Você está na página 1de 20

Unlimited asset downloads!

From $16.50/m 

DESIGN & ILLUSTRATION > COMICS

Fundamentos de Catoon: Como Desenhar


um Corpo Cartoon
by Carlos Gomes Cabral 26 Nov 2013
Length: Long Languages: Português

Comics Drawing Vector

This post is part of a series called How to Draw Cartoons.

Cartoon Fundamentals: The Secrets in Drawing Animals

 Cartoon Fundamentals: How to Create Movement and Action

Portuguese (Português) translation by Ingrid Fornazari (you can also view the original English article)

O prazer de criar um personagem cartoon é imensurável. O ato de construir e


desenvolver um personagem não está só ligado a construção da figura: cada
personagem tem sua própria forma, personalidade e atributos. Está Ok se você já sabe
sobre proporções da cabeça e expressões faciais. Mas esse conhecimento é inútil se
você não souber como construir corpos. O artista deve levar em consideração essas
qualidades para construir um personagem plausível aos olhos da audiência.

No cartoon há vários estilos diferentes de personagens tais como, o pateta e o


valentão. Você quer aprender mais sobre eles? É isso que vou ensiná-lo nesse tutorial.

1 Como começar
1. Como começar
Quando se cria personagens, eu recomendo o uso de esboços grosseiros de antemão.
Isso vai te dar a direção perfeita do estilo e natureza do seu personagem.

Dito isso, os passos que nós seguiremos hoje são bem simples. Primeiro, desenhar as
formas básicas da figura, e então ir adicionando as feições e outros detalhes do corpo.
Esse é um procedimento que pode ser seguido independente do seu personagem ser
humano, animal ou mesmo um objeto que você quer trazer à vida (ex.: uma caneca
sorridente).

Cada desenho que você fará dependerá da fase do esboço. Durante esse estágio, você
vai refinar se desenho até que o resultado final te agrade completamente.

Uma vez que você tenha definido suas proporções ideais, o próximo passo é
desenvolver expressões de corpo e movimento, mãos e pernas. Mãos podem até nos
contar uma história completa com apenas uma posição.
As mãos são um assunto extenso e complexo (mesmo no cartoon) e merecem um tutorial dedicado só a elas.

Resumidamente, não há mistério no processo de desenhar cartoon. 95% dos artistas


constroem seus personagens e seus movimentos através de blocos específicos,
porque são simplesmente fazem o processo muito mais fácil.

2. Proporções
Proporção é o fator mais importante a considerar quando se constrói um personagem
cartoon. O artista deve ter em mente o tamanho relativo das partes do corpo, porque é
baseado neles que nós definimos as características estruturais dos nossos
personagens. Por exemplo, o valentão tem uma natureza combativa, por esse motivo,
tem uma cabeça pequena mas seu tórax é proeminente. Seus braços e pernas são
fortes e bem definidos, assim como sua mandíbula grande. Em contraste, um
personagem tímido tem as proporções baseadas num bebê, com cabeça maior em
comparação com o corpo. E tudo isso em formas arredondadas! Outras
características, como  testa e olhos grandes são responsáveis por definir a fragilidade
do personagem. E por aí vai....

Estúdios de Animação são famosos pela prática de usar formas ovais para medir a
altura do personagem. Por exemplo: Uma criança tem cabeça maior que o resto das
medidas do corpo. Mas o adulto tem proporções diferentes, que variam de acordo com
o gênero e personalidade de cada personagem.
Cartoon psicodélico? Parece que sim.

Quando se desenha (ou anima) o corpo inteiro de um personagem, é recomendável


fazer vários desenhos deles em pedaços de papel separados. Dessa maneira, é
possível ter uma referência de suas proporções em diferentes poses e ações.

Exemplo de virada.
É importante desenhar seu personagem em diferentes posições, situações e roupas, até você definir as

proporções ideais para ele.

Exemplos de um filhote de cão.

8x R$ 41,25 12x R$ 66,67


3x R$ 43,33 8x R$ 41,25

Advertisement

3. O Corpo é uma Pera!


É uma prática comum entre os desenhistas usar formas de peras ou objetos similares
para construir o formato do corpo, por causa da associação que isso gera dentro da
cabeça de todo mundo. Na realidade, é uma técnica muito comum entre estúdios de
cartoon, uma vez que vários artistas diferentes trabalham no mesmo personagem e
devem manter as proporções corretas de cada um.
Os exemplos acima demonstram a efetividade dessa técnica. Você pode desenhar
vários personagens usando o mesmo modelo! A razão para desenhar baseado em

modelos é criar uma identificação intermediária no cérebro humano. Especialmente


em crianças, onde tudo deve ser simplificado para ser entendido. Desenhando o corpo
em formato de pera, ajuda a manter a aparência dinâmica e adiciona um interesse geral
no seu personagem

4. Adicionando o Esqueleto
Agora que nós sabemos como definir as formas, nós precisamos definir a estrutura do
esqueleto. Se você desenha qualquer tipo de personagem em estilo cartoon, você
precisa entender as diferenças principais entre músculos e ossos das diferentes
categorias de cartoon, como gatos, pássaros e humanos. Esse conhecimento é
necessário para guiar-nos em relação as articulações dos personagens, como por
exemplo, joelhos e cotovelos.
Observe o padrão: Formatos arredondados - corpo de pera - articulações do esqueleto.

Quando se trata de cartoon,é importante ter em mente que nós temos que ser capazes
de contar uma história em cada cena que nós criamos. Isso não acontece com
frequência quando se trata de fotos ou desenhos realistas. Simplesmente porque
humanos tem uma grande facilidade de esconder suas reais intenções.

No cartoon é diferente! As características físicas e gestuais do seu personagem devem


ser claras, mesmo sem qualquer diálogo ou orientação de cena. Por essa razão, é um
estilo de arte tão fascinante e adorável.
Aprenda como contar uma história com seus esboços e você se tornará um cartonista de sucesso!

Para resumir:

Meça as proporções do corpo do seu personagem com formas arredondadas;


Envolva o corpo usando a famosa regra da pera;
Trace as linhas que servem de guias para os pontos principais das articulações
do personagem (esqueleto);
Complete seu personagem com os detalhes finais ao redor da estrutura que você
construiu.

5. A Pera Invertida
A "regra da pera" funciona para todos os personagens cartoons que eu vou criar daqui
em diante? Nem sempre. Se nós invertermos a forma, nós criaremos uma sensação de
força e poder no nosso personagem! Observe os exemplos abaixo:
Homem frágil: corpo de pera. Homem Forte: corpo de pera invertida. Fácil não?
Você pode dizer a diferença entre as formas de pera nesse desenho?

Outra analogia interessante, seria basear os personagens em objetos que lembram um


tipo físico específico, como no exemplo abaixo:

Basicamente nós usamos o mesmo princípio da pera. Nós estamos apenas aplicando uma base de estudo

diferente na mesma técnica. Você como artista é livre para usar o método que te serve melhor!

6. O Personagem Pateta
O "personagem pateta" é aquele que anda em duas pernas (mesmo os animais) e
parece bobo, desajeitado e geralmente preguiçoso.

Esse tipo de personagem é normalmente representado como covarde. Eles geralmente


estão mais interessados em ficar fora de problemas do que qualquer outra coisa.
Também podem representar um nerd ou um cara frustrado.
Há um modelo a ser seguido para esse tipo de personagem, apesar de não ser uma
regra definida, e pode ser mudado para se adequar a natureza de cada personagem.

Cabeças mais finas;


Narizes maiores (ou focinhos se for animal);
Dentes grandes;
ombros menores;
Virtualmente sem queixo;
Regra da pera (sempre para cima, nunca invertida!).

Basicamente, esse são os principais atributos necessários para fazer um cara pateta.
Brinque com isso até você dominar a técnica para aplicar em qualquer personagem.
O quê? Um leão em duas pernas? Espere...é um leão pateta?

Nem todos os animais que andam como humanos são "patetas". Muitos deles tem um
tom sarcástico ou irônico. Como exemplo desse personagens podemos mencionar o
Pica-Pau e o Perna Longa.

7. Aplique seus Conhecimentos: Crie um


Personagem Heróico
Agora nós vamos construir juntos um corpo de um personagem baseado no
conhecimento que nós adquirimos. Vamos começar!

12x R$ 66,67 8x R$ 41,25

8x R$ 41,25 3x R$ 43,33

Advertisement

Passo 1
Eu vou começar a desenhar de maneira solta. Não precisa se preocupar com vários
esboços até você atingir a proporção ideal. Isso é parte do jogo!

Nós começamos construindo a cabeça e o corpo com formas arredondadas.


Note que nós definimos as medidas dos nossos personagens quase sem esforço.

Observe que nós usamos a regra da pera invertida aqui, uma vez que esse é um personagem forte!

 Junto com as proporções, nós adicionamos algumas linhas direcionais através do


personagem, para nos guiar em relação a sua expressão corporal.

Passo 2
Vamos adicionar linhas que simulam as articulações do esqueleto. Repare que nós
colocamos uma postura comum para um herói cartoon, onde o peso do corpo está
apoiado em apenas uma perna.

É importante marcar a área do quadril no formato de uma bacia, porque fica mais fácil
ver o movimento . Esse movimento do quadril é essencial para dar dinamismo à
postura.

Passo 3
Ótimo! Finalmente, nós vamos incluir os detalhes do rosto e a musculatura do corpo
para o nosso grande herói.

Pare de babar...eu sou apenas um esboço!


Para construir os músculos você deve ter um conhecimento básico de anatomia. De
outra maneira ficará difícil colocar o volume certo que o seu personagem precisa.

Advertisement

Passo 4
Uma vez que você tenha definido toda a estrutura, nós podemos adicionar roupas.

Perfeito! Agora nosso personagem está completo! Adicionando os trajes e os


acessórios ideais, nós atingimos um ótimo resultado final. Nós podemos contar uma
história a partir dessa figura?

G d T b lh A V êE áF i !
Grande Trabalho, Agora Você Está Feito!
Bom é isso! Aqui nós apresentamos o processo de desenhar corpos em estilo cartoon.
E mais que isso, nós aprendemos também que formas ovais e circulares trabalham

juntas para formar o corpo dos personagens. Nós também aprendemos sobre
diferenças para fazer um tipo heróico/forte/valentão e um tipo impotente/frágil, e
como aplicar a técnica da pera para conseguir esses resultados. Finalmente, nós
descobrimos como aplicar a técnica "pateta" em humanos e em animais. Para fechar
com chave de ouro, nós criamos um personagem heroico completo a partir do esboço!

Você já se convenceu que pode criar um personagem cartoon completo da cabeça aos
pés? Estou ansioso para vê-los! Compartilhe seus desenhos conosco abaixo, e se você
ainda tiver alguma pergunta, ficarei feliz em respondê-la nos comentários.
Advertisement

Carlos Gomes Cabral


Carlos Gomes Cabral/Brazil

Carlos Gomes Cabral is a Character Designer and Art Teacher based on Rio de
Janeiro, Brazil. He has a book called "Whoosh! 250 Ways to Get Motion into Your
Drawings", filled with tips and tricks to create attention-grabbing drawings that
practically leap off the pages. You can also find him sharing drawing tips on
Instagram and, more recently, on Youtube.

cgcabral

 FEED  LIKE  FOLLOW

Weekly email summary


y y
Subscribe below and we’ll send you a weekly email summary of all new Design & Illustration tutorials.
Never miss out on learning about the next big thing.

Update me weekly

Translations

Envato Tuts+ tutorials are translated into other languages by our community members—you can be involved

too!

Translate this post

Powered by
Advertisement

QUICK LINKS - Explore popular categories

ENVATO TUTS+ 

JOIN OUR COMMUNITY 

HELP 

29,904 1,308 48,199


Tutorials Courses Translations

Envato.com Our products Careers Sitemap

© 2021 Envato Pty Ltd. Trademarks and brands are the property of their respective owners.

Follow Envato Tuts+

Você também pode gostar