Você está na página 1de 2

Apenas Um Rapaz Latino-Americano

Belchior

Tom: E
[Intro] E F#m7 G#m7
A B7(4) B7

E F#m7 G#m7
Eu sou apenas um rapaz latino-americano sem dinheiro no banco
A B7 B7(4) B7
Sem parentes importantes e vindo do interior
E F#m7
Mas trago, de cabeça, uma canção do rádio
G#m7
Em que um antigo compositor baiano me dizia
A B7(4) B7 Bb7
Tudo é divino, tudo é maravilhoso
A G#m7 A
G#m7
Tenho ouvido muitos discos, conversado com pessoas, caminhado meu
caminho
A G#m7
Papo ,som dentro da noite e não tenho um amigo sequer
A B7(4) B7
Que ainda acredite nisso, não, tudo muda e com toda razão
E F#m7 G#m7
Eu sou apenas um rapaz latino-americano sem dinheiro no banco
A B7 B7(4) B7 Bb7
Sem parentes importantes e vindo do interior
E F#m7
Mas sei que tudo é proibido aliás, eu queria dizer
G#m7 A
Que tudo é permitido até beijar você no escuro do cinema
B7(4) B7
Quando ninguém nos vê
A G#m7 A
Não me peça que lhe faça uma canção como se deve
G#m7 A
Correta, branca, suave, muito limpa, muito leve
G#m7 A
Sons, palavras, são navalhas e eu não posso cantar como convém
B7(4) B7
Sem querer ferir ninguém
E F#m7
Mas não se preocupe meu amigo com os horrores que eu lhe digo
G#m7 A
Isto é somente uma canção,a vida realmente é diferente
B7(4) B7
Quero dizer, ao vivo é muito pior
E F#m7 G#m7
Eu sou apenas um rapaz latino-americano, sem dinheiro no banco
A B7(4) B7
Por favor não saque a arma no "saloon" eu sou apenas um cantor
E F#m7
Mas se depois de cantar você ainda quiser me atirar
G#m7 A
Mate-me logo, à tarde, às três, que à noite tenho um compromisso
B7(4) B7
E não posso faltar por causa de vocês
E F#m7 G#m7
Eu sou apenas um rapaz latino-americano sem dinheiro no banco
A B7 B7(4) B7
Sem parentes importantes e vindo do interior
E F#m7 G#m7
Mas sei que nada é divino, nada, nada é maravilhoso
A E
Nada, nada é secreto, nada, nada é misterioso, não
F#m7 G#m7 A E
Na na na na na na na na

Você também pode gostar