetro: 12,70m/5m = 2,54m
Pontos de tomadas: 1
Potência dos TUG’s: 1(600W) = 600W
Adotado: 1 ponto de 600W cada.

 CLOSET
Mínimo:
Perímetro: 12,70
Fração de perímetro: 12,70m/5m = 2,54m
Pontos de tomadas: 2
Potência dos TUG’s: 2(100W) = 200W
Adotado: 2 ponto de 100W cada.

10
Área externa:
 SACADA:
Adotado: 2 pontos de 100W cada.

 FRENTE:
Adotado: 1 pontos de 100W cada.

 LATERAIS:
Adotado: 2 pontos de 100W cada.

 FUNDOS:
Adotado: 1 pontos de 100W cada.

Potências de tomada de uso específico (TUE)

Para determinar os pontos de tomada de uso específico, considerou-se as


seguintes informações da NBR 5410: Atribuir para cada TUE a potência nominal do
equipamento a ser alimentado. Deverão ter circuito exclusivo; No quadro de carga
instalada, as TUE’s serão identificadas pelo nome do aparelho a que se destinam, sendo
computada pela potência nominal do aparelho (fio mínimo de 2,5mm²)

Primeiro andar:
 SALA:
Ar condicionado 12.000 BTU = 1450W
TV = 110W
Aparelho de som 3 em 1 = 650W
Total de potência requerida = 2210W

 COZINHA:
Forno elétrico = 1500W
Torneira elétrica = 5500W
Fogão elétrico 4 bocas = 9000W
Freezer vertical = 350W

11
Micro-ondas = 1500W
Geladeira 1 porta = 500W
Total de potência requerida = 18150W

 BANHO:
Chuveiro = 7700W
Secador de cabelo = 600W
Barbeador = 20W
Total de potência requerida = 8320W

 LAVANDERIA:
Secadora = 1500W
Máquina de lavar = 3000W
Total de potência requerida = 4500W

 GARAGEM:
Aspirador de pó = 200W
Jato para lavagem = 100W
Total de potência requerida = 300W

Segundo andar:
 QUARTO:
Ar condicionado 7.500 BTU = 1000W
TV = 110W
Total de potência requerida = 1110W

 BANHO:
Chuveiro = 7700W
Secador de cabelo = 600W
Barbeador = 20W
Total de potência requerida = 8320W

 QUARTO:

12
Ar condicionado 7.500 BTU = 1000W
TV = 110W
Total de potência requerida = 1110W

 BANHO:
Chuveiro = 7700W
Secador de cabelo = 600W
Barbeador = 20W
Total de potência requerida = 8320W

Tabela de Previsão de Cargas

 Total de carga instalada = 64.440W


 Total de carga instalada + 10% (reserva) = 70.884W
 Trifásico

13
QUADRO DE PREVISÃO DE CARGAS
Dimensões Iluminação T.U.G. T.U.E.
Dependência (Ambiente)
Área (m²) Perímetro (m) Nº. de pontos Potência Unitária (W) Potência Total (W) Nº. de pontos Potência Unitária (W) Potência Total (W) Aparelho Potência (W)
SALA 33,6 23,2 7 1 (100W) 6 (60W) 460 5 100 500 3 2210
COZINHA 14,55 15,7 3 1 (100W) 2 (60W) 220 4 3 (600W) 1 (100W) 1900 5 18150
CORREDOR 3,15 8 1 100 100 1 100 100 0 0
PREVISÃO DE CARGAS 1º ANDAR
BANHO 6,195 10,1 1 100 100 1 600 600 3 8320
LAVANDERIA 6,145 12,1 1 100 100 2 600 1200 2 4500
GARAGEM 29,64 21,9 6 1 (100W) 5 (60W) 400 1 100 100 2 300
TOTAL 1º ANDAR 1380W 4400W 33480W
QUARTO 18,3 18,1 4 1 (100W) 3 (60W) 280 4 100 400 2 1110
CORREDOR 20,23 22,8 4 1 (100W) 3 (60W) 280 4 100 400 0 0
BANHO 12 14 2 1 (100W) 2 (60W) 160 1 600 600 3 8320
PREVISÃO DE CARGAS 2º ANDAR
QUARTO 29,95 20,4 6 1 (100W) 5 (60W) 400 6 100 600 2 1110
BANHO 9,75 12,7 1 100 100 1 600 600 3 8320
CLOSET 9,75 12,7 1 100 100 2 100 200 0 0
TOTAL 2º ANDAR 1320W 2800W 18860W
SACADA 4 100 400 2 100 200
PREVISÃO DE CARGAS ÁREA FRENTE 3 100 300 1 100 100
EXTERNA LATERAIS 4 100 400 2 100 200
FUNDOS 5 100 500 1 100 100
TOTAL ÁREA EXTERNA 1600W 600W
TOTAL DA RESIDÊNCIA 4300W 7800W 52340W
CARGA TOTAL INSTALADA(W) 64440W
CARGA TOTAL INSTALADA(W) + 10% 70884W

14
Cálculo de demanda

O cálculo de demanda é calculado quando a carga instalada é superior a 15kW


(220/127V) ou 25kW (380/220V), e é utilizado para dimensionar o condutor dos
circuitos de distribuição e alimentador.

Para o caso da cidade de Pelotas a carga instalada não deve ser superior a 25kW
(380/220V). O método de cálculo se dá pela seguinte fórmula:

D (kVA) = A + B + C + D + E + F

Onde:

a = Demanda de iluminação e tomadas, calculada conforme ANEXO D;

b = Demanda dos aparelhos para aquecimento (chuveiros, aquecedores, fornos, fogões,


etc.), calculada conforme ANEXO I;

c = Demanda dos aparelhos de condicionador de ar, tipo “janela”, calculada conforme


ANEXOS E e F, (unidade em kVA);

d = Demanda das unidades centrais de condicionadores de ar, calculadas a partir das


respectivas correntes máximas totais (valores fornecidos pelos fabricantes),
considerando o fator de demanda de 100%;

e = Demanda dos motores elétricos e máquinas de solda a motor, calculada conforme


ANEXO G;

f = Demanda das máquinas de solda a transformador, aparelhos de eletrogalvanização e


de raios-X, calculada conforme ANEXO H.

No presente projeto, só serão utilizados os itens “a”, “b” e “c”, e os referidos


anexos, são consultados no RIC da CEEE, que é a concessionária distribuidora. Para
fins de cálculo, as potências declaradas utilizadas serão aquelas determinadas no Quadro
de Cargas da edificação.

 Dados:
 Área: 193,26 m²
 Tensão: 380/220 V

15
 Iluminação e tomadas (A):

A = P X FD X FP

obs: Fator de demanda conforme ANEXO D do regulamento de instalações


consumidoras da CEEE.

A = 4300W (iluminação total) + 7800W (T.U.G total) = 12.100W + 10%


(reserva) = 13.310W X 30% (fator de potência) = 3.993kVA

 Aparelhos de aquecimento (B):

B = P X FD X FP

obs: Fator de demanda conforme ANEXO I do regulamento de instalações


consumidoras da CEEE.

B = 1500W (forno elétrico) + 5500W (torneira elétrica) + 9000W (fogão elétrico


4 bocas) + 23100W (3 chuveiros) + 4200W (3 secadores de cabelo grandes) =
43300W X 51% (fator de potência) = 22.083kVA

 Aparelhos de ar condicionado (C):

16
C = P X FD

obs: Fator de demanda conforme ANEXO E do regulamento de instalações


consumidoras da CEEE.

C = 1450W (ar condicionado 12.000 btus) + 2000W (2 ar condicionado 7.500


btus) = 3450W = 3,45kVA x 100% (fator de demanda) = 3,45kVA

 Total da demanda:

D (KVA) = A + B + C

D(kVA) = 3.993kVA + 22.083kVA + 3.45kVA = 29.526kVA

Entrada de Energia

A alimentação de energia se dará a partir do poste de distribuição da


concessionária que estará ligado até o poste particular.

A partir deste ponto, o ramal de energia será subterrâneo, obedecendo às normas


do Regulamento de Instalações Consumidoras de Baixa Tensão (RIC – BT)

A seguir são descritas as entradas e dimensionamento de energia, de acordo com


o cálculo da demanda e conforme o ANEXO J

17
 Com o valor da demanda identifica-se o tipo de entrada de serviço conforme
Anexo J:

o Entrada de serviço Tipo C13


o PROTEÇÃO
Disjuntor termomagnético: 50 A

o CONDUTOR
Ramal de Ligação: Fio de Cobre isolado de10mm²;
Ramal de entrada: Fio de Cobre isolado de10mm²;
Aterramento e proteção: Fio de Cobre isolado de10mm²;

o ELETRODUTO
Ramal de entrada: PVC 32mm
Aterramento e proteção: PVC 20mm

Distribuição elétrica

A distribuição elétrica desta edificação será feita desde o quadro de medição


(QM) até os quadros de distribuição (QD), de acordo com a descrição no projeto e a
partir de então se distribuirão em dez circuitos elétricos no pavimento térreo e dez
circuitos elétricos no pavimento superior.

Além disso, serão instalados nas áreas molhadas e no circuito de iluminação


externa Disjuntores Diferenciais Residuais (DR’s) para evitar curtos circuitos e choques
elétricos, conforme solicitado em norma.

Distribuição de circuitos e Balanceamento de Fases

A fim de determinar a distribuição de circuitos, foram necessários os cálculos de


corrente e para então a determinações do disjuntor e do fio, nestes, foram consideradas
certas determinações da NBR 5410:

18
 Foram utilizados condutores de cobre unipolares, revestidos com PVC,
embutidos em alvenaria e, portanto, segundo a Tabela 33 – Tipos de Linhas
Elétricas, da NBR 5410 / 2015, obteve-se que o método de referência para a
escolha dos condutores será o B1;

 Após determinado o método de referência B1, os diâmetros dos condutores


foram escolhidos com base na capacidade de condução de corrente apresentada
na Tabela 36–Capacidades de condução de corrente, em ampères, para os
métodos de referência A1, A2, B1, B2, C e D, da NBR 5410 / 2015;
 A seção mínima dos condutores, para circuitos de iluminação, deve ser de
1,5mm²;
 A seção mínima dos condutores, para circuitos de tomadas, deve ser de 2,5 mm²;
 A capacidade mínima dos disjuntores, para circuitos de iluminação e circuitos de
TUG’s, deve ser de 10 A;
 A capacidade mínima dos disjuntores, para circuitos de TUE’s, deve ser de 20A;
 Obedeceu-se ao princípio básico de que: CIRC <DISJ <COND;
 A Corrente (I) é o quociente da divisão de Potência (P) por Tensão Nominal (V),
e a Tensão Nominal (V) adotada foi de 220V;
 As potências foram determinadas conforme o dimensionamento anterior item 2.

Primeiro andar

O quadro de distribuição de energia precisará ser em chapa metálica, com local


para um disjuntor geral para o térreo, dez disjuntores monofásicos, mantendo ainda
local para dois disjuntores reservas. Além disso, o quadro de distribuição deverá possuir
barramento de cobre e espaço para disjuntor geral.

19
 CIRCUITO 1
Ambiente: Sala/Cozinha/Corredor
Aparelho: Iluminação
Potência: 680W
Corrente: I = P/V = 680/220 = 3,09A
Corrente Acrescida: I x 1,3 = 3,09 x 1,3 = 4,02A
Disjuntos: 10A
Diâmetro do fio: 1,5mm²
Fase: R

 CIRCUITO 2
Ambiente: Banho/Lavanderia/Garagem
Aparelho: Iluminação
Potência: 600W
Corrente: I = P/V = 600/220 = 2,73A
Corrente Acrescida: I x 1,3 = 2,73A x 1,3 = 3,55A
Disjuntos: 10A
Diâmetro do fio: 1,5mm²
Fase: T

 CIRCUITO 3
Ambiente: Área Externa
Aparelho: Iluminação
Potência: 1600W
Corrente: I = P/V = 1600/220 = 7,27
Corrente Acrescida: I x 1,3 = 7,27 x 1,3 = 9,45
Disjuntos: 10A + IDR16
Diâmetro do fio: 1,5mm²
Fase: R

 CIRCUITO 4
Ambiente: Área Externa
Aparelho: TUG’s

20
Potência: 600W
Corrente: I = P/V = 600/220 = 2,73A
Corrente Acrescida: I x 1,3 = 2,73 x 1,3 = 3,55A
Disjuntos: 10A + IDR16
Diâmetro do fio: 2,5mm²
Fase: S

 CIRCUITO 5
Ambiente: Sala/Cozinha/Corredor
Aparelho: TUG’s
Potência: 2500W
Corrente: I = P/V = 2500/220 = 11,36A
Corrente Acrescida: I x 1,3 = 11,36 x 1,3 = 14,77A
Disjuntos: 10A + IDR16
Diâmetro do fio: 2,5mm²
Fase: T

 CIRCUITO 6
Ambiente: Banho/Lavanderia/Garagem
Aparelho: TUG’s
Potência: 1900W
Corrente: I = P/V = 1900/220 = 8,64
Corrente Acrescida: I x 1,3 = 8,64 x 1,3 = 11,23A
Disjuntos: 10A + IDR16
Diâmetro do fio: 2,5mm²
Fase: R

 CIRCUITO 7
Ambiente: Sala
Aparelho: TUE Ar Condicionado
Potência: 1450W
Corrente: I = P/V = 1450/220 = 6,59A
Corrente Acrescida: I x 1,2 = 6,59 x 1,2 = 7,91

21
Disjuntos: 20A
Diâmetro do fio: 125mm²
Fase: S

 CIRCUITO 8
Ambiente: Banho
Aparelho: TUE Chuveiro
Potência: 7700W
Corrente: I = P/V = 7700/220 = 35A
Corrente Acrescida: I x 1,2 = 35 x 1,2 = 42A
Disjuntos: 50A + IDR 63
Diâmetro do fio: 10mm²
Fase: R

 CIRCUITO 9
Ambiente: Reserva
Fase: R

 CIRCUITO 10
Ambiente: Reserva
Fase: S

Segundo Andar

O quadro de distribuição de energia precisará ser em chapa metálica, com local


para um disjuntor geral para o Pavimento Superior, onze disjuntores monofásicos,
mantendo ainda local para dois disjuntores reservas. Além disso, o quadro de
distribuição deverá possuir barramento de cobre e espaço para disjuntor geral.

 CIRCUITO 11
Ambiente: Quarto(A=18,30m²)/Corredor/Banho(A=2,00m²)
Aparelho: Iluminação
Potência: 720W

22
Corrente: I = P/V = 720W/220 = 3,27
Corrente Acrescida: I x 1,3 = 3,27 x 1,3 = 4,25A
Disjuntos: 10A
Diâmetro do fio: 1,5mm²
Fase: S
 CIRCUITO 12
Ambiente: Quarto(A=29,95m²)/Banho(A=9,75m²)/Closet
Aparelho: Iluminação
Potência: 600W
Corrente: I = P/V = 600/220 = 2,73A
Corrente Acrescida: I x 1,3 = 2,73 x 1,3 = 3,55A
Disjuntos: 10A
Diâmetro do fio: 1,5mm²
Fase: S

 CIRCUITO 13
Ambiente: Quarto(A=18,30m²)/Corredor/Banho(A=2,00m²)
Aparelho: TUG’s
Potência: 1400W
Corrente: I = P/V = 1400/220 = 6,36
Corrente Acrescida: I x 1,3 = 6,36 x 1,3 = 8,27
Disjuntos: 10A + IDR 16
Diâmetro do fio: 2,5mm²
Fase: R

 CIRCUITO 14
Ambiente: Quarto(A=29,95m²)/Banho(A=9,75m²)/Closet
Aparelho: TUG’s
Potência: 1400W
Corrente: I = P/V = 1400/220 = 6,36
Corrente Acrescida: I x 1,3 = 6,36 x 1,3 = 8,27
Disjuntos: 10A + IDR 16

23
Diâmetro do fio: 2,5mm²
Fase: S

 CIRCUITO 15
Ambiente: Quarto(A=18,30m²)
Aparelho: TUE Ar Condicionado
Potência: 1000W
Corrente: I = P/V = 1000/220 = 4,55
Corrente Acrescida: I x 1,2 = 4,55 x 1,2 = 5,45A
Disjuntos: 20A
Diâmetro do fio: 2,5mm²
Fase: T

 CIRCUITO 16
Ambiente: Banho(A=2,00m²)
Aparelho: TUE Chuveiro
Potência: 7700W
Corrente: I = P/V = 7700/220 = 35A
Corrente Acrescida: I x 1,2 = 35 x 1,2 = 42A
Disjuntos: 50A + IDR 63
Diâmetro do fio: 10mm²
Fase: S

 CIRCUITO 17
Ambiente: Quarto(A=29,95m²)
Aparelho: TUE Ar Condicionado
Potência: 1000W
Corrente: I = P/V = 1000/220 = 4,55
Corrente Acrescida: I x 1,2 = 4,55 x 1,2 = 5,45A
Disjuntos: 20A
Diâmetro do fio: 2,5mm²
Fase: T

24
 CIRCUITO 18
Ambiente: Banho
Aparelho: TUE Chuveiro
Potência: 7700W
Corrente: I = P/V = 7700/220 = 35A
Corrente Acrescida: I x 1,2 = 35 x 1,2 = 42A
Disjuntos: 50A + IDR 63
Diâmetro do fio: 10mm²
Fase: T

 CIRCUITO 19
Ambiente: Reserva
Fase: T

 CIRCUITO 20
Ambiente: Reserva
Fase: T

Divisão de fases

Para realizar o balanceamento de fases nesta instalação, foi necessária ser feita
uma divisão, do valor de carga total encontrado no sistema como um todo pelo número
de fases presentes na instalação, neste caso, instalação trifásica (três).
Dividindo-se a carga total de 38550W pelas 3 fases a serem instaladas, chegou a
potência aproximada por fase de 12850W.
O balanceamento de fases apresentado abaixo, representou a melhor possível
distribuição encontrada, levando-se em conta a potência aproximada esperada por fase.
Segue o quadro com a respectiva distribuição de circuitos e o respectivo
balanceamento de fases.

25
QUADRO DE DIVISÃO DE CIRCUITOS
POTÊNCIA CORRENTE CORRENTE DISJUNTOR FIO
CIRCUITO AMBIENTE APARELHO FASES
(W) (A) ACRESCIDA (A) (A) (mm²)
1 Sala/Cozinha/Corredor Iluminação 680 3,09 4,02 10 1,5 R
2 Banho/Lavanderia/Garagem Iluminação 600 2,73 3,55 10 1,5 T
3 Área Externa Iluminação 1600 7,27 9,45 10 + IDR16 1,5 R
4 Área Externa TUG'S 600 2,73 3,55 10 + IDR16 2,5 S
5 Sala/Cozinha/Corredor TUG'S 2500 11,36 14,77 10 + IDR16 2,5 T
6 Banho/Lavanderia/Garagem TUG'S 1900 8,64 11,23 10 + IDR16 2,5 R
7 Sala TUE Ar Condicionado 1450 6,59 7,91 20 2,5 S

PRIMEIRO ANDAR
8 Banho TUE Chuveiro 7700 35,00 42,00 50 + IDR63 10 R
9 Reserva - - - - - - R
10 Reserva - - - - - - S
TOTAL 17030

11 Quarto(A=18,30m²)/Corredor/Banho(A=2,00m²) Iluminação 720 3,27 4,25 10 1,5 S


12 Quarto(A=29,95m²)/Banho(A=9,75m²)/Closet Iluminação 600 2,73 3,55 10 1,5 S
13 Quarto(A=18,30m²)/Corredor/Banho(A=2,00m²) TUG'S 1400 6,36 8,27 10 + IDR16 2,5 R
14 Quarto(A=29,95m²)/Banho(A=9,75m²)/Closet TUG'S 1400 6,36 8,27 10 + IDR16 2,5 S
15 Quarto(A=18,30m²) TUE Ar Condicionado 1000 4,55 5,45 20 2,5 T
16 Banho(A=2,00m²) TUE Chuveiro 7700 35,00 42,00 50 + IDR63 10 S
17 Quarto(A=29,95m²) TUE Ar Condicionado 1000 4,55 5,45 20 2,5 T
18 Banho(A=9,75m²) TUE Chuveiro 7700 35,00 42,00 50 + IDR63 10 T

SEGUNDO ANDAR
19 Reserva - - - - - - T
20 Reserva - - - - - - T
TOTAL 21520
TOTAL CARGAS 38550
R S T
FASES
13280 12470 12800

26
Eletrodutos

Os eletrodutos serão embutidos na estrutura. Nas lajes, vigas e pilares


(elementos estruturais) a execução dos eletrodutos será realizada após a ferragem e
antes da concretagem.
Para colocação dos eletrodutos nas alvenarias deverão ser executados rasgos
(com máquina), de acordo com o local dos interruptores e tomadas indicado em projeto.
Após colocados os eletrodutos, estes serão fixados com pregos e arame para posterior
chumbação, utilizando argamassa de cimento e areia no traço 1:4.
Os eletrodutos serão do tipo PVC rígido roscável, bem como, os condutores
serão fios do tipo Superastic 450/750V – BWF.
O dimensionamento dos eletrodutos e sua descrição, segue uma sequência
numérica, a qual, está identificada no projeto, ou seja, todos os eletrodutos do projeto
têm sua numeração especificada, com as características descritas no item 2, deste
memorial.

Dimensionamento de Eletrodutos

 Os eletrodutos serão do tipo PVC rígido roscável


 Os condutores serão fios do tipo Superastic 450/750V – BWF
 Valor de “𝜋” adotada: 3,14

Quando os condutores possuem mesmo diâmetro utiliza-se diretamente a tabela


referente ao tipo de eletroduto utilizado, no nosso caso se trata de um eletroduto de
PVC. Para encontrar o diâmetro do eletroduto deve-se cruzar as informações de seção
nominal do condutor e o número de condutores.
Assim será adotado para eletrodutos com o mesmo diâmetro, os valores
conforme tabela abaixo, Tabela 4.15.

27
Quando houver eletrodutos de diferentes diâmetros será apresentado o cálculo,
conforme tabelas abaixo:

 ELETRODUTO 1
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
2 1,5 2,8 12,3088 20 16,4 211,1336 84,45344
3 2,5 3,4 27,2238
4 3,9 0
6 4,4 0
St 39,5326

Eletroduto 1 20mm²

 ELETRODUTO 2
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
2 1,5 2,8 12,3088 20 16,4 211,1336 84,45344
3 2,5 3,4 27,2238
4 3,9 0
6 4,4 0
St 39,5326

Eletroduto 2 20mm²

28
 ELETRODUTO 3
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
5 1,5 2,8 30,772 20 16,4 211,1336 84,45344
3 2,5 3,4 27,2238
4 3,9 0
6 4,4 0
St 57,9958

Eletroduto 3 20mm²

 ELETRODUTO 4
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
1,5 2,8 0 20 16,4 211,1336 84,45344
8 2,5 3,4 72,5968
4 3,9 0
6 4,4 0
St 72,5968

Eletroduto 4 20mm²

 ELETRODUTO 5
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
1,5 2,8 0 20 16,4 211,1336 84,45344
8 2,5 3,4 72,5968
4 3,9 0
6 4,4 0
St 72,5968

Eletroduto 5 20mm²

 ELETRODUTO 6
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
1,5 2,8 0 20 16,4 211,1336 84,45344
8 2,5 3,4 72,5968
4 3,9 0
6 4,4 0
St 72,5968

Eletroduto 6 20mm²

 ELETRODUTO 7
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
1,5 2,8 0 20 16,4 211,1336 84,45344
3 2,5 3,4 27,2238
3 4 3,9 35,81955
6 4,4 0
St 63,04335

Eletroduto 7 20mm²

 ELETRODUTO 8
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
1,5 2,8 0 32 27,5 593,65625 237,4625
2,5 3,4 0
4 3,9 0
6 4,4 0
8 10 5,6 196,9408
St 0

Eletroduto 8 32mm²

29
 ELETRODUTO 9
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
2 1,5 2,8 12,3088 20 16,4 211,1336 84,45344
3 2,5 3,4 27,2238
4 3,9 0
6 4,4 0
St 39,5326

Eletroduto 9 20mm²

 ELETRODUTO 10
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
2 1,5 2,8 12,3088 20 16,4 211,1336 84,45344
3 2,5 3,4 27,2238
4 3,9 0
6 4,4 0
St 39,5326

Eletroduto 10 20mm²

 ELETRODUTO 11
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
5 1,5 2,8 30,772 20 16,4 211,1336 84,45344
3 2,5 3,4 27,2238
4 3,9 0
6 4,4 0
St 57,9958

Eletroduto 11 20mm²

 ELETRODUTO 12
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
1,5 2,8 0 20 16,4 211,1336 84,45344
8 2,5 3,4 72,5968
4 3,9 0
6 4,4 0
St 72,5968

Eletroduto 12 20mm²

 ELETRODUTO 13
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
1,5 2,8 0 20 16,4 211,1336 84,45344
3 2,5 3,4 27,2238
3 4 3,9 35,81955
6 4,4 0
St 63,04335

Eletroduto 13 20mm²

 ELETRODUTO 14
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
1,5 2,8 0 32 27,5 593,65625 237,4625
2,5 3,4 0
4 3,9 0
6 4,4 0
8 10 5,6 196,9408
St 0

Eletroduto 14 32mm²

30
 ELETRODUTO 15
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
1,5 2,8 0 20 16,4 211,1336 84,45344
3 2,5 3,4 27,2238
3 4 3,9 35,81955
6 4,4 0
St 63,04335

Eletroduto 15 20mm²

 ELETRODUTO 16
Nº FIOS CONDUTORES FIO (mm) Área Ocupada pelos Condutores mm² (Sec) Eletroduto Dimensão eletroduto
Seção Interna Eletroduto (Sie) 40%(Su)
1,5 2,8 0 32 27,5 593,65625 237,4625
2,5 3,4 0
4 3,9 0
6 4,4 0
8 10 5,6 196,9408
St 0

Eletroduto 16 32mm²

Instalações telefônicas e lógicas

Observando os prováveis pontos onde serão instalados equipamentos que


demandem de instalações telefônicas e lógicas, que se fez a escolha dos pontos de
instalação das redes telefônica e lógica.
Adotou-se como sistema de distribuição a malha de piso e, na execução das
instalações, conforme as normas exigidas, será utilizada uma fiação com as seguintes
características:
 Fiação Interna: CCI – 50 (0,5mm²);
 Fiação Externa: FE – 10 (1,0mm²);
Além disso, também atendendo a norma, a tubulação será enfiada por dutos de ¾”,
em concordância com a distribuição prevista em projeto e com todos os acessórios
necessários para a correta instalação da rede telefônica e lógica.

Conclusão

O presente trabalho proposto durante o transcorrer do semestre foi muito


agregador de conhecimento, pois tivemos a oportunidade de trabalhar num projeto
elétrico desde seu desenvolvimento primário, passando por todas as etapas até a sua
conclusão, sendo este desenvolvimento muito enriquecedor para o conhecimento devido
a sua complexidade proposta.

31
O desenvolvimento do projeto teve suas dificuldades naturais devido a sua
complexidade, porém foram sanados ao decorrer de cada etapa que era realizada, dando
um bom embasamento para a confecção e análise de uma planta elétrica quando estiver
de posse de uma em uma obra.

32
Referências bibliográficas

• ABNT NBR 5410/2005 – Instalações Elétricas de Baixa Tensão;


• RIC/CEEE, disponível para acesso:
//http://www.ceee.com.br/pportal/ceee/Component/Controller.aspx?CC=1 221//

33
Plantas Baixa

34
35
36

Você também pode gostar