Você está na página 1de 7

LAUDO TÉCNICO DE CONFORMIDADE MECÂNICA E

OPERACIONAL, COM TESTE DECARGA DE ESTRUTURA DE


PEQUENO PORTE PARA INSTALAÇÃO DE ANDAIMES
SUSPENSOS ELÉTRICOS URBE NA FACHADA FRONTAL E
LATERAL DA TORRE 1 DO CONDOMÍNIO MIRAGE BAY.

Responsável Técnico: Engº Mecânico Heitor Ayres Norat


CREA: 9955D/PA
CNPJ: 30.807.602/0001-16
Insc. Municipal: 303.890-5
End: Rua João Balbi, 1245 – AP.: 101
São Brás – CEP: 66060-565 - Belém-PA.
Telefones: 91 9394-4629 / 98293-5627
E-mail: heitornorat@gmail.com

Referência: ESTRUTURA METÁLICA PARA INSTALAÇÃO DE ANDAIMES

Contratante: Cyrela Moinho Emp. Imob. Ltda – Condomínio Mirage Bay.


CNPJ: 09.589.770/0002-77
End: Av. Pedro Alvares Cabral, 264
Umarizal – CEP: 66050-400 - Belém-PA.

1
LAUDO TÉCNICO DE CONFORMIDADE MECÂNICA E OPERACIONAL, COM TESTE DECARGA DE
ESTRUTURA DE PEQUENO PORTE PARA INSTALAÇÃO DE ANDAIMES SUSPENSOS ELÉTRICOS URBE NA
FACHADA FRONTAL E LATERAL DA TORRE 1 DO CONDOMÍNIO MIRAGE BAY.
ART.: PA20200529535
Data: 16 de Setembro de 2020
Validade: 16 de Abril de 2021

Objetivo dos Trabalhos: Laudo Técnico De Conformidade Mecânica com Teste de Carga em Estrutura
Metálica Para Instalação de Andaimes Suspensos Elétrico Mecânicos da Marca URBE. São um Total de 2
Andaimes 1 (um) Instalado na Fachada Frontal de 4,50 mts e 1 (um) Instalado na Fachada Lateral da
Torre 1.

1. Descrição Geral da Estrutura Metálica: Estrutura metálica composta por 3 (três) mãos francesas
(Vigas), treliça de ligação entre as mãos francesas frontais e Viga de travamento evitando a
movimentação lateral. Na fachada frontal são 2 (duas) vigas em forma de mão francesa
confeccionadas em sua maior parte em perfil estrutural W 150X13 Gergau aço A572, com tensão de
escoamento de 345 MPa, chapas em aço carbono 1020 com 9,0 mm de espessura, com tensão de
escoamento de 245 Mpa para as fixações por chumbadores mecânicos e Químicos em vigas de
concreto armado com fck em torno de 30.
As vigas possuem pequeno trecho em perfil I em aço ASTM A-36 de 4” em primeira alma, este
pequeno trecho apenas será utilizado para fixação da tela fachadeira.
Na fachada lateral, 1 (uma) viga em forma de mão francesa, confeccionada em perfil I de 4” primeira
alma em aço ASTM A-36 está instalada na Mão francesa de maior porte instalada frontalmente do
lado esquerdo. A fixação da viga de 4” na viga frontal em aço estrutura A-572 foi feita por chapas de
9,00 mm encaixadas e soldadas, além de soldagem de trecho do próprio perfil I de 4”. Na viga tipo
mão francesa de 4” existe semi argola para fixação de tela fachadeira.
Para a ligação entre as vigas frontais (Maior Porte em Aço A-572 Gerdau), foi instalada viga treliçada
confeccionada em perfil U 75X40X2,65. O banzo superior e inferior foram confeccionados com a
soldagem de perfis U, formando um tubo quadrado, os montantes também formam um tubo
quadrado, as diagonais são em perfil U 75X40X2,65, soldados na posição de maior momento de
inércia, no posicionamento de carga axial de tração.
O conjunto descrito acima recebeu uma viga do lado direito, travando as vigas de maior porte em
aço A-572, evitando a movimentação lateral, esta viga é confeccionada por 4 (quatro) perfis U
75X40X2,65, formando 2 tubos quadrados, sendo um soldado sobre o outro. A posição desta viga foi
colocada privilegiando o maior momento de inércia, esta viga possui placa base fixada em viga de
concreto por chumbadores mecânicos.
OBS.: Todos os componentes principais citados acima, formam a base da pequena estrutura
metálica, no entanto enfatizo que esta estrutura recebeu pequenas peças soldadas em aço
carbono com o objetivo de travamentos, evitando a movimentação lateral e perda da estabilidade.
Os chumbadores mecânicos usados para fixação das chapas nas vigas de concreto são do tipo PBA
de ½” com carga de arrancamento acima de 3.000 kgf cada e Cisalhamento acima de 1600 kgf.
Para cada chapa de fixação foram usados pelo o dobro de chumbadores necessários em função das
cargas e reações.
FOTOS DA ESTRUTURA

2
3
4
2. TESTE DE CARGA EXECUTADO

2.1. DADOS RELEVANTES: O teste de carga foi feito com os dois andaimes ambos carregados por
caixas de ladrilhos. Cada Andaime recebeu uma carga de 510 quilos além de seu peso próprio,
guinchos e cabos de aço. Ressalto que o teste de carga se deu sem a estrutura estar com os
estaiamentos que aparecem nas imagens. Os estaiamentos foram instalados após o teste
visando dar a estrutura uma atracação a mais, garantindo que a mesma em hipótese alguma se
desloque de sua posição.

2.2. O Primeiro Andaime é o Lateral possui 4 (quatro) metros de comprimento com peso próprio + 2
(dois) guinchos e + 2 (dois) blockstops, seu peso é de 364 kg, carga de teste de 510 kg e
Considerando 456 metros de cabo de aço ao peso por metro de 0,26 kg, o peso total de cabo é
de 118,56 kg. Portanto a carga total de Teste do Andaime de 4,0 metros carregado é de: (364 +
510 + 118,56) kg = 992,56 kg. Como a Mão Francesa Lateral só receberá a carga de um dos
Lados do Andaime, a mão francesa recebeu uma carga de 992,56/2 = 496,28 kgf = 4,96 kN.

2.3. O Segundo Andaime é o Frontal possui 4,50 (quatro e meio) metros de comprimento, com peso
próprio + 2 (dois) guinchos e + 2 (dois) blockstops, seu peso é de 374,50 kg, carga de teste de
510 kg e Considerando 456 metros de cabo de aço ao peso por metro de 0,26 kg, o peso total
de cabo é de 118,56 kg. Portanto a carga total de Teste do Andaime de 4,5 metros carregado é
de: (374,5 + 510 + 118,56) kg = 1.003,06 kg. Como frontalmente a fachada serão 2 (duas)
Mãos Francesas, cada uma delas receberá a carga de um dos Lados do Andaime, que é de
1.003,06/2 = 501,53 kgf = 5,02 kN.

3. RELATO DE COMO A ESTRUTURA SE COMPORTOU DURANTE O TESTE DE CARGA

3.1. Duração do Teste: 48 Horas;

3.2. Os Andaimes carregados foram içados cada um em até 5,0 metros de altura e os operadores
procederam por mais de 5 vezes subidas e descidas simultâneas nos dois andaimes, desta
forma tivemos paradas bruscas, içamentos bruscos e descidas bruscas. Além destas
movimentações, os andaimes a uma altura de 50,0 cm do solo foi empurrado lateralmente
simulando um pêndulo. Após isto, os andaimes ficaram imóveis a uma altura do solo de 30,0
cm por 48 horas.

3.3. A estrutura no momento dos carregamentos e movimentações diversas respondeu como se


esperava. As vigas apresentaram deflexões e movimentações no sentido vertical dentro das
expectativas, pois a estrutura foi dimensionada com cargas inferiores em 40% da Carga de
5
tensão de escoamento, ou seja ainda no regime elástico. Ressalto que quando os esforços
foram retirados as vigas voltaram para sua posição de origem, sem apresentar empenamentos,
falhas nas soldas, trincas e ou deformações plásticas.

3.4. Após as 48 horas de teste, todos os chumbadores foram inspecionados quanto aos apertos
das porcas, empenamentos, rupturas, assim como toda a estrutura. Durante a Inspeção não
foi detectada inconformidades mecânicas.

3.5. Após as inspeções toda a estrutura foi estaiada por cabos de aço (Carga Ruptura de 3.400kgf) e
cordas de poliamida de 12 mm (Carga Máxima de 2.200 kgf). Os pontos de ancoragem para os
estaiamentos possuem capacidade de carga mínima de 1800 kgf. As fixações dos estaiamentos
na estrutura, foram escolhidos e montados de forma a garantir a movimentação dinâmica e
deflexões normais, assim como a impossibilidade de queda da estrutura em uma falha
improvável do conjunto como um todo. O Estaiamento foi feito considerando uma segurança a
mais do que o necessário.

ESTRUTURA JÁ COM ESTAIAMENTOS

4. CARGA MÁXIMA QUE CADA ANDAIME PODERÁ RECEBER DURANTE OS TRABALHOS DO DIA A DIA

4.1. Independe dos resultados obtidos no teste de carga da estrutura, a carga máxima para cada
andaime será de 350 kgf (Operário + Material de Trabalho e Ferramentas). Esta Carga atende
a necessidade da obra sem prejudicar a produtividade.

6
5. CONCLUSÃO GERAL E RECOMENDAÇÕES

5.1. Todos os dias antes do início dos trabalhos a estrutura metálica precisa ser inspecionada
quando a empenamentos, trincas, frouxidão de porcas dos chumbadores, pontos de soldagem,
deformações de torção, desnivelamentos e toda e qualquer não conformidade detectada
forçará a paralisação imediata dos trabalhos e a equipe de manutenção deverá ser acionada
imediatamente;

5.2. Carga Máxima de Trabalho de 350 kgf. (Operário, Material de Trabalho e Ferramental);

5.3. A carga de teste foi de 510 kgf e a carga de trabalho máxima é de 350 kgf, portanto há um
aumento significante na segurança da estrutura como um todo.

5.4. Ressalto que todos os operários deverão utilizar cinto tipo paraquedista, talabartes duplos e
trava quedas ligados a linha de vida em corda de poliamida de 12 mm com carga de ruptura
de 2.200 kgf.

Com todas as condições, especificações técnicas e observações expostas neste relatório atendidas, a
estrutura metálica para atende 2 (dois) andaimes, sendo 1 (um) na fachada lateral de 4,0 metros e 1
(um) na fachada frontal de 4,50 metros atende com segurança sua aplicação. A estrutura está
aprovada para o trabalho com segurança operacional.

______________
HEITOR A. NORAT
ENGº MECÂNICO
CREA: 9955D/PA