Você está na página 1de 16

O produto turístico e a sua gestão

Armando Luís Vieira

Universidade de Aveiro
O produto turístico:
• produto e produtos turísticos: dos produtos individuais ao
produto territorial do destino e seus sub-produtos
temáticos;
• o destino enquanto sistema complexo de produção;
• especificidades do produto e consumo turístico;
• ciclo de vida do produto, desenvolvimento de novos
produtos e portfólio de produtos.

Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz


Produto = “Qualquer oferta fornecida ao mercado que
suscite atenção, aquisição, uso ou consumo e que possa
satisfazer um desejo ou uma necessidade. Inclui objectos
físicos, serviços, pessoas, lugares, organizações e ideias.”
(Kotler et al.,1999:561)
Produto Turístico:
• “O produto turístico no destino integra todas as atracções,
facilidades e serviços usados ou visitados durante a estadia. Inclui
também tudo o que acontece ao visitante, tudo que este vive
enquanto experiência.” (Doswell, 1997)
• Doswell (1997) distingue entre recursos existentes e
componentes que podem ser duplicados, adicionados ou
modificados
• Baptista (1990) distingue entre “recursos primários” (atracções
principais) e “recursos secundários” (equipamentos, infra-
estruturas e serviços criados para acomodar as necessidades dos
turistas, uma vez identificados recursos primários relevantes)
Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz
• Produto no sentido lato: “pacote de objectos ou processos
que constituem valor para o cliente” (Payne, 1993: 7)

• distinção entre:
Ø “produto destino”, um produto espacial/ territorial,
Ø sub-produtos no destino (alojamento, restauração,
animação, atracções, etc.) e
Ø produtos temáticos (ex: “turismo cultural”, “de
negócios”, “ecoturismo”, etc.),

variando em especificidade, complexidade e


complementaridade, mas proporcionando tipicamente
uma experiência do turista que é vivida de modo
integrada

experiência do turista enquanto valor adquirido


Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz
Middleton (1995: 334) distingue entre:
• The overall tourism product, which comprises a
combination of all the service elements a visitor consumes
from the time he/ she leaves home, to the time of return. This
product is an idea, an expectation, or a mental construct in
the customer’s mind, at the point of sale.
• The specific, mainly commercial products, which are
always components of the overall tourism product, such as
accommodation, transport, attractions, and other facilities
for tourists, such as car rental and ski hire.

Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz


O produto turístico global é assim percebido pelo visitante e
concebido por operadores turísticos e pelas organizações
nacionais, regionais e locais de turismo.
Definição do produto turístico global como “conjunto ou
pacote de componentes tangíveis e intangíveis, baseadas
numa actividade do destino. O pacote é percebido pelo turista
como uma experiência, disponível por um preço.” (Middleton,
1988, 1995)
Componentes do produto turístico global (Middleton,
1995):
1. Atracções do destino - motivação primária para visitar o
destino
2. “Facilities” (equipamentos e infra-estruturas de apoio)
3. Acessibilidade
4. Imagem
5. Preço Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz
O modelo de Gunn do sistema de
oferta turística

ATRACÇÕES

SERVIÇOS TRANSPORTE

PROMOÇÃO INFORMAÇÃO

Fonte: adaptado de Gunn, 1993: 41

Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz


DESTINATION INTERMEDIARIES MARKET
demand (dream of)
TOURISTS
PRIMARY
RESOURCES
(nature, culture, demand (need) sell
climate)
sell
TOUR
sell
OPERATORS
sell
sell
SECONDARY combine
RESOURCES TRAVEL
AGENTS
(accommodation,
restaurants, facilities)

TRANSPORTATION
( towards destination)

Fig 3. A Model of the Tourism Industry in the context of the Tourism System
Note: Red lines- commercial relationships
Variables marked in red – components of the tourism industry
Black lines: combination of tourism products
Green lines- expectations
Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz
Produto-destino: suporte geográfico de actividades e
simultaneamente um produto complexo, incluindo um
conjunto de actividades, produtos e infra-estruturas que
servem as seguintes funções: residencial, económica, social,
cultural e de lazer e turismo

• venda “múltipla” do mesmo espaço a grupos diferentes por


motivos diferentes, resultando por vezes em conflitos
• difícil de identificar o produtor e o promotor
(fragmentação)
(adaptado e desenvolvido de Ashworth & Voogd, 1993)

Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz


Especificidade do produto e consumo turístico

■ “produto-destino”
= produto global que proporciona uma experiência
complexa, baseado em:
– recursos oferecidos pela “indústria turística”,
– em outros produtos e serviços locais e
– em recursos não-comercializáveis (“bens livres”), mas
fundamentais; evidência empírica comprova a importância da
interacção humana, do clima, do meio ambiente e da cultura;

■ turismocomo sistema que integra: turista, componentes geográficas


(áreas de origem, de trânsito, de destino), indústria turística e
ambiente externo (Leiper, 1979) -> produto turístico integral

Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz


O modelo de Leiper do sistema turístico
Physical and cultural

Economic, political, technologial

Social Environment

Tourist Transit Tourist


generating destination
regions Routes regions

Fonte: adaptado de Leiper, 1979:

Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz


Especificidade do produto e consumo turístico

■ rede
de serviços no destino, activada pelo próprio turista (Gnoth,
2003; Jaeger e Bieger, 2003);
■ característicasdos serviços (intangível, inseparável, variável,
perecível) (Kotler et al., 1999);
■ produto/consumo, caracterizado pela “globalização” na medida em
que destinos se dirigem a “necessidades aparentemente
universais” e são comercializados a um nível global -> exportação
(Woehler, 1997, citando Lanfant et al.,1995)

Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz


Vendas e Proveitos ao longo do Ciclo de
Vida do Produto

(fonte: Kotler et al.,1999: 627)


Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz
Rejuvenescimento

Estagnação
Consolidação
Número de turistas

Desenvolvimento

Declínio

Envolvimento

Exploração

Tempo
Modelo do ciclo de evolução de uma área destino
Fonte: adaptado de Butler (1980)

Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz


Desenvolvimento de Novos Produtos em Turismo
• Actividades desenvolvidas por organizações da área do turismo
com o objectivo de colocar novos serviços no mercado
• Processo sequencial que começa pela geração de ideias e termina
com a comercialização em grande escala
• Novos produtos são aqueles cujo grau de mudança/ diferença, aos
olhos do consumidor (em relação aos produtos existentes),
requerem novas estratégias de marketing
• um dos maiores desafios das organizações turísticas é o
desenvolvimento de ideias para novos produtos e o seu lançamento
com sucesso
• devido às mudanças constantes do meio económico, social e
político, os gestores terão que ser mais eficazes em desenvolver,
planear e comercializar novos bens e serviços
(adaptado de Moutinho, 1995, 359)
Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz
Portfólio de Produtos (sortido/ mix):
“conjunto de todas as linhas de produtos e itens que uma
organização oferece para venda”
Linha de Produtos:
“grupo de produtos relacionados através da sua função,
da sua venda ao mesmo grupo de consumidores, da sua
exposição conjunta ou do seu nível de preço semelhante.”
Largura do portfólio: nº de linhas
Profundidade da Linha: nº itens numa linha
Consistência do portfólio: relacionamento entre várias LPs
em termos de uso/ função, requisitos de produção, canais de
distribuição etc.
(Kotler et al.,1999:588-592)
Acknowledgement: Elisabeth Kastenholz

Você também pode gostar