Você está na página 1de 7

RECEPÇÃO DO SACRAMENTO

Chegados à Igreja, os nubentes vão ajoelhar-se nos lugares que lhes estão preparados, o
homem à direita da mulher. Assistem-lhes ao menos duas testemunhas; mas é conveniente que
os rodeiem também seus pais e parentes.
O Sacerdote, revestido de sobrepeliz e estola, ou, se disser imediatamente a Missa, dos
paramentos, sob ao altar e faz uma pequena alocução sobre a dignidade, a graça e os deveres
do Matrimônio. Depois, dirigindo-se aos noivos, e exprimindo os nomes próprios de Batismo e
apelidos dum e doutro, pergunta ao noivo:

F. quereis receber F. aqui presente, por vossa legítima esposa, segundo o Rito da
Santa Madre Igreja?

O homem responde: Quero.

Em seguida interroga a noiva:

F. quereis receber F. aqui presente, por vosso legítimo marido, segundo o Rito
da Santa Madre Igreja?

A mulher responde: Quero.

Em seguida o Sacerdote confirma o contrato de que foi testemunha e exprime a união


irrevogável entre eles, convidando os esposos a darem-se as mãos, e dizendo:

Ego conjúngo vos in matrimónium, in Eu vos uno em Matrimônio, em nome


nómine Patris, + et Fílii, et Spíritus do Pai + e do Filho e do Espírito
Sancti. Amen. Santo. Amém.

Bênção do anel

V. Adjutórium nostrum in nómine V. A nossa ajuda está no nome do


Dómini. Senhor.
R. Qui fecit caelum et terram. R. Que fez o Céu e a Terra.

V. Dómine, exáudi oratiónem meam. V. Senhor, ouvi meus rogos.


R. Et clamor meus ad te véniat. R. E meu clamor chegue até Vós.

V. Dóminus vobíscum. V. O senhor seja convosco.


R. Et cum spíritu tuo. R. E com o vosso espírito.

Oratio. Bénedic, Dómine, ánnulum Oração. Abençoai, Senhor, este anel,


hunc, quem nos in tuo nómine que nós, em Vosso nome,
benedícimus, ut quae eum gestáverit, abençoamos, para a que o trouxer
fidelitátem íntegram suo sponso manter fidelidade sem quebra a seu
tenens, in pace et voluntáte tua esposo, permanecer em paz e em
permáneat atque in mútua caritáte Vossa vontade, e sempre viver em
semper vivat. Per Christum Dóminum mútuo amor. Por Nosso Senhor Jesus
nostrum. Cristo.
R. Amen. R. Amém.
O Sacerdote pega no anel e entrega-o ao esposo que o põe no dedo anular da mão esquerda da
esposa. O Sacerdote faz sobre eles o sinal da cruz, dizendo:

In nómine Patris, + et Fílii, et Spíritus Em nome do Pai + e do Filho e do


Sancti. Amen. Espírito Santo. Amém.

V. Confírma hoc, Deus, quod operátus V. Confirmai, Senhor, o que haveis


es in nobis. operado em nós.
R. A templo sancto tuo, quod est in R. Do alto de Vosso Santo Templo, em
Jerúsalem. Jerusalém.
Kýrie, eléison. Senhor, tende piedade.
Christe, eléison. Cristo, tende piedade.
Kýrie, eléison. Senhor, tende piedade.
Pater noste (secreto) Pai nosso (em voz baixa).

V. Et ne nos indúcas in tentatiónem. V. E não nos deixeis cair em tentação.


R. Sed líbera nos a malo. R. Mas livrai-nos do mal.
V. Salvos fac servos tuos. V. Senhor, salvai vossos servos.
R. Deus meus, sperántes in te. R. Que em Vós esperam.
V. Mitte eis, Dómine, auxílium de V. De Vosso santuário, Senhor,
sancto. mandai-lhes auxílio.
R. Et de Sion tuére eos. R. E protegei-os do alto de Sião.
V. Esto eis, Dómine, turris V. Senhor, sede para eles uma torre
fortitúdinis. fortificada.
R. A fácie inimíci. R. Contra o inimigo.
V. Dómine, exáudi oratiónem meam. V. Senhor, ouvi meus rogos.
R. Et clamor meus ad te véniat. R. E meu clamor chegue até Vós.
V. Dóminus vobíscum. V. O senhor seja convosco.
R. Et cum spíritu tuo. R. E com o vosso espírito.

Oratio. Réspice, quáesumus, Dómine, Oração. Olhai, Senhor, estes vossos


super hos fámulos tuos et institútis servos, e recordai-Vos do mandado
tuis, quibus propagatiónem humáni com que regulastes a propagação do
géneris ordinásti, benígnus assíste, ut gênero humano; e os que agora se
qui te auctóre jungúntur, te auxiliánte unem, em Vossa proteção sejam
servéntur. Per Chrsitum Dóminum guardados. Por Cristo Nosso Senhor.
nostrum. R. Amém.
R. Amen.

Os esposos levantam-se e retiram para os lugares.


MISSA DE CASAMENTO1

INTRÓITO
Tob. 7, 15; 8, 19.

Deus Israel conjúngat vos: et ipse sit Que o Deus de Israel vos una; e esteja
vobíscum, qui misértus est duóbus convosco o que teve compaixão dos
únicis: et nunc, Domine, fac eos dois filhos únicos: e agora, Senhor,
plénius benedícere te (T.P. Allelúja, fazei que estes Vos bendigam ainda
allelúja). mais (T.P. Aleluia, aleluia).
Ps.127,1. Beáti omnes qui timent Sl. Felizes os que temem o Senhor, e
Dóminum: qui ámbulant in viis ejus. andam por Seus caminhos.
V. Gloria Patri (...) V. Glória ao Pai e ao Filho e ao
Espírito Santo, assim como era no
princípio e agora e sempre, por todos
os séculos dos séculos. Amém.

ORAÇÃO

Exáudi nos, omnípotens et miséricors Ouvi-nos, Senhor Deus,


Deus: ut, quod nostro ministrátur misericordioso e onipotente, e dai
offício, tua benedictióne pótius cumprimento por Vossa bênção ao
impleátur. Per Dóminum nostrum (...) que operamos por nosso ministério.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso
Filho, que, sendo Deus, convosco vive
e reina na unidade do Espírito Santo,
por todos os séculos dos séculos.
Amém.

EPÍSTOLA
Eph. 5, 22-33
Léctio Epístolae B.Pauli Apóstoli ad Ephésios. Leitura da Epístola de S.Paulo Apóstolo aos Efésios.
Fratres : Mulíeres viris suis súbditae Irmãos: As mulheres sejam sujeitas a
sint, sicut Dómino; quóniam vir caput seus maridos como ao Senhor; porque
est mulíeris, sicut Christus caput est o marido é a cabeça da mulher, assim
Ecclésiae: Ipse, salvátor córporis ejus. como Cristo é a cabeça da Igreja: Ele
Sed sicut Ecclésia subjécta est Christo, mesmo, que é o Salvador do seu corpo.
ita et mulíeres viris suis in ómnibus. Assim como, pois, é a Igreja sujeita a
Viri, dilígite uxóres vestras, sicut et Cristo, assim o sejam em tudo as
Christus diléxit Ecclésiam, et seípsum mulheres a seus maridos. Vós,
trádidit pro ea, ut illam sanctificáret, maridos, amai vossas mulheres, como
mundans lavácro aquae in verbo vitae, Cristo amou a Igreja, e por ela se
ut exhibéret ipse sibi gloriósam entregou, para a santificar,
Ecclésiam, non habéntem máculam, purificando-a no Batismo da água pela
aut rugam, aut áliquid hujúsmodi, sed palavra da vida; para a apresentar a Si
ut sit sancta et immaculáta. Ita et viri mesmo como Igreja gloriosa, sem
debent dilígere uxóres suas, ut córpora mácula, nem ruga, nem outro algum
1
Se o matrimônio se celebra num domingo ou dia de festa duplex de I ou II classe, diz-se a
missa deste domingo ou festa, com comemoração da Missa de Matrimônio. Dir-se-ão
igualmente neste caso as orações que seguem o Pater e que constituem a “bênção nupcial”.
sua. Qui suam uxórem díligit, seípsum defeito semelhante, mas santa e
díligit. Nemo enim unquam carnem imaculada. Assim é que também os
suam ódio hábuit, sed nutrit, et fovet maridos devem amar a suas mulheres,
eam, sicut et Christus Ecclésiam: quia como a seu próprio corpo. O que ama
membra sumus córporis ejus, de carne a sua mulher ama-se a si mesmo.
ejus et de óssibus ejus. Propter hoc Porque ninguém aborreceu jamais a
relínquet homo patrem et matrem sua própria carne; mas cada um a
suam, et adhaerébit uxóri suae: et nutre e fomenta, como também Cristo
erunt duo in carne una. Sacraméntum faz à sua Igreja. Porque somos
hoc magnum est, ego autem dico in membros do Seu corpo, da Sua carne e
Christo et in Ecclésia. Verúmtamen et dos Seus ossos. Por isso o homem
vos sínguli, unusquísque uxórem deixará seu pai e mãe e se unirá à
suam, sicut seípsum díligat: uxor mulher, e serão dois em uma mesma
autem tímeat virum suum. carne. Este sacramento é grande, mas
eu digo em Cristo e na Sua Igreja.
Contudo também vós, cada um de per
si, ame a sua mulher como a si
mesmo; e a mulher reverencie a seu
marido.

GRADUAL
Ps. 127, 3.

Uxor tua sicut vitis abúndans in Tua mulher há-de ser como vide
latéribus domus tuae. abundante no interior de tua casa.
V. Fílii tui sicut novéllae olivárum in V. Teus filhos ao redor da mesa, serão
circúiti mensae tuae. como rebentos de oliveira.

ALELUIA
Ps. 19,3.

Allelúja, allelúja. Mittat vobis Aleluia, aleluia. Mande-vos o Senhor


Dóminus auxílium de sancto: et de ajuda de Seu santuário; e proteja-vos
Sion tueátur vos. Allelúja. do alto de Sião. Aleluia.

TRACTO
Ps. 127, 4-6

Ecce, sic benedicétur omnis homo, qui Eis como será abençoado todo o que
timet Dóminum. V. Benedícat tibi teme o Senhor. V. Abençoe-te o
Dóminus ex Sion: et vídeas bona Senhor, do alto de Sião; para veres
Jerúsalem ómnibus diébus vitae tuae. Jerusalém em prosperidade, todos os
V. Et vídeas fílios filiórum tuórum: dias da tua vida. V. E veres os filhos de
pax super Israel teus filhos, e a paz em Israel.
No Tempo Pascal diz-se o Aleluia e acrescenta-se:

V. Ps.133,3. Benedícat vobis Dóminum V. De Sião, o Senhor vos deite a


ex Sion: qui fecit caelum et terram. bênção; Ele que fez o Céu e a Terra.
Allelúja. Aleluia.
EVANGELHO
Matth. 19, 3-6
Sequéntia sancti + Evangélii secúndum Mattháeum. Continuação do S. Evangelho segundo S. Mateus.
In illo témpore: Accessérunt ad Jesum Naquele tempo: Chegaram-se a Jesus
Pharisáei, tentántes eum et dicéntes : os Fariseus, tentando-O e dizendo: É
Si licet hómini dimíttere uxórem porventura lícito a um homem
suam, quacúmque ex causa? Qui repudiar a sua mulher por qualquer
respóndens, ait eis : Non legístis, quia causa? Ele, respondendo, lhes disse:
qui fecit hóminem ab initio, másculum Não tendes lido que quem criou o
et féminam fecit eos? Et dixit : Propter homem desde o princípio, os criou
hoc dimíttet homo patrem et matrem, homem e mulher? E disse: Por isso
et adhaerébit uxóri suae, et erunt duo deixará o homem pai e mãe e ajuntar-
in carne una. Itaque jam non sunt duo, se-á a sua mulher, e serão dois numa
sed una caro. Quod ergo Deus só carne. Assim que já não são dois,
conjúnxit, homo non séparet. mas uma só carne. Não separe, logo, o
homem o que Deus uniu.

OFERTÓRIO
Ps. 30, 15-16.

In te sperávi, Domine: dixi: Tu es Em Vós, Senhor, esperei e disse: Sois


Deus meus: in mánibus tuis témpora meu Deus, meu destino está em Vós
mea (T.P. Allelúja). (T.P. Aleluia).

SECRETA

Súscipe, quáesumus, Dómine, pro Dignai-Vos, Senhor, aceitar a oferta


sacra connúbii lege munus oblátum: por este sacro Matrimônio; e, pois sois
et, cujus largítor es óperis, esto seu dispenseiro, sede também
dispósitor. Per Dóminum nostrum. ordenador. Por Nosso Senhor Jesus
Cristo.

Depois do Pater, antes de dizer Libera nos, o celebrante em pé, do lado da Epístola, voltado
para os esposos de joelhos diante do altar, diz sobre eles as seguintes orações:

ORAÇÃO

Propitiáre, Dómine, supplicatiónibus Ouvi, propício, Senhor, as nossas


nostris, et institútis tuis, quibus orações, e dignai-Vos acompanhar
propagatiónem humáni géneris com a vossa graça o sacramento que
ordinásti, benígnus assíste: ut, quod te estabelecestes para a propagação do
auctóre júngitur, te auxiliánte gênero humano, de sorte que a união,
servétur. Per Dóminum. de que sois autor, se mantenha por
Vossa assistência. Por Nosso Senhor
Jesus Cristo.
ORAÇÃO

Deus, qui potestáte virtútis tuae de Deus, que por Vosso poder tudo
níhilo cuncta fecísti: qui, dispósitis fizestes do nada; que, estabelecido o
universitátis exórdiis, hómini, ad princípio do mundo, acomodastes ao
imáginem Dei facto, ídeo inseparábile homem feito à Vossa imagem o
mulíeris adjutórium condidísti, ut inseparável consórcio da mulher, para
femíneo córpori de viríli dares carne dardes princípio ao corpo feminino
princípium, docens quod ex uno com a carne do varão, ensinando que
placuísset instítui, numquam licére ao concertado na unidade jamais se
disjúngi: Deus, qui tam excellénti ouse desunir; Deus que por tão
mystério conjugálem cópulam excelente mistério santificastes a
consecrásti, ut Christi et Ecclésiae união conjugal, de modo a terdes, no
sacraméntum praesignáres in foédere contrato das núpcias, uma figura do
nuptiárum: Deus, per quem múlier vínculo sagrado de Cristo com a
júngitur viro, et socíetas principáliter Igreja: Deus, por quem a mulher se
ordináta ea benedictióne donátur, une ao homem, e a sociedade assim
quae sola nec per originális peccáti constituída em seu princípio, atrai do
poenam, nec per dilúvii est abláta Céu aquela bênção, a única não
senténtiam: réspice propítius super retirada pela pena do pecado original,
hanc fámulam tuam, quae maritáli nem pela sentença do dilúvio; olhai,
jungénda consórtio, tua se éxpetit propício sobre esta Vossa serva que
protectióne muníri: sit in ea jugum antes de contrair matrimônio roga o
dilectiónis et pacis: fidélis et casta auxílio da Vossa proteção: seu jugo
nubat in Christo, imitatríxque seja de amor e paz; fiel e casta
sanctárum permáneat feminárum: sit despose-se em Cristo, e mantenha-se
amábilis viro suo, ut Rachel : sápiens, imitadora das santas mulheres; seja
ut Rebécca: longaéva et fidélis, ut amável a seu marido como Raquel;
Sara: nihil in ea ex áctibus suis ille prudente como Rebeca; fiel e provecta
auctor praevaricatiónis usúrpet: nexa na idade como Sara. Nada consigna
fídei, mandatísque permáneat: uni dela o autor do mal; permaneça firme
thoro juncta, contáctus illícitos fúgiat: na fé e nos mandamentos; unida a um
múniat infirmitátem suam róbore marido, evite contatos ilícitos:
disciplínae: sit verecúndia gravis, robusteça sua enfermidade com o
pudóre venerábilis, doctrínis vigor da disciplina; seja grave na
caeléstibus erudíta: sit foecúnda in modéstia, venerável no pudor,
sóbole, sit probáta et ínnocens: et ad instruída nas doutrinas do Céu;
Beatórum réquiem atque ad caeléstia fecunda na prole, probada e inocente;
regna pervéniat: et vídeant ambo fílios logre o descanso dos bem-aventurados
filiórum suórum usque in tértiam et e o reino celeste; vejam ambos os
quartam generatiónem, et ad optátam filhos de seus filhos até à terceira e
pervéniant senectútem. Per eúmdem quarta geração, e alcancem ditosa
Dóminum nostrum Jesum Christum. velhice. Pelo mesmo Jesus Cristo
Nosso Senhor.

Acabada esta oração, o sacerdote volta-se para o altar, diz o Líbera nos e as orações
costumadas.
COMUNHÃO
Ps. 127, 4 et 6.

Ecce, sic benedicétur omnis homo, qui Eis como será abençoado todo o que
timet Dóminum: et vídeas fílios teme o Senhor: possas tu ver os filhos
filiórum tuórum: pax super Israel. de teus filhos e a paz em Israel
(T.P. Allelúja). (T.P. Aleluia).

DEPOIS DA COMUNHÃO

Quáesumus, omnípotens Deus: Nós Vos pedimos, Deus onipotente,


institúta providéntiae tuae pio favóre façais seguir de Vossa graça os
comitáre; ut, quos legítima societáte institutos de Vossa providência, e aos
connéctis, longaéva pace custódias. unidos em legítimo consórcio,
Per Dóminum nostrum Jesum conservai-os em duradoura paz. Por
Christum. Nosso Senhor Jesus Cristo.

Antes de abençoar o povo, o Celebrante, voltado para os esposos, diz:

Deus Abraham, Deus Isaac, et Deus Esteja convosco, o Deus de Abraão, o


Jacob sit yobíscum: et ipse adímpleat Deus de Isaac e o Deus de Jacob;
benedictiónem suam in vobis: ut encha-vos da Sua bênção para verdes
videátis fílios filiórum vestrórum os filhos de vossos filhos até à terceira
usque ad tértiam et quartam e quarta geração, e depois alcançardes
generatiónem, et póstea vitam a vida eterna, com a graça de Nosso
aetérnam habeátis sine fine: adjuvánte Senhor Jesus Cristo que vive e reina
Dómino nostro Jesu Christo, qui cum com o Pai e o Espírito Santo por todos
Patre et Spíritu Sancto vivit et regnat os séculos dos séculos.
Deus, per ómnia saécula saeculórum.
R. Amen. R. Amém.

xxx-----xxx-----xxx

FONTE: Missal Quotidiano e Vesperal: por Dom Gaspar Lefebvre. Bruges:


Descée de Brouwer & Cie, 1951. p. 1920-1927.