Você está na página 1de 2

Podem ser usados lápis de cor

para fazer uma escala durável em


papel, tal como as que existem nos
rótulos dos papéis indicadores Demonstração do efeito
universais, que poderá ser usada em
vários experimentos, sem a neces- tampão de comprimidos
sidade de preparar novamente os tu-
bos com soluções da escala padrão. efervescentes com extrato de
Parte 3 – Testando o pH de dife-
rentes materiais: repolho roxo
Nesta parte do experimento são Viviani Alves de Lima, Miriam Battaggia, Andréia Guaracho, Adriano Infante
testados alguns elementos ou mate- Licenciandos em química pela Fundação de Santo André, sob orientação de Julio Cezar Foschini
riais de uso doméstico para deter- Lisbôa, licenciado em química, professor titular da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da
minar a acidez ou basicidade dos Fundação Santo André, membro do Grupo de Pesquisa em Educação Química (GEPEQ) do IQ-USP
mesmos, como por exemplo xampu,
leite, suco de limão, solução de ácidos e bases, pH, tampões, indicadores, extratos vegetais
bateria de automóveis, detergente
líquido, mistura de água e sabão, clara
de ovo.* Para isso: Neste experimento são estante para tubos de ensaio
• coloque em cada tubo de utilizados extrato de repolho 2 conta-gotas
ensaio 5 mL de água destilada e 5 mL roxo e comprimido eferves-
de extrato de repolho roxo, tal como cente para se chegar ao Reagentes
na Parte 2. Acrescente a cada um conceito de solução tampão 1 comprimido antiácido eferves-
cinco gotas do material a ser testado; cente

O
• compare a cor obtida com a pH do suco gástrico situa-se
normalmente na faixa de 1,0 água destilada
escala padrão. 10 mL de extrato de repolho roxo
a 3,0. É comum, entretanto,
Questões propostas esse suco tornar-se mais ácido que o 100 mL de solução de ácido
normal, causando a chamada azia e clorídrico 0,1 mol/L
• Quais dos materiais testados 33
prejudicando a digestão. Quando isso 100 mL de solução de hidróxido de
são ácidos? Entre esses, quais são os
acontece, faz-se uso de comprimidos sódio 0,1 mol/L
mais ácidos?
• Quais são básicos? Quais são antiácidos, que têm como função Procedimento
os mais básicos? elevar o pH até a faixa da normali-
• Certo material confere cor lilás dade. Por que não se pode usar bases • Coloque, até 3 cm de altura em
ao repolho roxo. Em que faixa de pH como a soda cáustica (NaOH) para um dos tubos de ensaio, ácido
esse material se encontra? elevar o pH do estômago? Que clorídrico; em outro, água destilada e,
diferença há entre as propriedades de no último, solução de hidróxido de
* Informação ao professor: um comprimido efervescente e as sódio.
Valores de pH para os seguintes propriedades da soda cáustica? Estas • Adicione a cada um 5 gotas do
materiais: sangue, 6,5 a 7,3; leite de questões serão investigadas neste extrato de repolho roxo. Registre a
vaca, 6,3 a 6,6; saliva 6,5 a 7,5; laranja experimento. coloração adquirida pela solução de
3,0 a 4,0; suco de limão, 2,2 a 2,4; cada tubo1.
vinagre, 2,4 a 3,4; ovos (clara), 7,6 a Material
8,0; detergente, 6,5 a 7,5; morango • Coloque em um tubo de ensaio
3,0 a 3,5; banana, 4,5 a 4,7. 2 béqueres de 50 mL ácido clorídrico, algumas gotas de
3 tubos de ensaio extrato de repolho e vá adicionando

Figura1: Soluções contendo extrato de repolho roxo funcionando como indicadores de pH.

QUÍMICA NOVA NA ESCOLA Equilíbrio Ácido Base N° 1, MAIO 1995


solução de hidróxido de sódio2. jáveis para o organismo? dustrial, quando as variações de pH
• Coloque nos béqueres 50 mL de alteram os resultados desejados.
água. Em um deles, acrescente o Conclusões e comentários Também em nosso organismo elas
comprimido efervescente. Coloque 20 Verifica-se que mesmo com a estão presentes, mantendo o pH do
gotas de extrato de repolho em cada adição de hidróxido de sódio ou ácido estômago próximo a 2, o do sangue
béquer. clorídrico, não ocorre alteração próximo a 7,4, o da urina ao mínimo
• Adicione às duas soluções 10 significativa do pH da solução que de 4,5. Por isso, é também importante
gotas de solução de hidróxido de sódio. contém o comprimido efervescente, que certos medicamentos sejam ‘tam-
Agite e registre suas observações3. quando essa adição não é muito ponados’, para que não percam ou
• Acrescente à solução que contém excessiva, ao contrário do que acon- não mudem seus efeitos em dife-
o comprimido efervescente mais gotas tece com a outra solução, em que a rentes condições de pH.
de solução de hidróxido de sódio. Vá mudança é brusca mesmo com
agitando e contando o número de gotas pequenas quantidades. Notas
até observar mudança4. Verifica-se, assim, que o comprimido 1.
As cores observadas são: no ácido
efervescente em solução age como clorídrico, vermelha; na água, lilás, e no
Questões propostas controlador de pH, não deixando hidróxido de sódio, verde, passando a
• A variação de pH da solução ocorrer mudanças bruscas – isto é, amarelo.
inicial de ácido clorídrico é mais funciona como uma solução tampão. 2.
Observa-se assim alteração brusca
brusca quando se acrescenta solução Soluções tampão são as soluções de pH, indicada pela rápida mudança da
de NaOH ou de comprimido eferves- que resistem a variações de pH, coloração da solução.
cente? quando a elas são adicionados áci- 3.
Na solução com comprimido
• Por que a ingestão de excesso dos ou bases. Tais soluções são efervescente, a cor se mantém.
de antiácidos também pode trazer amplamente empregadas em análise 4.
A solução resiste por mais tempo à
conseqüências altamente indese- química e até mesmo em escala in- mudança de pH que as demais.

Para saber mais DAVENPORT, HORACE W. ABC da GEPEQ - Grupo de Pesquisa em


química ácido-base do sangue. São Paulo, Educação Química. Laboratório
CONN, ERIC E. e STUMNPF, P.K. Atheneu Editora, tradução da 5ª edição Aberto Experiências de Química –
34 Introdução à bioquímica. São Paulo, revista da obra The ABC of acid-base Instituto de Química da USP - São
Editora Edgard Blücher, tradução da 4ª chemistry, 1973. Paulo.
edição americana, 1980. AMBROGI, ANGÉLICA; LISBÔA, J.C. e LIDE, D.R. CRC Handbook of che-
ROSE, KENNETH JON. O corpo VERSOLATO, E.F. Unidades modulares de mistry and physics. Boca Ronton, RCR
humano no tempo. São Paulo, Editora química. São Paulo, Gráfica Editora Ham- Press, 73rd ed., 1992-3.
McGraw-Hill, 1989 . burg, 1987.

NORMAS DE PUBLICAÇÃO

Todos os trabalhos devem ser 60 toques e a indicação de três HATHAWAY, D. Patentes, alimen-
enviados em três vias datilografadas palavras-chave. tos, nós mesmos. Tempo e Presen-
em espaço duplo, preferencialmente Os desenhos (gráficos e esque- ça (ano 14, 266, nov/dez), pp.16-
nas dimensões 21 x 16 cm, em 20 mas) deverão ter a qualidade gráfica 17, 1992.
linhas por página e 60 toques por adequada para serem fotografados Os autores devem, sempre que
linha. Caso o trabalho seja digitado diretamente. Outras sugestões de possível, sugerir outras leituras ou
em computador, utilizar se possível o ilustrações, tais como fotos e gravu- acessos para informações e reflexões
editor de texto Microsoft Word for Win- ras, devem ser encaminhadas junto a respeito dos temas abordados no
dows. A versão definitiva poderá ser com os originais datilografados. texto, para serem incluídos no “Para
enviada em disquete, de preferência As referências citadas devem ser saber mais”.
no tamanho 3 1/2 polegadas. relacionadas ao final do texto, A editoria de Química Nova na
A primeira página deverá conter o segundo exemplos abaixo: Escola reserva-se o direito de efetuar,
título do trabalho, o(s) nome(s) do(s) Para livros: quando necessário, pequenas altera-
autor(es), sua(s) formação(ções) AMBROGI, ANGÉLICA; LISBÔA, ções nos manuscritos, de modo a
acadêmica(s), a instituição em que J.C. e VERSOLATO, E.F. Unidades adequá-los às normas da revista e
trabalha(m) e o endereço completo. modulares de química. São Paulo, tornar o estilo mais claro, respeitando,
A segunda página deverá conter uma Gráfica Editora Hamburg, 1987. naturalmente, o conteúdo do trabalho.
introdução ao artigo com no máximo Para periódicos:

QUÍMICA
QUÍMICA NOVA
NOVA NANA ESCOLA Equilíbrio
ESCOLA Normas Ácido
de Publicação
BaseN°N°
1, 1,
MAIO
MAIO1995
1995