Você está na página 1de 3

Notas sobre Plutão

Minha opinião sobre Plutão é profundamente informada pelo trabalho do astró logo evolucionário Steven Forrest, de cujo Programa de
Aprendizagem sou membro desde 2004. Em menor grau, o trabalho do astró logo evolucionário Jeffrey Wolf Green também influencia meu
pensamento. Tomando elementos de suas perspectivas, mas não me sentindo satisfeito por uma imagem completa da alma estar disponível
para mim por meio de seu trabalho ou por meio de tradiçõ es religiosas que eu havia explorado, comecei a fazer perguntas ao ser que
finalmente comecei a canalizar, Djehuty, também conhecido como Thoth, St Germain e Merlin. Ele é chamado de mestre ascenso, mas os
títulos não são importantes para ele e ele não se importa com a convenção de capitalizá-lo - ele afirma que é uma alma, uma porção de
Deus / Deusa, assim como você e eu, mas com um diferente título de trabalho quando não vive como um humano.
Ao longo de vários anos trabalhando com ele como tutor de astrologia, emergiu uma imagem diferente dos meandros de Plutão em relação à
jornada de mú ltiplas vidas da alma. Sou grato pelas contribuiçõ es maravilhosas e incríveis que Forrest e Green fizeram para o campo. O que
ofereço sobre Plutão é, percebo, uma extensão e um aprofundamento do quadro plutoniano para incluir passos práticos para lidar com
ferimentos de outras vidas (freqü entemente chamados de vidas passadas) e padrõ es emocionais / psicoló gicos. Ver a alma em um novo
contexto do que aquele que temos na astrologia evolucionária é o fator determinante no desenvolvimento e aceitação de uma nova visão de
poder quando se trata de Plutão. A opinião de Djehuty sobre o trabalho de Forrest e Green é que cada um deles viu uma parte essencial da
imagem, mas há mais.
O feedback dos inú meros clientes e alunos expostos às perspectivas e ferramentas que uso quando se trata de questõ es plutonianas são
consistentemente de que agora eles finalmente entendem o que fazer com Plutão naturalmente, por trânsito, etc., e que preciso obter essa
informação para mais pessoas. Um livro sobre esse material está em andamento, mas, francamente, é um entre cerca de 10 nesse estado. Eu
ofereço esta página da web agora, caso demore mais do que o esperado para terminar o livro. Living in the Present Tense , um relató rio natal
original que escrevi sobre a cura emocional usando o mapa, inclui Plutão como um dos quatro arquétipos (com Chiron, Lilith e Lú cifer). Esse
relató rio contém uma explicação de Plutão, bem como uma seção sobre sua casa e signo de Plutão, indo mais fundo do que este artigo.
Leia os volumes I, II e III de The Soul's Journey para ver esta imagem de Plutão explicada e ilustrada em vários mapas astroló gicos de
nascimento. O que você vai ler aqui é uma visão geral dos pontos-chave e abordagens de como trabalho com Plutão neste momento, como
indicativo da jornada de capacitação que uma alma pretende que seu ser humano passe ao longo da linha do tempo da Terra.
Plutão e a Jornada de Capacitação Multilife da Alma. A alma existe fora do tempo, enquanto seus seres humanos se desenvolvem como seres
físicos dentro do tempo. Alma é uma porção da inteligência divina ou Tudo Que É, ou Deus / Deusa se você preferir. Ele se divide em porçõ es
que parecem discretas - almas - que então se incorporam como humanos. Isso é feito porque Tudo o que É em seu estado completo é
onipotente, e peças que parecem separadas podem se chocar umas com as outras para aprender sobre si mesmo, o objetivo do que todos
estamos fazendo aqui.
No mapa natal, Plutão descreve o que uma pessoa precisa fazer para provar a si mesma, desenvolver uma confiança profunda e investir e
expressar o nível mais profundo de paixão e poder criativo. Relaciona-se com a necessidade de confrontar e fazer as pazes com todas as versões
de sombra dentro de nós, tudo o que foi sufocado, varrido para debaixo do tapete e jogado na escuridão para que não tenhamos que estar
cientes de nossa pró pria feiú ra pessoal.
Ao longo da maior parte da histó ria humana, vinculamos nossa disposição e capacidade de nos sentirmos fortes e confiantes à realidade
material, quer tenha a ver com nossa aparência física ou habilidades ou posses, dinheiro, status e influência. Vincular uma sensação de poder
pessoal a essas coisas resultará inevitavelmente na perda dessa sensação de poder, porque todas as circunstâncias no mundo material
mudam. Se você se sente bem consigo mesmo por ser jovem e atraente, envelhecerá e provavelmente ficará menos atraente mais tarde. Se
você vincular isso ao dinheiro e aos recursos de que dispõ e, sua situação poderá mudar em algum momento.
O verdadeiro poder vem de dentro para fora. Significa estarmos dispostos a enfrentar tudo o que não gostamos ou aceitamos em nós mesmos -
o que somos, o que poderíamos escolher fazer, etc. - e fazer isso com compaixão e aceitação. Encarar a sombra sem amor pró prio e vontade
de crescer alterando nosso relacionamento com o que consideramos escuridão só resultará em guerra. Encarar a sombra com compaixão,
no entanto, traz a luz da percepção consciente e do amor às partes de nó s que tiveram o amor negado. Podemos então integrá-los e nos
beneficiar do que eles têm a oferecer, ou seja, criatividade, paixão, coragem, intensidade e força de vontade.
Plutão no mapa natal, então, representa o que precisamos fazer, mas temos medo em relação a isso. Indica o tipo de cicatriz emocional e
psicológica que uma pessoa tem no corpo emocional, um corpo sutil que é comum em todas as muitas vidas da alma dessa pessoa. Isso quer
dizer que os medos plutonianos em uma determinada vida são, de fato, em comum com todas as vidas de sua alma. Esta é a fonte de “medos de
vidas passadas” e “feridas de vidas passadas” - eles são carregados em seu corpo emocional, que você compartilha com todas as outras vidas
de sua alma.
Os medos plutonianos são os mais intensos que podemos ter, e a jornada para nos tornarmos fortalecidos por meio da configuração de Plutão
no mapa de uma pessoa levará essa pessoa aos seus medos mais profundos, intensos e irracionais. A pessoa terá que enfrentar esses medos e
partes sombrias de si mesma com amor para transmutar o medo em amor, que é o que dá à pessoa uma sensação de poder: Enfrentar o mais
escuro das trevas e ser amoroso ... não importa o que aconteça. Esta é a intenção ú ltima da alma quando ela coloca seu ser humano no
caminho para desenvolver poder - é um poder espiritual e amoroso, não algo baseado na realidade material.

Casas, sinais e aspectos de Natal Plutão em breve.


Trânsitos de Plutão têm uma péssima reputação porque tendemos a pensar que a vida deve ser livre de mudanças, dor e sofrimento. Quando
resistimos ao impulso de mudar de maneira importante e de nossas mais profundas profundezas durante um trânsito de Plutão, uma
mudança imensa e profunda acontecerá “para nó s”. Em um trânsito de Plutão, nos sentiremos derrubados ou nivelados, e é fundamental
entender que quaisquer estruturas, comportamentos e realidades em sua vida que se desintegrem durante um desses trânsitos, aquela coisa
estava pronta para ir. Devemos saber que, porque se apegam a coisas, situaçõ es e pessoas, em algum momento elas precisarão ir. Além
disso, devemos perceber que Plutão está tentando nos levar a cavar fundo e decidir que sobreviveremos à dificuldade temporária e à dor
deste momento.
Como Plutão representa nossa relação com o poder, qualquer coisa no mundo material externo que usamos para nos sentirmos poderosos,
confiantes ou fortes será demolida quando Plutão transitar. O imperativo evolucionário de Plutão em trânsito é forçá-lo a retreinar sua
concepção de poder e força na auto-aceitação interna, que é o amor-próprio. Para desenvolvê-lo, cada um de nó s deve enfrentar o que
tememos, odiamos, envergonhamos ou vilipendemos sobre nó s. Já que não queremos fazer isso, os trânsitos de Plutão existem para nos
forçar a fazer isso! Isso significa ser chamado às profundezas para fazer um trabalho de sombra, enfrentando o que não amamos em nó s e,
provavelmente, perceber que nunca poderíamos amar. Então, em essência, o processo de um trânsito de Plutão é forçá-lo a abandonar o que
não serve mais ou funciona para você enquanto, ao mesmo tempo, o força a crescer ao encontrar o que você considera feio, inaceitável e
desagradável sobre você. Quando você conhece e aceita todas as partes de si mesmo, você se conecta ao seu poder plutoniano, seu pró prio
gerador de energia atô mica pessoal. E você não tem mais o que pode fazer ou quem pode vir a ser - você é quem você é e aceita isso.
Quando Plutão entra em uma nova casa, há um grande efeito. Não será, entretanto, intenso durante o trânsito de Plutão pela casa. O volume
do efeito estará presente por alguns anos. Em relação a qualquer um desses trânsitos ser positivo ou negativo, tudo é determinado pela
vontade do detentor do mapa de mudar, crescer, se tornar mais autêntico e enfrentar medos pessoais e saber que sobreviverá diante deles.
Plutão transita no Sol natal: A pró pria missão da vida e o sentido do eu são desafiados. A pessoa vai abrir mão de idéias de si que não servem
mais? A pessoa terá a oportunidade de entrar em uma forma mais autêntica de desenvolver e expressar um senso de identidade. Isso pode
parecer uma ameaça à saú de e à vitalidade, mas o combustível que a pessoa queima para viver e ser está tentando se transformar de um
modelo antigo em algo mais verdadeiro do que a pessoa jamais conheceu.
Plutão transita na Lua natal: O senso de segurança, conexão, comunidade, pertença e capacidade da pessoa para atender às suas necessidades
é desafiado. A pessoa vai transformar o que decidiu que segurança é e significa? Questõ es familiares e domésticas contemporâneas serão
analisadas, assim como as do passado. A pessoa precisa transformar as concepçõ es de necessidade, nutrição e segurança para prosseguir
com uma forma de vida autêntica, provavelmente mais madura e autossuficiente.
Plutão transita pelo Mercúrio natal: percepção, comunicação, interesses e pensamentos serão refeitos durante esse trânsito. A pessoa pode
achar difícil continuar com padrõ es mentais estabelecidos e maneiras de experimentar a si mesma, aos outros e ao mundo por meio da
mente. O poder está tentando ser encontrado por meio da reorganização de como a mente funciona e por quê. Pode surgir uma nova
sensação de necessidade de falar a verdade, e isso pode resultar em mudanças notáveis na vida, pois aquilo a que se dá atenção pode mudar
de maneiras importantes.
Plutão transita por Vênus natal: Valores e relacionamentos estão prontos para sofrer uma transformação definitiva. Habilidades possuídas e
desejadas, relacionamentos interpessoais existentes, o que se pode fazer e o preço que está atrelado a isso são transformadores. A vida com
outras pessoas pode ficar difícil por um tempo, à medida que a pessoa percebe que alguns relacionamentos existentes não são baseados na
verdade. Além disso, valores, habilidades e relacionamentos podem agora ser informados pela primeira vez por motivaçõ es ocultas com as
quais a pessoa precisa fazer as pazes e se integrar.
Plutão transita pelo Marte natal: a força de vontade, os desejos e a auto-afirmação da pessoa estão sob revisão plutoniana. O que se quer e
como fazer para que aconteça pode começar a desmoronar com esse trânsito. O portador do mapa precisa estar ciente de que o que não está
funcionando, na verdade, não está mais servindo a ele. Pode parecer que o progresso e o livre arbítrio estão bloqueados ou arquivados,
levando a grande frustração e, possivelmente, explosõ es de raiva. Alinhar a vontade de alguém com o que é verdadeiro para ela resolverá
esses problemas.
Plutão transita por Júpiter Natal: O sistema de crenças, a autoconfiança e o senso de otimismo de uma pessoa podem estar sob ataque de
alguma forma durante esse período. O que a pessoa acredita e por que pode ser ilustrado em aparentes jogos de poder em sua vida,
potencialmente levando a pessoa a ter uma crise de fé. O que se acredita e se espera disso não é baseado na realidade de quem a pessoa
realmente é precisa ir, e o processo pode ser difícil. É necessária uma avaliação honesta do que se acredita ser necessário.
Plutão transita por Saturno Natal: As estruturas da vida de uma pessoa precisam ser demolidas para que algo novo possa ser construído em
seus lugares. Pode ocorrer uma sensação de peso que pode acompanhar uma percepção de impossibilidade, e a pessoa pode sentir que não
faz sentido trabalhar / criar quando as coisas estão sendo destruídas, não importa o que se faça. Novas estruturas, níveis de maturidade e
disciplina precisam ser desenvolvidos e, ainda assim, chega um momento durante esse trânsito em que a pessoa precisa deixar as coisas
desmoronarem. O que está se desintegrando, como acontece com todos os trânsitos de Plutão, precisa ir embora.
Plutão transita por Urano Natal: Plutão pergunta ao portador do mapa o que ele está disposto a fazer para ser inteiramente, totalmente,
verdadeiramente livre. As lutas de poder com os outros seriam apenas reflexos do processo interno que está se desenrolando sobre quem
está no comando da vida da pessoa. Este pode ser um momento de grande e profunda originalidade se a pessoa estiver disposta a avaliar
honestamente o que na vida a faz se sentir encurralada, presa e limitada. Quando a liberdade é abraçada, há espaço para se tornar mais
confiante, desenvolvendo e incorporando os dons ú nicos e o gênio pessoal de cada um.
Plutão transita por Netuno Natal: Aquilo a que alguém se rendeu pode tornar-se obviamente um obstáculo neste momento. Se a pessoa tem fé
em qualquer realidade do mundo material, este é o capítulo da vida em que esses objetos e situaçõ es farão tudo o que puderem para se
dissolver e desmoronar. Onde a pessoa colocou sua fé? Com que verdade, se houver, a pessoa está alinhada? Plutão vai se arrepender de
“falsos ídolos” até que o portador do mapa esteja pronto para abraçar um relacionamento com a vida e o cosmos que reflita que ele ou ela
faz parte do tecido maior da vida. Problemas de controle podem surgir com qualquer trânsito de Plutão, mas este pode assustar uma pessoa
a ponto de tentar hipercontrolar tudo na vida, potencialmente levando a uma sensação de total e irremediavelmente fora de controle.
Plutão transita por Plutão Natal: A relação da pessoa com o medo e o poder precisa se transformar. O que a pessoa sente que é possível pode
ter sido limitado no passado, devido às suas experiências que moldaram a auto-estima e a disposição de se aceitar exatamente como ela é.
Os medos surgirão, assim como um desejo profundo de assumir o poder de reivindicar o direito de dirigir o navio da vida. Durante esse
trânsito, a porta para conhecer o melhor e o pior de si mesmo está aberta. Se o portador do mapa decidir saber e aceitar tudo isso - incluindo
o pior dos piores - então ele ou ela emergirá do outro lado do trânsito com mais poder do que nunca.
Plutão transita por Ascendente Natal: É hora de reinventar quem a pessoa é, mas isso tem que acontecer através da dissolução e
desmoronamento de como o eu foi concebido e apresentado. A energia plutoniana preenche o corpo e a personalidade. A reinvenção não pode
ocorrer até que a pessoa libere qualquer apego a quem ela é, e isso requer que o portador do mapa decida com confiança que vai sobreviver.
Futilidade e o que parece escuridão podem surgir dentro da pessoa durante este tempo, e ele ou ela deve fazer as pazes com as sombras
internas, que é a ú nica maneira de transformar velhos medos e dú vidas no poder pessoal que transita por Plutão tentando atrair a pessoa
para abraçar.
Plutão transita pelo Meio do Céu Natal: Mudanças na carreira e no lugar na sociedade e no mundo são as manifestaçõ es ó bvias, assim como
as aparentes lutas pelo poder. Plutão em trânsito está pressionando o portador do mapa para permitir que expressõ es pú blicas inautênticas
de si mesmo se desintegrem e se dissolvam, para que o espaço possa ser criado para versõ es profundamente autênticas a serem criadas
depois que a poeira assentar. Quem se torna mais poderoso no mundo quando? O que é preciso para estar no comando de algo que é
importante para a pessoa? O detentor do mapa está sendo questionado sobre essas questõ es e para enfrentar seus medos de se tornar um
agente de mudança em algum tipo de arena pú blica, seja por meio do trabalho ou do envolvimento com a comunidade.
Plutão transita por Descendente Natal: As concepçõ es e abordagens existentes de justiça e dar e receber dentro do relacionamento estão
prontas para ir. Os relacionamentos podem desmoronar, mas, se isso acontecer, eles precisam (mesmo quando isso é extremamente
doloroso). O que a pessoa busca nos outros está pronto para sofrer uma mudança dramática e, depois que a poeira do trânsito de Plutão
assentar, o que resta será uma versão mais autêntica e real da pessoa que ela apresenta aos outros. Se as lutas de poder no relacionamento
se desdobram, esteja ciente de que o relacionamento está servindo como um teste ou campo de provas para o detentor do mapa sobre quem
consegue ser poderoso no relacionamento interpessoal.
Plutão transita por Nadir Natal: a base interna da pessoa precisa ser transformada. Não importa o que esteja acontecendo no âmago
emocional de uma pessoa quando esse trânsito começa - o pró prio senso de fundação que a pessoa teve precisa mudar. Seu relacionamento
com o passado e com a família - que são frutos da paisagem emocional interior - será revisado. Pode haver lutas pelo poder em torno da casa
ou onde pode ser ou é (ou costumava ser) seguro para a pessoa. As questõ es relativas ao que é e como deve ser a casa estão em alta agora,
assim como a sensação da pessoa de ter um lugar ou grupo ao qual pertencer.
As progressões para Plutão natal indicam mudanças internas relacionadas ao planeta, ângulo, asteró ide ou ponto que estão afetando a
concepção e expressão de Plutão natal de uma pessoa. O que quer que essa pessoa esteja fazendo ou não com a energia plutoniana
configurada em seu mapa natal, uma progressão para Plutão ativará o planeta e / ou tentará tirar seu poder ou impotência plutoniano de
seu esconderijo. As progressõ es sempre indicam uma mudança interna que está pronta ou tentando entrar ou influenciar visivelmente o
comportamento externo de uma pessoa. Uma progressão para Plutão trará a necessidade de integrar e, provavelmente, expressar algo sobre
o Plutão natal da pessoa.
Os Arcos Solares de Plutão descrevem algo importante e que pode parecer inevitável ou predestinado a uma pessoa. Freqü entemente, os
eventos do arco solar mudam tudo. A coisa chega para a pessoa de fora, mas é diferente do efeito de um trânsito. Trânsitos fazem perguntas
e o portador do mapa pode responder ou recusar (ou evitá-lo completamente), enquanto os arcos solares parecem trazer eventos
importantes e pontos de junção que uma pessoa não pode evitar. Arcos solares para Plutão natal trazem eventos externos de uma natureza
relacionada ao planeta em arco para Plutão de uma pessoa, tornando aparente a sensação de força e confiança ou de impotência que a
pessoa tem, dependendo de como a pessoa lida com sua energia natal de Plutão .

Você também pode gostar