Você está na página 1de 1

Curso de Especialização em Educação e Saberes para os Anos

Iniciais do Ensino Fundamental


Aluna: Sabrina Herrmann
Professora: Naiara Dal Molin
Disciplina: Aspectos Sócio-Históricos e Políticos da Educação

Texto sobre as contribuições de Pedro Abelardo à filosofia e à educação


medieval, bem como as inovações trazidas pelo seu pensamento filosófico e
pela sua ação pedagógica.

Pedro Abelardo foi um filósofo que viveu na França, no século XII.


Desde muito jovem mostrou-se com ideias revolucionárias para época, sendo
que atuava como professor. Naquele tempo professores eram diretamente
ligados à Igreja Católica e faziam voto de castidade, não podendo ter
relacionamentos amorosos, nem constituir família, dedicando-se integralmente
à escola. Entretanto, ele envolveu-se com uma de suas alunas, Heloísa, sendo
que se casaram e tiveram um filho. Porém, o relacionamento durou pouco
tempo. Naquela época as escolas eram frequentadas predominantemente por
homens, poucas mulheres tinham esta oportunidade.
Abelardo desde o começo de sua trajetória mostrou que era possível ter
outra visão dos ensinamentos pregados, o que deixou aos professores mais
antigos e aos seus superiores incomodados. Ele mostrou na prática a
importância de dar espaço aos alunos para que colocassem sua opinião, o que,
para aquele período histórico, era considerado abominável, já que o professor
era quem detinha todo o saber. Entretanto, ele não se intimidou com as
represálias sofridas, continuando a explicar a importância da dialética para o
aprendizado. Para Abelardo, a dialética possibilita que sejam distinguidos
claramente o verdadeiro do falso, levando em conta que apenas é possível crer
no que se compreende.
Permitindo a seus alunos refletirem, ele causou temor em seus colegas,
que pensavam estar perdendo o controle com a descentralização do professor
dentro da escolástica, ou seja, da filosofia cristã. Com esta didática cativou
muitos alunos a participarem de suas aulas, revolucionando o modo de ver
educação da época.
As reflexões de Pedro Abelardo, suas conclusões, sua busca por
sabedoria e a sua inquietude em relação à dialética, possibilitaram uma grande
mudança no cenário educacional da época. É preciso considerar que ele se
contrapôs ao ensino tradicional do período Medieval, provocando assim
transformações que, possivelmente, influenciam a educação até mesmo nos
períodos atuais, pois as primeiras dúvidas e, consequentemente, pesquisas,
surgiram nesta época, possibilitando que hoje tenhamos uma visão um pouco
mais clara do que é necessário para que cada aluno possa fazer uma
aprendizagem de qualidade.

Você também pode gostar