Você está na página 1de 8

Digite aqui o título do seu artigo

(Fonte Arial ou Times New Roman, tam 15 em negrito)

Nome completo - e-mail do autor (fonte 12, negrito)


Ex.; Fulano de Tal – fulano@gmail.com

Nome do Curso
Dalmass Escola de Lideres / Nome da Instituição Conveniada
Ex: Dalmass Escola de Lideres / Faculdade de Tecnologia - GAP
Cidade, UF, data completa (dia, mês e ano)
Ex.; Belém, PA, 15/05/2016

Resumo
Um Espaço simples
Neste espaço, utilizando fonte Arial ou Times New Roman, tamanho 12,
espaçamento simples, discorra entre 10 a 15 linhas acerca do seu trabalho.
Resuma tudo: tema, importância do tema, problema de pesquisa, objetivo do
trabalho de forma clara e sucinta, método usado (tipo de pesquisa empreendida
_ o que se quis alcançar com a pesquisa e quais benefícios resultarão dela) e o
resultado alcançado. O resumo deve ser todo redigido em um único parágrafo.
Seu artigo não deverá conter homenagens nem dedicatórias. O que está
exposto neste roteiro prático é o suficiente. O resumo deve representar de forma
fiel o conteúdo do trabalho. Não inclua citações ou referências a figuras e
tabelas ilustrações. Resumo deve ser escrito de forma a poder ser lido
independentemente.
Um Espaço simples
Palavras-chave: Formatação; Modelo padrão; Autores _ são exemplos de
palavras chave (portanto apresente de 3 a 5 palavras, separadas por ponto e
vírgula, com a primeira letra de cada uma em maiúsculo).
Um Espaço simples
Abstract
Um Espaço simples
In this space, using Arial font or Times New Roman, size 12, single spacing,
enter 10 to 15 lines about your work. Summarize everything: theme, importance
of the theme, research problem, objective of the work in a clear and succinct
way, method used (type of research undertaken - what was wanted to achieve
with the research and what benefits will result from it) and the result achieved.
The abstract must be written in a single paragraph. Your article should not
contain any homage or dedication. What is exposed in this practical guide is
enough. The abstract should faithfully represent the content of the work. Do not
include quotes or references to figures and tables illustrations. abstract must be
written in such a way that it can be read independently.
Um Espaço simples
Keywords:Formatting; Standard model; Authors _ are examples of keywords
(therefore present 3 to 5 words, separated by semicolons, with the first letter of
each one in capital letters).
Um Espaço simples
1 Introdução (Arial 12 ou Times New Roman)
Um Espaço simples
Ainda mantendo a mesma formatação, a partir daqui seu TCC (Artigo) deverá
apresentar exposição por meio de tópicos: introdução, desenvolvimento e
2

conclusão. Tente escrever a introdução em uma ou uma e meia laudas (folhas


de papel). Veja que os parágrafos não terão recuo nos seus inícios. Só mude de
parágrafo quando for mudar de ideia a ser exposta, independente do tamanho
que o parágrafo assumirá. Neste primeiro tópico, introdução, comece
comentando que seu estudo se insere na área do conhecimento tal. Fale um
pouco sobre a base inicial que o levou a pesquisar o seu tema e, por isso, o
motivo de sua escolha. Apresente em qual contexto (época, lugar) o tema está
inserido. Explique por qual razão decidiu focar em determinado aspecto do tema.
Descreva o que você identificou como uma questão a ser investigada por meio
de uma pesquisa, portanto, trata-se de apresentar o problema de sua pesquisa
(você pode concluir essa frase com uma pergunta, pois uma interrogação
representa o problema que deu origem à pesquisa). Informe por que considera
relevante buscar uma resposta que elucide o problema, como forma de oferecer
uma justificativa para que o problema identificado por você mereça a realização
de uma pesquisa. Consequentemente apresente o objetivo da pesquisa (use
sempre um verbo no infinitivo para apresentar o objetivo geral e os objetivos
específicos que se espera alcançar com o desenvolvimento da pesquisa.
Exemplos de verbos: identificar, descrever, explicar, elucidar, classificar,
quantificar etc.). Caso você tenha uma hipótese, apresente-a na introdução (uma
hipótese não é elaborada para ser defendida com unhas e dentes pelo
pesquisador). O pesquisador deve se comprometer a testar a(s) hipótese(s) que
será(ão) confrontada(s) com os dados colhidos pela pesquisa. O pesquisador
tem o compromisso de apresentar os resultados. Exemplo: a hipótese tal foi
confirmada pelos dados tais; a hipótese tal não foi confirmada em virtude dos
resultados tal e tal. A elaboração de hipótese(s) é facultativa. Mas o teste da(s)
hipótese(s) e apresentação dos resultados não fará parte da introdução. Na
introdução você apenas apresenta a(s) hipótese(s). Testes e resultados serão
apresentados no capítulo de desenvolvimento do texto.
Resumindo introduza o assunto e a informação necessária para o leitor entender
o resto do artigo. Utilize um parágrafo para dar uma ideia do assunto a ser
explanado, outro parágrafo para ideia mais especifica (tema), depois justificava
(por que seu trabalho é importante para ser estudado), depois a pergunta
problema, suas hipóteses e feche sua introdução com os objetivos gerais (o
objetivo do estudo ajuda a focar o artigo) e específicos (o que distingue este
trabalho dos outros). Não apresente descobertas ou conclusões.
Ainda na introdução se forem fazer citações de trabalhos realizados por outros
autores (conceitos, dados estatísticos gerados por outros pesquisadores,
teorias) apresente-os de modo que tais citações demonstrem-se relacionadas ao
tema de sua pesquisa ou ao problema da pesquisa.
Analise ao terminar sua introdução se seu trabalho deu início ao tema ou
pesquisa que você irá apresentar. Introdução é uma espécie de apresentação do
seu artigo e deve conter algumas respostas a perguntas como: Do que se trata a
pesquisa? Por que tal pesquisa foi desenvolvida? O que se sabe sobre o tema?
A introdução não deve ter sub tópicos, e deve ser dividida em parágrafos. Nesta
parte você deverá falar sobre: tema escolhido, delimitação do tema, relevância
(justificativa) do tema, pergunta que originou o interesse por seu tema escolhido
(problema de pesquisa), o que se espera alcançar de forma geral e de forma
específica com o seu trabalho (objetivo geral e objetivos específicos). Estes
objetivos devem ser em número de um para o geral e até 4 para os específicos.
Lembre-se de que cada problema proposto (cada pergunta) deverá ser
3

respondido no seu artigo. Assim, tente escolher poucas perguntas para evitar
trabalho muito extenso (uma ou duas são suficientes). Por fim, nesta parte de
introdução, queremos explicar que cada aluno terá direito a duas revisões.
Portanto, escreva e revise bem o seu artigo antes de enviá-lo para as correções.
Estes envios deverão ser feitos eletronicamente para o e-mail:
pedagogico@dalmass.com.
Um Espaço simples
2 Revisão de Literatura ou Documental (Arial 12 ou Times New Roman)
(escolha títulos adequados a sua pesquisa bibliográfica ou documental
adequado a esta parte). Portanto, (não deixe a palavra “Revisão de
Literatura”, pois ela só expressa o motivo deste tópico).
Um Espaço simples
Revisão de Literatura ou Documental (uso de normas, Leis) é parte de seu
trabalho que você utiliza de citações de trabalhos realizados por outros autores
(conceitos, dados estatísticos gerados por outros pesquisadores, teorias) de
modo que tais citações demonstrem-se relacionadas ao tema de sua pesquisa
ou ao problema da pesquisa. Use dados (livros, artigos e revistas cientificas)
recentes, são validas apenas as obras de 10 anos atrás contados a partir deste
ano vigente, salvo a necessidade imprescindível de apresentação de obras mais
antigas.
Você pode comparar as citações de dois ou mais autores, comente se há pontos
de convergência conceitual entre tal e tal autor, ou se há divergências entre tal e
tal autor; ou compare uma citação de determinado autor com os resultados
estatísticos de determinada pesquisa representada por um órgão institucional ou
realizada por outro pesquisador específico. Comente o que você interpreta
dessa comparação e faça uma conexão com o seu tema, ou o problema de sua
pesquisa. Para você dar início a este parágrafo onde citações serão feitas,
sugere-se começá-lo por meio de uma apresentação, um breve histórico de
conceitos que estejam diretamente relacionados ao tema ou ao problema de
pesquisa. Vamos imaginar que você vá buscar em vários autores o conceito de
gestão que cada um elaborou. Cada frase pode começar por um autor. Exemplo:
Na visão de Fulano (ANO; p.__) gestão significa “aqui entre aspas está o
conceito feito por este autor”. Entretanto, Beltrano (ANO; p.__) entende que
“aqui entre aspas está o conceito feito por este autor”. Cicrano (ANO; p.__)
considera que “aqui entre aspas está o conceito feito por este autor”. Agora você
fará um breve comentário acerca das citações. Por exemplo: Ao se comparar as
três citações é possível perceber uma defasagem conceitual. As ideias de
Fulano (ANO) e Beltrano (ANO) convergem entre si, e divergem da ideia
defendida por Cicrano (1993). Talvez a diferença entre as décadas em que cada
conceito foi produzido esteja na origem de tal defasagem conceitual. Ao citar o
autor, anote apenas seu último sobrenome: Cardoso (2017; p.22). Caso essa
menção ao autor venha ao fim da citação e entre parênteses, use só letras em
caixa alta (CARDOSO, 2017;p.22), segundo este modelo. Caso uma citação
couber em até três linhas, ela fica dentro do parágrafo, como nos exemplos
acima e entre aspas. Se a citação ultrapassar as três linhas ela deve ser
deslocada do parágrafo, com margem esquerda de quatro centímetros,
espaçamento simples, fonte reduzida para o tamanho 10, e ficar sem as aspas.
Veja o exemplo a seguir:
Um Espaço simples
A partir do parágrafo anterior, apresente ao longo da Revisão de
4

Literatura até encerrá-la, entre 4 e 8 autores que tenham formulado um


conceito a respeito do tema, ou do problema de pesquisa.
Possivelmente você vai perceber que autores diferentes possui um
conceito diferente sobre o objeto que você pesquisa. Assim, na
Revisão de Literaura você passa a realizar uma espécie de auditoria
dos autores para citar o conceito que cada um elaborou sobre um
mesmo objeto, ou sobre uma mesma situação. Comente como você
interpreta dois ou mais conceitos a partir da comparação feita por você
entre os mesmos (SOBRENOME, 2011,p.15).
Um Espaço simples
O exemplo acima é um exemplo do formato de citação direta quando o texto
ultrapassa três linhas. Perceba que o sobrenome do autor citado fica com todas
as letras em maiúsculo e dentro de um parêntese, seguido do ano de publicação
do texto de onde foi extraída a citação e, não se esqueça, insira o número da
página de onde você extraiu a citação. De preferência, use o que você julgar que
seja o seu principal autor como referencial teórico, mencionando isto na
introdução.
O artigo como um todo deverá conter de 12 a 18 páginas. Tente não extrapolar
estes limites. Caso extremamente necessário, uma ou duas páginas a mais
serão aceitas (20 páginas). Menos que 12 páginas farão o artigo ser recusado.
As páginas deverão ser numeradas no canto superior direito, a partir do fim do
resumo. Assim, se o resumo e as palavras-chave consumirem a primeira página,
a segunda terá o número 2 no seu alto à direita. Aqui também não deverá haver
modificação nesta formatação já existente. Basta clicar em cima e digitar. Para
que o conteúdo já exposto desapareça, basta digitar pressionando antes a tecla
insert.
No desenvolvimento poder-se-á ter subtópicos (2.1, 2.2, 2.3 e assim por diante.
Estes subtópicos não deverão ser negritados.) caso você julgue necessário fazê-
lo.
Evite usar autores não consagrados e textos não científicos. Caso use algo não
científico, justifique porque o usou.
Nunca se esqueça de citar a fonte de suas pesquisas. Não citar configura crime
de plágio e seu orientador metodológico e seus coordenadores de curso
rejeitarão seu artigo. Faça você mesmo seu artigo, pensando que ele será o
fruto de seus esforços durante o tempo do curso. Este artigo, quando bem
elaborado e contribuindo efetivamente para a melhoria científica da área
envolvida, servirá para que você passe a ser percebido no meio acadêmico e
profissional, podendo gerar lhe muitos benefícios profissionais em sua vida.
Esta parte denominada de “Revisão de Literatura ou Documental” deverá servir
para que você exponha as ideias já existentes e que os diversos pesquisadores
anteriores a você sejam relembrados. A cada citação, deixe comentários e
críticas _ isto enriquece seu trabalho. Quanto mais conciso, objetivo,
concatenado e limpo for o seu texto, melhor será a qualidade do seu artigo. Evite
palavras chulas (use somente se indispensável), expressões populares, senso
comum e repetição de vocábulos. Atente-se para a correção gramatical do seu
texto. Revise-o exaustivamente para que erros não o comprometam. Escreva-o
sempre de forma impessoal (Julga-se que...; Espera-se com este artigo
contribuir para...) em vez de fazê-lo de forma pessoal (Apresento aqui...;
Considero que...). Não seja repetitivo nas ideias. Vá direto ao ponto desejado,
mas sempre de forma embasada e com uma linguagem agradável ao leitor.
Um Espaço simples
3 Metodologia (Arial 12 ou Times New Roman)
5

Um Espaço simples
É o conjunto de ações desenvolvidas para que os objetivos sejam alcançados.
Selecione o método – deve basear-se em critérios referentes ao sujeito e ao
objeto da pesquisa. Em relação ao sujeito deve considerar a disponibilidade de
tempo, de logística, de gastos financeiros, a facilidade de acesso aos dados que
deverão ser coletados, a experiência pessoal, dentre outros. Em relação ao
objeto deve considerar aspectos éticos, legais e o envolvimento de variáveis
analisáveis:
a) comparativo: é um tipo de raciocínio que possibilita a identificação de
regularidades ou transformações, semelhanças ou diferenças, e facilita a
construção de modelos ou tipologias;
b) histórico: estuda o passado do objeto de estudo. Relaciona o objeto de estudo
na atualidade com suas origens históricas; descreve o desenvolvimento do
objeto pesquisado ao longo do tempo: sua formação e transformação durante
determinado espaço de tempo;
c) estatístico: converte os resultados em informações quantitativas com
representações gráficas que demonstrem as relações entre os dados de
modo a se obter uma generalização sobre a natureza, a ocorrência e o
significado do objeto estudado;
d) experimental: é fundado na realização de experimentos. O objeto é colocado
sob condições planejadas pelo pesquisador que vai submetê-lo à influência
de certas variáveis para observar os resultados que cada variável produz no
objeto;
e) multidisciplinar: focado na resolução de problemas com base na adoção de
outras áreas do conhecimento para construir vários pontos-de-vista e propor
soluções com base na nova compreensão do problema;
f) monográfico (ou Estudo de caso): é um estudo aprofundado ao longo de um
período de tempo sobre determinado tema (indivíduos, grupos, instituições)
em busca de generalização.
Tipo de pesquisa será escolhido conforme o método pré-estabelecido:
a) bibliográfica;
b) documental;
c) experimental;
d) estudo de Caso;
e) pesquisa de Campo.
O tipo de pesquisa indicará os instrumentos de coleta de dados, os quais
poderão incluir:
a) entrevista;
b) observação;
c) questionário;
d) formulário.
e) leitura analítica de documentos.
Para a coleta de dados, você precisa:
a) determinar o universo, a população e a amostra ser estudada;
b) elaborar o instrumento de coleta;
c) programar (agendar) a coleta;
d) armazenar os dados coletados.
Ao decidir pelo uso do instrumento de coleta de dados, o pesquisador levará em
conta o que menos desvantagens oferecer, tendo por base os objetivos da
pesquisa.
6

a) universo: é a totalidade de fenômenos ou de fatos que compõem a população


de onde deverá ser retirada a amostra a ser investigada.
b) população: é o conjunto de dados específicos a serem analisados de onde
será retirada a amostra.
c) amostra: é o conjunto de dados representativos da população e cujo o estudo
servirá para elucidar o problema. Seu alcance deve obedecer a critérios
estatísticos (vide livros e tabelas estatísticos).
Um Espaço simples
4 Resultados e/ou Discussão (ou Estudo de Caso, ou Pesquisa de Campo)
(Arial 12 ou Times New Roman) (escolha um título adequado a esta parte.
Portanto, não deixe a palavra “Discussão”, pois ela só expressa o motivo
deste tópico)
Um Espaço simples
Aqui você deverá entrelaçar científica e didaticamente todos os dados expostos
no “Desenvolvimento” anteriormente feito. Seus comentários e críticas deverão
aparecer e isto demonstrará que você é de fato um pesquisador. Tente, portanto,
ser honesto em suas visões. Defenda cientificamente e não por paixão despida
de lógica ou razão. Fundamente bem suas ideias.
Apresente um estudo de caso, ou uma pesquisa de Campo, ou outro aspecto
que gere discussão. Compare os autores entre si naquilo que diz respeito aos
seus achados. Demonstre o valor destes achados científicos em relação ao que
deseja defender em seu artigo. Se precisar, divida este tópico em subtópicos
(4.1; 4.2; 4.3 e daí por diante. Estes subtópicos não deverão ser negritados.).
Não conclua ainda, apenas demonstre seus achados e o que eles querem dizer
no contexto geral de sua pesquisa. Tanto aqui quanto na parte do
“Desenvolvimento”, caso precise, use tabelas e/ou gráficos, mas sempre citando
a fonte. Tais figuras deverão ter título + fonte e devem ser inseridas de forma
centralizada. Veja o exemplo abaixo.
Um Espaço simples
Como se pode demonstrar pelo gráfico abaixo tem-se que a qualificação da
equipe sofreu um decréscimo no ano de 2017. Veja:

Gráfico 1 – Qualificação da equipe


Fonte: Autor (2017)
Um Espaço simples
Voltando às orientações, perceba que antes de inserir o gráfico o autor deve
mencionar um texto introdutório que demonstre para o leitor o que a imagem
significa. Caso isto não seja feito, a mesma parecerá solta e fora de contexto.
Lembre-se: gráfico é diferente de figura. Figura pode ser, por exemplo, uma foto.
7

Antes de cada subtópico – caso decida por usá-los – também escreva uma
breve introdução para que o tópico e o subtópico não fiquem em sequência
imediata e fora de contexto. Numa correção de autores para sua discussão, caso
opte por citações diretas (ipsis litteris), valha-se de expressões como: Segundo
Fulano (ano, p.____),... De acordo com Sicrano (2018, p.18),... entre outros. Se
a opção for por citações indiretas, faça-o demonstrando que aquela é uma leitura
sua, interpretativa e não literal. Por exemplo: Segundo se pode depreender da
leitura de Beltrano (ano, p.___)... Fulano (ano, p___) nos dá a entender, por
meio de sua leitura, que...
Um Espaço simples
5 Conclusão ou Considerações Finais (Arial 12 ou Times New Roman)
Um Espaço simples
Aqui você escreverá o que concluiu com as suas pesquisas para a redação do
seu artigo. Não deverão ser utilizadas citações de outros autores. Outros autores
podem ser comentados, mas não ter trechos seus citados, pois isto já foi feito
nos dois tópicos anteriores. Aqui aparecerá sua capacidade de trabalho. Sua
marca e seu nível de compreensão ficarão explicitados nesta parte do seu
trabalho. Não se esqueça de aqui você deverá validar a sua pesquisa. Não deixe
de responder, nesta conclusão, a todas as perguntas por você elaboradas lá no
início do artigo (problemas de pesquisa precisam de respostas). Também esta
parte deverá ser enxuta, sem rodeios, sem excessos. Porém, sem faltas.
Lembre se de tentar escrever a conclusão em uma lauda (folha de papel), pois a
mesma não pode ser pequena e resumida, nem grande demais e extensa.
Interprete os resultados e discuta suas implicações. Não apresente material
novo. A conclusão pode incluir deduções que são independentes das condições
específicas do estudo em questão, descobertas específicas do estudo, e opinião
ou recomendação dos autores (por exemplo, outros estudos que podem ser
realizados ou possíveis áreas de investigação). Escreva essa seção de forma a
poder ser lida independentemente.
Use Conclusão quando se trata de um artigo original e Considerações
Finais quando se trata de um artigo de revisão. Tanto um como outro,
devem trazer os aspectos mais relevantes do trabalho e responder ao objetivo
principal do artigo.
Um Espaço simples
Referências (Arial 12 ou Times New Roman) (Não use Referências
Bibliográficas nem numere este tópico.)
Todas as citações feitas no texto devem constar ao final, nesta seção de
Referências. As Referências devem aparecer pelo último sobrenome do autor
em ordem alfabética, com todas as letras em maiúsculo, seguido do nome com
apenas a primeira letra em maiúsculo. As referências não devem ser
numeradas. O espaçamento é simples, com um espaço entre cada referência
listada. O título das obras citadas em seu texto como Referência deve estar
destacado em negrito.
Um Espaço simples
ABNT, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023:
informação e documentação: referências: elaboração. Rio de Janeiro, 2002.
8

ABNT, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6028:


resumo: elaboração. Rio de Janeiro, 2002.
ABNT, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10520:
citações: elaboração. Rio de Janeiro, 2002.
ABNT, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14724:
formatação de trabalhos acadêmicos. Rio de Janeiro, 2002.
DEMO, Pedro. Metodologia Científica em Ciências Sociais. São Paulo:
Cortez, 2011.
LAKATOS, Eva Maria. Metodologia Científica. São Paulo: Atlas, 2017.
MORAES, Irani Novah. Elaboração da Pesquisa Científica. Rio de Janeiro:
Ateneu, 2016.
SALOMON, Décio Vieira. Como fazer uma monografia. São Paulo: Martins
Fonte, 2015.
SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. São Paulo:
Cortez, 2016.

Referências são de caráter obrigatório e devem estar em ordem alfabética de


acordo com as normas da ABNT. São todas as obras ou documentos que você
utilizou para a realização do seu artigo.
Atenção: Não use a palavra Editora, pois após o nome da cidade já fica claro
que o nome que surge é o da Editora. Ou seja, ao invés de Editora Ateneu,
basta escrever Ateneu.

De preferência a não utilizar Elementos pós-textuais: apresenta itens de


caráter facultativos. Devem estar no fim do trabalho. É uma espécie de
complemento ao trabalho apresentado.
Notas de rodapé(s): são elementos facultativos, com informações curtas e
complementares. Devem aparecer em sequência de acordo com a ordem em
que aparecem no texto.
Apêndice(s): são informações complementares elaboradas pelo autor. Podem
ser tabelas, textos explicativos entre outros. Sua utilização é facultativa.
Anexo(s): são informações complementares não elaboradas pelo autor como,
por exemplo, respostas de um questionário. Sua utilização é facultativa.
Os anexos devem vir ao final do trabalho. Vale salientar que os anexos ao serem
inseridos não são contados como páginas, portanto, não as enumere. Por outro
lado, para a redação de artigos não se recomenda a inserção de anexos. Use-os
somente se indispensáveis.

Você também pode gostar