Você está na página 1de 8

1.

Introdução
O ensino é uma actividade que tem como uma das suas principais características o facto de ter carácter planificado.
Isso faz com que a prática do professor se oriente por uma adequada planificação, englobando os aspectos fulcrais
do plano, tais como, os conteúdos, os objectivos/competências a desenvolver, os meios de ensino-aprendizagem, etc
A Planificação de uma aula é uma previsão do conteúdo e das actividades do professor e dos alunos a serem tratados
em situação real de interacção na sala de aula, visando o alcance de determinados objectivos de instrução e educação. É
a sequência de tudo o que vai ser desenvolvido num determinado tempo lectivo. (MANHIÇA, 2012).
Ainda segundo o mesmo autor, a planificação de aulas tem como objectivos:
Evitar a improvisação e a rotina;
  

Contribuir para o alcance dos objectivos traçados.


Permite a previsão dos objectivos, dos conteúdos e dos métodos, a partir da consideração das exigências postas
pela realidade social, do nível de preparação e das condições sócio-culturais e individuais dos alunos.
Garantir maior segurança na direcção do PEA.
 

Garantir uma boa gestão do tempo e energia.


Na função docente, a planificação de aulas é algo imprescindível dado o seu grau de importância, daí que propôs-se a
realização do presente plano no âmbito dos trabalhos de campo, com objectivo geral elaborar um plano de aula.
Objectivo específico
- Planificar uma aula de Geografia da 12ª. Classe com o tema "estrutura sectorial e profissional da população"
Metodologia
Importa explicitar, que para obtenção dos dados indispensáveis a resolução do trabalho de campo recorreu-se ao seguinte
procedimento metódico (metodologia), pesquisa bibliográfica que consistiu na leitura de manuais de apoio e artigos
científicos que abordam sobre o objeto de estudo.
8
5 Tempo
Introdução Função
e didáctica
Motivação
Coração do TPC Conteúdo
s
Orienta a correcção do Prof
TPC esso A
1. Quais são os principais r c
tipos de pirâmides etárias t
que conhece? i
2. De que depende a v
estrutura etária da i
população? d
a
d
e
s
Faz Alu
a correcção do TPC no
Quadro Meio
Giz de

8
20 Mediação Políticas Oque é para vocês uma estrutura? Responde as perguntas de
e demográfic E, tratando-se da população, como acordo com o seu Quadro Elabora-
Assimila- as: está estruturada? conhecimento Giz ção
ção definição e Quais são os sectores profissionais Presta atenção na Apagado conjunta
categorizaç que conhecem? explicação do professor r
ão Seria possível estruturar esses Cartaz
sectores? com os
tipos de
Sintetizar as ideias, explicar como é nuvens
a estrutura sectorial e profissional da Livro do
população. aluno
Explicar também sobre as categorias página
populacionais. 43.
10 Domínio Exercício Orienta a resolução de exercícios Resolve os exercícios Quadro Trabalho
E s Orienta a correcção dos exercícios indicados Giz independ
Consoli- de Faz a correcção dos Apagado ente
dação consoli- exercícios r
dação
sobre as
nuvens

8
5 Controlo Resumo da Orienta o resumo da aula Faz o resumo da aula Quadro, Trabalho
aula e Marca o TPC Copia o TPC giz e independ
Avaliação marcação do apagador ente
TPC
Quadro Mural
Apontamentos
A estrutura setorial da população é a repartição da população por setores de atividades econômicas. Existem quatro setores:
primário, secundário, terciário e, superior ou quaternário.
O setor primário compreende as atividades ligadas à exploração direta dos recursos naturais, nomeadamente agricultura,
pecuária, caça, pesca, extração Florestal e mineração.
O setor secundário compreende as atividades ligadas à indústria. Exemplo: indústria de construção civil e obras públicas, a
indústria a indústria transformadora, a distribuição de água, gás natural entre outros.
O sector terciário, compreende todas aquelas actividades que não produzem bens materiais nem os , mas que através do seu
trabalho asseguram a manutenção ou existência de tantas outras actividades económicas. Portanto, diz respeito a prestação de
serviços, compreendendo assim o comércio, os transportes e comunicação, a banca, seguros, saúde, educação, turismo entre
outros.
O sector quaternário, engloba os trabalhadores ocupados nos serviços técnicos mais especializados como o investigador, ou
pesquisador, os professores universitários e financeiros.
No ponto de vista profissional, a população de um pais pode ser repartida em duas categorias, a ativa e a inativa.
A população ativa, é toda aquela que exerce uma actividade remunerada, podendo ou não estar empregada
População inativa, corresponde a parcela das pessoas que não exercem actividades económicas remuneradas como as crianças,
os idosos,aposentados e outros.
8
Exercícios
1. Define estrutura social da população.
2. Indique a estrutura social e profissional da população
TPC
l. Define cada categoria da estrutura sectorial e profissional da população e traga exemplos.
2. Qual é a diferença entre o primeiro e o quarto sector?
8
3.Conclusão
Sendo a planificação segundo Libâneo (2006, p. 222), um processo de racionalização, organização e coordenação da acção
docente, articulando a actividade escolar e a problemática do contexto escolar. Há condições a observar durante a planificação,
sendo a primeira as convicções seguras sobre a direcção que queremos dar ao processo educativo na nossa sociedade, ou seja, o
papel destacado pela escola para a formação dos alunos. Os objectivos e as tarefas da escola democrática estão ligados às
necessidades de desenvolvimento cultural do povo, de modo a preparar as crianças e jovens para a vida e para o trabalho.
Os planos e programas oficiais de ensino constituem outro requisito prévio para a planificação. A escola e os professores, porém,
devem ter em conta que estes planos e programas oficiais de ensino são directrizes gerais, são documentos de referência, a partir
dos quais são elaborados planos didácticos específicos. Cabe à escola e aos professores elaborar os seus próprios planos,
seleccionar os conteúdos, os métodos e meios de organização do ensino, em face das particularidades de cada região, de cada
escola, das particularidades e condições de aproveitamento escolar dos alunos, inclusive dos alunos com Necessidades Educativas
Especiais.
O panejamento está presente em quase todas as noções acções, pois, ele norteia a realização das actividades. O mesmo é essencial
em diferentes sectores da vida social, tornando-se imprescindível também na actividade docente
O plano de aula é de fundamental importância para que se atinja êxito no processo de ensino-aprendizagem. A sua ausência pode
ter como consequência, aulas improvisadas, desorganizadas, monótonas, desencadeando o desinteresse dos alunos pelo conteúdo e
tornando as aulas desestimulantes. (CERQUEIRA).
8
4.Referências bibliográficas
1. MANHIÇA, Carlos, TUMBO, Luís, JORGE, Rosalina, Módulo de Psicopedagogia
Formação de Professores do Ensino Primário. Testagem 2012.
2. Instituto de Ensino à Distancia-UNIVERDADE CATÓLICA DE MOÇAMBIQUE. Manual de Licenciatura em
Ensino de Geografia de didática geral, 2020.
3.DE CERQUEIRA, Wangner, Francisco, Importância do plano de aula, Brasil escola.
4.http://ead.mined.gov.mz/manuais/Psicopedagogia/aula4-1.html
5. SILVA, José Julião da. Geografia-12ª classe, plural editores Moçambique. 2014
8
8