Você está na página 1de 2

Ministério da Educação

Universidade Federal de Santa Maria


Campus Frederico Westphalen
Departamento de Ciências da Comunicação

REPORTAGEM EM MÍDIA SONORA


Profª Mirian Quadros

Entrevista radiofônica

SÍNTESE DOS TIPOS DE ENTREVISTAS

ENTREVISTA DIRETA (PRADO, 1989)


É a entrevista ao vivo, transmitida em tempo real. É a mais difícil de executar já que não
há a possibilidade de retificação a posteriori.

ENTREVISTA DIFERIDA (PRADO, 1989)


É a entrevista gravada, que oferece a possibilidade de montagem antes da emissão. A
edição posterior permite a correção de pequenos erros, a exclusão de alguns trechos
(com o objetivo de encurtar a entrevista) e até a modificação na ordem das perguntas,
sempre respeitando os sentidos expressos pelo entrevistado.

ENTREVISTA INFORMATIVA (MCLEISH, 2001) ou


ENTREVISTA NOTICIOSA (FERRARETTO, 2014; PRADO, 1989)
É a que procura extrair informações do entrevistado objetivando a narrativa de um fato e
a descrição de um acontecimento. A informação é mais importante do que a fonte.

ENTREVISTA DE INFORMAÇÃO ESTRITA (PRADO, 1989)


Subcategoria da entrevista noticiosa, de acordo com a classificação de Prado (1989). Se
caracteriza pela brevidade. Serve para veicular uma informação através de seu
protagonista ou de uma fonte presente.

ENTREVISTA INTERPRETATIVA (MCLEISH, 2001) ou


ENTREVISTA DE OPINIÃO (FERRARETTO, 2014) ou
ENTREVISTA DE INFORMAÇÃO EM PROFUNDIDADE (PRADO, 1989)
Tem como objetivo expor o raciocínio da fonte sobre determinado fato ou dado,
introduzido pelo entrevistador. Colhe o ponto de vista do entrevistado. Neste caso, a
relevância da fonte, determina, em parte, a qualidade e a credibilidade das declarações.
Na classificação de Prado (1989), é uma subcategoria da entrevista noticiosa, com papel
reflexivo e maior duração.

_________________________________________________________________________________________
UFSM Campus Frederico Westphalen
Fone: (55) 3744-0600 - Fax: (55) 3744 0619
Endereço: Linha 7 de Setembro, s/n, Caixa Postal 54, CEP: 98.400-000 - Frederico Westphalen-RS.
Endereço eletrônico: http://www.ufsm.br/frederico - E-mail: ufsmfw@ufsm.br
Ministério da Educação
Universidade Federal de Santa Maria
Campus Frederico Westphalen
Departamento de Ciências da Comunicação

ENTREVISTA EMOCIONAL (MCLEISH, 2001)


Tem como objetivo dar uma ideia do estado de espírito do entrevistado, de modo que o
ouvinte possa entender melhor o que ocorre em termos humanos. É a força das emoções
presentes que importa e não o significado racional.

ENTREVISTA DE CARÁTER (PRADO, 1989) ou


ENTREVISTA COM PERSONALIDADE (FERRARETTO, 2014)
Tem como eixo a personalidade do entrevistado. Suas respostas importam mais porque é
ele/ela quem as dá. O entrevistador enfatiza quem é o entrevistado em detrimento da
informação ou da opinião que este detém sobre determinado assunto.

ENTREVISTA DE GRUPO OU ENQUETE (FERRARETTO, 2014)


O repórter questiona diversos indivíduos sobre um mesmo assunto na tentativa de
apresentar uma ideia média a respeito do que determinado conjunto de pessoas pensa a
respeito. Não pode ser confundida com uma verdadeira pesquisa de opinião. A enquete
apenas ilustra o material informativo.

ENTREVISTA COLETIVA (FERRARETTO, 2014)


O entrevistado atende ao mesmo tempo profissionais de veículos diversos. Em geral é
prevista com antecedência. Pode ser transmitida ao vivo ou gravada.

REFERÊNCIAS

FERRARETTO, Luiz Artur. Rádio: teoria e prática. São Paulo: Summus, 2014.

MCLEISH, Robert. Produção de rádio: um guia abrangente de produção radiofônica.


4. ed. São Paulo: Summus, 2001.

PRADO, Emilio. Estrutura da informação radiofônica. São Paulo: Summus, 1989.

_________________________________________________________________________________________
UFSM Campus Frederico Westphalen
Fone: (55) 3744-0600 - Fax: (55) 3744 0619
Endereço: Linha 7 de Setembro, s/n, Caixa Postal 54, CEP: 98.400-000 - Frederico Westphalen-RS.
Endereço eletrônico: http://www.ufsm.br/frederico - E-mail: ufsmfw@ufsm.br