Você está na página 1de 27

OBJECTIVOS/COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR

 Utilizar os recursos e técnicas avançadas para processamento e edição de


imagens.
 Efetuar manipulações e tratamentos em imagens/fotografias complexas.
 Criar fotomontagens recorrendo a várias camadas.
 Automatizar funções.
 Desenvolver e preparar imagens para diferentes tipos de suportes e/ou aplicações.
IMAGENS BITMAP E VECTORIAIS

Existem dois tipos de imagens a considerar:

 IMAGENS VECTORIAIS
 BITMAPS ou RASTER IMAGES

Saber quando e as razões para a utilização de um ou outro tipo de imagem é muito importan

 É o primeiro passo para obter uma imagem optimizada!


IMAGENS VECTORIAIS

As IMAGENS VECTORIAIS são constituídas por rectas e curvas; definidas por


equações matemáticas que se traduzem em vectores.

São geralmente utilizadas para ilustrações (print ou web) e podem ser


compostas por letras ou outros elementos gráficos que precisam de ser
redimensionados com regularidade para utilização em diferentes meios e
canais.
IMAGENS VECTORIAIS

As imagens vectoriais NÃO SOFREM perda de qualidade quando são


redimensionadas.

Os suportes vectoriais mais utilizado são o EPS e o SWF (Flash).

 A utilização de imagens vectoriais na web implica, geralmente, a


existência de um plugin no browser. Exemplo: Flash Player.
IMAGENS BITMAP

Os BITMAPS, também conhecidos como RASTER IMAGES, baseiam-se numa


matriz de cores, constituída por pixeis. Cada PIXEL tem uma localização e
uma cor específicas.

Devido à natureza destas imagens, os bitmaps são indicados para a


representação de gradientes de cores e variações subtis de forma. Exemplo:
fotografias.

Todos os bitmaps PERDEM QUALIDADE quando são redimensionados.


O PIXEL

Pixel
FORMATOS DE BITMAP

Os bitmaps podem ser gravados como:


 GIF (web)
 JPEG (print/web)
 PNG (web)
 BMP (print para uma cor)
 TIFF (print)
 Etc.
FORMATOS DE BITMAP: GIF
GIF: Graphic Interchange Format

 Formato muito utilizado na web para ícones ou desenhos com cores lisas.
 Permite apenas a representação de 256 CORES (formato de 8 bits)

 As cores da imagem são colocadas numa tabela e um índice é criado para


representar cada pixel.
 Suporta transparências.
 Permite criar pequenas animações: GIFs animados.

 A compressão das imagens GIF é feita por REDUÇÃO DO NÚMERO DE CORES.


FORMATOS DE BITMAP: JPEG

JPEG ou JPG: Joint Photographic Experts Group

 Formato utilizado na web para representação de imagens complexas.

 Não limita o número de cores como os GIFs, sendo utilizado em imagens com
variações subtis de cores (gradientes) e formas. Exemplo: Fotografias.

 Não suporta transparências.

 A compressão é DESTRUTIVA mas muito eficiente.

 As cores dos pixeis são trocadas por outras, de forma a simplificar a imagem e
obter um ficheiro reduzido.
FORMATOS DE BITMAP: PNG

PNG: Portable Network Graphics

 Criado para melhorar e substituir o GIF.


 Suporta RGB e Grayscale.
 Criado para uso na web e portanto não suporta paletas CMYK.
 Suporta transparências.
FORMATOS DE BITMAP: TIFF

TIFF: Tagged Image File Format


 É um formato de arquivo raster;

 Criado para uso no processo de impressão PostScript;

 Formato padrão dos arquivos gráficos (32-bits) com elevada definição de


cores.

 Muito utilizado para o intercâmbio de imagens entre as diversas


plataformas (hardware: PC, Macintosh, software: Linux, Windows)
FORMATOS DE BITMAP: GIF OU JPEG?
BITMAP OU VECTOR?
RESOLUÇÃO DE IMAGENS

A RESOLUÇÃO DE UMA IMAGEM corresponde ao número de pixéis utilizado


para a sua representação digital.

Mede-se em DPI (dots per inch), que representa o número de pontos por
polegada da imagem. Quanto maior a resolução, maior o ficheiro resultante.

Consideram-se geralmente 3 tipos de resolução: de ARQUIVO, de ECRÃ e de


IMPRESSÃO.
RESOLUÇÃO DE IMAGENS

A RESOLUÇÃO DE UMA IMAGEM corresponde ao número de pixéis utilizado


para a sua representação digital.

Mede-se em DPI (dots per inch), que representa o número de pontos por
polegada da imagem. Quanto maior a resolução, maior o ficheiro resultante.

Consideram-se geralmente 3 tipos de resolução: de ARQUIVO, de ECRÃ e de


IMPRESSÃO.

OUTRA DEFINIÇÃO É PPI - Mede-se em PPI (pixels per inch), que representa
o número de pixels por polegada de um ecran. É a resolução do ecran.
RESOLUÇÃO DE IMAGENS
RESOLUÇÃO DE IMAGENS
RESOLUÇÃO DE ECRÃ
 É a mais baixa das 3 resoluções.
 O monitor não suporta o mesmo nível de resolução que uma impressora.
 Ronda, geralmente, os 72 dpi.
 É a resolução utilizada na Web.

Nota: Utilização de uma imagem de 100 dpi no ecrã, em vez de 72 dpi, não resulta numa
imagem mais nítida; apenas uma imagem maior em área. No entanto, em impressão, a imagem
de 100 dpi terá uma definição melhor, ocupando a mesma área que a de 72 dpi.
COLOR MODE DE UMA IMAGEM

 Define o esquema de cores a ser utilizado para uma determinada imagem.

 É possível a conversão entre color modes diferentes.


 Mode BITMAP
 Mode GRAYSCALE
 Mode RGB
 Mode CMYK
 Mode LAB
COLOR MODE DE UMA IMAGEM

Color Mode: Bitmap


 Utiliza apenas duas cores e recorre ao efeito dither para as diferentes
tonalidades.

Color: Mode Grayscale


 Utiliza uma escala de 256 cinzentos que variam desde o branco até ao
preto.
COLOR MODE DE UMA IMAGEM

Color Mode: RGB


 Utiliza o conceito de mistura aditiva entre as três cores básicas: vermelho
(red), verde (green) e azul (blue).
 CORRESPONDE AO ESQUEMA DE COR UTILIZADO NAS IMAGENS PARA A
WEB.

• A conversão dos 3 feixes de luz gera o branco;


• A ausência das 3 luzes gera o preto;
• As variações de intensidade de luz de cada uma das 3 cores
básicas geram as restantes cores do espectro visível.
• Essa intensidade varia entre 0 e 255.
COLOR MODE DE UMA IMAGEM

Color Mode: CMYK


 As cores são obtidas por mistura subtractiva entre quatro cores: Azul Ciano
(Cyan), Carmim (Magenta), Amarelo (Yellow) e Preto (blacK).

 As cores variam entre 0% e 100%.


COLOR MODE DE UMA IMAGEM

Color Mode: Lab


 Dispõe todo o espectro puro dentro de um círculo, onde aos quatro
quadrantes correspondem as cores Amarelo, Verde, Azul e Vermelho.

Para se referir a uma cor específica, dão-se duas coordenadas que correspond
um ponto dentro do círculo, segundo as rectas vertical_a e horizontal_b. Exis
uma terceira dimensão, perpendicular ao plano do círculo cromático, em cujo
desenvolve a luminosidade de todas as cores.
BANCOS DE IMAGENS
Muitas das imagens utilizadas em trabalhos gráficos são adquiridas em bancos de
imagens.

 Aplicam-se dois tipos de contratos neste processo:


 Direitos Protegidos ou Rights Managed
O valor deste tipo de licenciamento é geralmente superior e definido conforme a
utilização que será dada à imagem (período de tempo, meios em que é veiculada,
por quem, para que tipo de produto, em que sector de actividade, etc.).

 Isenção de Direitos ou Royalty Free


Imagens isentas de controle de direitos que, após a aquisição inicial, podem ser
utilizadas de forma e por tempo ilimitado sem quaisquer direitos adicionais a
pagar.
BANCOS DE IMAGEM
As imagens dos bancos de imagem estão, geralmente, disponíveis para:
 Aquisição individual (single image)
 Aquisição do CD temático.
No caso da aquisição individual, os ficheiros digitais poderão ter diferentes
resoluções.
Alguns bancos de imagens:

 iStockPhoto: http://istockphoto.com/
 Getty Images: http://www.gettyimages.com/
 Corbis: http://www.corbis.com/
 Gimmestock: http://www.gimmestock.com/
 Flickr: http://www.flickr.com/
SÍNTESE
As imagens digitais variam de tipo (bitmaps ou vectoriais), formato (jpg, gif,
etc), resolução e color mode, entre outros factores.
Imagens utilizadas na web:
 Geralmente gravadas com o formato JPG, GIF ou PNG;
 Resolução de ecrã, com 72 dpi;
 Utilizam o esquema de cores RGB.

As imagens utilizadas em print:


 Geralmente bitmaps, gravadas com formato JPG, TIFF ou PSD;
 Têm uma resolução de 150/300 dpi;
 Utilizam o esquema de cores CMYK.

Você também pode gostar