Você está na página 1de 21

Identificar e classificar as

avarias na carga
RESULTADO DE APRENDIZAGEM 3
Tópicos
• Conceito de avaria/dano de carga;
• Tipos de avarias/danos na carga;
• Causas das avarias na carga;
• Prevenção contra avarias;
• Vistoria e inspecção de carga (Observação directa do
conferente);
• Relatório de avarias/Damage report;
• Reportar as partes envolvidas os resultados das
inspecções/vistoria de carga.
O que é avaria de carga?
• O conceito de avaria é restrito aos danos causados aos navios e
a carga. Em direito marítimo, avaria é toda despesa imprevista
feita em função de um estrago sofrido em um navio ou sua
carga, desde a saída até a entrada no porto a que se destina,
pode ser também um dano trazido a um navio ou sua carga.
O que é avaria de carga?
• No transporte marítimo envolve não somente danos os
prejuízos materiais, mas também despesas além do orçamento
previsto e normal para a viagem.

• Um dos grandes motivos de perdas ou avaria nas mercadorias


durante o armazenamento, manuseamento e transporte é a
concepção da embalagem.

• Esta embalagem quando inadequada para determinado produto


ou não atender aos requisitos mínimos de proteção e
segurança, desenvolvidas com um enfoque mercadológico do
que com uma preocupação com a sua eficiência logística, o
que acaba afetando a integridade da mercadoria.
O que é avaria de carga?
• O problema da avaria é maior nas operações de transporte de
cargas fracionadas, na qual são movimentadas mercadorias de
diferentes valores e diferentes características físicas.

• Além disso, as movimentações decorrentes da necessidade de


manuseio e estiva das cargas, entre modais de transportes
diferentes, acabam expondo os materiais a maiores
possibilidades de impactos, vibração, compressões,
perfurações, etc.
Tipos de avarias
No transporte marítimo de bens, existem algumas classificações
para as avarias. As mais relevantes classificam as avarias quanto
à natureza, quanto à causa e quanto a origem.

Quanto a natureza: avaria dano e avaria despesa


• Avaria dano: qualquer prejuízo que sofrer o navio, seus
equipamentos ou a carga que o mesmo transporta.

• Avaria despesa: são geralmente causadas por elementos de


força maior. Consubstanciam-se em desembolsos de caráter
excepcionais necessários para que o navio complete a
expedição marítima com segurança ou que a carga
efetivamente chegue em seu destino em segurança.
Tipos de avarias
Quanto a causa: avarias simples (ou particulares) e avarias
grossas (ou comuns)
• Avaria simples: são avarias referentes a todo dano material ou
despesa extraordinária causados involuntariamente à carga ou
ao navio, ou seja, é um ato involuntário que gera dano e
despesa extraordinária (prejuízo), sofrido por qualquer causa
que seja, ao navio ou a carga.

• Avaria grossa- correspondem a toda e qualquer despesa ou


dano extraordinário que tenha sido ocasionado por um ato
intencional e inteiramente voluntário visando à segurança do
navio e de suas cargas diante de um contexto de perigo real e
iminente.
Tipos de avarias
Quanto a origem as avarias podem ser devidas em duas
categorias: endógenas e exógenas.

• Endógenas: quando a causa da avaria está na própria carga,


devido a seu estado de conservação por exemplo.

• Exógenas: quando a causa da avaria, compreende um factor é


externo à mercadoria, por exemplo: avarias devido a
embalagem inadequada, devido a pressão ou atrito, devido a
temperatura, devido a manchas, a contaminação, movimentos
do navio no mar, furto ou roubo, falta de ventilação, erros de
estiva, etc.
Causas das avarias
Algumas avarias que se destacam nas actividades de transporte
marítimo são:

Avarias durante o armazenamento: avarias que decorrem


durante o armazenamento, sejam elas avarias danos ou despesas,
destacam-se as seguintes:
• Colocação da carga em ambientes impróprios;
• Falta de ventilação do local de armazenamento;
• Desequilíbrio de temperatura (no caso de cargas refrigeradas);
• Colocação de cargas perigosas (inflamáveis) em locais sujeitos
a aquecimentos;
• Má arrumação de carga nos armazéns;
• Manchas (pisos sujos).
Causas das avarias
Avarias no embarque/desembarque: avarias que decorrem
durante o embarque/desembarque, sejam elas avarias danos ou
despesas, destacam-se as seguintes:

• Mistura de cargas que devem ser estivadas isoladamente;


• Excesso de peso da carga que em contrapartida não é
suportada pelo esquipamento no acto de embarque e
desembarque de carga geral;
• Manipulação com emprego de equipamentos inadequados;
• Amassamento (as cargas quando empilhadas, são comprimidas
e podem sofrer nas superfícies e cantos);
• Avaria causada por descumprimento de marcações e
indicações da embalagem;
Causas das avarias
Avarias no transporte: avarias que decorrem durante o
transporte, sejam elas avarias danos ou despesas, destacam-se as
seguintes:

• Avarias causadas por manchas (pisos sujos nos porões);


• Avarias causadas por balanceamento da embarcação;
• Carga mal equilibrada ou com conteúdo sujeito a oscilações;
• Pavimento degradado dos porões (sujeitos a criar ropturas nas
cargas ensacadas por exemplo);
• Avarias causadas por incêndios a bordo da embarcação;
• Carga arrancada do convés e jogada ao mar devida a fortes
situações climáticas.
Causas das avarias
Outas avarias também podem ser:
• Avaria devido a manipulação;
• Avarias causadas por compreensão;
• Avaria por conta da embalagem frágil;
• Avaria causada por líquidos livres;
• Avaria causada por mistura de cargas;
• Avaria devido a má peação;
• Avaria devido a temperatura.
Medidas de prevenção contra avarias
• Empregar equipamentos e acessorios adequados de acordo
com cada tipo de carga;

• O material de estiva deve ser inspecionado e examinado


periodicamente;

• O material de estiva não deve ser impropriamente empregado;

• As lingas devem ser empregadas adequadamente;


Medidas de prevenção contra avarias
• Estivagem e/ou armazenagem das mercadorias em locais
adequados;

• Manusear as embalagens de acordo com as informações ou


observações que nelas constam;

• Garantir que as cargas seja bem arrumados nos armazéns ou


porões para evitar quedas;

• Observar questões de incompatibilidade das cargas;

• Evitar humidade, permitir a ventilação do local de


armazenagem.
Vistoria e inspecção de carga
(Observação directa do conferente
• Os serviços de vistoria e inspecção de carga oferecem a
garantia de que o número ou quantidade de mercadorias a
serem transportadas ou recebidas é o descrito em documentos
de embarque como o conhecimento de embarque, a carta de
crédito, mate's receipt ou outros documentos. As inspecções de
carga também confirmam que o material foi embalado,
marcado e rotulado correctamente.
várias actividades são realizadas na inspecção e vistoria de carga,
dependendo de suas necessidades:
• Verificação das condições das carga e dos
recipientes/embalagens;
• Verificação da quantidade da carga;
Vistoria e inspecção de carga
(Observação directa do conferente
• registro de carga durante carga e descarga para assegurar a
todas as partes que as especificações e características de
quantidade são as estabelecidas na documentação;

• verificação de embalagem, marcação e rotulagem;

• monitoramento de detalhes de marcação e embalagem de


produtos para confirmar que o material está sendo embarcado
em embalagens adequadas;

• confirmação de datas de fabricação, números de lote, datas de


validade, marcas de embarque e romaneio de embarque,
certificados e rótulos do fornecedor;
Vistoria e inspecção de carga
(Observação directa do conferente
No caso dos contentores ou cargas contentorizadas,
existem basicamente 3 formas de vistoria e inspecção de
carga, a saber:
• Vistoria fechada;

• Vistoria aberta; e

• Vistoria vedada.
Relatório de danos

O navio pemba (porta contentores), da linha MSC deu entrada no


porto no porto da Beira no dia 01.12.20, verificou-se avarias
depois da operação de descarga no dia 03.12.20, em dois
contentores desta linha MSCU2825667 (furado) e
MSCU2825668 (perdido) de 20’ e 40’ respectivamente, dry box
conteiner. Os contentores foram transportados pela empresa INP
transporte e logistica. Elabora o damage report.
Relatório de danos
Após a verificação/inspeção de carga os resultados devem ser
reportados as partes envolvidas que são nomeadamente:
• A administração portuária;

• O transportador;

• O agente;

• O despachante aduaneiro;

• As alfandegas.
Obrigado…

Você também pode gostar