Você está na página 1de 5

1 Introdução

Este site é o resultado do trabalho prático de elaboração de produtos de recuperação da


informação, proposto pela Profª. Drª. Regina Helena van der Laan, na disciplina BIB03032 -
Produtos de Recuperação da Informação, do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal
do Rio Grande do Sul desenvolvido pelas alunas Carla Viganigo Rangel de Castilhos, Carolina
Patrícia König, Lígia Dias de Freitas e Poliana Sanchez de Araujo.

Para a confecção dos índices, a equipe delimitou o tema para artigos de periódicos utilizados
durante o curso de Biblioteconomia da UFRGS no período entre 2006 e 2009, disponíveis online
e de acesso livre.

Esse tema foi escolhido pela necessidade de organizar as informações que o grupo executor
coletou durante o curso. As informações foram organizadas em virtude da necessidade de
consulta a bibliografia durante o exercício profissional.

O objetivo geral do site é apresentar índices alfabético de autor, título, assunto de artigos de
periódicos e das disciplinas em que foram indicados, conforme o tema delimitado, observando os
conceitos de indexação, indexador e índices.

Indexação é a atividade que visa representar o conteúdo temático de um documento.

O indexador é aquele que descreve o conteúdo de um documento atribuindo a ele os chamados


"termos de indexação", que devem ser elencados a partir de um vocabulário controlado.

De acordo com Lancaster (2004) indexar um documento facilita a localização do mesmo, pois os
termos a ele atribuídos servem como pontos de acesso para que os documentos sejam
recuperados. Conforme o autor, existem dois tipos de indexação: a indexação seletiva, que
apresenta uma indicação geral do tema, não ultrapassando cinco termos (nível de acesso
limitado) e a indexação exaustiva, que proporciona uma indicação mais específica, possibilitando
um maior número de pontos de acesso.

A indexação gera como produto índices, que permitem a recuperação da informação através de
elementos como autor, assunto, título e outros. Feitosa (2006, p. 23) afirma que

A principal função de elaboração desses índices, que são instrumentos


utilizados para a representação do conteúdo de documentos primários,
é facilitar a recuperação de informações relativas ao documento
indexado ou resumido.

Fujita (1989) explana a importância da utilização de índices para a recuperação da informação.


Segundo ela, os índices de assunto são ferramentas cruciais para que o usuário localize a
informação que necessita, pois, através de um conjunto de palavras, é possível que ele acesse um
universo de ideias e conhecimentos contidos em um acervo documentário.
Nesse mesmo contexto, a autora destaca que a recuperação otimizada da informação é de
responsabilidade do indexador, que deve executar "[ . . . ] uma metodologia de indexação capaz
de propiciar amplo acesso à informação assegurando a uniformidade de tratamento dos
documentos sem perder de vista a flexibilidade do vocabulário." (FUJITA, 1989, p. 120).

Tal colocação vem ao encontro da importância de uma política de indexação que aponte as
diretrizes a serem seguidas no processo de representação do conhecimento.

Sendo assim, o presente planejamento estabelece os critérios necessários para a elaboração de


quatro índices: alfabético de assunto, de autor, de título e sistemático de disciplina, a fim de
aplicar, na prática, tanto os conteúdos aprendidos ao longo da disciplina, quanto os trabalhados
anteriormente na disciplina BIB03024 - Linguagens Alfabéticas de Indexação.

O processo de indexação seguiu os procedimentos apresentados nos itens seguintes.

2 Coleta dos artigos

Os artigos foram coletados através da leitura do plano de ensino das disciplinas obrigatórias
cursadas no período de 2006 a 2009, de acordo com o currículo vigente, utilizando os planos de
ensino do atual semestre, disponíveis no site do Centro Acadêmico da Biblioteconomia,
Arquivologia e Museologia. Optou-se por esse recorte devido às constantes alterações no
currículo, que prejudicariam a coleta dos artigos.

Foram coletados 62 artigos, seguindo os seguintes critérios: artigos publicados apenas em


periódicos da Ciência da Informação, em Língua Portuguesa, disponíveis online e de acesso
livre.

3 Política de indexação

A política de indexação foi determinada conforme os itens seguintes.

3.1 Representação descritiva

A representação descritiva foi realizada em formulário próprio elaborado para este fim, conforme
anexo do planejamento do site.

3.2 Representação temática


3.2.1 COBERTURA DE ASSUNTOS

Foram indexados artigos de assuntos ligados à Biblioteconomia, Ciência da Informação e todos


os temas periféricos a estas áreas, selecionados a partir dos planos das disciplinas do curso de
Biblioteconomia da UFRGS, disponíveis online e de acesso livre.

3.2.2 EXAUSTIVIDADE

O grau de exaustividade da indexação foi de até quatro descritores, por se tratar de um trabalho
prático.

3.2.3 ESPECIFICIDADE

A indexação foi feita pelo termo mais específico do assunto tratado em cada artigo.

3.2.4 LINGUAGEM DOCUMENTÁRIA

a) Linguagem alfabética

A linguagem documentária escolhida para a indexação foi o Tesauro em Ciência da Informação


(TCI) [1].

O TCI apresenta limitações e carece de atualizações, porém, foi escolhido por ser o único tesauro
da área em Língua Portuguesa. Para contornar as limitações do Tesauro, sempre que a
especificidade dos itens indexados não for alcançada, novos termos serão acrescidos. Além
disso, foram utilizados qualificadores para diferenciar termos homônimos.

Nomes de pessoas ou instituições utilizados como descritores de assunto foram expressos de


acordo com o Código de Catalogação Anglo-Americano (AACR2) [2].

b) Linguagem codificada

Para a elaboração do índice sistemático de disciplinas, foi utilizado o código e nome da


disciplina, separados por um hífen.

4 GRAFIA ADOTADA
Os descritores foram grafados apenas com a letra inicial maiúscula, exceto nomes próprios, que
foram grafados com todas as iniciais em maiúscula.

Os prenomes dos autores foram abreviados e os sobrenomes foram escritos com a inicial
maiúscula.

5 FORMATO DE APRESENTAÇÃO DOS ÍNDICES

Os índices estão disponíveis online em site desenvolvido para este fim. São, ao todo, quatro
índices: alfabético de autor, de título e de assunto e sistemático de disciplina. Além dos índices
online, está disponível versão em PDF para um documento com os quatro índices.

Na versão online, os índices de autor, de título e sistemático de disciplina apresentam apenas o


nome do(s) autor(es) e o título (e subtítulo, se houver), além do link para acessar o artigo na
íntegra. O índice alfabético de assunto apresenta a referência completa, conforme a ABNT NBR
6023/2002 [3]. Para fins de melhor apresentação, foram omitidas as informações "Disponível
em" e "Acesso em", obrigatórios segundo a ABNT NBR 6023/2002.

Na versão em PDF, a apresentação é a mesma, exceto por não apresentar os links para o artigo na
íntegra.

O índice sistemático de disciplina foi organizado conforme o currículo vigente, dividido em seis
etapas. As disciplinas que não indicam artigos de periódicos em seus planos de ensino não serão
apresentadas no índice sistemático de disciplina.

NOTAS

[1] MOREIRA, Manoel Palhares; MOURA, Maria Aparecida. Tesauro em Ciência da


Informação. 2006. Disponível em: < http://www.inf.pucminas.br/ci/tci >.

[2] CÓDIGO de Catalogação Anglo-Americano. 2. ed. São Paulo: FEBAB, 1983-1985.

[3] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: Informação e


Documentação - Referências - Elaboração. Rio de Janeiro, 2002.

REFERÊNCIAS

FEITOSA, Ailton. Organização da informação na Web: das tags à Web semântica. Brasília, DF:
Thesaurus, 2006. 131 p. (Estudos avançados em Ciência da Informação, v. 2).

FUJITA, Mariângela Spotti Lopes. A avaliação da eficácia de recuperação do sistema de


indexação PRECIS. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 18, n. 2, p. 120-134, jul./dez. 1989.
Disponível em: < http://revista.ibict.br/ciinf/index.php/ciinf/article/view/1361/987 > . Acesso
em: 11 out. 2009.

LANCASTER, Frederick Wilfrid. Indexação e resumos: teoria e prática. Brasília, DF: Briquet de
Lemos, 2004.