Você está na página 1de 3

Homem Bíblico

A PROVISÃO DIVINA PARA O HOMEM


Deus, de forma graciosa, proveu especificamente tudo de eu precisamos como homens. Proveu um
caminho para a nossa salvação, santificação e glorificação. Essas três provisões são fundamentais
para um homem se tornar verdadeiramente um homem, o homem que Deus chama.

A PROVISÃO DA SALVAÇÃO
Deus proveu seu Filho Jesus Cristo para pagar a penalidade do pecado que nos era devida.
Ele que teve uma vida sem pecado carregou a sua cruz e com ela todos os nossos pecados. Deixou o
céu e a adoração que merece para passar as dificuldades neste mundo. Jesus é o homem que
devemos imitar. Sofreu vergonha, foi rejeitado pelos homens, sofreu a morte cruel de um criminoso,
carregou a culpa pelos nossos pecados, foi rejeitado pelo próprio Pai, sofreu o que nós homens
deveríamos sofrer. Somente Ele poderia o fazer para nos conduzir a Deus, pois Ele o É.
Foi por meio de sofrimento e da rejeição de Cristo na cruz que a justa ira de Deus contra o pecado
foi satisfeita e assim podermos ser perdoados a fé abrange:
 Reconhecer o verdadeiro motivo da nossa existência e o direito pleno de Deus sobre a nossa
vida e sobre como a vivemos: Renunciar a si mesmo, tomar a cruz e seguir Jesus. Pois quem
perder a sua vida por causa de Cristo vai encontra-la.
 Aproximar-se de Deus com uma atitude humilde, reconhecendo que não temos nada para
apresentar a Deus em nossa defesa. Humilhai-vos na presença de Deus.
 Clamar por Sua misericórdia e por Seu perdão em daquilo que merecemos
 Crer em Quem Cristo é e em Seu pagamento por nossos pecados
 Crer que Cristo ressuscitou dentre os mortos como Senhor sobre todas as coisas e que Se
assenta à destra do Pai como advogado de defesa de todo aquele que n’Ele crê.
Deus diz-nos que para entrar no reino de Deus é necessário ser tal qual uma criança em atitudes de
coração, a fé humilde como um filho precisa de um Pai para crescer saudável assim nós apoiarmos
em Cristo para crescermos na fé. Essa fé e santidade são a porta estreita (Mt 7. 13,14)
Essa fé e santidade tem de ser continua, e eterna.

A PROVISÃO DIVINA DA SANTIFICAÇÃO

A salvação apenas nos leva para perto de Cristo, porém não é ainda o que deveríamos ser. No nosso
dia devemos meditar as verdades do evangelho pelo rosário por exemplo.
Uma vez salvos, Deus inicia o processo de santificação e de crescimento para que quando orarmos
por ajuda divina, devemos nos esforçar para diligentemente para que nos tornarmos mais
parecidos com Cristo.
Dedicando a nossa vida a amar Deus e a viver para Ele, em lugar de vivermos para nós (renuncie a
vossa vontade, e fazei a vontade do Senhor).
Quando pecamos Deus pede para que confessemos, agradecemos, clamar para podermos mudar, e
por fim arrependermo-nos de acordo com o processo divino de mudança ao:
Renovar a nossa mente com as Escrituras. Conhecer bem as Escrituras para que possamos pensar
como Cristo e saber o que é certo e errado e que pensamentos são pecaminosos como:
Não consigo mais trabalhar! (desistência) –
Senhor, Tu sabes tudo a respeito desta situação difícil. Agradeço por este emprego/trabalho e peço
que me ajudes a preservar. Peço também que o Senhor me conceda outro emprego se isso for
melhor.

Só quero estar sozinho! (egoísmo) -


Senhor, Tu sabes que não estou disposto a servir neste momento, mas agradeço por ter uma família
e porque Tu me fortaleces. Ajuda-me a servir ao Senhor e ao próximo.

E se eu perder o meu emprego (temor) –


Senhor, oro pedindo que eu não perca este emprego, mas se isso acontecer, sei que o Senhor
proverá de alguma forma. Obrigado porque o Senhor é fiel e está no controle. Confio em Ti.

Temos que nos despedir das velhas ações e nos revestir da retidão - Planejar como e quando um
pecado em particular será evitado e determinar maneiras especificas de aplicar alternativas justas.
O arrependimento só acontece quando são feitas essas duas ações.
Temos de estar em constante mudança e renovação das nossas ações para que o nosso objetivo seja
a santidade. Assim tendo por base:

A palavra de Deus + Espírito Santo -daremos frutos à semelhança de Cristo


Eu- Obras de carne

A PROVISÃO DIVINA DA GLORIFICAÇÃO

Deus promete nos levar ao céu onde Ele está. A nossa vida não termina aqui! O breve tempo que
aqui estamos em nada resume o significado da vida. Tudo coopera com Deus para que estejamos
com Ele eternamente.
Nós cristãos, precisamos de ter a nossa mente voltada para as coisas do alto e não as da terra, pois a
terra é passageira e o alto é eterno, é Deus. Esta vida não é o céu, temos de fazer para que a nossa
eternidade seja no céu. Devemos meter o nosso futuro em e com Cristo.

O PERFIL DA MASCULINIDADE CRISTÃ

De várias descrições de homens, nenhuma nos interessa sem ser a Bíblica, o que Deus que de mim
enquanto homem? Quais as diferenças entre meninos e homens e homens e mulheres?
A verdadeira masculinidade, diz-nos as escrituras, que um homem irá liderar e irá lutar para ser o
tipo certo de líder. Hoje em dia somos bombardeados de opiniões do que é um homem, já ninguém
sabe o que é ser homem hoje em dia devido a pecaminosidade e a falta de absolutos.
A história do conceito de masculinidade é triste, estamos distantes do que Deus nos pede, é uma
definição confusa. No princípio Deus criou o primeiro homem perfeito – Adão , sendo criado pelo
Criador perfeita, é a personificação verdadeira de masculinidade. Porém o seu corpo e sua alma
foram gravemente afetados pelo pecado, a masculinidade foi corrompida.
Ideias corrompidas acerca do que define um homem têm influenciado as pessoas negativamente ao
longo da história.
Cada vez estamos mais longe de Deus e isso vê-se nas manifestações, nas opiniões das pessoas, etc.
J.I. Packer vê este declínio da sociedade da seguinte maneira: “A verdade é que, uma vez que
perdemos contacto com Deus e com a Sua Palavra, perdemos o sentido de comunidade (pois o
pecado destrói o amor ao próximo) e de nossa própria identidade (pois, no nível mais profundo,
não sabemos quem ou o que somos, ou por que motivos existimos)”. – Knowing Man
A sabedoria humana é enganosa, a Biblia diz que “Há um caminho que ao homem parece direito, ma
o fim dele conduz à morte”. O homem não deve seguir os seus desejos ou os desejos da sociedade,
mas somente os desejo de Deus, renunciar aos desejos terrenos. Pois como estamos a ver, a
atualidade está um caos, por seguir o que acha que é certo ou pelas opiniões humanas. Os jovens
estão desordenados, desequilibrados física e mentalmente , e na alma. Cada vez mais homens
abandonam as suas responsabilidades e seus deveres, entram em depressões. Na igreja não há
homens capazes de liderar e de servir de exemplo para a masculinidade. E ainda pior com o
surgimento do feminismo Cristão que obra do diabo, obra da vaidade pois não tem Deus na sua
fundação. Estamos a perder o género com pessoa negarem que exista género e outras a trocar o
sexo. Abandonamos Deus, abandonamos os seus conceitos, abandonamos a única fonte confiável
que temos: A Palavra de Deus. A verdade de Deus é eterna, é a mesma para os tempos modernos e
para a cultura atual. “O poder divino deu-nos tudo o que contribui para a vida e a piedade, fazendo-
nos conhecer aquele que nos chamou por sua glória e sua virtude.”
É preciso obedecermos e sermos escravos da Palavra do Senhor, para atingir a Sua glória.

CARACTERISTICAS BASICAS DA MASCULINIDADE

A palavra de Deus descreve 6 características básicas dos seres humanos, que implicam diretamente
sobre a masculinidade.

A masculinidade é uma questão mental, não importa a altura, a força etc. o que realmente conta é o
que está dentro de um homem e não o que está fora. A masculinidade é uma questão de mente ou
do coração.