Você está na página 1de 19

ALLAN CÍCERO DOS

SANTOS BEATRIZ DA SILVA


SANTOS JORDANNA FERRO
LOPES
MARCOS VINÍCIUS CARVALHO
VASCONCELOS MONIK BEATRIZ
FERREIRA DE PAULA

MATERIAIS CERÂMICOS: CERÂMICA AVANÇADA

CORURIPE – AL
2020
1
ALLAN CÍCERO DOS
SANTOS BEATRIZ DA SILVA
SANTOS JORDANNA FERRO
LOPES
MARCOS VINÍCIUS CARVALHO
VASCONCELOS MONIK BEATRIZ
FERREIRA DE PAULA

MATERIAIS CERÂMICOS: CERÂMICA AVANÇADA

Trabalho solicitado a turma 211 pelo


professor Eugênio Bastos, o qual
leciona a disciplina técnica de
Materias de Construção, com o
objetivo de atribuição de nota ao
corrente bimestre.
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO.................................................................................................................5

DESENVOLVIMENTO.......................................................................................................6

CERÂMICA AVANÇADA...........................................................................................6

CERÂMICA AVANÇADA DE ÓXIDO.....................................................................6

ÓXIDO DE ALUMÍNIO................................................................................6

........................................................................... 7

TITANATO DE ALUMÍNIO..........................................................................7

CERÂMICA AVANÇADA DE NÃO ÓXIDO.............................................................8

NITRETO DE ALUMÍNIO.............................................................................8

NITRETO DE SILÍCIO...................................................................................9

CARBONETO DE SILÍCIO............................................................................9

APLICAÇÕES MODERNAS.................................................................................10

CERÂMICA AVANÇADA NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA............................10

CERÂMICA AVANÇADA NA MEDICINA....................................................11

CERÂMICA AVANÇADA EM ELETRÔNICOS...............................................11

CONCLUSÃO.................................................................................................................13

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.....................................................................................14

ANEXOS........................................................................................................................15

3
RESUMO

As cerâmicas avançadas são materiais muito utilizados atualmente, com um nível de


desenvolvimento muito alto, proporcionando benefícios onde aplicado. São cerâmicas de alta
resistência, durabilidade, e segurança total, podendo ser destinada a vários âmbitos e de
diferentes maneiras. Elas são divididas em dois subgrupos: os de óxidos e não óxidos. Os de
óxidos são materiais com presença de ligações químicas, basicamente, são produtos
compostos por óxido de metais, podendo ser classificados em: óxido de alumínio, óxido de
zircônio, titanato de alumínio, etc., fazendo com que as propriedades das cerâmicas sejam
determinadas através das ligações e estruturas desses materiais., já os não óxidos são materiais
que não necessitam de ligações químicas, podendo ser compostas por: nitreto de alumínio e
silício, carboneto de silício, etc., gerando vantagens e desvantagens em sua aplicação e
fazendo com que benecie a industria ou onde for utilizado. Retomando suas aplicações,
podemos ressaltar que estes materiais são também para uso das áreas modernas, sendo capaz
de ser empregado na medicina, na área da ortopedia, em implantes de próteses desenvolvidas
para joelhos e articulações de quadris, aumentando a qualidade de vida e gerando um direito
de se locomover; são também de uso para os eletrônicos, servindo como condutor de circuito
e substrato de cerâmica; além disso, pode ser usado na indústria automotiva, com um papel
vital no custo efetivo e no conforto proporcionado pela engenharia de veículos.

Palavras-chave: Cerâmica, modernidade, alta resistência, avanço tecnológico.


1. INTRODUÇÃO

Os materiais cerâmicos estão presentes no cotidiano da humanidade há cerca de 10 mil


anos, e nos últimos tempos, devido às necessidades crescentes por materiais que apresentem
propriedades físico-químicas, a ciência tem desenvolvido cerâmicas com alto nível
tecnológico, com características diferenciadas, como por exemplo, melhores propriedades
mecânicas, características elétricas especiais e inertes à agentes químicos corrosivos,
resistência à altas temperaturas e pressões.

De acordo com o material cerâmico, pode-se dividí-lo em dois grupos: o grupo de


cerâmicas tradicionais e o de cerâmicas avançadas. O grupo de cerâmicas tradicionais abrange
coisas que normalmente utiliza-se de maneira residencial como louças e refratários, vidros e
vidro-cerâmicas, materiais abrasivos, cimentos, entre outros, já o grupo de cerâmicas
avançadas observa-se as aplicações eletroeletrônicas, térmicas, mecânicas, ópticas, mas,
principalmente, na área biomédica como próteses e na indústria aeroespacial.

As cerâmicas avançadas oferecem um desempenho superior, agregando qualidade e


resistência, além de não precisarem ser derivadas de terra e da argila, tornando-se muito
versátil para as aplicações tecnológicas. Com isso sofre uma elevação em seu preço. Podem
ser divididas em cerâmicas óxidas e não oxidas as quais serão definidas e especificadas a
seguir.
2. DESENVOLVIMENTO

Os materias cerâmicos são constituintes essenciais da construção civil aliada com a


arquitetura, onde tem uma grande diversidade, entre eles estão as cerâmicas avançadas, que
diferente das convencionais, tem uma alta produção, sendo um avanço tecnológico e moderno,
podendo se aplicar em vários lugares e tendo algumas vantagens e desvantagens.

2.1.CERÂMICA AVANÇADA

As cerâmicas avançadas têm em sua composição um material chamado CeramTec


(cerâmica técnica), possibilitando ser uma cerâmica de engenharia ou industrial. São
construídos, totalmente dentro de laboratórios por meio de ligações químicas entre a formação
dos átomos de nitrogênio, alumínio e silício. Subdividem-se em:

2.1.1. CERÂMICA AVANÇADA DE ÓXIDO

Entre os principais e diferentes grupos de materiais que é possível encontrar nas


cerâmicas avançadas, podemos destacar as cerâmicas a base de óxidos, que são basicamente
aqueles produtos compostos por óxidos de metais, tais como o óxido de alumínio, óxido de
zircônio, titanato de alumínio etc. Fazendo com que as propriedades das cerâmicas sejam
determinadas através das ligações e estruturas desses materiais.

2.1.1.1.ÓXIDO DE ALUMÍNIO

Conhecido também como alumina, é o material cerâmico avançado mais utilizado,


principalmente por conta de suas características, porque além de ser produzido em diferentes
percentuais de dureza, possui variações de grãos podendo ser eles grossos e finos (Figuras 1 e
2).

a) Aplicações: É um material que pode ser utilizado em diversos âmbitos como por
exemplo nos substratos cerâmicos, em válvulas, blindagem, nos tubos de proteção nos
processos térmicos encontrados nas indústrias químicas, podendo ainda ser aplicado
em muitas outras áreas.
b) Vantagens: Por ser utilizado com frequência e em grande abundância demonstra que
possui vantagens que favorecem o seu uso, não é à toa que empresas do ramo investem
na diversidade do mesmo, e sendo algumas dessas vantagens: A alta resistência
química,
o bom isolamento elétrico, alta potência em relação à corrosão e ao desgaste, além de
ser compatível com alimentos e ter boas propriedades de deslizamento.
c) Desvantagens: Dificuldade de encontrar e pode ser difícil de ser adquirido por conta
de seu custo elevado.

2.1.1.2.ÓXIDO DE ZIRCÔNIO

É um material branco acinzentado, inorgânico e não metálico, que faz parte das
cerâmicas avançadas oxidas e também é conhecido como zircônia. Tem um grande destaque
entre os materiais devido a sua ótima resistência e estabilidade, portanto com essas condições
é o material ideal e escolhido para junção entre a área da cerâmica e do aço.

a) Aplicações: O óxido de zircônio abrange um campo de aplicações bem amplo e


consistente, pois tem como foco do seu uso principalmente a produção de material na
indústria cerâmica, e com isso é possível que o mesmo explore outras regiões como os
materiais para coroas e pontes na indústria de odontologia (Figura 3), as ferramentas
usadas nas moldagens dos fios, e até no ramo vidreiro.
b) Vantagens: Um fator importante é ressaltar as vantagens do mesmo, mencionando
alguns aspectos relevantes que ele possui como a expansão térmica alta, a elevada
resistência as fraturas, ainda contando com alguns elementos produzidos com óxido de
zircônio que têm a capacidade de orientar íons de oxigênio.
c) Desvantagens: Como foi visto anteriormente, é um material aplicado que auxilia na
odontologia, mas ele também provoca algumas reações que não são tão boas assim no
componente dentário, porque ele pode atrapalhar um pouco a cimentação e a estética
por conta de sua opacidade; Fora que existe uma diferença a respeito do valor das
cerâmicas feitas de zircônio, pois apresentam um valor muito mais alto e caro
comparado a outros materiais.

2.1.1.3.TITANATO DE ALUMÍNIO

O titanato de alumínio (Figuras 4 e 5) é visto como aquele material que tem como
característica essencial a resistência ao choque térmico, o que significa que aqueles elementos
feitos a partir do mesmo, podem sofrer várias alterações de temperatura e ainda sim resistir e
continuar do mesmo jeito, sem ter prejuízos ou algo do tipo.
a) Aplicações: Por conta de sua relação de baixa umidade com metais fundidos, ele pode
ser aplicado efetivamente nos conhecimentos e tecnologias de fundição e fundição
metalúrgica, que consistem em mecanismos que estabelecem unidades produtivas do
alumínio.
b) Vantagens: Já foi destacado ao longo de sua apresentação que a resistência tanto
química como a da mudança de temperatura são as principais vantagens para a
utilização do titanato, mas esses fatos são possíveis devido também a uma combinação
de expansão térmica muito baixa, o que acumula mais uma propriedade positiva e
beneficia ainda mais seu uso.
c) Desvantagens: Em meio à várias aplicações e vantagens, vem juntamente algumas
intervenções (as desvantagens) que acabam atrapalhando um pouco o seu
desempenho, podendo citar como exemplo a pouca força que este material cerâmico
posui.

2.1.2. CERÂMICA AVANÇADA DE NÃO ÓXIDO

Como vimos as cerâmicas avançadas a base de óxidos, tem aquelas também que não
necessitam de óxidos em sua composição: as de não óxidos, que podem ser compostas por
nitreto de alumínio e silício, carboneto de silício, etc., gerando vantagens e desvantagens em
sua aplicação.

2.1.2.1.NITRETO DE ALUMÍNIO

Este material cerâmico (Figura 6) é muito rico em condutividade térmica muito alta e
em algumas propriedades de isolamento térmico, fazendo uma combinação, entre outros. É
um composto químico muito utilizado em aplicações tecnológicas.

a) Aplicação: Entre vários lugares que pode ser aplicado, podemos citar alguns: pode ser
utilizado em energia e microeletrônica, servindo como condutor de circuito em
semicondutores ou dissipador de calor na tecnologia na iluminaçaõ de LED.
b) Vantagens: De tantas que este material pode nos proporcionar, como falei
anteriormente, tem uma condutividade térmica muito alta, uma alta capacidade de
isolamento térmico, uma boa capacidade de metalização, estabilidade estrutural,
mesmo em alta temperatura.
c) Desvantagens: Por ser um material de alta tecnologia, pode não ser tão fácil de
encontrar e nem todos tem acesso devido ao seu alto custo.
2.1.2.2.NITRETO DE SILÍCIO
O nitreto de silício é um material também muito utilizado, com uma vasta qualidade e
uma aplicação excelente. É um material leve, que fornece uma alta resistência à quebra, por
isso também é muito resistente aos choques térmicos e a qualquer impacto. Como o nitreto de
alumínio, o de silício (Figuras 7 e 8)também tem suas vantagens, desvantagens e sua
aplicação. Vejamos:

a) Aplicação: Este material é muito útil, principalmente em usinas de ferro fundido


grafítico ou ferro fundido de inserções de cerâmica. É usado em locais de alta
resistência e alta temperatura ,que podemos citar alguns: peças de motores de carro,
turbinas de gás, resumindo, em rolamentos e ferramentas (indústria automobilísticas,
eletrônicos).
b) Vantagens: Dentre tantas que o nitreto de silício possui, as mais que se destacam são:
a sua alta resistência a temperaturas elevadas,à quebra e à flexão, tem sua
condutividade térmica moderada, em questão de elasticidade e tenacidade podemos
dizer que, moderamente é alta por se tratar de uma cerâmica.
c) Desvantagens: o único problema já observado foi que em questão financeira, este
material tem um certo custo elevado, podendo dificultar a compra da cerâmica para
aqueles que não tem uma boa remuneração, já para outros pode não ser, é um caso bem
relativo.

2.1.2.3.CARBONETO DE SILÍCIO

É um material muito valioso para aqueles quenentendem, pois além de ser leve, o que
importa muito na produção, é um material tratado como diamante. Tem algumas vantagens
muito importantes que é a excelente condutividade térmica, mesmo sendo leve é muito
resistente a ácidos e lixívias e tem baixa expansão térmica, entre outras que serão esclarecidas
posteriormente. Em relação a sua aplicação, veremos agora:

a) Aplicação: O carboneto de silício, por ser um material resistente (Figura 9), garante
uma estabilidade dimensional excelente, e assim sua aplicação entra em varios
âmbitos, sendo o mais apropriado em lugares que possa entrar como material de
construção. Pode ser utilizado em indústria alimentícia, em lugares de alta tecnologia,
como de vedação dinâmica que utiliza mancais de ficção e vedação mecânica, por
exemplo em bombas ou locais de acionamento, esta cerâmica de carboneto de silício
pode ser usada, como já foi mencionado, âmbitos da tecnologia de energia, em
produção química, fabricação de papel e em componentes do sistema de tubulação.
b) Vantagens: Como já foi introduzindo anteriormente, o material tem uma grande
quantidade de vantagem: mesmo sendo leve, é muito resistente, por exemplo ao
choque térmico, o seu alto grau de dureza, alta condutividade térmica, controla a
corrosão, abrasão e a erosão de forma hábil, seguro em termos tóxicos e tem ótimas
propriedades de deslizamento.
c) Desvantagens: a única desvantagem que o carboneto de silício tem é o silício
residual, que como o p´roprio nome já diz, são resíduos que o carboneto deixa logo
após o seu processo.

2.1.3. APLICAÇÕES MODERNAS

Por serem aprovados e considerados de muita utilidade, os cerâmicos avançados


passaram a tomar uma boa parte na área tecnológica, por vezes, substituindo os metais. Eles
estão se fazendo cada vez mais presentes e indispensáveis no dia-a-dia das pessoas. Variam
entre peças que devem suportar impactos tremendos, até estruturas que devem passar por
temperaturas altíssimas.

Podem passar despercebidas por muitos, porém elas são indispensáveis, principalmente
em termos de desempenho, segurança e confiabilidade. Um exemplo bem comum é a
cerâmica técnica da “Ceram Tec” , convivemos com ela todos os dias , muitas vezes sem
mesmo percebê- la.

Ao dirigir o carro, falar ao celular, lavar as mãos, realizar uma consulta, podem
também se fazer presente dentro do corpo humano. Em muitos locais, tais materiais não
conseguem suprir tal funcionalidade ou exigências específicas, como a de segurança por
exemplo. A cerâmica avançada “Ceram Tec” disponibiliza vantagens e benefícios decisivos
para atender desafios futuros.

A seguir serão listadas três aplicações da cerâmica avançada no meio tecnológico:

2.1.3.1.CERÂMICA AVANÇADA NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA

A cerâmica avançada “Ceram Tec” desempenha uma função muito importante no


meio automotivo, pois ela compõe uma função muito importante para o automóvel, que é a
segurança, desempenha também um papel vital no custo efetivo e no conforto proporcionado
pela engenharia automotiva e de veículos (Figura 10).
Os componentes eletrônicos que são baseados nos substratos cerâmicos reagem a uma
informação recebida dos componentes piezocerâmicos , que atuam como sensores nos
controles eletônicos. Fornecem informações sobre as alterações na direção e a operação do
motor no modo silencioso. Os componentes eletrônicos recebem essa informação e vão reagir,
no controle do gerenciamento do motor, os sistemas de segurança como ABS e ASR e liberam
o AIRBAG quando preciso. Já nos motores, as peças em cerâmicas vão suportar altas
temperaturas como os componentes de válvulas. Os compostos de metal de cerâmica
contribuem para a construção de um material mais leve e resistente. Na iluminação xênon e
LED quando fabricados com componentes cerâmicos, aprimoram consideravelmente a
visibilidade. Os componentes de blindagem cerâmica, projetados para proteção balística,
disponibilizam a segurança necessária para veículos de emergência e militares.

2.1.3.2.CERÂMICA AVANÇADA NA MEDICINA

O material da “Ceram Tec” também é usado na medicina. A biocerâmica BIOLOX,


usada na ortopedia, que ajuda a manter e aumentar a qualidade de vida, com componentes de
implantes para próteses de joelho e articulações de quadris (Figura 11).

Esse tipo de cerâmica avançada é biocompatível e resistente ao desgaste, com isso, os


médicos permitem que os pacientes voltem a normalidade e comecem a enfrentar os desafios
diários novamente. Essas cerâmicas são implantadas nas articulações, frenquentemente, e
estão presentes em todo o mundo. Além de serem utilizadas também nos limpadores
ultrassônicos, e na odontologia , no campo da cerâmica dentária.

2.1.3.3.CERÂMICA AVANÇADA EM ELETRÔNICOS

Materias de núcleos, condutores de circuitos, substrato de cerâmica, são alguns


exemplos de componentes que estão em uso em toda a indústria de eletrônicos (Figura 12).

Temos como exemplo os dissipadores cerâmicos, que fornecem o local certo para os
eletrônicos que possuem alta potência. Esses componente da “Ceram Tec”, garantem uma
operação confiável na indústria automotiva, na tecnologia aeroespacial, optoeletrônica,
tecnologia de medição e controle e na indústria de eletrônicos de consumo.

O avião é composto por muitas partes eletrônicas. Esses componentes, como sensores,
vem reduzindo o seu tamanho e melhorando sua funcionalidade. Consequentemente, esta é a
área principal para o desenvolvimento da cerâmica avançada. Também são utilizados
materiais
leves, não-metais, inorgânicos, para a construção aeroespacial, possuem uma barreira térmica,
para aguentar as temperaturas elevadas do motor.
3. CONCLUSÃO

Ao término do corrente trabalho, tivemos a oportunidade de conhecer diversos tipos de


materiais cerâmicos, sendo um deles as cerâmicas avançadas. Como foi mencionado
anteriormente, são materiais de muita tecnologia e modernidade, fazendo parte do interior das
indústrias, qualificando-as ainda mais. Além disso, elas podem ser utilizadas em diferentes
formas e aplicações, podendo servir como válvulas, condutor de circuito, em locais de alta
resistência à corrosão, abrasão e à erosão de forma hábil, apresentando muita segurança em
termos tóxicos e tendo ótimas prorpiedades de deslizamento.

Portanto, podemos concluir que as cerâmicas avançadas podem proporcionar muitas


vantagens onde for aplicada, que podem estar presente na medicina, na odontologia, em
eletrônicos ou até mesmo em indústrias automotivas, forcendo, assim, um avanço tecnológico
e um vasto desenvolvimento.
4. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

WIKIPÉDIA. Cerâmica avançada: Propriedades, aplicação, etc. Disponível em:


https://pt.wikipedia.org/wiki/Cer%C3%A2mica_avan%C3%A7ada > Acesso em: 27 mar.
2020.´-
CERAMTEC. Materiais cerâmicos: Óxido de Alumínio. Disponível em:
https://www.ceramtec.com.br/materiais-ceramicos/oxido-de-aluminio/ > Acesso em: 27 mar.
2020.
CERAMTEC. Materiais cerâmicos: Óxido de Zircônio. Disponível em:
https://www.ceramtec.com.br/materiais-ceramicos/zirconio-oxido/ > Acesso em: 27 mar.
2020.
CERAMTEC. Materiais cerâmicos: Titanato de Alumínio. Disponível em:
https://www.ceramtec.com.br/materiais-ceramicos/aluminio-titanato/ > Acesso em: 27 mar.
2020
CERAMTEC. Aplicações: diferentes aplicações para a cerâmica avançada. Disponível em:
https://www.ceramtec.com.br/mercados/ > Acesso em: 28 mar. 2020.
CERAMTEC. Materiais cerâmicos: Nitreto de Alumínio. Disponível em:
https://www.ceramtec.com.br/materiais-ceramicos/aluminio-nitreto/ > Acesso em: 28 mar.
2020.
CERAMTEC. Materiais cerâmicos: Carboneto de Silício. Disponível em:
https://www.ceramtec.com.br/materiais-ceramicos/carboneto-de-silicio/ > Acesso em: 28 mar.
2020.
CERAMTEC. Materiais cerâmicos: Nitreto de Silício. Disponível em:
https://www.ceramtec.com.br/materiais-ceramicos/nitreto-de-silicio/ > Acesso em: 28 mar.
2020.
MARCÉA. Materiais cerâmicos: Óxido de Alumínio. Disponível em:
https://www.macea.com.br/materiais/aluminia-oxido-de-aluminio > Acesso em: 27 mar.
2020.
MARCÉA. Cerâmica avançada: Sua resistência e qualidade. Disponível em:
https://www.macea.com.br/noticias/ceramica-avancada-sua-resistencia-e-qualidade > Acesso
em: 28 mar. 2020.
WIKIPÉDIA. Materiais cerâmicos: Nitreto de Silício. Disponível em:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Nitreto_de_sil%C3%ADcio > Acesso em: 28 mar. 2020.
WIKIPÉDIA. Materiais cerâmicos: Nitreto de Alumínio. Disponível em:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Nitreto_de_alum%C3%ADnio > Acesso em: 28 mar. 2020.
WIKIPÉDIA. Materiais cerâmicos: Carboneto de Silício. Disponível em:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carbeto_de_sil%C3%ADcio > Acesso em: 28 mar. 2020.
5. ANEXOS

Figura 1: Óxido de Alumínio Figura 2: Óxido de Alumínio

Fonte: Google Imagens Fonte: Google Imagens

Figura 3: Óxido de Zircônio Figura 4: Titanato de Alumínio

Fonte: Google Imagens Fonte: Google Imagens

Figura 5: Titanato de Alumínio Figura 6: Nitreto de Alumínio

Fonte: Google Imagens Fonte: Google Imagens


Figura 7: Nitreto de Silício
Fonte: Google Imagens
Figura 8: Nitreto de Silício Fonte: Google Imagens

Figura 9: Carboneto de Silício


Figura 10: Indústria automotiva

Fonte: Google Imagens Fonte: Google Imagens

Figura 11: Medicina Figura 12: Eletrônicos

Fonte: Google Imagens Fonte: Google Imagens

Você também pode gostar