Você está na página 1de 4

FICHA DE LEITURA

Numero de paginas 04
Tema Ficha de Leitura
Informacoes sobre o autor LOPES, Regina M. Pereira. A Pedagogia como Ciência: A instituição
da Ciência Pedagógica. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, n. 3, p. 66-70, aug.
2012. ISSN 2316

 gênese da pedagogia pedagogia como teorização da prática, que redefiniu seu lugar na


história da educação, afastando-se de sua conotação filosófica para preocupar-se com a
formação do indivíduo socializado. Em meados do século do XVII a escola foi se
renovando, reunindo a pedagogia à educação. Porém, o nascimento da pedagogia
científica e experimental deu-se por volta da segunda metade do século XIX, adotando
um paradigma indutivo. Somente em meados do século XX, a pedagogia superou seu
modelo unitário, passando a adotar um modelo complexo e pluralista no seu campo de
pesquisa, com variedade e articulação de métodos. O estudo levanta questões sobre a
pedagogia no século XXI, no qual se revelam transformações tanto no campo social,
como no cultural e no político. Assim, a família, as associações e as organizações
constituíram-se como instituições educativas, além da escola, e nos fazem refletir sobre
o papel da escola e do pedagogo
A ciência Pedagogica e seu objecto.
Para se reconhecer a autonomia epistemológica de uma ciência específica da educação, é
necessário precisar a natureza do seu objeto e seus métodos de estudo. É indubitável que a
discussão do estatuto epistemológico da ciência pedagógica se deva realizar no contexto de uma
reflexão epistemológica própria. Para isso, recorremos à epistemologia específica da educação. O
que significa dizer que a educação é um objeto dinâmico, em construção, portador de finalidade
e perspectivas temporais, que torna complexo seu conhecimento.O objeto refere-se à educação e
seu método necessita de uma concepção que represente o "universal concreto", que forneça leis
objetivas, as quais sejam, ao mesmo tempo, leis de todo o movimento, tanto do real quanto do
pensamento. Este método é o dialético. Sua existência possibilita definir a pedagogia como
ciência autónoma da educação, pois leva à compreensão do fato educacional em seu movimento
e em seu campo de intersubjetividades, assim, permite compreender a pedagogia como um
campo de estudo concreto da realidade educacional.

 Significado de Pedagogia como Reflexão sobre Educação

Pedagogia é uma palavra que tem origem na Antiga Grécia, onde tínhamos o termo paidagogós,
em que paidos pode ser entendido como criança e gogós como uma variação do radical gogia,
que pode ser traduzido como “levar”, “conduzir”. Assim, etimologicamente, a palavra pedagogia
significa “conduzir a criança” e isso é uma referência ao fato de que na Antiga Grécia era um
escravo que levava as crianças até a escola, cuidando-as e supervisionando seu aprendizado.
Nos dias de hoje pedagogia é a o ramo do saber que se preocupa em compreender a
educação. A pedagogia parte do princípio que a educação é uma atividade estritamente humana
e que seu desenvolvimento se dá no meio social.
Portanto, a pedagogia é uma ciência e todo o professor deve estuda-la para tornar-se apto a
enfrentar os desafios de uma sala de aula, fato que está previsto na grade curricular de todos os
cursos de licenciatura do país.
Como uma ciência, a pedagogia ao longo dos anos foi desenvolvendo diversas teorias diferentes
a respeito da educação revelando grandes pensadores e intelectuais, como o brasileiro Paulo
Freire que a partir de reflexões influenciadas pelo marxismo criou uma pedagogia que
influenciou grande parte dos professores e pedagogos do país nas últimas décadas, tornando-se
também um referência na área a nível mundial

 objecto de estudo da pedagogia

A pedagogia tem por objetivo formar cidadães voltados na educação para isso pode-se recorrer a
práticas pedagógicas apropriadas para se atingir essas finalidade.

A pedagogia gera bastante estudos a cerca de parâmetros educacionais que sevem para trazer
melhorias para o processo educacional.

A pedagogia se encontra desde a formação do docente até a aplicação de seus estudos aos
discentes, promovendo assim um ambiente educacional melhor e justo para todos.
 Significado˸ e tipos de aeducação
A educação, geralmente, prepara o ser humano para o desenvolvimento de suas atividades no
percurso de sua vida. Nesse sentido, faz-se necessário uma educação, ao longo da vida, a fim de
dar suporte aos vários aspectos sejam eles, econômicos, sociais, científicos e tecnológicos,
impostos por um mundo globalizado. O artigo discorre sobre os três tipos de educação: formal,
informal e não formal.

1-Educaçã o formal

A educação chamada “formal” é justamente aquela efetuada por professores a alunos em escolas
tradicionais, nas quais eles se relacionam por meio de práticas e experiências que
envolvem as teorias de aprendizagem, as linhas pedagógicas da escola e os metodos de ensino
utilizados.
2-Educação não formal
Enquanto a educação formal é organizada, estruturada e deve atender a requisitos metodológicos,
legais e administrativos, a educação não formal possui maior flexibilidade, diferenciando-se das
modalidades formais principalmente por centralizar o processo de ensino no aluno.
A educação não formal também é focada nas necessidades profissionais e técnicas do estudante e
na utilidade imediata da disciplina abordada para o crescimento pessoal, emocional e profissional
do aluno.
3-Educação informal
A educação informal  não envolve os objetivos e assuntos geralmente englobados pelos
currículos tradicionais, não controla as atividades realizadas pelos alunos e não pretende adquirir
graus, diplomas ou certificados.
A educação informal complementa a educação formal e não formal. Por exemplo, uma pessoa
pode ter aulas formais de uma disciplina como história da arte e completar seu aprendizado por
meio de visitas a museus.
.

Citações importantes pedagogia como teorização da prática, que redefiniu seu lugar na história
da educação, afastando-se de sua conotação filosófica para preocupar-se com a formação do
indivíduo socializado. Em meados do século do XVII a escola foi se renovando, reunindo a
pedagogia à educação. Porém, o nascimento da pedagogia científica e experimental deu-se por
volta da segunda metade do século XIX, adotando um paradigma indutivo. Somente em meados
do século XX, a pedagogia superou seu modelo unitário, passando a adotar um modelo complexo
e pluralista no seu campo de pesquisa, com variedade e articulação de métodos. O estudo levanta
questões sobre a pedagogia no século XXI, no qual se revelam transformações tanto no campo
social, como no cultural e no político. Assim, a família, as associações e as organizações
constituíram-se como instituições educativas, além da escola, e nos fazem refletir sobre o papel
da escola e do pedagogo

Você também pode gostar