Você está na página 1de 2

Tratamento para a fascite plantar

Tratamento inicial

O objetivo do tratamento è aquele de reduzir a inflamação.


Para tratar a fascite plantar é necessário o repouso para permitir o reparo das micro lesões.
Você pode aplicar compressas de gelo por 20 minutos, 3 vezes ao dia, todos os dias.
È necessário parar de praticar as atividades que podem aumentar os sintomas, como correr, pular ou ficar
por longos períodos em pè.
Continuar exercendo as atividades habituais pode agravar os sintomas até chegar a uma tendinite crônica.
Para remover a dor da fascite plantar, o médico pode receitar palmilha ortopédica para distribuir melhor o
peso sobre uma superfície maior.

As palmilhas macias podem elevar um pouco o calcanhar proporcionando mais suporte.


Os calçados com uma boa  palmilha de amortecimento absorvem os choques e reduzem o stress sobre a
fáscia plantar.

Medicamentos para a fascite plantar


Existem vários tipos de medicamentos para tratar a fascite Plantar.
Os médico pode receitar analgésicos como o paracetamol ou antiinflamatórios não-esteróides (AINEs),
como Advil para aliviar a dor e reduzir a inflamação.
Se os sintomas da tendinite persistem apesar do tratamento, pode ser injetada cortisona diretamente no
tendão afetado, mas essas infiltrações podem causar a ruptura da fáscia plantar porque enfraquecem o tecido
do tendão.

 Fisioterapia para a fascite plantar

O tratamento com laser e ultra-som são eficazes e seguros para reduzir o inchaço e desconforto devido aos
efeitos dos antiinflamatórios.
Entre os tratamentos mais prescritos para tratar a fascite plantar existe o tratamento com onda de choque .
As ondas sonoras de alta energia são direcionadas para a área dolorosa para induzir um processo de
reparação tecidual.
Existe um programa de treino específico para esticar os músculos da panturrilha e da fáscia plantar, para
aliviar os sintomas.
Quando a dor e o inchaço desaparecerem, é necessário reforçar os músculos da panturrilha para evitar
recaídas.
A nível manual alguns fisioterapeutas realizam a massagem transverso profundo  efetuada com as mãos. O
fisioterapeuta massageia na direção perpendicular às fibras da fáscia.

Remédios naturais para a fascite plantar

Para reduzir a inflamação da fascite plantar pode ser feito um banho com água morna e sal para os pés. Em
uma bacia de água, colocar 8/10 colheres de sopa de sal.
Uma compressa de argila pode ser útil somente se a área está inchada porque esta substância absorve o
líquido inflamatório.
 Exercícios de fortalecimento para a  fascite plantar

–Levantar o calcanhar – pé descalço no chão, levantar lentamente os calcanhares e ficar nas pontas dos
pés. Manter esta posição por alguns segundos e, em seguida, descer lentamente. Você pode tentar algumas
variantes mais dificies deste exercício, executando-o por exemplo na borda de uma escada ou em um pé só.
-Dedos e tornozelo – dobrar os dedos para baixo enquanto se extende o tornozelo. Manter a posição por
alguns segundos. Em seguida, flexione os dedos para cima enquanto o tornozelo para trás em uma posição
neutra.
–Andar sobre uma toalha dobrada  em forma de um tubo longo coloque-o no chão. Andar para trás com
os pés descalços em equilíbrio sobre a toalha.
–Andar na ponta dos pés descalço, empurrando o mais alto possível.
–Andar na praia passeando com os pés descalços na areia de superfícies disponivèis (em particular nas
àreas mais irregulares possivèis).
–O jogo de bolinhas – colocar algumas bolas no chão e usando seus dedos do pè colocá-las em um copo.
Você pode usar cristais minúsculos, cubos, lápis ou qualquer coisa que você pode agarrar com seus pés.
– Equilibrar-se em uma sò perna descalço, tentando de manter o equilíbrio. Começar com os seus olhos
abertos, em seguinda feche seus olhos para aumentar a dificuldade.
Permanecer na ponta dos pés para aumentar a dificuldade.
–Elevação do arco – sentar em uma cadeira com os pés no chão em uma posição relaxada. Levante
ligeiramente o arco deixando seus dedos presos ao chão. Para executar este exercício de forma mais  dificil,
se pode ficar em pé sobre um pé só, ou em uma superfície macia e irregular.
– O cìrculo do Tornozelo  – mover o pé de maneira circular ao redor do tornozelo, como se você desenhase
um círculo com o dedão no ar. Mover no sentido horário e anti-horário. Fazer muitas repetições em cada
direção porque esse è um exercìcio de  baixa intensidade, você pode fazer este exercício em qualquer lugar,
mesmo usando sapatos.
–Sob a bola do pé – Colocar uma bola de ténis ou golfe sob o pé. Rolar a bola com os pès a fim de alongar
a fáscia plantar. Realizar o exercício por almenos 2 minutos.
Os pés têm um importante papel na postura do corpo, equilíbrio e saúde em geral.
Um bom equilíbrio é essencial para as atividades diárias e para bom resultados desportivos. Graças a estes
exercícios para a fascite plantar podemos facilmente melhorar a flessibilidade no movimento e a força do pé.
Estes exercícios trabalham sistematicamente sobre as articulações, músculos, tendões e ligamentos do pé. É
importante executar estes exercícios para um retorno à vida diária normal. 
 Alongamento plantar: sentar com o tornozelo de uma perna sobre o joelho da outra perna. Portanto,
puxar os dedos delicadamente para cima e manter a posição por 10 a 30 segundos. Repetir esse movimento
algumas vezes e, em seguida, se pode mudar a posiçao do pé. Você pode usar esta extensão antes de descer
da cama pela manhã e para reduzir a dor dos primeiros passos.
 Alongamento com elástico: sentar no chão com as pernas esticadas. Passar um elástico ao redor do
dedo do pé. Puxar lentamente a bola do pé com uma toalha na sua direçao mantendo os joelhos retos.
Manter a perna esticada por 10 a 30 segundos, depois relaxar. Repetir por algumas vezes e depois mudar
de perna.

 Alongamento do tendão de Aquiles: ficar na frente de uma parede com uma perna na frente e a
outra para atrás. Apoiando os dois pès no chão e fazendo descansar completamente. Mover o peso do
corpo em direção da parede sem levantar os pés do chão, atè que se sente uma tensão na panturrilha.
Manter a perna esticada de 10 a 30 segundos, depois relaxar. Repetir este exercício algumas vezes e
depois mudar de perna.

Você também pode gostar