Você está na página 1de 14

Universidade Anhanguera-UNIDERP

2008.2 GUIA ACADÊMICO

Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

em parceria com

São Paulo, jul/2009


Anhanguera-UNIDERP / LFG Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

Sumário

1 – Apresentação 03
2 – Credenciamento dos Cursos 04
3 – Secretaria Acadêmica Virtual – Seavi 04
4 – Funcionamento dos Cursos 04
Encontros telepresenciais 04
Assistindo aula em outra unidade alterado 05
Savi-Pós 05
Professor-tutor 06
Monitor virtual 06
Atividades a serem realizadas na Savi-Pós 06
5 – Sistema de Avaliação 07
Atividade a Distancia (AD) 07
Avaliação Presencial (AP) 07
6 – Critérios de Aprovação 07
Avaliação Especial (AE) 08
Realização de prova em outra unidade alterado 08
7 – Abono e justificativa de faltas, licença gestação, regime especial e
09
avaliação extemporânea
Abono de faltas 09
Justificativa de faltas 10
Licença Gestação 10
Regime especial 11
Avaliação extemporânea 11
8 – Transferência de Unidade 11
9 – Modalidades dos Cursos de Especialização TeleVirtuais 11
10 – Trabalho de Conclusão de Curso alterado 12
11 – Apresentação Oral do Trabalho de Conclusão de Curso 12
12 – Rematrícula 12
13 – Cancelamento de Matrícula 12
14 – Concessão de aproveitamento de disciplinas 13
15 – Informações acadêmicas sobre o Curso 13
16 – Certificado 13
Guia Acadêmico | 2008.2

17 – Monitoria de sala de aula 14


18 – Solicitação de carteira de estudante 14
19 – Contatos 14

alterado – alterações destacadas em verde

Publicado em 29/07/09 2
Anhanguera-UNIDERP / LFG Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

1 - Apresentação

Prezada Pós-graduanda, Prezado Pós-graduando,

O presente Guia contém informações úteis para o bom desenvolvimento


do seu Curso de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtual.

Esperamos que ele possa dirimir eventuais dúvidas surgidas no decorrer


de sua estada conosco.

Seja bem-vindo(a) ao Curso!

Parceria Anhanguera-UNIDERP | Rede LFG

Guia Acadêmico | 2008.2

Publicado em 29/07/09 3
Anhanguera-UNIDERP / LFG Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

2 - Credenciamento dos Cursos


A Universidade Anhanguera-UNIDERP está credenciada pela Portaria n. 4.069, de
29 de Novembro de 2005/MEC para oferecer cursos superiores na modalidade a
distância. De acordo com o MEC as “IES [Instituições de Ensino Superior]
Credenciadas e Autorizadas para oferta de Cursos de Graduação a Distância,
estão também Automaticamente Credenciadas para a oferta de Cursos de Pós-
Graduação lato sensu a Distância.”
http://portal.mec.gov.br/sesu/index.php?option=content&task=view&id=588&Ite
mid=298

3 – Secretaria Acadêmica Virtual – Seavi


Durante todo o Curso, o pós-graduando conta com apoio acadêmico-
administrativo da Secretaria Acadêmica Virtual. Por meio dela, poderá elaborar
requerimentos, solicitar declarações, etc.
Toda a comunicação do pós-graduando com a secretaria da Universidade
Anhanguera-UNIDERP|Rede LFG é feita por meio da Seavi, menu Fale Conosco.

4 - Funcionamento dos Cursos


Ministrado na modalidade TeleVirtual, o Curso conta com:
 Encontros telepresenciais: para a realização das aulas;
 Sala de Aula Virtual (Savi-Pós): na qual o pós-graduando encontrará o
material de leitura, as atividades, bem como poderá interagir com
professores-tutores, monitores e demais colegas;
 Sistema Tutorial Anhanguera-UNIDERP | LFG: composto por uma equipe de
professores-tutores, monitores e coordenadores, que acompanhará seus
estudos durante todo o Curso;
 Encontros presenciais: para as avaliações presenciais e para a apresentação
oral do Trabalho de Conclusão de Curso.

Encontros telepresenciais
Durante todas as disciplinas ocorrerão aulas
É obrigatória a presença
telepresenciais, via satélite. Para acompanhá-las, do pós-graduando em
o pós-graduando deve dirigir-se à Unidade pelo menos 75% das
associada escolhida no momento da inscrição. aulas telepresenciais de
cada disciplina.
Nesse mesmo local, serão realizadas as avaliações
presenciais e a apresentação oral do Trabalho de
Conclusão de Curso, com apoio operacional da Rede LFG e dessa Unidade.
Guia Acadêmico | 2008.2

As aulas telepresenciais serão geradas em estúdio da Rede LFG e recebidas em


cada Unidade, em tempo real (horário de Brasília).
Havendo necessidade de retransmissão da aula, em razão de feriado municipal
ou estadual ou de problemas técnicos, o monitor de sala de aula ou responsável
pela unidade combinará com os pós-graduandos dia e horário da reprise.
O pós-graduando poderá participar das aulas enviando perguntas ao professor.

Publicado em 29/07/09 4
Anhanguera-UNIDERP / LFG Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

Assistindo aula em outra unidade alterado


Havendo necessidade de o pós-graduando assistir aula em outra Unidade, ele
deverá entrar em contato com a Unidade na qual pretende assistir à aula, para
confirmar se o curso está sendo transmitido.
No dia da aula, a Unidade deverá imprimir e assinar o formulário próprio encontrado na Secretaria
Acadêmica Virtual – Seavi e entregar ao pós-graduando, a fim de comprovar sua presença.
O discente deve, ainda, assinar a lista de presença no espaço reservado para alunos visitantes e,
posteriormente, entregar o comprovante de freqüência na Unidade de origem para o cômputo
da freqüência. Sem esse procedimento não será computada a presença do pós-graduando.

Veja a relação completa e o endereço das Unidades que transmitem o curso na


Seavi.

Savi-Pós
A Savi-Pós é uma sala de aula virtual. Por meio dela é colocado à disposição do
pós-graduando um completo sistema de ensino, com professores-tutores
preparados para tirar as dúvidas em relação aos conteúdos, às atividades, bem
como de monitores capacitados para auxiliar o pós-graduando na utilização das
tecnologias de comunicação e nas questões acadêmico-administrativas.
É na Savi-Pós que o pós-graduando:
 poderá interagir com a comunidade envolvida no processo de ensino-
aprendizagem;
 terá acesso aos materiais das disciplinas (leitura obrigatória e
complementar);
 realizará as atividades das aulas.
Os textos de leitura são relacionados com as
aulas da disciplina. Eles podem ser compostos de Recomendamos aos pós-
legislação, estatísticas, relatórios de pesquisas, graduandos que copiem
ou reproduzam todo o
notícias, decisões de Tribunais, dentre outras material de aula, que
informações úteis para o aprendizado do pós- tenham interesse em
graduando, compondo o material didático. arquivar, desde o início
das disciplinas; pois,
Também é na Savi-Pós que serão realizados os após o encerramento das
mesmas, não haverá
fóruns, enquetes e chats, bem como a atividade mais essa possibilidade.
obrigatória a distância (AD) e que estará
disponível a atividade de auto-avaliação (AA),
envolvendo temas polêmicos, pertinentes à matéria lecionada, sempre mediada
pelos professores-tutores, podendo contar com a participação de professores do
Curso, bem como da Coordenação e de convidados especiais.
Guia Acadêmico | 2008.2

O acompanhamento regular da Savi-Pós é obrigatório e seu acesso compõe parte


da carga horária do curso. Toda a comunicação ao pós-graduando é feita por
meio de mural.
É na Savi-Pós que o pós-graduando poderá entrar em contato com o professor-
tutor e com monitor virtual.
Professor-tutor

Publicado em 29/07/09 5
Anhanguera-UNIDERP / LFG Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

O professor-tutor é um mediador no processo de


O professor-tutor é um
ensino-aprendizagem, sendo o responsável pela profissional que domina
motivação dos pós-graduandos e pela criação de o conteúdo da disciplina
oportunidades de aprendizagem. Ele acompanha de forma que pode
auxiliar o pós-graduando
os pós-graduandos durante o desenvolvimento das e sanar suas dúvidas. O
atividades de cada disciplina, orientando-os na contato com o professor-
realização das mesmas. É o responsável pela tutor é feito por meio do
Savi-Pós.
realização da avaliação da aprendizagem,
fornecendo notas ao final da disciplina.
Para conhecer o professor-tutor, o pós-graduando deve acessar a disciplina na
Savi-Pós. Lá poderá visualizar o perfil do professor-tutor e todas as demais
informações pertinentes.

Monitor virtual
O monitor virtual é um profissional que auxiliará
o pós-graduando de forma sistemática e A monitoria responde
colaborativa em questões acadêmico- apenas por questões
administrativas. acadêmicas e
administrativas, sendo o
A monitoria virtual não responde por questões de professor-tutor o
responsável por
conteúdo, nem influencia no processo de responder questões de
avaliação da aprendizagem. O objetivo da conteúdo das aulas.
monitoria é dar o suporte técnico-administrativo Todas as dúvidas de pós-
graduandos devem ser
ao pós-graduando. encaminhadas ao devido
responsável.
Estes profissionais são fortes aliados e estarão
presentes durante toda a trajetória acadêmica do
pós-graduando.

Atividades a serem realizadas na Savi-Pós


Haverá leituras e atividades a serem realizadas na Savi-Pós. As atividades
decorrem da leitura do material didático. Algumas são obrigatórias (atividades
obrigatórias a distância – AD) e, outras, facultativas (de auto-avaliação). As
atividades, quando obrigatórias, integram a pontuação do pós-graduando, ao
passo que as facultativas não pontuam.
As atividades obrigatórias a distância (AD’s) são
As AD’s representam
corrigidas pelos professores-tutores e comentadas, 40% do total da nota da
individualmente, na Savi-Pós. O prazo para o disciplina, sendo que o
envio das atividades é encontrado no mesmo restante (60%) consiste
na nota da avaliação
espaço em que a AD é disponibilizada (nas presencial.
disciplinas).
As atividades de auto-avaliação servirão para
Guia Acadêmico | 2008.2

aprofundar os conhecimentos científicos do pós-graduando, bem como para


promover a interação e o debate de idéias dos discentes e do professor-tutor.
Serão elaboradas atividades que poderão se constituir de questões a serem
respondidas, resolução de um caso concreto, análise crítica de decisão
jurisprudencial, lei ou projeto de lei, dentre outras. Tais questões terão,
preferencialmente, cunho crítico, estimulando a reflexão sobre o tema a ser
abordado em aula.

Publicado em 29/07/09 6
Anhanguera-UNIDERP / LFG Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

A nota da AD deverá ser consultada na Savi-Pós, bem como o comentário da


correção.

5 - Sistema de Avaliação
Compõem o Sistema de Avaliação: a AD (Atividade Obrigatória a Distância), a AP
(Avaliação Presencial), o Trabalho de Conclusão de Curso e a sua apresentação
oral.

Atividade a Distância (AD)


A AD tem peso igual a 40% da média e será realizada na Savi-Pós,
exclusivamente, não se admitindo qualquer outra forma de envio.
Ela será corrigida e comentada pelo professor-tutor, sendo atribuída nota
numérica de 0 (zero) a 10,0 (dez), permitindo-se pontuação por decimais.
A AD deve ser postada no prazo determinado na Savi-Pós. Após o encerramento
do prazo, o sistema automaticamente permite o envio pelo prazo corrido de oito
dias. O pós-graduando que enviar nesse período de prorrogação do prazo (oito
dias), terá a sua nota reduzida em 15% (quinze por cento).

Avaliação Presencial (AP)


A avaliação presencial, que corresponde a 60% da média da disciplina, será
realizada na Unidade parceira em que o pós-graduando está matriculado, ao final
de uma ou mais disciplinas, em datas previamente fixadas, podendo ser,
eventualmente, aplicada em dia e horário distintos aos das aulas telepresenciais.
Sempre serão designadas duas datas para a realização da AP. Uma das datas
para a avaliação em primeira chamada e outra em segunda chamada. O pós-
graduando deverá realizar a avaliação de todas as disciplinas do semestre na
primeira ou na segunda chamada, não sendo permitido, portanto, que opte por
realizar a avaliação de uma disciplina na primeira chamada e, de outra, quando
da segunda chamada.
Poderão ser consultados somente materiais impressos como, por exemplo,
anotações de aula, literatura, livros, legislação, material didático etc. Não será
permitido o uso de computadores, notebooks, palmtops, telefones celulares ou
qualquer outro equipamento de armazenamento de dados digitais.
As avaliações são individuais. Durante a sua realização é vedada a troca de
material ou a comunicação entre os pós-graduandos.
A correção da avaliação presencial será realizada pelos professores-tutores, os
quais atribuirão nota numérica que pode variar de 0 (zero) a 10,0 (dez),
permitindo-se pontuação por decimais.
Guia Acadêmico | 2008.2

6 - Critérios de Aprovação
Somente concluirá o curso o pós-graduando que (a) tiver obtido nota igual ou
superior a 7,0 (sete) em cada uma das disciplinas, (b) bem como no Trabalho de
Conclusão de Curso e (c) na sua apresentação oral e (d) tiver presença em pelo
menos 75% das aulas telepresenciais (em relação a cada disciplina).

Publicado em 29/07/09 7
Anhanguera-UNIDERP / LFG Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

Com relação às disciplinas, a nota igual ou superior a 7,0 (sete) deve ser atingida
da seguinte forma:
- a média das atividades obrigatórias a distância (AD) – correspondente a 40% da
nota;
- a pontuação da avaliação presencial (AP) – representando 60% da nota.
O sistema acadêmico calculará a média da disciplina computando o peso das
atividades (AD = 40% | AP = 60%).

MD = [4 x (Média de AD) + 6 x (AP)] / 10 ≥ 7,0


MD = Média da Disciplina
AD = Atividade Obrigatória a Distância
AP = Avaliação Presencial

Tendo atingido a nota igual ou superior a 7,0 (sete), a MD será considerada nota
final [NF]. Em caso negativo, o pós-graduando poderá se submeter a uma
Avaliação Especial, desde que preenchidas as condições abaixo mencionadas.

Avaliação Especial (AE)


A AE somente poderá ser solicitada, em até 4 (quatro) disciplinas, pelos pós-
graduandos que tiverem presença em pelo menos 75% das aulas telepresenciais
de cada disciplina.
A Avaliação Especial (AE) substitui a nota da avaliação que o pós-graduando não
realizou, ou a menor nota obtida por ele (AD ou AP).
Os períodos de realização da Avaliação Especial serão publicados no mural da
Savi-Pós, quando, então, serão disponibilizados os formulários para
preenchimento pelo discente que pretende requerer a realização da AE.
O requerimento será apreciado pelo coordenador e a decisão de deferimento ou
não comunicada ao pós-graduando.

Realização de prova em outra unidade alterado


Havendo necessidade de o pós-graduando realizar a AP em outra unidade, ele
deverá entrar em contato com a Unidade na qual pretende realizar a prova, para
confirmar se o curso está sendo ministrado.
No dia da avaliação, a Unidade deverá imprimir e assinar o formulário próprio encontrado na
Secretaria Acadêmica Virtual – Seavi e entregar ao pós-graduando, a fim de comprovar sua
presença.
O discente deve, ainda, assinar a ata de avaliação no espaço reservado para alunos visitantes e,
Guia Acadêmico | 2008.2

posteriormente, entregar o comprovante de freqüência na Unidade de origem para o cômputo


da freqüência. Sem esse procedimento não será registrada a presença do pós-graduando, nem
considerada a avaliação (prova).

Veja a relação completa e o endereço das Unidades que transmitem o curso na


Seavi.

Publicado em 29/07/09 8
Anhanguera-UNIDERP / LFG Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

7 – Abono e justificativa de faltas, licença-gestação, regime


especial e avaliação extemporânea
A presença do pós-graduando em sala de aula é obrigatória segundo a legislação
em vigor – artigo 24, VI da Lei nº 9.394, de 20/12/1996 –, sendo facultada ao
pós-graduando a ausência em até 25% da carga horária de cada disciplina, sem
qualquer necessidade de justificativa. Se não verificada a presença em pelo
menos 75% da carga horária de cada disciplina, o pós-graduando estará
reprovado, salvo se houver requerimento deferido de abono ou de justificativa de
falta e, neste último caso, o pós-graduando cumprir o regime especial que lhe
seja aplicado.

Abono de faltas
O abono de faltas somente se dá:
 nos casos de militar convocado para exercício de manobra ou ato cívico,
amparados pela Lei 4.375/64, Art. 60, § 4º. Não haverá abono para os
casos de militar de carreira que seja convocado a serviço da corporação –
art. 60º, § 4º, da Lei nº 4.375/1.964, alterado pelo Decreto-lei nº
715/1.969.
 nos casos de convocação para trabalho em período eleitoral, na forma do
artigo 98 da lei nº 9.504, de 30 de setembro de 1.997.
 nos casos de convocação para atuar como membro do Conselho de
Sentença do Tribunal do Júri ou outros atos judiciais, de comparecimento
obrigatório, por analogia do disposto no artigo 441, do CPP.
 nos casos de Estudante membro da CONAES, a Lei nº 10.861 de
14.04.2004 determina que as Instituições de Educação Superior deverão
abonar as faltas do estudante designado membro da Comissão Nacional de
Avaliação da Educação Superior, que tenha participado de reuniões em
horários coincidentes com os das atividades acadêmicas.
Para obter o abono da falta, o pós-graduando deverá preencher o formulário
específico que se encontra publicado na Seavi, anexar o documento que comprove
a impossibilidade de freqüência e remetê-los para a SAA - Secretaria Acadêmica
Avançada, na forma constante no formulário.
O documento que comprove a causa autorizadora do abono da falta deverá ser
postado via correio, por sedex, no máximo 7 (sete) dias úteis após a mesma. Não
serão considerados os pedidos postados após o citado período. O documento, em
qualquer dos casos, deve estar legível e ser apresentado em original ou cópia
autêntica.
Guia Acadêmico | 2008.2

O abono de faltas não importa em inclusão em regime especial.

Publicado em 29/07/09 9
Anhanguera-UNIDERP / LFG Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

Justificativa de faltas
O pós-graduando que não se enquadrar em qualquer das hipóteses de abono de
faltas poderá requerer a justificativa de suas ausências, nos seguintes casos:
 pós-graduando portador de afecções congênitas ou adquiridas,
traumatismos ou outras condições mórbidas que determinem a
incapacidade relativa, conforme art. 1º do Decreto-lei 1.044/69.
 pós-graduanda em licença-gestante, na forma da Lei nº 6.202/1.975,
cabendo o mesmo direito aos casos de adoção, na proporção dos períodos
regulados no art. 392-A, da CLT.
 morte ou acidente grave envolvendo pessoa próxima da família.
 eventos de catástrofe, greves, panes gerais, manifestações populares e atos
excepcionais assemelhados.
 atletas que estiverem representando o País, nos termos do art. 85 da Lei
9.615 de 24/03/1998.
Não fazem jus ao regime especial e à justificativa de faltas os pós-graduandos que
se ausentarem:
 por motivo de viagem, seja de lazer ou de trabalho;
 por motivos religiosos.
O pós-graduando deverá preencher o formulário para justificativa de faltas, na
Seavi, anexar o documento que comprove a impossibilidade de freqüência e
remetê-los para a Secretaria Acadêmica Avançada – SAA, na forma prevista no
formulário.
O documento que comprove a impossibilidade da presença e o direito à
justificativa da falta deverá ser postado via correio, por sedex, no máximo 7 (sete)
dias úteis após a mesma. Não serão considerados os pedidos postados após o
citado período. O documento, em qualquer dos casos, deve estar legível e ser
apresentado em original ou cópia autêntica.
A justificativa de faltas, por natureza, implica na inclusão do pós-graduando em
regime especial, salvo se houver dispensa pela Coordenação.

Licença Gestação
A pós-graduanda gestante tem direito a ser assistida pelo regime de atividades
domiciliares a partir do 8º mês de gestação, salvo se o requerer a partir do
nascimento do filho, de acordo com a Lei 6.202/75.
Nos casos de gestante, a licença se refere apenas ao período de 90 (noventa) dias,
que se inicia com a data consignada no atestado médico, ou, em segundo caso, a
requerimento da gestante, do nascimento do filho.
Guia Acadêmico | 2008.2

Durante a licença, a gestante está dispensada de cumprir os prazos de AD, mas,


em seu retorno, serão reabertos os prazos para a postagem das AD´s, marcada
data para a realização da AP e concedido o prazo para a realização das atividades
do regime especial.
No caso de licença decorrente de adoção, os mesmos direitos são reconhecidos à
mãe, tal qual à gestante, no que tange às AD´s, à AP e ao regime especial. No

Publicado em 29/07/09 10
Anhanguera-UNIDERP / LFG Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

entanto, seus prazos de afastamento do curso serão proporcionais aos períodos


previstos em lei para a licença-maternidade – art. 392-A, CLT, considerando
crianças de:
 até 1 (um) ano de idade: 90 (noventa) dias;
 a partir de 1 (um) ano até 4 (quatro) anos de idade: 45 (quarenta e cinco)
dias;
 a partir de 4 (quatro) até 8 (oito) anos de idade: 23 (vinte e três) dias.

Regime especial
Os pós-graduandos que tenham o direito à justificativa de faltas deverão cumprir
o regime especial, salvo dispensa expressa da Coordenação.
A finalidade do regime especial é impedir o prejuízo das atividades acadêmicas e
da compreensão do conteúdo das disciplinas do curso.
O regime especial será determinado pelo coordenador e comunicado ao pós-
graduando, concedendo-se prazo para o atendimento das atividades prescritas.
Caso o pós-graduando não cumpra o regime especial, as faltas serão computadas
por serem consideradas injustificadas.
O cumprimento do regime especial não dispensa o pós-graduando de qualquer
das avaliações (AD e AP).
Os casos omissos serão apreciados pela Coordenação.

Avaliação extemporânea
Será designada data para a realização da AEx sempre que o período de faltas
abonadas ou justificadas coincidir com a data de aplicação de alguma das
avaliações presenciais.

8 - Transferência de Unidade
A transferência de unidade é permitida sempre que a Unidade de destino estiver
transmitindo o curso e, ainda, se houver vagas. O pós-graduando deverá entrar
em contato com a Unidade de destino para confirmar tais informações.
A transferência deverá ser solicitada por meio da Seavi.

9 - Modalidades dos Cursos de Especialização TeleVirtuais


Quando da última disciplina de conteúdo temático
do Curso, o pós-graduando deverá fazer a opção A opção pela Modalidade
pela Modalidade que pretende seguir (Formação
Guia Acadêmico | 2008.2

Formação para o
para o Mercado de Trabalho ou Formação para o Magistério Superior é
recomendada para os
Magistério Superior). pós-graduandos que
pretendem integrar, ou
Optando pela Modalidade Formação para o já integram, a carreira
Magistério Superior, o pós-graduando cursará docente.
mais uma disciplina: Metodologia do Ensino
Superior.

Publicado em 29/07/09 11
Anhanguera-UNIDERP / LFG Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

A disciplina de Metodologia do Ensino Superior tem duração média de 2 (dois)


meses e implica no pagamento de mensalidades autônomas.

10 - Trabalho de Conclusão de Curso - TCC


Para a conclusão do curso, o pós-graduando deverá elaborar um Trabalho, no
formato de artigo científico, de 15 a 25 laudas, ou no formato de monografia, de 30 a 50
laudas , com a versão final devendo ser entregue em até 120 (cento e vinte) dias,
contados do término da última disciplina do curso . O pós-graduando contará com o
acompanhamento on line de professores-orientadores, que interagirão com o
mesmo durante o período de orientação do TCC.

11 – Apresentação oral do Trabalho de Conclusão de Curso


A apresentação oral do Trabalho de Conclusão de Curso é obrigatória em
cumprimento à Resolução CNE/CES 001/07 e será realizada a distância, com o
uso de tecnologia de comunicação via internet, havendo interação simultânea
entre pós-graduando e a banca.

12 - Rematrícula
Haverá rematrícula obrigatória para os pós-graduandos de todos os cursos, sob
pena de cancelamento de sua matrícula. Todos os pós-graduandos serão
avisados, no referido período, por meio de informações publicadas no mural da
Savi-Pós. Na oportunidade, deverão ser deixados novamente na Unidade em que
o pós-graduando estiver matriculado os cheques referentes ao pagamento do
próximo módulo.
Para a rematrícula não é necessária a realização de inscrição on line, assim como
também não é necessária a assinatura de novo contrato de prestação de serviços
educacionais. Basta o pós-graduando fazer a entrega dos cheques, dentro do
prazo estabelecido, na Unidade.
Os pós-graduandos optantes pela Modalidade Formação para o Magistério
Superior deverão, no prazo estabelecido em cronograma, efetuar o pagamento
correspondente a tal modalidade.

13 - Cancelamento de Matrícula
O pós-graduando poderá solicitar o cancelamento
de sua matrícula no Curso em qualquer momento.
As questões financeiras
A solicitação de cancelamento deverá ser feita na deverão ser tratadas
Seavi. diretamente com a
Unidade (ver Contrato de
Guia Acadêmico | 2008.2

Não será realizada a devolução dos valores pagos Prestação de Serviços


anteriormente à formalização do cancelamento. Educacionais).

Uma vez cancelada a matrícula, não é permitido o


retorno ao curso sem que haja novo ingresso. Neste caso, o pós-graduando
poderá solicitar aproveitamento das disciplinas cursadas, desde que tenha sido
aprovado (ver item concessão de equivalência de disciplinas, abaixo).

Publicado em 29/07/09 12
Anhanguera-UNIDERP / LFG Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

Havendo o cancelamento da rematrícula para o Módulo Formação para o


Magistério Superior, o pós-graduando fica responsável por cumprir todos os
prazos de entrega do TCC, conforme calendário da modalidade Formação para o
Mercado de Trabalho de sua turma.
Não se admite o trancamento de matrícula.

14 - Concessão de aproveitamento de disciplinas


Será submetida à Coordenação a solicitação de
aproveitamento de disciplinas já cursadas em Em nenhuma hipótese
outros programas de pós-graduação lato sensu, haverá aproveitamento
de estudos para o
para a análise dos seguintes itens: Trabalho de Conclusão
de Curso.
 a instituição estiver oficialmente autorizada
para funcionar;
 o curso estiver oficialmente autorizado pelos órgãos competentes;
 houver 75% de equivalência entre os conteúdos das disciplinas solicitadas;
 a carga horária e o número de créditos sejam equivalentes ou superiores;
 tiver obtido conceito e/ou nota mínima de aprovação igual ou superior
àquele exigido para a disciplina que pretende dispensa.
O limite de aproveitamento é de 3 (três) disciplinas, não excedendo 30% (trinta
por cento) da carga horária do curso, observando-se, quando da análise pelo
coordenador, a atualidade da ementa.
Para obter o aproveitamento de disciplina o pós-graduando deve elaborar
requerimento junto à Seavi e, posteriormente, encaminhá-lo, junto com
documentos comprobatórios (histórico e ementa da disciplina) para a Secretaria
Acadêmica Avançada - SAA (ver endereço no formulário de solicitação).

15 - Informações acadêmicas sobre o Curso


Para obter informações sobre o seu curso (duração, disciplinas e ementas, corpo
docente, etc.) consulte a Ficha do Curso publicada na Savi-Pós.

16 – Certificado
Receberá o Certificado de Especialista o pós-graduando que, cumulativamente:
 concluir todos os créditos nas disciplinas, com aprovação (obtenção de
média igual ou superior a 7,0 em cada disciplina cursada)
 obtiver 75% de freqüência às aulas telepresenciais (em relação a cada
Guia Acadêmico | 2008.2

disciplina);
 for aprovado no trabalho de conclusão de curso – com nota mínima 7,0
(sete) e na sua apresentação oral – com nota mínima 7,0 (sete).

Publicado em 29/07/09 13
Anhanguera-UNIDERP / LFG Cursos de Pós-Graduação lato sensu TeleVirtuais

17 – Monitoria de sala de aula


Os monitores de sala de aula são pós-graduandos bolsistas e encontram-se aptos
para orientar e ajudar os pós-graduandos quanto:
 ao Guia Acadêmico, a fim de poder esclarecer dúvidas dos pós-graduandos
acerca do andamento do curso;
 aos avisos administrativos enviados pela secretaria de pós-graduação;
 ao encaminhamento das questões elaboradas pelos pós-graduandos
durante as aulas telepresenciais, bem como as dúvidas administrativas aos
respectivos responsáveis;
 ao calendário do curso;
 às dúvidas dos pós-graduandos acerca de como localizar e imprimir os
materiais didáticos (leituras obrigatórias e facultativas), bem como sobre a
forma de elaborar as atividades;
 às dúvidas, sugestões ou críticas ao curso;
 à presença de pós-graduandos matriculados em outras unidades, para o
fim de assistir a aula ou com o fito de realizar a avaliação presencial.
Unidades com menos de cinco pós-graduandos poderão não ter monitor de sala
de aula. Neste caso, as atribuições acima serão desenvolvidas por funcionário
devidamente qualificado.

18 – Solicitação de carteira de estudante


Para elaboração de carteira de estudante, o pós-graduando deve solicitar uma
declaração de matrícula junto à Seavi e levá-la aos postos autorizados para
requerer a emissão da carteira.

19 – Contatos
A comunicação com a Secretaria Acadêmica Avançada - SAA deve ser feita pela
Secretaria Acadêmica Virtual – Seavi, ou pelo telefone e endereço abaixo
mencionados: 1

Telefone: 11 2121 4813

Endereço:
Rua Bela Cintra, 1157, Térreo, Consolação
01415-001 São Paulo - SP
Guia Acadêmico | 2008.2

Pós-graduando com dificuldade de acesso à Seavi deve utilizar o endereço


eletrônico posuniderp@lfg.com.br.

Mantenha seus dados sempre atualizados, possibilitando o contato da secretaria e da


monitoria. A atualização cadastral deve ser feita por meio da
Secretaria Acadêmica Virtual – Seavi.

Publicado em 29/07/09 14