Você está na página 1de 112

PM-BA

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA

LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
LEI ESTADUAL N° 7.990/01 - PARTE - I

Pós-edital

Livro Eletrônico
VINÍCIO FERREIRA

Professor de Preparatórios para Concurso. Agente


de Polícia Civil do Distrito Federal desde 2013.
Aprovado em vários concursos públicos, dentre
eles: Secretaria de Cidadania e Justiça – Con-
curso 2010, Correios – Concurso 2011, Caixa
Econômica Federal – Concurso 2012, Polícia Ro-
doviária Federal – Concurso 2013, Polícia Civil
do Distrito Federal/Escrivão – Concurso 2013

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Apresentação..............................................................................................4
Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia, Lei Estadual n. 7.990/2001
– Parte 01................................................................................................ 10
Das Generalidades..................................................................................... 10
Do Ingresso na Polícia Militar...................................................................... 12
Do Compromisso Policial Militar................................................................... 13
Da Hierarquia Policial Militar........................................................................ 14
Das Formas de Provimento......................................................................... 18
Das Situações Institucionais da Polícia Militar................................................ 20
Da Estabilidade......................................................................................... 29
Da Deontologia Policial Militar...................................................................... 31
Do Regime Disciplinar................................................................................ 35
Mapas Mentais.......................................................................................... 40
Exercícios................................................................................................. 56
Gabarito................................................................................................... 75
Gabarito Comentado.................................................................................. 76

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 3 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Apresentação
Olá, amigo(a), tudo bem com você?

É com enorme satisfação que faço parte da equipe Gran Cursos On Line, cur-

so preparatório para concursos públicos da maior qualidade e credibilidade, e que

estou aqui, diante de você, para estudarmos para o concurso da Polícia Militar do

Estado da Bahia.

Sou o Professor Vinício Ferreira. Irei ministrar esse curso sobre Legislação Ins-

titucional.

Antes de iniciarmos nossos estudos, irei contá-lo um pouco sobre minha trajetó-

ria para que eu chegasse até aqui, diante de você, para contribuir com a sua futura

aprovação.

Faço parte da Polícia Civil do Distrito Federal – PCDF. Ocupo o cargo de Agente

de Polícia Civil há 05 anos. Fui aprovado no último concurso, aplicado no ano de

2013. Há 04 (quatro) anos, iniciei minha jornada como professor de cursos prepa-

ratórios para concursos públicos.

Minha história como concurseiro tem a seguinte trajetória: tive uma sor-

te diferente dos demais candidatos aprovados em certames públicos, fui aprovado

no primeiro concurso em que me inscrevi.

Em meados de 2009/2010, inscrevi-me e fui aprovado no concurso para o car-

go de Educador Social da Secretaria de Cidadania e Justiça do Estado de Goiás. Eu

trabalhava com o trato direto com os adolescentes em conflito com a lei, numa uni-

dade destinada ao cumprimento da medida socioeducativa de internação. Lembra

da FEBEM, atual Fundação Casa? Pois, é, foi em um ambiente semelhante onde eu

iniciei minha jornada como servidor público. Na época, como exercia minhas fun-

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 4 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

ções em regime de plantão, por escala, no período noturno, continuei com o meu

emprego na iniciativa privada.

Meus horários eram os seguintes: na iniciativa privada, trabalhava em ho-

rário comercial, de 08:00 as 17:30, de segunda a sexta; no sábado, de 08:00 as

12:00; no serviço público, trabalhava no período noturno, numa escala de 12 horas

de trabalho por 60 horas de descanso.

Por que estou lhe contando esse período de minha vida e falando, in-

clusive, dos meus horários? Quero mostrar a você, prezado concurseiro(a),

que é possível ser aprovado em concursos públicos mesmo dispondo de pouco

tempo para estudar.

Minha história como concurseiro prosseguiu. Em 2012, resolvi estudar para ou-

tros certames. Já me encontrava cansado da rotina de trabalhar em 02 (dois) luga-

res. Acredite, amigo(a), eu ainda fazia”bico” em um terceiro trabalho. Neste ano,

fui aprovado em diversos concursos públicos, como CORREIOS, Caixa Econômica

Federal, entre outros. Embora em alguns desses concursos em que fui aprovado,

a remuneração fosse melhor, até mesmo maior da que eu dispunha nos 02 (dois)

trabalhos, uma vontade maior tomou conta de mim: queria ser policial.

No final de 2012, comecei a estudar para os concursos das carreiras policias. Em

2013, consegui ser aprovado em vários concursos públicos, principalmente na área

de segurança pública. Fui aprovado, por exemplo, nos concursos da PRF e da PCDF

(agente e escrivão), duas das maiores instituições policiais deste país.

No ano de 2014, tive umas das principais experiências de minha vida: cursos

de formação. Caro aluno(a), tive a satisfação de ser um dos aprovados na PRF que

tiveram a honra de integrar os candidatos que inauguraram a ANPRF – Academia

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 5 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Nacional de Polícia Rodoviária Federal, em Florianópolis/SC. Em seguida, fiz o curso

da Polícia Civil do Distrito Federal, optando, após análise de uma série de variáveis,

por este cargo, que ocupo até o presente momento.

Hoje, tenho orgulho em ser Agente de Polícia da PCDF.

Como você pode observar, eu tinha pouca disponibilidade de tempo para me

preparar para as provas, mas, mesmo assim, consegui ser aprovado em muitos

concursos.

Como eu consegui?

Eu priorizava a qualidade em detrimento da quantidade. Além disso, eu sempre

tive muita disciplina para estudar: hora de estudar era hora de estudar, sem nenhu-

ma distração ou algo que pudesse atrapalhar minha jornada de estudos.

Sendo assim, recomendo estes pilares para embasar os seus estudos: qualida-

de e disciplina.

Acredito fielmente que você possa obter êxito em sua jornada como candidato

a vagas em concursos públicos, tornando-se integrante da PM-BA, independente-

mente da trajetória pela qual você passou para chegar até aqui, diante deste ma-

terial.

Irei fazer o possível para trazer o conteúdo pertinente da maneira que é mais

cobrado em prova. Meu objetivo é fazer com que você gabarite as questões desta

disciplina.

Cronograma das Aulas

O concurso da Polícia Militar do Estado da Bahia será aplicado pela banca exa-

minadora IBFC – Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 6 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Sua prova objetiva, que será aplicada na data provável de 19 de janeiro de

2020, será composta de 80 (oitenta) questões, distribuídas da seguinte forma: 50

(cinquenta) itens correspondentes aos conhecimentos gerais, com peso 0,8, totali-

zando 40 pontos; e 30 (trinta) itens que correspondem aos conhecimentos especí-

ficos, com peso 2, totalizando 60 (sessenta) pontos.

Iremos nortear nosso estudo tendo a mencionada banca examinadora como

referência.

Nosso curso terá a seguinte sequência de aulas:

Aula Conteúdo

Regime Jurídico do Militar Estadual: Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia (Lei
01
Estadual n. 7.990/2001) – parte 01
Regime Jurídico do Militar Estadual: Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia (Lei
02
Estadual n. 7.990/2001) – parte 02
Regime Jurídico do Militar Estadual: Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia (Lei
03
Estadual n. 7.990/2001) – parte 03
04 Lei Estadual n. 13.201/2014 (Reorganização da Polícia Militar)

Todos os tópicos abordados em nosso curso são muito importantes e têm gran-

des chances de serem cobrados em sua prova.

Provas Anteriores

A última prova para soldado da PM-BA foi aplicada também pela Banca Exami-

nadora IBFC, no ano de 2017, tendo sido ofertadas 2000 (duas mil) vagas.

Foram cobradas, no concurso de 2017, 05 (cinco) questões referentes à nossa

disciplina.

As questões foram distribuídas da seguinte forma:

• 03 (três) questões da Lei Estadual n. 7.990/2001;

• 02 (duas) questões da Lei Estadual n. 13.201/2014.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 7 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Metodologia

Quais são os objetivos deste curso?

Amigo(a), este curso tem diversos objetivos. Irei citar os principais: contribuir

para que você obtenha êxito em sua jornada como candidato a uma vaga no con-

curso público da Polícia Militar do Estado da Bahia e facilitar sua compreensão e

entendimento sobre os diplomas normativos aqui mencionados.

Como funcionarão as nossas aulas?

Nossas aulas serão compostas de, basicamente, explicação sobre as Leis. Nos-

sa disciplina tem pouca ou quase nenhuma doutrina e jurisprudência, o que pode

facilitar bastante a sua compreensão.

As principais partes de nossa aula serão:

• Esquemas dos principais tópicos: irei fazer variados esquemas para con-

tribuir com seu entendimento;

• Questões: a banca que aplicará nossa prova é a IBFC. Como não temos

muitas questões disponíveis sobre nossa disciplina, confeccionarei muitas das

alternativas que utilizaremos, nomeando-as de “inéditas”. Farei essas alter-

nativas com todo esforço buscando simular as possíveis questões que serão

cobradas em sua prova.

Iremos fazer comentários sobre os principais dispositivos das Leis, explicando

os pontos mais relevantes. Abordaremos os conteúdos das Leis de maneira dife-

rente, para que você veja o conteúdo com um outro formato, distinto daquele que

vemos na própria legislação.

Na resolução das questões, mencionarei, quando necessário, o dispositivo legal

correspondente, para que você possa acompanhar utilizando-se da Lei respectiva.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 8 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Suporte

Informo-lhe que me coloco à disposição para sanar qualquer dúvida que você

tenha sobre o conteúdo de nossas aulas.

Ter dúvidas é muito importante, HEHE. São as dúvidas que nos ajudam a evo-

luir, a crescer como estudante. Tirar dúvidas é primordial. Quando você faz uma

pergunta sobre algo que não compreendeu perfeitamente e recebe uma resposta

com qualidade, que é o que farei para você, aquele conteúdo entra em local de

destaque dentro de sua memória.

Sendo assim, peço-lhe encarecidamente: tenha dúvidas; tire suas dúvidas.

Vamos começar nosso estudo?

Vamos à luta?

Bons estudos!

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 9 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

ESTATUTO DOS POLICIAIS MILITARES DO ESTADO DA


BAHIA, LEI ESTADUAL N. 7.990/2001 – PARTE 01
A Lei n. 7.990/2001 dispõe sobre o Estatuto dos Policiais Militares do Estado da

Bahia e dá outras providências.

Das Generalidades

Estatuto da PM-BA

Regula o ingresso, as situações institucio-


nais, as obrigações, os deveres, direitos,
garantias e prerrogativas dos integrantes
da Polícia Militar do Estado da Bahia

Professor, quem são os integrantes da Polícia Militar do Estado da Bahia?

Caro(a) aluno(a), os integrantes da Polícia Militar do Estado da Bahia constituem

a categoria especial de servidores públicos militares estaduais denomina-

dos policiais militares, cuja carreira é integrada por cargos técnicos estruturados

hierarquicamente.

Categoria especial de servidores públicos


Integrantes da PM-BA militares estaduais denominados policiais
militares

A seguir iremos falar sobre a hierarquia e a disciplina; assunto bastante impor-

tante em relação à polícia militar.

Já o adianto que elas são a base da PM-BA e possuem características próprias,

que os diferenciam entre si.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 10 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

É muito importante que você compreenda os dois institutos.

A hierarquia está relacionada ao respeito aos superiores, definindo quem manda

e quem obedece, e a disciplina está relacionada ao cumprimento dos deveres e das

normas.

É a organização em carreira da autori-


dade em níveis diferentes, dentro da es-
Hierarquia trutura da Polícia Militar, consubstanciada
no espírito de acatamento à sequência de
autoridade

Base institucional da Polícia


Militar do Estado da Bahia
É a rigorosa observância e o acatamento integral
das leis, regulamentos, normas e disposições que
fundamentam o organismo policial militar e coor-
Disciplina denam seu funcionamento regular e harmônico,
traduzindo-se pelo perfeito cumprimento do de-
ver por parte de todos e de cada um dos compo-
nentes desse organismo

Professor, quando a disciplina e a hierarquia devem ser observadas e mantidas?

Amigo(a), a disciplina e o respeito à hierarquia devem ser observados e manti-

dos em todas as circunstâncias da vida, entre os policiais militares.

A situação jurídica dos policiais militares será definida apenas por este estatu-

to?

Guerreiro(a), não. A  situação jurídica dos policiais militares será definida de

forma mais abrangente.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 11 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Observe:

Pelos dispositivos constitucionais que lhe forem


aplicáveis

A SITUAÇÃO JURÍDICA DOS


POLICIAIS MILITARES SERÁ Pelo Estatuto da PM-BA, Lei nº 7.990/2001
DEFINIDA

Por legislação específica e peculiar que lhes


outorguem direitos e prerrogativas e lhes
imponham deveres e obrigações

Do Ingresso na Polícia Militar

A seguir, veremos os requisitos e condições para ingresso na Polícia Militar do

Estado da Bahia, assunto muito importante para a sua prova e que se encontra en-

tre os mais abordados em relação ao tema “legislações militares”.

Sendo assim, preste bastante atenção ao assunto.

Aptidão física e mental, comprovada


mediante exames médicos, testes
físicos e exames psicológicos, na forma
prevista em edital
Ser brasileiro nato ou naturalizado
Possuir estatura mínima de 1,60 m para
candidatos do sexo masculino e 1,55 m
para as candidatas do sexo feminino Ter o mínimo de 18 e o máximo de 30 anos de idade

Estar em dia com o Serviço Militar


Possuir a escolaridade ou formação Obrigatório
profissional exigida ao acompanhamento São requisitos e condições
do curso de formação a que se candidata, para o ingresso na Polícia
na forma prevista em edital Militar

Ser eleitor e achar-se em


gozo dos seus direitos
Possuir Carteira Nacional de Habilitação válida, políticos
categoria B

Possuir idoneidade moral,


comprovada por meio de folha
corrida policial militar e judicial,
na forma prevista em edital

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 12 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Sobre os requisitos e condições vistas logo acima, é importante destacar:

Altura mínima Altura mínima


Idade mínima Idade máxima
Homem Mulher

18 anos 30 anos 1,60 m 1,55 m

Ingresso na PM-BA

É assegurado aos aprovados em concurso público de


provas ou de provas e títulos, mediante matrícula
em curso profissionalizante, observadas as condições
prescritas no Estatuto, nos Regulamentos e nos res-
pectivos editais de concurso da Instituição

Do Compromisso Policial Militar

Todo cidadão, após ingressar na Polícia Militar, prestará compromisso de

honra, no qual afirmará a sua aceitação consciente das obrigações e dos deveres

policiais militares e manifestará a sua firme disposição de bem cumpri-los.

O compromisso terá caráter solene e será prestado pelo policial militar na pre-

sença da tropa, no ato de sua investidura, conforme os seguintes dizeres:

“Ao ingressar na Polícia Militar do Estado da Bahia, prometo regular a minha

conduta pelos preceitos da moral, cumprir rigorosamente as ordens legais das au-

toridades a que estiver subordinado e dedicar-me inteiramente ao serviço policial

militar, à manutenção da ordem pública e à segurança da sociedade mesmo com o

risco da própria vida”.

Ao ser promovido ou nomeado ao primeiro posto, o Oficial prestará com-

promisso, em solenidade especial, nos seguintes termos:

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 13 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

“Perante as Bandeiras do Brasil e da Bahia, pela minha honra, prometo cumprir

os deveres de Oficial da Polícia Militar do Estado da Bahia e dedicar-me inteiramen-

te ao seu serviço”.

Da Hierarquia Policial Militar

Veremos, a seguir, os postos e graduações que formam a estrutura hierárquica

dentro da Polícia Militar do Estado da Bahia.

Posto Graduação

É o grau hierárquico do Oficial É o grau hierárquico do Praça


Conferido por ato do Governa- Conferido pelo Comandante
dor do Estado e registrado em Geral da Polícia Militar
Carta Patente

Da Escala Hierárquica

Os postos e graduações da escala hierárquica são os seguintes

Oficiais Praças Especiais Praças

- Aspirante-a-Oficial PM
- Aluno-a-Oficial PM
- Coronel PM
- Aluno do Curso de Formação de - Subtenente PM
- Tenente Coronel PM
Sargentos PM - 1º Sargento PM
- Major PM
- Aluno do Curso de Formação de - Cabo PM
- Capitão PM
Cabos PM - Soldado 1ª Classe PM
- 1º Tenente PM
- Aluno do Curso de Formação de
Soldados PM

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 14 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Quando se tratar de policial militar dos Quadros Complementar e Auxiliar, o pos-

to será seguido da designação policial militar e da abreviatura da especialidade.

Sempre que o policial militar da reserva remunerada ou reformado fizer uso do

posto ou graduação, deverá fazê-lo com as abreviaturas indicadoras de sua situa-

ção.

Professor, o que é policial militar da reserva remunerada ou reformado?

Amigo(a), entenda da seguinte forma:

Policial Militar da Reserva Policial Militar Reformado


Remunerada
É aquele que está na inativida-
É aquele que está na inativida- de e não pode mais ser convo-
de, mas ainda pode ser convo- cado para o serviço ativo
cado para o serviço ativo

Da Precedência

Precedência entre poli-


ciais militares da ativa, do
mesmo grau hierárquico

É assegurada pela antiguidade no posto


ou graduação e pelo Quadro, salvo nos
casos de precedência funcional estabele-
cida em Lei

Como assim, professor?

Guerreiro(a), a precedência serve para definir a hierarquia entre policiais mili-

tares do mesmo posto ou graduação.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 15 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Por exemplo:
Entre 02 (dois) capitães, quem terá precedência?
Entre 02 (dois) cabos, quem terá precedência?
Terá precedência o mais antigo no posto, no caso dos capitães; e na gradua-
ção, no caso dos cabos, exceto na hipótese de precedência funcional estabelecida
pela Lei.

Professor, como será contada a antiguidade em cada posto ou graduação?

Resposta: a antiguidade em cada posto ou graduação é contada a partir


da data da assinatura do ato da respectiva promoção ou nomeação, salvo
quando for fixada outra data.

Professor, e se houver igualdade?

Amigo(a), havendo igualdade na antiguidade, esta será estabelecida da seguin-

te forma:

Entre policiais militares


Pela posição, nas respectivas escalas
do mesmo Quadro

Pela antiguidade no posto ou graduação


anterior
Se, ainda assim, subsistir a igualdade, recorrer-
Nos demais casos -se-á, sucessivamente, aos graus hierárquicos an-
teriores, à data de praça e à data de nascimento
para definir a precedência, sendo considerados mais
antigos, respectivamente, os de data de praça mais
antiga e de maior idade

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 16 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Entre os alunos de um De acordo com o regulamento do respectivo órgão,


mesmo órgão de forma- se não estiverem especificamente enquadrados nas
ção de policiais militares hipóteses acima

Amigo(a), é importante mencionar que, nos casos de nomeação coletiva por

conclusão de curso e promoção ao primeiro posto ou graduação, prevalecerá, para

efeito de antiguidade, a ordem de classificação obtida no curso.

Em igualdade de posto ou graduação, os policiais militares da ativa têm

precedência sobre os da inatividade.

Tratando-se de igualdade de posto ou graduação, a precedência entre os poli-

ciais militares de carreira na ativa e os convocados é definida pelo tempo de efetivo

serviço no posto ou graduação destes.

Em igualdade de posto, os Oficiais do Quadro de Segurança terão precedência so-

bre os Oficiais do Quadro de Oficiais Auxiliares da Polícia Militar e estes terão pre-

cedência sobre os Oficiais do Quadro Complementar de Oficiais Policiais Militares.

A precedência entre os Praças Especiais e aos


demais é assim regulada

O Aspirante Oficial é O Aluno Oficial é O Aluno do Curso de


hierarquicamente superior hierarquicamente superior Formação de Sargentos é
aos praças aos Subtenentes hierarquicamente superior ao
Cabo

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 17 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Das Formas de Provimento

Guerreiro(a), entenda provimento como a maneira de se ocupar um cargo pú-

blico que se encontra vago.

Nomeação

São formas de provimento do


Reversão
cargo de policial militar

Reintegração

Exemplificando: há cargos vagos na PM-BA. Você será um futuro aprovado no

concurso público e, após todas as etapas, será nomeado para investir, por meio da

posse, no cargo de policial militar. A nomeação é a forma de se prover o cargo que

se encontra vago.

Quando se tratar
Em caráter
de provimento em
permanente
cargo da carreira

A nomeação se
fará

Para cargos de
Em caráter
livre nomeação e
temporário
exoneração

Se a nomeação é o ato de provimento, como se dará a investidura em cargo

policial militar?

Guerreiro(a), a investidura nos cargos se dará com a posse.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 18 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

O efetivo exercício se dará com o desempenho das atribuições inerentes aos


cargos.

Professor, quem serão os competentes para dar posse?

Resposta: são competentes para dar posse o Governador do Estado e o Co-


mandante Geral da Polícia Militar.

É o ato pelo qual o Policial Militar retorna


Reversão
ao serviço ativo

Observe as hipóteses de reversão:

Quando cessar o motivo que determinou


a sua agregação, devendo retornar à escala
hierárquica, ocupando o lugar que lhe compe-
tir na respectiva escala numérica, na primeira
A reversão
vaga que ocorrer
ocorrerá nas
seguintes hipó- O Policial Militar reverti-
teses Quando cessar o período de exer- do nesta hipótese, que for
cício de mandato eletivo, devendo promovido, passará a ocupar
retornar ao mesmo grau hierár- o mesmo lugar na escala
quico ocupado e mesmo lugar que numérica, observado o novo
lhe competir na escala numérica grau hierárquico, sendo tal
no momento de sua transferência previsão aplicada, tão so-
para a reserva remunerada mente, à primeira promoção
ocorrida após a reversão

A competência para a reversão será:


• Da mesma autoridade que efetuou a agregação, ou seja, por ato do Gover-
nador do Estado ou da autoridade por ele delegada, quanto aos Oficiais;

e por ato do Comandante Geral ou da autoridade por ele delegada,

quanto aos praças.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 19 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

• Da autoridade competente para efetuar a transferência do Policial Mi-

litar para a reserva remunerada, nos termos da legislação vigente.

É o retorno do policial militar demitido ao cargo ante-

Reintegração riormente ocupado ou o resultante de sua transforma-


ção, quando invalidado o ato de afastamento pela via
judicial, por sentença transitada em julgado, ou pela
via administrativa

Das Situações Institucionais da Polícia Militar


Os de carreira

Os convocados

Os praças
especiais

Os agregados

Na ativa Os excedentes

Os ausentes e
desertores

Os desaparecidos e
O policiais militares encon-
extraviados
tram-se organizados em
carreira, em uma das se-
guintes situações institucio- Os da reserva
nais remunerada
Na inatividade

Os reformados

Os da reserva
não remunerada

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 20 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Professor, quem é o policial militar de carreira?

Caro(a) aluno(a), policial militar de carreira é aquele que se encontra no de-

sempenho do serviço policial militar a partir da conclusão com aproveitamento,

do respectivo curso de formação.

Policial militar da
reserva remunerada

Por conveniência da Administração, em caráter transi-


tório e mediante aceitação voluntária, poderá ser con-
vocado para o serviço ativo, por ato do Governador
do Estado

O Policial Militar da reserva remunerada convocado para o serviço ativo terá os

direitos e deveres dos da ativa de igual situação hierárquica, exceto quanto

à promoção, a qual não concorrerá, fazendo jus ao respectivo acréscimo no seu

tempo de serviço e a uma indenização no valor de 50% (cinquenta por cento)

dos seus proventos, enquanto perdurar a convocação, que terá a duração neces-

sária ao cumprimento da atividade ou missão que lhe deu origem e deverá ser pre-

cedida de inspeção de saúde, vedado o exercício de cargo ou função de comando,

direção e chefia.

A nomeação para cargo em comissão não implicará em convocação.

Os Praças Especiais são os Aspirantes a Oficial e Alunos dos diversos cursos de

formação.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 21 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Os Aspirantes a Oficial

Os Alunos do Curso de Formação de Oficiais


do Quadro de Oficiais Policiais Militares

Os Alunos do Curso de Formação de Oficiais


do Quadro Complementar
Integram a categoria
dos Praças Especiais
Os Alunos do Curso de Formação Oficiais Auxiliares

Os Alunos do Curso de Formação de Sargentos

Os Alunos do Curso de Formação de Soldados

Equiparam-se aos Alunos do Curso


de Formação de Oficiais do Qua-
dro de Oficiais Policiais Militares

Os Alunos do Curso de Formação de


Oficiais do Quadro de Oficiais Bombei-
ros Militares realizados na Polícia Mili-
tar da Bahia ou em outras Instituições
militares

Veja como se dará a remuneração dos Alunos Oficiais durante o curso profissio-

nalizante:

Durante o período de realização do curso profissionalizante, os alunos oficiais recebe-


rão, a título de bolsa de estudo, o equivalente a
30% da remuneração do posto 35% da remuneração do posto 40% da remuneração do posto
de 1º Tenente de 1º Tenente de 1º Tenente
Durante o 1ª ano Durante o 2º ano Durante o do 3ºano

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 22 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Tratando-se de policial militar de carreira, o Aluno poderá optar pela percepção da

bolsa de estudo mencionada acima ou pela remuneração do seu posto ou gradua-

ção, acrescida das vantagens pessoais.

É a situação na qual o policial militar da ativa dei-


Agregação xa de ocupar vaga na escala hierárquica de seu
Quadro, nela permanecendo sem número

Analise em quais hipóteses o Policial Militar será agregado:

Nomeado para cargo


Contada a partir da
policial militar ou con- data de posse no novo
siderado de natureza cargo até o regresso à
policial militar, esta- PM ou à transferência
O PM será agrega- belecido em Lei, não de ofício para a reserva
do e considerado, previsto no Quadro de remunerada
para todos os efei- Organização da PM
tos legais, como
em serviço ativo,
quando Estiver aguardando sua
transferência, a pedido
Contada a partir da
ou de ofício para a re-
data indicada no ato
serva remunerada, por
que a torna pública
ter sido enquadrado em
quaisquer dos requisitos
que a motivarem

Vejamos, agora, outras hipóteses de agregação do policial militar:

• O policial militar será agregado quando for afastado, temporariamente, do

serviço ativo por motivo de:

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 23 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

–– Ter sido julgado incapacitado, temporariamente, para o serviço policial mili-

tar e submetido a gozo de licença para tratamento de saúde própria, a pe-

dido ou de ofício, ou por motivo de acidente. A agregação do policial militar

será contada a partir do primeiro dia após os respectivos prazos e enquanto

durar o evento.

–– Ter ultrapassado doze meses em licença para tratamento de saúde própria.

A agregação do policial militar será contada a partir do primeiro dia após os

respectivos prazos e enquanto durar o evento.

–– Ter entrado em gozo de licença para tratar de interesse particular ou para

acompanhar cônjuge ou companheiro. A agregação do policial militar será

contada a partir da data indicada no ato que tornar público o respectivo

evento.

–– Ter ultrapassado seis meses contínuos em gozo de licença para tratar de

saúde de pessoa da família. A agregação do policial militar será contada a

partir do primeiro dia após os respectivos prazos e enquanto durar o even-

to.

–– Ter sido julgado incapaz definitivamente, enquanto tramita o processo de

reforma. A agregação do policial militar é contada a partir da data indicada

no ato que tornar público o respectivo evento.

–– Ter sido considerado oficialmente extraviado. A agregação do policial mili-

tar é contada a partir da data indicada no ato que tornar público o respec-

tivo evento.

–– Ter-se esgotado o prazo que caracteriza o crime de deserção previsto

no Código Penal Militar, se oficial ou praça com estabilidade assegurada.

A agregação do policial militar é contada a partir da data indicada no ato

que tornar público o respectivo evento.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 24 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

–– Ter, como desertor, se apresentado voluntariamente, ou ter sido captura-


do e reincluído a fim de se ver processar. A  agregação do policial militar
é contada a partir da data indicada no ato que tornar público o respectivo
evento.
–– Se ver processar administrativamente ou através de processo judicial, após
ficar exclusivamente à disposição da Justiça. A agregação do policial militar
é contada a partir da data indicada no ato que tornar público o respectivo
evento.
–– Ter sido condenado a pena restritiva de liberdade superior a seis meses,
por sentença transitada em julgado, enquanto durar a execução, incluí-
do o período de sua suspensão condicional, se concedida esta, ou até ser
declarado indigno de pertencer à Polícia Militar ou com ela incompatível.
A agregação do policial militar é contada a partir da data indicada no ato
que tornar público o respectivo evento.
–– Ter sido condenado à pena de suspensão do exercício do posto, graduação,
cargo ou função prevista no Código Penal Militar ou em outros diplomas
legais, penais ou extrapenais. A agregação do policial militar é contada a
partir da data indicada no ato que tornar público o respectivo evento.
–– Ter passado à disposição de órgão ou entidade da União, de outros Esta-
dos, do Estado ou do Município, para exercer cargo ou função de natureza
civil. A agregação do policial militar será contada a partir da data da posse
no cargo até o regresso à Polícia Militar ou transferência de ofício para a
reserva.
–– Ter sido nomeado para qualquer cargo, emprego ou função público civil
temporário, não eletivo, inclusive da administração indireta. A agregação
do policial militar será contada a partir da data da posse no cargo até o re-
gresso à Polícia Militar ou transferência de ofício para a reserva.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 25 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

–– Ter se candidatado a cargo eletivo, desde que conte dez ou mais anos de
serviço. A agregação do policial militar será contada a partir da data do re-
gistro como candidato até sua diplomação ou seu regresso à Polícia Militar,
se não houver sido eleito.
–– Permanecer desaparecido por mais de trinta dias, na forma do art. 30 desta
Lei. A agregação do policial militar é contada a partir da data indicada no
ato que tornar público o respectivo evento.

Ainda sobre a agregação, é importante ressaltar que:

• O policial militar agregado fica sujeito às obrigações disciplinares con-

cernentes às suas relações com outros policiais militares e autori-

dades civis, salvo quando titular de cargo que lhe dê precedência funcional

sobre outros policiais militares ou militares mais graduados ou antigos.

• O policial militar agregado ficará adido, para efeito de alterações e remune-

ração, ao órgão de pessoal da Instituição, continuando a figurar no respectivo

registro, sem número, no lugar que até então ocupava.

• O policial militar agregado, quando no desempenho de cargo policial militar,

ou considerado de natureza policial militar, concorrerá à promoção, por qual-

quer dos critérios, sem prejuízo do número de concorrentes regularmente

estipulado.

Por ato do Governador


do Estado ou da autori-
Quanto aos Oficiais
dade por ele delegada

A agregação se faz
Por ato do Comandante
Geral ou da autoridade
Quanto aos praças
por ele delegada

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 26 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Agora, vamos falar sobre o policial militar excedente:

Tendo cessado o motivo que deter-


minou sua agregação, seja reverti-
do ao respectivo Quadro, estando o
mesmo com seu efetivo completo

Seja promovido por bravura, sem


É a situação
haver vaga
transitória a que,
Excedente automaticamen-
Sendo o mais moderno da respecti-
te, passa o poli-
va escala hierárquica, ultrapasse o
cial militar que
efetivo de seu Quadro, em virtude
da promoção de outro policial mili-
tar em ressarcimento de preterição

Tendo cessado o motivo que deter-


minou sua reforma por incapacidade,
retorne ao respectivo Quadro, estando
este com seu efetivo completo

Guerreiro(a), o policial militar, cuja situação é de excedente, ocupará a mesma

posição relativa, em antiguidade, que lhe cabe na escala hierárquica e receberá o

número que lhe competir, em consequência da primeira vaga que se verificar, sendo

o policial militar, na situação de excedente, considerado para todos os efeitos

como em efetivo serviço e a ele se aplicam, respeitados os requisitos legais, em

igualdade de condições e sem nenhuma restrição, as normas para indicação para

cargo policial militar, curso ou promoção.

O policial militar, excedente por haver sido promovido por bravura sem haver vaga,

ocupará a primeira vaga aberta, deslocando o critério de promoção a ser seguido

para a vaga seguinte.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 27 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Vejamos, agora, as hipóteses em que o policial militar será considerado ausen-

te:

Deixar de comparecer à sua organização poli-


cial militar sem comunicar motivo de impedimento

Ausentar-se, sem licença, da organização policial


militar onde serve ou do local onde deva permanecer

Deixar de se apresentar no lugar designado,


findo o prazo de trânsito ou férias

É considerado ausen- Deixar de se apresentar à autoridade competente


te o policial militar após a cassação ou término de licença ou agregação
que, por mais de 24 ou ainda no momento em que é efetivada mobilização,
horas consecutivas declarado o estado de defesa, de sítio ou de guerra

Deixar de se apresentar a autoridade competente,


após o término de cumprimento de pena

É também considerado ausente o policial militar que


deixar de se apresentar no momento da partida
de comboio que deva integrar, por ocasião de desloca-
mento da unidade em que serve

Professor, escutamos falar tanto da deserção. Quando o policial militar será

considerado desertor?

Caro(a) aluno(a), o policial militar será considerado desertor nos casos previs-

tos na legislação penal militar.

É considerado
desaparecido

O policial militar na ativa, assim declara-


do por ato do Comandante Geral, quan-
do no desempenho de qualquer serviço,
em viagem, em operação policial militar
ou em caso de calamidade pública, tiver
paradeiro ignorado por mais de 8 dias

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 28 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

A situação de desaparecimento apenas será considerada quando não houver indício

de deserção.

O policial militar que permanecer desaparecido por mais de 30 (trinta) dias

será oficialmente considerado extraviado e agregado.

Policial militar da reserva Policial militar reformado


remunerada
É o que está dispensado defi-
É aquele afastado do serviço nitivamente da prestação do
que, nessa situação, perceba serviço ativo, percebendo re-
remuneração do Estado, fican- muneração pelo Estado e per-
do sujeito à ação disciplinar da manecendo sujeito ao controle
Instituição e à prestação de disciplinar da Instituição
serviços na ativa

Da Estabilidade

Professor, qual será o prazo para aquisição da estabilidade segundo o Estatuto

dos Policiais Militares do Estado da Bahia?

Guerreiro(a), a aquisição da estabilidade se dará após 03 (três) anos de efe-

tivo exercício.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 29 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Observe:

Policial militar habilitado em concurso público e


nomeado para cargo de sua carreira

Adquirirá estabilidade ao completar


03 anos de efetivo exercício, desde
que seja aprovado no estágio probatório,
por ato homologado pela autoridade com-
petente

A seguir, observe as informações correspondentes ao estágio probatório:

Assiduidade

Disciplina

Observância das
Compreende um período
normas hierárquicas
de 36 meses, durante o
e ética militar
qual serão observadas a
Estágio
aptidão e capacidade para
probatório o desempenho do cargo,
Responsabilidade
observados, entre outros,
os seguintes fatores
Capacidade de ade-
quação para cumpri-
mento dos deveres
militares

Eficiência

Professor, qual será o prazo para a autoridade competente homologar o resul-


tado do estágio probatório?

Guerreiro(a), a autoridade competente terá o prazo improrrogável de 30

(trinta) dias para a homologação do resultado do estágio probatório.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 30 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Por fim, quanto ao estágio probatório, saiba que o período em que o praça espe-

cial se encontrar no curso de formação será computado para o estágio probatório.

Da Deontologia Policial Militar

Podemos entender a deontologia policial militar como o conjunto de deveres

profissionais do policial militar.

Esta parte de nosso estudo é sempre muito explorada em provas militares.

Tenha atenção.

Das Obrigações Policiais Militares

Obrigações são atos que devem ser praticados.

Sendo assim, compreenda as obrigações policiais militares como os atos e con-

dutas que devem ser exercidas pelos policiais militares no exercício de suas funções

ou em razão delas.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 31 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Dos Valores Policiais Militares

A dignidade do homem

A disciplina

A hierarquia

A credibilidade

A ética

Da organização A efetividade

A solidariedade

A capacitação profissional
São valores
institucionais A doutrina

A tradição

A eficiência e a eficácia

São valores O espírito profissional


institucionais
A aparência pessoal

A autoestima
Do Profissional
O profissionalismo

A bravura

A solidariedade

A dedicação

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 32 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

O sentimento de servir à sociedade, traduzido pela


vontade de cumprir o dever policial militar e pelo inte-
gral devotamento à preservação da ordem pública e à
garantia dos direitos fundamentais da pessoa humana

O civismo e o respeito às tradições históricas

São manifestações
essenciais dos valores A fé na elevada missão da Polícia Militar
policiais militares

O orgulho do policial militar pela Instituição

O amor à profissão policial militar e o entusiasmo


com que é exercida

O aprimoramento técnico-profissional

Da Ética Policial Militar

O sentimento do dever, a dignidade policial militar e o decoro da classe impõem

a cada um dos integrantes da Polícia Militar conduta moral e profissional irrepre-

ensíveis, tanto durante o serviço quanto fora dele, com observância dos seguintes

preceitos da ética policial militar:

• Amar a verdade e a responsabilidade como fundamento da dignidade pessoal;

• Exercer com autoridade, eficiência, eficácia, efetividade e probidade as fun-

ções que lhe couberem em decorrência do cargo;

• Respeitar a dignidade da pessoa humana;

• Cumprir e fazer cumprir as Leis, os regulamentos, as instruções e as ordens

das autoridades competentes, à exceção das manifestamente ilegais;

• Ser justo e imparcial no julgamento dos atos e na apreciação do mérito dos

subordinados;

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 33 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

• Zelar pelo preparo moral, intelectual e físico próprio e dos subordinados, ten-

do em vista o cumprimento da missão comum;

• Praticar a solidariedade e desenvolver permanentemente o espírito de coope-

ração;

• Ser discreto em suas atitudes e maneiras e polido em sua linguagem falada

e escrita;

• Abster-se de tratar de matéria sigilosa, de qualquer natureza, fora do âmbito

apropriado;

• Cumprir seus deveres de cidadão;

• Manter conduta compatível com a moralidade administrativa;

• Comportar-se educadamente em todas as situações;

• Conduzir-se de modo que não sejam prejudicados os princípios da disciplina,

do respeito e do decoro policial militar;

• Abster-se de fazer uso do posto ou da graduação para obter facilidades pes-

soais de qualquer natureza ou para encaminhar negócios particulares ou de

terceiros;

• Abster-se, na inatividade, do uso das designações hierárquicas quando:

–– Em atividade político-partidária;

–– Em atividade comercial ou industrial;

–– Para discutir ou provocar discussões pela imprensa a respeito de assuntos

políticos ou policiais militares, excetuando-se os de natureza exclusiva-

mente técnica, se devidamente autorizado;

–– No exercício de funções de natureza não policiais militares, mesmo oficiais.

• Zelar pelo bom conceito da Polícia Militar;

• Zelar pela economia do material e a conservação do patrimônio público.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 34 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

É vedado ao policial militar da


ativa

Comerciar ou tomar parte na admi-


nistração ou gerência de sociedade
ou dela ser sócio ou participar, exce-
to como acionista ou quotista, em socie-
dade anônima ou por quotas de respon-
sabilidade limitada

No intuito de aperfeiçoar a prática profissional é permitido aos oficiais do Quadro

Complementar de Oficiais Policiais Militares o exercício de sua atividade técnico-

-profissional no meio civil, desde que compatível com as atribuições do seu cargo e

com o horário de trabalho, respeitadas as limitações constitucionais.

Do Regime Disciplinar

No regime disciplinar, estudaremos os deveres do Policial Militar do Estado da

Bahia. Assunto muito importante para a sua prova.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 35 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Dos Deveres Policiais Militares

A dedicação integral ao serviço policial militar e


a fidelidade à Instituição a que pertence

O respeito aos Símbolos Nacionais

A submissão aos princípios da legalidade, da


probidade, da moralidade e da lealdade em todas
Os deveres policiais militares
as circunstâncias
emanam de um conjunto de
vínculos morais e racionais,
A disciplina e o respeito à hierarquia
que ligam o policial militar à
pátria, à Instituição e à segu-
rança da sociedade e do ser O cumprimento das obrigações e ordens re-
humano, e compreendem, es- cebidas, salvo as manifestamente ilegais
sencialmente
O trato condigno e com urbanidade a todos

O compromisso de atender com presteza ao públi-


co em geral, prestando com solicitude as informações
requeridas, ressalvadas as protegidas por sigilo

A assiduidade e pontualidade ao serviço, inclusi-


ve quando convocado para cumprimento de ativida-
des em horário extraordinário

Do Comando e da Subordinação

Comando Subordinação

É a soma de autoridade, deveres e É o respeito ao princípio da hie-


responsabilidades de que o policial rarquia, em face do qual as or-
militar é investido legalmente, quan- dens dos superiores, salvo as

do conduz seres humanos ou dirige uma manifestamente ilegais, devem


ser plena e prontamente acata-
organização policial militar, sendo vincu-
das
lado ao grau hierárquico e constitui
uma prerrogativa impessoal, em cujo
exercício o policial militar se define e se
caracteriza como chefe

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 36 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Aplica-se aos Comandantes de Operações Policiais Militares e de Bombeiros Milita-

res, Comandantes de Policiamento Regional e Comandante de Policiamento Espe-

cializado, à Direção, à Coordenação, à Chefia de Organização Policial Militar, no que

couber o estabelecido para o comando.

A subordinação não afeta, de modo algum, a dignidade pessoal do policial mili-

tar e decorre, exclusivamente, da estrutura hierarquizada da Polícia Militar

Preste bastante atenção:

São privativas dos inte-


As funções de comando, de chefia, de coorde-
grantes do Quadro de Ofi-
nação e de direção de organização policial militar
ciais Policiais Militares

É importante destacar o seguinte:

• Compete aos Oficiais Auxiliares do Quadro de Oficiais Auxiliares da

Polícia Militar - QOAPM e do Quadro de Oficiais Auxiliares Bombeiros

Militares - QOABM o exercício de atividades operacionais e administrativas,

excetuando-se o comando de Unidades e Subunidades e o subcomando de

Unidades.

• Aos integrantes do Quadro Complementar de Oficiais Policiais Milita-

res cabe, ao longo da carreira, o exercício das funções técnicas de suas res-

pectivas especialidades.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 37 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Quadro de Oficiais Auxiliares da Po-


lícia Militar - QOAPM e o Quadro de
Oficiais Auxiliares Bombeiros Militares
- QOABM

Serão integrados por policiais militares oriun-


dos do círculo de praças, cujo acesso ocorrerá
por promoção, preenchidos os requisitos previstos
neste Estatuto e em regulamento de conclusão e
aprovação no respectivo Curso de Formação previsto
em regulamento

Professor, qual será o maior grau hierárquico do Quadro de Oficiais Auxiliares

da Polícia Militar - QOAPM e do Quadro de Oficiais Auxiliares Bombeiros Milita-

res – QOABM?

Guerreiro(a), o maior grau hierárquico será o Posto de Major, somente po-

dendo concorrer à promoção a este posto os Capitães que possuam graduação em

curso de nível superior reconhecido pelo Ministério da Educação, preenchidos os

demais requisitos legais, inclusive conclusão com aproveitamento do Curso de Es-

pecialização no Serviço Público - CESP promovido pela Polícia Militar.

Graduados

Auxiliam e complementam as ativida-


des dos Oficiais no emprego de meios,
na instrução e na administração da Uni-
dade, devendo ser empregados na super-
visão da execução das atividades ineren-
tes à missão institucional da Polícia Militar

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 38 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

No exercício das suas atividades profissionais e no comando de subordinados,

os Subtenentes, 1º Sargentos e Cabos deverão impor-se pela capacidade técni-

co-profissional, pelo exemplo e pela lealdade, incumbindo-lhes assegurar a obser-

vância minuciosa e ininterrupta das ordens, das regras de serviço e das normas

operativas, pelos Praças que lhes estiverem diretamente subordinados, bem como

a manutenção da coesão e do moral da tropa, em todas as circunstâncias.

Soldados

Poderão, excepcional e temporaria-


mente, exercer o comando de fração
de tropa em locais e situações que
assim o exijam

Aos praças especiais, em curso de formação, cabe a rigorosa observância das

prescrições dos regulamentos que lhes são pertinentes, exigindo-se deles inteira

dedicação ao estudo e ao aprendizado técnico-profissional, ficando vedado o em-

prego em atividade operacional ou administrativa, salvo em caráter de instrução.

Amigo(a), encerramos aqui o conteúdo teórico de nossa aula.

Agora, vamos analisar o resumo por meio dos mapas mentais utilizados e, em

seguida, vamos diretamente para as nossas questões.

À luta!

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 39 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

MAPAS MENTAIS
Neste espaço, deixaremos para que você reveja os mapas mentais utilizados na

nossa parte teórica. Utilize-os como resumo de nossa aula.

Estatuto PM-BA

Estatuto da PM-BA

Regula o ingresso, as situações institucio-


nais, as obrigações, os deveres, direitos,
garantias e prerrogativas dos integrantes
da Polícia Militar do Estado da Bahia

Integrantes da PM-BA

Categoria especial de servidores públicos


Integrantes da PM-BA militares estaduais denominados policiais
militares

Base da PM-BA

É a organização em carreira da autori-


dade em níveis diferentes, dentro da es-
Hierarquia trutura da Polícia Militar, consubstanciada
no espírito de acatamento à sequência de
autoridade

Base institucional da Polícia


Militar do Estado da Bahia
É a rigorosa observância e o acatamento integral
das leis, regulamentos, normas e disposições que
fundamentam o organismo policial militar e coor-
Disciplina denam seu funcionamento regular e harmônico,
traduzindo-se pelo perfeito cumprimento do de-
ver por parte de todos e de cada um dos compo-
nentes desse organismo

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 40 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Situação Jurídica dos Policiais Militares

Pelos dispositivos constitucionais que lhe forem


aplicáveis

A SITUAÇÃO JURÍDICA DOS


POLICIAIS MILITARES SERÁ Pelo Estatuto da PM-BA, Lei nº 7.990/2001
DEFINIDA

Por legislação específica e peculiar que lhes


outorguem direitos e prerrogativas e lhes
imponham deveres e obrigações

Ingresso na PM-BA

Ingresso na PM-BA

É assegurado aos aprovados em concurso público de


provas ou de provas e títulos, mediante matrícula
em curso profissionalizante, observadas as condições
prescritas no Estatuto, nos Regulamentos e nos res-
pectivos editais de concurso da Instituição

Posto X Graduação

Posto Graduação

É o grau hierárquico do Oficial É o grau hierárquico do Praça


Conferido por ato do Governa- Conferido pelo Comandante
dor do Estado e registrado em Geral da Polícia Militar
Carta Patente

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 41 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Requisitos e Condições para Ingresso na PM-BA

Aptidão física e mental, comprovada


mediante exames médicos, testes
físicos e exames psicológicos, na forma
prevista em edital
Ser brasileiro nato ou naturalizado
Possuir estatura mínima de 1,60 m para
candidatos do sexo masculino e 1,55 m
para as candidatas do sexo feminino Ter o mínimo de 18 e o máximo de 30 anos de idade

Estar em dia com o Serviço Militar


Possuir a escolaridade ou formação Obrigatório
profissional exigida ao acompanhamento São requisitos e condições
do curso de formação a que se candidata, para o ingresso na Polícia
na forma prevista em edital Militar

Ser eleitor e achar-se em


gozo dos seus direitos
Possuir Carteira Nacional de Habilitação válida, políticos
categoria B

Possuir idoneidade moral,


comprovada por meio de folha
corrida policial militar e judicial,
na forma prevista em edital

Escala Hierárquica

Os postos e graduações da escala hierárquica são os seguintes

Oficiais Praças Especiais Praças

- Aspirante-a-Oficial PM
- Aluno-a-Oficial PM
- Coronel PM
- Aluno do Curso de Formação - Subtenente PM
- Tenente Coronel PM
de Sargentos PM - 1º Sargento PM
- Major PM
- Aluno do Curso de Formação - Cabo PM
- Capitão PM
de Cabos PM - Soldado 1ª Classe PM
- 1º Tenente PM
- Aluno do Curso de Formação
de Soldados PM

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 42 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Reserva Remunerada X Reforma

Policial Militar da Reserva Policial Militar Reformado


Remunerada
É aquele que está na inativida-
É aquele que está na inativida- de e não pode mais ser convo-
de, mas ainda pode ser convo- cado para o serviço ativo
cado para o serviço ativo

Precedência

Precedência entre poli-


ciais militares da ativa, do
mesmo grau hierárquico

É assegurada pela antiguidade no posto


ou graduação e pelo Quadro, salvo nos
casos de precedência funcional estabele-
cida em Lei

Critérios de Desempate pela Antiguidade

Entre policiais militares


Pela posição, nas respectivas escalas
do mesmo Quadro

Pela antiguidade no posto ou graduação


anterior
Se, ainda assim, subsistir a igualdade, recorrer-
Nos demais casos -se-á, sucessivamente, aos graus hierárquicos an-
teriores, à data de praça e à data de nascimento
para definir a precedência, sendo considerados mais
antigos, respectivamente, os de data de praça mais
antiga e de maior idade

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 43 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Entre os alunos de um De acordo com o regulamento do respectivo órgão,


mesmo órgão de forma- se não estiverem especificamente enquadrados nas
ção de policiais militares hipóteses acima

Precedência entre Praças Especiais

A precedência entre os Praças Especiais e aos


demais é assim regulada

O Aspirante Oficial é O Aluno Oficial é O Aluno do Curso de


hierarquicamente superior hierarquicamente superior Formação de Sargentos é
aos praças aos Subtenentes hierarquicamente superior ao
Cabo

Formas de Provimento

Nomeação

São formas de provimento do


Reversão
cargo de policial militar

Reintegração

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 44 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Nomeação

Quando se tratar
Em caráter
de provimento em
permanente
cargo da carreira

A nomeação se
fará

Para cargos de
Em caráter
livre nomeação e
temporário
exoneração

Reversão

É o ato pelo qual o Policial Militar retorna


Reversão
ao serviço ativo

Hipóteses de reversão

Quando cessar o motivo que determinou


a sua agregação, devendo retornar à escala
hierárquica, ocupando o lugar que lhe compe-
tir na respectiva escala numérica, na primeira
A reversão
vaga que ocorrer
ocorrerá nas
seguintes hipó- O Policial Militar reverti-
teses Quando cessar o período de exer- do nesta hipótese, que for
cício de mandato eletivo, devendo promovido, passará a ocupar
retornar ao mesmo grau hierár- o mesmo lugar na escala
quico ocupado e mesmo lugar que numérica, observado o novo
lhe competir na escala numérica grau hierárquico, sendo tal
no momento de sua transferência previsão aplicada, tão so-
para a reserva remunerada mente, à primeira promoção
ocorrida após a reversão

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 45 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Reintegração

É o retorno do policial militar demitido ao cargo ante-

Reintegração riormente ocupado ou o resultante de sua transforma-


ção, quando invalidado o ato de afastamento pela via
judicial, por sentença transitada em julgado, ou pela
via administrativa

Situações institucionais

Os de carreira

Os convocados

Os praças
especiais

Os agregados

Na ativa Os excedentes

Os ausentes e
desertores

Os desaparecidos e
O policiais militares encon-
extraviados
tram-se organizados em
carreira, em uma das se-
guintes situações institucio- Os da reserva
nais remunerada
Na inatividade

Os reformados

Os da reserva
não remunerada

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 46 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Reserva Remunerada

Policial militar da
reserva remunerada

Por conveniência da Administração, em caráter transi-


tório e mediante aceitação voluntária, poderá ser con-
vocado para o serviço ativo, por ato do Governador
do Estado

Praças Especiais

Os Aspirantes a Oficial

Os Alunos do Curso de Formação de Oficiais


do Quadro de Oficiais Policiais Militares

Os Alunos do Curso de Formação de Oficiais


do Quadro Complementar
Integram a categoria
dos Praças Especiais
Os Alunos do Curso de Formação Oficiais Auxiliares

Os Alunos do Curso de Formação de Sargentos

Os Alunos do Curso de Formação de Soldados

Equiparação

Equiparam-se aos Alunos do Curso


de Formação de Oficiais do Qua-
dro de Oficiais Policiais Militares

Os Alunos do Curso de Formação de


Oficiais do Quadro de Oficiais Bombei-
ros Militares realizados na Polícia Mili-
tar da Bahia ou em outras Instituições
militares

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 47 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Agregação

É a situação na qual o policial militar da ativa dei-


Agregação xa de ocupar vaga na escala hierárquica de seu
Quadro, nela permanecendo sem número

Hipóteses de Agregação

Nomeado para cargo


Contada a partir da
policial militar ou con- data de posse no novo
siderado de natureza cargo até o regresso à
policial militar, esta- PM ou à transferência
O PM será agrega- belecido em Lei, não de ofício para a reserva
do e considerado, previsto no Quadro de remunerada
para todos os efei- Organização da PM
tos legais, como
em serviço ativo,
quando Estiver aguardando sua
transferência, a pedido
Contada a partir da
ou de ofício para a re-
data indicada no ato
serva remunerada, por
que a torna pública
ter sido enquadrado em
quaisquer dos requisitos
que a motivarem

Agregação

Por ato do Governador


do Estado ou da autori-
Quanto aos Oficiais
dade por ele delegada

A agregação se faz
Por ato do Comandante
Geral ou da autoridade
Quanto aos praças
por ele delegada

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 48 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Desaparecido

É considerado
desaparecido

O policial militar na ativa, assim declara-


do por ato do Comandante Geral, quan-
do no desempenho de qualquer serviço,
em viagem, em operação policial militar
ou em caso de calamidade pública, tiver
paradeiro ignorado por mais de 8 dias

Excedente

Tendo cessado o motivo que deter-


minou sua agregação, seja reverti-
do ao respectivo Quadro, estando o
mesmo com seu efetivo completo

Seja promovido por bravura, sem


É a situação
haver vaga
transitória a que,
Excedente automaticamen-
Sendo o mais moderno da respecti-
te, passa o poli-
va escala hierárquica, ultrapasse o
cial militar que
efetivo de seu Quadro, em virtude
da promoção de outro policial mili-
tar em ressarcimento de preterição

Tendo cessado o motivo que deter-


minou sua reforma por incapacidade,
retorne ao respectivo Quadro, estando
este com seu efetivo completo

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 49 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Reserva Remunerada X Reforma

Policial militar da reserva re-


Policial militar reformado
munerada

É o que está dispensado defi-


É aquele afastado do serviço que,
nitivamente da prestação do
nessa situação, perceba remune-
serviço ativo, percebendo re-
ração do Estado, ficando sujeito à
muneração pelo Estado e per-
ação disciplinar da Instituição e à
manecendo sujeito ao controle
prestação de serviços na ativa
disciplinar da Instituição

Estabilidade

Policial militar habilitado em concurso público e nomeado


para cargo de sua carreira
Adquirirá estabilidade ao completar
03 anos de efetivo exercício, desde
que seja aprovado no estágio probatório,
por ato homologado pela autoridade com-
petente

Ausente

Deixar de comparecer à sua organização poli-


cial militar sem comunicar motivo de impedimento

Ausentar-se, sem licença, da organização policial


militar onde serve ou do local onde deva permanecer

Deixar de se apresentar no lugar designado,


findo o prazo de trânsito ou férias

É considerado ausen- Deixar de se apresentar à autoridade competente após a


te o policial militar cassação ou término de licença ou agregação ou ainda no
momento em que é efetivada mobilização, declarado o estado
que, por mais de 24
de defesa, de sítio ou de guerra
horas consecutivas
Deixar de se apresentar a autoridade competente,
após o término de cumprimento de pena
É também considerado ausente o policial militar que
deixar de se apresentar no momento da partida
de comboio que deva integrar, por ocasião de desloca-
mento da unidade em que serve

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 50 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Estágio Probatório

Assiduidade

Disciplina

Observância das

Compreende um período
normas hierárquicas
de 36 meses, durante o e ética militar
qual serão observadas a
Estágio
aptidão e capacidade para
Responsabilidade
probatório o desempenho do cargo,
observados, entre outros,
Capacidade de ade-
os seguintes fatores
quação para cumpri-
mento dos deveres
militares

Eficiência

Valores Institucionais

A dignidade do homem

A disciplina

A hierarquia

A credibilidade

A ética

A efetividade
Da organização
A solidariedade

A capacitação profissional

A doutrina
São valores
institucionais
A tradição

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 51 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

A eficiência e a eficácia

São valores O espírito profissional


institucionais
A aparência pessoal

A autoestima
Do Profissional
O profissionalismo

A bravura

A solidariedade

A dedicação

Manifestações Essenciais dos Valores

O sentimento de servir à sociedade, traduzido pela


vontade de cumprir o dever policial militar e pelo inte-
gral devotamento à preservação da ordem pública e à
garantia dos direitos fundamentais da pessoa humana

O civismo e o respeito às tradições históricas

São manifestações
essenciais dos valores A fé na elevada missão da Polícia Militar
policiais militares

O orgulho do policial militar pela Instituição

O amor à profissão policial militar e o entusiasmo


com que é exercida

O aprimoramento técnico-profissional

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 52 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Vedação ao PM da Ativa

É vedado ao policial militar da


ativa

Comerciar ou tomar parte na admi-


nistração ou gerência de sociedade
ou dela ser sócio ou participar, exce-
to como acionista ou quotista, em socie-
dade anônima ou por quotas de respon-
sabilidade limitada

Comando X Subordinação

Comando Subordinação

É a soma de autoridade, deveres e É o respeito ao princípio da hie-


responsabilidades de que o policial rarquia, em face do qual as or-
militar é investido legalmente, quan- dens dos superiores, salvo as

do conduz seres humanos ou dirige uma manifestamente ilegais, devem


ser plena e prontamente acata-
organização policial militar, sendo vincu-
das
lado ao grau hierárquico e constitui
uma prerrogativa impessoal, em cujo
exercício o policial militar se define e se
caracteriza como chefe

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 53 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Deveres

A dedicação integral ao serviço policial militar e


a fidelidade à Instituição a que pertence

O respeito aos Símbolos Nacionais

A submissão aos princípios da legalidade, da


probidade, da moralidade e da lealdade em todas
Os deveres policiais militares
as circunstâncias
emanam de um conjunto de
vínculos morais e racionais,
A disciplina e o respeito à hierarquia
que ligam o policial militar à
pátria, à Instituição e à segu-
rança da sociedade e do ser O cumprimento das obrigações e ordens re-
humano, e compreendem, es- cebidas, salvo as manifestamente ilegais
sencialmente
O trato condigno e com urbanidade a todos

O compromisso de atender com presteza ao públi-


co em geral, prestando com solicitude as informações
requeridas, ressalvadas as protegidas por sigilo

A assiduidade e pontualidade ao serviço, inclusi-


ve quando convocado para cumprimento de ativida-
des em horário extraordinário

Funções Privativas

São privativas dos inte-


As funções de comando, de chefia, de coorde-
grantes do Quadro de Ofi-
nação e de direção de organização policial militar
ciais Policiais Militares

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 54 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Quadros

Quadro de Oficiais Auxiliares da Po-


lícia Militar - QOAPM e o Quadro de
Oficiais Auxiliares Bombeiros Militares
- QOABM

Serão integrados por policiais militares oriun-


dos do círculo de praças, cujo acesso ocorrerá
por promoção, preenchidos os requisitos previstos
neste Estatuto e em regulamento de conclusão e
aprovação no respectivo Curso de Formação previsto
em regulamento

Graduados

Graduados

Auxiliam e complementam as ativida-


des dos Oficiais no emprego de meios,
na instrução e na administração da Uni-
dade, devendo ser empregados na super-
visão da execução das atividades ineren-
tes à missão institucional da Polícia Militar

Soldados

Soldados

Poderão, excepcional e temporaria-


mente, exercer o comando de fração
de tropa em locais e situações que
assim o exijam

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 55 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

EXERCÍCIOS
Utilizando-se como referência a Lei Estadual n. 7.990/2001 (Estatuto dos Poli-

ciais Militares do Estado da Bahia) julgue os itens a seguir e assinale o item correto.

Questão 1    (IBFC/2017/CBM-BA/SOLDADO) Analise os itens a seguir e considere

as normas da Lei Estadual da Bahia n. 7.990, de 27 de dezembro de 2001 (Estatuto

dos Policiais Militares do Estado da Bahia) para assinalar a alternativa correta sobre

os requisitos e condições para o ingresso na Polícia Militar.

a) Possuir estatura mínima de 1,70 m para candidatos do sexo masculino e 1,65 m

para as candidatas do sexo feminino

b) Possuir estatura mínima de 1,60 m para candidatos do sexo masculino e 1,58 m

para as candidatas do sexo feminino

c) Possuir estatura mínima de 1,60 m para candidatos do sexo masculino e 1,55 m

para as candidatas do sexo feminino

d) Possuir estatura mínima de 1,65 m para candidatos do sexo masculino e 1,58 m

para as candidatas do sexo feminino

e) Possuir estatura mínima de 1,65 m para candidatos do sexo masculino e 1,60 m

para as candidatas do sexo feminino

Questão 2    (IBFC/2017/CBM-BA/SOLDADO) Considerando as normas da Lei Es-

tadual da Bahia n. 7.990, de 27 de dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Mili-

tares do Estado da Bahia) assinale a alternativa correta.

a) A situação jurídica dos policiais militares é definida, exclusivamente, pelos dis-

positivos do referido Estatuto e por legislação específica e peculiar que lhes outor-

guem direitos e prerrogativas e lhes imponham deveres e obrigações.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 56 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

b) A situação jurídica dos policiais militares é definida pelos dispositivos constitu-

cionais que lhe forem aplicáveis, pelo referido Estatuto e por legislação específica e

peculiar, exclusivamente no que lhes outorguem direitos e prerrogativas.

c) A situação jurídica dos policiais militares é definida, exclusivamente, pelos dis-

positivos do referido Estatuto e por legislação peculiar que lhes outorguem direitos,

vedada tal regulação no que lhes imponham deveres e obrigações.

d) A situação jurídica dos policiais militares é definida pelos dispositivos constitu-

cionais que lhe forem aplicáveis, pelo referido Estatuto e por legislação específica

e peculiar que lhes outorguem direitos e prerrogativas e lhes imponham deveres e

obrigações.

d) A situação jurídica dos policiais militares é definida pelos dispositivos constitu-

cionais que lhe forem aplicáveis e pelo referido Estatuto vedada qualquer legislação

específica e peculiar que lhes outorguem direitos e prerrogativas e lhes imponham

deveres e obrigações.

Questão 3    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO/ADAPTADA) Julgue o item a seguir so-

bre escala hierárquica com referência à Lei Estadual da Bahia n. 7.990, de 27 de


dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia).

Posto é o grau hierárquico do Oficial, conferido por ato do Governador do Estado

e registrado em Carta Patente; Graduação é o grau hierárquico do Praça conferido

pelo Comandante Geral da Polícia Militar.

Questão 4    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO/ADAPTADA) Julgue o item a seguir so-

bre escala hierárquica com referência à Lei Estadual da Bahia n. 7.990, de 27 de

dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia).

Posto e Carta Patente constituem espécies de grau hierárquico do Oficial, conferi-

dos por ato do Governador do Estado.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 57 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 5    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO/ADAPTADA) Julgue o item a seguir so-

bre escala hierárquica com referência à Lei Estadual da Bahia n. 7.990, de 27 de

dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia).

Posto e Graduação constituem espécies de grau hierárquico do Oficial, conferidos

por ato do Governador do Estado.

Questão 6    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO/ADAPTADA) Julgue o item a seguir so-

bre escala hierárquica com referência à Lei Estadual da Bahia n. 7.990, de 27 de

dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia).

Graduação é o grau hierárquico do Oficial, conferido por ato do Governador do Es-

tado e registrado em Carta Patente; Posto é o grau hierárquico do Praça conferido

pelo Comandante Geral da Polícia Militar.

Questão 7    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO/ADAPTADA) Julgue o item a seguir so-

bre escala hierárquica com referência à Lei Estadual da Bahia n. 7.990, de 27 de

dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia).

Posto e Graduação constituem espécies de grau hierárquico do Oficial, conferidos

por ato do Comandante Geral da Polícia Militar.

Questão 8    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO) Assinale a alternativa correta sobre os

requisitos e condições para o ingresso na Polícia Militar com referência à Lei Esta-

dual da Bahia n. 7.990, de 27 de dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares

do Estado da Bahia).

a) Ser brasileiro nato ou estrangeiro residente e ter o mínimo de dezoito e o máxi-

mo de trinta anos de idade

b) Ser brasileiro nato ou naturalizado e ter o mínimo de vinte e um e o máximo de

trinta anos de idade

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 58 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

c) Ser brasileiro nato ou estrangeiro residente e ter o mínimo de vinte e o máximo

de quarenta e cinco anos de idade

d) Ser brasileiro nato ou naturalizado e ter o mínimo de dezoito e o máximo de

trinta e cinco anos de idade

e) Ser brasileiro nato ou naturalizado e ter o mínimo de dezoito e o máximo de

trinta anos de idade

Questão 9    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO) Considerando as normas da Lei Esta-

dual da Bahia n. 7.990, de 27 de dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares

do Estado da Bahia), assinale a alternativa correta.

a) Os integrantes da Polícia Militar do Estado da Bahia constituem a categoria espe-

cial de servidores públicos militares estaduais denominados policiais militares, cuja

carreira é integrada por cargos técnicos estruturados hierarquicamente, sendo que

a hierarquia e a disciplina são a base institucional da Polícia Militar

b) Os integrantes da Polícia Militar do Estado da Bahia constituem a categoria geral

de servidores públicos civis estaduais denominados policiais militares, cuja carreira

é integrada por cargos técnicos estruturados hierarquicamente, sendo que a hierar-

quia e a disciplina são a base institucional da Polícia Militar

c) Os integrantes da Polícia Militar do Estado da Bahia constituem a categoria ge-

ral de servidores públicos civis estaduais denominados policiais civis militarizados,

cuja carreira é integrada por cargos técnicos estruturados hierarquicamente, sendo

que a hierarquia e a disciplina são a base institucional da Polícia Militar

d) Os integrantes da Polícia Militar do Estado da Bahia constituem a categoria es-

pecial de servidores públicos civis estaduais denominados policiais militares, cuja

carreira é integrada por cargos políticos estruturados hierarquicamente, sendo que

a hierarquia e a disciplina são a base operacional da Polícia Militar

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 59 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

e) Os integrantes da Polícia Militar do Estado da Bahia constituem a categoria geral

de servidores públicos militares estaduais denominados policiais militares, cuja car-

reira é integrada por cargos políticos estruturados de forma não hierárquica, sendo

que a ausência de hierarquia e a disciplina são a base operacional da Polícia Militar

Questão 10    (CONSULTEC/2010/PM-BA/ASPIRANTE) Os Policiais Militares do Es-

tado da Bahia somente devem ter acesso ao quadro por meio de concurso público.

O seu vínculo empregatício é regido

a) pela Constituição Estadual.

b) por Estatuto próprio, aprovado por Lei específica — Lei n. 7.990/2001.

c) pela Consolidação das Leis do Trabalho — CLT.

d) por Decreto do Poder Executivo.

e) pelo Estatuto dos Servidores Públicos Federais, por ser instituição criada pela

Constituição Federal.

Questão 11    (FCC/2009/PM-BA/SOLDADO) De acordo com o Estatuto dos Policiais

Militares do Estado da Bahia, considera-se posto de maior escala hierárquica o

a) Major PM.

b) Tenente Coronel PM.

c) Coronel PM.

d) Capitão PM.

e) 1º Tenente PM.

Questão 12    
(CONSULTEC/2014/PM-BA/ASPIRANTE) O Estatuto dos Policiais Mi-

litares do Estado da Bahia regula o ingresso, as situações institucionais, as obri-

gações, os deveres, os direitos, as garantias e as prerrogativas dos integrantes da

Polícia Militar do Estado da Bahia.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 60 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Sobre os requisitos e as condições para o ingresso na Polícia Militar dispostos, mar-

que V para as afirmativas verdadeiras e F, para as falsas

 (  ) Ser brasileiro nato, apenas.

 (  ) Ter o mínimo de dezoito e o máximo de vinte anos de idade.

 (  ) Estar em dia com o Serviço Militar Obrigatório, ser eleitor e achar-se em gozo

dos seus direitos políticos.

 (  ) Possuir estatura mínima de 1,60m para candidatos do sexo masculino e 1,55m

para as candidatas do sexo feminino.

 (  ) Possuir idoneidade moral, comprovada por meio de folha corrida policial mili-

tar e judicial, na forma prevista em edital

A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é a

a) F F V F V

b) F V F V F

c) F F V V V

d) V V F V F

e) V F V F V

Questão 13    (CONSULTEC/2012/PM-BA/ASPIRANTE) Os integrantes da Polícia

Militar do Estado da Bahia constituem a categoria especial de servidores públicos

militares estaduais denominados policiais militares, cuja carreira é integrada por

cargos técnicos estruturados hierarquicamente. A hierarquia e a disciplina são a

base institucional da Polícia Militar. A hierarquia policial militar é a organização em

carreira da autoridade em níveis diferentes, dentro da estrutura da Polícia Militar,

consubstanciada no espírito de acatamento à sequência de autoridade. Disciplina

é a rigorosa observância e o acatamento integral das leis, regulamentos, normas e

disposições que fundamentam o organismo policial militar e coordenam seu funcio-

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 61 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

namento regular e harmônico, traduzindo-se pelo perfeito cumprimento do dever

por parte de todos e de cada um dos componentes desse organismo. A disciplina e

o respeito à hierarquia devem ser observados e mantidos em todas as circunstân-

cias da vida, entre os policiais militares. A situação jurídica dos policiais militares

é definida pelos dispositivos constitucionais que lhe forem aplicáveis, pelo Estatuto

e por legislação específica e peculiar que lhes outorguem direitos e prerrogativas e

lhes imponham deveres e obrigações.

É requisito e condição para o ingresso na Polícia Militar

a) possuir Carteira Nacional de Habilitação válida, categoria D.

b) possuir idoneidade moral, comprovada por meio de Folha Corrida policial militar

e judicial, na forma prevista em Edital.

c) ter o mínimo de dezoito e o máximo de trinta e cinco anos de idade.

d) possuir estatura mínima de 1,70m para os candidatos do sexo masculino e

1,65m para as candidatas do sexo feminino.

e) possuir a escolaridade ou formação profissional exigida, mínimo nível médio

profissionalizante, ao acompanhamento do curso de formação a que se candidata,

na forma prevista em Edital.

Questão 14    (FCC/2012/PM-BA/SOLDADO) De acordo com o Estatuto dos Policiais

Militares do Estado da Bahia, a bravura e a hierarquia são valores institucionais

a) da organização e da carreira, respectivamente,

b) do policial e da organização, respectivamente.

c) da organização e do policial, respectivamente.

d) do policial.

e) da organização.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 62 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 15    (FCC/2012/PM-BA/SOLDADO) De acordo com o Estatuto dos Policiais

Militares do Es­tado da Bahia, no tocante aos postos e graduação da es­cala hierár-

quica, o Aluno do Curso de Formação de Sar­gentos PM, o Major PM e o Primeiro

Sargento PM são, respectivamente,

a) Praça Especial, Praça e Oficial.

b) Praça, Oficial e Praça,

c) Praça, Oficial e Praça Especial.

d) Praça Especial, Oficial e Oficial

e) Praça Especial, Oficial e Praça.

Questão 16    (FCC/2012/PM-BA/SOLDADO) De acordo com o Estatuto dos Policiais

Militares do Es­tado da Bahia, por conveniência da Administração, em caráter tran-

sitório e mediante aceitação voluntária, poderá ser convocado para o serviço ativo,

por ato do Governador do Estado, o policial militar

a) da reserva remunerada

b) da reserva não remunerada.

c) excedente.

d) agregado.

e) reformado.

Questão 17    (INÉDITA) Segundo o Estatuto dos Policiais Militares do Estado da

Bahia, a hierarquia policial militar é a organização em carreira da autoridade em

níveis diferentes, dentro da estrutura da Polícia Militar, consubstanciada no espírito

de acatamento à sequência de autoridade.

Questão 18    (INÉDITA) Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o grau

hierárquico do Oficial da PM-BA.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 63 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

a) Graduação.

b) Cargo.

c) Função.

d) Posto.

e) Reversão.

Questão 19    (INÉDITA) Assinale a alternativa que apresenta, de forma correta,

o grau hierárquico do Praça da PM-BA.

a) Graduação.

b) Cargo.

c) Função.

d) Posto.

e) Reversão.

Questão 20    (INÉDITA) A reintegração é o retorno do policial militar demitido ao

cargo anteriormente ocupado ou o resultante de sua transformação, quando inva-

lidado o ato de afastamento pela via judicial, por sentença transitada em julgado,

mas não pela via administrativa.

Questão 21    (INÉDITA) O policial militar reformado, por conveniência da Adminis-

tração, em caráter transitório e mediante aceitação voluntária, poderá ser convo-

cado para o serviço ativo, por ato do Governador do Estado.

Questão 22    (INÉDITA) É considerado ausente o policial militar que, por mais de

vinte e quatro horas consecutivas deixar de se apresentar à autoridade competente

após a cassação ou término de licença ou agregação ou ainda no momento em que

é efetivada mobilização, declarado o estado de defesa, de sítio ou de guerra.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 64 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 23    (INÉDITA) Será considerado desaparecido o policial militar do Estado

da Bahia que

a) Que seja assim declarado por ato do Comandante Geral, quando no desempe-

nho de qualquer serviço, em viagem, em operação policial militar ou em caso de

calamidade pública, tiver paradeiro ignorado por mais de oito dias.

b) Que seja assim declarado por ato do Governador, quando no desempenho de

qualquer serviço, em viagem, em operação policial militar ou em caso de calamida-

de pública, tiver paradeiro ignorado por mais de cinco dias.

c) Que seja assim declarado por ato do Secretário de Segurança Pública, quando

no desempenho de qualquer serviço, em viagem, em operação policial militar ou

em caso de calamidade pública, tiver paradeiro ignorado por mais de dez dias.

d) Que seja assim declarado por ato do Coronel mais antigo da PM-BA, quando no

desempenho de qualquer serviço, em viagem, em operação policial militar ou em

caso de calamidade pública, tiver paradeiro ignorado por mais de quinze dias.

e) Que seja assim declarado por ato do Oficial imediatamente superior, quando no

desempenho de qualquer serviço, em viagem, em operação policial militar ou em

caso de calamidade pública, tiver paradeiro ignorado por mais de vinte dias.

Questão 24    (INÉDITA) Policial militar reformado é aquele que

a) Não está dispensado definitivamente da prestação do serviço ativo, percebendo

remuneração pelo Estado e permanecendo sujeito ao controle disciplinar da Insti-

tuição.

b) Não está dispensado definitivamente da prestação do serviço ativo, não perce-

bendo remuneração pelo Estado e permanecendo sujeito ao controle disciplinar da

Instituição.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 65 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

c) Não está dispensado definitivamente da prestação do serviço ativo, percebendo

remuneração pelo Estado e não permanecendo sujeito ao controle disciplinar da

Instituição.

d) Está dispensado definitivamente da prestação do serviço ativo, mas sem perce-

ber remuneração pelo Estado e sem permanecer sujeito ao controle disciplinar da

Instituição.

e) Está dispensado definitivamente da prestação do serviço ativo, percebendo re-

muneração pelo Estado e permanecendo sujeito ao controle disciplinar da Institui-

ção.

Questão 25    (INÉDITA) Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o pra-

zo para aquisição da estabilidade de acordo com o Estatuto da PM-BA.

a) 5 (cinco) anos.

b) 4 (quatro) anos.

c) 10 (dez) anos.

d) 03 (três) anos.

e) 02 (dois) anos.

Questão 26    (INÉDITA) O Estágio probatório, segundo o Estatuto da PM-BA, com-

preende o período de

a) 24 meses.

b) 16 meses.

c) 20 meses.

d) 12 meses.

e) 36 meses.

Questão 27    (INÉDITA) Faz parte dos Oficiais da Polícia Militar do Estado da Bahia

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 66 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

a) Soldado PM.

b) Cabo PM.

c) Subtenente PM.

d) Capitão PM.

e) Sargento PM.

Questão 28    (INÉDITA) Durante o período correspondente ao estágio probatório,

serão avaliados os seguintes fatores, exceto

a) inassiduidade

b) disciplina

c) observância das normas hierárquicas e ética militar

d) responsabilidade

e) eficiência

Questão 29    (INÉDITA) Assinale a alternativa que apresenta o prazo para que a

autoridade competente homologue o resultado correspondente ao estágio proba-

tório.

a) 15 dias.

b) 20 dias.

c) 30 dias.

d) 10 dias.

e) 60 dias.

Questão 30    (INÉDITA) São valores institucionais da organização policial militar do

Estado da Bahia, salvo

a) a dignidade do homem

b) a indisciplina

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 67 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

c) a hierarquia

d) a credibilidade

e) a ética

Questão 31    (INÉDITA) As alternativas a seguir apresentam manifestações essen-

ciais dos valores policiais militares, à exceção de uma, assinale-a.

a) o sentimento de servir à sociedade, traduzido pela vontade de cumprir o dever

policial militar e pelo integral devotamento à preservação da ordem pública e à ga-

rantia dos direitos fundamentais da pessoa humana

b) o civismo e o respeito às tradições históricas

c) a fé na elevada missão da Polícia Militar

d) o orgulho do policial militar pela Instituição

e) a fé em um bom salário e em boa qualidade de vida.

Questão 32    (INÉDITA) É a soma de autoridade, deveres e responsabilidades de

que o policial militar é investido legalmente, quando conduz seres humanos ou

dirige uma organização policial militar, sendo vinculado ao grau hierárquico e cons-

titui uma prerrogativa impessoal, em cujo exercício o policial militar se define e se

caracteriza como chefe.

A sentença acima se refere a(o)

a) Hierarquia.

b) Disciplina.

c) Comando.

d) Controle.

e) Responsabilidade.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 68 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 33    (INÉDITA) Assinale o item que apresenta o conceito de subordinação.

a) É o respeito ao princípio da hierarquia, em face do qual as ordens dos superiores,

ainda que as manifestamente ilegais, devem ser plena e prontamente acatadas.

b) É o respeito ao princípio da legalidade, em face do qual a lei deve ser cumprida.

c) É o respeito ao princípio da moralidade, em face do qual a ética deve ser res-

peitada.

d) É o respeito ao princípio da hierarquia, em face do qual as ordens dos superio-

res, salvo as manifestamente ilegais, devem ser plena e prontamente acatadas.

e) É o respeito ao princípio da disciplina, em face do qual as ordens dos inferiores,

mesmo que manifestamente ilegais, devem ser plena e prontamente acatadas.

Questão 34    (INÉDITA) O maior grau hierárquico do Quadro de Oficiais Auxiliares

da Polícia Militar - QOAPM e do Quadro de Oficiais Auxiliares Bombeiros Militares -

QOABM é o Posto de Tenente Coronel.

Questão 35    (INÉDITA) Os soldados poderão, excepcional e temporariamente,

exercer o comando de fração de tropa em locais e situações que assim o exijam.

Questão 36    (INÉDITA) A disciplina e o respeito à hierarquia devem ser obser-

vados e mantidos em todas as circunstâncias da vida, entre os policiais militares,

exceto quando na inatividade.

Questão 37    (INÉDITA) Todo cidadão, após ingressar na Polícia Militar, prestará

compromisso de honra, no qual afirmará a sua aceitação consciente das obrigações

e dos deveres policiais militares e manifestará a sua firme disposição de bem cum-

pri-los.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 69 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 38    (INÉDITA) A recondução é uma forma de provimento de cargo policial

militar, de acordo com o Estatuto da PM-BA.

Questão 39    (INÉDITA) O posto, grau hierárquico do Oficial, será conferido por

ato do(a)

a) Comandante Geral.

b) Secretário de Segurança Pública.

c) Governador.

d) Presidente da República.

e) Diretor Geral.

Questão 40    (INÉDITA) A graduação, grau hierárquico do Praça, será conferido por

ato do(a)

a) Comandante Geral.

b) Secretário de Segurança Pública.

c) Governador.

d) Presidente da República.

e) Diretor Geral.

Questão 41    (INÉDITA) Faz parte dos Praças da Polícia Militar do Estado da Bahia

o que se afirma em

a) Coronel PM.

b) Major PM.

c) Subtenente PM.

d) Capitão PM.

e) Tenente Coronel PM.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 70 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 42    (INÉDITA) Serão considerados policiais militares da ativa, exceto

a) os de carreira

b) os convocados

c) os praças especiais

d) os excedentes

e) os reformados

Questão 43    (INÉDITA) Os agregados se encontram na seguinte situação institu-

cional

a) Na inatividade.

b) Na inatividade remunerada.

c) Na inatividade não remunerada.

d) Na ativa.

e) Na atividade não remunerada.

Questão 44    (INÉDITA) Policial militar de carreira, segundo o Estatuto da PM-BA

a) É aquele que não se encontra no desempenho do serviço policial militar a partir

da conclusão com aproveitamento, do respectivo curso de formação.

b) É aquele que não se encontra no desempenho do serviço policial militar a partir

da nomeação no concurso público.

c) É aquele que se encontra no desempenho do serviço policial militar a partir da

sua primeira licença para tratar de interesses particulares.

d) É aquele que se encontra no desempenho do serviço policial militar a partir da

conclusão sem aproveitamento, do respectivo curso de formação.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 71 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

e) É aquele que se encontra no desempenho do serviço policial militar a partir da

conclusão com aproveitamento, do respectivo curso de formação.

Questão 45    (INÉDITA) Julgue os itens a seguir.

I – ter ultrapassado seis meses em licença para tratamento de saúde própria

II – ter ultrapassado três meses contínuos em gozo de licença para tratar de saú-

de de pessoa da família

III – ter sido julgado incapaz definitivamente, enquanto tramita o processo de

reforma

O policial militar será agregado quando for afastado, temporariamente, do serviço

ativo pelo(s) motivo(s) apresentado(s) no(s) item(ns):

a) I e II, apenas.

b) III, apenas.

c) II, apenas.

d) I, apenas.

e) I, II e III.

Questão 46    (INÉDITA) Tratando-se de Oficiais da PM-BA, a agregação será reali-

zada por ato

a) Do Presidente da República.

b) Do Governador.

c) Do Secretário de Segurança Pública.

d) Do Comandante Geral.

e) Do Secretário de Administração.

Questão 47    (INÉDITA) Complete corretamente a lacuna a seguir.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 72 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

É considerado ________ o policial militar que, por mais de vinte e quatro horas

consecutivas deixar de comparecer à sua organização policial militar sem comuni-

car motivo de impedimento.

a) Desertor.

b) Agregado.

c) Ausente.

d) Desaparecido.

e) Extraviado.

Questão 48    (INÉDITA) O policial militar que deixar de se apresentar no momento

da partida de comboio que deva integrar, por ocasião de deslocamento da unidade

em que serve, será considerado.

a) Extraviado.

b) Agregado.

c) Desertor.

d) Ausente.

e) Desaparecido.

Questão 49    (INÉDITA) O policial militar na ativa, assim declarado por ato do Co-

mandante Geral, quando no desempenho de qualquer serviço, em viagem, em ope-

ração policial militar ou em caso de calamidade pública, tiver paradeiro ignorado

por mais de oito dias, será considerado

a) Extraviado.

b) Agregado.

c) Desertor.

d) Ausente.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 73 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

e) Desaparecido.

Questão 50    (INÉDITA) O sentimento do dever, a dignidade policial militar e o de-

coro da classe impõem a cada um dos integrantes da Polícia Militar conduta moral

e profissional irrepreensíveis, tanto durante o serviço quanto fora dele, com obser-

vância dos seguintes preceitos da ética policial militar, salvo

a) amar a verdade e a responsabilidade como fundamento da dignidade pessoal

b) exercer com autoridade, eficiência, eficácia, efetividade e probidade as funções

que lhe couberem em decorrência do cargo

c) respeitar a dignidade da pessoa humana

d) zelar pelo preparo moral, intelectual e físico próprio e dos subordinados, tendo

em vista o cumprimento da missão comum

e) abster-se de fazer uso do posto ou da graduação para obter facilidades qualquer

natureza ou para encaminhar negócios públicos

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 74 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

GABARITO
1. c 25. d 49. e

2. d 26. e 50. e

3. C 27. d

4. E 28. a

5. E 29. c

6. E 30. b

7. E 31. e

8. e 32. c

9. a 33. d

10. b 34. E

11. c 35. C

12. c 36. E

13. b 37. C

14. b 38. E

15. e 39. c

16. a 40. a

17. C 41. c

18. d 42. e

19. a 43. d

20. E 44. e

21. C 45. b

22. C 46. b

23. a 47. c

24. e 48. d

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 75 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

GABARITO COMENTADO
Utilizando-se como referência a Lei Estadual n. 7.990/2001 (Estatuto dos Poli-
ciais Militares do Estado da Bahia) julgue os itens a seguir e assinale o item correto.

Questão 1    (IBFC/2017/CBM-BA/SOLDADO) Analise os itens a seguir e considere


as normas da Lei Estadual da Bahia n. 7.990, de 27 de dezembro de 2001 (Estatuto
dos Policiais Militares do Estado da Bahia) para assinalar a alternativa correta sobre
os requisitos e condições para o ingresso na Polícia Militar.
a) Possuir estatura mínima de 1,70 m para candidatos do sexo masculino e 1,65 m
para as candidatas do sexo feminino
b) Possuir estatura mínima de 1,60 m para candidatos do sexo masculino e 1,58 m
para as candidatas do sexo feminino
c) Possuir estatura mínima de 1,60 m para candidatos do sexo masculino e 1,55 m
para as candidatas do sexo feminino
d) Possuir estatura mínima de 1,65 m para candidatos do sexo masculino e 1,58 m
para as candidatas do sexo feminino
e) Possuir estatura mínima de 1,65 m para candidatos do sexo masculino e 1,60 m
para as candidatas do sexo feminino

Letra c.
Para ingresso na Polícia Militar da Bahia, segundo o Artigo 5º, VII, do Estatuto da
PM-BA, o candidato deve possuir a estatura mínima de 1,60m, se do sexo mascu-

lino; e 1,55m; se do sexo feminino.

Questão 2    (IBFC/2017/CBM-BA/SOLDADO) Considerando as normas da Lei Es-


tadual da Bahia n. 7.990, de 27 de dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Mili-
tares do Estado da Bahia) assinale a alternativa correta.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 76 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

a) A situação jurídica dos policiais militares é definida, exclusivamente, pelos dis-

positivos do referido Estatuto e por legislação específica e peculiar que lhes outor-

guem direitos e prerrogativas e lhes imponham deveres e obrigações

b) A situação jurídica dos policiais militares é definida pelos dispositivos constitu-

cionais que lhe forem aplicáveis, pelo referido Estatuto e por legislação específica e

peculiar, exclusivamente no que lhes outorguem direitos e prerrogativas

c) A situação jurídica dos policiais militares é definida, exclusivamente, pelos dis-

positivos do referido Estatuto e por legislação peculiar que lhes outorguem direitos,

vedada tal regulação no que lhes imponham deveres e obrigações

d) A situação jurídica dos policiais militares é definida pelos dispositivos constitu-

cionais que lhe forem aplicáveis, pelo referido Estatuto e por legislação específica

e peculiar que lhes outorguem direitos e prerrogativas e lhes imponham deveres e

obrigações

e) A situação jurídica dos policiais militares é definida pelos dispositivos constitu-

cionais que lhe forem aplicáveis e pelo referido Estatuto vedada qualquer legislação

específica e peculiar que lhes outorguem direitos e prerrogativas e lhes imponham

deveres e obrigações

Letra d.

Pelos dispositivos constitucionais que lhe forem


aplicáveis

A SITUAÇÃO JURÍDICA DOS


POLICIAIS MILITARES SERÁ Pelo Estatuto da PM-BA, Lei nº 7.990/2001
DEFINIDA

Por legislação específica e peculiar que lhes


outorguem direitos e prerrogativas e lhes
imponham deveres e obrigações

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 77 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 3    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO/ADAPTADA) Julgue o item a seguir so-

bre escala hierárquica com referência à Lei Estadual da Bahia n. 7.990, de 27 de

dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia).

Posto é o grau hierárquico do Oficial, conferido por ato do Governador do Estado

e registrado em Carta Patente; Graduação é o grau hierárquico do Praça conferido

pelo Comandante Geral da Polícia Militar

Certo.

Posto Graduação

É o grau hierárquico do Oficial É o grau hierárquico do Praça


Conferido por ato do Governa- Conferido pelo Comandante
dor do Estado e registrado em Geral da Polícia Militar
Carta Patente

Questão 4    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO/ADAPTADA) Julgue o item a seguir so-

bre escala hierárquica com referência à Lei Estadual da Bahia n. 7.990, de 27 de

dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia).

Posto e Carta Patente constituem espécies de grau hierárquico do Oficial, conferi-

dos por ato do Governador do Estado

Errado.

Apenas o Posto constitui grau hierárquico do Oficial da PM-BA.

Carta Patente é o local onde se registra o Posto.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 78 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 5    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO/ADAPTADA) Julgue o item a seguir so-

bre escala hierárquica com referência à Lei Estadual da Bahia n. 7.990, de 27 de

dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia).

Posto e Graduação constituem espécies de grau hierárquico do Oficial, conferidos

por ato do Governador do Estado

Errado.

O Posto é o grau hierárquico do Oficial, conferido pelo Governador. Já a Graduação

é o grau hierárquico do Praça, conferido por ato do Comandante Geral.

Questão 6    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO/ADAPTADA) Julgue o item a seguir so-

bre escala hierárquica com referência à Lei Estadual da Bahia n. 7.990, de 27 de

dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia).

Graduação é o grau hierárquico do Oficial, conferido por ato do Governador do Es-

tado e registrado em Carta Patente; Posto é o grau hierárquico do Praça conferido

pelo Comandante Geral da Polícia Militar

Errado.

O item inverteu os conceitos.

Na verdade, Posto é o grau hierárquico do Oficial. Graduação é o grau hierárquico

do Praça. Enquanto aquele é conferido por ato do Governador, esta é conferida por

ato do Comandante Geral da Polícia Militar do Estado da Bahia.

Questão 7    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO/ADAPTADA) Julgue o item a seguir so-

bre escala hierárquica com referência à Lei Estadual da Bahia n. 7.990, de 27 de

dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares do Estado da Bahia).

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 79 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Posto e Graduação constituem espécies de grau hierárquico do Oficial, conferidos

por ato do Comandante Geral da Polícia Militar

Errado.

O item cobra conhecimento referente ao Artigo 10 do Estatuto da PM-BA.

O assunto posto x graduação é muito importante para a sua prova. Atenção.

Art. 10 - Posto é o grau hierárquico do Oficial, conferido por ato do Governador do Es-
tado e registrado em Carta Patente; Graduação é o grau hierárquico do Praça conferido
pelo Comandante Geral da Polícia Militar.

Questão 8    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO) Assinale a alternativa correta sobre os


requisitos e condições para o ingresso na Polícia Militar com referência à Lei Esta-
dual da Bahia n. 7.990, de 27 de dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares
do Estado da Bahia).
a) Ser brasileiro nato ou estrangeiro residente e ter o mínimo de dezoito e o máxi-
mo de trinta anos de idade
b) Ser brasileiro nato ou naturalizado e ter o mínimo de vinte e um e o máximo de
trinta anos de idade
c) Ser brasileiro nato ou estrangeiro residente e ter o mínimo de vinte e o máximo
de quarenta e cinco anos de idade
d) Ser brasileiro nato ou naturalizado e ter o mínimo de dezoito e o máximo de
trinta e cinco anos de idade
e) Ser brasileiro nato ou naturalizado e ter o mínimo de dezoito e o máximo de
trinta anos de idade

Letra e.

São, entre outros, requisitos e condições para ingresso na Polícia Militar do Estado

da Bahia:

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 80 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

• Ser brasileiro nato ou naturalizado;

• Ter o mínimo de 18 (dezoito) e o máximo de 30 (trinta) anos de idade.

Devido a importância do assunto, vamos verificar todos os requisitos e condições

para ingresso na PM-BA:

Aptidão física e mental, comprovada


mediante exames médicos, testes
físicos e exames psicológicos, na forma
prevista em edital
Ser brasileiro nato ou naturalizado
Possuir estatura mínima de 1,60 m para
candidatos do sexo masculino e 1,55 m
para as candidatas do sexo feminino Ter o mínimo de 18 e o máximo de 30 anos de idade

Estar em dia com o Serviço Militar


Possuir a escolaridade ou formação Obrigatório
profissional exigida ao acompanhamento São requisitos e condições
do curso de formação a que se candidata, para o ingresso na Polícia
na forma prevista em edital Militar

Ser eleitor e achar-se em


gozo dos seus direitos
Possuir Carteira Nacional de Habilitação válida, políticos
categoria B

Possuir idoneidade moral,


comprovada por meio de folha
corrida policial militar e judicial,
na forma prevista em edital

Questão 9    (IBFC/2017/PM-BA/SOLDADO) Considerando as normas da Lei Esta-

dual da Bahia n. 7.990, de 27 de dezembro de 2001 (Estatuto dos Policiais Militares

do Estado da Bahia), assinale a alternativa correta.

a) Os integrantes da Polícia Militar do Estado da Bahia constituem a categoria espe-

cial de servidores públicos militares estaduais denominados policiais militares, cuja

carreira é integrada por cargos técnicos estruturados hierarquicamente, sendo que

a hierarquia e a disciplina são a base institucional da Polícia Militar

b) Os integrantes da Polícia Militar do Estado da Bahia constituem a categoria geral

de servidores públicos civis estaduais denominados policiais militares, cuja carreira

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 81 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

é integrada por cargos técnicos estruturados hierarquicamente, sendo que a hierar-

quia e a disciplina são a base institucional da Polícia Militar

c) Os integrantes da Polícia Militar do Estado da Bahia constituem a categoria ge-

ral de servidores públicos civis estaduais denominados policiais civis militarizados,

cuja carreira é integrada por cargos técnicos estruturados hierarquicamente, sendo

que a hierarquia e a disciplina são a base institucional da Polícia Militar

d) Os integrantes da Polícia Militar do Estado da Bahia constituem a categoria es-

pecial de servidores públicos civis estaduais denominados policiais militares, cuja

carreira é integrada por cargos políticos estruturados hierarquicamente, sendo que

a hierarquia e a disciplina são a base operacional da Polícia Militar

e) Os integrantes da Polícia Militar do Estado da Bahia constituem a categoria geral

de servidores públicos militares estaduais denominados policiais militares, cuja car-

reira é integrada por cargos políticos estruturados de forma não hierárquica, sendo

que a ausência de hierarquia e a disciplina são a base operacional da Polícia Militar

Letra a.

A alternativa A é a única que se encontra de acordo com o Estatuto da PM-BA.

O item cobra os conhecimentos previstos nos Artigos 2º e 3º.

Observe:

Art. 2º - Os integrantes da Polícia


Art. 3º - A hierarquia e a dis-
Militar do Estado da Bahia cons-
ciplina são a base institu-
tituem a categoria especial de
cional da Polícia Militar.
servidores públicos militares
estaduais denominados poli-
ciais militares, cuja carreira
é integrada por cargos técni-
cos estruturados hierarqui-
camente.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 82 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 10    (CONSULTEC/2010/PM-BA/ASPIRANTE) Os Policiais Militares do Es-

tado da Bahia somente devem ter acesso ao quadro por meio de concurso público.

O seu vínculo empregatício é regido

a) pela Constituição Estadual.

b) por Estatuto próprio, aprovado por Lei específica — Lei n. 7.990/2001.

c) pela Consolidação das Leis do Trabalho — CLT.

d) por Decreto do Poder Executivo.

e) pelo Estatuto dos Servidores Públicos Federais, por ser instituição criada pela

Constituição Federal.

Letra b.

O vínculo existente entre os Policiais Militares e o Estado da Bahia se dá por meio

de Estatuto próprio, aprovado por Lei específica – Lei n. 7.990/2001.

Questão 11    (FCC/2009/PM-BA/SOLDADO) De acordo com o Estatuto dos Policiais

Militares do Estado da Bahia, considera-se posto de maior escala hierárquica o

a) Major PM.

b) Tenente Coronel PM.

c) Coronel PM.

d) Capitão PM.

e) 1º Tenente PM.

Letra c.

O posto de maior escala hierárquica no âmbito da Polícia Militar do Estado da Bahia

é o de Coronel PM.

Observe a sequência hierárquica:

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 83 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Oficiais
Coronel
Tenente Coronel
Major
Capitão
1º Tenente
Praças Especiais
Aspirante-a-Oficial
Aluno-a-Oficial
Aluno do Curso de Formação de Sargentos
Aluno do Curso de Formação de Cabos
Aluno do Curso de Formação de Soldados PM
Praças
Subtenente
1º Sargento
Cabo
Soldado 1ª Classe

Questão 12    (CONSULTEC/2014/PM-BA/ASPIRANTE) O Estatuto dos Policiais Mi-


litares do Estado da Bahia regula o ingresso, as situações institucionais, as obri-
gações, os deveres, os direitos, as garantias e as prerrogativas dos integrantes da
Polícia Militar do Estado da Bahia.
Sobre os requisitos e as condições para o ingresso na Polícia Militar dispostos, mar-
que V para as afirmativas verdadeiras e F, para as falsas
 (  ) Ser brasileiro nato, apenas.
 (  ) Ter o mínimo de dezoito e o máximo de vinte anos de idade.
 (  ) Estar em dia com o Serviço Militar Obrigatório, ser eleitor e achar-se em gozo
dos seus direitos políticos.
 (  ) Possuir estatura mínima de 1,60m para candidatos do sexo masculino e 1,55m
para as candidatas do sexo feminino.
 (  ) Possuir idoneidade moral, comprovada por meio de folha corrida policial mili-

tar e judicial, na forma prevista em edital

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 84 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é a

a) F F V F V

b) F V F V F

c) F F V V V

d) V V F V F

e) V F V F V

Letra c.

Vamos analisar cada um dos itens:

( F ) Ser brasileiro nato, apenas. (ser brasileiro nato ou naturalizado)

( F ) Ter o mínimo de dezoito e o máximo de vinte anos de idade. (ter o mínimo de

dezoito e o máximo de trinta anos de idade)

( V ) Estar em dia com o Serviço Militar Obrigatório, ser eleitor e achar-se em gozo

dos seus direitos políticos.

( V ) Possuir estatura mínima de 1,60m para candidatos do sexo masculino e 1,55m

para as candidatas do sexo feminino.

( V ) Possuir idoneidade moral, comprovada por meio de folha corrida policial militar

e judicial, na forma prevista em edital

Ressalta-se que os requisitos e condições para ingresso na Polícia Militar estão pre-

vistos no Artigo 5º da PM-BA.

Questão 13    (CONSULTEC/2012/PM-BA/ASPIRANTE) Os integrantes da Polícia

Militar do Estado da Bahia constituem a categoria especial de servidores públicos

militares estaduais denominados policiais militares, cuja carreira é integrada por

cargos técnicos estruturados hierarquicamente. A hierarquia e a disciplina são a

base institucional da Polícia Militar. A hierarquia policial militar é a organização em

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 85 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

carreira da autoridade em níveis diferentes, dentro da estrutura da Polícia Militar,

consubstanciada no espírito de acatamento à sequência de autoridade. Disciplina

é a rigorosa observância e o acatamento integral das leis, regulamentos, normas e

disposições que fundamentam o organismo policial militar e coordenam seu funcio-

namento regular e harmônico, traduzindo-se pelo perfeito cumprimento do dever

por parte de todos e de cada um dos componentes desse organismo. A disciplina e

o respeito à hierarquia devem ser observados e mantidos em todas as circunstân-

cias da vida, entre os policiais militares. A situação jurídica dos policiais militares

é definida pelos dispositivos constitucionais que lhe forem aplicáveis, pelo Estatuto

e por legislação específica e peculiar que lhes outorguem direitos e prerrogativas e

lhes imponham deveres e obrigações.

É requisito e condição para o ingresso na Polícia Militar

a) possuir Carteira Nacional de Habilitação válida, categoria D.

b) possuir idoneidade moral, comprovada por meio de Folha Corrida policial militar

e judicial, na forma prevista em Edital.

c) ter o mínimo de dezoito e o máximo de trinta e cinco anos de idade.

d) possuir estatura mínima de 1,70m para os candidatos do sexo masculino e

1,65m para as candidatas do sexo feminino.

e) possuir a escolaridade ou formação profissional exigida, mínimo nível médio

profissionalizante, ao acompanhamento do curso de formação a que se candidata,

na forma prevista em Edital.

Letra b.

a) Errada. É requisito e condição para o ingresso na Polícia Militar possuir Carteira

Nacional de Habilitação válida, categoria B.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 86 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

b) Certa. Segundo o Artigo 5º, V, do Estatuto da PM-BA, é requisito e condição

para o ingresso na Polícia Militar possuir idoneidade moral, comprovada por meio

de folha corrida policial militar e judicial, na forma prevista em edital.

c) Errada. É requisito e condição para o ingresso na Polícia Militar ter o mínimo de

18 (dezoito) e o máximo de 30 (trinta) anos de idade.

d) Errada. É requisito e condição para o ingresso na Polícia Militar possuir estatura

mínima de 1,60m para candidatos do sexo masculino e 1,55m para as candidatas

do sexo feminino.

e) Errada. É requisito e condição para o ingresso na Polícia Militar possuir a es-

colaridade ou formação profissional exigida ao acompanhamento do curso de

formação a que se candidata, na forma prevista em edital.

Questão 14    (FCC/2012/PM-BA/SOLDADO) De acordo com o Estatuto dos Policiais

Militares do Estado da Bahia, a bravura e a hierarquia são valores institucionais

a) da organização e da carreira, respectivamente,

b) do policial e da organização, respectivamente.

c) da organização e do policial, respectivamente.

d) do policial.

e) da organização.

Letra b.

A bravura é valor institucional do policial. A hierarquia e valor institucional da

organização.

Os valores institucionais estão previstos no Artigo 37 do Estatuto da PM-BA.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 87 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 15    (FCC/2012/PM-BA/SOLDADO) De acordo com o Estatuto dos Policiais

Militares do Es­tado da Bahia, no tocante aos postos e graduação da es­cala hierár-

quica, o Aluno do Curso de Formação de Sar­gentos PM, o Major PM e o Primeiro

Sargento PM são, respectivamente,

a) Praça Especial, Praça e Oficial.

b) Praça, Oficial e Praça,

c) Praça, Oficial e Praça Especial.

d) Praça Especial, Oficial e Oficial

e) Praça Especial, Oficial e Praça.

Letra e.

Aluno do Curso de Formação de Sar­gentos PM Major PM Primeiro Sargento PM

Praça Especial Oficial Praça

Questão 16    (FCC/2012/PM-BA/SOLDADO) De acordo com o Estatuto dos Policiais

Militares do Es­tado da Bahia, por conveniência da Administração, em caráter tran-

sitório e mediante aceitação voluntária, poderá ser convocado para o serviço ativo,

por ato do Governador do Estado, o policial militar

a) da reserva remunerada

b) da reserva não remunerada.

c) excedente.

d) agregado.

e) reformado.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 88 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Letra a.
O Policial Militar da reserva remunerada, de acordo com o Artigo 18 do Estatuto da
PM-BA, por conveniência da Administração, em caráter transitório e mediante acei-
tação voluntária, poderá ser convocado para o serviço ativo, por ato do Governador
do Estado, o policial militar.

Questão 17    (INÉDITA) Segundo o Estatuto dos Policiais Militares do Estado da


Bahia, a hierarquia policial militar é a organização em carreira da autoridade em
níveis diferentes, dentro da estrutura da Polícia Militar, consubstanciada no espírito
de acatamento à sequência de autoridade.

Certo
É a organização em carreira da autoridade em níveis
diferentes, dentro da estrutura da Polícia Militar, con-
Hierarquia
substanciada no espírito de acatamento à seqüência de
autoridade

Questão 18    (INÉDITA) Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o grau

hierárquico do Oficial da PM-BA.

a) Graduação.

b) Cargo.

c) Função.

d) Posto.

e) Reversão.

Letra d.

O grau hierárquico do Oficial é o Posto, que será conferido por ato do Governador

do Estado da Bahia e Registrado em carta patente.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 89 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 19    (INÉDITA) Assinale a alternativa que apresenta, de forma correta,

o grau hierárquico do Praça da PM-BA.

a) Graduação.

b) Cargo.

c) Função.

d) Posto.

e) Reversão.

Letra a.

O grau hierárquico do Praça é a Graduação, que será conferida por ato do Coman-

dante Geral da Polícia Militar do Estado da Bahia.

Ressalta-se que os assuntos Postos e Patentes são sempre muito cobrados em pro-

vas militares. Tenha muito cuidado.

Questão 20    (INÉDITA) A reintegração é o retorno do policial militar demitido ao

cargo anteriormente ocupado ou o resultante de sua transformação, quando inva-

lidado o ato de afastamento pela via judicial, por sentença transitada em julgado,

mas não pela via administrativa.

Errado.

É o retorno do policial militar demitido ao cargo ante-

Reintegração riormente ocupado ou o resultante de sua transforma-


ção, quando invalidado o ato de afastamento pela via
judicial, por sentença transitada em julgado, ou pela
via administrativa

Como podemos observar, a reintegração também poderá se dar pela via adminis-

trativa, fator que tornou o item errado.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 90 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 21    (INÉDITA) O policial militar reformado, por conveniência da Adminis-

tração, em caráter transitório e mediante aceitação voluntária, poderá ser convo-

cado para o serviço ativo, por ato do Governador do Estado.

Certo.

O item está totalmente em conformidade com o Artigo 18 do Estatuto da PM-BA.

Ressalta-se que o reformado não irá mais ser convocado para o serviço ativo.

Reserva remunerada Reforma

Sujeito à convocação Não mais sujeito à convocação

Questão 22    (INÉDITA) É considerado ausente o policial militar que, por mais de

vinte e quatro horas consecutivas deixar de se apresentar à autoridade competente

após a cassação ou término de licença ou agregação ou ainda no momento em que

é efetivada mobilização, declarado o estado de defesa, de sítio ou de guerra.

Certo.

O item apresenta, corretamente, uma das hipóteses em que o policial militar será

considerado ausente, conforme o Artigo 28, IV, do Estatuto da PM-BA.

É considerado ausente o policial militar que, por


mais de vinte e quatro horas consecutivas

Deixar de se apresentar à autoridade


competente após a cassação ou término
de licença ou agregação ou ainda no mo-
mento em que é efetivada mobilização,
declarado o estado de defesa, de sítio ou
de guerra

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 91 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 23    (INÉDITA) Será considerado desaparecido o policial militar do Estado


da Bahia que
a) Que seja assim declarado por ato do Comandante Geral, quando no desempe-
nho de qualquer serviço, em viagem, em operação policial militar ou em caso de
calamidade pública, tiver paradeiro ignorado por mais de oito dias.
b) Que seja assim declarado por ato do Governador, quando no desempenho de
qualquer serviço, em viagem, em operação policial militar ou em caso de calamida-
de pública, tiver paradeiro ignorado por mais de cinco dias.
c) Que seja assim declarado por ato do Secretário de Segurança Pública, quando
no desempenho de qualquer serviço, em viagem, em operação policial militar ou
em caso de calamidade pública, tiver paradeiro ignorado por mais de dez dias.
d) Que seja assim declarado por ato do Coronel mais antigo da PM-BA, quando no
desempenho de qualquer serviço, em viagem, em operação policial militar ou em
caso de calamidade pública, tiver paradeiro ignorado por mais de quinze dias.
e) Que seja assim declarado por ato do Oficial imediatamente superior, quando no
desempenho de qualquer serviço, em viagem, em operação policial militar ou em
caso de calamidade pública, tiver paradeiro ignorado por mais de vinte dias.

Letra a.
A alternativa A apresenta de forma correta hipótese em que o policial militar será

considerado desaparecido.

É considerado
desaparecido

O policial militar na ativa, assim declara-


do por ato do Comandante Geral, quan-
do no desempenho de qualquer serviço,
em viagem, em operação policial militar
ou em caso de calamidade pública, tiver
paradeiro ignorado por mais de 8 dias

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 92 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 24    (INÉDITA) Policial militar reformado é aquele que

a) Não está dispensado definitivamente da prestação do serviço ativo, percebendo

remuneração pelo Estado e permanecendo sujeito ao controle disciplinar da Insti-

tuição.

b) Não está dispensado definitivamente da prestação do serviço ativo, não perce-

bendo remuneração pelo Estado e permanecendo sujeito ao controle disciplinar da

Instituição.

c) Não está dispensado definitivamente da prestação do serviço ativo, percebendo

remuneração pelo Estado e não permanecendo sujeito ao controle disciplinar da

Instituição.

d) Está dispensado definitivamente da prestação do serviço ativo, mas sem perce-

ber remuneração pelo Estado e sem permanecer sujeito ao controle disciplinar da

Instituição.

e) Está dispensado definitivamente da prestação do serviço ativo, percebendo re-

muneração pelo Estado e permanecendo sujeito ao controle disciplinar da Institui-

ção.

Letra e.

ial Militar da Reserva Policial Militar Reformado


Remunerada É aquele que está dispensado
definitivamente da prestação
ele que está na inativida- do serviço ativo, percebendo
mas ainda pode ser convo- remuneração pelo Estado e
do para o serviço ativo permanecendo sujeito ao con-
trole disciplinar da Instituição

Questão 25    (INÉDITA) Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o pra-

zo para aquisição da estabilidade de acordo com o Estatuto da PM-BA.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 93 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

a) 5 (cinco) anos.

b) 4 (quatro) anos.

c) 10 (dez) anos.

d) 03 (três) anos.

e) 02 (dois) anos.

Letra d.

Segundo o Estatuto da PM-BA, o policial militar irá adquirir a estabilidade ao com-

pletar 03 (três) anos de efetivo exercício.

Observe:

Art. 35 - O policial militar, habilitado em concurso público e nomeado para cargo de


sua carreira, adquirirá estabilidade ao completar três anos de efetivo exercício,
desde que seja aprovado no estágio probatório, por ato homologado pela autoridade
competente.

Questão 26    (INÉDITA) O Estágio probatório, segundo o Estatuto da PM-BA, com-

preende o período de

a) 24 meses.

b) 16 meses.

c) 20 meses.

d) 12 meses.

e) 36 meses.

Letra e.

O estágio probatório compreende um período de 36 (trinta e seis) meses, duran-

te o qual serão observadas a aptidão e capacidade para o desempenho do cargo.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 94 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 27    (INÉDITA) Faz parte dos Oficiais da Polícia Militar do Estado da Bahia

a) Soldado PM.

b) Cabo PM.

c) Subtenente PM.

d) Capitão PM.

e) Sargento PM.

Letra d.

Entre as alternativas, apenas o Capitão PM integra os Oficiais da Polícia Militar do

Estado da Bahia.

Também integram os Oficiais o Coronel PM, o Tenente Coronel PM, o Major PM e o

Primeiro Tenente PM. Os demais itens apresentam policiais que integram os Praças.

Questão 28    (INÉDITA) Durante o período correspondente ao estágio probatório,

serão avaliados os seguintes fatores, exceto

a) inassiduidade

b) disciplina

c) observância das normas hierárquicas e ética militar

d) responsabilidade

e) eficiência

Letra a.

Durante o estágio probatório, não será avaliada a inassiduidade, mas sim a assidui-

dade, ou seja, a frequência ao trabalho.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 95 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Assiduidade

Disciplina

Observância das
Compreende um período
normas hierárquicas
de 36 meses, durante o
e ética militar
qual serão observadas a
Estágio
aptidão e capacidade para
probatório o desempenho do cargo,
Responsabilidade
observados, entre outros,
os seguintes fatores
Capacidade de ade-
quação para cumpri-
mento dos deveres
militares

Eficiência

Questão 29    (INÉDITA) Assinale a alternativa que apresenta o prazo para que a

autoridade competente homologue o resultado correspondente ao estágio proba-

tório.

a) 15 dias.

b) 20 dias.

c) 30 dias.

d) 10 dias.

e) 60 dias.

Letra c.

A autoridade competente terá o prazo improrrogável de 30 (trinta) dias para a ho-

mologação do resultado do estágio probatório.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 96 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 30    (INÉDITA) São valores institucionais da organização policial militar do

Estado da Bahia, salvo

a) a dignidade do homem

b) a indisciplina

c) a hierarquia

d) a credibilidade

e) a ética

Letra b.

A indisciplina não constitui valor institucional da organização policial militar, mas

sim a disciplina.

Atenção, guerreiro(a).

Os valores institucionais estão previstos no Artigo 37 do Estatuto da PM-BA.

Questão 31    (INÉDITA) As alternativas a seguir apresentam manifestações essen-

ciais dos valores policiais militares, à exceção de uma, assinale-a.

a) o sentimento de servir à sociedade, traduzido pela vontade de cumprir o dever

policial militar e pelo integral devotamento à preservação da ordem pública e à ga-

rantia dos direitos fundamentais da pessoa humana

b) o civismo e o respeito às tradições históricas

c) a fé na elevada missão da Polícia Militar

d) o orgulho do policial militar pela Instituição

e) a fé em um bom salário e em boa qualidade de vida.

Letra e.

O item E não apresenta uma manifestação essencial dos valores policiais militares.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 97 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

O sentimento de servir à sociedade, traduzido pela


vontade de cumprir o dever policial militar e pelo inte-
gral devotamento à preservação da ordem pública e à
garantia dos direitos fundamentais da pessoa humana

O civismo e o respeito às tradições históricas

São manifestações
essenciais dos valores A fé na elevada missão da Polícia Militar
policiais militares

O orgulho do policial militar pela Instituição

O amor à profissão policial militar e o entusiasmo


com que é exercida

O aprimoramento técnico-profissional

Questão 32    (INÉDITA) É a soma de autoridade, deveres e responsabilidades de

que o policial militar é investido legalmente, quando conduz seres humanos ou

dirige uma organização policial militar, sendo vinculado ao grau hierárquico e cons-

titui uma prerrogativa impessoal, em cujo exercício o policial militar se define e se

caracteriza como chefe.

A sentença acima se refere a(o)

a) Hierarquia.

b) Disciplina.

c) Comando,

d) Controle.

e) Responsabilidade.

Letra c.

A alternativa se refere ao comando, previsto no Artigo 42 do Estatuto da PM-BA.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 98 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

É importante mencionar que o comando não se confunde com a hierarquia e com


a disciplina.
Analise:
A hierarquia policial militar é a organização em carreira da autoridade em níveis
diferentes, dentro da estrutura da Polícia Militar, consubstanciada no espírito de
acatamento à sequência de autoridade.
Disciplina é a rigorosa observância e o acatamento integral das leis, regulamentos,
normas e disposições que fundamentam o organismo policial militar e coordenam
seu funcionamento regular e harmônico, traduzindo-se pelo perfeito cumprimento
do dever por parte de todos e de cada um dos componentes desse organismo.

Questão 33    (INÉDITA) Assinale o item que apresenta o conceito de subordinação.


a) É o respeito ao princípio da hierarquia, em face do qual as ordens dos superiores,
ainda que as manifestamente ilegais, devem ser plena e prontamente acatadas.
b) É o respeito ao princípio da legalidade, em face do qual a lei deve ser cumprida.
c) É o respeito ao princípio da moralidade, em face do qual a ética deve ser res-
peitada.
d) É o respeito ao princípio da hierarquia, em face do qual as ordens dos superio-
res, salvo as manifestamente ilegais, devem ser plena e prontamente acatadas.
e) É o respeito ao princípio da disciplina, em face do qual as ordens dos inferiores,
mesmo que manifestamente ilegais, devem ser plena e prontamente acatadas.

Letra d.

Subordinação

É o respeito ao princípio da hierarquia, em


face do qual as ordens dos superiores, sal-
vo as manifestamente ilegais, devem ser
plena e prontamente acatadas

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 99 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 34    (INÉDITA) O maior grau hierárquico do Quadro de Oficiais Auxiliares


da Polícia Militar - QOAPM e do Quadro de Oficiais Auxiliares Bombeiros Militares -
QOABM é o Posto de Tenente Coronel.

Errado.
O maior grau hierárquico do Quadro de Oficiais Auxiliares da Polícia Militar - QO-
APM e do Quadro de Oficiais Auxiliares Bombeiros Militares - QOABM é o Posto de
Major.

Questão 35    (INÉDITA) Os soldados poderão, excepcional e temporariamente,


exercer o comando de fração de tropa em locais e situações que assim o exijam.

Certo.

O item está de acordo com o Artigo 46 do Estatuto da PM-BA.

Art. 46 - Os soldados poderão, excepcional e temporariamente, exercer o comando de


fração de tropa em locais e situações que assim o exijam.

Questão 36    (INÉDITA) A disciplina e o respeito à hierarquia devem ser obser-


vados e mantidos em todas as circunstâncias da vida, entre os policiais militares,
exceto quando na inatividade.

Errado.
Não há previsão legal para a exceção apresentada pelo item.
A disciplina e o respeito à hierarquia devem ser observados e mantidos em todas
as circunstâncias da vida, entre os policiais militares.

Questão 37    (INÉDITA) Todo cidadão, após ingressar na Polícia Militar, prestará

compromisso de honra, no qual afirmará a sua aceitação consciente das obrigações

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 100 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

e dos deveres policiais militares e manifestará a sua firme disposição de bem cum-
pri-los.

Certo.
O item está literalmente de acordo com o Artigo 7º do Estatuto da PM-BA.

Observe:

Art. 7º - Todo cidadão, após ingressar na Polícia Militar, prestará compromisso de hon-
ra, no qual afirmará a sua aceitação consciente das obrigações e dos deveres policiais
militares e manifestará a sua firme disposição de bem cumpri-los.

Questão 38    (INÉDITA) A recondução é uma forma de provimento de cargo policial

militar, de acordo com o Estatuto da PM-BA.

Errado.

A recondução não constitui forma de provimento de cargo policial militar, conforme

estabelece o Estatuto da PM-BA.

São formas de provimento de cargo policial militar a nomeação, a reversão e a

reintegração.

Questão 39    (INÉDITA) O posto, grau hierárquico do Oficial, será conferido por

ato do(a)

a) Comandante Geral.

b) Secretário de Segurança Pública.

c) Governador.

d) Presidente da República.

e) Diretor Geral.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 101 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Letra c.
O Governador do Estado da Bahia é a autoridade competente para conferir o Posto
ao Oficial da PM-BA.

Questão 40    (INÉDITA) A graduação, grau hierárquico do Praça, será conferido por
ato do(a)
a) Comandante Geral.
b) Secretário de Segurança Pública.
c) Governador.
d) Presidente da República.
e) Diretor Geral.

Letra a.
O Comandante Geral da Polícia Militar do Estado da Bahia é a autoridade compe-
tente para conferir a graduação ao praça da PM-BA.

Questão 41    (INÉDITA) Faz parte dos Praças da Polícia Militar do Estado da Bahia
o que se afirma em

a) Coronel PM.

b) Major PM.

c) Subtenente PM.

d) Capitão PM.

e) Tenente Coronel PM.

Letra c.

O Subtenente PM faz parte dos praças da PM-BA, assim como o Primeiro Sargento

PM, o Cabo PM e o Soldado Primeira Classe PM.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 102 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

As demais alternativas apresentam policiais militares que integram os Oficiais da

PM-BA.

Questão 42    (INÉDITA) Serão considerados policiais militares da ativa, exceto


a) os de carreira
b) os convocados
c) os praças especiais
d) os excedentes
e) os reformados

Letra e.
Os reformados não são considerados policiais militares da ativa, mas sim da inati-

vidade.

Os de carreira

Os convocados

Os praças
especiais

Os agregados

Na ativa Os excedentes

Os ausentes e
desertores

O policiais militares encon-


tram-se organizados em Os desaparecidos e
carreira, em uma das se- extraviados
guintes situações institucio-
nais

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 103 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

O policiais militares encon-


tram-se organizados em
carreira, em uma das se-
guintes situações institucio- Os da reserva
nais remunerada
Na inatividade

Os reformados

Os da reserva
não remunerada

Questão 43    (INÉDITA) Os agregados se encontram na seguinte situação institu-

cional

a) Na inatividade.

b) Na inatividade remunerada.

c) Na inatividade não remunerada.

d) Na ativa.

e) Na atividade não remunerada.

Letra d.

Os agregados se encontra na situação institucional “na ativa”.

É importante mencionar que a expressão “na ativa” é utilizada de diversas outras

formas, com o mesmo significado, por exemplo: na atividade; da ativa; do serviço

ativo, entre outras.

Questão 44    (INÉDITA) Policial militar de carreira, segundo o Estatuto da PM-BA

a) É aquele que não se encontra no desempenho do serviço policial militar a partir

da conclusão com aproveitamento, do respectivo curso de formação.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 104 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

b) É aquele que não se encontra no desempenho do serviço policial militar a partir

da nomeação no concurso público.

c) É aquele que se encontra no desempenho do serviço policial militar a partir da

sua primeira licença para tratar de interesses particulares.

d) É aquele que se encontra no desempenho do serviço policial militar a partir da

conclusão sem aproveitamento, do respectivo curso de formação.

e) É aquele que se encontra no desempenho do serviço policial militar a partir da

conclusão com aproveitamento, do respectivo curso de formação.

Letra e.

Policial militar de carreira

É aquele que se encontra no desempenho do serviço


policial militar a partir da conclusão com aproveita-
mento, do respectivo curso de formação

Questão 45    (INÉDITA) Julgue os itens a seguir.

I – ter ultrapassado seis meses em licença para tratamento de saúde própria

II – ter ultrapassado três meses contínuos em gozo de licença para tratar de saú-

de de pessoa da família

III – ter sido julgado incapaz definitivamente, enquanto tramita o processo de

reforma

O policial militar será agregado quando for afastado, temporariamente, do serviço

ativo pelo(s) motivo(s) apresentado(s) no(s) item(ns):

a) I e II, apenas.

b) III, apenas.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 105 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

c) II, apenas.

d) I, apenas.

e) I, II e III.

Letra b.

O item III está correto; os itens I e II, incorretos.

Art. 23 - O policial militar será agregado quando for afastado, temporariamente, do


serviço ativo por motivo de:
II – ter ultrapassado 12 (doze) meses em licença para tratamento de saúde própria;
IV – ter ultrapassado 06 (seis) meses contínuos em gozo de licença para tratar de
saúde de pessoa da família;
V – ter sido julgado incapaz definitivamente, enquanto tramita o processo de
reforma;

Questão 46    (INÉDITA) Tratando-se de Oficiais da PM-BA, a agregação será reali-

zada por ato

a) Do Presidente da República.

b) Do Governador.

c) Do Secretário de Segurança Pública.

d) Do Comandante Geral.

e) Do Secretário de Administração.

Letra b.

No caso de Oficiais da PM-BA, a agregação se fará por ato do Governador do Es-

tado ou autoridade por ele delegada.

Tratando-se de praça, por ato do Comandante Geral da PM-BA ou de autoridade por

ele delegada.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 106 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Questão 47    (INÉDITA) Complete corretamente a lacuna a seguir.

É considerado ________ o policial militar que, por mais de vinte e quatro horas

consecutivas deixar de comparecer à sua organização policial militar sem comuni-

car motivo de impedimento.

a) Desertor.

b) Agregado.

c) Ausente.

d) Desaparecido.

e) Extraviado.

Letra c.

É considerado ausente o policial militar que, por mais de vinte e quatro horas con-

secutivas deixar de comparecer à sua organização policial militar sem comunicar

motivo de impedimento.

Questão 48    (INÉDITA) O policial militar que deixar de se apresentar no momento

da partida de comboio que deva integrar, por ocasião de deslocamento da unidade

em que serve, será considerado.

a) Extraviado.

b) Agregado.

c) Desertor.

d) Ausente.

e) Desaparecido.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 107 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

Letra d.

Segundo o Artigo 28, § 1º, do Estatuto da PM-BA, o policial militar que deixar de se

apresentar no momento da partida de comboio que deva integrar, por ocasião de

deslocamento da unidade em que serve, será considerado ausente.

Questão 49    (INÉDITA) O policial militar na ativa, assim declarado por ato do Co-

mandante Geral, quando no desempenho de qualquer serviço, em viagem, em ope-

ração policial militar ou em caso de calamidade pública, tiver paradeiro ignorado

por mais de oito dias, será considerado

a) Extraviado.

b) Agregado.

c) Desertor.

d) Ausente.

e) Desaparecido.

Letra e.

De acordo com o Artigo 30 do Estatuto da PM-BA, o policial militar na ativa, assim

declarado por ato do Comandante Geral, quando no desempenho de qualquer ser-

viço, em viagem, em operação policial militar ou em caso de calamidade pública,

tiver paradeiro ignorado por mais de oito dias, será considerado desaparecido.

Questão 50    (INÉDITA) O sentimento do dever, a dignidade policial militar e o de-

coro da classe impõem a cada um dos integrantes da Polícia Militar conduta moral

e profissional irrepreensíveis, tanto durante o serviço quanto fora dele, com obser-

vância dos seguintes preceitos da ética policial militar, salvo

a) amar a verdade e a responsabilidade como fundamento da dignidade pessoal

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 108 de 112
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
Lei Estadual n° 7.990/01 - Parte - I
Prof. Vinício Ferreira

b) exercer com autoridade, eficiência, eficácia, efetividade e probidade as funções

que lhe couberem em decorrência do cargo

c) respeitar a dignidade da pessoa humana

d) zelar pelo preparo moral, intelectual e físico próprio e dos subordinados, tendo

em vista o cumprimento da missão comum

e) abster-se de fazer uso do posto ou da graduação para obter facilidades qualquer

natureza ou para encaminhar negócios públicos

Letra e.

A alternativa E não constitui preceito de ética policial militar.

Constitui preceito de ética policial militar abster-se de fazer uso do posto ou da

graduação para obter facilidades pessoais de qualquer natureza ou para

encaminhar negócios particulares ou de terceiros.

Obrigado!

Espero por você no nosso próximo encontro.

O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 109 de 112
O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 110 de 112
O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
www.grancursosonline.com.br 111 de 112
O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para MICHAEL RAMOS RODRIGUES - 06483586582, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.

Você também pode gostar