Você está na página 1de 8

CURSO: QUINTAL

PROFESSOR: LEANDRO COSTA


MATEMÁTICA

Teoria dos conjuntos

1) Relações de Pertinência

Relacionam elemento com conjunto. E a indicação de que o elemento pertence ou não pertence
a um conjunto é feita pelos símbolos: ∈ (pertence) e ∉ (não pertence).

Exemplo 1:
a) 2 ∈ {0, 1, 2}
b) 4 ∉ {0, 1, 2}

2) Relações de Inclusão Relacionam um conjunto com outro conjunto. Temos a seguinte


simbologia de inclusão: ⊂ (está contido), ⊄ (não está contido), ⊃ (contém) e ⊅ (não contém).

Exemplo 2:

a) {2, 5} ⊂ {0, 1, 2, 5}
b) {2, 7} ⊄ {0, 1, 2, 5}
c) {0, 1, 2, 5} ⊃ {2, 5}
d) {0, 1, 2, 5} ⊅ {2, 7}

3) Subconjunto

Diz-se que A é subconjunto de B se todo elemento de A é também elemento de B.


Exemplo 3:

a) {2} é subconjunto de {1, 2, 3}


b) {1, 3} é subconjunto de {1, 3, 5}

4) Conjunto das Partes de um Conjunto

O conjunto das partes de um conjunto A, simbolizado por P(A), é o conjunto cujos elementos
são todos partes (subconjuntos) de A. O número de partes (subconjuntos) de um conjunto A é
dado por 2n, em que n é o número de elementos de A.
Exemplo 4: Dado o conjunto A={1, 2, 3}, encontrar o conjunto das partes de A.
Solução: Como A tem 3 elementos, P(A) terá 8 elementos (= 23). O conjunto P(A) é { {1}, {2}, {3},
{1, 2}, {1, 3}, {2, 3}, {1, 2, 3}, 𝜙 }. Onde o símbolo 𝜙 representa o conjunto vazio. Este é sempre
subconjunto de qualquer conjunto.

5) Operações com Conjuntos

Considerando os conjuntos A, B e o conjunto-universo U, daremos a definição de cada operação


com conjuntos:
a) União (⋃) A união entre dois conjuntos, A⋃B, é o conjunto formado pela reunião dos
elementos de A e de B.
Simbolicamente: A⋃B = {x | x∈A ou x∈B}.
Exemplo 5: {1, 2, 3} ⋃ {2, 5, 8} = {1, 2, 3, 5, 8}
A representação gráfica da união entre dois conjuntos é dada pelo seguinte desenho:

b) Interseção (⋂) A intersecção entre dois conjuntos, A⋂B, é o conjunto formado pelos
elementos que são comuns aos dois conjuntos.
Simbolicamente: A∈B = {x | x∈A e x∈B}.
Exemplo 6: {1, 2, 3} ⋂ {2, 5, 8} = {2}
Representação gráfica da intersecção entre dois conjuntos:

Diferença (–)

A diferença entre dois conjuntos, B–A, é o conjunto formado pelos elementos de B que não
pertencem a A.

Simbolicamente: B–A = {x | x ∈ B e x ∉ A}.

Exemplo 7:
{1, 2, 3} – {2, 5, 8} = {1, 3}
A representação gráfica da diferença entre dois conjuntos (B-A) é dada pelo seguinte desenho:

Complementar (')

O complementar do conjunto A, simbolizado por A', é o conjunto formado pelos elementos do


conjunto universo (U) que não pertencem a A.
Simbolicamente:
A'={x ∈ U|x ∉ A}.

A representação gráfica do complementar do conjunto A é dada pelo seguinte desenho:


Dados os conjuntos A = {1,2,3,4} e B = {3,4,5,6,7} e U = {0,1,2,3,4,5,6,7,8,9}, determine:
𝐶𝑈𝐴 ∪ 𝐶𝑈𝐵
𝐶𝑈𝐴 = 𝑈 − 𝐴 = {0,5,6,7,8,9}
𝐶𝑈𝐵 = 𝑈 − 𝐵 = {0,1,2,8,9}
𝐶𝑈𝐴 ∪ 𝐶𝑈𝐵 = {0,1,2,5,6,7,8,9}

Exercício de fixação

1. (UPE-NET-2019) Dado um conjunto A, representa-se por P(A) o conjunto formado por todos
os subconjuntos de A – o chamado conjunto das partes que também costuma ser representado
por 2A . Se A = {,{},1,{1}}, qual das alternativas seguintes NÃO é elemento de P(A)?
A) 
B) {,1}
C) {1,{ ,1}}
D) {,{}}
E) {1,{1}}

2. (UPE-NET) O conjunto das partes de um conjunto A é definido como o conjunto de todos os


subconjuntos de A (incluindo o conjunto vazio e o próprio A). Representamos o conjunto das
partes de A por PA. Dessa forma, se o conjunto A for dado por A = {,{}}, então o conjunto das
partes desse conjunto A, ou seja, PA será igual a
A) 
B) {}
C) {, {}}
D) {, {}, {, }}
E) {, {}, {{}}, {, {}} }

3. (UPE-NET) O conjunto das partes de um conjunto finito A é aquele formado por todos os
subconjuntos de A. Dentre os subconjuntos de A, chamamos de subconjuntos triviais ao
conjunto vazio e ao próprio A. Com base nessas definições, a quantidade de elementos
(subconjuntos) distintos e não triviais do conjunto das partes do conjunto A = {a,2,b,4,c,6,d,8} é
igual a
A) 62
B) 64
D) 258
C) 256
E) 254

4. (UPE-NET) Considere os seguintes conjuntos: A = {condutores com categoria de habilitação A}


B = {condutores com categoria de habilitação B} C = {condutores com categoria de habilitação
C} D = {condutores com categoria de habilitação D} A relação entre as categorias de
habilitação A, B, C e D pode ser representada pelo diagrama abaixo:
De acordo com esse diagrama, assinale a alternativa INCORRETA.
A) Todo condutor habilitado na categoria C é habilitado na categoria B.
B) Algum condutor habilitado na categoria B é habilitado na categoria A.
C) Todo condutor habilitado na categoria D é habilitado na categoria C.
D) Algum condutor habilitado na categoria C é habilitado na categoria A.
E) Todo condutor habilitado na categoria D é habilitado na categoria A.

5. (FEI) Se n é o número de subconjuntos não vazios do conjunto formado pelos múltiplos


estritamente positivos de 5, menores do que 40, então o valor de n é:
A) 120
B) 125
C) 127
D) 112
E) 110

6. Os dois círculos abaixo representam, respectivamente, o conjunto S dos amigos de Sara e o


conjunto P dos amigos de Paula.

Sabendo que a parte sombreada do diagrama não possui elemento algum, então
a) todo amigo de Paula é também amigo de Sara.
b) todo amigo de Sara é também amigo de Paula.
c) algum amigo de Paula não é amigo de Sara.
d) nenhum amigo de Sara é amigo de Paula.
e) nenhum amigo de Paula é amigo de Sara.

7. Um conjunto A tem n elementos e p subconjuntos e um conjunto B tem 3 elementos a mais


do que o conjunto A. Se q é o número de subconjuntos de B, então:
a) q = 3p
b) p = 8q
c) p = q + 8
d) p/q = 1/8
e) q = p + 8
8. Considere os conjuntos A, B e C tais que A  B = {1,2,3,4,6}, A  C = {1,2,4,5,6}, B  C={1},
A  C = {1,4} e A  B = {1,2}. Podemos, então, afirmar que:
a) O conjunto A tem 3 elementos
b) O conjunto B tem 3 elementos
c) O conjunto C tem 4 elementos
d) O número de elementos do conjunto B é igual ao número de elementos do conjunto A, mas
não é três.
e) O número de elementos do conjunto A é igual ao número de elementos do conjunto C.

9. Considere o conjunto A dos números primos positivos menores do que 20 e o conjunto B dos
divisores positivos de 36. O número de subconjuntos do conjunto diferença B - A é:
a) 32
b) 64
c) 128
d) 256
e) 512

10. Em uma classe de x alunos, o professor de matemática escreveu, no quadro de giz, um


conjunto A de n elementos. A seguir, pediu que, por ordem de chamada, cada aluno fosse ao
quadro e escrevesse um subconjunto de A , diferente dos que já foram escritos. Depois de
cumprirem com a tarefa, o professor notou que ainda existiam subconjuntos que não haviam
sido escritos pelos alunos. Passou a chamá-los novamente, ate que o 18 aluno seria obrigado a
repetir um dos subconjuntos já escritos; o valor mínimo de x , que atende às condições dadas,
está entre:
(A) 24 e 30.
(B) 29 e 35.
(C) 34 e 40.
(D) 39 e 45.
(E) 44 e 50.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
c e e e c a d b c e