Você está na página 1de 201

companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

PREGÃO SABESP RV 04.165/20

PGEENG

Os recursos para a realização desta contratação foram liberados de acordo com a


Requisição de Compra RC SAP nº 10697141

Serviços de Engenharia, para Troca de ramais domiciliares de água, e de serviços comuns de


troca de hidrômetros para os municípios de Pindamonhangaba, Cachoeira Paulista, Campos
do Jordão e Lorena, no Âmbito da Unidade de Negócio do Vale do Paraíba – RV.

MONICA FERREIRA DO AMARAL PORTO


Diretora de Sistemas Regionais - R

DEZEMBRO/2020
PGE PGE_SERVCOM_ENG – Rev.
01/2020

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 1 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

ÍNDICE

INTRODUÇÃO: TEXTO DE PUBLICAÇÃO

CAPÍTULO I: DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO II: CREDENCIAMENTO, PROPOSTA E HABILITAÇÃO

CAPÍTULO III: PROCEDIMENTO E JULGAMENTO

CAPÍTULO IV: MINUTA DO TERMO DE CONTRATO

CAPÍTULO V: MODELOS

CAPÍTULO VI: - TERMO DE REFERÊNCIA/ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS


- REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO
- PLANILHAS DE QUANTITATIVOS E PREÇOS UNITÁRIOS
- CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO
- PROCEDIMENTO SABESP PE RH 0003
- PLANILHA DE PREÇOS

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 2 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

REGULAMENTO SABESP

Este Edital foi elaborado com base no Regulamento Interno de Licitação e Contratação da
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – SABESP, vigente, disponível no site da
SABESP – www.sabesp.com.br.

Desta forma, constitui-se em instrumento que especifica os procedimentos a serem adotados para
o atendimento as normas estabelecidas pela SABESP, no cumprimento dos dispositivos da Lei
Federal n° 13.303, de 30 de junho de 2016.

Relativamente ao certame, o procedimento licitatório adotará a modalidade Pregão, instituída


pela Lei Federal nº 10.520/02, conforme inc. IV do artigo 32 da Lei Federal n° 13.303/16.

O contrato a ser firmado pela SABESP decorrente deste procedimento licitatório regula-se pelas suas
cláusulas, pela Lei Federal n° 13.303, de 30 de junho de 2016 e pelos preceitos do direito privado.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 3 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

TEXTO DE PUBLICAÇÃO
PREGÃO SABESP RV 04.165/20

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – SABESP, comunica a todos os


interessados incluindo empresas e entidades brasileiras e estrangeiras estabelecidas no Brasil,
cooperativas, fundos de investimentos, entidades de previdência privada e instituições financeiras,
a abertura do PREGÃO SABESP RV 04.165/20 – Serviços de Engenharia, para Troca de ramais
domiciliares de água, e de serviços comuns de troca de hidrômetros para os municípios de
Pindamonhangaba, Cachoeira Paulista, Campos do Jordão e Lorena, no Âmbito da Unidade de
Negócio do Vale do Paraíba – RV.

O prazo de vigência contratual será de 450 (quatrocentos e cinquenta) dias consecutivos, sendo
que o prazo de execução será de 360 (trezentos e sessenta) dias consecutivos.

Para a execução do objeto não será permitida a SUBCONTRATAÇÃO.

O Credenciamento é ato condicionante a participação do Licitante na Sessão Pública. A


Solicitação de Credenciamento estará permanentemente aberta no site da SABESP –
www.sabesp.com.br no acesso fornecedores.

O envio das “Propostas” ocorrerá a partir da 00h00 (zero hora) do dia 30/06/2021 até às 09h00 do
dia 01/07/2021, no site da SABESP – no acesso fornecedores. As 09h00 será dado início a Sessão
Pública.

A Planilha de Orçamento do procedimento licitatório será preenchida em TELA especifica do


ambiente Contratações Eletrônicas com o valor total da proposta e nunca com preços unitários
dos serviços.

A SABESP alerta que o horário limite estabelecido se refere à condição de envio da “Proposta”
pelo Licitante na forma estabelecida neste Edital. Não é possível o recebimento de “Propostas”
após o horário acima estabelecido, qualquer que seja a alegação.

Independentemente de senhas ou autorizações, qualquer interessado poderá acompanhar todo


o desenvolvimento dos trabalhos realizados durante a Sessão Pública no site da SABESP.

O Edital completo encontra-se disponibilizado a partir de 15/06/2021, na página da SABESP –


www.sabesp.com.br no acesso fornecedores.

Consultas e informações suplementares através do (12) 3947-1571 – Bernardo Capeleti / (12) 3947-
1573 – Analista Mariana Reina.

São José dos Campos, 14 de junho de 2021.

Unidade de Negócio Vale do Paraíba

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 4 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

CAPÍTULO I – DISPOSIÇÕES GERAIS

ALÍNEA A – O AMBIENTE CONTRATAÇÕES ELETRÔNICAS; SÍNTESE SOBRE A MODALIDADE PREGÃO E


LEGISLAÇÃO APLICÁVEL

1- AMBIENTE CONTRATAÇÕES ELETRÔNICAS

1.1 - O ambiente Contratações Eletrônicas é integrante do Sistema de Gerenciamento de


Licitações – SGL, administrado pela Superintendência de Suprimentos e Contratações
Estratégicas.

a) A Sessão Pública no ambiente Contratações Eletrônicas da SABESP é realizada pela INTERNET,


apoiada por ferramenta da tecnologia da informação que permite a condução dos
procedimentos durante as sessões públicas.

b) Independentemente de senhas ou autorizações qualquer interessado, inclusive os órgãos de


controle e fiscalização, poderão acompanhar todo o desenvolvimento dos trabalhos
realizados durante a Sessão Pública, por meio do site da SABESP.

1.2 - O ambiente Contratações Eletrônicas utiliza recursos de criptografia e de autenticação para


assegurar as condições adequadas de segurança em todas as etapas do certame.
a) O ambiente Contratações Eletrônicas possui dispositivos de segurança que afastam a quebra
do sigilo das propostas, por qualquer pessoa em geral e da SABESP, antes de serem
devassadas pela SABESP e que asseguram a rastreabilidade da origem de ocorrências
realizadas na Sessão Pública, resguardando a seriedade e credibilidade do processo.

1.3 - O ambiente Contratações Eletrônicas espelha as regras do Regulamento Interno de Licitação


e Contratação da SABESP, reproduzindo os procedimentos, de modo sequencial, viabilizando
o recebimento de Propostas, a realização da Sessão Pública, conferindo transparência,
rapidez e segurança aos atos praticados.

1.4 - O ambiente Contratações Eletrônicas possibilita o recebimento de Propostas e a realização


da Sessão Pública do certame via “INTERNET garantindo, por meio de disputa justa entre os
interessados, a contratação mais econômica, segura, ágil e eficiente.

a) O ambiente Contratações Eletrônicas pode ser utilizado para qualquer valor estimado de
contratação.

1.5 - No ambiente Contratações Eletrônicas são registrados todos os fatos relativos ao certame,
envolvendo desde o Credenciamento dos representantes dos Licitantes, as declarações
vinculadas ao edital, os preços das Propostas originais, seleção dos Licitantes à fase de lances,
as rodadas dos lances, fase de negociação, habilitação, adjudicação quando possível, ou
outro resultado final.

1.6 - Ao final, o sistema disponibiliza o histórico de registro de Propostas e Lances, o resultado com
a classificação, em ordem de valores finais ofertados, registro de negociação e o resultado
final do certame com a indicação do vencedor ou se o mesmo foi considerado fracassado
ou deserto.

1.7 - A ata da Sessão Pública é obtida a partir dos fatos registrados no ambiente Contratações
Eletrônicas.

1.8 - É de responsabilidade exclusiva do Licitante a operação do sistema eletrônico, via “INTERNET”,


na participação do certame, donde se presume sua total capacidade para a realização das
transações inerentes ao certame.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 5 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

1.9 - É de responsabilidade do Cadastro Geral de Fornecedores da SABESP o fornecimento de


senha para a operação do sistema informatizado, para a Autoridade Competente e para os
empregados da SABESP designados para a condução do procedimento licitatório.
1.10 - O Licitante será responsável por todas as transações efetuadas em seu nome, por meio de
sua senha de acesso ao sistema eletrônico, assumindo como firmes e verdadeiras suas
Propostas, lances e declarações pertinentes.
1.11 - Compete, ainda, ao Licitante acompanhar as operações do sistema informatizado durante a
Sessão Pública ficando responsável pelo ônus decorrente de perda de negócios diante da
inobservância de quaisquer mensagens emitidas pelo sistema, ou pela sua desconexão.

1.12 - Na hipótese de desconexão do servidor da SABESP, por problemas técnicos ocorridos durante
a etapa competitiva do procedimento licitatório, o sistema eletrônico poderá permanecer
acessível aos Licitantes para recepção dos lances, retomando o(s) servidor(es) da SABESP,
quando possível, sua atuação no certame, sem prejuízo dos atos realizados.

1.13- Na hipótese de desconexão por problemas técnicos ocorridos no site da SABESP, em qualquer
etapa do procedimento licitatório, a SABESP retomará o processo, decidindo sobre sua
continuidade, sem prejuízo dos atos realizados.

1.14 - Em quaisquer dos casos, quando a desconexão persistir por tempo superior a dez minutos, a
sessão poderá ser suspensa e terá reinício somente após comunicação expressa aos Licitantes,
ou após a ciência de todos os Licitantes, a SABESP dará prosseguimento a Sessão Pública.

2- SÍNTESE SOBRE A MODALIDADE PREGÃO

2.1 - O Pregão é a modalidade de Licitação para aquisição de bens e serviços comuns inclusive
de engenharia, em que a disputa pela contratação é feita em Sessão Pública, por meio de
Propostas e lances, para classificação da oferta e habilitação do Licitante detentor da Oferta
de menor preço. Quando realizado por meio da utilização de recursos de tecnologia da
informação é denominado Pregão Eletrônico, que promove a comunicação via “INTERNET” e
possibilita o recebimento de Propostas e a realização da Sessão Pública do certame.

2.2 - Bens e serviços comuns são aqueles cujos padrões de desempenho e qualidade possam ser
objetivamente definidos pelo Edital, por meio de especificações usuais no mercado. São bens
e serviços com significativa oferta em seu segmento de mercado, apresentam facilidade na
comparação, assegurando a decisão de contratação com base no menor preço.

2.3 - Não se constituem em objetos passíveis de serem contratados por meio de Pregão a
execução de obras; as locações imobiliárias; e as alienações em geral.

2.4 - Para a celebração dos contratos pela SABESP, para a aquisição de bens e serviços comuns,
poderá ser adotado o pregão utilizando-se dos recursos de tecnologia da informação, que
se destina a garantir, por meio de disputa justa entre os interessados, a contratação mais
econômica, segura, ágil e eficiente.

a) O Pregão SABESP pode ser utilizado para qualquer valor estimado de contratação e somente
autoriza como critério de julgamento da Proposta o menor preço.

2.5 - A condução do Pregão estará a cargo de empregado da SABESP, designado Pregoeiro.

2.6 - É de responsabilidade do Pregoeiro:

 proceder a abertura das Propostas, a sua análise e a classificação;


 promover o saneamento possível em qualquer etapa da Sessão Pública, se necessário;
 conduzir o procedimento, inclusive na fase de lances; e negociar com o Licitante detentor
da melhor oferta para a obtenção de preço aceitável, se necessário;
 analisar as Propostas e desclassificar aquelas que não atenderam os requisitos previstos no
Edital;

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 6 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

 proceder à classificação das Ofertas segundo a ordem crescente de valores ao final


ofertados e decidir motivadamente quanto à aceitabilidade do menor preço;
 negociar melhores condições com o Licitante detentor da melhor proposta;
 adjudicar o objeto do certame ao Licitante vencedor, se não tiver havido na Sessão Pública
a declaração de intenção motivada de interposição de recurso;
 elaborar a ata da Sessão Pública;
 receber os recursos;
 encaminhar o processo devidamente instruído à autoridade superior para o exercício das
atribuições definidas nos incisos V, VI e VII do artigo 3º do Decreto Estadual 47.297, de
06/11/2002.

a) As atribuições do Pregoeiro são executadas com o auxílio da Equipe de Apoio, que


acompanha todo o desenvolvimento do Pregão. Os integrantes da equipe foram
regularmente designados juntamente com o Pregoeiro.

2.7 - A Licitação na modalidade Pregão é juridicamente condicionada aos princípios básicos da


legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade
administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento objetivo, bem
assim aos princípios correlatos da celeridade, finalidade, razoabilidade, proporcionalidade,
competitividade, justo preço, seletividade e comparação objetiva das Propostas.

a) As normas disciplinadoras do certame serão sempre interpretadas em favor da ampliação da


competição, sempre observando o princípio da razoabilidade, desde que não
comprometam o interesse público, a finalidade perseguida e a segurança da contratação.

3- LEGISLAÇÃO APLICÁVEL

3.1 - A este procedimento licitatório aplicam-se:

a) a Lei Federal nº 10.520, de 17/07/2002, Decreto Estadual nº 47.297, de 06/11/2002, Decreto


Estadual n° 49.722, de 24 de junho de 2005 e suas alterações, e subsidiariamente, no que
couber a Lei Federal nº 8.666, de 21/06/93 e suas alterações; quanto a realização do certame.

b) a Lei Federal nº 13.303, de 30 de junho de 2.016, quanto ao contrato a ser firmado;

c) o Regulamento Interno de Licitação e Contratação da Companhia de Saneamento Básico


do Estado de São Paulo – SABESP, vigente, disponível no site da SABESP – www.sabesp.com.br,
naquilo que for aplicável ao certame do Pregão.

d) as normas gerais relativas ao tratamento previsto no Capítulo V da Lei Complementar n°


123/06 e suas alterações subsequentes e demais instrumentos, que atribuíram o mesmo
tratamento a outras empresas;

e) a Lei Federal nº 12.846, de 01/08/2013, que dispõe sobre a responsabilização objetiva


administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública,
nacional ou estrangeira; com vigência a partir de 28/01/2014 e o Decreto Estadual nº 60.106,
de 29 de janeiro de 2014, que disciplina a aplicação, no âmbito da Administração Pública
Estadual, de dispositivos da Lei Federal nº 12.846/13.

ALÍNEA B – TIPO DE LICITAÇÃO E REGIME DE EXECUÇÃO DO CONTRATO

1- Este certame é do tipo menor preço.

2- O regime de execução dos serviços é o de empreitada por preço unitário.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 7 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

ALÍNEA C – CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

1- Condições Gerais:

1.1 - Poderão participar do certame todos os interessados, incluindo empresas e entidades


brasileiras e estrangeiras estabelecidas no Brasil, cooperativas, fundos de investimentos,
entidades de previdência privada e instituições financeiras que preencherem as condições
de Credenciamento constantes deste Edital e que estejam devidamente cadastrados em
qualquer Unidade Cadastradora do CAUFESP, na condição de matriz ou filial.

1.2 - Será permitida a participação no certame da matriz ou de uma única filial do Licitante.

1.3 - Não será admitida a participação no procedimento licitatório de sociedades em falência.

1.3.1 - Será admitida a participação no procedimento licitatório de sociedades em recuperação


judicial e /ou extrajudicial, desde que apresentem na fase de habilitação, comprovante da
homologação/deferimento pelo juízo competente do plano de recuperação
judicial/extrajudicial em vigor.

1.4 - Estão igualmente proibidas de participar deste certame, as sociedades:


a) suspensas temporariamente e impedidas de contratar no âmbito do Governo do Estado de
São Paulo, nos termos do Decreto n° 48.999, de 29 de setembro de 2004 e inciso IV do art. 194
do Regulamento Interno de Licitação e Contratação da Sabesp;
b) declaradas inidôneas em quaisquer das esferas de Governo, nos termos do §4º do art. 245 do
Regulamento Interno de Licitação e Contratação da Sabesp;
c) que se encontram interditadas por crimes ambientais nos termos do artigo 10 da Lei 9605/98,
d) que sejam detentoras de Ficha Cadastral do CAUFESP nas situações: Suspensão Temporária,
Inidoneidade, Impedimento de Licitar e Contratar e Inativo,
e) que se encontrem enquadradas em outras proibições previstas pela legislação vigente.
.
1.5 - As situações elencadas nos itens 1.3 e 1.4, desta alínea, inviabilizam a participação no
certame de Pregão na SABESP.

1.6 - O acesso ao ambiente Contratações Eletrônicas para participação nos procedimentos


licitatórios só será permitido àqueles que tenham obtido o Edital por meio de download a partir
da página da SABESP – www.sabesp.com.br no acesso fornecedores, onde o interessado
encontrará as informações necessárias para obtenção da senha pessoal e intransferível para
tanto.

1.7 - Será admitida a participação de sociedades cooperativas em licitações promovidas pela


Administração Direta e Indireta do Estado de São Paulo, desde que atendidos os termos do
Decreto nº 57.159/11.
2- A participação dos Licitantes se fará isoladamente, sendo vedada a participação de
consórcios.

3- Condições específicas para o tratamento previsto na Lei Complementar n° 123/06:

3.1 - Estará assegurado o tratamento previsto na Lei Complementar n° 123/06, às empresas


devidamente enquadradas aos comandos do seu artigo 3°, desde que não estejam inclusas
nas vedações previstas no § 4° do mesmo artigo, bem como as demais enquadradas por
legislação posterior.

3.2 - Este tratamento será concedido mediante “Declaração de Enquadramento”, por parte do
Licitante, nos termos da Lei Complementar n° 123/06, no momento da apresentação da
Proposta.

3.3 - As empresas que podem usufruir do tratamento previsto pela Lei Complementar nº 123/06,
que não comprovarem sua condição, prevista em 3.2, poderão participar normalmente do
certame.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 8 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

4- Condições específicas para a assinatura do Termo de Contrato.

4.1 - Neste procedimento licitatório, o(s) Termo(s) de Contrato será formalizado(s) por meio de
assinatura eletrônica com certificação digital (e-CPF).

ALÍNEA D – ESCLARECIMENTOS AO CERTAME E IMPUGNAÇÃO AO EDITAL

1- Os pedidos de esclarecimentos relacionados com o certame deverão ser solicitados através


da página da SABESP – www.sabesp.com.br no acesso fornecedores ou entregue e
protocolado na unidade administrativa da SABESP responsável pelo procedimento licitatório.

1.1 - Os pedidos de esclarecimentos deverão ser formulados até o 2° dia útil anterior à data fixada
para a sessão pública.

2- Não sendo formulados até este prazo, pressupõe-se que os elementos fornecidos são
suficientemente claros e precisos para permitir a apresentação da Proposta e dos
Documentos de Habilitação, não cabendo, portanto, aos Licitantes, direito a qualquer
reclamação posterior.

3- Interpretações, correções e/ou alterações elaboradas pela SABESP serão comunicadas, por
escrito, via web, a todos que tiverem obtido o Edital.

3.1 - A integra dos esclarecimentos e aditamentos, bem como todos os atos praticados no
certame estarão disponíveis na página da SABESP - www.sabesp.com.br, no acesso
fornecedores, até a data fixada para a respectiva Sessão Pública.

a) Para os interessados serão enviados e-mails informando a divulgação de Esclarecimentos na


página da SABESP – www.sabesp.com.br.

3.2 - Os esclarecimentos e aditamentos passarão a fazer parte integrante do Edital do certame.

4- Somente terão valor as interpretações, correções e/ou alterações escritas, fornecidas pela
SABESP, segundo os itens 2 e 3 anteriores.

5- Eventual impugnação do Edital será dirigida ao signatário do Edital e enviada pela INTERNET
ou entregue e protocolada na unidade administrativa da SABESP responsável pelo
procedimento licitatório, até o 2º (segundo) dia útil anterior à data fixada para a sessão
pública.

5.1 - Acolhida a impugnação contra o Edital, será designada nova data para a realização do
certame, observadas as prescrições legais.

6- Durante o período compreendido entre a data de encerramento da Sessão Pública e a


homologação do processo, os Licitantes deverão abster-se de entrar em contato com a
SABESP para assuntos correlatos. A SABESP, em caso de necessidade, convocá-los-á para
esclarecimentos que, eventualmente, se fizerem necessários.,

Nota: Os licitantes só poderão solicitar Esclarecimentos e Impugnar os Editais, até as 17h00 das
respectivas datas estabelecidas como limites.

7- Não sendo impugnados os termos deste Edital ou os mesmos não terem sido motivo de
tempestiva solicitação de esclarecimentos, pressupõe-se que os elementos fornecidos são
suficientes para a correta formalização da proposta pelo interessado, vinculando a SABESP e
o Licitante aos seus termos.

8- O Dossiê do processo e os respectivos documentos que o constituem, encontram-se


disponíveis, estando com vista franqueada aos interessados, em qualquer fase do processo.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 9 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

8.1 - Para maior conforto dos interessados e visando a operacionalidade do ato, o Licitante deverá
marcar data e horário com o analista responsável pelo procedimento licitatório, conforme
consta no Texto de Publicação (Consultas e Informações Suplementares), deste Edital.

ALÍNEA E – DEFINIÇÕES E CONCEITOS

Sem prejuízo dos conceitos constantes do Título VIII - Glossário de Definições do Regulamento
Interno de Licitação e Contratação da SABESP; nos documentos componentes deste Edital os
termos, a seguir descritos, terão os seguintes significados, exceto quando o texto indicar
especificamente de outra maneira:

CAT - Certidão de Acervo Técnico emitida pelo CREA para profissionais de Engenharia e
Agronomia.

CENTROS – representam as Unidades de Negócio e Complexos Administrativos da SABESP com


endereço e CNPJ, onde os controles físicos e financeiros dos estoques são realizados.

CREA-SP - Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo, órgão de


fiscalização regional do exercício profissional da engenharia e da agronomia em sua região.

CRITÉRIO DE JULGAMENTO – conjunto de regras fixadas no Edital, para definir a análise das
Propostas e correspondente classificação e dos Documentos de Habilitação. Tendo em vista
que a proposta será colocada na Planilha de Orçamento do Pregão, preenchida em TELA
especifica do sistema com o valor total da proposta e nunca com preços unitários dos
serviços, o julgamento comercial recairá sempre sobre o valor total ofertado.

DATA DE REFERÊNCIA DOS PREÇOS – data a ser considerada na elaboração das propostas
dos licitantes.

DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE SUPRIMENTOS – CSG, unidade administrativa da SABESP


responsável pelo Cadastro Geral de Fornecedores da SABESP e pela disponibilização das
senhas.

DEPÓSITOS – representam as unidades da SABESP, que recebem materiais adquiridos.

EQUIPE DE APOIO – grupo de pessoas oficialmente designadas, com a função de prestar a


necessária assessoria ao Pregoeiro em suas tarefas.

PEDIDO DE COMPRA – é o documento oficial que contem orientações para entrega (no caso
de materiais) e faturamento (no caso de materiais), e medição e faturamento (no caso de
serviços gerais, serviços de engenharia e obras). Os Pedidos de Compra recebem numeração
sequencial diferente dos números da Requisição de Compras, Licitação e Contratos.

SABESP – Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – SABESP, sociedade de


economia mista, constituída sob a forma de sociedade anônima, inscrita no CNPJ sob o nº
43.776.517/0001-80, com sede no município de São Paulo – SP.

SUPRIMENTOS E CONTRATAÇÕES – RVA631, unidade administrativa da SABESP responsável


pelo procedimento licitatório.

ALÍNEA F – DILIGÊNCIAS, ESCLARECIMENTOS COMPLEMENTARES E SANEAMENTO DE FALHAS

1- Para comprovação da veracidade das informações apresentadas por Licitante, fica


reservada à SABESP a promoção de diligências necessárias.

2- Assim a veracidade das informações prestadas e dos documentos apresentados pelo


Licitante são de sua responsabilidade, sujeitando-se às sanções previstas nas legislações civil,
administrativa e penal.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 10 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

3- As falhas formais observadas nas Propostas serão sempre que possível saneadas visando
esclarecer ou complementar a instrução do procedimento licitatório, observado o art. 67 -
parágrafo único do Regulamento Interno de Licitação e Contratação da SABESP e previsão
nas Alíneas B e C do Capítulo III deste Edital.

4- A falta, incompletude, ou incorreção de qualquer documento com teor exclusivamente


declaratório por parte do Licitante, para fins de habilitação, poderá ser objeto de
saneamento na própria sessão, ou de diligenciamento por parte da comissão.

5- Os esclarecimentos e as informações prestadas por quaisquer das partes, serão sempre por
escrito; e estarão, a qualquer tempo, com vistas franqueadas no Dossiê do procedimento
licitatório.

ALÍNEA G – MÍDIA ELETRÔNICA – NEGÓCIOS PÚBLICOS E INTERNET

1- O texto deste Edital, assim como seus aditamentos e a divulgação dos resultados,
estão/estarão disponíveis (online) no site da Imprensa Oficial, no acesso Negócios Públicos.

2- O texto deste Edital, a divulgação do certame e a integra dos esclarecimentos e aditamentos


está/estarão disponíveis na página da SABESP - www.sabesp.com.br no acesso fornecedores,
até a data fixada para a Sessão Pública.

3- As informações referentes ao certame estão/estarão registradas no aplicativo – Cadastro de


Pregões – disponibilizado no site www.pregao.sp.gov.br pelo Sistema Estratégico de
Informações da Casa Civil, que é o meio eletrônico para que os órgãos da Administração
Pública Estadual registrem as informações sobre todos os pregões que realizarem.

ALÍNEA H – CÓDIGOS DE ACESSO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO À DISTÂNCIA – DIVULGAÇÃO DOS


ATOS DO PREGÃO

1- É de única e inteira responsabilidade do interessado o correto e preciso fornecimento e


atualização de seu endereço físico, endereço eletrônico (e-mail) e demais códigos de acesso
dos meios de comunicação à distância, a serem utilizados pela SABESP para contato e envio
de correspondência.

1.1 - Para tanto, os interessados em participar do Pregão deverão obrigatoriamente fazer o


“download” do Edital na página da SABESP – www.sabesp.com.br no acesso fornecedores.

1.2 - A SABESP não poderá ser responsabilizada por desvios de correspondências por conta de
fornecimento de dados imprecisos ou de falta de sua atualização.

1.3 - A publicidade dos atos pertinentes a este certame e passíveis de divulgação, bem como o
resultado do presente Pregão SABESP serão divulgados no site da SABESP –
www.sabesp.com.br no acesso fornecedores.

ALÍNEA I - COMPROMISSO AO APRESENTAR A “PROPOSTA”

Todo o Licitante que apresentar “Proposta” a este procedimento licitatório comprometer-se-á,


automática e inquestionavelmente, com o que segue:

1- Ao submeter à apreciação da SABESP Proposta relativa a este certame, o Licitante assume


inteira responsabilidade por quaisquer erros ou omissões que venham a ser verificados na
preparação da mesma.

2- Os preços ofertados são à vista e se referem à Data de Referência dos Preços, conforme
Alínea – Proposta Comercial – Capítulo II, deste Edital.

3- Se a Proposta for aceita, concorda, tacitamente, dentro do prazo estipulado pela SABESP, em
assinar o Contrato decorrente.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 11 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

4- O Licitante concorda também, em manter as condições ofertadas por um período de 60


(sessenta) dias a contar da data limite estabelecida para o envio da "Proposta" podendo este,
ser prorrogado, a qualquer tempo, antes do término daquele prazo.

5- O Licitante declara, sob as penalidades cabíveis, a não superveniência de fato impeditivo de


habilitação após a emissão da sua Ficha Cadastral, ficando mantidas as condições que
culminaram na sua certificação junto ao Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado de
São Paulo - CAUFESP, ressalvado o disposto no artigo 43 da Lei Complementar n° 123/06.

ALÍNEA J - CÓDIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE

A SABESP, em sua Missão de “prestar serviços de saneamento, contribuindo para a melhoria


da qualidade de vida e do meio ambiente”, é uma Companhia socialmente responsável,
comprometida com a legalidade, ética e transparência, que opera com a Visão de “ser
referência mundial na prestação de serviços de saneamento, de forma sustentável,
competitiva e inovadora, com foco no cliente”.
Atua como agente do desenvolvimento sustentável baseando seu desempenho econômico
na prática da responsabilidade ambiental para gerar bem-estar de seus colaboradores, das
comunidades onde atua e do país.
O movimento de Responsabilidade Social assumido como um compromisso da maior
importância para a SABESP, vem no sentido de aprimorar sua prática de negócio e contribuir
para o cumprimento de sua missão, que se fundamenta na gestão ética e na sustentabilidade
e tem, em seu Código de Conduta e Integridade o principal referencial orientador.
Para a SABESP o Código de Conduta e Integridade, construído através de um amplo processo
participativo, sintetiza o conjunto de princípios éticos e normas, observados ao longo da
existência da SABESP, que se consolidam em enunciados para orientar e direcionar a forma
como a Companhia se relaciona com os seus diversos públicos: dirigentes, colaboradores,
clientes, acionistas, investidores, fornecedores, parceiros, terceiros, governo, comunidade e
sociedade em geral.
Dessa forma a adoção do Código de Conduta e Integridade para consolidar e ampliar a
reputação já conquistada de empresa socialmente responsável é imprescindível para a
SABESP.
O referido código encontra-se disponível nos idiomas português e inglês na página da SABESP
www.sabesp.com.br.

ALÍNEA K - CAUFESP Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado de São Paulo

O CAUFESP - Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado de São Paulo é um sistema


eletrônico de informações, por meio do qual serão inscritos e mantidos os registros dos
interessados em participar de licitações e contratar com qualquer órgão da Administração
Direta e Indireta do Estado, sendo sua utilização obrigatória para a Administração Pública
Estadual.

O cadastro estará disponível a todos os interessados em licitar e contratar com órgãos da


Administração Direta, Autarquias, Fundações instituídas ou mantidas pelo Poder Público
estadual; empresas nas quais o Estado tenha participação majoritária e com as demais
entidades por ele, direta ou indiretamente, controladas.

O deferimento dos pedidos de inscrições no CAUFESP, assim como, suas alterações,


renovações ou cancelamentos, serão processados e julgados nas Unidades Cadastradoras –
UCs, por uma Comissão de Avaliação Cadastral – CAC, formada por servidores pertencentes
aos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual. A Companhia de Saneamento
Básico do Estado de São Paulo – SABESP, como ente da Administração Pública, é uma das
Unidades Cadastradoras no Estado.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 12 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

As normas e procedimentos estabelecidos para a inscrição no Cadastro Unificado de


Fornecedores do Estado de São Paulo - CAUFESP poderão ser consultadas no Regulamento
do Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado de São Paulo – CAUFESP, que disciplina o
funcionamento do sistema.

O CAUFESP permitirá aos interessados a obtenção de 2 tipos de registro: o Registro Cadastral


– RC, que possibilita a participação em procedimentos licitatórios envolvendo qualquer
modalidade de licitação e procedimentos de dispensa de licitação e o Registro Cadastral
Simplificado – RCS, que possibilita ao interessado participar de convite, concurso, leilão,
pregão e de fornecimento de bens para pronta entrega. Estas opções RC e RCS, ficarão
disponibilizadas no endereço eletrônico www.bec.sp.gov.br, opção "CAUFESP" e substituirão,
para fins de habilitação em licitações, os documentos apresentados para sua emissão.

O Registro Cadastral – RC e o Registro Cadastral Simplificado – RCS serão válidos perante todos
os órgãos e entidades da Administração Pública Direta e Indireta Estadual, com vigência a
partir da data do ato de deferimento da inscrição ou de sua renovação. As decisões da
Comissão de Avaliação Cadastral CAC serão divulgadas por meio do endereço eletrônico
www.bec.sp.gov.br, opção "CAUFESP" – Pesquisa de Fornecedores – Ficha Cadastral.

A Ficha Cadastral é o documento comprobatório de inscrição no CAUFESP, composta por


documentos e suas respectivas validações.

O edital de cada licitação deverá determinar as condições para apresentação dos


documentos vencidos constantes das Fichas Cadastrais.

ALÍNEA L - LEIS ANTICORRUPÇÃO - CONDUTA DA SABESP

A SABESP conduz os seus negócios de maneira legal, ética, transparente e profissional, em


conformidade com os requisitos gerais das leis anticorrupção e estende aos seus
colaboradores e aos terceiros, que a representam, a obrigação de assimilar, aceitar e
executar estas diretrizes.

Em decorrência, a SABESP exige que suas contratadas conduzam seus negócios de forma a
coibir a prática de atos lesivos contra a Administração Pública, nacional ou estrangeira, que
atentem contra o patrimônio público nacional ou estrangeiro, contra princípios da
administração pública ou quaisquer outras leis e regulamentos aplicáveis ao suborno ou
corrupção.

ALÍNEA M - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM FORNECIMENTO DE MATERIAIS OU EQUIPAMENTOS

Sempre que a prestação dos serviços envolver o fornecimento de materiais e/ou


equipamentos, a CONTRATADA deverá emitir uma nota fiscal para o serviço prestado e outra
nota fiscal para o fornecimento do item.

ALÍNEA N – VISITA AO LOCAL/A LOCALIDADE DOS SERVIÇOS (Recomendada)

1- Recomenda-se que o Licitante visite o(s) local(is)/a(s) localidade(s) dos serviços, o que deverá
ocorrer com anterioridade à Sessão Pública, para inteirar-se de todos os aspectos referentes
à sua execução. Para todos os efeitos, considerar-se-á que o Licitante tem pleno
conhecimento da natureza e do escopo dos serviços. Não poderá o Licitante alegar
posteriormente a insuficiência de dados e/ou informações sobre o(s)
local(is)/a(s)localidade(s) e as condições pertinentes ao objeto do contrato.

1.1 - As visitas poderão ser realizadas por qualquer responsável indicado pelo Licitante.

ALÍNEA O - TRATAMENTO DE DADOS PESSOAIS - LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS PESSOAIS - LGPD

A SABESP como agente de tratamento de dados pessoais descreve em sua Política de


Privacidade de Dados Pessoais como é realizado o tratamento destes dados (coleta,

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 13 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

armazenamento, processamento, compartilhamento e descarte), para prestação dos


serviços da empresa.

Além do atendimento à legislação específica a Política determina diretrizes para o


tratamento dos dados pessoais, que são fornecidos à SABESP, coletados por ela ou
compartilhados entre seus prestadores de serviços e parceiros.

A Política de Privacidade de Dados Pessoais da Sabesp aplica-se a todos os titulares dos


dados ou qualquer um que tenha contato ou acesso aos dados, que a SABESP seja a
Controladora.

O referido instrumento encontra-se disponível na página da SABESP www.sabesp.com.br.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 14 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

CAPÍTULO II – CREDENCIAMENTO, PROPOSTA E HABILITAÇÃO

ALÍNEA A – CREDENCIAMENTO E ACESSO À PARTICIPAÇÃO NO CERTAME

As alíneas a seguir orientam a todos os interessados incluindo empresas estrangeiras, cooperativas,


fundos de investimentos, entidades de previdência privada e instituições financeiras observados os
segmentos específicos de mercado não contemplados no rol de documentos exigidos pelo
CAUFESP.

CREDENCIAMENTO
ALÍNEA A

1 O Credenciamento é ato condicionante a participação do Licitante em certames realizados


na forma eletrônica. Por sua vez, o Cadastro no CAUFESP é ato obrigatório para a obtenção
do Credenciamento.

2 O acesso ao cadastro é disponibilizado no site da SABESP, no PORTAL DO FORNECEDOR, por


meio do qual estão disponíveis serviços 24 horas por dia, 7 dias por semana, aos fornecedores.
Poderá ainda ser utilizado, em horário comercial, os telefones: (11) 3388-6724 e 3388-6812.
Neste Portal do Fornecedor encontra-se disponível o Manual de Acesso, na opção Novos
Fornecedores.

3 O Representante da empresa deve providenciar seu cadastro de Pessoa Física no site da


SABESP. Em seguida deve solicitar à SABESP o vínculo com a(s) Pessoa(s) Jurídica(s) que deseja
representar. O Representante poderá iniciar o processo de cadastro da Pessoa Jurídica, caso
esta ainda não o possua.

a) Para o processo de cadastro devem ser informados os dados básicos da empresa interessada
como razão social, endereço, número de inscrição no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica
– CNPJ, e-mail, nome do representante e correspondente número de Cadastro de Pessoa
Física – CPF, e segmentos de mercado onde atua, desde que autorizados pelos atos
constitutivos ou suas alterações.

4 Aprovado o vínculo a SABESP disponibilizará o documento “Solicitação de Credenciamento”,


para participação em processos eletrônicos. A Solicitação de Credenciamento deve ser
assinada pelo Diretor, Sócio ou Procurador da Sociedade, bem como pelo representante,
com o respectivo reconhecimento de firmas.

5 Caso haja alteração na indicação do representante legal, o Diretor/Sócio/Procurador da


empresa credenciada deverá comunicar imediatamente tal alteração à SABESP.

6 A "Solicitação de Credenciamento" deverá ser enviada/apresentada na SABESP, em tempo


hábil para análise e desbloqueio/aprovação do credenciamento, na Av. do Estado, 561 -
Ponte Pequena - São Paulo, Capital – Unidade I - Departamento de Gestão de Suprimentos –
CSG/Cadastro, juntamente com o registro comercial, estatuto social ou contrato social em
vigor devidamente autenticados (caso estes já não estejam em poder do CSG/Cadastro), no
qual estejam expressos os poderes do(s) sócio (s) para responder pela sociedade. Não serão
aceitos documentos encaminhados via fax ou sem as firmas reconhecidas.

7 Após análise e aceitação da documentação pela SABESP, será habilitado o acesso ao


ambiente Contratações Eletrônicas na INTERNET, sendo a senha de acesso equivalente à
assinatura eletrônica do representante credenciado.

8 Será admitido somente um representante por Licitante em cada certame, porém poderão ser
credenciados mais de um representante por sociedade para representá-la nos mesmos.

9 Cada representante somente poderá representar um único Licitante no mesmo certame.

(i) Cada Licitante só poderá apresentar uma única Proposta. Verificando-se que qualquer
Licitante, por intermédio de interposta pessoa, física ou jurídica, apresentou mais de uma

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 15 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Proposta, será feita a exclusão de todas essas Propostas, sujeitando-se, ainda, a Licitante às
sanções cabíveis.

10 O(s) sócio(s)/Procurador(es) da sociedade credenciada responde integralmente pelas


obrigações assumidas por seu representante legal, relacionadas no corpo da Solicitação de
Credenciamento” e por eventual uso indevido da senha, até o momento da comunicação,
conforme o item 5 anterior.

ACESSO à PARTICIPAÇÃO NO CERTAME

11 O envio de Proposta e a participação na Sessão Pública dependerá da obtenção do


Credenciamento nos termos apresentados anteriormente e que o interessado seja detentor
da Ficha Cadastral do CAUFESP, observados os segmentos específicos de mercado não
contemplados no rol de documentos exigidos pelo CAUFESP.

12 O acesso ao sistema será permitido mediante cadastro de login e senha na página da SABESP
www. SABESP.com.br no acesso fornecedores.

ALÍNEA B – DECLARAÇÕES

Na elaboração e apresentação das Declarações previstas nesta alínea, os Licitantes deverão


observar as instruções aqui dispostas.

As Propostas serão apresentadas no ambiente Contratações Eletrônicas.

1- O Licitante deverá declarar que conhece as condições estabelecidas pela Política


Institucional de Transações com Partes Relacionadas – PI0032 da Sabesp, disponível em
www.sabesp.com.br, no acesso Investidores e pela declaração específica, que deverá ser
entregue, caso seja vencedor e cujo modelo consta do Capítulo V deste edital.

2- O Licitante deverá declarar via INTERNET que está devidamente cadastrado no Cadastro
Unificado de Fornecedores do Estado de São Paulo – CAUFESP, de acordo com o Decreto nº.
52.205/07.

3- O Licitante deverá declarar via INTERNET, que atende plenamente aos requisitos de
habilitação, por meio da confirmação da “Declaração de Pleno Atendimento aos Requisitos
de Habilitação”; e a não superveniência de fato impeditivo de habilitação após a emissão da
Ficha Cadastral, pelo CAUFESP, por meio da confirmação da “Declaração de Manutenção
de Certificação”, e o conhecimento das condições estabelecidas pelo Código de Conduta
e Integridade da SABESP; cujos teores estão a seguir apresentados:

“Pela presente, declaramos, sob as penalidades cabíveis, que cumprimos plenamente os


requisitos de habilitação exigidos neste Edital. ”

“Declaramos, sob as penalidades cabíveis, a não superveniência de fato impeditivo de


habilitação após a emissão da nossa Ficha Cadastral pelo CAUFESP, mantendo as condições
por ele exigidas, ressalvado o disposto no artigo 43 da Lei Complementar n° 123, de
14/12/2006. ”

“Declaramos, ainda, ter pleno conhecimento do Código de Conduta e Integridade vigente


e submissão às condições nele estabelecidas, sob pena das sanções previstas pelo seu
descumprimento. “

4- O Licitante deverá declarar via INTERNET, quando o objeto da contratação envolver


Tecnologia da Informação, em atendimento a Lei 8.248/91 e suas alterações, que os bens e/ou
serviços propostos são produzidos/executados de acordo com o Processo Produtivo Básico,
nos termos da Lei Federal n° 8.387/91.

5- Em se tratando de empresas que possam usufruir do tratamento previsto pela Lei nº 123/06, o
Licitante deverá declarar via INTERNET (i) seu enquadramento aos comandos do artigo 3º da

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 16 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Lei Complementar nº 123/06, com certidão ou Termo de Enquadramento expedida(o) pela


Junta Comercial, nos termos do artigo 8° da IN 103, de 30/04/07 ou Certidão de Breve Relato
de Registro de Enquadramento de Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte expedida
pelo Registro Civil de Pessoas Jurídicas, conforme o caso, nos moldes do art. 73, inciso IV, da
LC nº. 123/06 ou apresentar a Demonstração do Resultado do Exercício ou documento
equivalente que comprove Receita Bruta até o limite definido no inciso II do caput do art. 3º
da Lei Complementar n° 123/06; e (ii) sua não inclusão nas vedações previstas no § 4º do artigo
3º. (iii) seu consentimento na participação deste certame.

“Declaramos, sob as penas da lei, para a participação neste certame, que nos enquadramos
nas condições para o tratamento previsto pela Lei Complementar nº 123/06 e suas alterações.

a) A declaração a que se refere o item 5 anterior, restrita a participação neste certame,


possibilitará ao sistema eletrônico a identificação somente da condição para o tratamento
previsto pela Lei Complementar n° 123/06 – “Licitante 01 ME ou EPP” - para a aplicação, em
momento oportuno, do Direito de Preferência.

b) As empresas que não declararem seu enquadramento para o tratamento previsto na Lei
Complementar n° 123/06 e pela Lei Federal nº 11.488/07 no momento do cadastramento de
sua proposta ou, na Sessão Pública, antes do início da etapa de lances, não poderão usufruir
do Direito de Preferência de que tratam as referidas Leis.

c) A SABESP, a seu critério, poderá proceder diligenciamento conforme o disposto nos itens 1 e
2 - Alínea – Diligências, Esclarecimentos Complementares e Saneamento de Falhas do
Capítulo I, com o fito de obter confirmação do teor das declarações.

d) Em caso de declaração falsa, garantido o direito prévio ao contraditório e a ampla defesa,


aplicar-se-á a pena conforme a Alínea Disposições Finais – Capítulo III.

6- O Licitante deverá declarar via INTERNET que se encontra em situação regular na observância
das vedações estabelecidas no artigo 7º, inciso XXXIII da Constituição Federal, ou seja,
proibição de trabalho noturno, perigoso ou insalubre aos menores de dezoito anos e de
qualquer trabalho a menores de dezesseis anos, salvo na condição de aprendiz, a partir de
catorze anos e que não se utiliza de mão de obra análoga à Trabalho Forçado ou
Compulsório:

“Declaramos sob as penas da lei, que nossa empresa encontra-se em situação regular, no
que se refere à observância do disposto no inciso XXXIII do artigo 7º da Constituição Federal.”

“Declaramos que não utilizamos mão de obra análoga à Trabalho Forçado ou Compulsório,
em quaisquer de suas formas, em nossa cadeia produtiva. ”

7- O Licitante deverá declarar via INTERNET que, para a execução do(s) serviço(s) de
engenharia, quando objeto do procedimento licitatório, somente utilizará produtos e
subprodutos de madeira de origem exótica, ou de origem nativa de procedência legal,
decorrentes de desmatamento autorizado ou de manejo florestal aprovados por órgão
ambiental competente integrante do Sistema Nacional do Meio Ambiente - SISNAMA, com
autorização de transporte concedida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos
Naturais Renováveis – IBAMA:

“Declaramos, sob as penas da Lei, que para a execução do(s) serviço(s) de engenharia,
quando objeto do procedimento licitatório, somente utilizaremos produtos e subprodutos de
madeira de origem exótica, ou de origem nativa de procedência legal, decorrentes de
desmatamento autorizado ou de manejo florestal aprovados por órgão ambiental
competente integrante do Sistema Nacional do Meio Ambiente - SISNAMA, com autorização
de transporte concedida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais
Renováveis – IBAMA.”

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 17 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Declaramos ciência que o não atendimento da presente exigência na fase de execução do


contrato poderá acarretar as sanções administrativas previstas, sem prejuízo das implicações
de ordem criminal contempladas”.

8- O Licitante deverá declarar via INTERNET que não se encontra interditado por crimes
ambientais nos termos do artigo 10 da Lei 9605/98:

“Declaramos, sob as penas da lei, que não nos encontramos interditados por crimes
ambientais nos termos do artigo 10 da Lei 9605/98”.

9- O Licitante deve declarar via INTERNET, por meio de seu Representante Legal, que conduz
seus negócios de forma a coibir a prática de atos lesivos contra a Administração Pública,
nacional ou estrangeira, que atentem contra o patrimônio público nacional ou estrangeiro,
contra princípios da administração pública ou quaisquer outras leis e regulamentos aplicáveis
ao suborno ou corrupção.

“Nossa Empresa declara sob as penalidades cabíveis, que conduz seus negócios de forma a
coibir a prática de atos lesivos contra a Administração Pública, nacional ou estrangeira, que
atentem contra o patrimônio público nacional ou estrangeiro e contra princípios da
administração pública. São atos lesivos:
I – prometer, oferecer ou dar, direta ou indiretamente, vantagem indevida a agente público,
ou a terceira pessoa a ele relacionada;
II – comprovadamente, financiar, custear, patrocinar ou de qualquer modo subvencionar a
prática dos atos ilícitos previstos em Lei;
III – comprovadamente, utilizar-se de interposta pessoa física ou jurídica para ocultar ou
dissimular seus reais interesses ou a identidade dos beneficiários dos atos praticados;
IV – no tocante a licitações e contratos:
a) frustrar ou fraudar, mediante ajuste, combinação ou qualquer outro expediente, o caráter
competitivo de procedimento licitatório público;
b) impedir, perturbar ou fraudar a realização de qualquer ato de procedimento licitatório
público;
c) afastar ou procurar afastar licitante, por meio de fraude ou oferecimento de vantagem de
qualquer tipo;
d) fraudar licitação pública ou contrato dela decorrente;
e) criar, de modo fraudulento ou irregular, pessoa jurídica para participar de licitação pública
ou celebrar contrato administrativo;
f) obter vantagem ou benefício indevido, de modo fraudulento, de modificações ou
prorrogações de contratos celebrados com a administração pública, sem autorização em lei,
no ato convocatório da licitação pública ou nos respectivos instrumentos contratuais; ou
g) manipular ou fraudar o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos celebrados com a
administração pública;
V – dificultar atividade de investigação ou fiscalização de órgãos, entidades ou agentes
públicos, ou intervir em sua atuação, inclusive no âmbito das agências reguladoras e dos
órgãos de fiscalização do sistema financeiro nacional.

Declara ainda que, conhece a Lei norte-americana sobre Práticas de Corrupção no Exterior
FCPA (Foreign Corrupt Practices Act), a qual a SABESP está sujeita.”

10- Declaração de Conformidade - a ser “CONFIRMADA” em TELA do ambiente Contratações


Eletrônicas.

O Licitante deverá declarar via INTERNET, a conformidade de sua proposta com o Edital por
meio da confirmação da “Declaração de Conformidade”, cujo teor está a seguir
apresentado:

“Pela presente, apresentamos e submetemos à apreciação de V.Sa., nossa Proposta relativa


ao certame em epígrafe, assumindo inteira responsabilidade por quaisquer erros ou omissões
que venham ser verificados na sua preparação.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 18 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Os preços ofertados são à vista e se referem à data de referência dos preços estabelecida no
Edital.

Se nossa Proposta for aceita e considerada vencedora, concordamos, tacitamente, dentro


do prazo estipulado pela SABESP, em assinar o Contrato.

Declaramos que possuímos plena capacidade para a execução do contrato na forma


licitada, que nossa Proposta está em estrita conformidade com as Especificações Técnicas
estabelecidas no Edital; que os preços ofertados contemplam integralmente e sem ressalvas,
as exigências estabelecidas pelo Edital.

Declaramos ter pleno conhecimento do Edital; submissão às condições nele estabelecidas;


conhecimento das(os) localidades/locais onde se desenvolverão os serviços; da natureza e
do escopo dos mesmos; tendo ciência de todas as condições e eventuais dificuldades para
sua execução.

Declaramos ainda que, a validade de nossa Proposta é de 60 (sessenta) dias a contar da data
limite para envio da Proposta .“

11 - Declaração de Elaboração Independente de Proposta

O Licitante deve declarar via INTERNET, por meio de seu Representante Legal, que sua
proposta foi elaborada de maneira independente, no inteiro teor do modelo a seguir
apresentado:

“Declaramos, sob as penas da lei, em especial o art. 299 do Código Penal Brasileiro, que:
(i) nossa proposta foi elaborada de maneira independente, e que o seu conteúdo não foi,
no todo ou em parte, direta ou indiretamente, informado a, discutido com ou recebido
de qualquer outro participante potencial ou de fato desta Licitação, por qualquer meio
ou por qualquer pessoa;
(ii) a intenção de apresentar nossa proposta não foi informada a, discutido com ou
recebido de qualquer outro participante potencial ou de fato desta Licitação, por
qualquer meio ou por qualquer pessoa;
(iii) não tentamos, por qualquer meio ou por qualquer pessoa, influir na decisão de qualquer
outro participante potencial ou de fato desta Licitação, quanto a participar ou não da
referida licitação;
(iv) o conteúdo de nossa proposta não será, no todo ou em parte, direta ou indiretamente,
comunicado a ou discutido com qualquer outro participante potencial ou de fato desta
Licitação, antes da adjudicação do objeto da referida licitação;
(v) o conteúdo de nossa proposta não foi, no todo ou em parte, direta ou indiretamente,
informado a, discutido com ou recebido de qualquer integrante da SABESP antes da
abertura oficial das propostas; e
(vi) que estamos plenamente cientes do teor e da extensão desta declaração e que
detemos plenos poderes e informações para firmá-la.”

12 - O Licitante deve declarar via INTERNET, por meio de seu Representante Legal, o
conhecimento da Lei nº 13.709/2018 e das condições estabelecidas pela Política de
Privacidade de Dados Pessoais da Sabesp, nos termos abaixo:

“Declaramos o pleno conhecimento e atendimento da legislação, sanções cabíveis e demais


critérios da Política de Privacidade de Dados Pessoais da Sabesp, bem como, que possuímos
processos e mecanismos internos adequados ao tratamento de dados pessoais, nos termos
da Lei nº 13.709/2018. ”

13- Proposta Comercial, conforme Alínea C adiante

14- Documentos de Habilitação, conforme Alínea D adiante.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 19 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

ALÍNEA C – PROPOSTA COMERCIAL

1. A Proposta Comercial é composta pelos seguintes documentos:

a) Declaração de Conformidade - conforme Alínea Declarações, deste Capítulo.

b) Planilha de Orçamento - campos a serem preenchidos e confirmados em TELA especifica no


ambiente Contratações Eletrônicas.

ATENÇÃO: A Planilha de Orçamento será preenchida na tela especifica no ambiente


Contratações Eletrônicas com o valor total da proposta e nunca com preços unitários dos
serviços.

b.1) DATA DE REFERÊNCIA DE PREÇOS - Os preços ofertados serão à vista e deverão se referir à Data
de Referência dos Preços correspondente ao acordo/convenção/dissídio coletivo de
trabalho da categoria predominante – 05/2020.

Esse valor total será obtido pelo Licitante pelo preenchimento das Planilhas de Quantitativos
e Preços Unitários do Capítulo VI do Edital (e não do sistema eletrônico), o qual será
transportado pelo Licitante para a tela “Planilha de Orçamento“

c) Declaração de Elaboração Independente de Proposta - conforme Alínea Declarações, deste


Capítulo

2- Os valores apresentados na Proposta Comercial se referem à Data de Referência dos Preços,


conforme Alínea – Proposta Comercial – Capítulo II, deste Edital.

a) Os preços/valores, são à vista e deverão estar grafados em Reais – R$, com quatro casas
decimais, para os fins de colocação da Proposta, sendo as duas últimas zero, zero. Exemplo:
1.999.999,9500.

b) Nos preços deverão estar incluídos mão-de-obra, fornecimento de materiais, todos os custos
diretos e indiretos, bem como os encargos, lucro e despesas indiretas (LDI) e demais despesas
de qualquer natureza.

3- Somente para os efeitos de ordenamento das Propostas pelo Sistema o Licitante deverá
declarar, ainda, via INTERNET:

“Para efeito do cumprimento ao estabelecido no parágrafo 2° do art. 3º da Lei 8.666/93,


declaramos sob as penalidades cabíveis, que estamos ofertando:

(I) produtos e serviços produzidos no País.


(ii) produzidos ou prestados por empresas brasileiras.
(iii) produtos e serviços produzidos ou prestados por empresas que invistam em pesquisa e no
desenvolvimento de tecnologia no País. ”
(iv) produtos produzidos ou prestados por empresas que comprovem cumprimento de reserva
de cargos prevista em lei para pessoas com deficiência ou para reabilitado da Previdência
Social e que atendam às regras de acessibilidade previstas na legislação.

a) O Pregoeiro, a seu critério, poderá proceder à diligenciamento com o fito de obter


confirmação do teor da declaração.

b) Em caso de declaração falsa, garantido o direito prévio ao contraditório e a ampla defesa,


aplicar-se-á a pena conforme itens 5 e 6 da Alínea – Disposições Finais do Capítulo III.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 20 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

ALÍNEA D – DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO

NOTA – INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB 1950, de 12 DE MAIO DE 2020 - Em razão da publicação da


referida Instrução Normativa, fica prorrogado o prazo de apresentação da Escrituração Contábil
Digital (ECD) referente ao ano-calendário de 2019.

NOTA – LEI FEDERAL Nº 14.030, de 28/07/2020 – Em razão da conversão da MP 931/20 serão


considerados os dispositivos da Lei nº 14.030/20, na análise dos Documentos de Habilitação, em
especial, na comprovação da habilitação jurídica e da qualificação econômico-financeira.

Consiste em um conjunto de documentos, relacionados a seguir nesta alínea, que devem ser
previamente apresentados em uma das Unidades Cadastradoras do CAUFESP para obtenção da
Ficha Cadastral ou sua atualização, excetuando-se os documentos elencados em 1.7 a 1.9, que
dizem respeito à segmentos específicos de mercado não contemplados no rol de documentos
exigidos pelo CAUFESP.

1 - Os documentos deverão ser apresentados nas Unidades Cadastradoras do CAUFESP, em


tempo hábil para análise visando a atualização da Ficha Cadastral do Licitante. Não serão
aceitos documentos encaminhados via fax por e-mail.

2 - O Licitante que comparecer ao certame por meio de matriz deverá apresentar, em Sessão
Pública, Declaração de Pleno Adimplemento em relação à Regularidade Fiscal e Trabalhista
(Modelo Capítulo V).

a) - O Licitante que comparecer ao certame por meio de matriz poderá indicar outro(s)
estabelecimento(s) filial(is) para a execução do contrato. Neste caso deverá ser apresentada
pela matriz do Licitante, declaração conforme Modelo - Capitulo V, designando o
estabelecimento do Licitante que executará o objeto – se a própria matriz ou filial, conforme
permissão estatutária, cabendo a este o recebimento dos pagamentos devidos e o
recolhimento dos tributos que lhe couber.

b) Além da indicação da Filial para executar o contrato, a Matriz deverá informar na sua
Declaração de Pleno Adimplemento em relação à Regularidade Fiscal e Trabalhista (Modelo
Capítulo V), o adimplemento da regularidade fiscal e trabalhista, relativo à Filial, em especial
os documentos estabelecidos pelos subitens 2.1, 2.5 e 2.6 a seguir.

NOTA: a ausência desse documento poderá ser suprida por declaração do Licitante, de
igual teor, na própria Sessão Pública e deverá estar expressamente registrada na Ata ou,
na impossibilidade, através do saneamento de falhas, conforme Alínea - Diligências,
Esclarecimentos Complementares e Saneamento de Falhas do Capítulo I.

c) Em contrato executado pelo estabelecimento da Filial, a Matriz responderá pelas obrigações


fiscais inadimplidas e geradas durante a execução do contrato por parte da sua Filial. Neste
caso deverá ser apresentada declaração de responsabilidade sobre a filial devidamente
assinada pelo representante legal da matriz, conforme Modelo - Capitulo V, designando o
estabelecimento do Licitante (filial) que executará o contrato, conforme permissão estatutária.

3 - As referidas declarações devem ser enviadas à unidade responsável pela realização do


certame, via “upload”, a pedido do Pregoeiro, quando da realização da fase de habilitação.

4 - Os Licitantes detentores do tratamento previsto na Lei Complementar n° 123/06 estão


obrigados a apresentar a Declaração de Pleno Adimplemento em relação à Regularidade
Fiscal e Trabalhista (Modelo Capítulo V), indicando os seus documentos relacionados à
Regularidade Fiscal e Trabalhista que contenham restrições.

5 - Em havendo restrição na comprovação da regularidade fiscal e trabalhista, em consonância


ao parágrafo 1° artigo 43 da Lei Complementar 123/06, e suas alterações subsequentes será

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 21 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

assegurado o prazo de 5 (cinco) dias úteis, prorrogáveis por igual período, a critério da SABESP,
para a regularização da referida documentação.

6 -‘ Os documentos elencados no quadro abaixo são identificados e detalhados a seguir.

6.1 -‘ Estes documentos devem ser apresentados de acordo com a opção de participação do
Licitante no certame – Matriz ou Filial ou Cooperativas, Fundos de Investimentos, Entidades de
Previdência Privada e Instituições Financeiras.

Regularidade Qualificação Declaração art.


Habilitação Qualificação
Fiscal e Econ. 7º, inc. XXXIII da
Jurídica Técnica
Trabalhista Financeira CF

4.1 a 4.3 (se for o


caso, observar a
regra
Matriz 1.1 a 1.4 2.1 a 2.6 3.1 a 3.3 5.1
estabelecida no
§1º inc. III do art.
77 RILC)
4.1 a 4.3 (em
nome da Matriz
2.1, 2.4, 2.5 e 2.6
ou da própria
(em nome da
1.1 a 1.4 (em Filial)
Filial) 3.1 a 3.3 (em
Filial nome da (se for o caso, 5.1
2.2, 2.3 e 2.4 (em nome da Matriz)
Matriz) observar a regra
nome da Matriz)
estabelecida no
§1º inc. III do art.
77 RILC)
(*) Observar que
Deverão ser
na habilitação a
apresentados todos
Regularidade os documentos
Fiscal e listados em
Trabalhista será Qualificação
Econômico-
demonstrada
Financeira. Para os
por meio de documentos que o
Outros Declaração de Licitante não esteja
1.7 a 1.9 sujeito à
4.1 a 4.3 5.1
(*)(**) Pleno
comprovação na
Adimplemento,
forma da Lei, desde
conforme o que devidamente
disposto no item justificado, serão
2 - Regularidade aceitos documentos
equivalentes ou
Fiscal e
quando for o caso
Trabalhista. não serão exigidos
(**) Dispensada.

(*) Cooperativas, Fundos de Investimentos, Entidades de Previdência Privada e Instituições Financeiras


(**) Empresas Estrangeiras: a) observar documentos equivalentes do país de origem, comprobatórios de
constituição da empresa, como estatutos e documentos constituintes. b) prova de constituição da
diretoria em exercício, em se tratando de sociedade anônima ou por ações, devidamente publicada e
arquivada em órgão próprio de seu país de origem, inclusive com poderes de representação legal da
sociedade, ou documentação equivalente, sujeita à comprovação.

1- HABILITAÇÃO JURÍDICA

1.1 - registro empresarial na Junta Comercial, no caso de empresário individual, ou empresa


individual de responsabilidade limitada - EIRELI;

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 22 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

1.2 - ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, e registro
comercial, no c aso de sociedades limitadas, acompanhada das publicações exigidas dos
referidos documentos pela Lei Federal n°6.404/1976, no caso de sociedades anônimas e de
sociedades limitadas de grande porte. No caso de sociedade por ações, apresentar também
documento de eleição de seus administradores;

1.3 - ato constitutivo, estatuto ou contrato social atualizado e registrado na Junta Comercial, em
se tratando de sociedade empresária ou cooperativa, devendo o estatuto, no caso das
cooperativas, estar adequado à Lei Federal nº 12.690/12;

1.4 - Ato constitutivo atualizado e registrado no Registro Civil de Pessoas Jurídicas, tratando-se de
sociedade não empresária, acompanhado de prova da diretoria em exercício;

1.5 - Decreto de autorização, tratando-se de sociedade empresária estrangeira em


funcionamento no País,

a) ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente,


quando a atividade assim o exigir.

1.6 - comprovação da condição de Licitante detentor do tratamento previsto na Lei


Complementar n° 123/06, conforme seu enquadramento, da seguinte forma:

a) Sociedade Empresária ou Empresário Individual (MEI/EIRELI) – apresentar a certidão expedida


pela Junta Comercial, nos termos do artigo 8° da IN 103, de 30/04/07, do Departamento
Nacional de Registro do Comércio, quando o Licitante for registrado em Junta Comercial.

b) Sociedade Simples – apresentar a Certidão de Breve Relato de Registro de Enquadramento


de Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte, expedida pelo Cartório, quando o Licitante
for registrado em Cartório de Registro de Pessoas Jurídicas.

c) comprovação da condição de sociedade cooperativa da seguinte forma:


(i) apresentar a Demonstração do Resultado do Exercício ou documento equivalente que
comprove Receita Bruta até o limite definido no inciso II do caput do art. 3º da Lei
Complementar n° 123/06.

NOTA A SABESP alerta que em cumprimento aos princípios da celeridade e da razoabilidade, é


dever do Licitante estar com a certidão referida em 1.6 à mão, para envio imediato, por
upload, por e-mail, ato contínuo da solicitação da SABESP, sob pena de inabilitação desse
Licitante.

1.7 no caso de sociedade cooperativa, ata de fundação e estatuto social em vigor, com ata da
assembleia que o aprovou, devidamente arquivado na Junta Comercial ou inscrito no
Registro Civil de Pessoas Jurídicas da respectiva sede, bem como o Certificado/Declaração
de regularidade na Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo ou em outra
organização estadual de cooperativas, acompanhado dos documentos de eleição de seus
administradores, devidamente registrados na Junta Comercial.

1.8 no caso de fundo de investimento, os seguintes documentos: (a) comprovante de registro do


fundo de investimento na CVM; (b) ato constitutivo com última alteração arquivada perante
o órgão competente; (c) regulamento e alterações, se houver, devidamente registrados no
cartório de títulos e documentos; (d) comprovante de registro do administrador e, se houver,
do gestor do fundo de investimento perante a CVM; (e) prova de eleição dos representantes
do administrador; (f) comprovação de que o fundo de investimento se encontra
devidamente autorizado pelos seus cotistas a participar da licitação, por meio de autorização
decorrente da política de investimento do fundo descrita em seu regulamento, e de que o
seu administrador pode representá-lo em todos os atos e para todos os efeitos da licitação,
assumindo, em nome do fundo de investimento, todas as obrigações e direitos que dela
decorrerem; (g) certidão negativa de falência da administradora e gestora do fundo,
expedida pelo(s) cartório(s) de distribuição da sede da(s) mesma(s), com data de até 180
(cento e oitenta) dias anteriores à data da sessão pública para recebimento e abertura dos

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 23 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

envelopes; e (h) demonstração do administrador do fundo de que (i) há instrumentos


particulares de compromisso de investimento firmados entre os cotistas e o fundo, nos termos
do artigo 2º, parágrafo 5º da instrução CVM n.º 391, de 16 de julho de 2003, se o caso; ou,
alternativamente, (ii) apresentação de declaração do administrador do fundo de que há
instrumentos particulares de compromisso de investimento firmados entre os cotistas e fundo,
acompanhada de cópia do anúncio de encerramento.

1.9 no caso de entidade aberta ou fechada de previdência complementar, deverá apresentar a


ata que elegeu a administração em exercício, o regulamento em vigor, comprovante de
autorização expressa e específica quanto à constituição e funcionamento da entidade de
previdência complementar, concedida pelo órgão fiscalizador competente, e
declaração/certidão de que os planos e benefícios por ela administrados não se encontram
sob liquidação ou intervenção da entidade reguladora.

2- REGULARIDADE FISCAL E TRABALHISTA

Para fins de habilitação a Regularidade Fiscal e Trabalhista será demonstrada por meio de
Declaração de Pleno Adimplemento em relação à Regularidade Fiscal e Trabalhista (Modelo
Capítulo V). Caso o Licitante venha a se sagrar vencedor do certame o rol dos documentos de
Regularidade Fiscal e Trabalhista deverão ser apresentados como condição prévia para assinatura
do contrato. As certidões devem estar válidas na data da assinatura do contrato.

2.1 - prova de inscrição no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica – CNPJ e de Situação Cadastral,
comprovando situação ativa. (Documento válido somente mediante consulta online, junto
ao Órgão Federal competente).

2.2 - certidão negativa ou positiva com efeitos de negativa de débitos relativos a créditos
tributários federais e à dívida ativa da União, expedida conjuntamente pela Secretaria da
Receita Federal do Brasil e pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, com validade na
data de assinatura do contrato. (Documento a ser confirmado online, junto ao Órgão Federal
competente)

2.3 - certificado de regularidade de situação perante o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço -


CRF, com validade na data da assinatura do contrato. (Documento a ser confirmado online,
junto ao Órgão Federal competente).

2.4 - certidão negativa de débitos trabalhistas – CNDT, ou positiva com efeitos de negativa –
comprovando a inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho, com
validade na data da assinatura do contrato. (Documento a ser obtido pela SABESP junto aos
portais da Justiça do Trabalho - Tribunal Superior do Trabalho, Conselho Superior da Justiça do
Trabalho e Tribunais Regionais do Trabalho).

2.5 - certidão negativa de débito com a Fazenda Estadual ou positiva com efeitos de negativa
referente à regularidade do ICMS datada de, no máximo, 06 (seis) meses anteriores à data da
assinatura do contrato observada a validade aposta no documento ou certidão negativa de
débitos tributários inscritos na dívida ativa, obtida por meio do endereço eletrônico
www.dividaativa.pge.sp.gov.br da Procuradoria Geral do Estado – PGE, para as emissões
ocorridas após a publicação no Estado de São Paulo da Resolução Conjunta SF/PGE 03, de
13/08/2010, com validade de 30 (trinta) dias. Empresas que nos termos da legislação aplicável,
não estiverem inscritas na Fazenda Estadual, portanto dispensadas da comprovação de
regularidade, ficam obrigadas a declarar sob as penalidades cabíveis tal condição.

2.6 - certidão negativa de débito com a Fazenda Municipal ou positiva com efeitos de negativa
referente à regularidade mobiliária, pertinente ao objeto licitado, datada de, no máximo, 06
(seis) meses anteriores à data da assinatura do contrato, observada a validade aposta no
documento. (Documento a ser confirmado online, junto à Secretaria Municipal de Finanças
nos Municípios que disponibilizarem esse serviço). [Parecer PGE 06/2015 – somente quanto a
tributos ou outros créditos relacionados ao objeto em certame e à atividade desempenhada
pela licitante]

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 24 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

3- QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

3.1 - Deverão ser apresentadas as seguintes certidões, conforme o caso:

(i) certidão negativa de falência, recuperação judicial e/ou extrajudicial, expedida pelo
distribuidor da sede da pessoa jurídica datada de, no máximo, 90 (noventa) dias anteriores à
data da apresentação para comprovação dos documentos de habilitação.

a) nas hipóteses em que a certidão negativa de recuperação judicial ou extrajudicial


encaminhada for positiva, deve o Licitante apresentar comprovante da
homologação/deferimento pelo juízo competente do plano de recuperação
judicial/extrajudicial em vigor.
OU

(ii) certidão negativa de insolvência civil ou documento de nomenclatura equivalente (ações e


execuções cíveis, fiscais e criminais – estadual e federal); expedido pelo distribuidor da sede
da pessoa jurídica datada de, no máximo, 90 (noventa) dias anteriores à data de sua
apresentação para comprovação dos documentos de habilitação; para licitantes que não
estejam sujeitas à falência, recuperação judicial e/ou extrajudicial.

Nota: a Ficha Cadastral do CAUFESP contempla e substitui apenas a certidão negativa de falência,
recuperação judicial e extrajudicial, não se prestando, desta forma, a substituir a certidão
negativa de insolvência civil.

3.2 - balanço patrimonial e demonstrações contábeis do último exercício social, já exigíveis e


apresentados na forma da lei, vedada a sua substituição por balancetes ou balanços
provisórios.

NOTA: As informações para comprovação da data de encerramento do exercício fiscal e os


poderes dos administradores para assinatura das demonstrações financeiras, devem constar
do Contrato/Estatuto Social ou instrumento jurídico legal.

(i) quando o balanço patrimonial do exercício social for apresentado por período(s) (mensal,
bimestral, trimestral, quadrimestral ou semestral), o Licitante deverá apresentar, em
complementação, Declaração assinada pelo sócio da empresa e pelo contador, informando
que os valores apurados no último período, contemplam o resultado acumulado do último
exercício social, já exigível. (Modelo – Capítulo V)

a) para a apresentação na forma da lei, considerar o balanço patrimonial e demonstrações


contábeis:

Balanço patrimonial e Prazo para apresentação


Forma Regime
demonstrações contábeis, Balanço Patrimonial e
Jurídica Tributário
acompanhados: demonstrações contábeis
(I) do Recibo de Entrega de
Escrituração Contábil Digital ou
do Termo de Autenticação,
Sociedade
ambos emitidos por meio do
Empresária/
Sistema SPED Contábil.
Cooperativa Último dia útil do mês de maio
(Instrução Normativa RFB n°
demais do ano seguinte ao ano-
Lucro Real 2.003/2021 e suas atualizações)
empresas calendário a que se refira a
(II) Declaração assinada pelo
optantes escrituração
sócio da empresa e pelo
pelo SPED
Contador, informando a
Contábil
condição de optante pelo
Lucro Real (Modelo – Capítulo
V)

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 25 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

(I) do Recibo de Entrega de


Escrituração Contábil Digital ou
do Termo de Autenticação,
ambos emitidos por meio do
Lucro
Sistema SPED Contábil.
Presumido
(Instrução Normativa RFB n°
enquadrada
2.003/2021 e suas atualizações)
nos termos
(II) Declaração assinada pelo
da IN
sócio da empresa e pelo
2.003/2021
Contador, informando a
condição de optante pelo
Lucro Presumido (Modelo –
Capítulo V)
(i) de Declaração assinada É o prazo estabelecido pelo
Lucro
pelo sócio da empresa e pelo art. 1.078 do Código Civil Lei
Presumido
Contador, informando a 10.406/02 (04 meses após o
não
condição de optante pelo encerramento do exercício
enquadrada
Lucro Presumido não social)
nos termos
enquadrado nos termos da IN
da IN
2.003/2021. (Modelo – Capítulo
2.003/2021 (*)
V)
(i) de Declaração assinada
pelo sócio da empresa e pelo
Contador, informando a
Simples
condição de Optante Simples.
Nacional(*)
Esta condição será verificada
junto ao site da Receita
Federal. (Modelo – Capítulo V)

(*) As empresas desobrigadas, que optaram por encaminhar sua escrituração contábil, por meio do
Sistema Público de Escrituração Digital – SPED, enquadram-se no prazo estabelecido pela IN
1.594/15 (último dia útil do mês de maio do ano seguinte ao ano-calendário a que se refira a
escrituração).

Balanço patrimonial e Prazo para apresentação


Forma Tipo
demonstrações contábeis Balanço Patrimonial e
Jurídica Jurídico
devidamente publicados. demonstrações contábeis
(i) da ata de aprovação
(Assembleia Geral Ordinária),
Capital
devidamente arquivada na Junta
Sociedade Aberto
Comercial, todos publicados no
Anônima / Diário Oficial do Estado. É o prazo estabelecido pelo
Sociedade
com Patrimônio Líquido inferior à R$ art. 1.078 do Código Civil Lei
em
2 milhões e menos de 20 acionistas - 10.406/02 (04 meses após o
comandita
extraídos do Livro Diário em cópias encerramento do exercício
por ações
Capital legíveis e autenticadas, social)
Fechado acompanhados de termos de
abertura e encerramento do Diário
Geral, registrados na Junta
Comercial.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 26 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Sociedade Empresária de
Grande Porte, nos termos
do art. 3º da Lei nº 11.638,
de 28 de dezembro de (i) de Declaração assinada pelo sócio da empresa e pelo
2007 Contador, informando sua condição, nos termos da IN 2.003/2021.
Cooperativa de Grande (Modelo – Capítulo V)
Porte nos termos do art. 3º
da Lei nº 11.638, de 28 de
dezembro de 2007

NOTA: Casos excepcionais que não se enquadrem nas situações acima serão passíveis de
diligenciamento, nos termos da Alínea - Diligências, Esclarecimentos Complementares e
Saneamento de Falhas do Capítulo I.

b) a boa situação financeira da sociedade será comprovada por meio dos seguintes índices
contábeis:

- Índice de Liquidez Geral

‫ ≥ ܩܮ‬1,10

ativo circulante + ativo realizável a longo prazo


LG =
passivo circulante + passivo não circulante

- Grau de Endividamento Total

‫ ≤ ܶܧ‬0,70

passivo circulante + passivo não circulante


ET =
ativo total

(i) em se tratando de Licitante que tenha encerrado seu exercício social há mais de 6 (seis) meses
da data de apresentação da proposta, poderá ser apresentado, em conjunto com os
documentos indicados na alínea a), o balancete de verificação, correspondente ao mês
anterior à data de apresentação da proposta, acompanhado da demonstração do
resultado do período, devidamente assinado pelo contabilista e pelo administrador ou
representante legal.
(ii) no caso de Licitante constituída durante o ano corrente, deverá ser apresentado o balanço
patrimonial de abertura da empresa ou o balancete de verificação, correspondente ao mês
anterior à data de apresentação da proposta, acompanhado da demonstração do
resultado do período de existência da sociedade, devidamente assinado pelo contabilista e
pelo administrador ou representante legal.
(iii) Caso o Proponente seja filial/sucursal, deverá apresentar o balanço patrimonial consolidado
da matriz.

(iv) a condição prevista em (i) anterior, impossibilita a obtenção de índices e, de consequência,


ficam dispensados pela SABESP.

3.3 - Declaração de Optante ao Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e


Contribuições - Simples Nacional e/ou Programa de Recuperação Fiscal – REFIS, conforme
modelo - Capítulo V, caso o Licitante enquadre-se nessa situação.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 27 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

4- QUALIFICAÇÃO TÉCNICA

4.1 - atestado(s) em nome da Licitante, emitido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado,
comprovando a execução de serviços de características semelhantes de complexidade
tecnológica e operacional equivalentes ou superiores às constantes da alínea “a” adiante,
que são as que têm maior relevância técnica e valor significativo.

a) as características e/ou parcelas de maior relevância técnica e valor significativo do objeto


licitado são:
(I) Troca de ligações de água Ø ≥ 22 mm = 1.775 unidades
(II) Troca de ligações de água MND Ø ≥ 22 mm = 4.987 unidades
(III) Levantamento e reposição de pavimentação asfáltica = 8.820 m2
b) A priori, para fins de apresentação de atestados, consideram-se serviços de características
semelhantes de complexidade tecnológica e operacional equivalentes aos relacionados no
subitem “a” anterior, os itens relacionados a seguir:

(I) Troca de ligações de água Ø ≥ 22 mm quantidades ≥ 835 unidades (47,04%).


(II) Troca de ligações de água MND Ø ≥ 22 mm quantidade ≥ 2.344 unidades (47,00%).
(III) Levantamento e reposição de pavimentação asfáltica ≥ 4.200 m2 (47,62%).

c) para demonstrar o cumprimento das quantidades constantes do subitem b), a Licitante


poderá se utilizar do somatório dos quantitativos já executados em tantos contratos quantos
dispuser a Licitante, correspondentes a quaisquer períodos.

d) para comprovação da veracidade das informações apresentadas por Licitante que tenha se
valido de atestados emitidos por signatários que não sejam contratantes titulares, fica
reservada à SABESP a promoção de diligências necessárias. Assim a veracidade das
informações prestadas e dos documentos apresentados pela Licitante são de sua
responsabilidade, sujeitando-se a Licitante às sanções previstas nas legislações civil e penal.
Os esclarecimentos e as informações prestadas por quaisquer das partes, serão sempre por
escrito; e estarão, a qualquer tempo, com vistas franqueadas no Dossiê do procedimento
licitatório.

e) o(s) atestado(s) deverá(ão) conter:


− identificação da pessoa jurídica emitente;
− nome e cargo do signatário;
− endereço completo do emitente;
− período de vigência do contrato;
− objeto contratual;
− outras informações técnicas necessárias e suficientes para a avaliação das experiências
referenciadas pela SABESP.

4.2 - Certidão de Registro de Pessoa Jurídica, emitido pelo CREA, em nome do Licitante, com
validade na data da apresentação.

4.3 - Certidão(ões) de Acervo Técnico (CAT) e seus anexos, expedida(s) pelo CREA, do(s)
profissional(is) detentor(es) do(s) atestado(s) de responsabilidade técnica, comprovando a
execução de serviços de características semelhantes de complexidade tecnológica e
operacional equivalentes ou superiores às constantes da alínea d adiante, para órgão ou
entidade da administração pública direta ou indireta, ou ainda, para empresa privada.

a) a Certidão de Acervo Técnico - CAT deverá referir-se às atividades técnicas que façam parte
das atribuições legais do profissional, sendo que somente serão aceitas as constantes do
artigo 5º da Resolução n° 1.010/05 do CONFEA e relacionadas a execução de obras, e/ou
serviços de engenharia, a saber:
- Gestão
- Coordenação
- Direção
- Execução

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 28 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

- Fiscalização
- Supervisão

b) o(s) profissional(is) detentor(es) do(s) atestado(s) de responsabilidade técnica deverá(ão)


fazer parte do quadro permanente da empresa Licitante na data de apresentação da
Proposta e dos Documentos de Habilitação. A comprovação de vínculo deste profissional
pode se dar mediante contrato social ou registro na carteira profissional, ficha de empregado
ou contrato de trabalho ou contrato de prestação de serviços.

(i) o contrato de prestação de serviços mencionado no “caput” desta letra “b” deverá ser
registrado no Cartório de Títulos e Documentos. Este registro só será exigido da licitante a qual
for adjudicado o contrato para a execução das obras e/ou serviços objeto do Edital, como
condição de assinatura do termo de contrato.

c) o(s) profissional(is) detentor(es) do(s) atestado(s) de responsabilidade técnica que


possibilitou(aram) a habilitação do Licitante deverá(ão) atuar(em) como Responsável(is)
Técnico(s) na execução do contrato. Além desse(s), o Licitante poderá indicar outro(s)
profissional(is) para atuar(em) como Responsável(is) Técnico(s).

(i) o(s) responsável(is) técnico(s) deverão ser, necessariamente conforme abaixo e em número
suficiente de profissionais com habilitação legal em cada especialidade que compõe o
escopo principal da futura contratação - o(s) qual(is) apresentará(ão) Declaração Individual
de Responsável Técnico, autorizando sua(s) indicação(ões) (modelo - Capítulo V).

Engenheiro Civil OU
Engenheiro de Fortificação e Construção OU
Engenheiro Sanitarista em conjunto com Engenheiro Civil ou Engenheiro de Fortificação e
Construção OU
Engenheiro Mecânico Eletricista em conjunto com Engenheiro Civil ou Engenheiro de
Fortificação e Construção OU
Engenheiro Eletricista em conjunto com Engenheiro Civil ou Engenheiro de Fortificação.

d) as características e/ou parcelas de maior relevância técnica e valor significativo do objeto


licitado são:

(I) Troca de ligações de água Ø ≥ 22 mm


(II) Troca de ligações de água MND Ø ≥ 22 mm
(III) Levantamento e reposição de pavimentação asfáltica

NOTA: a SABESP alerta que em cumprimento aos princípios da celeridade e da razoabilidade, é


dever do Licitante estar com os documentos de habilitação não substituídos pela Ficha
Cadastral do CAUFESP, à mão, para envio imediato, via upload ou por e-mail, ato contínuo
da solicitação do Pregoeiro, sob pena de inabilitação desse Licitante.

5.- Declaração do Licitante de que se encontra em situação regular na observância das


vedações estabelecidas no artigo 7º, inciso XXXIII da Constituição Federal, ou seja, proibição
de trabalho noturno, perigoso ou insalubre aos menores de dezoito anos e de qualquer
trabalho a menores de dezesseis anos, salvo na condição de aprendiz, a partir de catorze
anos.

NOTA: A referida declaração de prova de regularidade consta do documento preenchido no


momento do cadastramento da proposta do Licitante.

6- FICHA CADASTRAL DO CAUFESP (observados os segmentos específicos de mercado não


contemplados no rol de documentos exigidos pelo CAUFESP.)

6.1 - A Ficha Cadastral do CAUFESP, substituirá os documentos relacionados nos itens 1.1 a 1.4 e 3
(exceto a certidão negativa de insolvência civil), desde que observada a regra abaixo
estabelecida.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 29 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

NOTA os documentos relacionados ao item 2 serão verificados quando da assinatura do contrato.

6.2 - A Ficha Cadastral do CAUFESP somente substituirá os documentos nela vigentes e


correspondentes aos itens acima, considerando a seguinte situação:

a) Ficha Cadastral – Situação Ativo, Atualização Cadastral - Em Elaboração, Atualização


Cadastral -Aguardando Análise e Atualização Cadastral – Em Análise.

(i) complementarmente a essa Ficha Cadastral – apresentar apenas os documentos necessários


para atendimento de todas as condições exigidas nesta Alínea – Documentos de Habilitação;
com data de validade expirada ou sem data de validade aposta na Ficha Cadastral. Os
documentos vigentes relacionados na Ficha Cadastral estão dispensados de apresentação.

b) Para novas inscrições, todos os documentos e condições exigidos para cadastramento


deverão ser entregues em uma das Unidades Cadastradoras.

Com relação à Certidão Negativa de Débito com a Fazenda Municipal e a Certidão Negativa
de Débito com a Fazenda Estadual, quando não disponibilizadas na Ficha Cadastral do
CAUFESP, o Licitante obrigatoriamente deverá apresentar os documentos.

c) Os demais documentos, que não constam da Ficha Cadastral do CAUFESP, deverão ser
enviados a pedido do Pregoeiro, quando da realização da fase de habilitação. O Licitante
detentor da melhor oferta deverá apresentar os respectivos originais ou cópias autenticadas
até o próximo dia útil ao da realização da Sessão Pública, salvo se outro prazo tiver sido
estabelecido pela SABESP.

d) Os documentos de que trata o subitem “c” anterior, devem ter sido emitidos até a data de
abertura da primeira Sessão Pública e estarem válidos na data de abertura da primeira Sessão
Pública. Documentos emitidos em data posterior àquela não serão considerados para efeito
de Habilitação, ressalvado o disposto no subitem 3.1 da Alínea Documentos de Habilitação
deste Capítulo.

6.3 - Os valores dos índices contábeis a serem considerados pela SABESP para efeito do subitem
3.2 anterior, serão aqueles constantes da correspondente Ficha Cadastral apresentada,
validados pela Unidade Cadastradora do CAUFESP quando de sua emissão.

7- Caso o balanço patrimonial constante da Ficha Cadastral do CAUFESP resultar em índices


contábeis que não atendam os valores limites estabelecidos no item 3 – Qualificação
Econômico-Financeira o Licitante poderá apresentar balanço patrimonial e demonstrações
contábeis nos termos deste mesmo item 3.

8- Na situação excepcional de greve notoriamente constatada, a SABESP admitirá a


apresentação do correspondente documento vencido acompanhado (i) das subsequentes
guias de recolhimento dos impostos, quando couber; e/ou (ii) do protocolo de solicitação do
documento; e (iii) de declaração do Licitante onde conste expressamente a sua regularidade
junto ao órgão competente e o seu comprometimento em apresentar o documento de
situação regular, na primeira oportunidade viabilizada por esse órgão; fator condicionante
para a assinatura do instrumento de contratação.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 30 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

CAPITULO III – PROCEDIMENTO E JULGAMENTO

ALÍNEA A – ABERTURA DAS PROPOSTAS

1- A sessão de processamento do Pregão SABESP será conduzida, via INTERNET, pelo Pregoeiro
com o auxílio da Equipe de Apoio, designados no Dossiê do processo.

1.1 - Para a condução da sessão será utilizada ferramenta da tecnologia da informação que
permite a condução pelo Pregoeiro dos procedimentos durante a Sessão Pública. O sistema
eletrônico utiliza recursos de criptografia e de autenticação para assegurar as condições
adequadas de segurança em todas as etapas do certame. O sistema eletrônico espelha as
regras do Regulamento Interno de Licitação e Contratação da SABESP, reproduzindo os
procedimentos, de modo sequencial, viabilizando o recebimento de Propostas, a realização
da Sessão Pública, conferindo transparência, rapidez e segurança aos atos praticados.

1.2 - Cumprido o Credenciamento, nos termos da Alínea A do Capítulo II deste Edital, enviadas as
Propostas, por representante credenciado, até a data e hora limites e local estipulados no
Texto de Publicação, o Pregoeiro dará início à Sessão Pública.

1.3 - O sistema eletrônico somente permitirá apresentar uma única Proposta por Licitante.

1.4 - Respeitado o período de apresentação de propostas, o sistema eletrônico permitirá sua


substituição pelo Licitante. Não é possível o envio ou substituição de Propostas após a data e
o horário limites estabelecidos, qualquer que seja a alegação.

1.5 - Tendo em vista que a proposta deve ser apresentada na Planilha de Orçamento do certame,
preenchida em TELA especifica do sistema eletrônico com o valor total da proposta e nunca
com preços unitários dos serviços, o julgamento comercial recairá sempre sobre o valor total
ofertado.

1.6 - Após o horário limite fixado para envio das “Propostas”, nenhuma outra será recebida pela
SABESP, não cabendo ao Licitante qualquer direito de reclamação.

a) Todas as referências no Edital, no aviso e durante a Sessão Pública observam o horário de


Brasília – DF e, dessa forma, serão registradas no sistema eletrônico e na documentação
relativa ao certame.

b) A partir do horário previsto no Edital terá início a Sessão Pública do Pregão SABESP pelo
Pregoeiro, mediante senha pessoal e intransferível de acesso ao sistema eletrônico.

1.7 - As “Propostas” serão abertas, em Sessão Pública, pelo Pregoeiro nomeado pela SABESP, que
deverá obrigatoriamente divulgar de imediato o conteúdo das “Propostas” na forma
apresentada, sem, contudo, identificar os Licitantes.

a) É de responsabilidade exclusiva do Licitante a operação do sistema eletrônico, via


“INTERNET”, donde se presume sua total capacidade para a realização das transações
inerentes ao Pregão SABESP.

b) O Licitante será responsável por todas as transações efetuadas em seu nome, por meio de
sua senha de acesso ao sistema eletrônico, assumindo como firmes e verdadeiras suas
Declarações, Propostas e lances.

c) Compete, ainda, ao Licitante acompanhar as operações do sistema informatizado durante


a Sessão Pública, ficando responsável pelo ônus decorrente de perda de negócios diante da
inobservância de quaisquer mensagens emitidas pelo sistema eletrônico ou por sua
desconexão.

1.8– A revelação da identidade dos autores das “Propostas” e lances somente ocorrerá quando
da fase de habilitação, tanto para o Pregoeiro como para os Licitantes e demais

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 31 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

observadores, exceto o Licitante detentor da “melhor oferta”, que será identificado para fins
de negociação.

(i) para o bom andamento dos trabalhos os Licitantes não deverão se identificar até que o
sistema revele a identidade dos mesmos, porém, não se constituirá em motivo de
desclassificação, a identificação de Licitante(s), que não ocasione prejuízo ao processo .

ALÍNEA B – PROCEDIMENTO E JULGAMENTO DAS PROPOSTAS

1- O Pregoeiro verificará a conformidade do serviço ofertado cotejando-o com o objeto


licitado, por meio da Declaração de Conformidade.

1.1 - O Pregoeiro não levará em conta qualquer oferta ou vantagem não prevista neste Edital,
inclusive financiamentos subsidiados ou a fundo perdido, nem preço ou vantagem baseada
nas ofertas dos demais Licitantes.

2- Poderão ser desclassificadas as Propostas dos Licitantes que:

2.1 - apresentarem valores totais manifestamente inexequíveis;

2.2 - apresentarem valores totais simbólicos, irrisórios ou de valor zero, quando incompatíveis com
os valores de mercado.

3- Após a verificação de conformidade das Propostas com o escopo licitado, prosseguirão no


certame aquelas que estejam conformes.

4- Quando comparecer único Licitante ao Pregão, ou houver única Proposta válida, o Pregoeiro
suspenderá a Sessão Pública e, após analisadas as limitações do mercado e outros aspectos
pertinentes, inclusive quanto a preços, encaminhará o processo à autoridade superior, que
proferirá decisão quanto ao prosseguimento do certame ou sua revogação.

5- No tempo regulamentar concedido pelo Pregoeiro para a etapa de lances, prevalecendo o


horário limite registrado pelo sistema, no painel e em mensagem registrada no “chat”, será
dado início à etapa de apresentação de lances pelos Licitantes, que deverão ser formulados,
por quaisquer dos Licitantes classificados, aleatoriamente, em valores totais distintos,
decrescentes e inferiores ao último lance por ele ofertado e registrado no sistema,
possibilitando a disputa em quaisquer classificações no certame.

5.1 - Será permitido aos Licitantes detentores das ofertas selecionadas, apresentarem lances,
somente via sistema eletrônico, de forma aleatória, sendo de domínio público o lance
ofertado e o horário da oferta. Os lances devem ser cadastrados na parte superior do painel,
segundo campo à esquerda, campo LANCE.

5.2 - O desconto mínimo admissível para os lances é de R$ 20.000,00 (vinte mil reais). Este desconto
deverá incidir: a) em relação a menor oferta, caso o lance esteja disputando a menor oferta;
ou b) em relação ao último lance ofertado ou proposta do próprio licitante, caso o lance
esteja disputando as demais posições.

5.3 A ausência, na Sessão Pública, do representante legal do Licitante que encaminhou sua
Proposta, não resultará na sua desclassificação e terá sua Proposta julgada; nesta hipótese,
apenas perderá o direito de interpor recurso administrativo.

5.4 Caso o Licitante, na etapa de lances, oferte um valor incorreto, deverá admiti-lo
publicamente através do sistema eletrônico, dentro do tempo estipulado para lances,
solicitando seu cancelamento ao Pregoeiro que decidirá motivadamente quanto a
aceitação.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 32 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

6- O Pregoeiro estipulará tempo regulamentar – totalmente controlado pelo sistema - para que
os Licitantes detentores das propostas classificadas apresentem lances, de acordo com os
comandos contidos no item 5 anterior.

7- Quando houver lance nos últimos cinco minutos do tempo regulamentar, o sistema
automaticamente prorrogará esse tempo por cinco minutos adicionais, a partir do momento
do referido lance, e caso ainda haja lance nessa prorrogação serão concedidos aos Licitantes
outros cinco minutos, e assim sucessivamente, até que não mais sejam registrados quaisquer
lances.

a) O horário de prorrogação a ser considerado é aquele registrado no painel e em mensagem


registrada no “chat”, período esse administrado, automaticamente, pelo sistema.

b) Esse cálculo do tempo de prorrogação é impactado pelo critério de arredondamento de


horário em nível de “segundos” e pelo tempo de processamento das informações
demandado pelo sistema.

8- Caso não se realizem lances no tempo regulamentar, será verificada a compatibilidade entre
a Proposta de “valor total ofertado” e o valor SABESP estimado para a contratação, aferindo-
se sua aceitabilidade. Nesta hipótese, é facultado ao Pregoeiro, após a sua análise sobre a
aceitabilidade do preço ofertado, negociar com o autor da melhor Oferta, nos termos do
inciso XVII do art. 4º da Lei nº 10.520/02.

9- Exceção feita ao estipulado no subitem 5.4 anterior, não poderá haver desistência dos lances
ofertados, sujeitando-se o Licitante desistente às penalidades previstas no item 5 Alínea H
deste Capítulo III.

10- Declarada encerrada a etapa competitiva e ordenadas as Ofertas, o Pregoeiro procederá


ao exame das mesmas, observando:

10.1- Quando a Oferta primeira classificada for apresentada por Licitante que não se enquadre no
tratamento previsto na Lei Complementar n° 123/06, serão identificados pelo sistema, todos
os valores propostos por empresas que nele se enquadrem no intervalo de até 5,00% superior
(considerados até a 2ª casa decimal), à proposta apresentada pelo Licitante que detenha a
menor oferta até então.

10.2- Na situação prevista em 10.1 anterior, serão igualmente identificadas pelo sistema, as
propostas apresentadas por empresas que se enquadrem no tratamento previsto na Lei
Complementar n° 123/06 que não tenham realizado lances na etapa competitiva.

a) Será concedido ao Licitante que se enquadre no tratamento previsto na Lei Complementar


n° 123/06, mais bem classificado, com a sua proposta original ou com seu último lance
ofertado na etapa competitiva, o prazo máximo de 5 (cinco) minutos para a apresentação
de novo valor dispensado da regra de redução mínima de lance prevista em 5.2 porém, que
seja inferior ao menor preço apurado na etapa de lances, sob pena de preclusão, nos termos
do § 3°, inciso III do artigo 45 da Lei Complementar n° 123/06.

b) O Licitante deverá se manifestar declarando sua intenção no “chat”.

c) Caso apresente valor inferior ao menor preço apurado na etapa competitiva, nas condições
previstas na alínea “a” acima, a empresa que se enquadre no tratamento previsto na Lei
Complementar n° 123/06 terá sua Oferta classificada em primeiro lugar.

d) Renunciado o Direito de Preferência pelo Licitante que se enquadre no tratamento previsto


na Lei Complementar n° 123/06 convocado para formular nova proposta, convocam-se os
demais Licitantes detentores do mesmo tratamento nas situações previstas em 10.1 e 10.2
anteriores, na ordem crescente de classificação para o exercício do mesmo direito, nos
termos do inciso II do artigo 45 da Lei Complementar n° 123/06.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 33 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

e) Na hipótese de todas as empresas detentoras do tratamento previsto pela Lei Complementar


nº 123/06 nas situações previstas em 10.1 e 10.2 anteriores renunciarem ao Direito de
Preferência, será considerada primeira classificada a empresa que apresentou originalmente,
ao final da etapa de lances, a proposta de menor valor, nos termos do § 1°, inciso III do artigo
45.

Nota A ausência, na sessão pública, do representante legal do Licitante que se enquadre no


tratamento previsto pela Lei Complementar nº 123/06, resultará na preclusão a exercer o
Direito de Preferência que lhe confere a Lei Complementar n° 123/06, em especial o § 3°,
inciso III do artigo 45.

10.3 - Finalizada a etapa de lances constatado empate entre duas ou mais propostas na primeira
colocação da classificação, o novo ordenamento dos valores será procedido tomando por
base os critérios a seguir elencados, que serão aplicados de forma sucessiva e ordenada:

(I) produtos e serviços produzidos no País.


(ii) produzidos ou prestados por empresas brasileiras.
(iii) produtos e serviços produzidos ou prestados por empresas que invistam em pesquisa e no
desenvolvimento de tecnologia no País.
(iv) produzidos ou prestados por empresas que comprovem cumprimento de reserva de cargos
prevista em lei para pessoa com deficiência ou para reabilitado da Previdência Social e que
atendam às regras de acessibilidade previstas na legislação.

10.4 - Persistindo o empate, o Pregoeiro realizará sorteio por meio do sistema, em Sessão Pública, o
qual apresentará seu resultado oferecendo o formato do novo ordenamento, válido para
todos os efeitos do procedimento licitatório.

10.5 - No momento oportuno este procedimento também será adotado para o desempate nas
demais posições.

11- Cumpridas as regras contidas no item 10 anterior, após a negociação, o Pregoeiro examinará
a aceitabilidade da Oferta primeira classificada quanto ao valor, decidindo motivadamente
a respeito.

12- Fica estipulado o Orçamento SABESP como limite máximo para o valor total da Oferta. O
critério de aceitabilidade do “valor total ofertado” será o de compatibilidade com o “valor
total orçado pelo Banco de Preços da SABESP”, constante da Planilha de Preço, constante do
Capítulo VI deste Edital.

13- Se a oferta não atender as condições de aceitabilidade, o Pregoeiro examinará a oferta


subsequente, levando para negociação, verificando a sua aceitabilidade, observada a
ordem de classificação das Ofertas e as regras contidas nos itens 10.1, 10.2, 10.2 a), 10.3 e 10.4,
e assim sucessivamente, até a apuração de uma Oferta que atenda ao Edital.

14- Nas situações previstas nos itens 8, 11 e 13 desta Alínea e 5 da Alínea C adiante, o Pregoeiro
poderá negociar diretamente com o Licitante detentor da Oferta a seguir classificada, para
que seja obtido valor total aceitável

15- É prerrogativa do Pregoeiro a faculdade de solicitar ao Licitante vencedor, a composição de


preços de serviços e/ou preços de materiais/equipamentos, bem como os demais
esclarecimentos que julgar necessários, para o que fixará prazo, sem prejuízo na continuidade
da sessão.

16- Na hipótese de desconexão do Pregoeiro, por problemas técnicos ocorridos no site da


SABESP, no decorrer da etapa competitiva ou da concessão do Direito de Preferência previsto
em 10.2 a), o sistema eletrônico poderá permanecer acessível aos Licitantes para recepção
dos lances, retomando o Pregoeiro, quando possível, sua atuação no certame, sem prejuízo
dos atos realizados.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 34 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

16.1- Na hipótese de desconexão por problemas técnicos ocorridos no site da SABESP, em qualquer
etapa do Pregão, o Pregoeiro retomará o processo, decidindo sobre sua continuidade, sem
prejuízo dos atos realizados.
16.2- Em quaisquer dos casos, quando a desconexão persistir por tempo superior a dez minutos, a
sessão poderá ser suspensa e terá reinício somente após comunicação expressa aos
Licitantes, ou após a ciência de todos os Licitantes, o Pregoeiro dará prosseguimento a Sessão
Pública do Pregão.

16.3- Quando a desconexão persistir inviabilizando o prosseguimento do Pregão este estará


automaticamente suspenso, contudo serão considerados válidos e aproveitáveis os atos até
então praticados e registrados pelo sistema eletrônico. A retomada dos trabalhos obedecerá
a razoabilidade quanto a antecedência entre a comunicação expressa da SABESP e a
data/horário para a retomada dos trabalhos do ponto a partir do qual a sessão foi paralisada.

ALÍNEA C – HABILITAÇÃO

Divulgada a aceitabilidade da Oferta melhor classificada, o Pregoeiro passará à verificação da


documentação contida e da Situação da Ficha Cadastral disponível naquele momento no
Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado de São Paulo – CAUFESP, do Licitante que a tiver
formulado, para confirmação das suas condições de habilitação, com base no previsto neste Edital
em seu Capítulo II, Alínea D, assegurado o direito ao Licitante de sanear falhas formais,
apresentando documentação atualizada e/ou regularizada, desde que sejam efetuadas na
própria sessão.

Para tanto deverá enviá-lo(s) aos cuidados do Pregoeiro, a seu pedido ou por iniciativa do próprio
Licitante, via upload disponibilizado pelo sistema ou via e-mail (Lei 9.800, de 26/05/99 que permite a
utilização de sistema de transmissão de dados para a prática de atos processuais, aplicável por
extensão aos processos administrativos), cujo número será confirmado no momento oportuno pelo
Pregoeiro. Não será necessário ser apresentado pelo Licitante a Ficha Cadastral do CAUFESP, em
face da verificação pelo Pregoeiro junto ao Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado de São
Paulo - CAUFESP para a constatação das condições de habilitação do Licitante.

O Pregoeiro verificará a conformidade do(s) “Documentos de Habilitação” que tenha(m) sido


encaminhado(s) via upload ou por via e-mail para produzir os efeitos necessários ao(s)
esclarecimento(s)/correção(ões) necessário(s). Nessa hipótese de encaminhamento, o Licitante
terá até o dia útil seguinte para o envio do documento original ou da cópia devidamente
autenticada para a unidade responsável pela realização do certame.

Em síntese, os Documentos de Habilitação serão examinados pelo Pregoeiro, observados os


seguintes critérios:

1- O Pregoeiro verificará a conformidade dos Documentos de Habilitação sendo permitido ao


Licitante sanear falha(s) formal(is) relativa(s) aos Documentos de Habilitação, na própria
sessão.

1.1 - O Pregoeiro diligenciará junto ao Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado de São


Paulo – CAUFESP, observados os segmentos específicos de mercado não contemplados no
rol de documentos exigidos pelo CAUFESP.

1.2 - Será admitido, para correção da(s) falha(s) formal(is), o encaminhamento de


documento(s)/esclarecimento(s) via upload ou por e-mail ou por qualquer outro método, que
venha a produzir o(s) efeito(s) necessário(s) ao(s) esclarecimento(s)/correção(ões). Nessa
hipótese, o Licitante terá um prazo de até o dia útil seguinte à sessão, salvo se outro prazo for
estabelecido pela SABESP, para o envio do documento original, ou da cópia devidamente
autenticada.

a) A documentação atualizada e/ou regularizada encaminhada pelo Licitante se prestará


apenas ao atendimento das exigências definidas para este Processo Licitatório.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 35 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

1.3 - Informações meramente declaratórias do Licitante, confirmadas por seu representante legal,
serão consideradas suficientes para o efeito de habilitação, que serão devidamente
registradas na ata da Sessão Pública do Pregão.

1.4 - O desatendimento às exigências formais não essenciais, não importará no afastamento do


Licitante, desde que sejam possíveis as aferições das suas qualificações e as exatas
compreensões da sua Proposta, durante a realização da Sessão Pública de Pregão.

2- Independentemente de constar na Ficha Cadastral do CAUFESP a Certidão Negativa de


Débitos Trabalhistas ou Positiva com Efeitos de Negativa – CNDT será obtida pela SABESP junto
aos portais da Justiça do Trabalho – Tribunal Superior do Trabalho, Conselho Superior da Justiça
do Trabalho ou Tribunais Regionais do Trabalho e sua regularidade verificada quanto à
validade por ocasião da assinatura do contrato.

a) Na impossibilidade de consulta junto aos portais da Justiça do Trabalho, a SABESP poderá:


(i) solicitar o envio do referido documento válido por ocasião da assinatura do contrato por meio
eletrônico, o qual será objeto de verificação de autenticidade, na primeira oportunidade,
ou
(ii) aceitar a Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas ou Positiva com Efeitos de Negativa –
CNDT, que constar na Ficha Cadastral do CAUFESP, do Licitante, se esta estiver válida por
ocasião da assinatura do contrato.

- A SABESP verificará, por ocasião da assinatura do contrato, a regularidade dos documentos


apresentados pelo Licitante, mediante consulta pela INTERNET, da condição de inscrição do
Licitante no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ e da sua Situação Cadastral junto
à Receita Federal do Brasil e a Regularidade Fiscal do Licitante, junto à Receita Federal do
Brasil e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

- A SABESP confirmará, por ocasião da assinatura do contrato, a veracidade da Certidão


negativa ou positiva com efeitos de negativa de débitos relativos a créditos tributários federais
e à dívida ativa da União, na INTERNET, apresentados pelo Licitante. Da mesma forma, a
SABESP poderá confirmar a autenticidade do Certificado de Regularidade de situação
perante o FGTS – CRF, mediante consulta à Caixa Econômica Federal, por meio da INTERNET e
a certidão de débito com a Fazenda Municipal ou positiva com efeitos de negativa referente
à regularidade mobiliária, junto a Secretaria Municipal de Finanças, nos Municípios que
disponibilizarem esse serviço.

2.1 - Quando quaisquer desses documentos estiverem substituídos pela Ficha Cadastral do
CAUFESP, a SABESP dispensará as consultas, via INTERNET.

3- Constatado o atendimento dos requisitos de habilitação previstos neste Edital, o Licitante será
habilitado e declarado vencedor do certame.

4- Não será habilitado o Licitante que deixar de apresentar ou comprovar quaisquer dos
documentos solicitados na alínea D – Documentos de Habilitação do Capítulo II, ou o fizer de
maneira incompleta ou incorreta; respeitada a possibilidade de saneamento permitida nesta
Alínea C.

5- Se o Licitante detentor da Oferta de menor valor total for declarado inabilitado, o Pregoeiro
retomará a fase comercial e examinará a oferta subsequente, levando-a para negociação,
verificando a sua aceitabilidade e, em caso positivo, procedendo à habilitação do Licitante,
na ordem de classificação, e assim sucessivamente, até a apuração de uma Oferta que
atenda ao Edital, sendo o respectivo Licitante declarado vencedor e a ele adjudicado o
objeto do certame.

5.1- Aplica-se a essa regra o disposto no item 10 da Alínea B deste Capítulo III, caso dentre as
ofertas subsequentes, haja Licitante na condição de empresas detentoras do tratamento
previsto na Lei Complementar n° 123/06.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 36 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

6- Em se tratando de empresas detentoras do tratamento previsto na Lei Complementar n°


123/06, havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal e trabalhista, em
consonância ao parágrafo 1° artigo 43 da mencionada lei e suas alterações subsequentes;
as certidões deverão estar regularizadas, por ocasião da assinatura do contrato.

7- A não-regularização da documentação, no prazo previsto, implicará decadência do direito


à contratação, sem prejuízo das sanções previstas pelo inc. III do art. 195 do Regulamento
Interno de Licitação e Contratação da SABESP; sendo facultado à SABESP convocar os
Licitantes remanescentes na ordem de classificação, para retomar a fase comercial e
examinar a oferta subsequente, observando o Direito de Preferência às empresas detentoras
do tratamento previsto na Lei Complementar n° 123/06 e os comandos do item 10 da Alínea
B do Capítulo III ou revogar o procedimento licitatório.

8- Constatado o atendimento das exigências fixadas no Edital, o Licitante será declarado


vencedor.

ALÍNEA D – RECURSOS ADMINISTRATIVOS

1- Declarado o vencedor, na Sessão Pública, qualquer Licitante poderá manifestar imediata e


motivadamente a intenção de recorrer, quando lhe será concedido o prazo de 3 (três) dias
úteis para apresentação das razões do recurso, ficando os demais Licitantes desde logo
intimados para apresentar contrarrazões em igual número de dias, que começarão a contar
do término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista ao Dossiê, preferencialmente
após o agendamento de data e horário com o responsável pelo procedimento licitatório,
conforme consta no Texto de Publicação (Consultas e Informações Suplementares), deste
Edital.

1.1 - A manifestação da intenção de interpor recurso será feita no final da sessão, com registro em
ata da síntese das suas razões.

1.2 - Interposto o recurso, o Pregoeiro poderá reconsiderar a sua decisão, inclusive na própria
sessão, invalidando os atos inaproveitáveis e retomando o procedimento do Pregão, ou
encaminhá-lo devidamente informado à Autoridade Competente.

1.3 - A ausência de manifestação imediata e motivada do Licitante importará na decadência do


direito de recurso, na adjudicação do objeto do certame pelo Pregoeiro ao Licitante
vencedor e no encaminhamento do processo à Autoridade Competente para
homologação.

1.4 - As razões e as contrarrazões acima citadas deverão ser dirigidas ao Pregoeiro e enviadas via
sistema eletrônico, nos prazos previstos, para a Unidade Responsável pela realização do
certame – RVA631 – SUPRIMENTOS E CONTRATAÇÕES, no endereço – www.sabesp.com.br no
acesso fornecedores.

2- O recurso contra decisão do Pregoeiro terá efeito suspensivo.

3- O acolhimento de recurso importará na invalidação apenas dos atos insuscetíveis de


aproveitamento.

4- Decididos os recursos e constatada a regularidade dos atos procedimentais, a Autoridade


Competente adjudicará o objeto e homologará o Pregão, determinando a contratação.

5- Após manifestação da Autoridade Competente, esgota-se a fase de recursos administrativos.

ALÍNEA E – ENCERRAMENTO DA SESSÃO PÚBLICA

1- Da ata da Sessão Pública do Pregão SABESP deverão constar todas as ocorrências da Sessão
Pública, em especial a classificação das Propostas, valores dos lances apresentados, a
indicação do Licitante vencedor, e será divulgada no sistema eletrônico.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 37 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

2- O Dossiê do processo e os respectivos documentos que o constituem, encontra-se disponível,


estando com vista franqueada aos interessados, em qualquer fase do processo.

2.1 - Para maior conforto dos interessados e visando a operacionalidade do ato, o Licitante deverá
marcar data e horário com o analista responsável pelo procedimento licitatório, conforme
consta no Texto de Publicação (Consultas e Informações Suplementares), deste Edital.

2.2 - Os documentos enviados ao Pregoeiro via “upload” estarão disponíveis para “download”
após a fase de habilitação do Pregão e com vistas franqueadas a qualquer interessado no
Dossiê do processo licitatório.

3 Ao final, o sistema eletrônico disponibiliza o histórico de registro de Propostas e lances, o


resultado com a classificação, em ordem crescente de valores finais ofertados, registro de
negociação e o resultado final do certame com a indicação do vencedor ou se o mesmo foi
considerado fracassado ou deserto.

a) O Pregoeiro poderá, ainda, encerrar o Pregão submetendo à Autoridade Competente a


anulação ou revogação do processo.

4 É dever do Pregoeiro rever seus atos, quando constatada a ciência de fato ou circunstância,
anterior ou posterior ao julgamento do certame.

ALÍNEA F – ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO

1- Se não houver manifestação motivada de interposição de recurso, o Pregoeiro adjudicará o


objeto do certame ao Licitante vencedor, detentor da melhor Oferta e habilitado pelo
Pregoeiro;

2- Em caso de interposição de recurso administrativo, após decisão, a Autoridade Competente


fará a adjudicação do objeto do Pregão ao Licitante vencedor;

3- Na hipótese de ocorrência do item 8 da Alínea D - Documentos de Habilitação - Capítulo II –


Credenciamento, Proposta e Habilitação, fator condicionante para a assinatura do contrato,
a SABESP aguardará um tempo razoável estabelecido pelo Pregoeiro, para que o Licitante
vencedor apresente o documento de situação regular, junto ao correspondente órgão e em
caso da não comprovação, este será declarado inabilitado e sua proposta excluída. Neste
caso o Pregoeiro convocará, em nova Sessão Pública, o Licitante detentor da Proposta
classificada a seguir, reclassificando-as, para negociação.

a) Ocorrendo a inabilitação do Licitante vencedor motivada em fato superveniente qual seja a


não comprovação por meio do correspondente documento de situação regular, será
retomada a Sessão Pública do pregão para entabular negociação com o Licitante detentor
da melhor oferta e a todos estará assegurado o direito de interposição de recurso
administrativo.

3.1- A elaboração da Planilha de Quantitativos e Preços Unitários deverá tomar por base a Planilha
de Preços que integra o Edital em seu Capítulo VI.

Quando houver várias frentes de serviços não será permitido ofertar preços diferentes para
itens com o mesmo número de preço.

Ao elaborar sua Proposta Comercial o Licitante deverá levar em conta a qualidade


requerida pela SABESP para os serviços, condição essa ratificada pelos signatários da
Planilha.

a) O Licitante vencedor deverá datar, carimbar e assinar todas as folhas da Planilha de


Quantitativos e Preços Unitários e preencher as colunas referentes a todos os preços
unitários/globais, correspondentes totais e campos de somatórios, sem cometer rasuras e/ou
omissões de nenhum preço que nela seja solicitado.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 38 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

(i) Todos os preços, à vista, da Planilha de Quantitativos e Preços Unitários deverão estar grafados
em Reais - R$, com duas casas decimais.

b) A Planilha de Quantitativos e Preços Unitários deverá estar acompanhada de seu arquivo


eletrônico, podendo também ser encaminhada via e-mail ao Pregoeiro.

4 O Licitante deverá observar, quando da elaboração de sua Planilha, a utilização do


Programa SPO.exe disponível no site www.sabesp.com.br no acesso fornecedores/licitações
eletrônicas, que permitirá gerar a Planilha Final no formato requerido. No mesmo endereço
encontra-se também disponível o Manual do referido programa.

a) A nova Planilha será resultante da aplicação linear de um redutor obtido conforme segue,
sobre todos os preços estabelecidos pela Planilha de Preços do Banco de Preços da SABESP :

(i) As regras estabelecidas anteriormente se constituem em balizadores para a obtenção da


planilha que integrará o contrato. Após a Sessão Pública, quando da elaboração da planilha
final pelo Licitante vencedor, a SABESP permitirá adequações necessárias em função da
realidade do Licitante, situações a serem analisadas e previamente aprovadas.

4.1 - A entrega da Planilha de Quantitativos e Preços Unitários deverá ocorrer até o 2º (segundo)
dia útil após a realização da Sessão Pública, salvo se outro prazo for estabelecido pela SABESP.

a) Serão admitidos arredondamentos de cálculos para a obtenção das condições de


adjudicação.

b) Todas as folhas da Planilha de Orçamento deverão estar assinadas pelo Licitante e por engenheiro
legalmente habilitado, conforme especialidades abaixo, com a indicação de seu nome e números
da carteira e Registro no CREA (Lei 5.194/66, artigo 14).:

Engenheiro Civil OU
Engenheiro de Fortificação e Construção OU
Engenheiro Sanitarista em conjunto com Engenheiro Civil ou Engenheiro de Fortificação e
Construção OU
Engenheiro Mecânico Eletricista em conjunto com Engenheiro Civil ou Engenheiro de
Fortificação e Construção OU
Engenheiro Eletricista em conjunto com Engenheiro Civil ou Engenheiro de Fortificação.

4.2 somente em situações especiais, devidamente comprovadas pelo Licitante em relatório


técnico circunstanciado e aprovado pelo Pregoeiro e Autoridade Competente, poderão ser
aceitos preços unitários superiores àqueles constantes do orçamento estimado pela SABESP
e, desde que o valor de cada etapa prevista no cronograma físico-financeiro seja igual ou
inferior ao valor estimado pela SABESP.

a) caso o relatório técnico apresentado pelo Licitante não seja aprovado pela SABESP, o
Licitante deverá apresentar nova planilha, com adequação dos preços unitários aos limites
propostos, sem alteração do valor total final obtido no certame.

4.3 - À SABESP é reservado o direito de negociar os valores dos vários preços unitários propostos
pelo Licitante Vencedor, conforme itens acima, observado o mesmo valor total objeto da
adjudicação.

4.4 Situações de impasse condicionarão a homologação do processo.

5- Homologado o certame pela Autoridade Competente, o adjudicatário será convocado para


assinar o contrato no prazo definido na Alínea G, deste Capítulo.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 39 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

6- Ao Pregoeiro ou Autoridade Competente é reservado o direito de não adjudicar e a


Autoridade Competente de não homologar o procedimento licitatório, caso seja
comprovado que o resultado deste processo licitatório não tenha sido competitivo, observado
o devido processo administrativo.

ALÍNEA G – ASSINATURA DO TERMO DE CONTRATO

1- O Licitante, à qual for adjudicado o contrato para a execução dos serviços objeto do Edital
será notificado a formalizar o mesmo, por meio de assinatura eletrônica com certificação
digital (e-CPF), no prazo e procedimento estipulados na própria notificação.

1.1 - A assinatura do termo de contrato estará condicionada:

(i) à verificação da regularidade das certidões exigidas quando da fase de habilitação


(conforme Declaração de Pleno Adimplemento em relação à Regularidade Fiscal e
Trabalhista), de forma a comprovar a condição do Licitante.
(ii) á verificação da inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ e de sua Situação
Cadastral,
(iii) à verificação da regularidade em licitar e de contratar no âmbito do Governo do Estado de
São Paulo, nos termos do art. 27 do Regulamento Interno de Licitação e Contratação da
SABESP, ou declaradas inidôneas em quaisquer das esferas de Governo, nos termos do mesmo
artigo,
(iv) á consulta prévia ao Cadastro Informativo dos Créditos não quitados de órgãos e entidades
estaduais - CADIN ESTADUAL. A existência de registro de negativação constituirá impedimento
à celebração do contrato, nos termos do Decreto Estadual n° 53.455, de 19/09/2008;
(v) ao registro no Cartório de Títulos e Documentos do contrato de prestação de serviços, de que
trata o inciso (i) da letra “b” do item 4.3 da Alínea D do Capítulo II do Edital.
(vi) à apresentação – para o caso de Licitante e profissionais – Responsável(is) Técnico(s)
indicado(s) em 4.3 Alínea D do Capítulo II; não registrados no Estado de São Paulo - da
Certidão de Registro da pessoa jurídica e do profissional visada(s) pelo CREA-SP – 6ª Região,
autorizando-os ao exercício da atividade nesta Região, nos termos do artigo 58 da Lei
5.194/66.
(vii) à apresentação da Declaração de Existência de Partes Relacionadas – Fornecedores.

(viii) ao recolhimento a título de garantia de contrato a importância de 5% (cinco por cento) do


valor do contrato, no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis contados do recebimento de
comunicação neste sentido.

1.2 - a garantia poderá ser feita, em moeda corrente nacional, e/ou por carta de fiança bancária,
e/ou por seguro-garantia (conforme modelos SABESP). Será obrigatório o reconhecimento das
firmas dos signatários, exceto quando chancelados mecanicamente, dos seguintes
documentos: carta de fiança bancária e apólice do seguro garantia.

a) A garantia prestada na modalidade de seguro garantia deverá vir acompanhada,


obrigatoriamente, da Certidão de Regularidade Operacional junto à SUSEP –
Superintendência de Seguros Privados, em nome da Seguradora que emitir a apólice;

1.3 - em se tratando de garantia em moeda corrente nacional, o Licitante deverá solicitar na


Gestão Financeira e Contábil – RVA^720, dados para o depósito bancário; e apresentar na
mesma unidade, via de “controle” devidamente autenticada (mecanicamente) pelo banco
recebedor ou comprovante de depósito.

2- Como condição para assinatura do contrato, o Licitante Vencedor deverá manter as mesmas
condições de Habilitação, incluindo a Matriz/Filial(ais) indicada(s) para fins de faturamento,
quando for o caso.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 40 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

2.1 - Quando o Licitante vencedor não apresentar situação regular, no ato da assinatura do
contrato, será convocado outro Licitante, observada a ordem de classificação, para celebrar
o contrato, e assim sucessivamente, sem prejuízo da aplicação das sanções cabíveis,
observado o disposto nos itens 11 da Alínea B e 5 da Alínea C, deste Capítulo.

2.2 - Os atos decorrentes desta nova convocação serão realizados em Sessão Pública, com a
convocação direta dos Licitantes remanescentes classificados para análise da aceitabilidade
do valor total e, se for o caso, proceder a Negociação e Habilitação.

3- Se o Licitante vencedor recusar-se a assinar o contrato, injustificadamente, o procedimento


será retomado e o Licitante classificado a seguir será convocado e aplicar-se-á o previsto nos
itens 11 da Alínea B e 5 da Alínea C deste Capítulo.

3.1 - Se houver mais de uma recusa, poder-se-á adotar procedimento idêntico para os demais
Licitantes detentores de Propostas classificadas.

4- O não cumprimento das condições estabelecidas pelo item 1.1 ou o não comparecimento
para assinatura do termo de contrato dentro do prazo fixado na notificação, ou a prática de
qualquer ato, por parte do Licitante, que inviabilize a contratação, implicará na inabilitação
do Licitante e/ou desclassificação de sua Proposta, bem como sua sujeição às sanções
previstas, fixando-se como multa o percentual de até 5% (cinco por cento) do valor atualizado
da contratação.

5- Integrará o Termo de Contrato o Anexo I denominado Termo de Ciência e de Notificação,


em observância às Instruções nº 01/2020, do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

ALÍNEA H – DISPOSIÇÕES FINAIS

1- As normas disciplinadoras deste certame serão interpretadas em favor da ampliação da


disputa, respeitada a igualdade de oportunidade entre os Licitantes e, desde que não
comprometam o interesse público, a finalidade e a segurança da contratação.

2- A publicidade dos atos pertinentes a este certame e passíveis de divulgação, bem como o
resultado do presente Pregão serão divulgados no site da SABESP – www.sabesp.com.br no
acesso fornecedores.

3- O extrato dos termos do contrato e seus eventuais aditivos serão publicados no Diário Oficial
do Estado de São Paulo e no site da SABESP – www.sabesp.com.br no acesso fornecedores.

4- Os casos omissos do presente Pregão serão solucionados pelo Pregoeiro.

5- O Licitante que convocado dentro do prazo de validade da sua Proposta, não celebrar o
contrato, deixar de entregar documentação exigida para o certame ou apresentar
documentação falsa, ensejar o retardamento da execução do certame e/ou seu objeto, não
mantiver a Proposta, falhar ou fraudar na execução do contrato, comportar-se de modo
inidôneo, fizer declaração falsa ou cometer fraude fiscal, garantido o direito prévio ao
contraditório e a ampla defesa, ficará impedido de licitar e contratar no âmbito do Governo
do Estado de São Paulo, nos termos do Decreto n° 48.999, de 29 de setembro de 2004, pelo
prazo de até cinco anos, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até
que seja promovida a reabilitação perante a própria autoridade que aplicou a penalidade.

5.1 - As penalidades serão obrigatoriamente registradas no site www.esancoes.sp.gov.br - link


Sanções Administrativas e-Sanções ou www.bec.sp.gov.br , sem prejuízo das multas previstas
no Edital e das demais cominações legais.

5.2 - Estará igualmente sujeito à advertência verbal e escrita o Licitante que comportar-se de forma
a conturbar a Sessão Pública.

a) as advertências poderão ser registradas no Cadastro Geral de Fornecedores da SABESP.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 41 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

5.3 - Em especial sendo constatada pelo Pregoeiro falsidade na Declaração do Direito de


Preferência, por meio de diligências nos termos autorizados pelo Regulamento Interno de
Licitação e Contratação da SABESP e na Alínea – Diligências, Esclarecimentos
Complementares e Saneamento de Falhas; garantido o direito ao contraditório e a ampla
defesa, serão aplicadas as sanções estabelecidas neste item 5, adotando-se o prazo de até
05 (cinco) anos.

5.4- Da mesma forma, se constatada pelo Pregoeiro falsidade na Declaração de Enquadramento


na situação de empresas detentoras do tratamento previsto na Lei Complementar n° 123/06,
por meio de diligências nos termos autorizados pelo art. 67 do Regulamento Interno de
Licitação e Contratação da SABESP e na Alínea – Diligências, Esclarecimentos
Complementares e Saneamento de Falhas; garantido o direito ao contraditório e a ampla
defesa, serão aplicadas as sanções estabelecidas neste item 5, adotando-se o prazo de até
05 (cinco) anos.

6- Em especial sendo constatada falsidade na “Declaração de Elaboração Independente de


Proposta”, a SABESP poderá requerer indenização pelos prejuízos a ela causados, observado
o devido processo administrativo, sem prejuízo das sanções anteriormente previstas.

7- Após a instauração de processo administrativo, que observará sempre o devido processo


legal e, apuradas as responsabilidades, poderão ser aplicadas às pessoas jurídicas
consideradas responsáveis pelos atos lesivos previstos pela Lei nº 12.846/13, com vigência a
partir de 28/01/2014; as sanções previstas no artigo 6º.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 42 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

CAPÍTULO IV

MINUTA DO TERMO DE CONTRATO


SERVIÇOS DE ENGENHARIA

As especificações constantes da minuta que segue constituem, basicamente, o texto integral do termo
de contrato a ser firmado pelo CONTRATADO, obrigando-se este, desde já, por ser do seu mais amplo
conhecimento, a aceitá-las tal como redigidas, para todos os efeitos jurídicos previstos e emergentes
da presente Licitação.

Fica resguardado à SABESP, porém, o direito de alterar formalmente o texto do termo de contrato,
salvaguardada, entretanto a essência de suas disposições.

Este contrato foi elaborado com base no Regulamento Interno de Licitação e Contratação da
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – SABESP, vigente, disponível no site da
SABESP – www.SABESP.com.br.

Desta forma, constitui-se em instrumento que especifica os procedimentos a serem adotados para o
atendimento as normas estabelecidas pela SABESP, no cumprimento dos dispositivos da Lei n° 13.303,
de 30 de junho de 2016.

Este contrato regula-se pelas suas cláusulas, pela Lei n° 13.303, de 30 de junho de 2016 e pelos preceitos
do direito privado.

DEZEMBRO/2020
CT Obras/ServEng – Rev.
01/2020

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 43 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

TERMO DE CONTRATO RV Nº 04.165/20

Os recursos para a realização desta contratação foram liberados de acordo com a Requisição de
Compra RC SAP nº 10697141

TERMO DE CONTRATO DE EXECUÇÃO DE OBRAS E/OU SERVIÇOS DE ENGENHARIA

Pelo presente instrumento particular, a COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO


PAULO - SABESP, com sede nesta Capital, na Rua Costa Carvalho, 300, CNPJ/MF 43.776.517/0001-80,
doravante designada SABESP, representada na forma de seus Estatutos, por sua Diretora de Sistemas
Regionais e seu Procurador, nos termos do Instrumento Particular anexo e a
....................................................., com sede na ..............................................., CEP ...............
[CNPJ/MF]........./....-.., (preencher com o CNPJ de quem participou do processo licitatório, na condição
de matriz ou filial), doravante designado CONTRATADO, representado por ...............................................;
obedecidas as disposições da Lei nº 13.303, de 30 de junho de 2.016. Aplicam-se a este contrato as
normas de direito penal contidas nos artigos 89 a 99 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1.993, de acordo
com o ato homologatório da Sra. Diretora de sistemas Regionais e do Sr. Superintendente da Unidade
de Negócio Vale do Paraíba, exarado na CI ....., datada de .../.../..., têm, entre si, justo e contratado o
que segue:

CLÁUSULA 1ª - OBJETO

1.1 - Constitui o objeto do presente termo de contrato a Serviços de Engenharia, para Troca de ramais
domiciliares de água, e de serviços comuns de troca de hidrômetros para os municípios de
Pindamonhangaba, Cachoeira Paulista, Campos do Jordão e Lorena, no Âmbito da Unidade de
Negócio do Vale do Paraíba – RV, de acordo com o Projeto, Edital do Pregão SABESP RV
04.165/20, Proposta do CONTRATADO e demais documentos constantes do Dossiê SABESP
20/059.422, Volume I, Tomo(s) .....e a Especificação Técnica, Regulamentação de Preços e
Critérios de Medição e o Procedimento SABESP PE RH 0003 - Procedimento Empresarial SABESP
de Segurança e Saúde do Trabalho em Obras e Serviços, e o PO-SO0016 - Formulário Auxiliar de
Avaliação da prestação de serviços em redes de água e esgoto, de pleno conhecimento das
partes.

[a) A execução do objeto será realizada pelo(s) seguinte(s) CNPJ/CNPJs: (preencher com o(s)
CNPJ(s) (matriz e/ou filial(ais) ) indicado(s) e habilitado(s) para o Faturamento [endereço(s)
completos(s)]

1.2 - O objeto contratual executado deverá atingir o fim a que se destina, com eficácia e qualidade
requerida.

1.3 - O regime de execução deste contrato é o de empreitada por preço unitário.

1.4 - O CONTRATADO se obriga a manter, durante toda a execução do contrato, em compatibilidade


com as obrigações assumidas, todas as condições que culminaram em sua habilitação e
qualificação no procedimento licitatório.

1.5 - Este contrato regula-se pelas suas cláusulas, pela Lei n° 13.303, de 30 de junho de 2016, pelo
Regulamento Interno de Licitação e Contratação da SABESP e pelos preceitos do direito privado.

1.6 - Todos os documentos e/ou cartas entre a SABESP e o CONTRATADO serão trocados por meio de
expediente protocolado, e nenhuma outra forma será considerada como prova de respectiva
entrega.

1.7 - As demais cláusulas que constituem o presente instrumento são: 2ª Preços e Valor, 3ª
Reajustamento de Preços, 4ª Prazo, 5ª Medições e Pagamentos, 6ª Sustação de Pagamentos, 7ª
Gestão e Fiscalização, 8ª Garantia Contratual, 9ª Obrigações e Responsabilidade do Contratado,

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 44 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

10 Obrigações da SABESP, 11 Responsabilidade Civil e Seguro, 12 Sinistros, 13 Materiais /


Equipamentos, 14 Recebimento Técnico das Obras e/ou Serviços, 15
Subcontratação/Transferência, 16 Responsabilidades na Transferência, 17 Sanções
Administrativas, 18 Responsabilidade Técnica, 19 Condições para Alteração Contratual, 20
Inexecução e Rescisão, 21 Transferência do Controle Acionário, 23 Força Maior, 23 Sigilo,
Confidencialidade e Propriedade,24 Propriedade e Divulgação dos Trabalhos, 25 Privacidade e
Proteção de Dados Pessoais, 26 Anexos, 27 Disposições Complementares e 28 Foro.

CLÁUSULA 2ª – PREÇOS E VALOR

2.1 - O valor do presente contrato é de R$ ................ (.........................) na "data de referência dos


preços" 01/05/2020, RC nº 10697141 - Fonte de recursos: Investimento 9021 – Recursos Livres –
Perdas – PEP’s: I.AM070024/0312-00552800 / I.AM070032/0313-00552800 / I.AM070024/0312-
00523500 / I.AM070032/0313-00623500 / I.AM070024/0312-00624600 / I.AM070032/0313-01924600 /
I.AM070024/0312-00742000 / I.AM070032/0313-01042000.

2.2 - O valor deste contrato poderá sofrer alterações, consideradas as quantidades efetivamente
executadas.

2.3 - O CONTRATADO obriga-se a executar as obras e/ou serviços, objeto deste contrato, pelos preços,
à vista, constantes da Planilha de Orçamento, nos quais estão incluídos todos os custos diretos e
indiretos, bem como os encargos, benefícios e despesas indiretas (BDI) e demais despesas de
qualquer natureza.

CLÁUSULA 3ª - REAJUSTAMENTO DE PREÇOS

3.1 - Observadas as prescrições da Lei nº 8.880, de 27/05/94; da Lei nº 9.069, de 29/06/95; e da Lei nº
10.192, de 14/02/01; Lei 10.406, de 10/01/2002; no que for pertinente; do Decreto Estadual n°
48.326, de 12/12/03 e da Resolução CC 79, de 12/12/03, aplicar-se-á a este contrato, em
periodicidade anual, reajuste de preços contada da "data de referência dos preços". A
periodicidade anual poderá ser reduzida por ato do Poder Executivo.

[a) A presente Cláusula somente será aplicada quando o contrato estiver vigente em período
posterior a um ano contado da “data de referência dos preços” por motivos alheios à vontade
do CONTRATADO.]

Ocorrendo o disposto no parágrafo anterior, os preços indicados na Planilha de Orçamento que,


são à vista, serão reajustados de acordo com a fórmula a seguir:

Onde:

Pr = valor do preço reajustado;

P0 = preço original no mês da "data de referência dos preços";

IPC = Índice de Preços ao Consumidor divulgado mensalmente pela FIPE - Fundação Instituto
de Pesquisas Econômicas;

Índice0 = correspondente ao mês da "data de referência dos preços";

Índice1 = correspondente ao mês da data de reajuste de preços;

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 45 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

3.3 O reajuste de preços será efetuado somente com base em índices definitivos.

3.4 Os valores contratuais serão reajustados para mais ou para menos em consequência de suas
variações.

a) Havendo atraso ou antecipação na execução das obras e/ou serviços em relação ao


desenvolvimento previsto no cronograma fixado para efeito de reajuste de preços, como
decorrência de responsabilidade ou iniciativa do CONTRATADO, a concessão do reajuste de
preços obedecerá às condições seguintes:

(i) quando houver atraso, se os preços aumentarem, prevalecerão aqueles vigentes nos períodos
previstos no cronograma para execução dos serviços; se diminuírem, prevalecerão os
correspondentes nos períodos em que os serviços forem realmente executados;

(ii) quando houver antecipação, prevalecerão os preços vigentes nos períodos em que os serviços
forem realmente executados.

3.5 - O cálculo do reajuste de preços será processado automaticamente pela SABESP,


independentemente de solicitação.

3.6 - Da aplicação da fórmula constante do item 3.1 anterior serão obtidos preços reajustados e nova
"data de referência", sendo esta data a base para o próximo período de um ano, quando poderá
ocorrer novo reajuste, observada a legislação específica vigente.

CLÁUSULA 4ª – PRAZO

4.1 - O prazo de vigência contratual é de 450 (quatrocentos e cinquenta) dias consecutivos e


ininterruptos, contados da data da celebração deste Termo, podendo ser renovado por igual e
sucessivo período até o limite de 05 (cinco) anos, desde que as partes se manifestem com
antecedência de 90 (noventa) dias do prazo final contratual.

(i) Considera-se como a data da celebração deste Termo, a data da última assinatura dos
representantes das partes.

a) Para a renovação a que alude o caput deverá ser motivadamente comprovada pelas partes e
demonstrada a vantajosidade para a SABESP.

b) O acordo entre as partes deverá ser acompanhado de novo cronograma, relação dos dias da
impossibilidade de execução dos serviços e comprovação dos motivos que o fundamentem.

c) No prazo máximo de 30 (trinta) dias a contar da data de assinatura deste contrato, o


CONTRATADO deverá apresentar o cronograma de desenvolvimento das obras e/ou serviços,
com definição das datas-marco, adaptado ao modelo fornecido pela SABESP, não implicando
essa adaptação em quaisquer alterações nos prazos anteriormente estabelecidos.

4.2 - Considera-se prazo de execução contratual o período disponibilizado ao CONTRATADO para


que execute a prestação de serviços contratada.

a) - O período para execução dos serviços é de 360 (trezentos e sessenta) dias contados a partir da
data fixada na Autorização de Serviços.

4.3 - Os prazos para execução dos serviços estão fixados de modo a atender as determinações da
ARSESP – Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 46 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

Caberá à contratada garantir o cumprimento dos prazos de execução dos serviços, conforme
segue orientações abaixo:

a) Na hipótese de AGENDAMENTO dos serviços:


b) Todos os serviços a serem executados, tanto por solicitação de clientes da SABESP como por
iniciativa da própria SABESP, serão comunicados previamente aos clientes, propondo uma data a
ser agendada.
c) Essas datas deverão nortear a contratada para a execução dos serviços do contrato.
d) A não execução desses serviços nas datas agendadas implicará, para a contratada, em
penalidades administrativas estabelecidas neste Edital.
e) Por razões diversas, na hipótese de não haver uma data agendada, deverão servir como
referência os tempos relacionados conforme apresentado na tabela a seguir:
Tabela 01: Prazos de execução de serviços
PRAZOS PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS

Serviços da Planilha Prazo a partir de Prazo


Troca de Ligação de Água
Emissão SS 12 h
Corretiva
Troca de Ligação de Água Preventiva Emissão SS 72 h
Execução serviço
Reposição de passeio especial 72 h
principal
Reposição de passeio cimentado e Execução serviço
Concomitante
contra piso do especial principal
Reposição do pavimento ( Execução serviço
72h*
paralelepípedo/ bloquete / asfalto) principal
Execução serviço
Reposição de capa asfáltica 72h
principal
24 h
Troca corretiva de Hidrômetros Emissão SS
Substituição de Cavalete por Unidade de Da instalação da caixa
96 h
Medição Conf. NTS-165. pelo Cliente
Instalação de Caixa para Unidade de
Emissão SS 96 h
Medição de Água (somente parte civil)
Execução Serviço
Retirada de entulho Concomitante
Principal
Restabelecimento no fornecimento de
Execução Serviço
água no caso de danos ou falha 2h
Principal
operacional da contratada

* Os prazos referentes à pavimentação poderão ser alterados por solicitação da fiscalização,


respeitados os limites da ARSESP.

Os prazos não constantes nessa tabela deverão ser acordados com a fiscalização

CLÁUSULA 5ª - MEDIÇÕES E PAGAMENTOS

5.1 - As medições, para efeito de pagamento, serão procedidas independentemente de solicitação


do CONTRATADO e realizar-se-ão:

a) a primeira medição, com período estabelecido formalmente pelo Administrador do Contrato;


iniciando-se no primeiro dia da execução do objeto e encerrando-se no último dia do mesmo
mês ou do mês subsequente ao do início dos serviços.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 47 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

b) as medições subsequentes serão realizadas a cada período de 01 (um) mês, contado da data
de término do período abrangido pela medição anterior e a final será elaborada no prazo de
até 60 (sessenta) dias após a data término do Prazo Final Contratual.

c) A SABESP emitirá um Pedido de Compra com orientações para medição e faturamento.

d) Os documentos fiscais emitidos pelo CONTRATADO deverão conter as seguintes informações:


número do pedido de compra e o número do contrato, Centro (local onde a NF deverá ser
faturada) e Local de Entrega (CNPJ, Local de Entrega e Horário) A emissão da fatura ocorrerá
contra a entrega do pedido de compra.

5.2 - O valor das medições será obtido mediante a aplicação dos preços unitários constantes da
Planilha de Orçamento - Anexo I, às quantidades de serviços efetivamente executados no mês
somado a medição variável (Medição Mensal = Remuneração Variável + Medição dos Serviços
Unitários.

5.2.1 REMUNERAÇÃO VARIÁVEL /AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO - LRP ASFALTO

Os serviços serão avaliados pelo desempenho do contratado, por Município, no atendimento às


solicitações dos serviços de reposição de pavimentação asfáltica, utilizando o indicador IRP =
Indicador de Reposição de Pavimento, que será cálculado através dos indicadores ITRP Indicador
de Tempo de Reposição de Pavimento e o . ICRP - Indicador de Confiabilidade da Reposição do
Pavimento.

Objetivo: Cumprimento rigoroso dos prazos de execução determinados neste Termo de


Referência (tabela 3), e garantir a qualidade da reposição dos serviços.

Serão considerados, para avaliação mensal deste indicador, todos os serviços executados de
LRP asfáltico da tabela de prazos apresentada no Termo de Referência (item 5.7) e subitem aki
5.2.3 desta cláusula.

A) ITRP = Indicador de Tempo de Reposição do Pavimento:

O ITRP (%) será determinado da seguinte forma:

ITRP = (NRDP / NTR) x 100, onde:

NRDP = Número de reposições executadas dentro do prazo de 72 horas;

NTR = Número total de reposições executadas.

O valor calculado do ITRP segundo a fórmula acima será ajustado para um valor final (ITRP
ajustado), de acordo com os critérios expostos na tabela a seguir.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 48 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

Tabela .2- Cálculo e ajuste de ITRP

Avaliação Final - Ajuste do


ITRP
Indicador Descrição Unid. Cálculo Definição Peso ITRP
ITRP calculado ajustado
(%) (%)

< 70 72
NRDP -
Indicador Número de
>= 70 80
de Tempo Reposição
de Dentro do >= 80 85
ITRP Reposição % (NRDP/NTR)X100 Prazo de até 1*
dos 72 horas; >= 85 90
Pavimento NTR - Número
s >= 90 95
Total de
Reposição;
>= 95 100

Nota: Prazo de execução conforme média da área em análise do indicador


(*) Peso conforme modelo adotado

B ) ICRP= Indicador de Confiabilidade da Reposição do Pavimento:

O ICRP (%) será determinado da seguinte forma:

ICRP = (NVA / NTV) x 100, onde:


NVA = Número de valas ensaiadas e aprovadas no mês;
NTV = Número total de valas ensaiadas no mês.
O valor calculado do ICRP segundo a fórmula acima será ajustado para um valor final (ICRP
ajustado), de acordo com os critérios expostos na tabela a seguir.

Nota: Caso no mês de referência não tenha sido possível a realização de ensaios, será considerada
para avaliação do indicador, o número de retrabalhos solicitados à Contratada por reclamação
(Sabesp ou terceiros) de má realização da recomposição das valas ou reposição de pavimento,
em relação ao número de reposição de pavimento realizados. Os retrabalhos realizados por
iniciativa própria da Contratada sem a necessidade de acionamentos por parte da SABESP não
serão considerados no cálculo do indicador.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 49 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

Tabela 2.1- Cálculo e ajuste do ICRP

Avaliação Final - Ajuste do


ICRP
Indicador Descrição Unid. Cálculo Definição Peso ICRP
ICRP calculado
ajustado
(%)
(%)

< 80 72
NVA - Número de
Indicador de Valas Ensaiadas >= 80 85
Confiabilida e Aprovadas no
>= 85 90
de da mês;
ICRP % (NVA/NTV)X100 1*
Reposição NTV - Número
>= 90 95
do Total de Valas
Pavimento Ensaiadas no >= 95 98
mês;
>= 98 100

(*) Peso conforme modelo adotado

Obs.: O número de valas ensaiadas deverá respeitar o plano de amostragem da NTS-327 de acordo
com o lote de valas existente no município no mês vigente. Esses ensaios, a fim de comprovação
da confiabilidade e qualidade da execução além de garantir uma maior transparência, deverão
ser realizados pela própria SABESP seguindo os procedimentos da norma citada.

Considerando as premissas acima, o indicador IRP será obtido da seguinte forma:

IRP = ( ITRP + ICRP ) / 2

5.2.2 - MEDIÇÂO

O valor da medição será obtido de acordo com a seguinte fórmula:

Medição Mensal = Remuneração Variável + Medição dos Serviços Unitários

Onde:

Remuneração Variável: Remuneração Base X IRP;


Remuneração Base: Valor financeiro dos serviços executados no mês, referente a
percentagem executada (%), do preço global.
IRP = (ITRP + ICRP) / 2

Medição dos Serviços Unitários: corresponde à quantificação dos serviços unitários


executados no mês, multiplicado pelo preço unitário de cada serviço.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 50 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

Tabela 03 - Relação de Serviços da Remuneração Base de (m2 para 1 GB)

Frente / Município Descrição Item da Unid. Equivale


Planilha (m2)
01 - Pindamonhangaba LRP asfáltico 01020519 GB
3.582
02 - Cachoeira Paulista LRP asfáltico 02020519 GB
732
03 - Campos do Jordão LRP asfáltico 03020518 GB
1.013
04 - Lorena LRP asfáltico 04020519 GB
1.380
Obs.: A pavimentação asfáltica será remunerada somente pelos preços GB.

5.2.3 SÍNTESE DO ACORDO DE NÍVEL DE SERVIÇO

Expectativa do
Ocorrência Consequência
Contrato
Penalidades contratuais por
descumprimento de norma legal
Não observância dos prazos
(Deliberação 550 da ARSESP); e
limites de Atendimento dos
Negativa. Aplicação do IRP. (ANS)
Serviços de Água, de Acordo
Não deve ocorrer. IRP < 72%
com a Deliberação 550 da
Poderá ensejar a rescisão do
ARSESP
contrato conforme condições
estabelecidas.
Observância dos prazos limites
Aplicação do IRP. (ANS)
de Atendimento dos Serviços
72% ≤ IRP < 95%
de Água, de Acordo com a
Atenção. Poderá ensejar a penalidades do
Deliberação 550 da ARSESP
contrato conforme condições
porém prazos não atendendo
estabelecidas.
as metas SABESP
Desejável. Se
Observância dos prazos
constitui no objetivo
correspondentes às metas 95 <= IRP
primário da
SABESP (metas básicas)
contratada.

5.3 - Observada a condição de restrição estabelecida: a) pela Cláusula 9ª em seus itens 9.1.e) (v) e
9.6.a) e; b) pela existência de registro de negativação no Cadastro Informativo dos Créditos não
quitados de órgãos e entidades estaduais - CADIN ESTADUAL, que constitui impedimento ao
repasse de valores referentes a contratos, nos termos do Decreto Estadual n° 53.455, de
19/09/2008;os pagamentos das faturas referentes às medições de obras e/ou serviços serão
efetuados [à [nome do CONTRATADO] [CNPJ/MF]] em moeda corrente nacional, no prazo de 30
(trinta) dias, sempre contados a partir da data final do período de sua execução.

(i) Em casos de suspensão de pagamentos pelo motivo enunciado no item 5.3 b) acima, os mesmos
somente serão liberados após a constatação da inexistência de registros de negativação,
mediante nova consulta motivada por comunicação formal do CONTRATADO, ao aludido órgão
pela SABESP.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 51 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

a) O CONTRATADO é o único responsável pela correta emissão de seus documentos de cobrança,


em todos os seus aspectos, observada a legislação tributária vigente.

b) O faturamento deverá ser efetuado, obrigatoriamente, por município no caso do objeto ser de
abrangência intermunicipal (local de execução)

c) O CONTRATADO estabelecido no Município de São Paulo, obrigada à emissão de Nota Fiscal


Eletrônica de Serviços – NF-e, nos termos do Decreto Municipal nº 53.151, de 17/05/2012, e da
Instrução Normativa SF/SUREM nº 10 de 12/08/2011, deverá entregá-la ao Administrador do
Contrato em 02 (duas) vias não sendo permitido o envio por meio eletrônico, sob pena de
desconsideração total deste documento para os efeitos de pagamento.

OU

c) [O CONTRATADO estabelecido em outros Municípios, obrigado à emissão de Nota Fiscal


Eletrônica de Serviços – NF-e, deverá entregá-la ao Administrador do Contrato, em 02 (duas) vias
não sendo permitido o envio por meio eletrônico, sob pena de desconsideração total deste
documento para os efeitos de pagamento. ]

d) Não serão aceitos ainda Recibos Provisórios de Serviços – RPS sob qualquer hipótese.

e) A situação cadastral do fornecedor dos produtos e subprodutos de madeira de origem exótica,


ou de origem nativa será conferida eletronicamente após as medições da execução deste
contrato e os processos devidamente instruídos com as faturas e notas fiscais, os comprovantes
da legalidade da madeira utilizada na obra, tais como Guias Florestais, Documentos de Origem
Florestal ou outros eventualmente criados para o controle de produtos e subprodutos florestais e
o comprovante de cadastramento do fornecedor perante o CADMADEIRA.

5.4 - A nota fiscal/fatura deverá ser entregue na área financeira da Unidade da SABESP que administra
o contrato, a saber: RVA^720 – Financeiro e Contábil do Departamento Administrativo e
Financeiro da Unidade de Negócio Vale do Paraíba - RV, com endereço na Rua Dolzani Ricardo,
349, Centro, São José dos Campos/SP, CEP 12.210-110 , com cópia para o administrador do
contrato, com antecedência mínima de 10 (dez) dias consecutivos do respectivo vencimento.

a) Caso o CONTRATADO não cumpra o prazo limite para apresentação da fatura, de acordo com
o item 5.4 anterior, o prazo para pagamento será postergado automaticamente na mesma
quantidade de dias consecutivos verificados na entrega da fatura em atraso.

b) Por ocasião da apresentação à SABESP da nota fiscal/fatura, o CONTRATADO deverá fazer prova
do recolhimento mensal do FGTS por meio da guia GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de
Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social, respectivamente.

Nota: No caso de execução do objeto pela filial, caberá a mesma esses recolhimentos.

(i) As comprovações deverão ser encaminhadas por carta conforme os modelos constantes do
edital.

(ii) As comprovações relativas ao FGTS a serem apresentadas deverão corresponder ao período de


execução e à mão-de-obra alocada para esse fim. Tal comprovação poderá ser apresentada
por um dos seguintes meios:

(a) meio magnético, gerado pelo SEFIP (programa validador Sistema Empresa de Recolhimento ao
FGTS e informações à Previdência Social).

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 52 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

(b) cópia autenticada da GFIP pré-emitida, fornecida pela Caixa Econômica Federal.

(c) cópia autenticada da 2ª via do formulário impresso de GFIP. Deverá ser apresentada ainda,
cópia autenticada do comprovante de entrega de GFIP contendo o carimbo CIEF - Cadastro
de Inscrição de Entidades Financeiras, com os dados do receptor (nome, agência e data de
entrega) e autenticação mecânica.

(iii) Caso por ocasião da apresentação da nota fiscal/fatura, não haja decorrido o prazo legal para
recolhimento do FGTS poderão ser apresentadas cópias autenticadas das guias de recolhimento
referentes ao mês imediatamente anterior, devendo o CONTRATADO apresentar a
documentação devida, quando do vencimento do prazo legal para o recolhimento.

(iv) A não apresentação dessas comprovações assegura à SABESP o direito de sustar o pagamento
respectivo e/ou os pagamentos seguintes.

c) A SABESP reterá do valor dos serviços constantes da nota fiscal/fatura, os percentuais decorrentes
da interpretação conjunta do art. 31 da Lei nº 8212, de 24/07/91, alterado pela Lei nº 9711, de
20/11/98, pela Lei nº 12.546/11 e alterações subsequentes e da Instrução Normativa SRP nº 3, de
14/07/2005, obrigando-se a recolher em nome do CONTRATADO, a importância retida até o dia
dois do mês subsequente ao dia da emissão do respectivo documento de cobrança ou o
próximo dia útil, caso esse não o seja,

(i) Observados os casos de dispensa ou não aplicação da retenção, quando da emissão da nota
fiscal/fatura, o CONTRATADO deverá destacar o valor da retenção, a título de “RETENÇÃO PARA
A SEGURIDADE SOCIAL”.

(ii) Quando o CONTRATADO se obrigar a fornecer material ou dispor de equipamentos (exclusive


manuais), a este fica facultado a discriminação, na nota fiscal, fatura, do valor correspondente
ao material ou equipamentos, que será excluído da base de cálculo da retenção, desde que
contratualmente previsto e devidamente comprovado.

(iii) Nos casos de fornecimento de material ou a utilização de equipamento (exclusive manual) não
estejam previstos em contrato, mas estes forem inerentes à execução dos serviços, a base de
cálculo será reduzida até os percentuais relacionados na tabela desde que comprovado o valor
das aquisições dos materiais e locação de equipamentos aplicados/utilizados (nota fiscal):

Pavimentação asfáltica 10% (dez por cento)


Terraplenagem/Aterro Sanitário/Dragagem 15% (quinze por cento)
Obras de arte (pontes e viadutos) 45% (quarenta e cinco por cento)
Drenagem 50% (cinquenta por cento)
Demais serviços realizados com utilização de 35 % (trinta e cinco por cento)
equipamentos, exceto manuais

(a) quando, na mesma nota fiscal, constar a execução de mais de um dos serviços acima descritos,
cujos valores não constem individualmente discriminados na nota fiscal, deverá ser aplicado o
percentual correspondente a cada tipo de serviço, conforme disposto em contrato, ou o
percentual maior, se o contrato não permitir identificar o valor de cada serviço.

(b) Para esses casos não poderá haver na base de cálculo, exclusão de importâncias referentes a
fornecimento de materiais e utilização de equipamentos.

(iv) Respeitado o percentual mínimo estabelecido em (ii) supra quando houver o fornecimento de
vale transporte e de vale refeição, é admitida a dedução da base de cálculo dos valores dos
custos incorridos pelo CONTRATADO, nos termos da legislação própria, desde que discriminados
na nota fiscal/fatura.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 53 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

(v) É de responsabilidade exclusiva do CONTRATADO a indicação dos valores destacados por ela
no documento de cobrança, que resultem em redução do valor a ser retido, sob as penas da
lei.

(a) Constitui-se em obrigação fiscal do CONTRATADO listar em rol ou em Nota Fiscal de Simples
Remessa o material utilizado no decorrer da execução da obra ou serviço, para fins de
comprovação de redução da base de cálculo.

(b) Deverá obrigatoriamente acompanhar o documento de cobrança, declaração do


CONTRATADO firmada por representante legal, declarando a veracidade de todos os dados
constantes do documento de cobrança, sob as penas da lei. Deverá compor a declaração o
rol de materiais fornecidos e dos equipamentos e meios mecânicos utilizados para a realização
dos serviços e respectivos valores.

(vi) A Unidade da SABESP que administra o contrato, a qualquer tempo, poderá exigir comprovação
do fornecimento de material, da utilização de equipamento, do fornecimento de vale transporte
e de vale refeição e outros insumos, bem como de seus respectivos quantitativos e valores.

(a) A dedução tem de ser da mesma competência do documento de cobrança.

(b) No documento de cobrança deverá estar consignado:

- RETENÇÃO PARA A SEGURIDADE SOCIAL: % do valor do serviço;

- VALOR RETIDO para a seguridade social: diferença entre a retenção apurada na forma da
alínea (a) e as deduções efetuadas, que indicará o valor a ser efetivamente retido pela SABESP.

(c) A dedução ficará condicionada à apresentação dos comprovantes de recolhimento devendo


o CONTRATADO anexar cópias autenticadas dos mesmos ao documento de cobrança.

(vii) A falta de destaque do valor da retenção no documento de cobrança, impossibilitará o


CONTRATADO de efetuar sua compensação ou requer a restituição junto ao INSS, ficando a
critério da SABESP proceder a retenção/recolhimento devidos sobre o valor bruto do documento
de cobrança ou devolvê-lo ao CONTRATADO.

(viii) A SABESP emitirá uma GPS - Guia da Previdência Social específica para cada CONTRATADO.
(por estabelecimento)

(a) Na hipótese de emissão no mesmo mês, de mais de um documento de cobrança pelo


CONTRATADO, a SABESP se reserva o direito de consolidar o recolhimento dos valores retidos em
uma Única Guia, por estabelecimento.

d) Quando da apresentação do documento de cobrança, o CONTRATADO deverá elaborar e


entregar à SABESP cópia da folha de pagamento específica para os serviços realizados sob o
contrato, identificando o número do termo de contrato, a Unidade que o administra,
relacionando respectivamente todos os segurados colocados à disposição desta e informando
nome dos segurados; cargo ou função; remuneração discriminando separadamente as parcelas
sujeitas ou não à incidência das contribuições previdenciárias; descontos legais; quantidade de
quotas e valor pago à título de salário-família; totalização por rubrica e geral; resumo Geral
consolidado da folha de pagamento.

(i) O documento solicitado em d) anterior deverá ser entregue à SABESP na mesma oportunidade
da nota fiscal/fatura.

e) Caso haja neste contrato atividades exercidas por segurado empregado, inclusive em regime de
trabalho temporário, que os exponha a riscos ocupacionais que permitam a concessão de

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 54 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

aposentadoria especial, conforme relatório apresentado na Clausula 9 deste, alínea c, (vii) o


percentual de retenção incidente sobre o valor bruto da nota fiscal ou fatura, emitida nas
condições das alíneas (i) a (v) adiante, será acrescido de 04 (quatro), 03 (três) ou 02 (dois) pontos
percentuais, perfazendo a alíquota total de 15 (quinze), 14 (quatorze) ou 13 (treze) pontos
percentuais, quando a atividade exercida o exponha a riscos ocupacionais que permitam a
concessão de aposentadoria especial após 15 (quinze), 20 (vinte) ou 25 (vinte e cinco) anos de
contribuição, respectivamente.

(i) A retenção adicional prevista no item e – caput, incide somente sobre o valor dos serviços
prestados pelos segurados cuja exposição a agentes nocivos permita a concessão de
aposentadoria especial.

(ii) O CONTRATADO deverá emitir nota fiscal ou fatura de prestação de serviços específica para os
serviços prestados pelos segurados empregados cuja exposição a agentes nocivos permita a
concessão de aposentadoria especial.

(iii) Anexo à via da nota fiscal ou fatura a ser encaminhada ao Administrador do Contrato deverá
haver síntese das atividades exercidas por segurados empregados contratados, o número desses
segurados utilizados em cada atividade e o valor discriminado dos serviços relativos a esses
segurados, com a definição do tipo da aposentadoria especial, se for o caso, de 15 (quinze), 20
(vinte) ou 25 (vinte e cinco) anos. Esta síntese deverá estar assinada por profissional legalmente
habilitado para exercer função de responsabilidade técnica em Segurança, Medicina e Meio
Ambiente do Trabalho em Obras e Serviços como o Médico do Trabalho/Coordenador do
PCMSO ou Engenheiro de Segurança do Trabalho.

(iv) Havendo a previsão para utilização de trabalhadores na execução de atividades em condições


especiais prejudiciais à saúde ou à integridade física, sem a discriminação do valor de cada um
dos serviços contratados na Planilha de Orçamento e havendo possibilidade de identificação,
entre o total dos trabalhadores, dos envolvidos e dos não envolvidos com as atividades exercidas
em condições especiais, a base de cálculo sobre a qual incidirá a alíquota adicional será
proporcional ao número de trabalhadores envolvidos nas atividades em condições especiais.

(v) Havendo a previsão para utilização de trabalhadores na execução de atividades em condições


especiais prejudiciais à saúde ou à integridade física, sem a discriminação do valor dos serviços
contratados na Planilha de Orçamento e na impossibilidade de identificação do número de
trabalhadores utilizados nessas atividades, o acréscimo da retenção será de 2% (dois por cento),
incidente sobre o valor total da prestação de serviços contido na nota fiscal ou na fatura,
cabendo à SABESP o ônus da prova em contrário.

f) Em caso da não retenção de valores pela SABESP por força de decisão judicial que vede a
aplicação da retenção, prevista no art. 31 da Lei nº 8.212/1991, hipótese em que é configurada
a previsão legal do instituto da responsabilidade solidária prevista no inciso VI do art. 30 da Lei nº
8.212/1991, o CONTRATADO deverá apresentar comprovação do recolhimento das
contribuições previdenciárias incidentes sobre a remuneração da mão-de-obra utilizada na
prestação de serviços/execução de obras acompanhadas da Declaração de Escrituração
Contábil na Construção Civil, conforme modelo veiculado pelo edital de licitação.

g) A SABESP, na qualidade de responsável tributária, deverá promover a retenção conforme


alíquota vigente nos municípios de Pindamonhangaba, Cachoeira Paulista, Campos do Jordão
e Lorena, calculada sobre o valor dos serviços constantes da nota-fiscal, fatura, recibo ou
documento de cobrança equivalente apresentada pelo CONTRATADO, promovendo o
recolhimento de tais importâncias aos cofres municipais até o dia dez ou no próximo dia útil
seguinte, caso este não o seja, do mês subsequente à execução/prestação (Regime de
Competência) (São Paulo/Capital) ou data limite de recolhimento do município
correspondente.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 55 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

(i) O CONTRATADO informará a SABESP a base de cálculo do ISS, já descontadas as deduções


permitidas por lei, destacando o valor da retenção, a título de “RETENÇÃO PARA O ISS”.

(ii) É de responsabilidade exclusiva do CONTRATADO a indicação dos valores destacados por ela
no documento de cobrança, que resultem em redução do valor a ser retido, sob as penas da
lei. As deduções somente se aplicam para os casos de construção civil, cujas parcelas
correspondentes aos valores: dos materiais adquiridos de terceiros, quando fornecidos pelo
prestador do serviço, já tributados na conformidade da legislação em vigor.

(iii) Não havendo a informação da base de cálculo, a retenção incidirá sobre o valor bruto do
documento de cobrança.

(iv) Na hipótese de haver necessidade de requerer a restituição do indébito, por retenção indevida
ou a maior, a responsabilidade será da SABESP.

(v) O faturamento deverá ser efetuado, obrigatoriamente, por município no caso do objeto ser de
abrangência intermunicipal.

h) Para municípios que não exijam a retenção, por ocasião da apresentação à SABESP da nota
fiscal/fatura, o CONTRATADO deverá fazer prova do recolhimento do ISS a ser apresentado
correspondente ao serviço executado e deverá estar referenciado a emissão da nota
fiscal/fatura. Será considerada como data base de recolhimento a mesma da Prefeitura
correspondente. Para tanto deverá ser apresentada declaração da Prefeitura ou documento
que comprove a data limite de recolhimento ou de eventual condição de isenção.

h1) Considerando que a CONTRATADA, quando executa os serviços que compõem o escopo
licitado no Município de São Paulo, enquadra-se na previsão do Decreto nº 46.598, de
04/11/2005, publicado no DOM-SP de 05/11/2005, por ocasião do pagamento a SABESP verificará
a inscrição da CONTRATADA junto ao Cadastro da Secretaria Municipal de Finanças.

(i) Constatada a ausência da inscrição, a SABESP, na qualidade de responsável tributária, deverá


promover a retenção sobre o valor dos serviços constantes da nota-fiscal/fatura apresentada
pela CONTRATADA, promovendo o recolhimento de tais importâncias aos cofres municipais até
o dia dez ou no próximo dia útil seguinte, caso este não o seja, do mês subsequente à
execução/prestação (Regime de Competência) (São Paulo/Capital).

(ii) Quando da emissão da nota fiscal/fatura, a CONTRATADA deverá destacar o valor da retenção,
a título de “RETENÇÃO PARA O ISS”. Considera-se preço do serviço a receita bruta a ele
correspondente, sem nenhuma dedução."

i) Em obediência ao artigo 30 da Lei nº 10.833, de 29/12/2003 a SABESP reterá a título da CSLL, da


COFINS e da contribuição para o PIS/PASEP, valor resultante da aplicação, sobre o montante a
ser pago, do percentual de 4,65%, correspondente à soma das alíquotas de um por cento, três
por cento e sessenta e cinco centésimos por cento, respectivamente.

(i) Os valores retidos na forma dos art. 30 serão recolhidos ao Tesouro Nacional pela SABESP até o
terceiro dia útil da semana subsequente àquela em que tiver ocorrido o pagamento.

(ii) Os valores retidos na forma do art. 30 serão considerados como antecipação do que for devido
pelo contribuinte que sofreu a retenção, em relação ao imposto de renda e às respectivas
contribuições.

j) Os pagamentos serão efetuados pela área financeira da Unidade da SABESP que administra o
contrato, a saber: RVA^720 – Financeiro e Contábil do Departamento Administrativo e Financeiro

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 56 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

da Unidade de Negócio Vale do Paraíba RV, com endereço na Rua Dolzani Ricardo, 349, Centro,
São José dos Campos/SP, CEP 12.210-110.

k) A SABESP poderá glosar, de faturas emitidas pelo CONTRATADO, valores apontados como
indevidos pela Unidade da SABESP que administra este contrato.

(i) Os pagamentos das faturas referentes às medições de obras e/ou serviços efetuados em nome
do CONTRATADO implicarão em plena quitação, caso não seja apresentada pelo
CONTRATADO, no prazo máximo de 05 (cinco) dias contados da data do efetivo depósito,
notificação expressa com ressalva quanto aos valores pagos.

5.5 - Havendo extrapolação no prazo de pagamento, desde que por responsabilidade da SABESP,
esta responderá pelo pagamento da devida correção monetária, que será realizado no dia 20
do mês seguinte ao do pagamento da obrigação em atraso.

a) Esse valor será apurado de acordo com a seguinte fórmula:

VCM - Valor da correção monetária para pagamento no dia 20 do mês seguinte ao do


pagamento da obrigação em atraso;

VA - Valor do pagamento em atraso;

IGPM - Índice Geral de Preços do Mercado publicado pela revista Conjuntura Econômica da
Fundação Getúlio Vargas - FGV;

x - Índice referente ao mês imediatamente anterior ao mês do efetivo pagamento do valor


em atraso;

(y*)y1 - Índice referente ao segundo mês imediatamente anterior ao mês do vencimento da


obrigação VA, quando a data do vencimento coincidir com o mesmo mês do
pagamento,

(y*)y2 - Índice referente ao mês imediatamente anterior ao mês do vencimento, quando o mês
do vencimento for diferente do mês do pagamento

2 - Índice referente ao mês imediatamente anterior ao mês do efetivo pagamento da


correção monetária;

1 - Índice referente ao mês imediatamente anterior ao de pagamento do valor em atraso;

n - Quantidade de dias contados a partir do vencimento da obrigação V.A., exclusive, até


a data do efetivo pagamento;

m - Quantidade de dias correspondente ao período a que se refere a variação existente


entre os índices x e y, ou seja, a partir do primeiro dia, inclusive, do mês seguinte ao do
índice “y” até o último dia do mês do índice “x”;

a - Quantidade de dias contados a partir da data do efetivo pagamento da obrigação VA


até o dia 20 do mês seguinte;

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 57 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

b - Quantidade de dias correspondente ao período a que se refere a variação existente


entre os índices “2” e “1”, ou seja, a partir do primeiro dia, inclusive, do mês seguinte
ao do índice “1” até o último dia do mês do índice “2”.

b) Quando do reajuste de preços a que se refere a Cláusula 3ª, o pagamento da primeira medição
após o reajuste de preços, poderá, provisoriamente, ser efetuado com base nos preços vigentes
anteriores ao reajuste do contrato, caso não haja tempo hábil para operacionalização do
reajuste.

(i) As diferenças decorrentes do reajuste serão compensadas com faturamento complementar no


caso de acréscimo ou glosa no próximo pagamento devido no caso de reduções.

(ii) Em se tratando de pagamento referente à medição final, este somente será realizado após o
reajuste de preços.

(iii) O pagamento devido, de acordo com (i) e (ii) anteriores, será processado em até 30 (trinta) dias
da publicação dos índices definitivos, respeitadas as condições do item 5.4 e sua alínea a.

5.6 - A SABESP poderá sem prejuízo do disposto no item 8.3 da Cláusula 8ª, descontar dos pagamentos
das faturas referentes às medições, importâncias que, a qualquer título, lhe sejam devidas pelo
CONTRATADO em razão deste termo ou de outros contratos celebrados entre a SABESP e o
CONTRATADO.

5.7 - Quaisquer títulos de cobrança emitidos pelo CONTRATADO contra a SABESP, não poderão ser
negociados e deverão ser mantidos em carteira. A SABESP não será obrigada a efetuar
pagamentos de títulos colocados em cobrança por meio de Bancos ou empresa de factoring.

5.8 - O Decreto Estadual nº. 62.867/17, determina que todos os pagamentos processar-se-ão mediante
crédito em conta corrente em nome do CONTRATADO, no Banco do Brasil S/A. Para tanto, a
CONTRATADO deverá manter conta corrente neste Banco, informando à Área Financeira da
SABESP o respectivo número e agência.

CLÁUSULA 6ª - SUSTAÇÃO DE PAGAMENTOS

6.1 - Poderá a SABESP sustar o pagamento de qualquer fatura, no caso de inadimplência do


CONTRATADO para com a SABESP, na execução deste termo e/ou de outro(s) contrato(s).

CLÁUSULA 7ª – GESTÃO E FISCALIZAÇÃO

7.1 - A fiscalização dos serviços pela SABESP não exonera nem diminui a completa responsabilidade
do CONTRATADO, por qualquer inobservância ou omissão às Cláusulas contratuais.

7.2 - A fiscalização não permitirá a aplicação na obra de materiais/equipamentos classe A/B, sem
que tenha sido apresentado, pelo CONTRATADO, o correspondente Relatório de Inspeção (RI),
nos termos da Cláusula 13.

7.3 - Independente da obrigação constante da alínea 9.1.q deste instrumento, a fiscalização da


SABESP paralisará as obras e/ou serviços quando constatado risco grave e iminente aos
empregados da SABESP, do CONTRATADO e terceiros, na conformidade dos parâmetros
estabelecidos pela legislação vigente.

7.4 - Em caso de embargo, interdição ou paralisação das obras e/ou serviços, a SABESP determina
que todas as medidas sejam tomadas pelo CONTRATADO no sentido de manter o local da ação
devidamente protegido e resguardado, de maneira a não oferecer riscos a terceiros e ao meio
ambiente.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 58 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

7.5 - A SABESP se reserva o direito de fazer outras exigências ao CONTRATADO, sempre que julgar
necessário, para a proteção da integridade física dos trabalhadores durante o exercício das
atividades e de terceiros, assim como dos seus bens, das suas propriedades e do meio ambiente.

7.6 - Observada a devida motivação o contrato poderá ser suspenso por acordo entre as partes e
com prazo não superior a 04 (quatro) meses, salvo em casos de calamidade pública, grave
perturbação da ordem interna ou guerra, ou ainda por repetidas suspensões que totalizem o
mesmo prazo.

7.7 - Várias formas de fiscalização serão utilizadas para o acompanhamento do desenvolvimento dos
trabalhos, medição dos níveis de qualidade e correção de rumos, como como Controle
Tecnológico, Pesquisa Interativa (Satisfação do Cliente), Controle de Retrabalho, além da
fiscalização da SABESP, conforme Procedimento Sabesp PO-SO0016 - Formulário Auxiliar de
Avaliação da prestação de serviços em redes de água e esgoto, de pleno conhecimento das
partes, para o acompanhamento do desenvolvimento dos trabalhos, medição de níveis de
qualidade e correção de rumos.

7.8 - Aplicam-se, subsidiariamente à esta Cláusula as disposições constantes do Título V do


Regulamento Interno de Licitação e Contratação da SABESP.

CLÁUSULA 8ª - GARANTIA CONTRATUAL

8.1 - Para garantia do fiel cumprimento de suas obrigações oriundas deste contrato, o CONTRATADO
depositou na área financeira da Unidade da SABESP que administra o contrato, a título de
Garantia de Contrato, a importância de R$ _______(_________) correspondente a 5% (cinco por
cento) do valor do contrato, conforme anexo deste Termo.

8.2 - A garantia poderá ser substituída, em qualquer tempo - faculdade do CONTRATADO - por moeda
corrente nacional, e/ou por carta de fiança bancária, e/ou por seguro-garantia (conforme
modelos SABESP devidamente acompanhados da Certidão de Regularidade Operacional junto
à SUSEP). Será obrigatório o reconhecimento das firmas dos signatários, exceto quando
chancelados mecanicamente, dos seguintes documentos: carta de fiança bancária e apólice
do seguro garantia.

8.3 - A garantia, será devolvida ao CONTRATADO, nos termos do parágrafo 3º do artigo 172 do
Regulamento Interno de Licitação e Contratação da SABESP, no prazo de 30 (trinta) dias
contados da data da emissão pelo administrador do contrato, do documento "Recebimento
Definitivo de Obras, Serviços ou Devolução de Garantias" ou documento análogo, por solicitação
escrita do CONTRATADO, se não houver nenhuma obrigação civil ou criminal desta, relativa a
este contrato, que venha a impedir o seu encerramento, uma vez cumpridas as seguintes
formalidades:

- cálculo do reajuste de preços, se houver;


- balanço dos materiais;
- aprovação do cadastro geral das obras e/ou serviços
- ajuste final das medições
- recebimento definitivo e

a) Quando recolhida em depósito bancário, o valor da garantia contratual será corrigido


monetariamente de acordo com a previsão contida no item 5.5 da Cláusula de Medições e
Pagamentos.

8.4 - A SABESP poderá descontar da garantia contratual, as importâncias que, a qualquer título, lhe
sejam devidas pelo CONTRATADO por força deste termo de contrato, devendo esta repor o
respectivo valor no prazo de 10 (dez) dias, a partir do recebimento de notificação nesse sentido.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 59 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

a) Quando em depósito bancário, a SABESP poderá descontar da garantia contratual, as


importâncias que, a qualquer título, lhe sejam devidas pelo CONTRATADO por força deste ou de
outros termos, devendo esta repor o respectivo valor no prazo de 10 (dez) dias, a partir do
recebimento de notificação nesse sentido.

b) Quando da eventual formalização de Termo de Alteração Contratual com aumento de valor, a


garantia suplementar, calculada sobre o montante aditado a P0, deverá cobrir todo o prazo
contratual acrescido de 120 dias.

c) A critério do CONTRATADO a garantia inicial/garantia vigente poderá ser substituída por nova
que apresente como valor final o montante original contratado acrescido da nova importância
aditada, tudo a P0, cuja validade deverá cobrir o período desde a formalização do instrumento
contratual até a data de encerramento prevista somada de 120 dias.

8.5 - A garantia contratual será executada na ocorrência de evento danoso relativo a inexecução
contratual, de responsabilidade do CONTRATADO, em especial para aqueles estabelecidos pelos
subitens 20.2.a até 20.2.j, deste instrumento.

CLÁUSULA 9 - OBRIGAÇÕES E RESPONSABILIDADE DO CONTRATADO

9.1 - Sem prejuízo das disposições das cláusulas e anexos deste termo de contrato e em cumprimento
às suas obrigações contratuais, além das decorrentes de lei e de normas regulamentares,
constituem encargos específicos do CONTRATADO:

a) responsabilizar-se integral e diretamente pelas obras e/ou serviços contratados e mencionados


em quaisquer dos documentos que integram o presente termo de contrato, nos termos da
legislação vigente e das normas e procedimentos internos da SABESP, citados no Edital, neste
instrumento, e no Procedimento Empresarial SABESP de Segurança e Saúde do Trabalho em
Obras e Serviços Contratados (PE-RH0003), conforme anexo VI.

Em especial os treinamentos:

- Admissional e Integração (NR 01 e NR 18);


- Formação Básica de Membros de CIPA;
- Atuação em emergência;
- Treinamento específico para execução da atividade de risco (CONFORME PE-RH0003 – Anexo
7) Direção Defensiva, Levantamento e Movimentação Manual de Cargas, Operação de
Maquinas – Segurança nos Serviços de Manutenção em Rede Distribuição de Água, Sinalização
de Obras em Vias Públicas;
- Utilização e higienização de EPI;
- Análise Preliminar de Riscos – APR;
- Primeiros socorros;
- Outros: Treinamentos da COMGÀS e Prevenção contra animais peçonhentos.

a) designar preposto, devidamente aprovado pela SABESP, com anterioridade ao início efetivo da
execução do objeto, devidamente formalizado, mantendo-o no local das obras e/ou serviços
para:
• representá-lo na execução do contrato;
• receber material de fornecimento da SABESP com nota fiscal/fatura/recibo e Relatório de
Inspeção;
• entregar à SABESP a nota fiscal/fatura/recibo do material entregue pelo fornecedor no prazo
máximo de 24 horas do recebimento do material.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 60 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

c) providenciar e entregar à SABESP, com anterioridade ao início efetivo das obras e/ou serviços, os
seguintes documentos, considerados a partir de sua entrega como parte integrante deste termo
de contrato, dele fazendo parte para todos os efeitos:

(i) Cronograma Físico detalhado onde esteja estabelecida a utilização dos materiais/equipamentos
fornecidos pelo CONTRATADO e pela SABESP, indicando a correspondente descrição e
quantitativos, e destacando a classe correspondente. Esse cronograma deverá ser revisado por
ocasião do evento estabelecido em 4.1.b da Cláusula 4ª e atualizando bimestralmente ou
quando solicitado pela SABESP.

(II) cópia do recolhimento da Anotação de Responsabilidade Técnica - ART, conforme determina a


Lei Federal no 6.496, de 07/12/77, relativa a execução das obras e/ou serviços, definindo os
Responsáveis Técnicos devidamente habilitados na especialidade; a comprovação do
recolhimento deverá ser apresentada à Unidade da SABESP que administra o contrato,
impreterivelmente, até o 3° (terceiro) dia útil do mês subsequente ao da assinatura do termo de
contrato.

(iii) cópia da Planilha de Orçamento contratual rubricada em todas as folhas e atestada pelo(s)
responsável(is) técnico(s) pela obra constando nome(s), número(s) da ART e CREA
correspondentes entregue à Unidade da SABESP que administra o contrato no mesmo prazo
máximo estabelecido em (i) anterior.

(iv) cópia da comunicação prévia, protocolada junto à Superintendência Regional do Trabalho e


Emprego - SRTE ou suas Gerencias Regionais do Trabalho e Emprego, conforme determina a
Norma Regulamentadora no 18 da Portaria no 3.214, de 08/06/78, do Ministério do Trabalho e
Emprego, conforme determina a Lei Federal no 6.514 de 22/12/77.

(v) planejamento prévio das atividades a realizar durante cada fase da obra ou serviço, após a
formalização do contrato, e antes da emissão da Autorização de Serviços – AS, de acordo com
as Normas Regulamentadoras da Portaria no 3.214, de 08/06/78, do Ministério do Trabalho e
Emprego, conforme determina a Lei Federal no 6.514, de 22/12/77; destacando-se:

(a) Relação dos profissionais alocados com ou sem vínculo empregatício regido pela CLT dos
Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) e
designados de segurança e medicina do trabalho, conforme Anexo 3 do PE-RH0003 – Segurança
e Saúde do Trabalho em Obras e Serviços Contratados;
(b) Relação de membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) com vínculo
empregatício regido pela CLT ou designados, conforme Anexo 4 do PE-RH0003 – Segurança e
Saúde do Trabalho em Obras e Serviços Contratados;
(c) Programa de Prevenção de Riscos Ambientais - PPRA;
(d) Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO;
(e) Relação de empregados alocados com ou sem vínculo empregatício regido pela CLT que
executarão as atividades do contrato, conforme Anexo 5 do PE-RH0003 – Segurança e Saúde do
Trabalho em Obras e Serviços Contratados;
(f) Análise Preliminar de Riscos - APR, conforme modelo FE-RH0001 – Análise Preliminar de Ricos,
devendo essa ser atualizada antes do início de cada etapa da obra ou serviço;
(g) Relação de cargo/função x EPI dos profissionais alocados com ou sem vínculo empregatício
regido pela CLT conforme Anexo 6 do PE-RH0003 – Segurança e Saúde do Trabalho em Obras e
Serviços Contratados;
(h) Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria de Construção - PCMAT,
conforme Norma Regulamentadora nº 18 da Portaria no 3.214, de 08/06/78, do Ministério do
Trabalho e Emprego;
(i) Programa de treinamentos e palestras de segurança, higiene e saúde do trabalho, conforme
Anexo 7 do PE-RH0003 – Segurança e Saúde do Trabalho em Obras e Serviços Contratados;
(j) Plano de Emergência, usando como referência o Decreto Estadual nº 56.819 de 10/03/2011

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 61 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

(vi) Em caso de haver fatores de riscos ocupacionais ambientais a CONTRATADO deverá apresentar
síntese consignando a atividade que será exercida pelos segurados empregados contratados, o
número de segurados utilizados em cada atividade e quando o Instrumento de Contratação
consignar previsão e, o valor discriminado dos serviços relativos a esses segurados, com a
definição do tipo da aposentadoria especial, se for o caso, de 15 (quinze), 20 (vinte) ou 25 (vinte
e cinco) anos.

(a) No transcorrer do contrato, quando houver alteração desses dados, é obrigação do


CONTRATADO a atualização da síntese, sob pena de suspensão do pagamento de medições
enquanto perdurar a inadimplência contratual, caso a SABESP venha a constatar tal situação.

d) instalar e manter os Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do


Trabalho (SESMT) e Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA, considerando o número
total de trabalhadores nas obras e/ou serviços, para o fiel cumprimento das normas e
procedimentos internos da SABESP e da legislação em vigor.

(i) Apresentar a ficha de registro da equipe do SESMT, sendo que em casos onde por norma a
equipe não se fizer necessária, o CONTRATADO deverá apresentar no mínimo a ficha de registro
e plano de visitas de um Técnico de Segurança e a ficha de registro e certificado de curso de
formação como cipeiro de, no mínimo, um empregado que permanecerá na obra."

(ii) Além do mínimo exigido por lei e independentemente da obrigação legal da instalação e
manutenção do SESMT, o CONTRATADO deverá designar, por escrito, com anterioridade a
emissão da Autorização de Serviços, um profissional legalmente habilitado ou quantos forem
necessários, como responsável pelo cumprimento das medidas de segurança e medicina
ocupacional, quando assim determinado e aprovado pela SABESP, mantendo-o(s) no local das
obras e/ou serviços para representá-la durante a execução do contrato;.

Designar 1 (um) Técnico em Segurança do Trabalho em período parcial/consultoria.

e) fornecer à SABESP relação nominal dos profissionais com vínculo empregatício regido pela CLT
empregados designados para a execução dos serviços onde conste o número de registro de
empregado, número e série da CTPS - Carteira de Trabalho e Previdência Social, atualizando as
informações quando da substituição, admissão e demissão do profissional e responsabilizar-se
pelos encargos trabalhistas, previdenciários. Fiscais e comerciais resultantes da execução do
contrato.

Elaborar e manter atualizado Perfil Profissiográfico Previdenciário – PPP de todos os profissionais


com vínculo empregatício regido pela CLT, de acordo com a legislação da providência social;

Fornecer à SABESP relação nominal dos profissionais sem vínculo empregatício regido pela CLT
designados para a execução dos serviços.

Nota: por ocasião do início efetivo dos trabalhos ou da mobilização dos profissionais designados
para a execução dos serviços contratados, os mesmos devem integrar o quadro permanente do
CONTRATADO. A comprovação de vínculo deste profissional pode se dar mediante contrato
social ou registro na carteira profissional, ficha de empregado ou contrato de trabalho ou
contrato de prestação de serviços, registrado no Cartório de Títulos e Documentos.

(i) A partir da relação nominal apresentada, a SABESP fiscalizará a execução dos trabalhos e o
cumprimento das obrigações legais relativas à encargos e outras obrigações acessórias
estabelecidas pela legislação regente.

(ii) O CONTRATADO se obriga a apresentar, independentemente da solicitação da SABESP, nas


periodicidades indicadas a seguir, desde que já exigíveis por lei, os seguintes documentos em

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 62 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

cópia simples, ou mídia eletrônica acompanhada de Declaração conforme modelo constante


do Capítulo V do Edital, cuja autenticidade das informações é de responsabilidade do
CONTRATADO; ficando reservado à SABESP, a qualquer tempo, solicitar os originais para cotejo.

Sempre que
Início da houver
Prestação alteração Solicitação Solicitação
DOCUMENTOS
dos no quadro Anual Mensal
Serviços de
funcionários
Contrato de Trabalho (para os
empregados com vínculo X X
empregatício regido pela CLT)
Contrato de Prestação de Serviços
registrado no cartório de títulos e
documentos (atividade exercida
X X
por prestador de
serviço/fornecedor sem vínculo
empregatício regido pela CLT)
Convenção/Acordos/Sentenças
X X
Normativas
Registro de Empregados (Livro ou
Fichas com número do registro e
X X
número e série da CTPS Carteira de
Trabalho e Previdência Social
RAIS (Relação Anual de Informações
X X
Sociais)
Folha de Pagamento (férias, 13º
salário, recolhimento previdenciário,
X X
salário família, vale transporte, vale
refeição, contribuição sindical)

(iii) Em havendo a rescisão de Contrato de Trabalho de um profissional sob este contrato, e


substituição por outro, o CONTRATADO se obriga a apresentar, em relação ao empregado cujo
contrato se extinguir, os seguintes documentos:
- Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho devidamente homologado quando o trabalhador
tiver mais de um ano prestando serviço no CONTRATADO;
- Documento de concessão de Aviso Prévio trabalhado ou indenizado;
- Recibo de entrega da Comunicação de Dispensa e do Requerimento de Seguro Desemprego;
- Guia de Recolhimento Rescisório do FGTS e da Contribuição Social em que conste o recolhimento
do FGTS nos casos em que o trabalhador foi dispensado sem justa causa ou em caso de extinção
do contrato por prazo indeterminado;
- Cópia do Atestado de Saúde Ocupacional (ASO) comprovando a realização de exame médico
demissional;
- Em se tratando de Contrato de Prestação de Serviços de Autônomos, os documentos anteriores
ficam substituídos por um Termo de Rescisão Contratual ou documento equivalente, bem como,
uma declaração de quitação do profissional relativamente aos encargos e honorários sob este
contrato.

(iv) É de responsabilidade exclusiva do CONTRATADO a guarda dos documentos durante os prazos


legais.
(v) A não apresentação dos documentos elencados nesta alínea e), condicionará a autorização
para o início dos trabalhos, a critério exclusivo da SABESP, ficando certo que o(s) pagamento(s)

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 63 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

subsequente(s) aos eventos de obrigação não serão realizados enquanto não forem
apresentados os documentos exigidos.
(vi) Tais obrigações serão extensivas aos eventuais TERCEIRIZADOS, cabendo ao CONTRATADO a
responsabilidade de verificar a real situação destas quanto ao cumprimento dos encargos
trabalhistas, nos termos da Cláusula de Responsabilidades na Transferência, deste contrato,
devendo a mesma apresentar periodicamente, independente de solicitação da SABESP,
Declaração, firmada por seu representante legal, de que foram efetivados todos os pagamentos
devidos aos terceiros, fiscalizados todos os pagamentos de empregados destes contratos e
recolhidos todos os impostos pertinentes, conforme modelos constante do Capítulo V do Edital.
.
f) afastar, após notificação, todo empregado que, a critério da SABESP, proceder de maneira
desrespeitosa para com os empregados e clientes desta, além do público em geral, garantindo
que o mesmo não seja remanejado para uma outra obra e/ou serviço do CONTRATADO na
SABESP.

g) comunicar a SABESP, toda vez que ocorrer afastamento, substituição ou inclusão de qualquer
elemento da equipe que esteja executando os trabalhos à SABESP; no caso de substituição ou
inclusão, o CONTRATADO anexará os respectivos documentos, ficando a cargo da SABESP
aceitá-los ou não;

(i) em especial para o(s) profissional(is) que possibilitou(aram) a qualificação técnica do


CONTRATADO quando da licitação ou para qualquer outro membro da equipe técnica, em caso
de necessidade de substituição, esta somente poderá ocorrer por profissional de currículo
equivalente ou superior ao substituído;

h) fornecer e tornar obrigatório o uso de uniformes adequados à função e da identidade funcional


do CONTRATADO dentro da área de realização das obras e/ou serviços, de acordo com a
legislação vigente;

i) fornecer, treinar e garantir a utilização obrigatória de equipamentos de proteção individual e


coletiva - EPI e EPC, adequados aos riscos decorrentes da execução do escopo contratual,
garantindo a proteção da integridade física dos trabalhadores durante o exercício das
atividades, inclusive a de terceiros, conforme Norma Regulamentadora nº 06 da Portaria no 3.214,
de 08/06/78, do Ministério do Trabalho e Emprego, conforme determina a Lei Federal no 6.514 de
22/12/77 e atender as especificações técnicas da SABESP de acordo com o Catálogo de
Materiais de Uniformes e Equipamentos de Proteção e Segurança do Trabalho do Grupo 37;

j) fazer seguro de seus trabalhadores contra riscos de acidentes do trabalho, responsabilizando-se,


também, pelos encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais, comerciais, médicos e os
decorrentes de controle médico de saúde ocupacional, resultantes da execução do contrato;

k) comunicar os Acidentes do Trabalho ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), por meio de
Comunicação de Acidente do Trabalho - CAT, imediatamente após a sua ocorrência;

l) enviar à SABESP, até o quinto dia útil do mês subsequente, cópia da ficha de Acidente do
Trabalho, de acordo com o Anexo 1 da Norma Regulamentadora no 18 da Portaria no 3.214, de
08/06/78, do Ministério do Trabalho e Emprego, conforme determina a Lei Federal no 6.514 de
22/12/77, cópia da Comunicação de Acidente do Trabalho - CAT e mensalmente, relatório
estatístico de acidentes do trabalho de Contratado, conforme PE-RH0003 – Segurança e Saúde
do Trabalho em Obras e Serviços Contratados, havendo ou não essas ocorrências; em caso de
acidente grave ou fatal, informar imediatamente a SABESP, juntamente com o boletim de
ocorrência policial, quando houver;

m) reforçar, adequar ou substituir os seus recursos de equipamentos, máquinas, veículos,


equipamentos de proteção individual e coletivos, instalações ou pessoal, se for constatada a sua

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 64 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

inadequação para realizar as obras e/ou serviços, de acordo com o cronograma, nas suas
etapas básicas intermediárias;

n) cumprir as posturas do Município e as disposições legais Estaduais e Federais que interfiram na


execução das obras e/ou serviços, destacando-se a legislação ambiental. Observar o disposto
nas legislações específicas e nas que vierem a lhe suceder ou modificar, em especial:

- Resolução CONAMA 307/02 relativa à disposição de resíduos de construção civil. O entulho


deverá ser disposto ou reciclado “in situ” ou em locais autorizados pela prefeitura local;

- Resolução CONAMA 362/05, que estabelece a obrigatoriedade de reciclagem de óleo de


lubrificante sujo, o qual deverá ser destinado aos processadores de re-refino autorizados,
acondicionado e identificado de forma adequada;

- Resolução CONAMA 340/03 aplicável para serviços de montagem e manutenção de


equipamentos de refrigeração. Estabelece, em conjunto com instruções normativas do IBAMA,
requisitos para a mão-de-obra, registro da empresa, controle de uso dos gases de refrigeração e
em especial, sua coleta em operações que requeiram sua remoção, cabendo envio para
reciclagem, evitando lançamento na atmosfera;

Nota: resíduos como: sobras de produtos químicos (tintas, solventes, etc...) devem ser dispostos
adequadamente, sendo terminantemente proibido, despejá-los em galerias pluviais e redes de
esgotos.

- Lei estadual 12684/07, que proíbe o uso de materiais e artefatos contendo amianto (asbestos).
Cabe observar tal restrição em telhas de fibrocimento, que devem conter gravação em seu
corpo, inscrição indelével atestando a isenção de amianto. Também deve se fixar em obras em
que for montada tal tipo de telha, placa com os seguintes dizeres: "Nesta obra não há utilização
de amianto ou produtos dele derivados, por serem prejudiciais à saúde”. Nota: a resolução
CONAMA 348/04 define resíduos de materiais contendo amianto como perigosos devendo ser
dispostos como tal e isto inclui, por exemplo, caixas d´água de fibrocimento e tubos de amianto
avariados / quebrados.;

o) manter as áreas das obras e/ou serviços ou de armazenamento e estocagem de materiais,


devidamente demarcadas, isoladas, sinalizadas e vigiadas, de forma a impedir o acesso de
pessoas estranhas aos serviços, mantendo ainda as áreas contíguas em perfeito estado de
arrumação e limpeza, e tudo fazendo para que os moradores das vizinhanças não sejam
molestados, observando em especial no que for aplicável, a legislação municipal pertinente.
Manter dentro de bacias de contenção produtos líquidos em bombonas, tambores, tanques,
adotando simbologia de risco apropriada (inflamáveis, tóxicos, etc.);

p) paralisar as obras e/ou serviços quando constatado risco grave e iminente aos seus empregados,
aos da SABESP e terceiros, na conformidade dos parâmetros estabelecidos pela legislação
vigente;

q) providenciar em caso de embargo, interdição ou paralisação das obras e/ou serviços, por meios
adequados, a devida proteção e resguardo do local da ação, de maneira a não oferecer riscos
a terceiros e ao meio ambiente;

r) enviar à SABESP, imediatamente após sua lavratura, quaisquer autos de infração, bem como as
notificações emitidas pelo Poder Judiciário, em que a SABESP conste como infratora ou ré,
juntamente com um relato dos motivos que determinaram a autuação ou notificação;

s) manter o canteiro de obras e frentes de trabalhos livres de lixo e organizados, desta forma
evitando acidentes, conforme Norma Regulamentadora nº 18 da Portaria nº 3.214, de 08/06/78,
do Ministério do Trabalho e Emprego. Proceder, no final das obras, a recomposição do terreno,

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 65 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

demolição das construções provisórias, limpeza e remoção do material indesejável, observando


sempre que viável a destinação para reciclagem. Caso não seja viável fazer a conexão de
privadas e cozinhas com a rede de esgotos, deverá se instalar fossa sanitária (conforme NBR 7229)
devidamente impermeabilizada. O conteúdo deverá ser periodicamente coletado com
caminhão limpa-fossa e enviado para uma ETE da SABESP, apta a receber tal resíduo, mantendo-
se registro das remessas. As águas cinzas de chuveiros e pias deverão ser conectada à rede de
esgotos mais próxima. Caso isto seja inviável deverá haver outra fossa com sumidouro.

Notas: 1) não é permitido enterrar e/ou queimar lixo/resíduos no terreno; 2) em caso de


necessidade de lavagem de pátios, ruas, etc. a utilização de água de reúso, proveniente de
estações de tratamento de esgotos da SABESP, é a opção preferencial, cabendo os cuidados e
uso de EPI’s que previnam contato direto com a água.

t) retirar, ao término das obras e/ou serviços, todo seu pessoal de trabalho;

u) manter a guarda das obras e/ou serviços até o seu recebimento definitivo pela SABESP,
mantendo trancados, sob guarda e outros meios, ferramentas e, sobretudo, equipamentos para
uso na operação da instalação;

v) manter, durante toda a execução do contrato, em compatibilidade com as obrigações


assumidas, todas as condições que culminaram em sua habilitação e qualificação na fase da
licitação;

w) reparar, corrigir, remover, reconstruir ou substituir, às suas expensas, no total ou em parte, o objeto
do contrato em que se verificarem vícios, defeitos ou incorreções resultantes da execução ou de
materiais empregados;

x) responsabilizar-se pelos danos causados diretamente à SABESP ou a terceiros decorrentes de sua


culpa ou dolo na execução do contrato, mesmo em se tratando de responsabilidade objetiva,
não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade, a fiscalização da SABESP em seu
acompanhamento;

y) responsabilizar-se, a partir da conclusão de cada frente de serviços ou do empreendimento, pela


apresentação em meio digital da documentação relativa ao acervo técnico, para aprovação
da SABESP;

z) responsabilizar-se pelo cadastro individual dos ativos no sistema da SABESP, após treinamento
específico a ser ministrado pela SABESP;

aa) cumprir as disposições constantes do Código de Conduta e Integridade da SABESP vigente,


disponível no site www.sabesp.com.br., sob pena das sanções previstas pelo seu
descumprimento.

9.2- O CONTRATADO, nos termos da legislação trabalhista e previdenciária deve proceder as


anotações e registros pertinentes a todos os empregados alocados com vínculo empregatício
regido pela CLT, que atuarem nas obras/serviços nos moldes estabelecidos no item 9.1 supra,
assumindo exclusivamente todas as obrigações advindas de eventuais demandas judiciais
ajuizadas em qualquer juízo que versarem sobre pleitos trabalhistas e/ou previdenciários
propostos por empregados ou terceiros que alegarem vínculo com o CONTRATADO.

9.2.1 - Quando a SABESP for demandada em caráter solidário ou subsidiário em ação trabalhista e o
CONTRATADO não garantir a integralidade dos valores pleiteados judicialmente, poderá haver
retenção de valor que garanta o valor montante reclamado em juízo.

9.2.2 – Na hipótese de procedência total ou parcial da ação o CONTRATADO deverá apresentar à


SABESP a memória de cálculo estimada da condenação, no prazo de 15 (quinze) dias a contar

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 66 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

da publicação da sentença. Em ato contínuo a SABESP efetuará a retenção do valor


remanescente entre o que até então foi retido e o cálculo apresentado pelo CONTRATADO.

9.2.3 – Caso o valor homologado pelo Juízo da causa, em fase de execução do julgado, seja diferente
da estimativa de cálculo apresentado pelo CONTRATADO, a SABESP procederá, de imediato, a
retenção da integralidade do valor restante, ou a devolução do valor retido a maior.

9.2.4 – A falta de apresentação pelo CONTRATADO da referida memória de cálculo no prazo estipulado
implicará na retenção da integralidade do valor indicado pelo Reclamante na petição inicial da
Ação Trabalhista.

9.2.5 – As retenções poderão ser substituídas por fiança bancária, as quais também serão liberadas após
a exclusão da SABESP da lide.

9.2.6 – Os valores retidos serão liberados quando a SABESP for excluída da lide, por meio de decisão
exarada nos autos judiciais.

9.2.7 – O CONTRATADO obriga-se a reembolsar a SABESP todas as despesas advindas de eventual


reconhecimento judicial de solidariedade ou subsidiariedade da SABESP, no cumprimento das
obrigações trabalhistas e/ou previdenciária do CONTRATADO.

9.3 - O CONTRATADO deverá apresentar o Relatório de Inspeção (RI) de materiais / equipamentos


classe A/B , aplicados ou entregues na obra, no mês correspondente a medição que resultará
em obrigação de pagamento nos termos das exigências estabelecidas na Cláusula 13 deste
termo de contrato.

a) A não apresentação do Relatório de Inspeção (RI) dos materiais /equipamentos classe A/B,
constituir-se-á em impedimento para a inclusão, em medições, dos quantitativos impactados
pelo correspondente fornecimento, até que o Relatório de Inspeção seja apresentado.

9.4 – O CONTRATADO se obriga a utilizar somente produtos ou subprodutos de madeira de origem


exótica. Quando isto não for viável por questões técnicas e de projetos, itens de origem nativa
deverão ser de procedência legal, adquiridos de pessoas jurídicas cadastradas no
CADMADEIRA, providos de documentação compulsória.

a) quando do uso/aplicação de produtos e subprodutos florestais (aquele que se encontre em


estado bruto ou “in natura”, ou que tenha passado por processo de beneficiamento), nos termos
do artigo 2° da Instrução Normativa n° 112, de 21/08/2006; o CONTRATADO deverá apresentar,
caso solicitado pela SABESP, os respectivos DOF –Documento de Origem Florestal.

9.5 - Encaminhar, mensalmente, ao Administrador do Contrato, até o quinto dia útil do mês
subsequente ao mês em foco o Relatório Estatístico de acidentes do trabalho de Contratado –
anexo do PE-RH0003 – Segurança e Saúde do Trabalho em Obras e Serviços Contratados,
independentemente da ocorrência ou não de acidente do trabalho (papel e meio digital)
(Anexo V deste Termo e Modelo do Capítulo V do Edital), sob pena de multa nos termos da
Cláusula 16.

a) Sem prejuízo da aplicação da pena de multa, nos termos da Cláusula 17, o não encaminhamento
do Relatório Estatístico de Acidentes do Trabalho de Contratado, dentro do prazo estipulado neste
item, condicionará o pagamento da medição referente ao mês em foco, enquanto o relatório
não for encaminhado.

9.6 - Enviar à SABESP (Superintendência Jurídica) na Rua Costa Carvalho, 300 – São Paulo/Capital –
CEP 05429-900, imediatamente após o recebimento de quaisquer documentos provenientes do
Poder Judiciário, o documento comprobatório de tal ato judicial, sob pena, de não o fazendo,

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 67 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

suportar a integralidade dos valores decorrentes dos prejuízos causados em face da ausência do
envio do referido documento.

9.7 - Estão ratificadas por esta cláusula outras obrigações do CONTRATADO, que comparecem em
outros assuntos específicos que compõem as demais cláusulas deste instrumento e do Termo de
Referência.

CLÁUSULA 10 - OBRIGAÇÕES DA SABESP

10.1 - Para a execução das obras e/ou serviços objeto do presente contrato, a SABESP obriga-se a:

a) fornecer, em tempo hábil, elementos suficientes e necessários à execução das obras e/ou
serviços contratados;

b) efetuar os pagamentos devidos, de acordo com o estabelecido neste contrato;

c) exercer a fiscalização das obras e/ou serviços por técnicos especialmente designados;

d) liberar, em tempo hábil, as áreas necessárias à execução das obras e/ou serviços.

e) Várias formas de fiscalização serão utilizadas para o acompanhamento do desenvolvimento dos


trabalhos, medição dos níveis de qualidade e correção de rumos, como como Controle
Tecnológico, Pesquisa Interativa (Satisfação do Cliente), Controle de Retrabalho, além da
fiscalização da SABESP, conforme Procedimento Sabesp PO-SO0016 - Formulário Auxiliar de
Avaliação da prestação de serviços em redes de água e esgoto, de pleno conhecimento das
partes, para o acompanhamento do desenvolvimento dos trabalhos, medição de níveis de
qualidade e correção de rumos.

f) divulgar a Visão, a Missão e as Políticas de Qualidade, de Segurança e Saúde do Trabalho, de


Qualidade em Laboratórios e Meio Ambiente, que compõem o Sistema Integrado SABESP,
dando ciência de seus objetivos às partes interessadas.

10.2 - Estão ratificadas por esta cláusula outras obrigações da SABESP, que comparecem em outros
assuntos específicos que compõem as demais cláusulas deste instrumento e do Termo de
Referência.

CLÁUSULA 11 - RESPONSABILIDADE CIVIL E SEGURO


(Cód 133-0) (Ficha n° 13363)
11.1- A CONTRATADA reconhece por este instrumento que é a única e exclusiva responsável por
danos ou prejuízos que vier a causar a SABESP, coisa, propriedade ou pessoa de terceiros, em
decorrência de execução dos serviços, ou danos advindos de qualquer comportamento de
seus empregados em serviço, objeto deste contrato, correndo às suas expensas, sem
quaisquer ônus para a SABESP, ressarcimento ou indenizações que tais danos ou prejuízos
possam causar.

11.2- A SABESP contratará um seguro na modalidade Responsabilidade Civil Geral Contra Terceiros -
Obras, com valor de importância segurada igual a R$ 120.000,00 (Cento e Vinte Mil, Reais)
devendo figurar na apólice como segurados, a própria SABESP e a CONTRATADA.

a) O cálculo para estabelecimento do prêmio (custo) relativo à cobertura do seguro na


modalidade Responsabilidade Civil Geral Contra Terceiros - Obras, obedecerá a seguinte
fórmula:

PR = ((IS x Ta) x Cf) x (1+ IOF), sendo:

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 68 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

PR = Prêmio total por contratação de seguro


IS = Valor da Importância Segurada
Cf = Coef da modalidade conforme tab de Prazo Curto / Prazo Longo
Ta = Taxa anual (1,800%)
IOF= Imposto sobre Operações Financeiras (7,38%)

TABELA PRAZO CURTO / PRAZO LONGO


PRAZO PRAZO PRAZO PRAZO
CONTRATUAL COEFICIENTE CONTRATUAL COEFICIENTE CONTRATUAL COEFICIENTE CONTRATUAL COEFICIENTE
(MESES) (MESES) (MESES) (MESES)
01 0,20 10 0,90 19 1,55 28 2,19
02 0,30 11 0,95 20 1,62 29 2,26
03 0,40 12 1,00 21 1,69 30 2,33
04 0,50 13 1,08 22 1,76 31 2,39
05 0,60 14 1,16 23 1,83 32 2,46
06 0,70 15 1,24 24 1,90 33 2,52
07 0,75 16 1,32 25 1,97 34 2,59
08 0,80 17 1,40 26 2,05 35 2,65
09 0,85 18 1,47 27 2,12 36 2,71

b) O pagamento do prêmio de cada averbação poderá ser efetuado em parcelas atendendo


concomitantemente os critérios abaixo descritos:

O Valor de cada parcela não poderá ser inferior a R$ 10.000,00 (Dez mil reais);
O número máximo de parcelas admitidas será de 6 (seis), conforme critério abaixo:

i) Np = PA,
ii) Np <= 6. Sendo:

Np = número total de parcelas


PA = período de vigência da averbação
O número total de parcelas a ser adotado é o menor entre (i) e (ii) anteriores.

11.3- O prêmio (custo) de contratação desses seguros serão debitados integralmente à


CONTRATADA, por meio de Nota de Lançamento Contábil, neste ou em qualquer outro
contrato mantido junto à SABESP.

11.4- As condições e demais detalhamentos de cobertura estarão disponíveis quando da efetivação


da averbação do seguro, no Departamento de Planejamento e Execução Financeira - FFE - Av.
do Estado, 561 - Unidade I - Ponte Pequena - São Paulo/SP;

11.5- Se o prazo da execução da obra ultrapassar a data de vencimento do seguro, o Departamento


de Planejamento e Execução Financeira-FFE, providenciará a renovação da apólice, por
solicitação da Unidade da SABESP que administra o Contrato. Para todos os efeitos, esta
renovação será efetivada considerando-se o valor integral do contrato, em conformidade com
as condições gerais da modalidade de seguro.

11.6- Outras coberturas adicionais disponíveis na modalidade de Responsabilidade Civil Geral Contra
Terceiros. Obras, poderão ser incluídas a pedido da CONTRATADA ao Departamento de
Planejamento e Execução Financeira - FFE - Av. do Estado, 561 Unidade I - Ponte Pequena - São
Paulo/SP, e serão consideradas pela Companhia Seguradora como endossos da apólice
principal, sendo seus respectivos custos e condições ajustados e faturados diretamente à
CONTRATADA, sem onerar a contratação de seguro administrada pela SABESP.

11.7- Caso julgue necessário, ao CONTRATADO deverá propor por escrito, um valor maior a título de
importância segurada;

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 69 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

11.8- Restituições decorrentes de redução do valor segurado ou cancelamento de seguro serão


creditadas à SABESP e repassadas a CONTRATADA.

11.9- Ocorrendo fato novo, no decorrer das obras e/ou serviços, que justifique uma alteração no valor
do seguro, este poderá ser modificado mediante acordo entre as partes, podendo tanto a
SABESP quanto a CONTRATADA solicitar essa alteração;

11.10- As cobranças dos prêmios relativos às contratações de seguros (cláusulas 11.2, 11.5, 11.6, 11.7 e
11.9), bem como eventuais franquias constantes da respectiva apólice serão debitadas à
CONTRATADA por Nota de Débito, neste ou em qualquer outro contrato mantido junto à SABESP.

11.11- Nas vistorias prévias realizadas pela Sabesp e Contratada nos imóveis que se defrontam com a
obra, caso haja a interpretação de situações que possam potencializar eventuais sinistros, é
prerrogattiva da Sabesp convocar para participar de nova vistoria a empresa Contratada e a
Companhia Seguradora que detém a apólice de seguro da obra.

CLÁUSULA 12 – SINISTROS

12.1- Na ocorrência de danos a terceiros, a CONTRATADA deverá


comunicar a Unidade da SABESP que fiscaliza a execução das obras e/
ou serviços e vice-versa e, em conjunto, efetuarão uma inspeção no
bem sinistrado.

12.2- Realizada a inspeção do sinistro e reconhecida a responsabi-


lidade das obras e/ou serviços como causa do sinistro, a
SABESP elaborará um relatório com subsídios técnicos a respeito,
apresentando-o à CONTRATADA que, por intermédio de seu Engenheiro
responsável técnico, aporá o seu "de acordo" ou "ciente".

12.3- Todas as despesas com sinistros correrão por conta da


CONTRATADA, inclusive a guarda do imóvel e/ou dos bens móveis, até
que seja providenciado o reparo do imóvel e/ou dos objetos.

12.4- A SABESP suspenderá o pagamento das medições deste ou de


qualquer outro contrato em vigor com a CONTRATADA, caso a mesma
deixe de cumprir satisfatoriamente as determinações constantes deste
contrato ou deixe de executar satisfatoriamente os reparos em bens
sinistrados, quando escolhida para efetuar esses serviços.

12.5- A CONTRATADA deverá apresentar a SABESP, dentro do prazo máximo de 10 (dez) dias a contar
da data da sua assinatura em documento específico, um orçamento para o reparo dos danos
verificados.

12.6- A não apresentação desses documentos/orçamentos no prazo aqui


previsto implicará na total concordância pela CONTRATADA, com os
valores indenizados pela SABESP e/ou Seguradora, aos sinistrados.

12.7- Os sinistros sem cobertura de seguro serão debitados integral-


mente à Contratada, por meio de Nota de Lançamento contábil,
neste ou em qualquer outro contrato mantido junto a Sabesp.

12.8- Nos sinistros com cobertura de seguro, caso o orçamento apresentado pela CONTRATADA seja
o escolhido pela Seguradora para os

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 70 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

reparos dos bens sinistrados, as despesas com esses reparos serão


reembolsadas à CONTRATADA, excluída a franquia obrigatória estipulada na respectiva
apólice de seguro.

12.9- Nos sinistros com cobertura de seguro, se os prejuízos apura-


dos forem superiores aos limites de importância segurada estipulados
na apólice (já deduzida a franquia), a diferença entre o total
desses prejuízos (inclusive os custos de regulação desses processos)
e o limite de indenização apurado pela seguradora, será debitada
integralmente à Contratada, por meio de Nota de Lançamento contábil,
neste ou em qualquer outro contrato mantido junto a Sabesp.

12.10- Todos os sinistros com cobertura de seguro serão debitados


integralmente à Contratada, por meio de Nota de Lançamento contábil,
neste ou em qualquer outro contrato mantido junto a Sabesp, sendo
ressarcidos (deduzida a franquia estipulada na apólice) pela Sabesp
por meio de Nota de Lançamento contábil, após o reembolso da
indenização efetuado pela seguradora.

Obs: É importante destacar que na modalidade RE - Risco de Engenharia a importância


Segurada será sempre o valor total do contrato, já na modalidade RC - Obras, a Importância
segurada será determinada em função do prévio questionário preenchido pelo administrador
do contrato no sistema SGS - Sistema de Gestão de Seguros, atrelado ainda a base histórica
dos sinistros ocorridos na modalidade em toda a Cia.

CLÁUSULA 13 - MATERIAIS / EQUIPAMENTOS

13.1 - O fornecimento de materiais / equipamentos será feito de acordo com a Planilha de Orçamento
- Anexo I, Listas de Materiais, Regulamentação de Preços, Critérios de Medição e demais
disposições, integrantes do Edital da Licitação que deu origem a este contrato, de pleno
conhecimento das partes.

a) Entende-se por materiais e equipamentos classe “A/B” - aqueles que constituem os grupos 03,
04, 05, 06, 07, 08, 09, 11, 12, 13, 15, 16, 19, 28, 36, 37, 39, 45, 46, 47, 48 e 49 ou outro grupo de
natureza especial devidamente explicitado no Catálogo de Materiais da SABESP; cuja inspeção
é obrigatória no fabricante.

b) Entende-se por materiais e equipamentos classe “C” - aqueles que constituem os grupos 01, 02,
10, 14, 17, 20, 21, 22, 23, 24, 25, 26, 27, 29, 30, 31, 32, 33, 35, 38, 40, 42, 43, 44, 50, 51, 61, 63, 91 e 98
ou outro grupo devidamente explicitado no Catálogo de Materiais da SABESP; sujeitos a
verificação/conferência no recebimento.

13.2 - Os materiais / equipamentos classe “C” cujo fornecimento seja de responsabilidade do


CONTRATADO, quando da entrega, deverão estar acompanhados do Termo de Garantia e/ou
de Qualidade emitido pelo fabricante, quando couber; ficando sujeito à verificação e/ou
conferência no recebimento; sendo certo que fica reservado à SABESP, o direito de rejeição
quando detectados defeitos ou irregularidades assim como conceituados pela boa técnica.

13.3- Suplementarmente às exigências aqui estabelecidas, a SABESP poderá, a seu critério exigir
provas de carga, testes de materiais e demais análises de qualidade, por entidades oficiais e/ou
laboratórios próprios e/ou particulares de reconhecida idoneidade, bem como contratar com
empresa ou profissional especializado, serviços de consultoria e assistência técnica às obras
e/ou serviços, correndo todas as despesas por conta da SABESP.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 71 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

a) Se os materiais não forem aprovados nos exames supramencionados, as despesas correrão por
conta do CONTRATADO, que se obriga também a substituí-los.

b) Essas despesas serão debitadas ao CONTRATADO, glosadas das próximas faturas a que tenha
direito, ou, se necessário descontado da garantia de contrato.

13.4- Caberá à SABESP fornecer os seguintes materiais: Todos os materiais hidráulicos necessários para
execução dos serviços num prazo máximo de 35 dias contados da solicitação do
CONTRATADO.

13.5- A SABESP procederá ao balanço parcial dos materiais por ela fornecidos, quando o total das
medições atingir o limite de 75% (setenta e cinco) do valor atualizado do contrato.

a) O procedimento a ser adotado, neste caso, é o descrito no item 14.1 alíneas c, d e e, no que for
pertinente.

b) Caso o CONTRATADO não proceda a reposição dos valores/materiais nas condições do item
14.1 alínea d, inclusive quanto ao prazo máximo de acerto, a SABESP poderá sustar os
pagamentos devidos ou proceder à reduções necessárias à satisfação dos créditos
correspondentes.

CLÁUSULA 14 - RECEBIMENTO TÉCNICO DOS SERVIÇOS

14.1 - As obras e/ou serviços somente serão recebidos pela SABESP após o atendimento de todas as
condições estabelecidas neste termo de contrato e demais documentos dele integrantes, desde
que atingido o fim a que se destinam, com eficácia e qualidade requerida.

a) O CONTRATADO, imediatamente após a data término do contrato, deverá comunicar a SABESP,


por escrito, a conclusão das obras e/ou serviços, para efeito de seu recebimento.

b) Efetuada a comunicação do término das obras e/ou serviços, a SABESP providenciará, em até
15 (quinze) dias da data término do contrato, a realização de vistoria para efeito de seu
recebimento técnico provisório, mediante termo circunstanciado, assinado pelas partes.

c) Dentro do prazo de até 30 (trinta) dias a contar da data término do contrato, o CONTRATADO
deverá apresentar, em original encadernado e em mídia, o Acervo Técnico (cadastro técnico e
comercial, as-built, comissionamento, manuais de operação e manutenção, garantia dos
equipamentos fornecidos) contendo descrição minuciosa de tudo o que foi realizado, bem como
o balanço dos materiais fornecidos pela SABESP.

d) Após a análise do balanço dos materiais pela SABESP, e constatada a falta de parte destes, fica
o CONTRATADO obrigado a repô-los no prazo máximo de 20 (vinte) dias da comunicação, ou
comprovar a sua aquisição por meio de cópia do documento de compra pelo CONTRATADO,
acompanhada de carta desta à fornecedora, autorizando-a a entregar os materiais em Centro
de Distribuição/Depósito da SABESP devendo os mesmos, quando for o caso, serem previamente
inspecionados por quem a SABESP indicar, às expensas do CONTRATADO.

e) A critério da SABESP, a reposição do valor do material em falta será feita mediante desconto dos
pagamentos devidos ao CONTRATADO e/ou garantia contratual e/ou dinheiro. Nessa hipótese,
o valor a ser descontado será o "preço do dia" do material devido, na data da apuração pela
SABESP, acrescidos de todos os demais custos e/ou tributos correspondentes.

f) Caso não tenham sido atendidas as condições contratuais e técnicas na execução das obras
e/ou serviços, será lavrado Termo de Recusa, onde serão apontadas as falhas e irregularidades
constatadas.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 72 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

g) Na lavratura do Termo de Recusa a SABESP determinará um prazo exclusivo para que o


CONTRATADO corrija as falhas e irregularidades apontadas.

h) Após sanadas as falhas e irregularidades apontadas no Termo de Recusa, o CONTRATADO


efetuará, novamente, a comunicação de que trata a alínea a) desta Cláusula.

j) Cumpridas as disposições acima a SABESP, em até 60 (sessenta) dias após a data término do
contrato de obras e/ou serviços fará o recebimento técnico definitivo.

k) Até 60 (sessenta) dias após a data término do contrato o CONTRATADO deverá apresentar a lista
detalhada de todos os ativos imóveis e/ou móveis, construídos e/ou fornecidos, com seus
respectivos percentuais de valoração em relação ao valor final do contrato, para que sejam
imobilizados em até 120 (cento e vinte) dias da data término do contrato.

l) A SABESP é responsável por aprovar a lista dos ativos detalhados com seus respectivos
percentuais de valoração e pelo cumprimento do prazo de imobilização.

14.2 - A SABESP poderá aceitar, a seu critério, o recebimento de parte das obras e/ou serviços, desde
que obedecidas as condições vigentes.

14.3 - A emissão de Atestado(s) Técnico(s) deverá ser solicitada a SABESP e ficará condicionada a
obtenção pelo CONTRATADO do percentual de conformidade alcançado no período de
avaliação, classificado como suficiente:

a) A emissão do Atestado Técnico Parcial fica condicionada a entrega, pelo CONTRATADO, do


Acervo Técnico do executado até o mês anterior da data da solicitação do atestado e;
b) A emissão do Atestado Técnico Final fica condicionada ao cumprimento das entregas previstas
na alínea c) do item 14.1 anterior e da entrega no disposto na alínea k).

CLÁUSULA 15 – SUBCONTRATAÇÃO/TRANSFERÊNCIA

15.1 - O CONTRATADO não poderá subcontratar as obras e/ou serviços que compõem o escopo
deste instrumento.

15.2 - O CONTRATADO poderá transferir os serviços necessários para a realização do escopo deste
contrato desde que com prévia anuência da SABESP.

NOTA 1: São passíveis de transferência as atividades/tarefas/serviços não estratégicos, materiais,


acessórios, instrumentais ou complementares ao escopo, de acordo com o conceito constante
do Título VIII - Glossário de Definições do Regulamento Interno de Licitação e Contratação da
SABESP.

a) O CONTRATADO deverá solicitar, por escrito, anuência expressa da SABESP para transferir os
serviços necessários para a realização do escopo deste contrato, informando e/ou
apresentando:

(i) nome e endereço da empresa a ser terceirizada;

(ii) nome e endereço dos titulares e prepostos da empresa a ser terceirizada;

(iii) serviços a serem terceirizados;

(iv) data prevista para o início e conclusão dos serviços a serem terceirizados;

b) A autorização será dada, pela SABESP, por meio de anuência expressa.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 73 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

CLÁUSULA 16 - RESPONSABILIDADES NA TRANSFERÊNCIA

16.1 - O CONTRATADO compromete-se, na Execução dos Serviços, a contratar somente empresas


em situação regular previdenciária e trabalhista, bem como tributária em sede municipal,
estadual ou federal, ficando exclusivamente este CONTRATADO responsável por eventuais atos
ou fatos irregulares praticados pelo TERCEIRIZADO em nome próprio, de seus empregados e
prepostos.

CLÁUSULA 17 - SANÇÕES ADMINISTRATIVAS

17.1 - Sem prejuízo da utilização pela SABESP da faculdade prevista na Cláusula – Condições para
Alteração Contratual deste termo de contrato, bem como das penalidades estabelecidas no
item 5.9 do Termo de Referência, constante do Capítulo VI, a não observância do cronograma
contratual sujeitará, cumulativamente o CONTRATADO às seguintes multas:

a) Por dia de atraso verificado com relação a cada data-marco, até o prazo de adimplemento do
item em atraso:

(i) Caso o motivo do atraso verificado em data-marco tenha sido causado por reprovação de
materiais/equipamentos classes A/B em inspeções, nos termos da Cláusula 13, a multa M1 será
aplicada por 02 (duas) vezes, sendo a primeira por conta do caput da alínea a) e a segunda
pela reprovação dos materiais/equipamentos em inspeção.
b) Por dia de atraso verificado com relação ao prazo final do contrato ou verificado atraso no
cumprimento da entrega do Planejamento Prévio estabelecido na Cláusula 9 – item 9.1.c) (vi)

17.2 - A inadimplência de quaisquer das obrigações previstas neste contrato, com destaque àquelas
constantes da Cláusula 9; ou a má qualidade dos trabalhos sujeitará o CONTRATADO à seguinte
multa, aplicável a critério da SABESP, independentemente das sanções determinadas pela
legislação pertinente:

17.3 - O CONTRATADO sujeitar-se-á cumulativamente à multa diária por atraso na entrega da via da
Nota Fiscal/Fatura dos materiais/equipamentos entregues pelo fornecedor na obra, cujo
fornecimento é de responsabilidade da SABESP e, contada após o prazo máximo de 24 (vinte e
quatro) horas de seu recebimento, nos termos da Cláusula 9.1.b.

17.4 - Quando for imputado ao CONTRATADO o conceito “insuficiente” por 3(três) avaliações
subsequentes ou 4(quatro) alternadas, em quaisquer dos aspectos, conforme PO-SO0016 –

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 74 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

Avaliação da prestação de serviços em redes de água e esgotos, esta estará sujeita à seguinte
multa, aplicável a critério da SABESP, independentemente das sanções determinadas pela
legislação pertinente:

17.5 - Em caso de rescisão, por responsabilidade do CONTRATADO, esta sujeitar-se-á à seguinte multa,
independentemente das sanções determinadas pela legislação pertinente:

17.6 - Nas expressões constantes das alíneas a e b do item 16.1 e dos itens 17.2, 17.3 e 17.4 e 17.5 define-
se como:

M1, M1(i), M2, M3, M4 e M5 = valores das multas em moeda corrente nacional. No caso de
incidência de mais de um item, as multas serão cumulativas;

Pd = prazo contratual em dias consecutivos e ininterruptos, contados da assinatura do contrato;

Vc = valor atualizado do contrato no mês de aplicação da multa;

n = número de dias corridos de atraso.

17.7 - Para os casos de rescisão contratual, deverão ser observados os seguintes comandos:

a) no caso de rescisão contratual por inadimplência parcial, o somatório das multas moratórias (M1,
M2 e M4) e compensatórias (M1(i), M3 e M5) está limitado a 20% do valor do saldo remanescente
do contrato, limitado a 25% do valor contratual;

b) no caso de rescisão contratual por inadimplência total, o somatório das multas moratórias (M1,
M2 e M4) e compensatórias (M1(i), M3 e M5) está limitado a 30% do valor da parcela não
executada ou do saldo remanescente do contrato, limitada a 25% do valor contratual (Vc).

17.8 - Em não havendo rescisão contratual, deverão ser observados os seguintes comandos:

a) o somatório das multas moratórias (M1, M2 e M4) não poderá ultrapassar 10% do valor atualizado
do contrato (Vc);

b) o somatório das multas compensatórias (M1(i), M3 e M5) está limitado a 10% do valor atualizado
do contrato (Vc);

c) o somatório das multas estabelecidas em a) e b) acima não poderá ultrapassar o limite legal de
10% do valor atualizado do contrato.

17.9 - Os valores apurados das sanções serão descontados dos pagamentos devidos ou da garantia
contratual ou pagos em dinheiro, e quando for o caso, cobrados judicialmente.

17.10 Pela inexecução total e parcial do contrato ou violação das normas e procedimentos internos
da SABESP citados no Edital e neste instrumento e legislação vigente, ressaltando-se as pertinentes
à Legislação Trabalhista e Previdenciária, Segurança do Trabalho, Medicina Ocupacional e Meio
Ambiente, a CONTRATADO sujeitar-se-á às seguintes sanções:

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 75 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

a) advertência inclusive quando imputado ao CONTRATADO o conceito “insuficiente” por 2 (duas)


avaliações subsequentes ou 3 (três) alternadas, em quaisquer dos aspectos, conforme o PO-
SO0016 – Avaliação da prestação de serviços em redes de água e esgotos.

b) multa, na forma prevista nos itens 17.1 a 17.5 anteriores;

c) suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a Sabesp


por prazo não superior a 2 (dois) anos;

(i) em caso de rescisão contratual com fundamento no item 9.3. e seus subitens, o prazo de
suspensão cadastral será no mínimo de 12 (doze) meses;

17.11-As sanções previstas no item 17.10 alíneas a e c, poderão incidir juntamente com a do subitem
17.10 alínea b.

17.12-A sanção prevista no item 17.10 alínea c, poderá também ser aplicada quando:

a) tenha sofrido condenação definitiva por praticar, por meios dolosos, fraude fiscal no
recolhimento de quaisquer tributos;

b) tenha praticado atos ilícitos visando a frustrar os objetivos da contratação;

c) demonstre não possuir idoneidade para contratar com a Administração Pública Estadual em
virtude de atos ilícitos praticados.

17.13 - Quando eventual multa aplicada ao CONTRATADO não cobrir os prejuízos causados à SABESP,
poderá ser exigida indenização suplementar, valendo a multa como mínimo de indenização, na
forma do parágrafo único do art. 416 do Código Civil Brasileiro.

17.14-A aplicação das Sanções somente ocorrerá após assegurado o contraditório e a prévia defesa,
nos termos da legislação vigente.

17.15-Aplicam-se, subsidiariamente, ao disposto nesta Cláusula, as condições previstas no Capítulo XXII


do Regulamento Interno de Licitação e Contratação da SABESP.

CLÁUSULA 18 – RESPONSABILIDADE TÉCNICA

18.1 - Por parte do CONTRATADO, a responsabilidade técnica dos serviços caberá ao(s) Engenheiro(s):
..................................... CREA ........ A presente nomeação somente poderá ser alterada com prévia
anuência da SABESP..

18.2 - Pela inexecução total ou parcial do contrato ou por demonstrar não possuir idoneidade para
contratar com a SABESP em virtude de atos ilícitos praticados, a SABESP poderá, garantida a
prévia defesa, aplicar ao responsável técnico a suspensão temporária de participar em licitações
para comprovação de capacidade técnico-profissional e impedimento de contratar com a
SABESP, por prazo não superior a 2 (dois) anos.

18.3 - As mesmas penalidades previstas no item 18.2 anterior, serão imputadas ao(s) profissional(is) que
possibilitou(aram) a qualificação técnica do CONTRATADO, quando do processo licitatório.

CLÁUSULA 19 - CONDIÇÕES PARA ALTERAÇÃO CONTRATUAL

19.1 - Este contrato poderá ser alterado em razão de fatos supervenientes ou oportunidades que
imponham a revisão de suas cláusulas, ou ainda, em razão de necessidade de correção de erros
materiais, por acordo entre as partes nos casos a seguir exemplificados:

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 76 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

a) Quando houver modificação do projeto ou das especificações, para melhor adequação


técnica aos seus objetivos;
b) Quando conveniente a substituição da garantia de execução;
c) Quando necessária a modificação do regime de execução da obra ou serviço, bem como do
modo de fornecimento, em face de verificação técnica da inaplicabilidade dos termos
contratuais originários;
d) Quando necessária a modificação da forma de pagamento, por imposição de circunstâncias
supervenientes, mantido o valor inicial atualizado, vedada a antecipação do pagamento, com
relação ao cronograma financeiro fixado, sem a correspondente contraprestação de
fornecimento de bens ou execução de obra ou serviço;
e) Na hipótese de sobrevirem fatos imprevisíveis, ou previsíveis, porém de consequências
incalculáveis, retardadoras ou impeditivas da execução do ajustado, ou, ainda, em caso de
força maior, caso fortuito ou fato do príncipe, configurando álea econômica extraordinária e
extracontratual que implique em desequilíbrio econômico-financeiro necessário para
restabelecer a relação que as partes pactuaram inicialmente entre os encargos do
CONTRATADO e a retribuição da administração para a justa remuneração da obra, serviço ou
fornecimento.

19.2 - Quaisquer alterações do contrato serão formalizadas por meio de Termo de Alteração
Contratual, respeitadas as condições prescritas no Regulamento Interno de Licitação e
Contratação da SABESP.:

Condições Específicas para eventual Prorrogação de Prazo


19.3 - O prazo total poderá ser prorrogado, por acordo entre as partes, desde que por motivo justo e
com antecedência mínima de 90 (noventa) dias do prazo final contratual, ou antes do último
terço do prazo total do contrato, dos dois o menor.

19.4 - O acordo entre as partes deverá ser acompanhado de novo cronograma, relação dos dias da
impossibilidade de execução dos serviços e comprovação dos motivos que o fundamentem.

Condições Específicas para eventual inclusão de Preços Extracontratuais


19.5 - Respeitados os limites estabelecidos no artigo 178 do Regulamento Interno de Licitação e
Contratação da SABESP, os serviços eventualmente necessários e não previstos na Planilha de
Orçamento, poderão ter a sua execução previamente autorizada por Termo de Alteração
Contratual e seus preços estabelecidos com base no Banco de Preços da SABESP, por acordo
entre a SABESP e o CONTRATADO, retroagidos à "data de referência dos preços", observadas as
condições da Cláusula 3ª.

19.6 - Em se tratando de Preços Extracontratuais não contemplados no Banco de Preços da SABESP em


vigência, que compreendam o fornecimento de materiais e/ou equipamentos, o CONTRATADO
deverá apresentar 03 (três) orçamentos de mercado e suas correspondentes composições dos
serviços, já incluídos os materiais e/ou equipamentos cotados. Esses documentos serão
apresentados em nível de detalhamento suficiente para o perfeito entendimento da formação
dos novos preços e serão submetidos a análise da SABESP, com posterior aprovação do menor
preço assim obtido.

Condições Específicas para eventual Alteração de Valor


19.7 - Eventual necessidade de acréscimo ou supressão do objeto do presente contrato deverá ser
formalizada através de alteração contratual, observada as disposições do artigo 178 do
Regulamento Interno de Licitação e Contratação da SABESP nos limites fixados em seus §§ 1º ao
3º.

19.8 - A criação, a alteração ou a extinção de quaisquer tributos ou encargos legais, bem como a
superveniência de disposições legais, quando ocorridas após a data da apresentação da

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 77 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

proposta, com comprovada repercussão nos preços contratados, implicarão a revisão destes
para mais ou para menos, conforme o caso.

19.9 - No caso de supressão de obras, bens ou serviços, se o CONTRATADO já houver adquirido os


materiais e posto no local dos trabalhos, esses materiais deverão ser pagos pela SABESP pelos
custos de aquisição regularmente comprovados e monetariamente corrigidos, podendo caber
indenização por outros danos eventualmente decorrentes da supressão, desde que
regularmente comprovados;

CLÁUSULA 20 – INEXECUÇÃO E RESCISÃO

20.1 - A inexecução total ou parcial do contrato poderá ensejar a sua rescisão, com as sanções
previstas pelo Regulamento Interno de Licitação e Contratação da SABESP e neste Termo de
Contrato.

20.2 - Constituem motivos para a rescisão do contrato;

Mediante denúncia da SABESP:

a) O não cumprimento ou o cumprimento irregular de cláusulas contratuais, especificações ou


projetos;
b) O atraso injustificado no início da obra, serviço ou fornecimento ou no cumprimento de datas
intermediárias ou datas marco que ensejem a impossibilidade da conclusão da obra, do serviço
ou do fornecimento, nos prazos estipulados e acarretem prejuízos à SABESP e em outros contratos;
c) A paralisação da obra, do serviço ou do fornecimento, sem justa causa e prévia comunicação à
SABESP;
d) A subcontratação total ou parcial do seu objeto, a associação do contratado com outrem, a
cessão ou transferência, total ou parcial, bem como a fusão, cisão ou incorporação, não
admitidas no edital e no contrato ou sem prévia autorização da SABESP;
e) O desatendimento das determinações regulares da autoridade designada para acompanhar e
fiscalizar a sua execução, assim como as de seus superiores;
f) A decretação de falência ou a instauração de insolvência civil;
g) A dissolução da sociedade ou o falecimento do contratado;
h) A alteração social ou a modificação da finalidade ou da estrutura da empresa, que prejudique a
execução do contrato;
i) o descumprimento da proibição de trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de 18
(dezoito) anos e de qualquer trabalho a menores de 16 (dezesseis) anos, salvo na condição de
aprendiz, a partir de 14 (quatorze) anos;
j) Razões de interesse público, de alta relevância e amplo conhecimento, justificadas e
determinadas por ato do diretor presidente.
K) A caracterização superveniente da prestação de trabalho não eventual por pessoas físicas, com
relação de subordinação ou dependência.

Mediante denúncia do CONTRATADO:

k) a suspensão total de sua execução, por ordem escrita da SABESP, por prazo superior a 4 (quatro)
meses , salvo em caso de calamidade pública, grave perturbação da ordem interna ou guerra,
ou ainda por repetidas suspensões que totalizem o mesmo prazo, independentemente do
pagamento obrigatório de indenizações pelas sucessivas e contratualmente imprevistas
desmobilizações e mobilizações e outras previstas, assegurado ao contratado, nesses casos, o
direito de optar pela suspensão do cumprimento das obrigações assumidas até que seja
normalizada a situação;
l) o atraso superior a 90 (noventa) dias dos pagamentos devidos pela SABESP decorrentes de obras,
serviços ou fornecimento, ou parcelas destes, já recebidos ou executados, salvo em caso de
calamidade pública, grave perturbação da ordem interna ou guerra, assegurado ao contratado

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 78 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

o direito de optar pela suspensão do cumprimento de suas obrigações até que seja normalizada
a situação;
m) a não liberação, sem justo motivo, por parte da SABESP, de área, local ou objeto para execução
de obra, serviço ou fornecimento, nos prazos contratuais.

Com ou sem denúncia de quaisquer das partes:


n) a ocorrência de caso fortuito ou de força maior, regularmente comprovada, impeditiva da
execução do contrato.

20.3 - Em qualquer das hipóteses de rescisão, uma vez apurada a culpa ou dolo de uma das partes,
ensejará o ressarcimento, pela outra parte, dos prejuízos regularmente comprovados.

(i) Havendo concorrência de culpa, os prejuízos experimentados poderão ser compensados.

20.4 - Inexistindo culpa ou dolo do CONTRATADO, além do ressarcimento de eventuais prejuízos


regularmente comprovados, terá ele o direito a:

a) devolução de garantia;

b) pagamentos devidos pela execução do contrato até a data da rescisão;

c) pagamento do custo da desmobilização.

20.5 - Ocorrendo dolo ou culpa do CONTRATADO, de forma individual ou concorrente, a SABESP terá o
direito de:
a) executar a garantia contratual, para ressarcimento dos valores das multas e indenizações a ela
devidos;

b) retenção dos créditos decorrentes do contrato até o limite dos prejuízos sofridos por ela.

20.6 - Incluem-se, nas indenizações devidas à SABESP, aquelas caracterizadas como perdas e danos e
lucros cessantes, nos termos do Código Civil, incluindo os valores pagos a terceiros em razão de
inadimplementos diretamente relacionados ao descumprimento do contratado.

20.7 - As seguintes hipóteses também poderão ser motivo para a extinção do contrato;

a) frustrar ou fraudar o caráter competitivo do procedimento licitatório, mediante ajuste,


combinação ou qualquer outro expediente;
b) impedir, perturbar ou fraudar a realização de qualquer ato do procedimento licitatório;
c) afastar ou procurar afastar Licitante, por meio de fraude ou oferecimento de vantagem de
qualquer tipo;
d) criar, mediante fraude ou de forma irregular, pessoa jurídica para participar de licitação ou
celebrar Contrato com a administração pública;
e) obter, mediante fraude ou de forma irregular, vantagem ou benefício indevido, em razão de
modificações ou prorrogações de Contratos celebrados com a administração pública, sem
autorização em lei, no ato convocatório ou nos respectivos instrumentos contratuais;
f) manipular ou fraudar o equilíbrio econômico-financeiro dos Contratos celebrados com a
administração pública;
g) dificultar atividade de investigação ou fiscalização de órgãos, entidades ou agentes públicos, ou
intervir em sua atuação, inclusive no âmbito das agências reguladoras e dos órgãos de
fiscalização.

CLÁUSULA 21 – TRANSFERÊNCIA DE CONTROLE ACIONÁRIO

21.1 - Durante a execução do contrato, desde que haja justificativa, observado o status do momento,
poderá ser admitida a transferência do controle acionário do CONTRATADO, observada a devida

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 79 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

anuência da SABESP e o cumprimento das condições estabelecidas pelo artigo 164 do


Regulamento Interno de Licitação e Contratação da SABESP.

CLÁUSULA 22 - FORÇA MAIOR

22.1 - Qualquer falta cometida pelo CONTRATADO somente poderá ser justificada, desde que
comunicada por escrito, e não considerada como inadimplência contratual, se provocada por
fato fora de seu controle, de conformidade com o parágrafo único do artigo 393 do Código Civil
Brasileiro.

22.2 - Ocorrendo motivo de força maior, o CONTRATADO notificará, de imediato e por escrito, a
Unidade da SABESP que administra o contrato, sobre a situação e suas causas. Salvo se a SABESP
fornecer outras instruções por escrito, o CONTRATADO continuará cumprindo suas obrigações
decorrentes do contrato, na medida do razoavelmente possível e procurará, por todos os meios
disponíveis, cumprir aquelas obrigações não impedidas pelo evento de força maior.

CLÁUSULA 23 - SIGILO CONFIDENCIALIDADE E PROPRIEDADE

23.1 - O CONTRATADO reconhece que, em razão da sua prestação de serviços à SABESP, estabelece
contato com informações confidenciais e privadas da empresa, que podem e devem ser
conceituadas como segredo de indústria, de comércio ou de negócio.

23.2 - Assim, o CONTRATADO obriga-se, por seus administradores, empregados, prepostos e


contratados a manter o mais completo e absoluto sigilo em relação a toda e qualquer
informação da empresa a que tenham acesso, não podendo, sob qualquer pretexto, utilizá-las
para si, divulgar, reproduzir ou delas dar conhecimento a terceiros, inclusive após o término da
prestação de serviços.

23.3 - O CONTRATADO e a SABESP expressamente reconhecem que todo e qualquer material utilizado
durante a prestação de serviços, inclusive notas pessoais envolvendo matéria sigilosa, registro de
documentos de qualquer natureza que tenham sido utilizados, criados ou estados sob o controle
de qualquer das partes, será igualmente resguardado pelo mútuo compromisso de Sigilo e
Confidencialidade.

23.4 - As obrigações a que alude este instrumento perdurarão inclusive após a cessação de vínculo
entre o OCNTRATADO e a SABESP e abrangem, além das informações de que as partes venham
a tomar conhecimento, aquelas que já possuem na presente data.

23.5 - O não cumprimento dos critérios descritos nesta cláusula, implicará na responsabilidade civil e
criminal dos que estiverem envolvidos na violação das regras de sigilo e confidencialidade. O
CONTRATADO garante à SABESP que as informações e os serviços por ela fornecidos, em
consequência desta contratação, não infringem quaisquer patentes, marcas, direitos, direitos
autorais ou “trade secrets”.

23.6 - A propriedade intelectual, com exceção do software de integração que será licenciado a
SABESP, é única e exclusivamente pertencente à SABESP em todos os aspectos, tais como: fluxos,
documentos, código-fonte das parametrizações.

23.7 - O CONTRATADO garante responsabilizar-se em não usar em proveito próprio ou de terceiros,


copiar, duplicar, divulgar ou ceder a terceiros quaisquer programas, documentos ou informações
referentes a sistemas desenvolvidos na SABESP ainda que com assistência técnica de pessoal do
CONTRATADO, em cumprimento à Lei nº. 9609 de 19/02/1998, aos quais tenham tido acesso em
razão das obrigações ou direitos recíprocos neste contrato.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 80 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

23.8 - O não cumprimento dos critérios descritos nesta cláusula, implicará nas penas previstas na Lei nº
9609 de 19/02/1998, que dispõe sobre a proteção de propriedade intelectual de programas de
computador, sua comercialização no País, e outras providências.

CLÁUSULA 24 - PROPRIEDADE E DIVULGAÇÃO DOS TRABALHOS

24.1 - O CONTRATADO reconhece que a propriedade intelectual, com exceção do software de


integração que será licenciado a SABESP, é única e exclusivamente pertencente à SABESP em
todos os aspectos, tais como: fluxos, documentos, [código-fonte das parametrizações, mídias
contendo arquivos eletrônicos, bem como outros documentos preparados pelo CONTRATADO,
para execução dos serviços determinados neste contrato, serão de propriedade da SABESP,
devendo a ela ser entregues, à medida que forem sendo elaborados].

24.2 - O CONTRATADO garante responsabilizar-se em não usar em proveito próprio ou de terceiros,


copiar, duplicar, divulgar ou ceder a terceiros quaisquer programas, documentos ou informações
referentes a sistemas desenvolvidos na SABESP ainda que com assistência técnica de pessoal do
CONTRATADO, em cumprimento à Lei nº. 9609 de 19/02/1998, aos quais tenham tido acesso em
razão das obrigações ou direitos recíprocos neste contrato.

24.3 - O não cumprimento dos critérios descritos nesta cláusula, implicará nas penas previstas na Lei nº
9609 e 19/02/1998, que dispõe sobre a proteção de propriedade intelectual de programas de
computador, sua comercialização no País, e outras providências

24.4 - A divulgação ou reprodução desse material, no todo ou em parte, é competência exclusiva da


SABESP.

24.5 - Todas as informações envolvendo o presente contrato serão confidenciais e deverão ter um
tratamento sigiloso entre a CONTRATADO e a SABESP. Apenas as pessoas devidamente
autorizadas, de acordo com as suas funções, deverão ter acesso às mesmas.

24.6 - O CONTRATADO deverá garantir o sigilo dos dados, processos, técnicas, informações relativas a
documentos e dados fornecidos por técnicos habilitados que tenham por escopo assegurar a
adequada execução do objeto do presente termo de contrato.

CLÁUSULA 25 – PRIVACIDADE E PROTEÇÃO DE DADOS PESSOAIS

25.1- O CONTRATADO manifesta conhecimento e aceitação da Política de Privacidade de Dados


Pessoais, bem como dos instrumentos que dispõe sobre a segurança da informação da SABESP.

25.2 - O CONTRATADO reconhece que, em razão da sua prestação de serviços à SABESP, nas situações
em que estabelecer contato com dados de pessoas envolvidas na execução do contrato; terá
de zelar pelo seu sigilo e confidencialidade nos termos da Lei nª 13.709/2018, não podendo utilizá-
los para qualquer outro fim diverso da execução deste contrato.

25.3 - O CONTRATADO deve assegurar-se de que os seus colaboradores, consultores e/ou prestadores
de serviços que, no exercício das suas funções, tenham acesso a dados pessoais tratados, se
encontram eles próprios contratualmente obrigados a sigilo profissional.

25.4- CONTRATADO garante que cumprirá sempre com suas obrigações de acordo com a Política de
Privacidade de Dados Pessoais da SABESP, com a legislação aplicável no que diz respeito ao
tratamento de dados pessoais, especialmente a Lei nº 13.709/18 (LGPD), e demais normas
vinculadas ao tema, sujeitando-se às sanções previstas na forma da lei e deste contrato.

25.5- O CONTRATADO compromete-se a tomar medidas de segurança técnica e organizacional,


levando em conta os custos de implementação, contra o tratamento não autorizado ou ilegal
de dados pessoais, contra a perda ou destruição acidental de dados pessoais e consequentes

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 81 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

danos. O CONTRATADO reembolsará quaisquer perdas, custos, despesas, danos ou passivos


sofridos por outro resultado de qualquer infração contratual.

25.6- O CONTRATADO concorda que quaisquer dados pessoais obtidos em conexão com este
contrato, deverão ser usados: (I) exclusivamente para os fins estabelecidos neste contrato e aos
serviços nele previstos e em benefício exclusivo da SABESP e para nenhum outro propósito, a
menos que expressamente autorizado por escrito pela SABESP, e (II) de acordo com os fins
comunicados aos titulares dos dados.

25.7- O CONTRATADO não usará os dados pessoais de nenhuma maneira que prejudique a SABESP. O
CONTRATADO concorda que não divulgará dados pessoais a terceiros, exceto conforme
necessário para os fins estabelecidos neste Contrato. O CONTRATADO não deverá alugar, vender
ou disponibilizar publicamente dados pessoais por qualquer finalidade.

25.8- O CONTRATADO deverá notificar imediatamente a SABESP – no caso de o CONTRATADO ter


conhecimento ou ter motivos para acreditar que ocorreu um incidente de segurança da
informação. Esta comunicação deverá incluir, pelo menos: (1) a natureza da violação das
medidas de segurança; (2) os dados pessoais e os sujeitos de dados potencialmente atingidos;
(3) a duração e as consequências esperadas do Incidente de Segurança da Informação; e (4)
quaisquer medidas de mitigação ou remediação tomadas ou planejadas em resposta ao
incidente de segurança.

25.9- Após qualquer descoberta, o CONTRATADO deverá: (a) tomar todas as medidas para investigar,
remediar ou mitigar os efeitos do incidente de segurança, e (b) fornecer à SABESP garantias
satisfatórias de que tal incidente de segurança não ocorrerá novamente.

25.10- Adicionalmente, caso, e na medida em que, qualquer incidente de segurança resultar de um


ato ou omissão do CONTRATADO, e caso a SABESP determine que notificações (seja em nome
da SABESP ou em nome do CONTRATADO) ou outras medidas de remediação sejam necessárias,
o CONTRATADO tomará, a pedido da SABESP e a conta e risco do CONTRATADO, as
mencionadas ações de remediação.

25.11- Encerrada a vigência do contrato, por qualquer motivo, ou cumpridas as finalidades para as
quais foram compartilhados os dados, o CONTRATADO deverá promover a eliminação dos dados
pessoais fornecidos de forma digital e devolver para a SABESP todo documento físico contendo
dados pessoais recebido, no prazo de 15 (quinze) dias úteis, com exceção daquelas Informações
que o CONTRATADO deva manter em seus arquivos em razão de normas aplicáveis ou de
determinação de autoridades competentes.

CLÁUSULA 26 – ANEXOS

26.1 - Passam a fazer parte integrante do presente termo de contrato os documentos a seguir
relacionados, devidamente rubricados pelo CONTRATADO e pelo Jurídico da SABESP:

ANEXO I - Termo de Ciência e Notificação

ANEXO II - Planilha de Orçamento

ANEXO III – Termo de Referência/Especificações Técnicas

ANEXO IV – Regulamentação de Preços e Critérios de Medição

ANEXO V - Relatório Estatístico de Acidentes do Trabalho de Empresas Contratadas

ANEXO VI - Informações Procedimento SABESP FE RH 0060

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 82 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

ANEXO __ - Declaração de execução do objeto por filial]

ANEXO __ - Cronograma de Desembolso

ANEXO __ - Procurações

ANEXO __ - Garantia de Contrato

Todas as Normas e Especificações podem ser obtidas na página da SABESP na Internet –


www.sabesp.com.br.

CLÁUSULA 27 - DISPOSIÇÕES COMPLEMENTARES

27.1 - A este contrato aplicar-se-ão as disposições da Lei nº 8880, de 27/05/94, da Lei nº 9069, de
29/06/95 e da Lei nº 10.192, de 14/02/01 no que for pertinente.

27.2 - Aplicam-se, ainda, as disposições da Lei nº 12.846, de 01/08/2013, de responsabilização


administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública,
com vigência a partir de 28/01/2014 e o Decreto Estadual nº 60.106, de 29 de janeiro de 2014,
que disciplina a aplicação, no âmbito da Administração Pública Estadual, de dispositivos da Lei
Federal nº 12.846/13.

CLÁUSULA 28 - FORO

28.1- O Foro do presente contrato é o Foro Central da Comarca da Capital do Estado de São Paulo,
Subdistrito da Sé, com renúncia expressa a qualquer outro, por mais privilegiado que seja.

E, por estarem assim justas e contratadas, assinam o presente em 2 (duas) vias de igual teor e
único efeito, na presença das testemunhas abaixo.

São José dos Campos,

CONTRATADO SABESP

___________________________ ___________________________

___________________________ ___________________________

TESTEMUNHAS

___________________________ ___________________________

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 83 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

ANEXO I
TERMO DE CIÊNCIA E DE NOTIFICAÇÃO
(CONTRATOS)

CONTRATANTE: CIA. DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO


CONTRATADO: _____________________________________________________
CONTRATO Nº (DE ORIGEM): 04.165/20
OBJETO: Serviços de Engenharia, para Troca de ramais domiciliares de água, e de serviços
comuns de troca de hidrômetros para os municípios de Pindamonhangaba, Cachoeira Paulista,
Campos do Jordão e Lorena, no Âmbito da Unidade de Negócio do Vale do Paraíba – RV.
ADVOGADO (S)/ Nº OAB/email: (*)______________________________________

Pelo presente TERMO, nós, abaixo identificados:

1. Estamos CIENTES de que:


a) o ajuste acima referido, seus aditamentos, bem como o acompanhamento de sua
execução contratual, estarão sujeitos a análise e julgamento pelo Tribunal de Contas do
Estado de São Paulo, cujo trâmite processual ocorrerá pelo sistema eletrônico;
b) poderemos ter acesso ao processo, tendo vista e extraindo cópias das manifestações de
interesse, Despachos e Decisões, mediante regular cadastramento no Sistema de Processo
Eletrônico, em consonância com o estabelecido na Resolução nº 01/2011 do TCESP;
c) além de disponíveis no processo eletrônico, todos os Despachos e Decisões que vierem a ser
tomados, relativamente ao aludido processo, serão publicados no Diário Oficial do Estado,
Caderno do Poder Legislativo, parte do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, em
conformidade com o artigo 90 da Lei Complementar nº 709, de 14 de janeiro de 1993,
iniciando-se, a partir de então, a contagem dos prazos processuais, conforme regras do
Código de Processo Civil;
d) as informações pessoais dos responsáveis pela contratante estão cadastradas no módulo
eletrônico do “Cadastro Corporativo TCESP – CadTCESP”, nos termos previstos no Artigo 2º
das Instruções nº01/2020, conforme “Declaração(ões) de Atualização Cadastral” anexa (s);
e) é de exclusiva responsabilidade do contratado manter seus dados sempre atualizados.

2. Damo-nos por NOTIFICADOS para:


a) O acompanhamento dos atos do processo até seu julgamento final e consequente
publicação;
b) Se for o caso e de nosso interesse, nos prazos e nas formas legais e regimentais, exercer o
direito de defesa, interpor recursos e o que mais couber.

São José dos Campos,

AUTORIDADE MÁXIMA DO ÓRGÃO/ENTIDADE:


Nome: _________________________________________________________
Cargo:__________________________________________________________
CPF: ____________________________

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 84 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

RESPONSÁVEIS PELA HOMOLOGAÇÃO DO CERTAME

Nome: _________________________________________________________
Cargo:__________________________________________________________
CPF: ____________________________

RESPONSÁVEIS QUE ASSINARAM O AJUSTE:

Pelo contratante: SABESP


Nome: _________________________________________________________
Cargo:__________________________________________________________
CPF: ____________________________

Assinatura: ______________________________________________________

PELO CONTRATANTE: SABESP


nome: ________________________________________________
Cargo: _______________________________________
CPF: _______________________________

Assinatura: ______________________________________________________

Pela contratada:
Nome: _________________________________________________________
Cargo:__________________________________________________________
CPF: ____________________________

Assinatura: ______________________________________________________

ORDENADOR DE DESPESAS DA CONTRATANTE: (NÃO SE APLICA À SABESP)


(*) Facultativo. Indicar quando já constituído, informando, inclusive, o endereço eletrônico.

É parte integrante deste Termo de Ciência e de Notificação as Declarações de Atualização


Cadastral dos seus signatários, emitidas pelo sistema Cadastro Corporativo TCESP – CadTCESP e
validadas na data da assinatura do Termo de Contrato.

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 85 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo – sabesp

ANEXO V

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DE ACIDENTES DO TRABALHO DE EMPRESAS CONTRATADOS

CT Obras/ServEng 04.165/20 RV
Rev. 01/2020

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 86 de 201


companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

CAPÍTULO V – MODELOS

Modelos a serem apresentados na Sessão Pública:

Modelo - DECLARAÇÃO DE OPTANTE DO REGIME ESPECIAL UNIFICADO DE ARRECADAÇÃO DE


TRIBUTOS E CONTRIBUIÇÕES - SIMPLES NACIONAL

Modelo - DECLARAÇÃO DA CONDIÇÃO DE PARTICIPAÇÃO - MATRIZ OU FILIAL

Modelo - DECLARAÇÃO DE TIPO JURÍDICO E REGIME TRIBUTÁRIO APLICÁVEL

Modelo - DECLARAÇÃO SOBRE O BALANÇO PATRIMONIAL DO EXERCÍCIO APRESENTADO POR


PERÍODO

Modelo - DECLARAÇÃO DE OPTANTE PELO PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO FISCAL - REFIS

Modelo - DECLARAÇÃO DE PLENO ADIMPLEMENTO EM RELAÇÃO À REGULARIDADE FISCAL E


TRABALHISTA

Modelos a serem apresentados antes da assinatura do contrato:

Modelo - CARTA DE FIANÇA – GARANTIA DE CONTRATO

Modelo - SEGURO GARANTIA EXECUTANTE – GARANTIA DE CONTRATO

Modelo - DECLARAÇÃO DE EXISTÊNCIA DE PARTES RELACIONADAS - FORNECEDORES

Modelos a serem apresentados durante a execução contratual, quando solicitado:

Modelo - CARTA DE FIANÇA – GARANTIA DE AÇÃO TRABALHISTA

Modelo - RECOLHIMENTO DOS ENCARGOS SOCIAIS

Modelo - RECOLHIMENTO DO ISS

Modelo - RELATÓRIO ESTATÍSTICO DE ACIDENTES DO TRABALHO DE EMPRESAS CONTRATADAS

Modelo - DECLARAÇÃO DE DOCUMENTOS TRABALHISTAS - TERCEIRIZADAS

Modelo - DECLARAÇÃO DE DOCUMENTOS TRABALHISTAS - EMPREGADOS

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 87 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

DECLARAÇÃO DE OPTANTE AO REGIME ESPECIAL UNIFICADO DE ARRECADAÇÃO DE


Modelo
TRIBUTOS E CONTRIBUIÇÕES - SIMPLES NACIONAL

_____________, ___ de ___________ de ______.


À
COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO – SABESP
Ref: Pregão SABESP nº (...........)

Prezados Senhores,

Declaramos, nesta oportunidade, que somos optantes do regime SIMPLES nos termos da Lei
Complementar n° 123/06 e que não estamos enquadrados em nenhum dos itens constantes do
artigo 17 - Seção II – Das vedações ao Ingresso no Simples Nacional.

[Declaramos, nesta oportunidade, que não somos optantes do regime SIMPLES nos termos da Lei
Complementar n° 123/06.]

Atenciosamente
______________________
Responsável
(nome, cargo e assinatura)
_______________________________
Contador Responsável
(nome, assinatura, RG/ CPF/CRC)

__________________
Nome da Sociedade

OBS.: O Licitante deverá definir a redação dos 1º e 2º parágrafos de acordo com a sua
condição de optante ou não do regime SIMPLES. No caso de optante, apresentar o(s) Termo(s)
de Opção.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 88 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo DECLARAÇÃO DA CONDIÇÃO DE PARTICIPAÇÃO - MATRIZ OU FILIAL

_____________, ___ de ___________ de ______.

À
COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO – SABESP

Ref.: Pregão SABESP nº (...........)

OBJETO:

[participação no certame na condição de matriz e execução do contrato pela filial]


Pela presente declaramos que o TERMO DE CONTRATO consequente do Procedimento Licitatório
n° ____ /__, será executado e faturado pela nossa filial situada na .......................................... - CNPJ
nº ...................., I.E. nº ......................................, conforme permissão estatutária.

[participação no certame e execução do contrato na condição de filial]


Pela presente declaramos que o TERMO DE CONTRATO consequente do Processo Licitatório n°
____ /__, será executado e faturado pela filial situada na .......................................... - CNPJ nº
...................., I.E. nº .......................................

Outrossim, nos responsabilizamos por todos os atos de nossa filial, inclusive na eventualidade de
questões tributárias e/ou fiscais que possam ocorrer.]

[participação no certame e execução do contrato pela matriz]


Pela presente declaramos que o TERMO DE CONTRATO consequente do Procedimento Licitatório
n° ____ /__, será executado e faturado pela nossa matriz situada na .......................................... -
CNPJ nº ...................., I.E. nº .......................................

Atenciosamente
______________________
(Representante legal da empresa

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 89 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo DECLARAÇÃO DE TIPO JURÍDICO E REGIME TRIBUTÁRIO APLICÁVEL

À
COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO – SABESP
Ref.: Pregão SABESP nº (...........)
OBJETO:
Pela presente declaro, sob as penas da lei, que no exercício de [ANO], a empresa
________________________________, inscrita no CNPJ n.º ________________:

( ) Foi optante pelo regime de tributação com base no Lucro Real, contudo, não se trata de
sociedade de grande porte nos termos do art. 3º da Lei nº 11.638, de 28 de dezembro de 2007.
( ) Foi optante pelo regime de tributação com base no Lucro Presumido, enquadrada nas
condições elencadas pela Instrução Normativa RFB nº 2.003/2021, portanto, sujeita ao envio
da sua Escrituração Contábil pelo Sistema Público de Escrituração Digital (SPED CONTÁBIL).
( ) Foi optante pelo regime de tributação com base no Lucro Presumido, contudo não se
encontra enquadrada nas condições elencadas pela Instrução Normativa RFB nº 2.003/2021,
portanto, não sujeita ao envio da sua Escrituração Contábil pelo Sistema Público de
Escrituração Digital (SPED CONTÁBIL).
( ) É sociedade empresária de grande porte, com sede situada no Estado de ___________________,
e atende aos requisitos formais exigidos pela Junta Comercial do estado da federação de
localização sua sede, nos temos do art. 3º da Lei nº 11.638, de 28 de dezembro de 2007.
( ) É sociedade cooperativa de grande porte, com sede situada no Estado de
___________________, e atende aos requisitos formais exigidos pela Junta Comercial do estado
da federação de localização sua sede, nos termos do art. 3º da Lei nº 11.638, de 28 de
dezembro de 2007.
________________________________
Responsável
(nome, assinatura, RG e CPF)

_________________________________
Contador Responsável
(nome, assinatura, RG/ CPF/CRC)
_________________________________
Empresa

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 90 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo DECLARAÇÃO SOBRE O BALANÇO PATRIMONIAL DO EXERCÍCIO


APRESENTADO POR PERÍODO

À
COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO – SABESP
Ref.: Pregão SABESP nº (...........)
OBJETO:
Pela presente declaro, sob as penas da lei, que o BALANÇO PATRIMONIAL DO EXERCÍCIO
APRESENTADO POR PERÍODO, conforme abaixo, apresentado pela empresa
________________________________, inscrita no CNPJ n.º ________________: contempla o resultado
acumulado do último exercício social, já exigível.

( ) Mensal – de __/__/__ a __/__/__


( ) Bimestral – de __/__/__ a __/__/__
( ) Trimestral – de __/__/__ a __/__/__
( ) Semestral – de __/__/__ a __/__/__
________________________________
Responsável
(nome, assinatura, RG e CPF)
_________________________________
Contador Responsável
(nome, assinatura, RG/ CPF/CRC)

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 91 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

DECLARAÇÃO DE OPTANTE PELO PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO FISCAL - REFIS


Modelo

.........................., de .............. de ....

À
COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO - SABESP

Ref: Pregão SABESP nº (...........)

Declaramos que somos optantes do Programa de Recuperação Fiscal - REFIS, nos termos
da Lei 9964/00.

_______________________________
Responsável
(nome, assinatura, RG e CPF)

_______________________________
Contador Responsável
(nome, assinatura, RG/ CPF/CRC)

_______________________________
Empresa
OBS: No caso de optante, apresentar o Termo de Opção.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 92 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

DECLARAÇÃO DE PLENO ADIMPLEMENTO EM RELAÇÃO À REGULARIDADE FISCAL E


Modelo TRABALHISTA;

A COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO – SABESP

Ref: Pregão SABESP nº (...........)

Pela presente declaramos, sob as penalidades cabíveis, o pleno adimplemento em relação à


Regularidade Fiscal e Trabalhista exigidas no presente Edital, bem como temos ciência de que, na
condição de adjudicatários do Pregão, a situação de regularidade será verificada quanto a sua
veracidade, previamente à assinatura do contrato.

[Declaramos ainda, que a nossa Filial indicada para a execução do objeto do presente certame
está em pleno adimplemento em relação à comprovação da Regularidade Fiscal e Trabalhista
exigidas no presente Edital, bem como temos ciência de que, na condição de adjudicatários, a
situação de regularidade será verificada quanto a sua veracidade, previamente à assinatura do
contrato].

[No caso de empresas detentoras do tratamento previsto pela LC 123/06]


Na condição de detentora do tratamento previsto na Lei Complementar n° 123/06, informamos que
nossa documentação relativa à comprovação da regularidade fiscal e trabalhista, encontra-se
com restrições, especificamente quanto à (descrever).
Temos ciência de que, na condição de adjudicatários do processo licitatório, a situação de
regularidade será verificada quanto a sua veracidade, previamente à assinatura do contrato,
oportunidade em que as restrições citadas deverão estar regularizadas.

Localidade e data
__________________________
____
(Representante Legal da Empresa)

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 93 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo CARTA DE FIANÇA - GARANTIA DE CONTRATO

_____________, ___ de ___________ de ______.

A COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO – SABESP

Por este instrumento de Carta de Fiança, o Banco... (indicar nome, endereço e CNPJ), por seus
representantes legais, declara constituir-se fiador solidário, sem benefício de ordem, com expressa
renúncia dos benefícios dos artigos 827, 835 e 838 do Código Civil, da firma .... (nome, endereço e
CNPJ), visando garantir, em todos os seus termos, o termo de contrato nº ..... , que tem o objeto......

A presente garantia tem o valor de R$ ......................,.... (..........................................).

O prazo de validade desta fiança é de (*) ...... (.........) dias, contados da data da sua emissão.

Durante este período poderá ter o seu valor recebido, no prazo de 24 (vinte e quatro) horas,
contados da solicitação formal de Vossas Senhorias, independentemente da interferência ou
autorização de nossa afiançada, ou de ordem judicial, bem como, caso o termo de contrato ora
afiançado sofra prorrogação, será prorrogada pelo mesmo período, mediante simples carta de
solicitação da SABESP.

O Banco declara, sob as penas da lei, que o volume de fianças bancárias emitidas até a presente
data observa os limites operacionais de exposição de risco estabelecidos pelos órgãos
reguladores competentes.

Atestam os signatários que esta fiança não é gratuita e está regularmente contabilizada,
satisfazendo as formalidades exigíveis, em especial a legislação bancária e demais resoluções,
instruções e circulares do Banco Central do Brasil, achando-se os signatários devidamente
autorizados à prática deste ato.

__________________________
BANCO

TESTEMUNHAS

________________________ ___________________________

OBSERVAÇÕES:

1- nome e assinatura dos representantes do banco


2- reconhecer as firmas
3- assinar duas testemunhas (nome e RG).
4- dispensado o reconhecimento as firmas.
(*) Validade: obtida pela somatória dos seguintes prazos: 1 - prazo contratual
2 – 120 dias

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 94 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo PRORROGAÇÃO DA GARANTIA DE CONTRATO POR CARTA DE FIANÇA

Ao
BANCO __________________________

Prezados Senhores,

Considerando a faculdade contida na Carta de Fiança nº _________, de _____________ (data),


fornecida por esse Banco para garantir o cumprimento do termo de contrato nº ________________,
celebrado entre a SABESP e a _______________ (nome da contratada), vimos solicitar a prorrogação
da garantia dada, por mais ______ (_________________________________) dias, uma vez que a aludida
contratação está sendo prorrogada por igual período.

Atenciosamente,

________________________________________

SABESP

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 95 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo SEGURO GARANTIA EXECUTANTE – GARANTIA DE CONTRATO

(Companhia Seguradora)

Apólice nº ____________

Termo de Contrato nº ......................Objeto:

A (Companhia Seguradora), em caráter de Garantidora, garante pelo presente instrumento a


Segurada:

Razão Social: Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP.


C.N.P.J: 43.776.517/0001-80
Endereço: Rua Costa Carvalho, 300 - São Paulo - SP.

as obrigações do Tomador:

Razão Social:
C.N.P.J:
Endereço:

ou seja, garantia até o valor integral de R$ __________________________ (_____________), data de


referência ..../..../...., cuja comprovação dar-se-á com o envio da conclusão do processo
administrativo da Segurada, na ocorrência de inadimplemento do Tomador em relação às
obrigações assumidas no Contrato, permanecendo esta Apólice em vigor até o cumprimento
integral dessas obrigações, independentemente de qualquer outra disposição em contrário
constantes das Condições Gerais, Especiais e Particulares dessa modalidade de seguro, respeitadas
as condições e termos estabelecidos pela SUSEP – Superintendência de Seguros Privados e que
deverão acompanhar esta Apólice.
O prazo de validade desta Apólice é de ........... dias (*) contados a partir de sua emissão. Caso não
tenha sido concluído o escopo contratual no prazo inicialmente estabelecido nesta Apólice, e
desde que solicitado pelo Tomador e/ou Segurado, o Tomador e a Seguradora se comprometem
a renová-la, antes de seu vencimento, nas mesmas condições originalmente contratadas.
O Tomador se responsabiliza em manter a Apólice de Seguro Garantia vigente até a emissão do
R.D.O. (Recebimento Definitivo de Obras, Serviços ou Materiais e Devolução de Garantias) pelo
Administrador do Contrato, encaminhando ao Financeiro da unidade cópia do respectivo Endosso.

Localidade e data
______________________________
(assinatura da Cia. Seguradora com Firma Reconhecida)

ANEXOS: Certidão de Regularidade Operacional junto à SUSEP – Superintendência de Seguros


Privados, em nome da Seguradora que emitir a apólice;

(*) Validade: obtida pela somatória dos seguintes prazos: 1 - prazo contratual
2 – 120 dias
IMPORTANTE: Obrigatoriamente, deverá estar anexado a esta, o comprovante de quitação do
prêmio.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 96 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo DECLARAÇÃO DE EXISTÊNCIA DE PARTES RELACIONADAS - FORNECEDORES

À
COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO - SABESP
Ref: PROCEDIMENTO LICITATÓRIO Nº ..../..

Empresa [RAZÃO SOCIAL]


Prezados Senhores,
Eu, [NOME COMPLETO], [NACIONALIDADE], [ESTADO CIVIL], [PROFISSÃO], CPF nº [______], RG nº
[_____] [ÓRGÃO EMISSOR], [FUNÇÃO OU CARGO], na condição de representante da empresa
[RAZÃO SOCIAL], inscrita no CNPJ n° _________; em atendimento à Política Institucional de
Transações com Partes Relacionadas – PI0032 – da Companhia de Saneamento Básico do Estado
de São Paulo – Sabesp, em especial seu item 3.1; DECLARO, sob as penas cabíveis, que, seja em
nossa empresa, ou em outra empresa na qual tenhamos sociedade ou que pertença ao nosso
grupo empresarial, na posição de administrador (diretor ou conselheiro) ou sócio, NÃO NOS
ENQUADRAMOS como Parte Relacionada da Sabesp, em nenhuma das situações, ali definidas
Qualquer modificação na informação acima, durante o período de execução do contrato, será
reapresentada à Sabesp, por escrito, no prazo de 10 (dez) dias a contar da alteração.
Declaro ainda ciência de que, em caso de se identificar como parte relacionada da Sabesp, a
transação deverá seguir os critérios estabelecido no item 3.2 dessa Política.

_________, __ de ___________ de ______


___________________________________
([Nome e Assinatura do Declarante)

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 97 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo CARTA DE FIANÇA - GARANTIA DE AÇÃO TRABALHISTA

À
COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO - SABESP

Por este instrumento de Carta de Fiança, o Banco... (indicar nome, endereço e CNPJ), por seus
representantes legais, declara constituir-se fiador solidário, sem benefício de ordem, com expressa
renúncia dos benefícios dos artigos 827, 835 e 838 do Código Civil, da firma .... (nome, endereço e
CNPJ), visando garantir o valor pleiteado pelo reclamante (nome do reclamante), referente ação
trabalhista, processo nº..........(nº do processo, nº da vara, local), conforme Deliberação de Diretoria
da SABESP nº 0143/2005 de 26/04/2005.

A presente garantia tem o valor de R$ ......................,.... (..........................................).

O prazo de validade desta fiança é de (*), contados da data da sua emissão.

Durante este período poderá ter o seu valor recebido, no prazo de 24 (vinte e quatro) horas,
contados da solicitação formal de Vossas Senhorias, independentemente da interferência ou
autorização de nossa afiançada, ou de ordem judicial, bem como, caso o processo em questão se
estenda por um prazo superior ao solicitado inicialmente, será prorrogada por mais um período de
24 meses, mediante simples carta de solicitação da SABESP, antes de seu vencimento

O Banco declara, sob as penas da lei, que o volume de fianças bancárias emitidas até a presente
data observa os limites operacionais de exposição de risco estabelecidos pelos órgãos
reguladores competentes.

Atestam os signatários que esta fiança não é gratuita e está regularmente contabilizada,
satisfazendo as formalidades exigíveis, em especial a legislação bancária e demais resoluções,
instruções e circulares do Banco Central do Brasil, achando-se os signatários devidamente
autorizados à prática deste ato.
__________________________
BANCO

TESTEMUNHAS

_________________________ ___________________________

OBSERVAÇÕES:
1 - nome e assinatura dos representantes do banco
2 - reconhecer as firmas
3 - assinar duas testemunhas (nome e RG).
4 - dispensado o reconhecimento as firmas.
(*) Validade: prazo contratual restante + 24 (vinte e quatro) meses

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 98 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo RECOLHIMENTO DO FGTS

_____________, ___ de ___________ de ______.

À
COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO – SABESP

Ref.: TERMO DE CONTRATO Nº ..../..

ASSUNTO: COMPROVANTE DE RECOLHIMENTO DO FGTS

Prezados Senhores,

Encaminhamos a V. Sas., as cópias autenticadas das Guias de Recolhimento do Fundo de


Garantia do Tempo de Serviço e informações à Previdência Social – GFIP, relativa(s) ao(s) mês(es)
______________ de ____ devidamente quitada(s) pelo órgão arrecadador, a(s) qual(is) reflete(m) a
totalidade dos referidos Encargos Sociais devidos por esta Sociedade, a título de FGTS, recolhidos
na forma da lei e relacionados com o Termo de Contrato supra.

Atenciosamente
______________________
Responsável
(nome, cargo e assinatura)

__________________
Nome da Sociedade

Nota 1: Os recolhimentos deverão corresponder à mão-de-obra alocada para a execução dos


serviços no período.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 99 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo RECOLHIMENTO DOS ENCARGOS SOCIAIS

_____________, ___ de ___________ de ______.

À
COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO – SABESP

Ref.: TERMO DE CONTRATO Nº ..../..

ASSUNTO: COMPROVANTE DE RECOLHIMENTO DOS ENCARGOS SOCIAIS

Prezados Senhores,

Encaminhamos a V. Sas., cópia(s) autenticada(s) da(s) Guia(s) de Recolhimento ao INSS e FGTS,


relativa(s) ao(s) mês(es) ______________ de ____ devidamente quitada(s) pelo órgão arrecadador,
a(s) qual(is) reflete(m) a totalidade dos referidos Encargos Sociais devidos por esta Sociedade,
recolhidos na forma da lei e relacionados com o Termo de Contrato supra.

Outrossim, declaramos que a presente comunicação tem por fim atender as exigências do art. 31
da Lei nº 8212, de 24/07/91.

Atenciosamente

______________________________
Responsável
(nome, cargo e assinatura)

______________________________
Nome da Sociedade

Nota 1: Os recolhimentos deverão corresponder à mão-de-obra alocada para a execução dos


serviços no período.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 100 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo RECOLHIMENTO DO ISS

_____________, ___ de ___________ de ______.

A COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO – SABESP

Ref.: TERMO DE CONTRATO Nº ..../..

ASSUNTO: COMPROVANTE DE RECOLHIMENTO DO ISS

Prezados Senhores,

Encaminhamos a V. Sas., cópia(s) autenticada(s) da(s) Guia(s) de Recolhimento do ISS incidente no


mês de __________ de ____, devidamente quitada(s) pelo órgão arrecadador, a(s) qual(is) reflete(m)
a totalidade do referido imposto devido por esta Sociedade, recolhido na forma da lei e
relacionado com o Termo de Contrato supra.

Atenciosamente

______________________________
Responsável
(nome, cargo e assinatura)

______________________________
Nome da Sociedade

Nota 1: Os recolhimentos deverão corresponder ao serviço executado e à data de emissão da


fatura ou do documento equivalente.

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 101 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo RELATÓRIO ESTATÍSTICO DE ACIDENTES DO TRABALHO DE EMPRESAS CONTRATADAS

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 102 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo DECLARAÇÃO DE DOCUMENTOS TRABALHISTAS - TERCEIRIZADAS

À
COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO - SABESP

Ref: TERMO DE CONTRATO Nº ..../..


Empresa (CNPJ)

Prezados Senhores,

RAZÃO SOCIAL, inscrita no CNPJ n.° _________, representada neste ato por NOME COMPLETO DO
DECLARANTE (PESSOA FÍSICA), brasileiro, portador da cédula de identidade RG n.° ________, inscrito
no CPF/MF sob n.° ____, domiciliado à (endereço profissional que localizamos o declarante),
DECLARA, sob as penas da lei, em especial o artigo 299 do Código Penal que possui poderes
vigentes para prestar a presente declaração, afirmando, portanto, que está ciente da obrigação
estabelecida em contrato na Cláusula “Obrigações e Responsabilidade da Contratada”, cuja
previsão se refere à obrigatoriedade de apresentar, sempre que houver, cópia simples dos
contratos de prestação de serviços autônomos firmados por esta Contratada com terceiros,
atestando, assim, que todos foram entregues à SABESP para tomar conhecimento.
Ademais, afirma que no período de __/__/__ a __/__/__ do contrato em epígrafe foram efetivados
todos os pagamentos devidos aos terceiros, fiscalizados todos os pagamentos de empregados
destes contratos e recolhidos todos os impostos pertinentes, razão pela qual reconhece a
inexistência de débitos ou pagamentos em aberto dos contratos vigentes de terceiros com esta
Contratada.
Por serem verdadeiras as informações aqui prestadas, comprometemo-nos responder civilmente e
criminalmente por qualquer irregularidade que seja averiguada.

___________, __ de ___________ de ______

_____________________________________
([Nome e Assinatura do Declarante)

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 103 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

Modelo DECLARAÇÃO DE DOCUMENTOS TRABALHISTAS - EMPREGADOS

À
COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO - SABESP

Ref: TERMO DE CONTRATO Nº ..../..


Empresa (CNPJ)

Prezados Senhores,

RAZÃO SOCIAL, inscrita no CNPJ n.° ______, representada neste ato por NOME COMPLETO DO
DECLARANTE (PESSOA FÍSICA), brasileiro, portador da cédula de identidade RG n.° ______, inscrito no
CPF/MF sob n.° _____, domiciliado à (endereço profissional que localizamos o declarante), DECLARA,
sob as penas da lei, em especial o artigo 299 do Código Penal que possui poderes vigentes para
prestar a presente declaração, afirmando, portanto, que todos empregados, os quais atuaram no
período de __/__/__ a __/__/__ no contrato em epígrafe, estão registrados nos termos da lei e que
foram efetivados os devidos pagamentos e recolhimentos. Para fins de comprovação da
declaração prestada, encaminha-se a relação completa dos empregados com folha de
pagamento gerada em “pdf”, cujos documentos constam na mídia eletrônica anexa.
Por serem verdadeiras as informações aqui prestadas, comprometemo-nos responder civilmente e
criminalmente por qualquer irregularidade que seja averiguada.

___________, __ de ___________ de ______

_____________________________________
([Nome e Assinatura do Declarante)

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 104 de 201
Rev. 01/2020
companhia de saneamento básico do estado de são paulo - sabesp

CAPÍTULO VI

- TERMO DE REFERÊNCIA

- REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO


O referido documento poderá ser obtido em meio magnético no site da SABESP
www.sabesp.com.br no acesso fornecedores.

- PLANILHAS DE QUANTITATIVOS E PREÇOS UNITÁRIOS

- ESTA PLANILHA TEM DUPLA FINALIDADE:

1ª - QUANDO DA ELABORAÇÃO DA PROPOSTA PELO LICITANTE:


PARA OBTER O VALOR TOTAL DOS SERVIÇOS O QUAL SERÁ TRANSPORTADO
PELO LICITANTE PARA A TELA “PLANILHA DE ORÇAMENTO DO PREGÃO”

2ª - PARA OBTENÇÃO DA PLANILHA CONTRATUAL A SER ELABORADA PELO


LICITANTE VENCEDOR

- CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO

- PROCEDIMENTO SABESP PE RH 0003

É parte integrante desse Capítulo o Procedimento SABESP PE RH 0003 –que objetiva


assegurar o cumprimento das normas, procedimentos e legislação vigente sobre
Segurança e Saúde do Trabalho em Obras e Serviços Contratados;

O Procedimento poderá ser obtido em meio magnético no site da SABESP


www.sabesp.com.br no acesso fornecedores.

Todas as Normas e Especificações e o Formulário Auxiliar de Avaliação de


Contratada podem ser obtidas na página da SABESP na Internet –
www.sabesp.com.br

PGE PGEENG 04.165/20 RV Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 105 de 201
Rev. 01/2020
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO SABESP ON LINE Nº. 04.165/20

Prestação de Serviços de Engenharia, para Troca de


Ramais Domiciliares de Água, e de Serviços Comuns
para Troca de Hidrômetros para os Municípios de
Pindamonhangaba, Cachoeira Paulista, Campos do
Jordão e Lorena, no Âmbito da Unidade de Negócio Vale
do Paraíba – RV.

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 106 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

Setembro/2020

1. Sumário

1. OBJETO .................................................................................................................................. 4

2. CONSIDERAÇÕES GERAIS ....................................................................................................... 4

3. PREMISSAS ............................................................................................................................ 4
3.1. REGIÕES DE ABRANGÊNCIA .........................................................................................................4
3.2. CONCEITOS ..................................................................................................................................4
3.3. NORMAS, PROCEDIMENTOS E DIRETRIZES TÉCNICAS DE REFERÊNCIA .......................................9

4. ESCOPO DA CONTRATAÇÃO ................................................................................................ 11


4.1. DEFINIÇÕES DOS LOCAIS ............................................................................................................11

5. DIRETRIZES PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS ....................................................................... 11


5.1. DEFINIÇÃO DAS EQUIPES, FERRAMENTAS E EQUIPAMENTOS ..................................................13
5.1.1. VEÍCULOS A SEREM UTILIZADOS .....................................................................................................13
5.1.2. EQUIPES DE APOIO – COORDENAÇÃO E LOGÍSTICA ........................................................................14
5.2. CANTEIROS .................................................................................................................................14
5.2.1. INSTALAÇÃO ....................................................................................................................................15
5.2.2. ÁREA DE INFORMÁTICA ...................................................................................................................16
5.2.3. PLACA DE IDENTIFICAÇÃO DO CANTEIRO........................................................................................18
5.2.4. PLACA DA CONTRATADA .................................................................................................................18
5.2.5. PLACAS “SABESP” ............................................................................................................................19
5.2.6. SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ..............................................................................................................19
5.2.7. VEÍCULOS PARA FISCALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS ...............................................................................19
5.2.8. DESMONTAGEM E REMOÇÃO DO CANTEIRO ..................................................................................19
5.3. MATERIAIS PARA EXECUÇÃO DE SERVIÇOS ...............................................................................20
5.3.1. MATERIAIS DE FORNECIMENTO DA CONTRATADA .........................................................................20
5.3.2. BALANÇO DE MATERIAIS .................................................................................................................22
5.4. RECEBIMENTO E BAIXA DOS SERVIÇOS PELA CONTRATADA ..................................................... 22
5.5. PRAZOS PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS ..................................................................................23
5.6. AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO LRP ASFALTO .............................................................................24
7.1 Medição .....................................................................................................................................26
5.7. SÍNTESE DO ACORDO DE NÍVEL DE SERVIÇO .............................................................................27
5.8. FISCALIZAÇÃO ............................................................................................................................27
5.9. PENALIDADES .............................................................................................................................29

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 107 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

6. DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS .................................................................................................. 30


6.1. SERVIÇOS OPERACIONAIS ..........................................................................................................30
6.1.1. SERVIÇO DE TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA ATÉ DN 32 MM (MÉTODODESTRUTIVO E NÃO
DESTRUTIVO) .............................................................................................................................30
6.1.2. SERVIÇOS DE TROCA DE HIDRÔMETRO ...........................................................................................30
6.2. SERVIÇOS COMPLEMENTARES ...................................................................................................32
6.2.1. SERVIÇOS GERAIS EM CAVALETE .....................................................................................................32
6.2.2. SINALIZAÇÃO ...................................................................................................................................32
6.2.3. SERVIÇOS DE LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO .......................................................33
6.2.4. ESCAVAÇÃO .....................................................................................................................................33
6.2.5. ESGOTAMENTO DE VALAS ...............................................................................................................34
6.2.6. ATERRO E REATERRO .......................................................................................................................34
6.2.7. ADICIONAIS DE SERVIÇOS ................................................................................................................34

7. OBRIGAÇÕES E RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA ...................................................... 35


7.1. ENCARGOS ESPECÍFICOS DA CONTRATADA ...............................................................................35
7.1.1. UNIFORME E IDENTIFICAÇÃO ..........................................................................................................35
7.2. TREINAMENTO, CREDENCIAMENTO E CERTIFICAÇÃO ...............................................................35
7.3. UTILIZAÇÃO DE PRODUTOS OU SUBPRODUTOS DE MADEIRA ..................................................36
7.4. AVALIAÇÃO DA CONTRATADA ...................................................................................................36
7.5. GARANTIA DOS SERVIÇOS ..........................................................................................................36
7.6. RESPONSABILIDADE POR DANOS CAUSADOS PELA CONTRATADA ...........................................37
7.7. OUTRAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA ..................................................................................37

8. RECEBIMENTO DOS SERVIÇOS PELA SABESP ........................................................................ 37


8.1. CONCLUSÃO E ENTREGA DOS SERVIÇOS PELA CONTRATADA ...................................................37
8.2. ATESTADO TÉCNICO ...................................................................................................................38

9. RELACIONAMENTO SABESP - CONTRATADA ........................................................................ 38

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 108 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

1. OBJETO
O escopo desta contratação é realização de serviços de troca de ramais domiciliares de
água e troca de hidrômetros, contemplando serviços operacionais e comerciais.
Para o pleno desenvolvimento dos serviços, a SABESP determinará os locais e os
serviços a serem realizados e que deverão seguir rigorosamente os trâmites de
qualidade e controle definidos neste Termo de Referência.
O objetivo do Termo de Referência é estabelecer as condições de execução dos serviços
operacionais e comerciais, na busca de otimização dos tempos de realização, dos
recursos despendidos, melhoria da qualidade no atendimento, da qualidade na
execução, resultando na efetiva redução de perdas e aprimoramento das condições
operacionais dos sistemas de distribuição de água.

2. CONSIDERAÇÕES GERAIS
O Estado de São Paulo abriga em torno de 22% da população do Brasil, registra alto
índice de crescimento populacional e, no entanto, os recursos hídricos são limitados,
correspondendo a aproximadamente 1,65% do total disponível no país. A área de
atuação da SABESP cobre cerca de 60 % da população urbana do estado de São Paulo,
abrangendo 364 municípios. Desta forma, o aproveitamento eficiente e a boa gestão dos
recursos hídricos constituem questões prioritárias para a SABESP.
A Sabesp mantem um programa de redução de perdas coordenado pela RO.
O PROGRAMA prevê um conjunto de ações coordenadas, em todos os municípios
operados pela companhia, com o objetivo de atingir uma redução de perdas de água
consistente durante longo prazo, trazendo como benefícios:
a) Aumento da eficiência operacional e financeira;
b) Postergação e redução dos impactos ambientais dos empreendimentos de
ampliação da oferta de água (captação e tratamento de água);
c) Contribuição para a estabilização do fornecimento de água em áreas urbanas.

3. PREMISSAS
3.1. REGIÕES DE ABRANGÊNCIA
As áreas de abrangência dos serviços dispostos neste Termo de Referência serão os
municípios operados pela DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS (R), através da
Unidade de Negócio Vale do Paraíba (RV), na Divisão de Pindamonhangaba.

3.2. CONCEITOS
ABRIGO DE CAVALETE – Instalação apropriada para evitar exposição do cavalete e
hidrômetro ao sol, intempéries, cargas acidentais bem como atos de vandalismo.

ADICIONAIS AOS PREÇOS - São valores que serão pagos para se executar serviços
não programados que surgem por ocasião da execução de serviços programados,
aproveitando-se do fato de já se encontrar no local. Normalmente a diferença na
composição dos preços adicionais é o deslocamento já remunerado no serviço
programado

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 109 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

AFERIÇÃO DE HIDRÔMETROS - É a técnica utilizada para verificar se o volume


indicado no marcador é o mesmo medido em equipamentos calibrados e certificados,
sendo feita por solicitação dos clientes em caso de dúvidas, ou por interesse da
SABESP.

AUTORIZAÇÃO DE PASSAGEM – autorização para passagem de ramal através de


imóvel (is) de propriedade de terceiros, objetivando sua ligação à rede geral.

BOLETIM DE OCORRÊNCIA POLICIAL (B.O.) – Documento oficial emitido pela


autoridade policial, registrando no caso, furto de água proveniente da rede pública de
abastecimento de autoria desconhecida.

CADASTRO COMERCIAL – Conjunto de informações sobre o imóvel e a ligação que dá


suporte básico para emissão de contas.

CAPACIDADE DO HIDRÔMETRO – Valor que identifica o hidrômetro em função da


vazão característica ou da carga nominal.

CATEGORIA DE USO -Para efeito de faturamento os clientes serão classificados nas


categorias residencial, comercial, industrial, pública e outros, de acordo com as
modalidades seguintes de utilização:

I – Residencial: ligação usada exclusivamente em moradias;

II – Comercial: ligação na qual a atividade exercida estiver incluída na


classificação de comércio e serviços estabelecida pelo Instituto Brasileiro de
Geografia e Estatística (IBGE);

III – I ndustrial: ligação na qual a atividade exercida estiver incluída na


classificação de indústria estabelecida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e
Estatística (IBGE);

IV – Pública: ligação usada por órgãos dos Poderes Executivo, Legislativo,


Judiciário, e, Autarquias e Fundações vinculadas aos Poderes Públicos;

V – Outros: ligação nas quais as atividades exercidas estiverem excluídas das


categorias nos incisos I a IV.

CAVALETE – Conjunto padronizado de tubulações e conexões, ligado ao ramal predial


de água, destinado à instalação do hidrômetro; é considerado o ponto de entrega de
água no imóvel.

CAVALETE MÚLTIPLO – Cavalete especial projetado de forma a permitir a instalação


de hidrômetros superpostos, até o limite de quatro por cavalete, para individualizar
consumos.

CLIENTE – É a pessoa física ou jurídica ocupante de um imóvel ligado à rede da


SABESP.

CONSUMO – Volume de água fornecido em determinado período.

CONSUMO COBRADO – Volume em metro cúbico (m3), com base no qual é calculado
o valor da conta.
5

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 110 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

CONSUMO ESTIMADO – Volume em metro cúbico (m3), presumido de água consumida


para ligação desprovida de hidrômetro.

CONSUMO MEDIDO – Volume em metro cúbico (m3), resultante da diferença entre duas
apurações de consumo.

CONSUMO MÉDIO - Média aritmética dos consumos significativos diferentes de zero,


dos doze consumos anteriores.

CONSUMO MÍNIMO - Volume mínimo de água expresso em m3 (metro cúbico), que


determina para cada categoria de uso, o valor da conta mínima a ser faturada por mês,
por ligação ou economia residencial. O Volume mínimo de água, para efeito de
faturamento do mês e cobrança é de 10m3 (dez metros cúbicos).

CONTA – Documento comercial que apresenta o valor monetário total que deve ser pago
pelo usuário à Sabesp pela prestação dos serviços abastecimento de água e/ou
esgotamento sanitário, devendo especificar claramente os serviços fornecidos, o volume
faturado, tarifa e período de faturamento, nos termos desta Deliberação.

CORTE DO FORNECIMENTO – Suspensão do serviço de abastecimento de água por


meio de instalação de dispositivo supressor ou outro meio, sem a retirada do hidrômetro
e sem a interrupção do faturamento.

CSI (SERVIÇOS DO SISTEMA COMERCIAL) - Sistema de Informações Gerenciais.


Sistema corporativo com todas as informações comerciais e o acompanhamento dos
pagamentos de contas.

DÉBITO – Valor devido pelo Cliente.

DERIVAÇÃO DE RAMAL/CAVALETE (bypass) – ligação direta da rede de distribuição


até as ligações hidráulicas do imóvel, sem conhecimento da SABESP.

DIMENSIONAMENTO DE HIDRÔMETRO - É a atividade desenvolvida para determinar


o volume que cada imóvel terá, considerando as atividades, as características dos
imóveis e a quantidade de pessoa usuárias.

DISPOSITIVO ANTI-ARAME – É o dispositivo inserido no tubete para inibir o travamento


da turbina do hidrômetro, devido á inserção de arame.

ECONOMIA – Todo o prédio, ou divisão independente de prédio, caracterizada como


unidade autônoma residencial para efeito de cadastramento e/ou cobrança, identificável
e/ou comprovável na forma definida pela SABESP em norma apropriada.

ESPELHO DA CONTA – É o documento com as informações sobre a conta mensal de


serviços prestados pela SABESP e contém a codificação e o endereço do imóvel. Sem
efeito para pagamento.

FACE DE QUADRA – Segmento de quadra pertencente a um mesmo logradouro.

GIS (GEOGRAPHIC INFORMATION SYSTEM OU SISTEMA DE INFORMAÇÕES


GEOGRÁFICAS – SIG) – Sistema integrado para capturar, armazenar, manipular,
analisar e exibir dados espacialmente referenciados a Terra.

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 111 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

HIDRÔMETRO – Aparelho destinado a medir, indicar, totalizar e registrar,


cumulativamente e continuamente, o volume de água que o atravessa, fornecido por
meio da ligação a uma unidade usuária.

IMÓVEL COM FORNECIMENTO ATIVO – É aquele em que são prestados regularmente,


serviços de abastecimento de água e/ou coleta de esgoto sanitário.

IRREGULARIDADE NA LIGAÇÃO – Condições verificadas com a adulteração,


manipulação ou danificação do hidrômetro, cavalete ou ainda no ramal, acarretando a
incorreta medição auferida pelo hidrômetro, resultando em prejuízo à Companhia.

LACRE ANTI-FRAUDE – dispositivo especial de cordoalha de aço, utilizado para


lacração do hidrômetro.

LACRE DE HIDRÔMETRO – Dispositivo de segurança destinado a preservar a


integridade e inviolabilidade de medidores e da ligação de água em face de atos que
possam prejudicar a medição e o sistema de abastecimento de água.

LACRE TIPO SUBMARINO OU SIMILAR – Dispositivo de segurança destinado a


envolver o hidrômetro e filtro (quando necessário) juntamente com seus dispositivos de
fixação (tubetes, porcas do tubete, contra flanges), com o objetivo de manter este
conjunto inviolável. Deve ser provido de meios para aplicar lacre(s) de identificação.

LEITURA DE HIDRÔMETRO – É a ação de leitura do registro de consumo.

LIGAÇÃO DE ÁGUA - Conjunto de elementos do ramal predial de água e unidade de


medição ou cavalete, que interliga a rede de água à instalação predial do cliente.

LIGAÇÃO DIRETA (CLANDESTINA) – Ligação de água sem medição de consumo.

LRP - Significa levantamento e reposição de pavimento, que é utilizado em todo serviço


onde se tem necessidade de abrir valas em vias podendo ser no passeio ou pista de
rolamento.

MND - Significa método não destrutivo, técnica utilizada para instalação ou troca de
ramal ou rede, sem destruir o passeio ou pavimento, utilizando equipamentos especiais

NÚCLEO HABITACIONAL URBANO – Aquele resultante de um único empreendimento,


localizado no perímetro urbano da cidade, compreendendo edificações residenciais
isoladas ou geminadas de um ou mais pavimentos, implantadas em gleba de terreno,
parcelada ou não, em lotes.

PARCELAMENTO – Acordo com o Cliente, para pagamento parcelado do(s) débito(s)


conforme as regras preestabelecidas pela SABESP.

PÉ DE ENTRADA DO CAVALETE – Tubo de aço galvanizado que liga o ramal de água


Sabesp até a copa do cavalete, inclusive o registro de entrada e a curva/cotovelo que
faz conexão a copa.

PÉ DE SAÍDA DO CAVALETE – Tubo de aço galvanizado que liga a copa do cavalete


até a tubulação interna do imóvel, inclusive a curva/cotovelo que faz conexão a copa.

QUADRA – Área delimitada por logradouros públicos.


7

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 112 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

RAMAL - Trecho de ligação de água, composto de tubulações e conexões, situado entre


a rede pública de abastecimento de água e o ponto de entrega de água.

RAMAL CLANDESTINO – Entende-se por clandestino o ramal predial ligado à rede


distribuidora de água, por terceiros, sem o conhecimento da SABESP.

REDE DE DISTRIBUIÇÃO - É a tubulação de onde deriva os ramais que abastece os


imóveis.

SIGES (SISTEMA DE GESTÃO DOS SERVIÇOS) - Sistema Web desenvolvido para


gestão dos serviços de manutenção e gerenciamento entre os Sistemas Corporativos e
os PDAs.

SIGESCampo (SISTEMA DE GESTÃO DOS SERVIÇOS DE CAMPO) - Sistema nos


PDAs responsável pela captura, armazenagem e transmissão das informações do PDA
para os locais onde o SIGES já estiver em funcionamento.

SIGNOS (SISTEMA DE INFORMAÇÂO GEOGRÁFICA DO SANEAMENTO) –Sistema


desenvolvido através da utilização de tecnologias de informações modernas (GIS) e
adequado às necessidades da Sabesp, tem a filosofia de melhorar a qualidade das ações
de gerenciamento e operação das redes de abastecimento de água e coleta de esgotos.

SS – SOLICITAÇÃO DE SERVIÇO - Formulário padrão CSI que contém as informações


necessárias para acompanhamento, execução e controle dos serviços solicitados.

SUPRESSÃO NO FERRULE- executada na tomada de água/ferrule – consiste no


fechamento do registro, evitando a passagem da água, com a suspensão da emissão de
contas e a exclusão do cadastro comercial.

SUPRESSÃO NO RAMAL - executada no passeio – consiste em intervenção no ramal,


com sua secção e a instalação de união com extremidade capeada no ramal em carga,
sem a retirada do hidrômetro, e com a suspensão da emissão de contas e a exclusão do
cadastro comercial.

TROCA CORRETIVA DE HIDRÔMETRO – Troca ocasionada pela ocorrência de


paralisação ou danificação do hidrômetro.

TROCA CORRETIVA DE RAMAL – Troca ocasionada pela ocorrência de vazamento no


ramal.

TROCA PREVENTIVA DE HIDRÕMETRO – Troca programada do hidrômetro, em razão


do tempo de instalação do hidrômetro ou do volume registrado neste.

TROCA PREVENTIVA DE RAMAL – Troca programada em razão do tempo de


instalação do ramal.

UNIDADE DE MEDIÇÃO DE ÁGUA (UMA) - Parte da ligação de água, composta de um


dispositivo de medição dotado de adaptador, segmentos de tubos, conexões, registros,
porcas, tubetes, guarnições, hidrômetro, garras de fixação e caixa (metálica ou plástica).
A caixa tem um compartimento lacrado, com visor que permite a leitura do hidrômetro
para a apropriação dos volumes de água consumidos pelo cliente, e outro compartimento
acessível ao cliente, para eventual manutenção ou manobra do registro.

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 113 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

VIOLAÇÃO DA SUPRESSÃO – Religação do fornecimento suprimido, sem o


conhecimento da SABESP.

VIOLAÇÃO DE HIDRÔMETRO – É o artifício utilizado, pelo Cliente, ou terceiros, sobre


hidrômetros, via de regra, com a intenção de prejudicar a medição real do consumo.

VISTORIA AVULSA – Trata-se de vistoria fora de programação.

VISTORIA EM VARREDURA – Trata-se de vistoria dentro de uma programação.

3.3. NORMAS, PROCEDIMENTOS E DIRETRIZES TÉCNICAS DE REFERÊNCIA


A contratada deve seguir as diretrizes dos documentos técnicos abaixo relacionados,
nas suas últimas revisões, quando da execução das atividades constantes do escopo
deste Termo de Referência:
i. Manual de Especificações Técnicas, Regulamentação de Preços e Critérios de
Medição - SABESP;
ii. Manual de Placa de Identificação de Obra;
iii. Procedimento Empresarial Recursos Humanos SABESP - PE-RH0003 -
Segurança, Medicina e Meio Ambiente do Trabalho em Obras e Serviços, além
de qualquer outra legislação técnica vigente, Normas e Procedimentos Internos
da SABESP referentes à Engenharia de Segurança, Medicina e Meio Ambiente
do Trabalho, que sejam aplicáveis à execução específica das atividades;
iv. Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego instituídos pela
Portaria n.º 3.214/78 e suas alterações posteriores;
v. OHSAS 18001 - OCCUPATIONAL HEALTH AND SAFETY MANAGEMENT
SYSTEMS - REQUIREMENTS
vi. Posturas do Município e as disposições legais Estaduais e Federais que interfiram
na execução das obras e/ou serviços
vii. Normas, procedimentos e legislação vigentes nos municípios atendidos pela
SABESP;
viii. PO-SU0110 – Associação código de ética SABESP ao FAC;
ix. PO-MU0413 – Transporte e armazenamento de hidrômetro
x. Procedimento PE-SA0001 – Arquivamento de Documentos Administrativos e
Técnicos;
xi. NTS 048 – Tubos de polietileno para ramais prediais de água;
xii. NTS 042 – Redes de Distribuição de Água;
xiii. NTS 059 - Requisitos para soldadores, instaladores e fiscais de serviços
executados com tubos de polietileno e conexões de polietileno ou polipropileno;
xiv. NTS 060 - Execução de solda em tubos e conexões de polietileno por termo fusão
(solda de topo);
xv. NTS 112 – Cadastro de Interferências Subterrâneas;

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 114 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

xvi. NTS 161 – Cavalete - ligação de água (DN 20 - hidrômetro de 1,5m3/h ou 3,0
m3/h);
xvii. NTS 164 – Ramal predial de diâmetro externo nominal 20 - ligação de água de
polietileno;
xviii. NTS 165 – Unidade de medição - ligação de água (DN 20 - hidrômetro de 1,5m3/h
ou 3,0m3/h);
xix. NTS 166 – Caixa metálica para unidade de medição de ligação de água;
xx. NTS 175 – Tê de serviço integrado para ramais prediais de polietileno de
diâmetros de 20 e 32 derivados de tubulações da rede de distribuição de água de
PVC ou polietileno, até DN 150;
xxi. NTS 177 – Colar de tomada de material plástico para ramais prediais de diâmetros
de 20 e 32 mm, derivados de tubulações da rede de distribuição de água de PVC
ou polietileno, até DN 150 de distribuição de água em PVC ou polietileno, até DN
150;
xxii. NTS 179 – Adaptador e união de material plástico para tubos de polietileno de
diâmetros de 20 e 32 mm para ramais prediais;
xxiii. NTS 181 – Dimensionamento de ramal predial de água e do hidrômetro – Primeira
Ligação
xxiv. NTS 182 – Colar de tomada metálica para ramais prediais de polietileno DE 20 e
DE 32 derivados de tubulações da rede de distribuição de água em ferro fundido
até DN 150;
xxv. NTS 189 – Projeto de redes de distribuição, adutoras e linhas de esgotos em
polietileno PE 80 ou PE 100;
xxvi. NTS 190 – Instalação de redes de distribuição, adutoras e linhas de esgoto em
polietileno PE 80 ou PE 100;
xxvii. NTS 194 – Tubos de polietileno para redes de distribuição, adutoras ou linhas de
esgoto pressurizadas;
xxviii. NTS 195 – Dispositivo de medição - ligação de água (DN 20 - hidrômetro de
1,5m3/h ou 3,0m3/h);
xxix. NTS 226 – Faixa de Segurança para Obras Lineares;
xxx. NTS 227 – Registro em liga de cobre para ramal predial;
xxxi. “NTS 228 – Cotovelo adaptador em liga de cobre para ramais prediais em PE,
rosca fêmea ¾” x DE 32;
xxxii. NTS 232 – Cavalete Simples – Ligação de Água (DN 25 a200 – Hidrômetro de
5m³/h a 6.500 m³/h);
xxxiii. NTS 281 – Critérios para gestão dos hidrômetros (exceto 1ª ligação)
xxxiv. ABENDI NA-002 – Qualificação e certificação de pessoas em ensaio não
destrutivo para o setor de saneamento básico;
xxxv. ABENDI NA-020 ABENDI – Qualificação e certificação de pessoas em serviços
de redes de distribuição e ramais de água;
xxxvi. Normas Brasileiras da ABNT;
xxxvii. Lei no. 9.503 de 23/09/97 - Código de Trânsito Brasileiro.
10

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 115 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

4. ESCOPO DA CONTRATAÇÃO
O escopo desta contratação visa à execução de serviços operacionais e comerciais nas
instalações de distribuição de água, operadas pela SABESP, compreendendo:
Troca de ligação d'água até DN 32 mm;
Troca de hidrômetro;

Para o pleno desenvolvimento dos serviços, a SABESP determinará os locais e os


serviços a serem realizados e que deverão seguir rigorosamente os trâmites de
qualidade e controle definidos neste Termo de Referência.

4.1. DEFINIÇÕES DOS LOCAIS


A realização dos serviços abrangerá 4 municípios. Nas tabelas a seguir, apresentamos
a divisão dos lotes estabelecidos:
Unidade de Negócio Vale do Paraíba - RV, Gerência Divisional de Pindamonhangaba

Tabela 01: frente / municípios


GERENCIA DIVISIONAL FRENTES MUNICÍPIOS

01 PINDAMONHANGABA

02 CACHOEIRA PAULISTA
PINDAMONHANGABA
03 CAMPOS DO JORDÃO

04 LORENA

5. DIRETRIZES PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS


Cabe à contratada garantir o desempenho da estratégia estabelecida, o desenvolvimento
da execução dos serviços objeto do contrato e o relacionamento entre contratada e
SABESP.
A contratada deverá buscar a melhor alternativa de execução do serviço no aspecto
técnico, bem como procurar, durante a execução, a melhor circulação do trânsito.
No local e imediatamente após a execução do serviço a contratada deverá preencher
corretamente as informações na solicitação de serviço (SS) OU ATRAVÉS DE
SISTEMAS DIGITAIS, tais como: data, horários de início e término, quantidade e tipo de
material empregado, dados sobre a pavimentação, profundidade, posição, diâmetro,
estado da rede, nome e visto do responsável pela execução e todos os demais campos
da SS, fornecida pela SABESP.
Também deverá ser preenchido o formulário para registro de falhas (SRF) que será
fornecido pela Sabesp.

11

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 116 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

Ao final do serviço a contratada deverá restituir a via pública ao tráfego, perfeitamente


limpa e desimpedida, sendo a repavimentação executada conforme critérios
estabelecidos neste edital.
A contratada deverá executar os serviços conforme os prazos estabelecidos neste Termo
e dentro dos padrões de qualidade previstos nas especificações técnicas que integram
o presente contrato, além da necessária obediência à legislação vigente.
A contratada deverá, ainda, executar todos os serviços e solicitações da fiscalização, no
período noturno, ou no período diurno, inclusive aos sábados, domingos e feriados, com
escala pré-definida e aprovada pela fiscalização. Entende-se por período noturno, aquele
compreendido entre as 22:00 horas do dia e às 6:00 horas do dia seguinte.
Constatada a inadequação em prazo e/ou qualidade para realizar os serviços, a
contratada deverá reforçar adequar ou substituir os seus recursos de equipamentos,
máquinas, veículos, equipamentos de proteção individual e coletivos, instalações ou
pessoal, etc.
A contratada deverá manter as áreas dos serviços, armazenamento e estocagem de
materiais, devidamente demarcadas, isoladas, sinalizadas e vigiadas, de forma a impedir
o acesso de pessoas estranhas aos serviços, mantendo ainda as áreas contíguas em
perfeito estado de arrumação e sem restos de entulho e/ou terra, e tudo fazendo para
que os moradores das vizinhanças não sejam molestados, observando em especial no
que for aplicável, a legislação municipal pertinente.
A contratada deverá dispor de estrutura adequada para garantir o nível satisfatório de
qualidade dos serviços e atendimento às demandas da SABESP, devendo para isso, no
mínimo:
a) Exigir de seus empregados, apresentação e conduta adequadas perante o público
em geral e os clientes da SABESP, mantendo-os informados sobre a execução dos
serviços.
b) Manter direto e ininterrupto contato com a SABESP, trazendo ao seu conhecimento
quaisquer dificuldades que surgirem a fim de serem eliminadas.
c) Qualificar o(s) preposto(s) indicado(s) pela contratada conforme estabelecido neste
Termo, para desempenhar (em) o(s) seguinte(s) papel (is):
Representá-la na execução do contrato, nas áreas dos serviços a serem executados, o
qual deve ficar sediado nas instalações do Canteiro, bem como receber e emitir
documentos pertinentes ao contrato.
Receber material de fornecimento da SABESP com nota fiscal/fatura, recibo e relatório
de inspeção.
Entregar à SABESP a nota fiscal/fatura e recibo do material entregue pelo fornecedor
no prazo máximo de 24 (vinte e quatro) horas do recebimento do material.
Comparecer, sempre que convocado, ao local designado pela SABESP, no prazo
estipulado pela fiscalização, para exame e esclarecimentos de quaisquer problemas
relacionados com os serviços contratados.
Manter a SABESP informada de todos os detalhes dos serviços, de acordo com as
conveniências desta, no prazo máximo de 2 (dois) dias após a consulta.
Não manter em seu poder documentos da SABESP por prazo superior aos estipulados
para execução e devolução dos serviços, ressalvado motivo de absoluta força maior, a
critério justo e comprovado pela SABESP.

12

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 117 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

Fornecer informação correta e em tempo hábil em todos os documentos entregues à


SABESP, assim como, se responsabilizar integralmente por informações prestadas
pelos seus empregados.

5.1. DEFINIÇÃO DAS EQUIPES, FERRAMENTAS E EQUIPAMENTOS


Cabe à contratada dimensionar e manter as equipes devidamente dotadas com os
recursos de pessoal, veículos, ferramentas e equipamentos, inclusive os de proteção ao
trabalhador e terceiros, necessários à execução dos serviços e atividades do Canteiro,
conforme segue:
a) A contratada deve fornecer, orientar e tornar obrigatório o uso de Equipamentos de
Proteções Individual e Coletiva - EPIs e EPCs, adequados aos riscos decorrentes da
execução do escopo contratual, garantindo a proteção da integridade física dos
trabalhadores durante o exercício das atividades, inclusive a de terceiros.
b) O Técnico de Segurança do Trabalho da contratada, devidamente registrado em
órgão de classe deverá, antes de iniciar as atividades que oferecerem riscos com
gases e durante todo o período de execução dos trabalhos, monitorar os gases CO,
H2S, O2 e inflamáveis por meio de equipamentos devidamente aferidos pelo órgão
competente, de propriedade da contratada ou de locação, verificando as condições
de segurança da atmosfera dentro de espaços confinados.
c) A contratada deverá dimensionar o número de equipes e informar à fiscalização, de
forma a executar todos os serviços programados no prazo estabelecido neste Termo
de Referência.
d) Todas as equipes e o Canteiro devem ser dotados de comunicação móvel de longo
alcance (fica vedada a utilização de BIP, haja vista ser equipamento que não permite
o retorno da informação quanto à solução do serviço).
Eventuais ajustes, pela contratada, dependerão das demandas de serviços nas áreas
físicas atendidas por cada Canteiro.
Cada tipo de serviço deverá ser executado por profissional qualificado, utilizando
ferramentas e equipamentos adequados, não sendo permitidas improvisações e
adaptações.

5.1.1. VEÍCULOS A SEREM UTILIZADOS


Para possibilitar o deslocamento e a execução dos serviços, a contratada deve equipar
as equipes com: veículos utilitários leves/médios e pick-ups na cor branca.

Todos os veículos deverão ser compatíveis com as atividades a serem desenvolvidas,


em bom estado de conservação e funcionamento, para acomodar adequadamente os
empregados da contratada, materiais, ferramentas e equipamentos. Esses veículos
deverão portar placa ou adesivo constando os seguintes dizeres: “A SERVIÇO DA
SABESP”, seguindo as especificações Sabesp.
Cada veículo de equipe deverá dispor de todos os equipamentos, ferramentas,
Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), Equipamentos de Proteção Coletiva
(EPCs) para a execução das atividades, estando esses adequados à quantidade de
pessoas transportadas.

13

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 118 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

Todos os veículos e os equipamentos, devidamente relacionados, deverão ser


apresentados à fiscalização, acompanhados de ficha de cadastro com documentos e
fotos do veículo, para avaliação e aprovação. Todos os veículos e os equipamentos
deverão permanecer à disposição dos serviços deste contrato e caso venham a ocorrer
avarias em quaisquer veículos da contratada, que impossibilitem o atendimento às
necessidades mínimas de trabalho, esses devem ser substituídos em até 24 horas.
As fotos dos veículos e equipamentos, bem como a sua identificação na foto, também
deverão ser fornecidas em meio digital para a fiscalização, assim como as suas
atualizações quando ocorrerem, conforme especificação técnica ET – 017.
Não poderão ser utilizados veículos de passeio para qualquer serviço.

5.1.2. EQUIPES DE APOIO – COORDENAÇÃO E LOGÍSTICA


A contratada, para desenvolvimento de suas obrigações, deverá manter equipe de apoio
técnico-administrativo no(s) canteiro(s) principal(is) para desenvolver as seguintes
atividades:
a) Idealização de ações, programação dos serviços, gerenciamento e supervisão
geral dos trabalhos;
b) Definição de diretrizes e metas nas áreas de manutenção de redes e serviços
gerais;
c) Acompanhamento das atividades, elaboração e controle de indicadores de
avaliação dos trabalhos;
d) Contato com os responsáveis indicados pela SABESP;
e) Elaboração de relatórios;
f) Gerenciamento das atividades previstas no Contrato.

5.2. CANTEIROS
A contratada deverá providenciar Implantação dos Canteiros de Serviços, antes da
emissão da AS –Autorização de Serviço e na forma estabelecida (Canteiros de Serviços
a serem implantados/veículos para Fiscalização).Os Canteiros deverão ser aprovados
pela fiscalização para operar e atender inicialmente no mínimo uma modalidade de
serviços que contempla as Planilhas, devendo ser observado:
a) Cada Canteiro de Serviços deverá ser instalado, obrigatoriamente, dentro da área
de atuação do respectivo município, de forma a atender estrategicamente as
necessidades de deslocamentos e execução dos serviços, ficando sua instalação
e início de funcionamento condicionado ao “De Acordo” da fiscalização.
Registre-se que na Planilha de Orçamento, os valores de cada um dos preços dos
itens relativos a Canteiros estão distribuídos proporcionalmente aos valores totais
dos serviços previstos em cada frente física de serviço, em razão da necessidade
da correta apropriação dos custos do ponto de vista contábil. Fica estabelecida
dessa forma a correlação contábil e física entre os itens de preços do canteiro na
Planilha Contratual e os Canteiros efetivamente implantados, cuja somatória de
valores representa os custos efetivos de cada canteiro de serviços instalado
fisicamente.

14

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 119 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

b) Caso a contratada opte por construir outros Canteiros de Serviços/Depósitos em


função de suas necessidades estratégicas, deverá apresentar proposta por
escrito, sem custos adicionais para a SABESP, cuja instalação e início de
operação ficarão condicionados ao “De acordo” da fiscalização.
A uma correlação de cada um dos Canteiros a serem implantados com os números de
preços em cada uma das frentes de serviços da Planilha de Quantitativos e Preços
Unitários, ou seja, cada Canteiro de Serviços do ponto de vista físico corresponde na
Planilha de Quantitativos e Preços Unitários à somatória de todos os itens de preço de
“Implantação/Desmobilização” e de “Manutenção Mensal” alocados em um conjunto de
determinadas frentes de serviço. Essa correlação atende a necessidade estratégica da
Unidade de Negócio, em termos de quantidade de Canteiros de Serviços a serem
instalados fisicamente em relação à necessidade de adequação contábil, da apropriação
dos custos, de forma distribuída proporcionalmente aos valores dos serviços realizados
em cada frente de serviço.

5.2.1. INSTALAÇÃO
O local escolhido para implantação do canteiro deve ser aprovado pela fiscalização, e
estar obrigatoriamente localizado na área atendida pelo contrato. Para tanto, a
contratada deve providenciar, para aprovação prévia da fiscalização, planta geral de
localização, indicando:
a) Localização do terreno ou imóvel onde a contratada deseja instalar o Canteiro;
b) Acessos viários;
c) Localização e dimensões de todas as edificações;
d) Layout das instalações.
e) Localização dos pátios e estacionamentos;
f) Disponibilidade de redes de energia, de água e de esgoto, além de telefonia e
internet.
Fica a cargo da contratada a disponibilização de sala para reuniões com a fiscalização.
As instalações da contratada devem atender as legislações municipais e Normas de
Medicina e Segurança do Trabalho.
Os locais destinados aos funcionários da contratada devem ser adequadamente
mobiliados, mantidos limpos e conservados, atendendo às exigências de Medicina e
Segurança do Trabalho quanto às condições de alojamento. Além disso, deve haver
reposição do material de higiene do ambiente e pessoal.
As áreas de estocagem de materiais, de instalação de equipamentos, áreas dos serviços
e estacionamento de máquinas e automóveis devem ser devidamente demarcadas de
forma a evitar o risco de acidentes de trabalho. Devem, ainda, ser protegidas, sinalizadas
e vigiadas.
Todas as despesas decorrentes das instalações e manutenção dos canteiros são de
responsabilidade da contratada.

15

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 120 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

5.2.2. ÁREA DE INFORMÁTICA


A Área de Informática deve ser instalada no Canteiro. Opcionalmente a contratada pode
propor outras localizações para as Áreas de Informática, durante a vigência do contrato,
visando melhorar a logística da prestação dos serviços, mediante a apresentação de
estudos para análise e aprovação da SABESP. Nesses casos, não haverá acréscimo
nos custos e preços dos serviços prestados.
As Áreas de Informática da contratada deverão contar com recursos humanos,
equipamentos, softwares, comunicação, mobiliários e suprimentos adequados para a
realização dos serviços de exportação, importação, carga e processamento das
informações para a perfeita operacionalização das rotinas que compõem as atividades a
serem realizadas.
Para conexão remota com a Rede Corporativa da SABESP, com o objetivo de acessar
aplicações WEB e/ou sistema utilizado para impressão da SS, programação, baixa e
controle dos serviços, a contratada deverá utilizar Internet Pública, de banda larga, para
conexão por Virtual Private Network (VPN).
A SABESP disponibilizará à contratada, para cada Canteiro listado, acesso a dois
usuários simultâneos, sendo no máximo três usuários cadastrados. Para cada acesso é
necessária a instalação de um programa “Cliente de VPN”, fornecido, sem custo, pela
SABESP, que contém uma chave pública criptografada, a qual é reconhecida pela infra-
estrutura de acesso VPN existente na SABESP. Além disso, cada usuário precisa possuir
uma conta no serviço de diretório da SABESP (MS-Active Directory – AD), composta de
nome de usuário e senha individuais, visando autenticação, autorização e contabilização
dos acessos.
O serviço de internet de banda larga (ex. ADSL, internet via TV a cabo, etc.) utilizado
pela contratada, embora não especificados padrões mínimos e máximos de velocidade,
pode sofrer alterações, conforme o número máximo de acessos simultâneos, o volume
de dados transmitidos, tempo de permanência da conexão, etc.
As estações de trabalho deverão estar em conformidade com as prerrogativas de
segurança internas regulamentadas pela SABESP, tais como: Orientadores de
Segurança, Sistema Operacional e Aplicações com correções aplicadas assim como
solução de antivírus atualizada.
A viabilização, aquisição e manutenção dos serviços de transmissão e demais
equipamentos necessários serão de responsabilidade da contratada, que deverá
providenciar sua instalação imediatamente após a assinatura do contrato. A AS somente
será emitida após o atendimento do disposto neste parágrafo.

5.2.2.1. REGRAS DE UTILIZAÇÃO DA REDE CORPORATIVA DA SABESP PELA


CONTRATADA
Dadas as características específicas das tecnologias de acesso remoto em geral, que
intrinsecamente facilitam o desvio e uso inadequado de informações corporativas, faz-
se necessário estabelecer procedimentos técnicos e de uso destes serviços, visando
restringir o acesso às informações somente por pessoas devidamente autorizadas e
autenticadas.

O único serviço de acesso remoto disponibilizado para esta contratação é o Virtual


Private Network (VPN) homologado pela SABESP, constituindo-se na única
infraestrutura autorizada para o uso da contratada.
16

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 121 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

As regras abaixo estabelecem as políticas de uso dos serviços de acesso remoto:

Sigilo e confidencialidade
A contratada e o(s) usuário(s) designado(s) por ela para obter acesso remoto à Rede
Corporativa da SABESP devem assinar o Termo de Responsabilidade na Utilização de
Acesso Remoto à Rede Corporativa, e o Termo de Sigilo e Confidencialidade das
Informações.

O sigilo e confidencialidade continuam mesmo após o término do contrato.

Todo material de propriedade da SABESP e custodiado pela contratada está sujeito a


confidencialidade, integridade, disponibilidade e autenticidade.

A Sabesp tem direito de propriedade intelectual sobre os produtos gerados, tais como
sistemas e aplicações.

A contratada estará sujeita a restrição em relação à cópia e divulgação de informações


da Sabesp a terceiros.

5.2.2.2. Privacidade
A contratada não poderá ser considerada proprietário de qualquer informação da
Sabesp.

A Sabesp poderá monitorar e auditar atividades que envolvam informações para


investigações que julgar necessária.

5.2.2.3. Conformidade
A contratada deverá:

Aderir às Políticas de Segurança de Informação, de Controle de Acesso, à Metodologia


de Desenvolvimento de Sistemas e às outras normas vigentes quando aplicáveis;

Estar em conformidade com a política formal para importação de arquivos e softwares


de redes internas;

Utilizar softwares devidamente licenciados, sistema operacional plenamente atualizado,


antivírus e agente de inventário recomendados;

Seguir imposições e restrições de caráter tecnológico, como portas de serviço,


mecanismos de autenticação e certificação digital;

Não permitir arquivos com informações relevantes em recursos de terceiros sem a


aprovação da Sabesp;

Manter procedimento de backup e recuperação de seus Servidores e Estações.

5.2.2.4. Acesso / uso aceitável


O uso de qualquer serviço de acesso remoto aplicável dependerá da contratada
qualificar-se para o uso da tecnologia envolvida, a saber:

17

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 122 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

Para quaisquer tipos de acesso à rede corporativa SABESP, os recursos só poderão ser
utilizados com autorização expressa pelo administrador do contrato, mediante envio de
todas as informações cadastrais solicitadas.

Toda movimentação do quadro de funcionários credenciados para acesso dos sistemas


disponibilizados pela SABESP, esta ocorrência/alteração deverá ser informada para fins
de adequação e/ou revogação, no prazo máximo de 24 horas ao administrador do
contrato.

Incidentes de segurança nos aspectos de TI deverão ser informados à Fiscalização que


de imediato comunicará a Superintendência da Tecnologia da Informação – CI da
Sabesp.

É de responsabilidade da contratada a instalação dos programas requeridos pela


Sabesp.

A qualquer tempo, os recursos disponibilizados pela Sabesp poderão ser revogados


através de solicitação formal da fiscalização ou por decorrência de utilização
inadequada.

Alterações de requisitos e regras de segurança deverão ser refletidas nos acordos


estabelecidos.

5.2.2.5. SANÇÕES
A ações previstas no CONTRATO e na legislação vigente a serem tomadas no caso de
violação dos critérios aqui pré-estabelecidos.

5.2.3. PLACA DE IDENTIFICAÇÃO DO CANTEIRO


A contratada deve providenciar a confecção, por profissional especializado, de placa de
identificação do canteiro e sua finalidade, devendo os modelos, detalhes e localização
da placa ser aqueles em vigência na época da execução dos serviços e atender a
legislação municipal. Além disso, a sua instalação deverá se dar em local aprovado pela
fiscalização.
As placas e os respectivos símbolos (SABESP, Governo do Estado de São Paulo e
Secretaria de Recursos Hídricos) devem ser executados conforme critérios
determinados pela fiscalização.
As placas de identificação devem ser mantidas, durante o decorrer do contrato, limpas,
sem pichações e em perfeitas condições de visualização. Ao término do contrato, todas
as placas de identificação devem ser retiradas do local, bem como todos os acessórios
de fixação e montagem.

5.2.4. PLACA DA CONTRATADA


A contratada deve instalar no Canteiro placa que a identifique, somente após prévio
consentimento da fiscalização, principalmente no que diz respeito a sua localização e
dimensões.
As placas de identificação devem ser mantidas, durante o decorrer do contrato, limpas,
sem pichações e em perfeitas condições de visualização. Ao término do contrato, todas
18

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 123 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

as placas de identificação devem ser retiradas do local, bem como todos os acessórios
de fixação e montagem.
Quando houver legislação que defina dimensões máximas permitidas de Placas de
Identificação, deve ser considerado o conjunto de placas que serão instaladas,
observando as limitações legais. Assim deve ser o procedimento, quando outros
requisitos limitadores forem determinados pelas legislações locais.
5.2.5. PLACAS “SABESP”
Placas com logotipo “SABESP” devem ser fixadas em locais determinados pela
fiscalização.

5.2.6. SEGURANÇA E VIGILÂNCIA


São de responsabilidade da contratada a segurança, a guarda e a conservação de todos
os materiais, equipamentos, ferramentas, utensílios e instalação do canteiro.
Qualquer perda ou dano sofrido no material, equipamento ou instrumental fornecido pela
SABESP deve ser avaliado pela fiscalização e deve ser ressarcido pela contratada.
A contratada deve manter livre acesso aos extintores, mangueiras e demais
equipamentos situados no Canteiro, a fim de combater o fogo na eventualidade de
incêndio, ficando expressamente proibida a queima de qualquer espécie de material no
canteiro e no local dos serviços.
A contratada deve manter permanentemente, durante 24 (vinte e quatro) horas, sistemas
de vigilância até a desmobilização do Canteiro e a conclusão de todos os serviços.

5.2.7. VEÍCULOS PARA FISCALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS


A contratada deve disponibilizar veículos leves para a utilização por parte da fiscalização,
imediatamente após a emissão da Autorização de Serviços (AS), nas quantidades
previstas.
Os veículos devem ter capacidade para cinco passageiros, até 3 (três) anos de uso, de
cor branca, em perfeito estado de conservação, aprovado pela fiscalização, sendo que
a mesma, a qualquer momento, poderá solicitar a substituição do veículo, que deverá
ser atendido num prazo de 72 (setenta e duas) horas.
Os veículos deverão receber identificação (adesivo).
Ficam a cargo da contratada todas as despesas referentes a seguros, manutenção,
combustíveis, óleos lubrificantes, lavagem e demais despesas diretas e/ou indiretas.

5.2.8. DESMONTAGEM E REMOÇÃO DO CANTEIRO


Ao final do contrato, a contratada deve remover do local todos os materiais,
equipamentos e quaisquer detritos provenientes dos serviços, deixando a área
totalmente limpa. Para tanto, deverá providenciar a recomposição do terreno, demolição
das construções provisórias e remoção do material indesejável e retirar todo seu pessoal
de trabalho.

19

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 124 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

5.3. MATERIAIS PARA EXECUÇÃO DE SERVIÇOS


Para execução dos serviços, os materiais serão preferencialmente fornecidos pela
SABESP, podendo ocorrer à necessidade de fornecimento por parte da contratada,
sempre a critério e orientação da fiscalização, conforme serviços relacionados na
planilha de orçamento e definidos nas regulamentações de preço e critérios de medição.
As entregas de materiais fornecidos pela SABESP, serão efetuadas nos Almoxarifados
da SABESP, devendo ser retirados pela contratada, após solicitação da fiscalização.
Excepcionalmente as entregas de materiais serão feitas no Canteiro da contratada, se
definido pela fiscalização.
O balanço de materiais (recebido, aplicado e saldos), deverá ser entregue mensalmente
em até 10 (dez) dias após o fechamento da respectiva medição, para a fiscalização.
Os Relatórios de Inspeção (RI) de materiais classes A e B, recebidos no canteiro da
contratada, deverão ser entregues no mês correspondente à medição que resultará em
obrigação de pagamento de acordo com as exigências estabelecidas nos termos do
contrato.
A não-apresentação do Balanço de Materiais e do Relatório de Inspeção (RI) dos
materiais classes A e B, constituir-se-á em impedimento para a inclusão, em medições,
dos quantitativos impactados pelo correspondente fornecimento, até que o Relatório de
Inspeção seja apresentado.

5.3.1. MATERIAIS DE FORNECIMENTO DA CONTRATADA


O fornecimento de materiais deve atender as quantidades de serviços da Planilha de
Orçamento e demais disposições existentes, integrantes do Edital da Licitação, de pleno
conhecimento da contratada, observando-se que:
a) Entende-se por materiais e equipamentos classes "A e B" - aqueles que constituem
os grupos 03, 04, 05, 06, 07, 08, 09, 11, 12, 13, 15, 16, 19, 28, 36, 37, 39, 45, 46, 47,
48 e 49 ou outro grupo de natureza especial devidamente explicitado no Catálogo de
Materiais da SABESP, cuja inspeção é obrigatória no fabricante. Em caso de
alterações prevalecerá sempre a última versão do catálogo de materiais da SABESP.
b) Entende-se por materiais e equipamentos classe "C" - aqueles que constituem os
grupos 01, 02, 10, 14, 17, 20, 21, 22, 23, 24, 25, 26, 27, 29, 30, 31, 32, 33, 35, 38,
40, 42, 43, 44, 50, 51, 61, 63, 91 e 98 ou outro grupo devidamente explicitado no
Catálogo de Materiais da SABESP, que estão sujeitos à verificação/conferência no
recebimento. Em caso de alterações prevalecerá sempre a última versão do catálogo
de materiais da SABESP.
c) Os materiais classes "A e B", de fornecimento da contratada, deverão ser adquiridos
de fabricantes ou de distribuidores autorizados pela SABESP, sendo que:
• Poderão ser fornecidos materiais de características técnicas iguais ou superiores
àquelas exigidas, atestados de acordo com as normas brasileiras da ABNT e/ou
outras reconhecidas internacionalmente e/ou Especificações SABESP, sempre
observadas com rigor às condições contratuais estabelecidas.
• As exceções deverão ser tratadas e acordadas entre as partes, à luz dos padrões
de qualidade requeridos/especificados, observadas as condições estabelecidas
neste item Materiais.
d) Os materiais classe "A e B" estarão obrigatoriamente sujeitos à inspeção e demais
análises de qualidade por parte da SABESP ou preposto devidamente credenciado
20

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 125 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

por ela para esse fim e sob sua administração ou coordenação através da área
responsável pela inspeção, a qualquer tempo, antes, durante e após a fabricação. É
obrigatória a realização da inspeção com anterioridade ao embarque dos bens,
observando-se que:
• Serão de responsabilidade da SABESP todas as despesas decorrentes da
inspeção, inclusive as despesas de movimentação e diárias despendidas pelos
inspetores; Exceção feita a todas as despesas com as inspeções fora do território
nacional que serão de total responsabilidade da contratada, como traslados,
estadas, outras despesas de movimentação e diárias despendidas pelos inspetores
autorizados.
• A contratada deverá apresentar ao Administrador do Contrato, cópia do instrumento
de contratação com o fabricante/distribuidor autorizado na SABESP, com
anterioridade à inspeção. No instrumento deverão constar cláusulas assegurando
que:
o O fabricante / distribuidor autorizado deverá colocar à disposição da SABESP
seus equipamentos, laboratórios e demais facilidades que dispuser, para a
realização da inspeção.
o Deverá ser permitido pelo fabricante/distribuidor autorizado livre acesso ao
inspetor da SABESP a todas às suas dependências dentro do horário normal de
trabalho.
• A contratada deverá comunicar ao Administrador do Contrato que os materiais
estarão à disposição para a inspeção antes do embarque. A comunicação deverá
ocorrer com a antecedência necessária e nunca inferior a 10 (dez) dias, para a
tomada de providências pertinentes ao início do processo de inspeção pela
SABESP ou de preposto devidamente credenciado por ela para esse fim.
• Quaisquer atrasos nos tempos de execução dos serviços definidos pelo objeto
deste Termo de Referência, por indisponibilidade de materiais/equipamentos e que
não integrem o fornecimento da SABESP, serão de exclusiva responsabilidade da
contratada.
• A inspeção não exime a contratada ou o fabricante/distribuidor autorizado, de forma
alguma, de suas responsabilidades pela garantia da qualidade do bem, de acordo
com as especificações, bem como pelas perfeitas condições de funcionamento.
e) Os materiais classes “A e B”, quando do desembarque, deverão estar acompanhados
do Relatório de Inspeção (RI) do material, emitido pela SABESP ou preposto
devidamente credenciado por ela para esse fim.
f) Os materiais classe "C" cujo fornecimento seja de responsabilidade da contratada,
quando da entrega deverão estar acompanhados do Termo de Garantia e/ou de
Qualidade emitido pelo fabricante, quando couber, ficando sujeito à verificação e/ou
conferência no recebimento, sendo certo que fica reservado à SABESP o direito de
rejeição quando detectados defeitos ou irregularidades assim conceituadas pela boa
técnica.
g) Adicionalmente às exigências aqui estabelecidas, a SABESP poderá, a seu critério,
exigir provas de carga, testes de materiais e demais análises de qualidade por
entidades oficiais e/ou laboratórios próprios e/ou particulares de reconhecida
idoneidade, bem como contratar com empresa ou profissional especializado, serviços
de consultoria e assistência técnica aos serviços, correndo todas as despesas por
conta da SABESP, aonde:
21

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 126 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

• Se os materiais não forem aprovados nos exames supramencionados, as despesas


correrão por conta da contratada, que se obriga também a substituí-los.
• Neste caso, essas despesas serão debitadas à contratada, glosadas das próximas
faturas a que tenha direito, ou, se necessário, descontado da garantia de contrato.

5.3.2. BALANÇO DE MATERIAIS


Caberá à SABESP fornecer os materiais hidráulicos para a execução dos serviços
previstos na Planilha de Orçamento e conforme Regulamentação de Preços e Critérios
de Medição, efetuando mensalmente, no fechamento de cada período de medição, o
balanço físico parcial administrativo dos materiais fornecidos, colhendo ciência da
contratada dos materiais por ela aplicados, sendo que este servirá de base para o
fechamento do balanço final de materiais do contrato.
A gestão de materiais, para fins de fornecimento e disponibilização para a contratada,
deverá ser feita de forma compartilhada entre a SABESP e a contratada, que deverão
desenvolver uma sistemática de ressuprimento, observando-se que:
• Conforme estabelecido neste Termo de Referência, a contratada deverá entregar
mensalmente, em até 10 (dez) dias após o fechamento da medição, para a
Fiscalização SABESP, um balanço parcial de materiais.
o A SABESP, a seu critério e a qualquer momento, poderá fazer o inventário de
materiais no canteiro da contratada e, mediante o controle de aplicação, e se
constatada a falta de materiais fornecidos pela SABESP, ficará a contratada
obrigada a repô-los no prazo máximo de 30 (trinta) dias:
o Em caso de ocorrência de baixa movimentação de materiais, a SABESP poderá
efetuar a transferência para seus estoques, para atendimento de suas
necessidades.
o A critério da SABESP, a reposição do valor do material em falta poderá ser feita
mediante desconto dos pagamentos devidos à contratada e/ou garantia
contratual e/ou em depósito em dinheiro em conta corrente da SABESP que será
especificada. Nessa hipótese, o valor a ser descontado será o "preço do dia" do
material devido, na data da apuração pela SABESP, acrescidos de todos os
demais custos e/ou tributos correspondentes.
o Caso a contratada não proceda à reposição dos valores/materiais nas condições
do item anterior, inclusive quanto ao prazo máximo de acerto, a SABESP poderá
sustar os pagamentos devidos ou proceder a reduções necessárias à satisfação
dos créditos correspondentes.

5.4. RECEBIMENTO E BAIXA DOS SERVIÇOS PELA CONTRATADA


Através de solicitações de serviços emitidas pela SABESP, a contratada tomará
conhecimento dos serviços a serem executados sob sua responsabilidade.
Os serviços a serem realizados serão continuamente transmitidos, ao longo do dia,
porém, a contratada deve acatar e realizar imediatamente todos os serviços avulsos
caracterizados como emergenciais ou urgentes, que serão transmitidos às equipes em
ato contínuo ao recebimento da demanda pela SABESP, através de aparelho de
comunicação/computação móvel. São considerados serviços emergenciais ou urgentes

22

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 127 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

todas as solicitações originadas por demandas da fiscalização, da Ouvidoria, do


PROCON e/ou de determinações judiciais.
A contratada deverá utilizar os sistemas operacionais disponibilizados pela SABESP
(CSI e SIGES) para imprimir as SS, programar, baixar e controlar os serviços, ou
sistemas eletrônicos que a Sabesp disponibilizará para recebimento, baixa e finalização
de solicitação de serviços.
As baixas dos serviços devem ser efetuadas em até 24 horas após a execução dos
mesmos.
As Solicitações de Serviço (SS’s) deverão ser devolvidas à SABESP até 72 horas após
a execução do serviço e após a devida baixa no sistema, juntamente com as respectivas
fotografias, as quais deverão ser disponibilizadas em meio magnético para registro,
controle e arquivamento da SABESP. No início do contrato a Sabesp disponibilizará
treinamento “on the job” de operação dos sistemas disponibilizados.
Na eventual impossibilidade da SABESP disponibilizar acesso aos sistemas
operacionais citados, a contratada deverá providenciar a retirada das solicitações de
serviços na SABESP em, pelo menos, três períodos (início da manhã, início da tarde e
final da tarde). Neste caso a devolução das SSs para baixa deve ocorrer em até 12h
após a execução do serviço.
Em unidades da SABESP que tenham implantado o sistema para utilização de
equipamento de computação móvel PDA - Personal Digital Assistants, estes devem ser
utilizados pelas equipes de campo nas atividades de recebimento, programação,
execução e baixa dos serviços, devendo ser enviadas as informações “on-line”,
preenchendo corretamente cada um dos campos referentes aos dados do serviço
executado, conforme orientação SABESP. A utilização desse equipamento no processo
de execução tem como objetivo tornar o atendimento mais ágil, eficiente e de manter os
cadastros atualizados em tempo real. Desta forma as solicitações de serviços impressas
serão eliminadas, passando-se a utilizar o PDA, com câmera fotográfica e GPS
acoplados - em todas as tarefas das equipes.

Todos os serviços executados pela contratada que gerarem informações pertinentes


para novas ações naquele local ou região (exemplo: rede com incrustação, fraude, ramal
com vários reparos, rede de fibro-cimento, etc.) deverão ser fotografados no início,
durante a execução e após a sua conclusão.

Sempre que necessário, ao longo do dia, a fiscalização poderá complementar a lista dos
serviços programados pela contratada, inclusive alterando-a, de forma a garantir o
atendimento aos prazos limites de execução.

5.5. PRAZOS PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS


Os prazos para execução dos serviços estão fixados de modo a atender as
determinações da ARSESP – Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado
de São Paulo.
Caberá à contratada garantir o cumprimento dos prazos de execução dos serviços,
conforme segue orientações abaixo:

a) Na hipótese de AGENDAMENTO dos serviços:

23

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 128 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

b) Todos os serviços a serem executados, tanto por solicitação de clientes da


SABESP como por iniciativa da própria SABESP, serão comunicados previamente
aos clientes, propondo uma data a ser agendada.
c) Essas datas deverão nortear a contratada para a execução dos serviços do
contrato.
d) A não execução desses serviços nas datas agendadas implicará, para a
contratada, em penalidades administrativas estabelecidas neste Edital.

e) Por razões diversas, na hipótese de não haver uma data agendada, deverão
servir como referência os tempos relacionados conforme apresentado na tabela a
seguir:
Tabela 02: Prazos de execução de serviços
PRAZOS PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS

Serviços da Planilha Prazo a partir de Prazo


Troca de Ligação de Água
Emissão SS 12 h
Corretiva
Troca de Ligação de Água Preventiva Emissão SS 72 h
Execução serviço
Reposição de passeio especial 72 h
principal
Reposição de passeio cimentado e contra piso do Execução serviço
Concomitante
especial principal
Reposição do pavimento ( paralelepípedo/ Execução serviço
72 h*
bloquete / asfalto) principal
Execução serviço
Reposição de capa asfáltica 72 h
principal
24 h
Troca corretiva de Hidrômetros Emissão SS
Substituição de Cavalete por Unidade de Medição Da instalação da caixa
96 h
Conf. NTS-165. pelo Cliente
Instalação de Caixa para Unidade de Medição de
Emissão SS 96 h
Água (somente parte civil)
Execução Serviço
Retirada de entulho Concomitante
Principal
Restabelecimento no fornecimento de água no Execução Serviço
2h
caso de danos ou falha operacional da contratada Principal
* Os prazos referentes à pavimentação poderão ser alterados por solicitação da fiscalização, respeitados os limites
da ARSESP.

Os prazos não constantes nessa tabela deverão ser acordados com a fiscalização.

5.6. AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO LRP ASFALTO


Os serviços serão avaliados pelo desempenho do contratado, por Município, no
atendimento às solicitações dos serviços de reposição de pavimentação asfáltica,
utilizando o indicador IRP = Indicador de Reposição de Pavimento, que será
cálculado através dos indicadores ITRP Indicador de Tempo de Reposição de
Pavimento e o . ICRP - Indicador de Confiabilidade da Reposição do Pavimento
Objetivo: Cumprimento rigoroso dos prazos de execução determinados neste Termo de
Referência (tabela 3), e garantir a qualidade da reposição dos serviços.

24

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 129 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

Serão considerados, para avaliação mensal deste indicador, todos os serviços


executados de LRP asfáltico da tabela de prazos apresentada neste Termo de
Referência (item 5.7)

A) ITRP = Indicador de Tempo de Reposição do Pavimento:

O ITRP (%) será determinado da seguinte forma:


ITRP = (NRDP / NTR) x 100, onde:
NRDP = Número de reposições executadas dentro do prazo de 72 horas;
NTR = Número total de reposições executadas.

O valor calculado do ITRP segundo a fórmula acima será ajustado para um valor final
(ITRP ajustado), de acordo com os critérios expostos na tabela a seguir.

Tabela .3- Cálculo e ajuste de ITRP


Avaliação Final - Ajuste do
ITRP
Indicador Descrição Unid. Cálculo Definição Peso ITRP
ITRP calculado
(%) ajustado
(%)

< 70 72
NRDP -
Número de >= 70 80
Indicador de Reposição
Tempo de Dentro do >= 80 85
ITRP Reposição % (NRDP/NTR)X100 Prazo de até 72 1*
dos horas; >= 85 90
Pavimentos NTR - Número
Total de >= 90 95
Reposição;
>= 95 100

Nota: Prazo de execução conforme média da área em análise do indicador


(*) Peso conforme modelo adotado

B ) ICRP= Indicador de Confiabilidade da Reposição do Pavimento:


O ICRP (%) será determinado da seguinte forma:
ICRP = (NVA / NTV) x 100, onde:
NVA = Número de valas ensaiadas e aprovadas no mês;
NTV = Número total de valas ensaiadas no mês.
O valor calculado do ICRP segundo a fórmula acima será ajustado para um valor
final (ICRP ajustado), de acordo com os critérios expostos na tabela a seguir.

Nota: Caso no mês de referência não tenha sido possível a realização de ensaios, será
considerada para avaliação do indicador, o número de retrabalhos solicitados à
Contratada por reclamação (Sabesp ou terceiros) de má realização da recomposição das
valas ou reposição de pavimento, em relação ao número de reposição de pavimento
realizados. Os retrabalhos realizados por iniciativa própria da Contratada sem a

25

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 130 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

necessidade de acionamentos por parte da SABESP não serão considerados no cálculo


do indicador.

Tabela 3.1- Cálculo e ajuste do ICRP


Avaliação Final - Ajuste do
ICRP

Indicador Descrição Unid. Cálculo Definição Peso


ICRP
ICRP calculado
ajustado
(%)
(%)

< 80 72

NVA - Número de >= 80 85


Indicador de Valas Ensaiadas e
Confiabilidad Aprovadas no mês; >= 85 90
ICRP e da % (NVA/NTV)X100 1*
Reposição do NTV - Número >= 90 95
Pavimento Total de Valas
Ensaiadas no mês; >= 95 98

>= 98 100

(*) Peso conforme modelo adotado

Obs.: O número de valas ensaiadas deverá respeitar o plano de amostragem da NTS-


327 de acordo com o lote de valas existente no município no mês vigente. Esses ensaios,
a fim de comprovação da confiabilidade e qualidade da execução além de garantir uma
maior transparência, deverão ser realizados pela própria SABESP seguindo os
procedimentos da norma citada.

Considerando as premissas acima, o indicador IRP será obtido da seguinte forma:

IRP = ( ITRP + ICRP ) / 2

7.1 Medição
O valor da medição será obtido de acordo com a seguinte fórmula:

Medição Mensal = Remuneração Variável + Medição dos Serviços Unitários

Onde:
Remuneração Variável: Remuneração Base X IRP;
Remuneração Base: Valor financeiro dos serviços executados no mês, referente a
percentagem executada (%), do preço global.
IRP = (ITRP + ICRP) / 2
Medição dos Serviços Unitários: corresponde à quantificação dos serviços unitários
executados no mês, multiplicado pelo preço unitário de cada serviço.

26

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 131 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

Tabela 04 - Relação de Serviços da Remuneração Base de ( m2 para 1 GB )


Item da
Frente / Município Descrição Unid. Equivale (m2)
Planilha
01 - Pindamonhangaba LRP asfáltico 01020519 GB 3.582

02 - Cachoeira Paulista LRP asfáltico 02020519 GB 732

03 - Campos do Jordão LRP asfáltico 03020518 GB 1.013

04 - Lorena LRP asfáltico 04020519 GB 1.380


Obs.: A pavimentação asfáltica será remunerada somente pelos preços GB.

5.7. SÍNTESE DO ACORDO DE NÍVEL DE SERVIÇO

Expectativa do
Ocorrência Consequência
Contrato
Penalidades contratuais por
descumprimento de norma legal
Não observância dos prazos (Deliberação 550 da ARSESP); e
limites de Atendimento dos Negativa. Aplicação do IRP. (ANS)
Serviços de Água, de Acordo
com a Deliberação 550 da Não deve ocorrer. IRP < 72%
ARSESP
Poderá ensejar a rescisão do contrato
conforme condições estabelecidas.

Aplicação do IRP. (ANS)


Observância dos prazos limites
de Atendimento dos Serviços de
72% ≤ IRP < 95%
Água, de Acordo com a
Atenção.
Deliberação 550 da ARSESP
Poderá ensejar a penalidades do
porém prazos não atendendo as
contrato conforme condições
metas SABESP
estabelecidas.

Observância dos prazos Desejável. Se constitui


correspondentes às metas no objetivo primário da 95 <= IRP
SABESP (metas básicas) contratada.

5.8. FISCALIZAÇÃO
A fiscalização dos serviços executados é de responsabilidade da SABESP, e será
realizada por fiscais nomeados pelo administrador do contrato.
A fiscalização deverá ser feita através de confirmação em campo, das informações
fornecidas pela contratada e também por análise dos relatórios emitidos e entregues.
O quantitativo dos serviços a serem fiscalizados poderá ser por critério de amostragem.
Como parte de sua responsabilidade para com a SABESP, a contratada deverá submeter
previamente à aprovação da fiscalização todos os seus equipamentos, ferramental e
veículos, os quais estarão à disposição para a execução dos serviços.
A fiscalização tem amplos poderes, inclusive para:

27

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 132 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

a) Ordenar a imediata retirada do local de execução dos serviços, de qualquer


funcionário da contratada que embarace ou dificulte sua ação fiscalizadora ou
cuja permanência, a seu critério, for julgada inconveniente.
b) Recusar os serviços que não tenham sido executados de acordo com os
procedimentos e/ou especificações previamente acordados.
c) Suspender qualquer serviço que não esteja sendo executado de acordo com
a técnica adequada ou que atente contra a segurança de pessoas ou bens.
d) Determinar a prioridade de serviços e controle das condições de trabalho,
solucionando casos concernentes à matéria.
A fiscalização feita pela SABESP não exonera nem diminui a completa responsabilidade
da contratada por qualquer inobservância ou omissão.
A fiscalização exigirá do canteiro:
• Localização estratégica;
• Documentação dos funcionários designados para a execução dos serviços
onde conste o número de registro de empregado, número e série da CTPS -
Carteira de Trabalho e Previdência Social, atualizando as informações quando
da substituição, admissão e demissão do empregado, veículos e
equipamentos;
• Infraestrutura; Segurança patrimonial; Organização do almoxarifado;
• Estrutura para medicina e segurança no trabalho, segundo a legislação, com
instalação e manutenção dos Serviços Especializados em Engenharia de
Segurança e em Medicina do Trabalho (SEESMT) e Comissão Interna de
Prevenção de Acidentes – CIPA;
• Equipamentos funcionais, software, hardware, mobiliário;
• Equipamentos de comunicação;
• Veículos para a fiscalização conforme item 5.2.7.
• Nota fiscal/fatura/recibo e Relatório de Inspeção dos materiais de
fornecimento da contratada ou recebidos de almoxarifado SABESP;
• Cumprimento dos prazos de entrega e qualidade dos materiais.
Na execução dos serviços, A fiscalização:
• Exigirá cumprimento dos prazos e qualidade.
• Controlará as reincidências para evitar retrabalho e pagamento indevido;
• Acompanhará a programação de serviços elaborada pela contratada,
definindo a priorização, com destaque ao pronto atendimento, bem como a
entrega e recebimento diário das solicitações de serviço;
• Definirá o critério para solucionar ligações com irregularidades;
• Exigirá cumprimento das especificações da SABESP e ou das Prefeituras,
quanto à reposição dos passeios e pavimentos, dando ênfase à compactação,
espessura e qualidade das camadas;
• Exigirá máximo empenho na qualidade da montagem dos escoramentos de
valas e rebaixamento do lençol freático;
28

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 133 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

• Exigirá uso de EPIs, EPCs e todos os procedimentos para manter a segurança


e a saúde dos trabalhadores, transeuntes e vizinhos, bem como o patrimônio
da SABESP e de terceiros, para evitar acidentes e sinistros;
• Exigirá aplicação na montagem de sinalizações de logradouros públicos e
áreas internas;
• Exigirá cumprimento de especificações e normas de órgãos municipais,
estaduais, federais, decisões de promotorias, PROCON, ARSESP, meio
ambiente, etc.

A fiscalização se responsabilizará por:


• Manobras nas redes de abastecimento, que poderão ser feitas em conjunto
com a contratada;
• Medição dos serviços executados mensalmente, em conjunto com a
contratada;
• Analise do Balanço mensal dos materiais apresentado pela contratada;
• Paralisação dos serviços em casos potenciais de risco a pessoas e
patrimônios;
• Intermediar relacionamento entre a contratada e as concessionárias de
serviços em casos de interferências e ou acidentes;
• Avaliação da contratada, através do FAC – Formulário de Avaliação da
Contratada do sistema corporativo CSI, ou outro critério, utilizando dados da
satisfação do cliente, da qualidade da execução, dos prazos, dos recursos
materiais e de mão de obra utilizados, podendo indicar correções de rumo e
aplicação de penalidades

5.9. PENALIDADES
Será avaliado mensalmente o desempenho da contratada, sendo aplicadas penalidades
com base no índice de desempenho apresentados no 5.6. AVALIAÇÃO DE
DESEMPENHO LRP ASFALTO, conforme a tabela a seguir:

Faixas Previstas para as Penalidades


Quando o Fator de Desempenho indicar prazos limites
de Atendimento dos Serviços de Água, de Acordo com
Faixa 1 Advertência
a Deliberação 550 da ARSESP, porém não
compatíveis com as metas SABESP.

Quando houver aplicação de três advertências


consecutivas
Faixa 2 Penalidade de 2%
Quando houver a aplicação de quatro Advertências
intercaladas

O valor mínimo de IRP for de 72%. A manutenção do


Rescisão do
Faixa 3 IRP abaixo de 72% por 3 meses consecutivos ou 4
Contrato
alternados ensejará a rescisão contratual.

29

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 134 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

A penalidade prevista para a Faixa 2, será calculada com base no somatório dos valores
mensais correspondentes aos meses onde tenha ocorrido a aplicação das advertências.

Será dada ampla defesa à Contratada sobre as Penalidades aplicadas, sendo que
qualquer falta cometida somente poderá ser justificada, desde que comunicada por
escrito, e se provocada por fato fora de seu controle, de conformidade com o parágrafo
único do artigo 393 do Código Civil Brasileiro.

6. DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS


A seguir serão descritos os principais serviços operacionais e comerciais, objetos deste
Termo de Referência, sendo que todos os serviços deverão ser executados com os
devidos cuidados e precauções de modo a resguardar as instalações.
Durante a execução dos serviços, caso seja identificado qualquer irregularidade
(constatada ou suspeita), a contratada não deverá prosseguir com os serviços, devendo
documentar através de registro fotográfico esta ocorrência e informar imediatamente a
fiscalização que poderá optar pelo acionamento da equipe de Inspeção em Ligações
Irregulares.

6.1. SERVIÇOS OPERACIONAIS


6.1.1. SERVIÇO DE TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA ATÉ DN 32 MM
(MÉTODODESTRUTIVO E NÃO DESTRUTIVO)
Esse serviço compreende a troca de ramal de água substituindo o ramal existente por
tubos PEAD, DN até 32 mm. A troca de ramal predial deverá seguir as diretrizes da
especificação técnica ET - 009.
Nos serviços de troca de ramal de água, caso haja necessidade de se remanejar a
ligação, em virtude de mudança do local do cavalete/UMA, a contratada deverá seguir
as diretrizes da Especificação Técnica ET-010.
Para serviços complementares, tais como:
• supressão de ligação;
• substituição de cavalete;
• instalação de caixa UMA;
Os serviços de troca de ramal pelo método não destrutivo serão usados apenas quando
a tomada d’água estiver no terço oposto, passeio oposto ou ainda no eixo da via quando
este não estiver na faixa de rolamento adjacente ao cavalete ou unidade de medição.

6.1.2. SERVIÇOS DE TROCA DE HIDRÔMETRO


Esse serviço compreende a troca de hidrômetros preventiva e corretiva, conforme ET-
002.
A substituição de hidrômetro poderá ser:
• manutenção preventiva, por iniciativa da SABESP, em razão do tempo de
instalação (vida útil) e/ou volume registrado (quilometragem, conforme NTS-281
(Critérios para Gestão dos Hidrômetros – exceto 1ª ligação) e Deliberação
ARSESP 106/09, ou;
30

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 135 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

• manutenção corretiva por iniciativa da SABESP ou Cliente, por estar vazando,


avariado, embaçado e cúpula riscada.
Caberá a SABESP definir a capacidade e o tipo de hidrômetro a ser substituído,
utilizando, a seu critério, o Levantamento de Perfil de Consumo, conforme ET – 019.
Os serviços de troca de hidrômetro devem ocorrer entre 8h00 e 17h00, de segunda a
sexta-feira, cabendo a fiscalização autorizar a execução em outros períodos e dias fora
do estabelecido.
Para as manutenções preventivas, a execução da substituição do hidrômetro (Rol
Comum e Faturamento Especial) deve ser executada em até dez dias após o evento da
leitura/medição, de acordo com o respectivo cronograma comercial.
Os hidrômetros, lacres e dispositivos anti-fraude serão de fornecimento SABESP e para
as trocas de hidrômetros com capacidade a partir de 300 m3/dia, a SABESP fornecerá
os filtros, que deverão ser substituídos a cada troca. Todos os demais materiais deverão
ser fornecidos pela contratada.
Em até 10 (dez) dias após o fechamento da medição deverá ser entregue:
a) Relatório em meio digital, resumindo todos os serviços executados no mês
anterior, incluindo os respectivos registros fotográficos.
b) Inventário de hidrômetro, lacre, dispositivo anti-fraude e filtros utilizados na
execução dos serviços.
A estocagem de hidrômetros, lacres, dispositivos anti-furto e filtros ficará a cargo da
SABESP e caberá a contratada a retirada de materiais, de acordo com a logística
determinada pela fiscalização. Todos os hidrômetros e filtros retirados das instalações
deverão ser devolvidos para a SABESP.
O transporte e o armazenamento de hidrômetros a serem instalados e os retirados
devem seguir as diretrizes descritas na PO-MU0413.
Para outros serviços complementares, tais como: instalação, substituição e adequação
do cavalete, ver item 6.3 deste termo de referência.
A contratada deve utilizar o CSI para coletar dados do imóvel com ligação inativa, tais
como: RGI, atendimento comercial, codificação, endereço completo, informações de
supressão (data e leitura de supressão), etc. que deverão ser confirmados no local.
A contratada deve fornecer mão-de-obra qualificada e devidamente treinada para
atender a quantidade do serviço prevista na Planilha de Orçamento, além da respectiva
mobilização e deslocamento até os locais de inspeção.
A contratada deve abordar o cliente, preferencialmente o responsável pelo imóvel,
cientificando-o do débito atual com a SABESP e do trabalho que está sendo realizado,
ressaltando as vantagens e benefícios de retornar o imóvel ao rol de ligações ativas,
conforme orientação da fiscalização, devendo sempre ser observado o Código de Defesa
do Consumidor (Lei n° 8.078 de 11.09.90) alterado e consolidado, principalmente no que
prevê seu artigo 42º, sendo vedado qualquer tipo de constrangimento ao Cliente.
No caso da identificação de irregularidade, a equipe responsável pela execução dos
serviços deve comunicar-se imediatamente com a fiscalização, a fim de se verificar qual
o procedimento que deve ser adotado.
A contratada deve atualizar e lançar as informações coletadas nas inspeções, inclusive
as fotografias, em um aplicativo para controle a ser disponibilizado pela SABESP, sendo

31

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 136 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

que os processos cadastrados deverão ser arquivados conforme orientação recebida


nos treinamentos e demais orientações da fiscalização. Na eventual impossibilidade da
SABESP disponibilizar o aplicativo citado, a contratada deverá fornecer as informações
em meio digital.
Em campo as informações devem ser coletadas diretamente no PDA em aplicativo que
deverá ser desenvolvido pela contratada e aprovada pela fiscalização.

6.2. SERVIÇOS COMPLEMENTARES

6.2.1. SERVIÇOS GERAIS EM CAVALETE


Os serviços gerais em cavalete compreendem:
• troca de cavalete;
• instalação de caixa UMA e substituição de cavalete por unidade de medição.

a) SERVIÇO DE TROCA DE CAVALETE DE ÁGUA


Compreende a troca (ET – 022) de cavalete de diâmetros até DN 32 mm, fabricados em
Aço Galvanizado, PVC ou PEAD, incluindo o joelho e adaptador adjacente.
Os cavaletes fabricados com tubos e peças em aço galvanizado deverão ser substituídos
por Kit cavalete PVC ou Caixa e Unidade de Medição, de acordo com as NTS 161:
Cavalete - Ligação de água (DN 20 – Hidrômetro de 1, 5 m3/h ou 3,0 m3/h) ou NTS 165:
Unidade de medição – Ligação de água (DN 20 – Hidrômetro de 1,5m3/h a 5,0 m3/h).

b) SERVIÇO DE INSTALAÇÃO DE CAIXA UMA E SUBSTITUIÇÃO DE


CAVALETE POR UNIDADE DE MEDIÇÃO
Consiste na instalação de Caixa para Unidade de Medição de Água conforme NTS 165:
Unidade de medição – Ligação de água (DN 20 – Hidrômetro de 1,5m3/h a 5,0 m3/h),
NTS 166: Caixa metálica para unidade de medição de ligação de água com retirada do
cavalete existente (se houver), interligando a parte interna conforme especificação
técnica ET – 013.
6.2.2. SINALIZAÇÃO
Compreende sinalizar de acordo com as condições físicas locais, utilizando
adequadamente os materiais de sinalização. A sinalização de obras e serviços
executados em vias públicas municipais tem por finalidade garantir a segurança dos
empregados executantes dos serviços, motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres
em seus deslocamentos. A sinalização deve ser executada conforme especificação
técnica:
a) Advertir usuários da existência da obra;
b) Suavizar a trajetória dos veículos, de maneira a diminuir o impacto sobre a fluidez
do tráfego;
c) Delimitar o contorno da obra, de forma visível, protegendo não só os condutores de
veículos e pedestres, mas também os trabalhadores das obras.
32

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 137 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

6.2.3. SERVIÇOS DE LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO


É recomendado que as autoridades competentes (principalmente os Departamentos de
Trânsito local) sejam informadas das atividades a serem realizadas.
A vistoria prévia identificará a necessidade de rompimento de pavimento, sendo
necessária mobilização de equipe, com rompedores, observando-se os prazos de
atendimento de execução dos serviços que originou a demanda de levantamento do
pavimento (vazamento, reparo, ligações etc).
A equipe deve ser formada por profissionais devidamente treinados para a execução do
serviço e conforme as normas de segurança. Antes de qualquer atividade a equipe deve
sinalizar o local, obedecendo às posturas municipais e exigências de outros órgãos
públicos locais ou concessionárias de serviços. Neste caso, independente do que por
assim for exigido, a SABESP exigirá, no mínimo, a sinalização preventiva com placas
indicativas, cones de sinalização, cavaletes e placa de barragem, dispositivos de
sinalização refletiva e iluminação de segurança, ao longo da vala.
Todos os serviços deverão ser executados dentro das condições ideais de segurança.
Portanto os operários deverão portar equipamentos de proteção individuais e coletivos,
adequados aos trabalhos.
Os serviços de Levantamento e Reposição de Pavimento deverão seguir as diretrizes
descritas nas especificações.

6.2.4. ESCAVAÇÃO
Compreende a remoção dos diferentes tipos de solo, desde a superfície natural do
terreno até a profundidade necessária para a realização dos serviços. A escavação
poderá ser manual ou mecânica, conforme especificação técnica ET – 021, tendo em
conta as interferências e condições existentes. Os equipamentos e ferramentas (retro
escavadeira, escavadeira hidráulica, compressor e martelete, pá, picareta, enxada,
chibanca, alavanca, cavadeira, utilizados, deverão ser adequados às escavações a
serem realizadas).

a) CARGA, TRANSPORTE E DESCARGA DE SOLO


Compreende a remoção e o descarte em local apropriado do material escavado que não
possa ser utilizado como preenchimento, sendo obrigatória a limpeza final do entulho e
do material excedente, os quais deverão ser depositados ou recolhidos em locais pré-
estabelecidos, devendo obrigatoriamente apresentar um plano de manejo ambiental
sustentável no que diz respeito ao destino do material escavado.
O transporte do material proveniente da escavação deverá ser feito por caminhão e/ou
equipamento adequado à remoção de todo o material retirado (sólido semissólido ou
líquido). O transporte deve ser seguro, isto é, à prova de vazamento, evitando–se dessa
maneira, sujar as vias públicas, assim como também respeitar a capacidade de carga do
veículo.
Estas atividades deverão seguir as diretrizes do manual de Especificações Técnicas,
Regulamentação de Preço e Critérios de Medição da SABESP.

33

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 138 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

b) ESCORAMENTO
Compreende o escoramento de valas ou cavas, levando em conta o perfil geológico e
empregando, sempre que possível, os elementos padronizados pela SABESP. É
exigência legal prever escoramento para profundidades a partir de 1,25m. O
escoramento escolhido deve ser criteriosamente avaliado em termos de custos e
segurança, conforme especificação técnica ET - 035.

6.2.5. ESGOTAMENTO DE VALAS


Compreende operação que tem por finalidade a retirada da água da vala, de modo a
permitir o desenvolvimento dos trabalhos em seu interior.
Estas atividades deverão seguir as diretrizes do manual de Especificações Técnicas,
Regulamentação de Preço e Critérios de Medição da SABESP.

6.2.6. ATERRO E REATERRO


O aterro consiste em recompor a vala com o material de empréstimo.
O reaterro consiste em recompor a vala com o material escavado, se este for de
qualidade adequada. Caso contrário deverá ser promovido à troca do solo.
A execução dessas atividades deverá seguir as diretrizes da especificação técnica ET-
025.

6.2.7. ADICIONAIS DE SERVIÇOS


Adicionais de serviços não contemplam a mobilização e deslocamento de equipe e
equipamentos até o local dos serviços, pois serão executados quando uma equipe já
estiver mobilizada para a execução de outro serviço programado.
Estão previstos os seguintes serviços adicionais:
Serviço executado em conjunto com a troca de ramal, nos casos em que haja a
necessidade do remanejamento do cavalete / UMA ou em conjunto com o serviço de
Inspeção em Ligações Irregulares, nos casos em que haja necessidade de se realizar a
supressão na tomada d água.
a) Adicional para Troca de Cavalete Domiciliar
Serviço executado em conjunto com a troca de ramal ou inspeção de ligações
irregulares, nos casos em que haja necessidade de se trocar o cavalete.
b) Adicional para Adequação de Cavaletes
Serviço executado em conjunto com a troca de hidrômetro.
c) Adicional para Troca de Tubete
Serviço executado em conjunto com a troca de hidrômetro, nos casos em que haja
necessidade de se trocar o tubete.

6.2.8. RELATÓRIO FOTOGRÁFICO

34

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 139 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

Compreende procedimento complementar à fiscalização e ao acompanhamento dos


serviços, através do registro em fotografias das diversas etapas dos trabalhos
executados:

• o estado antes e depois da execução dos serviços;

• a qualidade da execução;

• os procedimentos de segurança utilizados;

• que a execução atendeu a especificação técnica específica, principalmente nos


casos em que não é possível realizar uma inspeção visual após a conclusão do
serviço.

7. OBRIGAÇÕES E RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA


7.1. ENCARGOS ESPECÍFICOS DA CONTRATADA
7.1.1. UNIFORME E IDENTIFICAÇÃO
A contratada deve fornecer aos seus empregados e tornar obrigatório o uso de uniformes
adequados à função e da identidade funcional da contratada e identificação com crachás
(constando: nome da contratada; nome do empregado; RG ou CTPS; inscrição “A
SERVIÇO DA SABESP”; foto 3 x 4 recente), dentro da área de realização dos serviços,
de acordo com a legislação vigente.
No uniforme de cada empregado da contratada, que execute serviços de campo, deverão
estar estampados os seguintes dizeres: “A SERVIÇO DA SABESP”, além do nome da
contratada.
O uniforme deverá ter cor diferente dos uniformes dos empregados da SABESP
(contendo logotipo e identificação da contratada, conforme modelo SABESP), devendo
ser submetido à apreciação da SABESP para aprovação.

7.2. TREINAMENTO, CREDENCIAMENTO E CERTIFICAÇÃO


Cabe a contratada garantir a devida qualificação e certificação dos empregados e
assumir as responsabilidades pelas ações dos mesmos durante a execução do contrato.
A contratada deverá apresentar à fiscalização proposta de matriz de capacitação que
relacione empregados, atividades a serem desenvolvidas, treinamentos e carga horária
que deverão ser ministrados aos mesmos.
Os empregados envolvidos nos serviços abaixo relacionados deverão ser treinados no
conteúdo estabelecido na Norma ABENDI NA-020:
• Execução e substituição de ramal de água;
• Montagem, reparo e substituição de cavalete ou unidade de medição de água; e
A contratada deverá possuir 70% seu quadro de empregados que exerçam a função de
encarregado treinados no conteúdo nível N3 da Norma ABENDI NA-020, sendo que 15%
deste total deverão ser qualificados até 60 dias, após a emissão da Autorização de
Serviços – AS, e os demais até 120 dias da emissão da AS.
Para os demais empregados, que não exerçam a função de encarregados, deverá a
contratada providenciar o pleno treinamento em até 120 dias após a emissão da AS.
35

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 140 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

A contratada terá prazo de 30 dias para realizar o treinamento de novos empregados,


mobilizados após 90 dias da emissão da AS, contados a partir da data de admissão do
mesmo.
Até o prazo de 180 dias, após a emissão da AS, a contratada deverá comprovar à
fiscalização, a certificação, de no mínimo 30% de todos os empregados constantes no
seu quadro de pessoal e que estejam envolvidos com as atividades de um dos níveis da
Norma ABENDI NA-020. Após 180 dias da emissão da AS, a certificação mínima
exigida será de 50% dos empregados, até o final do contrato.
Os treinamentos relativos ao PE-RH0003 (Segurança e Saúde do Trabalho em obras e
serviços contratados), deverão ser fornecidos pela contratada a todos seus empregados,
que irão compor o quadro de funcionário destinado à execução dos serviços objeto desta
contratação.
Os treinamentos, abaixo listados, serão ministrados pela SABESP:
• Utilização de software (SIGESCampo) e hardware (PDA) de interface com a
SABESP;
• Utilização de software (SIGESCampo) e das funcionalidades de cadastro
georeferenciados para a SABESP, no uso do coletor GNSS;
• Atualização cadastral e inspeções.
Os treinamentos serão obrigatórios para todos os empregados cujas atribuições forem
pertinentes.

7.3. UTILIZAÇÃO DE PRODUTOS OU SUBPRODUTOS DE MADEIRA


A contratada se obriga a utilizar somente produtos ou subprodutos de madeira de
origem exótica, ou de origem nativa que tenham procedência legal.
Quando do uso/aplicação de produtos e subprodutos florestais (aquele que se encontre
em estado bruto ou “in natura”, ou que tenha passado por processo de
beneficiamento), nos termos do artigo 2° da Instrução Normativa n° 112, de
21/08/2006; a contratada deverá apresentar, caso solicitado pela SABESP, os
respectivos Documentos de Origem Florestal - DOFs.
7.4. AVALIAÇÃO DA CONTRATADA
A contratada será avaliada mensalmente pela SABESP visando verificar o nível de
satisfação do cliente em relação ao atendimento, através do FORMULARIO AUXILIAR
DE AVALIAÇÃO DE contratada - FAC elaborado no CSI mensalmente.

7.5. GARANTIA DOS SERVIÇOS


Os serviços executados nos cavaletes do ramal de água deverão ter a garantia de 6
(seis) meses.
Os demais serviços, por se tratarem de serviços de engenharia, a contratada deverá
garantir estes serviços executados por, no mínimo, 5 (cinco) anos contados a partir da
sua data de execução.

36

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 141 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

7.6. RESPONSABILIDADE POR DANOS CAUSADOS PELA CONTRATADA


Caberá à contratada responsabilizar-se pelos danos causados em decorrência de ações
de execução de sua responsabilidade, devendo, para isso assumir os danos causados
diretamente à SABESP ou a terceiros decorrentes de sua culpa ou dolo na execução do
contrato, não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade, a atuação da Fiscalização
da SABESP em seu acompanhamento.

7.7. OUTRAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA


Estão ratificadas por esta cláusula outras obrigações da contratada, que comparecem
em outros assuntos específicos que compõem as demais cláusulas deste instrumento.

8. RECEBIMENTO DOS SERVIÇOS PELA SABESP

8.1. CONCLUSÃO E ENTREGA DOS SERVIÇOS PELA CONTRATADA


Os serviços somente serão recebidos pela SABESP após o atendimento de todas as
condições estabelecidas neste Termo de Referência e demais documentos dele
integrantes, desde que atingido o fim a que se destinam, com eficácia e qualidade
requeridas, observando-se que:
Ao concluir os serviços, a contratada deverá comunicar o fato à SABESP por escrito,
para efeito de seu recebimento, conforme segue:
A medição do mês deverá ser fechada até o terceiro dia útil do mês subsequente.
A cada medição realizada, todos os serviços executados de Ligações /Trocas
Preventivas/Corretivas de Ligação de Água, classificados como Investimento, deverão
ser comunicados por escrito pela contratada e serão recebidos mensalmente, por escrito,
em caráter provisório, desde que estejam devidamente concluídos e recebidos em
operação pela fiscalização.
A cada medição realizada, todos os serviços executados e classificados como
Investimento, mas não inclusos no item anterior acima, ou seja, não recebidos para
operação, deverão ser comunicados por escrito pela contratada.
Efetuada a comunicação do término geral dos serviços, a SABESP providenciará em até
15 (quinze) dias a realização de eventuais vistorias nos serviços que ficaram pendentes
de recebimento mensal, para efeito de seu recebimento provisório geral de todos os
serviços executados, mediante termo circunstanciado a ser elaborado e assinado por
ambas as partes deste Contrato.
A contratada deverá apresentar até o quinto dia útil a relação dos funcionários e o
relatório de ajuste e conduta TAC;
A contratada apresentará semanalmente relatório técnico e fotográfico de segurança do
trabalho, assinados pelo técnico de segurança, e dos serviços de engenharia assinado
pelo engenheiro responsável da obra.
Após o balanço final dos materiais fornecidos pela SABESP e constatada a falta de parte
desses materiais, fica a contratada obrigada a repô-los no prazo máximo de 30 (trinta)
dias, ou então comprovar a sua aquisição por meio de cópia do documento de compra
pela contratada, acompanhada de carta desta à fornecedora, autorizando-a a entregar
os materiais em almoxarifado ou depósito da SABESP, devendo os mesmos, quando for
37

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 142 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

o caso, serem previamente inspecionados por quem a SABESP indicar, a expensas da


contratada.
Da mesma forma a critério da SABESP, a reposição do valor do material em falta também
poderá ser feita mediante desconto dos pagamentos devidos à contratada e/ou garantia
contratual e/ou em depósito em dinheiro em conta corrente da SABESP que será
especificada. Nessa hipótese, o valor a ser descontado será o "preço do dia" do material
devido, na data da apuração pela SABESP, acrescidos de todos os demais custos e/ou
tributos correspondentes.
Até 90 (noventa) dias após o término dos serviços e desde que cumprido as disposições
nas cláusulas específicas e ainda verificadas e aprovadas às condições técnicas dos
serviços, a SABESP fará o recebimento definitivo do Contrato.
A cada medição mensal, para efeito de seu recebimento em caráter provisório conforme
estabelecido anteriormente, e caso não tenham sido atendidas as condições contratuais
e técnicas na execução dos serviços contratados, será lavrado um termo de recusa, onde
serão apontadas as falhas e irregularidades constatadas e, se necessário, será
estipulado prazo para a correção destas.
A ocorrência dessa hipótese determinará a retomada da contagem do prazo contratual
de recebimento dos serviços, a partir da lavratura e do cumprimento do termo
mencionado.
Depois de sanadas as falhas e as irregularidades apontadas no termo de recusa, a
contratada efetuará novamente a comunicação para a entrega dos serviços.

8.2. ATESTADO TÉCNICO


A emissão de Atestado Técnico quer parcial, ou final, poderá ser solicitada pela
contratada e ficará condicionada aos critérios previstos nos termos do Procedimento
SABESP PO-SO0016 - Avaliação da Prestação de Serviços em Redes de Água e
Esgoto.

9. RELACIONAMENTO SABESP - CONTRATADA


A Administração do Contrato por parte da SABESP é de responsabilidade da Divisão de
Pindamonhangaba, da Superintendências da Unidade de Negócio - RV.
Segue abaixo o endereço da Divisão de Pindamonhangaba.
Rua Capitão Alfredo Cesar nº 200, Centro - Pindamonhangaba
A contratada deverá na assinatura da Autorização de Serviço (AS), ratificar formalmente,
em conformidade com o Contrato, o seu Coordenador Geral dos trabalhos, indicado em
sua proposta técnica, o qual passa a representá-la perante a UN.
Cabe a este coordenador responsabilizar-se pela correta condução dos trabalhos e ser
o único responsável pela assinatura das medições dos serviços realizados, conforme
indicado neste Termo de Referência e no Contrato, bem como assinar todas as demais
correspondências com a SABESP, que por ventura sejam necessárias.

A SABESP se reserva o direito de, quando julgar necessário e a qualquer momento,


solicitar a substituição de qualquer membro da equipe alocada.

38

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 143 de 201


Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp

Todos os documentos técnicos deverão ser encaminhados através de correspondência


específica ao Administrador do Contrato e endereçada à sede da UN, no número de vias
impressas e em meio digital previsto neste Termo de Referência.

A contratada só poderá iniciar cada um dos trabalhos descritos neste Termo de


Referência, após ter seu pedido formal enviado à SABESP analisado e aprovado.

A contratada deve apresentar, em conformidade com o descrito neste Termo de


Referência, o Plano de Trabalho inicial, que será apresentado à SABESP em reunião de
trabalho, quando serão explicitados e justificados as suas propostas e o seu conteúdo.
Após o seu recebimento, a SABESP analisará, em até 10 (dez) dias úteis, quando os
devolverá à contratada para possíveis correções, emissão final e início de sua aplicação.

Antes de cada atividade, a contratada deve apresentar o respectivo Plano de Trabalho


em reunião previamente agendada, em unidades da SABESP ou em outro local definido.
O agendamento destas reuniões é de responsabilidade da contratada, para as quais
devem ser geradas “Atas de Reunião”, elaboradas pela contratada e incorporadas aos
trabalhos. A contratada deve, também, comparecer em reuniões com os agentes
externos, tais como concessionárias e órgãos municipais.

Todo relatório e demais documentos previstos neste Termo serão analisados pela
SABESP, que os comentará dentro dos prazos determinados e somente após a
incorporação dos comentários é que os mesmos serão considerados aceitos.

Havendo necessidade, a contratada deve solicitar formalmente a realização de reuniões


com as demais unidades administrativas da SABESP. Não serão permitidos contatos
diretos, sem o prévio conhecimento e a aprovação da SABESP, independentemente da
natureza do mesmo.

Eng. Marcos Antônio de Sousa Alberto Jose da Silva Marcondes


matricula 43.106 – 4 matricula 28.471–1
responsável pela elaboração responsável pela revisão

39

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 144 de 201


REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E CRITÉRIOS CAPITULO
DE MEDIÇÃO
sabesp
REVISÃO PÁGINA

GRUPO
500000 CANTEIRO DE SERVIÇOS

No DO ESPECIFICAÇÃO UNID.
PREÇO
501210 Implantação de canteiro de serviços - TIPO II GB
A
501213

REGULAMENTAÇÃO COMPLEMENTAR À INTRODUÇÃO

COMPREENDE:

Construção de edificações e instalações necessárias ao canteiro de serviços, tais como: escritório,


vestiários, alojamentos, almoxarifados, refeitório, baias para armazenamento de agregados, escaninhos
para armazenamento de tubos, etc. Abertura e conservação de acesso ao terreno, cercas e/ou tapumes e
portões, regularização de pátio, fornecimento e instalação de placas de identificação da Sabesp, conforme
especificações técnicas. Disponibilização de 4 veículos para fiscalização, mobiliário e equipamentos
administrativos. Posterior remoção e limpeza do terreno.

Disponibilização de veículos de passeio ou utilitários leves para fiscalização com, no máximo, 3(três) anos de
fabricação, bem como todas as despesas com combustíveis, lubrificantes, licenciamento e manutenções
preventivas e corretivas. Para cada veículo deverá ser disponibilizado 1(um) rádio de comunicação para uso
da fiscalização. Em havendo necessidade de substituição ou reposição do veículo, isto deverá ocorrer no
prazo máximo de 24(vinte e quatro) horas contadas a partir da comunicação formal da fiscalização,
excluindo-se finais de semana e feriados.

NOTAS:

O Sistema Operacional dos computadores deverá ser compatível com o adotado pela Sabesp.

MEDIÇÃO:
Por preço global, sendo 90% quando da conclusão e 10% quando da devolução da área completamente
limpa.

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 145 de 201


REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E CRITÉRIOS DE
CAPITULO
MEDIÇÃO
sabesp
REVISÃO PÁGINA

GRUPO 500000
SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

No DO PREÇO SERVIÇO DE LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO UNID.

501277
A LRP - PAVIMENTO ASFÁLTICO GB
501280

REGULAMENTAÇÃO COMPLEMENTAR À INTRODUÇÃO


COMPREENDE:
Execução de levantamento de pavimentação asfáltica, envolvendo: mobilização de equipe e equipamentos,
sinalização local conforme norma vigente, corte e levantamento da pavimentação existente, conforme
especificação técnica, disposição ao lado da cava sobre encerado, limpeza do local, carga, transporte e
descarga de material excedente em local apropriado. Execução de reposição de base em BGS de acordo com
as especificações técnicas da SABESP envolvendo: mobilização e deslocamento de equipe e equipamentos,
sinalização do local conforme normas vigentes, regularização da superfície, compactação mecânica,
lançamento e compactação de brita graduada simples observando as características originais do pavimento,
transporte e descarga de material excedente em local apropriado e limpeza do local. Aplicação de capa
asfáltica, de acordo com as especificações técnicas da SABESP envolvendo: mobilização e deslocamento de
equipe e equipamentos, sinalização do local conforme normas vigentes, preparo de caixa, regularização da
superfície, pintura de ligação da área, lançamento, espalhamento, compactação do concreto betuminoso
CBUQ, observando as espessuras segundo a característica original do pavimento e do tráfego, arremates
laterais, carga, transporte e descarga de material excedente em local apropriado e limpeza do local. Estão
inclusos todos os custos diretos e indiretos bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI -Lucro e
Despesas Indiretas.
MEDIÇÃO: Metragem quadrada dos serviços executados no mês, transformados no equivalente do
percentual do preço global, multiplicado pelo IRP = Indicador de Reposição de Pavimento
NOTA (S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada.
2. Caso haja danos no pavimento, além do necessário para execução dos serviços devido a imperícia da
contratada, não será remunerado além dos limites estabelecidos, devendo o pavimento ser refeito sem
quaisquer ônus a Sabesp.

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 146 de 201


REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E CRITÉRIOS CAPITULO
DE MEDIÇÃO
sabesp
REVISÃO PÁGINA

GRUPO
500000 CANTEIRO DE SERVIÇOS

No DO ESPECIFICAÇÃO UNID.
PREÇO
502001 Manutenção de canteiro de serviços – TIPO II MÊS
A
502004

REGULAMENTAÇÃO COMPLEMENTAR À INTRODUÇÃO

COMPREENDE:

A manutenção mensal das edificações e instalações necessárias ao canteiro de serviços, tais


como: aluguel, serviços e materiais de limpeza e conservação, serviços de
segurança/vigilância, consumo de combustíveis e lubrificantes, materiais de escritório,
despesas junto a concessionárias e prefeituras, operação e manutenção de todos os veículos
e equipamentos necessários à execução dos serviços.

NOTAS:

Em caso de aditamento de prazo contratual, decorrente de situação que não seja de


responsabilidade da contratada, o preço de manutenção de canteiro será medido por conta dos
recursos do contrato na quantidade de meses do aditamento ou aditado em valor conforme o
caso quando em avaliação geral dos quantitativos do contrato.

MEDIÇÃO:

Será mensal (mês).

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 147 de 201


REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

532401 ___LRP - PASSEIO CIMENTADO M2

Especificação complementar: Serviço adicional de levantamento e reposição de passeio


cimentado.

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de levantamento de passeio cimentado, envolvendo: mobilização de


equipe e equipamentos, sinalização local conforme norma vigente, corte e
levantamento da pavimentação existente, conforme especificação técnica,
disposição ao lado da cava sobre encerado, limpeza do local, carga, transporte e
descarga de material excedente em local apropriado. Execução de reposição de
passeio cimentado de acordo com as especificações técnicas da SABESP
envolvendo: mobilização e deslocamento de equipe e equipamentos, sinalização
do local conforme normas vigentes, regularização e preparo da superfície,
execução de contrapiso, reposição observando as características originais do
passeio, transporte e descarga de material excedente em local apropriado e
limpeza do local. Estão inclusos todos os custos diretos e indiretos bem como
LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: 1. Por área de pavimento reposto, em m².

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada.


2. Caso haja abatimento ou dano no pavimento remanescente em imperícia da
contratada, não será remunerado além dos limites estabelecidos, devendo o
pavimento ser refeito sem quaisquer ônus a SABESP.

Impressão: 08/09/2011 11:30:11 532401 / 12112


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LRP - LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO POR M²
Pag. 148 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

532402 ___LRP - PASSEIO ESPECIAL M2

Especificação complementar: Serviço adicional de levantamento e reposição de passeio


especial.

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de levantamento de passeio especial, envolvendo: mobilização de


equipe e equipamentos, sinalização local conforme norma vigente, corte e
levantamento da pavimentação existente, conforme especificação técnica,
disposição ao lado da cava sobre encerado, limpeza do local, carga, transporte e
descarga de material excedente em local apropriado.
Execução de reposição de passeio especial de acordo com as especificações
técnicas da SABESP envolvendo: mobilização e deslocamento de equipe e
equipamentos, sinalização do local conforme normas vigentes, regularização e
preparo da superfície, execução de contrapiso, reposição observando as
características originais do passeio, transporte e descarga de material excedente
em local apropriado e limpeza do local. Estão inclusos todos os custos diretos e
indiretos bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas
Indiretas.

MEDIÇÃO: 1. Por área de pavimento reposto, em m².

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada.


2. Caso haja abatimento ou dano no pavimento remanescente em imperícia da
contratada, não será remunerado além dos limites estabelecidos, devendo o
pavimento ser refeito sem quaisquer ônus a SABESP.

Impressão: 08/09/2011 11:30:12 532402 / 12113


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LRP - LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO POR M²
Pag. 149 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

532405 ___LRP - PAVIMENTO ESPECIAL M2

Especificação complementar: Serviço adicional de levantamento e reposição de pavimento


especial.

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de levantamento de pavimentação, envolvendo: mobilização de equipe


e equipamentos, sinalização local conforme norma vigente, corte e levantamento
da pavimentação existente, conforme especificação técnica, disposição ao lado da
cava sobre encerado, limpeza do local, carga, transporte e descarga de material
excedente em local apropriado.
Execução de reposição de base em BGS de acordo com as especificações técnicas
da SABESP envolvendo: mobilização e deslocamento de equipe e equipamentos,
sinalização do local conforme normas vigentes, regularização da superfície,
compactação mecânica, lançamento e compactação de brita graduada simples
observando as características originais do pavimento, transporte e descarga de
material excedente em local apropriado e limpeza do local.
Execução de reposição de pavimento de acordo com as especificações técnicas da
SABESP envolvendo: mobilização e deslocamento de equipe e equipamentos,
sinalização do local conforme normas vigentes, regularização e preparo da
superfície, execução de contrapiso, reposição observando as características
originais do pavimento, transporte e descarga de material excedente em local
apropriado e limpeza do local. Estão inclusos todos os custos diretos e indiretos
bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: 1. Por área de pavimento reposto, em m².

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada.


2. Caso haja abatimento ou dano no pavimento remanescente em imperícia da
contratada, não será remunerado além dos limites estabelecidos, devendo o
pavimento ser refeito sem quaisquer ônus a SABESP.

Impressão: 08/09/2011 11:30:12 532405 / 12114


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LRP - LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO POR M²
Pag. 150 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

532409 ___LRP - PAVIMENTO PARALELO M2

Especificação complementar: Serviço adicional de levantamento e reposição de pavimento


paralelo.

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de levantamento de pavimentação com paralelos, envolvendo:


mobilização de equipe e equipamentos, sinalização local conforme norma vigente,
corte e levantamento da pavimentação existente, conforme especificação técnica,
disposição ao lado da cava sobre encerado, limpeza do local, carga, transporte e
descarga de material excedente em local apropriado.
Execução de reposição de base em BGS de acordo com as especificações técnicas
da SABESP envolvendo: mobilização e deslocamento de equipe e equipamentos,
sinalização do local conforme normas vigentes, regularização da superfície,
compactação mecânica, lançamento e compactação de brita graduada simples
observando as características originais do pavimento, transporte e descarga de
material excedente em local apropriado e limpeza do local.
Execução de reposição de pavimento paralelo, de acordo com as especificações
técnicas da SABESP envolvendo: mobilização de equipe e equipamentos,
sinalização do local conforme normas vigentes, regularização e preparo da
superfície, alinhamento e assentamento observando as características originais do
pavimento, com ou sem reaproveitamento do piso anterior, transporte e descarga
de material excedente em local apropriado e limpeza do local. Estão inclusos
todos os custos diretos e indiretos bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e
LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: 1. Por área de pavimento reposto, em m².

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada.


2. Caso haja abatimento ou dano no pavimento remanescente em imperícia da
contratada, não será remunerado além dos limites estabelecidos, devendo o
pavimento ser refeito sem quaisquer ônus a SABESP.

Impressão: 08/09/2011 11:30:13 532409 / 12121


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LRP - LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO POR M²
Pag. 151 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

532435 ___LEVANTAMENTO DE PAVIMENTO ESPECIAL M2

Especificação complementar: Serviço adicional de levantamento de pavimento especial.

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de levantamento de pavimento especial, envolvendo: mobilização de


equipe e equipamentos, sinalização local conforme norma vigente, corte e
levantamento da pavimentação existente, conforme especificação técnica,
disposição ao lado da cava sobre encerado, limpeza do local, carga, transporte e
descarga de material excedente em local apropriado. Estão inclusos todos os
custos diretos e indiretos bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e
Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: 1. Por área de pavimento levantado, em m².

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada.

Impressão: 08/09/2011 11:30:15 532435 / 2103


Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LRP - LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO POR M²
Pag. 152 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

532436 ___LEVANTAMENTO DE PAVIMENTO ASFÁLTICO M2

Especificação complementar: Serviço adicional de levantamento de pavimento asfáltico.

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de levantamento de pavimentação asfáltica, envolvendo: mobilização de


equipe e equipamentos, sinalização local conforme norma vigente, corte e
levantamento da pavimentação existente, conforme especificação técnica,
disposição ao lado da cava sobre encerado, limpeza do local, carga, transporte e
descarga de material excedente em local apropriado. Estão inclusos todos os
custos diretos e indiretos bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e
Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: 1. Por área de pavimento levantado, em m².

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada.

Impressão: 08/09/2011 11:30:15 532436 / 2104


Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LRP - LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO POR M²
Pag. 153 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

532437 ___LEVANTAMENTO DE PAVIMENTO PARALELO M2

Especificação complementar: Serviço adicional de levantamento de pavimento paralelo.

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de levantamento de pavimento de paralelo, envolvendo: mobilização de


equipe e equipamentos, sinalização local conforme norma vigente, corte e
levantamento da pavimentação existente, conforme especificação técnica,
disposição ao lado da cava sobre encerado, limpeza do local, carga, transporte e
descarga de material excedente em local apropriado. Estão inclusos todos os
custos diretos e indiretos bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e
Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: 1. Por área de pavimento levantado, em m².

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada.

Impressão: 08/09/2011 11:30:15 532437 / 2107


Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LRP - LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO POR M²
Pag. 154 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

532441 ___REPOSIÇÃO DE BASE BGS M2

Especificação complementar: Serviço adicional de reposição de base BGS.

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de reposição de base em BGS de acordo com as especificações técnicas


da SABESP envolvendo: mobilização e deslocamento de equipe e equipamentos,
sinalização do local conforme normas vigentes, regularização da superfície,
compactação mecânica, lançamento e compactação de brita graduada simples
observando as características originais do pavimento, transporte e descarga de
material excedente em local apropriado e limpeza do local. Estão inclusos nos
preços todos os custos diretos e indiretos bem como Encargos Sociais e B. D. I.

MEDIÇÃO: 1. Por área de pavimento reposto, em m².

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada. 2. Caso haja abatimento ou
dano no pavimento remanescente em imperícia da contratada, não será
remunerado além dos limites estabelecidos, devendo o pavimento ser refeito sem
quaisquer ônus a SABESP.

Impressão: 08/09/2011 11:30:16 532441 / 22115


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LRP - LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO POR M²
Pag. 155 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

532451 ___REPOSIÇÃO DE PASSEIO CIMENTADO M2

Especificação complementar: Serviço adicional de reposição de passeio cimentado.

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de reposição de passeio cimentado de acordo com as especificações


técnicas da SABESP envolvendo: mobilização e deslocamento de equipe e
equipamentos, sinalização do local conforme normas vigentes, regularização e
preparo da superfície, execução de contrapiso, reposição observando as
características originais do passeio, transporte e descarga de material excedente
em local apropriado e limpeza do local. Estão inclusos todos os custos diretos e
indiretos bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas
Indiretas.

MEDIÇÃO: 1. Por área de pavimento reposto, em m².

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada.


2. Caso haja abatimento ou dano no pavimento remanescente em imperícia da
contratada, não será remunerado além dos limites estabelecidos, devendo o
pavimento ser refeito sem quaisquer ônus a SABESP.

Impressão: 08/09/2011 11:30:16 532451 / 42112


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LRP - LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO POR M²
Pag. 156 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

532452 ___REPOSIÇÃO DE PASSEIO ESPECIAL M2

Especificação complementar: Serviço adicional de reposição de passeio especial.

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de reposição de passeio especial de acordo com as especificações


técnicas da SABESP envolvendo: mobilização e deslocamento de equipe e
equipamentos, sinalização do local conforme normas vigentes, regularização e
preparo da superfície, execução de contrapiso, reposição observando as
características originais do passeio, transporte e descarga de material excedente
em local apropriado e limpeza do local. Estão inclusos todos os custos diretos e
indiretos bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas
Indiretas.

MEDIÇÃO: 1. Por área de pavimento reposto, em m².

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada.


2. Caso haja abatimento ou dano no pavimento remanescente em imperícia da
contratada, não será remunerado além dos limites estabelecidos, devendo o
pavimento ser refeito sem quaisquer ônus a SABESP.

Impressão: 08/09/2011 11:30:17 532452 / 42113


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LRP - LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO POR M²
Pag. 157 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

532455 ___REPOSIÇÃO PAVIMENTO ESPECIAL (SEM BASE) M2

Especificação complementar: Serviço adicional de reposição de pavimento especial sem


reposição de base.

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de reposição de pavimento de acordo com as especificações técnicas da


SABESP envolvendo: mobilização e deslocamento de equipe e equipamentos,
sinalização do local conforme normas vigentes, regularização e preparo da
superfície, execução de contrapiso, reposição observando as características
originais do pavimento, transporte e descarga de material excedente em local
apropriado e limpeza do local. Estão inclusos todos os custos diretos e indiretos
bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: 1. Por área de pavimento reposto, em m².

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada. 2. Caso haja abatimento ou
dano no pavimento remanescente em imperícia da contratada, não será
remunerado além dos limites estabelecidos, devendo o pavimento ser refeito sem
quaisquer ônus a SABESP.

Impressão: 08/09/2011 11:30:17 532455 / 22114


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LRP - LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO POR M²
Pag. 158 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

532456 ___REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO ASFÁLTICO (SEM BASE) M2

Especificação complementar: Serviço adicional de reposição de pavimento asfáltico sem


reposição de base.

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Aplicação de capa asfáltica, de acordo com as especificações técnicas da SABESP


envolvendo: mobilização e deslocamento de equipe e equipamentos, sinalização
do local conforme normas vigentes, preparo de caixa, regularização da superfície,
pintura de ligação da área, lançamento, espalhamento, compactação do concreto
betuminoso CBUQ, observando as espessuras segundo a característica original do
pavimento e do tráfego, arremates laterais, carga, transporte e descarga de
material excedente em local apropriado e limpeza do local. Estão inclusos todos
os custos diretos e indiretos bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI -
Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: 1. Por área de pavimento reposto, em m².

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada. 2. Caso haja abatimento ou
dano no pavimento remanescente em imperícia da contratada, não será
remunerado além dos limites estabelecidos, devendo o pavimento ser refeito sem
quaisquer ônus a SABESP.

Impressão: 08/09/2011 11:30:18 532456 / 22118


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LRP - LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO POR M²
Pag. 159 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

532459 ___REPOSIÇÃO PAVIMENTO PARALELO (SEM BASE) M2

Especificação complementar: Serviço adicional de reposição de pavimento paralelo sem


reposição de base.

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de reposição de pavimento paralelo, de acordo com as especificações


técnicas da SABESP envolvendo: mobilização de equipe e equipamentos,
sinalização do local conforme normas vigentes, regularização e preparo da
superfície, alinhamento e assentamento observando as características originais do
pavimento, com ou sem reaproveitamento do piso anterior, transporte e descarga
de material excedente em local apropriado e limpeza do local. Estão inclusos
todos os custos diretos e indiretos bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e
LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: 1. Por área de pavimento reposto, em m².

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada. 2. Caso haja abatimento ou
dano no pavimento remanescente em imperícia da contratada, não será
remunerado além dos limites estabelecidos, devendo o pavimento ser refeito sem
quaisquer ônus a SABESP.

Impressão: 08/09/2011 11:30:18 532459 / 22121


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LRP - LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO POR M²
Pag. 160 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536001 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - PA TIPO A (SFMH) UN

Especificação complementar: Troca de ligação de água em rede localizada no passeio


adjacente ao cliente; serviço executado com equipe padrão para execução de serviços de
manutenção operacional em sistema de água "TIPO A" composta no mínimo de: dois
operários, veículo utilitário tipo picape capacidade 1,0 T e potência de 120 à 135 CV,
compactador de solo a percussão tipo sapo, PALM TOP/PDA, rádio portátil, bomba para teste
hidrostático e unidade de força hidráulica com martelo rompedor com capacidade miníma de
18 CV. Sem fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca corretiva de ligação de água em tubo PEAD até
32mm de acordo com as especificações técnicas da SABESP, serviço adicional de
pesquisa de vazamentos, serviço adicional de sondagem, fornecimento carga e
transporte de solo e carga e transporte de entulho. Envolvendo mobilização e
deslocamento de equipe e equipamentos, utilização da técnica de geofonamento
eletrônico, locação da rede, pesquisa de interferências, sinalização local conforme
norma vigente, passadiço para travessia de pedestres e/ou veículos,
levantamento da pavimentação necessária, escavação de vala em solo de
qualquer natureza, exceto rocha, disposição ao lado da vala sobre encerado,
escoramento para profundidade superior a 1,25m, esgotamento, substituição de
tomada de água, troca da ligação de água conforme NTS 164 e conexão a rede e
a Unidade de Medição de Água ou cavalete, envoltório de areia, teste de
estanqueidade, troca dos lacres, cadastro de ligação, troca de solo, reaterro
compactado a 95% PN, reposição do pavimento nos moldes originais, carga,
transporte e descarga de material excedente em local apropriado e limpeza do
local. Estão inclusos no preço às visitas vazias, todos os custos diretos e indiretos
bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por unidade de troca corretiva de ligação de água executada.

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada, exceto material hidráulico.
2. O levantamento e a reposição de pavimentos, se necessário, será pago pelo
serviço específico.
3. Em toda troca de ligação de água a tomada d'água deverá ser,
obrigatoriamente, substituída, aproveitando o furo da ligação existente.

Impressão: 08/09/2011 11:33:50 536001 / 52


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
TROCA CORRETIVA_PREVENTIVA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - TIPO A (SFMH)
Pag. 161 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536002 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - TA TIPO A (SFMH) UN

Especificação complementar: Troca de ligação de água em rede localizada no leito da via, no


terço adjacente ao cliente; serviço executado com equipe padrão para execução de serviços
de manutenção operacional em sistema de água "TIPO A" composta no mínimo de: dois
operários, veículo utilitário tipo picape capacidade 1,0 T e potência de 120 à 135 CV,
compactador de solo a percussão tipo sapo, PALM TOP/PDA, rádio portátil, bomba para teste
hidrostático e unidade de força hidráulica com martelo rompedor com capacidade miníma de
18 CV. Sem fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca corretiva de ligação de água em tubo PEAD até
32mm de acordo com as especificações técnicas da SABESP, serviço adicional de
pesquisa de vazamentos, serviço adicional de sondagem, fornecimento carga e
transporte de solo e carga e transporte de entulho. Envolvendo mobilização e
deslocamento de equipe e equipamentos, utilização da técnica de geofonamento
eletrônico, locação da rede, pesquisa de interferências, sinalização local conforme
norma vigente, passadiço para travessia de pedestres e/ou veículos,
levantamento da pavimentação necessária, escavação de vala em solo de
qualquer natureza, exceto rocha, disposição ao lado da vala sobre encerado,
escoramento para profundidade superior a 1,25m, esgotamento, substituição de
tomada de água, troca da ligação de água conforme NTS 164 e conexão a rede e
a Unidade de Medição de Água ou cavalete, envoltório de areia, teste de
estanqueidade, troca dos lacres, cadastro de ligação, troca de solo, reaterro
compactado a 95% PN, reposição do pavimento nos moldes originais, carga,
transporte e descarga de material excedente em local apropriado e limpeza do
local. Estão inclusos no preço às visitas vazias, todos os custos diretos e indiretos
bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por unidade de troca corretiva de ligação de água executada.

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada, exceto material hidráulico.
2. O levantamento e a reposição de pavimentos, se necessário, será pago pelo
serviço específico.
3. Em toda troca de ligação de água a tomada d'água deverá ser,
obrigatoriamente, substituída, aproveitando o furo da ligação existente.

Impressão: 08/09/2011 11:33:50 536002 / 52


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
TROCA CORRETIVA_PREVENTIVA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - TIPO A (SFMH)
Pag. 162 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536003 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - EIXO TIPO A (SFMH) UN

Especificação complementar: Troca de ligação de água em rede localizada no eixo do leito da


via; serviço executado com equipe padrão para execução de serviços de manutenção
operacional em sistema de água "TIPO A" composta no mínimo de: dois operários, veículo
utilitário tipo picape capacidade 1,0 T e potência de 120 à 135 CV, compactador de solo a
percussão tipo sapo, PALM TOP/PDA, rádio portátil, bomba para teste hidrostático e unidade
de força hidráulica com martelo rompedor com capacidade miníma de 18 CV. Sem
fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca corretiva de ligação de água em tubo PEAD até
32mm de acordo com as especificações técnicas da SABESP, serviço adicional de
pesquisa de vazamentos, serviço adicional de sondagem, fornecimento carga e
transporte de solo e carga e transporte de entulho. Envolvendo mobilização e
deslocamento de equipe e equipamentos, utilização da técnica de geofonamento
eletrônico, locação da rede, pesquisa de interferências, sinalização local conforme
norma vigente, passadiço para travessia de pedestres e/ou veículos,
levantamento da pavimentação necessária, escavação de vala em solo de
qualquer natureza, exceto rocha, disposição ao lado da vala sobre encerado,
escoramento para profundidade superior a 1,25m, esgotamento, substituição de
tomada de água, troca da ligação de água conforme NTS 164 e conexão a rede e
a Unidade de Medição de Água ou cavalete, envoltório de areia, teste de
estanqueidade, troca dos lacres, cadastro de ligação, troca de solo, reaterro
compactado a 95% PN, reposição do pavimento nos moldes originais, carga,
transporte e descarga de material excedente em local apropriado e limpeza do
local. Estão inclusos no preço às visitas vazias, todos os custos diretos e indiretos
bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por unidade de troca corretiva de ligação de água executada.

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada, exceto material hidráulico.
2. O levantamento e a reposição de pavimentos, se necessário, será pago pelo
serviço específico.
3. Em toda troca de ligação de água a tomada d'água deverá ser,
obrigatoriamente, substituída, aproveitando o furo da ligação existente.

Impressão: 08/09/2011 11:33:51 536003 / 52


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
TROCA CORRETIVA_PREVENTIVA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - TIPO A (SFMH)
Pag. 163 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536004 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - TO TIPO A (SFMH) UN

Especificação complementar: Troca de ligação de água em rede localizada no leito da via, no


terço oposto ao cliente; serviço executado com equipe padrão para execução de serviços de
manutenção operacional em sistema de água "TIPO A" composta no mínimo de: dois
operários, veículo utilitário tipo picape capacidade 1,0 T e potência de 120 à 135 CV,
compactador de solo a percussão tipo sapo, PALM TOP/PDA, rádio portátil, bomba para teste
hidrostático e unidade de força hidráulica com martelo rompedor com capacidade miníma de
18 CV. Sem fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca corretiva de ligação de água em tubo PEAD até
32mm de acordo com as especificações técnicas da SABESP, serviço adicional de
pesquisa de vazamentos, serviço adicional de sondagem, fornecimento carga e
transporte de solo e carga e transporte de entulho. Envolvendo mobilização e
deslocamento de equipe e equipamentos, utilização da técnica de geofonamento
eletrônico, locação da rede, pesquisa de interferências, sinalização local conforme
norma vigente, passadiço para travessia de pedestres e/ou veículos,
levantamento da pavimentação necessária, escavação de vala em solo de
qualquer natureza, exceto rocha, disposição ao lado da vala sobre encerado,
escoramento para profundidade superior a 1,25m, esgotamento, substituição de
tomada de água, troca da ligação de água conforme NTS 164 e conexão a rede e
a Unidade de Medição de Água ou cavalete, envoltório de areia, teste de
estanqueidade, troca dos lacres, cadastro de ligação, troca de solo, reaterro
compactado a 95% PN, reposição do pavimento nos moldes originais, carga,
transporte e descarga de material excedente em local apropriado e limpeza do
local. Estão inclusos no preço às visitas vazias, todos os custos diretos e indiretos
bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por unidade de troca corretiva de ligação de água executada.

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada, exceto material hidráulico.
2. O levantamento e a reposição de pavimentos, se necessário, será pago pelo
serviço específico.
3. Em toda troca de ligação de água a tomada d'água deverá ser,
obrigatoriamente, substituída, aproveitando o furo da ligação existente.

Impressão: 08/09/2011 11:33:51 536004 / 52


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
TROCA CORRETIVA_PREVENTIVA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - TIPO A (SFMH)
Pag. 164 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536005 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - PO TIPO A (SFMH) UN

Especificação complementar: Troca de ligação de água em rede localizada no passeio oposto


ao cliente; serviço executado com equipe padrão para execução de serviços de manutenção
operacional em sistema de água "TIPO A" composta no mínimo de: dois operários, veículo
utilitário tipo picape capacidade 1,0 T e potência de 120 à 135 CV, compactador de solo a
percussão tipo sapo, PALM TOP/PDA, rádio portátil, bomba para teste hidrostático e unidade
de força hidráulica com martelo rompedor com capacidade miníma de 18 CV. Sem
fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca corretiva de ligação de água em tubo PEAD até
32mm de acordo com as especificações técnicas da SABESP, serviço adicional de
pesquisa de vazamentos, serviço adicional de sondagem, fornecimento carga e
transporte de solo e carga e transporte de entulho. Envolvendo mobilização e
deslocamento de equipe e equipamentos, utilização da técnica de geofonamento
eletrônico, locação da rede, pesquisa de interferências, sinalização local conforme
norma vigente, passadiço para travessia de pedestres e/ou veículos,
levantamento da pavimentação necessária, escavação de vala em solo de
qualquer natureza, exceto rocha, disposição ao lado da vala sobre encerado,
escoramento para profundidade superior a 1,25m, esgotamento, substituição de
tomada de água, troca da ligação de água conforme NTS 164 e conexão a rede e
a Unidade de Medição de Água ou cavalete, envoltório de areia, teste de
estanqueidade, troca dos lacres, cadastro de ligação, troca de solo, reaterro
compactado a 95% PN, reposição do pavimento nos moldes originais, carga,
transporte e descarga de material excedente em local apropriado e limpeza do
local. Estão inclusos no preço às visitas vazias, todos os custos diretos e indiretos
bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por unidade de troca corretiva de ligação de água executada.

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada, exceto material hidráulico.
2. O levantamento e a reposição de pavimentos, se necessário, será pago pelo
serviço específico.
3. Em toda troca de ligação de água a tomada d'água deverá ser,
obrigatoriamente, substituída, aproveitando o furo da ligação existente.

Impressão: 08/09/2011 11:33:52 536005 / 52


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
TROCA CORRETIVA_PREVENTIVA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - TIPO A (SFMH)
Pag. 165 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536041 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA MND (SFMH) UN

Especificação complementar: Troca de ligação de água MND. Sem fornecimento de material


hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca corretiva ou preventiva de ligação de água através


de método não-destrutivo em tubo PEAD até 32mm de acordo com as
especificações técnicas da SABESP, serviço adicional de pesquisa de vazamentos,
serviço adicional de sondagem. Envolvendo mobilização e deslocamento de equipe
e equipamentos, utilização da técnica de geofonamento eletrônico, locação da
rede, pesquisa de interferências, sinalização local conforme norma vigente,
passadiço para travessia de pedestres e/ou veículos, levantamento da
pavimentação necessária, escavação de vala em solo de qualquer natureza,
exceto rocha, disposição ao lado da vala sobre encerado, escoramento para
profundidade superior a 1,25m, esgotamento, substituição da tomada de água,
troca da ligação de água conforme NTS 164 e conexão a rede e a Unidade de
Medição de Água ou cavalete, envoltório de areia, teste de estanqueidade, troca
dos lacres, cadastro de ligação, reaterro compactado a 95% PN, reposição do
pavimento nos moldes originais, carga, transporte e descarga de material
excedente em local apropriado e limpeza do local.
Estão inclusos no preço todos os custos diretos e indiretos bem como LSB - Leis
Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por unidade de troca corretiva ou preventiva de ligação de água executada pelo
método não-destrutivo.

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada, exceto material hidráulico.
2. O levantamento e a reposição de pavimentos, se necessário, será pago pelo
serviço específico.

Impressão: 20/09/2011 18:29:11 536041 / 54


Versão 1.1 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LIGAÇÃO DE ÁGUA MND (SFMH)
Pag. 166 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536101 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA PREVENTIVA - PA TIPO A UN


(SFMH)

Especificação complementar: Troca preventiva de ligação de água em rede localizada no


passeio adjacente ao cliente; serviço executado com equipe padrão para execução de
serviços de manutenção operacional em sistema de água "TIPO A" composta no mínimo de:
dois operários, veículo utilitário tipo picape capacidade 1,0 T e potência de 120 à 135 CV,
compactador de solo a percussão tipo sapo, PALM TOP/PDA, rádio portátil, bomba para teste
hidrostático e unidade de força hidráulica com martelo rompedor com capacidade miníma de
18 CV. Sem fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca preventiva de ligação de água em tubo PEAD até
32mm de acordo com as especificações técnicas da SABESP, fornecimento carga e
transporte de solo e carga e transporte de entulho. Envolvendo mobilização e
deslocamento de equipe e equipamentos, pesquisa de interferências, locação da
rede, sinalização local conforme norma vigente, passadiço para travessia de
pedestres e/ou veículos, levantamento da pavimentação necessária, escavação de
vala em solo de qualquer natureza, exceto rocha, disposição ao lado da vala sobre
encerado, escoramento para profundidade superior a 1,25m, esgotamento,
substituição da tomada de água, troca da ligação de água conforme NTS 164 e
conexão a rede e a Unidade de Medição de Água ou cavalete, envoltório de areia,
teste de estanqueidade, troca dos lacres, cadastro de ligação, troca de solo,
reaterro compactado a 95% PN, reposição do pavimento nos moldes originais,
carga, transporte e descarga de material excedente em local apropriado e limpeza
do local. Estão inclusos no preço todos os custos diretos e indiretos bem como
LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por unidade de troca preventiva de ligação de água executada.

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada, exceto material hidráulico.
2. O levantamento e a reposição de pavimentos, se necessário, será pago pelo
serviço específico.
3. Em toda troca de ligação de água a tomada d'água deverá ser,
obrigatoriamente, substituída, aproveitando o furo da ligação existente.

Impressão: 08/09/2011 11:33:57 536101 / 53


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
TROCA CORRETIVA_PREVENTIVA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - TIPO A (SFMH)
Pag. 167 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536102 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA PREVENTIVA - TA TIPO A UN


(SFMH)

Especificação complementar: Troca preventiva de ligação de água em rede localizada no


leito da via, no terço adjacente ao cliente; serviço executado com equipe padrão para
execução de serviços de manutenção operacional em sistema de água "TIPO A" composta no
mínimo de: dois operários, veículo utilitário tipo picape capacidade 1,0 T e potência de 120
à 135 CV, compactador de solo a percussão tipo sapo, PALM TOP/PDA, rádio portátil, bomba
para teste hidrostático e unidade de força hidráulica com martelo rompedor com capacidade
miníma de 18 CV. Sem fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca preventiva de ligação de água em tubo PEAD até
32mm de acordo com as especificações técnicas da SABESP, fornecimento carga e
transporte de solo e carga e transporte de entulho. Envolvendo mobilização e
deslocamento de equipe e equipamentos, pesquisa de interferências, locação da
rede, sinalização local conforme norma vigente, passadiço para travessia de
pedestres e/ou veículos, levantamento da pavimentação necessária, escavação de
vala em solo de qualquer natureza, exceto rocha, disposição ao lado da vala sobre
encerado, escoramento para profundidade superior a 1,25m, esgotamento,
substituição da tomada de água, troca da ligação de água conforme NTS 164 e
conexão a rede e a Unidade de Medição de Água ou cavalete, envoltório de areia,
teste de estanqueidade, troca dos lacres, cadastro de ligação, troca de solo,
reaterro compactado a 95% PN, reposição do pavimento nos moldes originais,
carga, transporte e descarga de material excedente em local apropriado e limpeza
do local. Estão inclusos no preço todos os custos diretos e indiretos bem como
LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por unidade de troca preventiva de ligação de água executada.

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada, exceto material hidráulico.
2. O levantamento e a reposição de pavimentos, se necessário, será pago pelo
serviço específico.
3. Em toda troca de ligação de água a tomada d'água deverá ser,
obrigatoriamente, substituída, aproveitando o furo da ligação existente.

Impressão: 08/09/2011 11:33:58 536102 / 53


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
TROCA CORRETIVA_PREVENTIVA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - TIPO A (SFMH)
Pag. 168 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536103 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA PREVENTIVA - EIXO TIPO A UN


(SFMH)

Especificação complementar: Troca preventiva de ligação de água em rede localizada no eixo


do leito da via; serviço executado com equipe padrão para execução de serviços de
manutenção operacional em sistema de água "TIPO A" composta no mínimo de: dois
operários, veículo utilitário tipo picape capacidade 1,0 T e potência de 120 à 135 CV,
compactador de solo a percussão tipo sapo, PALM TOP/PDA, rádio portátil, bomba para teste
hidrostático e unidade de força hidráulica com martelo rompedor com capacidade miníma de
18 CV. Sem fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca preventiva de ligação de água em tubo PEAD até
32mm de acordo com as especificações técnicas da SABESP, fornecimento carga e
transporte de solo e carga e transporte de entulho. Envolvendo mobilização e
deslocamento de equipe e equipamentos, pesquisa de interferências, locação da
rede, sinalização local conforme norma vigente, passadiço para travessia de
pedestres e/ou veículos, levantamento da pavimentação necessária, escavação de
vala em solo de qualquer natureza, exceto rocha, disposição ao lado da vala sobre
encerado, escoramento para profundidade superior a 1,25m, esgotamento,
substituição da tomada de água, troca da ligação de água conforme NTS 164 e
conexão a rede e a Unidade de Medição de Água ou cavalete, envoltório de areia,
teste de estanqueidade, troca dos lacres, cadastro de ligação, troca de solo,
reaterro compactado a 95% PN, reposição do pavimento nos moldes originais,
carga, transporte e descarga de material excedente em local apropriado e limpeza
do local. Estão inclusos no preço todos os custos diretos e indiretos bem como
LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por unidade de troca preventiva de ligação de água executada.

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada, exceto material hidráulico.
2. O levantamento e a reposição de pavimentos, se necessário, será pago pelo
serviço específico.
3. Em toda troca de ligação de água a tomada d'água deverá ser,
obrigatoriamente, substituída, aproveitando o furo da ligação existente.

Impressão: 08/09/2011 11:33:58 536103 / 53


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
TROCA CORRETIVA_PREVENTIVA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - TIPO A (SFMH)
Pag. 169 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536104 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA PREVENTIVA - TO TIPO A UN


(SFMH)

Especificação complementar: Troca preventiva de ligação de água em rede localizada no


leito da via, no terço oposto ao cliente; serviço executado com equipe padrão para execução
de serviços de manutenção operacional em sistema de água "TIPO A" composta no mínimo
de: dois operários, veículo utilitário tipo picape capacidade 1,0 T e potência de 120 à 135
CV, compactador de solo a percussão tipo sapo, PALM TOP/PDA, rádio portátil, bomba para
teste hidrostático e unidade de força hidráulica com martelo rompedor com capacidade
miníma de 18 CV. Sem fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca preventiva de ligação de água em tubo PEAD até
32mm de acordo com as especificações técnicas da SABESP, fornecimento carga e
transporte de solo e carga e transporte de entulho. Envolvendo mobilização e
deslocamento de equipe e equipamentos, pesquisa de interferências, locação da
rede, sinalização local conforme norma vigente, passadiço para travessia de
pedestres e/ou veículos, levantamento da pavimentação necessária, escavação de
vala em solo de qualquer natureza, exceto rocha, disposição ao lado da vala sobre
encerado, escoramento para profundidade superior a 1,25m, esgotamento,
substituição da tomada de água, troca da ligação de água conforme NTS 164 e
conexão a rede e a Unidade de Medição de Água ou cavalete, envoltório de areia,
teste de estanqueidade, troca dos lacres, cadastro de ligação, troca de solo,
reaterro compactado a 95% PN, reposição do pavimento nos moldes originais,
carga, transporte e descarga de material excedente em local apropriado e limpeza
do local. Estão inclusos no preço todos os custos diretos e indiretos bem como
LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por unidade de troca preventiva de ligação de água executada.

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada, exceto material hidráulico.
2. O levantamento e a reposição de pavimentos, se necessário, será pago pelo
serviço específico.
3. Em toda troca de ligação de água a tomada d'água deverá ser,
obrigatoriamente, substituída, aproveitando o furo da ligação existente.

Impressão: 08/09/2011 11:33:59 536104 / 53


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
TROCA CORRETIVA_PREVENTIVA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - TIPO A (SFMH)
Pag. 170 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536105 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA PREVENTIVA - PO TIPO A UN


(SFMH)

Especificação complementar: Troca preventiva de ligação de água em rede localizada no


passeio oposto ao cliente; serviço executado com equipe padrão para execução de serviços
de manutenção operacional em sistema de água "TIPO A" composta no mínimo de: dois
operários, veículo utilitário tipo picape capacidade 1,0 T e potência de 120 à 135 CV,
compactador de solo a percussão tipo sapo, PALM TOP/PDA, rádio portátil, bomba para teste
hidrostático e unidade de força hidráulica com martelo rompedor com capacidade miníma de
18 CV. Sem fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca preventiva de ligação de água em tubo PEAD até
32mm de acordo com as especificações técnicas da SABESP, fornecimento carga e
transporte de solo e carga e transporte de entulho. Envolvendo mobilização e
deslocamento de equipe e equipamentos, pesquisa de interferências, locação da
rede, sinalização local conforme norma vigente, passadiço para travessia de
pedestres e/ou veículos, levantamento da pavimentação necessária, escavação de
vala em solo de qualquer natureza, exceto rocha, disposição ao lado da vala sobre
encerado, escoramento para profundidade superior a 1,25m, esgotamento,
substituição da tomada de água, troca da ligação de água conforme NTS 164 e
conexão a rede e a Unidade de Medição de Água ou cavalete, envoltório de areia,
teste de estanqueidade, troca dos lacres, cadastro de ligação, troca de solo,
reaterro compactado a 95% PN, reposição do pavimento nos moldes originais,
carga, transporte e descarga de material excedente em local apropriado e limpeza
do local. Estão inclusos no preço todos os custos diretos e indiretos bem como
LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por unidade de troca preventiva de ligação de água executada.

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada, exceto material hidráulico.
2. O levantamento e a reposição de pavimentos, se necessário, será pago pelo
serviço específico.
3. Em toda troca de ligação de água a tomada d'água deverá ser,
obrigatoriamente, substituída, aproveitando o furo da ligação existente.

Impressão: 08/09/2011 11:33:59 536105 / 53


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
TROCA CORRETIVA_PREVENTIVA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA - TIPO A (SFMH)
Pag. 171 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536141 TROCA PREVENTIVA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA MND (SFMH) UN

Especificação complementar: Troca preventiva de ligação de água MND. Sem fornecimento


de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca corretiva ou preventiva de ligação de água através


de método não-destrutivo em tubo PEAD até 32mm de acordo com as
especificações técnicas da SABESP, serviço adicional de pesquisa de vazamentos,
serviço adicional de sondagem. Envolvendo mobilização e deslocamento de equipe
e equipamentos, utilização da técnica de geofonamento eletrônico, locação da
rede, pesquisa de interferências, sinalização local conforme norma vigente,
passadiço para travessia de pedestres e/ou veículos, levantamento da
pavimentação necessária, escavação de vala em solo de qualquer natureza,
exceto rocha, disposição ao lado da vala sobre encerado, escoramento para
profundidade superior a 1,25m, esgotamento, substituição da tomada de água,
troca da ligação de água conforme NTS 164 e conexão a rede e a Unidade de
Medição de Água ou cavalete, envoltório de areia, teste de estanqueidade, troca
dos lacres, cadastro de ligação, reaterro compactado a 95% PN, reposição do
pavimento nos moldes originais, carga, transporte e descarga de material
excedente em local apropriado e limpeza do local.
Estão inclusos no preço todos os custos diretos e indiretos bem como LSB - Leis
Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por unidade de troca corretiva ou preventiva de ligação de água executada pelo
método não-destrutivo.

NOTA(S): 1. Todo o material será fornecido pela contratada, exceto material hidráulico.
2. O levantamento e a reposição de pavimentos, se necessário, será pago pelo
serviço específico.

Impressão: 20/09/2011 18:29:10 536141 / 54


Versão 1.1 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
LIGAÇÃO DE ÁGUA MND (SFMH)
Pag. 172 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536254 TROCA DE HIDRÔMETRO ATÉ 5,0M³/H PREVENTIVA - TIPO UN


D (SFMH)

Especificação complementar: Troca preventiva de hidrômetro de capacidade de até 5,0


m³/H; serviço executado com equipe padrão para execução de serviços de manutenção
operacional em sistema de água "TIPO D" composta no mínimo de: um operário, veículo
utilitário tipo picape potência de 85 à 95 CV , PALM TOP/PDA e rádio portátil. Sem
fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca preventiva de hidrômetro de acordo com as


especificações técnicas da SABESP. Envolvendo mobilização e deslocamento de
equipe e equipamentos, retirada do hidrômetro, instalação e lacração do
hidrômetro, eventuais reapertos de conexões com a finalidade de garantir a
estanqueidade, limpeza do local, carga, transporte, descarga dos hidrômetros
entre os almoxarifados (SABESP e /ou Contratada) e os locais de serviços
prestados. Estão inclusos no preço às visitas vazias, todos os custos diretos e
indiretos, LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por troca preventiva de hidrômetro efetuada.

NOTA(S): Todo o material será fornecido pela contratada, exceto lacre, hidrômetro e
material hidráulico.

Impressão: 08/09/2011 11:34:11 536254 / 61


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
SERVIÇOS EM HIDROMETROS - TIPO D (SFMH)
Pag. 173 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536273 TROCA DE HIDRÔMETRO ACIMA DE 5,0M³/H ATÉ 10M³/H UN


PREVENTIVA - TIPO C (SFMH)

Especificação complementar: Troca preventiva de hidrômetro de capacidade acima de 5,0


m³/H até 10,0m³/H; serviço executado com equipe padrão para execução de serviços de
manutenção operacional em sistema de água "TIPO C" composta no mínimo de: dois
operários, veículo utilitário tipo picape potência de 85 à 95 CV, bomba para teste
hidrostático , PALM TOP/PDA e rádio portátil. Sem fornecimento de material hidráulico
(SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca preventiva de hidrômetro de acordo com as


especificações técnicas da SABESP. Envolvendo mobilização e deslocamento de
equipe e equipamentos, retirada do hidrômetro, instalação e lacração do
hidrômetro, eventuais reapertos de conexões com a finalidade de garantir a
estanqueidade, limpeza do local, carga, transporte, descarga dos hidrômetros
entre os almoxarifados (SABESP e /ou Contratada) e os locais de serviços
prestados. Estão inclusos no preço às visitas vazias, todos os custos diretos e
indiretos, LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por troca preventiva de hidrômetro efetuada.

NOTA(S): Todo o material será fornecido pela contratada, exceto lacre, hidrômetro e
material hidráulico.

Impressão: 08/09/2011 11:34:13 536273 / 61


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
SERVIÇOS EM HIDROMETROS - TIPO C (SFMH)
Pag. 174 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536274 TROCA DE HIDRÔMETRO ACIMA DE 5,0M³/H ATÉ 10M³/H UN


PREVENTIVA - TIPO D (SFMH)

Especificação complementar: Troca preventiva de hidrômetro de capacidade acima de 5,0


m³/H até 10,0m³/H; serviço executado com equipe padrão para execução de serviços de
manutenção operacional em sistema de água "TIPO D" composta no mínimo de: um
operário, veículo utilitário tipo picape potência de 85 à 95 CV , PALM TOP/PDA e rádio
portátil. Sem fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca preventiva de hidrômetro de acordo com as


especificações técnicas da SABESP. Envolvendo mobilização e deslocamento de
equipe e equipamentos, retirada do hidrômetro, instalação e lacração do
hidrômetro, eventuais reapertos de conexões com a finalidade de garantir a
estanqueidade, limpeza do local, carga, transporte, descarga dos hidrômetros
entre os almoxarifados (SABESP e /ou Contratada) e os locais de serviços
prestados. Estão inclusos no preço às visitas vazias, todos os custos diretos e
indiretos, LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por troca preventiva de hidrômetro efetuada.

NOTA(S): Todo o material será fornecido pela contratada, exceto lacre, hidrômetro e
material hidráulico.

Impressão: 08/09/2011 11:34:14 536274 / 61


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
SERVIÇOS EM HIDROMETROS - TIPO D (SFMH)
Pag. 175 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536631 TROCA DE CAVALETE - TIPO A (SFMH) UN

Especificação complementar: Troca de cavalete; serviço executado com equipe padrão para
execução de serviços de manutenção operacional em sistema de água "TIPO A" composta no
mínimo de: dois operários, veículo utilitário tipo picape capacidade 1,0 T e potência de 120
à 135 CV, compactador de solo a percussão tipo sapo, PALM TOP/PDA, rádio portátil, bomba
para teste hidrostático e unidade de força hidráulica com martelo rompedor com capacidade
miníma de 18 CV. Sem fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução do serviço de troca do cavalete domiciliar ou unidade de medição de


acordo com as especificações técnicas da SABESP. Envolvendo mobilização e
deslocamento de equipe e equipamentos, levantamento do piso existente,
escavação, retirada do hidrômetro, retirada do cavalete, montagem e instalação
do novo cavalete dentro dos padrões SABESP, qualquer que seja o seu material,
conexão do cavalete aos ramais externo e interno, reinstalação de hidrômetro,
teste de estanqueidade, envoltório de areia, reaterro compactado manualmente
com material isento de corpos estranhos, execução de contra piso de concreto,
carga, transporte e descarga de material excedente em local apropriado, lacração
do hidrômetro e limpeza do local. Estão inclusos no preço às visitas vazias, todos
os custos diretos e indiretos, bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI -
Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por unidade de troca de cavalete executada.

NOTA(S): Todo o material será fornecido pela contratada, exceto lacre, hidrômetro e
material hidráulico.

Impressão: 08/09/2011 11:34:37 536631 / 59


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
SERVIÇOS EM CAVALETES - TIPO A (SFMH)
Pag. 176 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536654 ADICIONAL PARA TROCA DE CAVALETE DOMICILIAR - TIPO UN


D (SFMH)

Especificação complementar: Serviço adicional para troca de cavalete domiciliar; serviço


executado com equipe padrão para execução de serviços de manutenção operacional em
sistema de água "TIPO D" composta no mínimo de: um operário, veículo utilitário tipo picape
potência de 85 à 95 CV , PALM TOP/PDA e rádio portátil. Sem fornecimento de material
hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de serviço adicional de troca do cavalete domiciliar de acordo com as


especificações técnicas da SABESP. Envolvendo: Escavação, disposição ao lado da
vala sobre encerado, retirada do hidrômetro, retirada do cavalete, montagem e
instalação do novo cavalete dentro dos padrões SABESP, qualquer que seja o seu
material, conexão do cavalete aos ramais externo e interno, reinstalação de
hidrômetro, teste de estanqueidade, envoltório de areia, fixação através de
argamassa, reaterro compactado manualmente com material isento de corpos
estranhos, carga, transporte e descarga de material excedente em local
apropriado, lacração do hidrômetro e limpeza do local. Estão inclusos no preço
todos os custos diretos e indiretos, bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e
LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Por troca de cavalete executada, em unidade.

NOTA(S): Todo o material será fornecido pela contratada, exceto, lacre, hidrômetro,
cavalete e material hidráulico.

Impressão: 03/10/2011 14:04:04 536654 / 82


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
SERVIÇOS EM CAVALETES - TIPO D (SFMH)
Pag. 177 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536661 ADICIONAL PARA TROCA DE TUBETE - (SFMH) UN

Especificação complementar: Serviço executado com equipe padrão para execução de


serviços de manutenção operacional em sistema de água "TIPO D" composta no mínimo de:
um operário, veículo utilitário tipo picape potência de 85 à 95 CV , PALM TOP/PDA e rádio
portátil. Sem fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Serviço de substituição de tubete curto por tubete longo em cavalete envolvendo
carga, transporte e descarga em depósito da SABESP do tubete retirado. Estão
incluídos no preço todos os custos diretos e indiretos, bem como: mão de obra,
LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Será por troca adicionada, em un.

NOTA(S): Todos os materiais serão fornecidos pela Contratada.

Impressão: 08/09/2011 11:34:43 536661 / 9


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
SERVIÇOS GERAIS (SFMH)
Pag. 178 de 201
REGULAMENTAÇÃO DE PREÇOS E

CRITÉRIO DE MEDIÇÃO

DIRETORIA DE SISTEMAS REGIONAIS

GRUPO 530000 SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OPERACIONAL

Nº DO PREÇO ESPECIFICAÇÃO UNIDADE

536663 ADEQUAÇÃO DE CAVALETE P/ INSTALAÇÃO DE UN


HIDRÔMETROS C/ CAPAC. ATÉ 3,0 M3/H - (SFMH)

Especificação complementar: Adequação de cavalete para a instalação de hidrômetros com


capacidade de: 10m³/h ou 30m³/h ou 300m³/h; serviço executado com equipe padrão para
execução de serviços de manutenção operacional em sistema de água "TIPO D" composta no
mínimo de: um operário, veículo utilitário tipo picape potência de 85 à 95 CV , PALM
TOP/PDA e rádio portátil. Sem fornecimento de material hidráulico (SFMH).

REGULAMENTAÇÃO

COMPREENDE: Execução de serviços de adequação de cavalete para utilização de hidrômetro de


capac. até 3, 0 m3/h, envolvendo: Mobilização e deslocamento de equipe e
equipamentos, levantamento de piso, retirada do hidrômetro existente,
desmontagem com a troca das peças, conexões e registro necessários,
remontagem e instalação do novo cavalete e hidrômetro, reaterro, execução de
contra piso, limpeza do local e envio do material de sobra ao almoxarifado da
SABESP indicado pela Fiscalização. Estão incluídos no preço todos os custos
diretos e indiretos bem como LSB - Leis Sociais e Benefícios e LDI - Lucro e
Despesas Indiretas.

MEDIÇÃO: Será por adequação efetuada, em un.

NOTA(S): Todas as peças substituídas deverão ser devolvidas à SABESP.

Impressão: 08/09/2011 11:34:44 536663 / 7


Versão 1.0 JUN/2011 Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente
SERVIÇOS GERAIS (SFMH)
Pag. 179 de 201
Folha: 1 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

RESUMO GERAL DO ORÇAMENTO


Item Descrição Total
01000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS 2.508.028,74
PARA O MUNIC. DE PINDAMONHANGABA

02000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS 512.997,78


PARA O MUNICÍ. DE C.PAULISTA

03000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS 753.356,95


PARA O MUNICÍ. DE C. JORDÃO

04000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS 1.220.829,96


PARA O MUNICÍ. DE LORENA

Total da Planilha 4.995.213,43

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 180 de 201


Folha: 2 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

RESUMO DO ORÇAMENTO POR FRENTES


Item Descrição Total

01000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS PARA


O MUNIC. DE PINDAMONHANGABA

01010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA 98.754,98

01020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A 2.134.414,28

01030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO 274.859,48

Total da Frente 2.508.028,74

02000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS PARA


O MUNICÍ. DE C.PAULISTA

02010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA 20.749,22

02020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A 424.948,97

02030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO 67.299,59

Total da Frente 512.997,78

03000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS PARA


O MUNICÍ. DE C. JORDÃO

03010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA 35.437,45

03020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A 622.588,84

03030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO 95.330,66

Total da Frente 753.356,95

04000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS PARA


O MUNICÍ. DE LORENA

04010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA 51.791,68

04020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A 996.758,31

04030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO 172.279,97

Total da Frente 1.220.829,96

Total da Planilha 4.995.213,43

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 181 de 201


Folha: 3 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
01000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E
HIDRÔMETROS PARA O MUNIC. DE PINDAMONHANGABA

01010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

01010100 CANTEIRO DE OBRAS

01010101 IMPLANTAÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 501210 GB 1,00 10.221,38 10.221,38

01010102 MANUTENÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 502001 MES 12,00 7.377,80 88.533,60

Total do Grupo 98.754,98

01020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A

01020100 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA CORRETIVA SFMH

01020101 AS TROCA LIG(A) PA 536001 un 77,00 244,24 18.806,48

01020102 AS TROCA LIG(A) TA 536002 un 81,00 266,24 21.565,44

01020103 AS TROCA LIG(A) EIXO 536003 un 33,00 318,80 10.520,40

01020104 AS TROCA LIG(A) TO 536004 un 21,00 359,62 7.552,02

01020105 AS TROCA LIG(A) PO 536005 un 12,00 406,43 4.877,16

01020200 TROCA LIG. DE ÁGUA CORRETIVA SFMH- MND

01020201 TROCA LIGAÇÃO ÁGUA MND SFMH 536041 un 334,00 525,09 175.380,06

01020300 TROCA DE LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH

01020301 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PA 536101 un 166,00 153,40 25.464,40

01020302 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TA 536102 un 133,00 175,08 23.285,64

01020303 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA EIXO 536103 un 98,00 224,27 21.978,46

01020304 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TO 536104 un 44,00 262,91 11.568,04

01020305 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PO 536105 un 12,00 309,22 3.710,64

01020400 TROCA LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH- MND

01020401 TROCA PREVENTIVA LIG(A) MND SFMH 536141 un 2.680,00 330,79 886.517,20

01020500 LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO

01020501 LEVANTAM.SARJETAS(B) 70090019 M3 1,20 95,12 114,14

01020502 LEVANTAM.GUIAS(B) 70090020 M 5,60 18,33 102,65

01020503 ASSENTAM.GUIAS(B) 70090074 M 5,60 9,65 54,04

01020504 FORNEC.GUIAS 70090062 M 2,00 28,16 56,32

01020505 CONSTRUCAO SARJETAS(B) 70090075 M3 1,20 579,94 695,93

01020506 LRP PASSEIO CIMENTADO 532401 M2 3.779,00 82,07 310.142,53

01020507 LRP PASSEIO ESPECIAL 532402 M2 181,00 162,52 29.416,12

01020508 LRP ESPECIAL 532405 M2 134,00 54,53 7.307,02

01020509 LEVANTAMENTO ESPECIAL 532435 M2 33,00 10,53 347,49

01020510 LEVANTAMENTO ASFÁLTICO 532436 M2 6,00 20,31 121,86

01020511 LEVANTAMENTO PARALELO 532437 M2 33,00 10,53 347,49

01020512 REPOSIÇÃO BASE BGS 532441 M2 66,00 27,97 1.846,02

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 182 de 201


Folha: 4 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
01020513 REPOSIÇÃO PASSEIO CIMENTADO 532451 M2 1.147,00 67,43 77.342,21

01020514 REPOSIÇÃO PASSEIO ESPECIAL 532452 M2 176,00 145,27 25.567,52

01020515 REPOSIÇÃO ESPECIAL (SEM BASE) 532455 M2 236,00 16,03 3.783,08

01020516 REPOSIÇÃO ASFÁLTICO (SEM BASE) 532456 M2 22,00 71,40 1.570,80

01020517 REPOSIÇÃO PARALELO (SEM BASE) 532459 M2 12,00 19,08 228,96

01020518 LRP PARALELO 532409 M2 33,00 57,59 1.900,47

01020519 LRP ASFALTO 501277 GB 1,00 440.693,76 440.693,76

01020600 SERVIÇOS DE APOIO TROCA DE RAMAIS

01020601 ATERRO VL/PC/CV, C/AREIA(B) 70030027 M3 210,00 74,24 15.590,40

01020602 TRANSPORTE MATERIAL ESCAVADO - SOLO(B) 70030097 M3Q 2.660,00 1,86 4.947,60

01020603 CARGA E DESCARGA - SOLO(B) 70030096 M3 267,00 3,79 1.011,93

Total do Grupo 2.134.414,28

01030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO

01030100 TROCA DE DE HIDRÔMETRO PREVENTIVA - SFMH

01030101 DS TROCA PREVENT HIDRÔMETRO ATÉ 5,0M3H 536254 un 11.600,00 20,68 239.888,00

01030102 DS TROCA HIDRO (5 <Q>= 10) M3/H PREVENT 536274 un 6,00 25,15 150,90

01030200 SERVIÇOS COMPLEMENTARES A TROCA DE HIDRÔMETRO

01030201 DS ADICIONAL TROCA CAVALETE DOMIC 536654 un 321,00 20,90 6.708,90

01030202 ADICIONAL TROCA TUBETE SFMH 536661 un 980,00 0,49 480,20

01030203 S ADEQUAÇÃO CAVALETE HIDRO Q 3,0 M3/H 536663 un 44,00 60,99 2.683,56

01030204 AS TROCA CAVALETE 536631 un 218,00 114,44 24.947,92

Total do Grupo 274.859,48

Total da Frente 2.508.028,74

02000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E


HIDRÔMETROS PARA O MUNICÍ. DE C.PAULISTA

02010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

02010100 CANTEIRO DE OBRAS

02010101 IMPLANTAÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 501211 GB 1,00 2.148,26 2.148,26

02010102 MANUTENÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 502002 MES 12,00 1.550,08 18.600,96

Total do Grupo 20.749,22

02020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A

02020100 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA CORRETIVA SFMH

02020101 AS TROCA LIG(A) PA 536001 un 22,00 244,24 5.373,28

02020102 AS TROCA LIG(A) TA 536002 un 52,00 266,24 13.844,48

02020103 AS TROCA LIG(A) EIXO 536003 un 10,00 318,80 3.188,00

02020104 AS TROCA LIG(A) TO 536004 un 5,00 359,62 1.798,10

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 183 de 201


Folha: 5 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
02020105 AS TROCA LIG(A) PO 536005 un 5,00 406,43 2.032,15

02020200 TROCA LIG. DE ÁGUA CORRETIVA SFMH- MND

02020201 TROCA LIGAÇÃO ÁGUA MND SFMH 536041 un 32,00 525,09 16.802,88

02020300 TROCA DE LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH

02020301 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PA 536101 un 16,00 153,40 2.454,40

02020302 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TA 536102 un 33,00 175,08 5.777,64

02020303 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA EIXO 536103 un 18,00 224,27 4.036,86

02020304 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TO 536104 un 12,00 262,91 3.154,92

02020305 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PO 536105 un 12,00 309,22 3.710,64

02020400 TROCA LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH- MND

02020401 TROCA PREVENTIVA LIG(A) MND SFMH 536141 un 550,00 330,79 181.934,50

02020500 LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO

02020501 LEVANTAM.SARJETAS(B) 70090019 M3 1,00 95,12 95,12

02020502 CONSTRUCAO SARJETAS(B) 70090075 M3 1,00 579,94 579,94

02020503 LEVANTAM.GUIAS(B) 70090020 M 3,00 18,33 54,99

02020504 ASSENTAM.GUIAS(B) 70090074 M 3,00 9,65 28,95

02020505 FORNEC.GUIAS 70090062 M 1,00 28,16 28,16

02020506 LRP PASSEIO CIMENTADO 532401 M2 323,00 82,07 26.508,61

02020507 LRP PASSEIO ESPECIAL 532402 M2 34,00 162,52 5.525,68

02020508 LRP ESPECIAL 532405 M2 143,00 54,53 7.797,79

02020509 LEVANTAMENTO ESPECIAL 532435 M2 33,00 10,53 347,49

02020510 LEVANTAMENTO ASFÁLTICO 532436 M2 432,00 20,31 8.773,92

02020511 LEVANTAMENTO PARALELO 532437 M2 44,00 10,53 463,32

02020512 REPOSIÇÃO BASE BGS 532441 M2 6,00 27,97 167,82

02020513 REPOSIÇÃO PASSEIO CIMENTADO 532451 M2 122,00 67,43 8.226,46

02020514 REPOSIÇÃO PASSEIO ESPECIAL 532452 M2 8,00 145,27 1.162,16

02020515 REPOSIÇÃO ESPECIAL (SEM BASE) 532455 M2 33,00 16,03 528,99

02020516 REPOSIÇÃO ASFÁLTICO (SEM BASE) 532456 M2 12,00 71,40 856,80

02020517 REPOSIÇÃO PARALELO (SEM BASE) 532459 M2 432,00 19,08 8.242,56

02020518 LRP PARALELO 532409 M2 266,00 57,59 15.318,94

02020519 LRP ASFALTO 501278 GB 1,00 92.205,76 92.205,76

02020600 SERVIÇOS DE APOIO TROCA DE RAMAIS

02020601 ATERRO VL/PC/CV, C/AREIA(B) 70030027 M3 33,00 74,24 2.449,92

02020602 TRANSPORTE MATERIAL ESCAVADO - SOLO(B) 70030097 M3Q 660,00 1,86 1.227,60

02020603 CARGA E DESCARGA - SOLO(B) 70030096 M3 66,00 3,79 250,14

Total do Grupo 424.948,97

02030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 184 de 201


Folha: 6 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
02030100 TROCA DE DE HIDRÔMETRO PREVENTIVA - SFMH

02030101 DS TROCA PREVENT HIDRÔMETRO ATÉ 5,0M3H 536254 un 2.960,00 20,68 61.212,80

02030102 CS TROCA HIDRO (5 <Q>= 10) M3/H PREVENT 536273 un 2,00 41,11 82,22

02030103 DS TROCA HIDRO (5 <Q>= 10) M3/H PREVENT 536274 un 10,00 25,15 251,50

02030200 SERVIÇOS COMPLEMENTARES A TROCA DE HIDRÔMETRO

02030201 DS ADICIONAL TROCA CAVALETE DOMIC 536654 un 33,00 20,90 689,70

02030202 ADICIONAL TROCA TUBETE SFMH 536661 un 11,00 0,49 5,39

02030203 S ADEQUAÇÃO CAVALETE HIDRO Q 3,0 M3/H 536663 un 6,00 60,99 365,94

02030204 AS TROCA CAVALETE 536631 un 41,00 114,44 4.692,04

Total do Grupo 67.299,59

Total da Frente 512.997,78

03000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E


HIDRÔMETROS PARA O MUNICÍ. DE C. JORDÃO

03010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

03010100 CANTEIRO DE OBRAS

03010101 IMPLANTAÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 501212 GB 1,00 3.667,45 3.667,45

03010102 MANUTENÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 502003 MES 12,00 2.647,50 31.770,00

Total do Grupo 35.437,45

03020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A

03020100 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA CORRETIVA SFMH

03020101 AS TROCA LIG(A) PA 536001 un 17,00 244,24 4.152,08

03020102 AS TROCA LIG(A) TA 536002 un 33,00 266,24 8.785,92

03020103 AS TROCA LIG(A) EIXO 536003 un 22,00 318,80 7.013,60

03020104 AS TROCA LIG(A) TO 536004 un 15,00 359,62 5.394,30

03020105 AS TROCA LIG(A) PO 536005 un 12,00 406,43 4.877,16

03020200 TROCA LIG. DE ÁGUA CORRETIVA SFMH- MND

03020201 TROCA LIGAÇÃO ÁGUA MND SFMH 536041 un 212,00 525,09 111.319,08

03020300 TROCA DE LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH

03020301 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PA 536101 un 62,00 153,40 9.510,80

03020302 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TA 536102 un 88,00 175,08 15.407,04

03020303 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA EIXO 536103 un 47,00 224,27 10.540,69

03020304 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TO 536104 un 12,00 262,91 3.154,92

03020305 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PO 536105 un 11,00 309,22 3.401,42

03020400 TROCA LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH- MND

03020401 TROCA PREVENTIVA LIG(A) MND SFMH 536141 un 582,00 330,79 192.519,78

03020500 LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 185 de 201


Folha: 7 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
03020501 LEVANTAM.SARJETAS(B) 70090019 M3 0,60 95,12 57,07

03020502 CONSTRUCAO SARJETAS(B) 70090075 M3 0,60 579,94 347,96

03020503 LEVANTAM.GUIAS(B) 70090020 M 2,00 18,33 36,66

03020504 ASSENTAM.GUIAS(B) 70090074 M 2,00 9,65 19,30

03020505 FORNEC.GUIAS 70090062 M 1,00 28,16 28,16

03020506 LRP PASSEIO CIMENTADO 532401 M2 1.340,00 82,07 109.973,80

03020507 LRP PASSEIO ESPECIAL 532402 M2 33,00 162,52 5.363,16

03020508 LRP ESPECIAL 532405 M2 22,00 54,53 1.199,66

03020509 LEVANTAMENTO ESPECIAL 532435 M2 8,00 10,53 84,24

03020510 LEVANTAMENTO ASFÁLTICO 532436 M2 12,00 20,31 243,72

03020511 LEVANTAMENTO PARALELO 532437 M2 6,00 10,53 63,18

03020512 REPOSIÇÃO BASE BGS 532441 M2 22,00 27,97 615,34

03020513 REPOSIÇÃO PASSEIO CIMENTADO 532451 M2 12,00 67,43 809,16

03020514 REPOSIÇÃO ESPECIAL (SEM BASE) 532455 M2 4,00 16,03 64,12

03020515 REPOSIÇÃO ASFÁLTICO (SEM BASE) 532456 M2 6,00 71,40 428,40

03020516 REPOSIÇÃO PARALELO (SEM BASE) 532459 M2 6,00 19,08 114,48

03020517 LRP PARALELO 532409 M2 12,00 57,59 691,08

03020518 LRP ASFALTO 501279 GB 1,00 121.235,84 121.235,84

03020600 SERVIÇOS DE APOIO TROCA DE RAMAIS

03020601 ATERRO VL/PC/CV, C/AREIA(B) 70030027 M3 33,00 74,24 2.449,92

03020602 TRANSPORTE MATERIAL ESCAVADO - SOLO(B) 70030097 M3Q 1.200,00 1,86 2.232,00

03020603 CARGA E DESCARGA - SOLO(B) 70030096 M3 120,00 3,79 454,80

Total do Grupo 622.588,84

03030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO

03030100 TROCA DE DE HIDRÔMETRO PREVENTIVA - SFMH

03030101 DS TROCA PREVENT HIDRÔMETRO ATÉ 5,0M3H 536254 un 4.230,00 20,68 87.476,40

03030102 DS TROCA HIDRO (5 <Q>= 10) M3/H PREVENT 536274 un 30,00 25,15 754,50

03030200 SERVIÇOS COMPLEMENTARES A TROCA DE HIDRÔMETRO

03030201 DS ADICIONAL TROCA CAVALETE DOMIC 536654 un 27,00 20,90 564,30

03030202 ADICIONAL TROCA TUBETE SFMH 536661 un 200,00 0,49 98,00

03030203 S ADEQUAÇÃO CAVALETE HIDRO Q 3,0 M3/H 536663 un 38,00 60,99 2.317,62

03030204 AS TROCA CAVALETE 536631 un 36,00 114,44 4.119,84

Total do Grupo 95.330,66

Total da Frente 753.356,95

04000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E


HIDRÔMETROS PARA O MUNICÍ. DE LORENA

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 186 de 201


Folha: 8 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
04010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

04010100 CANTEIRO DE OBRAS

04010101 IMPLANTAÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 501213 GB 1,00 5.359,96 5.359,96

04010102 MANUTENÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 502004 MES 12,00 3.869,31 46.431,72

Total do Grupo 51.791,68

04020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A

04020100 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA CORRETIVA SFMH

04020101 AS TROCA LIG(A) PA 536001 un 44,00 244,24 10.746,56

04020102 AS TROCA LIG(A) TA 536002 un 52,00 266,24 13.844,48

04020103 AS TROCA LIG(A) EIXO 536003 un 22,00 318,80 7.013,60

04020104 AS TROCA LIG(A) TO 536004 un 15,00 359,62 5.394,30

04020105 AS TROCA LIG(A) PO 536005 un 10,00 406,43 4.064,30

04020200 TROCA LIG. DE ÁGUA CORRETIVA SFMH- MND

04020201 TROCA LIGAÇÃO ÁGUA MND SFMH 536041 un 166,00 525,09 87.164,94

04020300 TROCA DE LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH

04020301 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PA 536101 un 112,00 153,40 17.180,80

04020302 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TA 536102 un 79,00 175,08 13.831,32

04020303 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA EIXO 536103 un 35,00 224,27 7.849,45

04020304 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TO 536104 un 22,00 262,91 5.784,02

04020305 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PO 536105 un 18,00 309,22 5.565,96

04020400 TROCA LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH- MND

04020401 TROCA PREVENTIVA LIG(A) MND SFMH 536141 un 1.400,00 330,79 463.106,00

04020500 LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO

04020501 LEVANTAM.SARJETAS(B) 70090019 M3 1,00 95,12 95,12

04020502 LEVANTAM.GUIAS(B) 70090020 M 2,00 18,33 36,66

04020503 ASSENTAM.GUIAS(B) 70090074 M 2,00 9,65 19,30

04020504 CONSTRUCAO SARJETAS(B) 70090075 M3 1,00 579,94 579,94

04020505 FORNEC.GUIAS 70090062 M 1,00 28,16 28,16

04020506 LRP PASSEIO CIMENTADO 532401 M2 1.114,00 82,07 91.425,98

04020507 LRP PASSEIO ESPECIAL 532402 M2 44,00 162,52 7.150,88

04020508 LRP ESPECIAL 532405 M2 5,00 54,53 272,65

04020509 LEVANTAMENTO ESPECIAL 532435 M2 5,00 10,53 52,65

04020510 LEVANTAMENTO ASFÁLTICO 532436 M2 88,00 20,31 1.787,28

04020511 LEVANTAMENTO PARALELO 532437 M2 33,00 10,53 347,49

04020512 REPOSIÇÃO BASE BGS 532441 M2 22,00 27,97 615,34

04020513 REPOSIÇÃO PASSEIO CIMENTADO 532451 M2 8,00 67,43 539,44

04020514 REPOSIÇÃO PASSEIO ESPECIAL 532452 M2 8,00 145,27 1.162,16

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 187 de 201


Folha: 9 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
04020515 REPOSIÇÃO ESPECIAL (SEM BASE) 532455 M2 6,00 16,03 96,18

04020516 REPOSIÇÃO ASFÁLTICO (SEM BASE) 532456 M2 44,00 71,40 3.141,60

04020517 REPOSIÇÃO PARALELO (SEM BASE) 532459 M2 33,00 19,08 629,64

04020518 LRP PARALELO 532409 M2 33,00 57,59 1.900,47

04020519 LRP ASFALTO 501280 GB 1,00 241.112,00 241.112,00

04020600 SERVIÇOS DE APOIO TROCA DE RAMAIS

04020601 ATERRO VL/PC/CV, C/AREIA(B) 70030027 M3 36,00 74,24 2.672,64

04020602 CARGA E DESCARGA - SOLO(B) 70030096 M3 76,00 3,79 288,04

04020603 TRANSPORTE MATERIAL ESCAVADO - SOLO(B) 70030097 M3Q 676,86 1,86 1.258,96

Total do Grupo 996.758,31

04030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO

04030100 TROCA DE DE HIDRÔMETRO PREVENTIVA - SFMH

04030101 DS TROCA PREVENT HIDRÔMETRO ATÉ 5,0M3H 536254 un 7.130,00 20,68 147.448,40

04030102 DS TROCA HIDRO (5 <Q>= 10) M3/H PREVENT 536274 un 6,00 25,15 150,90

04030200 SERVIÇOS COMPLEMENTARES A TROCA DE HIDRÔMETRO

04030201 DS ADICIONAL TROCA CAVALETE DOMIC 536654 un 88,00 20,90 1.839,20

04030202 ADICIONAL TROCA TUBETE SFMH 536661 un 565,00 0,49 276,85

04030203 S ADEQUAÇÃO CAVALETE HIDRO Q 3,0 M3/H 536663 un 66,00 60,99 4.025,34

04030204 AS TROCA CAVALETE 536631 un 162,00 114,44 18.539,28

Total do Grupo 172.279,97

Total da Frente 1.220.829,96

Total da Planilha 4.995.213,43

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 188 de 201


Folha: 1 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

RESUMO GERAL DO ORÇAMENTO


Item Descrição Total
01000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS
PARA O MUNIC. DE PINDAMONHANGABA

02000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS


PARA O MUNICÍ. DE C.PAULISTA

03000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS


PARA O MUNICÍ. DE C. JORDÃO

04000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS


PARA O MUNICÍ. DE LORENA

Total da Planilha

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 189 de 201


Folha: 2 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

RESUMO DO ORÇAMENTO POR FRENTES


Item Descrição Total

01000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS PARA


O MUNIC. DE PINDAMONHANGABA

01010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

01020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A

01030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO

Total da Frente

02000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS PARA


O MUNICÍ. DE C.PAULISTA

02010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

02020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A

02030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO

Total da Frente

03000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS PARA


O MUNICÍ. DE C. JORDÃO

03010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

03020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A

03030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO

Total da Frente

04000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E HIDRÔMETROS PARA


O MUNICÍ. DE LORENA

04010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

04020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A

04030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO

Total da Frente

Total da Planilha

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 190 de 201


Folha: 3 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
01000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E
HIDRÔMETROS PARA O MUNIC. DE PINDAMONHANGABA

01010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

01010100 CANTEIRO DE OBRAS

01010101 IMPLANTAÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 501210 GB 1,00

01010102 MANUTENÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 502001 MES 12,00

Total do Grupo
01020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A

01020100 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA CORRETIVA SFMH

01020101 AS TROCA LIG(A) PA 536001 un 77,00

01020102 AS TROCA LIG(A) TA 536002 un 81,00

01020103 AS TROCA LIG(A) EIXO 536003 un 33,00

01020104 AS TROCA LIG(A) TO 536004 un 21,00

01020105 AS TROCA LIG(A) PO 536005 un 12,00

01020200 TROCA LIG. DE ÁGUA CORRETIVA SFMH- MND

01020201 TROCA LIGAÇÃO ÁGUA MND SFMH 536041 un 334,00

01020300 TROCA DE LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH

01020301 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PA 536101 un 166,00

01020302 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TA 536102 un 133,00

01020303 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA EIXO 536103 un 98,00

01020304 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TO 536104 un 44,00

01020305 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PO 536105 un 12,00

01020400 TROCA LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH- MND

01020401 TROCA PREVENTIVA LIG(A) MND SFMH 536141 un 2.680,00

01020500 LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO

01020501 LEVANTAM.SARJETAS(B) 70090019 M3 1,20

01020502 LEVANTAM.GUIAS(B) 70090020 M 5,60

01020503 ASSENTAM.GUIAS(B) 70090074 M 5,60

01020504 FORNEC.GUIAS 70090062 M 2,00

01020505 CONSTRUCAO SARJETAS(B) 70090075 M3 1,20

01020506 LRP PASSEIO CIMENTADO 532401 M2 3.779,00

01020507 LRP PASSEIO ESPECIAL 532402 M2 181,00

01020508 LRP ESPECIAL 532405 M2 134,00

01020509 LEVANTAMENTO ESPECIAL 532435 M2 33,00

01020510 LEVANTAMENTO ASFÁLTICO 532436 M2 6,00

01020511 LEVANTAMENTO PARALELO 532437 M2 33,00

01020512 REPOSIÇÃO BASE BGS 532441 M2 66,00

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 191 de 201


Folha: 4 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
01020513 REPOSIÇÃO PASSEIO CIMENTADO 532451 M2 1.147,00

01020514 REPOSIÇÃO PASSEIO ESPECIAL 532452 M2 176,00

01020515 REPOSIÇÃO ESPECIAL (SEM BASE) 532455 M2 236,00

01020516 REPOSIÇÃO ASFÁLTICO (SEM BASE) 532456 M2 22,00

01020517 REPOSIÇÃO PARALELO (SEM BASE) 532459 M2 12,00

01020518 LRP PARALELO 532409 M2 33,00

01020519 LRP ASFALTO 501277 GB 1,00

01020600 SERVIÇOS DE APOIO TROCA DE RAMAIS

01020601 ATERRO VL/PC/CV, C/AREIA(B) 70030027 M3 210,00

01020602 TRANSPORTE MATERIAL ESCAVADO - SOLO(B) 70030097 M3Q 2.660,00

01020603 CARGA E DESCARGA - SOLO(B) 70030096 M3 267,00

Total do Grupo
01030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO

01030100 TROCA DE DE HIDRÔMETRO PREVENTIVA - SFMH

01030101 DS TROCA PREVENT HIDRÔMETRO ATÉ 5,0M3H 536254 un 11.600,00

01030102 DS TROCA HIDRO (5 <Q>= 10) M3/H PREVENT 536274 un 6,00

01030200 SERVIÇOS COMPLEMENTARES A TROCA DE HIDRÔMETRO

01030201 DS ADICIONAL TROCA CAVALETE DOMIC 536654 un 321,00

01030202 ADICIONAL TROCA TUBETE SFMH 536661 un 980,00

01030203 S ADEQUAÇÃO CAVALETE HIDRO Q 3,0 M3/H 536663 un 44,00

01030204 AS TROCA CAVALETE 536631 un 218,00

Total do Grupo

Total da Frente
02000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E
HIDRÔMETROS PARA O MUNICÍ. DE C.PAULISTA

02010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

02010100 CANTEIRO DE OBRAS

02010101 IMPLANTAÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 501211 GB 1,00

02010102 MANUTENÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 502002 MES 12,00

Total do Grupo
02020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A

02020100 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA CORRETIVA SFMH

02020101 AS TROCA LIG(A) PA 536001 un 22,00

02020102 AS TROCA LIG(A) TA 536002 un 52,00

02020103 AS TROCA LIG(A) EIXO 536003 un 10,00

02020104 AS TROCA LIG(A) TO 536004 un 5,00

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 192 de 201


Folha: 5 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
02020105 AS TROCA LIG(A) PO 536005 un 5,00

02020200 TROCA LIG. DE ÁGUA CORRETIVA SFMH- MND

02020201 TROCA LIGAÇÃO ÁGUA MND SFMH 536041 un 32,00

02020300 TROCA DE LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH

02020301 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PA 536101 un 16,00

02020302 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TA 536102 un 33,00

02020303 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA EIXO 536103 un 18,00

02020304 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TO 536104 un 12,00

02020305 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PO 536105 un 12,00

02020400 TROCA LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH- MND

02020401 TROCA PREVENTIVA LIG(A) MND SFMH 536141 un 550,00

02020500 LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO

02020501 LEVANTAM.SARJETAS(B) 70090019 M3 1,00

02020502 CONSTRUCAO SARJETAS(B) 70090075 M3 1,00

02020503 LEVANTAM.GUIAS(B) 70090020 M 3,00

02020504 ASSENTAM.GUIAS(B) 70090074 M 3,00

02020505 FORNEC.GUIAS 70090062 M 1,00

02020506 LRP PASSEIO CIMENTADO 532401 M2 323,00

02020507 LRP PASSEIO ESPECIAL 532402 M2 34,00

02020508 LRP ESPECIAL 532405 M2 143,00

02020509 LEVANTAMENTO ESPECIAL 532435 M2 33,00

02020510 LEVANTAMENTO ASFÁLTICO 532436 M2 432,00

02020511 LEVANTAMENTO PARALELO 532437 M2 44,00

02020512 REPOSIÇÃO BASE BGS 532441 M2 6,00

02020513 REPOSIÇÃO PASSEIO CIMENTADO 532451 M2 122,00

02020514 REPOSIÇÃO PASSEIO ESPECIAL 532452 M2 8,00

02020515 REPOSIÇÃO ESPECIAL (SEM BASE) 532455 M2 33,00

02020516 REPOSIÇÃO ASFÁLTICO (SEM BASE) 532456 M2 12,00

02020517 REPOSIÇÃO PARALELO (SEM BASE) 532459 M2 432,00

02020518 LRP PARALELO 532409 M2 266,00

02020519 LRP ASFALTO 501278 GB 1,00

02020600 SERVIÇOS DE APOIO TROCA DE RAMAIS

02020601 ATERRO VL/PC/CV, C/AREIA(B) 70030027 M3 33,00

02020602 TRANSPORTE MATERIAL ESCAVADO - SOLO(B) 70030097 M3Q 660,00

02020603 CARGA E DESCARGA - SOLO(B) 70030096 M3 66,00

Total do Grupo
02030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 193 de 201


Folha: 6 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
02030100 TROCA DE DE HIDRÔMETRO PREVENTIVA - SFMH

02030101 DS TROCA PREVENT HIDRÔMETRO ATÉ 5,0M3H 536254 un 2.960,00

02030102 CS TROCA HIDRO (5 <Q>= 10) M3/H PREVENT 536273 un 2,00

02030103 DS TROCA HIDRO (5 <Q>= 10) M3/H PREVENT 536274 un 10,00

02030200 SERVIÇOS COMPLEMENTARES A TROCA DE HIDRÔMETRO

02030201 DS ADICIONAL TROCA CAVALETE DOMIC 536654 un 33,00

02030202 ADICIONAL TROCA TUBETE SFMH 536661 un 11,00

02030203 S ADEQUAÇÃO CAVALETE HIDRO Q 3,0 M3/H 536663 un 6,00

02030204 AS TROCA CAVALETE 536631 un 41,00

Total do Grupo

Total da Frente
03000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E
HIDRÔMETROS PARA O MUNICÍ. DE C. JORDÃO

03010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

03010100 CANTEIRO DE OBRAS

03010101 IMPLANTAÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 501212 GB 1,00

03010102 MANUTENÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 502003 MES 12,00

Total do Grupo
03020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A

03020100 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA CORRETIVA SFMH

03020101 AS TROCA LIG(A) PA 536001 un 17,00

03020102 AS TROCA LIG(A) TA 536002 un 33,00

03020103 AS TROCA LIG(A) EIXO 536003 un 22,00

03020104 AS TROCA LIG(A) TO 536004 un 15,00

03020105 AS TROCA LIG(A) PO 536005 un 12,00

03020200 TROCA LIG. DE ÁGUA CORRETIVA SFMH- MND

03020201 TROCA LIGAÇÃO ÁGUA MND SFMH 536041 un 212,00

03020300 TROCA DE LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH

03020301 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PA 536101 un 62,00

03020302 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TA 536102 un 88,00

03020303 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA EIXO 536103 un 47,00

03020304 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TO 536104 un 12,00

03020305 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PO 536105 un 11,00

03020400 TROCA LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH- MND

03020401 TROCA PREVENTIVA LIG(A) MND SFMH 536141 un 582,00

03020500 LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 194 de 201


Folha: 7 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
03020501 LEVANTAM.SARJETAS(B) 70090019 M3 0,60

03020502 CONSTRUCAO SARJETAS(B) 70090075 M3 0,60

03020503 LEVANTAM.GUIAS(B) 70090020 M 2,00

03020504 ASSENTAM.GUIAS(B) 70090074 M 2,00

03020505 FORNEC.GUIAS 70090062 M 1,00

03020506 LRP PASSEIO CIMENTADO 532401 M2 1.340,00

03020507 LRP PASSEIO ESPECIAL 532402 M2 33,00

03020508 LRP ESPECIAL 532405 M2 22,00

03020509 LEVANTAMENTO ESPECIAL 532435 M2 8,00

03020510 LEVANTAMENTO ASFÁLTICO 532436 M2 12,00

03020511 LEVANTAMENTO PARALELO 532437 M2 6,00

03020512 REPOSIÇÃO BASE BGS 532441 M2 22,00

03020513 REPOSIÇÃO PASSEIO CIMENTADO 532451 M2 12,00

03020514 REPOSIÇÃO ESPECIAL (SEM BASE) 532455 M2 4,00

03020515 REPOSIÇÃO ASFÁLTICO (SEM BASE) 532456 M2 6,00

03020516 REPOSIÇÃO PARALELO (SEM BASE) 532459 M2 6,00

03020517 LRP PARALELO 532409 M2 12,00

03020518 LRP ASFALTO 501279 GB 1,00

03020600 SERVIÇOS DE APOIO TROCA DE RAMAIS

03020601 ATERRO VL/PC/CV, C/AREIA(B) 70030027 M3 33,00

03020602 TRANSPORTE MATERIAL ESCAVADO - SOLO(B) 70030097 M3Q 1.200,00

03020603 CARGA E DESCARGA - SOLO(B) 70030096 M3 120,00

Total do Grupo
03030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO

03030100 TROCA DE DE HIDRÔMETRO PREVENTIVA - SFMH

03030101 DS TROCA PREVENT HIDRÔMETRO ATÉ 5,0M3H 536254 un 4.230,00

03030102 DS TROCA HIDRO (5 <Q>= 10) M3/H PREVENT 536274 un 30,00

03030200 SERVIÇOS COMPLEMENTARES A TROCA DE HIDRÔMETRO

03030201 DS ADICIONAL TROCA CAVALETE DOMIC 536654 un 27,00

03030202 ADICIONAL TROCA TUBETE SFMH 536661 un 200,00

03030203 S ADEQUAÇÃO CAVALETE HIDRO Q 3,0 M3/H 536663 un 38,00

03030204 AS TROCA CAVALETE 536631 un 36,00

Total do Grupo

Total da Frente
04000000 SERVIÇOS DE ENGª TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E
HIDRÔMETROS PARA O MUNICÍ. DE LORENA

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 195 de 201


Folha: 8 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
04010000 SERVIÇOS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

04010100 CANTEIRO DE OBRAS

04010101 IMPLANTAÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 501213 GB 1,00

04010102 MANUTENÇÃO DE CANT. DE SERVIÇOS TIPO II 502004 MES 12,00

Total do Grupo
04020000 INVESTIMENTO TROCA DE LIGAÇÃO DOMICILIAR DE ÁGUA - TIPO A

04020100 TROCA DE LIGAÇÃO DE ÁGUA CORRETIVA SFMH

04020101 AS TROCA LIG(A) PA 536001 un 44,00

04020102 AS TROCA LIG(A) TA 536002 un 52,00

04020103 AS TROCA LIG(A) EIXO 536003 un 22,00

04020104 AS TROCA LIG(A) TO 536004 un 15,00

04020105 AS TROCA LIG(A) PO 536005 un 10,00

04020200 TROCA LIG. DE ÁGUA CORRETIVA SFMH- MND

04020201 TROCA LIGAÇÃO ÁGUA MND SFMH 536041 un 166,00

04020300 TROCA DE LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH

04020301 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PA 536101 un 112,00

04020302 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TA 536102 un 79,00

04020303 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA EIXO 536103 un 35,00

04020304 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA TO 536104 un 22,00

04020305 AS TROCA LIG(A) PREVENTIVA PO 536105 un 18,00

04020400 TROCA LIG. DE ÁGUA PREVENTIVA SFMH- MND

04020401 TROCA PREVENTIVA LIG(A) MND SFMH 536141 un 1.400,00

04020500 LEVANTAMENTO E REPOSIÇÃO DE PAVIMENTO

04020501 LEVANTAM.SARJETAS(B) 70090019 M3 1,00

04020502 LEVANTAM.GUIAS(B) 70090020 M 2,00

04020503 ASSENTAM.GUIAS(B) 70090074 M 2,00

04020504 CONSTRUCAO SARJETAS(B) 70090075 M3 1,00

04020505 FORNEC.GUIAS 70090062 M 1,00

04020506 LRP PASSEIO CIMENTADO 532401 M2 1.114,00

04020507 LRP PASSEIO ESPECIAL 532402 M2 44,00

04020508 LRP ESPECIAL 532405 M2 5,00

04020509 LEVANTAMENTO ESPECIAL 532435 M2 5,00

04020510 LEVANTAMENTO ASFÁLTICO 532436 M2 88,00

04020511 LEVANTAMENTO PARALELO 532437 M2 33,00

04020512 REPOSIÇÃO BASE BGS 532441 M2 22,00

04020513 REPOSIÇÃO PASSEIO CIMENTADO 532451 M2 8,00

04020514 REPOSIÇÃO PASSEIO ESPECIAL 532452 M2 8,00

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 196 de 201


Folha: 9 / 9
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp
Data: 20/04/21
I0: 05/2020
Licitação: 04.165/20-00 Unid. Adm. Contrato: RVDP
Objeto: SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA TROCA DE RAMAIS DOMICILIARES DE ÁGUA E SERVIÇOS COMUNS DE
TROCA DE HIDRÔMETROS, PARA OS MUNICÍPIOS DE PINDAMONHANGABA, C. PAULISTA, C. JORDÃO E
LORENA, NO AMBITO DA UNIDADE DE NEGÓCIO DO VALE DO PARAÍBA-RV

PLANILHA DE ORÇAMENTO
Item Descrição N. Preço Unid. Quant. P. Unit. Total
04020515 REPOSIÇÃO ESPECIAL (SEM BASE) 532455 M2 6,00

04020516 REPOSIÇÃO ASFÁLTICO (SEM BASE) 532456 M2 44,00

04020517 REPOSIÇÃO PARALELO (SEM BASE) 532459 M2 33,00

04020518 LRP PARALELO 532409 M2 33,00

04020519 LRP ASFALTO 501280 GB 1,00

04020600 SERVIÇOS DE APOIO TROCA DE RAMAIS

04020601 ATERRO VL/PC/CV, C/AREIA(B) 70030027 M3 36,00

04020602 CARGA E DESCARGA - SOLO(B) 70030096 M3 76,00

04020603 TRANSPORTE MATERIAL ESCAVADO - SOLO(B) 70030097 M3Q 676,86

Total do Grupo
04030000 INVESTIMENTO SERVIÇO COMERCIAL - TROCA DE HIDRÔMETRO

04030100 TROCA DE DE HIDRÔMETRO PREVENTIVA - SFMH

04030101 DS TROCA PREVENT HIDRÔMETRO ATÉ 5,0M3H 536254 un 7.130,00

04030102 DS TROCA HIDRO (5 <Q>= 10) M3/H PREVENT 536274 un 6,00

04030200 SERVIÇOS COMPLEMENTARES A TROCA DE HIDRÔMETRO

04030201 DS ADICIONAL TROCA CAVALETE DOMIC 536654 un 88,00

04030202 ADICIONAL TROCA TUBETE SFMH 536661 un 565,00

04030203 S ADEQUAÇÃO CAVALETE HIDRO Q 3,0 M3/H 536663 un 66,00

04030204 AS TROCA CAVALETE 536631 un 162,00

Total do Grupo

Total da Frente

Total da Planilha

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 197 de 201


Nº PROCESSO LICITATÓRIO

CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO – PREVISTO 04165/20


(Lei 13.303/16 e Lei 10.520/02) DATA
FESU - 0009 v13
25/01/2021
OBJETO (descrição e local)
Serviços de Engenharia, para Troca de ramais domiciliares de água, e de Serviços Comuns de troca de
hidrômetros para os municípios de Pindamonhangaba, Cachoeira Paulista, Campos do Jordão e Lorena, no
Âmbito da Unidade de Negócio do Vale do Paraíba – RV

PRAZO (dias) FONTE DE RECURSO

Prazo contratual 450 (dias) Investimento RO - I.AM070024/0312-00552800, I.AM070032/0313-00552800,


I.AM070024/0312-00523500, I.AM070032/0313-00623500, I.AM070024/0312-
Prazo de execução 360 (dias) 00624600, I.AM070032/0313-01924600, I.AM070024/0312-00742000,
I.AM070032/0313-01042000

DESEMBOLSO (%) DESEMBOLSO (%)


PRAZO PRAZO
PERÍODO ACUMULADO PERÍODO ACUMULADO

8
30 0000 0000 420 100

60 0000 0000 450 000 0000

90 12 12 ** ******* *******

120 8 20 ** ******* *******


8
150 28 ** ******* *******
8
180 36 ** ******* *******
8
210 44 ** ******* *******
8
240 52 ** ******* *******
8
270 60 ** ******* *******
8
300 68 ** ******* *******
8
330 76 ** ******* *******
8
360 84 ** ******* *******
8
390 92 ** ******* *******
SIGLA DA UNIDADE EMITENTE – RVDP2

ASSINATURA Marcos Antonio de Sousa


Engenheiro RVDP2
Matricula 43.106-4

10/9

Original Devidamente Assinado Pela Autoridade Competente Pag. 198 de 201


Código do Formulário: Nome do Formulário:

FE-RH0060 Requisitos de Segurança e Saúde do Trabalho para contratação de


Serviços e Obras
Vinculado ao Instrumento:
PE-RH0003 Segurança e Saúde do Trabalho em obras e serviços contratados

DADOS BÁSICOS
Nº DO PROCESSO LICITATÓRIO: 04.165/20

COM O TERMO DE REFERÊNCIA/ESPECIFICAÇÃO


TÉCNICA. PARA PREENCHIMENTO E CONSIDERAÇÕES.
ESTE FORMULÁRIO DEVE SER ENCAMINHADO AO

ELE é A GARANTIA DE QUE OS QUESITOS DE


SESMT QUE ATENDE A SUA UNIDADE, JUNTAMENTE
Nº DO DOSSIÊ / VOLUME: Dossiê 20/059.422
DIRETORIA/SUP/DEPTO: R/RV/RVDP

ESPECIALIDADE
OBRAS
PROJETOS
SERVIÇOS TÉCNICOS PROFISSIONAIS
SERVIÇOS DE ENGENHARIA
OUTROS SERVIÇOS
CONTÍNUOS (Nº DO CONTRATO ANTERIOR e PREVISÃO PARA INÍCIO DOS SERVIÇOS)
OBJETO E LOCAL
1 - DESCRIÇÃO DO OBJETO E LOCAL (Local de Execução da Obra / Serviço)
Prestação de Serviços de Engenharia, para Troca de ramais domiciliares de água, e de serviços
comuns de troca de hidrômetros para os municípios de Pindamonhangaba, Cachoeira Paulista,
Campos do Jordão e Lorena, no Âmbito da Unidade de Negócio do Vale do Paraíba – RV.
UNIDADES DA SABESP
LOCAL DA CONTRATADA
EXTERNO
2 - PRAZO 450 (Dias) considerando: 01 mês com 30 dias (Considerar Prazo de Vigência e de Execução – arts. 167 a 169
do Regulamento Interno de Licitação e Contratação da SABESP)

3 - QUANTIDADE DE EMPREGADOS PREVISTA: 32 funcionários

ATIVIDADES DE RISCO
ELETRICIDADE ESCAVAÇÕES ESPAÇO CONFINADO
EXPLOSIVOS FONTES DE RADIAÇÃO INFLAMÁVEIS
MERGULHO SOLDAGEM E CORTE TRABALHOS EM ALTURA
TRANSPORTE DE PRODUTOS PERIGOSOS OUTROS

REGIME DE EXECUÇÃO
EXECUÇÃO INDIRETA – EMPREITADA:

PREÇO UNITÁRIO
INTEGRAL
PREÇO GLOBAL
TAREFA
CONTRATAÇÃO SEMI INTEGRADA
CONTRATAÇÃO INTEGRADA

NECESSIDADES RELATIVAS AO PE RH0003 – Segurança e Saúde do Trabalho em Obras e Serviços


Contratados

Planejamento Prévio
Relação dos profissionais do SESMT e designados de segurança e medicina do trabalho (Anexo 3 do PE-RH0003)
– NR-04 / Portaria 3214/78;
Relação de membros da CIPA ou designados (Anexo 4 do PE-RH0003) – NR-05 e NR-18 item 18.33/Portaria 3214/78;
Relação de empregados que executarão as atividades do contrato (Anexo 5 do PE-RH0003);
Relação de cargo/função X EPI e respectivo CA (Anexo 6 do PE-RH0003) NR-06 / Portaria 3214/78;
Programa de condição do meio ambiente do trabalho - PCMAT - NR-18/ Portaria 3214/78;
Comunicação Prévia com protocolo da SRTE/SP antes da emissão da AS (caso de obras) - NR-18/ Portaria
3214/78;
REQUISITANTE – LICITAÇÃO: (NOME, ASSINATURA, CARGO E UNIDADE) PROFISSIONAL DO SESMT: (NOME, ASSINATURA, CARGO E UNIDADE)

Marcos Antonio de Sousa- Engenheiro - RVDP-2 José Maurício Oliveira – Técnico de Segurança do Trabalho – RVA^650

ADMINISTRADOR DO CONTRATO: (NOME, ASSINATURA, CARGO E UNIDADE)

José Fonseca Marcondes Júnior – Gerente de Divisão – RVDP

Original Devidamente Assinado1/2


Pela Autoridade Competente Pag. 199 de 201
Código do Formulário: Nome do Formulário:

FE-RH0060 Requisitos de Segurança e Saúde do Trabalho para contratação de


Serviços e Obras
Vinculado ao Instrumento:
PE-RH0003 Segurança e Saúde do Trabalho em obras e serviços contratados

Programa dos treinamentos e palestras de segurança, higiene e saúde do trabalho (Anexo 7 do PE-RH0003);
Plano de emergência – NR 23/ Portaria 3214/78 e Decreto Estadual nº 56.819 de 10/03/2011.

COM O TERMO DE REFERÊNCIA/ESPECIFICAÇÃO


TÉCNICA. PARA PREENCHIMENTO E CONSIDERAÇÕES.
ESTE FORMULÁRIO DEVE SER ENCAMINHADO AO

ELE é A GARANTIA DE QUE OS QUESITOS DE


SESMT QUE ATENDE A SUA UNIDADE, JUNTAMENTE
Designar profissional (is) legalmente habilitado (s) em segurança ou medicina do trabalho,
independentemente da necessidade legal, no local da obra / serviço.
Profissional: Técnico de Segurança do Trabalho. Quantos?01(um) Integral Período
parcial/consultoria
Profissional: _______________________________Quantos?_____ Integral Período
parcial/consultoria
Profissional: _______________________________Quantos?_____ Integral Período
parcial/consultoria

Treinamentos mínimos necessários:


Admissional e Integração (NR 01 e NR 18) Utilização e higienização de EPI
Formação Básica de Membros de CIPA Análise Preliminar de Riscos – APR
Atuação em emergência Primeiros socorros
Treinamento específico para execução da atividade de risco (CONFORME PE-RH0003 – Anexo 7) Direção Defensiva,
Levantamento e Movimentação Manual de Cargas, Operação de Maquinas – Segurança nos Serviços de Manutenção em
Rede Distribuição de Água, Sinalização de Obras em Vias Públicas.
Outros: Treinamentos da COMGÀS e Prevenção contra animais peçonhentos.

Normativas técnicas e legais (externas ou internas Sabesp), além do Procedimento PE RH0003:


• Norma Regulamentadora Nº 01 – Disposições Gerais
• Norma Regulamentadora Nº 05 – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA
• Norma Regulamentadora Nº 06 - Equipamento de Proteção Individual - EPI
• Norma Regulamentadora Nº 07 - Programas de Controle Médico de Saúde Ocupacional
• Norma Regulamentadora Nº 09 - Programas de Prevenção de Riscos Ambientais
• PE-RH0003 - Segurança e Saúde no Trabalho em Obras e Serviços Contratados
• FE-RH0001 - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
• FE-RH0015 - DIVULGAÇÃO DE INCIDENTE DO TRABALHO COM PRESTADORES DE SERVIÇO

OBSERVAÇÕES:
Para realização das atividades do presente objeto contratual a contratada deverá obedecer ao Procedimento
Empresarial PE-RH0003 e seus anexos específicos para realização de atividades, devendo manter suas documentações
de SST como o PPRA, PCMSO, APR, Plano de Emergência etc. devidamente atualizadas e garantindo que seus
empregados estejam orientados e capacitados para realização das atividades de forma segura.

A contratada deverá garantir que:


• Toda atividade de içamento e movimentação de cargas com a utilização de qualquer equipamento, seja realizada
por profissional treinado e capacitado para tal atividade, utilizando-se de equipamentos adequados, garantindo que
sejam feitas periodicamente inspeções nas cintas e cabos de aço. É fundamental que tais atividades estejam dispostas
na APR.
• O Plano de Emergência abranja todos os cenários de acidentes previstos pelas APR e que as equipes de trabalho
possuam todos os recursos necessários para adoção das medidas de ação previstas pelo Plano, sejam elas preventivas
ou reativas, além de todos os empregados estarem treinados e à postos sobre tais ações de emergência;

A contratada deverá entregar relatório estatístico de acidentes de trabalho, devendo:


• Apresentar mensalmente carta de declaração de acidentes ocorridos no mês anterior;
•. Apresentar mensalmente relatório estatístico de acidentes do trabalho conforme Anexo 2 do PE-RH0003.

REQUISITANTE – LICITAÇÃO: (NOME, ASSINATURA, CARGO E UNIDADE) PROFISSIONAL DO SESMT: (NOME, ASSINATURA, CARGO E UNIDADE)

Marcos Antonio de Sousa- Engenheiro - RVDP-2 José Maurício Oliveira – Técnico de Segurança do Trabalho – RVA^650

ADMINISTRADOR DO CONTRATO: (NOME, ASSINATURA, CARGO E UNIDADE)

José Fonseca Marcondes Júnior – Gerente de Divisão – RVDP

Original Devidamente Assinado2/2


Pela Autoridade Competente Pag. 200 de 201
Código do Formulário: Nome do Formulário:

FE-RH0060 Requisitos de Segurança e Saúde do Trabalho para contratação de


Serviços e Obras
Vinculado ao Instrumento:
PE-RH0003 Segurança e Saúde do Trabalho em obras e serviços contratados

A contratada deverá encaminhar mensalmente o Relatório fotográfico de inspeção de segurança do Trabalho dos
acompanhamentos realizados quinzenalmente em conjunto com o Fiscal do Contrato.

COM O TERMO DE REFERÊNCIA/ESPECIFICAÇÃO


TÉCNICA. PARA PREENCHIMENTO E CONSIDERAÇÕES.
ESTE FORMULÁRIO DEVE SER ENCAMINHADO AO

ELE é A GARANTIA DE QUE OS QUESITOS DE


SESMT QUE ATENDE A SUA UNIDADE, JUNTAMENTE
OBSERVAÇÕES: O Profissional de Segurança do Trabalho deverá apresentar Planejamento Prévio das Inspeções de
Segurança do Trabalho, que serão realizadas durante a vigência do contrato e quinzenalmente deverá apresentar
Relatório de Inspeção de Segurança do Trabalho (com fotos) dos acompanhamentos realizados ao Fiscal do Contrato e
copia eletrônica para área Segurança do Trabalho da RV.

REQUISITANTE – LICITAÇÃO: (NOME, ASSINATURA, CARGO E UNIDADE) PROFISSIONAL DO SESMT: (NOME, ASSINATURA, CARGO E UNIDADE)

Marcos Antonio de Sousa- Engenheiro - RVDP-2 José Maurício Oliveira – Técnico de Segurança do Trabalho – RVA^650

ADMINISTRADOR DO CONTRATO: (NOME, ASSINATURA, CARGO E UNIDADE)

José Fonseca Marcondes Júnior – Gerente de Divisão – RVDP

Original Devidamente Assinado3/2


Pela Autoridade Competente Pag. 201 de 201

Você também pode gostar