Você está na página 1de 72

Livro Eletrônico

Aula 02

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional)


Com Videoaulas - 2019
Décio Terror Filho

28202714800 - marcelo rosa


Décio Terror Filho
Aula 02

Sintaxe: oração, termos da oração. Pontuação.


Sumário
O que é sintaxe? 2
1 Verbo intransitivo .............................................................................................................................. 7
2 Adjunto adverbial .............................................................................................................................. 8
1.2.1 Valores das locuções adverbiais ............................................................................................................................... 9
P ............................................................................................................. 17
1.3.5 Palavras denotativas .............................................................................................................................................. 17
1048394
3 Objeto direto e objeto indireto .......................................................................................................26
4 Adjunto Adnominal e Complemento Nominal ...............................................................................27
5 Como distinguir o adjunto adnominal do complemento nominal ................................................29
6 Predicativo .......................................................................................................................................45
7 Agente da passiva ...........................................................................................................................50
8 Aposto ..............................................................................................................................................51
9 Vocativo ...........................................................................................................................................53
10 Elipse do verbo (vírgula vicária) ...................................................................................................53
O que devo tomar nota como mais importante?
Lista de questões
Gabarito

Olá!
Vamos explicar um pouquinho a nossa metodologia didática!
Nossa metodologia nesta aula será um pouquinho diferente. A cada parte da teoria,
resolveremos uma ou outra questão para ilustrarmos a cobrança em prova, porém tal questão é de
uma banca qualquer, mas terá um efeito didático importante no ponto específico da aula.
Depois de vermos toda a teoria, teremos o treinamento e aprofundamento apenas com as
questões da FGV.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 1
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

É por isso que somente as questões da FGV estarão numeradas e constarão na segunda parte
da aula como revisão, ok?!

1 O QUE É SINTAXE?
Falaremos da sintaxe da oração, com a seguinte pergunta:
O que é sintaxe?
A sintaxe trabalha a relação das palavras dentro de uma oração. Cabe entender basicamente
que uma oração deve ter um verbo e este verbo normalmente se flexiona de acordo com o sujeito
(de quem se fala) e relaciona-se com o predicado (o que se fala), de acordo com a transitividade.
Veja as frases a seguir para que fique tudo bem claro. Pautemo-nos na estrutura SVO
(

Agora, vamos identificar os principais termos da oração. Veja a relação do verbo dentro do
àN à à à à à à à à à à à à à m dos
vocábulos posteriores para terem sentido na oração, por exemplo: realizou o quê?, duvidou de quê?,
enviou o quê? a quem?, tem o quê?
Assim, você vai notar que eles dependem dos termos subsequentes para terem sentido. Isso
ocorre porque o sentido deve transitar do verbo para o complemento. Por isso falamos que o verbo
é transitivo. Sozinho, não consegue transmitir todo o sentido, necessitando de um complemento.
D à à à à à à à à à à à à à à
completam o sentido destes verbos.
Para facilitar o entendimento, podemos dizer que a preposição seria um obstáculo. Havendo
uma preposição, o trânsito é indireto. Retirando-se a preposição, o trânsito é livre, direto.
E à à à à Ele não exige preposição. Assim, o termo que vem em
à à à à à àJ à à à à à à à à à à
trânsito está dificultado à à à à à à
Já que, na frase 1, há complemento v à à à à à à à e transitivo
à VTD àN à à à à à à à à à à -se que este verbo é

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 2
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

transitivo indireto (VTI) e seu complemento é indireto. Na frase 3, há dois complementos exigidos
pelo verbo: um(direto) e outro(indireto).
A gramática dá o nome a todo complemento verbal de objeto, por isso o complemento verbal
direto é o objeto direto (OD) e o complemento verbal indireto é o objeto indireto(OI).
Como entendemos que a transitividade é uma exigência do verbo, pois necessita de um
à à à à à à à à à à à ‘ à à à à à à
complemento. Se é um verbo que exige, é natural que a regência seja verbal. Há um capítulo na
gramática que trabalha só isso: Regência Verbal (reconhecimento da transitividade do verbo), a qual
aprofundaremos nas próximas aulas. Mas agora cabe apenas entender a estrutura abaixo.
Veja:

Regência Verbal
1. O candidato realizou a prova.
VTD + OD
2. duvidou do gabarito.
VTI + OI
3. enviou recursos à banca examinadora.
VTDI + OD + OI

Sujeito Predicado

Mas não é só o verbo que pode ser transitivo. Nome também pode ter transitividade. Nomes
como certeza, obediência, dúvida, longe, perto, fiel, etc são chamados de transitivos porque
necessitam de um complemento para terem sentido. Alguém tem certeza de algo, dúvida de algo,
obediência a alguém ou a algo. Alguém mora perto de outra pessoa ou longe dela. Alguém é fiel a
algo ou a alguém.
Estes nomes exigem transitividade, com isso há um complemento, o qual é chamado de
complemento nominal (CN).
Logicamente, há contextos em que o complemento não estará explícito na frase; por
exemplo, se queremos dizer que alguém reside muito distante, podemos dizer que ele mora longe.
N à à à à longe à à à à à à à à à à à à
ficou implícito. Por isso não devemos decorar, mas entender o contexto, a funcionalidade. Se o
complemento não está explícito, não temos de identificá-lo.
Vimos que a regência verbal trata basicamente do complemento do verbo. Se há um nome
que exige complemento, então temos a Regência Nominal.
Veja a frase 4:

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 3
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Regência Nominal

4. O candidato tem certeza de sua aprovação.


VTD + OD + CN

Sujeito Predicado

N à à à à à à à à à à à à à àáà à à à
à à à à à à à à à à certeza de sua
aprovação.
O estudo da Regência Nominal, na realidade, é realizado para descobrirmos quais preposições
iniciam o complemento nominal.
Então atente quanto à diferença da oração 3 (VTDI + OD + OI) para a 4 (VTD + OD + CN).
á à à à à àN à à à à à à à à à à
Então não há transitividade. Se quisermos uma estrutura posterior, naturalmente inseriremos uma
ou mais circunstâncias. A essas circunstâncias damos o nome de adjunto adverbial. Poderíamos dizer
que o candidato viajou a algum lugar, em determinado momento, o modo como viajou, a causa da
viagem. Tudo isso são circunstâncias, as quais possuem o valor de lugar, tempo, modo e causa. Essas
são as circunstâncias básicas, mas há mais e veremos isso adiante. Então veja como ficaria:

O adjunto adverbial não ocorre só com verbo intransitivo, ele pode aparecer junto a qualquer
verbo. Por exemplo, nas à à à à à à à à à à à àN à
à à à à à à à à à à à à
Essas 5 frases possuem verbos com transitividade (VTD, VTI, VTDI) e sem transitividade (VI).
Toda vez que, na oração, ocorrem esses tipos verbais, dizemos que eles são os núcleos (palavra mais
importante) do predicado, assim teremos os Predicados Verbais, com a seguinte estrutura:

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 4
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Esse é o esquema básico, e nada impede de haver adjunto adverbial e complemento nominal
em todos eles.
Falta apenas um tipo de verbo: o de ligação.
Veja a frase 6: O candidato estava tranquilo.
Oà à tranquilo à à à à Oà à à à à exiona de acordo com ele.
Oà à à à à à a característica ao sujeito, por isso é chamado de verbo de
ligação, e o termo que caracteriza o sujeito é chamado de predicativo.
O predicativo serve normalmente para caracterizar o sujeito e por isso se flexiona de acordo
à à“ à à à à à à à à à àáà à à
de um predicativo em relação ao sujeito damos o nome de Concordância Nominal. Na gramática,
há um capítulo só para a concordância nominal, e a flexão do predicativo em relação ao sujeito é um
dos pontos principais, mas isso veremos em nossas próximas aulas.
O predicativo sempre será núcleo do predicado, por causa disso seu predicado é chamado de
Predicado Nominal, com a seguinte estrutura:

O predicativo não ocorre somente no predicado nominal, ele também pode fazer parte do
predicado verbo-nominal; e isso será visto adiante. Por enquanto, é importante entender a seguinte
estrutura:
Concordância verbal
Regência verbal
1. O candidato realizou a prova.
VTD + OD
2. duvidou do gabarito.
VTI + OI
3. enviou recursos à banca examinadora. Predicado
VTDI + OD + OI
Verbal
Regência nominal
4. tem certeza de sua aprovação.
VTD + OD + CN
5. viajou.
VI
6. estava tranquilo. Predicado
VL + predicativo Nominal
Concordância nominal

Sujeito Predicado

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 5
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

É muito importante perceber que entre os termos básicos acima, não há vírgula.
Vamos praticar um pouco?!!!

1. (FGV / DPE RJ Técnico 2014)


“ à à à à à àQ à à à à à à à à à
a única alternativa com uma afirmação correta é
(A) o período é composto por coordenação.
Bà à à à à à o de sujeito.
==fff4a==

Cà à à à à à à à
Dà à à à à à à à à
Eà à à à à à àcomplementos diferentes.
Comentário: A alternativa (A) está errada e veremos na aula posterior que este período, apesar de
à à à à à à à à à à à à à à
coordenação, mas também por subordinação haja vista a última oração ser subordinada.
A alternativa (B) é a correta, haja vista q à à à à à à à à à
à Q
áà àCà à à à à à à à à à à à à à
Assim, entendemos a hipótese de alguém viver problemas e os estudar. Com base nisso,
também sabemos que a alternativa (E) está errada.
áà àDà à à à à à à à à à à à
Gabarito: B

2. (FGV / Câmara Municipal de Recife Analista 2014)


Como surgiu a linguagem humana? Galileu, junho 2008
Embora não exista uma resposta fechada para a pergunta, há alguns experimentos e teorias
que sugerem que o início do processo se deu entre os antepassados do Homo Sapiens, há 1,5
milhão de anos. A hipótese mais considerada pelos especialistas para o início da linguagem é a
antropológica. Segundo ela, o processo resultou da necessidade do homem, além de se
comunicar socialmente, garantir sua sobrevivência. (adaptado)
No texto, a norma culta NÃO é rigorosamente respeitada no seguinte segmento:
áà à à à à
Bà à à à à

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 6
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Cà à à à à à à
Dà à à à à à
Eà à à à à à
Comentário: A questão cobrou seu conhecimento de que não pode haver contração de preposição
com o artigo diante de sujeito. Isso ocorre porque o sujeito não deve ser preposicionado. Isso é fácil
perceber em construções, por exemplo, com o à àV à à à à
Esta na hora deu sair à à Está na hora de eu sair
C à à à à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à
P à à à à à à à à à à à à à à à
acaba de à à à à à à E à à à à àE à à à à
à à à à à à àOà à à Está na hora de ele sair
V à à à àCà à à à à à o homem àá m, o certo
é:
... resultou da necessidade de o homem (...) garantir sua sobrevivência.
Gabarito: C

1 VERBO INTRANSITIVO

Cabe agora aprofundarmos um pouco mais na relação dos termos para entendermos melhor
a pontuação. Para isso, vamos ver a aplicação do verbo intransitivo.
Intransitivo: Verbo que não exige complemento verbal.
Adoeci.
Fui à praia.
verbo intransitivo adjunto adverbial de lugar
predicado verbal

Na realidade, há dois tipos de verbos intransitivos.


O primeiro diz respeito àquele que não exige nenhum termo que complemente seu sentido,
àá àJ à àU à à àE à à à à à à
que os complete. Esse tipo de intransitividade mostra que o verbo por si só já transmite o sentido
necessário; podendo o autor acrescentar termos acessórios para transmitir mais clareza ou ser mais
à à à à àá àpor causa do mau tempo à J à àanteontem à
à U à à àaqui à

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 7
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Por outro lado, existe a intransitividade que necessita de um termo que produza sentido. Se
alguém diz que vai, tem que dizer que vai a algum lugar. Se alguém diz que voltou, tem que
continuar a fala mostrando de onde voltou. Por isso muita gente confunde esse tipo de
intransitividade com a transitividade indireta; mas há uma diferença muito grande, pois o termo que
completa o sentido deste tipo de intransitividade transmite normalmente circunstâncias de lugar ou
modo. Veja:
Vou a São Paulo. Vim de Manaus. Estou bem.
O objeto indireto apenas completa o sentido do verbo, ele não transmite valores
à à à à à à à à à à à à à“ àP à
àM à à àQ àse quer saber se há circunstância de lugar ou modo, faz-se a pergunta
O à C à ààá à à à àà àà àà àà à
adverbiais, que são demonstrados em sua maioria no uso das preposições, as quais serão enfatizadas
a seguir. Didaticamente, podemos dividir o adjunto adverbial em dois tipos:

2 ADJUNTO ADVERBIAL

Adjunto adverbial solto: O problema ocorreu, naquela tarde de sábado.


Adjunto adverbial preso: Eu estou bem.
Eu estou em São Paulo.
Eu vim de São Paulo.

Caro aluno, esta divisão dos adjuntos adverbiais é apenas didática, não é cobrada em prova
dessa forma, mas entendermos isso é importante para a pontuação. Veja que não é comum vermos
vírgula separando adjuntos adverbiais presos, como as três últimas frases. Já com o adjunto
adverbial solto, é natural inserir a vírgula. Veja:
O problema ocorreu, naquela tarde de sábado.
Adjunto adverbial: É o termo que modifica o verbo, o adjetivo ou o advérbio, atribuindo-lhes
uma circunstância qualquer. Abaixo listei para você o nome da palavra (morfologia) e a função que
esta palavra desempenha na oração (sintaxe).

morfologia artigo+substantivo verbo advérbio de


intensidade

Os atletas correram muito.


sintaxe adj adn + núcleo verbo adjunto
intransitivo adverbial de
intensidade
sujeito predicado verbal
período simples

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 8
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

morfologia pronome + verbo + adjetivo


substantivo advérbio
de intensidade

Seu projeto é muito interessante.


sintaxe adj adn + núcleo VL + adj Predicativo do
adverbial sujeito
de intensidade
sujeito predicado nominal
período simples

Observações:
a) O adjunto adverbial pode ser representado por um advérbio, uma locução adverbial ou um
pronome relativo (que será visto nas próximas aulas).
Deixei o embrulho aqui. (advérbio)
À noite conversaremos. (locução adverbial)
A empresa onde trabalhei faliu. (pronome relativo)
b) Pode ocorrer elipse da preposição antes de adjuntos adverbiais de tempo e modo:
Aquela noite, ela não veio. (Naquela noite)
Domingo ela estará aqui. (No domingo)
Ouvidos atentos, aproximei-me da porta. (De ouvidos atentos)

1.2.1 Valores das locuções adverbiais

Principais valores das locuções adverbiais, a depender da preposição e das locuções


prepositivas nocionais:

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 9
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

1. assunto:
sobre: conversar sobre política; falar sobre futebol.
quanto a: Não nos expressamos quanto à fatalidade do acidente.

2. causa:
a: morrer à fome; acordar aos gritos das crianças; voltar a pedido dos amigos.
ante: Ante os protestos, recuou da decisão. P à à à à à à à àD -se
ante a, ante o, e não *ante à, *ante ao.)
com: assustar-se com o trovão; ficar pobre com a inflação.
de: morrer de fome; tremer de medo; chorar de saudade.
devido a: Encontrou seu futuro, devido a muito esforço.
diante de: Diante de tais ofertas, não pude deixar de comprar.
em consequência de: Em consequência de seu estudo eficaz, passou em primeiro lugar.
em virtude de: Em virtude de muitas vaias, o show foi interrompido.
em face de: O que o salvou, em face do perigo, foi sua habitual calma. (em virtude de)
graças a: Graças ao estudo, passou no concurso.
por: encontrar alguém por uma coincidência; foi preso por vadiagem
Esta preposição também pode ser entendida como em favor de: morrer pela pátria; lutar
pela liberdade; falar pelo réu. Assim, não deixa de possuir valor causal.

3. companhia:
com: ir ao cinema com alguém; regressar com amigos.

4. concessão (contraste, oposição)


apesar de: Foi à praia apesar do temporal.
Obs.: Ocorre quando há uma oposição em relação ao verbo. Não se vai, normalmente, à praia
em dia de temporal.
com: Com mais de 80 anos, ainda tem planos para o futuro.
malgrado: Malgrado a chuva, fomos ao passeio.

5. condição:
Sem: Sem o empréstimo, não construiremos a casa.

6. conformidade:
a: puxar ao pai; escrever ao modo clássico; sair à mãe.
conforme: Agiu conforme a situação.
por: tocar pela partitura; copiar pelo original.

7. lugar:
a: (destino - em correlação com a preposição de): de Santos a Guarujá; daqui a Salvador.
Obs.: Usa-se indiferentemente à/na página. Ex.: A notícia está à/na página 28 do jornal. Usa-
se ainda a páginas, mas não as páginas ou às páginas. Ex.: A notícia está a páginas 28 do jornal.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 10
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

ante: A verdade está ante nossos olhos;


até: indica o limite, o término de movimento, e, acompanhando substantivo com artigo
(definido ou indefinido), pode vir ou não seguida da preposição a:
Caminharam até a entrada do estacionamento. ou
Caminharam até à entrada do estacionamento.
de: (relação de origem): vir de Madri.
desde: dormir desde lá até cá.
em: (estático): ficar em casa; o jantar está na mesa.
Observação:
Oà à à à em à m verbos ou expressões de movimento caracteriza
coloquialidade (o que deve ser evitado na norma culta): chegar em casa, ir no supermercado, voltar
na escola, levar as crianças na praia, dar um pulo na farmácia, etc. O correto é: chegar a casa; ir ao
supermercado; voltar à escola; levar as crianças à praia; ir à farmácia.
defronte: Ela mora defronte à igreja.
em frente a: Em frente à escola estava ele.
entre: os Pireneus estão entre a França e a Espanha; ficar entre os aprovados.
para: ir para Madri; apontar o dedo para o céu.
perante: (posição em frente); perante o juiz, negou o crime. [Não use à à à
à à àD à à à à O correto é àD à à à à
à à
por: ir por Bauru, morar por aqui.
sob: (posição inferior): ficar sob o viaduto.
sobre: (posição superior): o avião caiu sobre uma lavoura de arroz; flutuar sobre as ondas;
(direção): ir sobre o adversário.
trás: no português atual, a preposição trás não é usada isoladamente; atua, sempre, como
à à à à à à à para trás à à por trás à ficar para trás, chegar
por trás à à à à à à à (ficar por trás do muro).

8. modo:
a: bife à milanesa; jogar à Telê Santana.
com: andar com cuidado; tratar com carinho.
de: olhar alguém de frente, ficar de pé.
em: ir em turma, em bando, em pessoa; escrever em francês.
por: proceder à chamada de alunos por ordem alfabética; saber por alto o que aconteceu.
sem: indica a relação de ausência ou desacompanhamento: estar sem dinheiro;
sob: sair sob pretexto não convincente.

9. tempo:
com: (simultaneidade): o povo canta, com os soldados, o Hino Nacional; com o tempo os
frutos amadurecem.
de: dormir de dia, estudar de tarde, perambular de noite; de pequenino é que se torce o
pepino.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 11
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

desde: desde ontem estou assim.


em: fazer a viagem em quatro horas; o fogo destruiu o edifício em minutos, no ano 2000.
entre: ela virá entre dez e onze horas.
para: ter água para dois dias apenas; para o ano irei a Salvador; lá para o final de dezembro
viajaremos.
por: estarei lá pelo Natal; viver por muitos anos; brincar só pela manhã.
sob: houve muito progresso no Brasil sob D. Pedro II.
Muitas vezes, numa locução, a preposição a à à à à à à à à à
acarrete prejuízo de construção ou de significado. Eis alguns exemplos: à/com exceção de, a/ em
meu ver, a/com muito custo, em frente a/de, rente a/com, à/na falta de, a/em favor de, em torno
a/de, junto a/com/de.

3. (FGV / CMS BA Assistente Legislativo 2018)


Em todos os segmentos abaixo há adjuntos adverbiais com valores semânticos diferentes; a
opção em que a indicação desse valor está INCORRETA é.
(A) áà à à à social presente no cotidiano de todas as sociedades sob várias
formas à à à
(B) à à à à à à àde agressão física à à
Cà à à à à à à à à àno reino animal à à gar;
(D) à à à cia fundamental para a constituição de civilizações à à à
(E) à à à à à àem ambientes hostis à àà
Comentário: A alternativa (A) está correta, pois podemos entender que sob várias formas à à à
modo como a violência está presente no cotidiano de todas as sociedades.
áà àBà à à à à à à à à à à à à à
àá à à à à à à à à à ssão preposicionada ser adjunto
adverbial de assunto ou objeto indireto. Mas note que a própria questão já afirmou que os termos
sublinhados são adjuntos adverbiais. Assim, a questão quer que você entenda o valor nocional de
à à à à
A alternativa (C) à à à à à à à à à à à à à à
produzir violência em escala inédita.
áà àDà à à à à à à à à à
áà àEà à à à à m ambientes hosti à à à à à à à à à
de meio.
Gabarito: E

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 12
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

4. (FGV / Detran Assistente de Trânsito 2013)


Oà à à à à à à à à à à à à à
à à à
As alternativas a seguir apr à à à à à à à à àà
exceção de uma. Assinale-a.
áà à à
Bà à à
Cà à à
Dà à
Eà à à
Comentário: V à à devido a à à à à positiva que transmite valor de causa. O
à à à à à à à à à à à à à à à à à à
à àN à à à à à à à à à à à à à à à
alternativa (D), a qual está errada.
Gabarito: D

5. (FGV / Câmara M Recife Assistente Administrativo 2014)


I à à à à à à à à à à à à à à à à à
está mal empregada é:
(A) O Brasil progride graças a sua agricultura.
(B) Os EUA são ricos graças ao trabalho de seu povo.
(C) O automóvel derrapou graças ao óleo na pista.
(D) O terrorismo não progrediu graças às reações.
(E) O Brasil ganhou a Copa graças a seus bons jogadores.
Comentário: áà à à graças a à à à à Mas devemos observar que
à à à à à àá à à à à à à à à à à
negativo.
N à àá à à à à graças a à à à à à à à à
um tom positivo, pois se entende que a agricultura contribuiu para a progressão do Brasil.
N à àB à à à à graças a à à à à à à à à
um tom positivo, pois se entende que o povo contribuiu com seu trabalho para a riqueza dos EUA.
Na alternativa (C), a locuçã à à graças a à à à à à à à à
um tom negativo, pois o óleo na pista causou um problema, uma derrapagem. Assim, devemos
à graças a à à à à à à à à à devido a à por causa
de àetc.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 13
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

N à àD à à à à graças a à à à à à à à à
um tom positivo, pois se entende que as reações não deixaram o terrorismo progredir.
N à àE à à à à graças a à nicia o adjunto adverbial de causa com
um tom positivo, pois se entende que os bons jogadores contribuíram para que o Brasil ganhasse a
copa.
Gabarito: C

6. (FGV / CM Caruaru Técnico Legislativo 2015)


O que é dengue?
É uma virose transmitida por um tipo de mosquito (Aedes aegypti) que pica apenas durante o
dia, ao contrário do mosquito comum (Culex), que pica à noite. A infecção pode ser causada
por qualquer um dos quatro tipos do vírus da dengue, que produzem as mesmas
manifestações. Em geral, o início é súbito com febre alta, dor de cabeça e muita dor no corpo.
É comum a sensação de intenso cansaço, a falta de apetite e, por vezes, náuseas e vômitos.
Podem aparecer manchas vermelhas na pele, parecidas com as do sarampo ou da rubéola, e
prurido (coceira) no corpo. Pode ocorrer, às vezes, algum tipo de sangramento, em geral no
nariz ou nas gengivas. A dengue não é transmitida diretamente de uma pessoa para outra.
(www.sobiologia.com.br)
As opções a seguir apresentam termos sublinhados que podem trocar de posição sem
modificar o sentido original da frase, à exceção de uma. Assinale-a.
á à É comum a sensação de intenso cansaço,... à
B à É comum a sensação de intenso cansaço, a falta de apetite... à
C à e, por vezes, náuseas e vômitos à
D à Podem aparecer manchas vermelhas na pele,... à
E à que pica apenas durante o dia
Comentário: Esta questão cobra, além da sintaxe da oração, a reescritura de frases, com o
deslocamento de palavras. Tal deslocamento, com termos sintáticos de núcleos paralelos,
normalmente não faz mudar o sentido. Os elementos paralelos são os chamados termos compostos.
N à àá à à à à à à à à àá à à
à à à à à à à à à e intenso cansaço à à àcansaço
intenso
N à àBà àC à à à à à à à à à à a sensação de
intenso cansaço, a falta de apetite e, por vezes, náuseas e vômitos é o sujeito composto, isto é, os
núcleos estão paralelos, por isso não há relação de dependência entre eles. Assim, fica fácil perceber
que não haverá mudança de sentido com o deslocamento de tais termos:

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 14
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

É comum a sensação de intenso cansaço, a falta de apetite e, por vezes, náuseas e vômitos
ou
É comum a falta de apetite, a sensação de intenso cansaço e, por vezes, náuseas e vômitos .
e
É comum a sensação de intenso cansaço, a falta de apetite e, por vezes, náuseas e vômitos
ou
É comum a falta de apetite, a sensação de intenso cansaço e, por vezes, vômitos e náuseas .
Na alternativa (D), também não há mudança de sentido, pois ocorre o adjunto adverbial de
à à à à à à à à à à àá tal adjunto
adverbial pode ficar após o objeto direto ou próximo a essa locução verbal, sem comprometer o
sentido original. Veja:
Podem aparecer manchas vermelhas na pele,...
ou
Podem aparecer na pele manchas vermelhas...
A alternativa (E) é a que apresenta mudança de sentido com o deslocamento do advérbio
apenas à à à à à à à à à durante o dia à à à à à
à à à à à à àJ à à à à à à apenas à à à à
à à à à à à à pica àá à à à ntender que o inseto
somente pica durante o dia, não faz outra coisa. Ou até podemos entender uma amenização do
risco, como uma simples picada. Veja:
que pica apenas durante o dia à à à à
que apenas pica durante o dia à à àou simplesmente pica)
Gabarito: E

7. (FGV / Compesa PE Técnico em Contabilidade 2014)


E à à à à à àE àU à à à à à à à
reivindicavam jornada de trabalho de oito horas diárias. Essa reivindicação baseava-se em um
raciocínio muito simples: se o dia tem 24 horas, deveria ser dividido logicamente em três partes
de oito horas uma para o trabalho, outra para descanso e lazer e ou à à à
Assinale a opção em que a troca dos elementos provoca alteração de sentido.
(A) E à à à à ànos Estados Unidos diversas greves
(B) à àos operários reivindicavam à à à à à à
(C) Essa reivindicação baseava-se à à à à
(D) E sa reivindicação baseava-se em um raciocínio muito simples
(E) E à à à à à àE àU àdiversas greves

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 15
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Comentário: Na alternativa (A), o deslocamento dos termos sublinhados não provoca mudança de
sentido, pois o adjunto adverb à nos Estados Unidos à à à à à à à à à à à
objeto direto. Veja:
Em abril de 1886, eclodiram nos Estados Unidos diversas greves
ou
Em abril de 1886, eclodiram diversas greves nos Estados Unidos
Nas alternativas (B) e (C), o deslocamento dos termos sublinhados não provoca mudança de
à à à à os operários à à Essa reivindicação à àse posicionar também após os
seus respectivos verbos. Veja:
nas quais os operários reivindicavam jornada de trabalho de oito horas diárias
ou
nas quais reivindicavam os operários jornada de trabalho de oito horas diárias
Essa reivindicação baseava-se em um raciocínio muito simples
ou
Baseava-se essa reivindicação em um raciocínio muito simples
Na alternativa (D), o reposicionamento do substantivo e seu adjetivo também não oferece
mudança de sentido. Compare:
Essa reivindicação baseava-se em um raciocínio muito simples
ou
Essa reivindicação baseava-se em um muito simples raciocínio
A alternativa (E) é a que apresenta a mudança de sentido com o reposicionamento, pois o
à greves à à à à à diversas à à à à à à à
àC à à à à à à à à à greves à ssa-se ao valor
semântico de greves variadas, isto é, de motivos diferentes ou de classes profissionais diferentes.
Compare:
Em abril de 1886, eclodiram nos Estados Unidos diversas greves
Em abril de 1886, eclodiram nos Estados Unidos greves diversas
Gabarito: E

Vimos os valores semânticos dos adjuntos adverbiais e exercitamos, agora verificaremos a


pontuação.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 16
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

1.2.3 P

É marcante nos adjuntos adverbiais a sua mobilidade posicional, pois este termo pode
movimentar-se para o início, para o meio ou para o fim da oração. Essa mobilidade é percebida nos
termos soltos, os quais não são exigidos pelo verbo, mas apenas ampliam o contexto com a
circunstância. Isso é notado principalmente nos advérbios de lugar, tempo e modo; nos advérbios
que modificam toda a oração (e não somente um termo); e nas locuções adverbiais:

O custo de vida é bem alto em Brasília.


Esta locução adverbial de lugar
Em Brasília, o custo de vida é bem alto. não é exigida pelo verbo, por
O custo de vida, em Brasília, é bem alto. isso se considera um termo
solto, o qual pode receber
O custo de vida é bem alto, em Brasília. vírgula. Compare com a
seguinte.

Prefeitos de várias cidades foram a Brasília. Esta locução adverbial de


A Brasília prefeitos de várias cidades foram. lugar é exigida pelo verbo, por
isso não se considera
Prefeitos de várias cidades a Brasília foram. termo solto, ela pode se
mover na oração, mas não
recebe vírgula.

Naturalmente, você já percebeu o problema.


Os advérbios referem-se a
Sim, eu sei. toda a oração.

Quando a locução adverbial solta for de grande extensão e estiver antecipada da oração ou
no meio dela, a vírgula será obrigatória. Se estiver no final, a vírgula será facultativa.
Antes da última rodada, o time já se dizia campeão.
O time, antes da última rodada, já se dizia campeão.
O time já se dizia, antes da última rodada, campeão.
O time já se dizia campeão, antes da última rodada.
O time já se dizia campeão antes da última rodada.

1.3.5 Palavras denotativas

Há palavras semelhantes aos advérbios, mas que não constituem circunstâncias. São as
chamadas palavras denotativas. Veja algumas importantes.

1. Designação: eis:
Eis o homem!

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 17
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Esta construção admite que o substantivo posterior seja substituído pelo pronome oblíquo
átono o, na forma Ei-lo!

2. Exclusão: exceto, senão, salvo, menos, tirante, exclusive, ou melhor etc.


Voltaram todos, menos André.
Roubaram tudo, salvo o telefone.

3. Limitação: só, apenas, somente, unicamente:


Só Deus é imortal. Apenas um livro foi vendido.
A possibilidade de cobrança em prova é na interpretação de texto. Quando se inserem as
palavras só, somente, apenas; há o recurso textual chamado palavra categórica. Ele transmite uma
ideia veemente do autor, que não abre caminhos para outra possibilidade. Isso dirige a interpretação
de texto. Veja:
Só o rico ganha. O dinheiro chega apenas à classe nobre.
Compare com as estruturas sem essas palavras categóricas:
O rico ganha. O dinheiro chega à classe nobre.
Naturalmente, você observou que o sentido mudou significativamente. Na prova
normalmente o texto sugere algo de maneira geral, com a segunda construção. Já, na interpretação
de texto, a banca inclui a palavra categórica para o candidato perceber o erro.

4. Explicação, explanação ou exemplificação: a saber, por exemplo, isto é, como, ou melhor


etc.
Eram três irmãos, a saber, Pedro, Antônio e Gilberto.
Lá, no inverno, usa-se roupa pesada, como sobretudo e poncho.
Os elementos do mundo físico são quatro, a saber: terra, fogo, água e ar.
Esses valores são normalmente separados por vírgula ou dois-pontos. Pode-se ter em mente
que, quando se explica, quer-se ratificar, confirmar argumentos; então isso pode ser cobrado numa
interpretação de texto ou no uso da pontuação.

5. Inclusão: mesmo, além disso, ademais, até, também, inclusive, ainda, sobretudo, aliás etc.
Até o professor riu-se. Ninguém veio, mesmo o irmão.
I - Costumam-se ficar entre vírgulas as estruturas além disso, também, inclusive, ainda.
Normalmente a banca insere apenas uma das vírgulas e isso torna o texto errado.
Ele disse, inclusive que não viria hoje. (errado)
Ele disse, inclusive, que não viria hoje. (certo)
II Cumpre lembrar que não se pode confundir o valor de mesmo (inclusão), mesmo
(pronome demonstrativo de valor adjetivo), advérbio de afirmação/certeza e valor de
concessão/contraste.
O primeiro não se flexiona e pode ser substituído por até, inclusive:

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 18
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Mesmo ela realizou as atividades.


O segundo flexiona-se e diz respeito a um reforço reflexivo, equivalendo a sozinha:
Ela mesma realizou as atividades.
O terceiro não se flexiona e serve para ratificar, confirmar uma ação, equivalendo-se a sim,
com certeza:
Ela realizou mesmo as atividades.
O quarto será visto mais detidamente nas orações subordinadas adverbiais concessivas. Ele
transmite contraste e faz subentender a conjunção embora, apesar de:
Mesmo sem falar, todos entenderam sua reprovação às opiniões.

6. Retificação: aliás, ou melhor, isto é, ou antes etc.


Comprei cinco, aliás, seis livros. Correu, isto é, voou até nossa casa.
Para a banca é importante notar a ideia de correção ao que foi dito anteriormente e por isso
à à à à à à àN à à à à à à à à à à
explicação (ratificação), por isso deve-se ter muito cuidado com o contexto.

7. Situação: mas, então, pois, afinal, agora, etc.


Mas que felicidade. Então duvida que se falasse latim?
Pois não é que ele veio. Afinal, quem tem razão?
Posso mostrar-lhes o sítio; agora, vender eu não vendo.
áà à à à à à M à E à à P à à à à à à
oposição, conclusão e explicação, respectivamente. Pode-se notar claramente que não; estes
vocábulos apenas mo à à à à à à à à à à H à à
à

8. Expletivo e realce: é que; lá, cá, só, ora, que, mesmo, embora.
Nós é que somos brasileiros. Eu sei lá!
Eu cá me arranjo. Vejam só que coisa!
Ora, decidamos logo o negócio. Oh! Que saudades que tenho!
É isso mesmo. Vá embora!
Normalmente as palavras expletivas ocorrem por motivo de ênfase e estilo; mas o vocábulo
à à à à à à à à à à à à àentendida
como conclusão.

9. Afetividade: felizmente, infelizmente, ainda bem:


Felizmente não me machuquei.
Ainda bem que o orador foi breve!

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 19
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

8. (FGV / TJ-SC Analista Administrativo 2018)


A frase do texto em que o vocábulo sublinhado mostra uma função sintática diferente das
demais, por ser núcleo de função, é:
áà á à à àmais à à à à à
BàE à guiados por valores e preocupados em fazer uso da bondade, aplicando uma visão
mais à à
Cà à à à à à à à à à à à à mais
à à à à
D) Isso também é verdadeiro em relação à capacidade de investir mais ou menos em seu
próprio bem-estar e no dos outros;
E) Assim, poderemos ter uma ideia mais precisa e útil do que realmente são.
Comentário: A questão pede à à à à à à à ático. Mas já quero ressaltar
aqui que a banca FGV fez uma interpretação bem parcial na função de núcleo de adjunto adverbial.
Isso porque, sempre que há um advérbio, ele será o núcleo sintático do adjunto adverbial. Porém, a
banca entendeu que, quando o advérbio modifica adjetivo ou advérbio, não é núcleo. Somente
quando modifica verbo, ele passa a núcleo. Essa não é a interpretação corrente na gramática
normativa.
Na alternativa (A), à à à à à à , porém neste caso foi
precedid à à à à à à à à à àá à à à é um pronome
à à à à à à à à à à
Na alternativa (B), à à à à mais à à à à à núcleo é o
à à à à à àé advérbio de intensidade e à à à
N à à C à à à à à à à à à à à
advérbio de intensidade, na função de adjunto adverbial.
A alternativa (D) é a que devemos marcar, pois os advérbios e à mo
à àá à s adjuntos adverbiais de intensidade não modificam mais um adjetivo
ou advérbio, mas um verbo. Por isso, a banca considerou os advérbios à à àcomo sendo
núcleos sintáticos.
N à àE à à à à à à à à à à à à à
intensidade, na função de adjunto adverbial.
Gabarito: D

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 20
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

9. (FGV / TJ RJ Técnico 2015)


ANTES QUE A FONTE SEQUE
José Carlos Tórtima, O Globo, 04/10/2014
Na deslumbrada primeira visão da nossa terra, Pero Vaz de Caminha, o empolgado escrivão da
frota de Cabral, não conteria a euforia ao anunciar, em sua célebre epístola ao rei Dom Manuel,
que as águas da nova colônia eram não só mu à à à“ à à àC à
que com sua bela carta de apresentação da ambicionada Índia Ocidental aos nossos ancestrais
lusitanos poderia estar lançando as sementes da arraigada e onipresente cultura de
esbanjamento do precioso líquido e do mito de sua inesgotabilidade. Cultura esta que até hoje
se faz presente nas cenas de desperdício explícito nas cidades e no campo. E também na
timidez de políticas públicas direcionadas à preservação e ao bom uso das reservas do mineral.
Quanto ao emprego ou omissão da vírgula, houve afastamento da orientação gramatical em:
(A) à à à à à à àP àV à àC à à à
à à à àC à
(B) à à à à à r, em sua célebre epístola ao rei Dom Manuel, que as
à à à à à à à à à à
(C) à à àC à à à à à à à à à àÍ à
Ocidental aos nossos ancestrais lusitanos poderia estar lançando as sementes da arraigada e
à à à à
(D) à à à à à à à à à à à à à à à à
à à
(E) à à à à à à à à à servação e ao bom uso das
à à
Comentário: A questão pede que identifiquemos onde houve erro gramatical pelo uso ou pela falta
de vírgula.
áà àáà à à à à à à à à à à à à
adjunto adverbial antecipado, po à à à à à àáà à à à à
à à àC à à à à à à à à à à à
A alternativa (B) está correta, pois o adjunto adverbial de lugar de grande exten à à à
célebre ep à à àD àM à à à à à à à à à à
V à à à à à à à à à à à à
A alternativa (C) é a errada, pois o adjunto adverbial causa à com sua bela carta de
apresentação da ambicionada Índia Ocidental aos nossos ancestrais lusitanos à à à à à
e está intercalado, por isso deve ficar entre duas vírgulas.
A alternativa (D) está correta, pois a omissão da vírgula se dá porque não há termo explicativo
à à à à à à à à à à à à à à -se
após a estrutura básica. Assim, não há exigência de vírgula.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 21
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

A alternativa (E) está correta, pois não pode haver vírgula entre os termos básicos da oração.
Exatamente por isso não foi inserida a vírgula.
Gabarito: C

10. (FGV / Compesa PE Técnico em Contabilidade 2014)


E à à à à à àE àU à à
Assinale a opção que indica a forma de reescrever esse segmento do texto que mostra
pontuação inadequada.
(A) Em abril de 1886 eclodiram nos Estados Unidos diversas greves.
(B) Em abril de 1886 eclodiram, nos Estados Unidos, diversas greves.
(C) Em abril de 1886, eclodiram nos Estados Unidos, diversas greves.
(D) Eclodiram nos Estados Unidos, em abril de 1886, diversas greves.
(E) Em abril de 1886, eclodiram, nos Estados Unidos, diversas greves.
Comentário: Vimos que o adjunto adverbial ao final da oração tem vírgula facultativa. Se for de
grande extensão e estiver antecipado, a vírgula é obrigatória. Mas não se preocupe com o fato de
ser de grande ou pequena extensão, haja vista que as gramáticas não delimitam o número de
palavras para esta classificação. E a própria questão já sinalizou isso para você, pois inseriu o adjunto
adverbia à Em abril de 1886 à à à à à à àá à à à
como de pequena extensão e a vírgula é facultativa.
Oà à à à à à à à nos Estados Unidos à à à à er
entendido como de pequena extensão, assim cabe a dupla vírgula ou a sua omissão. Porém, não
pode haver somente uma. Justamente foi isso ocorreu na alternativa (C), por isso ela é a errada. Veja
a correção:
Em abril de 1886, eclodiram, nos Estados Unidos, diversas greves.
ou
Em abril de 1886, eclodiram nos Estados Unidos diversas greves.
Gabarito: C

11. (FGV / DPE RO Analista Contábil 2015)


O Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA, é uma lei bem justa e generosa, ainda
largamente ignorada em suas medidas de proteção e promoção. Mesmo quanto às sanções
previstas no estatuto, antes de se chegar à internação, há uma série de outras menos severas,
como a advertência, a prestação de serviços à comunidade e a liberdade assistida, que são
frequentemente ignoradas, passando-se diretamente à privação de liberdade, mesmo em
casos em que isso não se justifica. Os poderes públicos, inclusive o Judiciário, estão em dívida
com a sociedade por conta da inobservância do estatuto em sua integralidade.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 22
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Nesse segmento do texto 2 há duas ocorrências subl à à à à à à


ocorrências, é correto afirmar que:
(A) ambas equivalem ao sentido de inclusão;
(B) só a primeira ocorrência indica concessão;
(C) só a segunda ocorrência indica concessão;
(D) só a primeira ocorrência indica inclusão;
(E) só a segunda ocorrência indica inclusão.
Comentário: V à à à à à à à à à à à à à à

Até quanto às sanções previstas no estatuto, antes de se chegar à internação, há uma série de outras
menos severas, como a advertência, a prestação de serviços à comunidade e a liberdade assistida,
que são frequentemente ignoradas, passando-se diretamente à privação de liberdade, até em casos
em que isso não se justifica.
Assim, há uma noção de inclusão nas duas ocorrências e a alternativa correta é a (A).
Note que não há uma ideia de contraste, por isso não conseguimos subentender as palavras
à à à
Gabarito: A

12. (FGV / Câmara Municipal de Recife Analista 2014)


Fragmento do texto: Superinteressante, 2009
Sempre existiram jovens e velhos. Mas a noção de juventude que a gente tem é bem mais
recente: começou nos EUA e na Europa dos anos 20. Foi quando as universidades se tornaram
comuns e atrasaram a idade em que as pessoas casavam e tinham filhos. De uma hora para
outra, cada vez mais gente passava a desfrutar esse intervalo que quase não existia antes: o
limbo entre a infância e a vida adulta para valer. Um limbo, aliás, que fica cada vez mais longo.
U à à à ue fi à à à à
Oà à à à à à à à à à à à à
significado é:
(A) de outra maneira;
(B) do contrário;
(C) além do mais;
(D) não obstante;
(E) a propósito.
Comentário: A questão explora o à à à à à à aliás à N à à à
palavra pode ter outros valores em outros contextos, como o de retificação, por exemplo. Mas, neste

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 23
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

contexto, entendemos que o autor reforça a ideia anterior e lhe acrescenta que o limbo entre a
infância e a fase adulta fica cada vez mais longo.
Naturalmente você ficou em dúvida entre a alternativa (C) e (E), pois, ao inserirmos as
à além do mais à à a propósito à à à à à
Mas a questão pediu a alternativa à à à à àV à à à à a
propósito à à à à à oportunamente à convenientemente à à à à à à
à à à à à à aliás à
Veja bem: nós até poderíamos inserir tal expressão mantendo a coerência nos argumentos,
mas mudaríamos o sentido original.
N à à à à aliás à à à à à à à à à à
à à além do mais à à à à à
Gabarito: C

13. (FGV / Funarte Administrador 2014)


àC à àE àG àD à à àD à à à à à à à à à
à à à à
N à à à à à à à à à
(A) acrescentar uma informação que confirma algo dito anteriormente;
(B) apresentar uma informação que contrasta com outra anterior;
(C) corrigir uma informação já passada;
(D) explicar uma informação anteriormente dada;
(E) expressar uma oposição parcial a uma informação dada antes.
Comentário: V à à isto é à à à à denotativa de explicação ou de retificação.
Assim, você poderia ter ficado na dúvida entre as alternativas (B), (C) e (D).
Mas veja que o autor não quis corrigir a informação anterior, nem reforçar o contraste. Na
à à à à àG v àD à à à àá à à à àB àE à
ele rogava a Deus que não permitisse que ele morresse sem voltar para sua terra natal: o Brasil.
Como o autor do texto está no Brasil falando sobre Gonçalves Dias, ele explicou que a expressão
para lá à àG àD à à à para cá à à à à
Assim, a alternativa correta é a (D).
Gabarito: D

14. (FGV / Câmara M Recife Assistente Administrativo 2014)


A guerra on-line como ocorre hoje, ou seja, transmitida em tempo real, mobiliza as pessoas e
se torna assunto de conversas, tema de programas transmitidos na televisão, objeto de
à à à à à àE à à à à à à à à à
guerra de todos.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 24
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

áà à à à à à à à à pel de:
(A) explicar; (B) justificar; (C) corrigir;
(D) ampliar; (E) enumerar.
Comentário: V à à ou seja à à à à à à à à à à à
àM à à à à à à à à à à à à (transmitida em
à à à à à à áà à - àá à à à à à àá
Gabarito: A

15. (FGV / Pref Osasco Agente de Trânsito 2014)


Fragmento do texto: PARA REDUZIR RISCOS É PRECISO TER CONTROLE
Para reduzir riscos dentro das empresas e diminuir possíveis problemas com as
fiscalizações, as Micro e Pequenas Empresas devem implementar controle de suas atividades
administrativas e financeiras, as mais rígidas possíveis:
1. Organize sua empresa, um nível de organização deve ser mantido dentro da empresa,
isso implica em definição clara de cada função e tarefas executadas, controle de estoque e
caixa com boletins e relatórios diários e prestações de contas por parte dos responsáveis por
esses setores, regras;
2. Controle das senhas, todas as senhas devem ser trocadas no mínimo a cada três meses.
C à à à à à à à à à à à à à à à à
segmento colocado após a vírgula, em relação ao segmento anterior, expressa:
(A) conclusão;
(B) retificação;
(C) concessão;
(D) consequência;
(E) explicação.
Comentário: V à à à à à à à ou seja à à à
a vírgula. Veja:
Controle das senhas, ou seja, todas as senhas devem ser trocadas no mínimo a cada três meses.
Assim, fica mais claro que o segmento sublinhado tem um sentido explicativo em relação à
expressão anterior.
Gabarito: E

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 25
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

3 OBJETO DIRETO E OBJETO INDIRETO

Objeto direto
Vimos que esse termo é o complemento de um verbo transitivo direto. Ele tem como núcleo
um substantivo ou palavra de valor substantivo.
Perdi os documentos.
N à à à à à à à à à à à à à à à à
um substantivo. O objeto direto se apresenta de diferentes formas.
I - Objeto direto pleonástico: Normalmente, por uma questão de ênfase, antecipa-se o objeto,
colocando-o no início da frase, e depois é repetido por meio de um pronome oblíquo átono. A esse
objeto repetido damos o nome de objeto pleonástico ou enfático. É muito comum essa construção
no diálogo, como um meio de o interlocutor retomar a fala do outro, emendando a sua postura
diante do fato:
- O que você acha desta roupa?
- Essa roupa, ninguém a quer.
áà à E à à à à à à à à à à à à direto pleonástico.
Neste caso, ocorre a vírgula.
II - Objeto direto preposicionado: aquele cuja preposição não é exigência do verbo, que é transitivo
direto, mas ocorre por ênfase, para se evitar ambiguidade ou por necessidade do próprio
complemento.
Amo a Deus. (ênfase)
Cumpri com a minha palavra. (ênfase)
Ele puxou da espada. (ênfase)
Aos mais desfavorecidos atingem essas medidas. (para evitar ambiguidade)
Ninguém entende a mim. à à à mim
Note que os verbos amar, cumprir, puxar, atingir e entender não regem preposição, porque
são transitivos diretos. Normalmente as provas perguntam se foram esses verbos que exigiram a
preposição, mas nesses casos não foram eles que a exigiram.
Nos três primeiros exemplos, perceba que pode haver a seguinte estrutura oracional: Amo
Deus; Cumpri a minha palavra; Ele puxou a espada. A inserção da preposição, então, não foi exigida
pelo verbo, ela apenas enfatiza o complemento.
N à à à à à à à à A à à à à à Aos mais
desfavorecidos à à à à à à à à à à Essas medidas
atingiram os mais desfavorecidos ou os mais desfavorecidos atingiram essas medidas?). Essa dupla
possibilidade de interpretação é chamada de ambiguidade. Numa situação formal, deve-se evitar
essa ambiguidade para que o texto seja o mais claro possível.
No último exemplo, tem-se o pronome pessoal oblíquo tônico à“ à à à à
à à à à à à à àI à à isto na aula de pronomes.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 26
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

III - Objeto direto interno (ou cognato):


Foi visto que verbos intransitivos são aqueles que, por terem sentido completo, não
reclamam um complemento (objeto). É comum, no entanto, o emprego desses verbos com um
objeto, representado por um substantivo da mesma área semântica do verbo. Muitas vezes, o
complemento tem o radical do verbo:
Ele vive uma vida feliz. Dormi o sono dos justos.
O àsonhos mais lindos sonhei Eàrir o meu riso
Essas estruturas são admissíveis em composições de canções, poemas ou prosas com fundo
literário. Numa linguagem objetiva, com fundamentação argumentativa, essa construção deve ser
evitada.
IV Os à à à à à à à à à à à à à à
função sintática de objeto direto: Comprei um carro (comprei-o.).

Objeto indireto
Complemento de um verbo transitivo indireto.
Necessitamos de apoio.
Ele pode também ser pleonástico: repetição, por meio de um pronome oblíquo, do objeto
indireto.
Ao amigo, não lhe peça tal coisa.
áà à Ao amigo à à à à à à à à lhe à à à à à à
Neste caso, a vírgula é obrigatória.
Os à à à à à à à à à à à à à
sintática de objeto indireto:
Obedeço ao chefe (Obedeço-lhe).

4 ADJUNTO ADNOMINAL E COMPLEMENTO NOMINAL

Adjunto adnominal
Todo termo sintático da oração necessita de um núcleo, constituído de um substantivo ou
palavra de valor substantivo. Esse núcleo pode ser caracterizado, determinado, modificado,
especificado, restringido por um termo, chamado de adjunto adnominal.
Esse termo pode ser representado por:
1) um artigo: O carro parou.
2) um pronome adjetivo: Encontrei meu relógio.
3) um numeral adjetivo: Recebi a segunda parcela.
4) um adjetivo: Tive ali grandes amigos.
5) uma locução adjetiva: Tenho uma mesa de pedra.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 27
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

As nossas primeiras experiências científicas fracassaram.


artigo pronome numeral substantivo adjetivo verbo intransitivo
adjuntos adnominais núcleo adj adnominal
Sujeito predicado

Complemento nominal
Como vimos no início da aula, a transitividade não é privilégio dos verbos: há também nomes
(substantivos, adjetivos e advérbios) transitivos. Isso significa que determinados substantivos,
adjetivos e advérbios se fazem acompanhar de complementos. Esses complementos são chamados
de complementos nominais e são sempre introduzidos por preposição:
1) complemento nominal de um substantivo:
Você fez uma boa leitura do texto.
sujeito VTD objeto direto complemento nominal
Predicado verbal

N à à à à leitura à à à à à à à ler à C à à à à à à
transitivo, o substantivo também fica transitivo.
Observe:
Você leu o texto.
sujeito VTD objeto direto
Predicado verbal

Compare: Júlia aproveitou o momento. (objeto direto)


Júlia tirou proveito do momento. (complemento nominal)

2) complemento nominal de um adjetivo:


Você precisa ser fiel aos seus ideais.
sujeito locução verbal de adjetivo na complemento nominal
ligação função de
predicativo
Predicado nominal

Quem é fiel é fiel a alguém ou a à àá à à à à à à à à


necessita de complemento.
3) Complemento nominal de advérbio:
Você mora perto de Maria.
Sujeito verbo intransitivo advérbio na função de complemento
adjunto adverbial de nominal
lugar
Predicado verbal

N à à à à perto à à à à à perto de algo ou de alguém.


Podemos dizer que o complemento nominal é mais uma função substantiva da oração: nos casos

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 28
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

citados anteriormente, o núcleo dos complementos é um substantivo (texto, ideais, Maria).


Pronomes e numerais substantivos, assim como qualquer palavra substantivada, podem
à à àO à à à lhe à à à emento nominal na
oração seguinte:
Não posso ser-lhe fiel: já empenhei minha palavra com outra pessoa.
(fiel a alguém)
Observe que o complemento nominal não se relaciona diretamente com o verbo da oração,
e sim com um nome que pode desempenhar as mais diversas funções.
A realização do projeto é necessária à população carente.
Adj. núcleo complemento VL predicativo do complemento nominal
Adn nominal sujeito
sujeito predicado nominal

É natural confundirmos, na estrutura sintática, os termos adjunto adnominal com o


complemento nominal. Assim, é necessário abordarmos a diferença entre eles para uma melhor
compreensão da sintaxe e da semântica.

5 COMO DISTINGUIR O ADJUNTO ADNOMINAL DO COMPLEMENTO NOMINAL

O adjunto adnominal formado por uma locução adjetiva pode ser confundido com o
complemento nominal. Normalmente não haverá dúvida, pois, segundo o que foi visto, o adjunto
adnominal é constituído de vocábulo de valor restritivo que caracteriza o núcleo do termo de que
faz parte. Já o complemento nominal é termo que completa o sentido de um nome. Há dúvida
quando os dois termos são preposicionados. Por exemplo:
A leitura do livro é instigante. A leitura do aluno foi boa.
Para percebermos a diferença, é importante passarmos por três critérios:

1º critério:
Adjunto adnominal: Complemento nominal:
O termo preposicionado caracteriza o O termo preposicionado complementa um
substantivo. substantivo, adjetivo ou advérbio.
á à à à à Estava cheio de problemas , M à rto de você , logo no
primeiro critério, já à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à
2º critério:
Adjunto adnominal: Complemento nominal:
O substantivo caracterizado pode ser concreto O substantivo complementado deve ser
ou abstrato. abstrato.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 29
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Sabendo-se que um substantivo abstrato normalmente é o nome de uma ação (corrida,


pesca) ou de uma característica (tristeza, igualdade) e que o substantivo concreto é o nome de um
à à à à à à à àN à à Trouxe copos de
vidro à Vi a casa de pedra à à à à à à à à à à à à
caracterizam os substantivos concr à à à à
3º critério:
Adjunto adnominal: Complemento nominal:
O termo preposicionado é agente. O termo preposicionado é paciente.
Este último normalmente é o cobrado em prova. Se os termos abaixo sublinhados são
agentes, automaticamente serão os adjuntos adnominais. Se pacientes, serão complementos
nominais. Veja:
Adjuntos adnominais:
O amor de mãe é especial. (agente: a mãe ama)
A invenção do cientista mudou o mundo. (agente: o cientista inventou)
A leitura do aluno foi boa. (agente: o aluno leu)

Complementos nominais:
O amor à mãe também é especial. (paciente: a mãe é amada)
A invenção do rádio mudou o mundo. (paciente: o rádio foi inventado)
A leitura do livro é instigante. (paciente: o livro é lido)

1. (FGV / Prefeitura de Niterói - RJ 2018)


Leia o segmento a seguir.
N à à à à à à às fontes murmurantes cantadas por Ary Barroso em sua
á à àB . As fontes em questão são outras, estão atualmente em debate nos meios
jornalísticos e legais: o direito de proteger o sigilo à . Contrariando a maioria, diria
até a unanimidade dos colegas de ofício, sou contra este tipo de sigilo e, sobretudo, contra as
à à
No segmento, o termo que funciona como complemento de um termo anterior é:
A) às fontes murmurantes.
Bà à àá à àB
C) nos meios jornalísticos e legais.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 30
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

D) das fontes.
E) dos colegas de ofício.
Comentário: O termo que completa o sentido de verbo é o objeto direto ou objeto indireto. O termo
que completa o sentido de um nome é o complemento nominal. Assim, nesta questão, devemos
encontrar a alternativa que apresenta uma dessas funções acima.
A alternativa (á à à à à à à à à à à à à à à à
à presenta valor paciente. Assim, conforme o terceiro critério da diferença entre
à à à à à à à à à à à à lemento
à à à à à à à à
A alternativa B à à à à à à à à á à àB à à à à
adverbial.
áà àCà à à à à à à à à à à à à à
adverbial.
áà àDà à à à à à sigilo à àconcreto. Note que tal substantivo
não é gerado de verbo, nem de adjetivo. Assim, temos certeza de que é concreto. Assim, conforme
o segundo critério da diferença entre à à à à à à à das
fontes à à àadjunto adnominal, pois caracteriza um substantivo concreto.
áà à Eà à à à à à à à ààN à à à
à à à à à à Oà à dos colegas de ofício à à à
agente: os colegas de ofício são unânimes. Assim, conforme o terceiro critério da diferença entre
à à à à à à à dos colegas de ofício à à à à
adnominal e natu à à à à à à
Gabarito: A

2. (FGV / SEFIN RO Técnico Tributário 2018)


Todos os segmentos textuais abaixo trazem termos precedidos da preposição de.
Assinale a opção que apresenta o termo cuja preposição é uma exigência de um termo anterior.
áà à àde
Bà àde
(C à àde
Dà à àde
Eà àde
Comentário: A questão trabalha a diferença entre o complemento nominal (preposição é resultado
de exigência de um termo anterior) e o adjunto adnominal (preposição transmite sentido restritivo).
Assim, a fim de resolvermos a questão, devemos nos lembrar dos 3 critérios da diferença
entre o adjunto adnominal e o complemento nominal.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 31
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

áà àáà à à à à à à à à à à à à onforme
à à à à à à à à à à
áà à à à à à à à à à à
à à à à à à à à de à de à de
à à de
Gabarito: A

3. (FGV / CMS BA Assistente Legislativo 2018)


No texto, ocorrem muitos segmentos precedidos pela preposição DE; o termo em que o
emprego dessa preposição NÃO é obrigatório, pois não é determinado pela regência de um
termo anterior é:
áà à à à
Bà à à à
Cà à à à à à
Dà à à à à à
Eà à à
Comentário: A fim de resolvermos a questão, devemos nos lembrar dos 3 critérios da diferença
entre o adjunto adnominal e o complemento nominal. Assim, o emprego da preposição determinada
pela regência de um termo anterior ocorre no complemento nominal e temos que achar a alternativa
em que não há regência, isto é, temos que achar o adjunto adnominal.
É simples achar o adjunto adnominal, pois só há uma alternativa com substantivo concreto,
à à à à àá à à à à à à à à à à à
alternativa (D) é a correta.
Já n à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à
Gabarito: D

4. (FGV / DPE RO Técnico Administrativo 2015)


Oà àde medicamentos genéricos (1), criado no Brasil em 1999 com a promulgação da
Lei 9787 (2), se deu três anos após o país voltar a respeitar o direito de patentes, em 1996.
Após apenas 4 anos da criação dessa lei (3), os genéricos já se encontravam disponíveis em
mais de 4 mil apresentações, abrangendo as principais classes terapêuticas, atendendo a mais
de 60% das necessidades de prescrições médicas à
Considerando os termos sublinhados e numerados, são complementos dos termos anteriores:
(A) (1) e (2); (B) (1), (3) e (4); (C) (2), (3) e (4);
(D) (1) e (3); (E) (1), (2) e (3).

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 32
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Comentário: Os termos que completam o sentido de outro são os objetos direto e indireto (os quais
completam o sentido de um verbo transitivo) e o complemento nominal (o qual completa o sentido
de um nome transitivo).
Como os termos se ligam a nomes, sabemos que a questão quer que identifiquemos os
complementos nominais, isto é, o termo que completa o sentido de um nome transitivo.
Vimos anteriormente que o substantivo, adjetivo e advérbio podem ser transitivos e exigir
complementos nominais. Porém, os nomes anteriores ao termos sublinhados são substantivos
(programa, promulgação, criação, necessidades).
Como esses substantivos são abstratos, devemos passar ao terceiro critério de diferença
entre adjunto adnominal e complemento nominal.
No termo à à à à à à à à à à
à à à à à à à preposicionado não tem valor paciente.
Note que o contexto não transmite a ideia de que os medicamentos são programados, concorda? O
que se quer dizer é que o tipo de programa é o de medicamentos genéricos.
N à à à à à à à à à à à à à
L à à à à à à à à àL à à à
promulgar a Lei 9787 promulgação da Lei 9787
VTD + OD (termo paciente) nome + CN (termo paciente)

N à à à à à à à à à à à à à
à à à à à àpaciente: a lei foi criada.
criar essa lei criação dessa lei
VTD + OD (termo paciente) nome + CN (termo paciente)

N à à à à à à à à à à à à à
prescrições à à à à à à àá à à à à à à
à à à à à à à à er transitivo indireto, fica fácil perceber o valor
paciente com a estrutura abaixo:
necessitar de prescrições médicas necessidades de prescrições médicas
VTI + OI (termo paciente) nome + CN (termo paciente)

Gabarito: C

5. (FGV / DPE RO Técnico Administrativo 2015)


Por que a compra do medicamento pelo princípio ativo fará baixar o preço do medicamento?
Esta é uma das zonas de maior tensão da indústria farmacêutica mundial. Se por um lado os
medicamentos ficam mais baratos pela fórmula já existir e ser comprovadamente eficiente,
por outro lado os custos mais baixos são consequências diretas do não investimento das
fabricantes dos genéricos em pesquisas para novos medicamentos e no marketing de seus

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 33
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

produtos. Assim, de certa forma, há um certo risco sobre a descoberta de novos medicamentos
bons para a população.
Por outro lado, como há o respeito às patentes dos medicamentos (salvo casos especiais, como
foi com os medicamentos do coquetel anti-HIV), as indústrias farmacêuticas têm tempo de
sobra para recuperar os investimentos em pesquisa durante o tempo em que seus
medicame à à à à àV à à à à à à
genéricos não tiram os de marca (referência) do mercado, apenas concorrem lado a lado.
(Saúde Melhor)
O termo sublinhado abaixo que exerce a função de adjunto do termo anterior é:
(A) compra do medicamento;
(B) preço do medicamento;
(C) fabricante dos genéricos;
(D) descoberta de novos medicamentos;
(E) marketing de seus produtos.
Comentário: O termo que exerce a função de adjunto do termo anterior é aquele que caracteriza o
termo anterior ou simplesmente tem valor agente.
N à à á à à à à à à à à à à
à à à ermo tem valor paciente: o medicamento foi comprado.
comprar medicamento compra do medicamento
VTD + OD (termo paciente) nome + CN (termo paciente)

áà à Bà à à à à à
à stá sendo caracterizado pela à
à à à à à à à à àN te que não se quer tomar preço do
medicamento, mas simplesmente indicar que o medicamento tem preço. Assim, é um termo agente
e esta é a alternativa correta.
Na alter à C à à à à à à à à à à
genérico à à à à à à à à à à
fabricar genéricos os fabricantes de genéricos
VTD + OD (termo paciente) nome + CN (termo paciente)

N à à D à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à
descobrir novos medicamentos a descoberta de novos medicamentos
VTD + OD (termo paciente) nome + CN (termo paciente)

N à àE à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à àI à à à à
no lugar de à à à à à à à à à à à
divulgar seus produtos marketing de seus produtos
VTD + OD (termo paciente) nome + CN (termo paciente)

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 34
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Gabarito: B

6. (FGV / Detran Assistente de Trânsito 2013)


O elemento sintático sublinhado funciona como paciente do termo anterior em
(A) faixa de pedestres.
(B) regras de trânsito.
(C) utilização de bebidas alcoólicas.
(D) cinto de segurança.
(E) vítimas do trânsito.
Comentário: Esta questão na realidade cobra a identificação do complemento nominal, pois é ele o
termo paciente. Lembre-se que o adjunto adnominal é o termo agente ou transmite característica,
tipo, qualidade, restrição etc.
Na alternativa (A), a expressã à de pedestres à à faixa à -lhe o tipo e
à àN à à à à à faixa à à àá à à à à à
adjunto adnominal.
N à àB à à à de trânsito à à regras à ndo-lhe o tipo e
à àN à à à à à regras à à àá à à à à à
adjunto adnominal.
A alternativa (C) é a correta, pois o substa à à utilização à à à à
à à de bebidas alcoólicas à à à à à à à à à à à
bebidas alcoólicas são utilizadas:

Utilizar bebidas alcoólicas Utilização de bebidas alcoólicas


VTD + OD (termo paciente) substantivo + Complemento nominal
abstrato (termo paciente)

N à àD à à à de segurança à à cinto à -lhe o tipo e


à àN à à à à à cinto à à àá à à à à à
adjunto adnominal.
Na alternativa (E à à à do trânsito à à vítimas à -lhe o tipo e
à àN à à à à à vítimas à à àá à à à à à
adjunto adnominal.
Gabarito: C

7. (FGV / MPE RJ Técnico 2016)


áà àde informações, a oferta de serviços e a venda de produtos médicos na Internet
à à à à à à

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 35
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Os termos sublinhados podem ter a função de agentes ou pacientes dos termos anteriores;
exerce(m) a função de agente:
a) todos eles;
b) nenhum deles;
c) somente o primeiro;
d) somente o segundo;
e) somente o segundo e o terceiro.
Comentário: O à à à à à à à à à à à de
à à à à à à à à pacientes. Dessa forma, podemos
entender que as informações são veiculadas, os serviços são ofertados e os produtos são vendidos
e a alternativa (B) é a correta.
Note que tais termos são complementos nominais.
Gabarito: B

8. (FGV / CODEBA Analista Portuário 2016)


‘ à à à à à à à à à à à à
No caso desse segmento do texto, a preposição a é de uso gramatical, pois é exigida pela
regência do verbo dirigir.
Assinale a opção que indica a frase em que à à à à à à ànão um
complemento.
a) O Brasil dá Deus a quem não tem nozes, dentes etc.
b) É preciso passar o Brasil a limpo.
c) Um memorando serve não para informar a quem o lê, mas para proteger quem o escreve.
d) Quem é burro pede a Deus que o mate e ao diabo que o carregue.
e) O desenvolvimento é uma receita dos economistas para promover os miseráveis a pobres
e, às vezes, vice-versa.
Comentário: A locução verbal à à à à à à à à àá à àtermo
iniciado por essa preposição é o objeto indireto, é um complemento verbal.
áà à à à à à à à à à à à à à à à
nominal, mas simplesmente por fazer parte de um adjunto adnominal ou adjunto adverbial.
N à àá à à à à à à à à à à à à à à à
transitivo direto e indireto.
áà à Bà à à à à à à à à à à à à à áà
à à à à à à l de modo.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 36
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

N à àC à à à à à à à à à à à à à à
é transitivo direto e indireto.
N à àD à à à à à à à à àD à à à à à à
transitivo direto e indireto.
N à à E à à à à à à à à à à à à à
à à à à à
Gabarito: B

9. (FGV / INEA Administrador 2013)


Assinale a alternativa cujo termo sublinhado exerce função diferente da dos demais.
(A) Conjunto de políticas.
(B) Redução de riscos.
(C) Situações de desastres.
(D) Presenças de ameaças.
(E) Condições de vulnerabilidade.
Comentário: Na alternativa (A), a expr à à à à à à à à à
restrição. Assim, é o adjunto adnominal.
N à àC à à à à à à à à à à à à
P à à à à à à à esas à à à
Assim, aquela expressão é o adjunto adnominal.
N à à D à à à de ameaças à à à à à à à à à
ameaças estão presentes, elas apresentaram-se. Assim, aquela expressão é o adjunto adnominal.
N à à E à à à de vulnerabilidade à à à à à à à
àP à à à à à à à àá à à
o adjunto adnominal.
Dessa forma, fica claro que o term à de riscos à à à à à à à à à
ele sofre a ação da redução, pois entendemos que os riscos são reduzidos. Dessa forma, a expressão
de riscos à à à à à à à à àC
Reduzir riscos Redução de riscos
VTD + OD (termo paciente) substantivo + Complemento nominal
abstrato (termo paciente)

Gabarito: B

10. (FGV / Funarte Administrador 2014)


N à à à à à à à à à Beethoven à à à à à
sintática que, respectivamente, em:
(A) criação de galinhas / criação de uma nova estrada;

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 37
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

(B) invasão da cidade / invasão dos bárbaros;


(C) invenção da lâmpada / invenção de novo aplicativo;
(D) cópia de um documento / cópia de uma assinatura;
(E) visão de uma ponte / visão da paisagem.
Comentário: E à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à
substantivos abstratos, à à à à à à à à à
àC à à à à à à à à à à à à à
à à à àC à à à à à àB à à r
agente (Beethoven concerta, harmoniza), há o adjunto adnominal. Além disso, podemos entender
à à à à à à à àB àá à à à àB à
à
Agora, devemos achar uma alternativa que possua, respectivamente, complemento nominal
e adjunto adnominal.
N à àá à à à criação à à à à à à à àá à à
à à à à de galinhas à à de uma nova estrada à à à à à
paciente, pois se entende que as galinhas são criadas e que uma nova estrada é criada.
Confirme:
Criar galinhas Criação de galinhas
VTD + OD (termo paciente) substantivo + Complemento nominal
abstrato (termo paciente)
Criar uma nova estrada Criação de uma nova estrada
VTD + OD (termo paciente) substantivo + Complemento nominal
abstrato (termo paciente)

A alternativa (B) é a correta, pois o s à invasão à à à à à àverbo


invadir àá à à à à à à da cidade à à à à à à à à
à à à à à àJ à à à dos bárbaros à à à à à à
que os bárbaros invadiram a cidade. Assim, tal expressão preposicionada é o adjunto adnominal.
Confirme:

Invadir a cidade Invasão da cidade


VTD + OD (termo paciente) substantivo + Complemento nominal
abstrato (termo paciente)
Os bárbaros invadiram Invasão dos bárbaros
Sujeito (agente) VI substantivo + adjunto adnominal
abstrato (termo agente)

N à àC àDà àE à à à invenção à cópia à à à à à à


à à à inventar à copiar à à ver à àá à à à à
à à da lâm à de novo aplicativo à de um documento à à de uma
assinatura à à de uma ponte à à da paisagem à à à à à àC

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 38
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Inventar lâmpada Invenção da lâmpada


VTD + OD (termo paciente) substantivo + Complemento nominal
abstrato (termo paciente)
Inventar novo aplicativo Invenção de novo aplicativo
VTD + OD (termo paciente) substantivo + Complemento nominal
abstrato (termo paciente)
Copiar um documento Cópia de um documento
VTD + OD (termo paciente) substantivo + Complemento nominal
abstrato (termo paciente)
Copiar uma assinatura Cópia de uma assinatura
VTD + OD (termo paciente) substantivo + Complemento nominal
abstrato (termo paciente)
Ver uma ponte Visão de uma ponte
VTD + OD (termo paciente) substantivo + Complemento nominal
abstrato (termo paciente)
Ver a paisagem Visão da paisagem
VTD + OD (termo paciente) substantivo + Complemento nominal
abstrato (termo paciente)

Gabarito: B

11. (FGV / Funarte Assistente Administrativo 2014)


A alternativa cujo termo sublinhado apresenta uma função sintática diferente dos demais é:
á à ..não se concedesse visto para quem tentasse fugir do nazismo
Bà U à ileira, sobrevivente de um campo de extermínio nazista à
Cà á à à à à àde uma morte certa
D à Eàá à àdos israelenses o título de Justo à àN
E à Eà à à à à àde mim à
Comentário: N à àá à à à à à à à à à à à à à

N à à B à à à à à à à à de um
campo de extermínio nazista
N à àC à à à à transitivo direto e indireto, pois se entende que alguém
salvou alguém de algo àá à à à à à à à à à à à à à à à à
indireto.
Na alternat à D à à à à à à à à à à à à à
alguém recebeu de outra pessoa algo àá à dos israelenses à à à à à à o título de Justo
à àN à à à à
Na alternativa (E), o ter à de mim é o objeto indireto do verbo transitivo indireto

Portanto, a função sintática diferente das demais encontra-se na alternativa (B).

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 39
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Gabarito: B

12. (FGV / Câmara M. Recife Assistente Administrativo 2014)


A opção em que os dois termos sublinhados exercem a função de complementos nominais é:
(A) ambiente de paz / guerra ao terrorismo;
(B) guerra ao terrorismo / sensação de invulnerabilidade;
(C) sensação de invulnerabilidade / máscaras de gás;
(D) máscaras de gás / centro da cidade;
(E) centro da cidade / ambiente de paz.
Comentário: Com base nos critérios vistos na diferença de adjunto adnominal e complemento
nominal e nos processos usados nas questões anteriores, podemos partir para uma resolução mais
ágil, ok?!
A alternativa (A) apresenta o s à à ambiente à N à à à à à
gerado do verbo ambientar. Tal verbo é que foi gerado desse substantivo, haja vista que ambiente
à à à à à à à à à à àá à de paz à à nas a
característica, sendo o adjunto adnominal.
J à à à guerra à à à à à à àguerrear. Assim, chegamos ao terceiro critério
à à à à à à ao terrorismo à à à à à à à à
combatido.
A alternativa (B) é a cor à à guerra à à sensação à à à à à à
à à ao terrorismo à à de invulnerabilidade à à à à à
que o terrorismo será guerreado e que a invulnerabilidade será sentida.
Na alternativa (C), o s à máscara à à à à à de gás à à à à à
adnominal.
N à à D à à à à da cidade à à à à à à à à
centro à à à à à à
Na alternativa (E), já vimos que ambos os termos preposicionados são adjuntos adnominais.
Gabarito: B

13. (FGV / Pref Osasco Agente de Trânsito 2014)


A opção em que o termo destacado exerce função sintática diferente dos demais é:
(A) controle das senhas;
(B) conferência de saldos;
(C) satisfação de seus funcionários;
(D) conferência de estoque;
(E) contagem do estoque.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 40
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Comentário: Todos os substantivos não sublinhados são abstratos. Assim, podemos partir para o
terceiro critério.
N à à á à das senhas à à à e, pois entendemos que as senhas são
controladas, por isso é complemento nominal.
N à à B à de saldos à à à à à à à à à à
conferidos, por isso é complemento nominal.
N à à C à à à de seus funcionários à om valor agente, pois os
funcionários satisfazem os clientes. Mas, como não há um contexto, também podemos entender
que os funcionários foram satisfeitos pelo patrão, por exemplo. Assim, cabe o entendimento de
complemento nominal ou adjunto adnominal.
Na à D à de estoque à à à à à à à à à à
conferido, por isso é complemento nominal.
N à à E à do estoque à à à à à à à à à à
contado, por isso é complemento nominal.
Como a alternativa (C) é a única em que podemos entender o valor agente do termo
preposicionado, por isso é ela a correta.
Gabarito: C

14. (FGV / Pref Osasco Agente de Trânsito 2014)


A opção em que a transformação de uma frase verbal em frase nominal está gramatical e
formalmente bem feita é:
(A) para reduzir riscos = para o redirecionamento de riscos;
(B) diminuir possíveis problemas = diminuição com possíveis problemas;
(C) implementar controle de atividades = implemento de controle de atividades;
(D) segregar funções = segregamento de funções;
(E) efetuar contagem de estoque = efeito de contagem de estoque.
Comentário: A questão basicamente trabalhou a substituição de complemento verbal por
complemento nominal. Mas não houve pedido de diferença entre o adjunto adnominal e
complemento nominal, mas simplesmente qual a transposição correta.
áà àáà à à à à à reduzir à à à à à redução à à
à redirecionamento .
A alternativa (B) está errada, pois o complemento à possíveis problemas à à à à
à à à à à de à à à à àde possíveis problemas.
áà àCà à à à à à à implementar à à à à à s
implementação à à implemento à á à à à à à à à
à à à

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 41
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

áà à Dà à à à à à segregar à à à à à
segregação à à à segregamento .
A alternativa (E) está errada, pois o verb à efetuar à à à à à efetuação à
à à à à àá à à à à à à efeito à
há mudança de sentido para resultado de uma ação, consequência.
Gabarito: C

15. (FGV / TJ AM Assistente Técnico 2013)


áà àda Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de aprovar em caráter conclusivo
o projeto que autoriza a divulgação de imagens, escritos e informações biográficas de pessoas
públicas pode ser um marco na história da liberdade de ex à à
Com relação ao primeiro parágrafo do texto, assinale a alternativa que indica o termo que
exerce uma função diferente da dos demais.
(A) da Câmara.
(B) de imagens.
(C) da liberdade.
(D) de Constituição e Justiça.
(E) da Comissão.
Comentário: Veja que a questão nos pede a diferença entre adjunto adnominal e complemento
nominal.
D à à à à à divulgação à à à à à à à divulgar à
C à à à à de imagens à à à à à tal termo é o
complemento nominal.
N à à à à da Comissão à à à à à à à à à
decisão à à à àá à à à
Oà à à Comissão à à à de Constituição e Justiça à à à da Câmara àássim, esses dois termos
à à à à Comissão à à à à à
Oà à história à à à à à à à à da
liberdade àQ à à à stória? A da liberdade. Vale notar também q à história à à à à
à historiar à à à àI à à à à à à
Assim, temos certeza de que a alternativa correta é a (B).
Gabarito: B

16. (FGV / TJ AM Analista 2013)


O termo sublinhado que desempenha uma função diferente da dos demais, é
(A) patentes de medicamentos.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 42
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

(B) desenvolvimento dos medicamentos.


(C) lançamento comercial do produto.
(D) distribuição de medicamentos.
(E) tratamento do câncer.
Comentário: Entendemos das alternativas (B), (C), (D) e (E) o valor paciente do termo
preposicionado em relação aos respectivos substantivos abstratos: medicamentos são
desenvolvidos, produto é lançado comercialmente, medicamentos são distribuídos, câncer é
tratado.
N à à á à à à à à de medicamentos à à à à
à à à à à àN à à à à à à à à à
privilégio legal concedido a uma invenção, neste contexto, a uma pesquisa. Assim, tal substantivo é
concreto e só cabe o adjunto adnominal.
Lembre-se de que o nome patente gerou o ato de patentear, cujo substantivo abstrato é
patenteação à V à à à à à à à à patente à à à à
patenteação
Gabarito: A

17. (FGV / Conder Técnico 2013)


Assinale a frase em que a substituição da forma verbal por uma nominal foi feita de forma
inadequada.
á àà Você e eu estamos na Terra para nos reproduzirmos à à à à à
B à Nossa missão é transmitir os nossos genes, àà à à à à à es.
C àà ...multiplicar a nossa espécie e dar o fora à à à à à à
D àà Se a natureza quisesse otimizar seus métodos... à à à à à à
(E) ...e só o que a vida quer é continuar à à à à à à à à à continuidade.
Comentário: N à à à à para reproduzirmos à à à à à à para a
nossa reprodução àá à à àáà à
Oà à à à transmitir os nossos genes à à à à à à à à a
transmissão de nossos genes àá à à àBà à à
áà à Cà à à à à à à multiplicar à à à à à
multiplicação à à à multiplicidade àE à à à à à à múltiplo
E à otimizar seus métodos à à à à à à otimização de seus métodos à
Assim, a alternativa (D) também está correta.
Oà à continuar à à à à à à à continuidade à á m, a
alternativa (E) também está correta.
Gabarito: C

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 43
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

18. (FGV / Pref Osasco Agente de Trânsito 2014)


Fragmento do texto: PARA REDUZIR RISCOS É PRECISO TER CONTROLE
Para reduzir riscos dentro das empresas e diminuir possíveis problemas com as
fiscalizações, as Micro e Pequenas Empresas devem implementar controle de suas atividades
administrativas e financeiras, as mais rígidas possíveis:
1. Organize sua empresa, um nível de organização deve ser mantido dentro da empresa,
isso implica em definição clara de cada função e tarefas executadas, controle de estoque e
caixa com boletins e relatórios diários e prestações de contas por parte dos responsáveis por
esses setores, regras;
2. Controle das senhas, todas as senhas devem ser trocadas no mínimo a cada três meses.
“ à à à à à à à à à à à à à P à
à à à à à à à à
(A) para definir claramente cada função;
(B) para a definição de cada função claramente;
(C) para a definição clara de cada função;
(D) para definir-se de forma clara cada função;
(E) para cada função ser definida claramente.
Comentário: Esta questão trabalha o paralelismo juntamente com o seu conhecimento de
transformação de complemento nominal em verbal.
No texto, a primeira expressão apresenta regência verbal, e o à reduzir à à à à
à riscos à à à à à dentro das empresas à E à à à à
apresenta uma expre à à à à definição clara de cada função à
Para mantermos o paralelismo, devemos trocar o substa à definição à à à
definir à á à à à à à de cada função à -se em objeto direto
cada função Oà à clara à à à à à à à à definição à
Como este passou a verbo, naturalm à à à à à à claramente à á à à
alternativa correta é a (A). Compare o paralelismo:
para reduzir riscos dentro das empresas
para definir claramente cada função
Gabarito: A

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 44
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

6 PREDICATIVO

Esse termo se liga ao sujeito ou ao objeto, atribuindo-lhes uma qualidade ou estado. É


representado por diferentes classes gramaticais, como adjetivo, substantivo, numeral e pronome.
A seguir, perceba os pares com predicação nominal e predicação verbal, respectivamente.
Nestes exemplos, note que o grupo à esquerda é constituído de verbos de ligação mais os
predicativos. É fácil perceber o predicativo, pois basta o sujeito flexionar-se no plural, que o
predicativo também se flexionará, pois este caracteriza aquele. Já no grupo da direita, há predicação
verbal. Os vocábulos que vêm após os verbos não se flexionam por causa do sujeito, pois são
complementos verbais ou adjuntos adverbiais:
O candidato está tranquilo. O candidato está na sala.
Os candidatos estão tranquilos. Os candidatos estão na sala.
Bom filho torna-se bom pai. Bom filho torna a casa.
Bons filhos tornam-se bons pais. Bons filhos tornam a casa.
A aula permanece difícil. A aula permanecerá no feriado.
As aulas permanecem difíceis. As aulas permanecerão no feriado.
Ela ficou triste. Ela ficou na praia.
Elas ficaram tristes. Elas ficaram na praia.
O paciente acha-se acamado. O estudante achou o local de prova.
Os pacientes acham-se acamados. Os estudantes acharam o local de prova.

Predicados nominais Predicados verbais

Agora, veremos o predicado verbo-nominal. Ele é composto do predicado verbal, o qual


possui como núcleo um verbo transitivo ou intransitivo, mais um predicativo do sujeito ou do objeto,
os quais veremos mais especificamente.
I - Predicativo do sujeito (pode ocorrer num predicado nominal ou verbo-nominal)
A estrutura do predicado nominal é: verbo de ligação mais predicativo. Assim,
Ele continua enfermo.
Eu sou feliz.
Minha vida é maravilhosa.
sujeito Verbo de predicativo do sujeito
ligação
predicado nominal

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 45
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

A estrutura do predicado verbo-nominal é:

Predicado
verbo-nominal

O predicativo é constituído de adjetivo restritivo, que acumula uma característica chamada


de transitória, pois depende da ação verbal para produzir o sentido desejado. Veja:
Ela confirmou temerosa o crime.
sujeito VTD predicativo do objeto
sujeito direto
predicado verbo-nominal

Durante ou após o ato de confirmar, ela ficou temerosa. Isso é a característica transitória do
sujeito. Esta característica pode se deslocar na oração, desde que se separe por vírgula para não se
confundir com o adjunto adnominal:
Ela, temerosa, confirmou o crime.
Temerosa, ela confirmou o crime.
Ela confirmou o crime temerosa.

Sabendo-se que o adjunto adnominal é o termo adjetivo de valor restritivo que está junto ao
núcleo, note que a vírgula foi necessária nos dois primeiros exemplos para não se confundir
predicativo com adjunto adnomina à à à à à à à à à à à
àN à à à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à à à à à à à à ànúcleo
do sujeito.

II - Predicativo do objeto direto (só pode ocorrer no predicado verbo-nominal)


Carlos deixou Ana zangada.
sujeito VTD OD predicativo do
OD
predicado verbo-nominal

D à à à à à à à à à à àdeixar. Por isso é transitória.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 46
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

III - Predicativo do objeto indireto (só pode ocorrer no predicado verbo-nominal)


Gosto de meu filho sempre limpo
VTI OI adjunto predicativo
adverbial do OI
de tempo
predicado verbo-nominal

Note que o predicativo pode ser introduzido por preposição:


Chamei-o de louco.

1. W(FGV / AL-RO Consultor Legislativo Assessoramento em Orçamentos 2018)


F à à à Éà à à à à à à à
A frase de Aristóteles está em ordem sintática inversa. Assinale a opção que apresenta essa
mesma frase na ordem direta.
(A) No ser humano, o desejo de conhecer é natural.
(B) O desejo de conhecer, no ser humano, é natural.
(C) É natural o desejo de conhecer no ser humano.
(D) O desejo de conhecer é natural no ser humano.
(E) O desejo de conhecer é, no ser humano, natural.
Comentário: Entendendo que a ordem natural dos termos da oração é sujeito, verbo, complemento
(ou predicativo) e adjunto adverbial, a alternativa (D) é a correta:
O desejo de conhecer é natural no ser humano.
O termo Oà à à à à à à à à à à à à à à à
à à à à à à à
Gabarito: D

2. (FGV / FBN Assistente Administrativo 2013)


Os verbos de estado podem significar estado permanente, estado transitório, mudança de
estado, aparência de estado e continuidade de estado. Assinale a alternativa em que o valor
dado ao verbo sublinhado está incorreto.
(A) N à à à à à virou um grande corredor de corrida de carros cada vez mais
voraze à à àà à à
(B) E à à à à à à à à à à à à fiquei à à
continuidade de estado.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 47
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

(C) Eà à àB à àé à à à àF àG àà à
(D) á à à à àparecia à àà à à
Comentário: V à à à à à à à à à àmudança de estado, que o verbo
à à à à à à à à à à à à à à estado aparente.
á à à à à Bà à à à à à à à à à à à
estado, e não continuidade.
Gabarito: B

3. (FGV / Detran Assistente de Trânsito 2013)


áà à à à à à à à à a queda dos números de

Assinale a alternativa que apresenta a reescritura do segmento de texto acima que não
respeita as regras do emprego de vírgulas.
(A) Na batalha cotidiana pela queda dos números de acidentes, a comunicação é uma arma
poderosa.
(B) A comunicação, na batalha cotidiana pela queda dos números de acidentes, é uma arma
poderosa.
(C) A comunicação é, na batalha cotidiana pela queda dos números de acidentes, uma arma
poderosa.
(D) Uma arma poderosa, na batalha cotidiana pela queda dos números de acidentes, é a
comunicação.
(E) É a comunicação, uma arma poderosa, na batalha cotidiana pela queda dos números de
acidentes.
Comentário: V à à à à Na batalha cotidiana pela queda dos números de acidentes à à
um adjunto adverbia à à à à à à à à à à à à à à à
é o predicativo.
Sabendo-se que não pode haver vírgula entre o sujeito, o verbo e o predicativo, temos certeza
de que a alternativa (E) é a errada. Veja a correção:
É a comunicação uma arma poderosa, na batalha cotidiana pela queda dos números de acidentes.
Gabarito: E

4. (FGV / Conder Técnico 2013)


Assinale a frase em que a substituição da forma verbal por uma nominal foi feita de forma
inadequada.
(A) V à à à à àT à à à àà à à à
(B) N à à à à à à àà à à à à à

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 48
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

(C) à à à à à à à àà à à à à
(D) “ à à à à à à àà à à à à
(E) à à à à à à à à àà à à à à à à à à ntinuidade.
Comentário: Esta questão trabalha a transformação de estruturas: de verbo para substantivo.
Assim, devemos verificar a sintaxe e o sentido.
áà à áà à à à à à à à à à para nos
reproduzirmos à à à à à à à à à à para a nossa reprodução à
Assim, reproduzir é o mesmo que reprodução.
áà à Bà à à à à à à à transmitir os nossos
genes à à à à à à à à e seu complemento nominal à à
genes àá àtransmitir é o mesmo que transmissão.
áà àCà à à à à multiplicar a nossa espécie à à à à à
à à a multiplicidade de nossa espécie àI à à à à à multiplicar à à à
à à à multiplicação à à à ste substantivo quanto o verbo transmitem
à à à à à à à à à à à à J à multiplicidade à à
à à à à à à à à
A alternativa (D) está correta, pois a estrutura oraci à à otimizar seus métodos à
à à à à à à à à à e seu complemento nominal à à
métodos àá à à à à à à
áà àEà à à à à à à à continuar à à à à
à à à .
As estruturas oracionais adverbiais e substantivas serão vistas em aulas posteriores.
Gabarito: C

5. (FGV / Câmara M Recife Assistente Administrativo 2014)


O termo sublinhado nos segmentos abaixo que funciona como adjunto do termo anterior e não
como seu complemento é:
áà àprofundo receio
Bà à estender por muitos anos
Cà àmétodos bastante variados
Dà à àda população
Eà à à à à à àcontaminados
Comentário: Os complementos são os objetos direto ou indireto, os quais completam o sentido de
um verbo; ou complemento nominal, o qual completa o sentido de um substantivo, advérbio ou
adjetivo.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 49
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Assim, devemos encontrar um termo que não seja complemento, mas adjunto (adverbial ou
adnominal).
A alternativa (A) está errada, pois apresenta o termo sublinhado como objeto direto do verbo
demonstram
A alternativa (B) é a correta, pois apresenta o termo sublinhado como adjunto adverbial de
à por muitos anos
A alternativa (C) está errada, pois apresenta o termo sublinhado como objeto direto do verbo
empregar
A alternativa (D) está errada, pois apresenta o termo sublinhado como complemento nominal
à conta à V à à à à à tomar conta à à à àá à à
podemos analisar sintaticamente sem perceber que esta é uma expressão cristalizada. Por isso, não
conseguimos inserir tal expressão dentro dos critérios de diferença de adjunto adnominal e
complemento nominal.
áà àEà à à à à contaminados à à à à à à
a água e o ar Assim, tal termo não é adjunto, nem complemento. Ele apenas caracteriza o sujeito.
Gabarito: B

7 AGENTE DA PASSIVA

Este termo será mais explorado na próxima aula, quando falaremos das vozes verbais. Cabe
aqui perceber que ele é quem pratica a ação verbal quando o verbo está na voz passiva analítica. É
introduzido pelas preposições por (e suas contrações) ou, mais raramente, de:
A grama foi aparada pelo jardineiro. (voz passiva)
A casa estava cercada de ladrões. (voz passiva)

6. (FGV / CODEBA Analista Portuário 2016)


Do relatório à pizza
Nos últimos anos, relatórios produzidos por Comissões Parlamentares de Inquérito têm
merecido destaque na mídia nacional por impactos das denúncias que investigam. Algumas das
sessões de inquérito são transmitidas por canais de televisão e acompanhadas por milhares de
brasileiros interessados no resultado das investigações conduzidas por seus representantes
legislativos. Muitos jornais publicam trechos dos relatórios produzidos por essas comissões de

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 50
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

inquérito. De modo geral, porém, as expectativas dos eleitores são frustradas quando veem
relatórios que apontam responsabilidades por crimes de corrupção e desvio de verbas públicas
à à à à à nsáveis sejam punidos.
(João Montanaro, Folha de São Paulo, 19-05-2012)
No texto, o termo que exerce uma função sintática diferente das demais é:
a) por Comissões Parlamentares de Inquérito.
b) por impactos das denúncias que investigam.
c) por canais de televisão.
d) por milhares de brasileiros interessados.
e) por seus representantes legislativos.
Comentário: N à à à à à à à à à à à à à à
passiva analítica. Assim, tais termos preposicionados são agentes da passiva. Tanto assim que
podemos transpor da voz passiva para a ativa. Veja:
Comissões Parlamentares de Inquérito produziram relatórios.
Canais de televisão transmitem algumas das sessões de inquérito.
Milhares de brasileiros interessados acompanham algumas das sessões de inquérito.
Seus representantes legislativos conduzem investigações.
J à à à por impactos das denúncias que investigam à à à àN à à
podemos entender que relatórios produzidos por Comissões Parlamentares de Inquérito têm
merecido destaque na mídia nacional por causa dos impactos das denúncias que investigam.
Assim, a alternativa (B) é a que deve ser marcada por conter um adjunto adverbial de causa,
e não um agente da passiva.
Gabarito: B

8 APOSTO

É um termo que amplia, explica, desenvolve ou resume o conteúdo de outro termo. O aposto
classifica-se em:
1) explicativo
Raquel, contadora da firma, está viajando.
Um trabalho tua monografia foi premiado.
Só queria algo: apoio.
Obs.: O aposto explicativo pode vir com vírgulas, travessões, parênteses ou dois-pontos.

2) enumerativo ou distributivo
Ganhei dois presentes: uma joia especial e um livro raro.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 51
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Suas reivindicações incluíam muitas coisas: melhor salário, melhores condições de trabalho,
assistência médica extensiva a familiares.
Obs.: O aposto enumerativo é antecedido por dois-pontos. Isso cai muito em prova.

3) resumitivo ou recapitulativo
Glória, poder, dinheiro, tudo passa.
Obs.: O sujeito compost à à à à à à elo pronome indefinido tudo.
É termo também antecedido de vírgula.

4) especificativo ou apelativo
O compositor Chico Buarque é também um excelente escritor.
O estado é cortado pelo rio São Francisco.
O aposto especificativo, que não pede sinais de pontuação, indica o nome de alguém ou algo
dito anteriormente.
Observação:
O aposto pode se referir também a uma oração:
Esforcei-me bastante, o que causou muita alegria em todos.
Obs.: Palavras como o, coisa, fato etc. podem referir-se a toda uma oração.

1. (FGV / AL-RO Assistente Legislativo 2018)


Fragmento de texto: As tradições matrimoniais se transformaram através dos tempos e variam
de cultura para cultura. Em certas sociedades primitivas o tempo gasto nas preliminares do
casamento corte, namoro, noivado etc. era abreviado.
E à à à à à à à à à à à corte,
namoro, noivado etc. à àOà à à à à à
(A) uma retificação de um erro anterior.
(B) uma explicação de um termo obscuro.
(C) uma exemplificação de tradições sociais.
(D) uma citação de todas as preliminares referidas.
(E) uma enumeração de todas as preliminares citadas.
Comentário: Oà à à à à à à à à àT almente os
à à à à à à à à à à
preliminares do casamento.
Assim, a alternativa (C) é a correta.
Gabarito: C

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 52
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

2. (FGV / CM Caruaru Técnico Legislativo 2015)


P aparecer manchas vermelhas na pele, parecidas com as do sarampo ou da rubéola, e
à à à à
O termo entre parênteses tem a finalidade de
(A) informar sobre os sintomas da doença.
(B) esclarecer um termo de uso técnico.
(C) mostrar conhecimento do autor do texto.
(D) demonstrar a gravidade da doença.
(E) facilitar um tratamento adequado.
Comentário: O termo entre parênteses é o aposto explicativo e seu emprego é esclarecer uma
informação anteriormente citada, é dar-lhe um sinônimo. V à à à à à à à uito
empregada na linguagem quotidiana. Assim, um esclarecimento dela deixa o texto mais claro.
Portanto, a alternativa correta é a (B).
Gabarito: B

9 VOCATIVO

O nome vocativo nos faz pensar em várias palavras ligadas à à à à à à


atenç àevocar, convocar, evocação, vocação. Vocativo é justamente o nome do termo sintático
que serve para nomear um interlocutor a que se dirige a palavra. É um termo independente: não faz
parte do sujeito nem do predicado, de valor exclamativo, muitas vezes confundido com o aposto,
pois exige vírgulas. Pode aparecer em posições variadas na frase.
Márcia, pegue o seu exemplar.
Veja, menina, aquela árvore.
Estamos aqui, papai.
Nessas orações, os termos destacados são vocativos: indicam e nomeiam o interlocutor a que
à à à à àN à à à à à à à à à à à M
à à à à à à à à à à

ELIPSE DO VERBO (VÍRGULA VICÁRIA)

É lícito suprimir o verbo ou outra palavra, os quais estejam facilmente subentendidos no


contexto:
Nós falamos de fatos concretos e vocês, de hipóteses remotas.
(= e vocês falam de hipóteses remotas)
As ruas estão esburacadas; os postes, sem luz.
(= os postes estão sem luz)

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 53
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

1. (FGV / TJ RJ Técnico 2015)


QUANTO FALTA PARA O DESASTRE?
Verão de 2015. As filas para pegar água se espalham por vários bairros. Famílias carregam
baldes e aguardam a chegada dos caminhões-pipa. Nos canos e nas torneiras, nem uma gota.
O rodízio no abastecimento força lugares com grandes aglomerações, como shopping centers
e faculdades, a fechar. As chuvas abundantes da estação não vieram, as obras em andamento
tardarão a ter efeito e o desperdício continuou alto. Por isso, São Paulo e várias cidades
vizinhas, que formam a maior região metropolitana do país, entram na mais grave crise de falta
à à à Época, 16/06/2014)
Uma das regras de emprego da vírgula é para marcar a omissão de uma forma verbal; o
segmento abaixo em que isso ocorre no texto é:
(A) N à à à à à à à à
(B) Oà à à à à à à à à à à
à à à à à
(C) á à à à à à à à à à à andamento tardarão a ter
à à à à à à
(D) P à à“ àP à à à à à
(E) à à à à à à à à à à à à à à à
à à
Comentário: A primeira vírgula do texto à à à à à àV àNos canos e
nas torneiras, (não há) nem uma gota. É claro que a vírgula coincidentemente também sinaliza a
à à à à N à à à à .
A segunda e terceira vírgulas do à à à à à como shopping
centers e faculdades
A quarta vírgula marca a enumeração de orações. Veremos isso na aula de orações
coordenadas.
áà à à à à à à P à àáà à à vírgulas ocorrem para
à à à à à à que formam a maior região metropolitana do
país àV à à à à à à à
Assim, a alternativa (A) é a correta.
Gabarito: A

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 54
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

3 O QUE DEVO TOMAR NOTA COMO MAIS IMPORTANTE?


• Lembre-se da estrutura básica da oração:
PV= VTD + OD; VTI + OI; VTDI + OD + OI; VI
PN= VL + predicativo
• Atente ao complemento nominal:
Adjetivo que exige complemento nominal: fiel a ela.
Advérbio que exige complemento: perto de você.
Substantivo abstrato que exige complemento: construção do prédio.
• Observe que entre sujeito, verbo e complementos não há vírgula.
• O adjunto adverbial solto admite a vírgula no final do período. Quando antecipado ou
intercalado e de grande extensão, a(s) vírgula(s) é(são) obrigatória(s).
• O aposto explicativo e o comentário do autor podem ser separados por vírgulas, travessões
ou parênteses:
Xxxxxxx, explicação, xxxxxxx.
Xxxxxxx explicação xxxxxxx.
Xxxxxxx(explicação) xxxxxxx.
Quando em final de período, a vírgula, o travessão e os parênteses podem substituídos por
dois-pontos.
Xxxxxxx, explicação.
Xxxxxxx explicação.
Xxxxxxx(explicação).
Xxxxxxx: explicação.
Até a próxima aula.
Abraço.
Terror.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 55
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

4 LISTA DE QUESTÕES

1. (FGV / DPE RJ Técnico 2014)


Sobre a à à à àQ à à à à à à à à à
a única alternativa com uma afirmação correta é
(A) o período é composto por coordenação.
Bà à à à à à à à
Cà à à à àa função de predicativo.
Dà à à à à à à à à
Eà à à à à à à à
2. (FGV / Câmara Municipal de Recife Analista 2014)
Como surgiu a linguagem humana? Galileu, junho 2008
Embora não exista uma resposta fechada para a pergunta, há alguns experimentos e teorias
que sugerem que o início do processo se deu entre os antepassados do Homo Sapiens, há 1,5
milhão de anos. A hipótese mais considerada pelos especialistas para o início da linguagem é a
antropológica. Segundo ela, o processo resultou da necessidade do homem, além de se
comunicar socialmente, garantir sua sobrevivência. (adaptado)
No texto, a norma culta NÃO é rigorosamente respeitada no seguinte segmento:
áà à à à à
Bà à à à à
Cà à à à à à à
Dà à à à à à
Eà à à à à à
3. (FGV / CMS BA Assistente Legislativo 2018)
Em todos os segmentos abaixo há adjuntos adverbiais com valores semânticos diferentes; a
opção em que a indicação desse valor está INCORRETA é.
(A) áà à à à à à à à idiano de todas as sociedades sob várias
formas à à à
(B) à à à à à à àde agressão física à à
Cà à à à à à à à à àno reino animal à à à

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 56
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

(D) à à e violência fundamental para a constituição de civilizações à à à


(E) à à à à à àem ambientes hostis à àà
4. (FGV / Detran Assistente de Trânsito 2013)
Oà à à à à à à indústria de multas, devido ao grande
número de notificaç à
áà à à à à à à à à à à à àà
exceção de uma. Assinale-a.
áà à à
Bà à à
Cà à à
(D) à
Eà à à
5. (FGV / Câmara M Recife Assistente Administrativo 2014)
I à à à à à à à à à à à à à à à à à
está mal empregada é:
(A) O Brasil progride graças a sua agricultura.
(B) Os EUA são ricos graças ao trabalho de seu povo.
(C) O automóvel derrapou graças ao óleo na pista.
(D) O terrorismo não progrediu graças às reações.
(E) O Brasil ganhou a Copa graças a seus bons jogadores.
6. (FGV / CM Caruaru Técnico Legislativo 2015)
O que é dengue?
É uma virose transmitida por um tipo de mosquito (Aedes aegypti) que pica apenas durante o
dia, ao contrário do mosquito comum (Culex), que pica à noite. A infecção pode ser causada
por qualquer um dos quatro tipos do vírus da dengue, que produzem as mesmas
manifestações. Em geral, o início é súbito com febre alta, dor de cabeça e muita dor no corpo.
É comum a sensação de intenso cansaço, a falta de apetite e, por vezes, náuseas e vômitos.
Podem aparecer manchas vermelhas na pele, parecidas com as do sarampo ou da rubéola, e
prurido (coceira) no corpo. Pode ocorrer, às vezes, algum tipo de sangramento, em geral no
nariz ou nas gengivas. A dengue não é transmitida diretamente de uma pessoa para outra.
(www.sobiologia.com.br)
As opções a seguir apresentam termos sublinhados que podem trocar de posição sem
modificar o sentido original da frase, à exceção de uma. Assinale-a.
á à É comum a sensação de intenso cansaço,... à

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 57
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

B à É comum a sensação de intenso cansaço, a falta de apetite... à


(C à e, por vezes, náuseas e vômitos à
D à Podem aparecer manchas vermelhas na pele,... à
E à que pica apenas durante o dia
7. (FGV / Compesa PE Técnico em Contabilidade 2014)
E à à à à à àE àU à à ves, nas quais os operários
reivindicavam jornada de trabalho de oito horas diárias. Essa reivindicação baseava-se em um
raciocínio muito simples: se o dia tem 24 horas, deveria ser dividido logicamente em três partes
de oito horas uma para o trabalho, outra para desca à à à à à à à
Assinale a opção em que a troca dos elementos provoca alteração de sentido.
(A) E à à à à ànos Estados Unidos diversas greves
(B) à àos operários reivindicavam jornada de trabalho de oi à à
(C) Essa reivindicação baseava-se à à à à
(D) E à à -se em um raciocínio muito simples
(E) E à à à à à àE àU àdiversas greves
8. (FGV / TJ-SC Analista Administrativo 2018)
A frase do texto em que o vocábulo sublinhado mostra uma função sintática diferente das
demais, por ser núcleo de função, é:
áà á à à àmais inteligentes estão destinados a obter su
BàE à à à à s e preocupados em fazer uso da bondade, aplicando uma visão
mais à à
Cà à à à à à à à à à à à à mais
à à à à
D) Isso também é verdadeiro em relação à capacidade de investir mais ou menos em seu
próprio bem-estar e no dos outros;
E) Assim, poderemos ter uma ideia mais precisa e útil do que realmente são.
9. (FGV / TJ RJ Técnico 2015)
ANTES QUE A FONTE SEQUE
José Carlos Tórtima, O Globo, 04/10/2014
Na deslumbrada primeira visão da nossa terra, Pero Vaz de Caminha, o empolgado escrivão da
frota de Cabral, não conteria a euforia ao anunciar, em sua célebre epístola ao rei Dom Manuel,
que as águas da nova colônia eram à à à à à“ à àimaginava Caminha
que com sua bela carta de apresentação da ambicionada Índia Ocidental aos nossos ancestrais
lusitanos poderia estar lançando as sementes da arraigada e onipresente cultura de
esbanjamento do precioso líquido e do mito de sua inesgotabilidade. Cultura esta que até hoje

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 58
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

se faz presente nas cenas de desperdício explícito nas cidades e no campo. E também na
timidez de políticas públicas direcionadas à preservação e ao bom uso das reservas do mineral.
Quanto ao emprego ou omissão da vírgula, houve afastamento da orientação gramatical em:
(A) à à à à à à àP àV à àC à à à
à à à àC à
(B) à à à à à à à a célebre epístola ao rei Dom Manuel, que as
à à à à à à à à à à
(C) à à àC à à à à à à à à à àÍ à
Ocidental aos nossos ancestrais lusitanos poderia estar lançando as sementes da arraigada e
onipresente à à à
(D) à à à à à à à à à à à à à à à à
à à
(E) à à à à à à à à à e ao bom uso das
à à
10. (FGV / Compesa PE Técnico em Contabilidade 2014)
E à à à à à àE àU à à
Assinale a opção que indica a forma de reescrever esse segmento do texto que mostra
pontuação inadequada.
(A) Em abril de 1886 eclodiram nos Estados Unidos diversas greves.
(B) Em abril de 1886 eclodiram, nos Estados Unidos, diversas greves.
(C) Em abril de 1886, eclodiram nos Estados Unidos, diversas greves.
(D) Eclodiram nos Estados Unidos, em abril de 1886, diversas greves.
(E) Em abril de 1886, eclodiram, nos Estados Unidos, diversas greves.
11. (FGV / DPE RO Analista Contábil 2015)
O Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA, é uma lei bem justa e generosa, ainda
largamente ignorada em suas medidas de proteção e promoção. Mesmo quanto às sanções
previstas no estatuto, antes de se chegar à internação, há uma série de outras menos severas,
como a advertência, a prestação de serviços à comunidade e a liberdade assistida, que são
frequentemente ignoradas, passando-se diretamente à privação de liberdade, mesmo em
casos em que isso não se justifica. Os poderes públicos, inclusive o Judiciário, estão em dívida
com a sociedade por conta da inobservância do estatuto em sua integralidade.
Nesse segmento do texto 2 há duas ocorrências sublinhadas do v à à à à
ocorrências, é correto afirmar que:
(A) ambas equivalem ao sentido de inclusão;
(B) só a primeira ocorrência indica concessão;

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 59
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

(C) só a segunda ocorrência indica concessão;


(D) só a primeira ocorrência indica inclusão;
(E) só a segunda ocorrência indica inclusão.
12. (FGV / Câmara Municipal de Recife Analista 2014)
Fragmento do texto: Superinteressante, 2009
Sempre existiram jovens e velhos. Mas a noção de juventude que a gente tem é bem mais
recente: começou nos EUA e na Europa dos anos 20. Foi quando as universidades se tornaram
comuns e atrasaram a idade em que as pessoas casavam e tinham filhos. De uma hora para
outra, cada vez mais gente passava a desfrutar esse intervalo que quase não existia antes: o
limbo entre a infância e a vida adulta para valer. Um limbo, aliás, que fica cada vez mais longo.
U à à à à à à à à
Oà à à à à à à à à à à xto, seu
significado é:
(A) de outra maneira;
(B) do contrário;
(C) além do mais;
(D) não obstante;
(E) a propósito.
13. (FGV / Funarte Administrador 2014)
àC à àE àG àD à à àD à à à à à à à à à
lá, à à à
Nesse segmento, a expressão à à à à à
(A) acrescentar uma informação que confirma algo dito anteriormente;
(B) apresentar uma informação que contrasta com outra anterior;
(C) corrigir uma informação já passada;
(D) explicar uma informação anteriormente dada;
(E) expressar uma oposição parcial a uma informação dada antes.
14. (FGV / Câmara M Recife Assistente Administrativo 2014)
A guerra on-line como ocorre hoje, ou seja, transmitida em tempo real, mobiliza as pessoas e
se torna assunto de conversas, tema de programas transmitidos na televisão, objeto de
à à à à à àE à à à à à à à à à
guerra de todos.
áà à à à à à à à à à
(A) explicar; (B) justificar; (C) corrigir;

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 60
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

(D) ampliar; (E) enumerar.


15. (FGV / Pref Osasco Agente de Trânsito 2014)
Fragmento do texto: PARA REDUZIR RISCOS É PRECISO TER CONTROLE
Para reduzir riscos dentro das empresas e diminuir possíveis problemas com as
fiscalizações, as Micro e Pequenas Empresas devem implementar controle de suas atividades
administrativas e financeiras, as mais rígidas possíveis:
1. Organize sua empresa, um nível de organização deve ser mantido dentro da empresa,
isso implica em definição clara de cada função e tarefas executadas, controle de estoque e
caixa com boletins e relatórios diários e prestações de contas por parte dos responsáveis por
esses setores, regras;
2. Controle das senhas, todas as senhas devem ser trocadas no mínimo a cada três meses.
C à à à à à à à à à à à à à à à
segmento colocado após a vírgula, em relação ao segmento anterior, expressa:
(A) conclusão;
(B) retificação;
(C) concessão;
(D) consequência;
(E) explicação.
16. (FGV / Prefeitura de Niterói - RJ 2018)
Leia o segmento a seguir.
N à à à à à à às fontes murmurantes cantadas por Ary Barroso em sua
á à àB . As fontes em questão são outras, estão atualmente em debate nos meios
jornalísticos e legais: o direito de proteger o sigilo à . Contrariando a maioria, diria
até a unanimidade dos colegas de ofício, sou contra este tipo de sigilo e, sobretudo, contra as
à à
No segmento, o termo que funciona como complemento de um termo anterior é:
A) às fontes murmurantes.
Bà à àá à àB
C) nos meios jornalísticos e legais.
D) das fontes.
E) dos colegas de ofício.
17. (FGV / SEFIN RO Técnico Tributário 2018)
Todos os segmentos textuais abaixo trazem termos precedidos da preposição de.
Assinale a opção que apresenta o termo cuja preposição é uma exigência de um termo anterior.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 61
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

áà à àde
Bà àde pedestr
Cà àde
Dà à àde
Eà àde
18. (FGV / CMS BA Assistente Legislativo 2018)
No texto, ocorrem muitos segmentos precedidos pela preposição DE; o termo em que o
emprego dessa preposição NÃO é obrigatório, pois não é determinado pela regência de um
termo anterior é:
áà à à à
Bà à à à
Cà à à à à à
Dà à à à à à
Eà à à
19. (FGV / DPE RO Técnico Administrativo 2015)
Oà àde medicamentos genéricos (1), criado no Brasil em 1999 com a promulgação da
Lei 9787 (2), se deu três anos após o país voltar a respeitar o direito de patentes, em 1996.
Após apenas 4 anos da criação dessa lei (3), os genéricos já se encontravam disponíveis em
mais de 4 mil apresentações, abrangendo as principais classes terapêuticas, atendendo a mais
de 60% das necessidades de prescrições médicas à
Considerando os termos sublinhados e numerados, são complementos dos termos anteriores:
(A) (1) e (2); (B) (1), (3) e (4); (C) (2), (3) e (4);
(D) (1) e (3); (E) (1), (2) e (3).

20. (FGV / DPE RO Técnico Administrativo 2015)


Por que a compra do medicamento pelo princípio ativo fará baixar o preço do medicamento?
Esta é uma das zonas de maior tensão da indústria farmacêutica mundial. Se por um lado os
medicamentos ficam mais baratos pela fórmula já existir e ser comprovadamente eficiente,
por outro lado os custos mais baixos são consequências diretas do não investimento das
fabricantes dos genéricos em pesquisas para novos medicamentos e no marketing de seus
produtos. Assim, de certa forma, há um certo risco sobre a descoberta de novos medicamentos
bons para a população.
Por outro lado, como há o respeito às patentes dos medicamentos (salvo casos especiais, como
foi com os medicamentos do coquetel anti-HIV), as indústrias farmacêuticas têm tempo de
sobra para recuperar os investimentos em pesquisa durante o tempo em que seus

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 62
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

medicament à à à à àV à à à à à à
genéricos não tiram os de marca (referência) do mercado, apenas concorrem lado a lado.
(Saúde Melhor)
O termo sublinhado abaixo que exerce a função de adjunto do termo anterior é:
(A) compra do medicamento;
(B) preço do medicamento;
(C) fabricante dos genéricos;
(D) descoberta de novos medicamentos;
(E) marketing de seus produtos.
21. (FGV / Detran Assistente de Trânsito 2013)
O elemento sintático sublinhado funciona como paciente do termo anterior em
(A) faixa de pedestres.
(B) regras de trânsito.
(C) utilização de bebidas alcoólicas.
(D) cinto de segurança.
(E) vítimas do trânsito.
22. (FGV / MPE RJ Técnico 2016)
áà àde informações, a oferta de serviços e a venda de produtos médicos na Internet
à à à à à à
Os termos sublinhados podem ter a função de agentes ou pacientes dos termos anteriores;
exerce(m) a função de agente:
a) todos eles;
b) nenhum deles;
c) somente o primeiro;
d) somente o segundo;
e) somente o segundo e o terceiro.
23. (FGV / CODEBA Analista Portuário 2016)
‘ à à à à à idos a leitores de perfil bem específico".
No caso desse segmento do texto, a preposição a é de uso gramatical, pois é exigida pela
regência do verbo dirigir.
Assinale a opção que indica a frase em que a prepos à à à à à ànão um
complemento.
a) O Brasil dá Deus a quem não tem nozes, dentes etc.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 63
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

b) É preciso passar o Brasil a limpo.


c) Um memorando serve não para informar a quem o lê, mas para proteger quem o escreve.
d) Quem é burro pede a Deus que o mate e ao diabo que o carregue.
e) O desenvolvimento é uma receita dos economistas para promover os miseráveis a pobres
e, às vezes, vice-versa.
24. (FGV / INEA Administrador 2013)
Assinale a alternativa cujo termo sublinhado exerce função diferente da dos demais.
(A) Conjunto de políticas.
(B) Redução de riscos.
(C) Situações de desastres.
(D) Presenças de ameaças.
(E) Condições de vulnerabilidade.
25. (FGV / Funarte Administrador 2014)
N à à à à à à à à àB à à à à à
sintática que, respectivamente, em:
(A) criação de galinhas / criação de uma nova estrada;
(B) invasão da cidade / invasão dos bárbaros;
(C) invenção da lâmpada / invenção de novo aplicativo;
(D) cópia de um documento / cópia de uma assinatura;
(E) visão de uma ponte / visão da paisagem.
26. (FGV / Funarte Assistente Administrativo 2014)
A alternativa cujo termo sublinhado apresenta uma função sintática diferente dos demais é:
áà à à à à à à à ugir do nazismo
Bà U à à e de um campo de extermínio nazista à
Cà á à à à à àde uma morte certa
D à Eàá à àdos israelenses à à àJ à à àN
E à Eà à à à à àde mim à
27. (FGV / Câmara M. Recife Assistente Administrativo 2014)
A opção em que os dois termos sublinhados exercem a função de complementos nominais é:
(A) ambiente de paz / guerra ao terrorismo;
(B) guerra ao terrorismo / sensação de invulnerabilidade;
(C) sensação de invulnerabilidade / máscaras de gás;

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 64
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

(D) máscaras de gás / centro da cidade;


(E) centro da cidade / ambiente de paz.
28. (FGV / Pref Osasco Agente de Trânsito 2014)
A opção em que o termo destacado exerce função sintática diferente dos demais é:
(A) controle das senhas;
(B) conferência de saldos;
(C) satisfação de seus funcionários;
(D) conferência de estoque;
(E) contagem do estoque.
29. (FGV / Pref Osasco Agente de Trânsito 2014)
A opção em que a transformação de uma frase verbal em frase nominal está gramatical e
formalmente bem feita é:
(A) para reduzir riscos = para o redirecionamento de riscos;
(B) diminuir possíveis problemas = diminuição com possíveis problemas;
(C) implementar controle de atividades = implemento de controle de atividades;
(D) segregar funções = segregamento de funções;
(E) efetuar contagem de estoque = efeito de contagem de estoque.
30. (FGV / TJ AM Assistente Técnico 2013)
áà àda Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de aprovar em caráter conclusivo
o projeto que autoriza a divulgação de imagens, escritos e informações biográficas de pessoas
públicas pode ser um marco na história da liberdade à à à
Com relação ao primeiro parágrafo do texto, assinale a alternativa que indica o termo que
exerce uma função diferente da dos demais.
(A) da Câmara.
(B) de imagens.
(C) da liberdade.
(D) de Constituição e Justiça.
(E) da Comissão.
31. (FGV / TJ AM Analista 2013)
O termo sublinhado que desempenha uma função diferente da dos demais, é
(A) patentes de medicamentos.
(B) desenvolvimento dos medicamentos.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 65
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

(C) lançamento comercial do produto.


(D) distribuição de medicamentos.
(E) tratamento do câncer.
32. (FGV / Conder Técnico 2013)
Assinale a frase em que a substituição da forma verbal por uma nominal foi feita de forma
inadequada.
(A) Você e eu estamos na Terra para nos reproduzirmos à à à à à
B à Nossa missão é transmitir os nossos genes, àà à à missão de nossos genes.
C àà ...multiplicar a nossa espécie e dar o fora à à à à à àespécie.
D àà Se a natureza quisesse otimizar seus métodos... à à à à à à
(E) ...e só o que a vida quer é continuar à à à o que a vida quer é continuidade.
33. (FGV / Pref Osasco Agente de Trânsito 2014)
Fragmento do texto: PARA REDUZIR RISCOS É PRECISO TER CONTROLE
Para reduzir riscos dentro das empresas e diminuir possíveis problemas com as
fiscalizações, as Micro e Pequenas Empresas devem implementar controle de suas atividades
administrativas e financeiras, as mais rígidas possíveis:
1. Organize sua empresa, um nível de organização deve ser mantido dentro da empresa,
isso implica em definição clara de cada função e tarefas executadas, controle de estoque e
caixa com boletins e relatórios diários e prestações de contas por parte dos responsáveis por
esses setores, regras;
2. Controle das senhas, todas as senhas devem ser trocadas no mínimo a cada três meses.
Se colocarmos à à à à à à à à à à à à P à
reduzir riscos dentro das empres à à à à
(A) para definir claramente cada função;
(B) para a definição de cada função claramente;
(C) para a definição clara de cada função;
(D) para definir-se de forma clara cada função;
(E) para cada função ser definida claramente.
34. (FGV / AL-RO Consultor Legislativo Assessoramento em Orçamentos 2018)
F à à à Éà à à à à à à à
A frase de Aristóteles está em ordem sintática inversa. Assinale a opção que apresenta essa
mesma frase na ordem direta.
(A) No ser humano, o desejo de conhecer é natural.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 66
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

(B) O desejo de conhecer, no ser humano, é natural.


(C) É natural o desejo de conhecer no ser humano.
(D) O desejo de conhecer é natural no ser humano.
(E) O desejo de conhecer é, no ser humano, natural.
35. (FGV / FBN Assistente Administrativo 2013)
Os verbos de estado podem significar estado permanente, estado transitório, mudança de
estado, aparência de estado e continuidade de estado. Assinale a alternativa em que o valor
dado ao verbo sublinhado está incorreto.
(A) N à à à à à virou um grande corredor de corrida de carros cada vez mais
à à àà à à
(B) E à à à à à à à à à à à à fiquei à à
continuidade de estado.
(C) Eà à àB à àé à à à àF àG àà à
(D) á à à à àparecia ant à àà à à
36. (FGV / Detran Assistente de Trânsito 2013)
áà à à a arma poderosa na batalha cotidiana pela queda dos números de

Assinale a alternativa que apresenta a reescritura do segmento de texto acima que não
respeita as regras do emprego de vírgulas.
(A) Na batalha cotidiana pela queda dos números de acidentes, a comunicação é uma arma
poderosa.
(B) A comunicação, na batalha cotidiana pela queda dos números de acidentes, é uma arma
poderosa.
(C) A comunicação é, na batalha cotidiana pela queda dos números de acidentes, uma arma
poderosa.
(D) Uma arma poderosa, na batalha cotidiana pela queda dos números de acidentes, é a
comunicação.
(E) É a comunicação, uma arma poderosa, na batalha cotidiana pela queda dos números de
acidentes.
37. (FGV / Conder Técnico 2013)
Assinale a frase em que a substituição da forma verbal por uma nominal foi feita de forma
inadequada.
(A) V à à à à àT à à à àà à à à
(B) N à à à à à à àà à à à à à
(C) à à à à à à à àà à à à à

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 67
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

(D) “ à à à à à à àà à àde seus métodos.


(E) à à à à à à à à àà à à à à à à à à
38. (FGV / Câmara M Recife Assistente Administrativo 2014)
O termo sublinhado nos segmentos abaixo que funciona como adjunto do termo anterior e não
como seu complemento é:
áà àprofundo receio
Bà à à àpor muitos anos
Cà àmétodos bastante variados
Dà à àda população
Eà à à à à à àcontaminados
39. (FGV / CODEBA Analista Portuário 2016)
Do relatório à pizza
Nos últimos anos, relatórios produzidos por Comissões Parlamentares de Inquérito têm
merecido destaque na mídia nacional por impactos das denúncias que investigam. Algumas das
sessões de inquérito são transmitidas por canais de televisão e acompanhadas por milhares de
brasileiros interessados no resultado das investigações conduzidas por seus representantes
legislativos. Muitos jornais publicam trechos dos relatórios produzidos por essas comissões de
inquérito. De modo geral, porém, as expectativas dos eleitores são frustradas quando veem
relatórios que apontam responsabilidades por crimes de corrupção e desvio de verbas públicas
à à à à à à à
(João Montanaro, Folha de São Paulo, 19-05-2012)
No texto, o termo que exerce uma função sintática diferente das demais é:
a) por Comissões Parlamentares de Inquérito.
b) por impactos das denúncias que investigam.
c) por canais de televisão.
d) por milhares de brasileiros interessados.
e) por seus representantes legislativos.
40. (FGV / AL-RO Assistente Legislativo 2018)
Fragmento de texto: As tradições matrimoniais se transformaram através dos tempos e variam
de cultura para cultura. Em certas sociedades primitivas o tempo gasto nas preliminares do
casamento corte, namoro, noivado etc. era abreviado.
E à à à à à à à à à do casamento corte,
namoro, noivado etc. à àOà à à à à à
(A) uma retificação de um erro anterior.

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 68
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

(B) uma explicação de um termo obscuro.


(C) uma exemplificação de tradições sociais.
(D) uma citação de todas as preliminares referidas.
(E) uma enumeração de todas as preliminares citadas.
41. (FGV / CM Caruaru Técnico Legislativo 2015)
P à à à à à à à à à à à à à à à
à à à à
O termo entre parênteses tem a finalidade de
(A) informar sobre os sintomas da doença.
(B) esclarecer um termo de uso técnico.
(C) mostrar conhecimento do autor do texto.
(D) demonstrar a gravidade da doença.
(E) facilitar um tratamento adequado.
42. (FGV / TJ RJ Técnico 2015)
QUANTO FALTA PARA O DESASTRE?
Verão de 2015. As filas para pegar água se espalham por vários bairros. Famílias carregam
baldes e aguardam a chegada dos caminhões-pipa. Nos canos e nas torneiras, nem uma gota.
O rodízio no abastecimento força lugares com grandes aglomerações, como shopping centers
e faculdades, a fechar. As chuvas abundantes da estação não vieram, as obras em andamento
tardarão a ter efeito e o desperdício continuou alto. Por isso, São Paulo e várias cidades
vizinhas, que formam a maior região metropolitana do país, entram na mais grave crise de falta
à à à Época, 16/06/2014)
Uma das regras de emprego da vírgula é para marcar a omissão de uma forma verbal; o
segmento abaixo em que isso ocorre no texto é:
(A) N à à à à à à à à
(B) Oà à à à à à à à à à g
à à à à à
(C) á à à à à à à à à à à à à à à
e à à à à à à
(D) P à à“ àP à à à à à
(E) à à à à metropolitana do país, entram na mais grave crise de falta
à à

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 69
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

5 GABARITO

1. B 15. E 29. C
2. C 16. A 30. B
3. E 17. A 31. A
4. D 18. D 32. C
5. C 19. C 33. A
6. E 20. B 34. D
7. E 21. C 35. B
8. D 22. B 36. E
9. C 23. B 37. C
10. C 24. B 38. B
11. A 25. B 39. B
12. C 26. B 40. C
13. D 27. B 41. B
14. A 28. C 42. A

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br 70
28202714800 - marcelo rosa
Décio Terror Filho
Aula 02
1048394

Meu amigo, minha amiga!


Obrigado por ter acompanhado esta aula até o fim!
Pode ter certeza de que sua dedicação valerá a pena!
Se você está gostando da aula, dê um alô no WhatsApp abaixo!
Se quiser fazer sugestões, críticas, observações, isso também
ajudará bastante na formulação dos nossos cursos!
Um grande abraço!
Décio Terror

(32) 98447 5981

71

Português p/ IBGE - Temporários (Agente Censitário Operacional) Com Videoaulas - 2019


www.estrategiaconcursos.com.br

28202714800 - marcelo rosa

Você também pode gostar