Você está na página 1de 89

Aula 05

Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais


Professores: Fabiana Firmino, Fernanda Lima
Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

AULA 05: Processo de ensino-aprendizagem. Relação


professor/aluno. Bases psicológicas da aprendizagem. Educação
de adultos. Planejamento de ensino em seus elementos
constitutivos. Objetivos e conteúdos de ensino. Métodos e
técnicas.

SUMÁRIO PÁGINA
1. Apresentação 01
2. Processo de ensino-aprendizagem 02
3. Relação professor/aluno 12
4- Bases psicológicas da aprendizagem 17
5- Educação de adultos 25
6- Planejamento de ensino em seus elementos 29
constitutivos
7- Objetivos e conteúdos de ensino. Métodos e técnicas. 31
8- Lista de questões 41
9 – Questões comentadas 61
10 – Referencias bibliográficas

07123239458

Olá querid@s alun@s!!!!


O conteúdo dessa semana está bem tranquilo! Preparamos uma
aula cheia de informações importantes, abordando os assuntos de
acordo com o que já foi cobrado pelas bancas examinadoras.

Como anda a sua preparação? Esperamos que você esteja FOCADO


e MOTIVADO para esse momento final. Se estiver cansado, pense
que já está chegando o dia da prova e que você precisa superar e

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 1 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
manter-se determinado para conseguir alcançar seu objetivo que é
a aprovação. Não deixe nada te atrapalhar. Ânimo!
Então, já podemos começar? Vamos lá:

PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM

Sabemos que hoje em dia não é suficiente o aluno dominar os conteúdos.


O educando precisa ser orientado através de métodos, pesquisas e
observações com objetivos claros, para a eficácia de seu processo de
ensino. Essa é a função didática!

O processo de ensino pode ser visto como


um conjunto de tarefas que envolvem o
professor e os alunos, visando à assimilação
ativa dos conhecimentos, junto com o
desenvolvimento de habilidades e
competências. O ensino torna-se eficaz
quando os interesses do professor coincidem
com o dos alunos. 07123239458

O trabalho docente deve estar voltado para a mediação de uma relação


cognoscitiva entre educandos e o conteúdo de ensino.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 2 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

Como o processo de ensino é desenvolvido dentro da escola?

Ensinar nem sempre é uma tarefa fácil, e por isso devemos fazer a distinção
do simples ato de transmitir os conhecimentos. No ensino chamado de
tradicional o professor passa o conteúdo, os alunos escutam e memorizam
a matéria para responder as perguntas realizadas pelo docente, ou para
obter aprovação na prova. O aluno responde de forma mecânica a tudo o
que ele absorveu.

Sabemos que nessa concepção o próprio professor interpreta o


conteúdo que foi passado. O aluno não obtém uma participação
significativa na construção de conhecimentos. Não há interesse por
parte do professor em saber se o aluno vai estar preparado para receber
novas matérias. Ele não leva em consideração as dificuldades individuais e
a realidade do educando.

Querido(a) aluno(a), ainda existem escolas que trabalham com


esse tipo de educação, mas sabemos que hoje a prioridade é
entender o processo de ensino como um conjunto de atividades que
envolvem docentes e discentes em um processo de
desenvolvimento de conhecimentos e capacidades cognitivas,
07123239458

levando em consideração a experiência e o nível de desempenho


mental dos alunos.

Não podemos esquecer que o ensino é um processo, que promove


uma caminhada gradual de acordo com a idade e o preparo dos
alunos.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 3 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

O processo de ensino também deve considerar as atitudes, conhecimentos,


habilidades e capacidades cognoscitivas dos alunos.

ATENÇÃO!

Existe nas escolas uma afeição em se valorizar mais os conteúdos de


ensino ou valorizar mais o desenvolvimento de habilidades. Separa-se o
que chamamos de aspecto material e aspecto formal de ensino. O
ideal é sempre poder unir os dois aspectos.

O professor deve também orientar no desenvolvimento e o modo de saber


agir e sentir, para que os alunos possam confrontar o que foi adquirido com
a realidade social existente.

07123239458

Você deve estar se perguntando o que são capacidades


cognoscitivas que foram abordadas no texto não é mesmo? Então
vamos esclarecer:

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 4 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

Capacidades cognoscitivas são as potências mentais disponíveis nos


alunos, que são ativadas e trabalhadas durante o processo de ensino,
fazendo assim, uma parceria com os conhecimentos que são adquiridos.

Conforme Libaneo, ao mesmo tempo em que são adquiridos hábitos,


informações e habilidades, são desenvolvidas as capacidades cognoscitivas
que se referem à observação, compreensão, análise e síntese,
generalização, fazer relações entre fatos e ideias etc. Esses aspectos são
imprescindíveis para o desenvolvimento do pensamento e do estudo ativo.

O processo de ensino trabalha com dois aspectos que são


indissociáveis:

 A transmissão e a assimilação ativa de conhecimentos e habilidades.


 A escola deve trabalhar com conteúdos sistematizados que sejam
úteis para o desempenho intelectual dos alunos e para a sua vida
social e prática.

Percebeu como é importante estudarmos o processo de ensino e


aprendizagem? Você observou que apareceram novas palavras
como “capacidades cognoscitivas” que geralmente não estão
07123239458

presentes em nosso cotidiano escolar?


Muito bom obter esse embasamento teórico que com certeza
ajudará em nossa prática de ensino!
Falaremos agora sobre a aprendizagem para que tenhamos a teoria
de forma completa:

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 5 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

A APRENDIZAGEM

Qualquer tarefa executada no ambiente social em que o indivíduo está


inserido pode levar a uma aprendizagem. As pessoas estão em constante
processo de aprendizagem seja no trabalho, na escola ou em qualquer lugar
onde possa obter experiência ao longo da vida.

Desde pequeno o ser humano começa a desenvolver a aprendizagem que


podemos considerá-la dentro de um processo contínuo, podendo ser casual
ou organizada.

Aprendizagem casual: É a aprendizagem espontânea que nasce


naturalmente nas relações com o ambiente e as pessoas. Surge a partir da
convivência social!

Aprendizagem organizada: Aparece com uma finalidade específica. É


aquela em que são determinados os conhecimentos, habilidades e até
mesmo as regras sociais. Aqui aparece a chamada aprendizagem
07123239458

escolar.

Aprendizagem escolar acontece com o desenvolvimento de


assimilação de conhecimentos com ações físicas e mentais que
são organizados e orientados dentro do processo de ensino.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 6 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

CARACTERÍSTICAS DA APRENDIZAGEM ESCOLAR:

 A aprendizagem escolar é planejada, não podendo ser casual ou


espontânea;
 O desenvolvimento dos conhecimentos resulta do processo de
reflexão proporcionada pelas ações mentais que caracterizam o
pensamento, juntamente com a percepção prático-sensorial;
 A aprendizagem escolar é influenciada pelos fatores afetivos e sociais
que podem motivar (ou não) o aluno.
 A organização lógica e psicológica depende das ações mentais em que
o aluno forma diante das matérias de ensino. A organização lógica diz
respeito a sequência progressiva dos conhecimentos e ideias em um
nível crescente de complexidade. A organização psicológica diz
respeito ao desenvolvimento físico e mental.

No processo de ensino, temos os objetivos os conteúdos e os métodos.


O desenvolvimento desses aspectos está ligado à atividade mental dos
alunos.

As habilidades, atitudes e o modo de atuar na sociedade devem ser


trabalhados pelo professor de forma a mobilizar as atividades físicas e
mentais próprias do aluno durante o estudo dos conteúdos. Todo esse
07123239458

processo é chamado de assimilação ativa.

Conseguiram entender esse processo? Vamos aprofundar um


pouquinho mais para não ficar nenhuma dúvida:

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 7 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

ASSIMILAÇÃO ATIVA:

É o procedimento que ocorre com a orientação do professor no processo de


compreensão, percepção e reflexão onde se utiliza meios intelectuais,
motivacionais e atitudinais do aluno.

O processo de assimilação ativa nos traz a compreensão de que o


ato de aprender é uma ação do conhecimento do qual assimilamos
mentalmente os fatos, fenômenos e relações do mundo, da
natureza e da sociedade, por meio do estudo dos conteúdos de
ensino.

Essa capacidade em que o professor desenvolve no estudante é adquirida


no decorrer do processo de ensino. O professor propõe conteúdos de acordo
07123239458

com a realidade do aluno. Este (aluno) prepara em seu organismo físico-


psicológico a assimilação ativa, que é desenvolvida com sua capacidade
cognoscitiva que é constituída pela percepção, motivação, compreensão,
atenção, memória, atitudes e os conhecimentos que já tinham sido
adquiridos.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 8 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

O estudo é a assimilação do aluno em suas tarefas concretas


e práticas (atividade cognitiva) cujo objetivo é a compreensão
consciente, que proporciona conhecimentos, habilidades e hábitos
sob a direção do educador. O estudo ativo ocorre quando os sujeitos
realizam esse processo de forma crítica e ativa.

Assim ficou bem melhor de entender sobre a assimilação ativa,


certo? Então, vamos continuar o nosso estudo sobre aprendizagem:

Podemos dizer que existem dois níveis de aprendizagem humana: reflexo


e cognitivo.

Nível Reflexo: Está presente nas nossas percepções juntamente com as


ações motoras (físicas) em nosso ambiente. Exemplo: distinguir as cores,
formas, segurar objetos etc. Muitas vezes essas ações são desenvolvidas
inconscientemente e se desenvolvem por toda a vida.

Nível Cognitivo: Está ligado a operações mentais ligados ao modo de ação


e aplicação consciente das relações e aprendizagens de determinados
07123239458

conhecimentos.

Ainda sobre o assunto, Pilletti (1990) destaca três tipos de aprendizagem:

o Motora ou motriz (simples habilidades motoras como fala, escrita,


andar de bicicleta etc.).

o Cognitivas (informações, conhecimentos simples e complexos).

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 9 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
o Afetiva (sentimentos e emoções).

Podemos sintetizar as informações expondo que a relação entre ensino e


aprendizagem, não pode ser mecânica.
Essa relação deve ser mútua, na qual o professor deve direcionar a
aprendizagem e os alunos devem contribuir com atividades, sendo
recíproco o trabalho entre as partes.

O ensino instiga, conduz e incentiva o processo de aprendizagem dos


alunos. Possui um caráter pedagógico, dando uma direção para o processo
educacional que se realiza na escola.

O ensino é o procedimento de assimilação dos conhecimentos, que


abrange também outras tarefas, possuindo três funções
fundamentais:

 Organização e sistematização dos conteúdos para a sua difusão.

 Orientação das dificuldades dos alunos para a resolução de forma


autônoma, levando-os a conhecerem as suas capacidades de
aprendizagem.

07123239458

 Condução das tarefas docentes de acordo com os conteúdos de


aprendizagem

Ufa! São muitas as informações sobre esse assunto! Vamos ver


agora alguns conceitos que nós educadores estamos familiarizados
e que sempre caem uma questão na prova. Se você já tiver
esquecido sobre as concepções abaixo, aproveite para relembrar e
fique de olho nas informações:

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 10 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

CONCEPÇÕES DE APRENDIZAGEM:

INATISMO: O indivíduo aprende em decorrência dos fatores


biológicos. De acordo com essa abordagem o ambiente exercerá
pouca ou nenhuma influência sobre o seu desenvolvimento. As
características intelectivas e comportamentais têm poucas chances
de se modificarem, o aluno é tratado como único responsável por
seu sucesso ou fracasso escolar.

EMPIRISMO: O indivíduo aprende em decorrência dos estímulos


externos. Os fatores biológicos exercem pouca ou nenhuma
influência. A experiência é vista como grande fonte de
aprendizagem. A aprendizagem é confundida com a memorização,
repetição, fixação e cópia. As representações dessa concepção na
educação podem ser observados no grande número de informações
e programas educacionais. É também chamado de ambientalismo.

INTERACIONISMO: Há uma relação recíproca entre os fatores


internos e os externos. O sujeito aprenderá por meio da interação
com o meio. A construção da inteligência se dá a partir da interação
do sujeito com o objeto. A interação provoca mudanças
significativas no sujeito e, ao mesmo tempo, transforma o meio e o
07123239458

conhecimento.

Mais importante do que aprender sobre o processo de ensino e


aprendizagem é obter o conhecimento necessário através da leitura
sobre esse assunto, para melhorar a nossa realidade, buscando
transformar assim, o nosso ambiente de ensino.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 11 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

Você que trabalha na área de educação sabe do que estamos


falando certo? Passaremos agora para o nosso segundo assunto da
aula, que também irá nos ajudar com a nossa prática de ensino:

RELAÇÃO PROFESSOR/ALUNO

A relação professor aluno é muito importante para o trabalho docente. Para


a didática essa relação visa alcançar os objetivos de todo o processo de
ensino.

Há dois aspectos que devem ser ressaltados na relação professor aluno que
são: Aspecto cognoscitivo e aspecto socioemocional.

Aspecto cognoscitivo: Está relacionado a forma de transmissão e


comunicação dos conteúdos escolares juntamente com as suas atividades.

07123239458

Aspecto socioemocional: Está relacionado às relações pessoais entre


professores e alunos.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 12 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Querido(a) aluno(a) fique de olho, pois esse assunto já foi cobrado
em prova:

Outra questão fundamental dentro da relação professor aluno que deve ser
mencionada é a disciplina!

Libâneo em sua obra didática destaca alguns requisitos necessários para uma
boa organização em classe que são:

 Um bom plano de aula;


 Estimulação para a aprendizagem com motivação dos alunos;
 Controle da aprendizagem, incluindo a avaliação do rendimento
escolar;
 Regras e normas que possam assegurar o ambiente de trabalho escolar
favorável ao ensino e ações que envolvem o comportamento dos
alunos.

Para esse autor “a disciplina em classe está ligada ao estilo da prática


docente, ou seja, à autoridade profissional, moral e técnica”.

Autoridade profissional – Está ligada do domínio da matéria que o


professor ministra.
Autoridade técnica – Está relacionada ao emprego adequado dos métodos
07123239458

e técnicas de ensino.
Autoridade moral – Está ligada a qualidade da personalidade docente
(dedicação e compromisso, por exemplo).

É muito importante que além de todos esses aspectos, o professor esteja


disposto a assumir o seu papel dentro do ambiente escolar. A preparação

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 13 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
acadêmica traz a segurança necessária para que o profissional
desempenhe suas atividades com domínio e segurança.

O conhecimento do conteúdo a ser ministrado deve ser satisfatório para


que o professor consiga sequenciar o que vai ser estudado em suas aulas.
A postura profissional também é um fator relevante que deve ser
trabalhada.

O professor precisa ter confiança em si mesmo, traçando de forma


clara seus objetivos e métodos que serão utilizados durante a sua profissão,
para que o mesmo se torne um referencial na vida escolar dos alunos.

A metodologia revela sua perspectiva de trabalho e sua perspectiva


diante do processo de ensino. Dessa forma o professor que não está
interessado em inovar, transmite o conteúdo utilizando apenas a
aula expositiva com métodos de memorização, não se importando
em ir além do que ele mesmo é capaz.

Diante do que foi exposto, você saberia responder como o professor


deveria agir diante de seus alunos durante o processo de ensino?
Vamos refletir:

07123239458

O professor que atua de acordo com uma educação na perspectiva


transformadora e democrática, desenvolve em seus alunos a
curiosidade em direção da descoberta dos conhecimentos,
articulando assim, os conteúdos com a realidade, procurando
sempre escolher metodologias que assegurem uma aprendizagem
efetiva nos educandos.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 14 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

O professor deve levar para a sala de aula situações desafiadoras,


promovendo assim a interação entre os alunos junto com o conhecimento.

O professor tem que saber envolver os alunos no processo de ensino de


forma motivadora, mobilizando os pensamentos para a exploração de
descobertas que ocorrem com as oportunidades de aprendizagem em que
o docente deve proporcionar durante o processo de ensino.

Fazer uma reflexão de forma crítica auxilia na hora de planejar a aula. O


docente deve se preocupar com a qualidade de sua aula, reavaliando-a
sempre que for possível. Uma visão equivocada é tentar buscar uma
fórmula mágica ou um modelo de aula em que pode ser usado em
todas as situações para o sucesso no desenvolvimento do processo
de ensino.

Ao invés de buscar essa “tática”, o professor deve ter o bom senso e


perceber quando a sua aula não está indo bem. Questões que muitas vezes
parecem simples acabam destruindo todo um processo, por isso,
ressaltamos aqui a importância da reflexão sobre a prática do ensino.

O professor deve tratar a educação como instrumento de transformação,


levando os alunos ao processo07123239458
de compreensão e aquisição de
conhecimentos e sua aplicação na vida prática, fazendo os educandos
compreenderem a importância dos estudos para a superação dos
obstáculos que aparecem na vida social.

Não podemos esquecer que respeitar os alunos também é um dos


requisitos fundamentais para o bom andamento do processo de
ensino!

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 15 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
O professor deve mostrar-se responsável e competente, mantendo o
ambiente escolar agradável para que os alunos sintam confortáveis durante
os estudos. A união com a família ajuda no aproveitamento escolar, onde
o professor poderá trabalhar outras formas de desenvolvimento de
determinados alunos, a partir da compreensão de seus problemas sejam
eles familiares ou sociais.

Para que o trabalho seja encarado com seriedade o professor deve:

o Conquistar um clima favorável com os alunos;

o Manter a ordem nos cadernos, exercícios de casa e trabalhos

escolares;

o Buscar a atenção e a concentração dos alunos com as tarefas;

o Respeitar a todos no ambiente escolar;

o Manter a limpeza e a organização.

ATENÇÃO!

Não se pode exigir dos alunos o impossível!


Sem uma sólida absorção dos conhecimentos não ocorre uma verdadeira
aprendizagem. 07123239458

O bom relacionamento entre professores e alunos pode ser a melhor


forma de não haver a negligencia por nenhuma das partes (gritar na sala,
menosprezar, fazer ironias). O ambiente escolar deve contribuir para que
todos mantenham o amor pela escola e a dedicação para os estudos com
aproveitamento escolar dos alunos.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 16 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Percebeu como o conteúdo é tranquilo e fácil de assimilar? Perceba
que os assuntos tratados são bem compreensíveis e quase não
apresentam aquele conjunto de palavras e significados que temos
que memorizar para gabaritar na prova do concurso.

Dando seguimento ao nosso conteúdo falaremos agora sobre as


bases psicológicas da aprendizagem (essa não tem jeito gente,
temos que associar as ideias a cada autor). Por isso, faça a leitura
com bastante cuidado e não deixe de revisar sempre que puder.
Vamos lá:

BASES PSICOLÓGICAS DA APRENDIZAGEM

As bases psicológicas nos mostram a origem das condutas com base no


psicológico dos indivíduos. A discussão sobre o desenvolvimento e a
aprendizagem deu origem a percepções de vários estudiosos que
elaboraram e contribuíram para psicologia da educação.
Cada estudioso apresenta a sua teoria embasada em estudos e pesquisas
que veremos a seguir:

HENRI WALLON - Teoria Psicogenética


Tem como característica fundamental a afetividade! A teoria do
desenvolvimento cognitivo desse autor é baseada na psicogênese da
07123239458

pessoa completa.

Wallon desenvolve um estudo voltado para a criança contextualizada,


levando em consideração o ritmo de desenvolvimento descontínuo marcado
por rupturas, retrocessos e reviravoltas, gerando em cada etapa profundas
mudanças nas etapas anteriores.

A teoria psicogenética relata que para compreender o desenvolvimento


infantil é preciso estudar o indivíduo integralmente, incluindo a motricidade,

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 17 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
a inteligência e a afetividade. Os fatores orgânicos e os sociais cooperam
para a aprendizagem. Entre as etapas do desenvolvimento que esse autor
apresentou, há predominância alternada dos aspectos cognitivos e afetivos.

Estágios:
Impulsivo- Até 01 ano Ocorre no primeiro ano de vida. A relação
emocional: entre a criança com o adulto é
caracterizada pelas emoções. A
afetividade faz o elo entre a criança e as
pessoas.
Sensório-motor e De 01 a 03 Predominância da exploração do meio
projetivo anos físico. O termo projetivo refere-se ao
papel dos pensamentos que necessitam
dos gestos para serem externados.
Personalismo De 03 a 06 Como o próprio nome diz, desenvolve a
anos formação da personalidade. Surge a
construção da consciência de si mediante
as interações sociais, reorientando o
interesse das crianças pelas pessoas.
Categorial 06 anos Os avanços e conquistas intelectuais
levam o interesse da criança para as
coisas, para o conhecimento e conquista
07123239458
do mundo exterior.
Adolescência A partir Ocorrem modificações corporais
dos 12 resultantes da ação hormonal. Questões
anos pessoais, morais e existenciais são
trazidas a tona.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 18 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
JEAN PIAGET – Epistemologia Genética
Os indivíduos passam por um processo de adaptação que envolvem dois
mecanismos: a assimilação e a acomodação.
A assimilação é o processo de entrada, é a incorporação de novos conceitos.
A acomodação é o processo de saída dirigido ao meio.

Esses dois processos (assimilação e acomodação) possibilitam o


desenvolvimento físico e cognitivo. Os esquemas de assimilação vão se
modificando, configurando os estágios de desenvolvimento. A escola deve
partir dos esquemas de assimilação da criança, oferecendo atividades
desafiadoras que acendam novos caminhos, promovendo a descoberta e a
construção do conhecimento. Para Piaget a linguagem depende do
pensamento sendo estruturada por ele.

Para esse autor, existem dois tipos de discurso: O egocêntrico e o


socializado. No discurso egocêntrico a criança não se preocupa com a
comunicação com o outro. No socializado há o objetivo de comunicação com
o interlocutor. Piaget desenvolveu o maior trabalho de sua vida, ao observar
crianças brincando, juntamente com suas ações, palavras e processos de
raciocínio. O desenvolvimento da mente infantil é diferente da mente do
adulto. Esse autor baseou grande parte de sua teoria nos estudos e
observações de seus filhos que ele realizou ao lado de sua esposa.
Piaget afirma que o desenvolvimento passa por 4 estágios que são
07123239458

organizados em uma sequência fixa e universal.

Esses estágios são lineares como veremos abaixo:

Sensório Motor 0 a 2 anos Há o contato com o meio imediato


sem a representação ou
pensamento. A criança ouve e

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 19 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
imita sons. Exploração do meio
através dos movimentos.
Pré-operatório 2 a 7 anos É marcado pelo egocentrismo.
Possui percepção global sem
discriminar detalhes. Não possui a
capacidade de reversibilidade.
Não aceita o acaso, tudo deve ter
uma explicação - fase dos
porquês.
Operatório 7 a 12 anos O pensamento é concreto.
Concreto Adquire o conceito de
reversibilidade. Diminuição do
egocentrismo.
Operatório formal 12 à idade Diferenciação nítida entre Eu e o
adulta objeto. Raciocínio dedutivo.

VYGOTSKY – Sóciointeracionismo

Vygotsky ressaltou a importância do outro para a aprendizagem. Para esse


autor o indivíduo é um sujeito histórico que se constrói por meio da relação
com o mundo cultural. Esse autor foi profundamente influenciado pelas
07123239458

ideias marxistas. A teoria de Vygotsky sobre o funcionamento do cérebro


aponta que ele é a base biológica, e suas especificidades definem limites e
possibilidades para o desenvolvimento humano. Essas concepções baseiam
sua ideia de que as funções psicológicas superiores (como por exemplo, a
linguagem) são construídas ao longo da história social do homem, em sua
relação com o mundo.

Em relação a linguagem ele apresenta duas funções: Intercambio social e


pensamento generalizante.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 20 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Linguagem e pensamentos não desenvolvem juntos.
Existe a fase pré-verbal do pensamento que é diferenciada pelo
funcionamento intelectual independente da linguagem e a fase pré-
intelectual da linguagem que é embasada pelos aparecimentos de alívio
emocional (rido, choro). Por volta dos dois anos de idade a direção do
pensamento se une a direção da linguagem – o pensamento passa a ser
verbal e a linguagem passa a ser intelectual. Vygotsky afirma que a fala
egocêntrica é usada como meio de planejamento, pois nela a criança
dialoga consigo mesma. Esse autor não aceita a ideia de uma sequencia
fixa e universal de estágios como Piaget.
Vygotsky descreve dois níveis de desenvolvimento: desenvolvimento real e
desenvolvimento potencial. A zona de desenvolvimento proximal diz
respeito a mediação/intervenção entre esses dois níveis.
Desenvolvimento real: o que a criança faz sozinha
Desenvolvimento potencial: O que a criança pode fazer com a intervenção
do outro.
ZDP: trata-se da intermediação desse processo, sendo a distancia entre o
desenvolvimento real e o potencial.
O professor tem a função explícita de intervir na zona de desenvolvimento
proximal provocando progressos que não ocorreriam espontaneamente.

BEHAVIORISMO 07123239458

Ivan Pavlov, John Watson, Burruhos F. Skinner

O Behaviorismo tem como base o comportamento observável. Nesta teoria


o ambiente é rigidamente controlado. Entende que o indivíduo é uma tábua
rasa sendo produto do meio. O objeto de estudo deve ser a interação entre
organismo e ambiente. O Behaviorismo tem sua origem nos trabalhos
pioneiros de John B. Watson e do russo Ivan Pavlov, mas a criação dos
princípios e da teoria em si, ficou ao encargo de Skinner que se tornou um

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 21 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
dos representantes mais importantes da corrente comportamental,
difundindo o conceito de condicionamento operante a partir de suas
experiências com ratos em laboratório dando origem a tão conhecida caixa
de Skinner.
Destaca-se nessa teoria:
Os esforços positivos: utilizados para aumentar a frequência das respostas
desejadas;
Esforços negativos: utilizados para evitar as respostas indesejadas.
O professor deve utilizar o condicionamento operante (onde a resposta gera
uma consequência) para que o aluno dê a resposta esperada. O
comportamento pode ser explicado sem recorrer aos esquemas mentais ou
aos esquemas psicológicos internos.

INTELIGENCIA MÚLTILPAS
Howard Gardner

Howard Gardner traz uma nova visão sobre a inteligência, relatando que o
ser humano possui graus variados de cada uma das inteligências:
linguística, lógico-matemática, espacial, musical, cinestésica, interpessoal
e intrapessoal.
Gardner destaca que essas inteligências podem ser até certo ponto
independentes, porém, elas raramente funcionam de forma isolada. Ele
propõe que todas as pessoas de início tem a habilidade de questionar e
07123239458

buscar respostas utilizando todas as inteligências. Identificou e classificou


07 inteligências:
Inteligência Linguística: sensibilidade para os sons, ritmos e significados
das palavras, além da percepção das diferentes funções da linguagem.
Inteligência Lógico-Matemática: sensibilidade para padrões, ordem e
sistematização. Habilidade para lidar com o raciocínio.
Inteligência Musical: habilidade para compor ou reproduzir uma peça
musical, sensibilização dos ritmos, texturas e timbres, produzir ou
reproduzir música.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 22 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Inteligência Espacial: capacidade para perceber o mundo visual e
espacial de forma precisa. Está relacionada a organização e orientação no
espaço.
Inteligência Cinestésica: habilidade para resolver problemas ou criar
produtos através do uso de parte ou de todo o corpo.
Inteligência Interpessoal: envolvimentos com os outros. É a forma como
a pessoa entende e responde adequadamente a humores, temperamento,
motivações e desejos de outras pessoas.
Inteligência Intrapessoal: habilidade para ter acesso aos próprios
sentimentos. Está relacionada ao autoconhecimento.
Além das 07 inteligências mencionadas o autor identificou após novos
estudos a existência da inteligência naturalista (relacionada aos seres da
natureza) e a inteligência emocional (junção das inteligências interpessoal
e intrapessoal).

TEORIA COGNITIVISTA
David Ausubel

A teoria de Ausubel expõe que os conhecimentos prévios dos alunos devem


ser valorizados para que possam construir estruturas mentais usando,
como meio, mapas conceituais que aceitem descobrir e redescobrir outros
conhecimentos caracterizando, assim uma aprendizagem eficaz. Para esse
07123239458

autor a aprendizagem significativa ocorre quando uma nova informação é


ancorada a uma estrutura cognitiva pré-existente. Ele denomina
“organizadores prévios” que caracterizam o trabalho inicial que deve existir
para que o aluno faça a “ponte” entre o que ele já sabe e a nova informação.
Os conhecimentos pré-existentes são chamados de subsunçores.
Os organizadores prévios organizam a junção do conhecimento novo ao
conhecimento pré-existente.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 23 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Ausubel ainda nomeou a distinção de dois eixos diferentes que
determinaram classes diferentes de aprendizagem:
Aprendizagem significativa: refere-se a maneira como os alunos receberão
os conteúdos que deverão aprender. Os conhecimentos novos são
relacionados de forma substantiva com proposições e conceitos relevantes
previamente disponíveis na estrutura cognitiva.
Aprendizagem memorística: Não há subsunçores adequados, a
aprendizagem é mecânica e repetitiva.

TEORIA HUMANÍSTICA
Carl Rogers

Para Rogers uma boa educação deve ser comparada a uma boa terapia. O
papel da escola deve está relacionado a auto realização da pessoa. O centro
da educação é o aluno e o professor deve ser o facilitador do processo de
ensino aprendizagem além de ser um especialista em relações humanas.
Rogers defende a não diretividade, o relacionamento entre professor e
aluno deve ser a base de muita confiança. A auto avaliação também é muito
defendida por esse autor. Para Rogers a qualidade no processo de ensino e
aprendizagem depende da qualidade da interação entre professor e aluno
da existência de um ambiente afetuoso e cordial. A aprendizagem escolar
é vista como aspecto do processo de auto realização. O conteúdo advém
da própria experiência dos alunos. 07123239458

TEORIA DA GESTALT
Wertheim, Koffta, Kohler

Esta teoria apresenta ideias para uma educação realmente efetiva e


integradora, manifestando aspectos totalizadores do ser humano, com
objetivos de um crescimento generalizado, levando o indivíduo a reflexão,
a busca da percepção consciente de si mesmo e do outro dentro do grupo,
acabando a hierarquização em prol do crescimento integral.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 24 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

A palavra Gestalt origina-se de figura, propondo a ideia de que o todo é


mais do que simplesmente as somas das partes. Assim, as partes se
estiverem separadas não irão proporcionar a compreensão do todo. A
aprendizagem irá depender de como as partes estão organizadas. Essa
teoria destaca o INSIGHT como a resposta súbita para um problema difícil.
É como se o conhecimento já estivesse na cabeça do individuo.

EDUCAÇÃO DE ADULTOS
Esse assunto é muito bacana de ser estudado! Peço somente que leiam com
atenção, pois, por parecer simples, pode nos surpreender nos detalhes.

Para entendermos a educação de adultos (andragogia), vamos inserir o


assunto junto com a pedagogia ok?

Primeiramente é importante sabermos o que significa andragogia.


Andragogia é a educação de adultos.

Conceito do Bellan “andragogia é a ciência que estuda como os adultos


aprendem”.

Enquanto a pedagogia cuida do ensino das crianças, a andragogia


07123239458

se propõe a compreender o adulto.

Andragogia vem do grego: andros – adulto e gogos – educar.

Nesse sentido, a andragogia está totalmente vinculada ao treinamento e ao


desenvolvimento.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 25 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
A andragogia fundamenta-se em princípios que estão intimamente
relacionados com o construtivismo e interacionismo, pois o adulto vai
construindo seu saber a partir de motivações internas e externas.

De acordo com Gil, a andragogia se baseia em cinco princípios.


1- Conceito de aprendente: aquele que é autodirigido, o que significa
que é responsável pela sua aprendizagem, e estabelece e delimita o
seu próprio percurso educacional.

2- Necessidade do conhecimento: os adultos sabem melhor do que


as crianças a necessidade de conhecimento.

3- Motivação para aprender: o modelo andrológico leva em conta as


motivações externas, como melhor trabalho, salário, mas valoriza,
particularmente, as motivações internas relacionadas com a própria
vontade de crescimento, como autoestima, reconhecimento,
autoconfiança e atualização das potencialidades pessoais.

4- O papel da experiência: o adulto entra no processo educativo com


muitas experiências, assim o professor e os recursos instrucionais,
como livros e projeções, não garantem o interesse pela
aprendizagem.

07123239458

5- Prontidão para o aprendizado: o adulto tem orientação mais


pragmática e está pronto para aprender o que decide aprender. Ele
se torna disponível para aprender quando pretende melhorar seu
desempenho em relação a determinado aspecto da sua vida. Sua
seleção de aprendizagem é natural e realista: por isso, muitas vezes
ele se nega a aprender o que os outros lhe impõem. Além disso, sua
retenção tende a decrescer, quando percebe que o conhecimento não
pode ser aplicado imediatamente.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 26 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

Gente! Uma observação importante:


Na andragogia, o comportamento do adulto permeia a
aprendizagem.

A maturidade individual vai delimitar o comportamento do aluno,


pois o poder de se posicionar perante algumas realidades do
contexto geral da vida requer mais que a simples classificação de
adulto, com vista apenas na faixa etária.

Isso implica que a adoção do conceito de andragogia requer análise


muito mais que a observação dos princípios, pois que, havendo uma
diversidade em sala de aula no que se refere à maturidade, requer
então, por parte do professor a necessidade de fazer uso de vários
mecanismos para diagnosticar as diferentes realidades
07123239458

conjunturais.

Interessante os temas estudados na aula de hoje, não acha? O


próximo assunto nós já abordamos de forma bem mastigadinha na
nossa aula 02. Planejamento de ensino e seus elementos
constitutivos englobam todos aqueles elementos que já estudamos
juntamente com os objetivos, conteúdos, métodos e técnicas que
serão estudados nessa aula. Por isso é interessante nós

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 27 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
analisarmos esse tema de acordo com a visão de outro autor que
também pode ser cobrado pelas bancas examinadoras. Então,
vamos nos aprofundar?

PLANEJAMENTO DE ENSINO E SEUS ELEMENTOS CONSTITUTIVOS


SEGUNDO PILETTI

Existem outros tipos de planejamento segundo a visão de Claudino Piletti:

Tipos de planejamento:
Planejamento educacional: É a parte em que o Estado desenvolve e decide
sobre decisões sobre a educação.

Planejamento do currículo: É a parte em que são estabelecidos os objetivos


gerais com base nos guias curriculares oficiais de ensino.
07123239458

Planejamento de ensino: Conforme Pilletti “é a especificação do


planejamento do currículo”. Consiste em traduzir em termos mais concretos
e operacionais o que o professor fará na sala de aula para conduzir os
alunos a alcançar os objetivos educacionais propostos”.

Para que o planejamento seja concluído de forma eficiente, é necessário


passar por algumas etapas que irão definir como será o desenvolvimento
de todo o processo. Essas são sintetizadas da seguinte forma:

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 28 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Conhecimento da realidade:
Realidade dos alunos (suas especificidades e seus objetivos) juntamente
com a realidade do ambiente (instituição escolar, comunidade).

Elaboração do plano
A elaboração deve conter: Objetivos de ensino, conteúdos, procedimentos
de ensino, recursos e avaliação.

Execução do plano
Refere-se ao desempenho das atividades que foram planejadas com a
possibilidade de adaptações.

Avaliação e aperfeiçoamento
Diz respeito a busca por melhorias dentro do planejamento de acordo com
as atividades desempenhadas.

Esse autor também classifica com outra nomenclatura os tipos de


planejamento que são:

Planejamento de curso: Previsão de um determinado conjunto de


conhecimentos a ser desenvolvido durante um certo período de tempo com
uma turma.

07123239458

Planejamento de unidade: é a especificação do plano de curso. Uma


unidade de ensino é formada por assuntos inter-relacionados.

Planejamento de aula: É a sequência de tudo que vai ser realizado em


um dia letivo.

O planejamento de ensino possui as seguintes características


fundamentais:

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 29 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
 Condições reais e imediatas de loca, tempo e recursos
disponíveis;
 Conexão com os objetivos que se pretende alcançar;
 Elaboração de acordo com as especificidades dos alunos;
 Flexibilidade;
 Clareza e precisão

OBJETIVOS E CONTEÚDOS DE ENSINO, MÉTODOS E TÉCNICAS.

O processo de ensino é composto pelos seguintes componentes:


 Objetivos
 Conteúdos
 Métodos
 Avaliação Escolar

Vamos começar falando sobre os OBJETIVOS:


07123239458

Os objetivos expressam conhecimentos e habilidades a serem adquiridos


de acordo com o nível dos alunos, características locais e particularidades
dos conteúdos. Os objetivos mostram quais os princípios que serão
definidos para o desenvolvimento das capacidades esperadas. Não há
prática educativa sem objetivos!

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 30 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Conforme Libaneo, os objetivos educacionais tem pelo menos três
referências para a sua formulação:

o Os valores e ideais proclamados na legislação educacional e que


expressam os propósitos das forças políticas dominantes no sistema
social;
o Os conteúdos básicos das ciências, produzidos e elaborados no
decurso da prática social da humanidade;
o As necessidades e expectativas de formação cultural exigidas pela
população majoritária da sociedade, decorrentes das condições
concretas de vida e de trabalho e das lutas pela democratização.

Essas referências estão interligadas!

Podemos ressaltar que a elaboração dos objetivos leva o professor a fazer


uma avaliação crítica sobre os conteúdos que são impostos pelo sistema de
ensino, levando o educador a ajustar e adequar às necessidades e
condições em que trabalha.

Estão entendendo como os objetivos funcionam dentro do trabalho


do professor? Já se identificaram? Interessante!
Dessa forma, querido(a) aluno(a) podemos dizer que os objetivos
educacionais são indispensáveis para o trabalho docente.
07123239458

Eles fazem com que o professor tenha uma visão e um


posicionamento ativo na sociedade, servindo de alicerce para o seu
planejamento!

Os objetivos podem ser divididos em:

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 31 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Objetivos gerais: São expressos de maneira mais ampla acerca do papel
da sociedade e da escola. Abrangem três níveis:
Sistema escolar – Refere-se às finalidades educativas que devem ser
alcançadas de acordo com os valores dominantes na sociedade.
Escola – Estabelece princípios e a missão da escola.
Professor – Concretiza no ensino da matéria a concepção de educação e de
sociedade.
Os objetivos gerais são alcançáveis em maior tempo.

Objetivos específicos: São mais simples, determinam os resultados


esperados das tarefas dos alunos estando vinculados aos objetivos gerais.
Se referem a conhecimentos e habilidades na qual ocorre a assimilação
ativa dos conteúdos que foram transmitidos. São alcançáveis em menor
tempo e também expressam as expectativas do professor em relação aos
alunos.

O professor deve articular os objetivos gerais com os objetivos específicos


relacionando-os com a realidade concreta em que esses serão aplicados.
Libaneo também escreveu algumas recomendações que o professor deve
ter ao elaborar os objetivos educacionais:

 Especificar conhecimentos, habilidades e capacidades que devem ser


assimiladas; 07123239458

 Observar uma sequência lógica,

 Expressar-se com clareza;

 Dosar o grau de dificuldades, expressando os desafios e questões


viáveis;

 Formular objetivos como resultados a atingir;

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 32 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

 Indicar os resultados do trabalho dos alunos.

Grave essa dica: Os objetivos gerais são sempre sociais, enquanto


os objetivos específicos são sempre pedagógicos!

No nosso dia a dia como professor, estamos acostumados a lidar


com os objetivos, principalmente na hora de colocarmos no
planejamento não é verdade? Pois bem querido(a) concurseiro(a),
fique atento para esses conceitos formais que acabamos de ver.
Tente assimilar ao máximo a diferença entre objetivo geral e
específico para não cair nos peguinhas das bancas examinadoras!

Antes de passarmos para os conteúdos de ensino, vamos ir um


pouquinho mais além para conhecermos mais sobre esse assunto,
que tal? Gostou da ideia né? Então vamos lá:

07123239458

Você já ouviu falar sobre a taxonomia de Bloom?

Taxonomia de Bloom é a classificação que divide os objetivos educacionais


em três domínios: Cognitivo, afetivo e motor (psicomotor).

Cognitivo: Relaciona-se a capacidade intelectual.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 33 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

Afetivo: Relaciona-se aos sentimentos, emoções e atitudes.

Motor (psicomotor): Enfatizam o uso e a coordenação dos músculos.

Benjamim Bloom foi um grande teórico que influenciou as teorias de


aprendizagem, na segunda metade do século XX.

Seus estudos foram criados para o ensino acadêmico, porém, é importante


para todos os tipos de aprendizagem.

A taxonomia de Bloom serve também como uma avaliação pela qual o


professor pode observar se os objetivos estão sendo realizados e se estão
obtendo o desenvolvimento necessário para os estudantes.

CONTEÚDOS DE ENSINO
Opa! Esse conteúdo nós já estudamos na aula passada quando
falamos sobre desenvolvimento de competências: conhecimentos,
habilidades e atitudes! Vamos então relembrar e revisar para ficar
dentro do contexto certo? Vamos lá:

São meios pelos quais os alunos desenvolvem suas capacidades.

07123239458

Características:

 São saberes historicamente organizados


 Não são verdades absolutas
 Deve se adequar às exigências sociais

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 34 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Os conteúdos nos dias de hoje são elaborados em uma perspectiva
dinâmica, vistos como instrumento para a realização da aprendizagem. O
professor tem em suas mãos uma grande responsabilidade ao montar os
conteúdos de ensino de uma determinada matéria. Ele decide qual será a
melhor forma de transmiti-la com qualidade e quantidade certa de
informações.

Os conteúdos de ensino são o conjunto de conhecimentos,


habilidades, hábitos, atitudes, valores sociais organizados
pedagógica e didaticamente, tendo em vista a assimilação ativa e
aplicação pelos alunos na sua prática de vida.

Os conteúdos se relacionam com as unidades objetivos-conteúdos-


métodos, sendo organizados em matérias de ensino.

A escolha dos conteúdos é feita através da prática social e histórica, sendo


sistematizados e transformados em objetos de conhecimento. Desse modo,
torna-se a tarefa mais importante para o professor, que deve levar em
consideração a experiência a prática social e a história de vida dos alunos.
07123239458

Esses conteúdos também devem ser elaborados com uma visão para o
futuro, tendo em vista a construção de uma sociedade humanizada.

A didática entra nesse processo, destacando o que deve fazer parte dentro
do ensino da escola, selecionando os elementos de cada conteúdo que será
trabalhado, de forma apropriada pelos alunos.

Os conteúdos de ensino são compostos por quatro elementos:

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 35 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Conhecimentos sistematizados; habilidades e hábitos; atitudes e
convicções.

Conhecimentos sistematizados: Formam o alicerce da instrução e do


ensino, constituindo conceitos e termos fundamentais das ciências, da
atividade humana, leis que explicam as relações entre objetos e fenômenos,
métodos de estudo da ciência e problemas que envolvem o meio social.

Habilidades: São atributos intelectuais imprescindíveis para a atividade


mental no processo de assimilação de conhecimentos.

Hábito: Está relacionado ao modo de agir automático que torna eficaz o


estudo ativo e independente.

Atitudes e convicções: Relacionam-se a maneira de agir e de se


posicionar diante das tarefas da vida social.

Os livros didáticos servem para transmitir os conteúdos de forma


sistematizada, porém, eles também podem transmitir valores e
ideias que sempre estão presentes na nossa sociedade, podendo
disfarçar a realidade conforme interesses econômicos e sociais
dominantes. 07123239458

Se o professor estiver atento, notará que muitos conteúdos colocados nos


livros didáticos não conferem com a realidade da sua sala de aula. Por isso,
o educador deve saber escolher o seu material e quando perceber que não
condiz com as suas condições de trabalho, deverá contribuir, enriquecendo
esses conteúdos através de uma reflexão crítica sobre os problemas
existentes.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 36 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Portanto, escolher os conteúdos de ensino não é uma tarefa fácil! Para
selecionar os conteúdos é necessário levar em consideração:

 Correspondência entre objetivos gerais e conteúdos


 Caráter Científico
 Caráter Sistemático
 Relevância Social
 Acessibilidade e solidez

Há também uma classificação dos conteúdos escolares em:


Conceituais: Envolve acontecimentos, princípios.
Procedimentais: Envolve tomada de decisão de forma ordenada para se
alcançar os objetivos.
Atitudinais: Abrange valores, atitudes, regras, posturas que implicam nas
relações e interações da comunidade escolar numa perspectiva educacional
responsável, valorativa.

MÉTODOS DE ENSINO

É o caminho. Refere-se aos meios para se alcançar os objetivos gerais e


específicos de ensino. Os métodos implicam uma sucessão planejada de
ações entre professores e alunos.

07123239458

Método é o caminho para atingir um objetivo.

O professor ao ministrar uma aula, utiliza um conjunto de ações, passos e


procedimentos que são identificados como métodos de ensino. Esses
métodos podem ser classificados em:

Método de exposição pelo professor – Exemplo: aula expositiva.

Método de trabalho independente – Exemplo: estudo dirigido.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 37 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

Método de elaboração conjunta – Exemplo: debate em sala de aula

Método de trabalho em grupo – Exemplo: Pesquisa em grupo.

Os métodos de ensino dependem dos objetivos que são estabelecidos tendo


em vista o conhecimento e a transformação da realidade.

Estão assimilando os conceitos dos componentes de ensino? Esse


conteúdo está bem fácil de estudar não é mesmo? Atenção: Não
confunda os métodos de ensino apenas como um conjunto de
procedimentos. Os procedimentos são apenas detalhes, não vai
errar na hora da prova!

Vamos continuar então:

07123239458

Os métodos de ensino são as ações do educador nas quais se estabelecem


as atividades de ensino para atingir objetivos do trabalho docente em
relação a um conteúdo específico. Esses métodos proporcionam as formas
de interação entre ensino e aprendizagem, docentes e discentes,
apresentando resultados de assimilação consciente dos conhecimentos
assim como o desenvolvimento das capacidades cognoscitivas e operativas
dos alunos.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 38 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Métodos de ensino é o “como” do processo de ensino e
aprendizagem.

RELAÇÃO OBJETIVO-CONTEÚDO-MÉTODO

Os métodos de ensino não podem estar desvinculados dos objetivos e dos


conteúdos. Nenhum funciona independente do outro.

Desse modo, podemos dizer que a matéria não pode ser apenas
transmitida. O professor deve entender que a matéria está determinada por
aspectos políticos, pedagógicos, lógicos e psicológicos confirmando a
relação de subordinação que deve existir dos métodos aos objetivos gerais
e específicos.

Sendo assim, o método é a maneira pela qual os objetivos e os


conteúdos se manifestam durante todo o processo de ensino. O
método é concretizado por meio de técnicas de ensino.

Técnica de ensino: É a operacionalização do método. As técnicas são


determinadas pelos objetivos educacionais.
Conforme Veiga, toda técnica é tecida e envolvida por determinados
ideais educativos. Não é a técnica que define o ideal educativo, mas
o contrário. Assim, é possível a aula expositiva sem ser tradicional.
07123239458

Meios de ensino: São os recursos utilizados pelo professor e pelos


alunos. São todos os meios e recursos materiais para organização e
direção do processo de ensino e aprendizagem.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 39 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

É necessário ressaltar que o professor precisa ter domínio necessário para


trabalhar com os recursos, conhecendo-os bem, sabendo utilizá-los de
forma correta em suas aulas.

Tudo isso que vimos faz parte da elaboração das aulas que acontece
com frequência na rotina de nós educadores!
Vamos agora fixar o nosso conteúdo:

LISTA DE QUESTÕES

1- (Funiversa/Pedagogo/2012-adaptada) – A relação professor- aluno é um


dos aspectos fundamentais da organização didática e tem em vista alcançar
os objetivos do processo de ensino-aprendizagem. Acerca desse tema,
assinale a alternativa correta.
a ( ) - As formas de comunicação dos conteúdos escolares não interferem
no processo cognitivo.
b( ) - Os aspectos emocionais devem ser desconsiderados nas relações
pedagógicas.
c ( ) - O foco do ensino e da aprendizagem deve ser, exclusivamente, o
aspecto cognitivo do aluno.
d ( ) - As relações pessoais entre professor e aluno nem sempre são
07123239458

lineares; muitas vezes são permeadas por contradições e conflitos.

2- (Funiversa/Pedagogo/2012) – Quando se fala do tema sucesso ou


fracasso escolar, a tendência é polarizar, ora atribuindo culpa aos
professores, ora à família, ora aos alunos. Acerca desse tema, é correto
afirmar que:
a ( ) - crianças oriundas de famílias carentes são mais suscetíveis ao
fracasso escolar, pois seu capital cultural é menor.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 40 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
b ( ) - professores com alto nível de escolarização têm menor probabilidade
de produzirem alunos fracassados.
c( ) - o sucesso ou o fracasso escolar está diretamente ligado ao nível de
escolarização dos pais, a rendas per capita e, consequentemente, ao poder
aquisitivo.
d ( ) - é necessário, para um diagnóstico correto dos problemas de
aprendizagem, analisar as variáveis, identificando o que são problemas
sociais, familiares e pedagógicos.
e ( ) - os sistemas de ensino pouco ou nada podem fazer quando as
crianças evadem-se da escola ou possuem dificuldades de aprendizagem.

3- (Funcab/Pedagogo/2012) - De acordo com Libâneo, “a disciplina de


classe está diretamente ligada ao estilo da prática docente, ou seja, à
autoridade profissional, moral e técnica do professor” (1994, p.252). A
alternativa que define corretamente o conceito de “autoridade profissional
docente” citada pelo autor é:
a( ) - domínio da matéria que ensina e dos métodos e procedimentos
de ensino.
b( ) - o conjunto das qualidades de personalidade do professor.
c ( ) - a habilidade de transmissão dos conteúdos da matéria ministrada.
d ( ) - capacidade de empregar com segurança os princípios didáticos.

4- (Funiversa/Pedagogo/2012) – As teorias que explicam o


07123239458

desenvolvimento e a aprendizagem não são estáticas: modificam-se


privilegiando ora o ambiente, ora o organismo. Acerca desse tema, assinale
a alternativa correta.
a( ) - Na teoria inatista, o indivíduo é considerado uma folha em branco
na qual são impressas as informações.
b ( ) - A relação entre sujeito e objeto na constituição dos indivíduos é
característica fundamental da abordagem behaviorista.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 41 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
c( ) - Na abordagem inatista, é possível estabelecer uma relação direta
entre aprendizagem e condicionamento, pois o meio interfere no
desenvolvimento.
d ( ) - Na abordagem ambientalista, o indivíduo e o ambiente estão em
constante interação, modificando-se mutuamente em uma relação
dialética.
e ( ) - A abordagem interacionista considera que as aprendizagens são
frutos das relações dialéticas entre os indivíduos e o meio.

5- (SME-Fortaleza/2012) - Algumas características evidenciam o trabalho


de um bom professor, porém, na escola, o autoritarismo exercido pelo
professor leva à diminuição do crescimento humano do educando. Analise
a alternativa que corresponde a uma postura correta do professor em sala
de aula.
a( ) - Impedir que os alunos participem da aula dando sua opinião, para
não haver a discordância de opiniões e não gerar conflitos em sala de aula;
b ( ) - Desenvolver uma prática que leve os alunos a obedecer ficando
quietos, exigindo uma disciplina de controle e homogeneização;
c( ) - Desconsiderar as diferenças essenciais entre os alunos e o adulto
no que diz respeito aos modos de sentir, pensar e agir;
d ( ) - Apreciar o trabalho dos alunos não somente quando do produto
final, mas no processo deste, gerando conhecimentos e motivando o seu
desenvolvimento. 07123239458

6- Das alternativas abaixo, no que se refere à relação entre ensino e


aprendizagem, é correto afirmar que:
a ( ) - ensino e aprendizagem são processos interdependentes e
complementares.
b( ) - ensino e aprendizagem não se relacionam.
c( ) - ensino e aprendizagem ocorrem separadamente.
d( ) - o ensino é aprendizagem.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 42 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
e( ) - o ensino é garantia de aprendizagem.

7- (Metta/2012) - Para que haja uma educação de qualidade, deve existir


uma parceria entre família e escola, baseada na cooperação, no respeito e
na confiança. A escola não pode conduzir sozinho o processo ensino-
aprendizagem, necessitando criar elos com a família. Considere os itens,
colocando V ou F nos parênteses. Cabe aos pais e/ou responsáveis:
( ) Acompanhar e incentivar a formação de hábitos de estudo, como é o
caso da realização das tarefas escolares.
( ) Fornecer todas as informações necessárias do educando na ocasião da
matrícula.
( ) Comparecer à escola apenas quando for solicitado.
( ) Conhecer a proposta pedagógica utilizada pela escola, analisar as
avaliações realizadas e o aproveitamento do aluno.
A sequência CORRETA é:
a( ) - V – V – V – V;
b( ) - V – F – F – V;
c( ) - V – F – F - F;
d( ) - V – V – F – F;
e( ) - V – V – F – V.

8- (UEPB) - As seguintes formulações referem-se à aprendizagem


significativa, EXCETO:
07123239458

a ( ) - Uma das condições da aprendizagem significativa é a


substantividade. Essa condição pressupõe que, ao aprender de forma
significativa, retêm-se a substância das novas ideias, não as palavras
precisas usadas para sua expressão. Dessa forma, o mesmo conceito ou
proposição pode ser expresso de diferentes maneiras, mediante distintos
símbolos ou grupos de símbolos, que são equivalentes em termos de
significados.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 43 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
b( ) - O conhecimento assimilado resulta num aumento da diferenciação
das idéias que serviram de âncoras, aumentando, assim, a capacidade de
uma maior facilitação da subsequente aprendizagem de conhecimentos
relacionados.
c ( ) - As informações são apreendidas prescindindo da interação com
informações relevantes presentes na estrutura cognitiva. A nova
informação é armazenada de maneira literal e eventual.
d( ) - Aprender de forma significativa significa aprender com sentido ou
com significado, permitindo a evocação das idéias aprendidas quando elas
se fizerem necessárias, devido ao fato de serem mais estáveis e disponíveis
na cognição do sujeito.
e( ) - Uma condição sine qua non para que a aprendizagem significativa
ocorra é a predisposição favorável do sujeito para isso, ou seja, é
importante considerar o que o sujeito sente. Essa condição implica na
compreensão de que o sujeito pensa, sente e age e que as experiências de
aprendizagem potencialmente significativas são aquelas que o levam a um
engrandecimento pessoal, proporcionando, ao mesmo tempo, certo
domínio conceitual que lhe permita o uso eficiente na solução de problemas
reais do dia a dia.

9- (Vunesp/2012) - Sobre as características da concepção ambientalista do


desenvolvimento humano, assinale a alternativa correta.
a ( ) - O ser humano é concebido como um ser extremamente plástico,
07123239458

que desenvolve suas características em função das condições presentes no


meio em que se encontra.
b ( ) - A experiência sensorial é fonte de conhecimento, pois o
desenvolvimento humano está relacionado com as capacidades inatas.
c ( ) - A maturação biológica é tão importante quanto o papel do ambiente
no desenvolvimento do ser humano e de suas capacidades.
d ( ) - A concepção ambientalista defende que o desenvolvimento humano
está relacionado com o ambiente em consonância com os fatores inatos.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 44 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
e ( ) - A aprendizagem é considerada exclusivamente como resultado dos
fatores biológicos que modificam o comportamento humano.

10- (Vunesp/2012) - Com relação às principais características da


concepção inatista do desenvolvimento humano é correto afirmar que:
a( ) - o ambiente interfere no processo de desenvolvimento espontâneo
do ser humano. Assim, a educação e, portanto, a escola possuem papéis
fundamentais no processo de desenvolvimento, ou seja, na personalidade,
nos valores, nos hábitos e crenças, na conduta social, nas relações
emocionais, na forma de pensar e demais aspectos do ser humano.
b ( ) - o papel do ambiente é amplo e essencial, pois determina as
capacidades adaptativas e permite a sobrevivência dos seres humanos.
c ( ) - desvaloriza os fatores endógenos, ou seja, de origem interna do ser
humano. Assim, nada pode ser feito externamente para estimular o
processo de aprendizagem.
d ( ) - o desenvolvimento intrauterino tem papel central no aspecto
cognitivo e o ambiente expressa importante significado na aquisição de
conhecimento.
e( ) - parte do pressuposto de que os acontecimentos que ocorrem após
o nascimento não são essenciais, fundamentais ou importantes para o
desenvolvimento do ser humano. As qualidades e capacidades básicas já
se encontram basicamente prontas e em sua forma final no nascimento,
depois há pouca diferenciação qualitativa e quase nenhuma transformação
07123239458

ao longo da vida.

11- (Vunesp/2012) - Sobre as características da concepção interacionista


do desenvolvimento humano, assinale a alternativa correta.
a ( ) - Os interacionistas destacam que o meio exerce maior influência
sobre a ação e essa influência acarreta mudanças significativas no
comportamento humano.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 45 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
b ( ) - A interação entre organismo e meio ocorre durante toda a vida.
Entretanto, apenas as experiências adquiridas no período escolar são
significativas para a aprendizagem.
c( ) - Por meio exclusivamente da interação com o mundo físico é que o
ser humano aprende e se desenvolve constantemente.
d ( ) - Os fatores internos (biológicos) e externos (meio) se inter-
relacionam continuamente, formando uma complexa combinação de
influências que resultam na construção de conhecimento.
e ( ) - Os interacionistas valorizam as teorias inatistas e ambientalistas,
pois acreditam no desprezo ao papel do ambiente e valorizam os fatores
maturacionais.

12- (Ludus/2012) - Uma autoridade educacional proferiu palestra sobre


Concepções de Aprendizagem e Prática Escolar Contemporânea. Na sua
apresentação destacou as concepções: inatista, ambientalista e
sóciointeracionista. O item que define corretamente a concepção é:
a ( ) - as concepções inatista e ambientalista tem o mesmo significado,
ambas tratam das capacidades intelectuais do sujeito que aprende.
b ( ) - as concepções inatista e ambientalista são diferentes porque o
inatismo refere- se ao meio cultural do indivíduo e o ambientalismo explica
as etapas de desenvolvimento da aprendizagem do sujeito
c ( ) - as concepções ambientalista e interacionista possuem o mesmo
sentido, porque definem o meio social como o único recurso para o
07123239458

desenvolvimento da aprendizagem.
d ( ) - a concepção interacionista e a inatista são comuns, pois vêem o
sujeito como responsáveis por sua aprendizagem.
e( ) - nenhuma das alternativas acima está correta.

13- (Biorio/2012) - É imprescindível ao educador estar fundamentado nos


princípios pedagógicos que regem as ações de aprendizagem nas
organizações, rompendo com o mero domínio tecnológico de recursos de

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 46 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
aprendizagem dos mais simples aos mais complexos. Para tanto, faz parte
de sua função promover a formação contínua do grupo com o qual trabalha.
Nesse sentido, é fundamental que, ao elaborar programas de capacitação
e/ou formação contínua da equipe, o pedagogo leve em consideração que
o seu trabalho tem como foco principal:
a ( ) - o núcleo pedagógico e, em especial, os processos de ensino-
aprendizagem;
b( ) - a organização racional do trabalho e suas leis;
c( ) - a reprodução da ideologia dominante na instituição;
d( ) - o conhecimento desvinculado da realidade dos alunos;
e( ) - a lógica classificatória.

14- (Consulplan/2012) - A relação pedagógica não se limita ao espaço da


sala de aula; ela é muito mais ampla, estendendo-se para além da escola,
na medida em que as expectativas e necessidades sociais, bem como a
cultura, os valores éticos, morais e intelectuais, os costumes, as
preferências entre outros fatores presentes na sociedade têm repercussão
direta no trabalho educativo. Nesse sentido, é preciso considerar os
seguintes fatores que intervêm na ação pedagógica, EXCETO:
a ( ) - Alunos de diferentes meios sociais chegam à escola trazendo consigo
características culturais e pessoais diversas, que influenciam diretamente
sua relação pedagógica com os conhecimentos, consequentemente,
07123239458

determinam a maneira pela qual respondem às solicitações e às exigências


próprias do processo de escolarização.
b ( ) - O professor precisa entender que suas características culturais, seu
saber, seus valores, seus pressupostos teóricos, sua visão de mundo, que
fundamentam sua identidade profissional e social, também influenciam
diretamente a relação pedagógica na sala de aula.
c ( ) - A escola, enquanto instituição, é um mundo social que tem suas
características de vida próprias, seus ritmos e seus ritos, sua linguagem,

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 47 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
suas crenças e valores, suas normas e regulamentos, explícitos ou não, seu
regime próprio de produzir e gerir conhecimentos e significações.
d ( ) - O ato de conhecer, sendo ele estático, pressupõe memorização de
informações, assimilando de forma passiva os conhecimentos previamente
elaborados, identificando o conhecimento apenas como o conteúdo
expresso nos livros e programas de ensino, como algo pronto e acabado.
e ( ) - O conjunto de conteúdos cognitivos e simbólicos selecionados,
organizados, didaticamente tratados e que constituem o objeto da ação
pedagógica no contexto da escola.

15- (CESPE/09) - No que concerne à dinâmica das relações em sala de


aula, assinale a opção correta.
a( ) - O campo de atuação dos educadores é marcado pela ausência de
conflitos.
b( ) - A sala de aula, que se cria na tensão professor-aluno e permeia a
dimensão cognitiva do processo ensino- aprendizagem, constitui o núcleo
da experiência docente- discente.
c( ) - Tirar proveito das dificuldades advindas das relações interpessoais
em sala de aula é uma atitude que caracteriza pouco amadurecimento
emocional.

16- (MOVENS/09) - O professor pensa ensinar o que sabe, aquilo que


07123239458

recolheu nos livros da vida, mas o aluno aprende do professor não


necessariamente o que o outro quer ensinar, mas aquilo que quer aprender.
(Affonso Romano de Sant’Anna, com adaptações). A respeito da relação
professor/aluno, assinale a opção INCORRETA.
a ( ) - Coerência entre teoria e prática, capacidade para o diálogo e
competência didática são algumas características do professor que facilitam
a aprendizagem.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 48 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
b ( ) - Um ambiente de participação, no qual professor e alunos trabalhem
juntos, exponham suas idéias, suas opiniões, seus argumentos e suas
experiências, coopera de forma fundamental para que haja aprendizagem.
c ( ) - A escolha dos temas a serem trabalhados em sala de aula é função
do professor, e deve ser pautada na observância dos conteúdos próprios
para a série e não na relação destes com a vida e os interesses dos alunos.
d ( ) - O professor deve ser um comunicador dialogal e não um transmissor
unilateral de informação. A estrutura da exposição deve conduzir à
problematização e ao raciocínio, e não à absorção passiva das ideias e
informações do professor.

17- (MOVENS/09) - Acerca da aprendizagem assinale a opção correta.


a ( ) - Para criar uma situação favorável à aprendizagem, o professor deve
conhecer os interesses atuais dos alunos para mantê-los ou orientá-los.
b ( ) - A aprendizagem não depende da motivação, mas da maturação, que
consiste em mudanças de estrutura devidas em grande parte à herança e
ao desenvolvimento fisiológico e anatômico do sistema nervoso.
c ( ) - A teoria de Piaget estabelece que a aprendizagem é baseada no
“esforço”.
d ( ) - A aprendizagem motora é a aquisição de informações, princípios e
teorias e diz respeito aos sentimentos e emoções.

07123239458

18- Relacionando teorias pedagógicas e suas respectivas concepções de


educação, pode-se afirmar, corretamente, que:
a-( ) o inatismo considera que a educação deve adaptar- se à natureza
biológica e psicológica da criança, que já tem prontas, independentes da
experiência, as tendências relativas a seu desenvolvimento, que só
precisam ser trazidas à tona.
b-( ) o ambientalismo concebe a educação como processo pelo qual o
ser humano tem seu desenvolvimento motor e psíquico em contraposição
com o ambiente, implicando a transformação de regras e valores sociais.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 49 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
c-( ) o interacionismo compreende que a finalidade da educação é buscar
o fim último da vida, que é regenerar o ser humano de suas tendências
destrutivas, preparando-o para a formação de um caráter incorruptível.
d-( ) o interacionismo toma a educação como organização de situações
estimuladoras pelas quais pode-se controlar o comportamento humano,
sem que formas de raciocínio, fantasias e desejos precisem ser
considerados.

19- (CESPE/09) - Com relação à aplicação dos princípios da teoria


comportamental no processo de ensino-aprendizagem assinale a opção
correta.
a ( ) - A aprendizagem deve ser diretamente observada, mediante a
resposta emitida pelo aluno.
b ( ) - Controlar as condições do ambiente e o aluno, para assegurar a
aprendizagem, é atribuição que excede o conjunto de atribuições dos
professores.
c ( ) - Medir a mudança de comportamento do aluno é procedimento
inadequado quando se deseja avaliar os objetivos de aprendizagem.
d ( ) - A mudança de comportamento do aluno é um aspecto que deve ser
negligenciado quando são formulados os objetivos educacionais.

20- A concepção interacionista do desenvolvimento pode ser ilustrada na


07123239458

seguinte alternativa:
a( ) - A aprendizagem tem início na idade escolar, pois é na relação com
outras crianças e o professor que uma criança constrói o conhecimento.
b ( ) - A aquisição do conhecimento é um processo construído durante
toda a vida, e o fator humano, presente no ambiente, tem importância
fundamental.
c ( ) - Ao nascer, a criança é como uma “folha em branco”, tudo o que
será depende do quanto se vai investir na sua formação.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 50 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
d ( ) - Os fatos que ocorrem após o nascimento não são importantes para
o desenvolvimento do homem – ele será o que já estava predeterminado a
ser.

21- Em algumas escolas, as atividades de aprendizagem são organizadas


com a participação de alunos(as) para que possam agir com autonomia e
criatividade, resolvendo problemas e realizando descobertas. Esta prática
pedagógica tem base em teorias hoje bastante divulgadas, conhecidas
como:
a ( ) - tradicionais - porque estão baseadas na repetição de modelos
utilizados durante algum tempo.
b ( ) - comportamentais - porque esperam respostas segundo reforços
oferecidos nas atividades.
c( ) - construtivistas - porque exigem de cada um a participação efetiva
na elaboração da aprendizagem.
d ( ) - científicas - porque derivam de uma experimentação concreta
realizada por pesquisas educacionais.
e( ) - humanistas - porque valorizam fundamentalmente a realização do
educando enquanto pessoa.

22- Nas palavras de Emília Ferreiro – “a escrita é importante na escola,


07123239458

porque é importante fora dela e não o contrário” (2001). Ainda é muito


grande o contingente de crianças e jovens que não conseguem se
alfabetizar, repetem o processo várias anos e se evadem da escola, sem
autonomia para ler e escrever. Para que o processo de aprendizagem se
torne mais eficaz e prazeroso e, a médio prazo, possa alterar o quadro de
fracasso escolar no ensino brasileiro, é necessário que:
a( ) - a prática seja pautada em iniciativas instrucionais;
b( ) - a escola abandone o currículo oculto;

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 51 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
c ( ) - o professor tenha uma visão artificial e pouco significativa da
realidade;
d( ) - o professor se distancie do contexto de vida do aluno;
e ( ) - a prática escolar apresente questões cujas respostas possam
dialogar com a vida.

23- “A nova escola, é a escola cidadã, gestora do conhecimento, não


lecionadora, com um projeto ecopedagógico, éticopolítico, inovadora,
construtora de sentido e plugada no mundo”. (Paulo Freire) A escola precisa
desenvolver mais a sua consciência crítica para construir novos valores e
atitudes. Uma das características da consciência crítica é:
a( ) - reconhecer que a realidade é mutável;
b( ) - considerar a realidade estática;
c( ) - satisfazer-se com a experiência;
d( ) - não se aproximar da casualidade dos fatos;
e( ) - ter forte conteúdo passional.
24- [...] tudo se insere dentro de uma malha riquíssima de religações. Cada
ser é parte de um todo que se ordena a outro maior. As partes estão de tal
maneira ligadas e religadas entre si que sempre estão envoltas em
interconexões como uma dança perpétua de energias e vibrações. (BOFF,
1998) Este texto lembra um educador que ensinava o conteúdo de uma
disciplina por meio de articulações com outras áreas do conhecimento, de
07123239458

tal modo que a visão do todo se tornava clara. Esse exemplo, refere-se:
a( ) - a uma prática interdisciplinar;
b( ) - a conteúdos previamente estabelecidos;
c( ) - a disciplinas justapostas, trazidas para a sala de aula;
d( ) - à baixa qualidade de estratégia de ensino;
e( ) - à ineficácia do professor em relação ao conteúdo programático.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 52 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
25- “A prática pedagógica dos professores faz com que os alunos sejam
muito passivos, pois os ativos dão muito trabalho, tanto na disciplina
comportamental, como na disciplina intelectual. Usualmente, não se tem
tido suficiente cuidado com a produtividade do educando.” (Luckesi). Pode-
se perceber que a questão da disciplina está muito ligada, não só ao pouco
interesse do jovem pelo assunto tratado na sala de aula como, e
principalmente, à forma como esse assunto é tratado pelo professor. Um
aspecto da realidade, o maior impulsionador de mudança na prática dos
profissionais de educação é:
a( ) - o momento histórico não condiciona a prática pedagógica;
b ( ) - as mudanças na vida moderna atingem a escola indiretamente;
c( ) - o uso do computador provoca a perda de conhecimento;
d ( ) - o professor tem um currículo que precisa ser todo trabalhado;
e( ) - o mundo moderno, muito rápido, visual e globalizado.

26- (Analista de Gestão Socioeducativa FUNASE – Pedagogo) A


proposta educativa construtivista não isenta o educador de intervir, mas a
intervenção deve ser de forma mediadora, considerando o meio cultural e
social da criança e do adolescente, operando modificações na situação em
que enfrentam. Oportunizando atividades organizadoras e estruturadoras,
esse tipo de proposta, portanto, exige o compromisso do educador:
a diante, apenas, de crianças e jovens de um nível sociocultural de baixo
poder aquisitivo. 07123239458

b com os estudantes interessados e não influi nos indisciplinados.


c diante das crianças e dos jovens de todos os níveis socioculturais.
d que atua, apenas, em classes homogêneas.
e que trabalha com turmas homogêneas, classificadas segundo o nível de
aprendizagem.

27- (Analista de Gestão Socioeducativa FUNASE – Pedagogo)


Ensinar e aprender na perspectiva cidadã envolve o esforço metodicamente

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 53 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
crítico do docente, no sentido de desvelar a compreensão da realidade,
considerando o estudante um sujeito autônomo em seu processo de
aprendizagem. Isso tem a ver com:
a transferência de conteúdo pelo professor, conforme o ritmo próprio do
aluno.
b o trabalho, principalmente com os conteúdos procedimentais e
atitudinais.
c o ensino dos conteúdos conceituais de forma sistemática e metodológica.
d a necessidade de apoiar o educando na busca permanente do saber que
o processo de conhecer implica.
e a especificidade dos conteúdos curriculares que são naturalmente
selecionados pela escola.

28- (Analista de Gestão Socioeducativa FUNASE – Pedagogo) As


reflexões sobre a prática do educador e as avaliações do seu desempenho
ajudam-no a conhecer como aperfeiçoar o ensino e a aprendizagem. É
importante considerar esses fatores para contribuir:
a no ambiente educativo e na comunidade, de forma que os envolvidos
possam atribuir sentido ao que fazem e ao que aprendem.
b com os interesses da comunidade e, assim, ela possa excluir os
educadores descomprometidos.
c decisivamente no afastamento dos alunos indisciplinados, com o apoio
da comunidade. 07123239458

d no afastamento dos alunos que se evadem dos programas e projetos


sem justificativa.
e neutralizando as interferências da comunidade e da família, favorecendo
os professores para que possam definir os rumos que devem adotar.

29- (Analista de Gestão Socioeducativa FUNASE – Pedagogo) Ao


planejar as ações a serem realizadas, deve-se observar cuidadosamente o
nível de desenvolvimento das crianças e dos jovens e propiciar situações
de aprendizagem que contribuam para a sua valorização. Para que as

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 54 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
observações não se percam e possam ser utilizadas como instrumento de
trabalho, é necessário que:
a sejam anunciadas, apenas, oralmente para todos os alunos.
b oportunizem o reagrupamento em classes fracas e fortes.
c favoreçam o encaminhamento das crianças que não aprendem para as
classes especiais.
d sejam registradas em instrumentos próprios, organizados pela instituição
educacional.
e privilegiem as crianças que evoluem bem na aprendizagem.

30- (CESPE - 2008 - TJ-DF - Analista Judiciário - Pedagogia) A


disciplina em sala de aula está diretamente relacionada à prática docente,
por meio da autoridade profissional, moral, técnica e afetiva do professor.

31 - (CESPE - 2008 - TJ-DF - Analista Judiciário - Pedagogia) A


atitude do professor em ouvir os alunos, possibilitando a exposição de
opiniões e a formulação de perguntas, facilita a identificação de como está
ocorrendo o processo de construções dos saberes.

33 - (IF-BA/2012) - Relacione os componentes do processo de ensino,


apresentados na primeira coluna (A - B - C - D), aos seus respectivos
07123239458

conteúdos, apresentados na segunda (I, II, III, IV), segundo Libâneo


(1994). A – Objetivos; B – Meios e recursos; C – Métodos; D – Conteúdos
I. São o conjunto de conhecimentos, habilidades, hábitos, modos
valorativos e atitudes, organizados pedagógica e didaticamente,
buscando a assimilação ativa e a aplicação prática na vida dos alunos.
II. Determinam, de antemão, os resultados esperados do processo entre
o professor e aluno e também a gama de habilidades e hábitos a
serem adquiridos, sendo o marco inicial do processo pedagógico e
social.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 55 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
III. É a forma com que os objetivos e conteúdos serão ministrados, na
prática, ao aluno sendo determinados pela relação objetivo-conteúdo
e constituindo-se os meios para alcançar objetivos gerais e
específicos de ensino.
IV. Os equipamentos usados em sala de aula (do quadro- negro até o
computador) são meios de ensino gerais possíveis de serem usados
em todas as matérias, sendo importante que os professores
conheçam e dominem esses equipamentos para poder usá-los em
sala de aula com eficácia.

Nessas condições, pode-se afirmar como correta a relação estabelecida


em
a( ) - I-D II-A III-C IV-B
d ( ) - I-C II-A III-D IV-B
b( ) - I-A II-C III-D IV-B
e ( ) - I-C II-A III-B IV-D
c( ) - I-B II-A III-C IV-D

34- A seleção e a organização dos conteúdos é momento delicado e decisivo


no planejamento da aprendizagem do aluno. Diante desta afirmação,
analise os itens e assinale V para os verdadeiros e F para os falsos:
I. Os conteúdos são utilizados como suporte para auxiliar no
desenvolvimento cognitivo do aluno; 07123239458

II- A seleção dos conteúdos e o tratamento que a eles deve ser dado
assume papel central, pois amplia para além de fatos e conceitos, passando
a incluir procedimentos, valores, normas e atitudes;
III. A escola não envolve, no seu trabalho, conteúdos procedimentos,
atitudes e valores dos alunos;
IV. Os conteúdos devem ser vistos como meio para que o aluno desenvolva
as capacidades que permitam produzir e usufruir dos bens culturais, sociais
e econômicos.
Agora, marque a alternativa correta:

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 56 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
a( ) - V, F, F, V
b( ) - F, V, F, V
c ( ) - V, V, F, V
d ( ) - F, V, V, F

35 - As funções dos objetivos específicos do planejamento de ensino não


incluem:
a. Orientar a seleção e a organização de procedimentos pedagógicos.
b. Comunicar aos alunos aquilo que será esperado deles ao final do
processo.
c. Facilitar o acompanhamento pelo professor do desenvolvimento das
atividades previstas.
d. Identificar a missão da instituição escolar.

36 - Os objetivos específicos comunicam aos alunos o que será esperado


deles.

37 - Os objetivos específicos são mais simples, concretos, alcançáveis em


maior tempo que os gerais.

07123239458

38 - Os objetivos específicos tem um caráter pedagógico, mas não


necessitam estar vinculados aos gerais.

39 - A perspectiva atual entende o conteúdo de ensino como um fim em si


mesmo.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 57 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
40 - São tipos de métodos de ensino: método de exposição pelo professor,
de trabalho independente, de elaboração conjunta e de trabalho em grupo.

41 - Os objetivos gerais são propósitos mais específicos.

42 - Os objetivos gerais são propósitos mais amplos acerca do papel da


escola e do ensino diante das exigências sociais e de desenvolvimento dos
alunos.

43 - Assinale a alternativa INCORRETA:


a) A Andragogia é a área de estudo da Educação que tem como objeto a
aprendizagem de crianças de zero a dez anos.
b) O pedagogo professor, ao trabalhar com adultos, precisa se transformar
num tutor eficiente de atividades de grupos, devendo demonstrar a
importância prática do assunto a ser estudado.
c) Quando se ensina a adultos, sugere-se que todo conteúdo seja
transmitindo com entusiasmo pelo aprendizado, gerando a percepção de
que aquele conhecimento realmente fará diferença na vida dos alunos.
d) Ao trabalhar com o ensino e a aprendizagem de adultos deve-se
transmitir força e esperança, a sensação de que aquela atividade está
07123239458

mudando a vida de todos e não simplesmente preenchendo espaços em


seus cérebros.
e) As características de aprendizagem dos adultos devem ser exploradas
através de abordagens e métodos apropriados, produzindo uma maior
eficiência das atividades educativas.

44 - A andragogia, desenvolvida por Malcolm Knowles, constitui um modelo


de educação de adultos fundamentado em premissas acerca das
características dos aprendentes adultos. A aplicabilidade aos contextos

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 58 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
educativos diversificados e a flexibilidade, que caracterizam a proposta
andragógica, permitem a sua utilização em populações e em organizações
diversas, sendo essa uma importante ferramenta a ser considerada na
prática educativa de profissionais que lidam com capacitação e com
desenvolvimento de pessoas.
Com base nos pressupostos do pensamento andragógico, julgue o item
seguinte.

Uma das premissas da andragogia é que os adultos apresentam numerosas


experiências de vida, segundo as quais constroem a base de seu
aprendizado. Essas experiências devem, portanto, ser incluídas no processo
educativo.

45 - Ao longo dos tempos, a educação afeta e é afetada por diferentes


teorias que buscam entender o homem, a sociedade, e a forma como o
conhecimento acontece. Na área educacional, a pedagogia busca,
portanto, em cada teoria uma maneira de conceber a escola e os
processos de ensino e aprendizagem. A teoria que sustenta a concepção
de que o sistema educacional tem como finalidade básica promover
mudanças nos indivíduos, de tal forma que impliquem tanto na aquisição
quanto na modificação dos comportamentos é conhecida como
a) comportamentalista. 07123239458

b) humanista.

c) cognitivista.

d) sócio interacionista.

46 - A partir de uma perspectiva psicológica cognitivista, para que a


aprendizagem aconteça é necessário que se provoque uma

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 59 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

a) manipulação de objetos e de situações por parte do sujeito que


aprende para que sejam retidas as estruturas mentais necessárias.

b) memorização repetitiva, a fim de estimular a capacidade mental de


arquivar informações e transformá-las em conceitos explicativos mais
gerais.

c) funcionalidade para as ações cognoscitivas do cérebro para que


ocorra a equilibração do pensamento.

d) intensa atividade do sujeito que deve estabelecer relações entre o


novo conteúdo e os elementos já disponíveis em sua estrutura
cognoscitiva.

QUESTÕES COMENTADAS:

1- (Funiversa/Pedagogo/2012-adaptada) – A relação professor- aluno é um


dos aspectos fundamentais da organização didática e tem em vista alcançar
os objetivos do processo de ensino-aprendizagem. Acerca desse tema,
assinale a alternativa correta.
a ( ) - As formas de comunicação dos conteúdos escolares não interferem
no processo cognitivo.
b( ) - Os aspectos emocionais devem ser desconsiderados nas relações
pedagógicas.
c ( ) - O foco do ensino e da aprendizagem deve ser, exclusivamente, o
07123239458

aspecto cognitivo do aluno.


d ( ) - As relações pessoais entre professor e aluno nem sempre são
lineares; muitas vezes são permeadas por contradições e conflitos.
Letra D. O professor encontra no ambiente de ensino a realidade e
as dificuldades dos alunos. As diferenças de cada um devem ser
levadas em consideração durante todo o processo de ensino.

2- (Funiversa/Pedagogo/2012) – Quando se fala do tema sucesso ou


fracasso escolar, a tendência é polarizar, ora atribuindo culpa aos

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 60 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
professores, ora à família, ora aos alunos. Acerca desse tema, é correto
afirmar que:
a ( ) - crianças oriundas de famílias carentes são mais suscetíveis ao
fracasso escolar, pois seu capital cultural é menor.
b ( ) - professores com alto nível de escolarização têm menor probabilidade
de produzirem alunos fracassados.
c( ) - o sucesso ou o fracasso escolar está diretamente ligado ao nível de
escolarização dos pais, a rendas per capita e, consequentemente, ao poder
aquisitivo.
d ( ) - é necessário, para um diagnóstico correto dos problemas de
aprendizagem, analisar as variáveis, identificando o que são problemas
sociais, familiares e pedagógicos.
e ( ) - os sistemas de ensino pouco ou nada podem fazer quando as
crianças evadem-se da escola ou possuem dificuldades de aprendizagem.
Letra D. Antes de definir a causa do fracasso escolar, é fundamental
fazer uma pesquisa detalhada da realidade a qual será analisada.

3- (Funcab/Pedagogo/2012) - De acordo com Libâneo, “a disciplina de


classe está diretamente ligada ao estilo da prática docente, ou seja, à
autoridade profissional, moral e técnica do professor” (1994, p.252). A
alternativa que define corretamente o conceito de “autoridade profissional
docente” citada pelo autor é:
a( ) - domínio da matéria que ensina e dos métodos e procedimentos
07123239458

de ensino.
b( ) - o conjunto das qualidades de personalidade do professor.
c ( ) - a habilidade de transmissão dos conteúdos da matéria ministrada.
d ( ) - capacidade de empregar com segurança os princípios didáticos.
Letra A. Como foi mencionado na aula, o domínio profissional
docente está relacionado ao domínio da matéria em que o professor
ministra.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 61 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
4- (Funiversa/Pedagogo/2012) – As teorias que explicam o
desenvolvimento e a aprendizagem não são estáticas: modificam-se
privilegiando ora o ambiente, ora o organismo. Acerca desse tema, assinale
a alternativa correta.
a( ) - Na teoria inatista, o indivíduo é considerado uma folha em branco
na qual são impressas as informações.
b ( ) - A relação entre sujeito e objeto na constituição dos indivíduos é
característica fundamental da abordagem behaviorista.
c( ) - Na abordagem inatista, é possível estabelecer uma relação direta
entre aprendizagem e condicionamento, pois o meio interfere no
desenvolvimento.
d ( ) - Na abordagem ambientalista, o indivíduo e o ambiente estão em
constante interação, modificando-se mutuamente em uma relação
dialética.
e ( ) - A abordagem interacionista considera que as aprendizagens são
frutos das relações dialéticas entre os indivíduos e o meio.
Letra E. Na abordagem interacionista o sujeito aprenderá através
da interação com o meio.

5- (SME-Fortaleza/2012) - Algumas características evidenciam o trabalho


de um bom professor, porém, na escola, o autoritarismo exercido pelo
professor leva à diminuição do crescimento humano do educando. Analise
a alternativa que corresponde a uma postura correta do professor em sala
07123239458

de aula.
a( ) - Impedir que os alunos participem da aula dando sua opinião, para
não haver a discordância de opiniões e não gerar conflitos em sala de aula;
b ( ) - Desenvolver uma prática que leve os alunos a obedecer ficando
quietos, exigindo uma disciplina de controle e homogeneização;
c( ) - Desconsiderar as diferenças essenciais entre os alunos e o adulto
no que diz respeito aos modos de sentir, pensar e agir;

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 62 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
d ( ) - Apreciar o trabalho dos alunos não somente quando do produto
final, mas no processo deste, gerando conhecimentos e motivando o seu
desenvolvimento.
Letra D. O professor deve valorizar as conquistas realizadas durante
o processo de ensino, orientando os conhecimentos sem
menosprezar ou discriminar nenhum aluno.

6- Das alternativas abaixo, no que se refere à relação entre ensino e


aprendizagem, é correto afirmar que:
a ( ) - ensino e aprendizagem são processos interdependentes e
complementares.
b( ) - ensino e aprendizagem não se relacionam.
c( ) - ensino e aprendizagem ocorrem separadamente.
d( ) - o ensino é aprendizagem.
e( ) - o ensino é garantia de aprendizagem.
Letra A. Como vimos na aula, esses dois processos estão
interligados! O ensino é uma atividade intencional, sistematizada
que requer o planejamento docente. A aprendizagem é um processo
de assimilação do conhecimento sistematizado.

7- (Metta/2012) - Para que haja uma educação de qualidade, deve existir


uma parceria entre família e escola, baseada na cooperação, no respeito e
na confiança. A escola não pode conduzir sozinho o processo ensino-
07123239458

aprendizagem, necessitando criar elos com a família. Considere os itens,


colocando V ou F nos parênteses. Cabe aos pais e/ou responsáveis:
( ) Acompanhar e incentivar a formação de hábitos de estudo, como é o
caso da realização das tarefas escolares.
Verdadeiro. Os pais devem criar o hábito de organização dos
estudos em casa, acompanhando os filhos em cada dificuldade para
que a escola não fique com toda a responsabilidade.
( ) Fornecer todas as informações necessárias do educando na ocasião da
matrícula.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 63 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Verdadeiro. É obrigação dos responsáveis informar à escola todos
os dados referentes ao aluno.
( ) Comparecer à escola apenas quando for solicitado.
Falso. Os pais devem participar da vida escolar do aluno, estando
presente na escola além das datas comemorativas, ou das reuniões
coletivas.
( ) Conhecer a proposta pedagógica utilizada pela escola, analisar as
avaliações realizadas e o aproveitamento do aluno.
Verdadeiro. Os pais devem conhecer bem a escola onde o filho irá
estudar. Saber a proposta pedagógica ajuda no acompanhamento
escolar do aluno.

A sequência CORRETA é:
a( ) - V – V – V – V;
b( ) - V – F – F – V;
c( ) - V – F – F - F;
d( ) - V – V – F – F;
e( ) - V – V – F – V.

Letra E.

8- (UEPB) - As seguintes formulações referem-se à aprendizagem


significativa, EXCETO: 07123239458

a ( ) - Uma das condições da aprendizagem significativa é a


substantividade. Essa condição pressupõe que, ao aprender de forma
significativa, retêm-se a substância das novas ideias, não as palavras
precisas usadas para sua expressão. Dessa forma, o mesmo conceito ou
proposição pode ser expresso de diferentes maneiras, mediante distintos
símbolos ou grupos de símbolos, que são equivalentes em termos de
significados.
b( ) - O conhecimento assimilado resulta num aumento da diferenciação
das idéias que serviram de âncoras, aumentando, assim, a capacidade de

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 64 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
uma maior facilitação da subsequente aprendizagem de conhecimentos
relacionados.
c ( ) - As informações são apreendidas prescindindo da interação com
informações relevantes presentes na estrutura cognitiva. A nova
informação é armazenada de maneira literal e eventual.
d( ) - Aprender de forma significativa significa aprender com sentido ou
com significado, permitindo a evocação das idéias aprendidas quando elas
se fizerem necessárias, devido ao fato de serem mais estáveis e disponíveis
na cognição do sujeito.
e( ) - Uma condição sine qua non para que a aprendizagem significativa
ocorra é a predisposição favorável do sujeito para isso, ou seja, é
importante considerar o que o sujeito sente. Essa condição implica na
compreensão de que o sujeito pensa, sente e age e que as experiências de
aprendizagem potencialmente significativas são aquelas que o levam a um
engrandecimento pessoal, proporcionando, ao mesmo tempo, certo
domínio conceitual que lhe permita o uso eficiente na solução de problemas
reais do dia a dia.
Letra C. A aprendizagem significativa ocorre quando as informações
são absorvidas de forma efetiva sendo procedente da interação com
as informações já existentes na estrutura cognitiva.

9- (Vunesp/2012) - Sobre as características da concepção ambientalista do


desenvolvimento humano, assinale a alternativa correta.
07123239458

a ( ) - O ser humano é concebido como um ser extremamente plástico,


que desenvolve suas características em função das condições presentes no
meio em que se encontra.
b ( ) - A experiência sensorial é fonte de conhecimento, pois o
desenvolvimento humano está relacionado com as capacidades inatas.
c ( ) - A maturação biológica é tão importante quanto o papel do ambiente
no desenvolvimento do ser humano e de suas capacidades.
d ( ) - A concepção ambientalista defende que o desenvolvimento humano
está relacionado com o ambiente em consonância com os fatores inatos.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 65 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
e( ) - A aprendizagem é considerada exclusivamente como resultado dos
fatores biológicos que modificam o comportamento humano.
Letra A. No ambientalismo (como o próprio nome fala), o ambiente
é fator determinante para o desenvolvimento do indivíduo. As
características são alcançadas a partir das condições presentes no
meio em que este se encontra.

10- (Vunesp/2012) - Com relação às principais características da


concepção inatista do desenvolvimento humano é correto afirmar que:
a( ) - o ambiente interfere no processo de desenvolvimento espontâneo
do ser humano. Assim, a educação e, portanto, a escola possuem papéis
fundamentais no processo de desenvolvimento, ou seja, na personalidade,
nos valores, nos hábitos e crenças, na conduta social, nas relações
emocionais, na forma de pensar e demais aspectos do ser humano.
b ( ) - o papel do ambiente é amplo e essencial, pois determina as
capacidades adaptativas e permite a sobrevivência dos seres humanos.
c ( ) - desvaloriza os fatores endógenos, ou seja, de origem interna do ser
humano. Assim, nada pode ser feito externamente para estimular o
processo de aprendizagem.
d ( ) - o desenvolvimento intrauterino tem papel central no aspecto
cognitivo e o ambiente expressa importante significado na aquisição de
conhecimento. 07123239458

e( ) - parte do pressuposto de que os acontecimentos que ocorrem após


o nascimento não são essenciais, fundamentais ou importantes para o
desenvolvimento do ser humano. As qualidades e capacidades básicas já
se encontram basicamente prontas e em sua forma final no nascimento,
depois há pouca diferenciação qualitativa e quase nenhuma transformação
ao longo da vida.
Letra E. No inatismo o ambiente exercerá pouca ou nenhuma
influencia do desenvolvimento do indivíduo. As características

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 66 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
intelectivas e comportamentais têm poucas chances de se
modificarem.

11- (Vunesp/2012) - Sobre as características da concepção interacionista


do desenvolvimento humano, assinale a alternativa correta.
a ( ) - Os interacionistas destacam que o meio exerce maior influência
sobre a ação e essa influência acarreta mudanças significativas no
comportamento humano.
b ( ) - A interação entre organismo e meio ocorre durante toda a vida.
Entretanto, apenas as experiências adquiridas no período escolar são
significativas para a aprendizagem.
c( ) - Por meio exclusivamente da interação com o mundo físico é que o
ser humano aprende e se desenvolve constantemente.
d ( ) - Os fatores internos (biológicos) e externos (meio) se inter-
relacionam continuamente, formando uma complexa combinação de
influências que resultam na construção de conhecimento.
e ( ) - Os interacionistas valorizam as teorias inatistas e ambientalistas,
pois acreditam no desprezo ao papel do ambiente e valorizam os fatores
maturacionais.
Letra D. No interacionismo (como vimos na nossa aula), a
construção da inteligência se dá a partir da interação do sujeito com
o objeto. A interação provoca mudanças significativas no sujeito e,
ao mesmo tempo, transforma o meio e o conhecimento.
07123239458

12- (Ludus/2012) - Uma autoridade educacional proferiu palestra sobre


Concepções de Aprendizagem e Prática Escolar Contemporânea. Na sua
apresentação destacou as concepções: inatista, ambientalista e
sóciointeracionista. O item que define corretamente a concepção é:
a ( ) - as concepções inatista e ambientalista tem o mesmo significado,
ambas tratam das capacidades intelectuais do sujeito que aprende.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 67 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
b ( ) - as concepções inatista e ambientalista são diferentes porque o
inatismo refere- se ao meio cultural do indivíduo e o ambientalismo explica
as etapas de desenvolvimento da aprendizagem do sujeito
c ( ) - as concepções ambientalista e interacionista possuem o mesmo
sentido, porque definem o meio social como o único recurso para o
desenvolvimento da aprendizagem.
d ( ) - a concepção interacionista e a inatista são comuns, pois vêem o
sujeito como responsáveis por sua aprendizagem.
e( ) - nenhuma das alternativas acima está correta.
Letra E. Esse tema cai bastante em prova, por isso vale a pena
relembrar os conceitos:

07123239458

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 68 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
INATISMO: O indivíduo aprende em decorrência dos fatores
biológicos. De acordo com essa abordagem o ambiente exercerá
pouca ou nenhuma influência sobre o seu desenvolvimento. As
características intelectivas e comportamentais têm poucas chances
de se modificarem, o aluno é tratado como único responsável por seu
sucesso ou fracasso escolar.

EMPIRISMO: O indivíduo aprende em decorrência dos estímulos


externos. Os fatores biológicos exercem pouca ou nenhuma
influência. A experiência é vista como grande fonte de aprendizagem.
A aprendizagem é confundida com a memorização, repetição, fixação
e cópia. As representações dessa concepção na educação podem ser
observados no grande número de informações e programas
educacionais. É também chamado de ambientalismo.

INTERACIONISMO: Há uma relação recíproca entre os fatores


internos e os externos. O sujeito aprenderá por meio da interação
com o meio. A construção da inteligência se dá a partir da interação
do sujeito com o objeto. A interação provoca mudanças significativas
no sujeito e, ao mesmo tempo, transforma o meio e o conhecimento.

07123239458

13- (Biorio/2012) - É imprescindível ao educador estar fundamentado nos


princípios pedagógicos que regem as ações de aprendizagem nas
organizações, rompendo com o mero domínio tecnológico de recursos de
aprendizagem dos mais simples aos mais complexos. Para tanto, faz parte

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 69 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
de sua função promover a formação contínua do grupo com o qual trabalha.
Nesse sentido, é fundamental que, ao elaborar programas de capacitação
e/ou formação contínua da equipe, o pedagogo leve em consideração que
o seu trabalho tem como foco principal:
a ( ) - o núcleo pedagógico e, em especial, os processos de ensino-
aprendizagem;
b( ) - a organização racional do trabalho e suas leis;
c( ) - a reprodução da ideologia dominante na instituição;
d( ) - o conhecimento desvinculado da realidade dos alunos;
e( ) - a lógica classificatória.
Letra A. O educador deve manter o foco nas atividades pedagógicas
que possam construir um processo de ensino e aprendizagem de
forma satisfatória. Ao preparar a atividade ou planejamento, deve
refletir sobre a realidade existente, sem a imposição de ideologia.

14- (Consulplan/2012) - A relação pedagógica não se limita ao espaço da


sala de aula; ela é muito mais ampla, estendendo-se para além da escola,
na medida em que as expectativas e necessidades sociais, bem como a
cultura, os valores éticos, morais e intelectuais, os costumes, as
preferências entre outros fatores presentes na sociedade têm repercussão
direta no trabalho educativo. Nesse sentido, é preciso considerar os
seguintes fatores que intervêm na ação pedagógica, EXCETO:
a ( ) - Alunos de diferentes meios sociais chegam à escola trazendo consigo
07123239458

características culturais e pessoais diversas, que influenciam diretamente


sua relação pedagógica com os conhecimentos, consequentemente,
determinam a maneira pela qual respondem às solicitações e às exigências
próprias do processo de escolarização.
b ( ) - O professor precisa entender que suas características culturais, seu
saber, seus valores, seus pressupostos teóricos, sua visão de mundo, que
fundamentam sua identidade profissional e social, também influenciam
diretamente a relação pedagógica na sala de aula.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 70 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
c ( ) - A escola, enquanto instituição, é um mundo social que tem suas
características de vida próprias, seus ritmos e seus ritos, sua linguagem,
suas crenças e valores, suas normas e regulamentos, explícitos ou não, seu
regime próprio de produzir e gerir conhecimentos e significações.
d ( ) - O ato de conhecer, sendo ele estático, pressupõe memorização de
informações, assimilando de forma passiva os conhecimentos previamente
elaborados, identificando o conhecimento apenas como o conteúdo
expresso nos livros e programas de ensino, como algo pronto e acabado.
e ( ) - O conjunto de conteúdos cognitivos e simbólicos selecionados,
organizados, didaticamente tratados e que constituem o objeto da ação
pedagógica no contexto da escola.
Letra D. O professor deve desenvolver o processo de ensino,
promovendo alunos ativos, evitando métodos com memorização,
aulas expositivas que não promovam questionamentos. Os alunos
devem ser preparados para transformar a sociedade.

15- (CESPE/09) - No que concerne à dinâmica das relações em sala de


aula, assinale a opção correta.
a( ) - O campo de atuação dos educadores é marcado pela ausência de
conflitos.
b( ) - A sala de aula, que se cria na tensão professor-aluno e permeia a
dimensão cognitiva do processo ensino- aprendizagem, constitui o núcleo
07123239458

da experiência docente- discente.


c( ) - Tirar proveito das dificuldades advindas das relações interpessoais
em sala de aula é uma atitude que caracteriza pouco amadurecimento
emocional.
Letra B. A sala de aula é o local onde professores e alunos trocam
experiências com conflitos que desafiam o trabalho do professor.
Nela acontece também o desenvolvimento cognitivo do processo de
ensino e aprendizagem como mencionou a questão.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 71 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
16- (MOVENS/09) - O professor pensa ensinar o que sabe, aquilo que
recolheu nos livros da vida, mas o aluno aprende do professor não
necessariamente o que o outro quer ensinar, mas aquilo que quer aprender.
(Affonso Romano de Sant’Anna, com adaptações). A respeito da relação
professor/aluno, assinale a opção INCORRETA.
a ( ) - Coerência entre teoria e prática, capacidade para o diálogo e
competência didática são algumas características do professor que facilitam
a aprendizagem.
b ( ) - Um ambiente de participação, no qual professor e alunos trabalhem
juntos, exponham suas idéias, suas opiniões, seus argumentos e suas
experiências, coopera de forma fundamental para que haja aprendizagem.
c ( ) - A escolha dos temas a serem trabalhados em sala de aula é função
do professor, e deve ser pautada na observância dos conteúdos próprios
para a série e não na relação destes com a vida e os interesses dos alunos.
d ( ) - O professor deve ser um comunicador dialogal e não um transmissor
unilateral de informação. A estrutura da exposição deve conduzir à
problematização e ao raciocínio, e não à absorção passiva das ideias e
informações do professor.
Letra C. O professor não deve selecionar temas com definição de
conteúdos sem conhecer a realidade de seus alunos.

17- (MOVENS/09) - Acerca da aprendizagem assinale a opção correta.


a ( ) - Para criar uma situação favorável à aprendizagem, o professor deve
07123239458

conhecer os interesses atuais dos alunos para mantê-los ou orientá-los.


b ( ) - A aprendizagem não depende da motivação, mas da maturação, que
consiste em mudanças de estrutura devidas em grande parte à herança e
ao desenvolvimento fisiológico e anatômico do sistema nervoso.
c ( ) - A teoria de Piaget estabelece que a aprendizagem é baseada no
“esforço”.
d ( ) - A aprendizagem motora é a aquisição de informações, princípios e
teorias e diz respeito aos sentimentos e emoções.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 72 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Letra A. O professor motiva a aprendizagem do aluno quando leva
em consideração seus interesses e dificuldades, propondo
mudanças e orientando-o durante todo o processo de ensino.

18- Relacionando teorias pedagógicas e suas respectivas concepções de


educação, pode-se afirmar, corretamente, que:
a-( ) o inatismo considera que a educação deve adaptar- se à natureza
biológica e psicológica da criança, que já tem prontas, independentes da
experiência, as tendências relativas a seu desenvolvimento, que só
precisam ser trazidas à tona.
b-( ) o ambientalismo concebe a educação como processo pelo qual o
ser humano tem seu desenvolvimento motor e psíquico em contraposição
com o ambiente, implicando a transformação de regras e valores sociais.
c-( ) o interacionismo compreende que a finalidade da educação é buscar
o fim último da vida, que é regenerar o ser humano de suas tendências
destrutivas, preparando-o para a formação de um caráter incorruptível.
d-( ) o interacionismo toma a educação como organização de situações
estimuladoras pelas quais pode-se controlar o comportamento humano,
sem que formas de raciocínio, fantasias e desejos precisem ser
considerados.
Letra A. No inatismo já estão prontos os conhecimentos que são
provenientes dos fatores biológicos. O processo de ensino leva ao
descobrimento desses conhecimentos que já estavam acabados.
07123239458

19- (CESPE/09) - Com relação à aplicação dos princípios da teoria


comportamental no processo de ensino-aprendizagem assinale a opção
correta.
a ( ) - A aprendizagem deve ser diretamente observada, mediante a
resposta emitida pelo aluno.
b ( ) - Controlar as condições do ambiente e o aluno, para assegurar a
aprendizagem, é atribuição que excede o conjunto de atribuições dos
professores.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 73 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
c ( ) - Medir a mudança de comportamento do aluno é procedimento
inadequado quando se deseja avaliar os objetivos de aprendizagem.
d ( ) - A mudança de comportamento do aluno é um aspecto que deve ser
negligenciado quando são formulados os objetivos educacionais.
Letra A. A observação é feita para avaliar o comportamento. Nessa
concepção o estimulo-resposta é trabalhado durante todo o
processo.

20- A concepção interacionista do desenvolvimento pode ser ilustrada na


seguinte alternativa:
a( ) - A aprendizagem tem início na idade escolar, pois é na relação com
outras crianças e o professor que uma criança constrói o conhecimento.
b ( ) - A aquisição do conhecimento é um processo construído durante
toda a vida, e o fator humano, presente no ambiente, tem importância
fundamental.
c ( ) - Ao nascer, a criança é como uma “folha em branco”, tudo o que
será depende do quanto se vai investir na sua formação.
d ( ) - Os fatos que ocorrem após o nascimento não são importantes para
o desenvolvimento do homem – ele será o que já estava predeterminado a
ser.
Letra B. Nessa concepção a interação com o ambiente é
fundamental e provoca mudanças significativas no sujeito, durante
todo o seu processo de desenvolvimento. 07123239458

21- Em algumas escolas, as atividades de aprendizagem são organizadas


com a participação de alunos(as) para que possam agir com autonomia e
criatividade, resolvendo problemas e realizando descobertas. Esta prática
pedagógica tem base em teorias hoje bastante divulgadas, conhecidas
como:
a ( ) - tradicionais - porque estão baseadas na repetição de modelos
utilizados durante algum tempo.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 74 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
b ( ) - comportamentais - porque esperam respostas segundo reforços
oferecidos nas atividades.
c( ) - construtivistas - porque exigem de cada um a participação efetiva
na elaboração da aprendizagem.
d ( ) - científicas - porque derivam de uma experimentação concreta
realizada por pesquisas educacionais.
e( ) - humanistas - porque valorizam fundamentalmente a realização do
educando enquanto pessoa.
Letra C. A proposta construtivista (que vem do
sociointeracionismo) valoriza a participação dos alunos com
autonomia, buscando a criatividade e a construção da inteligência
através da interação do indivíduo com o meio.

22- Nas palavras de Emília Ferreiro – “a escrita é importante na escola,


porque é importante fora dela e não o contrário” (2001). Ainda é muito
grande o contingente de crianças e jovens que não conseguem se
alfabetizar, repetem o processo várias anos e se evadem da escola, sem
autonomia para ler e escrever. Para que o processo de aprendizagem se
torne mais eficaz e prazeroso e, a médio prazo, possa alterar o quadro de
fracasso escolar no ensino brasileiro, é necessário que:
a( ) - a prática seja pautada em iniciativas instrucionais;
b( ) - a escola abandone o currículo oculto;
07123239458

c ( ) - o professor tenha uma visão artificial e pouco significativa da


realidade;
d( ) - o professor se distancie do contexto de vida do aluno;
e ( ) - a prática escolar apresente questões cujas respostas possam
dialogar com a vida.
Letra E. Envolver a prática escolar com a vida dos alunos, é
fundamental para o desafio que os professores encontram diante
do fracasso escolar.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 75 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

23- “A nova escola, é a escola cidadã, gestora do conhecimento, não


lecionadora, com um projeto ecopedagógico, éticopolítico, inovadora,
construtora de sentido e plugada no mundo”. (Paulo Freire) A escola precisa
desenvolver mais a sua consciência crítica para construir novos valores e
atitudes. Uma das características da consciência crítica é:
a( ) - reconhecer que a realidade é mutável;
b( ) - considerar a realidade estática;
c( ) - satisfazer-se com a experiência;
d( ) - não se aproximar da casualidade dos fatos;
e( ) - ter forte conteúdo passional.
Letra A. Encarar a realidade como algo variável é um dos primeiros
passos para a transformação da realidade dentro uma visão crítica.
A escola deve preparar os alunos para essas mudanças durante o
processo de ensino.

24- [...] tudo se insere dentro de uma malha riquíssima de religações. Cada
ser é parte de um todo que se ordena a outro maior. As partes estão de tal
maneira ligadas e religadas entre si que sempre estão envoltas em
interconexões como uma dança perpétua de energias e vibrações. (BOFF,
1998) Este texto lembra um educador que ensinava o conteúdo de uma
disciplina por meio de articulações com outras áreas do conhecimento, de
tal modo que a visão do todo se tornava clara. Esse exemplo, refere-se:
07123239458

a( ) - a uma prática interdisciplinar;


b( ) - a conteúdos previamente estabelecidos;
c( ) - a disciplinas justapostas, trazidas para a sala de aula;
d( ) - à baixa qualidade de estratégia de ensino;
e ( ) - à ineficácia do professor em relação ao conteúdo programático.
Letra A. O professor deve articular várias áreas do conhecimento
dentro de uma disciplina para que os alunos tenham uma visão
ampla dos conhecimentos e das possibilidades de desenvolvimento
que envolvem os conteúdos de determinados assuntos.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 76 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

25- “A prática pedagógica dos professores faz com que os alunos sejam
muito passivos, pois os ativos dão muito trabalho, tanto na disciplina
comportamental, como na disciplina intelectual. Usualmente, não se tem
tido suficiente cuidado com a produtividade do educando.” (Luckesi). Pode-
se perceber que a questão da disciplina está muito ligada, não só ao pouco
interesse do jovem pelo assunto tratado na sala de aula como, e
principalmente, à forma como esse assunto é tratado pelo professor. Um
aspecto da realidade, o maior impulsionador de mudança na prática dos
profissionais de educação é:
a( ) - o momento histórico não condiciona a prática pedagógica;
b ( ) - as mudanças na vida moderna atingem a escola indiretamente;
c( ) - o uso do computador provoca a perda de conhecimento;
d ( ) - o professor tem um currículo que precisa ser todo trabalhado;
e( ) - o mundo moderno, muito rápido, visual e globalizado.
Letra E. As informações no mundo atual são transmitidas de forma
rápida e moderna. A tecnologia disponível e o acesso às
informações faz com que os professores repensem e busquem
outras formas de se conduzir o trabalho que será realizado com os
alunos.

07123239458

26- (Analista de Gestão Socioeducativa FUNASE – Pedagogo) A


proposta educativa construtivista não isenta o educador de intervir, mas a
intervenção deve ser de forma mediadora, considerando o meio cultural e
social da criança e do adolescente, operando modificações na situação em
que enfrentam. Oportunizando atividades organizadoras e estruturadoras,
esse tipo de proposta, portanto, exige o compromisso do educador:
a diante, apenas, de crianças e jovens de um nível sociocultural de baixo
poder aquisitivo.
b com os estudantes interessados e não influi nos indisciplinados.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 77 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
c diante das crianças e dos jovens de todos os níveis socioculturais.
d que atua, apenas, em classes homogêneas.
e que trabalha com turmas homogêneas, classificadas segundo o nível de
aprendizagem.

Letra C. O educador na proposta construtivista deve trabalhar e


buscar atividades que contemplem todos os níveis socioculturais.
Não há restrição de público ou faixa etária dentro dessa concepção.

27- (Analista de Gestão Socioeducativa FUNASE – Pedagogo)


Ensinar e aprender na perspectiva cidadã envolve o esforço metodicamente
crítico do docente, no sentido de desvelar a compreensão da realidade,
considerando o estudante um sujeito autônomo em seu processo de
aprendizagem. Isso tem a ver com:
a transferência de conteúdo pelo professor, conforme o ritmo próprio do
aluno.
b o trabalho, principalmente com os conteúdos procedimentais e
atitudinais.
c o ensino dos conteúdos conceituais de forma sistemática e
metodológica.
d a necessidade de apoiar o educando na busca permanente do saber
que o processo de conhecer implica.
e a especificidade dos conteúdos curriculares que são naturalmente
07123239458

selecionados pela escola.


Letra D. O professor dentro desse contexto deve desenvolver um
trabalho com o aluno de forma constante, dando apoio durante todo
o processo que envolve a busca do saber, dando também autonomia
para que o seu desenvolvimento seja completo.

28- (Analista de Gestão Socioeducativa FUNASE – Pedagogo) As


reflexões sobre a prática do educador e as avaliações do seu desempenho

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 78 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
ajudam-no a conhecer como aperfeiçoar o ensino e a aprendizagem. É
importante considerar esses fatores para contribuir:
a no ambiente educativo e na comunidade, de forma que os envolvidos
possam atribuir sentido ao que fazem e ao que aprendem.
b com os interesses da comunidade e, assim, ela possa excluir os
educadores descomprometidos.
c decisivamente no afastamento dos alunos indisciplinados, com o apoio
da comunidade.
d no afastamento dos alunos que se evadem dos programas e projetos
sem justificativa.
e neutralizando as interferências da comunidade e da família, favorecendo
os professores para que possam definir os rumos que devem adotar.
Letra A. Fazer a reflexão e a avaliação da prática pedagógica do
professor, melhora o desenvolvimento da educação. O educador
deve estar preparado também para as críticas construtivas que
servem para aperfeiçoar a sua prática de ensino.

29- (Analista de Gestão Socioeducativa FUNASE – Pedagogo) Ao


planejar as ações a serem realizadas, deve-se observar cuidadosamente o
nível de desenvolvimento das crianças e dos jovens e propiciar situações
de aprendizagem que contribuam para a sua valorização. Para que as
observações não se percam e possam ser utilizadas como instrumento de
trabalho, é necessário que: 07123239458

a sejam anunciadas, apenas, oralmente para todos os alunos.


b oportunizem o reagrupamento em classes fracas e fortes.
c favoreçam o encaminhamento das crianças que não aprendem para as
classes especiais.
d sejam registradas em instrumentos próprios, organizados pela instituição
educacional.
e privilegiem as crianças que evoluem bem na aprendizagem.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 79 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Letra D. O registro as observações é algo muito importante dentro
da prática pedagógica. As anotações servem de auxílio para os
educadores e podem ser organizadas dentro das instituições de
ensino.

30- (CESPE - 2008 - TJ-DF - Analista Judiciário - Pedagogia) A


disciplina em sala de aula está diretamente relacionada à prática docente,
por meio da autoridade profissional, moral, técnica e afetiva do professor.
Certo. A disciplina em classe depende do trabalho do professor.
Autoridade, afetividade, técnica e a moral podem influenciar o
comportamento da classe.

31 - (CESPE - 2008 - TJ-DF - Analista Judiciário - Pedagogia) A


atitude do professor em ouvir os alunos, possibilitando a exposição de
opiniões e a formulação de perguntas, facilita a identificação de como está
ocorrendo o processo de construções dos saberes.
Certo. O professor deve saber ouvir. Com essa dinâmica fica fácil
saber se os objetivos estão sendo alcançados durante o processo
de ensino.

32- (CESPE - 2008 - TJ-DF - Analista Judiciário - Pedagogia) Nas


relações estabelecidas em sala
07123239458
de aula, a afetividade exclui,
necessariamente, a cognoscibilidade e interfere no cumprimento ético da
autoridade do professor.
Errado. A afetividade não exclui nenhum dos aspectos que
envolvem o processo de ensino. O professor não pode deixar de
cumprir o seu papel ético por causa dos problemas de afetividade
com algum aluno.

33 - (IF-BA/2012) - Relacione os componentes do processo de ensino,


apresentados na primeira coluna (A - B - C - D), aos seus respectivos

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 80 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
conteúdos, apresentados na segunda (I, II, III, IV), segundo Libâneo
(1994). A – Objetivos; B – Meios e recursos; C – Métodos; D – Conteúdos
I. São o conjunto de conhecimentos, habilidades, hábitos, modos
valorativos e atitudes, organizados pedagógica e didaticamente,
buscando a assimilação ativa e a aplicação prática na vida dos
alunos. Conteúdos D. Essa é a definição de conteúdo.
II. Determinam, de antemão, os resultados esperados do processo
entre o professor e aluno e também a gama de habilidades e
hábitos a serem adquiridos, sendo o marco inicial do processo
pedagógico e social. Objetivos A. Os objetivos mostram quais
os princípios que serão definidos para o desenvolvimento
das capacidades esperadas sendo o marco inicial do
processo pedagógico.
III. É a forma com que os objetivos e conteúdos serão ministrados, na
prática, ao aluno sendo determinados pela relação objetivo-
conteúdo e constituindo-se os meios para alcançar objetivos gerais
e específicos de ensino. Métodos C. O método é o caminho - a
forma para atingir o objetivo.
IV. Os equipamentos usados em sala de aula (do quadro- negro até o
computador) são meios de ensino gerais possíveis de serem
usados em todas as matérias, sendo importante que os
professores conheçam e dominem esses equipamentos para poder
usá-los em sala de aula com eficácia. Meios e recursos B. São
07123239458

os instrumentos utilizados.

Nessas condições, pode-se afirmar como correta a relação estabelecida


em
a( ) - I-D II-A III-C IV-B
d ( ) - I-C II-A III-D IV-B
b( ) - I-A II-C III-D IV-B
e ( ) - I-C II-A III-B IV-D
c( ) - I-B II-A III-C IV-D

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 81 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Letra A

34- A seleção e a organização dos conteúdos é momento delicado e decisivo


no planejamento da aprendizagem do aluno. Diante desta afirmação,
analise os itens e assinale V para os verdadeiros e F para os falsos:
I. Os conteúdos são utilizados como suporte para auxiliar no
desenvolvimento cognitivo do aluno;
Verdadeiro. Os conteúdos podem auxiliar em todo o
desenvolvimento do aluno.
II- A seleção dos conteúdos e o tratamento que a eles deve ser dado
assume papel central, pois amplia para além de fatos e conceitos, passando
a incluir procedimentos, valores, normas e atitudes;
Verdadeiro. Os conteúdos quando bem selecionados contribuem
para uma boa qualidade de ensino, envolvendo todos os seus
aspectos.
III. A escola não envolve, no seu trabalho, conteúdos procedimentos,
atitudes e valores dos alunos;
Falso. A escola deve fazer justamente o oposto que fala a questão.
IV. Os conteúdos devem ser vistos como meio para que o aluno desenvolva
as capacidades que permitam produzir e usufruir dos bens culturais, sociais
e econômicos.
Verdadeiro. Os conteúdos devem servir como meios para o
desenvolvimento de qualidade de todo o processo de ensino.
07123239458

Agora, marque a alternativa correta:


a( ) - V, F, F, V
b( ) - F, V, F, V
c ( ) - V, V, F, V
d ( ) - F, V, V, F
Letra C.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 82 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
35 - As funções dos objetivos específicos do planejamento de ensino não
incluem:
e. Orientar a seleção e a organização de procedimentos pedagógicos.
f. Comunicar aos alunos aquilo que será esperado deles ao final do
processo.
g. Facilitar o acompanhamento pelo professor do desenvolvimento das
atividades previstas.
h. Identificar a missão da instituição escolar.

Letra D. Identificar a missão da instituição escolar é tarefa dos


objetivos gerais.

36 - Os objetivos específicos comunicam aos alunos o que será esperado


deles.
Verdadeiro. Além de comunicar, expressam também as
expectativas do professor em relação aos alunos.

37 - Os objetivos específicos são mais simples, concretos, alcançáveis em


maior tempo que os gerais.
Falso. Alcançáveis em menor tempo.

38 - Os objetivos específicos tem um caráter pedagógico, mas não


necessitam estar vinculados aos gerais.
Falso. Os objetivos específicos estão vinculados aos objetivos
07123239458

gerais.

39 - A perspectiva atual entende o conteúdo de ensino como um fim em si


mesmo.
Falso. Como um meio em si mesmo.

40 - São tipos de métodos de ensino: método de exposição pelo professor,


de trabalho independente, de elaboração conjunta e de trabalho em grupo.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 83 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Verdadeiro. Como vimos na aula métodos de ensino recebem essas
classificações que foram citadas na questão: método de exposição
pelo professor, de trabalho independente, de elaboração conjunta
e de trabalho em grupo.

41 - Os objetivos gerais são propósitos mais específicos.


Falso. Os objetivos gerais são mais amplos.

42 - Os objetivos gerais são propósitos mais amplos acerca do papel da


escola e do ensino diante das exigências sociais e de desenvolvimento dos
alunos.
Verdadeiro. Os objetivos gerais são mais abrangentes que buscam
dentro dos aspectos sociais o desenvolvimento dos alunos.

43 - Assinale a alternativa INCORRETA:


a) A Andragogia é a área de estudo da Educação que tem como objeto a
aprendizagem de crianças de zero a dez anos.
b) O pedagogo professor, ao trabalhar com adultos, precisa se transformar
num tutor eficiente de atividades de grupos, devendo demonstrar a
importância prática do assunto a ser estudado.
c) Quando se ensina a adultos, sugere-se que todo conteúdo seja
transmitindo com entusiasmo pelo aprendizado, gerando a percepção de
07123239458

que aquele conhecimento realmente fará diferença na vida dos alunos.


d) Ao trabalhar com o ensino e a aprendizagem de adultos deve-se
transmitir força e esperança, a sensação de que aquela atividade está
mudando a vida de todos e não simplesmente preenchendo espaços em
seus cérebros.
e) As características de aprendizagem dos adultos devem ser exploradas
através de abordagens e métodos apropriados, produzindo uma maior
eficiência das atividades educativas.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 84 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05
Letra A. A andragogia diz respeito a arte ou ciência de orientar os
adultos.

44 - A andragogia, desenvolvida por Malcolm Knowles, constitui um modelo


de educação de adultos fundamentado em premissas acerca das
características dos aprendentes adultos. A aplicabilidade aos contextos
educativos diversificados e a flexibilidade, que caracterizam a proposta
andragógica, permitem a sua utilização em populações e em organizações
diversas, sendo essa uma importante ferramenta a ser considerada na
prática educativa de profissionais que lidam com capacitação e com
desenvolvimento de pessoas.
Com base nos pressupostos do pensamento andragógico, julgue o item
seguinte.

Uma das premissas da andragogia é que os adultos apresentam numerosas


experiências de vida, segundo as quais constroem a base de seu
aprendizado. Essas experiências devem, portanto, ser incluídas no processo
educativo.
Verdadeiro. As experiências dos alunos servem como base para o
desenvolvimento do trabalho pedagógico do professor. É
importante o profissional da educação ficar atento a essas
manifestações e especificidades de cada aluno.

07123239458

45 - Ao longo dos tempos, a educação afeta e é afetada por diferentes


teorias que buscam entender o homem, a sociedade, e a forma como o
conhecimento acontece. Na área educacional, a pedagogia busca,
portanto, em cada teoria uma maneira de conceber a escola e os
processos de ensino e aprendizagem. A teoria que sustenta a concepção
de que o sistema educacional tem como finalidade básica promover
mudanças nos indivíduos, de tal forma que impliquem tanto na aquisição
quanto na modificação dos comportamentos é conhecida como
a) comportamentalista.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 85 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

b) humanista.

c) cognitivista.

d) sócio interacionista.

Letra A. O comportamentalismo tem como base o


comportamento observável. Nesta teoria o ambiente é
rigidamente controlado

46 - A partir de uma perspectiva psicológica cognitivista, para que a


aprendizagem aconteça é necessário que se provoque uma:
a) manipulação de objetos e de situações por parte do sujeito que
aprende para que sejam retidas as estruturas mentais necessárias.

b) memorização repetitiva, a fim de estimular a capacidade mental de


arquivar informações e transformá-las em conceitos explicativos mais
gerais.

c) funcionalidade para as ações cognoscitivas do cérebro para que


ocorra a equilibração do pensamento.

d) intensa atividade do sujeito que deve estabelecer relações entre o


novo conteúdo e os elementos já disponíveis em sua estrutura
cognoscitiva.

Letra D. Essa teoria é baseada nas ideias de Davis Ausubel. Para


esse autor a aprendizagem significativa ocorre quando uma
07123239458

nova informação é ancorada a uma estrutura cognitiva pré-


existente.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 86 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

1–D 14 – D 27 – D 40 – V
2–D 15 – B 28 – A 41 – F
3–A 16 – C 29 – D 42 – V
4–E 17 – A 30 – CERTO 43 – A
5–D 18 – A 31 – CERTO 44 – V
6–A 19 – A 32 – ERRADO 45 – A
7–E 20 – B 33 – A 46 – D
8–C 21 – C 34 – C
9–A 22 – E 35 – D
10 –E 23 – A 36 – V
11 –D 24 – A 37 – F
12 –E 25 –E 38 – F
13 - A 26 – C 39 - F
07123239458

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. 2° edição - São Paulo: Cortez, (Coleção


magistério Série Formação do professor). 2013.

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 87 de 88


Teoria e exercícios
Conhecimentos Pedagógicos p/ Institutos Federais
Profas. Fernanda Lima e Fabiana Firmino Aula 05

LIBANEO, José Carlos. Educação escolar: Políticas, estrutura e organização


- 10° edição. São Paulo: Cortez 2012 (Coleção docência em formação:
Saberes pedagógicos / coordenação Selma Garrido Pimenta)

_____. Escola e democracia: Teorias da educação, curvatura da vara, onze


teses sobre educação e política. São Paulo, Cortez e Autores Associados,
1983.

VEIGA, Ilma P.A. e CARVALHO, M. Helena S.O. "A formação de profissionais


da educação". In: MEC. Subsídios para uma proposta de educação integral
à criança em sua dimensão pedagógica. Brasília, 1994.

07123239458

Prof. Fernanda Lima e Fabiana Firmino www.estrategiaconcursos.com.br Página 88 de 88