Você está na página 1de 3

A educação e o uso das tecnologias enquanto um processo de

transformação histórica

Trabalho apresentado a
FACISH como requisito
necessário a avaliação.

Resumo
O presente trabalho busca apresentar uma contextualização do uso das tecnologias
na educação enquanto forma de transformação histórica na vida dos indivíduos.
Vivemos em um contexto de constantes desafios, onde acontecessem bruscas
mudanças tecnológicas. Essas mudanças corroboram para o aperfeiçoamento e
desenvolvimento do educando proporcionando uma melhoria no processo ensino-
aprendizagem. Analisamos o contexto atual e as transformações históricas oriundas
das últimas três décadas.

Palavras-chave: Educação. Tecnologia. Transformação histórica.

Introdução
Nesse trabalho temos o propósito de refletir a questão do desenvolvimento
tecnológico a luz dos desafios da educação. Estamos em um contexto que leva em
consideração a necessidade da formação continuada do docente e a insuficiência de
recursos.

A pergunta pelo ideário da educação levanta muitas questões que a nossa


geração necessita responder, pois somos a geração da transição – a geração que
vai tentar incluir, que vai tentar se preparar, que vai buscar os rumos tecnológicos
necessários e que vai provocar os governantes a responderam com os
investimentos para viabilização das implementações necessárias a atender as mais
diversas necessidades.

É de suma importância o uso da tecnologia no contexto da educação, se for


empregada de forma consciente, coerente e responsável. Aí sim, irá contribuir
significativamente para o processo de ensino-aprendizagem da criança,
alavancando uma educação de qualidade e valorizada.

Educação ontem e hoje, lançando luzes para o futuro


Paulo Freire

O uso do computador e da informática como ferramentas


tecnológicas para o desenvolvimento educacional

A transformação histórica da educação brasileira: da


passividade a uma intervenção consciente

Educação libertadora

Conclusão

Diante do exposto, entendemos a geração docente do presente é fruto dos


erros e acertos das gerações passadas. Ela tem o dever moral e profissional de
contribuir com o processo de transformação de uma cultura baseada no papel, lápis,
lousa, para a completa inserção no mundo digital. Criando uma atmosfera lúdica
como pano de fundo para a construção de todos os degraus do desenvolvimento
educacional. Transformando a árdua tarefa de ensinar e aprender no prazeroso jogo
do conhecimento.

Referências Bibliográficas

O QUE É EDUCAÇÃO?

“UM PRIVÉLIO DA CLASSE BURGUESA, UMA RESERVA DE MERCADO”

A EDUCAÇÃO DEIXA DE SER INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO E


PASSA A SER INSTRUMENTO DE OPRESSÃO EM NOSSO PAÍS.

Você também pode gostar