Você está na página 1de 7

Madeiras

DEFINIÇÃO A madeira é empregada na construção


civil, de forma temporária, na instalação de
Um dos materiais de construção mais
canteiros de obras, nos andaimes, nos
antigos utilizados pelo homem (procedeu a
escoramentos e nas fôrmas;
própria pedra). A facilidade de obtenção e
a facilidade de adaptação aos fins previstos De forma definitiva, é utilizada nas
permitiram o seu emprego por populações esquadrias, nas estruturas de cobertura, nos
primitivas. forros e nos pisos;
Apresenta, como material de construção,
toda uma série de vantagens, dificilmente
reunidas em outro material.
DESVANTAGENS DA MADEIRA
• É bastante vulnerável aos agentes
externos e a sua durabilidade é
limitada, quando não são tomadas
medidas preventivas;
• É combustível; ESTRUTURA DA MADEIRA
• Mesmo depois de transformada,
quando já empregue na construção, a
madeira é muito sensível ao
ambiente, aumentando ou
diminuindo de dimensões com as
variações de humidade
(higroscópico);
• As dimensões são limitadas: forma
alongadas, de secção transversal
reduzida.
Casca: é a proteção do tronco, além de
USO DA MADEIRA NA conduzir a seiva elaborada nas folhas para
CONSTRUÇÃO CIVIL o tronco. A parte externa é morta, portanto
O uso da madeira como constituinte não apresenta interesse de material de
principal da estrutura de edificações, não é construção.
a principal aplicação como concreto e o Câmbio: tecido que sob ação de
metal, mas tem sido usada em diversas hormônios é estimulado a dividir as
etapas das construções desde fundações até camadas de crescimento tanto em direção
acabamentos; ao centro do tronco como em direção a
casca da árvore, constituindo os anéis de
crescimento.
Lenho: Consiste no núcleo de sustentação Cada tora fica com uma seção
da árvore. Compreende as células que aproximadamente retangular pela
crescem para o centro do tronco remoção de quatro costaneiras.
denominadas de alburno e cerne.
Alburno: é a parte mais permeável do
caule e apresenta maior importância para a
trabalhabilidade. É a parte mais atacada
pelos insetos, fungos e outros
microorganismos.
4. DESDOBRO
Cerne: é constituído de células mortas.
Esta operação consiste em subdividir
Apresenta baixa permeabilidade e
um toro ou uma peça de madeira por
durabilidade mais elevada.
cortes longitudinais ou em série;
PRODUÇÃO DE MADEIRA
1. CORTE E ABATE
O corte ou derrubada da arvore é
realizada geralmente no inverno. A
madeira cortada durante o inverno seca
melhor e mais lentamente, evitando o
aparecimento de fendas e rachas que CLASSIFICAÇÃO DA MADEIRA
são vias de acesso para os agentes de
deterioração; Construção civil pesada interna: Engloba
as peças de madeira serrada na forma de
• Ferramentas vigas, caibros, pranchas e tábuas utilizadas
- Machado em estruturas de cobertura. Ex: peroba rosa
- Traçador Construção civil leve externa e leve
interna estrutural: Reúne as peças de
- Máquinas de derrubar
madeira serrada na forma de tábuas e
Abate: Consiste na operação de deitar pontaletes empregados em usos
por terra a árvore. temporários (andaime, escoramento e
formas de concreto). Ex: pinho-do-paraná
2. TORAGEM
(Araucária)
Consiste na operação de cortar
Construção civil leve em esquadrias:
transversalmente em troços (toros) o
abrange as peças de madeira serrada e
tronco abatido, desramado e despontado
beneficiada, como portas, venezianas e
(sem a parte superior).
caixilhos. Ex: pinho-do-paraná (Araucária)
A árvore é desgalhada e traçada em
Construção civil assoalhos domésticos:
toras de 5 a 6 m, para facilitar o
compreende diversos tipos de peças de
transporte.
madeira serrada e beneficiada como:
3. FALGUEJO tábuas corridas, tacos e tações.
Construção civil leve interna decorativa: - Comprimento variável, de acordo com o
abrange as peças de madeira serrada e pedido do solicitante.
beneficiada, como: forros, painéis, lambris
Vigotas: são uma variação de vigas, de
e guarnições, onde a madeira apresenta cor
menores dimensões, apresentando
e desenhos decorativos.
espessura de 40 mm a 80 mm e largura
PRODUTOS DE MADEIRA entre 80 e 110 mm.
Madeira roliça: roliça é o produto com
menor grau de processamento da madeira.
São empregados, de forma temporária, em
escoramentos de lajes (pontaletes) e
construção de andaimes. Em construções
rurais, é frequente o seu uso em estruturas
de telhado e fachadas.
• Tábuas, caimbros
As tabuas:
- Forma retangular
- Espessura entre 10 e 40 mm
- Largura superior a 100 mm e
comprimento variável, de acordo com o
Madeira serrada: as toras são processadas
pedido do solicitante.
mecanicamente, transformando a peça
originalmente cilíndrica em peças Os caibros, ripas e sarrafos têm múltiplas
quadrangulares ou retangulares, de menor aplicações tanto na construção civil como
dimensão. na fabricação de móveis
• Pranchas e pranchões
- Espessura de 40mm á 70mm e largura
superior a 200mm.
- O comprimento é variável.

Madeira beneficiada: é obtida pela


usinagem das peças serradas, agregando
valor às mesmas.
Podem incluir as seguintes operações:
• Vigas e vigotas • No aplainamento, as sobremedidas
- Retangular e as irregularidades são retiradas
deixando a superfície mais lisa.
- Espessura maior do que 40mm. Largura
entre 110 e 200mm. • O molduramento faz os cortes de
encaixes, no comprimento para
peças destinadas a forros, lambris, de novos produtos no mercado
peças para assoalhos, batentes de internacional e nacional. Que são:
portas, entre outros.
• Compesado - composto de várias
• No torneamento, as peças tomam a lâminas desenroladas, unidas
forma arredondada. cada uma, perpendicularmente à
outra (sobrepostas), através de
Madeira em lâminas ou laminada:
adesivo ou cola; destinado para
processo de fabricação que se inicia com o
aplicações temporárias e uso
cozimento das toras de madeira e seu
permanente nas construções:
posterior corte em lâminas. Existem dois
- Fôrmas para concreto;
métodos para a produção de lâminas:
- Alojamento (barracão de obras;
• Torneamento - a tora já - Bandejas de proteção;
descascada e cozida é colocada - Tapumes (fechamento de
em torno rotativo. São destinadas canteiro);
a uso de compensados. Espessura - Mezaninos;
de 1 a 3mm. - Paredes secas;
- Rampas
• Chapas de fibra: chapa dura:
processamento da madeira de
eucalipto, de cor natural marrom,
apresentando a face superior lisa
e a inferior corrugada.
• Faqueamento - obtida a partir de - Espessuras que variam de 2,5
uma tora inteira, da metade ou de mm a 3,0 mm;
um quarto da tora, presa pelas • Chapa de fibra: MDF – Chapa
laterais, para que uma faca do de densidade média: Estas
mesmo comprimento seja chapas apresentam superfície
aplicada sob pressão, produzindo plana e lisa, adequada a
fatias únicas. diferentes acabamentos, como
pintura, envernizamento,
impressão, revestimento e outros;
Pode ser usado em móveis e na
construção civil, com destaque
para portas de armário, frentes de
gavetas, tampos de mesa,
Painéis: Os painéis de madeira surgiram molduras, pisos e outras
da necessidade de amenizar as variações aplicações.
dimensionais da madeira maciça, diminuir • Chapas de partículas:
seu peso e custo e manter as propriedades aglomerado: é formado por uma
isolantes, térmicas e acústicas. mistura de resíduos de madeira
selecionadas de pinus ou
O desenvolvimento tecnológico no setor eucalipto, provenientes de
dos painéis tem ocasionado o aparecimento reflorestamento;
• Chapas de partículas: OSB – Após a extração de uma árvore, sua seiva
Painéis de partículas permanece no material em três estados:
orientadas: foram
dimensionados para suprir a
resistência mecânica exigida para
fins estruturais; Cada painel
consiste de três a cinco camadas,
orientadas em ângulo de 90 graus
umas com as outras; Tipos de água existentes na madeira:
Na construção civil, já é possível
ver sua aplicação em pisos, • Água de constituição - É aquela
divisórias (paredes), coberturas que se encontra quimicamente
(telhados) e obras temporárias combinada com as substâncias
(tapumes e alojamentos). orgânicas da parede celular; Faz
parte da madeira, está literalmente
FATORES QUE INFLUENCIAM AS “dentro da madeira”; Não é alterada
PROPRIEDADES DAS MADERIAS pela secagem; Impossível de ser
• Local de origem: temperatura, retirada.
chuvas • Água de impregnação - Fica
• Solo: tipo e condições de umidade impregnada nas paredes celulares do
• Posição da árvore em relação à material, provocando um
floresta inchamento (alteração de volume da
• Peculiaridades do manejo aplicado à madeira); Move-se por difusão
floresta através das paredes celulares
• Idade da árvore buscando níveis de umidade
• Posição da peça em relação à altura inferiores e temperatura maiores,
e ao diâmetro da árvore porém só quando a água livre já não
- Espécie botânica existe mais ou em níveis mínimos;
- Defeitos
PROPRIEDADES FÍSICAS DA
MADEIRA
• Umidade;
• Retrabilidade;
• Água livre ou capilaridade: Se
• Densidade;
encontra nas cavidades celulares;
• Condutibilidade Térmica; Durante o processo de secagem é a
primeira a ser extraída da madeira;
• Condutibilidade Elétrica;
A quantidade desta depende
• Condutibidade Sonora; basicamente da densidade da
madeira; Sua evaporação por
• Resistência ao fogo
secagem não causam alteração na
madeira.
PERDA DE ÁGUA
Em uma umidade de madeira com
100%, a água se encontra em paredes
celulares saturadas de água (água de
impregnação) e nas cavidades celulares
MÉTODOS DE MEDIÇÃO DE
(água livre)
UMIDADE DA MADEIRA
Somente esse método permite uma
determinação exata da umidade da
madeira.
100 % ->
- Cortar um pedaço de 10cm a 20m de
comprimento a 60cm do topo da madeira.
(tábua)
- Pesá-lo e anotar o peso úmido
50% ->
- Secá-lo em uma estufa
Em uma umidade de madeira em aprox.
30%, as paredes celulares não podem - Determinar e anotar o primeiro peso
absorver nenhuma água adicional – elas intermediário. Repetir este processo, até
estão saturadas. O ponto de saturação das que o peso da peça não diminua mais (peso
fibras foi alcançado. constante peso seco)
- Pesá-lo e anotar o peso seco
- Calcular a umidade da madeira conforme
a fórmula

Com uma umidade de madeira a 10%, a


água se encontra somente nas paredes
celulares (água de impregnação)

Uma árvore viva absorve água e mantém


um fluxo interno desse líquido. Nesta
condição, a água preenche por completo os
0% de umidade da madeira significa que
espaços vazios da madeira e de sua parede
ela está seca a peso constante ou
celular, caracterizando o estado saturado.
absolutamente seca. Esta situação só pode
ser obtida sob condições de laboratório. Ponto de saturação das fibras (PSF) ou
ponto de saturação ao ar: É o ponto onde
a madeira perdeu toda a água livre. Não
existe água livre mas as paredes e os
tecidos estão saturados e inchado.
- A remoção da água livre não causa
alteração de volume nem de resistência.

Você também pode gostar