Você está na página 1de 20

REPÚBLICA DE ANGOLA

MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR CIÊNCIA E TECNOLOGIA

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DO CUITO

LICENCIATURA EM ENGENHARIA INFORMÁTICA

IP DINAMICO, IP ESTÁTICO E GATEWAY

ORGANIZADO POR:
ANTÓNIO SABINO
AYRTON CHIMO
JOSÉ GÓMES
PAULINO LUANDA

CUITO/BIÉ
2021

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DO CUITO

LICENCIATURA EM ENGENHARIA INFORMÁTICA

TRABALHO PARA O EXAME DE REDES DE COMPUTADORES

IP DINAMICO, IP ESTÁTICO E GATEWAY

ORGANIZADO POR:
ANTÓNIO SABINO
AYRTON CHIMO
JOSÉ GÓMES
PAULINO LUANDA

O DOCENTE: JACSON DINIS

CUITO/BIÉ
2021
RESUMO
ABSTRACT
DEDICATÓRIA
Dedicamos este trabalho aos nossos pais e esposas que com muito sacrifício, com muita
fé, dedicação, esforço, honestidade, simplicidade e respeito ao próximo nos teem acompanhado
neste longo percurso.
AGRADECIMENTOS
Agradeço em primeiro lugar à Deus Pai, Uno e Trino pelo dom da vida e por guiar sempre os
meus passos pelos caminhos da vida.
Sumário
Introdução..................................................................................................................................11
IP................................................................................................................................................12
Endereço IP dinâmico.................................................................................................................13
IP estático...................................................................................................................................15
Vantagens desse modelo:......................................................................................................................15
Diferenças entre IP estático e IP dinâmico..............................................................................................17
Vantagens e desvantagens.........................................................................................................17
IP Dinâmico............................................................................................................................................17
Vantagens..........................................................................................................................................17
Desvantagens....................................................................................................................................17
IP estático..............................................................................................................................................18
Vantagens..........................................................................................................................................18
Desvantagens....................................................................................................................................18
Conclusão............................................................................................................................................24
IP Estático, Dinâmico e Gateway
1

Introdução

Quando você se inscreve em um provedor de serviços de Internet, muitas vezes tem que optar por

um endereço IP estático ou um endereço IP dinâmico. Mas afinal, qual a diferença entre os dois?

IP estático ou IP dinâmico? Qual a diferença? Todos os dispositivos conectados à Internet

possuem um endereço IP (Protocolo de Internet), que funciona como uma identidade do

dispositivo, seja ele um computador, notebook, tablet ou smartphone. Esse endereço IP permite

que seu dispositivo envie e receba dados de outros dispositivos e servidores. Seu endereço IP é

emitido para você pelo seu provedor de serviços de Internet (ISP). Em geral, os ISPs podem

emitir aos seus clientes dois tipos de endereços IP: Endereços IP estáticos ou endereços IP

dinâmicos. 

Estas e outras questões serão afloradas no presente trabalho.


IP Estático, Dinâmico e Gateway
2

IP

Para melhor entender sobre IP Estático e Dinâmico, e necessário antes saber o que vem a

ser um IP.

Antes do protocolo IP/TCP, os computadores só podiam se comunicar com outros

computadores se eles estivessem na mesma rede.

O que é então um IP?

O IP é uma sigla para definir "Endereço de protocolo da Internet". Esse "protocolo da

internet" serve para definir um conjunto de regras para comunicação entre dispositivos e também

identificar quais são esses dispositivos conectados a uma rede.

Em linhas gerais, IP é um código numérico atribuído a cada dispositivo conectado em

uma rede. Como esse número é único para cada aparelho, ele pode ser encarado como um

endereço desse equipamento. Por exemplo, se a rede doméstica tem cinco dispositivos

conectados, cada um deles terá um IP diferente para essa rede.

As duas primeiras partes (200.202) indicam o endereço da rede. Ou seja, provavelmente

todos os hosts dessa rede começam com esse endereço. O que vai mudar de host para host é a

parte final do endereço (36.251). Claro que isso não é uma regra, existem redes gigantescas em

que essas propriedades podem mudar. Para saber se qual o endereço de rede e o endereço de host

de uma rede, cheque a máscara de sub-rede.

A máscara de sub-rede (subnet mask) nos informa quais áreas do ip são mutáveis (usadas

por hosts) e quais não mudam.

Exemplo:

255.255.255.0
IP Estático, Dinâmico e Gateway
3

O IP (Internet Protocol) é o responsável por rotear e entregar os pacotes contendo as

informações que serão enviadas. O endereço IP contém um cabeçalho aonde estão indicados os

endereços de redes e de hosts. Esse endereço é representado por quatro bytes separados por

pontos. Por exemplo:

200.202.36.251

O que isso significa? Quando uma área da máscara de sub-rede tiver o número 255,

significa que aquela área é imutável e quando for 0 a área pode mudar. Achou difícil? Não é.

Preste atenção: observando o endereço acima, dá para notarmos o quê? Que somente a última

parte do endereço IP está com o zero. Supondo que o endereço IP de uma máquina da rede seja

200.131.16.1.

Endereço IP dinâmico

O endereço IP dinâmico geralmente é configurado nos dispositivos que usam

o protocolo DHCP, e frequentemente adquire alterações. Cada vez que o usuário se conecta à

rede, seu IP muda. O servidor DHCP (Protocolo de configuração dinâmica de hosts) usa um

sistema para rastrear e procurar informações de endereço IP que se associam aos elementos de

rede ativos.

O IP dinâmico é o mais comum e se refere, principalmente, a um endereço que muda

sempre, normalmente quando você liga o modem, ou em intervalos de tempo definidos pelo

provedor. É o padrão ideal para uso doméstico, já que não requer equipamentos de melhor

performance e não depende de conhecimentos um pouco mais avançados para configuração e

manutenção.
IP Estático, Dinâmico e Gateway
4

Na prática, falando estritamente do ponto de vista de um usuário doméstico, o uso do IP

dinâmico pode ter apenas uma grande desvantagem: trata-se de uma solução que torna o uso de

VPNs um pouco mais difícil.

As VPNs servem, entre outras coisas, para esconder seu endereço de IP e se seu IP é

dinâmico esse processo pode acabar se tornando um pouco ineficiente, dependendo do serviço

que você utiliza.

Além disso, há um outro fator envolvido no IP dinâmico. Como o endereço é passível de

mudança o tempo todo, é preciso que sua rede negocie o uso de um IP. Isso é feito por meio de

um protocolo chamado DHCP. Ele funciona em segundo plano e permite que seu computador

negocie e obtenha um endereço de IP dinâmico quando necessário.

Essa negociação pode deixar sua conexão com a Internet um pouco mais lenta,

prejudicando velocidades de download e upload. Entretanto, essas interferências são mínimas e

se elas realmente irritam você, há a opção do IP fixo, em que o DHCP não existe.

Outra desvantagem do IP dinâmico é para que, por algum motivo, pretende instalar um

servidor de rede. Se o IP mudar o tempo todo, o acesso a esse servidor pode se tornar desafiador:

você nunca saberá com certeza qual é o endereço da máquina na Internet. Entretanto, a

configuração de servidores por usuários domésticos é algo bem raro. A ferramenta que é usada

para tradução é conhecida como Domain Name Server (DNS).

O DNS armazena o endereço IP junto com o nome de domínio, mapeado para identificar

o local adequado do elemento de rede, e direciona o tráfego de rede para o ponto correto.

Os dois protocolos, DHCP e DNS, são amplamente utilizados durante a navegação na

Internet. Quando um usuário tenta se conectar à rede, o DHCP fornece um endereço IP dinâmico

por um período e, quando o usuário digita um URL na barra de endereço do navegador, o


IP Estático, Dinâmico e Gateway
5

servidor DNS mapeia o domínio para o endereço IP necessário para a transmissão de dados na

página da web.

IP estático

O IP fixo é mais raro e, em alguns casos, sua oferta pelo provedor está vinculada a taxas

adicionais. Como é possível deduzir a partir da explicação sobre o dinâmico, o código fixo é um

endereço de IP imutável. Ou seja, seu computador sempre terá o mesmo endereço, desde que

conectado à rede com o fixo (se você levar o laptop para uma viagem e conectar de outro lugar,

ele terá um IP diferente).

Vantagens desse modelo:

O IP estático é ideal para usuários que precisam ter absoluta certeza sobre o endereço de

sua rede na Internet. Suponha que você tenha um servidor para sua empresa, ou precise criar um

tipo de nuvem pessoal para arquivos, cujo acesso se dá via FTP: nesse caso, fixar o IP da rede é

fundamental, já que você terá acesso a esses recursos sempre, bastando para isso acessá-los

diretamente pelo número de IP fixo atribuído pelo seu provedor.

Há outra forma de entender o IP fixo e ela diz respeito ao gerenciamento de dispositivos

conectados na sua rede doméstica. Suponha que você tenha uma quantidade de banda um pouco

limitada e que use seu computador, ou um console de videogame, para baixar conteúdos

enormes, ou mesmo jogar em rede. Via de regra, a distribuição de IPs em uma rede interna é

realizada de forma aleatória pelo seu roteador.

Um detalhe importante neste caso é que quando falamos de IP estático na rede doméstica

estamos nos referindo ao endereço de IP determinado no roteador. É possível fazer isso sozinho e

essa configuração não depende, nem requer, participação do seu provedor de acesso à Internet.
IP Estático, Dinâmico e Gateway
6

Tecnicamente, o IP invariável em uma rede doméstica deveria ser chamado de IP

estático, até como forma de evitar confusão com o IP estático, que se refere ao seu acesso à

Internet, como explicado no começo. Contudo, os dois nomes são usados para as duas coisas o

tempo todo, daí toda essa confusão de IP fixo/estático de rede interna e IP fixo/estático de

Internet.

Nesse cenário, fixar o IP desses equipamentos no roteador pode ser muito benéfico. Ao

atribuir um IP estático a esses dispositivos, você passa a ter a oportunidade de fazer o

encaminhamento de portas no roteador, procedimento que pode deixar sua performance em jogos

e downloads muito melhor.

Outra vantagem do uso de IP fixo na sua rede interna é o fim do risco de conflitos

causados por aparelhos tentando usar o mesmo endereço de IP. 

E necessário ter um IP estático?

Não. As operadoras dificilmente atendem esse tipo de necessidade para usuários

domésticos, reservando a oferta de endereços fixos para planos empresariais. Na remota

possibilidade de que seu provedor disponibilize o serviço para qualquer assinante, fique ciente de

que os custos podem ser assustadores.

O IP dinâmico funciona muito bem e para quem precisa de Internet apenas para acessar,

jogar, enviar dados e arquivos, além de fazer downloads, essa solução se mostra extremamente

segura e eficiente.

Se o plano de Internet em vista é para uma empresa, aí a coisa muda de figura: o IP

estático pode ser decisivo para a instalação de uma rede de alta performance e que forneça

serviços como e-mail para os funcionários.

Você precisa de IP estático na sua rede doméstica?


IP Estático, Dinâmico e Gateway
7

Isso depende de alguns fatores, mas, em geral, se você tem muita coisa conectada no

mesmo roteador e gostaria de privilegiar o acesso de alguns dispositivos, definir IPs estáticos é

sempre uma boa política. Consoles de videogame e PCs usados para downloads e jogos

multiplayer, por exemplo, se beneficiam de forma sensível de IPs estáticos e de encaminhamento

de portas. 

Diferenças entre IP estático e IP dinâmico

A diferença entre o endereço IP estático e dinâmico está dentro da duração do endereço

IP atribuído. O endereço IP estático é um endereço IP fixo, atribuído manualmente a um

dispositivo para ser usado por um longo período de tempo. Já o endereço IP dinâmico

frequentemente muda, sempre que o usuário inicializa sua máquina, e é atribuído

automaticamente.

Vantagens e desvantagens

IP Dinâmico

Vantagens

 IPs dinâmicos são mais econômicos que os IPs estáticos.

 Eles exigem menos manutenção, em comparação aos IP estáticos.

 IPs dinâmicos suportam implicações de segurança reduzidas.

Desvantagens

 A maioria dos IPs dinâmicos experimenta um tempo de inatividade

prolongado.

 Os serviços de geolocalização podem ter problemas para determinar a

localização precisa.
IP Estático, Dinâmico e Gateway
8

 O acesso remoto é geralmente menos seguro, por isso, empresas com

endereços IP dinâmicos geralmente preferem acesso presencial dos funcionários à rede do

servidor.

IP estático

Vantagens

 Um endereço IP estático nunca muda, independentemente do status de

reinicialização do dispositivo.

 É mais fácil para os serviços de geolocalização encontrar sua localização

precisa.

 Menos tempo de inatividade em comparação a um IP dinâmico.

Desvantagens

 IP estático representa possíveis pontos fracos de segurança, já que os

hackers terão tempo suficiente para atacar a rede.

 IP estático sempre custa significativamente mais do que IP dinâmico.

 A configuração de um IP estático é geralmente mais complexa sem a

intervenção do auxílio de configuração manual do ISP.

Gateway

Gateway pode ser classificado como “portal” ou “portão”. Em resumo, uma passagem

entre dois ambientes distintos.

Em outras palavras, é um sistema ou equipamento encarregado de estabelecer a

comunicação entre duas redes.

Dessa forma, devem ser respeitados protocolos específicos e tomando determinadas

ações necessárias para o correto funcionamento da comunicação entre as duas pontas.


IP Estático, Dinâmico e Gateway
9

Grosso modo, o funcionamento do dispositivo é bastante simples. Ele faz o papel de

ponte entre as redes. Analisa e trata as informações de acordo com as definições preestabelecidas

e o tipo de função a que se destina.

Em resumo, gateway é uma conexão entre dois bancos de dados. Na prática, a Frenet,

conecta a loja virtual a mais de 50 transportadoras via API, sendo assim, um Gateway de Frete.

Utilidade do Gateway.

O gateway  organiza a troca de informações entre um equipamento (notebook,

smartphone, etc) e a internet.

Naturalmente, o dispositivo é utilizado também para prover recursos de segurança. Há

controlo das informações que entram e saem da rede interna. Usa-se muito o endereço ip durante

as integrações.

Outra atribuição dos gateways é “traduzir” as informações entre redes heterogêneas. Isto

é, permitir a comunicação entre diferentes ambientes e arquiteturas.

Assim, a ferramenta é capaz de converter os dados entre sistemas diferentes, assim, um é

capaz de “entender” o outro.

Por fim, é importante ressaltar que ambos os sistemas possuem detenção de ataques para

proteger a troca de informações entre rede local e outras redes.

Os exemplos de gateway

Um roteador, equipamento bastante utilizado em redes domésticas, é um bom exemplo

de gateway.

Embora vários dispositivos possam acessar a internet usando a mesma rede de uma

residência, o roteador é, na verdade, o único dispositivo com acesso direto à internet.

As demais conexões têm que passar por ele para obter acesso à rede mundial.
IP Estático, Dinâmico e Gateway
10

Outro exemplo comum, embora um pouco mais técnico, é o firewall.

Em suma, ele atua como “filtro” para os dados que trafegam pela rede, esse dispositivo

atua como um gateway de segurança.

Gateway para e-commerce

Primeiramente, as lojas virtuais, têm no gateway, um forte aliado. Muitos o utilizam sem

sequer se dar conta.

Porém, é graças a esse conceito que muitos processos dentro do e-commerce ocorrem.

Em suma, o gateway viabiliza contatos rápidos e seguros entre o consumidor e a empresa. Além

de também potencializar a comunicação da plataforma de e-commerce com suas parceiras

(transportadoras e meios de pagamento).

Enfim, vamos apresentar alguns exemplos práticos de aplicação, dentro das plataformas

de comércio eletrônico:

Gateway logístico

Muitos e-commerces ainda costumam confundir ou considerar o gateway logístico como

sinônimo de gateway de frete.

Embora tenham algumas semelhanças, na realidade, são conceitos distintos.

O gate way logístico é uma solução tecnológica mais abrangente, está relacionada a toda

a cadeia logística do e-commerce e, não apenas, no transporte em si.

Dentre as suas principais vantagens estão:

 Acompanhamento de abandono de carrinho em razão de rotas;

 Auxílio na negociação com transportadoras;

 Redução de custos logísticos;

 Mensuração da eficiência de transportadoras.


IP Estático, Dinâmico e Gateway
11

Gateway de fretes

Sobretudo, essa é a ferramenta que estabelece a ligação entre as plataformas de gestão

das lojas online com as empresas transportadoras.

É ela quem disponibiliza, ao lojista virtual, diferentes opções de transportes para o seu

negócio.

Além disso, esse é um processo automático, pelo menos para o consumidor.

No momento da compra, o cliente informa o seu endereço postal e o sistema

do gateway se encarrega de consultar as informações cadastradas no banco de dados.

Então, apresenta as opções de frete disponíveis e os valores.

Por fim, cabe ao cliente apenas definir o que melhor lhe atende.
IP Estático, Dinâmico e Gateway
12

Conclusão

Concluímos dando a seguinte recomendação: Quando pretendermos comprar os

endereços Ips, os dinâmicos são mais confiáveis do que estáticos, além de eliminar o processo

demorado de configuração manual. Também são menos suscetível aos ataques, à medida que

mudam periodicamente, ao contrário do IP estático. Mas são piores para uso de serviços que

precisam de geolocalização precisa, e também tem mais tempo de inatividade, na maioria dos

casos.

Você também pode gostar