Você está na página 1de 24

BATERIA DE TESTES

EUROFIT

Adultos Jovens
Estrutura da
bateria
DIMENSÃO COMPONENTE FACTOR TESTES

Cap. Aeróbia Potência aeróbia Potência aeróbia Ciclo ergómetro


máxima máxima
Apt. muscular Força e Resistência Abdominais
resistência muscular do
muscular tronco
Força de preensão Dinamometria
manual
Flexibilidade Flexão do tronco • Inclinação lateral
• Seat and reach
Apt. motora Equilíbrio Equilíbrio global Equilíbrio sobre
uma perna

Antropomet. Altura Índice de massa Relação peso - altura


Peso corporal
SKF Σ SKF Perfil de adiposidade

Per. da cintura Rel. cintura - anca Distr. de gordura


Per. da anca
Linhas orientadoras para aplicação da bateria de testes

• Tratamento cordial e bom ambiente - calmo e agradável;


• O testado deve procurar chegar um pouco antes do teste iniciar para
repousar e adaptar-se ao ambiente;
• Dar informação sobre tipo de roupa apropriada, alimentação antes do
teste, bebidas, fumo e exercício;
• Explicação completa da natureza, duração e propósitos do teste bem
como dos cuidados a ter na execução dos mesmos
• Durante a aplicação dos testes seguir de perto o indivíduo testado,
essencialmente na parte final dos mesmos e em particular nos testes de
capacidade aeróbia e aptidão muscular.
• Segurança e determinação de quem está a aplicar o teste. É
fundamental que conheça bem o equipamento em causa, e que seja
capaz de responder às diferentes questões que as pessoas lhe
coloquem.
Recomendações gerais para os avaliados

Antes das provas ou testes os indivíduos devem evitar:


• exercícios intensos,
• beber álcool nas últimas 24 horas;
• utilizar estimulantes ou tabaco até 2 horas antes do início.

Estas recomendações são importantes


• para que os resultados sejam mais fiáveis
• para aumentar a segurança das pessoas
Descrição dos testes
Capacidade aeróbia
• Teste em ciclo-ergómetro (PWC 170)

Objectivo - estimar o VO2 máx.

Condições em que se deve realizar o teste

• Antes de iniciar o teste o sujeito deve estar numa zona calma e


confortável;

• Dar previamente as respectivas instruções relativas à natureza do teste;

• O sujeito deve estar confortavelmente sentado, isto é, joelho ligeiramente


flectido quando o pedal se encontra na fase mais distante;

• O ritmo ou número de ciclos por minuto deve ser de 60.

• Antes de passar para um patamar superior, a cerca dos (3.45 min), é


aconselhável aumentar a carga progressivamente para que a alteração do
ritmo de pedalada não se faça bruscamente (evitar a fadiga localizada).
Procedimentos
• Após colocar o sujeito em posição, deve explicar-se o
teste e antes de mais faz-se um ligeiro aquecimento que
tem um triplo objectivo:
1. promover uma activação geral;
2. dar a conhecer de uma forma progressiva o ritmo a
que se vai desenvolver o teste (60 RPM);
3. ajudar a determinar a carga "ideal" a que o teste se
vai iniciar para atingir nos 3 patamares os valores de
referência da FC.

• No final do teste o sujeito deve continuar a pedalar


cerca de 30 seg. a 1 min. com uma intensidade e
cadência progressivamente mais baixa.
Linhas de orientação para os incrementos da carga
(Watts) nos 3 patamares para o teste do ergómetro

Perfil de Jovens e adultos de meia idade


actividade física (20-50/55 anos)

1º 2º 3º
Aquecimento patamar patamar patamar

Muito activos Sexo masculino 120 W 150 W 180 W


100 W

Moderadamente
activos ou Sexo feminino 70W 100 W 120
ou 130 W
sedentários 50 W
Descrição do teste

• Antes de iniciar o teste o sujeito


faz um pequeno aquecimento a
intensidade reduzida (50 watt) por
um período de 2 a 4 min.

• Pedalar durante 12 minutos em 3


patamares de 4 min com
intensidade progressiva.

• O último patamar deve levar o indivíduo até cerca de 70


a 85% da sua FC teórica máx.
Problemas

Fontes de erro imputadas ao sujeito testado, ao avaliador e ao material:

• O sujeito não está descansado e calmo antes do teste

• A medição da FC falha

• O sujeito atinge a zona alvo muito depressa


(falta de experiência em dosear a carga)
• O sujeito não atinge a FC máx. no final do teste
(deve aumentar-se um patamar)
• Problemas com o ergómetro

• O sujeito não consegue manter a cadência


Aptidão muscular
Força e resistência muscular

• Resistência da musculatura abdominal - Sit up’s


• Força dos flexores das mãos - Dinamometria manual

Flexibilidade

• Sentar e alcançar (Sit and Reach)


• Inclinação lateral do tronco (side bend)
Sit up’s

Condições em que se deve realizar o teste

• Informar correctamente o procedimento, e em especial a


posição dos MS na posição inicial e final de cada nível.

Equipamento

• Tapete pouco espesso

Critério de exclusão

• Problemas na coluna lombar


Procedimentos

• Sujeito deitado em decúbito dorsal, joelhos a 90 graus;

• MS flectidos e mãos colocadas à altura da cabeça e dedos


a tocar os lobos das orelhas.

• Os pés do sujeito estão fixos.

• Os limites do movimento são: chão e cotovelos na parte


anterior da coxa.

• São contados o número máximo de repetições em 30 seg.


Dinamometria manual

Condições em que se realiza teste

• O teste deve ser descrito e demonstrado, dando uma pré


tentativa

• Não são permitidos movimentos bruscos ou


de balanço do membro superior

Equipamento

• Dinamómetro manual
Procedimentos

• Sujeito de pé em posição equilibrada


• Dinamómetro deve estar ligeiramente afastado do corpo
• Braço que executa em extensão
• Pega do dinamómetro ajustada em função do testado.
• Intervalo de cerca de 10 seg. entre cada tentativa

Pontuação

• São permitidas duas tentativas conta a melhor


Sentar e alcançar
Condições em que se deve realizar o teste
• É aconselhável um aquecimento prévio, bem como a
execução de uma tentativa sem esforço máximo com o
intuito de perceber o movimento;
• O teste deve ser feito sem sapatos ou sapatilhas

Equipamento

• Banco para o teste

Critério de exclusão

• Problemas na coluna lombar


• Durante o teste sentir dores na zona lombar
Procedimentos

• O teste deve ser previamente executado para ser dado a


conhecer
• Sujeito sentado no chão com pernas estendidas
• Procura alcançar o ponto mais à frente possível, com
ambas as mãos
• Caso se note que há dificuldade em permanecer com os
joelhos em extensão deve segurar-se nos joelhos do
executante
• No máximo da amplitude o sujeito tem de parar durante 2
a 3 segundos
• Não se pode fazer insistências
Pontuação

• os valores são medidos em cm


• cada sujeito tem direito a 2 tentativas sendo
contada a melhor

Problemas

• Joelhos flectidos
• Insistências
Inclinação lateral
Condições em que se deve realizar o teste

• Não é permitido rodar o tronco nem a cintura pélvica


• Ambos os calcanhares em contacto com o solo

Equipamento

• Régua graduada em milímetros

Critério de exclusão

• Problemas na coluna lombar


Procedimentos

• O teste deve ser previamente executado para ser dado a


conhecer

• Sujeito de pé, costas e cotovelos em contacto com a


parede, com pés afastados cerca de 15 cm

• Membros superiores ao longo do corpo.

• É marcada a posição inicial de ambos os dedos médios


(na zona da coxa) com uma linha horizontal

• O sujeito faz uma inclinação lateral o mais pronunciada


possível sem deixar o contacto com a parede (costas,
ancas e cotovelos)
Procedimentos (cont.)

• Durante o movimento o dedo médio desliza pela zona


lateral da coxa
• A posição final deve ser mantida por 1 ou 2 segundos
• É medida a distância entre a posição inicial e final (ao
longo da coxa)

Pontuação

• Valores medidos em cm e registados para os 2 lados


• Posteriormente são adicionados e divididos por 2
• A diferença entre o lado direito e esquerdo pode ser
usada como um índice adicional.
Problemas

• Insistências ou rotação do tronco


Equilíbrio a um apoio
Condições em que se deve realizar o teste

• Deve ser utilizada a perna preferida


• O teste tem de ser feito descalço ou em meias
• São permitidas 2 tentativas preliminares
• São permitidos movimentos da perna livre
e dos membros superiores
• Não é permitido deslizar ou saltar

Equipamento

• Cronómetro
Procedimentos

• O equilíbrio é avaliado com o indivíduo sobre um apoio,


numa superfície plana e com os olhos fechados.

• Conta-se o número de tentativas para conseguir


equilibrar-se durante 30 seg.

• O relógio é accionado a partir do momento em que o


sujeito entra em equilíbrio.

• Quando se perde o equilíbrio o relógio pára e volta a


accionar no início da nova tentativa, até se atingir os 30
seg.
Pontuação

• Conta-se o número de tentativas em 30 seg.

• Se o sujeito perde constantemente o equilíbrio ou não


se consegue sustentar num apoio, o seu resultado é de
30.

Problemas

• Há pessoas que tem problemas em manter os olhos


fechados completamente

• Se o 2º apoio contactar o solo, de forma breve, o relógio


não deve parar e deve ser averbada mais uma tentativa.