SUBSTANTIVO

Colômbia, bola, medo, trovão, paixão, etc. Essas palavras estão dando nome a lugar, objeto, sensação física, fenômenos da natureza, emoções, enfim as coisas em geral. Esses nomes são chamadosSUBSTANTIVOS. Assim, podemos dizer que substantivo é a palavra que dá nome aos seres. Eles podem ser classificados da seguinte forma: Concreto; Abstrato; Comuns; Próprios.

CLASSIFICAÇÃO DO SUBSTANTIVO
CONCRETO
É aquele que indica a existência de seres reais ou imaginários. Exemplos: Reais Brasil Recife imaginários bruxa curupira

ABSTRATO
É aquele que indica sentimentos, qualidades, ações, estados e sensações. Exemplo: Sentimento: amor, ódio, paixão; Qualidade: honestidade, fidelidade, perfeccionismo; Ações: trabalho, doação; Estado: vida, solidão, morte; Sensação: calor, frio.

COMUNS
É aquele que indica elementos de uma mesma espécie. Exemplo: Criança, cidade, livro.

PRÓPRIO
É aquele que indica um ser em particular. Exemplo: Roberto, Pernambuco, Capibaribe, Brasil. Os nomes próprios são utilizados principalmente em: Rios: Capibaribe, Amazonas; Cidades: Recife, Porto Alegre; Estados: Pernambuco, Rio Grande do Sul; Países: Brasil, Austrália; Pessoas: Rubem, Antônio; Empresas: Intel, Oracle. Observação: o substantivo coletivo é um substantivo comum que, mesmo no singular indica um agrupamen to, multiplicidade de seres de uma mesma espécie. Constelação » estrelas; Cáfila » camelos.

1

Década » período de dez anos. Esquadrilha » aviões. COMPOSTO Apresenta dois ou mais radicais na sua formação. Manada » bois. Século » período de cem anos. Exemplo: Pedreira. SIMPLES Apresenta apenas um radical na sua formação. Rebanho » gado. ovelhas. Pinacoteca » quadros. pedra. ferro. Exemplo: Pernilongo. Lustro » período de cinco anos. advogados. Banca » examinadores. PRIMITIVO Dá origem a outras palavras. porcos. Boiada » bois. Exemplo: Vidro. Triênio » período de três anos. Resma » quinhentas folhas de papel. vidraçaria. couve-flor. Derivado. Enxame » abelha. Exemplo: Pedra. Vocabulário » palavras. ônibus. Cacho » bananas. Composto. vidro. FLEXÃO DO SUBSTANTIVO 2 . Fauna » animais de uma região. ferreiro. Simples. insetos. Arquipélago » ilhas. Frota » carros. FORMAÇÃO DO SUBSTANTIVO Quanto à formação o substantivo pode ser: Primitivo. Discoteca » discos. DERIVADO É originado através de outra palavra.Vejamos alguns substantivos coletivos: Alcatéia » lobos. Quadrilha » ladrões. uvas.

Exemplo: Garoto ± substantivo masculino indicando pessoa do sexo masculino. Número: singular ou plural. ona: exemplo: catalão catalã valentão valentona leão leoa .com esa. e feminino aquele que admitir o artigo a. essa. FORMAÇÃO DO FEMININO O feminino pode ser formado das seguintes formas: . ao sexo do ser. ina.mudando-se ao final para ã. geralmente. ao. Exemplo: O avião o calçado o leão A menina a camisa a cadeira SUBSTANTIVO BIFORME Na indicação de nomes de seres vivos o gênero da palavra está ligado.Por ser uma palavra variável o substantivo sofre flexões para indicar: Gênero: masculino ou feminino.acrescentando a letra a: exemplo: português portuguesa cantor cantora . uma forma para o masculino e outra para o feminino. havendo. triz: exemplo: conde condessa príncipe princesa poeta poetisa czar czarina 3 . GÊNERO DO SUBSTANTIVO Na língua portuguesa há dois gêneros: masculino e feminin Será masculino o substantivo que admitir o artigo o o.trocando a terminação o por a: exemplo: moço moça menino menina . Grau: aumentativo ou diminutivo.trocando a terminação e por a: exemplo: gigante giganta mestre mestra . Garota ± substantivo feminino indicando pessoa do sexo feminino. portanto. isa.

a flexão do substantivo quanto ao gênero. comuns ± indica elementos de mesma espécie ± e próprios ± indicam um ser em particular e são utilizados para nomear rios. Primeiramente vimos. A distinção se dá através do artigo. apenas. Exemplo: O motorista a motorista Meu colega minha colega Bom estudante boa estudante CONCLUSÃO Nessa primeira parte vimos à definição de substantivo ± palavra que dá nome aos seres ± sua classificação. Quanto a sua formação o substantivo pode ser primitivo ± dá origem a outras palavras ± e derivado ± é originado através de outras palavras. 4 . Exemplo: A criança ± masculino ou feminino O indivíduo ± masculino ou feminino A vítima ± masculino ou feminino COMUNS DE DOIS GÊNEROS São substantivos que apresentam uma só forma para o masculino e para o feminino. adjetivo ou pronome. cidades. Exemplo: Cobra macho cobra fêmea Peixe macho peixe fêmea Jacaré macho jacaré fêmea SOBRECOMUNS São substantivos que designam pessoas e tem um só gênero tanto para o masculino como para o feminino. Para i dicar o sexo são utilizadas as palavras n macho ou fêmea. estados e sensações -. pessoas e empresas -.ator atriz por palavras diferentes: exemplo: cavaleiro amazona padre madre homem mulher SUBSTANTIVOS UNIFORMES Há substantivos que possuem uma só forma para indicar tanto o masculino quanto o feminino. Os substantivos são classificados como: concreto ± indica a existência de seres reais ou imaginários -. estados. ações. Quanto a sua flexão ele indica o gênero ± masculino ou feminino -. Podemos classificá los em: EPICENOS SOBRECOMUNS COMUNS DE DOIS GÊNEROS EPICENOS São substantivos que designam alguns animais e têm um só gênero. países. formação e flexão. onde o substantivo será masculino se admitir o artigo o e será feminino se admitir o artigo a. abstratos ± indica sentimentos. número ± singular ou plural ± e grau ± aumentativo ou diminutivo. qualidades.

palavra que por si só designa a substância. Também apresentam uma só forma para o masculino e para o feminino. Planctus era um particípio passado e não um substantivo (ACM) Classificação dos Substantivos 1.. o substantivo em geral exerce funções diretamente relacionadas com o verbo: atua como núcleo do sujeito. -qualidades: honestidade.php Indice: Substantivo Definição Substantivo Comum Substantivo Abstrato Substantivo e seus Coletivos Lista de Substantivos coletivos I Lista de Substantivos coletivos II Lista de Substantivos coletivos III Lista de Substantivos coletivos IV Lista de Substantivos coletivos V Formação dos Substantivos Flexão dos Substantivos Substantivo Uniforme I Substantivo Uniforme II Substantivo Comum de 2 Gêneros Substantivo de Gênero Incerto Número de Substantivo Plural dos Substantivos Compostos Plural das Palavras Substantivadas Grau do Substantivo SUBSTANTIVO Tudo o que existe é ser e cada ser tem um nome. Substantivo Adj [Qualificador de nome não animado] 1. 1: Povoação maior que vila.com.br/secoes/morf/morf12. de um modo substantivo e positivo(LC) 3. um ser real ou metafísico.que tem substância ou essência: destacava-se entre os homens hábeis daquele país o hábito de fazer uma conversa prosseguir horas a fio.quando essas funções são desempenhadas por grupos de palavras. Você sabia que a palavra substantivo também pode ser um adjetivo? Reproduzimos a seguir o verbete substantivo. palavra com que se nomeiam os seres. Qualquer "povoação maior que vila. 2. pessoas e fenômenos. sinceridade. ou que o traz implícito: onde é que está a ideia substantiva no meio desses adjetivos?(CNT) . Isso significa que a palavra cidade é um substantivo comum. sobrecomuns ± têm uma só forma tanto para o masculino como para o feminino ± e o comum de dois gêneros ± a distinção do substantivo se dá através do artigo. adjetivo ou pronome.f. nome: Há-kodesh é na origem um substantivo feminino (VEJ). -ações: corrida.. mulher. u ma forma para o masculino e outra para o feminino. pescaria. país.. tristeza. sem que a proposta substantiva ganhasse clara configuração (REP).. Por exemplo: cidade.essencial. com muitas casas e edifícios.. Substantivo Comum: é aquele que designa os seres de uma mesma espécie de forma genérica. http://www. dispostos em ruas e avenidas (no Brasil.fundamental.soportugues. podendo ser classificados em epicenos ± indicam o sexo através da utilização das palavras macho ou fêmea ±. menino. -sentimentos: raiva. toda a sede de município é cidade). de Francisco S..Os substantivos biformes ligam o gênero da palavra ao sexo do ser. se olham as coisas não pelos resultados substantivos(VEJ).que equivale a um substantivo. do Dicionário de usos do português do Brasil. dispostos em ruas e avenidas" será chamada cidade. como núcleo do predicativo do sujeito ou do objeto ou como núcleo do vocativo.. essencial: o submarino foi um elemento adjetivo na I Guerra Mundial e substantivo na II Guerra (VEJ) 4. com muitas casas e edifícios.. Substantivo é a classe gramatical de palavras variáveis. portanto. 5 . Morfossintaxe do substantivo Nas orações de língua portuguesa. Borba. Além de objetos. Nm 5. atos ou conceitos. havendo.Substantivos Comuns e Próprios Observe a definição: s. profundo: eu te amo por você mesma. amor. dos complementos verbais (objeto direto ou indireto) e do agente da passiva. ou seja. os substantivos também nomeiam: -lugares: Alemanha. cachorro. Também encontramos substantivos como núcleos de adjuntos adnom inais e de adjuntos adverbiais . Observe que as quatro primeiras acepções se referem à palavra em sua atuação como adjetivo.. 2. Já os substantivos uniformes possuem uma só forma tanto para o masculino como para o feminino. O centro de uma cidade (em oposição aos bairros). homem. as quais denominam os seres. -estados: alegria.. Porto Alegre. Pode ainda funcionar como núcleo do complemento nominal ou do aposto.

Substantivo Próprio: é aquele que designa os seres de uma mesma espécie de forma particular. Por exemplo: cidade. mãe-d'água. Brasil. Por exemplo: Londres. Paulinho. 2 . cadeira. dispostos em ruas e avenidas (no Brasil. Tietê. país. Classificação dos Substantivos 1. Brasil. O centro de uma cidade (em oposição aos bairros). São assim. Substantivo Concreto: é aquele que designa o ser que existe. Paulinho.Substantivos Comuns e Próprios Observe a definição: s. Isso significa que a palavra cidade é um substantivo comum. dispostos em ruas e avenidas" será chamada cidade. independentemente de outros seres. Seres do mundo real: homem. Tietê. fantasma. O substantivo Barcelona designa apenas um ser da espécie cidade. mulher.Substantivos Concretos e Abstratos LÂMPADA MALA Os substantivos lâmpada e mala designam seres com existência própria. Esse substantivo é próprio. mulher. Brasília. Qualquer "povoação maior que vila. 1: Povoação maior que vila.: os substantivos concretos designam seres do mundo real e do mundo imaginário. Estamos voando para Barcelona. 2 . menino. etc. substantivos concretos. etc. homem. Pedro. O substantivo Barcelona designa apenas um ser da espécie cidade. com muitas casas e edifícios. cachorro. Obs. que são independentes de outros seres. 2. Pedro. Esse substantivo é próprio. Substantivo Próprio: é aquele que designa os seres de uma mesma espécie de forma particular. cobra. com muitas casas e edifícios.Estamos voando para Barcelona. Substantivo Comum: é aquele que designa os seres de uma mesma espécie de forma genérica. Por exemplo: Londres. Seres do mundo imaginário: saci.f.Substantivos Concretos e Abstratos LÂMPADA MALA 6 . toda a sede de município é cidade).

mãe-d'água. Só podemos observar a beleza numa pessoa ou coisa que seja bela. legião.assistência. (quando constituem maciço) arvoredo. rebanho. assistente . (manada de cavalgaduras) récua.acervo. 3 .batelada. (quando altas. carreira. Substantivo Concreto: é aquele que designa o ser que existe. cadeira. dos quais podem ser abstraídos. chorrilho. séquito. asneira . Por exemplo: vida (estado). A beleza depende de outro ser para se manifestar. Note que.Os substantivos lâmpada e mala designam seres com existência própria. súcia. menos de 10) lote. multidão. brinquedo . fantasma. qualidades. (de carga.(quando em lista especial de coleção) álbum.(de qualquer peça de vestuário) abotoadura. récua. teoria. 7 . choldraboldra. utilizaram-se duas palavras no plural.chusma. nuvem. viagem (ação).comitiva. São assim. Principais Substantivos e Suas Formas Coletivas: abelha . que são independentes de outros seres. mesmo estando no singular. borboleta . (quando em fileira) carreira. Substantivo Coletivo: é o substantivo comum que. Seres do mundo imaginário: saci.carrada. armento. malta. acompanhante .: os substantivos concretos designam seres do mundo real e do mundo imaginário. enfiada. No segundo caso. Observe agora: Beleza exposta Jovens atrizes veteranas destacam-se pelo visual. não pode ser observada. Ele vinha pela estrada e foi picado por várias abelhas. pandilha. asno . Seres do mundo real: homem. turba. instrumental. independentemente de outros seres. jugo. ator . O substantivo enxame é um substantivo coletivo. montão. aplaudidor . astro .choldra. colmeia. enfiada. bomba . designa um conjunto de seres da mesma espécie. (de carga) tropa.Substantivos Coletivos Ele vinha pela estrada e foi picado por uma abelha.choldra. etc.batalhão. boi .manada. Portanto. autógrafo . (de raça. amigo . monte. para reprodução) plantel. bosque. Obs.(quando em linha) alameda. No terceiro caso.classe. saraivada.bateria. ave .(quando de profissionais) ferramenta. cambada.enxame.(quando tomadas dos inimigos) troféu. bala . mulher. abutre . corja. panapaná. horda.corja. avião . outra abelha. esquadrilha. súcia. foi necessário repetir o substantivo: uma abelha. argumento . mais outra abelha. cortiço. para indicar plural.(em geral) piara. etc. árvore . elenco. cingel. alho . regimento. a palavra beleza é um substantivo abstrato. mais outra abelha. abesana.. esquadra. Brasília. substantivos concretos.bando.boana. cobra. e sem os quais não podem existir.esquadrão.(quando em grande quantidade) bando. Ele vinha pela estrada e foi picado por um enxame. apetrecho . monte. (todos de uma região) fauna. artista .boiada. assassino .(quando pagos) claque. coro. O substantivo beleza designa uma qualidade. souto. manga. arma . rapidez (qualidade). farândola. rua. outra abelha.elenco. saudade (sentimento).(quando reunidos a outros do mesmo grupo) constelação.saraiva. récova. Substantivo Abstrato: é aquele que designa seres que dependem de outros para se manifestar ou existir. aluno . junta. arcabuzeiro . jugada. bêbado . Os substantivos abstratos designam estados. récova. manada. bandoleiro . arroz .(quando entrelaçados) réstia. anjo . cortejo.. de troncos retos a aparentar parque artificial) malhada.caterva. tropa. Pense bem: a beleza não existe por si só. ações e sentimentos dos seres. no primeiro caso.(quando em assembleia) tertúlia. (ferozes ou selvagens) alcateia. falange. botão .(quando trabalham juntos) companhia. empregou-se um substantivo no singular (enxame) para designar um conjunto de seres da mesma espécie (abelhas). animal .

caterva. braçado.(quando unidos para o mesmo destino) comboio. cabilda.cáfila. gavela. cabra . estrela . (quando no mesmo liame) maço.(quando atadas) amarrilho. pandilha. florilégio. grei.junta. braçada. deputado . desordeiro . assembleia.baixela. espiga . sequela. cavalo . tropilha. cameleiro . dinheiro . crestomatia. rebanho. molho.(em geral) lote. piara. cálice . (de montaria) apeiragem. récua.(quando em homenagem a homem ilustre) polianteia.(em geral) fartadela. súcia. troça. diabo . assembleia.discoteca. crença . paveia. fileira. carta . feixe.Ver bêbado. turma.(quando fincadas em forma de cerca) paliçada. cadeira .bolada. bolaço.fato.(quando reunidas em livro) cancioneiro. (quando em desfile) corso.baixela. camelo .manada. antologia. república. erro . enfiada. (quando em grupo cantam ou tocam) estudantina. doze .(em geral) cordoalha.(quando em comboio) cáfila. (quando em lista de anotação) rol. chusma. feno . estátua .(em geral) chumaço. coletânea. coisarada.salsada. caminhão . cainçalha. busto .(quando cientificamente agrupadas) constelação. disparate.(quando num cordel ou argola) molho. chusma. lio.(quando em coleção) galeria. égua . (em quantidade que se pode abranger com os braços) braçada.(quando dispostas em linha) carreira.(quando oficialmente reunidos) câmara. (quando em grande quantidade) miríade.(quando populares) folclore. carneiro . (quando em quantidade) acervo. enxárcia. depredador . pandilha. escravo . renque. malhada. malhada.(quando da mesma escola) classe. corja. cereal . castanha . feiticeiro . renque. cigano . cabo . cópia. penca. atilho. tropa. braçada. (quando em série) sequência.(em geral) correspondência. estado . escrito . (quando carregado) comboio. seleta. cliente .caravana. estudante .chafardel.horda. linha.(quando selecionadas) galeria. coluna . (quando contratados para aplaudir) claque. manada.legião. tropa.bateria. manada. credor . canzoada. (quando aglomerados) bando. fazenda . oviário. cebola . turba. guedelha. cordame. cédula . montão. disco . fascal. cavaleiro . cúmulo. atado. cavalgadura . carro . (quando populares de uma região) folclore.(de cavalaria militar) piquete.clientela. casa . (quando antigas e em coleção ordenada) museu. estaca . matilha. 8 . cônego . cordagem. relação. elefante .grei.cabido.(quando unidas em forma de quadrados) quarteirão.(quando selecionadas) iconoteca. récua. (quando para o mesmo destino) comboio. espectador .(quando entrelaçadas pelas hastes) cambada. cardeal . canhão . auditório. capim . récova.Ver cavalo. arregaçada. freguesia. crente . cão . (quando explicativas) atlas.(em geral) sacro colégio. canção . (quando literários) analectos. espicilégio. correia . cavalariano .feixe.(em geral) assistência. rebanho. composição.bando. cavalhada. estampa . tropa. quadra.(quando unidos em nação) federação. coisa . plateia.bolada. (conforme a separação) marrafa.(quando comerciáveis) sortimento. (quando reunidos para a eleição do papa) conclave.burro . célula . massame. chave . tropel.(quando da mesma morada) senzala. rebanho.frota. coleção.(quando em assembleia secreta) conciliábulo.adua. (quando reunidas e sobrepostas) monte.barda. paveia. cantilena .colunata. ébrio . malta.(em geral) correame.(coisas ou animais) dúzia. moreia.braçada. fartura. madeixa. trança. bolaço. (de navio) enxárcia. cordoalha. réstia.cordame. (quando em feixes) meda.(quando diferenciadas igualmente) tecido. coleção.(em geral) coisada. ajuntamento. copo . fartão. (quando reunidos sob a direção do papa) consistório. (quando vivem na mesma casa) república.manada.cavalgada. série. enfiada. confederação.(quando assadas em fogueira) magusto. corda . (quando em excursão dão concertos) tuna. cabelo .

bando.arquipélago. cáfila. população.(quando ordenados num volume) atlas. (quando de aldeia. mão.récova. músico . tropa. multidão.Ver coisa. gente . formiga . (quando colhidas aqui e ali) compilação.clientela. grupo.(quando ligadas ao mesmo pedúnculo) cacho.(quando em conferência sobre o estado de um enfermo) junta. javali .(quando entra na construção de uma obra ou artefato) ferragem. médico .(quando em fileira) carreira. (quando no mesmo pedúnculo) cacho.(quando grandes e encapeladas) marouço. salgalha (quando reunidos para da.cordão. instrumento . coligação. pandilha. macaco . (quando de trabalho grosseiro. jornal . (quando selecionados) mapoteca. equipagem. mantimento . grinalda. mosca . consolidação. matula.falange.(na acepção de dinheiro) bolada. caterva. modesto) tralha. jumento .(em geral) frota.nuvem. maço. liga. (quando organizados) quadrilha. mentira .(quando agrupados em roda ou num travessão) girândola. graveto . mosquedo. formigueiro. (quando metálicos e reunidos em feixe) cabo. pacote.hemeroteca. gatarrada. sequela. consulta) biblioteca. freguês . malta. de lugarejo) povoação. fascículo. (quando heterogêneos) choldraboldra. cinemoteca.alcateia. foguete . hino . ministro . marinhagem. malfeitor . livro .(em geral) chusma.(quando em trânsito) leva. mapa . súcia. força terrestre .marujada. choldra.mobília. nota . índio . patuleia. maquinismo.(quando em sequência) enfiada. braçada. companha. hoste. malta. orquestra. habitante .manípulo. união.alcateia.cambada. manelo. flecha .(quando nascidos de um só parto) leitegada. joldra. (quando radicados) colônia. flotilha.(em geral) grupo.hinário. leitão . gato . fruta .bando. mercenário . jurado .(quando amontoados) chusma. corpo de jurados. manojo. (quando dispostas numa espécie de lustre) lampadário. garoto .alcateia.júri. imigrante .mesnada. punhado. récua.(quando em coleção ou série) jogo. (quando de guerra) frota. nuvem. (quando em lista metódica) catálogo. maunça. ruma. serra.(quando atadas) antologia. pilha. lâmpada . frade . capela. buquê. safra. trem. convento. tripulação. (na acepção de produção literária. maltrapilho .(quando amarrados) feixe. (quando de artes e ofícios) ferramenta. ilha . arregaçada. serrania. correição. confederação. objeto . mecha. aparelho. conselho de sentença. marinha. hiena . nação .exército.(quando selecionadas) iconoteca. bando.(quando de um mesmo governo) ministério. força naval . bolaço. 9 . fumo . corja. onda .lista. ( quando cirúrgicos) aparelho. ramalhete. (quando reunidos para o mesmo destino) comboio. bando. científica) comentário. poviléu.(em geral) povo.(quando unidas para o mesmo fim) aliança. pandilha. (quanto à totalidade das colhidas num ano) colheita. ladrão . chusma. flor . filarmônica. rol. manhuço.(quanto ao local em que moram) comunidade.malhada. malhada. (quando reunidos para venda) livraria. (quando em nação) tribo. em porção) saraiva. capela. cambada.(quando caem do ar.filme .(quando desconexas) apontoado.(quando formam bando) maloca.(quando dobrado) meada. saraivada.cordilheira. gravura . feixe.(quanto a quem a conhece) repertório. lei . navio . (quando em cômodo especial) despensa. (quando se deslocam em sucessão) correição.(quando nocivos) praga. nome . quadrilha.maquinaria. grão . montanha . herói . festão. lobo . manolho. frase . leão . (quando indivíduos reles) magote. em alforge) matula. grupo. armada.(em geral) sortimento.(quando com instrumento) banda. esquadra.moscaria. farnel. música . federação. (quando em saco. marinheiro . (quando reunidos oficialmente) conselho.(em geral) bando. provisão. inseto .filmoteca.(quando reunidas cientificamente) código. gafanhoto . vara. (quando em grande quantidade) miríade. metal . praga. corpo.sortimento. matilha. freguesia. menino .alcateia. móvel . canalha. charanga.farândola. provisão. fio . gataria. tropa.armada. (depreciativamente) chusma.cambada. mercadoria . máquina .

sociedade. (quando a caminho para o mesmo destino) comboio. grêmio. multidão. (10 resmas) bala. pancada . de 5 folhas) caderno. velhacada. troço. (quando em promiscuidade) cortiço. pássaro .(em geral e quando na água) cardume. trabalhador . (quando em fileira) cambada. oviário. (quando no ninho) ninhada. (quando secas. pantera . caterva. (quando reunidas para tratar de um assunto) comissão. (quando em acompanhamento solene) comitiva. convênio. partidário . Veja agora: 10 . padre . para replanta) viveiro. etc. colmeia. rolo. liga. (quando de mesa) aparelho.baixela.(quando unidos para um mesmo fim) coligação.equipagem. tabuleiro.caterva. prato . (quando em viveiro) aquário. (quando de um cadáver) esqueleto. professorado. serra . legumes) horta. Obs. crestomatia. maré. (em reunião) tertúlia. sindicato. palavra .(em geral) rebanho. associação. sistema. bando. ouvinte . seleta.(quando amarrados) feixe.clero. galeria. corporação. Fem.(quando devem aparecer juntas na mesa) baixela. mole. caterva. serviço.(quando elétricas) bateria. mas com ideia de plural. tapeçaria (de tapetes). punhado. (quando envoltas para lavagem) trouxa. trem. roupa . (quando em trânsito) leva. professorado (de professores). (quando em assembleia popular) comício.tropa. ovo . matula.(em geral) manada.(de costura) apontoado.(quando reunidos para um trabalho braçal) rancho. manta. piara. maço.(os postos por uma ave durante certo tempo) postura.órgão . querubim . quadrilha. súcia. torcida. congresso. (em sentido lato. orquídea . O substantivo chuva é formado por um único elemento ou radical.(quando em viveiro) orquidário. léxico. serviço. seminário. Nota: o coletivo é um substantivo singular.(acidente geográfico) cordilheira. miscelânea. ossaria. ossama. pilha .(quando de ave) plumagem.(quando concorrem para uma mesma função) aparelho. legião. prataria. planta . enfiada.nuvem. baixela. paliçada. parente . grei. mó. legião. (quando em ordem alfabética e seguida de significação) dicionário. quando enroladas) trouxa. vadio . (quando pertencentes à artilharia) bateria. pau . farândola.(quando de cama.corpo docente. em navio ou avião) tripulação. magote. (quando de uma região) flora.clero regular. confederação. tropel. Substantivo Simples: é aquele formado por um único elemento.(quando em reunião oficial) sínodo. velhaco . sofá. (5 cadernos) mão. mamparra. parentela. palavratório (de palavras). salteador . 1 . conselho. peça . préstito. conclave. partido. chafardel. silva. Outros substantivos simples: tempo. prisioneiro . (quando miúdos) boana. guarnição. professor . etc. soldado . (20 mãos) resma. clube.alcateia. clerezia. (quando artigos comerciáveis. povo . mesa e uso pessoal) enxoval. séquito. ponto . recruta . coligação. (quando pequenas e cosidas umas às outras para não se extraviarem na lavagem) apontoado. (quando amontoados) pilha. (quando fincados ou unidos em cerca) bastida. bando. florilégio. cortejo. prelado . (quando do pasto) vezeira. corja.auditório.(em geral) aglomeração.(quando em conjunto) leva. cabeleira (de cabelos). papel . de folhas ligadas e em sentido estrito. vara .(em geral) ossada. pessoal.súcia. pugilo. alfobre. utensílio . peixe . aliança.cambada. teoria. pessoa . passarada. em volume para transporte) fardo.(quando no mesmo liame) bloco. (quando reles) corja. a forma coletiva se constrói mediante a adaptação do sufixo conveniente: arvoredo (de árvores). turma. leva.leva. vara. osso . banda. para classificação) herbário. coletânea. selo .pancadaria.(quando frutíferas) pomar. centro. choldra.facção. horda. quadro . (quando novas. malhada. turba.coleção.passaredo. (em grande quantidade) magote. corja. persigal. ovelha . liga. ruma. procissão.(quando em exposição) pinacoteca. sol.(em geral) família. falange. massa. pena . parentalha. congregação. porco . chusma. tripulação.água caindo em gotas sobre a terra.(quando amarradas) feixe. legião. récua. gente.coro. (quando literárias) antologia. tripulante . (quando em passeio) caravana. (quando hortaliças. Formação dos Substantivos 4 . partido político . (de roupas. freguesia (de fregueses). (quando à tona) banco. religioso . É um substantivo simples. (quando ilustres) plêiade. (quando proferida s sem nexo) palavrório. liga.(nação) aliança. (quando sujeitas ao mesmo estatuto) agremiação.Substantivos Simples e Compostos Chuva subst. (quando em serviço. passarinho . espicha.(em geral) vocabulário. coalizão.(quando de cozinha) bateria. súcia.: na maioria dos casos. roda.

Outros exemplos: beija-flor. O substantivo limão é primitivo. Substantivo Primitivo: é aquele que não deriva de nenhuma outra palavra da própria língua portuguesa. 5-Substantivos Primitivos e Derivados Veja: Meu limão meu limoeiro. Substantivo Primitivo: é aquele que não deriva de nenhuma outra palavra da própria língua portuguesa. passatempo. duas formas.mulher poeta .Substantivos Simples e Compostos Chuva subst.poetisa prefeito .Um Natal inesquecível . pois se originou a partir da palavra limão. Formação dos Substantivos 4 .. uma para o masculino e outra para o feminino. sofá. pois não se originou de nenhum outro dentro de língua portuguesa. geralmente o gênero da palavra está relacionado ao sexo do ser. pode sofrer variações para indicar: Plural: meninos Feminino: menina Aumentativo: meninão Diminutivo: menininho Flexão de Gênero Gênero é a propriedade que as palavras têm de indicar sexo real ou fictício dos seres. 1 . por exemplo. FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS O substantivo é uma classe variável. uns. há dois gêneros: masculino e feminino. as. Pertencem ao gênero masculino os substantivos que podem vir precedidos dos artigos o. pois se originou a partir da palavra limão. Substantivo Derivado: é aquele que se origina de outra palavra. A palavra é variável quando sofre flexão (variação). É um substantivo simples. etc. sol. Substantivo Simples: é aquele formado por um único elemento.água caindo em gotas sobre a terra. Outros substantivos simples: tempo. umas: A história sem fim Uma cidade sem passado As tartarugas ninjas Substantivos Biformes e Substantivos Uniformes Substantivos Biformes (= duas formas): ao indicar nomes de seres vivos. O substantivo limão é primitivo. A palavra menino. passatempo. uma. O substantivo limoeiro é derivado. Esse substantivo é composto. Substantivo Composto: é aquele formado por dois ou mais elementos. um. Substantivo Composto: é aquele formado por dois ou mais elementos. pois não se originou de nenhum outro dentro de língua portuguesa. Fem. meu pé de jacarandá. Veja estes títulos de filmes: .prefeita 11 .O substantivo guarda-chuva é formado por dois elementos (guarda + chuva).. Outros exemplos: beija-flor. havendo.Os reis da praia Pertencem ao gênero feminino os substantivos que podem vir precedidos dos artigos a. O substantivo limoeiro é derivado. portanto. Na língua portuguesa.O velho e o mar . Observe: gato . os. 5-Substantivos Primitivos e Derivados Veja: Meu limão meu limoeiro. Esse substantivo é composto.. O substantivo chuva é formado por um único elemento ou radical. meu pé de jacarandá.. Substantivo Derivado: é aquele que se origina de outra palavra. Veja agora: O substantivo guarda-chuva é formado por dois elementos (guarda + chuva).gata homem .

o cônjuge.Substantivos de origem grega terminados em ema ou oma. que pode designar seres dos dois sexos.elefanta g) Substantivos que têm radicais diferentes no masculino e no feminino: bode . Por exemplo: doutor .Substantivos Uniformes: são aqueles que apresentam uma única forma. variam em seu significado. pois há palavras que. Saiba que: . Por exemplo: freguês . o sintoma. É o caso de criança.patroa . o poema. o gênio. -isa: -esa cônsul . Comuns de Dois Gêneros: indicam o sexo das pessoas por meio do artigo. Por exemplo: a cobra macho e a cobra fêmea. por exemplo. a testemunha.Existem certos substantivos que. Por exemplo: o rádio (aparelho receptor) e a rádio (estação emissora) o capital (dinheiro) e a capital (cidade) Pó tem sexo? O uso das palavras masculino e feminino costuma provocar confusão entre a categoria gramatical de gênero e a característica biológica dos sexos.troca-se -ão por -oa.vaca h) Substantivos que formam o feminino de maneira especial.poetisa profeta . o doente e a doente. não seguem nenhuma das regras anteriores: czar . mesmo pertencendo exclusivamente a um único gênero.freguesa c) Substantivos terminados em -ão: fazem o feminino de três formas: .aluna b) Substantivos terminados em -ês: acrescenta-se -a ao masculino.baronesa ladrão. podem indicar seres do sexo masculino ou feminino. -essa.abadessa conde . a vítima. Por exemplo: solteirão . o ídolo.czarina réu . o sistema. Sobrecomuns: têm um só gênero e nomeiam pessoas.sultana d) Substantivos terminados em -or: .ladra sultão . isto é. o indivíduo. Para evitar essa confusão. o teorema. Ainda assim. . são masculinos.consulesa duque . o artista e a artista.acrescenta-se -a ao masculino. Por exemplo: a criança.profetisa f) Substantivos que formam o feminino trocando o -e final por -a: elefante . Formação do Feminino dos Substantivos Biformes a) Regra geral: troca-se a terminação -o por -a. o jacaré macho e o jacaré fêmea.troca-se -or por -triz: imperador . essa relação não é obrigatória. é um substantivo masculino pela concordância que estabelece com o artigo o. que serve tanto para o masculino quanto para o feminino. Só faz sentido relacionar o gênero ao sexo quando se trata de palavras que designam pessoas e animais.solteirona Exceções: barão .cabra boi . do gênero feminino.ré 12 . Por exemplo: o axioma.campeã -troca-se -ão por ona. e não porque se possa pensar num possível comportamento sexual das partículas de poeira.troca-se -ão por -ã. Por exemplo: o colega e a colega.doutora . variando de gênero. o fonema. Por exemplo: campeão . Classificam-se em: Epicenos: têm um só gênero e nomeiam bichos. Por exemplo: aluno .condessa -isapoeta .imperatriz e) Substantivos com feminino em -esa. observe que definimos gênero como um fato relacionado com a concordância das palavras: pó. como os pares professor/professora ou gato/gata. Por exemplo: patrão .duquesa -essaabade .

a) Entre os escritores modernos nota-se acentuada preferência pelo masculino: Por exemplo: O menino descobriu nas nuvens os personagens dos contos de carochinha. que não aceitam a personagem. maquinação.uma jovem artista famoso . Nesse caso. O restante da notícia nos informa que se trata de um homem. ora como femininos.Formação do Feminino dos Substantivos Uniformes Epicenos: Observe: Novo jacaré escapa de policiais no rio Pinheiros. No caso dos epicenos. uma vez que a palavra motorista é um substantivo uniforme. Não é possível saber o sexo do jacaré em questão.repórter francesa Substantivos de Gênero Incerto Existem numerosos substantivos de gênero incerto e flutuante. utilizam palavras macho e fêmea. superstição. Veja: A criança chorona chamava-se João. grande numero a cólera ou cólera-morbo doença infecciosa a personagem pessoa importante. A palavra crianças refere-se tanto a seres do sexo masculino. o cônjuge O cônjuge de João faleceu. Exemplos: o colega . b) Com referência a mulher. A criança chorona chamava-se Maria. sendo usados com a mesma significação. banquete de o ágape confraternização o caudal torrente. conluio. ora como masculinos. xerocópia refeição que os cristãos faziam em comum. crendice a aluvião sedimentos deixados pelas águas. inundação. Maria é uma boa criatura. cilada a xerox (ou xérox) cópia xerográfica. A distinção de gênero pode ser feita através da análise do artigo ou adjetivo. quando acompanharem o substantivo. Outros substantivos sobrecomuns: a criatura João é uma boa criatura. pessoa que figura numa história a trama intriga.a imigrante um jovem . A palavra personagem é usada indistintamente nos dois gêneros. A cobra fêmea escondeu-se na bananeira. -se Por exemplo: a cobra A cobra macho picou o marinheiro. O cônjuge de Marcela faleceu Comuns de Dois Gêneros: Observe a manchete: Motorista tem acidente idêntico 23 anos depois. Quem sofreu o acidente: um homem ou uma mulher? É impossível saber apenas pelo título da notícia. quanto a seres do sexo feminino. Sobrecomuns: Entregue as crianças à natureza. a abusão erro comum.a colega o imigrante . Isso ocorre porque o substantivo jacaré tem apenas uma forma para indicar o masculino e o feminino. rio o diabetes ou diabete doença o jângal floresta própria da Índia o lhama mamífero ruminante da família dos camelídeos o ordenança soldado às ordens de um oficial o praça soldado raso o preá pequeno roedor Note que: 1. quando houver a necessidade de especificar o sexo. nem o artigo nem um possível adjetivo permitem identificar o sexo dos seres a que se refere a palavra.artista famosa repórter francês . Esses substantivos são chamados de epicenos. Alguns nomes de animais apresentam uma só forma para designar os dois sexos. 13 . deve-se preferir o feminino: O problema está nas mulheres de mais idade.

como masculinos. o Cairo. desconfiança) a cinza (resíduos de combustão) a capital (cidade) a coma (cabeleira) a coral (cobra venenosa) a crisma (sacramento da confirmação) a cura (ato de curar) a estepe (vasta planície de vegetação) a guia (documento. indica os movimentos que se deve realizar em conjuntp. popularidade) Substantivos de Gênero Incerto 14 . 3. por se referirem. que à frente da tropa. o que vai à frente de um bloco carnavalesco. nem era minha intenção. usado na administração da crisma e de outros sacramentos) o cura (pároco) o estepe (pneu sobressalente) o guia (pessoa que guia outras) o grama (unidade de peso) o caixa (funcionário da caixa) o lente (professor) o moral (ânimo) o nascente (lado onde nasce o Sol) o maria-fumaça (trem como locomotiva a vapor) o pala (poncho) o rádio (aparelho receptor) o voga (remador) a baliza (marco.Não cheguei assim. Uma Londres imensa e triste. a fleuma. ordinariamente. Exceções: o Rio de Janeiro. etc. A dinâmica São Paulo. A acolhedora Porto Alegre. a cor vermelha. setor de pagamentos) a lente (vidro de aumento) a moral (honestidade. Observe o gênero dos substantivos seguintes: Masculinos o tapa o eclipse o lança-perfume o dó (pena) o sanduíche o clarinete o champanha o sósia o maracajá o clã o hosana o herpes o pijama o suéter o soprano o proclama o pernoite o púbis Femininos a dinamite a áspide a derme a hélice a alcíone a filoxera a clâmide a omoplata a cataplasma a pane a mascote a gênese a entorse a libido a cal a faringe a cólera (doença) a ubá (canoa) São geralmente masculinos os substantivos de origem grega terminados em -ma: o grama (peso) o epigrama o apotegma o quilograma o telefonema o trema o plasma o estratagema o eczema o apostema o dilema o edema o diagrama o teorema o magma Exceções: a cataplama. Diz-se: o (ou a) manequim Marcela. sinal que marca um limite ou proibição de trânsito) a cabeça (parte do corpo) a cisma (ato de cismar. praça (soldado) e sentinela (soldado. Observe: o baliza (soldado que. Por exemplo: A histórica Ouro preto. o anátema o estigma o axioma o tracoma o hematoma Gênero dos Nomes de Cidades: Salvo raras exceções. nomes de cidades são femininos. atalaia) são sentidos e usados na língua atual. o Porto. estaca. a criar uma personagem. 2. pena grande das asas das aves) a grama (relva) a caixa (recipiente. Gênero e Significação: Muitos substantivos têm uma significação no masculino e outra no feminino. ética) a nascente (a fonte) a maria-fumaça (locomotiva movida a vapor) a pala (parte anterior do boné ou quépe. a homens. dissidência) o cinza (a cor cinzenta) o capital (dinheiro) o coma (perda dos sentidos) o coral (pópilo. bons costumes. manejando um bastão) o cabeça (chefe) o cisma (separação religiosa. o (ou a) modelo fotográfico Ana Belmonte. o Havre. a celeuma. Ordenança. anteparo) a rádio (estação emissora) a voga (moda. canto em coro) o crisma (óleo sagrado.

2. a fleuma. como masculinos. Por exemplo: A histórica Ouro preto. rio o diabetes ou diabete doença o jângal floresta própria da Índia o lhama mamífero ruminante da família dos camelídeos o ordenança soldado às ordens de um oficial o praça soldado raso o preá pequeno roedor Note que: 1. superstição. o (ou a) modelo fotográfico Ana Belmonte. a abusão erro comum. por se referirem. o Havre. sendo usados com a mesma significação. ordinariamente.Existem numerosos substantivos de gênero incerto e flutuante. nem era minha intenção. 3. banquete de o ágape confraternização o caudal torrente. Observe o gênero dos substantivos seguintes: Masculinos o tapa o eclipse o lança-perfume o dó (pena) o sanduíche o clarinete o champanha o sósia o maracajá o clã o hosana o herpes o pijama o suéter o soprano o proclama o pernoite o púbis Femininos a dinamite a áspide a derme a hélice a alcíone a filoxera a clâmide a omoplata a cataplasma a pane a mascote a gênese a entorse a libido a cal a faringe a cólera (doença) a ubá (canoa) São geralmente masculinos os substantivos de origem grega terminados em -ma: o grama (peso) o epigrama o apotegma o quilograma o telefonema o trema o plasma o estratagema o eczema o apostema o dilema o edema o diagrama o teorema o magma Exceções: a cataplama. o anátema o estigma o axioma o tracoma o hematoma Gênero dos Nomes de Cidades: Salvo raras exceções. A palavra personagem é usada indistintamente nos dois gêneros. cilada a xerox (ou xérox) cópia xerográfica. a) Entre os escritores modernos nota-se acentuada preferência pelo masculino: Por exemplo: O menino descobriu nas nuvens os personagens dos contos de carochinha. o Porto. o Cairo. etc. A dinâmica São Paulo. ora como femininos. Uma Londres imensa e triste. atalaia) são sentidos e usados na língua atual. ora como masculinos. a criar uma personagem. b) Com referência a mulher. a celeuma. conluio. 15 . Exceções: o Rio de Janeiro. Não cheguei assim. deve-se preferir o feminino: O problema está nas mulheres de mais idade. maquinação. grande numero a cólera ou cólera-morbo doença infecciosa a personagem pessoa importante. pessoa que figura numa história a trama intriga. crendice a aluvião sedimentos deixados pelas águas. Ordenança. nomes de cidades são femininos. a homens. A acolhedora Porto Alegre. Diz-se: o (ou a) manequim Marcela. xerocópia refeição que os cristãos faziam em comum. praça (soldado) e sentinela (soldado. que não aceitam a personagem. inundação.

ética) a nascente (a fonte) a maria-fumaça (locomotiva movida a vapor) a pala (parte anterior do boné ou quépe. estaca. manejando um bastão) o cabeça (chefe) o cisma (separação religiosa. do tipo de palavras que formam o composto e da relação que estabelecem entre si. Algumas orientações são dadas a seguir: a) Flexionam-se os dois elementos. ou seja.notícias-bomba homem-rã .palavras-chave bomba-relógio . especifica a função ou o tipo do termo anterio r.homens-rã peixe-espada . Aqueles que são grafados sem hífen comportam-se como os substantivos simples: aguardente e aguardentes girassol e girassóis pontapé e pontapés malmequer e malmequeres 16 . setor de pagamentos) a lente (vidro de aumento) a moral (honestidade. que à frente da tropa. canto em coro) o crisma (óleo sagrado. bons costumes. sinal que marca um limite ou proibição de trânsito) a cabeça (parte do corpo) a cisma (ato de cismar. popularidade) Plural dos Substantivos Compostos A formação do plural dos substantivos compostos depende da forma como são grafados. Observe: o baliza (soldado que. quando formados de: verbo + advérbio = o bota-fora e os bota-fora verbo + substantivo no plural = o saca-rolhas e os saca-rolhas e) Casos Especiais o louva-a-deus e os louva-a-deus o bem-te-vi e os bem-te-vis o bem-me-quer e os bem-me-queres o joão-ninguém e os joões-ninguém. anteparo) a rádio (estação emissora) a voga (moda. Exemplos: palavra-chave . quando formados de: substantivo + substantivo = couve-flor e couves-flores substantivo + adjetivo = amor-perfeito e amores-perfeitos adjetivo + substantivo = gentil-homem e gentis-homens numeral + substantivo = quinta-feira e quintas-feiras b) Flexiona-se somente o segundo elemento. dissidência) o cinza (a cor cinzenta) o capital (dinheiro) o coma (perda dos sentidos) o coral (pópilo.peixes-espada d) Permanecem invariáveis. quando formados de: substantivo + preposição clara + substantivo = água-de-colônia e águas-de-colônia substantivo + preposição oculta + substantivo = cavalo-vapor e cavalos-vapor substantivo + substantivo que funciona como determinante do primeiro. do tipo de palavras que formam o composto e da relação que estabelecem entre si. pena grande das asas das aves) a grama (relva) a caixa (recipiente. o que vai à frente de um bloco carnavalesco. quando formados de: verbo + substantivo = guarda-roupa e guarda-roupas palavra invariável + palavra variável = alto-falante e alto-falantes palavras repetidas ou imitativas = reco-reco e reco-recos c) Flexiona-se somente o primeiro elemento. a cor vermelha. indica os movimentos que se deve realizar em conjuntp. Aqueles que são grafados sem hífen comportam-se como os substantivos simples: aguardente e aguardentes girassol e girassóis pontapé e pontapés malmequer e malmequeres O plural dos substantivos compostos cujos elementos são ligados por hífen costuma provocar muitas dúvidas e discussões.Gênero e Significação: Muitos substantivos têm uma significação no masculino e outra no feminino. Plural dos Substantivos Compostos A formação do plural dos substantivos compostos depende da forma como são grafados. desconfiança) a cinza (resíduos de combustão) a capital (cidade) a coma (cabeleira) a coral (cobra venenosa) a crisma (sacramento da confirmação) a cura (ato de curar) a estepe (vasta planície de vegetação) a guia (documento.bombas-relógio notícia-bomba . usado na administração da crisma e de outros sacramentos) o cura (pároco) o estepe (pneu sobressalente) o guia (pessoa que guia outras) o grama (unidade de peso) o caixa (funcionário da caixa) o lente (professor) o moral (ânimo) o nascente (lado onde nasce o Sol) o maria-fumaça (trem como locomotiva a vapor) o pala (poncho) o rádio (aparelho receptor) o voga (remador) a baliza (marco.

quando formados de: substantivo + substantivo = couve-flor e couves-flores substantivo + adjetivo = amor-perfeito e amores-perfeitos adjetivo + substantivo = gentil-homem e gentis-homens numeral + substantivo = quinta-feira e quintas-feiras b) Flexiona-se somente o segundo elemento. palavras de outras classes gramaticais usadas como substantivo. papelinhos.homens-rã peixe-espada . isto é.O plural dos substantivos compostos cujos elementos são ligados por hífen costuma provocar muitas dúvidas e discussões.palavras-chave bomba-relógio . e usados até por escritores de renome. Obs. Ouça com a mesma serenidade os sins e os nãos.: numerais substantivados terminados em -s ou -z não variam no plural. quando formados de: verbo + substantivo = guarda-roupa e guarda-roupas palavra invariável + palavra variável = alto-falante e alto-falantes palavras repetidas ou imitativas = reco-reco e reco-recos c) Flexiona-se somente o primeiro elemento. as flexões próprias dos substantivos. Por exemplo: Nas provas mensais consegui muitos seis e alguns dez. florzinhas. Plural das Palavras Substantivadas As palavras substantivadas. quando formados de: verbo + advérbio = o bota-fora e os bota-fora verbo + substantivo no plural = o saca-rolhas e os saca-rolhas e) Casos Especiais o louva-a-deus e os louva-a-deus o bem-te-vi e os bem-te-vis o bem-me-quer e os bem-me-queres o joão-ninguém e os joões-ninguém.notícias-bomba homem-rã . retira-se o s final e acrescenta-se o sufixo diminutivo. pãe(s) + zinhos animai(s) + zinhos botõe(s) + zinhos chapéu(s) + zinhos farói(s) + zinhos tren(s) + zinhos colhere(s) + zinhas flore(s) + zinhas pãezinhos animaizinhos botõezinhos chapeuzinhos faroizinhos trenzinhos colherezinhas florezinhas mão(s) + zinhas papéi(s) + zinhos nuven(s) + zinhas funi(s) + zinhos túnei(s) + zinhos pai(s) + zinhos pé(s) + zinhos pé(s) + zitos mãozinhas papeizinhos nuvenzinhas funizinhos tuneizinhos paizinhos pezinhos pezitos Obs. ou seja. quando formados de: substantivo + preposição clara + substantivo = água-de-colônia e águas-de-colônia substantivo + preposição oculta + substantivo = cavalo-vapor e cavalos-vapor substantivo + substantivo que funciona como determinante do primeiro. Plural dos Diminutivos Flexiona-se o substantivo no plural.bombas-relógio notícia-bomba . no plural. O aluno errou na prova dos noves. correntes na língua popular. 17 . Por exemplo: Pese bem os prós e os contras.: são anômalos os plurais pastorinhos(as). florinhas. especifica a função ou o tipo do termo anterior. Exemplos: palavra-chave .peixes-espada d) Permanecem invariáveis. apresentam. colherzinhas e mulherzinhas. Algumas orientações são dadas a seguir: a) Flexionam-se os dois elementos.

b) Outros só no plural: Por exemplo: as núpcias. o norte. o oeste. soros. Por exemplo: Os Napoleões também são derrotados. estojos. Por exemplo: os shows os shorts os jazz Substantivos já aportuguesados flexionam-se de acordo com as regras de nossa língua: Por exemplo: os clubes os jipes as toaletes os garçons os chopes os esportes os bibelôs os réquiens Observe o exemplo: Este jogador faz gols toda vez que joga. gostos. É um fato fonético chamado metafonia. rolos. feixe (molho de lenha). as fezes. Plural com Mudança de Timbre Certos substantivos formam o plural com mudança de timbre da vogal tônica (o fechado / o aberto). os pêsames. Particularidades sobre o Número dos Substantivos a) Há substantivos que só se usam no singular: Por exemplo: o sul. a fé. etc. os víveres. caldo (molho de carne). de molho (ó). O plural correto seria gois (ô).: distinga-se molho (ô). As Raquéis e Esteres. mas não se usa. esposos. globos. acrecentando-se-lhes um s (exceto quando terminam em s ou z). Singular corpo (ô) esforço fogo forno fosso imposto olho Plural corpos (ó) esforços fogos fornos fossos impostos olhos Singular osso (ô) ovo poço porto posto rogo tijolo Plural ossos (ó) ovos poços portos postos rogos tijolos Têm a vogal tônica fechada (ô): adornos. Obs. as espadas/os paus (naipes de baralho). o leste. etc. polvos. Plural dos Substantivos Estrangeiros Substantivos ainda não aportuguesados devem ser escritos como na língua original. 18 .Plural dos Nomes Próprios Personativos Devem-se pluralizar os nomes próprios de pessoas sempre que a terminação se preste à flexão. almoços. bolsos.

os substantivos no singular mas com sentido de plural: Por exemplo: Aqui morreu muito negro. rapazola. ato ou conceito de que vamos tratar. Por exemplo: casinha. Nesse sentido. sentido diferente do singular: Por exemplo: bem (virtude) e bens (riquezas) honra (probidade.Indica um ser de tamanho considerado normal. enfim. mulheraço. 19 . obviamente. um fator de eficiência em nosso trabalho. Sintético = é acrescido ao substantivo um sufixo indicador de diminuição.em todas elas. Pode ser: Analítico = substantivo acompanhado de um adjetivo que indica pequenez. Por exemplo: casa Grau Aumentativo . delimita-se ou expande-se a abrangência do sentido dos conceitos analisados. bom nome) e honras (homenagem. futebolzinho . Sintético = é acrescido ao substantivo um sufixo indicador de aumento. o ser. É normalmente por meio de um substantivo que se apresenta pela primeira vez. Por exemplo: casa pequena. Ao mesmo tempo. Depois disso. As formas diminutivas e aumentativas são exploradas expressivamente por poetas e prosadores. Celebraram o sacrifício divino muitas vezes em capelas improvisadas. Grau Diminutivo . títulos) d) Usamos às vezes. no plural. Por meio desse processo.Indica o aumento do tamanho do ser. admiração. o que interessa é transmitir dados como carinho. Por exemplo: casarão. num texto. verbos e adjetivos cognatos nos oferecem a possibilidade de reelaborar frases e estruturas oracionais em busca das mais adequadas a determinada necessidade ou estratégia comunicativa.c) Outros.Indica a diminuição do tamanho do ser. Substantivos na leitura e produção de textos Saber nomear com precisão os seres e conceitos de que pretendemos tratar quando falamos ou redigimos é. Além disso. No que diz respeito à indicação de grau. os substantivos desempenham um papel importantíssimo nos mecanismos de coesão e coerência textuais. Classifica-se em: Analítico = o substantivo é acompanhado de um adjetivo que indica grandeza. insistimos no valor afetivo que o aumentativo e o diminutivo formados por sufixação costumam transmitir: esse valor afetivo não é explorado apenas na língua coloquial. evidencia se o ponto de vista do produtor do texto sobre o tema tratado. mulher e menino. num processo de retomada que é parte importante da progressão textual. relações variáveis de significado. mas também na língua literária. Classificam-se em: Grau Normal ." Flexão de Grau do Substantivo Grau é a propriedade que as palavras têm de exprimir as variações de tamanho dos seres. Por exemplo: casa grande. ladrãozinho. têm. Amigão é amigo grande ou grande amigo? No uso efetivo da língua. ironia ou desprezo. ia bem cinquenta mil. Observe formas como amigão. partidão. e não noções ligadas ao tamanho físico dos seres nomeados. livrinho. entre homem. conhecer os substantivos e refletir sobre os sentidos e significados que exprimem em situações de interações entre substantivos abstratos. com a seleção vocabular. utilizam-se substantivos que mantêm. Juntou-se ali uma população de retirantes que. bandidaço. Conhecer os mecanismos de flexão dos substantivos é fundamental para o estabelecimento da concordância nas frases e orações de nossos textos orais ou escritos. com esse primeiro. as formas sintéticas de indicação de grau são normalmente empregadas para conferir valores afetivos ao seres nomeados pelos substantivos.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful