Você está na página 1de 113

PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS


DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, INFORMAÇÃO E CAPTAÇÃO DE RECURSOS
GERÊNCIA DE PLANOS, METAS E POLÍTICAS DE SAÚDE

Programação de Saúde 2012-2013

1)Onde Estamos? 2)Onde Queremos Chegar?


1)Onde Estamos? 2)Onde Queremos Chegar?

3)Como
3)Como Priorização
Chegaremos
Chegaremos Levantameto de Ações
lá?
lá? Matriz de Intervenção
Secretaria Municipal da Saúde de Florianópolis
Planilha de autoavaliação para aplicação da Estru
Nível Tático

Cód ECA Subcritério ECA Cód FNQ

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


liderança da unidade faz para comunicar e alinhar
1.1 1.3
a unidade com a visão, a missão e os valores da
Secretaria.
2.2

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


liderança da unidade faz para desenvolver e
1.2
implementar um sistema de gestão da unidade,
do desempenho e da mudança.

1.7
1.4
Liderança

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


1.3 liderança da unidade faz para motivar e apoiar as
pessoas da unidade e servir de modelo.

1.5
1.1

1.2

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


liderança da unidade faz para gerir as relações
1.4 com os políticos e com as outras partes
interessadas de forma a assegurar uma
responsabilidade partilhada.
3.2

Cód ECA Subcritério ECA Cód FNQ

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


unidade faz para obter informação relacionada
2.1 3.1
com as necessidades presentes e futuras das
A avaliação deve procurar evidenciar o que a
unidade faz para obter informação relacionada
2.1 3.1
com as necessidades presentes e futuras das
partes interessadas.

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


unidade faz para desenvolver, rever e atualizar o
2.2 planejamento e a estratégia tendo em conta as 2.1
necessidades das partes interessadas e os
recursos disponíveis.
Planejamento e Estratégia

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


2.3 unidade faz para implementar o planejamento e a 2.4
estratégia em toda a unidade.
estratégia em toda a unidade.

Planeja

1.6

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


2.4 unidade faz para planejar, implementar e rever a
modernização e a inovação.

1.8

Cód ECA Subcritério ECA Cód FNQ


A avaliação deve procurar evidenciar o que a
unidade faz para planejar, gerir e melhorar os
3.1 6.1
recursos humanos de forma transparente em
sintonia com o planejamento e estratégia.

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


unidade faz para identificar, desenvolver e usar
3.2 as competências (conhecimento, habilidade e 6.2
atitude) das pessoas, articulando os objetivos
individuais e organizacionais.
Pessoas
Pe

2.3

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


3.3 unidade faz para envolver as pessoas através do
diálogo e da delegação de responsabilidades.

6.3
Cód ECA Subcritério ECA Cód FNQ

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


4.1 organização faz para desenvolver e implementar 7.3
relações de parceria relevantes.

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


4.2 organização faz para desenvolver e implementar
parcerias com os cidadãos/usuários.
A avaliação deve procurar evidenciar o que a
4.3 7.5
organização faz para gerir recursos financeiros.
Parcerias e Recursos

5.1
Parcer
A avaliação deve procurar evidenciar o que a
4.4 organização faz para gerir o conhecimento e a
informação.
5.2

5.3

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


4.5 organização faz para gerir os recursos
tecnológicos.
A avaliação deve procurar evidenciar o que a
4.5 organização faz para gerir os recursos
tecnológicos.

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


4.6
organização faz para gerir os recursos materiais.

Cód ECA Subcritério ECA Cód FNQ

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


5.1 organização faz para identificar, conceber, gerir e 7.1
melhorar os processos de forma sistemática.
A avaliação deve procurar evidenciar o que a
5.1 organização faz para identificar, conceber, gerir e 7.1
melhorar os processos de forma sistemática.

3.4
ssos

A avaliação deve procurar evidenciar o que a


organização faz para desenvolver e fornecer
5.2
produtos e serviços orientados para os
cidadãos/usuários.
Processos
A avaliação deve procurar evidenciar o que a
organização faz para desenvolver e fornecer
5.2
produtos e serviços orientados para os
cidadãos/usuários.
4.1

4.2
A avaliação deve procurar evidenciar o que a
5.3 organização faz para inovar os processos 3.3
envolvendo os cidadãos/usuários.

Critério Nota
Liderança 45
Planejamento e Estratégia 26
Pessoas 18.75
Parcerias e Recursos 36.25
Processos 22
e Florianópolis
aplicação da Estrutura Comum de Avaliação

Pergunta PCDA

Valores e diretrizes
A Direção define missão, visão e valores
para promover a cultura da qualidade e o C
atendimento às necessidades das partes
interessadas – cidadãos/usuários,
trabalhadores, políticos, fornecedores,
comunidade?

PDCA

D
C

Definição de indicadores e metas


A organização define indicadores para
avaliar a implementação das estratégias e
estabelece metas de curto e longo prazo?

PDCA

Desempenho da organização
A Direção analisa regularmente o
desempenho da organização para avaliar C
o alcance das estratégias?

PDCA
P

Tomada de decisões C
A Direção conduz reuniões com sua
equipe, analisa o atendimento das
necessidades das Partes Interessadas
(Cidadão/usuário, Empregados,
Fornecedores, Políticos e Comunidade) e
implementa e acompanha as ações A
definidas?

PDCA

Desenvolvimento da liderança
Os Diretores e Chefias são avaliados e
desenvolvidos com base em habilidades C
exigidas para o exercício da
sua função, assegurando o alinhamento
às estratégias?
A

PDCA
P

C
Governança corporativa
A organização possui sistemas de gestão
e controles exercidos na administração
para manter a confiança e proteger os
interesses das partes interessadas? A

PDCA

Ética A
A organização estimula o comportamento
ético e transparente com as partes
interessadas?

PDCA
P

Divulgação de produtos e marcas


Os serviços, produtos e marcas são
divulgados aos cidadãos/usuários e
sociedade para criar imagem positiva,
sem criar expectativas que não possam
ser atendidas?

PDCA

Pergunta PCDA

Segmentação, necessidades e
expectativas dos usuários
A organização identifica, analisa e
compreende as necessidades de seus
Segmentação, necessidades e C
expectativas dos usuários
A organização identifica, analisa e
compreende as necessidades de seus
usuários?
A

PDCA

Formulação das estratégias C


A Direção formula estratégias
considerando as necessidades de partes
interessadas, definindo ações para
maximizar o seu desempenho?
A

PDCA

C
Desdobramento em planos de ação
As estratégias são desdobradas em
planos de ação com alocação de recursos
necessários à sua implementação?
A
necessários à sua implementação?

PDCA

Aprendizado organizacional e cultura


de inovação
A organização desenvolve a melhoria e a C
inovação desde a concepção de novas
ideias até a sua devida implantação?

PDCA

Informações comparativas C
A organização possui métodos para a
comparação do seu desempenho?

PDCA

Pergunta PCDA
P

Sistemas de trabalho
A organização possui um sistema de C
trabalho que contribui para a melhoria do
desempenho das pessoas e das equipes?

PDCA

C
Capacitação e desenvolvimento
O desenvolvimento das pessoas é
planejado e realizado para atender as
estratégias da organização?
A

PDCA

Comunicação das estratégias e planos


P

Comunicação das estratégias e planos


As estratégias e planos são comunicadas
para as partes interessadas a fim de C
estabelecer compromissos mútuos?

PDCA

Qualidade de vida
A organização cria um ambiente seguro e C
saudável para manter as pessoas
satisfeitas e motivadas?

PDCA
Pergunta PCDA

C
Relacionamento com fornecedores
A organização desenvolve e estimula
melhorias no desempenho dos
fornecedores?

PDCA

D
Engajamento comunitário
A organização possui mecanismos que
C
engajamento comunitário?

PDCA

P
D

Processos econômico-financeiros
A organização possui mecanismos que
asseguram a sustentabilidade econômico-
financeira?

PDCA

C
Informações da organização
A organização adota métodos para
identificar e organizar as informações
necessárias para a tomada de decisão?

PDCA
P

Informações comparativas
A organização possui métodos para obter
e manter atualizadas as informações C
comparativas (bechmarking/bench
learning)?

PDCA

P
D

Ativos intangíveis
A organização identifica e protege seus
ativos intangíveis (marcas, patentes,
sistemas, processos, competências e
talentos)? A

PDCA

Recursos tecnológicos C
A organização possui mecanismos para
otimizar a utilização de recursos
tecnológicos?
Recursos tecnológicos
A organização possui mecanismos para
otimizar a utilização de recursos
tecnológicos?

PDCA

Recursos materiais C
A organização possui mecanismos para
otimizar a utilização de recursos
materiais?

PDCA

Pergunta PCDA

Principais processos
Os principais processos produtivos, de
prestação de serviços e de apoio, e seus
requisitos, são identificados e
monitorados por meio de indicadores de
desempenho?
Principais processos
C
Os principais processos produtivos, de
prestação de serviços e de apoio, e seus
requisitos, são identificados e
monitorados por meio de indicadores de
desempenho?
A

PDCA

C
Satisfação dos usuários
A satisfação, insatisfação e fidelização
dos diversos grupos de usuários são
avaliadas?

PDCA

Aspectos sociais e ambientais


A organização identifica os aspectos,
D

Aspectos sociais e ambientais


A organização identifica os aspectos, C
impactos sociais e ambientais de seus
serviços, produtos, processos e
instalações?

PDCA

C
Desenvolvimento social
A organização possui ações para
estimular o desenvolvimento social
sustentável?

PDCA

P
D

C
Canais de comunicação
São disponibilizados canais adequados
para a comunicação com os
cidadãos/usuários?

PDCA

Nota dos Critérios

Liderança
100
Processos 50 Planejamento e Estratégia Nota
0

Parcerias e Recursos Pessoas


de Avaliação

Escolha A resposta
mais adequada
(somente uma para
cada pergunta)

A organização ainda não tem missão, visão e valores definidos.

A organização tem missão, visão e valores definidos, mas ainda não


divulgados para as partes interessadas.

A organização tem missão, visão e valores definidos, divulgados


para as partes interessadas, e assegura o entendimento pela força sim
de trabalho.

Missão, visão e valores estão consolidados e divulgados para todas


as partes interessadas, mas ainda não refinados.

Missão, visão e valores estão consolidados e divulgados para todas


as partes interessadas e já foram refinados pelo menos uma vez.

Missão, visão e valores estão consolidados e divulgados para todas


as partes interessadas, já foram refinados pelo menos uma vez e
melhorados após comparação com os de outras organizações.

Os indicadores analisados são operacionais e não estão ligados as


estratégias.

Os indicadores são definidos com base nas estratégias


organizacionais sendo estabelecidas metas de curto prazo.

Os indicadores estratégicos estão balanceados para atender as


necessidades das diversas partes interessadas (há indicadores de
cidadãos/usuários, mercado, etc.), sendo estabelecidas metas de sim
curto e longo prazo.
Os indicadores estratégicos estão balanceados para atender as
necessidades das diversas partes interessadas (há indicadores de
cidadãos/usuários, mercado, etc.) e estão desdobrados e alinhados
aos níveis operacionais, sendo estabelecidas metas de curto e longo
prazo.

Os indicadores estratégicos estão balanceados para atender as


necessidades das diversas partes interessadas (há indicadores de
cidadãos/usuários, mercado, etc.) e estão desdobrados e alinhados
aos níveis operacionais, sendo estabelecidas metas de curto e longo
prazo. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez.

Os indicadores estratégicos estão balanceados para atender as


necessidades das diversas partes interessadas (há indicadores de
cidadãos/usuários, mercado, etc.) e estão desdobrados e alinhados
aos níveis operacionais, sendo estabelecidas metas de curto e longo
prazo. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após comparação com o de outras organizações

Não há análise regular o desempenho da organização.

A direção analisa o desempenho considerando indicadores de saúde,


responsividade, financeiros e de produção. sim

A direção analisa o desempenho considerando indicadores em


diversas perspectivas (saúde, responsividade, mercado, financeiros,
produção, pessoas e sociedade).

A direção analisa o desempenho considerando indicadores em


diversas perspectivas (saúde, responsividade, mercado, financeiros,
produção, pessoas e sociedade), comparando-os aos referenciais
selecionados.

O processo de análise do desempenho considera as diversas


perspectivas e informações comparativas e já foi refinado pelo
menos uma vez.

O processo de análise do desempenho considera as diversas


perspectivas e informações comparativas e já foi refinado pelo
menos uma vez e melhorado a partir de comparação com os
processos de benckmarking/bench learning de outras organizações.

A direção não realiza reuniões com a equipe.


A direção realiza reuniões esporádicas com a equipe.

A direção realiza reuniões sistemáticas com a equipe e considera as


necessidades das algumas partes interessadas.

A direção realiza reuniões sistemáticas com a equipe e considera as


necessidades das principais partes interessadas, implementa e sim
acompanha as ações definidas.

A direção realiza reuniões sistemáticas com a equipe e considera as


necessidades das principais partes interessadas, implementa e
acompanha as ações definidas. O sistema de reuniões já foi refinado
pelo menos uma vez.

A direção realiza reuniões sistemáticas com a equipe e considera as


necessidades das principais partes interessadas, implementa e
acompanha as ações definidas. O sistema de reuniões já foi refinado
pelo menos uma vez e melhorado pela comparação com outras
instituições.

As habilidades e competências necessárias para os diretores e


chefias exercerem a liderança ainda não estão definidas.

As habilidades e competências necessárias para os diretores e


chefias exercerem a liderança estão formalmente definidas.

Os diretores e chefias são avaliados periodicamente com base nas


habilidades e competências definidas. sim

Os diretores e chefias são avaliados e desenvolvidos periodicamente


com base nas habilidades e competências definidas.

Os diretores e chefias são avaliados e desenvolvidos periodicamente


com base nas habilidades e competências, que já foram refinadas,
ao menos uma vez, para alinhamento às mudanças organizacionais.

Os diretores e chefias são avaliados e desenvolvidos periodicamente


com base nas habilidades e competências, que já foram refinadas,
ao menos uma vez, para alinhamento às mudanças organizacionais.
Além disso, esse processo foi melhorado após a comparação com
outra organização.

A organização não presta conta de suas ações e resultados.


A organização presta contas de suas principais ações e resultados
obtidos, conferindo transparência à gestão.
A organização possui um sistema de prestação de contas e avalia os
principais riscos organizacionais.

A organização possui um sistema de prestação de contas e avalia os


principais riscos organizacionais e atua sobre eles de forma a
minimizá-los.

A organização possui um sistema, já refinado pelo menos uma vez,


de prestação de contas e avalia os principais riscos organziacionais e sim
atua sobre eles de forma a minimizá-los.

A organização possui um sistema, já refinado pelo menos uma vez,


de prestação de contas e avalia os principais riscos organziacionais e
atua sobre eles de forma a minimizá-los. Além disso, esse processo
foi melhorado após a comparação com outra organização.

A organização é ética, porém não existe mecanismo para assegurar o


relacionamento ético com as partes interessadas.

A organização possui mecanismos para assegurar a ética no


relacionamento interno (força de trabalho).
A organização possui mecanismos para assegurar a ética no
relacionamento interno e externo (clientes, fornecedores, políticos,
sociedade).
A organização possui mecanismos para assegurar a ética no
relacionamento interno e externo e estimular sua aplicação em toda sim
a cadeia de valor.
A organização possui mecanismos já refinados pelo menos uma vez
para assegurar a ética nos relacionamentos interno e externo e
estimular sua aplicação em toda a cadeia de valor.

A organização possui mecanismos já refinados pelo menos uma vez


para assegurar a ética nos relacionamentos interno e externo e
estimular sua aplicação em toda a cadeia de valor. Além disso, esses
mecanismos já foram melhorados após a comparação com outra
organização.

A organização ainda não possui mecanismos para divulgar servicos,


produtos e suas marcas.
A organização possui mecanismos para divulgar seus servicos,
produtos e marcas. sim

A organização possui mecanismos para divulgar seus servicos,


produtos e suas marcas, garantindo credibilidade, confiança e
percepção de imagem, que é avaliada sistematicamente perante os
cidadão/usuário.

A organização possui mecanismos para divulgar seus servicos,


produtos e suas marcas, garantindo credibilidade, confiança e
percepção de imagem, que é avaliada sistematicamente perante os
cidadãos/usuários. Com base nessas informações são definidas
ações de melhoria, que são divulgadas aos cidadãos/usuários e
sociedade.

A organização possui mecanismos para divulgar seus servicos,


produtos e suas marcas, garantindo credibilidade, confiança e
percepção de imagem, que é avaliada sistematicamente perante os
cidadãos/usuários. Com base nessas informações são definidas
ações de melhoria, que são divulgadas aos cidadãos/usuários e
sociedade. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez.

A organização possui mecanismos para divulgar seus servicos,


produtos e suas marcas, garantindo credibilidade, confiança e
percepção de imagem, que é avaliada sistematicamente perante os
cidadãos/usuários. Com base nessas informações são definidas
ações de melhoria, que são divulgadas aos cidadãos/usuários e
sociedade. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após comparação com outras organizações.

Pontuação Total
Escolha A resposta
mais adequada
Resposta
(somente uma para
cada pergunta)

Não existe critério de segmentação e definição dos usuários-alvo.

Os usuários estão segmentados, porém não são definidos os


usuários-alvo. sim

Os usuários são segmentados. São identificados os usuários-alvo,


sendo suas necessidades e expectativas identificadas e tratadas.
Os usuários são segmentados. São identificados os usuários-alvo,
sendo suas necessidades e expectativas identificadas e tratadas,
considerando os usuários atuais, potenciais e da concorrência (ou
seja, as organizações e planos da iniciativa privada).

Os usuários são segmentados. São identificados os usuários-alvo,


sendo suas necessidades e expectativas identificadas e tratadas,
considerando os usuários atuais, potenciais e da concorrência. Este
processo já foi refinado pelo menos uma vez.

Os usuários são segmentados. São identificados os usuários-alvo,


sendo suas necessidades e expectativas identificadas e tratadas,
considerando os usuários atuais, potenciais e da concorrência. Este
processo já foi refinado pelo menos uma vez. Além disso, esse
processo foi melhorado após a comparação com outra organização.

Não há processo sistematizado para formulação das estratégias. sim

A formulação das estratégias considera as principais mudanças ao


ambiente externo e a análise do ambiente interno.
As estratégias consideram as análises de ambiente externo e interno
e ainda as necessidades das principais partes interessadas. Há
envolvimento das principais áreas nesse processo.

As estratégias consideram as análises de ambiente externo e interno


assegurando a coerência entre as estratégias e as necessidades das
partes interessadas. Há envolvimento de todas as áreas nesse
processo.

As estratégias consideram as análises de ambiente externo e interno


assegurando a coerência entre as estratégias e as necessidades das
partes interessadas. Há envolvimento de todas as áreas nesse
processo. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez.

As estratégias consideram as análises de ambiente externo e interno


assegurando a coerência entre as estratégias e as necessidades das
partes interessadas. Há envolvimento de todas as áreas nesse
processo. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e foi
melhorado após a comparação com outra organização.

Não estão definidos os planos de ação alinhados às estratégias.

As estratégias estão desdobradas em planos de ação.


As estratégias estão desdobradas em planos de ação. Os recursos
necessários são alocados e há acompanhamento dos planos.
As estratégias estão desdobradas em planos de ação. Os recursos
necessários são alocados e há uma metodologia para
acompanhamento dos planos e monitoramento sistemático de sua
efetividade em relação ao alcance das metas.

As estratégias estão desdobradas em planos de ação. Os recursos


necessários são alocados e são acompanhados e monitorados
sistematicamente em relação ao alcance das metas. Este processo já sim
foi refinado pelo menos uma vez.
As estratégias estão desdobradas em planos de ação. Os recursos
necessários são alocados e são acompanhados e monitorados
sistematicamente em relação ao alcance das metas. Este processo já
foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a
comparação com outra organização.

A organização ainda não possui mecanismos para a melhoria e a


inovação.
As melhorias e as inovações acontecem na organização de forma
isolada e esporádica. sim

A organização possui mecanismos para estímulo a novas ideias.


Muitas das melhorias e inovações são decorrentes destes
mecanismos.
A organização possui mecanismos para estímulo a novas ideias,
disseminados por toda a organização. Há melhorias e inovações
oriundas de diversas áreas da organização.
Os mecanismos para estimular a inovação e melhoria estão
disseminados por toda organização, e já foram refinados ao menos
uma vez.

Os mecanismos para estimular a inovação e melhoria estão


disseminados por toda organização, já foram refinados ao menos
uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

A organização não possui métodos de comparação do seu


desempenho. sim

A organização compara seu desempenho com referenciais


pertinentes para algumas áreas e processos.
A organização compara seu desempenho com referenciais
pertinentes para as principais áreas e processos.
A organização analisa seu desempenho em relação aos referenciais
pertinentes, define metas e promove melhorias com base nessas
comparações.

A organização analisa seu desempenho em relação aos referenciais


pertinentes, define metas e promove melhorias com base nessas
comparações. Este processo já foi refinado ao menos uma vez.

A organização analisa seu desempenho em relação aos referenciais


pertinentes, define metas e promove melhorias com base nessas
comparações. Este processo já foi refinado ao menos uma vez e foi
melhorado após a comparação com outra organização.

Pontuação Total
Escolha A resposta
mais adequada
Resposta
(somente uma para
cada pergunta)

A organização ainda não possui um sistema de trabalho que


estimule a melhoria do desempenho das pessoas e das equipes. sim
O sistema de trabalho contribui para a melhoria do desempenho,
com critérios de seleção para contratação/concurso e métodos de
integração dos recém-contratados/concursados. O desempenho da
força de trabalho é avaliado sistematicamente.

O sistema de trabalho contribui para a melhoria do desempenho,


com critérios da seleção para contratação/concurso e métodos de
integração dos recém-contratados/concursados. O desempenho e a
satisfação da força de trabalho são avaliados sistematicamente.

O sistema de trabalho, incluindo a remuneração e os incentivos,


contribui para a melhoria do desempenho, com critérios da seleção
para contratação/concurso e métodos de integração dos recém-
contratados/concursados. O desempenho e a satisfação da força de
trabalho são avaliados sistematicamente.

O sistema de trabalho, incluindo a remuneração e os incentivos,


contribui para a melhoria do desempenho, com critérios da seleção
para contratação/concurso e métodos de integração dos recém-
contratados/concursados. O desempenho e a satisfação da força de
trabalho são avaliados sistematicamente. Este processo já foi
refinado pelo menos uma vez.

O sistema de trabalho, incluindo a remuneração e os incentivos,


contribui para a melhoria do desempenho, com critérios da seleção
para contratação/concurso e métodos de integração dos recém-
contratados/concursados. O desempenho e a satisfação da força de
trabalho são avaliados sistematicamente. Este processo já foi
refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação
com outra organização.

Não há mecanismos de identificação das necessidades de


capacitação das pessoas. sim

Há mecanismos para a identificação das necessidades de


capacitação das pessoas alinhados às estratégias da organização.
Existe programa de capacitação alinhado às estratégias da
organização e que considera as necessidades das pessoas.
Existe programa de capacitação alinhado às estratégias da
organização e ao incentivo da cultura de excelência, que considera
as necessidades das pessoas e o desenvolvimento de carreira. A
eficácia dos programas de capacitação é avaliada.

Existe programa de capacitação alinhado às estratégias da


organização e ao incentivo da cultura de excelência, que considera
as necessidades das pessoas e o desenvolvimento de carreira. A
eficácia dos programas de capacitação é avaliada. Este processo já
foi refinado pelo menos uma vez.

Existe programa de capacitação alinhado às estratégias da


organização e ao incentivo da cultura de excelência, que considera
as necessidades das pessoas e o desenvolvimento de carreira. A
eficácia dos programas de capacitação é avaliada. Este processo já
foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a
comparação com outra organização.

A organização não comunica as estratégias e planos.


As estratégias e planos são comunicadas de forma sistemática para
as pessoas da força de trabalho.

As estratégias e planos são comunicadas de forma sistemática para


as pessoas da força de trabalho e para algumas partes interessadas.

As estratégias e planos são comunicadas de forma sistemática para


as pessoas da força de trabalho e para as principais partes sim
interessadas.
As estratégias e planos são comunicadas de forma sistemática para
as pessoas da força de trabalho e para as principais partes
interessadas. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez.

As estratégias e planos são comunicadas de forma sistemática para


as pessoas da força de trabalho e para as principais partes
interessadas. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.

Os perigos e riscos relacionados à saúde ocupacional, segurança e


ergonomia ainda não são identificados em todas as áreas da sim
organização.

Os perigos e riscos relacionados à saúde ocupacional, segurança e


ergonomia são identificados e tratados sistematicamente. Os fatores
que afetam o bem-estar, a satisfação e a motivação também são
identificados e avaliados.

Os fatores que afetam a saúde ocupacional, o bem-estar, a


satisfação e a motivação são identificados e avaliados, gerando
ações para manter o clima organizacional favorável ao alto
desempenho.

Os fatores que afetam a saúde ocupacional, o bem-estar, a


satisfação e a motivação são identificados e avaliados, gerando
ações para manter o clima organizacional favorável ao alto
desempenho. Os serviços, benefícios, programas e políticas são
compatíveis com o mercado de atuação da organização.

Os fatores que afetam a saúde ocupacional, o bem-estar, a


satisfação e a motivação são identificados e avaliados, gerando
ações para manter o clima organizacional favorável ao alto
desempenho. Os serviços, benefícios, programas e políticas são
compatíveis com o mercado de atuação da organização. Este
processo já foi refinado pelo menos uma vez.

Os fatores que afetam a saúde ocupacional, o bem-estar, a


satisfação e a motivação são identificados e avaliados, gerando
ações para manter o clima organizacional favorável ao alto
desempenho. Os serviços, benefícios, programas e políticas são
compatíveis com o mercado de atuação da organização. Este
processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a
comparação com outra organização.

Pontuação Total
Escolha A resposta
mais adequada
Resposta
(somente uma para
cada pergunta)

Não existe metodologia de qualificação e seleção dos fornecedores. sim

Os fornecedores são qualificados e selecionados visando a melhoria


do seu desempenho, que é regularmente monitorado por
indicadores.
Os fornecedores, qualificados e selecionados, são avaliados por
indicadores e informados sobre o seu desempenho. Há canais de
relacionamento com os fornecedores.

A seleção e qualificação de fornecedores inclui requisitos


socioambientais. Os fornecedores são avaliados por indicadores e
informados sobre o seu desempenho. Há canais de relacionamento
com os fornecedores, que são envolvidos e comprometidos com os
princípios organizacionais.

A seleção e qualificação de fornecedores inclui requisitos


socioambientais. Os fornecedores são avaliados por indicadores e
informados sobre o seu desempenho. Há canais de relacionamento
com os fornecedores, que são envolvidos e comprometidos com os
princípios organizacionais. Este processo já foi refinado pelo menos
uma vez.

A seleção e qualificação de fornecedores inclui requisitos


socioambientais. Os fornecedores são avaliados por indicadores e
informados sobre o seu desempenho. Há canais de relacionamento
com os fornecedores, que são envolvidos e comprometidos com os
princípios organizacionais. Este processo já foi refinado pelo menos
uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

A organização não possui mecanismos de engajamento comunitário.

A organização possui mecanismos pontuais de engajamento


comunitário
O engajamento comunitário é realizado de forma sistemática em
vários pontos na organização e seus resultados são avaliados sim
ocasionalmente.
O engajamento comunitário é realizado de forma sistemática em
vários pontos na organização e seus resultados são avaliados
sistematicamente.
O engajamento comunitário é realizado de forma sistemática em
vários pontos na organização e seus resultados são avaliados
sistematicamente. Esse processo já foi refinado uma vez.

O engajamento comunitário é realizado de forma sistemática em


vários pontos na organização e seus resultados são avaliados
sistematicamente. Esse processo já foi refinado uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.
Não existem mecanismos para assegurar recursos financeiros para
atender às necessidades operacionais.
O processo orçamentário e a gestão dos recursos financeiros
asseguram o atendimento às necessidades operacionais.
O processo orçamentário e a gestão dos recursos financeiros
asseguram o atendimento às necessidades operacionais. Os
investimentos são avaliados com base nas estratégias e na sim
viabilidade econômico-financeira dos projetos.

O processo orçamentário e a gestão dos recursos financeiros


asseguram o atendimento às necessidades operacionais. Os
investimentos são avaliados com base nas estratégias e na
viabilidade econômico-financeira dos projetos. Os riscos financeiros
são identificados e tratados.

O processo orçamentário e a gestão dos recursos financeiros


asseguram o atendimento às necessidades operacionais. Os
investimentos são avaliados com base nas estratégias e na
viabilidade econômico-financeira dos projetos. Os riscos financeiros
são identificados e tratados. Este processo já foi refinado pelo
menos uma vez.

O processo orçamentário e a gestão dos recursos financeiros


asseguram o atendimento às necessidades operacionais. Os
investimentos são avaliados com base nas estratégias e na
viabilidade econômico-financeira dos projetos. Os riscos financeiros
são identificados e tratados. Este processo já foi refinado pelo
menos uma vez e melhorado após a comparação com outra
organização.

Não existem mecanismos estruturados para a identificação das


necessidades de informação.
Existem mecanismos para identificação das informações necessárias
para os principais níveis da organização.
Existem mecanismos para identificação das informações necessárias
para os principais níveis da organização, sendo essas disponibilizadas
para seus usuários.

Existem mecanismos para identificação das informações necessárias


para os principais níveis da organização, sendo essas disponibilizadas
para seus usuários. São garantidas a atualização, confidencialidade e
integridade das informações disponibilizadas.

Existem mecanismos para identificação das informações necessárias


para os principais níveis da organização, sendo essas disponibilizadas
para seus usuários. São garantidas a atualização, confidencialidade e sim
integridade das informações disponibilizadas. Este processo já foi
refinado pelo menos uma vez.

Existem mecanismos para identificação das informações necessárias


para os principais níveis da organização, sendo essas disponibilizadas
para seus usuários. São garantidas a atualização, confidencialidade e
integridade das informações disponibilizadas. Este processo já foi
refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com
outra organização.

Não existem mecanismos estruturados para a identificação de


fontes de informações comparativas (bechmarking/bench learning). sim
Existem mecanismos de identificação e métodos para coleta das
informações comparativas (bechmarking/bench learning).
Existem mecanismos de identificação e métodos para coleta das
informações comparativas, que são analisadas e adaptadas à
realidade da organização.

Existem mecanismos de identificação e métodos para coleta e


atualização das informações comparativas (bechmarking/bench
learning), que são analisadas e adaptadas à realidade da
organização.

Existem mecanismos de identificação e métodos para coleta e


atualização das informações comparativas (bechmarking/bench
learning), que são analisadas e adaptadas à realidade da
organização. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez.

Existem mecanismos de identificação e métodos para coleta e


atualização das informações comparativas (bechmarking/bench
learning), que são analisadas e adaptadas à realidade da
organização. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.
Os principais ativos intangíveis não estão identificados.
Os ativos intangíveis são identificados e desenvolvidos.
Os ativos intangíveis são identificados, desenvolvidos e protegidos. sim

Os ativos intangíveis são identificados, desenvolvidos, protegidos e a


organização compartilha o conhecimento relevante para a
agregação de valor para as partes interessadas. Há mecanismos para
a retenção de pessoas consideradas chave para o sucesso da
organização.

Os ativos intangíveis são identificados, desenvolvidos, protegidos e a


organização compartilha o conhecimento relevante para a
agregação para as partes interessadas. Há mecanismos para a
retenção de pessoas consideradas chave para o sucesso da
organização. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez.

Os ativos intangíveis são identificados, desenvolvidos, protegidos e a


organização compartilha o conhecimento relevante para a
agregação para as partes interessadas. Há mecanismos para a
retenção de pessoas consideradas chave para o sucesso da
organização. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.

Não existem mecanismos para assegurar recursos tecnológicos para


atender às necessidades operacionais.
A gestão dos recursos tecnológicos assegura o atendimento às
necessidades operacionais.

A gestão dos recursos tecnológicos assegura o atendimento às


necessidades operacionais. Os investimentos são avaliados com base sim
nas estratégias e na viabilidade econômico-financeira dos projetos.

A gestão dos recursos tecnológicos assegura o atendimento às


necessidades operacionais. Os investimentos são avaliados com base
nas estratégias e na viabilidade econômico-financeira dos projetos.
Os riscos financeiros são identificados e tratados.
A gestão dos recursos tecnológico assegura o atendimento às
necessidades operacionais. Os investimentos são avaliados com base
nas estratégias e na viabilidade econômico-financeira dos projetos.
Os riscos financeiros são identificados e tratados. Este processo já foi
refinado pelo menos uma vez.

A gestão dos recursos tecnológico assegura o atendimento às


necessidades operacionais. Os investimentos são avaliados com base
nas estratégias e na viabilidade econômico-financeira dos projetos.
Os riscos financeiros são identificados e tratados. Este processo já foi
refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com
outra organização.

Não existem mecanismos para assegurar recursos tecnológicos para


atender às necessidades operacionais.
A gestão dos recursos materiais assegura o atendimento às
necessidades operacionais.

A gestão dos recursos materiais assegura o atendimento às


necessidades operacionais. Os investimentos são avaliados com base sim
nas estratégias e na viabilidade econômico-financeira dos projetos.

A gestão dos recursos materiais assegura o atendimento às


necessidades operacionais. Os investimentos são avaliados com base
nas estratégias e na viabilidade econômico-financeira dos projetos.
Os riscos financeiros são identificados e tratados.

A gestão dos recursos materiais assegura o atendimento às


necessidades operacionais. Os investimentos são avaliados com base
nas estratégias e na viabilidade econômico-financeira dos projetos.
Os riscos financeiros são identificados e tratados. Este processo já foi
refinado pelo menos uma vez.

A gestão dos recursos materiais assegura o atendimento às


necessidades operacionais. Os investimentos são avaliados com base
nas estratégias e na viabilidade econômico-financeira dos projetos.
Os riscos financeiros são identificados e tratados. Este processo já foi
refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com
outra organização.

Pontuação Total
Escolha A resposta
mais adequada
Resposta
(somente uma para
cada pergunta)
A organização identifica os requisitos aplicáveis aos processos,
porém ainda não controla de forma sistemática. sim

Os processos são monitorados por indicadores de desempenho para


os requisitos identificados.
Os processos são monitorados por indicadores de desempenho para
os requisitos identificados. São implementadas ações corretivas para
tratamento das não conformidades identificadas.
Os processos são monitorados por indicadores, analisados e
melhorados, considerando melhores práticas de outras
organizações. São implementadas ações corretivas para tratamento
das não conformidades identificadas.

Os processos são monitorados por indicadores, analisados e


melhorados, considerando melhores práticas de outras
organizações. São implementadas ações corretivas para tratamento
das não conformidades identificadas. Este processo já foi refinado
pelo menos uma vez.

Os processos são monitorados por indicadores, analisados e


melhorados, considerando melhores práticas de outras
organizações. São implementadas ações corretivas para tratamento
das não conformidades identificadas. Este processo já foi refinado
pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra
organização.

A organização não avalia a satisfação dos usuários de forma


sistemática. sim

A organização avalia a satisfação dos usuários de forma sistemática.

A organização avalia a satisfação, insatisfação e fidelização dos


usuários, incluindo usuários da concorrência (ou seja, das
organizações e planos da iniciativa privada). Este processo é aplicado
para os diversos grupos de usuários.

A organização avalia a satisfação, insatisfação e fidelização dos


usuários, incluindo usuários da concorrência (ou seja, das
organizações e planos da iniciativa privada). Este processo é aplicado
para os diversos grupos de usuários, sendo essas informações
utilizadas para intensificar seu nível de satisfação.

A organização avalia a satisfação, insatisfação e fidelização dos


usuários, incluindo usuários da concorrência (ou seja, das
organizações e planos da iniciativa privada). Este processo é aplicado
para os diversos grupos de usuários, sendo essas informações
utilizadas para intensificar seu nível de satisfação. Este processo já
foi refinado pelo menos uma vez.

A organização avalia a satisfação, insatisfação e fidelização dos


usuários, incluindo usuários da concorrência (ou seja, das
organizações e planos da iniciativa privada). Este processo é aplicado
para os diversos grupos de usuários, sendo essas informações
utilizadas para intensificar seu nível de satisfação. Este processo já
foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação
com outra organização.

A organização não identifica os aspectos e impactos sociais e


ambientais causados por seus serviços, produtos, processos e
instalações.
A organização identifica os aspectos e impactos ambientais de sua
atuação. Há ações para minimização de consumo de recursos sim
renováveis e conservação de recursos não renováveis.
A organização identifica os aspectos e impactos ambientais e sociais
de sua atuação. Há ações para minimização de consumo de recursos
renováveis e conservação de recursos não renováveis. A força de
trabalho é conscientizada e envolvida nessas questões.

A organização identifica os aspectos e impactos ambientais e sociais


de sua atuação. Há ações para minimização de consumo de recursos
renováveis e conservação de recursos não renováveis. A força de
trabalho, parceiros e fornecedores são conscientizados e envolvidos
nessas questões.

A organização identifica os aspectos e impactos ambientais e sociais


de sua atuação. Há ações para minimização de consumo de recursos
renováveis e conservação de recursos não renováveis. A força de
trabalho, parceiros e fornecedores são conscientizados e envolvidos
nessas questões. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez.

A organização identifica os aspectos e impactos ambientais e sociais


de sua atuação. Há ações para minimização de consumo de recursos
renováveis e conservação de recursos não renováveis. A força de
trabalho, parceiros e fornecedores são conscientizados e envolvidos
nessas questões. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.

Não há esforços para o fortalecimento da sociedade e das


comunidades vizinhas ou eles ocorrem de forma esporádica.
A organização direciona esforços para executar ou apoias projetos
sociais.
A organização direciona esforços para executar ou apoias projetos
sociais, envolvendo os parceiros e força de trabalho na sua sim
implementação.

A organização direciona esforços para executar ou apoias projetos


sociais, selecionados por critérios definidos, envolvendo os parceiros
e força de trabalho na sua implementação. É avaliado o grau de
satisfação da sociedade ou comunidades vizinhas.

A organização direciona esforços para executar ou apoias projetos


sociais, selecionados por critérios definidos, envolvendo os parceiros
e força de trabalho na sua implementação. É avaliado o grau de
satisfação da sociedade ou comunidades vizinhas. Este processo já
foi refinado pelo menos uma vez.

A organização direciona esforços para executar ou apoias projetos


sociais, selecionados por critérios definidos, envolvendo os parceiros
e força de trabalho na sua implementação. É avaliado o grau de
satisfação da sociedade ou comunidades vizinhas. Este processo já
foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação
com outra organização.

A organização ainda não dispõe de canais estruturados de


comunicação com os cidadãos/usuários para receber reclamações,
sugestões ou solicitar informações.
Há canais e sistemática para recebimento e tratamento das
reclamações, sugestões dos cidadãos/usuários.
Há canais e sistemática para recebimento e tratamento das
reclamações, sugestões dos cidadãos/usuários, assegurando que sim
serão pronta e eficazmente atendidas ou solucionadas.

Há canais e sistemática para recebimento e tratamento das


reclamações, sugestões dos cidadãos/usuários, assegurando que
serão pronta e eficazmente atendidas ou solucionadas. Os canais de
comunicação com oscidadãos/usuários são apropriados para as
características do grupo ou segmentos de cidadãos/usuários.

As reclamações e sugestões recebidas pelos canais de


relacionamento são tratadas, assegurando que serão eficazmente
atendidas ou solucionadas. Os canais de comunicação com os
cidadãos/usuários são apropriados para as características dos grupos
ou segmentos de cidadãos/usuários. Este processo já foi refinado
pelo menos uma vez.

As reclamações e sugestões recebidas pelos canais de


relacionamento são tratadas, assegurando que serão eficazmente
atendidas ou solucionadas. Os canais de comunicação com os
cidadãos/usuários são apropriados para as características dos grupos
ou segmentos de cidadãos/usuários. Este processo já foi refinado
pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra
organização.

Pontuação Total

Nota dos Critérios

Liderança
100
cessos 50 Planejamento e Estratégia Nota
0

Recursos Pessoas
sim

Pontuação Observações

40
40

20
60

40
80

60
20

45

Pontuação Observações

20
20

80
20

26

Pontuação Observações
5

5
60

18.75
Pontuação Observações

40
40

80
5

40

40
40

40

36.25

Pontuação Observações

5
5

5
20

40
40

22
5

p 20

d 40

c 60

a 80

pdca 95
PACTO MUNICIPAL DE SAÚDE
Nível Estratégico
Cód. Cód. Situação
Estratégia Diretrizes Cód Objetivo Objetivo Cód. Indicador Indicadores Parâmetro Meta 2012 Meta 2013 Avaliação
Estratégia Diretrizes Inicial

IE1D101 - 1 Sem indicador 0 0 0 0 Sem problema

E1D1O1 Melhorar a qualidade de vida da população


florianopolitana, de forma equânime
Percentual de adultos (≥ 18 anos) que avaliaram
IE1D101 - 2 seu estado de saúde como ruim (Auto Avaliação 4.40% 4.40% 4.00% Com problema

do estado de saúde)

Prevalência de Atividade Física Suficiente no


IE1D1O2-1 Tempo Livre em adulto 41.40% 41.40% 41.60% Com problema

Atuar nos determinantes de saúde, reduzindo a


E1D1O2 ocorrência de agravos à saúde IE1D1O2-2 Prevalência de Tabagismo em Adultos 14.30% 15.00% 14.00% 13.80% Com problema

IE1D1O2-3
Proporção de crianças menores de 4 meses com 77.00% 76.00% 77.00% 77.00% Sem problema
aleitamento exclusivo

IE1D1O3-1 Prevalência de Diabetes Mellitus 6.00% 6.00% 5.90% Com problema

IE1D1O3-2 Prevalência de Hipertensão Arterial Sistêmica 18.70% 18.70% 18.50% Com problema

Reduzir a morbidade da população de Florianópolis, de IE1D1O3-3


A Gerência deve apoiar seus clientes para que os determinantes E1D1O3
forma equânime Prevalência de Obesidade 14.90% 14.90% 14.90% Sem problema

socioeconômicos, ambientais, demográficos, biológicos e


E1D1 comportamentais, as condições de saúde da população e as
iniquidades em saúde norteiem a criação e a distribuição dos
serviços Incidência de sífilis congênita* (Nascidos Vivos
IE1D1O3-4 8.00 8.00 7.00 Com problema
com VDRL positivo)

Taxa de incidência de AIDS em menores de 5 Reduzir


IE1D1O3-5 21.51 10% ao 8.00 6.00 Com problema
anos de idade* ano
Diminiuir as iniquidades e melhorar os
E1 resultados aos clientes, respeitando-o e
orientando-se as suas necessidades
IE1D1O4- 1 APVP por Causas Externas, por mil habitantes 20.99 20.99 20.00 Com problema

IE1D1O4- 2
APVP por Doenças do Aparelho Circulatório, por 7.67 7.60 7.00 Com problema
mil habitantes

IE1D1O4- 3 APVP por Neoplasias, por mil habitantes 10.29 10.29 10.29 Sem problema

E1D1O4 Reduzir os Anos Potenciais de Vidas Perdidos na


população de Florianópolis, de forma equânime Reduzir
IE1D1O4- 4 Taxa de mortalidade Infantil* 8.42 5% ao ano 8.42 8.35 Com problema

Taxa de mortalidade prematura (<70 anos) pelo


conjunto das quatro principais Doenças Crônicas
Reduzir
IE1D1O4- 5 Não Transmissíveis - DCNT (Doenças do aparelho 153.29 2% ao ano 150.22 147.21 Com problema

circulatório, câncer, diabetes e doenças


respiratórias crônicas)*

IE1D1O4- 6
Nº de óbitos maternos em determinado período 2.00 0.00 0.00 Com problema
e local de residência

IE1D201 - 1
Tempo de espera para agendamento de consulta 7.42 De 0 a 7 7.00 7.00 Com problema
na atenção primária anos

E1D2O1 Respeitar o direito do usuário do SUS IE1D201 - 2


Percentual de Especialidades com fila de espera 42.79% 42.79% 43.00% Com problema

Os serviços devem ser orientados para o cliente, focando-se, <30 dias meses para consulta especializada
E1D2 além das suas necessidades, a aceitabilidade e a satisfação para
com os mesmos Percentual de Exames com fila de espera < 30
IE1D201 - 3 54.17% 54.17% 57.00% Com problema
dias para sua realização

E1D2O2 Melhorar a satisfação do usuário do SUS IE1D2O2 -1 Média do Grau de satisfação do usuário % Com problema

O impacto benéfico da Gerência na sociedade, para além dos Proteger o meio ambiente por meio do gerenciamento de
E1D3 resultados com saúde, deve ser maximizado E1D3O1 resíduos de lixo produzidos pela SMS IE1D3O1-1 Sem indicador 0 0 0 Sem problema

E2D1
As relações da Gerência com outros entes da sociedade deve
E2D1O1
Promover a integração interinstitucional na execução de
IE2D101 - 1
Percentual de planos de atuação integrada % Com problema
ser aprimorada políticas de saúde construídos, sobre o total de parcerias levantadas

IE2D101 - 2
Percentual de Equipes de Atenção Básica 62.28% 62.28% Sem problema

E2
Desenvolver parcerias relevantas, inclusive contratualizadas no Programa de Saúde na Escola
com a comunidade

E2D2 As relações da Gerência com a comunidade deve ser fortalecida E2D2O1 Estimular a participação da Gerência, nas reuniões do
Conselho Municipal de Saúde
Percentual de Centros de Saúde com Conselhos
IE2D201 - 1 Locais de Saúde registrados no Conselho 80.00% 85.00% 85.00% 90.00% Com problema

Municipal de Saúde

Instituir um planejamento estratégico integrado entre Percentual de Unidades de Saúde que tem
O planejamento deve alinhar todos os seviços que compõem a
E3D1
Secretaria, primando pela melhor utilização de recursos da SMS
E3D1O1 todos os serviços que compõem a rede municipal de IE3D1O1-1 Programação de Saúde formalizada e pautada no 76.05% 100.00% 76.05% 90.00% Com problema

saúde da SMS Plano Municipal de Saúde

IE3D2O1-1
Percentual de faltas nos exames e nas consultas 16.19% 15.00% 25.00% 15.00% Com problema
da média e alta complexidade
PACTO MUNICIPAL DE SAÚDE
Nível Estratégico
Cód. Cód. Situação
Estratégia Diretrizes Cód Objetivo Objetivo Cód. Indicador Indicadores Parâmetro Meta 2012 Meta 2013 Avaliação
Estratégia Diretrizes Inicial

IE3D2O1-2
Participação da despesa com pessoal da despesa 63.36% 65.00% 68.00% Com problema
total com saúde

IE3D2O1-3
Participação da despesa com investimentos da 4.26% 5.00% 1.50% Com problema
despesa total com saúde

A utilização de recursos financeiros, técnológicos, materias e Utilizar os recursos financeiros na Secretaria de Saúde de IE3D2O1-4
E3D2
informacionais deve ser otimizada
E3D2O1
Florianópolis, de forma efetiva e eficiente Sem indicador 0 0 0 0 Sem problema

IE3D2O1-5 Endividamento Sem problema

IE3D2O1-6 Imobilização Sem problema

IE3D2O1-7 Liquidez corrente 1.01 1.00 1.50 Com problema

E3D3O1 Desenvolver serviços, alinhado a visão da Secretaria de IE3D3O1-1 Sem indicador - - - - Sem problema
Saúde de Florianópolis

Razão de exames citopatológicos do colo do


0,18 (até
IE3D3O2-1 útero em mulheres de 25 a 64 anos e maio)
0.75 0.50 0,55aa Com problema

a população feminina na mesma faixa etária*

IE3D3O2-2
Proporção nascidos vivos de mães com no 69.95% 65.00% 70.00% 70.00% Com problema
mínimo sete consultas de pré-natal*

IE3D3O2-3 Proporção de Partos Normais* 43.46% 45.90% 43.46% 45.90% Com problema

Percentual de realização das análises de


IE3D3O2-4 vigilância da qualidade da água, 309.17% 100.00% 309.17% 309.17% Sem problema

referente ao parâmetro coliformes totais*

Razão de procedimentos ambulatoriais


IE3D3O2-5 selecionados de média complexidade e % Com problema

população residente

Razão de procedimentos ambulatoriais de alta


IE3D3O2-6 complexidade selecionados e população % Com problema

residente

IE3D3O2-7
Razão de internações clínico-cirúrgicas de média % Com problema
complexidade e população residente

Percentual de Seguimento /Tratamento


IE3D3O2-8
informado de mulheres com diagnóstico de 57.63% 100.00% 80.00% 85.00% Com problema
lesões intraepiteliais de alto grau do colo do
útero*

IE3D3O2-9
Taxa de Internação Hospitalar de Pessoas Idosas 5.16 Reduzir 5.057 4.95 Com problema
por Fratura de Fêmur* 2% ao ano

IE3D3O2-10
Taxa de Internações por Acidente Vascular 4.95 4.70 4.61 Com problema
Cerebral (AVC)

IE3D3O2-11
Taxa de Internação por diabetes mellitus e suas 2.39 2.39 2.34 Com problema
complicações

IE3D3O2-12
Cobertura de primeira consulta odontológica 0,46
17.00% 6.00% 6.50%
Otimizar a utilização de recursos e programática (junho)
Com problema

maximizar o desempenho dos serviços


E3

IE3D3O2-13
Proporção de população cadastrada pela 76.33% 88.00% 80.00% 88.00% Com problema
Estratégia Saúde da Família

IE3D3O2-14
Média de exames solicitados por consulta médica 7.64% 2.00% 5.50% 4.00% Com problema
básica

IE3D3O2-15
Proporção de encaminhamentos para 0.86% 15.00% 15.00% 14.00% Com problema
atendimento especializado

IE3D3O2-16
Proporção de cura dos casos novos de 93.00% 95.00% 95.00% 95.00% Com problema
hanseníase*

IE3D3O2-17
Proporção de cura de casos novos de tuberculose 57.90% 75.00% 65.00% 70.00% Com problema
pulmonar bacilífera*

Devem ser desenvolvidos serviços públicos baseados nas E3D3O2 Adequar os cuidados e intervenções em saúde, baseando-
E3D3 os no conhecimento técnico-científico existente
melhores práticas, efetivos e eficientes
IE3D3O2-18 Cobertura vacinal com a vacina tetravalente* 89.28% 95.00% 89.28% 90.00% Com problema
Devem ser desenvolvidos serviços públicos baseados nas E3D3O2 PACTO
Adequar MUNICIPAL
os cuidados DE SAÚDE
e intervenções em saúde, baseando-
E3D3 os no conhecimento técnico-científico existente
melhores práticas, efetivos e eficientes Nível Estratégico
Cód. Cód. Situação
Estratégia Diretrizes Cód Objetivo Objetivo Cód. Indicador Indicadores Parâmetro Meta 2012 Meta 2013 Avaliação
Estratégia Diretrizes Inicial

IE3D3O2-19
Proporção de internações sensíveis à atenção % Com problema
básica (ISAB)

IE3D3O2-20
Proporção de exodontia em relação aos % Com problema
procedimentos*

IE3D3O2-21
Proporção de óbitos infantis e fetais 89.02% 100.00% 100.00% 100.00% Com problema
investigados*

Proporção de óbitos maternos e de mulheres em


IE3D3O2-22 idade fértil (MIF) por causas 97.30% 100.00% 100.00% 100.00% Com problema

presumíveis de morte materna investigados*

IE3D3O2-23
Proporção de registro de óbitos não fetais com 99.20% 90.00% 95.00% 95.00% Sem problema
causa básica definida*

Proporção de casos de doenças de notificação


IE3D3O2-24 compulsória (DNC) encerrados 93.20% 80.00% 90.00% 93.20% Sem problema

oportunamente após notificação*

IE3D3O2-25 Média de Escovação Dental Supervisionada* 0.41 8.00% - - Com problema

IE3D3O2-26
Cobertura populacional estimada pelas equipes 80.03 62.00 81.40 81.40 Com problema
básicas de saúde*

IE3D3O2-27
Cobertura populacional estimada pelas equipes 59.60% 60.00% 62.00% Com problema
básicas de saúde bucal*

Razão de exames de mamografia realizados em


IE3D3O2-28 mulheres de 50 a 69 e população da mesma faixa 16.00% 35.00% 38.00% 40.00% Com problema

etária*

IE3D3O2-29
Número médio anual de consultas médicas da 1.09 1.00 1.00 1.00 Sem problema
Saúde da Família por habitante ao ano

IE3D3O2-30
Proporção de equipes ESF com mais de 3000 56.00% 56.00% 60.00% Com problema
pessoas e 2500 em AIS

IE3D3O2-31
Proporção da população da área (IBGE) que % Com problema
utilizou o CS no último ano

IE3D3O2-32
Cobertura de acompanhamento do Programa 10.91 >73% 73.00 73.00 Com problema
Bolsa Família*

IE3D3O2-33
Cobertura de Centros de Atenção Psicossocial 0.95 0.77 0.93 0.90 Sem problema
(CAPS)*

IE3D3O2-34
Proporção de serviços hospitalares com contrato - - - - Sem problema
de metas firmado*

Realizar serviços em saúde efetivos, de forma a alcançar


E3D3O4 os resultados pretendidos na SMS IE3D3O4-1 Sem indicador 0 0 0 0 Sem problema

IE4D1O1-1
Percentual de equipes de saúde da família que se 59.29% 65.00% 70.00% Com problema
manteve completa durante 1 ano
Desenvolver, qualitativamente e quantitativamente, o
E4D1 Os trabalhadores da Gerência devem ser desenvolvidos E4D1O1 trabalhador da Secretaria Municipal de Saúde de
quantitativamente e qualitativamente Florianópolis
IE4D1O1-2
Percentual de Competências das lideranças da % Com problema
SMS Florianópolis Desenvolvidas

Promover o crescimento e
IE4D2O1-1
Proporção de equipes da Atenção Básica com 94.60% 100.00% 94.60% 95.00% Com problema
E4 desenvolvimento do Trabalhador da Termos de Compromisso assinados
Gerência
Modernizar a Gestão de Recursos Humanos na Secretaria
E4D2O1 de Saúde de Florianópolis, utilizando a gestão por
desempenho
Desempenho e satisfação do trabalhador da Gerência devem Proporção de equipes da AB participantes do
E4D2 ser ponderados de forma a se atingir o ponto ótimo nesta IE4D2O1-2 % Com problema

relação PMAQ com resultado “Bom e/ou Ótimo”

E4D2O2
Avaliar a satisfação dos Trabalhadores do SUS do Centro
IE4D2O2-1
Média do Grau de satisfação do Trabalhador do % Com problema
de Saúde SUS

Percentual de Unidades com divulgação da


A liderança deve alinhar a Gerência, por meio da comunicação missão, visão e valores da SMS
da Missão, Visão e Valores da Secretaria de Saúde de Divulgar a missão, visão e valores da Secretaria Municipal
E5D1 Florianópolis, mantendo sua coesão frente à instabilidade do E5D1O1 de Saúde de Florianópolis nas Unidades da SMS IE5D1O1-1 % Com problema

ambiente externo

Grau de excelência da SMS


IE5D2O1-1 % Com problema

E5D2 A liderança deve consolidar, como sistema de gestão, a Gestão E5D2O1 Consolidar a Gestão da Qualidade Total na SMS
da Qualidade Total

IE5D2O1-2 Sem indicador 0 0 0 0 Sem problema

Percentual de unidades premiadas por atingirem


E5D3 A liderança deve gerar a motivação dos trabalhadores E5D3O1 Gerar motivação e apoiar os trabalhadores da SMS IE5D3O1-1 os resultados pactuados. % Com problema
PACTO MUNICIPAL DE SAÚDE
Nível Estratégico
Cód. Cód. Situação
Estratégia Diretrizes Cód Objetivo Objetivo Cód. Indicador Indicadores Parâmetro Meta 2012 Meta 2013 Avaliação
Estratégia Diretrizes Inicial
Evolução percentual de recursos do Município no
IE5D4O1-1 último ano 2.41 3.41 3.41 3.41 Com problema

Evolução percentual de recursos do Estado no


E5 Desenvolver a Liderança da Gerência IE5D4O1-2 último ano -7.54% 15.00% 15.00% 15.00% Com problema

Evolução percentual de recursos do MS no último


IE5D4O1-3 ano 34.66% 25.37% 25.37% 25.37% Sem problema

Estabelecer dispositivos que assegurarem a co- Participação da receita própria aplicada em


E5D4 O líder deve partilhar responsabilidades E5D4O1 saúde conforme a EC 29/2000
responsabilização IE5D4O1-4 19.86% 21.00% 21.00% 23.00% Com problema

Despesa total com saúde, sob a responsabilidade


do município por habitante
IE5D4O1-5 471.03 494.00 529.00 Com problema

Participação das transferências para a Saúde em


relação à despesa total do Município com saúde
IE5D4O1-6 34.26% - 35.00% 35.00% Com problema

E5D5 O líder deve criar mecanismos para assegurar a ética E5D5O1 Criar mecananismos para assegurar a ética IE5D5O1-1 Sem indicador 0.00 0.00 0.00 0.00 Sem problema
PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS
DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, INFORMAÇÃO E CAPTAÇÃO DE RECURSOS
GERÊNCIA DE PLANOS, METAS E POLÍTICAS DE SAÚDE

Situação do DISTRITO SANITÁRIO


PACTO MUNICIPAL DE SAÚDE com Relação ao Pacto Municipal de Saúde e à
ECA

O Padrão pode influenciar positivamente no resultado Taxa de


do Indicador? (se sim=1; se não=0) mortalidad
e
IE1D101 - IE1D101 - IE1D1O2-1 IE1D1O2-2 IE1D1O2-3 IE1D1O3-1 IE1D1O3-2 IE1D1O3-3 IE1D1O3-4 IE1D1O3-5 IE1D1O4- 1 IE1D1O4- 2 IE1D1O4- 3 IE1D1O4- 4 IE1D1O4- prematura
1 2 (<70 anos)5 IE1D1O4- 6 IE1D201
1
- IE1D201 - IE1D201 - 3 IE1D2O2 -1 IE1D3O1-1 IE2D101 -
2 1
IE2D101 -
2
IE2D201 - IE3D1O1-1
1 IE3D2O1-1 IE3D2O1-2 IE3D2O1-3 IE3D2O1-4 IE3D2O1-5 IE3D2O1-6 IE3D2O1-7 IE3D3O1-1 IE3D3O2-1 IE3D3O2-2 IE3D3O2-3 IE3D3O2-4 IE3D3O2-5 IE3D3O2-6 IE3D3O2-7 Percentual
IE3D3O2-8 IE3D3O2-9 IE3D3O2-
10
IE3D3O2-
11
IE3D3O2-
12
IE3D3O2-
13
IE3D3O2-
14
IE3D3O2-
15
IE3D3O2-
16
IE3D3O2-
17
IE3D3O2-
18
IE3D3O2-
19
IE3D3O2-
20
IE3D3O2-
21
IE3D3O2-
22
cód ind
pelo Percentual Razão de Percentual de
Percentual conjunto Percentual de Participaçã exames de Razão de Seguiment Proporção
de adultos Prevalênci das quatro Percentual Percentual de Centros Unidades Percentual o % das citopatoló Razão de
realização procedime procedime o de óbitos
principais de Percentual Participaçã transferên gicos do Proporção Razão de /Tratamen Proporção maternos
(≥ 18 anos) a de Proporção Taxa de APVP por Doenças Nº de Tempo de Especialida Percentual de planos de Equipes de Saúde de Saúde de faltas Participaçã o da cias da colo do nascidos das ntos ntos internaçõe to Taxa de Taxa de Cobertura Proporção Média de
Taxa de Internação de Proporção
que óbitos espera de com que tem nos o da análises de ambulatori de de Proporção de cura de Cobertura Proporção Proporção Proporção e de
avaliaram Atividade Prevalênci de crianças Prevalênci Prevalênci incidência APVP por Doenças APVP por Crônicas maternos para des com de Exames Média do de atuação Atenção ConselhosProgramaç exames e despesa despesa União para útero em vivos de vigilância ais ambulatori s clínico- informado Internação Internaçõe por primeira população exames encaminha de cura casos vacinal de de de óbitos mulheres
Sem Física
seu estado Suficiente a de menores a de a de Prevalênci Incidência de AIDS Causas do Taxa de Não fila de com fila de integrada com a saúde mulheres mães com Proporção ais de alta cirúrgicas de Hospitalar s por consulta cadastrada solicitados mentos dos casos novos de internaçõe exodontia infantis e em idade
Tabagismo de 4 meses Hipertensã a de de sífilis em Externas, Aparelho Neoplasias mortalidad Transmissí em agendame espera > 6 espera > 6 Grau de Sem construído Básica Locais de ão de nas com investimen (SUS) no Endividam Imobilizaç
Liquidez Sem de 25 a 64 no mínimo de Partos da selecionad complexid de média mulheres de Pessoas Acidente diabetes por para com a s sensíveis em relação fértil (MIF)
indicador de saúde no Tempo em com Diabetes o Arterial Obesidade congênita* menores por mil Circulatóri , por mil e Infantil* veis - determina nto de meses meses satisfação indicador s, sobre o contratuali Saúde Saúde consultas pessoal da tos da total de ento ão corrente indicador anos e sete Normais* qualidade os de ade complexid com Idosas por Vascular mellitus e odontológi pela consulta atendimen novos de tuberculos vacina à atenção aos fetais por causas
como ruim Livre em Adultos aleitament Mellitus Sistêmica de 5 anos habitantes o, por mil habitantes DCNT do período consulta para para sua do usuário total de zadas no registrados
formalizad da média e despesa despesa transferên a consultas da água, média suas ca Estratégia médica hanseníase e tetravalent básica investigad presumívei
(Auto e local de na atenção Programa no ae alta total com referente complexid selecionad ade e diagnóstic Fratura de Cerebral complicaç programáti Saúde da to * pulmonar e* procedime os*
Avaliação adulto o exclusivo de idade* habitantes (Doenças residência primária consulta realização parcerias de Saúde Conselho pautada complexid saúde total com cias da população de pré- ao ade e os e população o de lesões Fêmur* (AVC) ões ca Família básica especializa bacilífera* (ISAB) ntos* s de morte
do estado do especializa levantadas na Escola Municipal no Plano ade saúde União para feminina natal* parâmetro população população residente intraepiteli do materna
aparelho da o na mesma residente ais de alto investigad
de saúde) circulatóri de Saúde Municipal Município faixa coliformes residente grau do os*
cód ECA de Saúde totais*
o, câncer, etária* colo do
diabetes e útero*
doenças
Missão, visão e valores estão consolidados e divulgados para todas as partes respiratóri
1.1
.
interessadas, já foram refinados pelo menos uma vez e melhorados após comparação as
.
com os de outras organizações. crônicas)*
.
0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1
.
Os indicadores estratégicos estão balanceados para atender as necessidades das diversas
.
partes interessadas (há indicadores de cidadãos/usuários, mercado, etc.) e estão
1.2 PADRÕES
desdobrados e alinhados aos níveis operacionais, DA AMAQ metas de curto e
sendo estabelecidas
longo prazo. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após
comparação com o de outras organizações
0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

O processo de análise do desempenho considera as diversas perspectivas e informações


1.2 comparativas e já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado a partir de comparação
com os processos de benckmarking/bench learning de outras organizações.
0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

A direção realiza reuniões sistemáticas com a equipe e considera as necessidades das


principais partes interessadas, implementa e acompanha as ações definidas. O sistema de
1.3
reuniões já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado pela comparação com outras
instituições.
0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Os diretores e chefias são avaliados e desenvolvidos periodicamente com base nas


habilidades e competências, que já foram refinadas, ao menos uma vez, para alinhamento
1.3
às mudanças organizacionais. Além disso, esse processo foi melhorado após a
comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

A organização possui um sistema, já refinado pelo menos uma vez, de prestação de


1.4 contas e avalia os principais riscos organziacionais e atua sobre eles de forma a minimizá-
los. Além disso, esse processo foi melhorado após a comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

A organização possui mecanismos já refinados pelo menos uma vez para assegurar a ética
nos relacionamentos interno e externo e estimular sua aplicação em toda a cadeia de
1.4
valor. Além disso, esses mecanismos já foram melhorados após a comparação com outra
organização.
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

A organização possui mecanismos para divulgar seus servicos, produtos e suas marcas,
garantindo credibilidade, confiança e percepção de imagem, que é avaliada
sistematicamente perante os cidadãos/usuários. Com base nessas informações são
1.4
definidas ações de melhoria, que são divulgadas aos cidadãos/usuários e sociedade. Este
processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após comparação com outras
organizações.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Os usuários são segmentados. São identificados os usuários-alvo, sendo suas


2.1 necessidades e expectativas identificadas e tratadas, considerando os usuários atuais,
potenciais e da concorrência. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez. Além
disso, esse processo foi melhorado após a comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

As estratégias consideram as análises de ambiente externo e interno assegurando a


coerência entre as estratégias e as necessidades das partes interessadas. Há
2.2 envolvimento de todas as áreas nesse processo. Este processo já foi refinado pelo menos
uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

As estratégias estão desdobradas em planos de ação. Os recursos necessários são


alocados e são acompanhados e monitorados sistematicamente em relação ao alcance
2.3
das metas. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a
comparação com outra organização.
0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Os mecanismos para estimular a inovação e melhoria estão disseminados por toda


2.4 organização, já foram refinados ao menos uma vez e foi melhorado após a comparação
com outra organização.
0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

A organização analisa seu desempenho em relação aos referenciais pertinentes, define


2.4 metas e promove melhorias com base nessas comparações. Este processo já foi refinado
ao menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

O sistema de trabalho, incluindo a remuneração e os incentivos, contribui para a melhoria


do desempenho, com critérios da seleção para contratação/concurso e métodos de
3.1 integração dos recém-contratados/concursados. O desempenho e a satisfação da força de
trabalho são avaliados sistematicamente. Este processo já foi refinado pelo menos uma
vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Existe programa de capacitação alinhado às estratégias da organização e ao incentivo da


3.2 cultura de excelência, que considera as necessidades das pessoas e o desenvolvimento de
carreira. A eficácia dos programas de capacitação é avaliada. Este processo já foi refinado
pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

As estratégias e planos são comunicadas de forma sistemática para as pessoas da força de


3.3 trabalho e para as principais partes interessadas. Este processo já foi refinado pelo menos
uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Os fatores que afetam a saúde ocupacional, o bem-estar, a satisfação e a motivação são


identificados e avaliados, gerando ações para manter o clima organizacional favorável ao
3.3 alto desempenho. Os serviços, benefícios, programas e políticas são compatíveis com o
mercado de atuação da organização. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1
A seleção e qualificação de fornecedores inclui requisitos socioambientais. Os
fornecedores são avaliados por indicadores e informados sobre o seu desempenho. Há
4.1 canais de relacionamento com os fornecedores, que são envolvidos e comprometidos
com os princípios organizacionais. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 0 0 0 0 1 0 0 0 0 0 0 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

O engajamento comunitário é realizado de forma sistemática em vários pontos na


4.2 organização e seus resultados são avaliados sistematicamente. Esse processo já foi
refinado uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

O processo orçamentário e a gestão dos recursos financeiros asseguram o atendimento às


necessidades operacionais. Os investimentos são avaliados com base nas estratégias e na
4.3 viabilidade econômico-financeira dos projetos. Os riscos financeiros são identificados e
tratados. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a
comparação com outra organização.

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 1 1 1 1 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

Existem mecanismos para identificação das informações necessárias para os principais


níveis da organização, sendo essas disponibilizadas para seus usuários. São garantidas a
4.4 atualização, confidencialidade e integridade das informações disponibilizadas. Este
processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra
organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Existem mecanismos de identificação e métodos para coleta e atualização das


informações comparativas (bechmarking/bench learning), que são analisadas e adaptadas
4.4 à realidade da organização. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Os ativos intangíveis são identificados, desenvolvidos, protegidos e a organização


compartilha o conhecimento relevante para a agregação para as partes interessadas. Há
4.4 mecanismos para a retenção de pessoas consideradas chave para o sucesso da
organização. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a
comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

A gestão dos recursos tecnológico assegura o atendimento às necessidades operacionais.


Os investimentos são avaliados com base nas estratégias e na viabilidade econômico-
4.5
financeira dos projetos. Os riscos financeiros são identificados e tratados. Este processo já
foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.
0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

A gestão dos recursos materiais assegura o atendimento às necessidades operacionais. Os


investimentos são avaliados com base nas estratégias e na viabilidade econômico-
4.6
financeira dos projetos. Os riscos financeiros são identificados e tratados. Este processo já
foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Os processos são monitorados por indicadores, analisados e melhorados, considerando


5.1 melhores práticas de outras organizações. São implementadas ações corretivas para
tratamento das não conformidades identificadas. Este processo já foi refinado pelo
menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

A organização avalia a satisfação, insatisfação e fidelização dos usuários, incluindo


usuários da concorrência (ou seja, das organizações e planos da iniciativa privada). Este
5.2 processo é aplicado para os diversos grupos de usuários, sendo essas informações
utilizadas para intensificar seu nível de satisfação. Este processo já foi refinado pelo
menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.
0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

A organização identifica os aspectos e impactos ambientais e sociais de sua atuação. Há


ações para minimização de consumo de recursos renováveis e conservação de recursos
5.2 não renováveis. A força de trabalho, parceiros e fornecedores são conscientizados e
envolvidos nessas questões. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

A organização direciona esforços para executar ou apoias projetos sociais, selecionados


por critérios definidos, envolvendo os parceiros e força de trabalho na sua
5.2 implementação. É avaliado o grau de satisfação da sociedade ou comunidades vizinhas.
Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com
outra organização.

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 1 0 1 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

As reclamações e sugestões recebidas pelos canais de relacionamento são tratadas,


assegurando que serão eficazmente atendidas ou solucionadas. Os canais de
5.3 comunicação com os cidadãos/usuários são apropriados para as características dos
grupos ou segmentos de cidadãos/usuários. Este processo já foi refinado pelo menos uma
vez e melhorado após a comparação com outra organização.

0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1
IE3D3O2- IE3D3O2- IE3D3O2- IE3D3O2- IE3D3O2- IE3D3O2- IE3D3O2- IE3D3O2- IE3D3O2- IE3D3O2- IE3D3O2- IE3D3O2- IE3D3O4-1 IE4D1O1-1 IE4D1O1-2 IE4D2O1-1 IE4D2O1-2 IE4D2O2-1 IE5D1O1-1 IE5D2O1-1 IE5D2O1-2 IE5D3O1-1 IE5D4O1-1 IE5D4O1-2 IE5D4O1-3 IE5D4O1-4 IE5D4O1-5 IE5D4O1-6 IE5D5O1-1
23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34
Proporção
de casos Razão de
de exames de Participaçã
doenças Cobertura mamografi Número Percentual Percentual Proporção Proporção Percentual Percentual Participaçã Despesa o das
de Cobertura médio Proporção Proporção Cobertura de de equipes de da
equipes Evolução
Proporção populacion populacion a anual de de equipes da Cobertura Proporção de equipes Competên AB Média do de de percentual Evolução Evolução o da total com transferên
de registro notificação Média de al al realizados consultas ESF com população de de Centros de serviços de saúde cias das da participant Grau de Unidades unidades de percentual percentual receita saúde, sob cias para a
de óbitos compulsóri Escovação estimada estimada em acompanh hospitalar da família lideranças Atenção com Grau de premiadas de própria a Saúde em
a (DNC) Dental pelas mulheres médicas mais de da área amento do de es com Sem que se Básica com es do satisfação divulgação excelência Sem por recursos recursos de aplicada responsabi relação à Sem
com causa encerrado Supervisio pelas equipes de 50 a 69 da Saúde 3000 (IBGE) que Programa Atenção contrato indicador manteve da SMS Termos de PMAQ do da missão, da SMS indicador atingirem do do Estado recursos em saúde lidade do despesa indicador
básica s nada* equipes básicas de e da Família pessoas e utilizou o Bolsa Psicossocia de metas completa Florianópo com
Compromi resultado Trabalhad visão e os Município no último do MS no conforme município total do
definida* básicas de por 2500 em CS no l (CAPS)* lis or do SUS no último último ano
oportuna saúde* saúde população habitante AIS último ano Família* firmado* durante 1 Desenvolvi sso “Bom e/ou valores da resultados ano ano a EC por Município
mente bucal* da mesma ao ano ano das assinados Ótimo” SMS pactuados. 29/2000 habitante com saúde
após faixa
notificação etária*
*

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 0 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0
1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1 1 1 0
PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS
DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, INFORMAÇÃO E CAPTAÇÃO DE RECURSOS
GERÊNCIA DE PLANOS, METAS E POLÍTICAS DE SAÚDE

PACTO MUNICIPAL DE SAÚDE


Situação do DISTRITO SANITÁRIO com Relação ao Pacto Municipal de Saúde e à
ECA

O Padrão pode influenciar positivamente no resultado


do Indicador? (se sim=1; se não=0) Taxa de
cód ind IE1D101 - 1 IE1D101 - 2 IE1D1O2-1 IE1D1O2-2 IE1D1O2-3 IE1D1O3-1 IE1D1O3-2 IE1D1O3-3 IE1D1O3-4 IE1D1O3-5 IE1D1O4- 1 IE1D1O4- 2 IE1D1O4- 3 IE1D1O4- 4 mortalidade
IE1D1O4- 5 IE1D1O4- 6 IE1D201 - 1 IE1D201 - 2 IE1D201 - 3 IE1D2O2 -1 IE1D3O1-1 IE2D101 - 1 IE2D101 - 2 IE2D201 - 1 IE3D1O1-1 IE3D2O1-1 IE3D2O1-2 IE3D2O1-3 IE3D2O1-4 IE3D2O1-5 IE3D2O1-6 IE3D2O1-7 IE3D3O1-1 IE3D3O2-1 IE3D3O2-2 IE3D3O2-3 IE3D3O2-4 IE3D3O2-5 IE3D3O2-6 IE3D3O2-7 IE3D3O2-8 IE3D3O2-9 IE3D3O2-10 IE3D3O2-11 IE3D3O2-12 IE3D3O2-13 IE3D3O2-14 IE3D3O2-15 IE3D3O2-16 IE3D3O2-17 IE3D3O2-18 IE3D3O2-19 IE3D3O2-20 IE3D3O2-21 IE3D3O2-22
prematura
(<70 anos) Razão de Percentual de
pelo conjunto Percentual de Participação Proporção de
Percentual de das quatro Percentual de Percentual de Unidades de % das exames Percentual de Razão de Razão de Seguimento / óbitos
adultos (≥ 18 Percentual de Centros de citopatológic realização das Razão de Tratamento
anos) que Prevalência Proporção de Taxa de APVP por principais Nº de óbitos Tempo de Percentual de Percentual de planos de Equipes de Saúde com Saúde que Percentual de Participação Participação transferência os do colo do Proporção análises de procediment procediment internações informado de Taxa de Taxa de Taxa de Proporção de Proporção de maternos e
avaliaram seu de Atividade crianças Prevalência incidência de APVP por Doenças do APVP por Doenças maternos em espera para Especialidade Exames com Média do atuação Atenção Conselhos tem faltas nos da despesa da despesa s da União útero em nascidos vigilância da os os clínico- mulheres Internação Internações Internação Cobertura de população Média de Proporção de Proporção de cura de casos Cobertura Proporção de Proporção de Proporção de de mulheres
Física Prevalência Prevalência de Incidência de Causas Taxa de Crônicas Não s com fila de Básica Programação com para a saúde vivos de mães Proporção de ambulatoriais ambulatoriais Hospitalar de primeira cadastrada exames encaminham cura dos internações exodontia em óbitos em idade
Sem indicador estado de Suficiente no de Tabagismo menores de 4 de Diabetes Hipertensão Prevalência sífilis AIDS em Externas, por Aparelho Neoplasias, mortalidade Transmissívei determinado agendamento espera > 6 fila de espera Grau de Sem indicador integrada contratualiza Locais de de Saúde exames e nas com pessoal investimento (SUS) no total Endividament Imobilização Liquidez Sem indicador mulheres de com no Partos qualidade da selecionados de alta cirúrgicas de com Pessoas por Acidente por diabetes consulta pela solicitados entos para casos novos novos de vacinal com a sensíveis à relação aos infantis e fértil (MIF)
saúde como meses com de Obesidade menores de 5 Circulatório, por mil período e de consulta > 6 meses satisfação do construídos, Saúde consultas da da despesa o corrente 25 a 64 anos água, média diagnóstico Vascular mellitus e tuberculose vacina
ruim (Auto Tempo Livre em Adultos aleitamento Mellitus Arterial congênita* anos de mil por mil habitantes Infantil* s - DCNT local de na atenção meses para para sua usuário sobre o total das no registrados formalizada e média e alta total com s da despesa de e mínimo sete Normais* referente ao de média complexidade complexidade de lesões Idosas por Cerebral suas odontológica Estratégia por consulta atendimento de pulmonar tetravalente* atenção procediment fetais por causas
Avaliação do em adulto exclusivo Sistêmica idade* habitantes habitantes (Doenças do residência primária consulta realização de parcerias Programa de no Conselho pautada no complexidade saúde total com transferência a população consultas de parâmetro complexidade selecionados e população intraepiteliais Fratura de (AVC) complicações programática Saúde da médica básica especializado hanseníase* bacilífera* básica (ISAB) os* investigados* presumíveis
aparelho especializada Saúde na Plano saúde s da União pré-natal* e população e população Fêmur* Família de morte
estado de circulatório, levantadas Escola Municipal de Municipal de para o feminina na coliformes residente residente residente de alto grau materna
saúde) Saúde mesma faixa totais* do colo do
câncer, Saúde Município etária* útero* investigados*
cód ECA diabetes e
doenças
respiratórias
crônicas)*
Missão, visão e valores estão consolidados e divulgados para todas as partes
1.1 interessadas, já foram refinados pelo menos uma vez e melhorados após comparação Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Razoável Razoável Razoável Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
com os de outras organizações.
.
.
Os indicadores estratégicos estão balanceados para atender as necessidades
. das diversas
partes interessadas (há indicadores de cidadãos/usuários, mercado, etc.) e estão
1.2 desdobrados e alinhados aos níveis operacionais, sendo estabelecidas metas de curto e Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Razoável Razoável Razoável Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
. prazo. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após
longo
comparação com o de outras organizações
.
PADRÕES DA AMAQ
O processo de análise do desempenho considera as diversas perspectivas e informações Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito
1.2 comparativas e já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado a partir de comparação Sem relação Razoável Razoável Razoável Sem relação Razoável Razoável Razoável Razoável Sem relação Razoável
com os processos de benckmarking/bench learning de outras organizações. Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave

A direção realiza reuniões sistemáticas com a equipe e considera as necessidades das


principais partes interessadas, implementa e acompanha as ações definidas. O sistema de
1.3 Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Razoável Razoável Razoável Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
reuniões já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado pela comparação com outras
instituições.

Os diretores e chefias são avaliados e desenvolvidos periodicamente com base nas


1.3 habilidades e competências, que já foram refinadas, ao menos uma vez, para alinhamento Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Razoável Razoável Razoável Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
às mudanças organizacionais. Além disso, esse processo foi melhorado após a
comparação com outra organização.

A organização possui um sistema, já refinado pelo menos uma vez, de prestação de


1.4 contas e avalia os principais riscos organziacionais e atua sobre eles de forma a minimizá- Sem relação Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Sem relação Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Ótima Ótima Ótima Moderada Sem relação Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada
los. Além disso, esse processo foi melhorado após a comparação com outra organização.

A organização possui mecanismos já refinados pelo menos uma vez para assegurar a ética
nos relacionamentos interno e externo e estimular sua aplicação em toda a cadeia de
1.4 valor. Além disso, esses mecanismos já foram melhorados após a comparação com outra
Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Grave Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação
organização.

A organização possui mecanismos para divulgar seus servicos, produtos e suas marcas,
garantindo credibilidade, confiança e percepção de imagem, que é avaliada
sistematicamente perante os cidadãos/usuários. Com base nessas informações são Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito
1.4 definidas ações de melhoria, que são divulgadas aos cidadãos/usuários e sociedade. Este
Sem relação
Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
Sem relação
Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave
Razoável Razoável Razoável
Grave
Sem relação
Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após comparação com outras
organizações.

Os usuários são segmentados. São identificados os usuários-alvo, sendo suas


necessidades e expectativas identificadas e tratadas, considerando os usuários atuais, Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito
2.1 potenciais e da concorrência. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez. Além
Sem relação
Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
Sem relação
Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave
Razoável Razoável Razoável
Grave
Sem relação
Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
disso, esse processo foi melhorado após a comparação com outra organização.

As estratégias consideram as análises de ambiente externo e interno assegurando a


2.2 coerência entre as estratégias e as necessidades das partes interessadas. Há Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Razoável Razoável Razoável
Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito
envolvimento de todas as áreas nesse processo. Este processo já foi refinado pelo menos Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

As estratégias estão desdobradas em planos de ação. Os recursos necessários são


alocados e são acompanhados e monitorados sistematicamente em relação ao alcance
2.3 Sem relação Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Sem relação Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Ótima Ótima Ótima Moderada Sem relação Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada
das metas. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a
comparação com outra organização.

Os mecanismos para estimular a inovação e melhoria estão disseminados por toda


Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito
2.4 organização, já foram refinados ao menos uma vez e foi melhorado após a comparação Sem relação
Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
Sem relação
Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave
Razoável Razoável Razoável
Grave
Sem relação
Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
com outra organização.

A organização analisa seu desempenho em relação aos referenciais pertinentes, define


2.4 metas e promove melhorias com base nessas comparações. Este processo já foi refinado Sem relação Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Razoável Razoável Razoável
Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
ao menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

O sistema de trabalho, incluindo a remuneração e os incentivos, contribui para a melhoria


do desempenho, com critérios da seleção para contratação/concurso e métodos de
3.1 integração dos recém-contratados/concursados. O desempenho e a satisfação da força de Sem relação Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Razoável Razoável Razoável
Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
trabalho são avaliados sistematicamente. Este processo já foi refinado pelo menos uma
vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

Existe programa de capacitação alinhado às estratégias da organização e ao incentivo da


3.2 cultura de excelência, que considera as necessidades das pessoas e o desenvolvimento de Sem relação Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Razoável Razoável Razoável
Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito
carreira. A eficácia dos programas de capacitação é avaliada. Este processo já foi refinado Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

As estratégias e planos são comunicadas de forma sistemática para as pessoas da força de


3.3 trabalho e para as principais partes interessadas. Este processo já foi refinado pelo menos Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Razoável Razoável Razoável Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

Os fatores que afetam a saúde ocupacional, o bem-estar, a satisfação e a motivação são


identificados e avaliados, gerando ações para manter o clima organizacional favorável ao
3.3 alto desempenho. Os serviços, benefícios, programas e políticas são compatíveis com o Sem relação Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Razoável Razoável Razoável
Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
mercado de atuação da organização. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.
A seleção e qualificação de fornecedores inclui requisitos socioambientais. Os
fornecedores são avaliados por indicadores e informados sobre o seu desempenho. Há
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito
4.1 canais de relacionamento com os fornecedores, que são envolvidos e comprometidos Sem relação
Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação
Grave
Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação
Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
Sem relação
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
com os princípios organizacionais. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.

O engajamento comunitário é realizado de forma sistemática em vários pontos na


4.2 organização e seus resultados são avaliados sistematicamente. Esse processo já foi Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Grave Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação
refinado uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

O processo orçamentário e a gestão dos recursos financeiros asseguram o atendimento às


necessidades operacionais. Os investimentos são avaliados com base nas estratégias e na
4.3 viabilidade econômico-financeira dos projetos. Os riscos financeiros são identificados e Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Grave Grave Razoável Razoável Razoável Grave Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação
tratados. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a
comparação com outra organização.

Existem mecanismos para identificação das informações necessárias para os principais


níveis da organização, sendo essas disponibilizadas para seus usuários. São garantidas a
4.4 atualização, confidencialidade e integridade das informações disponibilizadas. Este Sem relação Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Sem relação Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Ótima Ótima Ótima Moderada Sem relação Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada
processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra
organização.

Existem mecanismos de identificação e métodos para coleta e atualização das


informações comparativas (bechmarking/bench learning), que são analisadas e adaptadas Sem relação Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito
4.4 à realidade da organização. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
Sem relação
Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave
Razoável Razoável Razoável
Grave
Sem relação
Grave Grave Grave
Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
melhorado após a comparação com outra organização.

Os ativos intangíveis são identificados, desenvolvidos, protegidos e a organização


compartilha o conhecimento relevante para a agregação para as partes interessadas. Há
4.4 mecanismos para a retenção de pessoas consideradas chave para o sucesso da Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Razoável Razoável Razoável Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
organização. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a
comparação com outra organização.

A gestão dos recursos tecnológico assegura o atendimento às necessidades operacionais.


Os investimentos são avaliados com base nas estratégias e na viabilidade econômico-
4.5 Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Razoável Razoável Razoável Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
financeira dos projetos. Os riscos financeiros são identificados e tratados. Este processo já
foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

A gestão dos recursos materiais assegura o atendimento às necessidades operacionais. Os


investimentos são avaliados com base nas estratégias e na viabilidade econômico-
4.6 Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Razoável Razoável Razoável Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
financeira dos projetos. Os riscos financeiros são identificados e tratados. Este processo já
foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

Os processos são monitorados por indicadores, analisados e melhorados, considerando


5.1 melhores práticas de outras organizações. São implementadas ações corretivas para Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Razoável Razoável Razoável
Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito
tratamento das não conformidades identificadas. Este processo já foi refinado pelo Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

A organização avalia a satisfação, insatisfação e fidelização dos usuários, incluindo


usuários da concorrência (ou seja, das organizações e planos da iniciativa privada). Este
5.2 processo é aplicado para os diversos grupos de usuários, sendo essas informações Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Razoável Razoável Razoável
Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito
utilizadas para intensificar seu nível de satisfação. Este processo já foi refinado pelo Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

A organização identifica os aspectos e impactos ambientais e sociais de sua atuação. Há


ações para minimização de consumo de recursos renováveis e conservação de recursos
Muito
5.2 não renováveis. A força de trabalho, parceiros e fornecedores são conscientizados e Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação
Grave
envolvidos nessas questões. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.

A organização direciona esforços para executar ou apoias projetos sociais, selecionados


por critérios definidos, envolvendo os parceiros e força de trabalho na sua
5.2 implementação. É avaliado o grau de satisfação da sociedade ou comunidades vizinhas. Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Grave Sem relação Grave Sem relação Grave Grave Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação
Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com
outra organização.

As reclamações e sugestões recebidas pelos canais de relacionamento são tratadas,


assegurando que serão eficazmente atendidas ou solucionadas. Os canais de
5.3 comunicação com os cidadãos/usuários são apropriados para as características dos Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Razoável Razoável Razoável Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
grupos ou segmentos de cidadãos/usuários. Este processo já foi refinado pelo menos uma
vez e melhorado após a comparação com outra organização.
IE3D3O2-23 IE3D3O2-24 IE3D3O2-25 IE3D3O2-26 IE3D3O2-27 IE3D3O2-28 IE3D3O2-29 IE3D3O2-30 IE3D3O2-31 IE3D3O2-32 IE3D3O2-33 IE3D3O2-34 IE3D3O4-1 IE4D1O1-1 IE4D1O1-2 IE4D2O1-1 IE4D2O1-2 IE4D2O2-1 IE5D1O1-1 IE5D2O1-1 IE5D2O1-2 IE5D3O1-1 IE5D4O1-1 IE5D4O1-2 IE5D4O1-3 IE5D4O1-4 IE5D4O1-5 IE5D4O1-6 IE5D5O1-1

Proporção de Razão de Proporção de Participação


casos de Número Percentual de Percentual de
doenças de Cobertura Cobertura exames de médio anual Proporção de Proporção da Cobertura de Proporção de equipes de Competência Proporção de equipes da Percentual de Percentual de Participação Despesa total das
Proporção de notificação Média de populacional populacional mamografia de consultas equipes ESF população da acompanham Cobertura de serviços saúde da s das equipes da AB Média do Unidades unidades Evolução Evolução Evolução da receita com saúde, transferência
registro de Escovação realizados em Centros de Atenção participantes Grau de com Grau de percentual de percentual de percentual de própria sob a s para a
óbitos com compulsória Dental estimada estimada mulheres de médicas da com mais de área (IBGE) ento do Atenção hospitalares Sem indicador família que se lideranças da Básica com do PMAQ satisfação do divulgação da excelência da Sem indicador premiadas recursos do recursos do recursos do aplicada em responsabilid Saúde em Sem indicador
(DNC) pelas equipes pelas equipes Saúde da 3000 pessoas que utilizou o Programa com contrato manteve SMS por atingirem
causa básica encerrados Supervisionad básicas de básicas de 50 a 69 e Família por e 2500 em CS no último Bolsa Psicossocial de metas completa Florianópolis Termos de com Trabalhador missão, visão SMS os resultados Município no Estado no MS no último saúde ade do relação à
definida* oportunamen a* saúde* saúde bucal* população da habitante ao AIS ano Família* (CAPS)* firmado* durante 1 Desenvolvida Compromisso resultado do SUS e valores da pactuados. último ano último ano ano conforme a município por despesa total
mesma faixa assinados “Bom e/ou SMS EC 29/2000 habitante do Município
te após etária* ano ano s Ótimo” com saúde
notificação*

Razoável Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Razoável Razoável Sem relação Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Sem relação

Razoável Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Razoável Razoável Sem relação Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Sem relação

Razoável Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Razoável Razoável Sem relação
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Sem relação
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave

Razoável Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Razoável Razoável Sem relação Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Sem relação

Razoável Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Razoável Razoável Sem relação Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Sem relação

Ótima Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Ótima Ótima Sem relação Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Sem relação Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Sem relação

Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Grave Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação

Razoável Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Razoável Razoável Sem relação
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Sem relação
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave

Razoável Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Razoável Razoável Sem relação
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Sem relação
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave

Razoável Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Razoável Razoável Sem relação
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Sem relação
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave

Ótima Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Ótima Ótima Sem relação Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Sem relação Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Sem relação

Razoável Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Razoável Razoável Sem relação
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Sem relação
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave

Razoável Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Razoável Razoável Sem relação
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Sem relação
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave

Razoável Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Razoável Razoável Sem relação
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Sem relação
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave

Razoável Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Razoável Razoável Sem relação
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Sem relação
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave

Razoável Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Razoável Razoável Sem relação Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Sem relação

Razoável Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Razoável Razoável Sem relação
Muito Sem relação
Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Sem relação
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave
Razoável Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Razoável Razoável Sem relação
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave

Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação

Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Sem relação

Ótima Ótima Moderada Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Ótima Ótima Sem relação Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Moderada Sem relação Moderada Moderada Moderada Ótima Moderada Moderada Moderada Sem relação

Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação


Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Razoável Razoável Razoável Razoável Razoável Razoável
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave

Razoável Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Razoável Razoável Sem relação Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Sem relação

Razoável Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Razoável Razoável Sem relação Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Sem relação

Razoável Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Razoável Razoável Sem relação Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Sem relação

Razoável Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Razoável Razoável Sem relação
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Sem relação
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave

Razoável Razoável
Muito Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Razoável Razoável Sem relação
Muito Muito Muito Muito Muito Muito Muito Sem relação
Muito Muito Muito Razoável
Muito Muito Muito Sem relação
Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave

Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação

Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação Sem relação

Razoável Razoável Grave Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Razoável Razoável Sem relação Grave Grave Grave Grave Grave Grave Grave Sem relação Grave Grave Grave Razoável Grave Grave Grave Sem relação
PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS
DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, INFORMAÇÃO E CAPTAÇÃO DE RECURSOS
GERÊNCIA DE PLANOS, METAS E POLÍTICAS DE SAÚDE

Priorização dos Padrões


Nível Estratégico

Código Padrão Pecentual


Os usuários são segmentados. São identificados os usuários-alvo, sendo suas necessidades e expectativas identificadas
e tratadas, considerando os usuários atuais, potenciais e da concorrência. Este processo já foi refinado pelo menos
2.1 uma vez. Além disso, esse processo foi melhorado após a comparação com outra organização.

6.9%
Os mecanismos para estimular a inovação e melhoria estão disseminados por toda organização, já foram refinados ao
menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.
2.4

6.9%
As estratégias consideram as análises de ambiente externo e interno assegurando a coerência entre as estratégias e
as necessidades das partes interessadas. Há envolvimento de todas as áreas nesse processo. Este processo já foi
2.2 refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

6.2%
O sistema de trabalho, incluindo a remuneração e os incentivos, contribui para a melhoria do desempenho, com
critérios da seleção para contratação/concurso e métodos de integração dos recém-contratados/concursados. O
3.1 desempenho e a satisfação da força de trabalho são avaliados sistematicamente. Este processo já foi refinado pelo
menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.
6.2%
A organização avalia a satisfação, insatisfação e fidelização dos usuários, incluindo usuários da concorrência (ou seja,
das organizações e planos da iniciativa privada). Este processo é aplicado para os diversos grupos de usuários, sendo
essas informações utilizadas para intensificar seu nível de satisfação. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez
5.2 e melhorado após a comparação com outra organização.

5.5%
Os fatores que afetam a saúde ocupacional, o bem-estar, a satisfação e a motivação são identificados e avaliados,
gerando ações para manter o clima organizacional favorável ao alto desempenho. Os serviços, benefícios, programas e
3.3 políticas são compatíveis com o mercado de atuação da organização. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez
e melhorado após a comparação com outra organização.
5.4%
A organização possui mecanismos para divulgar seus servicos, produtos e suas marcas, garantindo credibilidade,
confiança e percepção de imagem, que é avaliada sistematicamente perante os cidadãos/usuários. Com base nessas
1.4 informações são definidas ações de melhoria, que são divulgadas aos cidadãos/usuários e sociedade. Este processo já
foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após comparação com outras organizações.
4.8%
Existe programa de capacitação alinhado às estratégias da organização e ao incentivo da cultura de excelência, que
3.2 considera as necessidades das pessoas e o desenvolvimento de carreira. A eficácia dos programas de capacitação é
avaliada. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra
organização. 4.8%
Os processos são monitorados por indicadores, analisados e melhorados, considerando melhores práticas de outras
organizações. São implementadas ações corretivas para tratamento das não conformidades identificadas. Este
processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.
5.1

4.8%
PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS
DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, INFORMAÇÃO E CAPTAÇÃO DE RECURSOS
GERÊNCIA DE PLANOS, METAS E POLÍTICAS DE SAÚDE

Tática de Melhoira e Levantamento de Ações para 2012 e 2013

Nível Estratégico
Cod do Padrão 2.1
Os usuários são segmentados. São identificados os usuários-alvo, sendo suas necessidades e expectativas identificadas e tratadas, considerando os usuários atuais, potenciais e da concorrência. Este processo já foi
refinado pelo menos uma vez. Além disso, esse processo foi melhorado após a comparação com outra organização.

Padrão a ser
melhorado:

Tática de
melhoria:
Avaliação B.A.S.I.C.O
Satisfação do Investimento Cidadão/ Ação
Benefício Abrangência Trabalhador Necessário Usuário Operacionalidade Total selecionada?

Ação: 0 não

Ação: 0 não

Ação: 0 sim

Ação: 0 sim

Ação: 0 sim

Cod do Padrão 2.4


Padrão a ser Os mecanismos para estimular a inovação e melhoria estão disseminados por toda organização, já foram refinados ao menos uma vez e foi melhorado após a
melhorado: comparação com outra organização.
Tática de
melhoria:
Avaliação B.A.S.I.C.O
Satisfação do Investimento Cidadão/ Ação
Benefício Abrangência Trabalhador Necessário Usuário Operacionalidade Total selecionada?
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Ação: 0 não
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Cod do Padrão 2.2
Padrão a ser As estratégias consideram as análises de ambiente externo e interno assegurando a coerência entre as estratégias e as necessidades das partes interessadas. Há
melhorado: envolvimento de todas as áreas nesse processo. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.
Tática de
melhoria:
Avaliação B.A.S.I.C.O
Satisfação do Investimento Cidadão/ Ação
Benefício Abrangência Trabalhador Necessário Usuário Operacionalidade Total selecionada?
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Ação: 0 não
Ação: 0 sim

Cod do Padrão 3.1


O sistema de trabalho, incluindo a remuneração e os incentivos, contribui para a melhoria do desempenho, com critérios da seleção para contratação/concurso e
Padrão a ser métodos de integração dos recém-contratados/concursados. O desempenho e a satisfação da força de trabalho são avaliados sistematicamente. Este processo já foi
melhorado: refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.
Tática de
melhoria:
Avaliação B.A.S.I.C.O
Satisfação do Investimento Cidadão/ Ação
Benefício Abrangência Trabalhador Necessário Usuário Operacionalidade Total selecionada?
Ação: 0 não
Ação: 0 não
Ação: 0 não
Ação: 0 não
Ação: 0 não
Cod do Padrão 5.2
A organização avalia a satisfação, insatisfação e fidelização dos usuários, incluindo usuários da concorrência (ou seja, das organizações e planos da iniciativa privada).
Padrão a ser Este processo é aplicado para os diversos grupos de usuários, sendo essas informações utilizadas para intensificar seu nível de satisfação. Este processo já foi refinado
melhorado: pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.
Tática de
melhoria:
Avaliação B.A.S.I.C.O
Satisfação do Investimento Cidadão/ Ação
Benefício Abrangência Trabalhador Necessário Usuário Operacionalidade Total selecionada?
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim

Cod do Padrão 3.3


Os fatores que afetam a saúde ocupacional, o bem-estar, a satisfação e a motivação são identificados e avaliados, gerando ações para manter o clima organizacional
Padrão a ser favorável ao alto desempenho. Os serviços, benefícios, programas e políticas são compatíveis com o mercado de atuação da organização. Este processo já foi refinado
melhorado: pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.
Tática de
melhoria:
Avaliação B.A.S.I.C.O
Satisfação do Investimento Cidadão/ Ação
Benefício Abrangência Trabalhador Necessário Usuário Operacionalidade Total selecionada?
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Cod do Padrão 1.4
A organização possui mecanismos para divulgar seus servicos, produtos e suas marcas, garantindo credibilidade, confiança e percepção de imagem, que é avaliada
Padrão a ser sistematicamente perante os cidadãos/usuários. Com base nessas informações são definidas ações de melhoria, que são divulgadas aos cidadãos/usuários e sociedade.
melhorado: Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após comparação com outras organizações.
Tática de
melhoria:
Avaliação B.A.S.I.C.O
Satisfação do Investimento Cidadão/ Ação
Benefício Abrangência Trabalhador Necessário Usuário Operacionalidade Total selecionada?
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Ação: 0 sim
Ação: 0 não

Cod do Padrão 3.2


Existe programa de capacitação alinhado às estratégias da organização e ao incentivo da cultura de excelência, que considera as necessidades das pessoas e o
Padrão a ser desenvolvimento de carreira. A eficácia dos programas de capacitação é avaliada. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a
melhorado: comparação com outra organização.
Tática de
melhoria:
Avaliação B.A.S.I.C.O
Satisfação do Investimento Cidadão/ Ação
Benefício Abrangência Trabalhador Necessário Usuário Operacionalidade Total selecionada?
Ação: 0 sim
Ação: 0 não
Ação: 0 não
Ação: 0 não
Ação: 0 não
Cod do Padrão 5.1
Padrão a ser Os processos são monitorados por indicadores, analisados e melhorados, considerando melhores práticas de outras organizações. São implementadas ações corretivas
melhorado: para tratamento das não conformidades identificadas. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.
Tática de
melhoria:
Avaliação B.A.S.I.C.O
Satisfação do Investimento Cidadão/ Ação
Benefício Abrangência Trabalhador Necessário Usuário Operacionalidade Total selecionada?
Ação: 0 não
Ação: 0 não
Ação: 0 não
Ação: 0 não
Ação: 0 não

Cod do Padrão
Padrão a ser
melhorado:
Tática de
melhoria:
Avaliação B.A.S.I.C.O
Satisfação do Investimento Cidadão/ Ação
Benefício Abrangência Trabalhador Necessário Usuário Operacionalidade Total selecionada?
Ação: 0 não
Ação: 0 não
Ação: 0 não
Ação: 0 não
Ação: 0 não
PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS
DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, INFORMAÇÃO E CAPTAÇÃO DE RECURSOS
GERÊNCIA DE PLANOS, METAS E POLÍTICAS DE SAÚDE

Matriz de Intervenção para 2012 e 2013 do:

NÍVEL ESTRATÉGICO
Cod do Padrão 1.1

Padrão a ser Os objetivos de sua Unidade de Trabalho, já alinhados com a missão, visão e valores da Secretaria, estão consolidados e divulgados para os clientes e trabalhadores e já foram
melhorado: refinados pelo menos uma vez e melhorados após comparação com os de outras Uni
Tática de
melhoria:
Recursos necessários para o Data de Mecanismo para avaliar o alcance do
desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início finalização resultado
Adequar os indicadores existentes. Computador. ASSFAR 9/1/2012 9/1/2012
Criar novos indicadores. Computador, acesso à internet. ASSFAR 9/1/2012 9/1/2012
Computador, acesso à internet,
Criar mecanismos para divulgação dos objetivos para papel, impressora, tinta,
clientes e trabalhadores. telefone, fax. ASSFAR 10/1/2012 12/1/2012
Monitorar a aplicabilidade dos indicadores. Computador, acesso à internet. ASSFAR 3/1/2013 12/1/2013 Reuniões periódicas de equipe
integração dos colaboradores
Agendar reuniões internas para difundir os valores, missão e focados nos valores, visão e
visão da Secretaria Agendamento Gerência; missão da Secretaria Ger.Contratos.Convênios 8/31/2012 9/30/2012 ata de reunião
manutenção da equipe embuída
Promover constante realinhamento dos objetivos da dos valores, misão e visão da
Unidade Agendamento Gerência; Secretaria Ger.Contratos.Convênios 9/30/2012 12/31/2012 ata reunião
Ajustar os objetivos do Pacto Municipal de Saúde. computador Objetivos ajustados Geplan 11/8/2012 11/14/2012 documento com objetivos ajustados
Metodologia de construção de
Adequar os indicadores aos objetivos do Pacto Municipal de inicadores, computador, Indicadores adequados aos pacto municipal com os indicadores
Saúde. internet objetivos Geplan 11/15/2012 11/21/2012 ajustados
metodologia de benchmarking e documento com metodologia de
Criar metodologia de benchmarking e bench learnig. computador + internet bench learnig criada Geplan 9/17/2012 10/5/2012 benchmarking e bench learnig.
situação atual dos indicadores do
Levantar a situação atual dos indicadores do Pacto Municipal Pacto Municipal de Saúde
de Saúde. computador + internet + pacto levantada Geplan 11/22/2012 12/12/2012 Pacto com a situação atual dos indicadores
parâmetros para os indicadores
Estabelecer parâmetros para os indicadores. computador + internet estabelecidos Geplan 11/22/2012 12/12/2012 Pacto com parâmetros para os indicadores
Ajustar os objetivos do Pacto Municipal de Saúde. Humanos e tecnológicos Adequar os indicadores. Ger.Regulação 8/1/2012 12/12/2013 Planilhas
Adequar os indicadores aos objetivos do Pacto Municipal de
Saúde. Humanos e tecnológicos Adequar os indicadores. Ger.Regulação 8/1/2012 12/12/2013 Planilhas

Criar metodologia para acompanhamento dos indicadores. Humanos e tecnológicos Acompanhar os indicadores Ger.Regulação 8/1/2012 12/12/2013 Planilhas
Levantar a situação atual dos indicadores do Pacto Municipal
de Saúde. Humanos e tecnológicos Acompanhar os indicadores Ger.Regulação 8/1/2012 12/12/2013 Planilhas
Estabelecer parâmetros para os indicadores que atendam à
necessidade da Gerência de Regulação. ...... Adequar os indicadores. Ger.Regulação 8/1/2012 12/12/2013 Planilhas
Organizar a comunicação, pelo Gerente, da missão, visão e Todos os servidores da GVE
valores da Secretaria nas reuniões quinzenais. Computador, RH, Data Show Ger.Vig.Epid. 18/07/12 15/08/12 Explanação e documento construído e
conhecem a missão, visão e os
valores da Secretaria. entregue a cada setor e registro em ata.
Cod do Padrão 1.3

Padrão a ser O Líder realiza reuniões sistemáticas com a equipe e considera as necessidades dos seus clientes e trabalhadores, implementa e acompanha as ações definidas. O sistema de reuniões
melhorado: já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado pela comparação com outras Un
Tática de
melhoria:
Recursos necessários para o Data de Mecanismo para avaliar o alcance do
desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início finalização resultado
Criar metodologia de avaliação de satisfação e levantamento
de expectativas dos clientes e trabalhadores do Distrito Avaliar satisfação dos clientes e
Ação: Sanitário Norte. Instrumentos de avaliação trabalhadores do DSN Distrito Norte 3/1/2012 12/1/2013 instrumentos preenchidos
Aplicar metodologia de avaliação de satisfação e
levantamento de expectativas dos clientes e trabalhadores Avaliar satisfação dos clientes e
Ação: do Distrito Sanitário Norte. Instrumentos de avaliação trabalhadores do DSN Distrito Norte 3/1/2012 12/1/2013 instrumentos preenchidos

Identificar necessidades e
expectativas, pontos fortes e
Aplicar metodologia para o acompanhamento das pontos fracos do processo de
Ação: necessidades dos clientes e trabalhadores Planilha de acompanhamento trabalho Distrito Norte 3/1/2012 12/1/2013 planilha compilada

Ajustar os processos de trabalho do Distrito Sanitário Norte, Aprimorar os processos de Ata de reunião e mudanças nos processos
Ação: considerando as necessidades dos clientes e trabalhadores Espaço para discussão trabalho Distrito Norte 3/1/2012 12/1/2013 de trabalho

Criar metodologia para a realização das reuniões do Distrito


Sanitário Norte: cronograma anual, pautas com temas pré- Cronograma anual e pauta das Melhorias nos processo de Ata e avaliação da reunião e lista de
definidos, ata, avaliação da reunião e indicador de presença reuniões trabalho Distrito Norte 1/1/2012 12/1/2013 presença
Realizar reuniões efetivas e
Criar metodologia da reunião da Geplan. computador + internet eficientes Geplan 8/16/2012 8/22/2012 Ata e Cronograma das reuniões
Criar a metologia para o acompanhamento das necessidades
dos clientes e trabalhadores, inclusive durante a elaboração Sistematizar o levantamento das Documento com levantamentos com
de projetos computador + internet necessidades Geplan 8/16/2012 8/22/2012 necessidades realizados

software para monitormento,


software para elaboração de
Aplicar metodologia para o o acompanhamento das questionários, computador e Acompanhamento adequado das Documentos de monitoramento da
necessidades dos clientes e trabalhadores. internet necessidades Geplan 8/23/2012 8/29/2012 aplicação da metodologia de necessidades

software para modelagem do


processo, metodologia para Processos ajustados a partir das Documento com os processos ajustados a
Ajustar os processos da Geplan, considerando as gestão de processos, necessidades dos clientes e partir das necessidades dos clientes e
necessidades dos clientes e trabalhadores. computador e internet trabalhadores Geplan 9/24/2012 10/12/2012 trabalhadores

computador + internet +
metodologia antiga+ lições
Ajustar a metodologia de reuniões, com base na avaliação e aprendidas+experiências Melhorar continuamente a
na comparação com outras experiências. exitosas levantadas metodologia de reuniões Geplan 12/7/2012 12/13/2012 Documento com a metodologia ajustada
Cod do Padrão 2.1

Padrão a ser Os clientes são segmentados. São identificados os clientes-alvo, sendo suas necessidades e expectativas identificadas e tratadas, considerando os clientes atuais, potenciais e da
melhorado: concorrência. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez. Além disso,
Tática de
melhoria:
Recursos necessários para o Data de Mecanismo para avaliar o alcance do
desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início finalização resultado

Segmentar os clientes do Distrito Sanitário Norte,


priorizando os Centros de Saúde que têm área de interesse Identificar as necessidades
social, população acima da média preconizada e micro áreas estabelecendo prioridades no
Ação: descobertas Planilha de segmentação processo de trabalho Distrito Norte 8/1/2012 12/1/2012 planilha preenchida
Identificar as necessidades
Criar instrumento de avaliação de pontos críticos estabelecendo prioridades no
Ação: identificados na avaliação da PMAQ Instrumento de avaliação processo de trabalho Distrito Norte 8/1/2012 10/1/2012 instrumento preenchido
Identificar as necessidades
Priorizar os principais pontos críticos identificados para a estabelecendo prioridades no
Ação: construção de um plano de ação Instrumento de avaliação processo de trabalho Distrito Norte 8/1/2012 10/1/2012 instrumento preenchido e ata de reunião
Identificar as necessidades
Elaborar plano de ação para melhoria dos pontos críticos estabelecendo prioridades no
Ação: identificados plano de ação processo de trabalho Distrito Norte 10/1/2012 1/1/2013 documento preenchido e ata de reunião
Identificar as necessidades
estabelecendo prioridades no
Monitorar a execução do plano de ação elaborado Cronograma de implantação processo de trabalho Distrito Norte 1/1/2013 12/1/2013 Checar cronograma de implantação
Computador,impressora, Possuir instrumento que facilte
Construir instrumento identificando a segmentação dos internet,xerox, telefone, fax, vizualizar as necessidades dos
clientes malote clientes Distrito Sul 8/30/2012 12/15/2013
Computador,impressora,
internet,xerox, telefone, fax,
Eloborar critérios de necessidades dos clientes malote, reuniões Padronizar os critérios Distrito Sul 12/16/2013
Computador,impressora, Atender as necessidades dos
internet,xerox, telefone, fax, clientes de acordo com a
Priorizar os clientes alvo malote, reuniões prioridade Distrito Sul 12/17/2013
Computador,impressora, Atender as necessidades dos
Fazer levantamento de ações para serem desenvolvidas com internet,xerox, telefone, fax, clientes, objetivando uma melhor
os clientes selecionados, visando atender suas necessidades malote, reuniões qualidade do serviço Distrito Sul 12/18/2013
Computador,impressora,
internet,xerox, telefone, fax, Garantir continuidade do
Monitorar a execução do plano de ação elaborado malote, reuniões processo. Distrito Sul 12/19/2013
Segmentar os clientes do DS, com base em nível de atenção, Relatório de segmentação a ser
número de equipes de saúde da família (para a AP), Pessoal, local para reunião, divulgado para o DS e seus Existência de relatório de segmentação
população adscrita e áreas de interesse social. dados das US clientes Distrito Continente 7/16/2012 8/1/2012 divulgado ao DS e seus clientes.

Metodologia de
Aplicar metodologia para o acompanhamento das Pessoal, relatório de acompanhamento das Uso corrente da metodologia de
necessidades dos clientes e trabalhadores. segmentação necessidades dos clientes em uso Distrito Continente 8/1/2012 9/1/2012 acompanhamento das necessidades.

Pessoal, metodologia de
acompanhamento de Implantação de Procedimentos
Ajustar os processos do DS, considerando as necessidades necessidades, relatório de Operacionais Padrão para os Ata mensal das reuniões de elaboração
dos clientes e trabalhadores. segmentação serviços ofertados pelo DS Distrito Continente 10/1/2012 10/1/2013 dos POPs

Consolidar tabela de
Realizar levantamento de procedimentos por especialidade Computador, impressora, carro, procedimentos por especialidade
por unidade de saúde. Infosaúde por Policlínica e UPA. Ger.Unidades 9/15/2012 12/15/2012
Uniformização de materiais e
Padronizar insumos utilizados por procedimento realizado Computador, impressora, assessoria na aquisição de
em manual institucional. Infosaúde, serviço de criação. insumos. Ger.Unidades 11/15/2012 1/15/2013

Institucionalização de insumos e
equipamentos médico
Criar instrumento oficial de padronização dos insumos e hospitalares por área de
equipamentos médico hospitalares. Computador, impressora antenção. Ger.Unidades 11/15/2012 12/15/2012
Criar instrumento oficial de avaliação e necessidades de Facilitar fluxo de necessidades
materiais utilizados e novos na rede. Computador, impressora das unidades de saúde Ger.Unidades 11/15/2012 12/15/2012
Realizar reunião mensal dos setores da Diretoria de
Regulação, Auditoria, Controle e Avaliação para avaliação e
monitoramento dos indicadores. Humanos e tecnológicos Realizar 12 reuniões. Ger.Regulação 8/1/2012 8/1/2013 Lista de presença e ata de reunião
Estudar a aplicação da segmentação para o setor saúde
Definir segmentos adequados para o entendimento das
necessidades em saúde e responsividade da população de
Florianópolis

Aplicar as bases da segmentação (Demográfica, Geográfica,


Psicográfica e Comportamental) para a identificação das
necessidades e expectativas dos usuários do sistema de
saúde
Desenvolver estudo para estabelecimento da carga de
doença do município e o acompanhamento de seus
componentes

Cod do Padrão 3.2

Padrão a ser Existe programa de capacitação alinhado aos objetivos da Unidade de Trabalho e ao incentivo da cultura de excelência, que considera as necessidades das pessoas e o
melhorado: desenvolvimento de carreira. A eficácia dos programas de capacitação é avaliada. Este proce
Tática de
melhoria:
Recursos necessários para o Data de Mecanismo para avaliar o alcance do
desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início finalização resultado

Criar comitê de Educação Permanente no Distrito Sanitário


Norte formalizando o processo: convite para representantes
de cada categoria profissional, cronograma de reuniões, Organizar o proceso de educação Implantação do comitê de educação
Ação: regimento, pauta e ata dos encontros. Apoio institucional permanente no DSN Distrito Norte 9/1/2012 10/1/2012 pemanente

Criar cronograma anual de Educação Permanente


fundamentado nas necessidades dos clientes e
trabalhadores e na realização de bench learning com outros Comitê de Educação Organizar o proceso de educação cronograma anual de Educação
Ação: Distritos permanente permanente no DSN Distrito Norte 11/1/2012 12/1/2012 Permanente
Identificar competências/talentos além das atribuições do Organizar o proceso de educação
Ação: cliente/trabalhador Apoio institucional permanente no DSN Distrito Norte 6/1/2012 12/1/2013 Relatório final por competências
Alocar diferentes talentos nos espaços de Educação Organizar o proceso de educação
Ação: Permanente Apoio institucional permanente no DSN Distrito Norte 6/1/2012 12/1/2013 Cronograma de Educação Permanente
Avaliar a implementação do rastreamento de talentos e Comitê de Educação Organizar o proceso de educação Cronograma de Edcação Permanente
a alocação nos espaços de Educação Permanente permanente permanente no DSN Distrito Norte 11/1/2012 12/1/2013 executado
Criar mecanismos para diagnosticar as necessidades de
capacitação. ASSFAR 10/1/2012 10/1/2012
Priorizar as necessidades de capacitação. ASSFAR 10/1/2012 10/1/2012

Computador, acesso à internet,


papel, impressora, tinta,
telefone, fax, gerentes de
Viabilizar a execução das capacitações priorizadas outros setores e/ou instituições. ASSFAR 3/1/2013 6/1/2013
Criar mecanismos para avaliação das capacitações realizadas ASSFAR 7/1/2013 12/1/2013

Definir as competências (conhecimentos críticos, habilidade


e atitudes) para as funções e lideranças da SMS Florianópolis
Realizar levantamento das competências descritas juntos
aos trabalhadores e líderes
Identificar talentos
Desenvolver um banco de talentos

Implantar o plano de educação permanente de acordo com


o levantamento sistematizado das necessidades individuais
Cod do Padrão 0

Padrão a ser Existem mecanismos para identificação das informações necessárias para os principaisserviços/produtos da Unidade de Trabalho, sendo essas disponibilizadas para seus clientes. São
melhorado: garantidas a atualização, confidencialidade e integridade das informações di
Tática de
melhoria:
Recursos necessários para o Data de Mecanismo para avaliar o alcance do
desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início finalização resultado
Identificar as informações necessárias a serem
disponibilizadas aos clientes/trabalhadores do Distrito Melhorias nos mecanismos de
Ação: Sanitário Norte lista de identificação informações Distrito Norte 3/1/2012 12/1/2013 lista de identificação
Sistematizar vias de informações utilizadas pelo Distrito
Sanitário Norte (telefone, emails, google docs, espaços Melhorias nos mecanismos de
Ação: individuais e de reunião) Mecanismos de comunicação informações Distrito Norte 3/1/2012 12/1/2013 vias de informações e atas de reuniões
Atualizar sistematicamente mecanismo de divulgação on-
line (google docs) com informações inerentes ao processo de Melhorias nos mecanismos de
Ação: trabalho. google docs informações Distrito Norte 4/1/2012 12/1/2013 atualizações no google docs
Criar Boletins Informativos relacionados a APS, Média
Ação: Complexidade, VE e Planejamento. Apoio institucional Compartilhar informações Distrito Norte 8/1/2012 12/1/2013 Boletins Informativos
Realizar Benchlearning com VE Norte e outros Distritos que
tenham mecanismos de divulgação e atualização das
informações Apoio institucional Compartilhar informações Distrito Norte 8/1/2012 12/1/2013 Cronograma de visitas
Levantar, através de instrumento, expectativas e
conhecimento dos usuários em relação às atividades dos Espaço na reunião mensal, data
Supervisores do Distrito show na Unidade. Levantamento realizado. Distrito Leste 9/1/2012 12/30/2012 Ata das reuniões, questionário aplicado.
Computador, questionário
aplicado, tempo na agenda de
Construir plano de trabalho dos supervisores trabalho. Plano Construído Distrito Leste 9/1/2012 12/30/2012 Plano de trabalho
Validação do plano de trabalho
Apresentar/Validar o plano de trabalho aos coordenadores dos Supervisores do Distrito
locais e usuários Data Show Sede. Distrito Leste 11/1/2012 12/30/2012 Ata das reuniões.
Monitorar/apresentar periodicamente o alcance das Avaliação do alcance das
atividades propostas nos planos de trabalho dos Espaço na agenda de trabalho, atividades propostas pelos Ata das reuniões de coordenadores,
supervisores distritais computador, data show supervisores. Distrito Leste 1/1/2013 12/30/2013 relatório de supervisão
Criar relatório de monitoramento e apoio para a Atenção Divulgação dos resultados do
Primária. Expediente, pessoal Apoio à AP Distrito Continente 10/1/2012 1/1/2013 Existência do relatório
Divulgação dos resultados do
Criar relatório de monitoramento e apoio para a Logística. Expediente, pessoal Apoio à Logística Distrito Continente 10/1/2012 1/1/2013 Existência do relatório
Criar relatório de monitoramento e apoio para a Vigilância Divulgação dos resultados de
Epidemiológica. Expediente, pessoal Apoio à VE Distrito Continente 10/1/2012 1/1/2013 Existência do relatório
Solicitar Recursos Humanos para o serviço de apoio à Média
Complexidade. Expediente Retomada do Apoio à MC Distrito Continente 7/16/2012 12/31/2013 Chegada do Apoiador
Cod do Padrão 4.4

Padrão a ser Os processos são monitorados por indicadores, analisados e melhorados, considerando melhores práticas de outras instituições. São implementadas ações corretivas para tratamento
melhorado: das não conformidades identificadas. Este processo já foi refinado pelo menos
Tática de
melhoria:
Recursos necessários para o Data de Mecanismo para avaliar o alcance do
desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início finalização resultado
normatizar os processos de
Realizar reuniões mensais para normatizar os processos de trabalho das supervisões de
Ação: trabalho das supervisões de básica, média e VE espaço para reuniões básica, média e VE Distrito Norte 4/1/2012 12/1/2013 Ata das reuniões

Elaborar documento normatizando os processos-chave com


indicadores de acompanhamento: 1) Exames preventivos
ginecológicos; 2) Mamografias; 3) Óbitos infantis; 4) normatizar os processos de
Acompanhamento de TB (percentual de casos de trabalho das supervisões de
Ação: abandonoXcasos novos) reuniões mensais básica, média e VE Distrito Norte 5/1/2012 9/1/2012 Documento elaborado
Avaliar mensalmente os indicadores constantes no
documento de acompanhamento da supervisão de básica, Documento com os indicadores
Ação: média e VE de acompanhamento Acompanhar os indicadores Distrito Norte 5/1/2012 12/1/2013 Documento elaborado
Discutir em reunião de Coordenadores o desempenho dos
Ação: indicadores acompanhados Reunião de Coordenadores Acompanhar os indicadores Distrito Norte 10/1/2012 12/1/2013 Ata das reuniões
Comparar com outros Distritos os processos de trabalho das
supervisões de básica, média e VE Reuniões de supervisores Compartilhar informações Distrito Norte 9/1/2012 12/1/2013 Ata das reuniões de supervisores

Computador,impressora, Definição dos indicadores que


internet,xerox, telefone, serão sistematizados e
Definir os indicadores a serem sistematizados reuniões, rh, indicadores do DSS acompanhados Distrito Sul 9/20/2012 12/15/2013

Organização dos indicadores


Computador,impressora, elencados, para um melhor
internet,xerox, telefone, acompanhamento e priorização
Construir instrumento de avaliação dos indicadores reuniões, rh,. de soluções Distrito Sul

Computador,impressora,
internet,xerox, telefone, maior sensibilização dos
Discutir em reunião de Coordenadores o desempenho dos reuniões, datashow, reuniões, coordenadores no alcance das
indicadores acompanhados rh metas dos indicadores Distrito Sul

Computador,impressora,
internet,xerox, telefone,
Avaliar resultado dos indicadores e comparar o resultado reuniões, datashow, reuniões, aprimorar o processo no alcance
dos indicadores com os outros Distritos Sanitários. rh, dados dos outros Dsitritos das metas Distrito Sul

Computador,impressora,
internet,xerox, telefone, Melhorar o resultado dos
reuniões, datashow, reuniões, indicadores, oferecer um serviço
Propor ações para melhorar o resultado dos indicadores rh, dados dos outros Dsitritos de qualidade e excelência. Distrito Sul
Check-list de indicadores atualizado
Criar mecanismos para monitorar os indicadores da ASSFAR. ASSFAR 10/1/2012 10/1/2012 periodicamente

Computador, acesso à internet,


papel, impressora, tinta,
Comparar os indicadores e seus resultados a outras telefone, fax, gerentes de
Instituições. outros setores e/ou instituições. ASSFAR 8/1/2013 12/1/2013

Criar medidas corretivas para as inconformidades detectadas. ASSFAR 8/1/2013 12/1/2013 ausência das inconformidade
Avaliar se as medidas corretivas foram eficazes. ASSFAR 11/1/2013 12/1/2013 ausência das inconformidade
Avaliação dos indicadores da
Avaliar os indicadores da GPE. Recursos humanos GPE. Ger.Programas.Estratégicos 8/1/2012 12/30/2013 Planiha dos indicadores da GPE.
Processos da GPE comparados Planilhas de comparação dos processos da
Comparar os processos da GPE com outras Unidades de com outras Unidades de GPE com outras Unidades de Trabalho
Trabalho e/ou organizações. Recursos humanos Trabalho e/ou organizações. Ger.Programas.Estratégicos 1/2/2013 12/30/2013 e/ou organizações.

Identificar todos os processos chave, de gestão e de suporte


da SMS e os indicadores que já são utilizados e monitorados
Definir quais são os processos prioritários que devem ser
conhecidos e monitorados com conhecimento amplo de
todos
Definir os melhores indicadores de desempenho para estes
processos
Padronizar os serviços

Promover meios de divulgação dos indicadores de


desempenho dos principais processos da SMS, entre os
diferentes setores para que se tenha um conhecimento mais
amplo sobre as ações desenvolvidas na instituição
Cod do Padrão 5.3

Padrão a ser As reclamações e sugestões recebidas pelos canais de relacionamento são tratadas, assegurando que serão eficazmente atendidas ou solucionadas. Os canais de comunicação com os
melhorado: clientes são apropriados para as características dos clientes. Este processo já
Tática de
melhoria:
Recursos necessários para o Data de Mecanismo para avaliar o alcance do
desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início finalização resultado

Implantar o processo de avaliação dos usuários relacionados


aos Atributos da Atenção Primária (PCATool) e ao processo
Ação: de avaliação da satisfação dos usuários (KURT) Apoio institucional Avaliar os atributos da APS e a sat Distrito Norte 7/1/2012 10/1/2012 Banco de dados
Avaliar os dados compilados resultantes dos processos de Banco de dados do Pcatool, Kurt
Ação: avaliação dos usuários e do relatório das Ouvidorias. e Setor de Ouvidoria Melhorias no atendimento Distrito Norte 11/1/2012 12/1/2013 Documento de avaliação
Criar canais de comunicação para que os clientes e
trabalhadores possam fazer sugestões, críticas e Melhorias nos processo de
Ação: reclamações referentes ao processo de trabalho. Apoio institucional trabalho Distrito Norte 9/1/2012 12/1/2012 Canais de comunicação implantados
Criar metodologia para recebimento e tratamento das Melhorias nos processo de
Ação: sugestões, críticas e reclamações feitas. Apoio institucional trabalho Distrito Norte 11/1/2012 12/1/2012 Instrumento e fluxo de avaliação
Realizar Benchmarking com outros Distritos em relação ao
processo de avaliação do usuário e aos canais de
comunicação Reuniões com outros Distritos Compartilhar informações Distrito Norte 1/1/2012 12/1/2013 Ata de reuniões
Computador,impressora,
internet,xerox, malote, telefone, Maior agilidade e compreensão
Definir os meios de comunicação mais efetivos fax, reuniões, rh no repasse das informações Distrito Sul 8/28/2012 9/4/2012
Computador, impressora,
Incentivar a comunicação imediata, quando necessária, internet, xerox,malote, telefone, Maior agilidade e compreensão
através dos meios de comunicação definidos. fax, rh no repasse das informações Distrito Sul

Ter informações refinadas por


Computador, impressora, temas, facilitando o
Receber as informações , refinar conforme o tema e dar internet, xerox,malote, telefone, encaminhamento ,
encaminhamento. fax, rh, papel entendimento e resolutibilidade. Distrito Sul
Obter instrumento de avaliação
Construir instrumento de avaliação da efetividade e eficácia Computador, impressora, da efetividade e eficácia dos
dos meios de comunicação definidos. internet, xerox, rh, papel, meios de comunicação. Distrito Sul
Trocas de experiências entre
Realizar troca de informações sobre o processo de computador, internet, Distritos, buscando
comunicação com outros Distritos Sanitários. telefone,datashow, reuniões, rh. aprimoramento do processo. Distrito Sul
Melhora do processo de trabalho Questionários, planilha de necessidades
do Distrito, priorizando as dos usuários, comparativo trimestral da
Avaliar os questionários aplicados nas Unidades Questionários respondidos necessidades do usuários Distrito Leste 11/1/2012 trimestral avaliação dos questionários
Implantação de métodos de
Criar canais de comunicação entre os clientes e o DS comunicação com resposta Presença de métodos de comunicação
buscando a sistematização do resultados das respostas. Tecnológicos mensurável Distrito Continente 9/1/2012 1/1/2013 com resposta mensurável
Adaptar os canais de comunicação existentes entre os Implantação de métodos de
clientes e o DS buscando a sistematização do resultados das comunicação com resposta Presença de métodos de comunicação
respostas. Tecnológicos mensurável Distrito Continente 9/1/2012 1/1/2013 com resposta mensurável
Melhora do tempo e qualidade
Criar indicadores da prontidão e adequação da resposta das Canais de comunicação resposta às demandas dos
demandas dos clientes. mensuráveis, tecnológicos clientes do DS. Distrito Continente 1/1/2013 7/1/2013 Relatórios trimestrais dos indicadores.

Tempo, conhecimento sobre Frequência de atualização da planilha


softwares de compartilhamento, Maior compromisso mútuo entre compartilhada; proporção de ações
Criar planilha virtual para acompanhamento multilateral da softwares gratuitos, correio Gerência e distritos com relação planejadas e cumpridas maior do que a
execução de ações compartilhadas entre gerência e distritos eletrônico, reuniões a ações compartilhadas. Ger.Atenção.Primária metade do total
Aplicação do instrumento de
Criar instrumento oficial para comunicação. Computador, impressora comunicação permanete Ger.Unidades 11/1/2012 12/1/2012
Estabelecer série histórica para
Criar fluxo de reclamações e sugestões interno entre a validação de problemas junto ao
gerência e os clientes. Computador, impressora Notivisa Ger.Unidades 11/1/2012 12/1/2012
Sistematizar a comunicação dos setores da GVE com os DS. Equipe e DS esclarecidos e
Sistematização definida, explanada em
utilizando o sistema de Ger.Vig.Epid. 01/08/12 19/09/12 reunião, aprovada em ata e oficializada
comunicação dos setores da GVE
com os DS. por CI aos DS.

Sistematizar a comunicação dos setores da GVE com os Equipe e Hospitais esclarecidos e


Hospitais com e sem Núcleo Epidemiológico. Sistematização definida, explanada em
utilizando o sistema de
Ger.Vig.Epid. 01/08/12 19/09/12 reunião, aprovada em ata e oficializada
comunicação dos setores da GVE
por Ofício aos Hospitais.
com os Hospitais.

Cod do Padrão 6.2

Existe programa de capacitação alinhado aos objetivos da Unidade de Trabalho e ao incentivo da cultura de excelência, que considera as necessidades das pessoas e o desenvolvimento de
Padrão a ser carreira. A eficácia dos programas de capacitação é avaliada. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outras Unidades de Trabalho e/ou
melhorado: organizações.
Tática de
melhoria:
Recursos necessários para o Data de Mecanismo para avaliar o alcance do
desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início finalização resultado
Formar Comissão de Educação
Constituir uma comissão de educação permanente entre o rh, telefone, computador, Permanente, integrando o
Ação: Distrito Sanitário Sul e os clientes . inetrnet. Distrito e Clientes Distrito Sul 9/11/2012 12/15/2013
rh, telefone, computador, Ter organizado, através de um
Elaborar um cronograma de temas, por categoria inetrnet. Impressora, papel, cronograma, temas à serem
profissional. agenda/calendário desenvolvidos. Distrito Sul
Interação entre as categorias
rh, telefone, computador, profissionais para troca de
Estimular a integração entre as categorias profissionais inetrnet. experiências e conhecimentos. Distrito Sul
Apoiar a Comissão de Educação Permanente para avaliação rh, telefone, computador, Fortalecimento da Comissão de
das ações desenvolvidas inetrnet. Educação Permanente Distrito Sul
Trocas de experiências entre
rh, telefone, computador, Distritos, buscando
Promover trocas de experiências entre os Distritos Sanitários. inetrnet. Datashow, reuniões aprimoramento do processo. Distrito Sul
Cod do Padrão 2.2

Padrão a ser Os objetivos consideram as análises de ambiente externo e interno assegurando a coerência entre as estratégias e as necessidades das partes interessadas. Há envolvimento de todas as
melhorado: áreas nesse processo. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra Unidade de Trabalho e/ou Instituição.
Tática de
melhoria:
Recursos necessários para o Data de Mecanismo para avaliar o alcance do
desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início finalização resultado
Computador,impressora, Possuir instrumento que
Criar instrumento para identificar as situações do ambiente internet,xerox, malote, telefone, identifique as situções de
Ação: interno e externo fax, reuniões, rh ambiente externo e interno Distrito Sul 12/15/2013
Computador,impressora,
internet,xerox, malote, telefone, Facilitar a atuação frente as
Elencar estratégias frente às necessidades identificadas fax, reuniões, rh necessidades Distrito Sul 12/16/2013

Ter conhecimento das


Computador,impressora, necessidades externas e fazer
Avaliar as necessidades nas reuniões de coordenadores internet,xerox, malote, telefone, feedback com coordenadores
semestralmente fax, datashow reuniões, rh sobre suas necessidades Distrito Sul 12/17/2013
Computador,impressora,
internet,xerox, malote, telefone, Poder atender as necessidades
Priorizar as necessidades a serem desenvolvidas fax, reuniões, rh em ordem de prioridade Distrito Sul 12/18/2013

Corresponder as espectativas dos


Computador,impressora, coordenadores e do próprio
internet,xerox, malote, telefone, Distrito em relação as
Realizar encaminhamento das nesessidades priorizadas fax, reuniões, rh necessidades levantadas. Distrito Sul 12/19/2013
Realizar cronograma de reuniões ordinárias para Organização das necessidades
levantamento de necessidades, informes etc Computador, impressora ordinariamente. Ger.Unidades 9/1/2012 9/30/2012
Realizar visitas às unidades periodicamente com Supervisionar necessidades e
instrumento de supervisão Computador, impressora, carro. implementações. Ger.Unidades 10/1/2012 12/31/2012
Criar metodologia de análise e acompanhamento do Metodologia criada de análise e Documento Metodologia criada de análise
ambiente externo e interno complementar a ECA e acompanhamento do ambiente e acompanhamento do ambiente interno
considerando a maturidade em planejamento computador + internet interno e externo Geplan 8/16/2012 9/5/2012 e externo

Documentos com a análise e


acompanhamento do ambiente externo e
Aplicar metodologia de análise e acompanhamento do Ter a análise e acompanhamento interno, conforme cronograma previsto na
ambiente externo e interno, como piloto, na GEPLAN. computador + internet do ambiente externo e interno Geplan 9/6/2012 12/30/2013 metodologia
Criar o Programa Planejando para a Excelência, levando em
conta o ambiente externo e interno e das necessidades das Programa Criado para nortear a Documento descrevendo o Programa
partes interessadas. computador + internet Secretaria rumo a excelência Geplan 9/6/2012 11/7/2012 Planejando para Excelência
software para gestão e projetos
e processo, sistema de Instrumento de avaliação dos passos para
Executar projetos e processos previstos pelo programa. monitoramento e avaliação Avançar rumo à excelência Geplan 11/8/2012 12/30/2013 excelência da EFQM
Ajustar a metodologia de análise do ambiente externo e computador + internet + Melhorar continuamente a
interno, com base na avaliação e na comparação com outras metodologia anterior + lições metodologia de análise do Documento com a metodologia de análise
experiências. aprendidas ambiente externo e interno Geplan 12/3/2012 12/7/2012 do ambiente externo e interno ajustada
Treinar trimestral os profissionais das Unidades de Saúde e Realizar 4 reuniões no período de
prestadores privados. Humanos e tecnológicos 1 ano. Ger.Regulação 8/1/2012 8/1/2012 Lista de presença

Atualizar e encaminhar uma vez


por semana os relatórios e, Número de manuais e ralatórios
Enviar, por e-mail mensal, manuais e relatórios atualizados quando necessário, manuais aos atualizados x número de prestadores e
dos prestadores disponíveis no SISREG. Humanos e tecnológicos clientes e prestadores Ger.Regulação 8/1/2012 8/1/2013 clientes
Atender diariamente toda
Atender virtualmente e diariamente os clientes para sanar demanda de dúvidas por correio Número de e-mails recebidos x número de
dúvidas (e-mail da regulação) Humanos e tecnológicos eletrônico. Ger.Regulação 8/1/2012 8/1/2013 e-mails respondidos
Definir os objetivos gerais da GVE e de cada setor da GVE. Orientar e sistematizar o Objetivos gerais definidos, explanados em
Computador, RH Ger.Vig.Epid. 15/08/12 15/11/12
processo de trabalho. reunião e aprovados em ata.
Realizar análise SWOT da SMS (ambiente externo e interno),
maximizando as oportunidades, minimizando as ameaças do
ambiente externo e mantendo o alinhamento da instituição
à sua visão

Realizar levantamento de organizações que realizam a


análise ambiental, para desenvolvimento do seu
planejamento
Incluir essa análise na metodologia da PAS 2013 do nível
estratégico da SMS

Cod do Padrão 4.4

Padrão a ser Existem mecanismos de identificação e métodos para coleta e atualização das informações comparativas (bechmarking/bench learning), que são analisadas e adaptadas à realidade da
melhorado: Unidade de Trabalho. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outras Unidades de Trabalho e/ou organizaçõs.
Tática de
melhoria:
Recursos necessários para o Data de Mecanismo para avaliar o alcance do
desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início finalização resultado
Computador,impressora, Selecionar quais informações o
internet,xerox, malote, telefone, Distrito acha pertinente para
Ação: Identificar as informações a serem comparadas fax, reuniões, rh desenvolvimento desta ação Distrito Sul 12/15/2013
Computador,impressora,
Elencar quais sisitemas de informações serão utilizados para internet,xerox, malote, telefone, Definir de onde serão retirados
a coleta de dados das informações fax, reuniões, rh os dados Distrito Sul 12/16/2013
Computador,impressora,
internet,xerox, malote, telefone, Fazer análise das informações
Criar instrumento de avaliação das informações fax, reuniões, rh levantadas Distrito Sul 12/17/2013

Avaliar se os dados do Distrito


correspondem com os dados de
Computador,impressora, cada Unidade; levantar se existe
Realizar comparação entre os dados do Distrito Sanitário Sul internet,xerox, malote, telefone, fidedignidade e fragilidades do
e os Centros de Saúde fax, reuniões, rh sistema Distrito Sul 12/18/2013

Computador,impressora,
Levar dados comparados para discussão em reunião de internet,xerox, malote, telefone, Aprimorar informações entre
coordenadores fax, datashow reuniões, rh Distrito e Centros de Saúde Distrito Sul 12/19/2013
PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS
DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, INFORMAÇÃO E CAPTAÇÃO DE RECURSOS
GERÊNCIA DE PLANOS, METAS E POLÍTICAS DE SAÚDE

Matriz de Intervenção para 2012 e 2013 do:


NÍVEL ESTRATÉGICO

Cod do Padrão
2.1

Os usuários são segmentados. São identificados os usuários-alvo, sendo suas necessidades e expectativas identificadas e tratadas, considerando os usuários atuais, potenciais e da
Padrão a ser
melhorado: concorrência. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez. Além disso, esse processo foi melhorado após a comparação com outra organização.

Tática de
melhoria: A Diretoria/Assessoria de xxxxxxxxxxxxxx irá realizar a seguimentação dos usuários, por meio do Programa/Projeto xxxxxxxxxxxxxx, alocando o montante de R$ 0,00.

Recursos necessários para o Mecanismo para avaliar o alcance do


desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização resultado

Documento com Referências


Levantamento de referências Bibliográficas da aplicação da
computador + bibliográficas da aplicação da segmentaçao para o setor
Estudar a aplicação da segmentação para o setor saúde internet segmentaçao para o setor saúde 8/20/2012 9/30/2012 saúde
Definir segmentos adequados para o entendimento das necessidades em computador + Documento com os usuários
saúde e responsividade da população de Florianópolis internet Usuários segmentados 10/1/2012 11/30/2012 segmentados

Documento com a
sistematização das
Aplicar as bases da segmentação (Demográfica, Geográfica, Psicográfica e Identificação das necessidades e necessidades e expectativas
Comportamental) para a identificação das necessidades e expectativas dos computador + expectativas dos usuários do dos usuários do sistema de
usuários do sistema de saúde internet sistema de saúde 12/1/2012 4/1/2013 saúde
Desenvolver estudo para estabelecimento da carga de doença do município e Estudo da Carga de doença
o acompanhamento de seus componentes R$ 300,000.00 Estudo Realizado 2/3/2013 12/31/2013 de Florianópolis

Computador, Consolidar tabela de


Realizar levantamento de procedimentos por especialidade por unidade de impressora, carro, procedimentos por especialidade
saúde. Infosaúde por Policlínica e UPA. Ger.Unidades 9/15/2012 12/15/2012

Computador,
impressora, Uniformização de materiais e
Padronizar insumos utilizados por procedimento realizado em manual Infosaúde, serviço de assessoria na aquisição de
institucional. criação. insumos. Ger.Unidades 11/15/2012 1/15/2013

Institucionalização de insumos e
equipamentos médico
Criar instrumento oficial de padronização dos insumos e equipamentos Computador, hospitalares por área de
médico hospitalares. impressora antenção. Ger.Unidades 11/15/2012 12/15/2012
Criar instrumento oficial de avaliação e necessidades de materiais utilizados e Computador, Facilitar fluxo de necessidades
novos na rede. impressora das unidades de saúde Ger.Unidades 11/15/2012 12/15/2012
Realizar reunião mensal dos setores dA Diretoria/Assessoria de Regulação,
Auditoria, Controle e Avaliação para avaliação e monitoramento dos Humanos e Lista de presença e ata de
indicadores. tecnológicos Realizar 12 reuniões. Ger.Regulação 8/1/2012 8/1/2013 reunião
Cod do Padr 2.4
Os mecanismos para estimular a inovação e melhoria estão disseminados por toda organização, já foram refinados ao menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra
organização.
A Diretoria/Assessoria de xxxxxxxxxxxxxx criará mecanismos para estimular a inovação e melhoria, disseminando-os por toda a Secretaria de Saúde de Florianópolis, por meio do
Programa/Projeto xxxxxxxxxxxxxx, alocando o montante de R$ 0,00.
Recursos necessários
para o
desenvolvimento da Mecanismo para avaliar o
ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização alcance do resultado
Portaria que cria o Núcleo de
Inovação e Aprendizado
Criar o Núcleo de Inovação e Aprendizado Organizacional computador + papel Núcleo Criado 8/15/2012 10/30/2012 Organizacional

Atribuir ao Núcleo de Inovação e Aprendizado Organizacional a tarefa de


pesquisa de instituições com conhecimentos para melhoria de processos de Portaria que cria o Núcleo de
determinadA Diretoria/Assessoria e levamento da informação a mesma, Núcleo Criado, atribuido a tarefa Inovação e Aprendizado
melhorando o desempenho global da SMS computador + papel de pesquisar outras instituições 8/15/2012 10/30/2012 Organizacional
Documento com a
computador + metodologia de benchmarking metodologia de
Estabelecer uma metodologia formal para realização de benchmarking internet criada 11/1/2012 11/30/2012 benchmarking criada
emails divulgando a
computador + metodologia de benchmarking metodologia de
Divulgar para toda a instituição essa metodologia internet divulgada 12/1/2012 12/31/2012 benchmarking criada
emails com as práticas
Identificar e disseminar práticas inovadoras R$ 500,000.00 12/1/2012 12/31/2013 inovadoras
Realizar reuniões periódicas com a equipe para levantamento das
necessidades de melhorias. ASSFAR 8/1/2012 12/1/2013 Atas das reuniões
Elenco das melhorias a
Priorizar as necessidades de melhorias. ASSFAR 9/1/2012 9/1/2012 serem trabalhadas
Computador, acesso à
Levantar os recursos e parceiros necessários para a prática das melhorias. internet. ASSFAR 10/1/2012 12/1/2012
Computador, acesso à
Criar meios e instrumentos para efetivação das melhorias. internet. ASSFAR 4/1/2013 6/1/2013
Computador, acesso à
Comparar os resultados alcançados com outras Instituições. internet. ASSFAR 11/1/2013 12/1/2013
email, telefone, conhecimento das atividades
eventual afins e modo de realização, bem Ger.Contratos.Convê
Contatar com áreas afins (outras Secretarias e/ou òrgão Públicos) deslocamento como tecnlogia envolvida nios 8/31/2012 12/31/2012 relatório de visita
Criar um sistema de registro das solicitações feitas aos setores, das respostas Computador, RH Controle e monitoramento e Ger.Vig.Epid. 18/07/12 30/07/12 Planilha criada, testada e
produzidas pelos setores e dos encaminhamentos e resultados. feedback das ações. aprovada em ata.
Computador, RH,
quadro, impressora, Levantamento de dados Ger.Vig.Epid. 01/08/12 01/08/13 Sala de Situação criada,
planilha de Sala de epidemiológicos atuais. testada e aprovada em ata,
Situação.
Instituir Sala de Situação.

Planejamento Participativo para desenhar um modelo de Educação


Continuada interno, com o objetivo de aperfeçoamento do trabalho e Computador, Equipe Sensibilização ao trabalho, Documento formalizado do
satisfação do trabalhador. Levantamento de temas a serem trabalhados na Técnica inteira do concretização de temas e Sistema de Capacitação e
Educação Permanente e Criação de calendário para as "Oficinas de Educação LAMUF, Material de modulação do trabalho a ser Educação Permanente do
Permanente" Expediente. executado. Ger.LAMUF Outubro de 2012 Novembro de 2012 LAMUF.
Computador, Equipe Avaliar por reunião.
Técnica do LAMUF, Equipe Técnica integrada e Avaliação interna do
Equipamento de capacitada para os serviços Dezembro de processo. Realizar 01 reunião
Iniciar proceso de Educação Continuada sistemática. mídia.. internos do LAMUF. Ger.LAMUF 2012 Dezembro de 2013 por mês.

Computador, Equipe Padronizar procedimentos


Técnica do LAMUF, garantindo rastreabilidade e Avaliar por POP construído.
Construir com o Grupo Técnico e Administrativo Procedimentos Operacionais Material de eficiência técnica em todos os Setembro de Número mínimo esperado:
Padrão de Administração e de Fluxos. Expediente. níveis de trabalho. Ger.LAMUF 2012. Setembro de 2013. 03 POPs por mês.

Equipe Técnica Serviços executados com Concretizar a implantação,


Concretizar Procedimentos Oparacionais Padrão a medida que forem LAMUF e Postos de eficência, rastreabilidae, no mínimo, de 03 POPS nos
construídos pelo Grupo Técnico e Administrativo. Coleta. excelência técnica e biosseguras. Ger.LAMUF Outubro de 2012. Outubro de 2013. setores técnicos, por mês.
Equipe Técnica Participação coletiva do processo Avaliação a cada 03 meses.
LAMUF e Postos de e identificação de novas Dezembro de Construção de documento de
Avaliar sistematicamente o sistema implantado. Coleta. demandas. Ger.LAMUF 2012 Dezembro de 2013 avaliação.

Cod do Padr 2.2

As estratégias consideram as análises de ambiente externo e interno assegurando a coerência entre as estratégias e as necessidades das partes interessadas. Há envolvimento de
todas as áreas nesse processo. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

A Diretoria/Assessoria de xxxxxxxxxxxxxx envolverá as áreas da Secretaria de Saúde de Florianópolis para que as suas estratégias considerem as análises de ambiente externo e
interno assegurando a coerência entre as estratégias e as necessidades das partes interessadas, por meio do Programa/Projeto xxxxxxxxxxxxxx, alocando o montante de R$ 0,00.
Recursos necessários
para o
desenvolvimento da Mecanismo para avaliar o
ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização alcance do resultado
Realizar análise SWOT da SMS (ambiente externo e interno), maximizando as
oportunidades, minimizando as ameaças do ambiente externo e mantendo o
alinhamento da instituição à sua visão computador + Documento com a análise
internet Análise SWOT da SMS realizada 1/2/2013 4/1/2013 SWOT da SMS
Realizar levantamento de organizações que realizam a análise ambiental, para
desenvolvimento do seu planejamento documento com o
Levantamento de de levantamento das
computador + organizações que realizam a organizações que realizam a
internet análise ambiental 11/15/2012 1/15/2013 análise ambiental
Incluir essa análise na metodologia da PAS 2013 do nível estratégico da SMS Análise SWOT incluída na Metodologia da PAS do nível
computador metodologia da PAS 2013 4/1/2013 4/30/2013 estratégico
Realizar cronograma de reuniões ordinárias para levantamento de Computador, Organização das necessidades
necessidades, informes etc impressora ordinariamente. Ger.Unidades 9/1/2012 9/30/2012
Computador, Supervisionar necessidades e
Realizar visitas às unidades periodicamente com instrumento de supervisão impressora, carro. implementações. Ger.Unidades 10/1/2012 12/31/2012

Documento Metodologia
Metodologia criada de análise e criada de análise e
Criar metodologia de análise e acompanhamento do ambiente externo e computador + acompanhamento do ambiente acompanhamento do
interno complementar a ECA e considerando a maturidade em planejamento internet interno e externo Geplan 8/16/2012 9/5/2012 ambiente interno e externo
Documentos com a análise e
acompanhamento do
ambiente externo e interno,
Aplicar metodologia de análise e acompanhamento do ambiente externo e computador + Ter a análise e acompanhamento conforme cronograma
interno, como piloto, na GEPLAN. internet do ambiente externo e interno Geplan 9/6/2012 12/30/2013 previsto na metodologia
Documento descrevendo o
Criar o Programa Planejando para a Excelência, levando em conta o ambiente computador + Programa Criado para nortear a Programa Planejando para
externo e interno e das necessidades das partes interessadas. internet Secretaria rumo a excelência Geplan 9/6/2012 11/7/2012 Excelência

software para gestão


e projetos e processo,
sistema de Instrumento de avaliação dos
monitoramento e passos para excelência da
Executar projetos e processos previstos pelo programa. avaliação Avançar rumo à excelência Geplan 11/8/2012 12/30/2013 EFQM

computador + Documento com a


internet + Melhorar continuamente a metodologia de análise do
Ajustar a metodologia de análise do ambiente externo e interno, com base na metodologia anterior metodologia de análise do ambiente externo e interno
avaliação e na comparação com outras experiências. + lições aprendidas ambiente externo e interno Geplan 12/3/2012 12/7/2012 ajustada
Treinar trimestral os profissionais das Unidades de Saúde e prestadores Humanos e Realizar 4 reuniões no período de
privados. tecnológicos 1 ano. Ger.Regulação 8/1/2012 8/1/2012 Lista de presença

Atualizar e encaminhar uma vez Número de manuais e


por semana os relatórios e, ralatórios atualizados x
Enviar, por e-mail mensal, manuais e relatórios atualizados dos prestadores Humanos e quando necessário, manuais aos número de prestadores e
disponíveis no SISREG. tecnológicos clientes e prestadores Ger.Regulação 8/1/2012 8/1/2013 clientes
Atender diariamente toda Número de e-mails recebidos
Atender virtualmente e diariamente os clientes para sanar dúvidas (e-mail da Humanos e demanda de dúvidas por correio x número de e-mails
regulação) tecnológicos eletrônico. Ger.Regulação 8/1/2012 8/1/2013 respondidos
Definir os objetivos gerais da GVE e de cada setor da GVE. Objetivos gerais definidos,
Computador, RH Orientar e sistematizar o Ger.Vig.Epid. 15/08/12 15/11/12 explanados em reunião e
processo de trabalho.
aprovados em ata.

Cod do Padr 3.1

O sistema de trabalho, incluindo a remuneração e os incentivos, contribui para a melhoria do desempenho, com critérios da seleção para contratação/concurso e métodos de
integração dos recém-contratados/concursados. O desempenho e a satisfação da força de trabalho são avaliados sistematicamente. Este processo já foi refinado pelo menos uma
vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.
A Diretoria/Assessoria de xxxxxxxxxxxxxx melhorará o desempenho da Secretaria de Saúde de Florianópolis, criando um sistema de trabalho, que inclua a remuneração e os
incentivos, por meio do Programa/Projeto xxxxxxxxxxxxxx, alocando o montante de R$ 0,00.
Recursos necessários
para o
desenvolvimento da Mecanismo para avaliar o
ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização alcance do resultado
Criar uma política de gestão de recursos humanos Documento com a Política de
R$ 1,000,000.00 Política de RH criada 3/1/2013 10/30/2013 RH
Avaliar sistematicamente o servidor contratado e os cuncursados, mesmo
após o estágio probatório, segundo um perfil delineado pela instituição,
basenado sua progressão na carreira de acordo com o desempenho, segundo
metas estabelecidas pela instituição computador e Política Avaliação sistemática do Documento sistematizando
de RH serviddor 11/1/2013 12/12/2013 as avaliações dos servidores
Treinar profissionais de saúde no Infosaúde antes de assumirem lotação na Profissionais treinados no Lista de presença dos
unidade de saúde R$ 40,000.00 Infosaúde 10/1/2012 31/06/2013 treinamentos
Tempo; material
técnco de referência;
reuniões
extraordinárias;
correio eletrônico;
pasta de
compartilhamento Arcabouço normativo claro e
Revisar normativa dos ACS virtual inequívoco para gestão dos ACS Ger.Atenção Primária

Alimentação correta dos bancos


de dados nacionais com dados
municipais; retorno adequado
das informações ao município;
manutenção de aporte de
recursos financeiros PMAQ;
facilitação de prestação de
Tempo; reuniões contas sobre produção;
entre setores Informações para
diversos; relatórios; monitoramento da atenção
conhecimentos primária; maior integração
avançados de intrasetorial; maior domínio dos
softwares e sistemas de informação pela
Definir fluxo de gerenciamento de informação do SIAB programação; Gerência. Ger.Atenção.Primária

Tempo; telefonemas;
correio eletrônico;
conhecimento dos Alimentação correta dos bancos
procedimentos de dados nacionais com dados
operacionais do municipais; retorno adequado
programa; relatórios; das informações ao município;
reuniões Informações para
extraordinárias; monitoramento de ação
reuniões focalizada da atenção primária;
intersetoriais; maior integração intra e
motivação de atores intersetorial; maior domínio dos
externos para sistemas de informação pela
Definir fluxo de gerenciamento de informação do PBF trabalho colaborativo Gerência. Ger.Atenção.Primária

Documento do RH
comprovando, ou não, a
Identificar junto ao RH a existencia de instrumento de avaliação de Instrumento de avaliação Ger.Programas.Estrat existência de instrumento de
desempenho e satisfaçaõ dos trabalhadores da SMS. Recursos humanos identificado. égico 8/1/2012 10/1/2012 avaliação.

Documento com o
Instrumento de avaliacao de Instrumento de avaliacao
desempenho e satisfação desempenho e satisfação
Propor a elaboracao de um instrumento de avaliacao de desempenho e elaborado pela Gerencia junto ao Ger.Programas.Estrat elaborado pela Gerencia
satisfação do trabalhador junto ao RH. Recursos humanos RH. égico 10/1/2012 12/1/2012 junto ao RH.
Compilado dos resultados da
Aplicar o instrumento de avaliação de desempenho e satisfação do Aplicação sistemática do Ger.Programas.Estrat aplicação do instrumento de
trabalhador sistematicamente. Recursos humanos instrumento de avaliação. égico 12/20/2012 12/31/2013 avaliação.
Identificar, dentro e fora da SMS, as fontes competentes para fundamentar a
discussão sobre a sistematização do processo de trabalho da Vigilância Fontes competentes para Registro em ata (reunião de
Epidemiológica. equipe) do repasse das
RH fundamentar a discussão sobre a Ger.Vig.Epid. 01/10/12 01/12/13 informações sobre as fontes
sistematização do processo de competentes para
trabalho da VE identificadas.
fundamentar a discussão.
Construir um documento consolidando as informações das diversas fontes
consultadas. Registro em ata (reunião de
Equipe e gestor esclarecidos equipe) e protocolo do envio
RH sobre a sistematização do Ger.Vig.Epid. 01/10/12 01/12/13 ao gestor do documento
processo de trabalho da consolidando as informações
Vigilância Epidemiológica. das diversas fontes
consultadas.

Cod do Padr 5.2

A organização avalia a satisfação, insatisfação e fidelização dos usuários, incluindo usuários da concorrência (ou seja, das organizações e planos da iniciativa privada). Este processo é
aplicado para os diversos grupos de usuários, sendo essas informações utilizadas para intensificar seu nível de satisfação. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.
A Diretoria/Assessoria de xxxxxxxxxxxxxx avaliará a satisfação, instisfação e fidelização dos usuários da Secretaria de Saúde de Florianópolis, por meio do Programa/Projeto
xxxxxxxxxxxxxx, alocando o montante de R$ 0,00.
Recursos necessários
para o
desenvolvimento da Mecanismo para avaliar o
ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização alcance do resultado
Estratégia de avaliação de documento com as
satisfação do cidadão/usuário estratégias de avaliação do
Elaborar estratégia de avaliação de satisfação sistemática do cidadão/usuário R$ 50,000.00 realizada 9/1/2012 9/15/2012 cidadão/usuário

Documento com o
Instrumento de avaliação das Instrumento de avaliação das
Criar instrumentos de avaliação das formas de comunicação com o formas de comunicação validado formas de comunicação
cidadão/usuário, validá-los e aplicá-los periodicamente R$ 100,000.00 e aplicado 9/16/2012 10/30/2012 validado e aplicado
Instituir formas de comunicação de acordo com o perfil das diferentes Comunicação instituída de Documento com as formas
comunidades atendidas no município de acordo com os instrumentos de acordo com o perfil das de comunicaçao com o
avaliação R$ 50,000.00 comunidades 11/1/2012 12/31/2013 cidadão/usuário

Realizar avaliação da satisfação do cidadão/usuário, através de um Instrumento preenchido com


instrumento validado e padronizado, complementar à ouvidoria, para Avaliação da satisfação do a satisfação do
posterior comparação com outros serviços e/ou sistemas municipais de saúde R$ 300,000.00 cidadão/usuário realizada 11/1/2012 5/30/2013 usuário/cidadão

computador, internet,
avaliações da Instrumento de avaliação da
metodologia e 1ª Processo de avaliação da satisfação do usuário
Refinar processo de avaliação da satisfação do usuário metodologia satisfação do usuário refinado 8/1/2013 10/1/2013 redefinido
documento com avaliação
Realizar avaliação das ações da ouvidoria e Conselhos de saúde para que seja computador e avaliação das ações da ouvidoria das ações da ouvidoria e
possível a melhoria dos processos internet e Conselhos de saúde realizada 9/1/2012 12/31/2012 Conselhos de saúde

Realizar pesquisa periodica para avaliação dos múltiplos aspectos da oferta de Documento com aPesquisa
serviços e produtos em saúde e pela SMS, subsidiando a tomada de decisão Pesquisa para avaliar aspectos da para avaliar aspectos da
por parte de gestores e servindo de referência para comparabilidade com computador + oferta de serviços e produtos da oferta de serviços e produtos
outras redes municipais de saúde internet SMS realizada 11/1/2012 5/30/2013 da SMS
Cod do Padr 3.3

Os fatores que afetam a saúde ocupacional, o bem-estar, a satisfação e a motivação são identificados e avaliados, gerando ações para manter o clima organizacional favorável ao
alto desempenho. Os serviços, benefícios, programas e políticas são compatíveis com o mercado de atuação da organização. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e
melhorado após a comparação com outra organização.
A Diretoria/Assessoria de xxxxxxxxxxxxxx melhorará o desempenho da Secretaria de Saúde de Florianópolis, desenvolvendo ações para os fatores que afetam a saúde ocupacional,
o bem estar, a satisfação e a motivação de seus trabalhadores, por meio do Programa/Projeto xxxxxxxxxxxxxx, alocando o montante de R$ 0,00.
Recursos necessários
para o
desenvolvimento da Mecanismo para avaliar o
ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização alcance do resultado

Criar dentro da instância responsável pela gestão de recursos humanos um Setor de saúde ocupacional Regimento interno da
setor responsável pela saúde ocupacional e ambiente confortável e seguro computador criado 2/1/2013 6/30/2013 Secretaria
Sistema com ouvidoria
Implantar sistema de ouvidoria interna R$ 300.00 Ouvidoria Interna implantada 2/2/2013 4/30/2013 interna
Levantar possíveis ações de reconhecimento e premiações, junto aos Premiaçõoes e reconhecimento
trabalhadores da SMS R$ 1,000,000.00 aos trabalhadores 8/15/2012 12/31/2013 site da SMS

Realizar avaliação sistemática de pesquisa de clima organizacional contendo:


satisfação e motivação dos trabalhadores; premiações por desempenho
(metodolgia do Distrito Continente); burn-out (metodologia do CS Santinho); Documento com a avaliação
acidentes; doenças ocupacionais; ouvidorias relacionadas ao servidor; Avaliação do clima organizacional do clima organizacional da
rotatividade R$ 500,000.00 da SMS realizada 10/15/2012 30/06/203 SMS
Boletins periódicos com
Boletins periódicos com pesquisa pesquisa e clima
Publicar boletins periódicos após pesquisa de clima organizacional R$ 200,000.00 e clima organizacional publicados 7/1/2013 8/30/2013 organizacional

Tempo; correio
eletrônico; Reconhecimento externo do
dcumentos trabalho; reconhecimentos pelos
compartilhados; pares na SMS; melhora da
acesso a periódicos; autoestima; maior conhecimento
habilidades de dos técnicos sobre o campo de
seleção, prática;recursos adicionais para
planejamento e negociar e conduzir mudanças Publicação em site, blog,
Construir colaborativamente (gerência e distritos) artigos científicos e outros síntese; motivação organizacionais; possibilidades de periódico ou outro canal de
materiais de divulgação do trabalho da atenção primária para trabalho extra. crescimento profissional Ger.Atenção.Primária divulgação científica
Solicitar ao setor competente estudo para identificar os perigos e riscos
relacionados à saúde ocupacional, segurança e ergonomia em todos os setores Registro em ata (reunião de
da GVE. equipe) e protocolo do envio
Realização do estudo Ger.Vig.Epid. 01/02/13 01/12/13 da solicitação de estudo e da
resposta do setor
competente.
Sistematizar as informações relativas aos perigos e riscos relacionados à saúde
ocupacional, segurança e ergonomia em todos os setores da GVE. Registro em ata (reunião de
equipe) e protocolo do envio
Equipe e gestor esclarecidos
Ger.Vig.Epid. 01/02/13 01/12/13 ao gestor do documento
sobre os resultados do estudo. consolidando os resultados
do estudo na GVE.
Computador Documento Oficial para nortear
completo , pen drive, aquisição de material adequado, O trabalho será realizado por
assistente adequação interna de setores tipo de serviço técnico.
administrativo, técnicos, melhoria na condução Levantar todos os setores e
encadernação e profissional do corpo técnico Setembro de avaliar o alcance cada setor
Construir Manual de Biossegurança próprio do LAMUF, de forma sistemática. cópias. para rotinas biosseguras Ger.LAMUF 2012 Setembro de 2013. concluído (Capítulo)

O trabalho será realizado por


tipo de serviço técnico,
implantando
Computador, mídia, Funcionários capacitados e sistematicamente cada setor,
recurso humano sensibilizados a conduzirem os para internalização
Realizar capacitação e sensibilização sobre a implantação das Normas e externo para trabalhos rotineiros com atitudes Dezembro de progressiva das normas
Procedimentos de Biossegurança por setor técnico sensibilização. biosseguras. Ger.LAMUF 2012. Dezembro de 2013. biosseguras.

Material de Proteção
individual conforme
setor. Adequação
física de ambientes e
superfícies.
Adequação de
Materiais de
higienização e
desinfecção de
superfícies e
materiais. Aquisição
de Indicador Biológico Implantação por setor
para autoclaves e Procedimentos Técnicos técnico. Avaliação por
Implantação de Normas e Procedimentos de Biossegurança por setor técnico. estufas. Biosseguros. Ger.LAMUF Janeiro de 2013 Dezembro de 2013. implantação setorial.

Corpo Técnico do Laboratório Dezembro de Aquisição e padronização de


Aquisição de Equipamentos de Proteção Individual. Recursos Financeiros protegido. Ger.LAMUF 2012. Maio de 2013. todos os EPIs necessários.

Avaliação Técnica,
recursos financeiros
para adequação de Corpo Técnico do Laboratório e
superfícies e pressão Meio Ambiente protegidos, bem Avaliação por setor
interna de setores como população resguardada de Dezembro de adequado às normas
Tratamento interno dos setores para proteção ao ambiente interno e externo. específicos. escapes biológicos. Ger.LAMUF 2012. Dezembro de 2013. biosseguras.

1.4

A organização possui mecanismos para divulgar seus servicos, produtos e suas marcas, garantindo credibilidade, confiança e percepção de imagem, que é avaliada sistematicamente
perante os cidadãos/usuários. Com base nessas informações são definidas ações de melhoria, que são divulgadas aos cidadãos/usuários e sociedade. Este processo já foi refinado
pelo menos uma vez e melhorado após comparação com outras organizações.

A Diretoria/Assessoria de xxxxxxxxxxxxxx desenvolverá mecanismos para divulgar os serviços, produtos e as marcas da Secretaria de Saúde de Florianópolis, por meio do
Programa/Projeto xxxxxxxxxxxxxx, alocando o montante de R$ 0,00.
Recursos necessários
para o
desenvolvimento da Mecanismo para avaliar o
ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização alcance do resultado
Avaliar sistematicamente as ferramentas de divulgação dos produtos e computador + ferramentas de divulgação dos documento com a avaliação
serviços, para que estas sejam coerentes com os serviços realizados internet produtos e serviços avaliadas 8/15/2012 12/30/2013 realizada
coleta, divulgação e
Atribuir à Assessoria de Comunicação a responsabilidade na coleta, divulgação sistematização das informações
e sistematização das informações sobre o recebimento de premiações pela sobre o recebimento de
SMS computador premiações pela SMS 8/15/2012 12/30/2013 regimento interno da SMS

Cod do Padr 3.2

Existe programa de capacitação alinhado às estratégias da organização e ao incentivo da cultura de excelência, que considera as necessidades das pessoas e o desenvolvimento de
carreira. A eficácia dos programas de capacitação é avaliada. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.
A Diretoria/Assessoria de xxxxxxxxxxxxxx implantará um Programa de Capacitação alinhado às estratégias da Secretaria de Saúde de Florianópolis e ao incentivo da cultura de
excelência, que considera as necessidades dos trabalhadores do SUS e o desenvolvimento de carreirada , alocando o montante de R$ 0,00.

Recursos necessários
para o
desenvolvimento da Mecanismo para avaliar o
ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização alcance do resultado
Definir as competências (conhecimentos críticos, habilidade e atitudes) para as Documento com as
funções e lideranças da SMS Florianópolis R$ 1,000,000.00 Competências definidas 9/15/2012 9/1/2013 competências definidas
Realizar levantamento das competências descritas juntos aos trabalhadores e
líderes Documento com as
competências dos
competências dos trabalhadores trabalhadores e líderes
computado e internet e líderes levantadas 9/15/2012 9/1/2013 levantadas
Identificar talentos
computador e documento com os talentos
internet Talentos identificados 9/1/2012 3/30/2013 identificados
computador e sistema com banco de
Desenvolver um banco de talentos internet banco de talentos desenvolvido 4/1/2013 6/30/2013 talentos
Implantar o plano de educação permanente de acordo com o levantamento
sistematizado das necessidades individuais documento com o Plano de
Plano de educação Permanente educação Permanente
R$ 500,000.00 implantado 10/1/2012 12/30/2013 implantado
Cod do Padr 5.1

Os processos são monitorados por indicadores, analisados e melhorados, considerando melhores práticas de outras organizações. São implementadas ações corretivas para
tratamento das não conformidades identificadas. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.
A Diretoria/Assessoria de xxxxxxxxxxxxxx desenvolverá seus processos monitorando-os por meio de indicadores, analisando e melhorando-os, considerando melhores práticas de
outras organizações e disseminando para toda a SMS, por meio do Programa/Projeto xxxxxxxxxxxxxx, alocando o montante de R$ 0,00.
Recursos necessários
para o
desenvolvimento da Mecanismo para avaliar o
ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização alcance do resultado

Identificar todos os processos chave, de gestão e de suporte da SMS e os computador e documento com os procesos
indicadores que já são utilizados e monitorados internet Processos chave identificados 8/15/2012 31/09/2012 chave levantados

Definir quais são os processos prioritários que devem ser conhecidos e computador e documento com os
monitorados com conhecimento amplo de todos internet processos prioritários definidos 10/1/2012 10/31/2012 processos definidos

computador e
internet e
documentos com os indicadores de desempenho documento com indicadores
Definir os melhores indicadores de desempenho para estes processos processos priorizados definidos 11/1/2012 2/28/2013 de desempenho definidos
computador + documento com serviços
Padronizar os serviços internet serviços padronizados 10/1/2012 10/31/2012 padronizados
Promover meios de divulgação dos indicadores de desempenho dos principais
processos da SMS, entre os diferentes setores para que se tenha um computador + indicadores de desempenho emails divulgando
conhecimento mais amplo sobre as ações desenvolvidas na instituição internet divulgados 3/1/2013 12/12/2013 indicadores de desempenho
Computador, acesso à
internet, papel, Check-list de indicadores
Criar mecanismos para monitorar os indicadores da ASSFAR. impressora, tinta, ASSFAR 10/1/2012 10/1/2012 atualizado periodicamente
telefone, fax,
gerentes de outros
setores e/ou
Comparar os indicadores e seus resultados a outras Instituições. instituições. ASSFAR 8/1/2013 12/1/2013
Criar medidas corretivas para as inconformidades detectadas. ASSFAR 8/1/2013 12/1/2013 ausência das inconformidade
Avaliar se as medidas corretivas foram eficazes. ASSFAR 11/1/2013 12/1/2013 ausência das inconformidade
Avaliação dos indicadores da Ger.Programas.Estrat Planiha dos indicadores da
Avaliar os indicadores da GPE. Recursos humanos GPE. égicos 8/1/2012 12/30/2013 GPE.
Planilhas de comparação dos
Processos da GPE comparados processos da GPE com
Comparar os processos da GPE com outras Unidades de Trabalho e/ou com outras Unidades de Trabalho Ger.Programas.Estrat outras Unidades de Trabalho
organizações. Recursos humanos e/ou organizações. égicos 1/2/2013 12/30/2013 e/ou organizações.
PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS
DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, INFORMAÇÃO E CAPTAÇÃO DE RECURSOS
GERÊNCIA DE PLANOS, METAS E POLÍTICAS DE SAÚDE

Matriz de Intervenção para 2012 e 2013


NÍVEL ESTRATÉGICO
Cod do Padrão 2.1

Padrão a ser
melhorado: Os usuários são segmentados. São identificados os usuários-alvo, sendo suas necessidades e expectativas identificadas e tratadas, considerando os usuários atuais, potenciais e da concorrência. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez. Além disso, esse processo foi melhorado após a comparação com outra organização.

Tática de
melhoria: A Diretoria/Assessoria de Planejamento, Informação e Captação de Recursos irá realizar a seguimentação e acompanhamento das necessidades dos usuários, por meio do Programa/Projeto de Acompanhamento das Necessidades dos Usuários, alocando o montante de R$ 350.000,00.

Recursos necessários para o desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização Mecanismo para avaliar o alcance do resultado

Estudar a aplicação da segmentação para o setor saúde computador + internet Levantamento de referências bibliográficas da aplicação da segmentaçao para o setor saúde Edenice, Leandro e Daniela 8/20/2012 9/30/2012 Documento com Referências Bibliográficas da aplicação da segmentaçao para o setor saúde

Definir segmentos adequados para o entendimento das necessidades em saúde e responsividade da população de Florianópolis computador + internet Usuários segmentados Edenice, Leandro e Daniela 10/1/2012 11/30/2012 Documento com os usuários segmentados

Aplicar as bases da segmentação (Demográfica, Geográfica, Psicográfica e Comportamental) para a identificação das necessidades e expectativas dos usuários do sistema de saúde computador + internet Identificação das necessidades e expectativas dos usuários do sistema de saúde Edenice, Leandro e Daniela 12/1/2012 4/1/2013 Documento com a sistematização das necessidades e expectativas dos usuários do sistema de saúde

Desenvolver estudo para estabelecimento da carga de doença do município e o acompanhamento de seus componentes R$ 300,000.00 Estudo Realizado Edenice, Monich 2/3/2013 12/31/2013 Estudo da Carga de doença de Florianópolis

Criar a metologia para o acompanhamento das necessidades dos clientes e trabalhadores, inclusive durante a elaboração de projetos computador + internet Sistematizar o levantamento das necessidades Geplan 8/16/2012 8/22/2012 Documento com levantamentos com necessidades realizados

Aplicar metodologia para o o acompanhamento das necessidades dos clientes e trabalhadores. software para monitormento, software para elaboração de questionários, computador e internet Acompanhamento adequado das necessidades Geplan 8/23/2012 8/29/2012 Documentos de monitoramento da aplicação da metodologia de necessidades

Ajustar os processos da Geplan, considerando as necessidades dos clientes e trabalhadores. software para modelagem do processo, metodologia para gestão de processos, computador e internet Processos ajustados a partir das necessidades dos clientes e trabalhadores Geplan 9/24/2012 10/12/2012 Documento com os processos ajustados a partir das necessidades dos clientes e trabalhadores

Cod do Padrão 5.2

Padrão a ser
melhorado: A organização avalia a satisfação, insatisfação e fidelização dos usuários, incluindo usuários da concorrência (ou seja, das organizações e planos da iniciativa privada). Este processo é aplicado para os diversos grupos de usuários, sendo essas informações utilizadas para intensificar seu nível de satisfação. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

Tática de
melhoria: A Diretoria/Assessoria de Atenção Primária avaliará a satisfação, instisfação e fidelização dos usuários da Secretaria de Saúde de Florianópolis, por meio do Programa/Projeto Avaliação de Satisfação do Usuário do SUS, alocando o montante de R$ 100.000,00.

Recursos necessários para o desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização Mecanismo para avaliar o alcance do resultado

Elaborar estratégia de avaliação de satisfação sistemática do cidadão/usuário computador e internet Estratégia de avaliação de satisfação do cidadão/usuário realizada Jorge, Norma, Paulo 9/1/2012 9/15/2012 documento com as estratégias de avaliação do cidadão/usuário

Criar instrumentos de avaliação das formas de comunicação com o cidadão/usuário, validá-los e aplicá-los periodicamente computador e internet Instrumento de avaliação das formas de comunicação validado e aplicado Jorge, Norma, Paulo 9/16/2012 10/30/2012 Documento com o Instrumento de avaliação das formas de comunicação validado e aplicado

Instituir formas de comunicação de acordo com o perfil das diferentes comunidades atendidas no município de acordo com os instrumentos de avaliação computador, internet, software Comunicação instituída de acordo com o perfil das comunidades Caê, Marcos, Brenda 11/1/2012 12/31/2013 Documento com as formas de comunicaçao com o cidadão/usuário

Realizar avaliação da satisfação do cidadão/usuário, através de um instrumento validado e padronizado, complementar à ouvidoria, para posterior comparação com outros serviços e/ou sistemas municipais de saúde R$ 100.000,00 (impressão, treinamento, desenvolvimento de software, divulgação dos resultados) Avaliação da satisfação do cidadão/usuário realizada Marcos, Brenda, Norma 11/1/2012 5/30/2013 Instrumento preenchido com a satisfação do usuário/cidadão

Refinar processo de avaliação da satisfação do usuário computador, internet, avaliações da metodologia e 1ª metodologia Processo de avaliação da satisfação do usuário refinado Jorge, Norma, Paulo 8/1/2013 10/1/2013 Instrumento de avaliação da satisfação do usuário redefinido

Realizar avaliação das ações da ouvidoria e Conselhos de saúde para que seja possível a melhoria dos processos computador e internet avaliação das ações da ouvidoria e Conselhos de saúde realizada Marcos, Brenda, Norma 9/1/2012 12/31/2012 documento com avaliação das ações da ouvidoria e Conselhos de saúde
Realizar pesquisa periodica para avaliação dos múltiplos aspectos da oferta de serviços e produtos em saúde e pela SMS, subsidiando a tomada de decisão por parte de gestores e servindo de referência para computador + internet Pesquisa para avaliar aspectos da oferta de serviços e produtos da SMS realizada Evelin, Sônia Polidoro, Silvia 11/1/2012 5/30/2013 Documento com aPesquisa para avaliar aspectos da oferta de serviços e produtos da SMS
comparabilidade com outras redes municipais de saúde

Cod do Padrão 3.1

Padrão a ser
melhorado: O sistema de trabalho, incluindo a remuneração e os incentivos, contribui para a melhoria do desempenho, com critérios da seleção para contratação/concurso e métodos de integração dos recém-contratados/concursados. O desempenho e a satisfação da força de trabalho são avaliados sistematicamente. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

Tática de
melhoria: A Diretoria/Assessoria de Diretoria de Planejamento melhorará o desempenho da Secretaria de Saúde de Florianópolis, criando um sistema de trabalho, que inclua a remuneração e os incentivos, por meio do Programa/Projeto Valorizando o Servidor (Gestão de Pessoas), alocando o montante de R$ 1000.000,00.

Recursos necessários para o desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização Mecanismo para avaliar o alcance do resultado

Edenice, Francisca, Cleusa,


Desenvolver uma política de gestão de recursos humanos R$ 1,000,000.00 Política de RH criada Evelyn 3/1/2013 10/30/2013 Documento com a Política de RH
Avaliar sistematicamente o servidor contratado e os cuncursados, mesmo após o estágio probatório, segundo um perfil delineado pela instituição, basenado sua progressão na carreira de acordo com o desempenho,
segundo metas estabelecidas pela instituição computador e Política de RH Avaliação sistemática do serviddor Cleusa, Anderson, Simone+F82 11/1/2013 12/12/2013 Documento sistematizando as avaliações dos servidores

Treinar profissionais de saúde no Infosaúde antes de assumirem lotação na unidade de saúde Profissionais treinados no Infosaúde Cris e Decka 10/1/2012 31/06/2013 Lista de presença dos treinamentos

Revisar normativa dos ACS Tempo; material técnco de referência; reuniões extraordinárias; correio eletrônico; pasta de compartilhamento virtual Arcabouço normativo claro e inequívoco para gestão dos ACS Ger.Atenção Primária
Alimentação correta dos bancos de dados nacionais com dados municipais; retorno adequado das informações ao município; manutenção
Definir fluxo de gerenciamento de informação do SIAB Tempo; reuniões entre setores diversos; relatórios; conhecimentos avançados de softwares e programação; de aporte de recursos financeiros PMAQ; facilitação de prestação de contas sobre produção; Informações para monitoramento da Ger.Atenção.Primária
atenção primária;
Alimentação maior
correta dos integração
bancos de intrasetorial;
dados nacionaismaior
comdomínio dos sistemas
dados municipais; de informação
retorno adequadopela
dasGerência.
informações ao município; Informações
Tempo; telefonemas; correio eletrônico; conhecimento dos procedimentos operacionais do programa; relatórios; reuniões para
Definir fluxo de gerenciamento de informação do PBF monitoramento de ação focalizada da atenção primária; maior integração intra e intersetorial; maior domínio dos sistemas de Ger.Atenção.Primária
extraordinárias; reuniões intersetoriais; motivação de atores externos para trabalho colaborativo informação pela Gerência.
Identificar junto ao RH a existencia de instrumento de avaliação de desempenho e satisfaçaõ dos trabalhadores da SMS. Recursos humanos Instrumento de avaliação identificado. Ger.Programas.Estratégico 8/1/2012 10/1/2012 Documento do RH comprovando, ou não, a existência de instrumento de avaliação.

Propor a elaboracao de um instrumento de avaliacao de desempenho e satisfação do trabalhador junto ao RH. Recursos humanos Instrumento de avaliacao de desempenho e satisfação elaborado pela Gerencia junto ao RH. Ger.Programas.Estratégico 10/1/2012 12/1/2012 Documento com o Instrumento de avaliacao desempenho e satisfação elaborado pela Gerencia junto ao RH.

Aplicar o instrumento de avaliação de desempenho e satisfação do trabalhador sistematicamente. Recursos humanos Aplicação sistemática do instrumento de avaliação. Ger.Programas.Estratégico 12/20/2012 12/31/2013 Compilado dos resultados da aplicação do instrumento de avaliação.

Identificar, dentro e fora da SMS, as fontes competentes para fundamentar a discussão sobre a sistematização do processo de trabalho da Vigilância Epidemiológica. RH Fontes competentes para fundamentar a discussão sobre a sistematização do processo de trabalho da VE identificadas. Ger.Vig.Epid. 01/10/12 01/12/13 Registro em ata (reunião de equipe) do repasse das informações sobre as fontes competentes para fundamentar a discussão.
Registro em ata (reunião de equipe) e protocolo do envio ao gestor do documento consolidando as informações das diversas fontes
Construir um documento consolidando as informações das diversas fontes consultadas. RH Equipe e gestor esclarecidos sobre a sistematização do processo de trabalho da Vigilância Epidemiológica. Ger.Vig.Epid. 01/10/12 01/12/13 consultadas.

Cod do Padrão 3.3

Padrão a ser
melhorado: Os fatores que afetam a saúde ocupacional, o bem-estar, a satisfação e a motivação são identificados e avaliados, gerando ações para manter o clima organizacional favorável ao alto desempenho. Os serviços, benefícios, programas e políticas são compatíveis com o mercado de atuação da organização. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

Tática de
melhoria: A Diretoria/Assessoria de Diretoria de Planejamento melhorará o desempenho da Secretaria de Saúde de Florianópolis, desenvolvendo ações para os fatores que afetam a saúde ocupacional, o bem estar, a satisfação e a motivação de seus trabalhadores, por meio do Programa/Projeto Valorizando o Servidor alocando o montante de R$ 2.000.000,00.

Recursos necessários para o desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização Mecanismo para avaliar o alcance do resultado
Criar dentro da instância responsável pela gestão de recursos humanos um setor responsável pela saúde ocupacional e ambiente confortável e seguro computador Setor de saúde ocupacional criado Juliana, Cleusa, Tadeu 2/1/2013 6/30/2013 Regimento interno da Secretaria

Implantar sistema de ouvidoria interna R$ 300.00 Ouvidoria Interna implantada Norma 2/2/2013 4/30/2013 Sistema com ouvidoria interna

Levantar possíveis ações de reconhecimento e premiações, junto aos trabalhadores da SMS R$ 1,000,000.00 Premiaçõoes e reconhecimento aos trabalhadores Jorge e Anderson 8/15/2012 12/31/2013 site da SMS
Realizar avaliação sistemática de pesquisa de clima organizacional contendo: satisfação e motivação dos trabalhadores; premiações por desempenho (metodolgia do Distrito Continente); burn-out (metodologia do CS R$ 500,000.00 Avaliação do clima organizacional da SMS realizada Lucila e Cleusa 10/15/2012 30/06/203 Documento com a avaliação do clima organizacional da SMS
Santinho); acidentes; doenças ocupacionais; ouvidorias relacionadas ao servidor; rotatividade
Publicar boletins periódicos após pesquisa de clima organizacional R$ 200,000.00 Boletins periódicos com pesquisa e clima organizacional publicados Cae 7/1/2013 8/30/2013 Boletins periódicos com pesquisa e clima organizacional
Tempo; correio eletrônico; dcumentos compartilhados; acesso a periódicos; habilidades de seleção, planejamento e síntese; Reconhecimento externo do trabalho; reconhecimentos pelos pares na SMS; melhora da autoestima; maior conhecimento dos técnicos
Construir colaborativamente (gerência e distritos) artigos científicos e outros materiais de divulgação do trabalho da atenção primária sobre o campo de prática;recursos adicionais para negociar e conduzir mudanças organizacionais; possibilidades de crescimento Ger.Atenção.Primária Publicação em site, blog, periódico ou outro canal de divulgação científica
motivação para trabalho extra. profissional
Solicitar ao setor competente estudo para identificar os perigos e riscos relacionados à saúde ocupacional, segurança e ergonomia em todos os setores da GVE. Realização do estudo Ger.Vig.Epid. 01/02/13 01/12/13 Registro em ata (reunião de equipe) e protocolo do envio da solicitação de estudo e da resposta do setor competente.

Sistematizar as informações relativas aos perigos e riscos relacionados à saúde ocupacional, segurança e ergonomia em todos os setores da GVE. Equipe e gestor esclarecidos sobre os resultados do estudo. Ger.Vig.Epid. 01/02/13 01/12/13 Registro em ata (reunião de equipe) e protocolo do envio ao gestor do documento consolidando os resultados do estudo na GVE.
Documento Oficial para nortear aquisição de material adequado, adequação interna de setores técnicos, melhoria na condução Setembro de
Construir Manual de Biossegurança próprio do LAMUF, de forma sistemática. Computador completo , pen drive, assistente administrativo, encadernação e cópias. Ger.LAMUF Setembro de 2013. O trabalho será realizado por tipo de serviço técnico. Levantar todos os setores e avaliar o alcance cada setor concluído (Capítulo)
profissional do corpo técnico para rotinas biosseguras 2012
Dezembro de O trabalho será realizado por tipo de serviço técnico, implantando sistematicamente cada setor, para internalização progressiva das normas
Realizar capacitação e sensibilização sobre a implantação das Normas e Procedimentos de Biossegurança por setor técnico Computador, mídia, recurso humano externo para sensibilização. Funcionários capacitados e sensibilizados a conduzirem os trabalhos rotineiros com atitudes biosseguras. Ger.LAMUF Dezembro de 2013.
2012. biosseguras.
Material de Proteção individual conforme setor. Adequação física de ambientes e superfícies. Adequação de Materiais de
Implantação de Normas e Procedimentos de Biossegurança por setor técnico. Procedimentos Técnicos Biosseguros. Ger.LAMUF Janeiro de 2013 Dezembro de 2013. Implantação por setor técnico. Avaliação por implantação setorial.
higienização e desinfecção de superfícies e materiais. Aquisição de Indicador Biológico para autoclaves e estufas.
Dezembro de
Aquisição de Equipamentos de Proteção Individual. Recursos Financeiros Corpo Técnico do Laboratório protegido. Ger.LAMUF Maio de 2013. Aquisição e padronização de todos os EPIs necessários.
2012.
Dezembro de
Tratamento interno dos setores para proteção ao ambiente interno e externo. Avaliação Técnica, recursos financeiros para adequação de superfícies e pressão interna de setores específicos. Corpo Técnico do Laboratório e Meio Ambiente protegidos, bem como população resguardada de escapes biológicos. Ger.LAMUF Dezembro de 2013. Avaliação por setor adequado às normas biosseguras.
2012.

Cod do Padrão 2.4

Os mecanismos para estimular a inovação e melhoria estão disseminados por toda organização, já foram refinados ao menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

A Diretoria/Assessoria de Planejamento, Informação e Captação de Recursos criará mecanismos para estimular a inovação e melhoria, disseminando-os por toda a Secretaria de Saúde de Florianópolis, por meio do Programa/Projeto InovaSaúde, alocando o montante de R$ 500.000,00.

Recursos necessários para o desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização Mecanismo para avaliar o alcance do resultado

Criar o Núcleo de Inovação e Aprendizado Organizacional computador + papel Núcleo Criado Patrícia, Edenice 8/15/2012 10/30/2012 Portaria que cria o Núcleo de Inovação e Aprendizado Organizacional
Atribuir ao Núcleo de Inovação e Aprendizado Organizacional a tarefa de pesquisa de instituições com conhecimentos para melhoria de processos de determinadA Diretoria/Assessoria e levamento da informação a
mesma, melhorando o desempenho global da SMS computador + papel Núcleo Criado, atribuido a tarefa de pesquisar outras instituições Patrícia, Edenice 8/15/2012 10/30/2012 Portaria que cria o Núcleo de Inovação e Aprendizado Organizacional

Estabelecer uma metodologia formal para realização de benchmarking computador + internet metodologia de benchmarking criada Patrícia, Edenice 11/1/2012 11/30/2012 Documento com a metodologia de benchmarking criada

Divulgar para toda a instituição essa metodologia computador + internet metodologia de benchmarking divulgada Cae, Patrícia e Edenice 12/1/2012 12/31/2012 emails divulgando a metodologia de benchmarking criada

Identificar e disseminar práticas inovadoras R$ 500,000.00 Patrícia, Edenice 12/1/2012 12/31/2013 emails com as práticas inovadoras

Realizar reuniões periódicas com a equipe para levantamento das necessidades de melhorias. ASSFAR 8/1/2012 12/1/2013 Atas das reuniões

Priorizar as necessidades de melhorias. ASSFAR 9/1/2012 9/1/2012 Elenco das melhorias a serem trabalhadas

Levantar os recursos e parceiros necessários para a prática das melhorias. Computador, acesso à internet. ASSFAR 10/1/2012 12/1/2012

Criar meios e instrumentos para efetivação das melhorias. Computador, acesso à internet. ASSFAR 4/1/2013 6/1/2013

Comparar os resultados alcançados com outras Instituições. Computador, acesso à internet. ASSFAR 11/1/2013 12/1/2013

Contatar com áreas afins (outras Secretarias e/ou òrgão Públicos) email, telefone, eventual deslocamento conhecimento das atividades afins e modo de realização, bem como tecnlogia envolvida Ger.Contratos.Convênios 8/31/2012 12/31/2012 relatório de visita

Criar um sistema de registro das solicitações feitas aos setores, das respostas produzidas pelos setores e dos encaminhamentos e resultados. Computador, RH Controle e monitoramento e feedback das ações. Ger.Vig.Epid. 18/07/12 30/07/12 Planilha criada, testada e aprovada em ata.

Instituir Sala de Situação. Computador, RH, quadro, impressora, planilha de Sala de Situação. Levantamento de dados epidemiológicos atuais. Ger.Vig.Epid. 01/08/12 01/08/13 Sala de Situação criada, testada e aprovada em ata,
Planejamento Participativo para desenhar um modelo de Educação Continuada interno, com o objetivo de aperfeçoamento do trabalho e satisfação do trabalhador. Levantamento de temas a serem trabalhados na Computador, Equipe Técnica inteira do LAMUF, Material de Expediente. Sensibilização ao trabalho, concretização de temas e modulação do trabalho a ser executado. Ger.LAMUF Outubro de 2012 Novembro de 2012 Documento formalizado do Sistema de Capacitação e Educação Permanente do LAMUF.
Educação Permanente e Criação de calendário para as "Oficinas de Educação Permanente"
Dezembro de
Iniciar proceso de Educação Continuada sistemática. Computador, Equipe Técnica do LAMUF, Equipamento de mídia.. Equipe Técnica integrada e capacitada para os serviços internos do LAMUF. Ger.LAMUF Dezembro de 2013 Avaliar por reunião. Avaliação interna do processo. Realizar 01 reunião por mês.
2012
Setembro de
Construir com o Grupo Técnico e Administrativo Procedimentos Operacionais Padrão de Administração e de Fluxos. Computador, Equipe Técnica do LAMUF, Material de Expediente. Padronizar procedimentos garantindo rastreabilidade e eficiência técnica em todos os níveis de trabalho. Ger.LAMUF Setembro de 2013. Avaliar por POP construído. Número mínimo esperado: 03 POPs por mês.
2012.
Concretizar Procedimentos Oparacionais Padrão a medida que forem construídos pelo Grupo Técnico e Administrativo. Equipe Técnica LAMUF e Postos de Coleta. Serviços executados com eficência, rastreabilidae, excelência técnica e biosseguras. Ger.LAMUF Outubro de 2012. Outubro de 2013. Concretizar a implantação, no mínimo, de 03 POPS nos setores técnicos, por mês.

Avaliar sistematicamente o sistema implantado. Equipe Técnica LAMUF e Postos de Coleta. Participação coletiva do processo e identificação de novas demandas. Ger.LAMUF Dezembro de Dezembro de 2013 Avaliação a cada 03 meses. Construção de documento de avaliação.
2012
Criar metodologia da reunião da Geplan. computador + internet Realizar reuniões efetivas e eficientes Geplan 8/16/2012 8/22/2012 Ata e Cronograma das reuniões

Ajustar a metodologia de reuniões, com base na avaliação e na comparação com outras experiências. computador + internet + metodologia antiga+ lições aprendidas+experiências exitosas levantadas Melhorar continuamente a metodologia de reuniões Geplan 12/7/2012 12/13/2012 Documento com a metodologia ajustada

Cod do Padrão 2.2

As estratégias consideram as análises de ambiente externo e interno assegurando a coerência entre as estratégias e as necessidades das partes interessadas. Há envolvimento de todas as áreas nesse processo. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

A Diretoria/Assessoria de Planejaemento envolverá as áreas da Secretaria de Saúde de Florianópolis para que as suas estratégias considerem as análises de ambiente externo e interno assegurando a coerência entre as estratégias e as necessidades das partes interessadas, por meio do Programa/Projeto Planejando para a Excelência.

Recursos necessários para o desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização Mecanismo para avaliar o alcance do resultado
Realizar análise SWOT da SMS (ambiente externo e interno), maximizando as oportunidades, minimizando as ameaças do ambiente externo e mantendo o alinhamento da instituição à sua visão computador + internet Análise SWOT da SMS realizada Patrícia, Leandro, Daniela 1/2/2013 4/1/2013 Documento com a análise SWOT da SMS

Realizar levantamento de organizações que realizam a análise ambiental, para desenvolvimento do seu planejamento computador + internet Levantamento de de organizações que realizam a análise ambiental Patrícia, Leandro, Daniela 11/15/2012 1/15/2013 documento com o levantamento das organizações que realizam a análise ambiental

Incluir essa análise na metodologia da PAS 2013 do nível estratégico da SMS computador Análise SWOT incluída na metodologia da PAS 2013 Patrícia, Leandro, Daniela 4/1/2013 4/30/2013 Metodologia da PAS do nível estratégico

Realizar cronograma de reuniões ordinárias para levantamento de necessidades, informes etc Computador, impressora Organização das necessidades ordinariamente. Ger.Unidades 9/1/2012 9/30/2012

Realizar visitas às unidades periodicamente com instrumento de supervisão Computador, impressora, carro. Supervisionar necessidades e implementações. Ger.Unidades 10/1/2012 12/31/2012

Criar metodologia de análise e acompanhamento do ambiente externo e interno complementar a ECA e considerando a maturidade em planejamento computador + internet Metodologia criada de análise e acompanhamento do ambiente interno e externo Geplan 8/16/2012 9/5/2012 Documento Metodologia criada de análise e acompanhamento do ambiente interno e externo

Aplicar metodologia de análise e acompanhamento do ambiente externo e interno, como piloto, na GEPLAN. computador + internet Ter a análise e acompanhamento do ambiente externo e interno Geplan 9/6/2012 12/30/2013 Documentos com a análise e acompanhamento do ambiente externo e interno, conforme cronograma previsto na metodologia

Criar o Programa Planejando para a Excelência, levando em conta o ambiente externo e interno e das necessidades das partes interessadas. computador + internet Programa Criado para nortear a Secretaria rumo a excelência Geplan 9/6/2012 11/7/2012 Documento descrevendo o Programa Planejando para Excelência

Executar projetos e processos previstos pelo programa. software para gestão e projetos e processo, sistema de monitoramento e avaliação Avançar rumo à excelência Geplan 11/8/2012 12/30/2013 Instrumento de avaliação dos passos para excelência da EFQM

Ajustar a metodologia de análise do ambiente externo e interno, com base na avaliação e na comparação com outras experiências. computador + internet + metodologia anterior + lições aprendidas Melhorar continuamente a metodologia de análise do ambiente externo e interno Geplan 12/3/2012 12/7/2012 Documento com a metodologia de análise do ambiente externo e interno ajustada

Treinar trimestral os profissionais das Unidades de Saúde e prestadores privados. Humanos e tecnológicos Realizar 4 reuniões no período de 1 ano. Ger.Regulação 8/1/2012 8/1/2012 Lista de presença

Enviar, por e-mail mensal, manuais e relatórios atualizados dos prestadores disponíveis no SISREG. Humanos e tecnológicos Atualizar e encaminhar uma vez por semana os relatórios e, quando necessário, manuais aos clientes e prestadores Ger.Regulação 8/1/2012 8/1/2013 Número de manuais e ralatórios atualizados x número de prestadores e clientes

Atender virtualmente e diariamente os clientes para sanar dúvidas (e-mail da regulação) Humanos e tecnológicos Atender diariamente toda demanda de dúvidas por correio eletrônico. Ger.Regulação 8/1/2012 8/1/2013 Número de e-mails recebidos x número de e-mails respondidos

Definir os objetivos gerais da GVE e de cada setor da GVE. Computador, RH Orientar e sistematizar o processo de trabalho. Ger.Vig.Epid. 15/08/12 15/11/12 Objetivos gerais definidos, explanados em reunião e aprovados em ata.

Criar planilha virtual para acompanhamento multilateral da execução de ações compartilhadas entre gerência e distritos Tempo, conhecimento sobre softwares de compartilhamento, softwares gratuitos, correio eletrônico, reuniões Maior compromisso mútuo entre Gerência e distritos com relação a ações compartilhadas. Ger.Atenção.Primária Frequência de atualização da planilha compartilhada; proporção de ações planejadas e cumpridas maior do que a metade do total

Criar fluxo de reclamações e sugestões interno entre a gerência e os clientes. Computador, impressora Estabelecer série histórica para validação de problemas junto ao Notivisa Ger.Unidades 01/11/12 01/12/12

1.4

A organização possui mecanismos para divulgar seus servicos, produtos e suas marcas, garantindo credibilidade, confiança e percepção de imagem, que é avaliada sistematicamente perante os cidadãos/usuários. Com base nessas informações são definidas ações de melhoria, que são divulgadas aos cidadãos/usuários e sociedade. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após comparação com outras organizações.

A Diretoria/Assessoria de Comunicação desenvolverá mecanismos para divulgar os serviços, produtos e as marcas da Secretaria de Saúde de Florianópolis, por meio do Programa/Projeto InformaSUS-Floripa.

Recursos necessários para o desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização Mecanismo para avaliar o alcance do resultado
Avaliar sistematicamente as ferramentas de divulgação dos produtos e serviços, para que estas sejam coerentes com os serviços realizados computador + internet ferramentas de divulgação dos produtos e serviços avaliadas Caê, Mário 8/15/2012 12/30/2013 documento com a avaliação realizada

Atribuir à Assessoria de Comunicação a responsabilidade na coleta, divulgação e sistematização das informações sobre o recebimento de premiações pela SMS computador coleta, divulgação e sistematização das informações sobre o recebimento de premiações pela SMS Daniel 8/15/2012 12/30/2013 regimento interno da SMS

Desenvolver plano de comunicação do Programa Planejando para a Excelênica computador e metodologia de plano de comunicaçao + Programa plano de comunicação do Programa Planejando para a Excelênicia desenvolvido Geplan 11/8/2012 1/14/2013 Plano de comunicação do Programa Planejando para a Excelênicia

Executar plano de comunicação Plano + Computador + Internet + material de escritório + site da SMS + facebook Plano de comunicação executado Geplan 1/15/2013 12/30/2013 Monitoramento de execução de acordo com o Cronograma do Plano de Comunicação

Avaliar experiências exitosa em comunicação visual computador + internet experiências exitosa em comunicação visual levantas e avaliadas Geplan 8/16/2012 8/21/2012 Documento com as experiências exitosa em comunicação visual

Aprimorar a identidade visual da gerência computador + internet + designer ou publicitário Identidade visual da gerência aprimorada Geplan 8/16/2012 8/21/2012 Nova identidade Visual

Levantar ferramentas e metodologias da gerência computador + internet ferramentas e metodologias da gerência levantadas Geplan 10/15/2012 10/19/2012 documento com as ferramentas e metodologias da gerência

Atribuir copy-left a todas as ferramentas e metodologias da gerência computador + internet todas as ferramentas e metodologias da gerência copy-left atribuída Geplan 10/22/2012 10/24/2013 ferramentas e metodologias da gerência

Disponibilizar ferramentas e metodologias da Geplan online computador + internet +site + facebook + youtube ferramentas e metodologias da Geplan online Geplan 10/25/2012 10/31/2013 site + facebook + youtube

Criar instrumento oficial para comunicação. Computador, impressora Aplicação do instrumento de comunicação permanete Ger.Unidades 01/11/12 01/12/12

Sistematizar a comunicação dos setores da GVE com os DS. Equipe e DS esclarecidos e utilizando o sistema de comunicação dos setores da GVE com os DS. Ger.Vig.Epid. 01/08/12 19/09/12 Sistematização definida, explanada em reunião, aprovada em ata e oficializada por CI aos DS.

Sistematizar a comunicação dos setores da GVE com os Hospitais com e sem Núcleo Epidemiológico. Equipe e Hospitais esclarecidos e utilizando o sistema de comunicação dos setores da GVE com os Hospitais. Ger.Vig.Epid. 01/08/12 19/09/12 Sistematização definida, explanada em reunião, aprovada em ata e oficializada por Ofício aos Hospitais.

Cod do Padrão 3.2

Existe programa de capacitação alinhado às estratégias da organização e ao incentivo da cultura de excelência, que considera as necessidades das pessoas e o desenvolvimento de carreira. A eficácia dos programas de capacitação é avaliada. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e foi melhorado após a comparação com outra organização.

O Núcleo de Educação Permanente implantará um Programa de Educação Permanente (Capacitação) alinhado às estratégias da Secretaria de Saúde de Florianópolis e ao incentivo da cultura de excelência, que considera as necessidades dos trabalhadores do SUS e o desenvolvimento de carreira, alocando o montante de R$ 1.000.000,00.

Recursos necessários para o desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização Mecanismo para avaliar o alcance do resultado

Cleusa, Francisca, Evelin,


Definir as competências (conhecimentos críticos, habilidade e atitudes) para as funções e lideranças da SMS Florianópolis computado e internet Competências definidas 9/15/2012 9/1/2013 Documento com as competências definidas
Edenice
Cleusa, Francisca, Evelin,
Realizar levantamento das competências descritas juntos aos trabalhadores e líderes computado e internet competências dos trabalhadores e líderes levantadas Edenice 9/15/2012 9/1/2013 Documento com as competências dos trabalhadores e líderes levantadas
Identificar talentos computador e internet Talentos identificados Cleusa, Francisca, Evelin, 9/1/2012 3/30/2013 documento com os talentos identificados
Edenice
Cleusa, Francisca, Evelin,
Desenvolver um banco de talentos computador e internet banco de talentos desenvolvido 4/1/2013 6/30/2013 sistema com banco de talentos
Edenice
Cleusa, Francisca, Evelin,
Implantar o plano de educação permanente de acordo com o levantamento sistematizado das necessidades individuais R$ 1,000,000.00 Plano de educação Permanente implantado 10/1/2012 12/30/2013 documento com o Plano de educação Permanente implantado
Edenice
Desenvolver formulário descritivo e de acompanhamento das atividades realizadas pelo Gerente. Computador, impressora, papel, tinta. ASSFAR 01/09/12 01/09/12 uso do formulário nas reuniões de equipe

Estabelecer cronograma de reuniões com a equipe para discussão sobre o andamento das atividades pertinentes ao Gerente. ASSFAR 01/08/12 01/08/12 Atas das reuniões
Monitorar o cumprimento das atividades previstas. ASSFAR 01/01/13 01/12/13 Reuniões periódicas de equipe

Criar mecanismos de comparação das habilidades do Gerente com outras Instituições. Gerentes de outras instituições. ASSFAR 01/02/13 01/04/13

Divulgar para a equipe, ao final do período, os resultados oriundos da avaliação do Gerente. ASSFAR 01/12/13 01/12/13

Comparar periodicamente agenda de temas prioritários dos distritos e da gerência para alinhamento e consenso Tempo, correio eletrônico, espaço em reuniões regulares Sinergia entre agenda de trabalho da Gerência e dos distritos. Ger.Atenção.Primária Grau de participação nas reuniões da APS
Tempo, correio eletrônico, espaço em reuniões regulares, visitas a unidades, participação em reuniões não regulares, Conhecimento sobre a penetração dos temas prioritários nas equipes; Definição de equipes para apoio; Conhecimento sobre efetividade Ger.Atenção.Primária
Avaliar periodicamente penetração dos temas prioritários consensuais na agenda de reuniões de coordenadores e equipes da APS planilhas, instrumento de supervisão, envolvimento da equipe dos distritos das estratégias de gestão e apoio. Planilha de acompanhamento de temas discutidos em reuniões
Identificar junto ao RH a existencia de algum formulário para avaliar a Gerência. Recursos humanos Formulário de avaliação identificado. Ger.Programas.Estratégico 01/08/12 01/10/12 Documento do RH comprovando, ou não, a existência de formulário de avaliação.

Propor a elaboracao de um instrumento de avaliacao de habilidades e competencias da Gerencia junto ao RH. Recursos humanos Instrumento de avaliacao de habilidades e competencias elaborado pela Gerencia junto ao RH. Ger.Programas.Estratégico 01/10/12 01/12/12 Documento com o Instrumento de avaliacao de habilidades e competencias elaborado pela Gerencia junto ao RH.

Aplicar o instrumento sistematicamente. Recursos humanos Aplicação sistemática do instrumento de avaliação. Ger.Programas.Estratégico 20/12/12 31/12/13 Compilado dos resultados da aplicação do instrumento de avaliação.

Estabelecer o perfil de habilidades e competências para a função de gerente de unidades de saúde. Computador, impressora. Artigos em administração. Elaboração do perfil e competências. Ger.Unidades 01/09/12 30/09/12
Disponibilização de tempo na Agenda do Diretor; Reserva de Sala para reuniões; dispobilização de equipamentos de
Agendar reunião com GEPLAN informática Pré-definição do modelo de avaliação Ger.Contratos e Cônvenios 13/08/12 31/08/12 Ata de reunião
Definir conceitos de avaliação Realização da reunião aprovação do modelo de avaliação Ger.Contratos e Cônvenios 31/08/12 30/09/12 Consolidação do modelo e divulgação

Implementar modelo de avaliação Divulgação por email, realização de avaliação Ger.Contratos e Cônvenios 30/09/12 31/12/12 avaliação

Dar apoio às supervisões junto à média complexidade dos distritos Humanos Apoiar 100% das supervisões Ger.Regulação 01/08/12 01/08/13 Lista de presença

Avaliar os instrumentos validados pela média complexidade municipal após cada supervisão. Humanos Avaliar 100% dos instrumentos aplicados. Ger.Regulação 01/08/12 01/08/13 Relatório de avaliação

Identificar, dentro e fora da SMS, as fontes competentes para fundamentar a discussão sobre as competências e habilidades necessárias para o Gerente de Vigilância Epidemiológica. RH Fontes competentes para fundamentar a discussão identificadas. Ger.Vig.Epid. 01/10/12 01/12/13 Registro em ata (reunião de equipe) do repasse das informações sobre as fontes competentes para fundamentar a discussão.
Construir um documento consolidando as informações das diversas fontes consultadas. RH Equipe e gestor esclarecidos sobre as competências e habilidades necessárias ao Gerente de VE, de acordo com as fontes consultadas Ger.Vig.Epid. 01/10/12 01/12/13 Registro em ata (reunião de equipe) e protocolo do envio ao gestor do documento consolidando as informações das diversas fontes
pela equipe. consultadas.

Cod do Padrão 5.1


Os processos são monitorados por indicadores, analisados e melhorados, considerando melhores práticas de outras organizações. São implementadas ações corretivas para tratamento das não conformidades identificadas. Este processo já foi refinado pelo menos uma vez e melhorado após a comparação com outra organização.

A Diretoria/Assessoria de Planejamento desenvolverá os processos da Secretaria, monitorando-os por meio de indicadores, analisando e melhorando-os, considerando melhores práticas de outras organizações e disseminando para toda a SMS, por meio do Programa/Projeto Planejando para a Excelência.
Recursos necessários para o desenvolvimento da ação Resultados esperados Líder (até 3) Data de início Data de finalização Mecanismo para avaliar o alcance do resultado
Identificar todos os processos chave, de gestão e de suporte da SMS e os indicadores que já são utilizados e monitorados computador e internet Processos chave identificados Edenice, Maria Cristina, Mag 8/15/2012 31/09/2012 documento com os procesos chave levantados
Definir quais são os processos prioritários que devem ser conhecidos e monitorados com conhecimento amplo de todos computador e internet processos prioritários definidos Edenice, Maria Cristina, Mag 10/1/2012 10/31/2012 documento com os processos definidos
Definir os melhores indicadores de desempenho para estes processos computador e internet e documentos com os processos priorizados indicadores de desempenho definidos Edenice, Maria Cristina, Mag 11/1/2012 2/28/2013 documento com indicadores de desempenho definidos
Padronizar os serviços computador + internet serviços padronizados Monich, Márcia, Evelin 10/1/2012 10/31/2012 documento com serviços padronizados
Promover meios de divulgação dos indicadores de desempenho dos principais processos da SMS, entre os diferentes setores para que se tenha um conhecimento mais amplo sobre as ações desenvolvidas na computador + internet indicadores de desempenho divulgados Edenice, Maria Cristina, Mag 3/1/2013 12/12/2013 emails divulgando indicadores de desempenho
instituição
Criar mecanismos para monitorar os indicadores da ASSFAR. ASSFAR 10/1/2012 10/1/2012 Check-list de indicadores atualizado periodicamente
Comparar os indicadores e seus resultados a outras Instituições. Computador, acesso à internet, papel, impressora, tinta, telefone, fax, gerentes de outros setores e/ou instituições. ASSFAR 8/1/2013 12/1/2013
Criar medidas corretivas para as inconformidades detectadas. ASSFAR 8/1/2013 12/1/2013 ausência das inconformidade
Avaliar se as medidas corretivas foram eficazes. ASSFAR 11/1/2013 12/1/2013 ausência das inconformidade
Avaliar os indicadores da GPE. Recursos humanos Avaliação dos indicadores da GPE. Ger.Programas.Estratégicos 8/1/2012 12/30/2013 Planiha dos indicadores da GPE.
Comparar os processos da GPE com outras Unidades de Trabalho e/ou organizações. Recursos humanos Processos da GPE comparados com outras Unidades de Trabalho e/ou organizações. Ger.Programas.Estratégicos 1/2/2013 12/30/2013 Planilhas de comparação dos processos da GPE com outras Unidades de Trabalho e/ou organizações.
Adequar os indicadores existentes. Computador. ASSFAR 41153 41153
Criar novos indicadores. Computador, acesso à internet. ASSFAR 41153 41153
Criar mecanismos para divulgação dos objetivos para clientes e trabalhadores. Computador, acesso à internet, papel, impressora, tinta, telefone, fax. ASSFAR 41183 41244
Monitorar a aplicabilidade dos indicadores. Computador, acesso à internet. ASSFAR 41334 41609 Reuniões periódicas de equipe
Agendar reuniões internas para difundir os valores, missão e visão da Secretaria Agendamento Gerência; integração dos colaboradores focados nos valores, visão e missão da Secretaria Ger.Contratos.Convênios 41152 41182 ata de reunião
Promover constante realinhamento dos objetivos da Unidade Agendamento Gerência; manutenção da equipe embuída dos valores, misão e visão da Secretaria Ger.Contratos.Convênios 41182 41274 ata reunião
Ajustar os objetivos do Pacto Municipal de Saúde. computador Objetivos ajustados Geplan 41221 41227 documento com objetivos ajustados
Adequar os indicadores aos objetivos do Pacto Municipal de Saúde. Metodologia de construção de inicadores, computador, internet Indicadores adequados aos objetivos Geplan 41228 41234 pacto municipal com os indicadores ajustados
Levantar a situação atual dos indicadores do Pacto Municipal de Saúde. computador + internet + pacto situação atual dos indicadores do Pacto Municipal de Saúde levantada Geplan 41235 41255 Pacto com a situação atual dos indicadores
Estabelecer parâmetros para os indicadores. computador + internet parâmetros para os indicadores estabelecidos Geplan 41235 41255 Pacto com parâmetros para os indicadores
Ajustar os objetivos do Pacto Municipal de Saúde. Humanos e tecnológicos Adequar os indicadores. Ger.Regulação 41122 41620 Planilhas
Adequar os indicadores aos objetivos do Pacto Municipal de Saúde. Humanos e tecnológicos Adequar os indicadores. Ger.Regulação 41122 41620 Planilhas
Criar metodologia para acompanhamento dos indicadores. Humanos e tecnológicos Acompanhar os indicadores Ger.Regulação 41122 41620 Planilhas
Levantar a situação atual dos indicadores do Pacto Municipal de Saúde. Humanos e tecnológicos Acompanhar os indicadores Ger.Regulação 41122 41620 Planilhas
Estabelecer parâmetros para os indicadores que atendam à necessidade da Gerência de Regulação. ...... Adequar os indicadores. Ger.Regulação 41122 41620 Planilhas
Organizar a comunicação, pelo Gerente, da missão, visão e valores da Secretaria nas reuniões quinzenais. Computador, RH, Data Show Todos os servidores da GVE conhecem a missão, visão e os valores da Secretaria. Ger.Vig.Epid. 41108 41136 Explanação e documento construído e entregue a cada setor e registro em ata.
Levantar a situação atual dos indicadores do Pacto Municipal de Saúde. computador + internet + pacto situação atual dos indicadores do Pacto Municipal de Saúde levantada Geplan 41235 41255 Pacto com a situação atual dos indicadores
Estabelecer parâmetros para os indicadores. computador + internet parâmetros para os indicadores estabelecidos Geplan 41235 41255 Pacto com parâmetros para os indicadores
Ajustar os objetivos do Pacto Municipal de Saúde. Humanos e tecnológicos Adequar os indicadores. Ger.Regulação 41122 41620 Planilhas
Adequar os indicadores aos objetivos do Pacto Municipal de Saúde. Humanos e tecnológicos Adequar os indicadores. Ger.Regulação 41122 41620 Planilhas
Criar metodologia para acompanhamento dos indicadores. Humanos e tecnológicos Acompanhar os indicadores Ger.Regulação 41122 41620 Planilhas
Levantar a situação atual dos indicadores do Pacto Municipal de Saúde. Humanos e tecnológicos Acompanhar os indicadores Ger.Regulação 41122 41620 Planilhas
Estabelecer parâmetros para os indicadores que atendam à necessidade da Gerência de Regulação. ...... Adequar os indicadores. Ger.Regulação 41122 41620 Planilhas
Organizar a comunicação, pelo Gerente, da missão, visão e valores da Secretaria nas reuniões quinzenais. Computador, RH, Data Show Todos os servidores da GVE conhecem a missão, visão e os valores da Secretaria. Ger.Vig.Epid. 41108 41136 Explanação e documento construído e entregue a cada setor e registro em ata.
Levantar junto aos trabalhadores das unidades sugestões de indicadores a serem monitorados Indicadores já levantados, espaço na reunião mensal, data show na Unidade. priorização de indicadores Distrito Leste 41091 41151 Indicadores priorizados
Priorizar indicadores a serem trabalhados em 2012 e 2013 considerando a sugestão dos usuários Indicadores sugeridos pelos trabalhadores, indicadores já acompanhados peloDistrito, espaço na reunião, data show priorização de indicadores Distrito Leste 41091 41122 Indicadores priorizados
Monitorar os indicadores priorizados Tempo na agenda de trabalho, computador disposível, banco de dados acessível. Levantamento trimestral dos indicadores priorizados Distrito Leste 41091 41638 Planilha trimestral de acompanhamento dos indicadores
Realizar discussões periódicas dos indicadores nas reuniõesde coordenadores e das Unidades para aprimoramento do processo de
Discutir indicadores monitorados com as unidades de saúde e coordenadores periodicamente indicadores levantados periodicamente, espaço reunião coordenadores trabalho. Distrito Leste 41153 41638 Ata de reuniões de coordenadores e equipes.
Buscar a situação inicial dos indicadores que ainda não a tem, para a futura elaboração de novas metas. Dados, expediente, pessoal, tempo Conhecer a situação atual do DS Distrito Continente 41122 41639 Proporção de indicadores com situação atual definida
Acompanhar os indicadores elencados. Indicadores, dicionário de indicadores Melhora dos processos de trabalho e apoio a partir de dados objetivos Distrito Continente 41122 41639 Relatório semestral dos indicadores acompanhados
Levantar dados do Ministério de Saúde referentes aos indicadores voltados para Regulação. Humanos e tecnológicos Identificação dos indicadores da regulação. Ger.Regulação 41122 41487 Relatório de avaliação
Criar instrumentos de avaliação para monitoramento dos indicadores. Humanos e tecnológicos Monitoramento dos indicadores. Ger.Regulação 41122 41487 Relatório de avaliação
Ralizar avaliação de monitoramento trimestralmente para correções ou implementação Humanos e tecnológicos Monitoramento e correção dos indicadores Ger.Regulação 41122 41487 Relatório de avaliação
Desenvolver metodologia de gestão de processos computador + internet metodologia de gestão de processos desenvolvida Geplan 41155 41173 Documento com metodologia de gestão de processos
Adaptar o Process-Maker a metodologia de gestão de processos desenvolvida computador + internet servidor + process-Maker Process-Maker adaptado à metodologia de gestão de processos desenvolvida Geplan 41176 41215 Process-Maker instalado e metodologia de gestão de processos desenvolvida
Configurar o Knowledge-tree, baseando-se na metodologia de gestão de documentos criada pelos alunos da ESAG computador + internet+Knowledge-tree+ servidor + metodologia criada pelos alunos Knowledge-tree configurado Geplan 41204 41222 Knowledge-tree Instalado e metodologia de gestão de documentos desenvolvida
Ajustar a metodologia de gestão de projetos de acordo com as orientações dos alundos da ESAG computador + internet + trabalho dos alunos da ESAG + metodologia de gestão de projetos da gerência Aumento da Maturidade e gestão de projetos na Geplan Geplan 41204 41222 Instrumento de avaliação de maturidade
Padronizar a utilização dos sofwares para gestão de projetos computador + internet utilização pacdronizada dos sofwares para gestão de projetos Geplan 41225 41229 Documento com metodologia de gestao de projetos
Aprimorar sistema de monitoramento e avaliação do planejamento computador + internet Sistema de monitoramento e avaliação do planejamento desenvolvido Geplan 41137 17/102023 Sistema de monitoramento e avaliação do planejamento em funcionamento
Preencher relatórios de monitoramento e avaliação computador e internet todos os relatórios de monitoramento e avaliação preenchidos Geplan 41200 41638 Relatórios relatórios no sistema de monitoramento e avaliação preenchidos
Realizar apresentações multinível computador e internet todas as apresentações multinível realizadas Geplan 41200 41638 Relatórios de apresentação multinível no sistema de monitoramento e avaliação preenchidos
Valores

Comprometimento
com o SUS

Compromisso com a
qualidade

Diálogo

Respeito
Ética

Você também pode gostar