Você está na página 1de 12

Universidade Católica de Moçambique

Instituto de Educação à Distância

Dissertação sobre o Facto Ético

2⁰ Grupo

Aurora António Artur. Código: 708195109

Curso: Licenciatura em Gestão Ambiental

Disciplina: Ética Social

Ano de frequência: 3⁰ Ano

Nampula, Junho de 2021


Universidade Católica de Moçambique

Instituto de Educação à Distância

Dissertação sobre o Facto Ético

Trabalho de carácter avaliativo da cadeira


de Ética Social: Ensino à Distância, 3º
Ano, Curso de Licenciatura em Gestão
Ambiental. Leccionada pelo Docente:
Nameno Fernando

Nampula, Junho de 2021

1
Folha de Feedback

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
i2
Índice

Introdução...................................................................................................................................3

Dissertação sobre o Facto Ético..................................................................................................4

Conceitos de facto Ético.............................................................................................................4

Exemplos concretos de facto Ético.............................................................................................5

Onde se encontra e onde se observa na sociedade......................................................................7

Conclusão....................................................................................................................................9

Bibliografia...............................................................................................................................10

2ii
Introdução

O presente trabalho é da disciplina de Ética Social e tem como tema Dissertação sobre o Facto
Ético. Cujo objectivo é descrever sobre o facto ético, dando exemplos concretos, onde e como
se observa na sociedade.

Para a elaboração do presente trabalho foi usada a metodologia de consultas bibliográficas e


consultas pela internet e as obras encontram-se enumeradas na página de bibliografia.

No que refere a estrutura, o presente trabalho esta estruturado por uma parte introdutória, um
desenvolvimento sobre a resolução do questionário, uma conclusão e uma bibliografia
contendo as obras utilizadas na elaboração deste trabalho.

3
Dissertação sobre o Facto Ético

A ética configura a união de um sujeito e seus valores, ou seja, um conjunto do agente moral e
suas virtudes éticas. Sendo a ética o estudo dos juízos da conduta humana, que é passível do
bem e do mau presente em único ser ou em grupo Está presente em todas as ordens vigentes
do mundo, na escola, na política, no desporto, nas profissões, principalmente nos dias actuais

De acordo com Leite (2014, p.09):

“A ética não é apenas uma teorização do agir, da moral,


ela é uma prática que está vinculada directamente à
acção humana na sociedade. Logo, ela evidenciada em
contextos diferentes na sociedade, como por exemplo, no
político, no social, no económico e no educacional.
Assim contribui de uma forma abrangente no que se
requer a uma perspectiva colectiva e não puramente
individual”.

Conceitos de facto Ético

Segundo Salvador (S/d, p.9), entende-se como facto ético a avaliação do Bom e Mau, o que
constitui um facto de experiência e, é a partir desta que a ética se desenvolve. Pode ser
também considerada uma capacidade inata de julgar moralmente o que é Bom e mau. O facto
ético está presente em todos indivíduos, nenhuma pessoa pode escapar, todas as pessoas
participam a realidade que deve ser aceite por todos, caso contrário porque alguma coisa falta.

A Ética social não é uma abstracção, ela baseia-se na realidade, num facto e na vida real do
Homem “Experiências comum da vida Humana dentro duma sociedade “e para estudar estas
realidades é preciso o facto ético que é obrigatoriamente um “Dever” ou existência de algo
“Tem Que”. Os factos éticos que podem ser experimentais ou observados, são:

 Ponto de vista ético (Comportamento): temos o caso dos actos que cada um deve fazer; que
cada um não deve fazer; aquilo que depende da minha vontade, (se é positivo ou negativo).
No ponto de vista ético comportamental distinguimos os aspectos da liberdade individual sem
julgamento do outrem.

 Relações da ética e outras ciências humanas: Pretende-se verificar como facto ético as
relações que existem com as outras ciências, tais como:

4
 Antropologias- (social, Cultural e filosófica) pelo facto de estas ciências estudarem os
costumes e suas origens, como se expandem os hábitos e costumes e a ética poder
verificar os relacionamentos dos costumes Bom e Maus dentro das sociedades.
 A Psicologia que também procura relacionar-se com ética na medida em que procura
estudar o homem no seu comportamento Bom e Mau, sobretudo no agir Social.
 Relaciona-se também com outras ciências - a Sociologia, Etinomia, Política, etc.
ciências estas que, estudam a vida política social do homem e a ética vai determinar o
que deve ser e como deve ser.

 Ética e Metafísica: É um facto ético porque procura fazer perceber de que cada conduta
humana tem, pode ter ou pode ser Bom ou Mau, além do pensamento moral que se recai a
Teologia, verifica-se que a conduta pode ter sua influência exterior. Neste facto ético,
procura-se analisar o comportamento Bom e Mau como se deve fazer e aplicar um julgamento
absoluto.

Portanto, no facto ético que consiste na capacidade de julgar se o acto é Bom ou Mau, tem
que partir do juízo da consciência de como queremos agir (Salvador, S.d, p.45).

Apesar de percebermos que o acto humano é individual e as emoções são exterior, a pessoa
tem a capacidade racional de formar opinam perante algo, esta capacidade, deve englobar as
seguintes percepções ou qualidades:

 Não realizar o Bem como algo particular;


 O Bem deve ser relativo a liberdade;
 O Bem deve ser pessoal com reflexos sociais;
 O Bem deve ser humano e voluntário;
 O Bem deve ser relativo as normas e;
 O Bem deve ser incondicionado.

Exemplos concretos de facto Ético

Segundo Puhl (2014), a ética diz respeito ao código de princípios e valores morais que
norteiam o comportamento de uma pessoa ou mesmo de um grupo.

O juízo bom não provém daqueles aos quais se fez o bem! Foram os bons mesmos, isto é, os
nobres, poderosos, superiores em oposição e pensamento, que sentiram e estabeleceram a si a
5
seus actos como bons, ou seja, de primeira ordem, em oposição a tudo que era baixo, de
pensamento baixo, e vulgar e plebeu. (Nietzsche, 1998, p. 06 citado por Leite, S.d).

Há várias pessoas que não se importam com a ética, apenas se preocupam com si mesmas e
em uma forma de conquistar algo, e neste processo muitos passam por cima de uma boa
conduta. O simples fato de sonegar um imposto é visto como um ato antiético pela sociedade
actual, mas passa como se não fosse, pois afinal tem-se a ideia de que se tal entidade faz isso,
não tem problema se fizermos também – este processo pode ser definido como a naturalização
de princípios antiéticos.

Muitas vezes somos tentados a decidir entre duas situações, onde geralmente uma nos
favorece menos, porém é correto, e outras podem nos beneficiar de alguma forma, seja
socialmente, financeiramente, mas não é o correto, e é nesses momentos em que somos
tentados a agir de forma antiética.

Portanto, a ética define padrões sobre o que julgamos ser certo ou errado, bom ou mau, justo
ou injusto, legal ou ilegal na conduta humana e na tomada de decisões em todas as etapas e
relacionamentos da nossa vida. A ética procura prezar aos princípios individuais de cada
pessoa, na qual cada grupo tem seus próprios valores, crenças e culturas. No entanto, ela
compõe uma maneira dos quais esses grupos e indivíduos demonstram suas próprias acções
(Puhl, 2014). Uma das principais razões pela qual os seres humanos se envolvem em
comportamentos antiéticos é a sua natureza essencialmente competitiva e a busca
predominante pela vantagem sobre algo ou alguém.

Por exemplo: roubar é considerado um mal, ainda que frequentemente praticada, enquanto
acções beneficentes são um bem mesmo que raras. Fica claro que a ética não ocupa
propriamente um lugar na sociedade, porque a ética é opção do ser social, uma vez que
enquanto individuo deve ser capaz de discernir algumas das normas e princípios que norteiam
a sua conduta humana, sendo que fica difícil de corresponder a todos os critérios que a
sociedade estabelece enquanto conduta, uma vez que não se oferece condições mínimas para a
vida digna.

Outro exemplo, é comum ver cenas onde a falta de ética é constante, como o caso onde uma
agente da operação Lei Seca  multou um juiz por excesso de velocidade e acabou sendo
obrigada a pagar uma indemnização ao juiz, como podemos ver a falta de ética do juiz em
6
usar de forma inapropriada sua colocação profissional para não ter a necessidade de pagar a
multa.

Onde se encontra e onde se observa na sociedade.

A ética desempenha um papel fundamental na vida em sociedade. Na verdade, o contexto


social, em si, é o que permite e demanda a existência do conceito de ética e o estudo de suas
aplicações.

Visto que, qualquer sociedade não pode abster-se de um conjunto de normas e regras que
normatizem entre o convívio e induza ao respeito entre seus participantes. A real existência de
uma regra, qualquer e independente de sua natureza da competência de quem tenha a
elaborado, não garantem por si só que todos os objectivos sejam alcançados de forma
esperada. Portanto para quem desobedecer a estas regras que foram direccionadas a serem
seguidas correctamente, passa-se o individuo por uma penalidade pelo não cumprimento desta
regra, em algumas sociedades essas penalidades variam de exposição pública, espancamento,
prisão, e até mesmo a morte (Puhl, 2014).

No meio profissional, pode-se perceber que o profissional contador tem uma série de chances
e riscos como qualquer outro indivíduo dentro da sociedade exercendo sua actividade.
Segundo Puhl (2014), cada organização, conselho, e afins tem suas regras éticas
estabelecidas, porém várias pessoas ambiciosas quebram essas regras a fim de obterem
benefícios pessoais de maneira desonesta.

A sociedade já está cansada de ver noticiários de profissionais que agiram de forma antiética
para obterem vantagens e se vangloriarem dessa péssima atitude. Mesmo tendo-se em mente o
fato de que as regras existem para beneficiar a todos, há inúmeros casos em que elas são
desrespeitadas, no entanto para que os valores éticos sejam praticados por todos e a sociedade
ser beneficiada, todos devem estar dispostos a proteger esses valores, para tanto é necessário,
que sejam claros, específicos e válidos para todos.

Para compreender um pouco melhor a necessidade de princípios éticos que conduzam a vida
em sociedade, experimentemos fazer o exercício de imaginar um cenário no qual não exista
nenhuma noção dê certo ou errado, moral ou imoral. Conseguiríamos fechar os olhos e
contemplar uma realidade na qual ninguém precisaria seguir uma fila para pagar uma conta,

7
ninguém precisaria respeitar regras de trânsito e todos poderíamos falar no tom de voz que
quisessem, independentemente do local?

É justamente por isso que a noção de ética é fundamental. Ela norteia os princípios e valores
de uma sociedade, para que ela possa prosperar com justiça, harmonia, integridade e
cooperação.
Geralmente, a discussão sobre ética vem à tona diante de grandes escândalos, quando há
muito dinheiro envolvido em um roubo ou diante de um caso de má conduta impressionante.
Contudo a ética nunca está ausente da vida em sociedade. Ser ético ou não é uma decisão que
você toma diariamente, nas pequenas acções do dia-a-dia.

Uma pessoa antiética é aquela que age de maneira contrária aos princípios éticos da sociedade
- ou do meio - na qual está inserida. De mesmo modo, sua atitude que vai na direcção
contrária do código ético em questão também é considerada antiética.

No campo da medicina, por exemplo, um médico que se recuse a prestar atendimento a uma
pessoa que necessite de auxílio está violando seu código de conduta e praticando uma atitude
considerada antiética. Exemplificam-se algumas atitudes antiéticas:

 Furar uma fila no banco, no restaurante ou no trânsito


 Comprar produtos roubados ou “piratas”
 Não devolver um objectivo que lhe foi emprestado
 Jogar lixo em local inapropriado
 Estacionar em local proibido
 Utilizar trabalho infantil ou escravo.

8
Conclusão

Em face das conquistas tecnológicas atuais, a ética está mais do que nunca presente nos
debates a respeito do comportamento humano e o seu estudo é sempre necessário em
decorrência da necessidade das pessoas orientarem seu comportamento de acordo com a nova
realidade na vida social. Assim, a Ética é o conjunto de normas morais pelo qual o indivíduo
deve orientar seu comportamento na profissão que exerce e é de fundamental importância em
todas as profissões e para todo ser humano, para que possamos viver relativamente bem em
sociedade.

Portanto, o fato ético, em interface com as transformações sociais, detém proporcionalmente a


possibilidade de actualizações. Da mesma forma que as sociedades transformam-se ao longo
do tempo, os valores culturais de que os indivíduos se servem para organizar sua realidade e
suas acções, também tendem a sofrer modificações. Deste modo, o conteúdo ético
mencionado está sujeito a alterações da mesma maneira que ocorre com o meio social.
Conceitos outrora considerados éticos podem perder tal status por ora ou definitivamente. A
reorganização produz uma nova realidade. Trata-se de um movimento que deve estar sempre
em análise, pois a sociedade é dinâmica e está em processo contínuo de mudança, como
expressa muito bem, a perspectiva dialéctica.

Contudo, a ética relaciona-se com as acções do homem, sendo direccionada para as inter-
relações sociais. Sob o ponto de vista dialéctico, o ideal ético fundamenta-se em uma vida
social igualitária e justa, ou seja, a ética, nessa visão, tem como pedra angular o bem
colectivo.

9
Bibliografia

LEITE, Jussandro Plácido. (2014). A ética aristotélica na sociedade brasileira actual:


Perspectiva da Filosofia para o Ensino Médio. Recuperado de
https://docplayer.com.br/16515762-A-etica-aristotelica-na-sociedade-brasileira-atual-
perspectiva-da-filosofia-para-o-ensino-medio.html. Acesso em 26 de Maio de 2021.

PUHL, Patrícia. (Novembro de 2014). Comportamento ético na sociedade. Recuperado de


http://faculdadelasalle.edu.br/eticaprofissionalecidadania/comportamento-etico-na-sociedade/
Acesso em 26 de Maio de 2021.

SALVADOR, Matateu Armando. (S.d). Ética Social. Manual de Tronco Comum.


Universidade Católica de Moçambique (UCM) - Centro de Ensino à Distância (CED). Beira –
Moçambique.

10

Você também pode gostar