Você está na página 1de 20

Brasil O Jornal Brasil Presbiteriano é órgão oficial

da Igreja Presbiteriana do Brasil


Ano 53 nº 681 – Agosto de 2011

Presbiteriano Flickr/Claudio Lara

Faleceu um entre os santos:


John R. W. Stott
152 anos da IPB no Brasil

Página 5

FILANTROPIA ENCONTRO
Stott pregou a centralidade de
Cristo, a vida de Cristo e a obra de
Cristo. Ele ensinou que o pregador APADD, uma luta contra Centenas de adolescentes
crente deve viver em busca
de integridade hermenêutica,
a dependência se reúnem no DNA PE
respeitando o autor divino e o
Entidade presbiteriana, que atua na Muita animação e disposição no Dia
autor humano das Escrituras. área de prevenção e assistência aos Nacional do Adolescente Presbiteriano
Página 10
usuários de drogas. em Pernambuco.
Página 7 Página 11
Brasil
2 Presbiteriano Agosto de 2011

EDITORIAL
Brasil
Presbiteriano
152 anos de boas leituras Ano 53, nº 681
Agosto de 2011

L i certa vez, em uma revis-


ta semanal de grande cir-
culação em nosso país, uma
quem lê ou não. O pastor lê?
Pergunte ao seu pastor o que
ele está lendo agora. O cren-
Temos o hábito de procurar
no texto bíblico o sermão que
o pastor acabou de pregar?
brou as tábuas da lei o Senhor
a escreveu outra vez (Êx 34.1;
Dt 10.2). Precisamos do livro.
Rua Miguel Teles Junior, 394
Cambuci, São Paulo – SP
CEP: 01540-040
pesquisa sobre os hábitos de te lê? O que, algo que ele Temos entre nós pessoas que Quando estava preso, Paulo Telefone:
leitura do povo brasileiro. Más pegou na biblioteca da igre- curtem repetir para seus irmãos lembrou-se de pedir que fos- (11) 3207-7099
notícias. Nosso povo não lê. ja? Qual biblioteca? Se hou- na fé trechos de livros que sem trazidos seus livros (2Tm
E-mail: bp@ipb.org.br
Bem, isso já se sabia, mesmo ver uma deve ser a mesma leram ou estão lendo? No filme 4.13). Precisamos dos livros.
assinatura@cep.org.br
naquela época (algumas prima- que lá estava na década de Fahrenheit 451 – a história de Quando Simonton dirigiu sua
veras atrás...). O que a matéria 60, com os mesmos livros. A uma sociedade que baniu a lei- primeira ED no Brasil, usou a
fazia de novidade era consubs- propósito, alguém aí leu a lição tura – amantes dos livros, todos Bíblia, o Catecismo da História Órgão Oficial da
tanciar a informação mediante deste domingo? E, em segundo agora queimados, andavam no Sagrada e O Peregrino, de
dados. Uma novidade, porém lugar, que tal a qualidade de final repetindo em voz alta o John Bunyan como livros-tex-
– para alguns – era a infor- nossa leitura? Lemos a Bíblia que haviam lido. Na infância, to. Ele não dispensou os livros.
mação de que os evangélicos e compreendemos o que lá está ouvi de minha mãe, quando Ao celebrar 152 anos de pres-
liam mais do que o restante da escrito ou logo espiritualiza- eu ainda não sabia ler, a histó- biterianismo no Brasil, faría-
população. Muito bom! mos tudo? ria de uma velhinha crente no mos bem em louvar a Deus por www.ipb.org.br
Pensando bem, o que nos Qual tem sido o lugar dos interior desse vasto Brasil que seu Livro e nos dedicarmos
favorecia era a comparação livros em nosso meio? Temos recitava as páginas da Escritura mais aos bons livros.
Uma publicação do Conselho
com o pior. Anos mais tarde, reuniões para tudo, menos para enquanto o fogo queimava o de Educação Cristã e
quando se passou a investigar a leitura de bons livros. Temos livro sagrado confiscado pelo Publicações
qualidade da leitura e se cons- comissões, ministérios, con- marianismo oficial. A velha
tatou o analfabetismo funcio- juntos, vigílias, frentes, equi- Bíblia de minha mãe não foi
nal do brasileiro, ainda ficamos pes, congressos, programas, queimada, mas, sem a visão no Conselho de Educação Cristã
e Publicações:
na frente, mas só porque a sociedades e mais um monte final de seus dias, ela repetia
Clodoaldo Waldemar Furlan - Presidente
situação geral era de 4º mundo. de coisas, todas boas e edifi- de cor a Escritura que tanto Domingos Dias - Vice-presidente
Ou estamos satisfeitos com o cantes. Temos até uma editora. amava. Gecy Soares de Macedo - Secretário
nível de leitura do povo pres- Mas... temos grupos de leitura O cristianismo é a religião do Alexandre Henrique Moraes de Almeida
biteriano? Primeiro, vamos ver e discussão de bons livros? livro. Depois que Moisés que- André Luiz Ramos
Anízio Alves Borges
Marco Serjo
Mauro Fernando Meister

Conselho Editorial da CEP:


JORNAL BRASIL PRESBITERIANO Assinatura Anual – Envio mensal
Ageu Cirilo de Magalhães Jr.
• Individual (até 9 assinaturas): Cláudio Marra - Presidente
Faça sua assinatura e/ou presenteie seus familiares e amigos. Fabiano de Almeida Oliveira
R$ 24,00 cada assinatura.
Somente com depósito antecipado Francisco Solano Portela Neto
Nome ou cartão VISA.
Heber Carlos de Campos Jr.
CPF RG Mauro Fernando Meister

Igreja de que é membro • Coletiva (10 ou mais assinaturas): Tarcízio José de Freitas Carvalho
R$ 19,20 cada assinatura. Valdeci da Silva Santos
Endereço
Conselho Editorial do BP:
Bairro CEP
Alexandre Henrique Moraes de Almeida
Cidade UF Anízio Alves Borges
Email Telefone Clodoaldo Waldemar Furlan
Mês inicial da assinatura Quantidade de assinaturas Hermisten Pereira Maia Costa
Leandro Antônio de Lima
Formas de pagamento: Edição e textos:
Depósito bancário (anexar ao cupom o comprovante de depósito) Grátis!
Camila Crepaldi
Banco do Brasil Banco Bradesco Banco Itaú Uma assinatura para
SP 51.929
C/C 2093-1 C/C 80850-4 C/C 51880-3 pacotes de 10 ou mais
assinaturas. E-mail: bp@ipb.org.br
Ag. 0635-1 Ag. 0119-8 Ag. 0174
Diagramação:
Cartão VISA Nº do cartão Validade Aristides Neto
Nome do titular Código de segurança
Impressão
Após efetuar o depósito, informá-lo pelo telefone (11) 3207-7099 ou email assinatura@cep.org.br Folhagráfica
Brasil
Agosto de 2011 Presbiteriano 3
FAMÍLIAS PRESBITERIANAS DO BRASIL

Família Martins
Alderi Souza de Matos

E ssa antiga família pres-


biteriana do interior de
São Paulo tem dois ances-
trais que, embora não apa-
rentados, compartilhavam
o sobrenome Martins. Até
onde se sabe, o primeiro
ascendente a ingressar na Presbitero Isidoro Manoel Olimpia Maria Barbosa
igreja presbiteriana foi Martins Martins
Jerônimo Martins Coelho
(1830-1907), residente Coelho, com a qual teve ro Cornélio é o Rev. Ary
no município de Torrinha. vários filhos. Barbosa Martins, nasci-
Em 1877, ele e sua espo- Sua filha Eulina Martins do em 1924, ordenado em
sa Martiniana foram rece- Presbitero Cornelio Martins e familia (1914-2001) casou-se com o 1953 e jubilado em 1996,
bidos por profissão de fé professor, diretor e inspetor que pastoreou por mais
e batismo pelo Rev. João Belarmino Ferraz, minis- Um dos filhos do pres- escolar Wadislau Campos de trinta anos a Igreja
Fernandes Dagama, sendo tro da Igreja Presbiteriana bítero Isidoro, Cornélio Gomes (1913-1979), natu- Presbiteriana de Limeira,
arrolados na Igreja de Independente. Álice veio Martins (1888-1968), foi ral de Casa Branca. Na cidade onde ainda reside.
Brotas. Esse grande proprie- a se casar com um filho de presbítero em Santa Cruz casa do professor Wadislau Sua irmã Edith foi esposa
tário rural era procedente outro antigo crente presbi- do Rio Pardo e em Casa foi iniciada a segunda fase do Rev. Sátilas do Amaral
de Borda da Mata, no sul teriano do interior de São Branca. Distinguiu-se da Igreja Presbiteriana de Camargo, da IPI. Entre os
de Minas Gerais. Em 10 de Paulo. como professor e rábula Araras, fundada pelo Rev. netos e bisnetos do presbí-
março de 1907, foi organi- Isidoro Manoel Martins (advogado sem diploma). Alva Hardie. O casal teve tero Cornélio estão os Revs.
zada na região de Torrinha (1851-1903) era natural de Por mais de cinquenta anos três filhos: Lilian Nely Otávio Nogueira Martins
a Igreja de Três Saltos, até Sorocaba e foi diácono da lecionou na escola domi- Martins Gomes de Almeida (Limeira) e Eliseu Martins
então uma congregação da igreja pastoreada pelo Rev. nical e regeu o coro da Campos (casada com o Rev. Gomes (Araraquara), além
Igreja de Brotas, sendo a Antônio Pedro de Cerqueira Igreja Presbiteriana de Álvaro de Almeida Campos, de dois pastores batistas.
maior parte dos membros Leite. Transferindo residên- Casa Branca. O presbíte- pastor jubilado), Alice Laura Sua neta Suzana é casada
constituída de descendentes cia para a capital paulista, ro Cornélio casou-se com Gomes Comobini e o Rev. com o Rev. Éber Bittencourt
do patriarca Jerônimo. foi arrolado com a esposa Álice Barbosa Martins Wadislau Martins Gomes, (Ribeirão Preto) e Maria
O filho mais velho de Olímpia Maria Barbosa na (1887-1942), neta do nascido em 1945, casa- Alice com o Rev. Jonas
Jerônimo foi Antônio Igreja Presbiteriana de São patriarca Jerônimo Martins do com Elizabeth Stowell Zulske (Limeira). O Rev.
Martins Coelho Barbosa Paulo, em 22 de setembro Charles Gomes, filha de Moisés Martins Aguiar,
(1856-1893), recebido por de 1886. Um mês depois, foi um missionário norte-ame- jubilado em 1974, era neto
profissão de fé no mesmo eleito diácono dessa igreja ricano que trabalhou no de Isidoro Manoel Martins.
ano que os pais, pelo Rev. histórica e em 1894 chegou Brasil Central. Wadislau e O Rev. Álvaro Carvalho
George Chamberlain. ao presbiterato. Isidoro foi Elizabeth são pais do Rev. Moinhos, jubilado em 1990
Antônio casou-se em 1886 para São Paulo a convi- Davi Charles Gomes, dire- e residente em Torrinha, é
com Maria do Carmo de te do Rev. Chamberlain, a tor do Centro Presbiteriano descendente de Jerônimo
Souza e faleceu somen- fim de construir o Internato de Pós-Graduação Andrew Martins Coelho. Sejamos
te sete anos depois, aos Masculino da Escola Jumper; de Débora Gomes gratos ao Senhor por mais
37 anos. O casal teve três Americana. Posteriormente Deaton, casada com o Rev. essa antiga e valorosa famí-
filhos: José Coelho, Leonor também foi o empreiteiro John Russel Deaton, pastor lia presbiteriana do Brasil.
Martins e Álice Martins. construtor do edifício do americano, e do Rev. Daniel O Rev. Alderi Souza de Matos
Leonor casou-se com Seminário Presbiteriano, Charles Gomes. é pastor presbiteriano e historiador
oficial da IPB.
Calvino Ferraz, filho do Rev. na rua Maranhão. Rev. Wadislau Martins Gomes Outro filho do presbíte- asdm@mackenzie.com.br
Brasil
4 Presbiteriano Agosto de 2011

ARTIGO

Arrogância, principal tentação do Reformado


Naziaseno Cordeiro Torres isso deveria nos levar ao de tal maneira que o levou Existe o risco de haver tecostais e dispensaciona-
quebrantamento e a ser- ao serviço: “eis-me aqui”. uma apreensão intelectu- listas, nem ainda como um

O que poderia levar


Reformados ao cami-
nho da arrogância e sober-
vidão de tal forma que
consideraríamos os outros
superiores a nós mesmos.
Essa visão reformou com-
pletamente o profeta. O
conhecimento de Deus o
al da Verdade, sem essa,
porém, nunca haver che-
gado ao coração. Assim
liberal; leio a Confissão
de Fé duas vezes por dia
e dou o máximo de tudo
ba? Essa pergunta pode Ao contemplar a gló- lançou ao povo a fim de sendo, o conhecimento de quanto ganho para com-
soar estranha e imprópria. ria de Deus no templo, instruí-lo na verdade. Eis Cristo e da sua doutrina, prar livros reformados,
Entretanto, o orgulho espi- após uma profunda crise, um homem consciente da se não nos leva à humil- frequentar congressos e
ritual é um pecado no qual simpósios”. Se assim pro-
Reformados correm o cedêssemos estaríamos
risco de cair. A razão para nos considerando justos e
o deslize – por incrível que “…sem a experiência de vida desprezando os demais.
pareça – é o conhecimento reformada estaremos falando de Concluo enfatizando
doutrinário que recebem. que precisamos de um
O que fazer com ele? A
nós para nós mesmos – presos no
calvinismo prático – uma
resposta a essa pergunta é gueto da nossa própria vaidade e Reforma que nos leva a
que faz toda a diferença. futilidade” uma experiência diária
Diz o velho jargão que de real quebrantamento
“conhecimento é poder”. diante de Deus e humil-
É fato que aqueles que dade perante os demais
têm contado com a Fé homens. O “eis-me aqui”
Reformada e se afadi- de Isaías precisar ser
gam no estudo dela estão acompanhado pelo “Ai
à frente daqueles cristãos de mim! Estou perdido!”.
evangélicos que só conhe- São essas duas expressões
cem superficialmente o que devem moldar a expe-
evangelho de Cristo. Os riência do reformado, pois
Reformados estão entre os somente assim poderemos
leitores de livros doutriná- fazer diferença no nosso
rios e históricos, frequen- meio e na nossa geração.
tam simpósios e encon- Com o discurso e a prá-
tros. Esse conhecimento tica presentes na nossa
os separa e os distingue. Fé Reformada seremos
Como resultado alguns realmente relevantes para
Reformados poderão o mundo. Porém, sem a
se julgar superiores aos Isaías em êxtase gritou: sua miséria e depravação dade, inevitavelmente, experiência de vida refor-
demais mostrando, assim, “Ai de mim! Estou per- com uma mensagem de nos conduzirá à soberba mada estaremos falando
soberba e arrogância. dido!”. O peso da glória perdão e esperança nos e, por que não dizer, ao de nós para nós mesmos
Isso seria estranho, pois divina esmagou o profeta lábios. A contemplação farisaísmo. – presos no gueto da
quanto mais conhecimen- e o fez conhecer sua insig- da majestade de Deus Imagine a antiga oração nossa própria vaidade e
to obtemos de Deus mais nificância e vileza. Além não levou Isaías ao orgu- contextualizada: “Ó Deus, futilidade.
conscientes deveríamos disso, logo após essa con- lho espiritual e nem ao graças te dou porque
ficar da nossa miséria e fissão, brotou uma iden- isolamento dos demais não sou como os demais O Rev. Naziaseno Cordeiro é
pastor em Capela do Alto Alegre,
falência. Como resultado tificação com o próximo homens. homens, arminianos, pen- Bahia
Brasil
Agosto de 2011 Presbiteriano 5
COMEMORAÇÃO

152 anos da IPB no Brasil


O Espírito Santo e a evangelização: Uma dade luterana de cerca de dado posteriormente por O Espírito dirige a
amostragem histórica 350 pessoas. De fato, o A.L. Blackford (chegou todos nós na procla-
Espírito dirigiu os seus em 25/07/1860), e o Rev. mação do evangelho,
servos para aquele país. José Manoel da Conceição enviando-nos aos nos-
Hermisten Maia Pereira sendo dois dos primeiros Ashbel Green Simonton (padre convertido do cato- sos familiares, paren-
da Costa
missionários não católi- (1833-1867) sentiu-se licismo e ordenado pastor tes, amigos e vizinhos.

O mesmo Espírito
que forma a Igreja,
cos a chegarem à Índia,
provenientes da Europa.
chamado para o campo
missionário quando ainda
em 17/12/1865), entre
outros, Simonton deixou
O Sacerdócio Universal
dos Crentes, obtido por
também a comanda a Apesar de não serem iniciava os seus estudos um jornal com tiragem Cristo, por meio de quem
evangelização. Deus bem recebidos pelos teológicos no Seminário quinzenal, a Imprensa temos livre acesso a Deus
escolhe, envia e dirige colonos dinamarqueses, de Princeton. O instru- Evangélica (primeiro (Jo 14.6; 1Tm 2.5; Hb
os seus servos na pro- Ziegenbalg e Plutschau mento que o Espírito usou número publicado em 10.19-25), torna-nos tam-
clamação do evangelho não se intimidaram, ini- para este despertar missio- 05/11/1864); um seminá- bém responsáveis pelo
(At 8.39-40; 13.1-4). Isto ciando os seus estudos nário foi Charles Hodge rio no Rio de Janeiro com testemunho da mensa-
o Espírito faz ordinaria- do idioma nativo, tendo (1797-1879) – um dos quatro alunos (organiza- gem redentora de Cristo
mente por meio da Igreja Ziegenbalg se destacado maiores teólogos presbi- do em 14/05/1867) e um (1Pe 2.9). “A igreja é
como instituição, ainda pela facilidade em apren- terianos do século 19 –, presbitério (Presbitério uma realeza de sacer-
que não exclusivamente. der outras línguas. Eles por intermédio de um ser- do Rio de Janeiro, orga- dotes, um sacerdócio de
Seja como for, o meio traduziram para o tâmil o mão proferido no seminá- nizado em 16/12/1865), reis. E cada sacerdote e
usado pelo Espírito para Catecismo de Lutero, além rio. Esse despertamento constituído de três igre- rei tem o dever de pro-
dirigir a sua obra mis- de orações e hinos lutera- foi amadurecendo em seu jas: Rio de Janeiro (orga- clamar as excelências do
sionária é a Palavra de nos. Em 1711, por ques- coração gradativamen- nizada em 12/01/1862); seu Salvador. (...) Cada
Deus; por isso que, sem tões de saúde, Plutschau te. No dia 25 de novem- de São Paulo (organiza- cristão é um agente da
o Espírito todo o nosso regressou definitivamente bro de 1858, Simonton da em 5/03/1865); e a de evangelização, orde-
labor redundará em fra- para a Europa. Ziegenbalg finalmente formalizou Brotas, (organizada em nado por Deus” (R.B.
casso e frustração. continuou o seu trabalho: a sua proposta à Junta 13/11/1865). Kuiper, Evangelização
Quando o rei Frederico compilou uma gramáti- de Missões Estrangeiras O Espírito diri- Teocêntrica, São Paulo:
IV da Dinamarca preci- ca tâmil, escreveu uma mencionando o Brasil giu retamente os pas- Publicações Evangélicas
sou de missionários para obra sobre o hinduísmo, como o campo de seu inte- sos de Simonton, de Selecionadas, 1976, p.
enviar aos seus súditos na traduziu para o tâmil o resse. Ele conclui o regis- Blackford, de Schneider, 97-98).
colônia dinamarquesa de Novo Testamento (1714) tro no seu Diário, dizen- de Conceição, de Neste mês quando
Tranquebar, não encon- e o Antigo Testamento até do: “A Ti, Ó Deus, confio Chamberlain e de tantos comemoramos o aniver-
trando em seu reino quem o livro de Rute. Ele fun- meus caminhos na certeza outros. Nós somos herdei- sário do Presbiterianismo
se dispusesse a fazê-lo, dou uma escola industrial de que o Senhor dirigirá ros desta gloriosa mani- no Brasil devemos mani-
recorreu ao pietista alemão e outra para a prepara- meus passos retamente” festação do Espírito. festar nossa gratidão a
August H. Francke (1663- ção de catequistas e tam- (Diário, 27/11/1858). Aplicando o que esta- Deus e, ao mesmo tempo,
1727), que lecionava na bém a primeira imprensa A Junta respondeu afir- mos dizendo, devemos suplicar que por meio de
Universidade de Halle, o evangélica da Ásia (esta mativamente o seu pedi- entender que a igreja local seu Espírito Deus nos
qual enviou Bartholomew com a ajuda financeira do na primeira quinzena deve receber o seu pas- conduza de forma fiel na
Ziegenbalg (1683-1719) e da Sociedade Anglicana de dezembro. Simonton tor como alguém que o proclamação do evange-
Henry Plutschau (1677- para a Promoção do desembarcou no Brasil Espírito enviou para pas- lho a todos os homens e
1747), os quais partiram Conhecimento Cristão). em 12/08/1859. Em oito toreá-la (At 20.28), tendo em todos os lugares.
da Europa no fim de 1705 Quando Ziegenbalg mor- anos de trabalho (incluin- sempre como elemen-
e chegaram a Tranquebar reu em 1719, existia em do os 15 meses que pas- to norteador, a Escritura O Rev. Hermisten Maia Pereira da
Costa integra a equipe de pastores da
no dia 9 de julho de 1706, Tranquebar uma comuni- sou fora do Brasil), aju- Sagrada. IP em São Bernardo do Campo, SP
Brasil
6 Presbiteriano Agosto de 2011

ANIVERSÁRIO

IP de Manhuaçu comemora 106 anos


Palavra de restauração e encorajamento IP de Alto Caparaó, jun- igreja que caminha con-
foi dada à igreja no dia de seu aniversário, tamente como o pastor da templando os feitos pode-
Igreja, Rev. Walter Júlio rosos de Deus. O culto
em que também comemoraram os 44 anos
Moreira. Sob a regência encerrou com o coral can-
da UPA do jovem Rômulo os gru- tando “Oh, Happy Day!”.
pos entoaram louvores a No sábado, 25, a IPM

N os dias 24, 25 e 26
de junho de 2011,
a IP de Manhuaçu come-
clamando a verdade que
liberta.
No primeiro dia de
Deus. O Rev. Walter Júlio
meditou em Atos 4.13-31,
mostrando características
recebeu o Grupo Vocal
da Primeira IP de Juiz
de Fora, juntamente
morou seu aniversário de comemoração a IPM da igreja primitiva: igreja com o seu pastor Rev.
organização eclesiástica, recebeu o Coral e o comprometida com a ora- Eloy Heringer Frossard.
ou seja, 106 anos pro- Grupo Vocal da Primeira ção, firmada na Palavra e O Rev. Eloy pregou em 1Tessalonicenses 1.2-10,
mostrando que a igreja
de Tessalônica é modelo
por várias razões: é uma
igreja eleita por Deus, que
vive e proclama o evan-
gelho transformador e é
uma igreja que aguarda a
volta de Cristo.
No domingo pela
manhã o Rev. Eloy pre-
gou em 2Crônicas 32.1-
Os adolescentes receberam uma mensagem desafiadora para 8, mostrando que nossas
A IPM recebeu o Coral e o Grupo Vocal da 1ª IP de Alto Caparaó que vivam integralmente para Jesus armas hoje são: a Palavra

Encontro promove fortalecimento da família


Um encontro de casais organizado pela momentos de renovação abril e 1º de maio o tema Para discutir sobre os
dos votos matrimoniais tratado foi Sexualidade na conflitos na família, o Rev.
igreja falou sobre finanças, conflitos e amor
aconteceram de uma forma Família, com a presença Bruno Oliveira, Pastor
dentro dos relacionamentos espontânea e abençoado- do casal “Joca e Tilê”, de Colaborado da IP Bom
ra. Após o último módulo, Juiz de Fora, criadores e Sucesso – RJ, Capelão

D urante o mês de maio,


o Ministério de Casais
da IP de Manhuaçu – MG,
de outras igrejas do muni-
cípio e de cidades vizinhas.
Foi amplamente divulgado
aconteceu um prazeroso
momento social em que a
igreja ofereceu um jantar
mantenedores do Ministério
Família Abençoando
Famílias. No segundo
Evangélico e professor de
Capelania Hospitalar, foi o
palestrante.
com o objetivo de promover através de cartazes, folders, romântico a todos os parti- módulo a discussão sobre Para finalizar o encontro,
o fortalecimento da família, boletim da igreja e no site. cipantes. Finanças da Família foi diri- o Rev. Yon Morato Ferreira
promoveu um curso para Os preletores expuseram A organização entende gida pelo Presb. Cornélio de Costa, pastor da IP Vila
casais em quatro módulos. com muita clareza e firme- que se trata de um investi- Martins Salazar Jr., da 8ª Mariana (São Paulo – SP)
O curso teve uma participa- za na Palavra os conteú- mento na vida familiar que IP Governador Valadares, e professor do Colégio
ção expressiva de casais da dos solicitados. Momentos trará grandes resultados para Bancário e Palestrante da Mackenzie, falou sobre
igreja local, além de casais de perguntas-respostas e toda a igreja. Nos dias 30 de Caixa. Amor na Família.
Brasil
Agosto de 2011 Presbiteriano 7
FILANTROPIA

APADD, uma luta contra a dependência


A Associação de Prevenção e Assistência
aos Dependentes de Drogas oferece trata-
mento ambulatorial, sendo referência em
Vila Velha, ES

A última semana do
mês de junho recebe
atenção especial no com-
preocupados com a situação
crescente, tendo experiên-
cias pessoais e profissional
bate às drogas em todos os na área, resolveu reagir.
lugares do Brasil. São reali- Apoiados pela Primeira
zadas “semanas antidrogas” IP em Vila Velha esse grupo
de Deus, a oração, a fé, a em âmbito nacional, estadu- organizou-se, surgindo O objetivo da associação é conscientizar e valorizar o ser
esperança e o sangue de al e com diversas atividades. então uma associação espe- humano por meio da vida saudável
Cristo. Concluiu mostran- Mas a mobilização maior cífica para enfrentar este
do que Deus nos nos dá a fica sempre reservada para desafio. pacientes e as famílias em res do mundo tornando-se
vitória (v.8). o dia 26, Dia Internacional Há 22 anos faz preven- grupo. escravos das drogas.
Ainda no último dia de de Combate às Drogas. ção e oferece tratamento A APADD tem desem- Apenas nos últimos dois
festa, no domingo, come- Entre as inúmeras ins- ambulatorial através de penhado o papel de aler- anos foram contabilizados
morou-se, também, os tituições que lutam uma equipe multidisciplinar tar a população e auxiliar 34 novos convertidos e bati-
44 anos da UPA. Foram contra esse mal está a composta de médicos, psi- aos dependentes químicos zados, além de familiares
momentos de intensa APADD – Associação de cólogos, assistentes sociais e seus familiares e nestes que também são impacta-
gratidão, profundo reco- Prevenção e Assistência aos e terapeutas. 22 anos de existência tem dos pelo poder transforma-
nhecimentos dos feitos Dependentes de Drogas – O objetivo da associação tratado todos os dias como dor de Jesus após e durante
de Deus e muita alegria uma entidade filantrópica, é conscientizar crianças, dias de combates às drogas o tratamento na APADD.
na presença do podero- genuinamente presbite- adolescentes e adultos sobre no estado do Espírito Santo. Em 2011, a revista Veja
so Deus. A IPM recebeu riana, com personalidade o uso indevido de drogas, Somente neste ano de publicou o “Guia para fazer
o cantor Marquinhos jurídica, com sede em Vila valorizando o ser humano 2011 a APADD já realizou o bem”, uma edição espe-
Gomes e sua banda, da Velha, estado do Espírito por meio da vida saudável, mais de 1.084 atendimentos cial criada para apresentar
cidade do Rio de Janeiro. Santo, que atua na área de promovendo o bem estar gratuitos e quase 54,6% são os bons exemplos de ONGs
Os adolescentes rece- prevenção e assistência aos social e fortalecendo o sis- pessoas declaradas evangé- que contribuem para uma
beram uma mensagem usuários de substâncias tema familiar através de licas (os católicos são 30%, mudança social. Os trinta
entorpecentes. ações preventivas. Os aten- sem religião 12% e espíri- melhores especialistas em
desafiadora para que não
A iniciativa para o tra- dimentos são previamen- tas 3,5%). Esses números filantropia do país incluí-
entrem no mundo das
balho aconteceu quando, te agendados e atendem a expressivos de evangéli- ram a APADD entre um
drogas e vivam integral-
em 1988, um grupo de comunidade em geral. cos em tratamento contra grupo de 430 entidades em
mente para Jesus.
pais começou a sentir de O espaço terapêutico é a dependência química se todo o Brasil que promo-
Toda a programação foi perto os transtornos causa- utilizado para ouvir e acon- justifica quando observa- vem a ação social.
conduzida pelo pastor da dos pelas drogas e estavam selhar as famílias, para mos que vários aceitaram o A associação busca auxí-
Igreja, o Rev. Anderson vivenciando dramas inten- proporcionar ao pacien- Senhor Jesus e atualmente lio de voluntário para o seu
Sathler, juntamente com sos. A demanda das drogas te assistência espiritual, buscam ajuda profissional corpo clinico: 01 médico,
o pastor-auxiliar Rev. estava alta no município de orientando-o a conhecer especializada para se torna- 01 psicólogo, 01 terapeuta
Alberto Henrique Stauffer Vila Velha e um grupo de mais sobre Deus. O acon- rem completamente liber- familiar e 01 terapeuta espi-
Sperber. Foram três noi- profissionais médicos, psi- selhamento é individual tos, mas há muitos que já ritual (Pastor).
tes de muito júbilo, men- cólogos, assistentes sociais, com encontros semanais conviveram na igreja evan-
sagens edificantes e de advogados, funcionários e temos semanalmente gélica e ao se desviarem, Para mais informações
despertamento espiritual. públicos, pedagogos, etc., Terapia Espiritual com os experimentaram os praze- visite o site: www.apadd.org
Brasil
8 Presbiteriano Agosto de 2011

CAPACITAÇÃO

Congresso Mãos e Coração em Goiânia


Congresso realizado em Junho abordou para aprimorar o trabalho vida de uma igreja, logo, teriais básicos e de fácil
a excelência no trabalho dentro do dentro do departamento a igreja que não investe acesso, e até mesmo brin-
infantil. adequadamente no minis- cadeiras que não precisam
Departamento Infantil
A 1ª IP de Goiânia é tério infantil perdeu de de material. São várias su-
uma referência no investi- vista a benção do pacto da gestões que vão facilitar e
Cibele Lima Os estudos dirigidos mento de educação cristã. graça na sua vida diária”, trazer maior impacto para
aos congressistas foram A Fundação do Instituto explica Rev. Hélio. as crianças e retorno para

A conteceu de 23 a 25
de junho, na cida-
de de Goiânia (GO), o 1º
expostos por  Rev. Gil-
berto Celeti, missionário
da APEC – Aliança Pró
Presbiteriano de Educa-
ção (IPE) é uma das mar-
Na oficina “Aprendendo
a Bíblia através de brin-
os professores”.
Abigail Santos é profes-
cas dessa preocupação cadeiras”, com Márcia sora da oficina “Berçário
Congresso Mãos e Cora- Evangelização de Crian- com o ensino de qualidade Maulepes, o objetivo foi é coisa séria”, e explica
ção na 1ª IP de Goiânia, ças; Rev. Rogério Borges e baseado na manutenção oferecer novas idéias de que a oficina serve para
realizado pela  Secretaria Maia, Pastor da IP em Jus- do evangelho. Rev. Hélio brincadeiras com as crian- demonstrar que os profes-
do Trabalho da Infância sara;  Rev. Hélio Oliveira, Oliveira é o pastor respon- ças de forma que possam sores deixam uma lacuna
Sínodo Brasil Central, em pastor da 1ª IP de Goiânia, sável pelo ensino no IPE e aprender e fixar as histó- nessa idade. “Mostro aos
parceria com a Secretaria responsável pelo ensino na própria igreja, e explica rias bíblicas enquanto se alunos cientificamente
Geral do Trabalho Infantil cristão e pela Depto. In- que para a 1ª IP Goiânia, a divertem. “Na oficina eu como se desenvolve o cé-
da IPB. fantil da igreja local; Rev. alegria em receber o Con- primeiramente dou uma rebro da criança. Falo  da
O Congresso Mãos e Wyclif Nobre, Secretário gresso faz parceria com a parte teórica em que eu importância da música
Coração – Capacitando Sinodal do Trabalho da preocupação que a comu- mostro esse novo enfo- nesta fase e o quanto ela
Mãos e Ministrando ao Infância, Sínodo Brasil nidade já adota em relação que, que é o momento da interfere na formação e
Coração – tem o objetivo Central e Rev. José Ro- às crianças e à educação brincadeira e que não é só desenvolvimento delas.
de instrumentalizar líderes berto Coelho, Secretário que elas precisam rece- uma atividade recreativa Mostro o conteúdo mara-
regionais que atuam com Geral do Trabalho Infantil ber. “Observamos que em sem objetivo ou sem pla- vilhoso da Bíblia come-
crianças na IPB. Durante da IPB. 86% dos casos de conver- nejamento. É um momen- çando com a criação e o
o Congresso foram reali- Além disso, oficinas fo- são na igreja, o período to de conhecer a criança, Deus Criador. Dou idéias
zadas palestras com pas- ram ministradas para os em que acontece é de até saber as dificuldades e as de brinquedos com reci-
tores que atuam na esfera professores, ou interessa- 15 anos, que está incluído qualidades, fixando o es- clagem, rotina para um dia
infantil cristã e abordam dos na área, que se inscre- todo o departamento in- tudo bíblico. Em um espa- de domingo. Falo das ne-
temas relevantes para pais veram previamente, e que fantil. A educação infan- ço aberto eu mostro o que cessidades do ambiente de
e professores de crianças. foram verdadeiras aulas til é fundamental para a podemos realizar com ma- como organizar e manter
Brasil
Agosto de 2011 Presbiteriano 9
LIVRO SAGRADO

funcionando um berçário Secretário Sinodal do Tra-


e principalmente o prepa-
ro do professor que preci-
balho Infantil do Sínodo
Brasil Central, encerrando
Fórum abordará traduções
sa ter amor pelas crianças, seu mandato uma semana
orar por elas e ter um in- após o Congresso na IP Luciana Garbelini Fórum de Ciências Bíblicas. do pela Sociedade Bíblica
teresse especial para que Goiânia. O evento reunirá estudiosos do Brasil (SBB), aconte-
elas se desenvolvam na
graça e no conhecimento
Para Rev. José Roberto
Coelho, Secretário Geral
P romovido pela Socie-
dade Bíblica do Brasil
pelo sétimo ano consecu-
de destaque internacional
para abordar o assunto sob
diferentes aspectos, entre
cerá no Centro de Eventos
de Barueri (SP), onde está
localizado o Museu da
do Senhor Jesus Cristo”, do Trabalho Infantil, ain-
tivo, o evento reunirá, nos os quais o histórico e o Bíblia. “O ano de 2011 tem
explicou. da falta em muitas igre-
dias 18 e 19 de agosto, técnico. Além disso, serão sido particularmente espe-
Na oficina “A impor- jas o despertamento para
profissionais de projeção discutidos os principais cial para a SBB e para a
tância da música no DI”, o trabalho com crianças.
internacional para debater desafios para o desenvolvi- causa da Bíblia, como um
com Rev. Márcio Alonso, “Eu ainda sinto falta de o tema. mento dessa tarefa, que visa todo.
o pastor, que é músico ex- maior participação e in- As inscrições já estão disponibilizar a Palavra de A marca de 100 milhões
plica que o principal para teresse por parte de algu- abertas e podem ser fei- Deus às pessoas indepen- de Bíblias produzidas em
atuar nessa área é gostar mas lideranças, pois, em tas pelo site www.sbb. dentemente de qual parte dezesseis anos, alcançada
do que se está fazendo. um Congresso como este, org.br/forum. Com o do planeta estejam ou quais em maio último, nos motiva
“Algumas pessoas dizem com uma estrutura e in- tema Traduções da Bíblia sejam as suas limitações. ainda mais a cumprir nossa
que não sabem tocar ou vestimento nacional, eu Sagrada acontece, nos dias Contando com oito painéis, missão de levar a Palavra
cantar, isso não é o funda- creio que poderíamos ter 18 e 19 de agosto, o VII o evento, que é organiza- de Deus a todas as pessoas.
mental. É possível formar maior participação de pro-
uma equipe que toque e fessores e educadores de
cante e colabore, mas o crianças, mas muitos não LANÇAMENTO SBB
professor que está lide- recebem apoio de suas
rando o momento com as igrejas. Para mim isso é
crianças precisa ter em
mente que o amor dedi-
um reflexo da pouca im-
portância que se é aplica-
Histórias
cado é a principal ferra- da a essa área da igreja. As
menta para que seja um
momento alegre, harmo-
crianças são um alvo mui-
to sensível em uma socie-
preferidas
nioso e principalmente de
ensino e de louvor a Deus,
dade que explora questões
sexuais e imorais. A igreja da Bíblia
explicou Rev. Márcio. precisa se precaver, pre-
De acordo com Rev. cisa treinar líderes que A meta, nesta 9a edição, é
Wyclif Nobre, Capelão estejam engajados e qua-
lificados de acordo com a
beneficiar 21 comunidades
do Colégio Presbiteriano
Mackenzie em São Paulo, Palavra de Deus, e esse é carentes da região amazônica.
todo o esforço do Sínodo o objetivo do nosso Con-
Brasil Central foi motiva- gresso, concluiu Rev. José
do pela crescente necessi-
dade de oferecer às pes-
Roberto.
O próximo Congres-
A Sociedade Bíblica
do Brasil (SBB) apre-
senta Histórias preferidas
ao pequeno leitor uma
ideia clara de que os acon-
tecimentos estão interliga-
cas: Criação, Adão e
Eva, Noé, Abraão, José,
Moisés, O Êxodo, Davi e
soas que trabalham com so Mãos e Coração será da Bíblia, um livro educa- dos. Com visual moderno Golias, Salomão, Daniel,
crianças novas idéias, no- em Belém (PA) nos dias tivo e envolvente, que vai e conteúdo envolvente, a Retorno do Exílio, Maria,
vas ferramentas e motivá- 18, 19 e 20 de novembro cativar o público infantil. obra tem linguagem sim- Nascimento de Jesus, O
los a continuar nessa luta de 2011. Saiba mais em A publicação reúne 20 his- ples, que facilita o apren- Início do Ministério de
pelas crianças de nossas SGTI: www.sgti-ipb.blo- tórias recontadas da Biblia dizado da criança, espe- Jesus, Ensinos de Jesus, O
igrejas e na importan- gspot.com. Sagrada: da Criação até cialmente a que está em Bom Samaritano, Curas de
te missão de evangelizar Paulo. As narrativas fluem fase de alfabetização. Jesus, A Morte de Jesus, O
crianças. Rev. Wyclif foi Cibele Lima é jornalista de uma para a outra, dando São 20 histórias bíbli- Pentecoste, Paulo.
Brasil
10 Presbiteriano Agosto de 2011

ADEUS

Faleceu um entre os santos: John R. W. Stott


John Stott morreu em sua casa às 3h15 da música. Stott pregou a meiros versos de Hebreus, um Deus justo!
madrugada de quarta-feira, dia 27 de julho. centralidade de Cristo, a “Jesus, a palavra final”. Aplicação: este é o
vida de Cristo e a obra Lembro-me de ter vertido seu Cristo? Ele é único
Estavam presentes alguns amigos próximos,
de Cristo. (Em 1985 estu- lágrimas diante da clareza, a revelar e salvar. Quem
que liam a Escritura e ouviam O Messias, dei no London Institute simplicidade e autoridade entende isto, sabe que não
de Haendel, quando ele calmamente partiu for Contemporary com que expôs a Escritura. pode recorrer a mais nin-
para encontrar-se com seu Salvador e Senhor. Christianity e tive aulas Hoje ouvi novamente o guém. Essa era a tentação
http://www.allsouls.org/Publisher/Article.aspx?ID=273279
de hermenêutica bíblica mesmo sermão, lágrimas dos Hebreus que recebe-
com Stott. Ele me ensi- me vieram mais uma vez ram a carta. Nós precisa-
nou que o pregador crente (http://allsouls.org/Media/ mos voltar a essa visão
Mauro Meister de e uma vida simples, deve viver em busca de P l a y e r. a s p x ? m e d i a _ bíblica de Cristo. É o
olhando para um universo integridade hermenêutica, id=50218&file_ caminho para este mundo

A my Winehouse, uma
inglesa de grande
influência no mundo pop,
completo e cheio da graça
de Deus (Conheci a casa
de Stott e ali fiz duas
respeitando o autor divi-
no e o autor humano das
id=53536). Eis o esboço:
1. Cristo e a Palavra:
sincretista e pluralista.
Nunca esqueça, não há
Escrituras.) Ele é a Palavra de Deus, outra revelação. Não há
morreu, supostamente, de refeições simples e sin- A mídia noticiou incan- completa e final. nada que possa substituir,
overdose, aos 27 anos. gelas, preparadas por ele savelmente a morte de 2. Cristo e a criação: Ele melhorar ou ser acrescen-
Muitas vezes apareceu em mesmo. Ele mostrou, com Amy, mas duvido que a é o agente, o sustentador tado à revelação no Verbo
público sob a influência encarnado. Depois que
de drogas e, pelo que se vemos a Cristo, não há
viu na televisão, muitos outra coisa em que pos-
de seus fãs ficaram pro-
“Stott celebrou
samos crer. Nunca esque-
fundamente enlutados. a santidade e ça, não há outra salvação:
O mundo lamentou uma uma vida simples, ele é completo, singular.
morte trágica. Não há outro em que se
A 27 de julho, faleceu
olhando para um
possa encontrar salvação.
aos 90 anos John R. W. universo completo Ele também é salvador
Stott, outro inglês de e cheio da graça de singular. Sem Cristo não
grande influência, mas há revelação e não há sal-
na contracultura pop.
Deus”
vação. Ele é “hapax”, de
Nascidos no mesmo país, uma vez por todas... Deus
no mesmo século, mas não tem mais a dizer do
em universos diferentes grande entusiasmo, os sli- notícia da morte de Stott e o herdeiro, o Cristo cós- que já disse nesse salva-
(lembrando do livro de des de um esporte radical saia em mais do que mico, o alfa e o ômega. dor. Crer nisso é ser cris-
James Sire, O universo que praticava: ver pássa- alguns noticiários pontu- 3. Cristo e o Pai: Ele tão evangélico.
ao lado, no qual mostra ros in natura! Escreveu ais no exterior. Mais uma irradia a glória de Deus: Que o Senhor nos aben-
que universos diferentes um livro chamado The evidência de que esse idêntico em natureza e çoe com homens abenço-
são concebidos de acordo Birds our Teachers [Os homem, que foi capelão essência; Ele é o selo da ados como foi Stott para a
com a visão de mundo do pássaros, nossos mestres], da rainha da Inglaterra, natureza de Deus: distinto glória dele. Os céus cele-
indivíduo). ilustrado com fotos que era da contracultura. em pessoa. bram a chegada de um
Amy celebrou o hedo- ele mesmo tirou). No dia 6 de outubro de 4. Cristo e a Salvação: feito santo pelo sangue de
nismo do seu universo Amy levou uma vida 1985 fui participar do culto veio para lidar com peca- Cristo.
e espalhou aquilo que regada a bebida, drogas em All Souls Church, da dos, purificar dos pecados
recebeu de seu tempo. e sexo, pregando esse qual Stott era pastor emé- e cumprir uma obra per- Postado por Mauro Meister, quarta-
feira, julho 27, 2011 em http://
Stott celebrou a santida- estilo de vida pela sua rito. Ele pregou nos pri- feita, a justiça perfeita de tempora-mores.blogspot.com
Brasil
Agosto de 2011 Presbiteriano 11
ENCONTRO

DNA PE - Adolescentes preparados


Centenas de jovens se reúnem para da IP do Recife conduziu a
oficina “Em busca da coste-
comemorar o Dia Nacional do Adolescente la perdida” e o pastor Leo-
Presbiteriano em Pernambuco nardo Cavalcanti, da IP das
Graças falou sobre o “Sexo
guiu até a noite. Na abertura, puro: aguardando o momen-
Angélica Renepont
muito louvor e adoração a to certo”.

F oram três meses de tra- Deus com a equipe de mú- Outra oficina que atraiu
balho e cerca de 100 sica da IPM. Em seguida, muitos adolescentes tratou
pessoas envolvidas nos pre- os adolescentes se dividiram da postura que eles devem
parativos do Dia Nacional em oficinas, sete no total. A ter nas dificuldades. O desa-
do Adolescente Presbiteriano escolha dos temas, que va- fio lançado foi louvar a Deus
em Pernambuco (DNA PE), riaram de namoro ao rela- nesses momentos.
Coordenadores, Presb. Marcos Alcântara e Presb. Sérgio Lima
que reuniu cerca de 850 ado- tivismo na igreja, levou em
lescentes e jovens no último consideração as áreas em que 17, da IP da Madalena. O desenvolvido com adoles- TRABALHO
dia 30 de julho, no Recife. O a juventude tem sido bom- encerramento do DNA PE centes nas igrejas presbite- EM EQUIPE
evento, promovido pela IP da bardeada com princípios e foi celebrado com um gran- rianas, o DNA PE optou por
Madalena (IPM), teve como valores incompatíveis com o de culto de louvor a Deus. convidar pastores de várias Um evento como o DNA
preletor oficial o secretário Evangelho de Cristo. “A gen- Um momento especial em igrejas para dar as oficinas. PE não abençoa apenas
geral do Trabalho com Ado- te tem que trabalhar com os que os adolescentes puderam As oficinas abordaram os quem participa, mas tam-
lescentes da IPB, pastor Car- adolescentes de forma obje- dedicar ofertas ao trabalho seguintes assuntos: “O re- bém quem põe a mão no
los Eduardo Aranha Neto. tiva porque eles não veem a missionário, aproveitando a lativismo dentro da igreja” arado. O trabalho foi árduo
O templo da IPM ficou pe- vida de forma teorizada, mas proximidade do mês dedi- foi o tema da sala do pas- e exigiu da equipe de cerca
queno diante da animação e prática. E os temas colocados cado a missões. No culto os tor Maurício Pastick, da IP de 100 pessoas - entre ado-
disposição dos adolescentes no DNA PE falaram de pro- adolescentes também atua- da Águas Compridas. Já o lescentes, jovens e adultos
e jovens que chegaram em blemas contemporâneos, do ram no ofertório e celebra- pastor Arnaldo Matias, da da IPM -, muita dedicação e
caravana de todas as partes tempo desses adolescentes”, ção santa ceia. Foram eles IP de Areias, tratou do tema: abnegação.
do estado. Alguns vieram avaliou o pastor Carlos Edu- que passaram com as salvas “Escolhendo os amigos para Mas para que os prepara-
de cidades vizinhas, mas ti- ardo Aranha Neto. arrecadando as ofertas e que toda vida”. O pastor Eraldo tivos do DNA PE pudessem
veram aqueles que enfrenta- “O mundo tenta nos en- distribuíram o pão e vinho. Gueiros, da IP de Jordão transcorrer bem, a equipe foi
ram longas horas de estrada, sinar o tempo todo coisas Alto, conversou com os ado- dividida em áreas de traba-
como a juventude do muni- que são contrárias à Bíblia OFICINAS lescentes sobre como “Lou- lho. Além da coordenação
cípio de Canhotinho, agreste e nessa fase que a gente está var a Deus nas tragédias”. do evento liderada pelos
Pernambucano, distante 207 amadurecendo é bom saber a Com o intuito de conso- O pastor Marcelo Ramos, presbíteros Marcos Alcânta-
km da capital. verdade”, disse Lucas Melo, lidar e integrar o trabalho da IPM, desafiou os adoles- ra e Sérgio Lima, tinha gente
Essa integração entre as centes a uma mudança de cuidando do lanchinho gos-
igrejas da capital e do inte- vida com a oficina “Benoni toso oferecido gratuitamen-
rior é o principal objetivo da X Benjamim: a hora da mu- te na cantina, do louvor, da
realização do DNA pelo Bra- dança chegou”. divulgação nas igrejas e na
sil afora como explica o pas- A fofoca no meio da igreja internet, além do afetuoso
tor Carlos Eduardo Aranha foi o assunto da oficina com e animado “sejam bem-vin-
Neto. “O que a gente espera o pastor Brivaldo Queiroz, dos” da equipe de recepção.
é que os estados se mobili- da IP de Boa Viagem, que Ao final do evento - que
zem para que o DNA seja um contou “A história de Doe- para equipe não durou ape-
evento da federação fortale- gue”. E por fim, as duas últi- nas uma tarde, mas três me-
cendo de forma coletiva os mas oficinas trataram de um ses -, os sentimentos eram
adolescentes presbiterianos”, dos assuntos que mais des- comuns entre todos: alegria
explicou. perta a curiosidade dos ado- e satisfação.
A programação do DNA lescentes: namoro e sexo. Angélica Renepont é jornalista e
PE começou a tarde e se- Adolescentes são desafiados e consagram vidas ao Senhor O pastor Bruno Leonardo, membro da IP Madalena em Recife, PE
Brasil
12 Presbiteriano Agosto de 2011

BP LEGAL

Sentimento religioso Congresso Internacional


no Mackenzie aborda
Ricardo Barbosa imposição de pena de deten- de manifestações anti-demo-
ção de 1 mês a 1 ano, ou cráticas e anti-religiosas. Psicologia e Cristianismo
O s crimes contra o “sen-
timento religioso”,
multa, a quem for condenado
pela prática de tais crimes.
Ocorre que, em nome do
combate da chamada “into-
constantes no artigo 208
do Código Penal, apesar de
serem previstos numa lei que
Remanescem, contudo,
desafios contemporâneos à
questão.
lerância religiosa”, é o direi-
to ao “sentimento religioso”
que tem sido atingido.
M ais uma edição do Congresso Internacional
de Ética e Cidadania no Mackenzie está se
aproximando. Este ano, o tema será Psicologia e
data de 1940, indicam tratar- É que, apesar da proteção Veja-se o recente caso do Cristianismo. Será nos dias 29, 30 e 31 de agosto e
se de algo relevante para o legal ao sentimento religio- PL n° 122/2006, que tenta irá abordar a importância que uma visão abrangente
Direito. so, é necessário lidar com o institucionalizar o “deli- tem para o tratamento das necessidades psicológicas
Diz o artigo 208: modo pelo qual esse direito to de opinião”, que ocor- do ser humano.
“Escarnecer de alguém publi- pode ser exercido, conside- re, por exemplo, quan-
Os palestrantes internacionais, Dr. David Powlison
camente, por motivo de cren- rando-se ser o Brasil um país do alguém manifesta, por
ça ou função religiosa; impe- laico (artigo 19, I, CF/88) seguir um credo religioso, e Dr. Eric Johnson, são doutores formados em uni-
dir ou perturbar cerimônia e caracterizado pela diversi- censura ao comportamento versidades seculares na área de psicologia e tratarão
ou prática de culto religioso; dade cultural, étnica e com homossexual. do tema do ponto de vista cristão, além de outros pal-
vilipendiar publicamente ato valores pós-modernos, plura- Se o PL 122 for aprovado, estrantes convidados que participarão do Congresso.
ou objeto de culto religioso. lista e relativista. corre-se o risco de o sim- As palestras serão transmitidas ao vivo pela internet
Pena – detenção, de 1 mês a Em nome da “liberdade de ples ato de manifestação de e ficarão disponíveis para download gratuito após o
1 ano, ou multa”. consciência e de expressão”, opinião contrária ao com- evento.
A idéia de escarnecer setores da sociedade brasilei- portamento homossexual ser
acompanha o sentido de ridi- ra têm vivenciado um campo considerado uma prática de
cularizar. No mais, o escárnio de batalha. Dadas duas posi- ação constrangedora ou inti-
deve se dirigir a pessoa deter- ções contrapostas, a liberda- midatória ao direito de opção
minada, feito publicamente de de expressão tutelada a sexual, com implicações ao
e por motivo específico de uma delas tem sido tomada direito fundamental de cons-
crença ou função religiosa. como violação à liberdade ciência, crença e expressão.
A lei fala em proteção do de expressão da que lhe é Apesar da insegurança
culto religioso contra qual- contrária. jurídica, já tem havido um
quer pessoa que impede ou No campo da hermenêu- esforço hermenêutico nos
perturba seu desenvolvimen- tica, a nova teoria geral do tribunais para se evitar que
to. A proteção é específica à direito constitucional tem leis, aparentemente neutras,
cerimônia ou culto religioso desenvolvido “métodos de como a que se pretende
solene, mas abrange também interpretação evolutiva” que aprovar, resultem em pre-
as reuniões informais como permitem a modificação juízos oblíquos às minorias
estudos bíblicos ou orações. informal da Constituição sem estigmatizadas.
O artigo também cita a a necessidade de alteração Resta-nos a oração e a
ação de vilipendiar, que é o do conteúdo formal do seu mobilização para que o direi-
tratamento vil ou com des- texto. to ao “sentimento religioso”,
prezo, de ato ou objeto do Assim, por um lado, os tri- como corolário do direito de
culto, o que pode se efetivar bunais têm procurado “repa- consciência, crença e expres-
por meio de palavras, gestos rar” uma antiga idéia apon- são, nos seja assegurado den-
ou escritos. tada por Pontes de Miranda tro e fora de nossas igrejas.
O incurso a qualquer uma em seus Comentários à
das três figuras tipificadas Constituição de 1946 de O Dr. Ricardo de Abreu Barbosa,
pelo artigo 208 do Código que no Brasil, ainda não se advogado trabalhista, é especialista
em direito mobiliário (USP), direito do
Penal possibilita a instaura- havia compreendido que o consumidor (OAB/SP) e administração
ção de inquérito policial para conteúdo das liberdades de de empresas (FGVSP). Mestrando
em Administração de Empresas
apuração dos fatos, visando consciência e de expressão (Mackenzie), é presbítero e tesoureiro da
ajuizamento de ação penal e envolveria também a tutela 1ª IP de São Bernardo do Campo - SP.
Brasil
Agosto de 2011 Presbiteriano 13

Para casais
Projeto Semear O Ministério de Casais
polis,
ho, na cidade de Dianó da IP Nova Jerusalém,
Nos dia 23 a 30 de jul vez na
do Projeto Semear, desta Campinas, estará rea-
aconteceu a edição 2011 realiza ção lizando no sábado dia
tins. O trabalho é uma
região sudeste do Tocan vo praticar a cidadania 13 de agosto, às 20
como ob jeti
da IP no Tocantins e tem em cada horas, uma palestra
e levar o amor de Deus
por meio do voluntariado issão de sobre a vida financeira
, consultoria jurídica, em
ação. Ocorreram palestras ndimento bem sucedida do casal.
atendimento médico, ate
carteira de identidade, so de
elo, chapinha, escova, cur O objetivo é orientar
odontológico, corte de cab ete curso
, casais nesse ponto
de bordado, curso de tap
ovos de chocolate, curso educação que é um dos motivos
ações de cestas básicas, “A igreja... crescia em números”
de informática, bazar, do luindo
sicas e peças de teatro, inc de crise na família: a
infantil, apresentação de mú mordomia do dinheiro. No primeiro domingo de julho de 2011
evangelização nas ruas. Para tanto, um casal Elias, em Mesquita, Rio de Janeiro,
, a IP do Bairro Santo
teve seu rol de membros
especialista nessa área acrescido. Pela bondade de Deus, os
irmãos Uilson e Bernardo
foi convidado, Laura professaram a fé em Jesus Cristo e fora
m batizados. Maria José,
e Sérgio Jacob. Ela é esposa de Uilson, viu o Senhor aten
der às suas orações, pois,
psicóloga, ele é admi- há 17 anos vinha orando pedindo a
conversão do seu esposo.
nistrador de empresa e Nesse domingo de festa, tanto na terra
quanto no céu, a família
também presbítero. do jovem Bernardo também agradece
u ao Senhor pela impor-
O convite é estendido tante decisão. Outros irmãos, na mes
ma noite, foram recebidos
a todos os casais e noi- por profissão de fé: Irene e Maria José
, provenientes de outras
vos que se interessa- igrejas evangélicas e Rosangela Just
ino, que após um período
rem por esse relevante distante, retorna a IP do Bairro Santo
Elias.
assunto.
Informações:
(19) 3255-1346

Revitalização de pastores
Com o tema “Esgotamento
Espiritual” tratado pelo vice-
presidente do Supremo Concílio,
Rev. Juarez Marcondes Filho,
aconteceu o 1º Encontro Sinodal
de Revitalização para Pastores e
família. O evento que reuniu 18
famílias do Sínodo foi realizado
no dia 23 de junho em uma chá-
cara, em Goianésia, Goiás. Ide-
alizado, pelo presidente do SAT,
Rev. Alexandre Antunes Pereira
Santos, o encontro contou com o
apoio de todos os presidentes dos
Presbitérios.
Brasil
14 Presbiteriano Agosto de 2011

INTERNACIONAL

IP de Angola tem 25 anos de existência


A IP de Angola (IPA)
tem 25 anos de
existência, e aproximada-
o metro cúbico. Tal fator
eleva os valores de constru-
ção chegando às residên-
mente 18 mil membros. A cias populares a serem ven-
Constituição da IPA é uma didas a U$ 200.000 dólares
adaptação da CI-IPB. Os cada uma.
presbiterianos angolanos Em 2010 a IPB via
têm muito apreço pela IPB. APMT, fez uma doação
O Presidente do Sínodo de U$ 100.000 dólares ao
Geral, Rev. Antônio Bento, IPA, para a construção de
esteve em muitas oportu- um seminário teológico na
nidades em reuniões da cidade de Luanda, Angola.
IPB, inclusive na Reunião O projeto contempla um
Ordinária do SC-IPB/2010, prédio de dois andares.
em Curitiba. A IPA possui um terreno
Através do trabalho da próprio onde está cons-
APMT, na pessoa Rev. truindo a sede a igreja.
Agripino (Executivo Nesse mesmo terreno está
da APMT), desde o iní- sendo construído o semi-
cio de 2010, professores nário. A construção está
dos seminários da IPB de em andamento. O prédio Workshop da Tesouraria do SC-IPB
várias áreas e disciplinas deverá ter dois andares, e
têm lecionado aos pastores a primeira parte, fundação da construção. lideranças da IPA o que é e organizador, Presb. Renato
e obreiros da IPA duran- e o primeiro piso estão Conforme programado, como funciona a JPEF. Foi Piragibe (Tesoureiro do
te uma semana, em uma prontos. O valor apresen- participamos como preletor oportuno também informar SC-IPB) e do Presb. Clineu
grade curricular de 22 tado no orçamento inicial do Workshop da Tesouraria. e esclarecer sobre o PDO, Francisco (Presidente do
horas. O propósito de qua- foi de U$ 220.000 dólares. Além de adaptarmos a Comitê Gestor e Agencias Conselho de Assistência
lificar esses irmãos para Há necessidade de aporte palestra a realidade e situ- Missionárias. Social da IPB). Durante
posteriormente lecionarem de recursos na ordem de ação de Angola, pudemos O Workshop contou tam- todo o evento foi possível
no seminário da IPA que U$ 120.000 para termino informar aos pastores e bém com a preleção do contar com a presença de
está sendo construído, com toda a liderança da IPM.
apoio e recursos da IPB.
Há muita pobreza e escas- REUNIÃO COM A
sez de tudo. O país angola- LIDERANÇA DA IPA
no saiu há pouco mais de
7 anos de uma sangren- Destaca-se o envolvi-
ta guerra civil que ceifou mento que a Confederação
mais 25 mil vidas, deixan- Nacional do Trabalho
do muitos órfãos e viúvas. Feminino e Confederação
Este pós-guerra permitiu Nacional da Mocidade
que os preços dos imóveis têm demonstrado ao tra-
alcançassem valores muitos balho missionário junto
altos e desproporcionais. a essa igreja, havendo a
O “betão”, palavra usada visita de delegações des-
para concreto, chega a cus- sas duas Confederações.
tar de 400 a 200 dólares A IPA possui um terreno próprio onde está construindo a sede da igreja A Confederação Nacional
Brasil
Agosto de 2011 Presbiteriano 15

de livros, que contém 110 de Santos, aguardando Oportunamente entrega-


obras da CEP. Este kit é liberação para seguir para mos a carteira de minis-
parte do projeto do CECEP Luanda. Serão, no total, tros da IPA, confecciona-
que está doando 150 kits mais de 15 mil livros doa- dos em 2 mil unidades pela
iguais ao que foram entre- dos, com vista a melhor CEP. Fora, encomendados
gues, aos pastores e obrei- preparação e capacitação pela APMT, e recibos com
ros da IPA. Os kits estão dos pastores e obreiro da muita alegria pela liderança
em um contêiner no porto IPA. da IPA.

“Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de
beber; sendo forasteiro não me hospedastes; estando nu, não me vestistes;
achando-me enfermo e preso, não fostes ver- me.” (Mateus 25:42-43)

Reunião com a liderança da IPA

do Trabalho Masculino Constatamos também que


está também se envolven- há presença do material
do nesse projeto. O CAS, da CEP em Angola, desta-
através de seu Presidente, cando-se apenas a Bíblia
Presb. Clineu, deverá de Estudo de Genebra.
desenvolver alguma forma Também na cidade de
de apoio a IPM. Todo o Luanda há poucas livrarias Uma oportunidade para líderes de
trabalho missionário é diri- e muito material é vendido ministérios de ação social, associações
gido e encabeçado pela fora das livrarias a preços beneficentes, diáconos e pessoas
APMT. exorbitantes. preocupadas em tornar realidade a
Na viagem do ano de Entregamos simbolica- prática social.
2009 relatamos as necessi- mente ao Presidente do
OFICINAS
dades que a IPA enfrenta na Sínodo Geral, na presença
Trabalhos com moradores de rua,
área da literatura teológica. da liderança da IPA um kit prostitutas e travestis, crianças em risco,
dependentes químicos, alcoólatras e
26, 27 e 28 de pessoas enfermas além de teologia e
prática da responsabilidade social na igreja
AGOSTO de 2011
INSCRIÇÕES
samaritanos@ipreg.org.br
LOUVOR (11) 2016-8851
Grupo Altares (falar com Cristina, de 2ª a 6ª-feira, das 8h às 17h)

INVESTIMENTO: R$20,00
REALIZAÇÃO
(depósitos identificados no Banco do Brasil)
Junta Diaconal - IPREG
Agência: 0719-6 C/C: 18947-2
APOIO
Secretaria de Evangelismo e Missões - PELP

IGREJA PRESBITERIANA DE GUAIANASES


Rua Irmãos Murgel, 107
Presb. Clodoaldo Furlan, presidente do CECEP, entrega os kits
Guaianases - São Paulo - SP
doados pela Cultura Cristã www.ipreg.org.br
Brasil
16 Presbiteriano Agosto de 2011

Consultório Bíblico

“Por favor, uma palavra sobre modalistas e trinitários”


Odayr Olivetti

O modalismo é uma das formas que as


seitas judaizantes adotaram para man-
ter a ideia dos judeus de que não é possível
diga que o plural aí é apenas de plural majes-
tático, mas, à luz das outras passagens que
falam da participação do Pai e do Filho e do
escolheu em Cristo, e o Espírito sela a obra
de redenção.
Quanto ao Espírito como mero poder: além
admitir nenhuma diversificação pessoal em Espírito Santo na criação, podemos concluir do que já foi dito, cito algumas passagens:
Deus. Trinitários são os que defendem a pre- que o “Façamos” é um chamado especial para AT: Sl 51.11 (em contraste com 51.10 e 12);
ciosa e indispensavelmente cristã doutrina da a criação daquele que seria a coroa da obra de 143.10; Is 61.1 Miq 2.7. NT: Mt 12.31; At
Trindade Santa e Bendita. criação. 7.51; 10.38; 16.6; 1 Co 2.10; Ef 4.30; 6.17;
Resumindo: Os modalistas afirmavam que Há outras passagens no Antigo Testamento Ap 22.17.
as distinções de Pai e Filho e Espírito Santo que falam do Pai; do Filho; do Pai e do Filho; A palavra Trindade não consta na Bíblia,
não são de personalidade, mas de modos de do Espírito; e do Espírito e do SENHOR. mas é boa para referir-se à doutrina bíblica.
manifestação ou de revelação. Uma concordância bíblica simples poderá Reafirmo o que foi dito há muito tempo e
O assunto é importante porque por vezes mostrá-las. Cito apenas esta: Gênesis, capítu- tem sido repetido pelos sérios estudiosos da
encontro pessoas que têm um entendi- Bíblia: O cristianismo fica de pé ou cai
mento não bíblico ou antibíblico sobre a com a doutrina bíblica da Trindade Santa
doutrina da Trindade. Há dias uma senho- e Bendita. (Mas, graças a Deus, não cai.)
ra, antigo membro de igreja, disse com Entre os aspectos gloriosos da obra
alegria que recentemente havia compre- do trino Deus na vida dos crentes, cito
endido que o Espírito Santo é Pessoa, não o de consolação: o Pai e o Filho nos
mero poder! consolam: Deus o Pai é chamado “Pai
Alguns têm ensinado, falando e escre- de misericórdias e de toda consolação
vendo, que a doutrina da Trindade quase (2Co 1.3); o Filho nos consola. Ele é
não aparece no Antigo Testamento. o Conselheiro, Intercessor, Advogado e
Discordo: Na Criação participaram o Pai Consolador – variantes do sentido da
e o Filho e o Espírito Santo. Deus criou palavra grega Paráclito (Is 9.7; Jo 14.16;
o mundo (Gn 1.1), por meio da Palavra 1 Jo 2.1); foi enviado para “consolar todos
“Disse Deus: haja luz...” (Gn 1.3; ver Jo os que andam tristes” (Is 61.2); chama o
1.1, 3, 10,14; Hb 1.1,2); e pela comunicação lo 18. É um texto que faz alusões misteriosas Espírito de “outro Consolador (Consolador,
de vida mediante o Espírito Santo (Gn 1.2 a três homens que visitaram Abraão. Leia Conselheiro, Advogado), o que significa que
– “o Espírito de Deus se movia sobre a face com atenção, e verá que há algo mais do que Ele se considera Consolador (Jo 14.16; 1Jo
das águas”, criadas no ato universal descrito humanidade nos três visitantes. 2.1).
no versículo primeiro). O verbo traduzido por No Novo Testamento, entre outras coisas, Como crentes em Cristo e membros do seu
“pairava” (ARA) e por “se movia” (NVI) é, o batismo cristão é trinitário (Mt 28.19); no corpo, a igreja, juntemo-nos ao Espírito Santo
no hebraico, o verbo que expressa a ação de batismo de Jesus houve clara manifestação e clamemos com ele a tempo e fora de tempo:
incubar, chocar (como as aves comunicam trinitária (Mt 3.16); o Filho foi enviado pelo
vida aos ovos).Ver Jó 33.4. Pai (Jo 3.16); o Espírito é enviado pelo Pai e “O Espírito e a noiva dizem: ‘Vem!’
A linguagem de Deus em seus atos de cria- pelo Filho para revestir de modo especial a E todo aquele que ouvir diga: ‘Vem!’
ção muda completamente quando anuncia a igreja cristã nascente (Jo 15.26 e o capítulo Quem tiver sede, venha;
criação do homem (Gn 1.1-26). No versículo 16; At 2); e em Efésios 1.1-14 temos a des- e quem quiser, beba de graça
26 lemos que Deus fez uma autoconvocação crição da eleição eterna dos salvos, a qual da água da vida”
especial: “Façamos o homem...”. Há quem é descrita em termos trinitários: o Pai nos (Ap 22.17).

O reverendo Odayr Olivetti é pastor presbiteriano, ex-professor de Teologia Sistemática do Seminário Presbiteriano de Campinas, escritor e tradutor. - odayrolivetti@uol.com.br
Brasil
Agosto de 2011 Presbiteriano 17
BETIM-MG

Mais uma SAF PELO MUNDO


organizada em Sarah Ribeiro

terras mineiras
Renato Rodrigues Campos Rodrigues Mariano, com MINISTROS HOMOSSEXUAIS NOS EUA
19 alunos na EBD. Nessa
N o dia 10 de julho
aconteceu a orga-
nização da SAF da IP em
época, ainda não tínha-
mos sede própria. Duran- Uma votação realizada em 10 de julho pela Igreja Presbiteriana dos
te todos esses anos rece- Estados Unidos aprovou que gays e lésbicas sejam ordenados ministros ou
Betim, Minas Gerais, nas bemos o apoio de IP das líderes laicos. Votaram a favor da aprovação da nova política 97 dos 173
dependências de nossa Laranjeiras, que até hoje presbitérios da denominação. Porém, a medida deixa claro que as organi-
Congregação. tem nos apoiado. zações regionais deverão decidir a questão individualmente.
Contamos com a pre- Na organização conta-
sença da Presidente da Fonte: UOL (http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2011/05/11/
mos com a presença da
Federação de SAFs de igreja-presbiteriana-dos-eua-permite-ministros-homossexuais.jhtm)
Presidente da Federação
nosso Presbitério - PBET, de SAFs de nosso pres-
Ângela Batista Câma- bitério PBET, Ângela
ra de Oliveira e também Batista Câmara de Olivei- ENQUANTO ISSO, NO BRASIL...
o Secretário Presbiterial ra e também o secretario
de SAFs, Rev. Edival- presbiterial de SAFs, Rev.
do Leandro de Olivei- Com o objetivo de driblar a resistência ao atual projeto de lei anti-
Edivaldo Leandro de Oli-
ra, além da comissão de homofobia (PLC 122), está em análise um novo projeto, batizado de “Lei
veira, pastor titular da IP
organização. Alexandre Ivo”, em homenagem ao adolescente que foi assassinado supos-
das Laranjeiras e de nossa
O sonho de uma socie- tamente por ser gay. Para a senadora Marta Suplicy (PT-SP), relatora da
congregação.
dade era antigo, ainda PLC 122, a mudança de nome deverá comover os parlamentares. “Não há
Nossa oração é que
não tínhamos condições, ninguém que possa ser contra um nome que irá homenagear um jovem que,
Deus continue levantando
mas aos poucos Deus foi aos 14 anos, foi torturado e morto por ser homossexual.”
verdadeiras auxiliadoras
levantando irmãs para em nosso meio e que o Fonte: Rede Brasil Atual (http://www.redebrasilatual.com.br/temas/poli-
comporem a tão sonhada evangelho continue cres- tica/2011/07/lei-alexandre-ivo-podera-ser-o-nome-do-novo-projeto-anti-
SAF e o dia de organi- cendo por meio do traba- homofobia)
zar a primeira sociedade lho de nossas irmãs para a
de nossa Congregação glória de Deus.
chegou. A diretoria ficou com- ARQUEÓLOGOS ENCONTRAM REINO DE JUDÁ
Sabemos da importân- posta por: Ozeny Miguel
cia de cada sociedade de Araújo (presidente),
dentro da igreja e ao per- Gláucia Fonseca Rios Achados encontrados em escavações no Vale de Elah, a 30 quilômetros
cebermos o entusiasmo e (vice-presidente), Esther de Jerusalém, apontam para a existência há 3.000 anos do reino de Judá,
o número de irmãs dispos- Miguel Charas (1ª secre- comandado pelo rei Davi. Foram encontrados fragmentos de cerâmica
tas, entendemos que era a tária), Rebeca Fonseca com uma inscrição em hebraico e caroços de azeitona, além de ossos de
hora de organizarmos a Aguiar (2ª secretária) animais. Apenas dez por cento do sítio arqueológico foi escavado e arque-
Sociedade Auxiliadora. e Joana Fonseca Rios ólogos esperam encontrar mais achados significativos.
Nosso trabalho iniciou (tesoureira).
no ano de 1996 na casa Fonte: Publico (http://podium.publico.pt/Mundo/arqueologos-israelitas-
de dois irmãos, Gesay acreditam-ter-encontrado-cidade-do-rei-david_1503086).
O Rev. Renato Rodrigues Campos
Gomes Mariano e Julia pastoreia a IP em Betim
Brasil
18 Presbiteriano Agosto de 2011

FALECIMENTO

Rev. Claudionor da Silveira Barreto a Cristo aos 30 e serviu a Deus com muita dedicação. igrejas em Bragança Paulista, Atibaia, Itu, Vila Mariana,
Era mulher de oração, comprometida com o testemunho Taubaté, Santos, Vargem Grande do Sul e São Vicente.
O querido irmão, cristão e evangelizou muita gente, entre esses, o Rev. Ao completar 70 anos foi jubilado. Exemplo de servo fiel,
Rev. Claudionor da Adilson, seu neto. Casou-se e cuidou dos oito filhos de por onde passou, seu testemunho sempre se destacou.
Silveira Barreto, seu noivo, que ficara viúvo antes de se casar com dona Natural de São João da Cristina, em Maria da Fé, Minas
ministro jubilado da Francisca. Teve o casal, ainda, mais três filhos. Gerais. Com saudade, fica a esposa Ruth Toledo Pereira,
IPB, não se encontra Nunca foi vista por madrasta por nenhum dos entea- os filhos Cláudio, José Eduardo, Calvino Júniro, Suely
mais neste mundo, dos. Foi verdadeiramente mãe de todos eles e de vários e Neander. Também deixou os netos Rodrigo, Flávia,
porquanto foi promo- netos também. Estava sem enxergar havia cerca de três Eduardo, Gustavo, Maurício, Renan, André, Lucas, Da-
vido pelo à Canaã anos por causa do agravamento do glaucoma, o que lhe niel e Fabio (casado com Ana Carolina), além das noras
Celestial, morada trazia muita tristeza por não mais poder ler a Bíblia e ir às Regina, Lilian, Lucia e Maria do Carmo.
de todos os crentes reuniões de sua igreja. A tristeza para toda a família não
que descansam havia terminado. Ainda sem recobrar as forças chorando
a dor da de dona Francisca, sepultaram dias depois uma João Coine
com Cristo. Seu
falecimento ocorreu tia, Lia. Como dona Francisca, estava debilitada em fun-
ção da doença de chagas e faleceu. O velório ocorreu em O velho patriarca do clã Coine foi recolhido nos Taber-
na madrugada do dia
Céres – GO, onde ela residia. náculos Eternos, aos 92 anos, quatro meses e treze dias,
6 de dezembro de
onde goza da presença e graça do nosso Salvador, neste
2010, e seu sepultamento ocorreu na cidade de Aracaju-
dia 24 de julho de 2011.
SE. Foram 52 anos de ministério pastoral. Ordenado ao Henrique Camargo e Era o mais intenso desejo dele, nestes últimos três anos
sagrado ministério pelo Presbitério da Paraíba/Rio Gran- Nísia de Oliveira Camargo e meio, depois que a nossa mãe foi para o Senhor de tam-
de do Norte em 1958, o Rev. Claudionor pastoreou as
bém partir. Ele sempre nos pedia que intercedêssemos
igrejas paraibanas de Pombal, Riacho de Pedras, Patos, Depois de onze dias da morte de Nísia, a família per- ao Senhor para que Ele o levasse. Eu sempre dizia que
Liberdade, Souza, Imburaninha e Central de Campina deu também Henrique. Tia e sobrinho. Henrique herdou o dia já estava mais perto do que ele imaginava pois uma
Grande. Ainda servindo ao Senhor na Paraíba casou-se o nome do avô, o Rev. Henrique de Oliveira Camargo. pessoa na idade dele poderia partir a qualquer momento.
com D. Azenith de Oliveira e Sá Barreto, com quem teve Depois de quase dois anos lutando contra um câncer no Sempre procuramos animá-lo neste sentido, pois tanto
cinco filhos: Idelfonso, Jerusa, Claudionor Júnior, Silas e intestino, Deus o chamou para si. Pessoa humilde até o ele quanto nós sabíamos para onde ele estaria indo, nos
Dioneth Iara. Transferido para o Presbitério de Sergipe fim de sua vida, sempre trabalhando, companheiro fiel. braços do nosso Salvador. E foi o que aconteceu.
em 1969, foi pastor das igrejas de Simão Dias, Doze de Foi batizado na IP de Sorocaba pelo Rev. Nathanael Cheguei em Bauru, no domingo pela manhã, para o
Agosto, Lagarto, Riachão do Dantas, Aracaju, Estância, Emmerick, onde permaneceu como membro até o dia sepultamento do meu primo Israel, de 82 anos, e lá fica-
Laranjeiras, Salgado, Itaporanga, Campos, Sapé, Sião de sua partida. O sepultamento aconteceu no dia 20 mos sabendo, pelo meu irmão, que papai havia falecido
e Ebenezer, onde concluiu as suas atividades pastorais de abril. Nísia sempre foi marcada pela alegria, mesmo naquela manhã de domingo, às 07h30. Foi um choque
em 1991. Jubilado no ano seguinte, ainda pastoreou na nos momentos mais difíceis de sua saúde, com seu belo para toda a família reunida em torno de um funeral e se
cidade de Aracaju uma congregação presbiterial e a Igreja contralto e dona de uma memória admirável. Seu sepul- preparar para outro. Partiu o sobrinho, e, logo em segui-
Treze de Maio. tamento também aconteceu na IP de Sorocaba, da qual da, o tio que era muito querido de todos.
era membro. No culto, dirigido por mim, pregou nosso querido Rev.
Actclinio Contri Vagner Bernardi, que pastoreia a IP Monte Sião de Botu-
Calvino Batista catu, uma abençoada e evangelística mensagem para um
No dia 22 de abril de 2011 foi chamado ao Tabernáculo grupo muito grande de pessoas. Estiveram presentes o
Eterno o diácono Actclinio Contri, nascido em 1 de setem- Foi chamado para Presidente da Câmara Municipal de Bauru, também pas-
bro de 1925, na cidade de Fernando Prestes, SP. Deixou a morada celestial tor, além do Presb. Clodoaldo Waldemar Furlan e outros
a esposa Geny Aparecida Barbieri Contri, casados desde o servo do Senhor, presbíteros de Botucatu, bem como pastores de Igrejas
1946. Deixou também três filhas: Declair, Luiz e Mirian, Rev. Calvino Batista Pentecostais, antigos amigos da família.
além da nora Isabel, dos genros José e Aloísio e dos Pereira,em 13 de Do casamento de nosso pai João Coine, com Jacinta
netos Tiago e Gravriel. Desde sua conversão foi membro abril de 2011, aos Alberto Coine, o Senhor lhes concedeu cinco filhos:
da IP do Centenário, Alto de Vila Maria, em São Paulo. 84 anos. Recebeu Antônio, casado com Nilza, Ailton, casado com Maria
Foi diácono, trabalhou com muita dedicação e apreço nas em 1950 o diploma Antônia, Sebastião, José Carlos, casado com Elizabeth,
tarefas destinadas ao diaconato. Seu lema sempre foi: de Bacharel em Te- e Sebastião. O terceiro e o quinto filho faleceram, um na
Pregar o Evangelho conforme os mandamentos de nosso ologia (Seminário de infância e o outro na adolescência. São oito os netos e
Senhor Jesus Cristo. Campinas). Em 1951 três bisnetos dessa geração.
foi ordenado Ministro O que nos resta é nos alegrarmos pelo fato de nosso
Dona Francisca e Dona Lia do Evangelho e a pai ter descansado de uma vida longa, da qual já não
primeira igreja que suportava mais o peso dos dias, não por falta de saúde,
Vovó Francisca, como era chamada pelo Rev. Adilson pastoreou foi a IP de pois era saudável e lúcido, e sim, pela falta da esposa.
Maciel, estava havia oito dias na UTI em estado grave Pouso Alegre, em Minas Gerais, por dois anos. Depois, foi Agora está no verdadeiro lar, o Céu, a Pátria do Cristão.
por causa de um AVC e faleceu às 22h30 da último dia transferido para a IP de Passa Quatro, no mesmo Estado,
2 de julho. O funeral aconteceu na 1ª IP de Rubiataba – onde permaneceu por seis anos e seguiu para a IP em Rev. Antônio Coine, Pastor Emérito da IP Monte Sião
GO, cidade em que residia. Tinha 76 anos. Foi convertida Conceição dos Ouros. Em São Paulo, esteve à frente de de Botucatu.
Brasil
Agosto de 2011 Presbiteriano 19
WORKSHOP

Técnica Vocal com o Grupo Concerto


Ministério de música que acaba de completar todos membros de igre- George Alberto Canelhas, seu 10º aniversário, houve
10 anos é composto por membros de igrejas jas evangélicas da cidade que pastoreia a IP da Lapa. o lançamento do CD
de São Paulo, que rece- O grupo se apresenta “Preciso Crer”, em gra-
evangélicas de São Paulo bem orientação técnica regularmente em igrejas tidão a Deus, com apre-
e vocal, além de desen- evangélicas, além de reali- sentações em inúmeras

P ara quem aprecia um


bom coral e mais,
pretende aperfeiçoar suas
temunho e proclamação do
evangelho de Jesus Cristo,
tem em vista a transfor-
volver expressão corpo-
ral e Libras (Linguagem
Brasileira de Sinais),
zar participações específi-
cas em teatros, universida-
des, shoppings e hospitais.
igrejas, com o objetivo de
divulgar o ministério.
Após o workshop, o
técnicas vocais, prepare- mação e a edificação de visando o aprimoramento Nas comemorações de grupo participará do culto.
se! No dia 4 de setembro, vidas, além de proporcio- musical e cênico.
das 14h às 18h acontecerá nar a divulgação das artes Desde 2005, desenvolve
o Workshop de Técnica e o incentivo à cultura musicalização e atividade
Vocal com o Grupo musical evangélica. coral infanto-juvenil, por
Concerto. O local será a Formado oficialmente meio do Concerto Kid’s.
IP da Lapa e os palestran- em 6 de janeiro de 2001, E, desde 2007, passou
tes serão: Paulo Cerqueira adquiriu personalidade a contar também com a
(Ministro e Cantor da jurídica em 13 de junho formação masculina – o
OSESP), Fernanda Souza do mesmo ano, sendo diri- Quarteto Concerto. “Seu
(Ministra de Adoração) e gido desde sua fundação repertório é clássico con-
Natália Áurea (Solista da pelo Maestro e Ministro de temporâneo, totalmente
OSESP). Música Paulo Cerqueira. compatível com nosso
O Grupo Concerto, que Possui formações cons- estilo de culto e a reverên-
faz da música instrumento tituídas por músicos pro- cia dos cantores é grande e
de louvor e adoração, tes- fissionais e amadores, exemplar”, afirma o Rev.

Presb. Francisco de Aquino e D. Olandina


celebram 60 anos de casamento
N o dia 25 de junho
de 2011, foi reali-
zado no templo da IP de
Bom Jesus do Itabapoana
(RJ) em 11.02.1926, é
presbítero emérito da
do Presb. Carlos Alberto
de Aquino Pinheiro e de
Lúcia Helena de Aquino.
Curitiba um culto de ação Igreja de Curitiba e D. O pregador no culto de
de graças a Deus pelas Olandina, nascida em ação de graças foi o Rev.
Bodas de Jade (60 anos Trajano de Moraes (RJ) Lúcio Alberto de Aquino
de casamento) do casal em 18.11.1929, teve seu Pinheiro, neto dos home-
Francisco de Aquino nome dado a um dos nageados e integrante da
Pinheiro Sobrinho e departamentos da SAF, equipe pastoral da Igreja
Olandina de Castro organização da qual é Presbiteriana de Curitiba,
Pinheiro. Eles se casa- sócia há 68 anos. O casal que tem como pastor
ram na IP de Rolândia, é muito estimado nos efetivo o Rev. Juarez
norte do Paraná, em 29 meios presbiterianos de Marcondes Filho, vice-
de junho de 1951. O Sr. Curitiba e de outras cida- presidente do Supremo
Francisco, nascido em des do Brasil. São pais D. Olandina e Presb. Francisco de Aquino Concílio da IPB.
Brasil
20 Presbiteriano Agosto de 2011

REALENGO

Escola Presbiteriana realiza evangelismo


Tássia Gregati seja, a quantidade de kits tristeza e da saudade, tem
foi exata, sem falta e sem plena confiança do con-

U m mês após a tra-


gédia que chocou o
país, as aulas no colégio
sobras.
Louvamos a Deus pela
vida do Rev. João Luiz e
trole de Deus na vida de
sua filha. Ele tem estam-
pado no vidro traseiro de
Tasso da Silveira reinicia- dos irmãos da igreja que seu carro a foto da jovem.
ram, mas foram poucos se prontificaram à obra
os alunos que consegui- do Senhor nesse momen- CAMPANHA DE
ram voltar à escola. Ainda to tão difícil. Nosso dever DESARMAMENTO
é possível perceber a tris- como Igreja é interce-
teza, a saudade e o abati- der por estes, para que A IP de Piraquara se
mento no rosto das crian- tenham sabedoria, saibam tornou um grande refe-
ças e dos adolescentes. aproveitar as oportuni- rencial para a comunida-
Neste momento, apenas dades e sejam testemu- de em Realengo. Prova
a paz do Senhor Jesus nhas do amor de Jesus. disso é o fato de que o
Cristo pode mudar esta
Mãe e aluno recebendo o kit
situação. E por este moti-
vo, a Escola de Educação na comunidade, ainda que surgiu a partir do ver-
Presbiteriana, que perten- já tenham influência no sículo “Quero trazer à
ce à IP do Jardim São local. memória aquilo que me
Vicente, sediada em São Éramos cinco na equi- dá esperança” (Lm 3.21).
José dos Campos, São pe: Rev. Maciel Vaz “Eu queria que eles tives-
Paulo, tomou a iniciati- Rodrigues (pastor da sem uma visão de que
va, através da diretora da IPJSV), Thais Coutinho Deus tem algo novo, tem
escola, Thais Coutinho, e André Coutinho, jun- esperança para vida deles
de levar um pouco de tamente com uma pro- e o caderno novo seria
amor e carinho a essas fessora da EEP, Eliane apenas um símbolo dessa
pessoas tão fragilizadas. novidade de vida”, disse kits distribuídos aos alunos
O objetivo dessa evan- Thais.
gelização foi levar uma Os kits foram distri- Também pelos familiares local de início da cam-
“Ainda é possível buídos individualmen-
mensagem de amor e das vítimas e pelos alunos panha do desarmamento
consolo que impactasse perceber a tristeza, te aos alunos, no horá- que sobreviveram, para no Rio de Janeiro seria
o coração dos alunos que a saudade e o rio de saída do período que por meio do Espírito na igreja. Por questões
sobreviveram à tragédia matutino e no de entrada Santo sejam consolados e políticas, foi transferi-
e que teriam que encarar
abatimento no do período vespertino. fortalecidos. do, porém ainda será um
a situação de voltar às rosto das crianças Recebemos total apoio dos pontos de entrega de
aulas. Outro fator que nos e dos adolescentes” da IP de Piraquara, atra- LARRISA ATANASIO armas. A igreja já tem se
motivou foi representar vés do Rev. João Luiz mobilizado para oferecer
o amor verdadeiro e sin- Carvalho de Almeida. Durante o dia, tivemos uma Bíblia e a mensagem
gular que Deus tem pelos Foi impressionante per- a oportunidade de conhe- de Jesus às pessoas que
estudantes, além de ofe- Guimarães, e eu. Saímos ceber a riqueza do cuida- cer o pai de uma das víti- forem ao local para reali-
recer apoio à igreja em de São José levando 650 do de Deus quando, após mas, a adolescente de 13 zar a entrega.
Piraquara (a mesma que kits, que continham um a entrega do último kit, anos, Larissa Atanasio,
ajudou os alunos e pais caderno, um texto com nenhum outro aluno che- que era membro da igre-
Tássia é jornalista e membro da IP do
no dia do incidente), para mensagem de paz e folhe- gou e os portões da escola ja em Piraquara. Robson Jardim São Vicente, em São José dos
que fossem reconhecidos tos evangelísticos. A ideia puderam ser fechados. Ou nos contou que apesar da Campos, SP