Você está na página 1de 9

Aula 02: NOMENCLATURAS ANATÔMICAS – UNIDADE II

Aluno:

Data: / /
CE ARDALIÃO AMÉRICO PIRES
Prof. Esp. Leonardo Delgado

Aula 02: Posições e Planos Anatômicos Planos Anatômicos


Habilidades São planos imaginários que
- Conceituar normalidade, variação tangenciam ou seccionam a superfície corporal do
anatômica e monstruosidade; indivíduo. Têm o objetivo de separar o corpo em
- Interpretar as Nomenclaturas anatômicas; partes para facilitar o estudo e nomear as
- Analisar as divisões do corpo humano; estruturas anatômicas com relação espacial.
- Explicar a posição anatômica;
- Detectar os planos de delimitação e Planos de Delimitação ou Tangenciais
secção do corpo humano; Esses planos determinam limites ao
- Reconhecer os termos de posição e corpo, tangenciando-o como se ele estivesse
direção. encerrado dentro de um sólido geométrico: um
paralelepípedo.
Posição Anatômica Podem ser horizontais e verticais.
A posição anatômica é uma posição
de referência, que dá significado aos termos Planos de Delimitação Verticais:
direcionais utilizados na descrição nas partes e
regiões do corpo.
As discussões sobre o corpo, o modo
como se movimenta, sua postura ou a relação
entre uma e outra área assumem que o corpo
como um todo está numa posição específica
chamada POSIÇÃO ANATÔMICA.
Deste modo, os anatomistas, quando
escrevem seus textos, referem-se ao objeto de
descrição considerando o indivíduo como se
estivesse sempre na posição padronizada.
Figura 9: Planos de Delimitação: ABCD formam o plano cranial;
EFGH o plano podálico; ADHE o plano frontal; BCGF o plano
41
dorsal; ABFE o plano lateral direito e DCGH o plano lateral
esquerdo.

Plano Frontal, Ventral ou Anterior ADHE


Plano vertical tangente a fronte e ao
ventre que delimita o corpo à frente;

Figura 8: Posição Anatômica

A posição anatômica pode ser


descrita da seguinte forma, com o indivíduo em
posição ereta (de pé, posição ortostática ou
bípede), com a face voltada para frente, o olhar
dirigido para o horizonte, membros superiores
estendidos, aplicados ao tronco e com palmas Figura 10: Plano Frontal
voltadas para frente, membros inferiores unidos,
com as pontas dos pés dirigidas para frente.
Plano Dorsal ou Posterior (BCGF)
Pontos de Referência Plano vertical tangente as costas ou
São estruturas do corpo humano que dorso que delimita o corpo atrás.
servem como base para estudo dos planos
anatômicos. São referenciados: osso frontal, osso Planos Laterais
occipital, suturas sagital e coronal, ventre, dorso, Plano vertical tangente aos lados do
coluna vertebral, apêndice caudal e superfície corpo que delimitam o corpo lateralmente no lado
plantar. direito (ABFE) e no lado esquerdo(DCGH).

Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA


Plano de Delimitações Horizontais: Eixo Ântero-Posterior, Dorsoventral ou
Sagital
Cefálico, Cranial ou Superior (ABCD) Estende-se em sentido anterior para
Plano horizontal tangente à cabeça posterior, perpendicular ao plano frontal.
paralelo ao solo.

Plano Podálico ou inferior (EFGH)


Plano horizontal tangente à planta
dos pés paralelo ao solo.

Eixos do corpo humano


Quando é observado o movimento
do corpo humano, aplica-se o conhecimento de
eixo. Figura 13: Eixo Ântero-Posterior
Os eixos são linhas imaginárias que
atravessam os planos do corpo Também é chamado de sagital.
perpendicularmente para possibilitar movimentos. Possibilita os movimentos de
abdução e adução.

Eixo Longitudinal ou Craniocaudal


Estende-se de superior para inferior
ou vice-versa, perpendicular ao plano transversal.

42
Figura 11: Eixos do Corpo Humano
Figura 14: Eixo Longitudinal
Lembrando que estes planos e eixos
serão sempre aplicados nas partes do corpo Possibilita os movimentos de rotação
humano que permitem graus de movimentos lateral e rotação medial.
amplos (articulações diartrose).
Planos Seccionais ou de Divisão
Eixo Látero-Lateral: O deslocamento de um eixo sobre o
Estende-se de um lado ao outro, outro define um plano que secciona o corpo em 2
tanto da direita para esquerda ou vice-versa. partes. Estes planos, perpendiculares entre si são
chamados Planos de Secção

Figura 12: Eixo Látero-Lateral


Figura 15: Planos Seccionais ou de Divisão
Também é conhecido como
Transversal ou Horizontal.
Possibilita os movimentos de flexão
e extensão.

Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA


Planos Sagitais Plano Parassagital
Um plano parassagital (para = perto)
não atravessa o corpo na sua linha mediana,
dividindo o corpo em porções desiguais: direita e
esquerda.
O plano Parassagital é usado pelos
neuroanatomistas e neurologistas é desnecessário
porque qualquer plano paralelo ao plano mediano
é sagital por definição.

Figura 16: Planos Sagitais Planos Frontais (ou Coronais):


É o plano que corta o corpo
É o plano que corta o corpo no lateralmente, de uma orelha a outra.
sentido antero-posterior, possui esse nome porque Possui esse nome porque passa
passa exatamente na sutura sagital do crânio. exatamente na sutura coronal do crânio, que é a
Passa por vários pontos anatómicos articulação entre o osso frontal e os ossos
entre os quais nariz, umbigo, centro de gravidade e parietais.
sínfise púbica e cai num espaço livre entre Também pode ser chamado de plano
calcanhares. frontal.
O termo sagital vem de saggita (que
significa seta) do crânio fetal. É representado pelos
espaços suturais medianos de direção
anteroposterior.

Figura 19: Plano Frontal 43


Ele determina se uma estrutura é
anterior (frente - ventral) e posterior (de trás -
dorsal).
Figura 17: Sutura Sagital
Planos Transversos (Horizontais ou Axial):
Plano Sagital Mediano É o plano que corta o corpo
Quando passa bem no meio do transversalmente, também é chamado de plano
corpo, sobre a linha sagital mediana, é chamado de axial.
sagital mediano. São planos que passam
paralelamente aos planos craniais e podais, que
dividem o corpo horizontalmente em partes
superior e inferior.

Figura 18: Plano Sagital Mediano

Divide o corpo em metades direita e


esquerda. Figura 20: Planos Transversos

Plano Paramediano Termos de Relação


É todo e qualquer plano sagital que Vários adjetivos são usados para
passa lateralmente a linha sagital, mas que não descrever a relação de partes do corpo na posição
corresponde ao mediano. anatômica.

Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA


Anterior: Em odontologia o termo mesial (g.
Significa “próximo da frente” do mesos, meio) é equivalente a medial e significa
corpo. Ventral é um substituto de anterior “me direção a linha média do arco dental”.
comumente empregado em neuroanatomia, onde
é vantajoso porque igualmente aplicável a seres Lateral:
humanos e animais, que são com freqüência Significa “mais distante do plano
usados em pesquisa. mediano” do corpo. Os ligamentos colaterais do
joelho. O ligamento colateral fibular está localizado
Posterior: lateralmente enquanto que o ligamento colateral
Significa “próximo ao dorso” do tibial está localizado medialmente, ou seja, mais
corpo, por exemplo, a região glútea (nádegas) está próximo à linha sagital mediana.
na superfície posterior.
Dorsal é um substituto de posterior.
Quando se descreve a face posterior ou dorsal da
mão ou do pé.

Figura 23: Medial e Lateral

Intermédio:
Significa “entre duas estruturas”,
Figura 21: Anterior e posterior uma das quais é medial e a outra lateral, por
exemplo: o quarto dedo da mão (anular) é
Superior/cranial: intermédio ao quinto (dedo mínimo) e terceiro
Significa “próximo a cabeça”. Cranial (dedo médio).
e cefálico são adjetivos correspondentes. Costal é 44
amiúde usado ao invés de anterior quando se
descreve partes do encéfalo, e significa “mais
próximo da extremidade da frente”, por exemplo,
o lobo frontal é costal ao cerebelo.

Figura 24: Intermédio

Mediano:
Estrutura situada exatamente sobre
o eixo sagital mediano.
Figura 22: Superior/Cranial e inferior/Caudal

Inferior/caudal:
Significa “em direção ao pé” ou parte
mais baixa do corpo; um exemplo: o diafragma é
inferior ao coração.
O termo caudal, uma palavra latina,
adjetiva “cauda”. Corresponde a inferior, mas é
mais comumente usada em descrições de
embriões. Figura 25: Mediano

Medial: Médio:
Significa “em direção ao plano Estrutura ou órgão interposto entre
mediano” do corpo; as narinas, por exemplo:, são outro superior e inferior ou entre anterior e
mediais aos olhos. posterior.

Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA


Interno:
Significa “em direção ou no interior
de um órgão ou cavidade”.

Externo:
Significa “em direção” ou “no
exterior de um órgão ou cavidade”.

Homolateral ou Ipsilateral:
Figura 26: Médio Significa “no mesmo lado do corpo”.

Termos de Comparação Contralateral:


Estes termos comparam as posições Significa “no lado oposto do corpo”.
relativas de duas estruturas entre si.

Figura 30: Homo e Contralateral


Figura 27: Termos de Comparação

Proximal: Termos de Movimento


Significa “mais próximo ao tronco”. Flexão:

Distal:
Curvatura ou diminuição do ângulo
entre os ossos ou partes do corpo. 45
Significa “mais distante do tronco”.
Extensão:
Endireitar ou aumentar o ângulo
entre os ossos ou partes do corpo.

Figura 28: Proximal e Distal

Superficial:
Significa “mais próximo da” ou “na Figura 31: Flexão e Extensão
superfície”.
Adução:
Profundo: Movimento na direção do plano
Significa “mais distante da mediano em um plano coronal.
superfície”.
Abdução:
É termos técnicos de anatomia —
utilizado para designar um movimento angular que
permite separar um segmento corporal da linha
média do corpo.
Afastar-se do plano mediano no
plano coronal.

Figura 29: Superficial e Profundo

Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA


Figura 35: Oclusão e Abertura

Figura 32: Abdução e Adução Rotação Inferior da Escápula:


Movimento em torno de um eixo
Rotação Medial: sagital no qual o ângulo inferior da escápula move-
Traz a face anterior de um membro se medialmente e a cavidade glenóide move-se
para mais perto do plano mediano. caudalmente.

Rotação Lateral: Rotação Superior da Escápula:


Leva a face anterior para longe do Movimento em torno de um eixo
plano mediano. sagital no qual o ângulo inferior da escápula move-
se lateralmente e a cavidade glenóide move-se
cranialmente.

Figura 33: Rotação Medial e Lateral

Retrusão:
Figura 36: Rotação da Escapula
46
Movimento de retração (para trás)
como ocorre na retrusão da mandíbula e no
Elevação:
ombro.
Elevar ou mover uma parte para
cima, como elevar os ombros.
Protrusão:
Movimento dianteiro (para frente)
Abaixamento (Depressão):
como ocorre na protrusão da mandíbula e no
Abaixar ou mover uma parte para
ombro.
baixo, como baixar os ombros.

Figura 37: Elevação e Abaixamento da Escapula

Figura 34: Retrusão e Protusão


Retroversão:
Oclusão: Posição da pelve na qual o plano
Movimento em que ocorre o contato vertical através das espinhas ântero-superiores
da arcada dentário superior com a arcada dentária desloca-se para trás. O resultado é uma maior
inferior. fraqueza dos músculos paravertebrais, dorsais e
flexores de quadril, o que pode sobrecarregar a
Abertura: lombar.
Movimento em que ocorre o
afastamento dos dentes no sentido súpero-
inferior.

Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA


Anteversão: Dorsi-flexão (flexão dorsal):
Posição da pelve na qual o plano Movimento de flexão na articulação
vertical através das espinhas ântero-superiores é do tornozelo, como acontece quando se caminha
anterior ao plano vertical através da sínfise púbica. morro acima ou se levantam os dedos do solo.
É uma condição clínica que faz
parecer que o bumbum é empinado. A Planti-flexão (flexão plantar):
anteroversão é causada pelo deslocamento Dobra o pé ou dedos em direção à
anterior da parte posterior da pelve, levando a um face plantar, quando se fica em pé na ponta dos
aumento da lordose lombar, fraqueza abdominal. dedos.

Figura 38: retroversão e Anteversão do Quadril


Figura 41: Flexão dorsal e plantar

Pronação: QUESTÕES
Movimento do antebraço e mão que 1. A posição anatômica do corpo é definida como:
gira o rádio medialmente em torno de seu eixo a) Deitado, com os dedos e as palmas das mãos
longitudinal de modo que a palma da mão olha para baixo e com os dedos estendidos.
posteriormente. e no ombro. b) Em pé, com as palmas das mãos coladas ao
corpo e com os dedos fletidos.
Supinação: c) Deitado, com a cabeça sobre a superfície da
Movimento do antebraço e mão que maca e com as mãos para cima(
gira o rádio lateralmente em torno de seu eixo
longitudinal de modo que a palma da mão olha
d) Em pé, ereta com a cabeça, os dedos dos pés e
as palmas das mãos para a frente e com os dedos
47
anteriormente. e no ombro. das mãos estendidos.

2. Anterior, posterior, lateral, superior e inferior


são termos usados no plano de:
a) Delimitação
b) Corte
c) Secção
d) Movimento
e) Estudo
Figura 39: Pronação e Supinação
3. Cite os Planos de delimitação da Anatomia
Eversão: Humana?
Movimento da sola do pé para longe a) Plano Lateral, Plano Sagital, Plano Frontal, Plano
do plano mediano. Quando o pé está totalmente Transversal.
evertido, ele também está dorsifletido. b) Plano Coronal, Plano Sargital, Plano Frontal,
Inversão: Movimento da sola do pé Plano Lateral.
em direção ao plano mediano. Quando o pé está c) Plano Mediano, Plano Sagital, Plano Frontal,
totalmente invertido, ele também está Plano Transversal.
plantifletido. d) Plano Sagital, Plano Coronal, Plano Lateral,
Plano Transversal.
e) Plano Frontal, Plano Dorsal, Plano Lateral, Plano
Cranial e Plano Podálico.

4. É plano de delimitação do corpo, exceto:


a) Ventral
b) Dorsal
Figura 40: Eversão e Inversão c) Lateral
d) Sagital
e) Cefálico
Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA
11. O plano sagital mediano divide o corpo em qual
5. Em relação aos planos de delimitação qual a sentido?
alternativa correta? a) Antero-posterior
a) O plano coronal é o plano frontal. b) Super-inferior
b) O plano coronal é o mediano. c) Latero-lateral
c) O plano sagital é o plano transversal. d) Medio-mediano
d) O plano sagital é o plano mediano. e) Diagonal
e) A e D estão corretas
12. Quando um elemento está mais próximo do
6. A posição anatômica do corpo humano é uma eixo sagital mediano, em relação a outro, ele é:
convenção universal para descrição das estruturas a) Intermédio
anatômicas, sendo necessários planos delimitações b) Medial
e secções anatômicas. Dentre deste conceito, c) Proximal
assinale a alternativa INCORRETA: d) Médio
a) O plano sagital divide o corpo em metades e) Mediatriz
superior e inferior.
b) O plano sagital divide o corpo em metades 13. Quando um elemento anatômico está
direita e esquerda. localizado entre dois outros: um superior e outro
c) Secção frontal divide o corpo em planos ventral inferior, diz-se que ele, em relação a esses
e dorsal. elementos, é:
d) Secção transversal divide o corpo em planos a) Transversal
cranial e caudal. b) Medial
e) O plano parassagital é o plano paramediano. c) Médio
d) Intermediário
7. Qual plano corta o corpo no sentido lateral? e) Mediatriz
a) Sagital
b) Coronal 14. Quais São os Principais Movimentos
c) Transversal Articulares?
d) Occipital
e) Sagital Paramediano
a) Os Principais Movimentos Articulares são Flexão,
Extensão, Abdução, Articulação.
48
b) Os Principais Movimentos Articulares são
8. Plano que divide o corpo em duas partes iguais Flexão, Pressão, Circulação, Rotação.
(direita e esquerda): c) Os Principais Movimentos Articulares são Flexão,
a) Sagital Mediano Articulação, Abdução, Rotação.
b) Transversal d) Os Principais Movimentos Articulares são
c) Coronal Pressão, Extensão, Abdução, Circulação.
d) Occipital e) Os Principais Movimentos Articulares são
e) Sagital Paramediano Flexão, Extensão, Abdução, Rotação.

9. As descrições anatômicas exigem um referencial 15. Qual é a Definição de Abdução?


para as posições e partes corporais. Assim sendo, a) Abdução é o movimento angular que interrompe
foram criados planos imaginários que atravessam o a separação do segmento corporal da linha média
corpo na posição anatômica. do corpo.
Assinale a alternativa que apresenta o plano que b) Abdução é o movimento angular que não efetua
divide o corpo em porção cranial e caudal. a separação de um segmento corporal da linha
a) sagital média do corpo.
b) mediano c) Abdução é o movimento angular que reproduz a
c) frontal separação um segmento corporal da linha média
d) coronal do corpo.
e) horizontal d) Abdução é o movimento angular que permite a
separação de um segmento corporal da linha
10. Qual plano divide o corpo em metades superior média do corpo.
e inferior? e) Abdução é o movimento angular que anula a
a) Transversal separação do segmento corporal da linha média do
b) Sagital corpo.
c) Coronal
d) Occipital 16. Qual é a Definição de Adução?
e) Delimitação a) Adução faz a movimentação do membro em
direção a linha média do corpo.
Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA
b) Adução faz a Interrupção do membro em
direção a linha Lateral do corpo.
c) Adução faz a circulação do membro em direção
a linha média do corpo.
d) Adução faz a Anulação do membro em direção a
linha Lateral do corpo.
e) Adução faz a articulação do membro em direção
a linha Lateral do corpo.

17. A maior parte do movimento humano é uma


combinação complexa das formas básicas de
movimento. Ao se analisar o movimento a partir da
perspectiva mecânica, é prático separar
movimentos complexos em seus componentes
linear e angular (HALL, 1991). Os planos e eixos de
referência são úteis na descrição de movimentos
corporais mais evidentes e na definição da
terminologia de movimento mais específico.
Relacione as colunas de acordo com as
nomenclaturas e as descrições dos principais
movimentos corporais.

I. Flexão
II. Extensão
III. Abdução
IV. Adução
V. Circundução

A) Movimento no plano frontal, quando um


segmento move-se para longe da linha central
49
(média) do corpo.
B) Movimento no plano sagital, em que dois
segmentos do corpo (proximal e distal)
aproximam-se um do outro.
C) Movimento de um membro que descreve um
cone, combinando os movimentos de flexão,
extensão, abdução e adução.
D) Movimento no plano sagital, em que dois
segmentos do corpo (proximal e distal) afastam-se
um do outro.
E) Movimento no plano frontal, a partir de uma
posição de abdução de volta à posição anatômica.

Assinale a alternativa que estabelece a correta


associação entre a nomenclatura dos principais
movimentos corporais e seu conceito.

a) I - B; II - A; III - D; IV - C; V - E;
b) I - A; II - B; III - E; IV - D; V - C;
c) I - B; II - D; III - A; IV - E; V - C;
d) I - D; II - C; III - B; IV - A; V - E;

Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA

Você também pode gostar