Você está na página 1de 6

X:\1-projetos\02-campus\darcy-ribeiro\edificações\bce\licitação subestação\elétrica\ELE 01-06-IMPLANTAÇÃO-ENTRADA DE ENERGIA E DETALHES.

dwg
R.00 EMISSÃO DO PROJETO RAQUEL/ALEX 20/05/2011

REVISÃO Nº ALTERAÇÃO AUTOR DATA VISTO

Fundação Universidade de Brasília


Centro de Planejamento Oscar Niemeyer

BIBLIOTECA CENTRAL

BCE PROJETO - 06.01

PROJETO EXECUTIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS


ESCALA: INDICADA
UNIDADE:
DATA:
DESENHO:
CENTÍMETROS
MARÇO/2018
EQUIPE PE-EL 01 06
SUBESTAÇÃO
IMPLANTAÇÃO - ENTRADA DE ENERGIA E DETALHES
PLANTA
X:\1-projetos\02-campus\darcy-ribeiro\edificações\bce\licitação subestação\elétrica\ELE 02-06-ALIMENTADORES.dwg
R.00 EMISSÃO DO PROJETO RAQUEL/ALEX 20/05/2011

REVISÃO Nº ALTERAÇÃO AUTOR DATA VISTO

Fundação Universidade de Brasília


Centro de Planejamento Oscar Niemeyer

BIBLIOTECA CENTRAL

BCE PROJETO - 06.01

PROJETO EXECUTIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS


ESCALA: 1:100
UNIDADE:
DATA:
DESENHO:
CENTÍMETROS
MARÇO/2018
EQUIPE PE-EL 02 06
SUBESTAÇÃO
2º SUBSOLO - ALIMENTADORES
PLANTA
LEGENDA
LUMINÁRIA DE SOBREPOR COMPLETA COM 2 LÂMPADAS FLUORESCENTES
TUBULARES DE 32W, REF. 3320-232 DA ITAIM OU EQUIVALENTE. REATOR ELETRÔNICO
DUPLO DE ALTA FREQÜÊNCIA, ALTO FATOR DE POTÊNCIA E BAIXA TAXA DE
DISTORÇÃO HARMÔNICA (FP>0,92 E TDH<10%).

n NÚMERO DO CIRCUITO.
P POTÊNCIA DO APARELHO OU DA TOMADA.
x,y,z
LETRA INDICATIVA DO COMANDO, INTERRUPTOR OU LUMINÁRIA.
AL-SE
INTERRUPTOR DE 1 SEÇÃO, EMBUTIDO, h= 100 cm DO PISO ACABADO.
SE3 SE4
INTERRUPTOR DE 2 SEÇÕES, EMBUTIDO, h= 100 cm DO PISO ACABADO.

INTERRUPTOR DE 3 SEÇÕES, EMBUTIDO, h= 100 cm DO PISO ACABADO.


SE3 SE4 INTERRUPTOR THREE-WAY DE 1, 2 OU 3 SEÇÕES, EMBUTIDO, h= 100 cm DO PISO
SE4 ACABADO.

INTERRUPTOR DE 1 SEÇÃO, APARENTE, h= 100 cm DO PISO ACABADO.

INTERRUPTOR DE 2 SEÇÕES, APARENTE, h= 100 cm DO PISO ACABADO.


SE3 SE4 INTERRUPTOR DE 3 SEÇÕES, APARENTE, h= 100 cm DO PISO ACABADO.

SE3 INTERRUPTOR THREE-WAY DE 1, 2 OU 3 SEÇÕES, APARENRTE, h= 100 cm DO PISO


ACABADO.
SE1a SE1a
n
TOMADA UNIVERSAL , EMBUTIDA, 2P+T, BAIXA, h=30cm DO PISO ACABADO, 220V.
P
n
TOMADA UNIVERSAL , EMBUTIDA, 2P+T, MÉDIA, h=100cm DO PISO ACABADO, 220V.
P
n PONTO DE FORÇA MONOFÁSICO, EMBUTIDO, 2P+T, ALTO, h=180cm DO PISO ACABADO,
SE3 SE4 P 220V.
SE1a SE1a n
SE3 SE4 P TOMADA UNIVERSAL, APARENTE, 2P+T, BAIXA, h=30cm DO PISO ACABADO, 220V.
SE3 n
TOMADA UNIVERSAL , APARENTE, 2P+T, MÉDIA, h=100cm DO PISO ACABADO, 220V.
P
SE1a SE1a
TOMADA UNIVERSAL , EMBUTIDA, 2P+T, TETO, 220V.

SE1a
SE4
QUADRO DE DISTRIBUICÃO DE ENERGIA, h= 130cm DO PISO ACABADO.
SE1a SE1b SE2 SE4
CAIXA OCTOGONAL, 10x10cm, PRESA NA LAJE ACIMA DO FORRO.
SE1b SE2 SE4 SE1a SE1a
SE1b SE2 SE4 SE1b SE2 SE4 ELETROCALHA COM FORMATO DE T.

SE1b SE1b SE1b


SE1b SE2 SE4 ELETROCALHA COM CURVA DE 45º.

SE1b SE2 SE4


ELETROCALHA COM CURVA DE 90º.
SE2 SE4
SE3
SE2 SE4 CONDULETES EM ALUMÍNIO FUNDIDO , TIPO LISO, FIXAÇÃO POR PARAFUSO.

SE1b
SE2 SE4 SE4
SE4 SE2 SE3 CONDUTORES NEUTRO , FASE , RETORNO E PROTEÇÃO (TERRA).
SE2
SE2
SE2 SE4
ILUMINAÇÃO E TOMADAS - SUBESTAÇÃO
ENGENHARIA FLORESTAL ELETRODUTO METÁLICO FLEXÍVEL TIPO SEALTUBO, DESVIO DE VIGAS .
ESCALA: 1:50
ELETRODUTO DE AÇO GALVANIZADO, TIPO PESADO, ENTRADAS LISAS, FIXADO POR
ABRAÇADEIRAS DE AÇO GALVANIZADO, TIPO "D" COM CUNHA, QUANDO APARENTE OU
DE PVC RÍGIDO QUANDO EMBUTIDO NA ALVENARIA OU PAINEL.
ELETRODUTO DE PVC-RÍGIDO, QUANDO EMBUTIDO NO CONTRAPISO, OU DE PEAD-
POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE, CORRUGADO, QUANDO ENTERRADO NO SOLO.

NOTAS

1. RESPEITAR O DIMENSIONAMENTO DOS CIRCUITOS DO QUADRO DE CARGAS;

2. ELETRODUTOS NÃO COTADOS : Ø3/4"- RÍGIDO, OU 25mm - FLEXÍVEL;

3. SEÇÃO MÍNIMA DOS CONDUTORES : 2,5 mm²;

4. TOMADAS COM POTÊNCIAS NÃO COTADAS : 300 W;

5. AS TOMADAS UNIVERSAIS DE USO GERAL, 2P+T, 220 V, SERÃO NA COR PRETA;

6. NORMAS DE CORES PARA CONDUTORES ELETRICOS:

PRETO, BRANCO OU VERMELHO - FASES


AZUL CLARO - NEUTRO
VERDE OU VERDE/AMARELO - PROTEÇÃO (TERRA)
CINZA OU AMARELO - RETORNO

7. VERIFICAR MEDIDAS NA OBRA;

QDSE

QUADRO GERAL DE
ENTRADA ALTA

DISTRIBUIÇÃO
TENSÃO

(QGD-N)
02
06

15 21 21 1 ELETRODUTO DE FERRO GALVÂNIZADO - DIÂMETRO 100MM

24 CONDUTOR DE COBRE UNIPOLAR, 35mm2, ISOLAÇÃO EPR-8,7/15kV, BLINDAGEM EM FIOS DE


04 33 2 COBRE HELICOIDAIS, COBERTURA EM PVC.
12 12
01 11 3 MUFLA TERMINAL UNIPOLAR 15 KV, USO EXTERNO
07 13

(QGD-N)
03 08 08
22 22 4 PÁRA-RAIOS DE ÓXIDO DE ZINCO, 12 KV/10kA, SEM CENTELHADOR, CORPO POLIMÉRICO
5 SUPORTE METÁLICO PARA FIXAÇÃO DE MUFLAS E ISOLADORES DE PINO
6 SUPORTE METÁLICO PARA CHAVE FACA

GERADOR CHAVE SECCIONADORA TRIPOLAR DE MÉDIA TENSÃO, USO INTERNO, MANOBRA COM CARGA,
MEDIÇÃO TRANSFORMADOR 7
TRANSFORMADOR TRANSFORMADOR RESERVA COMANDO SIMULTÂNEO, MANOBRA À DISTÂNCIA, 17kV, 400 A, BLOQUEIO MECÂNICO COM FECHADURA YALE.
RESERVA
06 09 8 BARRA DE COBRE RETANGULAR 3/4"x3/16" (19,05x4,76mm)
DISJUNTOR TRIPOLAR DE MÉDIA TENSÃO A VÁCUO, 17 kV, 350 MVA, COMPLETO, AUTOMÁTICO, MOTORIZADO,
25 25 25 25
EXTRAÍVEL, ISENTO DE MANUTENÇÃO, COMANDO FRONTAL, COM RELÉ DE SOBRECORRENTE DIGITAL URPE
7104 (COM AS FUNÇÕES 50/51 E 50/51N) DA PEXTROM, COM INTERTRAVAMENTO MECÂNICO, BLOQUEIO KIRK
9 COM CADEADOS DE TRAVAMENTO E CONSUMO MÁXIMO DO ACIONAMENTO MOTORIZAD DE 700 VA PARA 110
VCA. COM NO-BREAK 2KVA E AUTONOMIA DE 2 HORAS PARA ALIMENTAÇÃO DO RELÉ E AUTOMATISMO DO
DISJUNTOR. REFERÊNCIA: SIEMENS 3AH5 OU EQUIVALENTE.
10 DISPOSITIVO DE MANOBRA DA CHAVE SECCIONADORA
CIRCULAÇÃO
11 BUCHA DE PASSAGEM PARA 15 KV - USO INTERNO/INTERNO
12 SUPORTE PARA BUCHAS DE PASSAGEM
13 ISOLDADOR DE PEDESTAL, 15 KV, EM EPOXI, USO INTERNO
14 TRANSFORMADOR DE POTENCIAL
15 SUPORTE METÁLICO PARA TRANSFORMADORES DE MEDIÇÃO
16 TRANSFORMADOR DE CORRENTE
17 DISPOSITIVO PARA SELO E LACRE CEB

PLANTA BAIXA (ESQUEMA) - SUBESTAÇÃO 18 ELETRODUTO DE FERRO GALVANIZADO Ø37mm


ENGENHARIA FLORESTAL 19 CAIXA DE PASSAGEM 20X20CM COM TAMPA METÁLICA
ESCALA: 1:50
20 CAIXA DE MEDIÇÃO MODELO P4
TRANSFORMADOR DE TENSÃO TRIFÁSICO DE MT/BT A SECO, 750kVA, ISOLAÇÃO EM EPÓXI, IP 00, COMPLETO,
MONTADO SOBRE RODÍZIOS, POTÊNCIA 750kVA, PRIMÁRIO EM TRIÂNGULO E SECUNDÁRIO EM ESTRELA COM
21
NEUTRO ATERRADO, ÂNGULO DE DEFASAGEM DE 30º, TENSÃO PRIMÁRIA 13,8kV COM TAPS PARA 13,2kV E
12,6kV, TENSÃO SECUNDÁRIA 380V TRIFÁSICO, 220V MONOFÁSICO. DIMENSÕES MÁXIMAS: 1800 x 1850 x 1200mm
(ALTURA x LARGURA x PROFUNDIDADE).
22 CHAVE FUSÍVEL TRIPOLAR 200 A, 50 KA, COM FUSÍVEIS MT 15 kV, 40 A, COMANDO À DISTÂNCIA.
PAINEL DE COMANDO COMPLETO, DIMENSÕES APROXIMADAS 1000x1700x600mm, COM PORTA
23 FRONTAL BIPARTIDA, TAMPAS TRASEIRA E LATERAIS REMOVÍVEIS E OLHAL DE
IÇAMENTO, FLANGEADO NAS PARTES INFERIOR E SUPERIOR, COM 4 BARRAMENTOS DE COBRE
DE 3” X 1/2” PARA FASES E NEUTRO E 1 BARRAMENTO DE COBRE
DE 2” X 3/8”. REF. COMERCIAL: CEMAR (REF. PMF CPT19126), FOCKINK (REF. PMF19126) OU
24 EQUIVALENTE.
CANALETA 48x48cm, COM GRELHA DE PERFIL TIPO "U", CHAPA #13
25 TELA DE PROTEÇÃO DE COMPARTIMENTO, MALHA DE 10mm
26 PLACA DE SINALIZAÇÃO - "PERIGO DE MORTE - ALTA TENSÃO"

27 PORTICO EM ESTRUTURA DE CHAPA DE AÇO #13USG, DOBRADA, FIXADAS POR FLANGES NO TETO E NO PISO ,
FIXADOS COM BUCHAS TIPO "PARA-BOLT"

28 TAPETE ISOLANTE PARA MÉDIA TENSÃO (MT)

29 JANELA EM VENEZIANA, CHAPA #16USG, DE METALON, DOTADA DE TELA À PROVA DE INSETOS EM AÇO
GALVANIZADO, MALHA DE 7,5mm.
03 13
12
30 GRADE METÁLICA PARA PROTEÇÃO VERIFICAR MEDIDAS E LOCALIZAÇÃO NA OBRA
08 PORTA EM CHAPA DE AÇO #16USG,DUPLA DE 2,20x2,10m,DOTADA DE VENEZIANA TIPO "CHICANA"

28

28

28
35
04 31
COM TELA EM AÇO GALVANIZADO À PROVA DE INSETOS, MALHA 7,5mm

35

35
PORTA EM CHAPA DE AÇO #16USG, 0,80x2,10m,DOTADA DE VENEZIANA TIPO "CHICANA" COM TELA EM AÇO
07 11 08 32
05 GALVANIZADO À PROVA DE INSETOS, MALHA 7,5mm
13
06 08 33 QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO DA SUBESTAÇÃO (QDSE)
08 22 22

318
13 08 08
16 NOTAS

290
283
318

318
03 04 09

255

255
12 15 1. CASO A EQUIPE DE ARQUITETURA RESOLVA EXECUTAR A SUBESTAÇÃO SEMI-ENTERRADA, DEVERÁ SER PREVISTO FOSSO COM LARGURA
02 11 APROXIMADA DE 1 METRO E PROFUNDIDADE DE 2,5 METROS AO REDOR DE TODA A SUBESTAÇÃO COM EXCEÇÃO DA PARTE FRONTAL, PARA FINS DE
108

VENTILAÇÃO E PREVENÇÃO CONTRA UMIDADES.


14
07 2. VERIFICAR MEDIDAS NA OBRA;
06 21 21 3. CABE A EMPRESA CONTRATADA PARA A EXECUÇÃO DA OBRA A RESPONSABILIDADE PELA PARAMETRIZAÇÃO, PROGRAMAÇÃO E ATIVAÇÃO DO
RELÉ DE CABINE PRIMÁRIA ESPECIFICADO EM PROJETO, A FIM DE ENTREGAR A SUBESTAÇÃO EM OPERAÇÃO.
85
70

01

01
318

10 VISTA FRONTAL CORTE A-A


02 02 ENGENHARIA FLORESTAL - SUBESTAÇÃO
ENGENHARIA FLORESTAL - SUBESTAÇÃO
ESCALA: 1:50 ESCALA: 1:50
210

120

25

X:\1-projetos\02-campus\darcy-ribeiro\edificações\bce\licitação subestação\elétrica\ELE 03-06-SUBESTAÇÃO-CORTES E PLANTA BAIXA.dwg


01

REVISÃO Nº ALTERAÇÃO AUTOR DATA VISTO

CORTE B-B COORDENADOR: Arq. Julio Cesar Lavrador


ENGENHARIA FLORESTAL - SUBESTAÇÃO
ESCALA: 1:50 ELÉTRICA: Engº. Cristhyano Bruzzi
20

12
28

28

28
30
108

22

25 25 25 25 25
318

10
290

290

290
Fundação Universidade de Brasília

318
210

Centro de Planejamento Oscar Niemeyer


ATERRAMENTO
21 BIBLIOTECA CENTRAL

BCE
120

DO TRAFO

25
24 PROJETO - 06.01

PROJETO EXECUTIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS


01
10

750kVA ESCALA: 1:50

PE-EL 03 06
(1800x1850x120mm) UNIDADE: CENTÍMETROS
(ALT.xLARG.xPROF.)
CORTE C-C CORTE D-D DATA: MARÇO/2018
ENGENHARIA FLORESTAL - SUBESTAÇÃO DESENHO: EQUIPE
ENGENHARIA FLORESTAL - SUBESTAÇÃO
ESCALA: 1:50 ESCALA: 1:50
SUBESTAÇÃO
CORTES
PLANTA BAIXA
X:\1-projetos\02-campus\darcy-ribeiro\edificações\bce\licitação subestação\elétrica\ELE 04-06-DIAGRAMA UNIFILAR.dwg
R.00 EMISSÃO DO PROJETO RAQUEL/ALEX 20/05/2011

Fundação Universidade de Brasília


Centro de Planejamento Oscar Niemeyer

BIBLIOTECA CENTRAL

BCE PROJETO - 06.01

PROJETO EXECUTIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS


ESCALA: INDICADA
UNIDADE:
DATA:
DESENHO:
CENTÍMETROS
MARÇO/2018
EQUIPE PE-EL 04 06
SUBESTAÇÃO
ELÉTRICA
DIAGRAMA UNIFILAR
SOBE EM VERGALHÃO Ø3/8" (RE-BAR) DENTRO DO PILAR. AFLORANDO ACIMA DA LAJE DA COBERTURA EM 0,30m PARA
CONEXÃO COM A MALHA DA COBERTURA.

DESCE EM VERGALHÃO Ø3/8" (RE-BAR) DENTRO DO PILAR.

MALHA DE PROTEÇÃO SUPERIOR #35mm2, COBRE NÚ.

MALHA DE PROTEÇÃO INFERIOR #50mm2, COBRE NÚ.


PARAFUSO FENDA EM AÇO INOX CABO DE
AUTOATARRACHANTE Ø4,2 X 32mm COBRE NU 35mm2

PARA-RAIO TIPO FRANKLIN EM MASTRO DE 3 METROS.


BUCHA DE NYLON N°6

VEDAR OS FUROS COM QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO - EMBUTIR A 1,50M DO PISO


POLIURETANO
(SIKAFLEX OU SIMILAR)
NOTAS

TODOS OS PILARES DEVERÃO ATENDER AOS DETALHES CONSTRUTIVOS CONSTANTES NA PRANCHA 02/02, TANTO PARA A
1 PLANTA DO TÉRREO QUANTO PARA A PLANTA DA COBERTURA.

2 OS PILARES NÃO INDICADOS TAMBÉM DEVERÃO ATENDER AOS DETALHES CONSTRUTIVOS CONTANTES NA PRANCHA 02/02.
FIXADOR TIPO ÔMEGA EM LATÃO
LARGURA 15mm COM FUROS Ø5,5mm E
TRAVA PARA CABO DE COBRE 35mm2

PÁRA-RAIOS TIPO
FRANKLIN

ABRAÇADEIRA-GUIA
PARAFUSO FENDA EM AÇO INOX
REFORÇADA 1 1/2"
AUTOATARRACHANTE Ø4,2 x 32mm CAIXA DE EQUALIZAÇÃO DE POTENCIAIS 20 x 20cm EM AÇO
SIKAFLEX COM BARRAMENTO ESPESSURA 6mm E 9 TERMINAIS (8 PARA
CABOS DE COBRE 16mm² E 1 PARA CABO DE AÇO 80mm² ) ABRAÇADEIRA-GUIA
RE-BAR ETIQUETA PARA IDENTIFICAÇÃO SIMPLES 2"
GALVANIZADO A
DAS LIGAÇÕES DOS CABOS SINALIZADOR NOTURNO DE
FOGO 3/8 x 3,40m
(PREENCHER NA INSTALAÇÃO) OBSTÁCULOS
CONECTOR DE CAIXA DE EQUALIZAÇÃO DE POTENCIAIS

PRESSÃO EM LATÃO
(CONFORME ITEM 5.2.1.3.3 DA NORMA NBR5419/2001)

CONEXÕES EXISTENTES
1
2
3
4
5
CABO DE COBRE NU 35mm2
6
7
8
9

PRESILHA MASTRO TELESCÓPICO 3m


PARA CABO DE TERMINAL DE (1,5m X 1 1/2" + 1,5m X 2")
CABO DE COBRE
COBRE 35mm2 PRESSÃO PARA CABO i=2%
NU 35mm2
DE COBRE 50mm²
(INCLUSO NA CAIXA) INCLINAÇÃO EXECUTADA NA MASSA
DETALHE - 3 CONJUNTO DE ESTAIAMENTO DE REGULARIZAÇÃO E IMPERMEABILIZAÇÃO
TERMINAL DE PRESSÃO PARA CABO DE RÍGIDO 2m x 2"
FIXAÇÃO DO CABO DE COBRE E RE-BAR COBRE 16mm² (INCLUSO NA CAIXA)
NA PLATIBANDA
CONECTOR DE PRESSÃO

BASE 2"

i=2%
COBERTURA

R.00 EMISSÃO DO PROJETO RAQUEL/ALEX 20/05/2011

X:\1-projetos\02-campus\darcy-ribeiro\edificações\bce\licitação subestação\elétrica\ELE 05-06-SPDA-CAPTORES E DESCIDAS.dwg


REVISÃO Nº ALTERAÇÃO AUTOR DATA VISTO

COORDENADOR: Arq. Julio Cesar Lavrador

ELÉTRICA: Eng. Cristhyano Bruzzi

ESTAGIÁRIOS:

Fundação Universidade de Brasília


Centro de Planejamento Oscar Niemeyer

BIBLIOTECA CENTRAL

BCE PROJETO - 06.01

PROJETO EXECUTIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS


ESCALA: 1:50
UNIDADE:
DATA:
DESENHO:
CENTÍMETROS
MARÇO/2018
EQUIPE PE-EL 05 06
SUBESTAÇÃO
MALHA DE ATERRAMENTO
DETALHES
QDSE

QUADRO GERAL DE

QUADRO PREVISTO
ENTRADA ALTA

DISTRIBUIÇÃO
TENSÃO

(ULEG-FT)
(QGD-N)
1- TODAS AS PARTES METÁLICAS, NÃO ENERGIZADAS, SERÃO ATERRADAS COM CABO DE COBRE
NÚ #35mm2;

2- TODAS AS MASSAS METÁLICAS DE EQUIPAMENTOS NORMALMENTE ENERGIZADOS, SERÃO

(ULEG-FT)
(QGD-N)
ATERRADAS COM CABO DE COBRE NÚ #70mm2;

3- AS CONEXÕES DO ATERRAMENTO PARA OS CABOS E HASTES SERÃO EXECUTADAS COM SOLDA


EXOTÉRMICA;

4- O NEUTRO DOS TRANSFORMADORES SERÃO INTERLIGADOS AO SISTEMA DE TERRA DA


GERADOR SUBESTAÇÃO;
MEDIÇÃO TRANSFORMADOR TRANSFORMADOR TRANSFORMADOR RESERVA
RESERVA
5- UTILIZAR GEL REDUTOR DE RESISTÊNCIA ELÉTRICA DO SOLO, SEGUINDO AS ORIENTAÇÕES DO
FABRICANTE. REF.: FASTGEL DA FASTWELD OU EQUIVALENTE;

6- A RESISTÊNCIA DE ATERRAMENTO DEVE SER MENOR QUE 10Ω;

7- A MALHA DE TERRA TEM QUADRICULA DE 2,50 x 1,80m.

CIRCULAÇÃO

MALHA DE ATERRAMENTO - SUBESTAÇÃO


BIBLIOTECA CENTRAL
ESCALA: 1:50

X:\1-projetos\02-campus\darcy-ribeiro\edificações\bce\licitação subestação\elétrica\ELE 06-06-SPDA-MALHA DE ATERRAMENTO.dwg


REVISÃO Nº ALTERAÇÃO AUTOR DATA VISTO

COORDENADOR: Arq. Julio Cesar Lavrador

ELÉTRICA: Engº. Cristhyano Bruzzi

Fundação Universidade de Brasília


Centro de Planejamento Oscar Niemeyer

BIBLIOTECA CENTRAL

BCE PROJETO - 06.01

PROJETO EXECUTIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS


ESCALA: 1:50
UNIDADE:
DATA:
DESENHO:
CENTÍMETROS
MARÇO/2018
EQUIPE PE-EL 06 06
SUBESTAÇÃO
MALHA DE ATERRAMENTO
DETALHES

Você também pode gostar