Você está na página 1de 2

A importância da qualificação da mão-de-obra na construção civil

Delba F. Lara
Eduardo L. Ribeiro
Michelle C. S. Pires

A mão-de-obra é o fator mais importante em qualquer obra da construção civil, pois


representa grande porcentagem do custo total, além de ser composta de pessoas que
têm diversos tipos de necessidades a serem supridas.

Este artigo tem por objetivo mostrar a importância da qualificação da mão-de-obra no


setor, com enfoque aos itens: cursos de aprendizagem, relacionamento e auto-estima,
demonstrando como esses fatores podem influenciar na produtividade.

Em obras iguais, com o mesmo projeto, os mesmos materiais utilizados e o mesmo


número de funcionários, podemos obter grandes variações nos custos finais. Mas por
que isso ocorre?

Diversos estudos sobre o assunto apontam diretamente para a necessidade da


qualificação da mão-de-obra devido ao grande índice de desperdícios de material,
atraso no cronograma da obra e serviços de má qualidade. Para que isso não ocorra,
são várias as formas que uma empresa tem de investir em seus funcionários. Uma
delas é oferecendo-lhes cursos de capacitação e qualificação. Através desses cursos, o
funcionário percebe a importância de sua função na obra. Porém, não se deve restringir
o aprendizado ao ensinamento sobre o canteiro de obras, tão importante quanto isso, é
despertar no aluno o desejo de crescimento pessoal.

Um curso contendo as disciplinas a seguir, é uma boa opção de enriquecimento


intelectual e pessoal:
ƒ Comunicação: Proporciona o aprimoramento do aluno em sua fala, escrita e
interpretação de textos, levando-o a comunicar com maior facilidade com seus
superiores e colegas de trabalho. Além disso, o aluno passa a discutir e refletir
sobre questões políticas, sociais e assuntos importantes da atualidade.

ƒ Matemática: Fornece ensinamentos importantes para a área da construção civil,


como medidas de volume, área, perímetro operações básicas, percentagem,
regra-de-três entre outros, além de estimular o raciocínio lógico do aluno.


*Graduandos do Curso de Engenharia de Produção Civil da Universidade FUMEC, 2005
Contatos: eduardlacerda@terra.com.br, delbafl@terra.com.br, michellecsp@ig.com.br
ƒ Leitura do projeto arquitetônico e estrutural: ensina ao aluno a ler e compreender
os projetos fazendo com que tenha a capacidade de detectar possíveis erros na
execução desses.

ƒ Tecnologias das Construções: Nesta disciplina o aluno terá noções de


ergonomia, segurança do trabalho, qualidade nos processos de revestimento,
fundações, alvenaria, etc.

ƒ Informática: O aluno poderá utilizar o computador para fazer relatórios diários de


obra, além de estar inserido no universo digital.

Todas essas disciplinas, além de proporcionarem o conhecimento teórico aliado à


prática já vivida pelos alunos, favorecem o aumento da auto-estima do funcionário.
Dessa forma, seu rendimento e dedicação serão maiores, pois se sentirá valorizado
pelo seu empregador, refletindo claramente em um aumento da produtividade e
qualidade na execução de serviços.

Pode-se observar que algumas empresas do setor já estão conscientes da importância


de se qualificar a mão-de-obra de seus funcionários. Um bom exemplo dessa
preocupação é a parceria realizada pela Universidade FUMEC com empresas do setor
da construção civil, fornecendo cursos de capacitação para os empregados das
empresas participantes do projeto.

É necessário que as empresas tenham a visão de que a qualificação de seus


funcionários reflete, diretamente, nos custos finais e na qualidade da execução da obra,
aumentando as chances de sucesso em um empreendimento.

Bibliografia

Disponível em: < http://www.cipmoi.eng.ufmg.br/ccc.html > Acesso em: 26/11/2005