Você está na página 1de 3

O que são mitos?

Mito da criação da Via Lactea


Mito grego sobre a criação da Via Láctea
O mito é um tipo de narrativa simbólica, que tem a intenção de explicar certos
fenômenos por meio de metáforas e simbolismos.

Outro mito grego muito conhecido é a história de Prometeu, que roubou o fogo de
Zeus para dar aos humanos. Já um mito contemporâneo comum é de que os gatos
pretos trazem má sorte, o que não tem nenhuma evidência real.

Também podemos trazer exemplos do folclore brasileiro. Os mitos brasileiros contam


com figuras fantásticas como o Saci Pererê, o Curupira, o Boitatá, entre muitos outros.

O que são lendas?


Robin Hood
A história de Robin Hood se transformou em uma lenda
As lendas são histórias que podem incluir elementos fantásticos ou sobre-humanos,
mas presume-se que tenham base em fatos históricos e mencione pessoas ou
eventos reais.

Um fato histórico se transforma em uma lenda quando a verdade é exagerada, dando


características especiais às pessoas ou fantasiando acontecimentos. Por exemplo,
nelas, as figuras históricas podem ter qualidades sobre-humanas ou extraordinárias.

Além disso, eventos reais podem incorporar elementos falsos, como um sábio ou
cartomante avisando um herói sobre eventos futuros.

Apesar das características das pessoas, particularmente dos heróis, não poderem ser
provadas ou serem mesmo falsas, as lendas ainda têm alguma base na verdade. Por
isso, podem ser colocadas em um contexto histórico.

Exemplos de lendas
Um exemplo clássico de lenda são as histórias de Robin Hood. Na história, Robin é
um fora-da-lei conhecido por roubar dos ricos para dar aos pobres que teria vivido na
Inglaterra durante o século XII.

Outro exemplo são as histórias do Rei Arthur, que teriam sido baseadas em um
verdadeiro líder britânico. Sua existência, no entanto, ainda é tema de debate entre os
historiadores.

Evidências sobre mitos e lendas


Como os mitos tendem a incluir elementos sobrenaturais em um passado muito antigo,
não há provas objetivas ou evidências de que a história tenha acontecido.

Já as lendas são histórias baseadas em pessoas reais ou eventos históricos. Portanto,


podem ser colocadas em uma linha do tempo real. Elas podem ser verificadas até
certo ponto, mas costumam ter elementos que não podem ser comprovados.
Estudo PráticoAbrir menu...
Redação
Mito e lenda
Por Débora Silva em 04/02/2016
Não raro, os termos mito e lenda são empregados erroneamente como sinônimos.
Embora os dois tenham uma relação e possuam elementos comuns, fazendo parte da
tradição oral dos povos, são manifestações diferentes.

Tanto o mito como a lenda são narrações que contam ou explicam determinados
episódios históricos ou religiosos de uma determinada comunidade, porém, existem
diferenças entre os dois.

Mito e lenda
Foto: Reprodução/ internet

Os mitos
O mito é uma narração de caráter fantástico, normalmente protagonizada por
personagens sobrenaturais e heroicos, sendo usado para explicar fatos da realidade e
fenômenos naturais que não eram compreendidos pelos povos antigos.

Este tipo de narração procura explicar a origem do mundo, os fenômenos da natureza


ou determinados aspectos religiosos vinculados a uma comunidade ou civilização,
com a utilização de simbologia, personagens sobrenaturais, deuses e heróis,
misturados a fatos reais, características humanas e pessoas que existiram de fato.

Confira a seguir as características dos mitos:

Possui caráter explicativo ou simbólico;


Busca explicar as origens do mundo e do homem por meio personagens como deuses
ou semi-deuses;
Explica a realidade por meio de suas histórias sagradas, que não possuem
embasamento para serem aceitas como verdades.
A mitologia agrupa todos os mitos de uma determinada comunidade ou civilização.
Dentre os mitos mais populares estão a caixa de Pandora, os mitos dos deuses que
deram nome aos planetas do Sistema Solar e o mito de Exalibur.

As lendas
As lendas são relatos folclóricos transmitidos oralmente, com o objetivo de explicar
acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais. As histórias são fantásticas e são
criados com elementos de ficção que podem ser baseadas em algum acontecimento
histórico.

As lendas são contadas ao longo do tempo e podem ser modificados pela imaginação
das pessoas e, por este motivo, uma mesma lenda pode ser diferente entre uma
população e outra, adaptando-se às circunstâncias de cada comunidade.
Este tipo de narração costuma servir para explicar algum acontecimento histórico ou
de uma determinada comunidade. Também possuem um caráter literário e existem
livros com este tipo de histórias.

Confira a seguir as características das lendas:

Ocorre a mescla da realidade dos fatos com fantasia ou ficção;


Faz parte da tradição oral;
Os fatos reais e históricos servem como suporte às histórias;
Por serem repassadas oralmente, sofrem mudanças ao longo do tempo.
A lenda do cavalo de Tróia é um exemplo universal deste tipo de narração. No Brasil,
podemos destacar as lendas da Cuca, Saci Pererê, Curupira ou Caipora, Mula-sem-
cabeça, Boitatá e Pisadeira.

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas


Literaturas).

Atividade
Crie um mito de acordo com a realidade no mundo de hoje. Você também adaptar com
a mitologia grega ou romana.

Você também pode gostar