Você está na página 1de 4

1) Pesquisar sobre compressores de ar de Deslocamento Positivo de Parafusos:

a) Funcionamento;
b) Tipos;
c) Aplicações;
d) Exemplos de fabricantes;
e) Cite os tipos de resfriamento do compressor.

Resposta: Compressores são equipamentos destinados a elevar a pressão estática dos


gases. A forma como é obtida esta elevação da pressão determina a classificação dos
compressores de ar. Um deles é o deslocamento positivo o aumento da pressão é
conseguido por rápidas e sucessivas reduções de volume do gás aspirado, e comprimido
através de elementos móveis e esse deslocamento positivo se divide em 2 tipos o rotativo
em que a aspiração e compressão ocorrem no mesmo movimento. O gás é “aprisionado”
em cavidades que se movimentam, direcionando-o para a região especifica de descarga
onde ocorre a compressão. Os tipos mais comuns de compressores nesse caso são:
Palheta, Anel liquido, Parafusos Helicoidais, Roots. Nos alternativos a aspiração e a
compressão formam ciclos distintos e os principais tipos são tronco, Cruzeta, Pistão Livre,
Labirinto e Diafragma. Existem algumas fabricantes no meio industrial com a BOGE, a
KAESER KOMPRESSOREN e a IR Ingersoll Rand. Um tipo de resfriamento é a água que
quando o óleo deixa o separador, e bombeado por um trocador de calor tipo casco, tubo ou
placa. Onde o calor e rejeitado numa corrente de água ou glicol. O óleo resfriado e filtrado e
retorna para injeção ao compressor. Outros sistemas de resfriamento são termos sifão,
injeção de líquido.

2) Pesquise sobre produção e preparação do ar comprimido:

a) Cite os principais contaminantes do ar comprimido.


b) Descreva os processos de secagem do ar comprimido.
c) Quais os efeitos do condensado no sistema pneumático?
d) Como ocorre a separação do condensado na linha de ar comprimido?
e) Cite os tipos de secagem do ar comprimido e explique como ocorrem esses
processos.
f) Defina unidade de condicionamento Lubrefil;

Resposta: O ar comprimido contaminado não estará na condição ideal de uso, podendo


causar diversos males, como mau funcionamento das máquinas, contaminação de
processos industriais, dentre outros. Os principais contaminantes do ar comprimido são a
água, óleo e particulado e as fontes são o ar atmosférico, o próprio compressor de ar e
reservatórios e tubulação de ar comprimido.
Os meios de secagem do ar comprimido são múltiplos, mas os mais utilizados são:
Secagem por refrigeração que consiste em submeter o ar a uma temperatura
suficientemente baixa, a fim de que a quantidade de água ainda existente seja retirada em
grande parte e não prejudique de modo algum o funcionamento dos equipamentos.
Secagem por absorção que tem por princípio a utilização, em um circuito de uma
substância sólida ou líquida para absorver, por reação, outra substância líquida ou gasosa.
Este processo é também chamado de Processo Químico de Secagem, pois o ar é
conduzido no interior de um volume através de uma massa higroscópica, insolúvel ou
deliqüescente que absorve a umidade do ar, processando-se uma reação química.

Secagem por adsorção Trata-se do processo de depositar moléculas (aderência) de uma


substância (ex. água) na superfície de outra substância, geralmente sólida. Este método
também é conhecido por Processo Físico de Secagem. Admite-se, em teoria, que na
superfície dos corpos sólidos existem forças influenciando moléculas líquidas ou gasosas
através do fenômeno de atração. O processo de adsorção é regenerativo; a substância
adsorvente, após estar saturada de umidade permite a liberação da água quando submetida
a um aquecimento regenerativo.

A separação do condensado na linha de ar comprimido é feita por separadores que


usam um mecanismo do tipo ciclônico ou uma placa defletora para separar de maneira
forçada o condensado suspenso do ar. O separador ciclônico usa um princípio operacional
em que o vapor ou o ar é girado em altas temperaturas e a força centrífuga resultante
separa o condensado devido à sua maior gravidade específico.

As gotículas de condensado são separadas com uma eficiência de separação de 98% (a um


fluxo de vapor ou ar de 30 m/s.

O separador é construído de tal forma que após o condensado ser separado, ele não se
mistura mais com o vapor ou com o ar, mas ao invés disso, cai na seção do purgador e é
removido do sistema.

A presença da água condensada nas linhas de ar, causada pela diminuição de temperatura,
terá como conseqüência:

- Oxidação da tubulação e demais componentes pneumáticos.

- Destruição da película lubrificante existente entre as duas superfícies que estão em


contato, acarretando desgaste prematuro e reduzindo a vida útil das peças, válvulas,
cilindros etc.

- Prejudica o funcionamento dos componentes pneumáticos.

- Arrasta partículas sólidas que comprometerão o funcionamento dos componentes


pneumáticos.

- Aumenta o índice de manutenção.


- Não é possível a aplicação deste ar para instrumentação, pois acarreta, muitas vezes, a
inutilização do instrumento.

- Não permite aplicação em equipamentos de pulverização.

- Provoca golpes de aríete nas superfícies adjacentes etc.

- Altera constantemente as regulagens das máquinas.

Os métodos de secagem do ar comprimido usam os princípios de: condensação, sorção e


difusão para retirada da água contida no ar.

Condensação consiste na precipitação da água quando o ar é resfriado do seu ponto de


orvalho.

Sorção é a secagem por remoção química da umidade. Neste processo, o ar é obrigado a


entrar em contato com um material higroscópico, que poderá ser líquido ou sólido (por
exemplo, cloreto de sódio e ácido sulfúrico).

Difusão é a secagem por transferência molecular em película. Com o tempo de uso,


a película tem que ser regenerada. Existem dois tipos de regeneração: a frio e a quente.

O Lubrefil é chamado também de unidade de preparação do ar (ou unidade de conservação


pneumática) porque é utilizado para preparar o ar comprimido para uma aplicação. Primeiro
o ar comprimido passa pelo regulador onde a pressão pode ser ajustada para a desejada
aplicação. É um regulador pneumático utilizado em diferentes máquinas e equipamentos
para a realização de filtragem.
3) Pesquise sobre as linhas de distribuição de ar comprimido:

a) Cite os tipos de condutores de ar comprimido e exemplifique os materiais


empregados na fabricação. Exemplifique fabricantes.
b) Qual o componente responsável pelo controle da pressão na saída da linha para
os consumidores?
c) Qual a função dos purgadores na linha de ar comprimido?

Resposta: Compressor de parafuso, resfriador posterior, pré filtro, secador por refrigeração,
pós filtro e reservatório. Compressor de pistão para pequenas vazões compressoras de
parafuso pequenos, médias e grandes vazões e Compressor centrífugos para grandes e
muito grandes vazões.

A função dos purgadores na linha de ar comprimido é acabar com a contaminação líquida


presente no sistema com a menor perda possível de ar comprimido.

Você também pode gostar