Você está na página 1de 38

RETA FINAL – DIREITO CONSTITUCIONAL – ANALISTA DO TRE - RS

FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS

6 AULAS GRAVADAS DE DIREITO CONSTITUCIONAL (4 HORAS)

Analista – atividade judiciária Analista – atividade administrativa

Direito Constitucional: Constituição: Noções de Direito Constitucional:


conceito e classificação; poder Constituição: conceito e poder
constituinte; interpretação; aplicabilidade constituinte. Dos princípios
das normas constitucionais. Controle de fundamentais. Dos direitos e garantias
constitucionalidade. Dos princípios fundamentais. Da organização do Estado:
fundamentais. Da organização Político-
Dos direitos e garantias fundamentais. Administrativa; Da União; Dos Estados
Da organização do Estado: Da Federados; Dos Municípios; Do Distrito
organização Político-Administrativa; Federal e dos Territórios; Da
Da União; Dos Estados Federados; Dos Administração Pública (Disposições
Municípios; Do Distrito Federal e dos Gerais; Dos Servidores Públicos). Da
Territórios; Da Administração Organização dos Poderes: Do Poder
Pública (Disposições Gerais; Dos Legislativo; Do Poder Executivo; Do
Servidores Públicos). Da Organização Poder Judiciário (Disposições Gerais;
dos Poderes: Do Poder Legislativo; Do Do Supremo Tribunal Federal; Do
Poder Executivo; Do Poder Judiciário Superior Tribunal de Justiça; Dos
(Disposições Gerais; Do Supremo Tribunais Regionais Federais e dos
Tribunal Federal; Do Superior Juízes Federais; Dos Tribunais e Juízes
Tribunal de Justiça; Dos Tribunais Eleitorais; Dos Tribunais e Juízes dos
Regionais Federais e dos Juízes Estados); Das Funções Essenciais à
Federais; Dos Tribunais e Juízes Justiça.
Eleitorais; Dos Tribunais e Juízes dos
Estados); Das Funções Essenciais à
Justiça.
Matéria exclusiva:classificação,
interpretação, aplicabilidade das normas
constitucionais e controle de
constitucionalidade.
cargo prova questões Nível duração
Analista Conhec gerais 20 50% 5h
Conhec. Espec. 50 50%
Judiciário Discursiva – Redação - _ Nota 5,0
Área judiciária
Analista Conhec gerais 20 50% 5h
Conhec. Espec. 50 50%
Judiciário Discursiva – Redação - _ Nota 5,0
Área admin.

A Prova Discursiva – Redação versará sobre tema relacionado com as disciplinas de Conhecimentos
Específicos
a) prova de Conhecimentos Gerais: peso 1 (um);
b) prova de Conhecimentos Específicos: peso 3 (três);
c) prova Discursiva - Redação: peso 2 (dois).

QUESTÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL – PROVAS DO TRE– FUNDAÇÃO


CARLOS CHAGAS

PROVA – TRE – SERGIPE – 2007

21. Constitui objetivo fundamental da República Federativa do


Brasil expressamente previsto na Constituição Federal
Brasileira de 1988:
(A) os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.
(B) independência nacional.
(C) repúdio ao terrorismo e ao racismo.
(D) prevalência dos direitos humanos.
(E) garantia do desenvolvimento nacional.
_________________________________________________________
22. Compete à União, Estados e ao Distrito Federal legislar
concorrentemente sobre:
(A) direito tributário e financeiro.
(B) trânsito e transporte.
(C) telecomunicações.
(D) informática.
(E) serviço postal.
_________________________________________________________
23. Dentre outros, fazem parte da composição do Tribunal
Superior Eleitoral dois juízes
(A) entre seis advogados de notório saber jurídico e
idoneidade moral, indicados pelo Superior Tribunal
de Justiça.
(B) escolhidos entre os Desembargadores dos Tribunais
de Justiça dos Estados, escolhidos pelo Presidente
da República.
(C) escolhidos mediante eleição e pelo voto secreto,
entre os Ministros do Superior Tribunal de Justiça.
(D) escolhidos entre os Ministros do Supremo Tribunal
Federal e nomeados por livre escolha do Presidente
da República.
(E) federais, escolhidos pelos Tribunais Regionais
Federais e nomeados pelo Presidente da República.
_________________________________________________________
24. Dentre outras atribuições, compete aos Tribunais Regionais
Eleitorais
(A) processar e julgar originariamente os crimes eleitorais
e os comuns que lhe forem conexos cometidos
pelos Juízes do próprio Tribunal Regional Eleitoral.
(B) julgar os recursos interpostos das decisões dos Juízes
Eleitorais que concederem ou denegarem
habeas corpus ou mandado de segurança.
(C) fornecer aos que não votaram por motivo justificado
um certificado que os isente das sanções legais.
(D) processar e julgar originariamente os conflitos de
jurisdição entre Tribunais Regionais e Juízes Eleitorais
de Estados diferentes.
(E) providenciar para a solução das ocorrências que se
verificarem nas Mesas Receptoras.

25. Durante ato eleitoral, a Força Pública


(A) circulará pela seção eleitoral à paisana, procurando
preservar a ordem pública, e a segurança dos
eleitores e a liberdade de voto.
(B) permanecerá nas proximidades da seção eleitoral e
poderá aproximar-se do lugar da votação e nele
penetrar em caso de solicitação de qualquer eleitor.
(C) permanecerá nas proximidades da seção eleitoral e
poderá aproximar-se do lugar da votação e nele
penetrar em caso de solicitação de fiscais de Partido
Político ou Coligações Partidárias.
(D) conservar-se-á a 100 metros da seção eleitoral e
não poderá aproximar-se do lugar da votação, ou
nele penetrar, sem ordem do Presidente da Mesa.
(E) fará o policiamento ostensivo, mantendo plantão
dentro de cada seção eleitoral, com a finalidade de
evitar "boca de urna" e zelar pela liberdade de
escolha do eleitor.
_________________________________________________________
26. No dia marcado para a eleição, o recebimento dos votos
começará às 8:00 horas e terminará às 17:00 horas. Após
esse horário, só poderão votar os eleitores que
(A) chegarem ao local de votação no prazo de tolerância
de 15 minutos, ainda que não tenham recebido
senha.
(B) tiverem recebido senha do Presidente e entregue
seus títulos à Mesa Receptora.
(C) apresentarem justificativa ao Presidente da Mesa e
por este aceita, ainda que não tenham recebido
senha.
(D) comprovarem residir em bairro distante do local de
votação e tenham tido dificuldade de obter
condução, ainda que não tenham recebido senha.
(E) apresentarem atestado médico ao Presidente da
Mesa, comprovando dificuldade de locomoção, ainda
que não tenham recebido senha.
_________________________________________________________
27. Cada partido ou coligação poderá nomear dois fiscais
junto a cada Mesa Receptora, funcionando um de cada
vez, cujas credenciais serão expedidas
(A) pela autoridade policial do local de votação.
(B) pelo Juiz Eleitoral da circunscrição onde a eleição se
realizar.
(C) pelo Tribunal Regional Eleitoral do respectivo
Estado.
(D) pelas Mesas Receptoras de votos de cada Seção
Eleitoral.
(E) exclusivamente pelos partidos políticos ou coligações.

30. Mario foi diplomado como Governador do Estado de


Sergipe. Seu mandato eletivo poderá ser impugnado ante
a Justiça Eleitoral no prazo de
(A) dez dias contados da diplomação.
(B) dez dias contados da publicação do resultado das
eleições.
(C) dez dias contatos do deferimento do registro de sua
candidatura.
(D) quinze dias contados da diplomação.
(E) quinze dias contados da publicação do resultado das
eleições.

B02 - tipo 1
001 - C 011 - B 021 - E 031 - E 041 - E 051 - D
002 - A 012 - C 022 - A 032 - B 042 - D 052 - C
003 - D 013 - A 023 - C 033 - C 043 - D 053 - E
004 - E 014 - B 024 - B 034 - D 044 - B 054 - A
005 - B 015 - E 025 - D 035 - A 045 - E 055 - B
006 - D 016 - A 026 - B 036 - D 046 - D 056 - A
007 - C 017 - C 027 - E 037 - A 047 - A 057 - C
008 - A 018 - D 028 - C 038 - C 048 - C 058 - E
009 - E 019 - B 029 - A 039 - E 049 - B 059 - D
010 - D 020 - E 030 - D 040 - B 050 - C 060 – B

TRE – AM – 2009 – ANALISTA JUDICIÁRIO – ADMNISTRATIVA

Direito Constitucional
21. Constitui meio de exercício da soberania popular, previsto
na Constituição Federal, dentre outros,
(A) a lei delegada.
(B) o plebiscito.
(C) a resolução.
(D) a medida provisória.
(E) a lei ordinária.
_________________________________________________________
22. Conforme previsão expressa contida na Constituição Federal,
é livre a criação, fusão, incorporação e extinção de
partidos políticos, resguardados a soberania nacional, o
regime democrático, o pluripartidarismo e os direitos fundamentais
da pessoa humana, sendo correto afirmar que
(A) lhes é vedada a utilização de organização paramilitar,
salvo no interesse pontual da comunidade ou
da região que representa.
(B) após adquirirem personalidade jurídica, na forma da
lei civil, registrarão seus estatutos na Junta Eleitoral
mais próxima de sua sede.
(C) lhes é vedada autonomia para definir o regime de
suas coligações eleitorais, com obrigatoriedade de
vinculação entre as candidaturas em âmbito nacional,
devendo seus estatutos estabelecer normas de
disciplina e fidelidade partidária.
(D) após adquirirem personalidade jurídica, na forma da
lei civil, registrarão seus estatutos no Tribunal Superior
Eleitoral.
(E) lhes é assegurada autonomia para definir sua organização,
com obrigatoriedade de vinculação entre as
candidaturas em âmbito nacional, devendo seus
estatutos estabelecer normas de disciplina e fidelidade
partidária.
_________________________________________________________
23. A administração pública direta e indireta de qualquer dos
Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Municípios obedecerá aos princípios de legalidade,
impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, devendo
ser observado que
(A) somente por medida provisória poderá ser criada
autarquia, cabendo à lei complementar definir as
áreas de sua atuação.
(B) a resolução estabelecerá os casos de contratação
por tempo determinado para atender a necessidade
temporária de excepcional interesse público.
(C) o direito de greve será exercido nos termos e nos
limites definidos em lei específica.
(D) os acréscimos pecuniários percebidos por servidor
público serão computados e acumulados para fins
de concessão de acréscimos ulteriores.
(E) depende de autorização do judiciário, em cada caso,
a criação de subsidiárias de fundação.

24. Sobre os servidores públicos, considere as assertivas


abaixo.
I. A fixação dos padrões de vencimento e dos demais
componentes do sistema remuneratório observará
a natureza, o grau de responsabilidade e a complexidade
dos cargos componentes de cada carreira,
os requisitos para a investidura, e as peculiaridades
dos cargos.
II. O membro de Poder, o detentor de mandato eletivo,
os Ministros de Estado e os Secretários Estaduais e
Municipais serão remunerados exclusivamente por
subsídio fixado em parcela única.
III. Medida Provisória, regulamentada por Lei Complementar,
disciplinará a aplicação de recursos orçamentários
da União provenientes da economia com
despesas correntes em cada órgão para aplicação
no desenvolvimento de programas de qualidade do
serviço público.
IV. Aos servidores titulares de cargos efetivos do Distrito
Federal não é assegurado regime de previdência
de caráter contributivo e solidário, mediante
contribuição do respectivo ente público, dos servidores
ativos e inativos e dos pensionistas.
Está correto o que se afirma APENAS em
(A) I e II.
(B) III e IV.
(C) I e III.
(D) II e III.
(E) II e IV.
_________________________________________________________
25. É INCORRETO afirmar que compete ao Conselho de
Defesa Nacional
(A) opinar nas hipóteses de declaração de guerra e de
celebração da paz, nos termos da Constituição Federal.
(B) exercer a coordenação dos órgãos e entidades da
administração federal na área de sua competência e
referendar os atos e decretos assinados pelo Presidente
da República.
(C) opinar sobre a decretação do estado de defesa, do
estado de sítio e da intervenção federal.
(D) propor os critérios e condições de utilização de
áreas indispensáveis à segurança do território nacional
e opinar sobre seu efetivo uso, especialmente na
faixa de fronteira e nas relacionadas com a preservação
e a exploração dos recursos naturais de
qualquer tipo.
(E) estudar, propor e acompanhar o desenvolvimento de
iniciativas necessárias a garantir a independência
nacional e a defesa do Estado democrático.

Conh. Básicos/Conh. Espec./Disc.


Cargo ou Opção: B02 - ANALISTA JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA
Tipo Gabarito: 1
021 - B
022 - D
023 - C
024 - A
025 - B
026 - D
027 - E

ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA ADMINISTRATIVA - TRE – CE – 2002

41. Dentre os princípios pelos quais a República Federativa


do Brasil rege-se nas suas relações internacionais
encontram-se a
(A) intervenção armada desde que avalisada pela ONU
e a cooperação entre os povos para o progresso da
humanidade.
(B) autodeterminação dos povos e o desenvolvimento
nacional.
(C) proteção das minorias culturais e o repúdio ao
terrorismo e ao racismo.
(D) independência nacional e a vedação à concessão de
asilo político.
(E)) prevalência dos direitos humanos e a igualdade
entre Estados.

42. De acordo com a Constituição Federal, os atos


processuais são
(A) públicos, podendo o juiz restringir-lhes a publicidade
sempre que solicitado pelo Ministério Público.
(B) de livre acesso às partes e seus procuradores,
podendo sua consulta ser-lhes restringida por
insuficiência de funcionários da Justiça para prestar
atendimento ao público, entre outros casos.
(C) de livre acesso às partes e seus procuradores,
podendo sua consulta ser restringida a terceiros, por
ato do juiz da causa, para preservar a independência
do Poder Judiciário.
(D) de livre acesso às partes e seus procuradores,
podendo sua consulta ser estendida a terceiros
desde que mediante autorização das partes.
(E)) públicos, podendo a lei restringir-lhes a publicidade
quando a defesa da intimidade ou o interesse social
o exigirem.
_________________________________________________________
43. João, eletricista, teve sua foto utilizada em publicidade de
uma grande empresa de jornalismo, que a publicou por
várias vezes em revista de grande circulação nacional,
sem o seu consentimento. A fotografia retratava uma
situação em que João claramente envolvia-se numa briga
em um comício político, o que acabou provocando sua
demissão e gerando um forte constrangimento em suas
relações pessoais.
Considerando essa situação, é correto dizer que João
(A)) poderá pleitear indenização pelos danos materiais
sofridos em razão da perda de seu emprego, bem
como pelos danos morais decorrentes do
constrangimento a que foi submetido.
(B) não poderá pleitear qualquer indenização pelo uso
de sua imagem, haja vista a liberdade de imprensa
assegurada na Constituição Federal.
(C) não poderá pleitear qualquer indenização pelo uso
de sua imagem, haja vista que a fotografia retratava
uma situação fática real.
(D) poderá pleitear indenização pelos danos materiais
sofridos em razão da perda de seu emprego, mas
não pelos danos morais, visto que estes não são
protegidos pela Constituição Federal.
(E) poderá pleitear indenização pelos danos materiais
sofridos em razão da perda de seu emprego, mas
não pelos danos morais, visto que estes não são
mensuráveis.
_________________________________________________________
44. A nomeação para cargo em comissão
(A) depende de prévia aprovação em concurso público e
o servidor pode ser livremente exonerado pela
Administração Pública.
(B)) independe de aprovação em concurso público e o
servidor pode ser livremente exonerado pela
Administração Pública a qualquer tempo.
(C) independe de aprovação em concurso público e o
servidor somente pode ser exonerado pela
Administração Pública mediante procedimento de
avaliação periódica de desempenho.
(D) independe de aprovação em concurso público e o
servidor somente pode ser exonerado pela
Administração Pública antes de adquirir estabilidade.
(E) depende de prévia aprovação em concurso público e
o servidor somente pode ser exonerado mediante
regular processo administrativo.

45. Determina a Constituição Federal que a remuneração e o


subsídio dos ocupantes de cargos, funções, empregos
públicos da Administração direta, autárquica e fundacional,
dos membros de qualquer dos Poderes da União,
dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, não
poderão exceder o subsídio mensal, em espécie,
(A) dos Ministros do Supremo Tribunal Federal,
devendo-se, para fins de submissão ao teto
constitucional, ser excluídas as vantagens pessoais
ou de qualquer outra natureza percebidas pelo
servidor.
(B) do Presidente da República, devendo-se, para fins
de submissão ao teto constitucional, ser incluídas as
vantagens pessoais ou de qualquer outra natureza
percebidas pelo servidor.
(C)) dos Ministros do Supremo Tribunal Federal,
devendo-se, para fins de submissão ao teto
constitucional, ser incluídas as vantagens pessoais
ou de qualquer outra natureza percebidas pelo
servidor.
(D) do Presidente do Congresso Nacional, devendo-se,
para fins de submissão ao teto constitucional, ser
incluídas as vantagens pessoais ou de qualquer
outra natureza percebidas pelo servidor.
(E) do Presidente da República, devendo-se, para fins
de submissão ao teto constitucional, ser excluídas
as vantagens pessoais ou de qualquer outra
natureza percebidas pelo servidor.
_________________________________________________________
46. A criação de partidos políticos é livre, sendo-lhes
assegurado o direito de
(A)) elaborar com autonomia seus estatutos, que
deverão estabelecer normas de fidelidade e
disciplina partidárias.
(B) adotar caráter regional ou nacional, conforme
estabelecido em seus estatutos.
(C) receber recursos financeiros de entidades privadas
nacionais ou estrangeiras, nos termos da lei.
(D) receber recursos financeiros de entidades
governamentais nacionais ou estrangeiras, nos
termos da lei.
(E) utilizar organização paramilitar para fins de
restabelecimento da democracia.

41 42 43 44 45 46
e e a b c a

TRE – AM – 2003 – ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA ADMINISTRATIVA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
21. Em tema de classificação das constituições, pode-se
afirmar que, quanto ao modo de elaboração, elas se
classificam em
(A)) dogmáticas e históricas.
(B) rígidas, semi-rígidas e flexíveis.
(C) escritas e não escritas.
(D) materiais e formais.
(E) democráticas e outorgadas.
_________________________________________________________
22. Segundo a Constituição Federal, o Brasil dará a
extradição de estrangeiro condenado no exterior pela
prática de crime
(A) de opinião.
(B) político.
(C)) de terrorismo, mediante uso de explosivos.
(D) de homicídio a que foi imposta, definitivamente, a
pena de morte.
(E) cuja conduta é tipificada como contravenção no
direito brasileiro. _________________________________________________________
23. Um menor de um ano de idade, nascido no estrangeiro,
viajando com seus pais, também estrangeiros, fixou
residência definitiva no Brasil, onde se alfabetizou na
língua portuguesa, única língua que fala. Casou-se com
brasileira nata e o casal já tem um filho brasileiro nato.
Nesse caso, quanto à nacionalidade, ele é
(A) estrangeiro, porque poderia ter optado pela
nacionalidade brasileira nos assentos de seu
casamento e de nascimento de seu filho, e não o
fez.
(B)) estrangeiro, porque não praticou nenhum ato
voluntário que importasse em aquisição de
nacionalidade brasileira.
(C) brasileiro nato, porque o casamento com brasileira
nata é causa automática de aquisição de
nacionalidade originária.
(D) brasileiro naturalizado, porque o nascimento de filho
brasileiro nato é causa automática de aquisição de
nacionalidade derivada.
(E) brasileiro naturalizado, porque a alfabetização na
língua portuguesa é, no Brasil, causa automática de
aquisição de nacionalidade derivada.
_________________________________________________________
24. Uma das hipóteses de intervenção dos Estados nos
Municípios é "deixar de ser paga, sem motivo de força
maior, por dois anos consecutivos, a dívida fundada".
Nessa regra, "dívida fundada" compreende
(A) os compromissos financeiros contraídos para
pagamento anual, programada pelo tempo mínimo
de 10 anos, e cuja origem esteja vinculada às
desapropriações por utilidade pública.
(B) o estoque integral da dívida acumulada e não paga,
cuja exclusiva origem seja de débitos por
desapropriação de imóveis.
(C) as dívidas e os compromissos que deveriam ter sido
pagos em um ano fiscal e, não tendo sido pagos,
ficaram fundados para pagamento oportuno.
(D) o total dos compromissos de qualquer natureza com
previsão vinculada no orçamento plurianual para
pagamentos parcelados e sucessivos.
(E)) os compromissos de exigibilidade superior a 12
meses, contraídos para atender ao desequilíbrio
orçamentário ou financeiro de obras e serviços
públicos.

25. O vocábulo "referendo", um dos meios de exercício da


soberania popular, designa a
(A) escolha feita pelo povo, direta ou indiretamente, de
uma opção determinada que será proposta aos
legisladores.
(B) proposição de direito novo feita diretamente pelo
povo ao Poder Legislativo competente.
(C) votação popular direta para a decisão sobre uma
opção determinada.
(D)) manifestação popular direta que decide, de modo
final, sobre ato normativo geral.
(E) votação popular direta do povo quando decide sobre
direito novo a ser proposto ao Poder Legislativo
competente. _________________________________________________________
26. Quanto ao Tribunal de Contas da União, é correto afirmar
que,
(A) mesmo sendo órgão do Poder Legislativo, tem
competência para julgar e impor sanções, exercendo
funções do Poder Judiciário, que, todavia, não lhe
pode reformar as decisões.
(B)) embora goze de autonomia, é órgão auxiliar do
Poder Legislativo e pratica atos de natureza
administrativa que, nessa condição, estão sujeitos
ao controle jurisdicional.
(C) julgando contratos públicos do Poder Executivo, sua
subordinação ao Poder Legislativo tem origem no
cumprimento da peça orçamentária, o que impede o
Poder Judiciário de rever suas decisões.
(D) sem embargo de ser órgão auxiliar autônomo do
Poder Judiciário, com função de julgar as contas
públicas, na sua competência não se inclui o
controle difuso da constitucionalidade.
(E) ainda que subordinado ao Poder Legislativo, suas
decisões quanto às contas do Poder Executivo podem
ser integralmente revistas pelo Poder Judiciário,
a quem nenhuma lesão pode ser subtraída.
_________________________________________________________
27. Supondo-se que o Presidente da República pretenda destituir
o Procurador-Geral da República, essa destituição
deverá ser
(A) autorizada pelo Congresso Nacional, em votação
nominal e secreta.
(B) feita por decreto, ouvido previamente o Conselho da
República.
(C)) precedida de autorização da maioria absoluta do
Senado Federal.
(D) concretizada livremente, visto que o ocupante do
cargo é demissível ad nutum.
(E) aprovada previamente pela Câmara dos Deputados,
Casa que representa o povo brasileiro.
_________________________________________________________
28. No caso da contribuição de intervenção no domínio
econômico, a Constituição Federal abriu a possibilidade
de que
(A)) a pessoa natural destinatária das operações de
importação seja equiparada à pessoa jurídica.
(B) haja sua incidência, temporária ou permanente,
sobre as receitas decorrentes de exportação.
(C) não incidam sobre a importação de gás natural e
todos os seus derivados.
(D) as alíquotas, nos casos de importação, não sejam
fixadas sobre o valor aduaneiro.
(E) não possam ter alíquotas ad valorem, tendo por
base o faturamento.

Gabarito - B02 - Tipo 1


021 - A
022 - C
023 – B
024 - E
025 – D
026 - B
027 – C
028 – A

TRE-BA-2003 – ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA ADMINISTRATIVA

21. No que tange aos sigilos fiscal e bancário, observa-se que


(A) o Habeas Corpus é ação constitucional adequada
para resguardar direito líquido e certo, portanto,
idôneo para o judiciário reconhecer o direito e não
quebrar os sigilos bancário e fiscal, salvo em
hipóteses excepcionais.
(B)) são relativos e apresentam limites, podendo ser
devassados pela Justiça Penal ou Civil e pelas
Comissões Parlamentares de Inquérito, entretanto,
não podem ser quebrados por requisição fiscal em
procedimento administrativo.
(C) o Tribunal Regional Eleitoral, conforme orientação
do Supremo Tribunal Federal, pode decretar a
quebra do sigilo bancário de parlamentar em
investigação criminal.
(D) é facultativa a manutenção do sigilo, quando fiscal,
pelos órgãos competentes em relação às pessoas
estranhas à causa, assim como a individualização
do objeto da investigação.
(E) são absolutos porque não apresentam limites nas
leis tributárias e no âmbito da legislação bancária
nacional e internacional, prevalecendo, ainda, o
princípio do contraditório na fase inquisitorial.
_________________________________________________________
22. Considerando os princípios constitucionais da organização
partidária, é INCORRETO afirmar que a
(A) infidelidade partidária pode manifestar-se de dois
modos: oposição, por atitude ou pelo voto, a diretrizes
legitimamente estabelecidas pelos partidos, e
apoio ostensivo ou disfarçado a candidatos de outra
agremiação.
(B) disciplina e a fidelidade partidárias são, pela
Constituição Federal, não uma determinante da lei,
mas uma determinante estatutária, não sendo,
porém, mera faculdade dos estatutos.
(C)) Constituição Federal permite que os partidos
cominem sanções para os atos de indisciplina e
infidelidade partidárias que podem ir de simples
advertência até a perda do mandato.
(D) disciplina não há de se entender como obediência
cega aos ditames dos órgãos partidários, mas entre
outros, a aceitação das decisões discutidas e
tomadas pela maioria de seus filiados-militantes.
(E) Constituição Federal não impôs um controle
quantitativo aos partidos, embora haja a
possibilidade de que venha a existir por via de lei,
mas sim um controle qualitativo, em função do
regime democrático.

23. Entre outras, é da competência comum da União, dos


Estados, do Distrito Federal e dos Municípios,
(A) criar, organizar e manter os serviços oficiais de
estatística, geografia, geologia e cartografia de
âmbito nacional, regional ou local.
(B) explorar, diretamente ou mediante autorização,
concessão ou permissão, os serviços de
telecomunicações nos termos da lei, que disporá
sobre a organização dos serviços, com a criação de
um órgão regulador.
(C) explorar, mediante autorização, permissão ou
concessão, a navegação aérea, a infra-estrutura
portuária e os serviços de transporte ferroviário e
aquaviário entre portos brasileiros e fronteiras
nacionais.
(D)) registrar e fiscalizar as concessões de direitos de
pesquisa e exploração de recursos hídricos e
minerais em seus territórios.
(E) organizar, manter e executar a inspeção do trabalho,
assim como estabelecer as áreas e as condições
para o exercício da atividade da garimpagem, em
forma associativa.
_________________________________________________________
24. Em relação aos tipos de controle da administração
financeira e orçamentária, em face do Direito Constitucional
brasileiro, encontram-se, entre outros,
I. aquele que vem expresso em termos monetários e
em termos de realização de obras e prestação de
serviços.
II. o cabível aos atos de que resultem a arrecadação
da receita ou a realização das despesas, o
nascimento ou a extinção de direitos e obrigações.
III. o referente aos agentes da administração responsáveis
por bens e valores públicos.
Tais situações dizem respeito, respectivamente, ao
controle de
(A)) resultados e cumprimento de programas de trabalho
de metas; legalidade; fidelidade funcional.
(B) economicidade; legitimidade; resultados e cumprimento
de programas de trabalho de metas.
(C) legalidade; economicidade; resultados e cumprimento
de programas de metas.
(D) legitimidade; resultado e cumprimento de programas
de metas; fidelidade funcional.
(E) fidelidade funcional; economicidade; legalidade.

25. A atividade econômica do Estado, no Brasil, está sujeita a


vários princípios gerais, dentre eles, o da
(A) autonomia nacional econômica, consistente na
exploração direta da atividade econômica, restrita
aos monopólios.
(B) constituição econômica formal, que diz respeito, tãosomente,
à independência nacional, ou seja, à
soberania nacional econômica.
(C) livre concorrência, que se refere à liberdade absoluta
de indústria e comércio ou liberdade de empresa e
liberdade de contrato.
(D) liberdade da iniciativa econômica, que assegura o livre
exercício de todas as atividades econômico-financeiras
sempre com a autorização de órgão público.
(E)) integração, que abrange a defesa do consumidor, a
defesa do meio ambiente, a redução das desigualdades
sociais e a busca do pleno emprego.
_________________________________________________________
26. Considere as afirmações:
I. A Defensoria Pública da União é instituição essencial
à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe
a orientação jurídica e a defesa, em todos os graus,
dos necessitados, assegurada a seus integrantes a
garantia de inamovibilidade e vedado o exercício da
advocacia fora das atribuições institucionais.
II. O Ministério Público da União tem por chefe o Procurador-
Geral da República, nomeado pelo Presidente
da República, dentre integrantes da carreira, maiores
de 35 anos, para mandato de 2 anos, incumbindolhe,
dentre outras atividades, a de consultoria e a de
assessoramento jurídico do Poder Executivo.
III. A Advocacia Geral da União tem por chefe o Advogado-
Geral da União, de livre nomeação pelo Presidente
da República, dentre cidadãos maiores de
35 anos, incumbindo-lhe, dentre outras atribuições, a
defesa dos interesses sociais e a dos individuais
indisponíveis.
IV. O Ministério Público dos Estados e do Distrito Federal
formarão lista tríplice, dentre integrantes da
carreira, na forma da lei respectiva, para escolha de
seu Procurador-Geral, que será nomeado pelo Chefe
do Poder Executivo, para mandato de 2 anos,
permitida a recondução, incumbindo-lhe, dentre
outras atribuições, a defesa do regime democrático.
Estão corretas APENAS
(A) I e III.
(B)) I e IV.
(C) I, II e IV.
(D) II e III.
(E) II, III e IV.
_________________________________________________________
27. Na questão referente à recorribilidade das decisões em
matéria eleitoral, é certo que
(A) o Tribunal Superior Eleitoral poderá rever as decisões
contra disposição expressa de lei, mas não as que
versarem sobre expedição de diploma nas eleições.
(B) as decisões dos Tribunais Regionais Eleitorais são
sempre recorríveis por força do princípio do duplo
grau de jurisdição.
(C)) o Superior Tribunal de Justiça não tem competência
para rever as decisões da Justiça Eleitoral.
(D) as decisões do Tribunal Superior Eleitoral que
denegarem o habeas data e o mandado de injunção
são irrecorríveis.
(E) a divergência na interpretação de lei entre dois tribunais
ou entre dois ou mais tribunais eleitorais é
irrecorrível.
28. Em relação aos princípios gerais do Sistema Tributário
Nacional conclui-se que
(A) a instituição de impostos, taxas e empréstimos
compulsórios é de competência privativa da União,
dos Estados e dos Municípios.
(B) as contribuições sociais e de interesse das
categorias profissionais ou econômicas são de
competência comum da União e dos Estados.
(C) as contribuições para o custeio do serviço de
iluminação pública competem exclusivamente aos
Estados, Municípios e ao Distrito Federal.
(D) a instituição de contribuições para custeio do sistema
de assistência social, excluídas as de seguridade
social, é de competência privativa dos Estados.
(E)) cabe à lei complementar dispor sobre os conflitos de
competência, em matéria tributária, entre a União, os
Estados, o Distrito Federal e os Municípios.
_________________________________________________________
29. No processo legislativo,
(A)) o direito de propor emendas é uma faculdade de os
membros ou órgãos de cada uma das Casas do Congresso
Nacional sugerirem modificações nos interesses
relativos à matéria contida em projetos de lei.
(B) a votação da matéria legislativa constitui ato
individual das Casas do Congresso Nacional, de
caráter decisório, que se forma, tão-somente, por
maioria simples e maioria absoluta.
(C) o veto é ato legislativo privativo do Presidente da
República, enquanto que a sanção cabe também às
Casas do Congresso Nacional.
(D) a iniciativa das leis é prerrogativa dos Presidentes
da República, do Congresso Nacional e dos
Tribunais Superiores, vedada a iniciativa privada.
(E) o procedimento legislativo sumário é aplicável na
elaboração de medidas provisórias, leis delegadas,
decretos legislativos e resoluções.
_________________________________________________________
30. São requisitos para a nomeação de Ministros do Tribunal
de Contas da União, dentre outros, que
(A) metade deles tenham sido ocupantes de cargos de
carreira, e escolhidos pelo Presidente da República,
com aprovação da Câmara dos Deputados.
(B) o escolhido conte com mais de 30 e menos de 60
anos de idade, e seja de reputação ilibada.
(C) o escolhido tenha mais de 15 anos de exercício de
efetiva atividade profissional que exija conhecimentos
técnicos, e tenha idoneidade moral.
(D)) o escolhido tenha notórios conhecimentos jurídicos,
contábeis, econômicos e financeiros ou de
administração pública, e seja brasileiro.
(E) um quinto deles sejam oriundos da atividade privada
e escolhidos pelo Congresso Nacional, com o
referendo do Presidente da República.
_________________________________________________________
31. Dentre os princípios de observância obrigatória pela
administração pública, expressamente previstos na
Constituição Federal, está o da
(A) proporcionalidade.
(B) autotutela.
(C)) eficiência.
(D) razoabilidade.
(E) hierarquia.

Gabarito - B02 - tipo 1


021 – B
022 – C
023 – D
024 – A
025 – E
026 – B
027 – C
028 – E
029 – A
030 – D
031 – C

TRE-SP-ANALISTA JUDICIÁRIO –ÁREA JUDICIÁRIA - 2006

DIREITO CONSTITUCIONAL
21. Tendo em vista a aplicabilidade das normas constitucionais,
considere o que segue:
I. É livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou
profissão, atendidas as qualificações profissionais
que a lei estabelecer.
II. São Poderes da União, independentes e harmônicos
entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário.
Tais preceitos são considerados, respectivamente, de
normas constitucionais de
(A) eficácia redutível ou restringível; e de princípio programático.
(B) eficácia limitada; e de princípio programático.
(C) princípio institutivo; e de eficácia plena.
(D)) eficácia redutível ou restringível; e de eficácia absoluta.
(E) princípio contido; e de princípio institutivo.
_________________________________________________________
22. Em matéria de direitos políticos, é correto afirmar:
(A) O militar alistável é elegível se contar mais de cinco
e menos dez anos de serviço, não precisando
afastar-se da atividade.
(B) O domicílio eleitoral na circunscrição não é uma das
condições de elegibilidade, mas sim o alistamento
eleitoral.
(C)) Ação de impugnação de mandato eletivo tramitará
em segredo de justiça, respondendo o autor, na
forma da lei, se temerária.
(D) A lei que altera o processo eleitoral também se aplica
à eleição que ocorra até 1 (um) ano da data de
sua vigência.
(E) É facultada a cassação de direitos políticos no caso
de comprovada incapacidade civil absoluta ou relativa.
_________________________________________________________
23. A ação direta de inconstitucionalidade de lei ou ato normativo
federal ou estadual, a ser processada e julgada originariamente
pelo Supremo Tribunal Federal, titular dessa
competência, poderá ser proposta também pelo
(A) Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil e
pelas Mesas dos Poderes Legislativos, inclusive nas
ações diretas de constitucionalidade ou atos normativos
de qualquer natureza.
(B) Presidente de federação sindical ou Presidente de
Partido Político, mas não em sede de ação direta de
constitucionalidade de lei ou ato normativo federal.
(C) Prefeito Municipal ou Mesa de Câmara Municipal, o
mesmo ocorrendo no que se refere às ações diretas
de constitucionalidade de lei ou ato normativo municipal.
(D) Conselho Nacional de Justiça e Ministério Público,
mas não em sede de ação direta de constitucionalidade
de lei ou ato normativo estadual.
(E)) Conselho Federal da Ordem dos Advogados do
Brasil e pela Mesa da Câmara Legislativa do Distrito
Federal, o mesmo ocorrendo em relação às ações
declaratórias de constitucionalidade de lei ou ato
normativo federal.

24. NÃO é considerada função constitucional do Ministério


Público, dentre outras,
(A) exercer o controle da atividade policial, na forma da
lei complementar da União e dos Estados.
(B) defender judicialmente os direitos e interesses das
populações indígenas e intervir em todos os atos do
processo.
(C) diligenciar pelo efetivo respeito dos serviços de relevância
pública aos direitos assegurados na Constituição
Federal.
(D)) a consultoria e o assessoramento jurídico do Poder
Executivo, por ser compatível com sua finalidade.
(E) promover a representação para fins de intervenção
da União e dos Estados, quando for o caso.
_________________________________________________________
25. Em matéria de direitos e deveres individuais e coletivos,
considere:
I. A lei regulará a individualização da pena, podendo
adotar para efeito de punição do indivíduo, dentre
outras, a pena de morte, no caso de guerra declarada.
II. Por ordem judicial só é permitido o ingresso na
casa, sem consentimento do morador, não importando
o título sob o qual o indivíduo habite a "casa",
apenas durante o dia, mas no caso de flagrante
delito, a permissão para o ingresso é a qualquer
hora.
III. O indivíduo que alegar imperativo de consciência
para eximir-se de obrigação legal, a exemplo do
serviço militar obrigatório, e também se recusar a
cumprir prestação alternativa, não poderá, em
razão disso, perder seus direitos políticos.
IV. A devolução do estrangeiro ao exterior, por meio de
medida compulsória adotada pelo Brasil, quando
esse estrangeiro entrar ou permanecer irregularmente
em nosso território, também caracteriza a
extradição.
Nesses casos, é correto o que consta APENAS em
(A)) I e II.
(B) III e IV.
(C) II e III.
(D) I, II e IV.
(E) I, III e IV.

B - tipo 1
21 - D
22 – C
23 – E
24 – D
25 – A

ANALISTA JUDICIÁRIO – TRE – MS – 2007

38. Em tema de livre associação profissional ou sindical,


estabelece a Constituição Federal que
(A) é vedada a dispensa do empregado sindicalizado
eleito como suplente para cargo de direção, até dois
anos após o início do mandato, ainda que venha a
cometer falta grave.
(B) a lei poderá exigir autorização do Estado ou do
Município para a fundação de sindicato, permitida ao
Poder Público a intervenção em casos especiais.
(C) é facultativa a participação dos sindicatos nas negociações
coletivas de trabalho, salvo nos dissídios
individuais.
(D) o aposentado filiado tem direito de votar e ser votado
nas organizações sindicais.
(E) todos são obrigados a filiar-se a sindicato, permitida
a sua desfiliação apenas após doze meses da respectiva
contribuição inicial.
_________________________________________________________
39. Compete privativamente à União, dentre outros assuntos,
legislar sobre
(A) produção e consumo.
(B) direito eleitoral e do trabalho.
(C) previdência social, proteção e defesa da saúde.
(D) educação, cultura, ensino e desporto.
(E) juntas comerciais.
_________________________________________________________
40. Nos termos da Constituição Federal, o número total de
Deputados, bem como a representação por Estado e pelo
Distrito Federal, será estabelecido por lei complementar,
proporcionalmente à população, procedendo-se aos ajustes
necessários, no ano anterior às eleições, para que nenhuma
daquelas unidades da Federação tenha menos de
(A) seis ou mais de sessenta e quatro Deputados.
(B) quatro ou mais de sessenta Deputados.
(C) oito ou mais de setenta Deputados.
(D) dois ou mais de cinqüenta e cinco Deputados.
(E) dois ou mais de cinqüenta Deputados.
_________________________________________________________
41. João é agente polícial. José desempenha cargo de
confiança do Executivo. Paulo pertence ao serviço eleitoral.
Pedro é advogado militante na região. Podem ser
nomeados membros das Juntas Eleitorais, APENAS
(A) Paulo.
(B) Paulo e Pedro.
(C) João e Paulo.
(D) José e Pedro.
(E) Pedro.

38- D
39- B
40- C
41- E

TRE-AP-2006-ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA ADM

21. Das decisões dos Tribunais Regionais Eleitorais somente


caberá recurso quando:
(A) versarem sobre elegibilidade ou cassação de diplomas
nas eleições estaduais e municipais.
(B) concederem habeas-corpus, mandado de segurança,
habeas-data ou mandado de injunção.
(C)) anularem diplomas ou decretarem a perda de mandados
eletivos federais ou estaduais.
(D) ocorrer divergência na interpretação de resolução
entre dois ou mais tribunais, juízos eleitorais e juntas
eleitorais.
(E) forem proferidas contra disposição expressa de resolução
ou uniformização de jurisprudência dos próprios
Tribunais Regionais Eleitorais.
_________________________________________________________
22. Caberá o mandado de segurança, dentre outras hipóteses,
contra
(A)) sentença que não tenha recurso próprio processual,
ou se previsto recurso, não seja ele apto a impedir
os efeitos lesivos de maneira pronta, por falta do seu
efeito suspensivo.
(B) ordem de qualquer servidor quando houver recurso
administrativo com efeito suspensivo, independentemente
de caução.
(C) decisão judicial interlocutória para a qual haja recurso
processual eficaz.
(D) despacho judicial, ainda que previsto recurso processual,
ou possa ser corrigido prontamente por via
de correição.
(E) ato disciplinar, ainda que amparado por habeascorpus
ou habeas-data.
_________________________________________________________
23. Segundo a Constituição Federal, a Administração Pública
direta e indireta de qualquer dos poderes da União, dos
Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, deverá
observar, além de outros princípios, o seguinte:
(A) a administração fazendária e seus servidores fiscais,
não poderão ainda que dentro de suas áreas de
competência e jurisdição, exercer precedência sobre
os demais setores administrativos.
(B) independe de autorização legislativa, a criação de
subsidiárias de autarquias e fundações, salvo quando
tiverem participação em empresas públicas transnacionais.
(C) os acréscimos pecuniários percebidos por servidor
público serão computados ou acumulados para fim
de concessão de acréscimos ulteriores.
(D)) somente por lei específica poderá ser criada autarquia
e autorizada a instituição de empresa pública,
de sociedade de economia mista e de fundação,
cabendo à lei complementar, neste último caso,
definir as áreas de sua atuação.
(E) a proibição de acumulação remunerada de cargos
públicos, ainda quando houver compatibilidade de
horários e nos casos legais, não abrange empregos
e funções de autarquias, empresas públicas e sociedade
de economia mista.
24. Considere as assertivas abaixo.
I. Se, decorridos trinta dias da data fixada para o
início do exercício, o Presidente, salvo por motivo
de força maior, não tiver assumido o cargo, este
será declarado vago.
II. Vagando o cargo de Presidente da República, farse-
á eleição sessenta dias depois de aberta a
última vaga.
III. Em caso de impedimento do Presidente e do Vice-
Presidente, ou vacância dos respectivos cargos,
serão chamados ao exercício da Presidência, sucessivamente,
o Presidente da Câmara dos Deputados,
o do Senado Federal e o do Supremo Tribunal
Federal.
IV. Ocorrendo a vacância dos cargos de Presidente e
Vice-Presidente da República nos últimos dois anos
do período presidencial, a eleição para ambos os
cargos será feita trinta dias depois da última vaga,
pelo Congresso Nacional, na forma da lei e os eleitos
deverão completar o período de seus antecessores.
Está correto o que se afirma APENAS em
(A) I e II.
(B) I e III.
(C) II e III.
(D) II e IV.
(E)) III e IV.
_________________________________________________________
25. Também fazem parte da composição dos Tribunais Regionais
Eleitorais:
(A) dois juízes, dentre os desembargadores do Tribunal
de Justiça, indicados em lista sêxtupla e nomeados
pelo Presidente da República.
(B)) dois juízes, escolhidos pelo Tribunal de Justiça, mediante
eleição e pelo voto secreto, dentre Juízes de
Direito.
(C) dois juízes, dentre seis advogados de notável saber
jurídico e idoneidade moral, escolhidos, mediante
eleição, pela Ordem dos Advogados do Brasil.
(D) um juiz do Tribunal Regional Federal com sede na
capital do Estado, nomeado por livre escolha do Presidente
da República.
(E) um juiz do Superior Tribunal de Justiça, escolhido,
mediante eleição e pelo voto secreto, pelo Supremo
Tribunal Federal.
_________________________________________________________
26. Dentre outras atribuições, compete ao Superior Tribunal
Eleitoral
(A) processar e julgar originariamente o registro e o cancelamento
de registro de candidatos a Governador e
Vice-Governador dos Estados.
(B) julgar os recursos interpostos dos atos e das decisões
proferidas pelos Juízes e Juntas Eleitorais.
(C) elaborar o Regimento Interno dos Tribunais Regionais
Eleitorais dos Estados da Federação.
(D)) processar e julgar originariamente a suspeição ou
impedimento ao Procurador-Geral Eleitoral.
(E) dividir a Zona em Seções Eleitorais, expedir títulos
eleitorais e conceder transferência de eleitor.

ANALISTA JUDICIÁRIO – AREA JUDICIÁRIA – PARAÍBA – 2007

21. Considere as assertivas relacionadas ao Poder Judiciário.


I. Na apuração de antiguidade, o tribunal somente
poderá recusar o juiz mais antigo pelo voto
fundamentado de dois terços de seus membros,
conforme procedimento próprio, e assegurada
ampla defesa, repetindo-se a votação até fixar-se a
indicação.
II. O acesso aos tribunais de segundo grau far-se-á
apenas por antiguidade, apurada na última ou única
instância.
III. O Supremo Tribunal Federal e os Tribunais
Superiores têm jurisdição em todo o território
nacional.
IV. A distribuição de processos será imediata no
primeiro grau de jurisdição e por cotas na segunda
instância, computada a média da distribuição nos
últimos doze meses.
V. O número de juízes na unidade jurisdicional será
proporcional à efetiva demanda judicial.
É correto o que consta APENAS em
(A) II e V.
(B) III e IV.
(C) I, II e IV
(D) I, III e V.
(E) II, IV e V.
_________________________________________________________
22. Nos termos da Constituição Federal, tem legitimidade
ativa para a propositura de ação direta de
inconstitucionalidade e a ação declaratória de
constitucionalidade, dentre outros,
(A) o Conselho Seccional da OAB, autorizado pelo
Conselho Estadual.
(B) a Mesa da Câmara Legislativa do Distrito Federal.
(C) a confederação sindical ou a entidade de classe de
âmbito estadual, instituída há mais de dois anos.
(D) o Presidente do Congresso Nacional.
(E) o Advogado-Geral da União.
_________________________________________________________
23. Em tema de controle de constitucionalidade, a chamada
supremacia formal é atributo das Constituições
classificadas como
(A) analíticas.
(B) sintéticas.
(C) dogmáticas.
(D) históricas.
(E) rígidas.

24. Na estrutura federativa brasileira, tocantemente aos


Poderes Legislativo e Executivo,
(A) se decorridos dez dias da data fixada para a posse o
Presidente ou o Vice-Presidente, salvo motivo de
força maior, não tiver assumido o cargo, este será
declarado vago.
(B) os Deputados e Senadores não poderão, desde a
expedição do diploma, ser diretores de empresa que
gozem de favor decorrente de contrato com pessoa
jurídica de direito público ou nela exercer função
remunerada.
(C) compete privativamente ao Senado Federal eleger e
nomear os membros do Conselho da República e do
Conselho de Política Econômica.
(D) o Presidente da República, nos crimes comuns e de
responsabilidade, somente será afastado das suas
funções após a sua condenação pelo Senado
Federal.
(E) perderá o mandato o Deputado ou Senador que
deixar de comparecer à quarta parte das sessões
ordinárias e extraordinárias da Casa a que
pertencer.
_________________________________________________________
25. Um funcionário de autarquia federal encontra-se no
exercício de mandato eletivo de Prefeito. Nesse caso,
(A) o seu tempo de serviço será contado para todos os
efeitos legais, inclusive para promoção por
merecimento.
(B) deverá ser exonerado do cargo de origem a partir da
sua posse.
(C) para efeito de benefício previdenciário, se houver
afastamento, os valores serão determinados como
se no exercício estivesse.
(D) será afastado do cargo de origem permanecendo
com a remuneração anterior.
(E) havendo compatibilidade de horários, perceberá as
vantagens de seu cargo sem prejuízo da
remuneração do cargo eletivo.
_________________________________________________________
26. A respeito do Tribunal Superior Eleitoral, é correto afirmar
que
(A) elegerá o Corregedor Eleitoral dentre os Ministros do
Superior Tribunal de Justiça que o compõem.
(B) compor-se-á no mínimo de 6 membros escolhidos
dentre os Ministros do Supremo Tribunal Federal e
do Superior Tribunal de Justiça.
(C) escolherá o seu Presidente e o Vice-Presidente
mediante eleição e pelo voto secreto, dentre
quaisquer de seus integrantes.
(D) compor-se-á de 6 membros, todos escolhidos e
nomeados pelo Presidente da República.
(E) não tem caráter permanente, posto que funciona
somente durante o período eleitoral até o julgamento
do último recurso.

A01 - tipo 1 Folha: 1


001 - C 011 - D 021 - D 031 - A 041 - C 051 - A
002 - D 012 - E 022 - B 032 - C 042 - A 052 - D
003 - A 013 - B 023 - E 033 - B 043 - A 053 - B
004 - E 014 - C 024 - A 034 - E 044 - B 054 - C
005 - B 015 - A 025 - C 035 - D 045 - E 055 - E
006 - D 016 - D 026 - A 036 - B 046 - C 056 - D
007 - B 017 - C 027 - B 037 - E 047 - B 057 - B
008 - E 018 - E 028 - D 038 - C 048 - D 058 - C
009 - C 019 - A 029 - C 039 - A 049 - E 059 - E
010 - A 020 - B 030 - E 040 - D 050 - A 060 – A

ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA – 2007 – SE

21. Pietro nasceu em território alemão, filho de pai italiano e


de mãe brasileira. Mesmo não tendo sido registrado em
repartição brasileira competente no continente europeu
Pietro deseja se candidatar ao cargo de Presidente da
República Federativa do Brasil. A pretensão de Pietro
(A) não tem amparo constitucional, porque ele não nasceu
em território brasileiro e é filho de pai italiano.
(B) tem amparo constitucional, pois é filho de mãe brasileira
e, portanto, brasileiro, independentemente do
local onde nascer, sem qualquer restrição legal.
(C) tem amparo constitucional, desde que ele venha a
residir na República Federativa do Brasil e opte, em
qualquer tempo, pela nacionalidade brasileira.
(D) tem amparo constitucional, desde que passe a residir
no Brasil antes de completar a maioridade e,
alcançada esta, opte em qualquer tempo, pela nacionalidade
brasileira.
(E) não tem amparo constitucional, pois ele não foi registrado
pelos pais em repartição brasileira competente.
_________________________________________________________
22. É uma das condições de elegibilidade, de acordo com a
Constituição Federal Brasileira de 1988, para concorrer
aos cargos de Senador, Deputado Federal, Governador e
Prefeito possuir, respectivamente, a idade mínima de:
(A) 35, 21, 30 e 21 anos.
(B) 35, 35, 21 e 21 anos.
(C) 30, 30, 21 e 18 anos.
(D) 35, 30, 30 e 18 anos.
(E) 30, 21, 30 e 18 anos.
_________________________________________________________
23. Compete privativamente à Câmara dos Deputados
(A) aprovar previamente, por voto secreto, após argüição
em sessão secreta, a escolha dos chefes de
missão diplomática de caráter permanente.
(B) resolver definitivamente sobre tratados, acordos ou
atos internacionais que acarretem encargos ou compromissos
gravosos ao patrimônio nacional.
(C) sustar os atos normativos do Poder Executivo que
exorbitem do poder regulamentar ou dos limites de
delegação legislativa.
(D) autorizar, por dois terços de seus membros, a instauração
de processo contra o Presidente e o Vice-
Presidente da República e os Ministros de Estado.
(E) dispor sobre limites e condições para a concessão
de garantia da União em operações de crédito
externo e interno.
_________________________________________________________
24. Lei que disponha sobre normas gerais para a organização
do Ministério Público dos Estados e do Distrito Federal é
de competência:
(A) dos Estados e Distrito Federal, com iniciativa privativa
do Governador.
(B) da União, com iniciativa privativa do Presidente da
República.
(C) da União, com iniciativa privativa do Senado Federal.
(D) dos Estados e Distrito Federal, com iniciativa exclusiva
dos respectivos Procuradores-Gerais de Justiça.
(E) da União, com iniciativa privativa do Congresso Nacional

25. A respeito do alistamento eleitoral, é correto afirmar que


(A) o local de votação é escolhido pelo juiz, não podendo
o requerente manifestar sua preferência entre
os estabelecidos para a zona eleitoral.
(B) o menor que completar 16 anos até a data do pleito
não poderá alistar-se no ano em que se realizarem
eleições.
(C) o brasileiro naturalizado pode alistar-se até dois
anos depois de adquirida a nacionalidade brasileira.
(D) a prova da nacionalidade brasileira só pode ser feita
por certidão de nascimento ou casamento, extraída
do Registro Civil.
(E) a apresentação de certificado de quitação do serviço
militar é obrigatória para maiores de 18 anos, do
sexo masculino.
_________________________________________________________
26. Os Tribunais Regionais Eleitorais dentre outras situações,
(A) são compostos por juízes escolhidos pelo Presidente
da República dentre Desembargadores do Tribunal
de Justiça do respectivo Estado e advogados.
(B) não têm caráter permanente e só são compostos por
ocasião de cada eleição.
(C) têm a atribuição de diplomar os Prefeitos Municipais e
Vereadores eleitos dentro dos respectivos Estados.
(D) elegerão seu Presidente e Vice-Presidente dentre os
Desembargadores que o compõem.
(E) têm sede na capital de cada Região da Federação,
podendo existir mais de um para cada Estado e para
o Distrito Federal.
_________________________________________________________
27. É certo que no sistema eleitoral brasileiro,
(A) o sufrágio não é universal, é indireto e o voto só é
obrigatório para Presidente da República.
(B) adotar-se-á o princípio da representação proporcional
para o Senado Federal.
(C) a eleição para a Câmara dos Deputados e Assembléias
Legislativas obedecerá o princípio majoritário.
(D) o eleitor, no caso de comprovado e justificado impedimento,
poderá votar por procuração.
(E) nas eleições presidenciais, a circunscrição será o
País; nas eleições federais e estaduais, o Estado; e
nas municipais, o respectivo Município.

21-C, 22-A, 23-D, 24-B, 25-E, 26-D, 27-E

ANALISTA JUDICIÁRIO – PIAUÍ – ÁREA JUDICIÁRIA – 2009

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
Direito Constitucional
31. A respeito da nacionalidade, considere:
I. Os nascidos na República Federativa do Brasil,
ainda que de pais estrangeiros, que não estejam a
serviço de seu país, são considerados brasileiros
natos.
II. Na forma da Lei, consideram-se brasileiros
naturalizados os originários de países de língua
portuguesa que residirem no Brasil por um ano
ininterrupto e possuírem idoneidade moral.
III. O cargo de Ministro do Supremo Tribunal Federal é
privativo de Brasileiro Nato.
IV. O cargo de Presidente do Tribunal Superior
Eleitoral é privativo de brasileiro nato.
De acordo com a Constituição Federal Brasileira está
correto o que se afirma APENAS em
(A) III e IV.
(B) II e III.
(C) I, II e III.
(D) I, II e IV.
(E) I e III.
_________________________________________________________
32. Segundo a Constituição Federal Brasileira, é condição de
elegibilidade, na forma da lei, a idade mínima de
(A) dezoito anos para Vereador.
(B) vinte e um anos para Vereador.
(C) trinta e cinco anos para Governador.
(D) trinta anos para Senador.
(E) trinta anos para Prefeito.
_________________________________________________________
33. Compete ao Supremo Tribunal Federal processar e julgar,
originariamente,
(A) nos crimes de responsabilidade, os membros do
Ministério Público da União.
(B) nos crimes comuns, os Governadores dos Estados e
do Distrito Federal.
(C) nos crimes de responsabilidade, os Desembargadores
dos Tribunais Regionais Federais.
(D) nos crimes de responsabilidade, os Desembargadores
dos Tribunais Regionais Eleitorais.
(E) nas infrações penais comuns, os membros do
Tribunal de Contas da União.
_________________________________________________________
34. O Tribunal Superior Eleitoral compor-se-á, no mínimo, de
sete membros, escolhidos mediante eleição, pelo voto
secreto, sendo,
(A) dois juízes dentre os membros dos Tribunais
Regionais Eleitorais.
(B) dois juízes dentre os Ministros do Superior Tribunal
de Justiça.
(C) três juízes dentre os membros do Ministério Público
Federal.
(D) três juízes dentre os membros dos Tribunais
Regionais Eleitorais.
(E) quatro juízes dentre os Ministros do Supremo
Tribunal Federal.

35. É da competência exclusiva do Congresso Nacional


(A) suspender a execução, no todo ou em parte, de lei
declarada inconstitucional por decisão definitiva do
Supremo Tribunal Federal.
(B) autorizar, por dois terços de seus membros, a
instauração de processo contra o Presidente e o
Vice-Presidente da República e os Ministros de
Estado.
(C) fixar, por proposta do Presidente da República,
limites globais para o montante da dívida consolidada
da União, dos Estados, do Distrito Federal e
dos Municípios.
(D) sustar os atos normativos do Poder Executivo que
exorbitem do poder regulamentar ou dos limites de
delegação legislativa.
(E) dispor sobre limites e condições para a concessão
de garantia da União em operações de crédito
externo e interno.

031 - C
032 - A
033 - E
034 - B
035 – D

TRE-AM-2009-ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
Direito Constitucional
21. Com relação aos princípios interpretativos das normas
constitucionais, aquele segundo o qual a interpretação
deve ser realizada de maneira a evitar contradições entre
suas normas é denominado de
(A) conformidade funcional.
(B) máxima efetividade.
(C) unidade da constituição.
(D) harmonização.
(E) força normativa da constituição.
_________________________________________________________
22. No que diz respeito ao controle repressivo em relação ao
órgão controlador, a ocorrência em Estados onde o órgão
que garante a supremacia da Constituição sobre o ordenamento
jurídico é distinto dos demais Poderes do Estado
caracteriza espécie de controle
(A) indeterminado.
(B) jurídico.
(C) judiciário.
(D) misto.
(E) político.
_________________________________________________________
23. A administração pública direta e indireta de qualquer dos
Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade,
moralidade, publicidade e eficiência, sendo
INCORRETO afirmar que
(A) durante o prazo improrrogável previsto no edital de
convocação, aquele aprovado em concurso público
de provas ou de provas e títulos, será convocado
concorrendo em igualdade de condições com novos
concursados para assumir cargo ou emprego, na
carreira.
(B) as funções de confiança, exercidas exclusivamente
por servidores ocupantes de cargo efetivo, e os cargos
em comissão, a serem preenchidos por servidores
de carreira nos casos, condições e percentuais
mínimos previstos em lei, destinam-se apenas às
atribuições de direção, chefia e assessoramento.
(C) é vedada a vinculação ou equiparação de quaisquer
espécies remuneratórias para o efeito de remuneração
de pessoal do serviço público.
(D) os acréscimos pecuniários percebidos por servidor
público não serão computados nem acumulados
para fins de concessão de acréscimos ulteriores.
(E) a administração fazendária e seus servidores fiscais
terão, dentro de suas áreas de competência e jurisdição,
precedência sobre os demais setores administrativos,
na forma da lei.
_________________________________________________________
24. Sobre o Congresso Nacional, é correto afirmar que
(A) a convocação extraordinária do Congresso Nacional
far-se-á pelo Presidente da República em caso de
intervenção federal com a aprovação de um terço do
Senado Federal.
(B) a Câmara dos Deputados reunir-se-á em sessão única
no primeiro dia do primeiro ano da legislatura,
para a posse de seus membros e mandatos de
quatro anos.
(C) a Mesa do Congresso Nacional será presidida pelo
Presidente da Câmara dos Deputados.
(D) a sessão legislativa não será interrompida sem a
aprovação do projeto de lei de diretrizes orçamentárias.
(E) havendo leis complementares em vigor na data de
convocação extraordinária, serão elas automaticamente
incluídas na pauta da convocação.

25. O Conselho da República é órgão superior de consulta do


Presidente da República, e dele participam
(A) três cidadãos brasileiros natos, com no mínimo trinta
anos de idade, sendo dois nomeados pelo Presidente
da República.
(B) cinco cidadãos brasileiros natos, com no mínimo
trinta anos de idade, sendo dois eleitos pela Câmara
dos Deputados.
(C) seis cidadãos brasileiros natos, com mais de trinta e
cinco anos de idade, sendo dois nomeados pelo
Presidente da República.
(D) sete cidadãos brasileiros natos, com mais de trinta e
cinco anos de idade, sendo três eleitos pelo Senado
Federal.
(E) oito cidadãos brasileiros natos, com mais de quarenta
anos de idade, sendo três eleitos pelo Senado
Federal.
_________________________________________________________
26. No tocante ao Supremo Tribunal Federal, é correto afirmar
que lhe compete processar e julgar, originariamente:
(A) as causas decididas em única ou última instância,
quando a decisão recorrida julgar válida lei ou ato de
governo local contestado em face da Constituição.
(B) o habeas corpus, o mandado de segurança, o
habeas data e o mandado de injunção decididos em
única instância pelos Tribunais Superiores, se denegatória
a decisão.
(C) as causas decididas em única ou última instância,
quando a decisão recorrida contrariar dispositivo da
Constituição Federal.
(D) as causas decididas em única ou última instância,
quando a decisão recorrida declarar a inconstitucionalidade
de tratado ou lei federal.
(E) a ação em que todos os membros da magistratura
sejam direta ou indiretamente interessados, e aquela
em que mais da metade dos membros do tribunal de
origem estejam impedidos ou sejam direta ou indiretamente
interessados.

021 - C
022 - E
023 - A
024 - D
025 - C
026 – E

TRE- SP – 2006 – ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
DIREITO CONSTITUCIONAL
21. As comissões próprias do Poder Legislativo com atribuições,
dentre outras, de realizar audiências públicas
com entidades da sociedade civil; e as comissões instituídas
durante o recesso parlamentar, eleitas pelas Casas
do Congresso Nacional na última sessão ordinária do
período legislativo, com atribuições definidas no regimento
comum, dizem respeito, respectivamente, à Comissão
(A) especial e mista.
(B)) permanente e representativa.
(C) mista e parlamentar de inquérito.
(D) parlamentar de inquérito e permanente.
(E) representativa e especial.
_________________________________________________________
22. Em matéria de direitos individuais e coletivos, é correto
afirmar:
(A) O direito de petição aos Poderes Públicos em defesa
de direitos depende do pagamento de taxa específica
mínima.
(B) O Estado indenizará o condenado por erro judiciário,
mas não o que ficar preso além do tempo fixado na
sentença.
(C) Também são gratuitos, em qualquer situação, para
os reconhecidamente pobres, o registro de imóvel e
a certidão de casamento.
(D)) São gratuitas as ações de habeas corpus e habeas
data, e, na forma da lei, os atos necessários ao
exercício da cidadania.
(E) É assegurada proteção à reprodução da imagem,
mas não a referente à voz humana nas atividades
desportivas.
_________________________________________________________
23. No que diz respeito ao controle da constitucionalidade das
leis, considere as assertivas abaixo:
I. A ação direta de inconstitucionalidade compreende
quatro modalidades: a genérica, a específica, a
supridora de omissão e a inominada.
II. À vista da Constituição Federal vigente, temos a
inconstitucionalidade por ação ou por omissão, e o
controle de constitucionalidade é o jurisdicional
combinando os critérios difuso e concentrado.
III. A sentença que decide a inconstitucionalidade na
via de exceção tem natureza condenatória e tem
eficácia erga omnes.
IV. A sentença que reconhece a inconstitucionalidade
por omissão é declaratória quanto a esse reconhecimento,
mas não é meramente declaratória porque
dela decorre um efeito ulterior de natureza mandamental.
Nesses casos, está correto o que consta APENAS em
(A) II, III e IV.
(B) I e III.
(C) I e IV.
(D) I, II e III.
(E)) II e IV.

24. Tendo em vista o Poder Executivo, é INCORRETO


afirmar serem atribuições, entre outras, dos Ministros de
Estado,
(A) expedir instruções para a execução das leis, decretos
e regulamentos.
(B) praticar os atos pertinentes às atribuições que lhes
forem outorgadas pelo Presidente da República.
(C)) adotar medidas provisórias, com força de lei, por
delegação do Presidente da República.
(D) referendar atos e decretos assinados pelo Presidente
da República.
(E) atender aos pedidos escritos de informação, feitos
pelas Mesas da Câmara dos Deputados ou Senado
Federal.
_________________________________________________________
25. No que se refere ao Tribunal Superior Eleitoral, é certo que
(A)) poderá propor ao Poder Legislativo respectivo, observado
os limites orçamentários, a alteração do número
de membros dos Tribunais Regionais Eleitorais.
(B) não poderá propor ao Poder Legislativo competente a
alteração da organização e da divisão judiciárias, por
serem privativas dos Tribunais Regionais Eleitorais.
(C) suas decisões, em matéria eleitoral, são irrecorríveis,
salvo as concessivas de habeas corpus ou
mandado de segurança, devendo ser revistas pelo
Superior Tribunal de Justiça.
(D) suas decisões são sempre recorríveis, tendo em
vista o princípio do duplo grau de jurisdição e sua
atuação no processo eleitoral democrático.
(E) elegerá seu Presidente, Vice-Presidente e o Corregedor-
Geral dentre os Ministros do Supremo Tribunal
Federal.
_________________________________________________________
26. É correto afirmar que, em sede de mandado de segurança,
(A) a autoridade coatora pode ser, dentre outras, os executantes
de funções delegadas, mas excluídos os de
atividades sujeitas à autorização do Poder Público.
(B) o mandado de segurança é dirigido contra ato ou poder
vinculado, mas não quando tratar-se de discricionário.
(C)) o Supremo Tribunal Federal não é competente para
conhecer mandado de segurança contra ato dos
Tribunais de Justiça dos Estados.
(D) a existência de recurso administrativo com efeito
suspensivo impede o uso do mandado de segurança
contra omissão de autoridade.
(E) há direito líquido e certo, quando se escuda em lei
cujos efeitos foram anulados por outra, declarada
constitucional pelo Supremo Tribunal Federal.

21-B
22-D
23-E
24-C
25-A
26-C

TRE- ALAGOAS- 2010 – ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA

Direito Constitucional
21. Compete à União, aos Estados e ao Distrito Federal
legislar concorrentemente sobre
(A) procedimentos em matéria processual.
(B) desapropriação.
(C) serviço postal.
(D) trânsito.
(E) transporte.
_________________________________________________________
22. É INCORRETO afirmar que entre os bens dos Estados
incluem-se
(A) as terras devolutas não compreendidas entre as da
União.
(B) as águas superficiais ou subterrâneas, fluentes,
emergentes e em depósito, ressalvadas, neste caso,
na forma da lei, as decorrentes de obras da União.
(C) as áreas, nas ilhas oceânicas e costeiras, que estiverem
no seu domínio, excluídas aquelas sob
domínio da União, Municípios ou terceiros.
(D) as ilhas fluviais e lacustres não pertencentes à União.
(E) o mar territorial e os potenciais de energia hidráulica.
_________________________________________________________
23. Os Deputados e os Senadores NÃO poderão, desde a
expedição do diploma:
(A) ser diretores de empresa que goze de favor decorrente
de contrato com pessoa jurídica de direito
público.
(B) ser proprietários de empresa que goze de favor
decorrente de contrato com pessoa jurídica de
direito público, ou nela exercer função remunerada.
(C) firmar ou manter contrato com pessoa jurídica de
direito público, salvo quando o contrato obedecer a
cláusulas uniformes.
(D) patrocinar causa em que seja interessada pessoa
jurídica de direito público.
(E) ser titulares de mais de um cargo ou mandato público
eletivo.
_________________________________________________________
24. É correto afirmar que as comissões parlamentares de
inquérito possuem, dentre outros, poderes de
(A) inaugurar a sessão legislativa.
(B) investigação próprios das autoridades judiciais.
(C) regular a criação de serviços comuns da Câmara
dos Deputados.
(D) elaborar o regimento comum do Senado Federal.
(E) conhecer do veto e sobre ele deliberar.
_________________________________________________________
25. É princípio institucional do Ministério Público, dentre
outros, a
(A) autodeterminação dos povos.
(B) divisibilidade.
(C) dependência funcional.
(D) unidade.
(E) concessão de asilo político.

26. No tocante à Política Agrícola e Fundiária e à Reforma


Agrária é INCORRETO afirmar que:
(A) A política agrícola será planejada e executada levando
em conta apenas os instrumentos creditícios
e fiscais, os preços compatíveis com os custos de
produção e a garantia de comercialização.
(B) São insuscetíveis de desapropriação para fins de
reforma agrária a pequena e média propriedade rural,
assim definida em lei, desde que seu proprietário
não possua outra e a propriedade produtiva.
(C) A função social é cumprida quando a propriedade
rural atende, simultaneamente, segundo critérios e
graus de exigência estabelecidos em lei, os requisitos,
além de outros previstos na Constituição
Federal, de aproveitamento racional e adequado.
(D) A função social é cumprida quando a propriedade
rural atende, simultaneamente, segundo critérios e
graus de exigência estabelecidos em lei, os requisitos,
além de outros previstos na Constituição Federal,
de utilização adequada dos recursos naturais
disponíveis e preservação do meio ambiente.
(E) A política agrícola será planejada e executada na
forma da lei, com a participação efetiva do setor de
produção, envolvendo produtores e trabalhadores
rurais, bem como dos setores de comercialização,
de armazenamento e de transportes.

021 - A
022 - E
023 - C
024 - B
025 - D
026 – A

TRE-RS-2003-CESPE

O constitucionalismo não é uma criação da cabeça de


poucos, mas uma construção histórica e também uma conquista
da humanidade. No dizer de Niklas Luhmann, ele é uma
aquisição evolutiva da civilização. Por isso, é impossível alguém
ter uma visão plena do fenômeno constitucional quando se apega
apenas ao modelo semântico. Além disso, não se pode dizer que
as constituições são folhas de papel, uma vez que uma teoria
constitucional, com suas várias correntes, voltou-se para a
concretização da Constituição.
De acordo com o texto acima e considerando o conceito, o objeto
e a classificação de Constituição, julgue os itens que se seguem.
51) No sentido etimológico, constituição se traduz em modo de
ser das coisas, essência ou qualidade distintiva das coisas,
não guardando relação com o conteúdo do texto.
52) Se a Constituição é um dos epifenômenos do
constitucionalismo, é incorreto dizer que mesmo as
constituições costumeiras podem ser rígidas.
53) O constitucionalismo, como doutrina clássica, buscou reduzir
a Constituição a instrumento jurídico, organizador da
competência dos poderes, com finalidade expressa de frear o
exercício de poder.
54) A teoria formal da Constituição inovou no sentido de romper
com o modelo semântico e abordar, já na metade do século
XX, a questão das normas programáticas e da concretização
constitucional.
55) O constitucionalismo contemporâneo, com viés
concretizador, absorveu a noção de sistema de outras
ciências, mas concebe Constituição como sistema aberto no
ambiente social.

Considerando o disposto a respeito de poder constituinte e


reforma da Constituição no Estado democrático de direito, julgue
os itens abaixo.
56) Enquanto o poder constituinte obriga a nação à subjetividade
da soberania, perfazendo-se em poder extrajurídico
e político, o poder constituído é limitado tácita e
expressamente pela Constituição, tendo natureza jurídica.
57) A teoria do poder constituinte tem relação com a doutrina da
soberania popular, sendo as doutrinas francesas e americanas
as versões que mais influenciaram os avanços nessa área.
58) No ambiente do Estado democrático de direito, o poder
constituinte pode vir a se tornar um confisco ou uma
usurpação da soberania, como também um mediador de
valores atento ao pluralismo ideológico.
59) Enquanto a crise constituinte afeta o regime estabelecido,
o corpo institucional e o sistema de governo, a crise de uma
Constituição não afeta a titularidade do poder constituinte,
podendo ser resolvida mediante reforma.
60) O poder de reforma constitucional é exercido pelo poder
constituinte derivado, com limites expressos e implícitos,
formalmente postos na Constituição, conferindo-lhe
estabilidade.
A interpretação da Constituição foi o grande fator de
controvérsia durante o século XX e responsável por boa parte dos
dissídios entre os teóricos constitucionais. De um lado, tinha-se
a teoria formal da Constituição, reduzindo-lhe a uma ordem
jurídica hierarquizada em um escalonamento de normas; de outro,
a teoria material da Constituição, partidária da idéia de uma
Constituição construída em bases históricas e políticas.
Considerando o texto acima, a hermenêutica constitucional,
a interpretação das normas constitucionais e os princípios
fundamentais, julgue os itens subseqüentes.
61) A teoria material da Constituição buscava a preservação da
juridicidade do texto constitucional, compreendendo o
Estado como única fonte de direito.
62) Uma hermenêutica jurídica orientada pelo formalismo
implica uma confusão entre legitimidade e legalidade, bem
como uma compreensão da mutação constitucional
estritamente ligada ao espaço de aplicação ou criação do
direito.
63) O problema das lacunas jurídicas tem despertado interesse na
teoria constitucional contemporânea em virtude da sua
ligação com a aplicabilidade das normas e a hermenêutica
dos princípios fundamentais, sendo a juridicidade dos
princípios um de seus maiores aparatos.

No que diz respeito aos direitos e às garantias fundamentais,


julgue os seguintes itens.
64) Sabendo que a Lei n.º 9.455/1997 tipifica como tortura
submeter alguém sob sua guarda, poder ou autoridade, a
violência ou grave ameaça a fim de obter informação,
declaração ou confissão, considere a seguinte situação
hipotética.
Em determinada delegacia, a advogada de uma mulher
argumentou que o marido desta a forçara, sob tortura, a
confessar algo que ela não teria feito. O caso foi levado
ao Ministério Público, cujo entendimento foi o de que
não se tratava de tortura, mas de outro crime, uma vez
que não se pode dizer que a mulher está submetida a
guarda, poder ou autoridade do marido, sob pena de
descumprimento de direito fundamental.
Nessa situação, foi acertada a interpretação do Ministério
Público.

65) Considere a seguinte situação hipotética.


Em uma cidade do interior de São Paulo, um grupo do
movimento anarquista foi impedido de se encontrar na
praça municipal, diante das ordens de um guarda da
localidade. Um dos componentes do grupo, formado em
direito, impetrou um habeas corpus.
Nessa situação, o instrumento mais adequado seria o
mandado de segurança, dada a natureza do direito ofendido.
Considerando os direitos políticos insertos na Constituição
Federal (CF) vigente, julgue os itens a seguir.
66) O modo de se adquirir direitos políticos efetiva-se por meio
do alistamento — procedimento administrativo instaurado
perante os órgãos da justiça eleitoral que objetiva verificar o
cumprimento de requisitos constitucionais e legais do eleitor.
67) Os chamados direitos políticos negativos, previstos
constitucionalmente, dizem respeito ao acesso do cidadão à
participação nos órgãos governamentais, enquanto os direitos
políticos positivos permitem o impedimento de candidaturas.
68) Os partidos políticos, após adquirirem personalidade jurídica,
de acordo com os requisitos legais, devem registrar seus
estatutos no TSE, podendo ter direito a recursos do fundo
partidário, devendo, entretanto, pagar parte do acesso ao
rádio e à televisão.
69) A inelegibilidade absoluta é excepcional e só é passível de
ser estabelecida pela própria Constituição de forma taxativa;
já a inelegibilidade relativa implica restrições a certos pleitos
eleitorais e determinados mandatos.
70) Considere a seguinte situação hipotética.
Uma determinada cidade foi desmembrada de outra.
O prefeito do município-mãe, tendo renunciado seis
meses antes do pleito eleitoral, candidatou-se a prefeito
do município desmembrado.
Nessa situação, apesar da renúncia, o ex-prefeito é inelegível.

51 52 53 54 55 56 57 58 59 60

ECECCCECC

61 62 63 64 65 66 67 68 69 70
ECCCCCEECE