Você está na página 1de 48

Anatomia Humana

Sistema Esquelético
Prof. Msc. Bruno Aleixo Venturi
Por quê é 

importante 

estudar anatomia

?
MAPA DO CORPO HUMANO
Avaliar as diferentes estruturas 

compostas pelo nosso corpo

Conhecer as funções específicas 

humano;
de cada região

Proporcionar uma prática Identificar estruturas normais de


clínica com segurança anormais.
MAPA VS TERRENO

* variação anatômica
Sistema Esquelético
É um conjunto de ossos, cartilagens e
articulações que se interligam para formar o
arcabouço do corpo humano e desempenhar
funções específicas.
Sistema Esquelético
- Sustentação do (apoio para o corpo) organismo

- Base mecânica para o movimento

- Armazenamento de sais (cálcio, por exemplo)

- Proteção de estruturas vitais (coração, pulmões,


cérebro)

- Hematopoiética (suprimento contínuo de células


sangüíneas novas) 
Osso

67% 33%

Orgânico
Inorgânico

28% 5%

Hidróxiapatita
Colágeno Osteocalcina
Sialoproteína
Fosfoproteína
Osteonectina
Proteína óssea específica
Osso são órgãos esbranquiçados de
tecido duro. É uma forma especializada de
tecido conjuntivo cuja a principal
característica é a mineralização (cálcio).
Osteoporose

É definida como a perda acelerada de massa óssea, podendo favorecer


a fraturas ósseas.
Essa doença provoca a diminuição da absorção de minerais e de cálcio.
OSSO NORMAL OSSO COM OSTEOPOROSE
E FRATURA
Evolução
Posso ter osteoporose na face ?
Riscos
Os BISFOSFONATOS são amplamente utilizados para medicamentos de certas desordens
ósseas e também o tratamento de metástases ósseas e osteoporose. São compostos sintéticos
com estrutura química similar ao pirofosfato inorgânico, que regula o metabolismo ósseo.

A utilização dos BISFOSFONATOS, em alguns casos


de tratamento dentário invasivo, como a colocação
de implantes dentários, podem levar a chamada
osteonecrose. Nos pacientes que tomam
bisfosfonato, o osso pode não ser renovado,
tornando esclerótico e podendo levar a exposição.

CLASSIFICAÇÃO
DOS OSSOS
Ossos longos
São aqueles em que o comprimento é maior que a
espessura e largura.


Exemplo: fêmur
Ossos curtos
São aqueles em que o comprimento, espessura e largura
equivalentes.


Exemplo: ossos da mão como o carpo.
Ossos planos
São aqueles em que o comprimento, e a largura predominam
sobre a espessura.


Exemplo: ossos do crânio
Além desses três grupos básicos bem definidos, há outros
intermediários, que podem ser distribuído em 5 grupos:

Ossos Alongados - costelas

Ossos Pneumáticos - maxilar

Ossos Irregulares - vértebras

Ossos Sesamóides - estão presentes no interior de alguns


tendões.

Ossos Suturais - pequenos ossos localizados dentro de


articulações, chamadas de suturas
VISCEROCRÂNIO NEUROCRÂNIO

Compreende os ossos da face (14 ossos)
 Revestimento ósseo do encéfalo. (8 ossos)




Mandíbula (1) Frontal (1)
Maxila (2) Parietais (2)
Zigomático (2) Temporais (2)
Palatino (2) Occipital (1)
Nasal (2) Esfenóide (1)
Lacrimal (2) Etmóide (1) - Conchas nasais Superiores e
Concha Nasal Inferior (2) médias
Vômer (1)
Osso frontal

Osso nasal

Osso zigomático

Osso maxilar

Osso mandibular
Mento
Mento
Porção mais proeminente da mandíbula,

localizada na região anterior/inferior e médio.

Mento
Osso frontal

Osso zigmático

Osso maxilar

Osso occipital

Mento
Osso temporal Osso mandibular
Coluna Vertebral
A coluna vertebral é responsável por dois quintos do peso corporal total e é
composta por tecido conjuntivo e por uma série de ossos, chamados vértebras,
as quais estão sobrepostas . A coluna vertebral é constituída por:

- 24 vértebras 

- Sacro 

-Cóccix


Total de 33 vértebras, 24 móveis e 9 imóveis.



São 7 vértebras cervicais ,12 toráxicas, 5 lombares, 5
sacrais e cerca de 4 coccígeas.

A primeira vértebra cervical, o atlas, liga-se ao osso
hioide, que é responsável pela sustentação do crânio.
Trauma e Lesões
As lesões e traumatismos a nível de:

C1 –C3 o paciente não apresentará função abaixo do nível da cabeça e é


necessário um ventilador para manter a respiração caso contrario é fatal .

C4-C7 há respiração, mas o paciente é quadriplégico e não há função nos


membros superiores e inferiores,

T1-T9 paciente é paraplégico e o controle de tronco é variável de acordo com


a altura da lesão.

T10-T11 paciente apresenta alguma contração dos músculos da coxa o que


pode permitir caminhar com meios auxiliares.

L2- L3 paciente tem preservado a maior parte da musculatura da perna e para


caminhar.
Trauma e Lesões
Disco Intervertebral
Entre uma vértebra e outra há o disco intervertebral,
formado por tecido fibroso, impede o atrito entre elas e
amortece o peso em que a coluna fica exposta.
Hérnia De Disco
Ocorre quando parte de um disco intervertebral sai de sua posição
normal e comprime as raízes nervosas que se ramificam a partir da
medula espinhal e que emergem da coluna espinhal.
Articuções
Articulações
As junturas ou articulações são estruturas que unem os ossos uns aos outros
intercalando-se entre eles e conferindo estabilidade e movimento ao corpo, são
formadas por vários tipos de tecidos que incluem tecido cartilaginoso e tecido
conjuntivo fibroso.
Tipos Articulações
Junturas Fibrosas

Gonfoses: união do dente com o alvéolo dentário


(fixação do dente), chamado ligamento
periodontal.
Suturas
São articulações fibrosas entre os ossos do crânio, por várias camadas de tecido
denso.
Junturas Cartilagíneas

Presença tecido conjuntivo cartilaginoso;


articulações cartilaginosas

Os ossos são unidos por cartilagem pelo fato de
pequenos movimentos serem possíveis nestas
articulações. Podendo ser sínfise ou sinovial.
Suturas
Suturas
O que são fontanelas ?
Fontanelas
É o espaço macio e membranoso que separa os ossos do crânio dos recém-
nascidos. O crânio do recém-nascido possui seis fontanelas.

As fontanelas são popularmente denominadas de moleira .
As fontanelas fazem com que os ossos do crânio possam se movimentar,
permitindo assim que a cabeça do bebê passe de maneira mais fácil pelo canal do
parto, e acompanhar o crescimento do bebê.
Fontanelas
Até o segundo ano de idade as fontanelas "fecham-se", pois o espaço
intermediário ossifica-se e tornam-se as suturas visíveis no neurocrânio.
Medula óssea
Medula Óssea
Tecido líquido-gelatinoso que ocupa o interior dos ossos, sendo
conhecida popularmente por 'tutano'. Na medula óssea são produzidos
as células sanguíneas.
Medula Óssea
A doação medula é feita por meio de uma pequena cirurgia, com múltiplas punções, nos
ossos posteriores da bacia e é aspirada a medula. Retira-se um volume de medula do
doador de, no máximo, 10% do seu peso. A retirada dessa quantidade não causa
qualquer comprometimento à saúde.

Após um tratamento prévio o paciente (doente) recebe a medula como uma transfusão
sanguínea comum.
Chance de encontrar um doador de medula : uma a cada cem mil pessoas.
Obrigado 

pela atenção !

"Estudante, eis um título que


abandonamos apenas no túmulo”.

Guitton

Você também pode gostar