Você está na página 1de 14

Escola Bíblica Eluzai

Lição 8 - A missão de Marido, Esposa e Filhos


Texto Áureo

“Pais, não irriteis os vossos filhos, para que


não fiquem desanimados.” Cl 3.21

Verdade Prática

A harmonia na família merece o empenho de


todos.
DEUS deu regras específicas com relação a
responsabilidade dos maridos, das esposas e
dos filhos.

Quando essas regras são obedecidas, a


unidade familiar se fortalece e cada membro da
família se sente realizado e feliz.

Se o céu fosse o seu lar, você gostaria de ir


pra lá ??
I. Missão do Marido
1. Amar
a. O marido deve amar a esposa como Cristo amou a
Igreja. Ef 5.25, 28
a.1 - Entrega (Rm 5.8), amor sacrificial do marido que
está disposto a sofrer em benefício da sua esposa.
a.2 - Encorajar na vida Cristã e compartilhar a Palavra.
Ef 5.26
a.3 - Crescimento espiritual da esposa que retornará ao
próprio marido através de uma companheira espiritual e
irrepreensível. Ef. 5.27
a.4 - Iniciativa de demonstrar o seu amor. 1Jo 4.19
a.5 - Cuidado como pelo próprio corpo. Rm 12.5
a.6 - Ter consideração com a sua esposa. 1Pe 3.7
b. O Amor está na base de todo relacionamento que da
certo, seja nas relações de trabalho, nos estudos ou na
igreja. AMAR implica DEDICAÇÃO e VOLUNTARIADO.

c. Aos obreiros(as): “Não adianta um trabalhador do


evangelho ganhar o mundo inteiro e perder a sua própria
casa. A FAMÍLIA é o principal rebanho do obreiro(ra)
2. Dirigir o lar
a. O modelo bíblico de família passa pela liderança do
marido. 1Co 11.3

b. A esposa deve participar dessa organização,


fortalecendo o papel do seu esposo.

c. Nos tempos bíblicos o homen exercia uma liderança


muito diferente do que vivemos hoje.

d. A mulher brasileira tem direitos constitucionais que lhes


asseguram a igualdade de condições e oportunidades.

e. A sabedoria da família cristã consiste em saber aplicar a


Bíblia conforme a realidade do nosso tempo, não
desprezando o que a palavra ensina
3. Prover o sustento
a. É dever do Marido (homem) suprir as necessidades
materiais da sua família e lhe dar proteção 1Tm 5.8. Jamais
o marido deve deixar essa carga sobre "os ombros” da sua
esposa.
b. “Sustentar o lar” não implica apenas a provisão
financeira, aplica-se também a sustê-lo com afeto e
orientação.
c. Alguns homens continuam reproduzindo o velho modelo
autoritário de gerações passadas: Porque cumprem o papel
de provedor e entendem que estão desobrigados de outras
questões do lar.
II. Missão da Esposa
1. Edificar o seu lar
a. A mulher sábia edifica a sua casa. Pv 14.11
b. Provérbios 31 apresenta uma esposa exemplar:
b.1 - Ela tem a confiança do seu marido. v.11
b.2 - Benfeitora (só faz o bem). v12
b.3 - Trabalhadora. v.13
b.4 - Previdente. v.14
b.5 - Administradora. v.15
b.6 - Firme. v.16
b.7 - Conhece seu marido. v.23
b.8 - Louvada pela familia. v.28

2. Ser exemplo
a. Em Tito 2.3 ensina que as mais experientes devem
ser exemplo para as mais novas.
b. Contudo ser exemplo não deve apenas se basear na
idade elevada. Devemos ser exemplo também na nossa
juventude.
3. Apoiar o marido
a. A autoridade bíblica do marido é uma questão de
responsabilidade e organização hierárquica.
b. A família é uma sociedade, que é um agrupamento de
pessoas e que por sua vez precisa ser liderada. Deus
escolheu o marido para liderar a família.
c. No entanto sabemos que nem sempre o homem
assume essa liderança, alguns cuidam apenas do
sustento. outros nem são crentes, outros são viciados.
d. Quando essa liderança do marido fica descoberta
cabe a esposa cristã o papel de guiar o seu lar.
III. Missão de Pais e Fihos
1. Honrar e obedecer aos pais.
a. A primeira exigência que se faz dos filhos é que eles
honrem e obedeçam a seus pais. Êx 20.12 - Ef 6.1-3
b. O jovem deve se lembrar dos ensinamentos e dos
conselhos paternos quando se tornar adulto e
independente.

2. Exemplo dos pais


a. Criar um filho implica dar exemplo, ensinar e
disciplinar sempre.
b. Crianças aprendem com: 1º Com o mundo ao seu
redor. 2º Quando são instruídas. 3º Quando são
corrigidas justamente.
c. Os pais não devem corrigir seus filhos quando
estiverem com raiva. Ef 6.4 É necessário haver
coerência e firmeza na correção.
d. A criança tem de saber que cada atitude implica uma
determinada consequência.
e. Deve sempre explicar o porque daquela correção e
orar com eles. Hb 12.6-9
3. Disciplina
a. A atitude dos pais deve seguir o exemplo do nosso pai
celestial. (vide revista)
b. Nenhum pai deve se alegrar porque disciplina
(corrige) seus filhos, assumindo ares de autoritarismo e
prepotência, humilhando a criança, adolescente e jovem
em nome da dependência financeira.
"Converse abertamente com
seu cônjuge sobre sobre as
dificuldades encontradas no
casamento. Apresente a sua
família constantemente a
Deus em oração"

Você também pode gostar