Você está na página 1de 22

A Importância do

Planejamento na
Gestão do SUS;

c
Planejar é muito mais do que uma
atividade burocrática, pois...

 


       

 

    




i
A Importância do Planejamento na Gestão do SUS

‡ P  


‡ Q  
‡ C 
4 0 planejamento está ³voltando à moda´, depois de mais de
uma década de predomínio do ideologismo neoliberal
£ 



  
£ 
 
 

 
  
£   


  



 
‡ formação dos dirigentes,
‡ introdução de métodos e técnicas de gestão (planejamento)
‡ alternativas de organização (macro e micro)

3
A importância do planejamento

Na área de saúde os anos de ³sombra´ foram


cenário de:

‡ A
 
       
‡ D !     
     " 
‡ A" #
  $

  %!

   
&
'      

 
 ()(
‡ D      
 

   
  
$ " 
 "
    
 (&
C 
‡ P 
 
   
 "     $ # 
 

 ()(

‰
0 planejamento é importante?

  
  
&
'   


  


     
 
 ' !    
  
  
      

    
  '    

*

  + ,    A  ,   
 

        


-
   
   

  ' 



 . /P' i001
2123

ü
Por que revalorizar o planejamento no
contexto atual de construção do SUS?

£      !   



     

 ()(
£
 
 
$
 
#

 
£   


 
   #

  
   #

 

Pactos pela Saúde


pela Vida, em Defesa do SUS e de Gestão
1
Síntese:
Usos do Planejamento na Gestão do SUS

£ P     





#
£ P     
 
£ P     





  4 &

£ P       
  
  
 ()(
£ P      
 '
 

  





2
Instrumentos de Planejamento
do SUS
Plano de Saúde
 P 
(&
 
  

  # '

 '

  '


 
 
D    ! 
 #  
 - 
 &
 
 '

# 
 
()(
C 
 
    

    &


 #
'  


 
 
'
Programação Anual
A Programação Anual de Saúde é o instrumento
que operacionaliza as intenções expressas no
Plano de Saúde;

A Programação Anual de Saúde reúne todas as


iniciativas a serem implementadas pela
respectiva esfera de gestão em determinado ano;

Detalhadas as ações,as metas e os recursos


financeiros que operacionalizam o respectivo
Plano, assim como apresentados os indicadores
para a avaliação (a partir dos objetivos, das
diretrizes e das metas do Plano de Saúde).
]
ºelatório de Gestão
4 Devem avaliar o cumprimento dos
objetivos e das metas explicitadas no
Quadro de Metas, bem como da
aplicação dos recursos em cada esfera
de governo em cada exercício anual;

4 Deve ser submetido ao Conselho de


Saúde;

4 Traduz o resultado de uma


administração por determinado período
de tempo e se refere ao
desenvolvimento da programação
estabelecida previamente. c0
Instrumentos Legais de
Planejamento
Planos Plurianuais - PPA
A Lei do Plano Plurianual está prevista no artigo
165 da CF e é editada a cada quatro anos.

Determina as diretrizes, os objetivos e as metas


da administração pública para um período de
quatro anos, que se inicia no segundo ano do
mandato do governante e encerra-se no primeiro
ano de mandato de governo seguinte. Deve ser
encaminhado para aprovação do Poder
Legislativo até 31 de agosto do 1º ano.
cc
0    
wUm plano de médio prazo (4 anos);

wUm instrumento legal de planejamento;

wA organização das ações do governo;

wA forma de comunicar as prioridades e os


resultados esperados da gestão;

wCompromisso entre o governo e a


sociedade sobre as ações e resultados. ci
Lei de Diretrizes 0rçamentárias
Lei periódica anual prevista no artigo 165 da CF;
representa a ligação entre o PPA e a L0A.

A LD0 estabelece de forma antecipada as


diretrizes e as prioridades de gastos que devem
orientar a elaboração da Lei 0rçamentária Anual
(L0A) do ano seguinte.

As diretrizes estabelecidas na LD0


correspondem a uma parte do que foi definido
para o PPA, restrita a um ano específica.

A elaboração do projeto da LD0 é de


competência do Poder Executivo, que deve
encaminhá-lo para o Poder Legislativo para
aprovação, observados os prazos.
c3
Lei 0rçamentária Anual
Lei periódica, anual, de cunho administrativo e de
efeitos concretos, prevista no artigo 165 da CF;

Contém a discriminação da receita e despesa, de forma


a evidenciar a política econômico-financeira e o
programa de trabalho do governo, obedecidos os
princípios de unidade, universalidade e anualidade;

Sumário geral de receita por fontes e da despesa por


funções do governo;

quadro demonstrativo da receita e despesa segundo as


categorias econômicas;

Quadro discriminativo da receita por fontes;

Quadro da dotações por órgãos do governo e da


administração. c‰
A NECESSIDADE DE INTEGºAº 0S INSTºUMENT0S
DE PLANEJAMENT0 D0 SUS E 0S LEGAIS

Plano de Saúde PLAN0 PLUºIANUAL

Programação da Lei
0rçamentária
Saúde Anual

ºelatório Anual de
Balanço
Gestão - ºAG


Planejamento e Controle Social:
algumas discussões

c1
3   -      !  
   !"  
P  
()(P

(&
'PA
   

5  

!3   - 
 &
   
"  
 6
 
(&

(  

 6
 

(&
'-"  

 
 P7  i‰'üi00]

3   - 
 &

      
     - ' 
P
 '
   
  &! 4
 
 8  P

8   
c2
a)0s conselheiros precisam se qualificar
sobre os instrumentos básicos de
Planejamento do SUS: Plano de Saúde,
Programação Anual de ºelatórios de
Gestão;

b)0s conselhos de saúde precisam ter


como pauta prioritária a implementação
dos Fundos de Saúde. Sem o
funcionamento apropriado dos Fundos
de Saúde, não há como se fazer o
adequado controle social; Portaria
Ministerial 2485/2009;
c'
c) 0s conselhos de saúde devem estar sempre
atentos para os prazos em relação ao
encaminhamento, pelo Poder Executivo, das
leis do orçamento público e à tramitação e
votação dessas Leis no Poder Legislativo.

d) A prestação de contas dos recursos da


saúde tem regulamentação própria. Precisam
ser feitas as audiências públicas trimestrais
conforme estabelece o art. 12 da Lei 8689 de
27 de julho de 1993. Também são
necessários os relatórios de gestão anuais a
serem apresentados pelos gestores aos
conselhos de saúde para análise e
deliberação; c]
e) É imprescindível que os conselhos
mantenham funcionando comissões
de planejamento,orçamento e/ou
finanças, com a missão de
acompanhar permanentemente a
evolução dos orçamentos públicos
relativos à saúde.

i0
0BºIGAD0 !!!
> C00ºDENAD0ºIA DE PLANEJAMENT0/SUPF/SES
> Equipe: Lucinéia Soares; Valdik Gomes, Fernando
Kimura, Daniela Correa
‡ E-mail: coplan@ses.mt.gov.br
‡ Telefones: 3613-5363 e 3613-5480
ic
ºEFEº NCIA BIBLI0GºAFICA

‡ P'9 ( P    &


    :
C '5;/ 3

(&
C '<)C:=C,
6:C )>'(P i001' 212,2'i 
‡ 7( P ()(    C
c'
? #'i001
‡ C-6 
()(, A   

D <4(&
CAP, C 

 
A  P
‡ A C - P     

  

 
P -C-

ii