Você está na página 1de 16

UNIVERSIDADE NORTE DO PARANÁ UNOPAR

PEDAGOGIA

ANGELA PINHEIRO DE NORONHA

RELATÓRIO DO
ESTÁGIO CURRICULAR OBROGATORIO III GESTÃO
EDUCACIONAL E ESPAÇOS NÃO ESCOLARES

Garanhuns-PE
2020
ANGELA PINHEIRO DE NORONHA

RELATÓRIO DO
ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIOIII GESTÃO
EDUCACIONAL E ESPAÇOS NÃO ESCOLARES

Relatório apresentado à Universidade Norte do


Paraná Unopar, como requisito parcial para o
aproveitamento da disciplina de Estágio
Curricular Obrigatório III Gestão Educacional e
Espaço não Escolares do curso de Pedagogia.

Garanhuns-PE
2020
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO..............................................................................................................6
1 LEITURAS OBRIGATÓRIAS..................................................................................7
2 REGIMENTO ESCOLAR........................................................................................9
3 ATUAÇÃO DA EQUIPE DIRETIVA......................................................................11
4 PLANO DE AÇÃO.................................................................................................13
CONSIDERAÇÕES FINAIS........................................................................................16
REFERÊNCIAS...........................................................................................................17
6

INTRODUÇÃO

No presente trabalho, abordam-se reflexões sobre a importância do Estágio


Supervisionado em Gestão, e as suas contribuições para a formação docente,
considerando os estudos teóricos que foram executados, associando as
experiências vivenciadas na prática docente. Pois através dele temos a
oportunidade de vivenciar o exercício da profissão que escolhemos. Sendo dessa
forma um momento fundamental para o comprimento dessa finalidade. Onde este
ato educativo desenvolvido no ambiente de trabalho teve como fim, contribuir para a
formação e assim preparar-me. Percebe-se que o mundo tem passado por um
momento nunca vivenciado antes na história, uma pandemia anda mudando os dias
e os canais de educação tiveram que se adaptar a esta nova realidade.
Nota-se que a educação escolar é essencial para cidadania, considerando
tal afirmativa, podemos perceber a indispensabilidade de garanti que o aluno
chegue e permaneça na escola. Todo direito deve ser preservado pela lei que o
ordena, devendo o Estado promover ações políticas públicas que viabilizem o
acesso do aluno.
A gestão é um gênero de modelo Educacional que visa estimular e coordenar
diferentes dimensões das habilidades, dos talentos e, também da competência
Educacional, sempre otimizando o ensino. Seu objetivo é utilizar de princípio de
estratégia necessária para acrescentar a eficácia dos processos dentro da
instituição.
No entanto para que a gestão escolar funcione bem, ela conta com seis
Pilares fundamentais, que são: Gestão pedagógica, gestão administrativa, gestão
escolar financeira, Gestão de Recursos Humano, gestão de comunicação e gestão
de tempo e eficiência dos processos. Portanto nesse trabalho iremos abordar
principalmente as duas gestões mais importante que são a pedagógica e
administrativa.
Sobretudo através dos estudos feitos pelos textos e orientações fornecidas
para a elaboração desse estágio, obtive uma visão sistêmica sobre todos os
assuntos e sobre a atuação do profissional da área pedagógica.
7

1 LEITURAS OBRIGATÓRIAS
O papel do pedagogo na organização do trabalho escolar, tendo como
objetivo a sistematização do trabalho pedagógico, situando a função específica
deste profissional no contexto escolar. Assessorar o processo de ensino-
aprendizagem desenvolvida na relação professor-aluno atuando junto aos
professores no aprimoramento do seu desempenho em sala de aula (conteúdo,
métodos, técnicas, formas de organização da classe, avaliação, etc.) na análise e
compreensão das situações de ensino com base nos conhecimentos teóricos, ou
seja, na vinculação entre as áreas do conhecimento pedagógico e o trabalho de sala
de aula convertendo o saber escolar transmissível e assimilável na relação
professor/aluno.
No entanto a equipe pedagógica tem várias atribuições no ambiente escolar.
Sendo uma peça fundamental para o bom andamento da escola de uma forma geral.
Este tem a missão de promover o diálogo entre os alunos e os professores, entre os
professores e a gestão da escola.
No entanto a equipe pedagógica da escola está sempre enfatizando e
auxiliando os professores, acompanhando os educandos que apresentam
dificuldades de aprendizagem e quando necessário pedir ajuda dos pais destes.
Sendo assim, percebe-se que ela entende a importância da estreita relação que
deve haver entre a família e a escola. Dessa forma a equipe pedagógica tem o
objetivo de atender as necessidades e prever ações que possam garantir o bom
andamento do processo de ensino e aprendizagem. Esse trabalho pode utilizar
recursos como a formação continuada dos professores, o atendimento aos pais ou o
trabalho direto com alunos, lidando com relações pessoais ou com burocracia e
planejamento. Ao mesmo tempo, deve desenvolver amplamente sua capacidade de
comunicação. Visando que o principal elo entre escola e pais de alunos são os
coordenadores.

Além disso, o pedagogo em uma instituição de ensino necessita saber


trabalhar em equipe, pois seu trabalho necessariamente se dá na interlocução com
as demais pessoas e setores, assim como se envolver com a elaboração e/ou
reestruturação permanente de documentos que registrem e organizem o fazer
pedagógico.
8

Em suma, o papel central do pedagogo é criar e recriar instrumentos que


qualifiquem o contexto educacional.
Discutir a função do pedagogo frente à diversidade curricular é fundamental
quando se pretende ter uma postura crítica diante do processo ensino aprendizagem
que acontece dentro da escola.
Nesse processo de ensinar-aprender, o pedagogo possui diferentes objetivos
e entre eles, organizar o processo de aplicação do currículo pela sua equipe escolar.
Mas isso não é tão simples quanto parece, pois a aprendizagem se faz além dos
processos didáticos e fora das regras metodológicas, ou seja, a aprendizagem
acontece no aluno de dentro para fora por meio de experiências externas
possibilitadas pelo professor na aplicação de atividades interativas que permite o
contato, a reflexão e a tomada de consciência do objeto a ser apreendido.
Sobretudo a equipe pedagógica deve manter-se sempre atualizado e
antenado às demandas dos alunos e suas necessidades. Sugestões de professores
e desejos dos pais serão também muito bem-vindas. A equipe pedagógica precisa
articular todos os saberes e anseios, potencializar projetos e agregar novidades,
sendo capaz de transformar a escola em um ambiente harmônico e completo de
produção e transformações na qual todos que os envolvidos da escola estejam em
harmonia e possamos trabalhar de forma mais produtiva, porque, estando eles
motivados, tudo flui melhor. Se eles estão realmente se sentindo bem, em situação
confortável, onde podem desenvolver e aplicar todo seu potencial, os resultados são
bem melhores.
Se não estão satisfeitos, em algum momento vão refletir isso em alguma
atitude com os alunos ou pais. Logo, é muito importante cuidar bem dessa relação e
valorizar sempre os professores. Buscando assim uma educação de qualidade com
espaço organizado e eficiente para garantir pleno aprendizagem dos estudantes.
Sendo assim o papel do pedagogo não se restringe às condições de
aprendizagem dos alunos, mas também de toda a equipe de funcionários da escola
que deve se manter atualizada com as novas tecnologias e capaz de se interagir
com os alunos de modo eficiente, prático e com as atualizações tanto de linguagem
quanto de ambientes propícios à comunicação e desse modo aproveitando melhor
as oportunidades para coordenar e apresentar novas possibilidades de
comportamentos considerados mais éticos, morais e políticos dentro do contexto
escolar.
9

2 REGIMENTO ESCOLAR

O Regimento escolar é um manual prático, de caráter legal que deve ser


elaborado pela gestão com a participação de toda a comunidade escolar. Sendo
assim, é um conjunto de normas que definem as competências administrativas,
didáticas e pedagógicas.
1. Qual a função do Regimento no ambiente escolar?
O vídeo disponibilizado, fala que a função do Regimento no ambiente escolar
é de que ele é o documento que normaliza o funcionamento pedagógico e
administrativo das instituições de ensino orientando o desenvolvimento do trabalho a
ser desenvolvido no ambiente escolar.
Além disso, permite que todos discutam, reflitam e decidam sobre seus
direitos deveres e proibições que regulamentam a convivência e o bom andamento
do cotidiano escolar. Ele estabelece as regras para que cada pessoa que tenha
algum cargo na escola possa saber o que lhe cabe realizar, evitando que o gestor
concentre todas as ordens o objetivo do Regimento é o cumprimento das ações do
Projeto Político Pedagógico da escola. Pode-se entender que o Regimento escolar é
essencial para uma instituição escolar que busca qualidade do ensino numa
perspectiva democrática.
Ele é a lei da escola, pois regula o funcionamento da instituição de ensino.
Isso porque é por meio dele que toda a legislação Educacional, da Constituição
Federal até os pareceres Normativos do Conselho Estadual de educação, passando
pelas de deliberação e resoluções da Secretaria de Estado da Educação, chega até
o âmbito escolar, onde os prefeitos são institucionalizados no Regimento Escolar.
2. Quais aspectos são contemplados em um Regimento escolar?
O Regimento deve seguir padrão determinado pela secretaria de educação,
pois deve estar de acordo com a legislação que aplicada no país, estado e
município. O que cada escola deve fazer, e acrescentando detalhes das
especificidades que cada instituição tem sobre si para promover a discussão, A
reflexão e a tomada de decisões pelos membros da escola.
Os aspectos que completam o Regimento têm como base na gestão
democrática que defina a participação de todos na gestão da instituição de ensino
processo de construção do regime escolar deve ocorrer coletivamente pelos
segmentos da comunidade escolar, no Exercício do trabalho colaborativo da
10

responsabilidade de toda a comunidade escolar os profissionais que atuam na


instituição de ensino pais e estudantes da Educação Básica.
No Regimento deve conter as etapas da Educação Básica oferecidas,
organização administrativa e técnico-pedagógica abre parentes direção, corpo
docente e discente, secretaria, serviços auxiliares, corpo técnico-pedagógico), e o
funcionamento dos órgãos colegiados, o calendário, as normas para matrícula,
cancelamento e transferência, as normas de convivência, as sanções para os
membros da comunidade escolar, as regras para utilização do espaço, o sistema de
controle de frequência, as condições de aprovação e reprovação de alunos e os
projetos especiais da instituição, entre outras informações.
11

3 ATUAÇÃO DA EQUIPE DIRETIVA


A gestão administrativa existe para assegurar a manutenção do espaço
físico e do patrimônio da escola, a administração dos recursos para que a escola
esteja organizada em todos os seus setores. Toda atuação da gestão administrativa
e suas estratégias devem estar presentes no Projeto Político Pedagógico e no
Regimento Escolar. A postura de liderança do gestor é necessária para o
relacionamento e sucesso da comunidade escolar, ele deve ser um líder proativo,
dedicado, está sempre aberto a participação e ao diálogo, também deve estar
presente durante planejamentos oferecendo apoio e orientação.
1. Descreva quais são as principais atribuições do(a) diretor(a) da escola.
O diretor é um administrador que tem uma função administrativa e
institucional. Através das ações administrativas, dar condições adequadas para o
desenvolvimento das ações pedagógicas.
Conforme o diretor no vídeo fornecido mostra que o gestor escolar é a figura
central de uma instituição de ensino, assim com responsabilidades que vão desde
a gestão de contas até a gestão dos relacionamentos, ele precisa ser polivalente
para conseguir desempenhar com maestria todas as responsabilidades que são
inerentes ao seu cargo.
Além disso, ele também precisa ser capaz de enxergar as possibilidades e
inovar, e assim conduzir a escola à evolução constante é um grande desafio, e que
pense na importância de uma função de liderança em um ambiente onde são
formados os cidadãos do futuro, e para isso o preparo é fundamental.
São muitas as atribuições da gestão administrativa escolar, algumas delas
são a adoção de estratégias gerenciais que favorecem a prevenção de problemas
na unidade escolar, e de todo o funcionamento da escola; acompanhamento e
cumprimento da legislação, das normas educacionais; busca pelo padrão de
qualidade de ensino; proporcionar um ambiente que permite à escola cumprir sua
missão, os seus objetivos e as suas metas, fundamentado nos seus valores, dando
suporte de supervisão, garantia de funcionamento e de manutenção dos diversos
recursos de infraestrutura.
2. Descreva a atuação desse profissional quanto ao atendimento aos
alunos e aos docentes.
O diretor deve buscar atender as exigências de todos os setores que
envolvem essa prática, desde funcionários, estrutura física da escola até em relação
12

aos pais e alunos. É imprescindível que ele faça a promoção do envolvimento da


comunidade escolar, fazendo uso da liderança e dos meios de comunicação
disponíveis, com base na cooperação e compromisso, favorecendo a qualidade
das relações interpessoais, e mantém o fluxo de informações atualizado e regular
entre a direção, os professores, pais e a comunidade.
Fazer reuniões, chamar representantes de pais e alunos para que saiba o que
fazer com determinado acontecimento é sempre importante para o convívio escola/
comunidade, assim e necessário saber orientar, motiva e ouvir os docentes,
buscando sempre uma melhor maneira de comunicação para que estes não levem
para o lado pessoal em casos de chamada atenção.
13

4 PLANO DE AÇÃO
DISCRIÇÃO DA SITUAÇÃO PROBLEMA
A leitura e escrita hoje tem sido considerado, comandos básicos de um ser
humano comum aos outros. Na aprendizagem da leitura e escrita, a criança percorre
um caminho individual e próprio. Entretanto a aprendizagem da leitura e escrita
possibilita à criança a utilização de alguns códigos, de modo que possa entender
esse mundo, este processo de aprendizagem baseia-se em três pilares, professor,
aluno e conteúdo. Sendo assim a reflexão sobre o ensino e incentivando a leitura e
escrita na escola é de extrema importância nos dias de hoje.
Segundo a pedagoga coordenadora pedagógica do João Bezerra
Sobrinho esse tema é sempre fundamental pois auxilia os professores a trabalhar
em questão com os alunos, promovendo atividades e conscientização dos alunos
levando importância do habito da leitura e a pratica da escrita, incentivando os
alunos a leitura e escrita através de atividades lúdicas que se remetem essa
temática. O plano de ação tem a intenção tanto de combater como também prevenir
esse fenômeno negativo que atinge alunos das mais variadas faixas etárias.

SOLUÇÃO
O projeto de Atendimento às Dificuldades de Aprendizagem atende alunos
que apresentam dificuldades de aprendizagem inerentes aos fatores intra-escolares
e extraescolares (a questão dos métodos de ensino e aprendizagem; interação
aluno, família e escola; dos conteúdos da avaliação; da formação professor e da
prática pedagógica) e com alto incide de repetência em uma mesma série. A
proposta pretende ainda identificar os casos reais de dificuldades de aprendizagem;
construir práticas pedagógicas que considerem a necessidade dos alunos, através
de um trabalho sistematizado; repensar sobre a atuação pedagógica e refletir a
forma de ensinar; contribuir para o declínio das queixas em dificuldades de
aprendizagem; desenvolver metodologia que atenda a necessidade do aluno;
perceber o “discurso oculto” dos professores frente às dificuldades de
aprendizagem.

OBJETIVO
Contribuir para o processo de promover o desenvolvimento da leitura, favorecendo a
estabilização de formas ortográficas, para as crianças principalmente para as que
14

apresenta dificuldades com a leitura e a pratica por escrita, possibilitando livre


acesso aos diversos tipos de leitura na escola, buscando efetivar o processo de
leitura e escrita.

TEORIA-METODOLOGICA
Em inicio realizamos a apresentação do projeto cujo essas etapas
correspondem a cada encontro, onde deixei livre para receber sugestões dos
professores, em relação ao que deveria ser acrescentado no projeto, em que
demostram bastante interesse, disponibilidade e sugeriram as suas ideias na qual na
primeira etapa é o momento de coletar o que a turma já sabe sobre o habito da
leitura e pratica da escrita. Em que foi acrescentado e reforçado os pontos
fundamentais para argumentar, demostrar estratégias que inibem a leitura e escrita.
Afim de conscientizar que se pode despertar o interesse pela a leitura através de
brincadeiras lúdicas.
Percebi que eles possuem muita vergonha e timidez em ler em voz alta, mais
que são desinibidos nas rodas de conversa, e nas brincadeiras. Percebi também que
além das turmas ter muita dificuldade eles também não tinham compreensão ao ler
e colocar no papel suas próprias ideias, no entanto foi destacado que a timidez da
maior parte e por não saber ler e tem medo que os coleguinhas rirem. Essa é uma
das principais problemáticas.
Na segunda etapa foi apresentado aos alunos os diversos tipos de textos
literários, obras de artes entre outros, então foi proposto que os alunos fazem duplas
(na qual divido da seguinte forma os alunos que tinha mais habilidades de leitura
com aqueles que tinha dificuldade) para que a duplas produzissem produções
textuais. O intuído era que um pudesse ajudar o outro e o resultado atingido foi
positivo, verificou-se nas produções apresentadas que enquanto um leu com mais
êxito o outro tinha mais habilidades nos desenhos, um leu e o outro falou o que seu
desenho representava.
Ao decorrer das etapas os alunos foram introduzindo e aprenderam as vários
tipos de gêneros de leitura e de produção de texto, assim foi ampliado a forma de ler
dentro da escola, em casa ou em qualquer outro ambiente, ao final das etapas pode-
se perceber que parte dos alunos já atuava nas atividades propostas, com prazer,
sem tanta timidez, durante esse período eles mostraram seu desenvolvimento no ato
de compreender o que estava lendo desenvolvimento suas ideias com mais
15

segurança e clareza e com fotos deles ou vivem, ver imagens, dramatizar músicas
afim de disponíveis, que foram apresentados e que inspira eles a organizar um novo
hábito de ler e escrever.

RECURSOS
 Livros Literários
 Cartolinas
 Notebook
 Slides
 Cadernos
 Canetas

CONSIDERAÇÕES FINAIS
A leitura é uma atividade complexa necessária para ter acesso a saberes
que fazem parte de uma cultura. É através dela que construímos e ampliamos o
conhecimento do mundo que nos rodeia. Normalmente é entre 4 e 7 anos de idade
que se inicia o processo de aprendizagem mais sistematizada da escrita
(instrumento principal da leitura), a criança começa a ter maior interesse que vai
além de seus conhecimentos do dia -a- dia.
A aprendizagem da leitura possibilita à criança a utilização de alguns
códigos dos adultos, de modo a entender este mundo maravilhoso das letras. Este
processo de aprendizagem baseia-se em três pilares, professor, aluno e conteúdo. É
um processo interativo que considera o papel ativo do aluno em buscar refletir sobre
o significado das ideias e do pensamento. Dessa forma, quando a criança entra na
escola, traz uma série de experiências e conhecimentos sobre a leitura e a escrita.
Porém, sua compreensão é ainda muito restrita, necessitando da intervenção do
professor para que possa ampliar seu universo em torno do símbolo escrito.
Sendo assim, a reflexão sobre o ensino e incentivo da leitura na escola é de
extrema importância nos dias de hoje. Entretanto refletir sobre questões
relacionadas à leitura e demonstrar a sua importância para que se possam
apresentar caminhos diferentes na prática pedagógica em relação à leitura na qual a
mesma mostra um novo mundo, cheio de descobertas e invocações, sabe-se que ler
não é somente ter decodificação mecânica dos signos linguísticos, mas também, é
16

um processo de compreensão ampla, envolvendo componente sensorial, e


intelectual.
17

CONSIDERAÇÕES FINAIS
Por meio da realização deste estágio inúmeros aprendizados formam
proporcionados aos acadêmicos do curso de Pedagogia para a formação enquanto
futuros educadores. Já que proporcionou uma maior apropriação de toda a provável
realidade a ser vivenciada em sala de aula, certamente, realizar este é o melhor
meio de se conquistar uma apropriação dos conteúdos trabalhados de maneira
teórica nas disciplinas estudadas no decorrer de toda a graduação.
Após a realização do estudo deste estagio pode ver a importância do
Regimento Escolar, percorrendo seus aspectos históricos, teóricos, legais e práticos,
destaco que a ênfase do trabalho dos diretores, na Gestão Democrática, deve estar
no envolvimento da presença de todos os segmentos da comunidade escolar, dando
voz e responsabilidade, objetivando a participação e a transparência no papel de
cada um.
Pode ver que o papel do diretor escolar é bastante complexo nas instituições
de ensino, pois na gestão de bens públicos e dos recursos humanos disponíveis nas
escolas, ele deve traçar estratégias para que os objetivos e metas sejam
alcançados, aliado ao espírito de liderança para gerir os diversos recursos.
É de grande importância observar que o diretor alinhado ao princípio legal e
moral da gestão democrática deve ser um líder nato e não o chefe aquele impõe
condições quanto as políticas institucionais, limitando autonomia e conhecimento
em um meio que deve ser de constante evolução e aprendizado profissional para
atual com os nossos alunos que devem ser o foco do trabalho pedagógico.
Infelizmente em decorrência da atual situação global, em decorrência da
Pandemia causada pelo vírus Covid-19, o contato com o ambiente escolar não
ocorreu da maneira esperada, mas na medida do possível houve a chance de
observar o ambiente escolar, e especialmente de adquirir conhecimento essenciais
ao meu crescimento tanto pessoal quanto acadêmico.
A escola é um local que se exerce a cidadania e por isso, é necessário que
todos que ali estão, conheçam os direitos e deveres fundamentais enquanto
pessoas, para que seja possível criar uma boa convivência entre todos.
18

REFERÊNCIAS
ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da educação e da pedagogia: geral e
Brasil. 3 ed. rev e ampl. SP: Moderna, 2006.7 Acesso em 07 de abril de 2021

BRASIL. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.


Lei n° 9.395/96. Brasília: 1996 Acesso em 07 de abril de 2021

OLIVEIRA, Emanuelle. Regimento Escolar. Disponível em:


https://www.infoescola.com/educacao/regimento-escolar/ Acesso em: 08 de Abril de
2021

Principais conceitos de gestão escolar. Disponível em:


http://www.connectescolas.com.br/blog/principai-conceitos-de-gestao-escolar
Acesso em: 09 de abril de 2021.

https://monografias.brasilescola.uol.com.br/educacao/leitura-escrita.htm acesso em
16 de abril de 2021

http://jsfherreira.blogspot.com/2013/01/projeto-de-estagio-leitura-escrita-e.html
acesso em 17 de abril de 2021