Você está na página 1de 4

Exercício 01 – Simulado Diagnóstico

Pedido do professor 16/06/2021

Entrega do aluno 19/06/2021

Correção do professor 22/06/2021

PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL
Em 15 de dezembro de 2009 Pedro foi surpreendido na companhia de Caio na posse de 2 papelotes
de cocaína. Conduzido ao distrito policial e realizado o laudo de constatação, foi preso em flagrante
pelos delitos de tráfico de drogas e associação para o tráfico, tendo posteriormente obtido a
liberdade provisória na audiência de custódia em razão da primariedade bem como da pequena
quantidade de droga apreendida. Em 25 de janeiro de 2020 Pedro foi denunciado perante a 1a
Vara Criminal da Capital pelos delitos de tráfico de drogas (art. 33, caput) e associação para o
tráfico (art. 35). Ato contínuo, em 27 de janeiro de 2020 a denúncia foi recebida. Durante a
audiência de instrução de julgamento o réu foi inicialmente interrogado, afirmando que a droga,
destinava-se a consumo pessoal e que havia conhecido Ticio naquele mesmo dia. Ao final da
instrução a defesa requereu se aguardasse a vinda aos autos do laudo definitivo, mas o MM Juiz
entendeu que o laudo de constatação era suficiente para comprovar eventual materialidade
delitiva do crime de tráfico de drogas e abriu vista ao ministério público para oferecimento de
alegações finais escritas. O Parquet pediu condenação nos termos da denúncia. Você, advogado
de Pedro, é intimado em 03/03/20. Em face da situação narrada apresente a peça cabível,
deduzindo toda a matéria pertinente para defender os interesses de seu cliente e datando a
petição com o último dia para protocolo.

Obs.: a peça deve abranger todos os fundamentos de Direito que possam ser utilizados para dar
respaldo à pretensão. A simples menção ou transcrição do dispositivo legal não será pontuada.

Exame de Ordem
Damásio Educacional
1 de 4
Questão 01
Márcio foi denunciado perante a 1a Vara Criminal da Capital como incurso nos artigos 299
(falsidade ideológica de documento público) do Código Penal bem como art. 1º, I, da Lei 8.137/90
por ter prestado informação falsa à Receita Federal deixando de recolher Imposto de Renda, no
valor de R$ 1.800,00 (hum mil e oitocentos reais). Devidamente citado Márcio procura você,
apresentando documentação comprobatória de que já havia promovido o parcelamento e a
quitação integral do débito.
Em face da situação exposta responda:

A) Qual a peça processual deve ser apresentada pelo advogado de Mário?


B) Qual a tese de direito processual deve ser deduzida pelo advogado de Mário?
C) Quais as teses de direito material devem ser alegadas alcançar a absolvição de Mario
de ambos os crimes dos quais ele é acusado?

Obs.: o examinando deve fundamentar suas respostas. A mera citação do dispositivo


legal não confere pontuação.

Questão 02
José (30 anos de idade) foi processado e condenado pelo crime de furto qualificado pelo
rompimento de obstáculo. Segundo a denúncia José, que não via seus genitores há muitos anos
por haver sido expulso de casa, em razão dos constantes problemas que causava, foi à casa de seu
pai Rubens (59 anos de idade) e após arrombar a porta, subtraiu a quantia de 10 mil reais. Foi ao
final condenado à pena de 2 anos de reclusão em regime inicial aberto, substituída a pena privativa
de liberdade por duas penas restritivas de direitos consistentes em prestação de serviços à
comunidade e à prestação pecuniária. Embora tenha havido recurso da defesa a condenação foi
confirmada em 2ª instancia. Foram opostos embargos de declaração com o fim de
prequestionamento, tendo o réu sido intimado do resultado do julgamento em 1 de abril de 2019.
Em face da situação narrada responda:

Exame de Ordem
Damásio Educacional
2 de 4
A) Qual o recurso deve ser apresentado pelo advogado de Jose para reverter a condenação?
Qual o fundamento jurídico?
B) Qual a tese de direito material deve ser alegada para alcançar a absolvição de José?

Obs.: o examinando deve fundamentar suas respostas. A mera citação do dispositivo legal não
confere pontuação.

Questão 03
João da Silva foi denunciado perante a 1a Vara Criminal de Porto Alegre, pelo crime previsto no
artigo 244 do ECA. Consta dos autos que no dia 14 de agosto de 2019, na Rua Nestor Jardim Filho,
n.º 386, o denunciado vendeu ao adolescente Caio Rodrigues Soares fogos de artifício. Recebida a
denúncia e citado o réu apresentou resposta à acusação. Em audiência de instrução e julgamento
foram ouvidas a vítima, a testemunha arrolada pela acusação, e interrogado o réu que alegou ter
a vítima lhe dito que tinha 18 anos de idade, quando perguntada. As partes apresentaram
memoriais. Sobreveio sentença, julgando procedente a denúncia para condenar Luiz Cezar de Ávila
como incurso nas sanções do artigo 244 da Lei n.º 8.069/90, nos seguintes termos: Na primeira
fase da dosimetria nota-se que a culpabilidade é elevada uma vez que crianças e adolescente são
especialmente sujeitos aos riscos recorrentes da manipulação de fogos de artifício. Assim, fixo a
pena-base em 09 (nove) meses de detenção, a qual torno definitiva, ante a ausência de outras
causas de aumento ou diminuição de pena. Diante do exposto responda:

A) Considerando estarem devidamente provados os fatos, há algum argumento de


direito material apto a obter a absolvição de João? Qual? Fundamente?
B) Caso não seja obtida a absolvição, há algum argumento apto a reduzir a reprimenda
imposta? Qual? Fundamente.

Obs.: o examinando deve fundamentar suas respostas. A mera citação do dispositivo legal não
confere pontuação.

Exame de Ordem
Damásio Educacional
3 de 4
Questão 04
Jorge, de 19 anos, estudante de direito, faz estágio em um grande escritório de advocacia
empresarial, dedicando-se ao máximo para conseguir a sua efetivação como advogado após
aprovação no exame da OAB. Seu colega Mário, de outro lado, dá um jeito de parecer que se
esforça pelo trabalho, mas, na verdade, apenas deixa toda a responsabilidade para Jorge, já que
sabe da sua vontade de aparecer para os chefes. Irritado com a conduta de Mário, Jorge decide
chamá-lo de estelionatário, na frente de diversos colegas, no horário de almoço, para que todo o
restaurante ouvisse. Considerando apenas os dados narrados, responda, fundamentadamente:

A) Qual o crime praticado por Jorge? Há possibilidade de retratação? Aponte a tipificação


completa e justifique.
B) Caso Mário decidisse oferecer uma queixa crime contra Jorge, mas esta fosse rejeitada
pelo juiz competente, qual seria o recurso cabível? Aponte o fundamento legal, o prazo
do recurso e o órgão competente para o seu julgamento.

Obs.: o examinando deve fundamentar suas respostas. A mera citação do dispositivo legal não
confere pontuação.

Exame de Ordem
Damásio Educacional
4 de 4

Você também pode gostar