Você está na página 1de 46

1

Formadora: Marta Bravo


2

Identificar e analisar o conceito de equipa

Compreender a importância da organização do trabalho em equipa

Identificar e adequar comportamentos e atitudes pessoais ao trabalho em equipa

Definir estratégias de gestão do trabalho em equipa

Identificar e aplicar as diversas técnicas de motivação e dinamização de equipas


Reconhecer e aplicar as regras da comunicação eficaz num contexto de trabalho de
equipa

Constatar a importância da gestão numa equipa


Reconhecer a importância de um trabalho de excelência para o sucesso de uma equipa

Formadora: Marta Bravo


GESTÃO DE EQUIPAS 3

Não podemos dar as mãos de punhos fechados”


Indira Gandhi
Gerir equipas é das tarefas mais difíceis e gratificantes
para um gestor.
As pessoas, ou o capital humano são o maior ativo de
qualquer empresa.
Uma equipa de sonho torna possível atingir objetivos
poderosos, e para um líder os recursos humanos são,
eventualmente, a sua maior responsabilidade.

Garantir o melhor talento, a singularidade de cada


pessoa, formá-lo, aculturá-lo, e retê-lo são das tarefas
mais desafiantes de qualquer gestor de uma equipa.

O primeiro passo no processo é entender o significado e a importância da equipa. Brad


Sugars, autor, especialista em negócios e empresário resume a sigla "T.E.A.M.” a (equipa)
“Together Everyone Achieves More“ (todos juntos chegamos mais longe).

Formadora: Marta Bravo


4

Conjunto ou grupo de
pessoas aplicados na
realização de uma
mesma tarefa ou
trabalho, partilhando o
mesmo objetivo.

Não podemos dar as mãos de punhos fechados”


Indira Gandhi
Formadora: Marta Bravo
TRABALHO DE EQUIPA 5

Trabalho em equipa é um sistema de trabalho


desenvolvido por um grupo de pessoas, onde
todos se dedicam na realização de uma tarefa,
onde geralmente um dos participantes assume
a liderança.

Juntas, tomam parte num desafio, cujos


resultados vão depender do esforço e do
trabalho conjunto de todos os membros.

Formadora: Marta Bravo


TRABALHO DE EQUIPA 6

Formadora: Marta Bravo


EQUIPAS 7

Produtividade de uma empresa aumenta em 77%, qualidade


melhora em 72%, desperdício reduz-se a 52%, satisfação no
trabalho melhora 65% e satisfação dos clientes aumenta 55%
Estudo da Sociedade Americana para a Formação e Desenvolvimento de Recursos Humanos.
GRUPO vs. EQUIPA 8

Formadora: Marta Bravo


9
Uma equipa é um tipo mais sofisticado de
Um grupo é um conjunto de duas ou mais grupo que, para além das características
pessoas que: do grupo, tem ainda as seguintes:
• Estão psicologicamente conscientes da • Competências complementares
presença umas das outras
• Compromisso em relação ao
• Podem ter ou não um objetivo comum objetivo comum
• Interagem umas com as outras para atingir • Responsabilização coletiva perante metas
o objetivo de desempenho a atingir

Formadora: Marta Bravo


Equipa é:
10
Um grupo de pessoas que se junta para
Grupo é:
alcançar um objetivo em comum, pode ser
Um sistema de relações sociais, de
definido como um pequeno grupo de pessoas
interações recorrentes entre pessoas.
com habilidades complementares, que
Pode ser definido como uma coleção
trabalham juntas com o fim de atingir um
de várias pessoas com características propósito comum pelo qual se consideram
homogéneas, interagem uns com os coletivamente responsáveis,

outros, aceitem direitos e obrigações Ou dito de uma outra forma:


como sócios do grupo e compartilham Um grupo com funcionamento qualificado, que
compreende seus objetivos e está
uma identidade comum.
comprometido em alcançá-los de forma
A existência de um grupo social, implica
partilhada; a comunicação entre os membros
que os indivíduos se percebam de é verdadeira, as opiniões divergentes são
alguma forma afiliados ao grupo, se estimuladas. A confiança é grande, assumem-

sintam pertença do grupo. se riscos; as habilidades complementares dos


membros possibilitam alcançar resultados;

• Os objetivos partilhados determinam o seu


propósito e direção. O respeito, mente aberta e
cooperação são elevados.

Formadora: Marta Bravo


Força da EQUIPA 11

A coesão da equipa permite de um modo


geral:
• que os membros permaneçam juntos;
• que os membros da equipa confiem
e sejam leais entre si;
• que os seus membros se sintam
seguros;
• que aumente ignificativamente
a satisfação;
• que a interação entre os seus
membros se intensifique.

“UM POR TODOS, E TODOS POR UM!!”


12

Formadora: Marta Bravo


13

- Partilha de objetivos;
- Planeamento e organização;
- Liderança eficaz;
- Integração e envolvimento de todos os membros;
- Interdependência entre os membros;
- Auto-estima individual;
- Comunicação aberta e assertiva;
- Confiança mútua;
- Respeito pelas diferenças individuais;
- Resolução construtiva de conflitos.

Formadora: Marta Bravo


14

- Individualismo;
- Tradicionalismo;
- Autoritarismo;
- Falta de reconhecimento;
- Desconfiança;
- Competição;
- Excesso de confiança;
- Ausência de solidariedade;
- Falta de motivação.

Formadora: Marta Bravo


TRABALHO EM EQUIPA 15

Vantagens
• Mais criatividade;
• Desafio na forma de pensar e trabalhar;
• Aproveitamento dos pontos fortes de cada indivíduo;
• Mais motivação para as metas;
• Maior rapidez, produtividade e eficácia;
• Troca de experiência e conhecimento;
• Enriquecimento das decisões;
• Clarificar e desafiar a nossa maneira de pensar;
• Aprender a lidar com as críticas;
• Espírito de interajuda e confiança;
• Mais soluções para diferentes problemas;
• Tomada de decisão de maior risco (difusão da
responsabilidade);
• Maior rapidez e eficácia na concretização dos objetivos;
• Divisão de tarefas;
• Criação de laços de amizade.
Formadora: Marta Bravo
TRABALHO EM EQUIPA 16
Desvantagens

• Individualmente heterogénea;
• Probabilidade de distração;
• A procura de liderança poderá causar conflitos;
• Diferentes personalidades poderão causar conflitos;
• Dificuldade em implementar métodos de trabalho eficazes;
• Ausência de chefia poderá causar desmotivação;
• Mal entendidos relativamente às funções atribuídas a
cada elemento;
• A falta de produtividade poderá causar desequilíbrio
produtivo na equipa.
• Tomadas de decisão empobrecidas (perigo das
maiorias);
• Sobrevalorização do pensamento de grupo;
• Transformação do eu em nós (perda de liberdade).

Formadora: Marta Bravo


17

Trabalhar em equipa nem sempre é fácil:


geram-se conflitos, os indivíduos têm que
aprender a fazer cedências, a definição de
papéis pode nem sempre ser clara o que pode
levar falta de clareza na liderança.

Formadora: Marta Bravo


18

Vantagens de uma tarefa realizada


em equipa:
• Novos desafios,
• Vontade de crescer e aprender com o outro;
• Conhecer novas formas de trabalho;
• Maior eficácia da organização,
• Novos conhecimentos,
• Enriquecimento pessoal através da troca de ideias,
• Responsabilidade distribuída por todos os membros da
equipa,
• Espírito de entreajuda,
• Desenvolvimento de objetivos e expectativas comuns.
19

Cada ser humano é específico, original, e


possui as suas reações próprias, e as suas
necessidades que procura satisfazer. Por
esta razão, no seio das equipas surgem por
vezes problemas de comunicação,
desmotivação ou conflito.

Formadora: Marta Bravo


20

O segredo para o bom funcionamento de uma


equipa está precisamente nas peculiaridades
que fazem com que cada ser humano seja
único, nas suas competências específicas,
naquilo de diferente que tem para oferecer ao
outro e à equipa.

Formadora: Marta Bravo


21

Abraçar as diferenças
entre as pessoas e fazer
delas o ponto forte duma
equipa é a chave para o
sucesso da mesma.

Aceitar que o outro é


diferente de nós, e que
deve ser respeitado como
tal.
22

Formadora: Marta Bravo


23

Formadora: Marta Bravo


24

Formadora: Marta Bravo


25

Formadora: Marta Bravo


26

Formadora: Marta Bravo


27

Saloio

Formadora: Marta Bravo


28

1. Fomentar a
comunicação – é o
melhor meio de
coordenar e evitar
que pequenas
discussões degenerem
em grandes conflitos.

Formadora: Marta Bravo


29

2. Encontrar um
objetivo comum –
partilhar o objetivo e
procurar que todos os
esforços sejam
encaminhados para o
mesmo fim.

Formadora: Marta Bravo


30

3. Conhecer o grupo e a
nós próprios –
descobrir quais são os
pontos fortes e fracos
de todos para
ultrapassar as
deficiências.

Formadora: Marta Bravo


31

4. Diagnosticar antes de
atuar – primeiro
recolher informação e
depois passar à ação,
não atuar de forma
precipitada.

Formadora: Marta Bravo


32

5. Todos temos poder


num grupo –
hierárquico, técnico,
experiência etc.
Procurar usá-lo com as
pessoas e não sobre
elas.

Formadora: Marta Bravo


33

6. Dividir os sucessos e
os fracassos – este
princípio faz com que
se gere um sentimento
de colaboração e
respeito mútuo.

Formadora: Marta Bravo


34

7. A coordenação só se
consegue planificando
– deve-se pedir
opiniões a todos e
estabelecer funções,
prazos e
responsabilidades.
35

8. Parar para pensar nas


coisas que
funcionaram e nas
que têm de se mudar.

Formadora: MARTA BRAVO 12.2020


36

9. Gerar orgulho de
participar – uma
equipa precisa de uma
identidade própria que
a diferencie de todas
as outras.

Formadora: MARTA BRAVO 12.2020


37

10. Mais vale melhorar


1% todos os dias do que
99% num só dia.

Formadora: MARTA BRAVO 12.2020


CONSTRUÇÃO UMA EQUIPA DE SONHO 38
O resultado final da construção de uma
equipa de sucesso a soma do trabalho em
equipa é superior à soma das partes
individuais.

Fatores que contribuem para o sucesso qualquer equipa bem concebida:

1) Liderança forte
Qualquer líder de sucesso deve manifestar paixão e responsabilidade. Assim,
a sua equipa irá procurar orientação, crescimento, tomada de decisões e
desenvolvimento.

2) Objetivos comuns
Os objetivos fornecem uma direção e mantêm a equipa focada na missão e
visão.

3) Regras do jogo
Defina as fronteiras e áreas de responsabilidade para que os colaboradores
da equipa conheçam os seus papéisMarta
Formadora: específicos
Bravo e as regras da empresa.
CONSTRUÇÃO UMA EQUIPA DE SONHO 39

4) Plano de ação
Elabore um plano de ação: cada pessoa deve ter uma função apropriada,
descrição do trabalho a desenvolver, e conhecer o manual de normas e
procedimentos de referência.

5) Suporte no risco e inovar


As equipas são como árvores, ou estão a crescer ou a morrer. Para
crescerem e se desenvolverem, é importante sair da zona de conforto para a
zona do risco da recompensa ou seja: serem incentivadas a pensar e agir
pela própria cabeça principalmente quando é preciso tomar uma decisão na
hora.

6) 100% de inclusão e participação


As equipas precisam de envolver todos os colaboradores, as organizações
precisam de manter a sua declaração de visão divulgada e visível, não
secreta, e os líderes e empresários precisam de partilhar o controlo - caso
contrário, acabarão por perdê-lo.
Formadora: Marta Bravo
CARACTERÍSTICAS DOS ELEMENTOS 40
DA EQUIPA

Sempre em qualquer situação, cada pessoa


enquanto elemento de uma equipa tem algo a
aportar e algo a aprender.

Formadora: Marta Bravo


41
“Não existe maior injustiça que tratar

pessoas diferentes como iguais”


42

• O bom funcionamento de uma equipa vai


depender da personalidade de cada elemento
e do relacionamento entre eles. Alguns tipos
de personalidade são mais compatíveis com
outros e quando dois tipos de personalidade
compatíveis trabalham juntos, a equipa sai
beneficiada.

• Independentemente da personalidade, deve


sempre manter-se o profissionalismo.
Formadora: Marta Bravo
43

Um ambiente saudável e agradável é também


essencial para o trabalho em equipa.

Desta forma, cada elemento deve colocar a


.
equipa em primeiro lugar e não procurar os
seus próprios interesses.

Além disso, é importante haver empatia para


que trabalho exercido seja o mais eficaz e
prazeroso possível
44

Trabalhar em equipa
requer muitas horas
de convivência, e
por isso, a harmonia
e respeito devem
ser cultivados em
todas as ocasiões.

Formadora: Marta Bravo


ESTILOS INDIVIDUAIS 45

As equipas baseiam-se numa combinação


eficaz de pessoas com estilos e/ou
abordagens diversas
DIFERENÇAS INDIVIDUAIS 46

• Em cada momento da sua vida, o indivíduo tenta


dar sentido ao mundo com que se depara e a si
próprio, como ser integrado nesse mundo.

• É, pois, importante reconhecer que cada pessoa


“vê” o mundo de maneira diferente.

Formadora: Marta Bravo

Você também pode gostar