Você está na página 1de 1

Principais Estratégias de Gestão

Benchmarks
Ibovespa
Principal indicador do comportamento do mercado acionário
brasileiro, servindo como indicador médio. Acompanha a evolução
média das cotações das ações negociadas na bolsa de Valores,
Mercadorias e Futuros – B3.
Fundos de Investimento com Gestão Passiva
Fundos passivos, por exemplo, os referenciados, são
Fundos de Investimento com Gestão Ativa fundos que têm suas carteiras atreladas a um benchmark.
O objetivo deles é acompanhar o comportamento deste benchmark.
As estratégias ativas procuram superar o benchmark no
médio e longo prazos, aproveitando ineficiências do Renda fixa: a principal estratégia passiva de renda fixa envolve
mercado em relação a preços de diversos ativos. acompanhar o desempenho de determinado índice de referência
desse mercado, cujo principal é o CDI.
Procuram gerar o chamado alfa (diferença entre o retorno obtido
pelo fundo contra o retorno do índice de referência). Fundos ativos Renda variável: a principal estratégia passiva de renda variável
possuem tendência de se desviar da performance do índice (maior envolve acompanhar o desempenho de determinado índice de
volatilidade, chamado também de Tracking Error). referência desse mercado, cujo principal índice é o Ibovespa.

Uso de derivativos para replicação de índices

No caso de fundos de investimento em ações que buscam


Estratégias para manter acompanhar o desempenho de um índice acionário, o gestor

aderência aos índices de referência pode usar um derivativo, por exemplo o Índice Futuro do índice,
para buscar replicá-lo.

e as respectivas limitações Limitações:

necessidade de renovação dos instrumentos derivativos


(quando os prazos de vencimentos destes são mais curtos do
que a operação de simulação planejada);
Compra de carteira à vista com todos os papéis
inexistência de derivativos em alguns casos;
É a compra de todos os papéis da carteira do índice que o
inexistência de liquidez em alguns derivativos impedindo
gestor quer replicar.
o fundo de replicar o índice;
Essa seria a estratégia de maior aderência, pois o gestor custos envolvidos em operações de derivativos.
compraria todos os papéis do índice e com a mesma
ponderação de cada ação nele. Compra de papéis representativos do índice para
simulação do índice
Limitações: O gestor também pode comprar os papéis mais representativos
do índice que deseja replicar. Isso diminui o custo operacional,
custo e dificuldade de manutenção de carteira
pois serão comprados menos papéis.
com a mesma composição do índice;
necessidade de existência de fundo com base
Limitações:
ampla para execução e inclusão de todos os papéis;
fluxos de caixa devem ser programados para atender escolha dos papéis a serem comprados ou do método para
resgates e compras, e manter aderência ao índice; determiná-la;
mudança na ponderação do índice que compõe o maior Tracking Error (desvio em relação ao índice, levando
benchmark, fazendo com que sejam necessárias as o fundo a se afastar de seu objetivo), já que a carteira não
alterações na carteira. estará replicada em sua totalidade.

Você também pode gostar