Você está na página 1de 18

MARCOS HISTÓRICOS DO

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
NAS ÚLTIMAS DÉCADAS
• ATÉ A DÉCADA DE 60, O MEIO AMBIENTE ERA
VISTO MAIS COMO UM BEM ECONÔMICO E
AS LEGISLAÇÕES TINHAM ESSE OBJETIVO
PRINCIPAL, PRESERVAR A ECONOMIA, EXS:

– “MADEIRA DE LEI”

– RESERVA LEGAL (20% DA ÁREA)


• Década de 60 – aumento significativo da
consciência ambiental
Reflexão sobre
as interconexões
entre o meio-
ambiente, ser
humano, bem-
estar, economia
e sociedade.
Fala sobre a
ameaça do DDT.
• BRASIL:

– 1965 – CÓDIGO FLORESTAL


– 1967 – LEI DE PROTEÇÃO A FAUNA
– PARQUES NACIONAIS
– IBDF – INSTITUTO BRASILEIRO DE
DESENVOLVIMENTO FLORESTAL
– RESERVAS INDÍGENAS
CONFERÊNCIA DE ESTOCOLMO
1975
PRIMEIRO SELO AMBIENTAL –
ALEMANHA - 1978
• DÉCADA DE 1980 (LEGISLAÇÕES ESPECÍFICAS)

– 1981 – PNMA (POLÍTICA NACIONAL DO MEIO


AMBIENTE) – DESCENTRALIZAÇÃO E
SURGIMENTO DE ÓRGÃOS ESTADUAIS E
MUNICIPAIS

– A LEGISLAÇÃO É ATENDIDA PARA EVITAR MULTAS

– TECNOLOGIAS “FIM DE TUBO”


• ACIDENTES DE GRANDE IMPACTO MUNDIAL,
MOSTRAM QUE O AMBIENTE PODE TER FIM
Chernobyl (1986)
PETROLEIRO EXXON
VALDEZ DA CHEVRON
EM 1989 NO MAR DO
ALASCA
• Final da década de 80 – os empresários
começam a ver a preocupação ambiental
como redução do desperdício
• 1987 – Protocolo de Montreal

– Bane os “CFCs”

– Relatório Brundtland (Relatório da Comissão


Mundial sobre Meio Ambiente e
Desenvolvimento)

– Necessidade do crescimento econômico estar


aliado a conservação do meio ambiente
(Desenvolvimento Sustentável)
• Constituição Brasileira de 1988 traz
claramente no seu artigo 225 influência do
Relatório Brundtland

• “Todos têm direito ao meio ambiente


ecologicamente equilibrado, bem de uso
comum do povo e essencial à sadia qualidade
de vida, impondo-se ao Poder Público e à
coletividade o dever de defendê-lo para as
presentes e futuras gerações”
• DÉCADA DE 90 (PREOCUPAÇÃO DAS PESSOAS
AUMENTA)

– CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MEIO


AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO – RIO 92

• CARTA DA TERRA

• AGENDA 21
• PROMOVER EM ESCALA PLANETÁRIA O
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
• ASSINADA POR 179 PAÍSES
• Final do Século XX e início do Século XXI –
qualidade ambiental (racionalização do uso
de energia, redução, reutilização e reciclagem
de matérias primas, ...)

• Certificação Ambiental
• PROTOCOLO DE KYOTO (1997)

• RIO + 10: JOANESBURGO (ÁFRICA DO SUL)

• RIO + 20: RIO DE JANEIRO