Você está na página 1de 3
Velocidade Escalar instantânea ou Rapidez E a velocidade de um corpo em casa instante, exemplo,
Velocidade Escalar instantânea ou Rapidez
E a velocidade de um corpo em casa instante, exemplo, a
velocidade marcada num velocímetro de um carro. Essa
Δs
velocidade
é
determinada
pela
mesma
equação
v
,
m
Cinemática escalar
 t
considerando um intervalo de tempo extremamente pequeno.
Introdução
Exercícios Propostos
A
cinemática é a parte da Mecânica que descreve os
1.
movimentos. Para iniciarmos esse assunto algumas
classificações devem se levadas em consideração.
Um corpo é classificado como ponto material quando suas
dimensões podem ser desprezadas em relação à situação
(COVEST) A imprensa pernambucana, em reportagem sobre
os riscos que correm os adeptos da "direção perigosa",
observou que uma pessoa leva cerca de 4,0 s para
completar uma ligação de um telefone celular ou colocar um
CD
no aparelho de som de seu carro. Qual a distância
estudada. Quando suas dimensões são levadas em consideração
esse corpo é classificado como um corpo extenso.
percorrida por um carro que se desloca a 72 km/h, durante
este
intervalo de tempo no qual o motorista não deu a devida
A
trajetória é o caminho percorrido pelo móvel e é constituía por
atenção ao trânsito?
um conjunto infinitos de posições onde temos dentre ela a
origem.
A)
40 m
Para indicarmos um ponto material, corpo extenso, a trajetória,
movimento, repouso temos que adotar um sistema de referencia
B)
60 m
C)
80 m
ou
simplesmente referencial.
D)
85 m
E)
97 m
Exemplo
2.
Um corpo está em movimento em relação a um determinado
referencial quando sua posição, nesse referencial, varia com o
tempo.
Um corpo está em repouso em relação a um determinado
(COVEST) No jogo do Brasil contra a China, na copa de
2002, Roberto Carlos fez um gol que foi fotografado por uma
câmara que tira 60 imagens/segundo. No instante do chute,
a
bola estava localizada a 14 metros da linha do gol, e a
câmara registrou 24 imagens, desde o instante do chute até
a
bola atingir o gol. Calcule a velocidade média da bola.
referencial quando sua posição, nesse referencial, varia com o
tempo.
B)
10 m/s
A
forma da trajetória do descrita por um corpo também depende
C)
13 m/s
do
referencial.
D)
18 m/s
E)
29 m/s
Capitulo 1 - Estudo do movimento
F)
35 m/s
3.
Velocidade Escalar Média
(COVEST) Uma agência bancária existem 2 máquinas de
atendimento automático ao cliente. Em média, a fila única de
espera mede 9,0 m e a separação entre as pessoas na fila é
de 75 cm. Qual o tempo médio de espera na fila, se cada
cliente demora, em média 3,0 minutos usando a máquina?
Dê sua resposta em minutos.
0
S0
S
t0
t
4.
(COVEST) Decorrem 5,0s entre o instante em que um
observador vê um relâmpago e o instante em que ouve o
S0
= Posição inicial (m, Km, cm
)
trovão. Aproximadamente, a quantos metros do observador
S
= Posição final
caiu
o raio?
to
= instante inicial (s, min, h, dias, ano
)
t = instante final
A)
5,0 x 10 2
B)
9,0 x 10 2
então temos
C)
1,3 x 10 3
D)
1,7 x 10 3
E)
2,1 x 10 3
Δs
s s
0
v
m
t
t t
5.
0
(COVEST) Durante o teste de desempenho de um novo
modelo de automóvel, o piloto percorreu a primeira metade
Vm
= velocidade escalar média (m/s , km/h,
)
da
pista na velocidade média de 60km/h e a segunda
∆s = deslocamento
∆t = intervalo de tempo
metade a 90 km/h. Qual a velocidade média desenvolvida
durante o teste completo, em km/h.

6. (COVEST) Um trem de comprimento 200m gasta 20s para atravessar um túnel de comprimento 400m. Determine a velocidade escalar média do trem.

7. A velocidade escalar média de um móvel é 80 km/h no primeiro trecho de seu percurso e 60 km/h no trecho restante. Os trechos são percorridos no mesmo intervalo de tempo. Qual a velocidade escalar média durante todo o percurso?

8. (FUVEST) Um atirador aponta para um alvo e dispara um projétil que sai da arma com velocidade de 300 m/s. O impacto do projétil no alvo é ouvido pelo atirador 3,2 s após o disparo. Sendo 340 m/s a velocidade de propagação do som no ar, calcule a distância do atirador ao alvo.

1. (COVEST) A equação horária para o movimento de uma partícula é x(t) = 15 – 2 t, onde x é dado em metros e t em segundos. Calcule o tempo, em s, para que a partícula percorra uma distância que é o dobro da distância da partícula à origem no instante t = 0 s.

2. (COVEST) Um remador está descendo um rio com velocidade de 3m/s em relação à margem. A velocidade da correnteza é de 0,50m/s em relação à margem. Em um

determinado instante o vento atira o boné do remador, no rio,

a uma distância de 17,5m em linha reta, à sua frente. Em

quantos segundos o remador alcançará o boné deslocando-

se em linha reta?

3. (COVEST) Dois carros de fórmula 1, de 5,0 m de comprimento cada, correm em uma pista retilínea com velocidades uniformes mas diferentes. Inicialmente o mais lento está na frente, como mostra a figura abaixo (vista superior). De quanto deve ser a diferença de velocidade entre os carros, em km/h, para que a ultrapassagem ocorra durante um intervalo de 2,0 s?

9. (Fenge-SP) Você num automóvel faz um determinado percurso em 2h, desenvolvendo uma velocidade escalar
9. (Fenge-SP) Você num automóvel faz um determinado
percurso em 2h, desenvolvendo uma velocidade escalar
média de 75 km/h. Se fizesse o mesmo percurso a uma
velocidade escalar média de 100 km/h, quando tempo
ganharia?
Gabarito
1.
C
2.
3.
4. C
5. 72 m/s
6.
30 m/s
7. 70 m/s
8.
9.
10.
Capitulo 2 – Movimento Uniforme
4.
É

o movimento onde a velocidade do corpo é constante. Onde a velocidade escalar média coincide com a velocidade escalar instantânea.

(CESCEM-SP) A distância entre dois automóveis é 225 km. Se eles andam um ao encontro do outro com 60 km/h e 90 km/h, ao fim de quantas horas se encontrarão?

Função horária da posição

É a função que descreve a posição do móvel em função do tempo

onde a posição inicial e a velocidade devem ser conhecidas.

s

s

0

vt

S = posição onde s = f(t) S0 = posição inicial

v = velocidade

t = instante de tempo onde
t = instante de tempo
onde

5. (Vunesp) Uma caixa de papelão vazia, transportada na carroceria de um caminhão que trafega a 90 km/h num trecho reto de uma estrada, é a atravessada por uma bala perdida. A largura da caixa é de 2,00 m e a distância entre as retas perpendiculares às duas laterais perfuradas da caixa é que passam, respectivamente, pelos orifícios de entrada e de saída da bala (ambos na mesma altura) é de 0,20 m.

Orifício A 2,00m Orifício B 0,2m
Orifício A
2,00m
Orifício B
0,2m

V > 0 → Progressivo

A 2,00m Orifício B 0,2m V > 0 → Progressivo Caixa vista de cima Supondo que

Caixa vista de cima Supondo que a direção do disparo é perpendicular às

laterais perfuradas da caixa e ao deslocamento do caminhão

e que o atirado estava parado na estrada, determine a velocidade da bala, suposta constante.

V < 0 → retrogrado

Exercícios Propostos

6. Duas cidades A e B estão separadas pela distância de 300 km, medidos ao longo da estrada que as liga. No mesmo instante, um móvel P passa por A, dirigindo-se a B, e um móvel Q passa por B, dirigindo-se a A. Seus movimentos são uniformes e suas velocidades (em valo absoluto) são

Paralelogra

  

d    

a a c c

b

b

mo

Polígono

iguais a 80 km/h (P) e 70 km/h (Q). Determine o instante e a posição de encontro. (FGV-SP) De duas cidadezinhas ligadas por uma estrada reta de 10 km de comprimento, partem simultaneamente, uma em direção à outra, duas carroças, puxadas cada um por um cavalo e andando à velocidade de 5 km/h. No instante de partida, uma mosca, que estava pousada na testa do segundo cavalo. Após um intervalo de tempo desprezível, dela parte novamente e volta, com a mesma velocidade de antes, em direção ao primeiro cavalo, até pousar em sua testa. E assim prossegue nesse vaivém, até que os dois cavalos se encontram e a mosca morre esmagada entre as duas testas. Quantos quilômetros percorreu a mosca?

Gabarito

1. 2. 3. 4. 5. 250 m/s 6. 2 h 7. 15 km
1.
2.
3.
4.
5. 250 m/s
6. 2 h
7. 15 km